GP da Holanda – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 3 – 9ªetapa

Moto 3, ainda com um grid esvaziado, com 27 pilotos foi realizada a última etapa da primeira metade do campeonato, em Assen, na catedral do motociclismo mundial.

Na classificação do Sábado, Pedro Acosta sofreu um acidente grave durante uma das sessões de treinos livres, não foi treinar e foi considerado inapto para correr. Sem o líder disparado do campeonato do combate, era a grande chance que os principais adversários tinham para tirar a diferença para o piloto da KTM. Já na Rivacold, Filip Salac foi dispensado para a entrada de Alberto Surra, um piloto protegido da VR46.

Classificação – Repescagem:

O primeiro piloto a entrar na sessão foi o espanhol Izar Guevara da Gas Gas, com 1 minuto e meio de sessão, a partir daquele momento, outros pilotos como Xavier Artigas foram para a pista em busca da classificação para o Q2. Com 2 minutos e 30 segundos de sessão, somente Stepano Nepa e Ricardo Rossi da equipe Owlride

A primeira marca foi de Guevara ao marcar 1:43.321. A marca foi triturada por Jaume Masia a menos de 10 minutos do final da sessão. O piloto da KTM Ajo fez 1:42.318, colocando 8 décimos em cima de Joel Kelso da CIP Green. Ryusei Yanamaka da PruestelGP e Izar Guevara da Gas Gas.

Xavier Artigas chega a superar Masia a 8:15 do final da sessão (tempo de 1:42.243), mas segundos depois, Masia baixa ainda mais sua marca (1:41:932) e não deixa dúvidas de quem era o dominador do Q1. Lorenzo Ferron da SIC58 marcou o terceiro tempo e Joel Kelso completava a zona de classificação. Enquanto isso, Adrian Fernández já tinha sua vida comprometida (O Mesmo caso aconteceu com Romano Fenati) já que ele teria que fazer duas voltas longas de punição, por pilotagem irresponsável. Alberto Surra acabou caindo na primeira volta e não marcando tempo, assim como os pilotos da Owlride não marcaram tempos. Na metade da sessão: Masia, Artigas, Fellon e Kelso estavam classificados. Depois vinham Kunii, Yamanaka, Fernández, Guevara, Matsuyama e Izdihar.

A 2:30 do final, Izar Guevara que marcou o 4ºtempo, a poucos minutos do final. Já a maioria dos outros pilotos saíram dos boxes, mas acabaram não abrindo suas voltas, o tempo acabou antes deles cruzarem a linha de chegada. Masia, Artigas, Fellon e Guevara passaram para o Q2.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemotostempo
15Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM1’41.932
243Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’42.040
320Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’42.854
428Izan GuevaraGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS1’42.895
566Joel KelsoCIP Green PowerKTM1’42.941
692Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’43.011
731Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’43.162
86Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’43.186
932Takuma MatsuyamaHonda Team AsiaHonda1’43.258
1019Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’44.320
54Riccardo RossiBOE OwlrideKTMsem tempo
67Alberto SurraRivacold Snipers TeamHondasem tempo
82Stefano NepaBOE OwlrideKTMsem tempo

Romano Fenati foi um dos primeiros pilotos a saírem dos boxes, o piloto principal da Husqvarna teria que também cumprir a punição de 2 voltas longas. 4 pilotos não foram para a pista no começo da sessão: Dennis Foggia, Jeremy Alcoba, Kaito Toba e Lorenzo Fellon.

A 11:30 do final, Sergio Garcia faz uma bela volta de 1:42.356 e assume a liderança seguido de Niccolò Antonelli da Avintia e Tatsuki Suzuki da SIC58. A liderança do piloto da Gas Gas não dura muito, 20 segundos depois, John McPhee passa a frente com 1:42.043 e Gabriel Rodrigo da Gresini foi para segundo na sua primeira volta.

A 9 minutos e meio do final, Antonelli passa a ser o primeiro a baixa o tempo da casa do 1 minuto e 42 segundos, passando a liderança com a marca de 1:41.898. Masia passou para 3ª (1:42.071) e Darryn Binder para 4ª ao marcar 1:42.157. Gabriel Rodrigo vinha em grande volta (possivelmente para tomar a pole de Antonelli), mas acabou errando na penúltima curva. Com a volta cancelada, o argentino aproveita para ir aos boxes antes mesmo do término da mesma volta.

Kaito Toba passou a liderança a menos de 8 minutos do final, apenas 4 milésimos a frente de Jemery Alcoba da Gresini. Na volta seguinte, Alcoba toma a ponta marcando 1:41.808 a 6 minutos do final. Xavier Artigas da Leopard Racing subiu para a 4ªposição.

A 2 minutos e 15 segundos do final, Sergio Garcia supera a marca de Alcoba e leva a Gas Gas para a liderança (1:41.473). Nessa altura do campeonato, todos estavam na pista.

A 30 segundos do final, Romano Fenati marca 1:41.406 e passa a liderar a sessão. Quando o piloto da Husqvarna sonhava em largar na frente ai veio Jeremy Alcoba e marcou 1:41.194. Foi essa a marca que levou o piloto da Gresini a sua primeira pole position da carreira, superando e tirando a chance de Romano Fenati de conquistar mais uma pole na Moto 3, o piloto da Husqvarna vai largar em 2º e o italiano Dennis Foggia da Leopard Racing completa a primeira fila.

Sergio Garcia abre a segunda fila, levando a Gas Gas a uma boa posição no grid de largada. Aproveitando o bom momento depois da segunda posição na prova passada, Kaito Toba larga na 5ªposição. Gabriel Rodrigo da Gresini completa a segunda fila.

Niccoló Antonelli da Avintia abre a 3ªfila que vai ser composta por Darryn Binder da Petronas e Xavier Artigas da Leopard Racing. Jaume Masia da KTM Ajo completa os 10 primeiros colocados.

Grid de Largada:

pospilotoequipemotostempo
152Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’41.194
255Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’41.406
37Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’41.472
411Sergio GarcíaGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS1’41.473
527Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’41.479
62Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’41.534
723Niccolo AntonelliAvintia Esponsorama Moto3KTM1’41.667
840Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHonda1’41.755
943Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’41.878
105Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM1’42.003
1117John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’42.043
1224Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’42.056
1328Izan GuevaraGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS1’42.194
1420Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’42.388
1553Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’42.392
1622Elia BartoliniAvintia Esponsorama Moto3KTM1’42.526
1716Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda1’42.539
1837Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTMsem tempo
1966Joel KelsoCIP Green PowerKTM1’42.941
2092Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’43.011
2131Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’43.162
226Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’43.186
2332Takuma MatsuyamaHonda Team AsiaHonda1’43.258
2419Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’44.320
2554Riccardo RossiBOE OwlrideKTMsem tempo
2667Alberto SurraRivacold Snipers TeamHondasem tempo
2782Stefano NepaBOE OwlrideKTMsem tempo

No domingo tivemos uma bela corrida em Assen. O que foi surpreendente é que Pedro Acosta foi para a corrida, aprovado pelos médicos após ter sido vetada sua participação na corrida no dia passado, o líder do campeonato partiria da 18ªposição.

Ricardo Rossi largou dos boxes. Na largada, Romano Fenati passou Jeremy Alcoba e entrou na primeira curva na frente, seguido do próprio Alcoba. Sergio Garcia vinha em 3º, Gabriel Rodrigo em 4º e Jaume Masia em 5º. Mesmo com a liderança, Fenati iria ter de cumprir uma punição de 2 voltas longas e certamente iria cair para a parte de trás da tabela.

Sergio Garcia superou Jeremy Alcoba e sem querer esperar o piloto da Husqvarna cumprir a punição, partiu para cima de Fenati, mas é Dennis Foggia que aparece e toma a segunda posição de Garcia na 3ªVolta. Masia, Kunii, Kelso, Fellon, Izhidar e Matsuyama  tiveram que cumprir um ride Through por condição irresponsável no Q1.

Fenati cumpriu a primeira volta longa e Foggia assume a liderança, seguido de Garcia e Artigas, enquanto que Fenati cai para a 9ªposição. Darren Binder fez a melhor volta da prova e fica a milésimos do recorde que é de Aron Canet em 2019. Na volta seguinte, Stefano Nepa marcou o tempo de 1:41.632, novo recorde do circuito com sobras, apesar do piloto esta na 15ªposição.

Sergio Garcia assumia a liderança na 4ªVolta, seguido de Foggia, Binder e Artigas. Pedro Acosta vinha na 13ªposição, Fenati acabou fazendo a 2ªVolta longa, cumprindo por completo a punição, voltando na 14ªposição. Em Assen, ainda se permite que um piloto possa segurar a liderança, o vácuo não funciona muito ao contraio de outras pistas que tem retas longas.

No final da 6ªVolta, Dennis Foggia assume a liderança, Sergio Garcia acaba perdendo não só a ponta como perdeu também a segunda posição para Darryn Binder da Petronas. Suzuki vinha em 4º, seguido de Artigas, Alcoba, Rodrigo, Pedro Acosta e Romano Fenati. Os dois últimos em corridas de recuperação.

Garcia recuperou a segunda posição logo depois e tentou junto de Foggia uma fuga do Grupo, Binder e Suzuki disputavam a terceira posição.

Garcia e Foggia brigavam fortemente pela liderança nas voltas seguintes. No final da 9ªVolta, Foggia passa a liderança após Garcia liderar por alguns momentos, Binder passou o piloto da Gas Gas e passou para 2º. Tatsuki Suzuki vinha em 4º, Romano Fenati vinha em 5º após cumprir punição, com uma moto que rendia muito bem. Em contra partida, Jeremy Alcoba caiu para a 13ªposição.

Niccolò Antonelli e Andrea Migno acabou indo para o chão. Enquanto que o piloto da Avintia voltou rapidamente para a pista, o piloto da Snipers acabou perdendo muito tempo para voltar à corrida. Kaito Toba acabou tocado nesse incidente por trás, mas seguiu na prova sem problemas.

O primeiro pelotão foi reduzido para 9 pilotos a 10 voltas do final: Foggia, Binder, Suzuki, Garcia, Fenati, Artigas, McPhee, Rodrigo e Acosta. O líder do campeonato por pouco não acabou indo para o chão quando saiu do traçado. Fenati se aproveitou para passar a 3ªposição curvas depois.

Fenati passou Sergio Garcia na 13ªVolta e subiu para 2ª e teve a possibilidade de brigar pela liderança com Foggia. Na volta seguinte, por pouco que Fenati volta a liderar a prova, mas logo depois, Sergio Garcia volta à segunda posição. Já o companheiro de Romano Fenati, Adrian Fernández acabou indo ao chão e abandonou mais uma corrida.

Na 16ªVolta, Darryn Binder supera Romano Fenati e sobe para 3ªposição, enquanto que Foggia se sustentava na liderança. No meio da volta, Fenati retornava a 3ªposição e parte de novo para a briga com Garcia. Pedro Acosta passava a ser o 5ºcolocado, uma corrida incrível do piloto da Ajo, que sofreu um acidente gravíssimo e quase ficou de fora da corrida.

Na volta seguinte, Binder passa a 2ªposição, Garcia se dá mal nessa, toma passada e Fenati e teve que segurar para não perder posição para Acosta. Essas brigas foram propícias para Dennis Foggia abrir vantagem de 4 décimos para os seus principais concorrentes.

Porém, na 18ªVolta, Foggia volta a ser pressionado por Fenati, Binder e Garcia. Pedro Acosta brigava pelo 5ºlugar com Tatsuki Suzuki e John McPhee.

Com decisão, Fenati assume a liderança na metade 19ªVolta, mas isso durou pouco tempo, Foggia voltou a ponta no finalzinho da volta, Binder e Garcia jogaram o piloto da Husqvarna para a 4ªposição. Acosta, Suzuki e McPhee chegaram na turma da frente. Ao final da volta, Binder sai do traçado e cai para a 7ªposição.

Dennis Foggia não queria deixar dúvidas de que ele seria o vencedor. Na volta final, o piloto principal da Leopard Racing passou tranquilo a linha de chegada, conquistando sua segunda vitória no ano e mostrando ser capaz de ainda disputar o título, mesmo que o líder do campeonato esteja bem distante na soma de pontos do campeonato. Sergio Garcia fica na segunda posição e acaba tirando um pouco da imensa vantagem de Acosta na liderança do Mundial.

Romano Fenati fez uma brilhante corrida e poderia ter dado a Husqvarna a primeira vitória na temporada, mas a punição pode ter dado prejuízo o suficiente para impedir essa vitória.

Darryn Binder acabou punido com 3 posições no resultado final da prova e termina caindo para 7ªposição. Isso beneficiou Pedro Acosta, que de uma provável não participação da corrida no sábado para uma 4ªposição após largar na 18ªposição. Tatsuki Suzuki finalmente tem um importante resultado ao alcançar a 5ªposição na classificação final, John McPhee fica com a 6ªposição, logo a frente de Binder, seu companheiro de equipe.

Gabriel Rodrigo foi mais discreto em Assen, acabou ficando pelo caminho e terminou o dia na 8ªposição. Xavier Artigas da Leopard Racing e Jeremy Alcoba da Gresini completaram as 10 primeiras posições. A destacar a boa corrida de Stefano Nepa na 11ªposição e a recuperação de Niccolò Antonelli que caiu na metade da corrida, mas conseguiu voltar e ainda salvar uma 14ªposição.

Resultado final do GP da Holanda
Moto 3 – 9ªEtapa – Assen – 22 Voltas

pospilotoequipemotostempo
17Dennis FoggiaLeopard RacingHonda37’35.287
211Sergio GarcíaGaviota GASGAS Aspar TeamGASGASa 0.078
355Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 0.207
437Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTMa 1.352
524Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 1.445
617John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 1.510
740Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHondaa 1.338
82Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 9.095
943Xavier ArtigasLeopard RacingHondaa 9.140
1052Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 10.383
1182Stefano NepaBOE OwlrideKTMa 13.503
1228Izan GuevaraGaviota GASGAS Aspar TeamGASGASa 13.555
1327Kaito TobaCIP Green PowerKTMa 21.057
1423Niccolo AntonelliAvintia Esponsorama Moto3KTMa 22.090
1553Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 27.036
1622Elia BartoliniAvintia Esponsorama Moto3KTMa 35.745
176Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTMa 35.801
1854Riccardo RossiBOE OwlrideKTMa 35.811
1967Alberto SurraRivacold Snipers TeamHondaa 35.879
205Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTMa 45.670
2120Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHondaa 1’03.492
2266Joel KelsoCIP Green PowerKTMa 1’03.552
2392Yuki KuniiHonda Team AsiaHondaa 1’03.769
2419Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHondaa 1’03.979
2532Takuma MatsuyamaHonda Team AsiaHondaa 1’04.137
31Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna9 voltas
16Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda12 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta