Carta aberta do site Portal Sportszone de Oposição ao Governo Jair Bolsonaro

Nós do Portal Sportszone estamos aqui em comunicado com o seu público declaramos que somos completamente contra o Governo Jair Bolsonaro, Esse governo esta fora de ter uma pauta pelo menos razoável para um Governante de estado. Seu projeto visa destruir o país, Desmoralizar a nossa nação e prosseguir colocar rótulos aos seus Adversários políticos e até mesmo os aliados que não concordem com tudo que ele pensa, Como nunca aconteceu nessa nação.

Já dá para se constatar que esse governo é um desastre completo, Em apenas 8 meses, Ou seja, nem se quer completou 1 ano. Apenas meio ano já daria para constatar a incapacidade desse político medíocre, que mente, que não aceita a realidade que esta bem na cara dele, mantendo sua popularidade com suas mitadas e apostando na desconstrução da verdade. Não existe vida inteligente nesse governo, quando alguém demonstra inteligência, Bolsonaro e seus asseclas acabam por eliminar essa voz que poderia ser um ponto de consciência mínima do Governo.

No Mundo Inteiro, o Brasil já perdeu a importância que tinha, Somos vistos com maus olhos para o restante do Mundo. Isso vai cair diretamente em que é brasileiro de bem, que não escolheu esse monstro, essa figura lamentável como presidente. Dá vontade de eu pedir a outro país para me naturalizar ou virar cidadão de outro país. É inaceitável que ele possa atacar a esposa de Emmanuel Macron, Atacar o paí da Ex-presidente Michelle Bachelet. Nesses casos, Tanto o presidente da França quanto o presidente do Chile responderam a altura esse embusteiro.

E pensar que tivemos 11 opções diferentes para combater Bolsonaro, Tinha candidatos de Direta: Alckmin, Alvaro Dias e Meirelles. Um candidato Liberal: Amoedo, 2 Candidatos Cristões: Daciolo e Eymael, Candidatura Ambientalista: Marina Silva e 4 candidatos de Esquerda: Vera Lúcia, Boulos, Ciro Gomes e Haddad.

Mesmo que que se tivesse o Anti-Petismo enraizado no país, Existia 10 candidatos além do Haddad e do Bolsonaro para votar. Ou seja, Sem desculpas de que “Não havia outra opção” Como disseram 2 pilotos ignorantes, nos quais, Tentei por um mês inteiro que eles desistirem do voto no Bolsonaro. Mas eles foram até o fim nessa onda diabólica. Depois desse dia eu nunca mais falei com os dois, Assim como eu não falei com muita gente depois das eleições. Desde do final das eleições, eu não uso mais o Facebook. Eu parei de postar, pois não adianta nada eu postar coisas que a maioria do povo brasileiro se quer. Não sou youtube, não sou influence e a maioria das pessoas por lá me odeiam.

Esse é o motivo no qual, Tenho certeza que o meu site nunca mais terá patrocinadores, Ninguém me ajuda se cadastrando pelo meu link na publipt (É uma forma que restou para eu não cobrar dinheiro para manter o Portal Sportszone), Meu conhecimento parece não valer nada, Pelo contraio, Um meme tosco é muito mais valorizado do que o conhecimento. Isso já a muito tempo.

Lamentável que numa sociedade em que uma pessoa despreza uma pessoa que só queria recuperar uma amizade e ao mesmo tempo, Uma garota, que cuspe num gatinho tenha hoje mais de 11 milhões de seguidores e não acrescenta em nada na sociedade. Isso é um bom exemplo de como os Valores estejam tão invertidos como nos dias de hoje.

Se esse país fosse à Argentina, Bolsonaro e sua família de políticos deveriam estar em uma penitenciária, Por fazerem várias e várias vezes apologia a Torturadores. Não é possível que teve pessoas, nas quais, Nunca, Jamais pensei que pessoas pacificas, que pareciam ser boas pessoas terem entrado nessa onda, Contaminado por essa doença, Porque Bolsonarismo é uma doença seria, Uma epidemia, Que muita gente poderia se curar dessa cura, e a cura era o conhecimento, era pesquisar sobre os candidatos. Quem fez isso, Muito provavelmente não votaria no Bolsonaro, Mesmo se você fosse anti-petista, teria o direito de anular seu voto.

Eu confesso aqui, Perdi vários amigos que preferiam votar no Bolsonaro, Cai fora do Automobilismo Gaúcho, Um lugar conservador, Babaca, Tradicionalistas Homofóbicos e Racistas pra caramba. Eu trabalhei 3 anos para eles, Coloquei minhas sugestões aqui, Bastava eles seguirem e eles começariam a formar público, Fariam bons espetáculos. Mas como dizia Jordana Vucetic, O Conservadorismo do Gaúcho irrita muito em um dos stories dela no Instagram. (Sim, sigo ela, porque ela tem uma enorme consciência e é uma cidadã que tem influência e sabe se posicionar na sociedade de hoje.

Parei de falar com os pilotos Brasileiros (Quase todos), Eles parecem esta vendo outro mundo, A maioria dos seus fãs estão na parte mais desfavorecida do país e não estão cheios da grana. Aí vai defender o que esse governo quer fazer com o pobre, É muito fácil. Queria ver se eles não tivessem dinheiro, Como a maioria do trabalhador brasileiro, Com um salário muito aquém que se merece e ainda por cima o governo que vocês colocaram querem tirar todos os direitos e retroceder a tal ponto que voltaremos aos anos iniciais da revolução industrial.

Eu não tenho mais interesse em conversar com muitas pessoas que entraram nessa Onda. Teve uma pessoa que participou do Portalsportszone por muito tempo que eu dispensei em definitivo. Se ele quiser voltar, Eu não aceito mais a presença dele, Que faça um novo site, Ele e a amiguinha dele que em nada ajudou o Site durante anos e anos. Me reservo a não falar o nome de nenhum deles, Nem tem mais vestígios da presença do dois do site.

Só gente maluca para continuar do lado do governo e não ficar na oposição nesse momento. Um governo além de Autoritário que tem como governante, um desequilibrado juntamente com um bando de ministros que são deploráveis, que mentem e negam a realidade para inventar uma versão absurda da história.

Exemplo disso foram os malucos que dizem que as queimadas, O piloto Lucas di Grassi, um dos maiores puxa-sacos desse Governo (Filiado ao Partido Novo – que na verdade é um partido que já nasceu bem velho) Falou que esses incêndios não estão acima dos incêndios os outros anos, Isso não justifica diminuir. Ainda ele disse para não nos preocupamos com essas queimadas, Eu digo que é para ficar preocupado sim! (Incrível que uma pessoa que se diz preocupada com o meio ambiente, Que está em uma categoria de carros elétricos, possa ter essa atitude de passar o pano nessa situação)

Prefiro muito mais Vídeo da Fernanda Concon no instagram: Em um dos seus posts, ela falou que o Pulmão do Mundo esta em chamas há 18 dias. Os vídeos de Henry Bugalho e de outros Youtubes que estão tentando libertar o povo dessa Epidemia Bolsonariana. Até mesmo Lewis Hamilton se preocupou com essas queimadas da amazônia.

Existem até pessoas religiosas, com consciência falam que Bolsonaro é um representante de Satanás na terra. A principio, Um absurdo, Mas na realidade, Pelos ato do presidente e da sua equipe? Não é de duvidar que ele seja um homem possuído pelo demônio. Se unido ao Edir Macedo e a outros vendilhões da Fé, que de forma diabólica, Exploram o povo pedindo dízimos e vendendo salvação, com objetos que se dizem ungidos por deus (Duvido que eles dizem a verdade) Quando a mais de 2 mil anos atrás, Jesus Cristo nunca cobrou dizimo para espalhar a palavra de Deus e o amor entre seus semelhantes, Entre os excluídos pela sociedade (Prostitutas, Leposos, Cobradores de Impostos) e eles chamavam os Lideres religiosos da época de Raça de Víboras.

Nesse momento, Estou colocando um limite na minha vida. Você que é Bolsominion e meu amigo, Essa é a sua última chance. Vou ser generoso com você, Darei a chance de você escolher ou Bolsonaro ou minha amizade. Caso você escolha Bolsonaro, Então saia da minha vida, Eu não quero mais gente alienada, que esta lutando para fazer desse país um país pior!

Sinceramente, só acredito que o Brasil vai melhorar se o bando de fanáticos pelo Bolsonaro começar a serem excluídos da sociedade. Que todos eles percam seus empregos, que passem a serem boicotados no mercado de trabalho, Que sejam rechaçados em locais públicos, E que as opções políticas dessas pessoas sejam menosprezadas e rechaçadas pela imprensa falada, escrita e televisada. Só assim eles vão ter um choque de realidade e que se possa ter essa ter a esperança deles se curarem dessa epidemia Bolsonalista.

Sinto muito, Mas da forma que esta é a única Solução. Não só falando no ser humano normal que votou no Bolsonaro é que hoje esta arrependido, Esse merece estar do nosso lado. Agora, Quem viu todas essas imbecilidades, sabe que Bolsonaro é um ignorante, projeto de Fascista Tupiniquim e mesmo assim fica do lado dele, Dai não dá mais para salvar esse tipo de gente, Mesmo se for alguém culto e inteligente. Não é discriminação não, Agora, nesse momento é um ato de sensatez por enquanto.

Se os pilotos Brasileiros estão tão angariados em manter a política do passar pano, Seria interessante que o povo Brasileiro boicoite os eventos de esporte a motor no Brasil. Já imaginou a Stock Car com as arquibancadas as moscas, Não só a Stock, Como também outras categorias também deixarem de serem desprestigiadas. Com falta de público e perda de interesse, os patrocinadores vão sumir dos carros e os Grids vão ficar mais e mais vazios.

Só assim para que os pilotos comecem e ver a sujeira no ventilador. Só assim eles vão estar do nosso lado, Mas assim com cidadãos comuns, Terá pilotos que vão defender até a morte esse governo. E não só pilotos, Como dirigentes (Muitos deles corruptos), Donos de Equipe, Mecânicos vão ter uma parte que continuarão passando pano para Bolsonaro.

Torcida do Atlético com canto homofóbico

Também teve o mesmo canto Homofóbico na Torcida do Palmeiras

Tudo nesse governo é para da mais privilégios para os mais ricos, E sempre jogar cada vez mais na miséria os mais pobres quando a política inteligente a se fazer era melhorar a vida dos mais pobres e melhorar a educação pública, a Saúde Pública, Segurança Pública, O Incentivo as pequenas empresas e ao cooperativismo entre as pessoas. Governar com as Maiorias e proteger as minorias, Não deixar ter corrupção e se tiver corrupção, Que se combata a corrupção, Sem ter os bandidos de estimação, Os Corruptos de estimação e os fascistas de estimação.

Uma pessoa veio comentar no meu site, Não gostando que eu fale de política, Eu respondi a altura, com elegância e sem xingar a pessoa, Sem Lacração (Outra coisa que eu abomino na internet de hoje) Apenas com fatos. Com a realidade, Hoje dia 6 de Setembro de 2019, quase 1 ano depois após o assassinato desse país. Por causa de mais de 57 milhões de facadas nas costas. Tenho certeza que muitas dessas pessoas que deram essas facadas, já devem estar arrependidos de terem feito ajudado nesse crime hediondo.

Nesse final, quero anunciar que vou deixar por uns tempos as redes sociais, Peço desculpas, Mas não quero ficar mais em ambientes tóxicos, Tentei recuperar algumas amizades, mas em um cima de tanto ódio hoje em dia, Um discurso de tolerância e de união é hoje um crime, Sonhar é um Crime, Pensar diferente do que essas pessoas ignorantes e conservadoras é um crime.

Vou pedir o número do WPP das pessoas que quero que estejam do meu lado, Só volto as redes sociais o futuro, Quando o Brasil e os ambientes das redes sociais  deixarem de serem tão tóxicos e tão nocivos para a sociedade.

Um abraço a todos e que o verdadeiro deus abençoem todos vocês.

Me encontre por esse email: deivisonligier@hotmail.com ou falem comigo nos comentários no Portal Sportszone. Pelo Facebook, Instagram e Twitter eu estou fora. Não tenho mais vontade de estar nessas redes sociais por um bom tempo.

Texto: Deivison da Conceição da Silva

GP da Itália – 14ªEtapa do Mundial de Formula 1 – 2021

O domingo iria proporcionar um GP da Itália histórico, cheio de incidentes e com a volta de uma poderosa equipe ao Hall dos vencedores. E de quebra, um piloto voltou a vencer muito alegre e boa gente depois de 3 anos de seca.

A corrida só teve 19 pilotos largando, Yuki Tsunoda não iria largar por causa de problemas nos freios. Gasly iria largar dos boxes.

Verstappen estava na pole position e precisava largar bem para disparar na ponta. Porém, isso não foi o que aconteceu. Na largada, Daniel Ricciardo largou melhor que Max Verstappen e assumiu a liderança. Hamilton tentou passar Verstappen na 2ªchicane, mas não consegue a segunda posição, pior que isso, acabou sendo superado por Norris.

Na mesma chicane, Giovinazzi que tinha largado muito bem passando Sainz jr. foi para cima de Leclerc, mas acabou não dando certo, o italiano cortou um pouco a chicane e na saída da chicane, foi tocado por Carlos Sainz jr. que poderia ter evitado a batida. O piloto da Alfa perdeu o aerofólio dianteiro e teve de ir para os boxes. Safety Car virtual foi acionado depois disso, mas acho que nessa poderia ter rolado um Safety Car físico.

No começo da segunda volta, a corrida recomeça com Ricciardo na frente, seguido de Verstappen, Norris e Hamilton. Os 4 primeiros se afastaram de Leclerc, que vinha na 5ªposição.

Verstappen partiu para cima de Ricciardo, mas não seria fácil para recuperar a ponta diante de um carro tão rápido como a Mclaren estava e com a eficiência  da Asa Móvel diminuída. Ao mesmo tempo que Norris estava sendo pressionado por Hamilton. Na 4ªVolta, Perez passa a pressionar Sainz jr., enquanto isso, Pierre Gasly abandona a corrida. Pela primeira vez a Alpha Tauri fica sem marcar pontos em 2021.

Nas disputas por posição, nem Verstappen e nem Hamilton vinham tenso sucesso dos seus objetivos de superarem seus adversários, ambos pilotos da Mclaren. Tanto é que Riccardo aumentou sua vantagem para Verstappen, com 1.2 segundos de diferença. Norris já vinha a uns 3 segundos atrás, segurando Hamilton. Já o lance entre Giovinazzi e Sainz jr. foi colocado sobre investigação. Tudo indicava punição para Sainz jr.,mas foi o piloto da Alfa Romeo que tomou 5 segundos de punição. Na minha visão, eu achei injusta a punição, possivelmente dava para Sainz jr. evitar a batida.

Na volta seguinte, Perez foi com tudo e passou Sainz jr.. o piloto da Ferrari batalhou para recuperar a posição, mas o mexicano estava determinado a consolidar a ultrapassagem, e foi isso que fez, ganhando de vez a 6ªposição. Enquanto isso, Bottas estava em 13º, logo atrás de Vettel. Se passasse o piloto da Aston Martin, chegaria em Ocon e depois chegaria em Latifi que comandava o pelotão.

Nas voltas seguintes, Bottas passou Vettel e depois passou Ocon. Na volta 13, o piloto da Mercedes supera Latifi e entra na zona de pontuação. Enquanto isso, Verstappen volta a se aproximar de Ricciardo e Hamilton voltou a se aproximar de Norris, mas a ultrapassagem continuava muito difícil, a Mclaren vinha muito rápida e só em um erro dos pilotos ou com problemas é que a ultrapassagem iria acontecer.

Na 15ªVolta, Vettel tentou passar Ocon por fora, mas foi apertado e jogado para a grama e quase para fora da pista. Nesse caso é que deveria ter uma punição para o piloto francês, pois foi claro que houve a fechada.

Bottas passou Alonso na 17ªVolta, o finlandês passou para a 9ªposição. Era uma ótima recuperação para Valtteri Bottas. Após 18 voltas, a classificação não mudou muito: Ricciardo, Verstappen, Norris, Hamilton, Leclerc, Perez, Sainz jr., Stroll, Bottas e Alonso nas 10 primeiras posições. Depois vinham Latifi, Ocon, Vettel, Russell, Kubica, Mick Schumacher, Mazepin e Giovinazzi.

Verstappen corta a chicane e perde um pouco de tempo. Ricciardo agradeceu e abriu 1.3 segundos de frente. Já Esteban Ocon tomou 5 segundos de punição por não ter deixado espaço para Vettel. Essa sim é uma punição justa e sem discursão. Na 22ªVolta, Bottas supera Stroll e assumia a 8ªposição.

Daniel Ricciardo foi o primeiro a realizar a parada, o australiano colocou pneus duros e voltou para a corrida na 7ªposição, a frente de Bottas e atrás de Sainz jr.. Verstappen poderia aproveitar para fazer algumas voltas rápidas para voltar à liderança, mas a equipe optou por fazer Max entrar nos boxes… Foi a maior roubada! A sempre impecável Red Bull acabou errando feio nos boxes, sua parada foi de 11 segundo para trocar os pneus. O holandês voltou na 10ªposição, bem longe de Daniel Ricciardo.

Norris era o líder, mas foi superado por Lewis Hamilton. A corrida começava a clarear a favor do piloto da Mercedes. Norris foi para a sua parada na 24ªvolta. Dos primeiros colocados, Lewis seria o último a parar para a troca de pneus. Essa troca aconteceu na 25ªvolta… A Mercedes não fez um bom trabalho e demorou 4.2 segundos para trocar os pneus.

Hamilton acabou voltando na frente de Verstappen, mas com os pneus frios. Max partiu com tudo para tomar a posição de seu principal adversário na luta pelo campeonato. Porém, acontece uma cena impressionante, Verstappen acabou tocando roda com roda em Lewis e acabou subindo por cima de Hamilton. Uma cena impressionante e até de certo modo, uma situação bem perigosa.

Sobre o lance, Eu acho que Verstappen foi precipitado e não mediu as consequências do que fez. Ele sabia que teria condições de passar Hamilton nas curvas seguintes. A punição de  3 posições no grid de largada para a próxima corrida foi justa, até digo que ele deveria ter tido punição maior. A roda do carro 33 bateu no Halo. Aliás, foi o halo que salvou a vida de Lewis Hamilton. Sem ele, e o pneu cairia bem na cabeça de Lewis, no que poderia ser uma tragédia. Mais uma vez o halo mostrou sua importância para o esporte.

Safety Car entrou na pista, seria muito trabalho para a retirada dos dois carros acidentados. Todo mundo que não tinha parado foi para os boxes. Depois dessas paradas, Daniel Ricciardo voltava a liderança, com maiores chances de vencer, mas vinha o monegasco Charles Leclerc na segunda posição, no meio das duas Mclarens, já que Lando Norris estava logo atrás, na terceira posição.

Sergio Perez vinha sendo o único representante da Red Bull na 4ªposição, Carlos Sainz jr. vinha em 5º e Valtteri Bottas vinha na 6ªposição, com pneus médios contra os pneus duros de todos os pilotos que estavam na frente. Stroll da Aston Martin, Alonso da Alpine, Russell e Latifi da Williams completavam as 10 primeiras posições. Ocon, Kubica, Vettel, Schumacher, Giovinazzi e Mazepin completavam o pelotão.

A relargada aconteceu na 31ªvolta, com Norris partindo pra cima de Leclerc e fazendo uma manobra grandiosa passou para a segunda posição. Após anos, a Mclaren fazia uma dobradinha. Ricciardo vinha em 1º e estava a 3 anos sem vencer e Norris buscava sua primeira vitória na Formula 1.

Na volta seguinte, Bottas passou Sainz jr. subindo para a 5ªposição, numa exibição magnifica do piloto finlandês. Curvas depois, Perez passou Leclerc, mas corta a 2ªchicane e não devolve a posição para o piloto da Ferrari. Isso poderia punir Checo e comprometer sua corrida.

Na 33ªVolta, Bottas superou Leclerc que tinha cortado a chicane, mas isso acabou favorecendo o piloto da Ferrari, usando seu vácuo e recuperando a 4ªposição. Na volta seguinte, Bottas fez nova ultrapassagem sobre Leclerc e recupera em definitivo a 4ªposição.

Pouco antes, Mick Schumacher deu um toque em Sebastian Vettel e se prejudicou, caindo para as últimas posições. Curvas depois, acabou sendo tocado por Nikita Mazepin, um piloto que dá provas dia após dia de que esta na Formula 1 apenas por causa do dinheiro de seu pai, pois talento esse piloto não parece ter.

Norris começou a se aproximar de Ricciardo. O australiano foi alertado para andar mais rápido. E foi exatamente que Daniel fez, nas voltas seguintes, sua vantagem para o companheiro de equipe aumenta. Ao mesmo tempo, Bottas chega em Perez, buscando o pódio. Se conseguisse passar o mexicano, Bottas teria chances até mesmo de vencer. Ainda haviam 18 voltas do final da prova.

Pouco tempo depois, Perez é punido em 5 segundos. Bottas não precisava passar Perez, já tinha o pódio nas suas mãos se mantivesse colado no mexicano. Porém, o finlandês queria a ultrapassagem para chegar nos pilotos da Mclaren.

Na 39ªVolta, Bottas colou pra cima de Perez, buscando a chance para passar o mexicano. Era a batalha entre a Red Bull e a Mercedes. Na volta 43, Bottas teve a chance de supera Perez, na segunda chicane, o piloto da Mercedes leva a 3ªposição, mas retardou a freada e acabou ficando um pouco mais lento. Foi nesse detalhe que Perez conseguiu recuperar a 3ªposição na saída da chicane.

Foi uma bela tentativa do piloto da Mercedes, mas Checo conseguiu recuperar a posição, mesmo com a punição, Perez poderia se manter na frente de Bottas e segurar o avanço do piloto da Mercedes. Na mesma volta, Nikita Mazepin acabou abandonando a corrida e provocando um Safety Car virtual ao encostar seu carro no começo da reta antes da reta dos boxes. Isso foi um pequeno respiro para todos os pilotos.

No final da 44ªVolta, a corrida recomeça. Leclerc chegou a se aproximar de Bottas, mas o piloto da Mercedes se distanciou em poucas curvas e voltou a ficar em cima de Perez no final da 45ªVolta.

A poucas voltas do final, Daniel Ricciardo vinha 1.7 segundos de frente para Lando Norris. Bottas ainda tentava passar Perez, mas parece que os pneus do piloto da Mercedes estavam um pouco mais desgastados que dos demais pilotos.

Após 53 voltas, Daniel Ricciardo acabou quebrando o jejum de mais de 3 anos sem vitória, numa exibição magnifica e levando a Mclaren para a vitória após mais de 8 anos na seca. A última vitória da equipe foi no GP do Brasil de 2012 com Jenson Button. A última vitória de Ricciardo foi no GP de Mônaco de 2018. De quebra, Ricciardo fez a melhor volta da corrida na última volta.

Para completar a festa da equipe de Woking, Lando Norris chegou em 2ºlugar, numa exibição excelente. A Mclaren não conquistava uma dobradinha desde do GP do Canadá de 2010, onde Lewis Hamilton venceu e Jenson Button ficou na segunda posição.

Sergio Perez chegou em 3º, mas a punição de 5 segundos joga o mexicano para a 5ªposição. O 3ºlugar acabou ficando para Valtteri Bottas da Mercedes, num final de semana magnifico para o finlandês, com a 1ªposição na sexta, a vitória na prova Sprint e a incrível corrida de recuperação durante as 53 voltas da corrida. Poderia ter vencido se não fosse a punição que levou por causa da troca de componentes da Unidade de potência.

Mesmo sem o pódio, Charles Leclerc fez um belo trabalho, levando a Ferrari até o 4ºlugar. Ficando na frente de Sergio Perez, o mexicano tomou a posição do monegasco e acabou pagando por esse erro. Achei justo que Leclerc tenha ficado na frente do piloto da Red Bull. Carlos Sainz jr. deveria ter levado a punição de 5 segundos, mas de resto, foi muito competitivo, mas faltou um pouco mais para se aproveitar da punição de Perez e tomar a 5ªposição.

Os 6 primeiros colocados polarizaram nas últimas 22 voltas. Desta forma, todo o restante do pelotão acabou ficando bem apagada.

De todo o resto, Lance Stroll fez uma bela corrida e levou bons 6 pontos do 7ºlugar para a Aston Martin. Fernando Alonso mais uma vez comandou a Alpine na classificação ao chegar na 8ªposição. Ocon ficou 2 posições atrás, fechando a zona de pontuação.

Entre os pilotos da equipe francesa ficou George Russell da Williams, que marca pontos pela 3ªvez nas últimas 4 corridas. O garoto de ouro da Inglaterra esta leve e cada vez melhor, assim como a sua equipe esta melhor a cada corrida. Nicholas Latifi até fez um final de semana melhor que Russell em boa parte da prova, acabou ficando atrás do Russell durante o safety car e acabou perdendo o 10ºlugar para Ocon, chegando na 11ªposição.

Sebastian Vettel acabou na 12ªposição, longe de ter o desempenho de Stroll. Antonio Giovinazzi foi vítima do toque de Sainz jr. e da injusta punição que tomou. Poderia ter pontuado, mas acabou ficando em uma decepcionante 13ªposição, só a frente de Robert Kubica e de Mick Schumacher.

No dia 26 de Setembro, teremos o GP da Rússia, no circuito de Sochi, onde sem dúvida teremos mais um duelo pela vitória e a intensidade da disputa pelo título continuava acesa entre Max Verstappen e Lewis Hamilton. Ainda estão em jogo 185 pontos no mínimo.

Resultado final do GP da Itália
14ªEtapa do Mundial de Formula 1 – 2021
Monza – 53 Voltas

pospilotoequipechassismotorVoltasTempo
13Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M12531:21:54.365
24Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M1253a 1.747s
377Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M1253a 4.921s
416Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/653a 7.309s
511Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H53a 8.723s
655Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/653a 10.535s
718Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M1253a 15.804s
814Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B53a 17.201s
963George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M1253a 19.742s
1031Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B53a 20.868s
116Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M1253a 23.743s
125Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M1253a 24.621s
1399Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/653a 27.216s
1488Robert KubicaAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/653a 29.769s
1547Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/653a 51.088s
9Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/641Motor
44Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M1225Acidente
33Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H25Acidente
10Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H3Suspensão
22Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H0Não largou – Freios

Melhor volta de cada piloto: Daniel Ricciardo conquistou 1 ponto pela melhor volta da prova.

pospilotoequipechassismotortemponº da Volta
13Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:24.81253
277Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:24.82734
34Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:24.97153
411Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:25.15653
533Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:25.17325
616Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:25.31953
714Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:25.47252
855Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:25.55953
931Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:25.56653
1099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:25.71850
1163George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:25.83553
1288Robert KubicaAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:25.84953
1318Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:25.85352
1444Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:25.8703
155Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:25.93850
166Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:25.95350
1747Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:26.70752
189Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:27.20241
1910Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:29.0052

Fotos:

imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Mclaren/Aston Martin/Alpine/Ferrari/Alpha Tauri/Alfa Romeo/Haas/Williams

Classificação e corrida curta do GP da Itália – Mundial de Formula 1 – 2021

A definição dos lugares para a corrida curta do sábado, o final de tarde nublado em Monza. A expectativa era de favoritismo dos pilotos da Mercedes. Porém, Valtteri Bottas já tinha sua posição definida para o Grid de largada, a equipe trocou componentes da sua unidade de potência que faz o finlandês largar da última posição.

As novidades fora das pistas é que muitas coisas se definiram em relação ao grid da temporada de 2022. Entre elas, A definição que Valtteri Bottas vai correr na Alfa Romeo, com um contrato de vários anos. Seu substituto na Mercedes será George Russell que estava fazendo por merecer um carro de ponta desde do final do ano passado. A Williams também se mexeu rápido para substituir Russell e acabou contratando o promissor Alexander Albon para ser companheiro de Nicholas Latifi para a temporada de 2022.

Na sexta-feira foi feito a classificação. Essa seria a segunda vez que teríamos a prova Sprint de sábado. Começando a Classificação, após 1 minuto de sessão no Q1, os primeiros pilotos entraram na pista, entre eles, os dois pilotos da Ferrari, a dona da casa vinha com boa expectativas. Na primeira volta dos dois, Sainz jr. foi 3 décimos mais rápido que Leclerc, com 1:22.495. Um pressionado Yuki Tsunoda acabou tendo de pista na terra para arrumar o segundo melhor tempo.

Max Verstappen passou para a ponta, com 1:22.108 a 12:50 do final. 25 segundos depois, Norris da Mclaren fez 1:21.681. A equipe Inglesa tinha motor Mercedes e a pista favorecia demais os carros de Ricciardo e Norris.

A 12 minutos do final da sessão, Hamilton abriu sua volta rápida e confirmou as expectativas vencedoras da Mercedes em Monza. Lewis fez 1:20.543 e Bottas fez 1:20.804 a 10 minutos do final. Ricciardo vinha em 3º, Gasly em 4º, Giovinazzi em 5º, numa ótima posição para a Alfa Romeo. Norris, Perez, Stroll, Verstappen e Vettel eram os 10 primeiros.

Sainz jr. vinha em 12º e Leclerc em 14º, mas os dois pilotos da Ferrari voltaram à pista e certamente iriam sair dessas posições incomodas.

Ocon ao fazer sua 1ªvolta rápida foi bem atrapalhado e acabou ficando com o 12ºtempo. Alonso teve melhor sorte e se colocou na 8ªposição. A 6:45 do final, Norris faz boa marca e sobe para 3ªposição. Duas Mercedes em 1º e 2º, duas Mclaren em 3º e 4º.

A 5:40 do final, Tsunoda faz boa marca e entra entre os 15 primeiros, Sainz jr. e Leclerc ficaram na zona de eliminação, mas por alguns segundos, o espanhol fez uma boa marca e pulou para 3º, até que Verstappen marcou um tempo melhor que o piloto da Ferrari. Leclerc marcou o 5ºtempo, pronto, as Ferrari se garantiram no Q2. Latifi, Russell, Mick Schumacher, Mazepin e Kubica vinham sendo os eliminados a 3 minutos e meio do final.

A 2:30 do final, Russell e Latifi pularam para 11º e 13º respectivamente, jogando Ocon e Vettel para fora o Q2. Stroll e Tsunoda estavam perto da zona de corte e precisavam melhorar suas marcas.

Na reta final, Stroll, Vettel e Ocon deram tudo de si e conseguiram se segurar no Q2, Os pilotos da Aston Martin ficaram na 8ª e 9ªposições. Ocon ficou em 12º. No final, Russell, Latifi, Mick Schumacher, Kubica e Mazepin estavam segundo eliminados. Porém, o Japonês Yuki Tsunoda teve sua última volta cancelada por passar dos limites da pista. Resultado disso: Russell é reconduzido a zona de classificação e o Japonês fica pelo caminho.

Hamilton e Bottas foram os mais rápidos, seguidos por Norris, Verstappen, Sainz jr. e Giovinazzi em surpreendente 6ºlugar.

Resultado do Q1:

pospilotoequipechassismotortempo
144Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:20.543
277Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:20.685
34Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:20.916
433Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:21.035
555Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:21.118
699Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:21.197
716Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:21.219
83Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:21.292
911Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:21.308
105Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:21.394
1118Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:21.415
1210Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:21.440
1314Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:21.487
1431Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:21.500
1563George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:21.890
166Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:21.925
1722Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:21.973
1847Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:22.248
1988Robert KubicaAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:22.530
209Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:22.716

A mesma coisa da primeira parte da classificação, demorou 1 minuto para os dois pilotos da Red Bull entrarem na pista. Perez e Verstappen tentariam quebrar o favoritismo de Hamilton e Verstappen. O restante da turma começou a entrar na pista logo a seguir.

Verstappen marcou 1:20.710, Bottas 1:20.032 e Lewis Hamilton a 10:20 do final fez 1:19.936, o melhor tempo até aquele momento da sessão. A se destacar a ótima classificação de Giovinazzi, com o 7ºtempo, chegando a fazer a primeira melhor parcial da sessão. Norris vinha em 3º a 420 milésimos do líder, Ricciardo em 4º, Gasly com a alpha Tauri em excelente 5ªposição e a frente de Max Verstappen que estava a quase 8 décimos de distância para Lewis.

Stroll, Leclerc e Perez eram os 3 últimos classificados. Ocon, Vettel, Sainz jr., Russell e Alonso (Que não marcou tempo) estavam sendo os eliminados a 8 minutos do final da sessão.

Todos foram para os boxes e esperaram para começarem a sair quando faltavam 3 minutos e 30 segundos do final da sessão. Os pilotos da Mercedes nem precisavam sair, já que vinham bem a frente dos demais pilotos, mas acabaram saindo para a pista. Lewis Hamilton acabou sendo quase que sendo acertado por Sebastian Vettel que foi autorizado a sair naquela hora. O errado nessa história foi quem permitiu a saída do piloto.

Em situação crítica, Sergio Perez foi para a última volta precisando melhorar seu tempo. O mexicano conseguiu pular da 10ª para a 8ªposição. Depois,  acabou sendo superado por Carlos Sainz jr. que fez um ótimo 8ºtempo e por Leclerc que marca o 9ºtempo. De resto, Perez conseguiu sua classificação, na 10ª e última posição.

Sebastian Vettel e Lance Stroll da Aston Martin, Fernando Alonso e Esteban Ocon da Alpine e George Russell da Williams. Os classificados foram Hamilton, Bottas, Norris, Verstappen, Ricciardo, Gasly, Giovinazzi, Sainz jr., Leclerc e Perez.

Resultado do Q2:

pospilotoequipechassismotortempo
144Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:19.936
277Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:20.032
34Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:20.059
433Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:20.229
53Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:20.435
610Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:20.556
799Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:20.726
855Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:20.750
916Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:20.767
1011Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:20.882
115Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:20.913
1218Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:21.020
1314Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:21.069
1431Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:21.103
1563George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:21.392

A Mercedes era favorita para as 2 primeiras posições da largada da prova curta de 18 voltas. Hamilton e bottas foram os primeiros a partirem para a pista nos primeiros segundos de sessão. Os dois pilotos da Red Bull foram logo a seguir, atrás de Pierre Gasly.

Com exceção de Giovinazzi, todo mundo partiu para a primeira tentativa de volta rápida no Q3. Na primeira volta, Hamilton foi o mais rápido, ao fazer 1:19.949. Bottas não foi bem na volta, passou por cima da terra na saída da segunda chicane e marcou 1:20.383 e  foi superado por Verstappen que fez 1:19.966 (a 17 milésimos de Lewis), Norris a 65 milésimos atrás de lewis e por Daniel Ricciardo. Gasly, Leclerc, Sainz jr. e Perez completavam os 9 primeiros a 7 minuto do final da sessão.

A 3 minutos do final, Verstappen e Perez foram os primeiros a partirem para a pista, era a última tentativa para melhora de tempo. Lewis tinha a mão na pole, mas Bottas, Verstappen, Norris e Ricciardo poderiam melhorar seus tempos e até mesmo superar Lewis.

Na sua última tentativa, Verstappen não conseguiu melhorar sua marca e ficou com o tempo que tinha. Quem melhorou foi Gasly que passou a 5ªposição, superando Valtteri Bottas que tinha mais pressão ainda, mas o finlandês estava em volta rápida, ou melhor, a volta mais rápida da sessão. Com 1:19.555, Bottas superou Hamilton em 96 milésimos e conquistou a pole position para a prova de classificação do sábado, demostrando o potencial do motor novo. Lewis Hamilton larga na segunda posição e fica a frente de seu rival na disputa pelo título. Verstappen fez o que era possível e até conseguiu uma importante 3ªposição, ficando na segunda fila. Lando Norris vai largar ao lado do líder do campeonato, na 4ªposição.

Na terceira fila largam Daniel Ricciardo e Pierry Gasly, Na quarta-fila largam Carlos Sainz jr. e Charles Leclerc e completando as 10 primeiras posições, Sergio Perez e Antonio Giovonazzi na 5ªFila

Grid de largada da corrida Sprint

pospilotoequipechassismotortemponº de voltas
177Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:19.55518
244Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:19.65118
333Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:19.96619
44Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:19.98921
53Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:19.99517
610Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:20.26016
755Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:20.46218
816Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:20.51018
911Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:20.61120
1099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:20.80816
115Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:20.91314
1218Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:21.02013
1314Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:21.06911
1431Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:21.10312
1563George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:21.39216
166Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:21.92510
1722Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:21.9739
1847Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:22.2488
1988Robert KubicaAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:22.5307
209Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:22.7169

Sábado, dia da segunda corrida rápida da história da Formula 1, com uma duração de 18 voltas, no rapidíssimo circuito de Monza.

Bottas sabia que não poderia largar na frente, então teria de dar tudo de sí para vencer e levar os três pontos. Se esperava que o finlandês não largasse bem, mas foi Hamilton que acabou não realizando uma boa largada. Enquanto Bottas manteve a liderança, Hamilton acabou sendo superado por Verstappen, Ricciardo e Norris.

Na terceira curva, Gasly acabou saindo reto e foi para o muro, isso se explica porque o francês tocou em Ricciardo e acabou tendo seu aerofólio dianteiro danificado. Segundos depois, na 2ªchicane, Yuki Tsunoda toca em Robert Kubica que roda e acaba ficando na brita. Safety Car na pista para arrumarem toda essa confusão. A reação de largada do Bottas foi de 4.25 segundos, já a de Hamilton foi de 5.25 segundos. Foram 1 segundo de reação que fez a diferença a favor do finlandês.

Na 4ªVolta, a corrida recomeça, Bottas manteve a ponta, assim como Verstappen, Ricciardo, Norris, Hamilton, Leclerc, Sainz jr., Giovinazzi, Stroll e perez mantiveram suas posições. Vettel e Alonso faziam um duelo de respeito pela 11ªposição.

Bottas abriu em uma volta, 1.6 segundos de Verstappen, 2.7 segundos de Ricciardo e 4 segundos de Norris.  Enquanto isso, Hamilton estava em uma roubada, pois precisava passar Norris e não era nada fácil passar a Mclaren em Monza, o carro da equipe de Woking era feito para andar muito rápido em pistas rápidas, com pouca asa. Por falar em asa, a asa móvel tinha um efeito muito pequeno para facilitar a ultrapassagem.

Perez foi para cima de Stroll, apesar do mexicano ter um bom equipamento na mão, não estava conseguindo passar o piloto da Aston Martin. Na 9ªVolta, Perez passa Stroll, mas acaba cortando a chicane. Isso deveria levar checo a dar passagem para Stroll, isso acaba acontecendo na parte final da volta. Na volta seguinte, checo passa o canadense e assume em definitivo a 8ªposição.

Bottas e Verstappen estavam lá na frente, bem distanciado de Ricciardo, Norris e Hamilton. Perez tentou um ataque em Giovinazzi nas 3 voltas finais.

Valtteri Bottas conquistou a vitória e levou os 3 pontos para a casa, mas a pole não ficaria com ele. Devido à punição pela troca de componentes da Unidade de Potência, quem largaria da pole era Max Verstappen da Red Bull. O Holandês ficou na segunda posição, 2 segundos atrás do vencedor da prova curta. Isso significava que o piloto da Red Bull teria sim chances de conquistar a vitória em Monza, mesmo sem ter um carro tão veloz como o carro da Mercedes.

Daniel Ricciardo completou o pódio da corrida curta e iria largar na primeira fila com Max. Na segunda fila da corrida de domingo, largam Lando Norris e Lewis Hamilton. O piloto da Mercedes não conseguiu superar Norris e acabou ficando sem pontuação enquanto que Max ganhou 2 pontos com o 2ºlugar.

Charles Leclerc chegou em 6º e iria liderar a tropa da Ferrari na 3ªfila, Carlos Sainz jr. completa essa fila. Antonio Giovinazzi impressiona com o bom desempenho da Alfa Romeo, chegando em 8º e largando em 7º, na frente de Sergio Perez da Red Bull.

Lance Stroll e Fernando Alonso largam na 5ªFila e depois o grid se sucede com Vettel, Ocon, Latifi que pela  primeira vez larga na frente de Russell, Tsunoda, Mazepin, Kubica, Mick Schumacher e Pierre Gasly. Valtteri Bottas iria partir da última posição no domingo, ou não???

Resultado da Sprint Race – Monza – 18 Voltas

pospilotoequipechassismotortempo
177Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M1227:54.078
233Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621Ha 2.325s
33Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M12a 14.534s
44Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M12a 18.835s
544Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M12a 20.011s
616Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/6a 23.442s
755Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/6a 27.952s
899Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/6a 31.089s
911Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621Ha 31.680s
1018Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M12a 38.671s
1114Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20Ba 39.795s
125Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M12a 41.177s
1331Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20Ba 43.373s
146Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M12a 45.977s
1563George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M12a 46.821s
1622Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621Ha 49.977s
179Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/6a 1:02.599s
1888Robert KubicaAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/6a 1:05.096s
1947Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/6a 1:06.154s
10Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621HAcidente – a 18 Voltas

Grid de Largada:

pospilotoequipechassismotor
133Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H
23Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M12
34Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M12
444Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M12
516Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/6
655Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/6
799Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/6
811Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H
918Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M12
1014Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B
115Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M12
1231Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B
136Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M12
1463George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M12
1522Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H
169Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/6
1788Robert KubicaAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/6
1847Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/6
1977Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M12
2010Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H
Bottas e Gasly sofreram penalizações por troca de componentes em seus carros

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: Mercedes

GP da Holanda – 13ªEtapa do Mundial de Formula 1 – 2021

Verstappen era o dono da festa em Zandvoort, de volta a Formula 1 desde de 1985, quando foi realizada a etapa holandesa pela última vez.  Max acabou ganhando tudo que poderia ganhar, Pole no sábado e vitória no domingo. No dia do encerramento das Paralimpiadas de Tokyo.

Tivemos uma substituição na Alfa Romeo, Kimi Raikkonen que tinha anunciado que vai se aposentar após o final da temporada acabou pegando Covid-19 e teve de ficar de quarentena. Com isso, Robert Kubica assumiu o lugar do finlandês para as próximas duas corridas do campeonato (Correria também na Itália).

A Sessão de classificação no sábado. Os primeiros pilotos a entrarem na pista foram Lafiti, Kubica, Tsunoda, Mick Schumacher e Mazepin.  Desses, Tsunoda fez 1:11.947 a 14:45 do final, foi nesse momento que Verstappen entra na pista e toda a torcida festejou, era território do piloto da Red Bull que tinha todo o favoritismo. Na primeira volta, Verstappen fez 1:10.036 e se coloca bem a frente da concorrência.

Lewis Hamilton fez 1:10.183 e foi o único a ficar perto do piloto Holandês, o mais ferrenho adversário e principal rival na disputa do título. Gasly (Que se destacaria nesse final de semana) passou a 3ªposição. Os últimos a marcarem volta foram os dois pilotos da Alpine (Alonso e Ocon) e Ricciardo.

Verstappen lidera a 6:30 do final, Hamilton e Bottas melhoraram suas marcas e consolidaram a 2ª e 3ªposições. Gasly vinha em excelente 4ªposição. Leclerc, Alonso, Perez, Norris, Ocon e Giovinazzi. Os eliminados eram Latifi, Tsunoda, Sainz jr., Mazepin e Mick Schumacher.

Sainz jr. foi para uma nova volta e o espanhol correspondeu e passou para a 8ªposição. Outro que melhorou foi Yuki Tsunoda que pulou da 18ª para a 10ªposição. Com isso, Stroll e Vettel foram para a zona de eliminação.

A 3 minutos do final, quase todo mundo foi para a pista, para as últimas tentativas de volta. Vettel que vinha entre os eliminados subiu  12ªposição e se colocando no Q2. George Russell fez uma estupenda volta e colocou a Williams na 5ªposição. Acabou que Stroll não se deu bem e não conseguiu melhorar.

Nos momentos finais do Q1, Leclerc acabou fazendo a melhor volta e Carlos Sainz jr. com a 2ªposição. Uma dobradinha da Ferrari importante, mas que camufla a realidade das equipes. Antonio Giovinazzi se colocou em ótima 4ªposição com sua Alfa Romeo, logo atrás do canadense Nicholas Latifi da Williams.

Quem se deram mal foram Sergio Perez que não conseguiu se quer passar do Q2 e Sebastian Vettel que foi atrapalhado pelos pilotos da Haas. Aliás, totalmente sem noção o que fizeram os pilotos da equipe mais fraca do mundial. Os outros eliminados foram Robert Kubica da Alfa Romeo e Mick Schumacher e Nikita Mazepin da Haas. Lando Norris ficou na 15ªposição, se salvando por muito pouco de ficar fora do Q2.

Resultado do Q1:

pospilotoequipechassismotortempo
116Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:09.829
255Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:10.022
333Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:10.036
499Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:10.050
56Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:10.093
644Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:10.114
731Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:10.179
877Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:10.219
93Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:10.255
1010Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:10.274
1163George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:10.382
1214Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:10.435
1318Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:10.438
1422Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:10.462
154Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:10.489
1611Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:10.530
175Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:10.731
1888Robert KubicaAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:11.301
1947Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:11.387
209Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:11.875

Assim que Max Verstappen entrou na pista a torcida voltou a se agitar, uma torcida com muitas expectativas para o piloto da casa. Expectativas mais do que correspondidas, pois Max marcou 2:09.071, eram 2 segundos mais rápido que a volta de Nicholas Latifi da Williams. Todo mundo ficaria bem longe do tempo do piloto holandês, Hamilton e Bottas vinham em 2º e 3º com 6 décimos de defasagem, isso a 10 minutos do final da sessão.

2 minutos depois, Leclerc fez uma boa volta e se colocou na 2ªposição e Pierre Gasly levou a sua Alpha Tauri a 3ªposição, mas já a quase meio segundo de Max Verstappen. Hamilton e Bottas caíram para 4ª e 5ªposições. Os outros classificados eram Ricciardo, Sainz jr., Ocon, Alonso e Giovinazzi.

A 6 minutos do final, a dupla da Williams buscava uma classificação para o Q3. Porém, George Russell acabou indo para a brita e acabou batendo, isso provoca a primeira bandeira vermelha da sessão e do Q2. Todo mundo teve de esperar para ir aos boxes esperar a liberação da pista…

… A 3:54 do final, todo mundo volta para a pista, mas ninguém conseguiu melhorar tempo nenhum, porque Nicholas Latifi ao tentar a volta acabou pisando na terra e rodando para a brita. Foi a segunda bandeira vermelha e foi essa bandeira que encerrou o Q2. Terminaram eliminados: Russell, Stroll, Norris, Larifi e Tsunoda. Verstappen foi o mais rápido, seguido de Leclerc, Gasly, Hamilton, Bottas, Ricciardo, Sainz jr., Ocon, Alonso e Giovinazzi.

Resultado do Q2:

pospilotoequipechassismotortempo
133Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:09.071
216Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:09.437
310Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:09.541
444Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:09.726
577Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:09.769
63Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:09.865
755Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:09.870
831Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:09.919
914Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:10.020
1099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:10.033
1163George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:10.332
1218Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:10.367
134Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:10.406
146Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:11.161
1522Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:11.314

A fase final da classificação demorou uns 20 minutos para repararem a pista e para a retirada do carro de Russell da brita. Após essa resolução de contra-tempo, é que começou a contagem regressiva.

Verstappen foi o terceiro a entrar na pista (os dois primeiros foram Ricciardo e Giovinazzi). O público vibrava a cada vez que o piloto da casa entrava na pista.

Ricciardo fez 1:10.524 na sua primeira volta. O tempo foi triturado por Verstappen que marcou 1:08.923 a 8 minutos do final e passou a liderança, com uma certa folga para Valtteri Bottas que ficou a 299 milésimos de Max e alguns milésimos (para ser mais exato a 46) a frente de Lewis Hamilton. Pierre Gasly com 1:09.663 passou a frente dos dois pilotos da Ferrari (Leclerc e Sainz jr.). Alonso, Giovinazzi, Ricciardo e Ocon completavam os 10 primeiros.

Quem iria bater Verstappen? A Resposta foi que ninguém conseguiu bater o piloto da casa que melhorou para 1:08.885 e assegurou a pole position na sua última volta para a festa da torcida holandesa. Lewis Hamilton melhorou na sua volta final, quase que conseguindo superar seu rival. Pelo menos, o líder do campeonato larga na primeira fila, podendo disputar a ponta com Max na primeira curva.

A segunda fila será aberta por Valtteri Bottas que não conseguiu melhorar sua marca na sua segunda tentativa de volta. Ao seu lado, larga Pierre Gasly da Alpha Tauri, grande classificação do piloto francês.

Charles Leclerc e Carlos Sainz jr. levam a Ferrari a dominar a 3ªfila. Antonio Giovinazzi fez uma classificação brilhante, colocando a Alfa Romeo para uma ótima 7ªposição. Esteban Ocon e Fernando Alonso tiveram classificações corretas e acabaram ficando com 8ª e 9ªposições e Daniel Ricciardo fechou os Top 10 da classificação.

Grid de Largada:

pospilotoequipechassismotortempo
133Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:08.885
244Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:08.923
377Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:09.222
410Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:09.478
516Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:09.527
655Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:09.537
799Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:09.590
831Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:09.933
914Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:09.956
103Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:10.166
1163George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:10.332
1218Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:10.367
134Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:10.406
1422Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:11.314
155Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:10.731
1688Robert KubicaAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:11.301
1747Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:11.387
189Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:11.875
1911Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:10.530
206Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:11.161
Sergio Perez e Nicholas Latifi largaram do pitlane

No domingo, Verstappen teria de vez a sua consagração em sua casa, em uma corrida perfeita durante todas as 72 voltas da corrida. Perez acabou indo largar nos boxes.

Na largada, Verstappen, Hamilton, Bottas, Gasly e Leclerc mantiveram as 5 primeiras posições. Já Sainz jr. teve dificuldades para manter a 6ªposição em cima de Giovinazzi que acabou tocado, isso fez que o piloto da Alfa Romeo perdesse posições para Alonso, Ocon e Ricciardo.  E caísse para a 10ªposição.

No começo de prova aconteceram poucas coisas, uma ultrapassagem de Alonso sobre Ocon, Mick Schumacher parou na 5ªvolta e Perez tentando passar Mazepin, mas tendo dificuldades para conseguir essa ultrapassagem, tanto é que o mexicano fez uma parada na 8ªvolta, o que fez voltar para a penúltima posição.

Nessa altura, Verstappen já tinha 2.7 segundos de vantagem para Hamilton. A vantagem era bem maior para Bottas, que vinha na 3ªposição. Contar a diferença para o Gasly já era demais, ela passava até dos 15 segundos de diferença em 10 voltas. Vettel fez sua primeira parada na 11ªvolta.

Eram poucas as brigas por posições, uma delas era entre George Russell e Lance Stroll valendo a 11ªposição. Claro que as ultrapassagens eram bem poucas, uma delas foi de Nicholas Latifi que passou por fora Mazepin, briga valendo uma modesta 16ªposição.  Na volta 19, Perez chegou em Latifi e conquistou a ultrapassagem que lhe valeu a 16ªposição, mesma posição onde ele iria largar.

As posições nas 10 primeiras posições após 20 voltas não se alteraram; Verstappen, Hamilton, Bottas, Gasly, Leclerc, Sainz jr., Alonso, Ocon e Giovinazzi.

Hamilton vai para a 1ªparada, na 21ªVolta. Isso fez com que Verstappen fosse para a parada na volta seguinte. O holandês voltou à frente de Hamilton e a torcida festejou o feito do piloto da Casa. Bottas assumiu a liderança, com 10 segundos a frente de Verstappen e 13 segundos a frente de Lewis. Lá atrás, Perez supera Tsunoda e passa a ser o 14ªcolocado.

Em poucas voltas, Bottas ver a vantagem que tinha sobre Verstappen cair por terra, o que era previsível com os pneus novos de Verstappen e Hamilton contra os pneus de quase 30 voltas do piloto finlandês. Gasly parou na 25ªVolta, deixando Leclerc e Sainz jr. na 4ª e 5ªposições. Na volta 28, pararam Giovinazzi, Russell e Stroll.

Verstappen chegou em Bottas na 30ªvolta e acabou passando o finlandês no final da volta. Curvas depois, na 31ªvolta, Hamilton superou Bottas que acabou indo para os boxes na volta 32, dos três primeiros acabou sendo a melhor das paradas, com 2.2 segundos para a troca de pneus. Também pararam na 32ªVolta: Carlos Sainz jr. e Esteban Ocon. Ainda não tinham feito parada Charles Leclerc, Fernando Alonso, Lando Norris, Robert Kubica e Nikita Mazepin.

Verstappen vinha 1.4 segundos a frente de Lewis Hamilton e mais de 20 segundos a frente de Bottas. Enquanto isso, George Russell toma punição de 5 segundos por ter passado do limite de velocidade. Ocon e Sainz jr. pararam na 34ªVolta, Leclerc Parou na 35ªvolta. Na metade da corrida, dos 10 primeiros colocados somente Leclerc e Sainz jr. vinham com pneus duros, todo o resto do pelotão estava com pneus médios.

Após 36 voltas, Verstappen já tinha colocado 1ªvolta em Esteban Ocon que vinha na 9ªposição. Na 37ªVolta, Sebastian Vettek roda na curva inclinada. Bottas que estava logo atrás toma um susto e teve de passar por fora da curva, mas acabou seguindo na prova sem grandes problemas.

Hamilton foi para uma segunda parada na 40ªvolta, era uma forma de pegar no contra pé da Red Bull, só que eles também foram espertos e chamaram Max para os boxes na volta seguinte. Acabou dando tudo certo para Verstappen que voltou ainda na liderança, com 3.6 segundos a frente de Lewis Hamilton e 7 segundos á frente de Bottas.

Pierry Gasly já vinha bem longe dos 3 primeiros, em 4ºlugar com sua Alpha Tauri. A seguir com os dois pilotos da Ferrari (Leclerc a frente de Sainz jr.) completando os 6 primeiros lugares.

Norris parou na 41ªVolta, nessa mesma volta, Nikita Mazepin foi para os boxes e não voltou mais para a corrida.

Nas voltas seguintes, Hamilton tentou uma aproximação que acabou anulada pelo próprio Verstappen. Perez que vinha em 8º para na 48ªvolta e voltou na 12ªposição, mas com pneus novos e podendo avançar. Na 49ªVolta, Yuki Tsunoda abandonou depois de ir para os boxes pela segunda vez.

Hamilton tentou de novo chegar em Verstappen, dessa vez o esforço estava dando certo, já que a diferença caiu para 1.6 segundos na 54ªVolta. Mesma volta em que Perez supera Ricciardo e subiu para a 10ªposição.

Percebendo que a vantagem caiu, Max Verstappen acelerou nas voltas posteriores e menos de 15 voltas do final, o piloto da casa já tinha abrido 3 segundos de frente para Lewis, a vitória estava nas mãos do holandês.

A menos de 10 voltas do final, Perez partiu para cima de Norris, disputando uma 9ªposição que era pouco para ambos. A disputa durou umas 3 voltas e terminou com a ultrapassagem do piloto mexicano. Antes da ultrapassagem, os dois acabaram se tocando na curva 1, mas sem gravidade para ambos.

Sem chances de avançar na prova, Bottas vai para uma parada a 5 voltas do final, colocar pneus novos e conquistar o ponto da melhor volta da prova. Na volta 69, o finlandês faz a melhor volta da prova. Ai que Hamilton acabou indo para uma parada a 2 voltas do final buscando essa volta mais rápida.

Max Verstappen acabou levando seu carro para a vitória e a sua consagração. Festa nas arquibancadas na volta do GP da Holanda com um vencedor holandês. O piloto da Red Bull com essa atuação de gala e a vitória retorna a liderança do Mundial.

Lewis Hamilton acabou o dia na segunda posição e conquistou o ponto extra com a melhor volta da corrida, evitando que Max tivesse mais vantagem na liderança do mundial. O pódio foi completado por Valtteri Bottas que acabou recuperando a 3ªposição no Mundial de Pilotos, sem muito destaque na corrida.

Pierre Gasly teve uma grande atuação, andando sempre como o melhor do resto na classificação e durante toda a corrida, para levar a Alpha Tauri a uma importante 4ªposição. Charles Leclerc fez uma boa corrida, chegando a uma boa 5ªposição, mas sem jamais conseguir superar o francês da equipe satélite da Red Bull.

Fernando Alonso buscou no final a aproximação em cima de Carlos Sainz jr. e conseguiu na última volta tomar a 6ªposição das mãos do piloto da Ferrari. Brilhante prova do Príncipe das Asturias. Enquanto que o piloto da Ferrari acabou perdendo 2 pontos que podem fazer falta para ele e a equipe no Mundial de pilotos e construtores.

Sergio Perez teve um fim de semana abaixo do esperado, após uma classificação ruim acabou fazendo uma boa corrida de recuperação, mas que só foi o suficiente para levá-lo ao 8ºlugar. A zona de pontuação foi completada por Esteban Ocon da Alpine e Lando Norris da Mclaren.

Daniel Ricciardo acabou de fora dos pontos, na 11ªposição. Na verdade, a Mclaren não estava em uma de suas melhores pistas do campeonato. Lance Stroll fez o que pode com a Aston Martin, levando seu carro para uma decente 12ªposição.

Após a rodada, Sebastian Vettel ainda conseguiu uma recuperação que foi o bastante para ficar na 13ªposição, mas ambos os pilotos da Aston Martin ficou a 2 voltas do vencedor. Antonio Giovinazzi que teve uma ótima classificação foi ladeira abaixo na corrida e só conseguiu ficar na 14ªposição, o substituto de Kimi Raikkonen não foi de todo o mal, Robert Kubica foi digno e terminou o final de semana na 15ªposição.

Nicholas Latifi, George Russell que teve problemas de câmbio nas voltas finais e Mick Schumacher completaram a classificação do GP da Holanda.

Resultado final da 13ªEtapa
Mundial de Formula 1 – Temporada 2021
GP da Holanda – 72 Voltas

pospilotoequipechassismotorvoltastempo
133Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H721:30:05.395
244Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M1272a 20.932s
377Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M1272a 56.460s
410Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H71a 1 volta
516Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/671a 1 volta
614Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B71a 1 volta
755Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/671a 1 volta
811Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H71a 1 volta
931Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B71a 1 volta
104Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M1271a 1 volta
113Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M1271a 1 volta
1218Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M1270a 2 voltas
135Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M1270a 2 voltas
1499Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/670a 2 voltas
1588Robert KubicaAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/670a 2 voltas
166Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M1270a 2 voltas
1763George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M1269Câmbio
1847Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/669a 3 voltas
22Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H48Unidade de Potência
9Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/641Problema Hidráulico

Melhor volta da corrida – Lewis Hamilton ganhou 1 ponto pela melhor volta da prova

pospilotoequipechassismotortemponº da Volta
144Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:11.09772
277Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:12.54969
333Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:13.27560
411Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:13.46159
55Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:13.95863
64Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:14.23648
714Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:14.32360
831Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:14.67554
916Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:14.78058
1010Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:14.81857
113Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:14.92059
1299Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:15.12566
1355Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:15.26045
1488Robert KubicaAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:15.44244
1518Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:15.61157
1663George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:15.62857
1722Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:15.78344
186Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:15.79025
1947Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:15.92736
209Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:16.06635

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Mclaren/Aston Martin/Alpine/Ferrari/Alpha Tauri/Alfa Romeo/Haas/Williams

GP da Inglaterra – Mundial da Motovelocidade 2021 – MotoGP – 12ªetapa

Etapa realizada no dia 29 de Agosto, com uma bela pole position de Pol Espargaró e uma vitória brilhante de Fabio Quartararo, o francês dispara na liderança do campeonato.

Classificação no sábado: Os favoritos a conquistar as duas vagas da repescagem eram Johann Zarco da Pramac e Alex Rins da Suzuki, mas os pilotos da LCR Honda e Miguel Oliveira eram piloto que poderiam incomodar.

Miguel Oliveira começou na frente com 2:00.391, seguido de Iker Lecuona da Tech 3 (que já mandou o aviso prévio para seus dois pilotos). A 9:30 do final, Alex Rins foi o primeiro a virar abaixo dos 2 minutos (marcou 1:59.975). Um minuto depois, Enea Bastianini levou a Avintia a 1ªposição, com 1:59.553.

Johann Zarco passou para segundo, a quase 2 décimos atrás de Bastianini. Rins estava fora dos dois primeiros e na sua nova volta a situação não melhorou, ele continuou na 3ªposição. A 7 minutos do final, Bastianini estava surpreendendo na primeira posição e junto de Zarco estava indo para o Q2. Em 3ºRins precisava melhorar, assim como Petrucci, Marini, Oliveira, Crutchlow, Lecuona, Dixon, Nakagami e Alex Marquez. O irmão de Marc Marquez ainda não tinha volta cronometrada.

Rins voltou a pista em busca da classificação, assim como Lecuona e Nakagami. O piloto japonês da LCR fez uma bela marca e passou da 10ª para a 3ªposição a 2 minutos e 30 segundos do final.

Todo mundo a caça do tempo de Enea Bastianini. A 1 minuto e meio do final, o piloto da Avintia vai ao chão, perdendo a chance de melhorar a volta, no que poderia fazer falta para Enea.

E realmente a queda custou a classificação. Na suas últimas voltas, Zarco marcou 1:59.288 e terminou com o melhor tempo e Rins marcou 1:59.509 e ficou em 2º. Bastianini acabou ficando de fora do Q2. Os principais favoritos as vagas acabaram confirmando as expectativas dessa vez.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
15Johann ZarcoPramac RacingDucati1’59.288
242Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’59.509
323Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’59.553
410Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’59.764
530Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’59.881
69Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’59.997
773Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda2’00.117
827Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM2’00.131
935Cal CrutchlowMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha2’00.217
1088Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM2’00.391
1196Jake DixonPetronas Yamaha SRTYamaha2’00.869

Começando o Q2, se esperava a disputa pela pole entre os pilotos da Ducati e Fabio Quartararo, o único dos espartanos brancaleones da Yamaha em Silverstone. Na primeira volta, Pol Espargaró teve sua volta anulada, que indicava mais um treino apagado do piloto da Honda.

Mir marcou 2:00.237 a 10 minutos e 50 segundos do final. O campeão do Mundo da temporada passada acabou superado 1 minuto depois pelo australiano Jack Miller ao marcar 1:59.640.

Fabio Quartararo detonou a concorrência, o piloto da Yamaha marcou o temporal de 1:58.990. Parecia que seria mais um dia de pole para o piloto francês. Francesco Bagnaia marcou o segundo tempo, com 1:59.340, a mais de 3 décimos atrás do líder do campeonato. Valentino Rossi fez um bom tempo e passou a 4ªposição, deixando Joan Mir na 5ªposição.

Pol Espargaró marcou uma boa volta, passando para a 3ªposição. Seu irmão Aleix também melhorou e subiu para 5ªposição.

A 8:10 do final, Jorge Martin fez uma grande volta, passando para segunda posição com 1:59.273. 30 segundos depois, Francesco Bagnaia passou 13 milésimos a frente do piloto da Pramac. Porém, o piloto da Yamaha continuava muito na frente.

A 5 minutos do final, tudo encaminhava para a pole de Quartararo. Seria difícil para alguém fazer duas voltas rápidas. A 1 minuto e meio do final, Zarco que estava na 11ªposição fez uma volta melhor e marcou o 7ºtempo.

Pol Espargaró foi para a sua última tentativa, essa foi a melhor e mais importante volta da sua carreira na MotoGP. Pol fez o tempo de 1:58.889 e passou a liderança, superando a marca de Quartararo, que parecia ser insuperável.

Porém, Jorge Martin fez 1:58.008, destruindo a sessão e levando a pole position, mas o tempo foi anulado e o piloto da Pramac perdeu a pole, passou do limite da pista na curva 8. Com isso, Pol Espargaró conquistou sua primeira pole na Honda e a 3ªpole position na MotoGP. Foi seu primeiro brilhante resultado pela poderosa equipe oficial da Honda.

Francesco Bagnaia da Ducati larga na segunda posição e Fabio Quartararo da Yamaha de pole acabou caindo para a terceira posição, sem a anulação da volta de Martin, ficaria de fora da 1ªfila.

Jorge Martin acabou indo da pole position para um amargo 4ºlugar, o piloto da Pramac terá a companhia de Marc Marquez da Honda e de Aleix Espargaró da Aprilla na segunda fila.

Jack Miller vai abrir a terceira fila que foi ofuscado por Bagnaia e Martin. Diferente do piloto australiano, Valentino Rossi teve um desempenho muito positivo ao ficar com a 8ªposição. Johann Zarco também ofuscado pelos pilotos da Ducati fecha a 3ªfila.

Completando os 12 primeiros colocados: Alex Rins e Joan Mir da Suzuki e Brad Binder, com a melhor KTM no grid.

Grid de Largada:

pospilotoequipemototempo
144Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’58.889
263Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati1’58.911
320Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’58.925
489Jorge MartinPramac RacingDucati1’59.074
593Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’59.086
641Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniAprilia1’59.273
743Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati1’59.368
846Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’59.531
95Johann ZarcoPramac RacingDucati1’59.579
1042Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’59.639
1136Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’59.763
1233Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’59.977
1323Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’59.553
1410Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’59.764
1530Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’59.881
169Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’59.997
1773Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda2’00.117
1827Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM2’00.131
1935Cal CrutchlowMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha2’00.217
2088Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM2’00.391
2196Jake DixonPetronas Yamaha SRTYamaha2’00.869

Um domingo de muita ansiedade para Pol Espargaró e a Honda, ambos poderiam conquistar a gloria, principalmente para o piloto espanhol que estava buscando sua primeira vitória na MotoGP. Porém, a prova não seria exatamente como o espanhol planejava.

Pol manteve a liderança,  seguido de Fabio Quartararo que passou Francesco Bagnaia. Aleix Esparagaró se aproveita e também tomou posição do piloto da Ducati. Porém, Peppo na reta oposta faz uma manobra ousada e na curva 7, o italiano passou os seus dois algozes e voltou a segunda posição.

2 curvas depois, Marc Marquez estava fazendo a ultrapassagem sobre Jorge Martin. Foi nesse momento que o piloto da Honda vai ao chão e acabou levando o piloto da Pramac ao chão. Ambos abandonaram a prova.

Aleix Espargaró passou Francesco Bagnaia. Ao terminar a primeira volta, os irmãos Pol e Aleix lideravam a corrida. O piloto da Honda estava meio segundo a frente do piloto da Aprilla, mas bastou 1 volta para essa vantagem ser dizimada, Aleix, Bagnaia  e Quartararo chegaram no piloto da Honda Repsol.

Na 3ªVolta, Aleix Espargaró passou o irmão e assumiu a liderança, mas se aproveitando do erro do piloto da Aprilla, Pol Espargaró consegue voltar para a dianteira. Na metade da  mesma volta, Fabio Quartararo supera Francesco Bagnaia e sobe para 3ªposição. Um pouco mais atrás, Miller começaria a ser pressionado por Joan Mir, que naquela altura da prova, era o dono da volta mais rápida da corrida.

Na 5ªVolta, Quartararo passou Aleix Espargaró e assumiu a segunda posição. Bagnaia se aproveita e também supera o piloto da Aprilla. Enquanto Aleix tentava lutar para recuperar a 3ªposição, o líder do campeonato foi pra cima de Pol Espargaró. A ultrapassagem do piloto da Yamaha sobre o piloto da Honda não demorou muito. Na metade da 5ªvolta, Quartararo assumiu a liderança e com autoridade.  

Depois disso, o francês começou a abrir vantagem cada vez mais e deixou a briga da segunda posição com os irmãos Espargaró. Na 6ªVolta, Aleix passou Pol na curva 8, voltando para a segunda posição. Peppo Bagnaia da Ducati era o 4º e os dois pilotos da Suzuki brigando pela 5ªposição (Rins superou Mir nessa disputa). Miller era o 7º, Rossi em uma boa corrida vinha na 8ªposição e completando os Top 10, os dois pilotos da LCR Honda, com Alex Marquez a frente de Takaagi Nakagami.

Ao começar a 7ªVolta, o irmão de Marc Marquez dá um chapéu em Rossi e toma a 8ªposição. Quartararo já vinha colocando 1.8 segundos de frente para Aleix Espargaró, Pol Espargaró, Alex Rins, Joan Mir e Francesco Bagnaia que caiu para 6º, após ter sido superado pelos pilotos da Suzuki.

Na 9ªVolta, Rins supera Pol Espargaró e passa a 3ªposição. O piloto da Suzuki vinha em ótimo ritmo de prova, já o piloto da Honda não parecia ter forças de se sustentar nos primeiros lugares. Rins foi para cima de Aleix Espargaró. Na batalha das Ducati oficiais, Jack Miller leva a melhor e ganha a 6ªposição. Bagnaia vinha ladeira abaixo. Como também estava Valentino Rossi, caindo fora das 10 primeiras posições.

Após 10 voltas, Quartararo já tinha 3 segundos sobre Aleix Espargaró da Aprilla que sustentava a segunda posição dos ataques de Alex Rins da Suzuki, até que na curva 7 da 11ªvolta, Aleix erra e Rins aproveita para tomar a segunda posição. Enquanto isso, Miller supera Mir e assume a 5ªposição.

No começo da 13ªvolta, Alex Marquez conquistou a 7ªposição em cima de Bagnaia. Seu companheiro de equipe Takaagi Nakagami também recuou na classificação, ficando de forma dos 10 primeiros.

Jack Miller se juntou a Rins, Aleix e Pol Espargaró. Na 15ªVolta, o australiano maluco sem fazer nenhum esforço passou Pol Espargaró que errou na curva 7 assim como seu irmão Aleix em voltas anteriores. Na volta seguinte, Binder passou Bagnaia e começava a crescer na classificação.

Ninguém mais pegava Quartararo, ele já estava administrando a sua grande diferença. Rins em 2º, Aleix em 3º e Miller em 4º disputavam 2 lugares no pódio. Pol Espargaró já vinha longe dessa disputa.

A 2 voltas e meia do final, Francesco Bagnaia caiu para 13ªposição. Já Joan Mir também vinha perdendo posições no final da prova, caindo para a 9ªposição após ser superado por Binder, Alex Marquez e Iker Lecuona.

Na última volta, Aleix Espargaró segurava o pódio sobre os ataques de Jack Miller. O Australiano chegou a passar o piloto da Aprilla que logo deu o troco. Aleix queria de qualquer jeito o pódio.

Fabio Quartararo venceu sem qualquer dificuldade o GP da Inglaterra, dominando a prova desde de quando ele assumiu a liderança na 5ªVolta, além de aumentar ainda mais a vantagem na liderança do Mundial.

Alex Rins após uma série de exibições ruins acabou finalmente obtendo não só uma exibição como um resultado bastante feliz, com uma segunda posição e com o primeiro pódio da carreira. O pódio foi completado por Aleix Espargaró, levando a Aprilla ao primeiro pódio da era da MotoGP. Isso depois de tantas tentativas e de tantos fracassos da marca italiana, finalmente parece que a Aprilla conseguiu se recompensada com esse pódio, com seu piloto que segurou até a bandeirada Jack Miller, tendo ritmo melhor na reta final de corrida. O piloto da Ducati ficou em 4ºlugar.

Pol Espargaró teve um brilhante sábado, mas o seu domingo já não foi tão belo, mas acabou ficando em 5ºlugar, seu melhor resultado na temporada e na sua estadia na Honda. Brad Binder cresceu no final da prova e acabou ficando na 6ªposição. As 6 primeiras posições foram ocupadas pelas 6 marcas que estão disputando o Mundial de Motovelocidade.

Iker Lecuona teve um grande final de prova e levou a Tech 3 a um bom resultado, a 7ªposição, ganha no final da prova em cima de Alex Marquez da LCR Honda que acabou o dia na 8ªposição.

Joan Mir ficou longe das primeiras posições e terminou o dia amargando a 9ªposição, mesmo assumindo a vice-liderança do Mundial, o campeão da temporada passada esta 65 pontos atrás de Fabio Quartararo. Danilo Petrucci se recuperou no final e terminou o dia na 10ªposição.

Johann Zarco teve um dia muito apagado e acabou em uma longínqua 11ªposição. Pior ficou Francesco Bagnaia que fez uma prova irreconhecível e ficou em 14ºlugar, atrás de Enea Bastianini da Avintia (12º) e Takaagi Nakagami da LCR Honda (13º). Luca Marini fechou a zona de pontuação, frustrante para um piloto que obteve uma posição tão boa na etapa da Áustria.

Valentino Rossi foi caindo, caindo e caindo até que no final terminou o dia em 18ºlugar. Mais um dia lamentável para o final de carreira de um multicampeão, que certamente não soube a hora certa de parar.

Resultado final da 12ªetapa do Mundial de Motovelocidade
GP da Inglaterra – Silverstone – 20 Voltas – MotoGP

pospilotoequipemototempo
120Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha40’20.579
242Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 2.663
341Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 4.105
443Jack MillerDucati Lenovo TeamDucatia 4.254
544Pol EspargaróRepsol Honda TeamHondaa 8.462
633Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 12.189
727Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTMa 13.560
873Álex MárquezLCR Honda CASTROLHondaa 14.044
936Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 16.226
109Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTMa 16.287
115Johann ZarcoPramac RacingDucatia 16.339
1223Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucatia 17.696
1330Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 18.285
1463Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucatia 20.913
1510Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucatia 21.018
1688Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTMa 22.022
1735Cal CrutchlowMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 23.232
1846Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamahaa 29.758
1996Jake DixonPetronas Yamaha SRTYamahaa 50.845
89Jorge MartínPramac RacingDucatia 19 voltas
93Marc MárquezRepsol Honda TeamHondaa 20 voltas

Fotos:

imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da Inglaterra – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 2 – 12ªetapa

Moto 2 teve a incumbência de fechar os trabalhos do Mundial de Motovelocidade, tanto no sábado como no domingo. realizada no dia 29 de Agosto. No sábado, começando pela repescagem que já não teria Lorenzo Dalla Porta da Italtrans, que estava lesionado.

15 pilotos disputariam 4 vagas para o Q2. Os primeiros pilotos a marcarem tempo foram os pilotos da Petronas. Após a primeira volta, o italiano Stefano Manzi assumiu a liderança com 2:05.148, seguido de Ai Ogura da Honda Asia Team com 2:05.193, Xavi Vierge 2:05.298 e Chantra com 2:05.561 a 8 minutos e meio do final da sessão.

Começou a partir dai a caça a Manzi, mas ninguém conseguia pegar no pé do piloto da Pons. As duas voltas seguintes foram de 2:05.266 e de 2:04.690. Manzi despontava na liderança a 7 minutos do final da sessão. Os outros classificados estavam sendo Ogura, Chantra e Vierge.

Com um tempo tão curto e uma pista bem longa, era arriscado para ir aos boxes e fazer um acerto melhor, trocar os pneus também, era ficar na pista e tentar melhorar o tempo. Quem conseguiu melhorar foi Tony Arbolino da Dynavolt, que passou a 6ªposição, mas a 391 milésimos de Vierge. Quem vinha perto do piloto da Petronas era o norte-americano Cameron Beaubier da American Racing, os dois eram separados por apenas 6 milésimos.

Nos minutos finais, Manzi foi para os boxes e ficou esperando o Q2, no que acabou fazendo muito bem, o quadro dos pilotos classificados não mudou. Stefano Manzi da Pons, AI Ogura e Somkiat Chantra da Honda Asia Team e Xavi Vierge da Petronas continuam na classificação. Os outros acabaram eliminados. Beaubier em 5º, seguidos de Hector Garzó da Pons e Albert Arenas da Aspar Martinez, os dois melhoraram e ficaram na 6ª e 7ªposições.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
162Stefano ManziFlexbox HP40Kalex2’04.690
279Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex2’05.131
335Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex2’05.254
497Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex2’05.266
56Cameron BeaubierAmerican RacingKalex2’05.272
640Hector GarzoFlexbox HP40Kalex2’05.613
775Albert ArenasKipin Energy Aspar TeamBoscoscuro2’05.640
814Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex2’05.657
913Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex2’05.788
1024Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta2’05.838
117Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta2’05.841
1255Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS2’05.879
1342Marcos RamirezAmerican RacingKalex2’05.885
1470Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS2’05.925
1577Adam NorrodinPetronas Sprinta RacingKalex2’07.967
1619Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalexSem Tempo

Sam Lowes e Bo Bendsneyder estavam ansiosos para entrarem na pista. Tão logo o cronometro foi disparado, os dois saíram para a pista. Os outros pilotos foram entrando aos poucos. Gardner e Fernández eram o centro das atenções na disputa do título.

Lowes marcou 2:04.790 com 4 minutos e 15 segundos do Q2. Esse tempo seria superado por Remy Gardner que marcou 2:04.519, A 9:25 do final, Fabio di Giannantonio foi para segundo, a 76 milésimos da pole, Logo superado por Raúl Fernández, que ficou a 6 milésimos de Gardner.

Lowes não satisfeito com o 3ºlugar, baixou sua marca (para 2:04.069) e voltou para a liderança a 8 minutos e 40 segundos do final da sessão. Seguido dos dois pilotos da KTM Ajo (Gardner e Fernández), di Giannatonio e Bezzecchi.

Na metade da sessão, Fabio di Giannantonio volta a segunda posição com 2:04.373 e fica a frente dos 3 primeiros lugares no campeonato. Gardner vai para buscar a pole, apesar do se esforço o australiano só consegue a 2ªposição, a 5 minutos e meio do final, com 126 milésimos atrás de Lowes.

Augusto Fernandez deu um belo pulo e vai para a 5ªposição e fica a frente de Bezzecchi que superou Aron Canet na sua segunda volta rápida, mas Canet conseguiu o troco em sua volta, o piloto da Aspar Martinez superou tanto Fernandez da Marc VDS como em Bezzecchi e passou para a 5ªposição, a 1 minuto e 10 segundos do final da sessão.

Jorge Navarro apareceu muito bem na sessão, da última posição, o piloto da Speed UP marcou o 3º melhor tempo e apareceu na primeira fila.

Lowes ficou na pole até o final, mas Marco Bezzecchi baixou para a casa do 2 minutos e 3 segundos. Com 2:03.988, o piloto da VR46 conquistou a pole position no GP da Inglaterra, tirando do britânico a pole na sua casa.

Jorge Navarro acabou melhorando ainda mais sua marca e consegue o seu melhor grid na temporada, 8 milésimos a frente de Sam Lowes, que apesar de fechar a primeira fila, acabou ficando decepcionado por não ter ficado com a pole.

Remy Gardner abre a segunda fila. O líder do campeonato vai ter ao seu lado Raúl Fernández, companheiro de equipe, futuro companheiro de equipe na Tech 3 na MotoGP e Vice-líder do Mundial de Moto 2. Os dois teriam a companhia de Fabio di Giannantonio, piloto da Gresini que fecha a segunda fila.

Augusto Fernandez  que vai para a KTM ajo em 2022 vai abrir a 3ªfila e será acompanhado por Aron Canet da Aspar Martinez (Dessa vez não é a melhor moto da Boscoscuro do grid) e de Xavi Vierge que recusou o convite para disputar a etapa de Aragón na MotoGP, pela mesma equipe Petronas que o espanhol defende na categoria intermediária.

Joe Roberts da Italtrans, Nicolò Bulega da Gresini e Stefano Manzi da Pons completam os 12 primeiros lugares.

Grid de largada:

pospilotoequipemototempo
172Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex2’03.988
29Jorge NavarroLightech Speed UpBoscoscuro2’04.061
322Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalex2’04.069
487Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalex2’04.195
525Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalex2’04.209
621Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalex2’04.372
737Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalex2’04.588
844Arón CanetKipin Energy Aspar TeamBoscoscuro2’04.636
997Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex2’04.815
1016Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalex2’05.036
1111Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex2’05.057
1262Stefano ManziFlexbox HP40Kalex2’05.123
1364Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex2’05.132
1479Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex2’05.199
1523Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalex2’05.255
1654Fermín AldeguerLightech Speed UpBoscoscuro2’05.504
1712Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalex2’05.754
1835Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex2’05.880
196Cameron BeaubierAmerican RacingKalex2’05.272
2040Hector GarzoFlexbox HP40Kalex2’05.613
2175Albert ArenasKipin Energy Aspar TeamBoscoscuro2’05.640
2214Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex2’05.657
2313Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex2’05.788
2424Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta2’05.838
257Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta2’05.841
2655Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS2’05.879
2742Marcos RamirezAmerican RacingKalex2’05.885
2870Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS2’05.925
2977Adam NorrodinPetronas Sprinta RacingKalex2’07.967
3019Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalexSem Tempo

A Categoria intermediária fechou a programação de domingo, com o risco da MotoGP ficar totalmente ofuscada. A categoria principal passou a ser a 2ªcorrida do dia, deixando o suposto mico para a moto 2. Porém, com a chuva que caiu em Spa, a categoria saiu glorificada com uma belíssima corrida e depois, ainda deu um tempinho para dá umas boas risadas e tiração de sarro do que aconteceu com a Formula 1.

Na largada, Bezzecchi manteve a liderança, mas poucas curvas depois, Sam Lowes partiu para cima do piloto da VR46, após algumas curvas de briga intensa, o piloto da Marc VDS leva a melhor e acaba ficando na frente. Bezzecchi era o 2º, Navarro o 3º, seguidos por Raúl Fernández, Remy Gardner, di Giannantonio, Augusto Fernandez, Canet, Vierge e Joe Roberts.

Logo, Remy Gardner passou Raúl Fernández e Jorge Navarro, subindo para a 3ªposição. Por outro lado, Raúl Fernández caiu para a 6ªposição, sendo superado por Fabio di Giannantonio.da Gresini. No final da 2ªVolta, Bezzecchi recuperou a liderança ao superar Lowes.

Remy Gardner começou a se aproximar de Sam Lowes que ainda estava perto de Marco Bezzecchi. O australiano superou Lowes na curva 13 da 3ªvolta, passando para 2ªposição. Logo, o filho de Wayne Gardner partiu para cima de Bezzecchi, sem muita demora, na 5ªvolta, acontece a ultrapassagem sobre o piloto da VR46. Pela primeira vez, Remy assume a liderança.

A batalha pela liderança continuava, Bezzecchi não desistiu e buscou recuperar a liderança. Ele até consegue na 6ªVolta, usando o vácuo para superar Gardner e fica na liderança até a curva 15, foi quando Gardner foi de novo para a liderança. Enquanto que Hector Garzó foi para o chão, mais um abandono para esse piloto da Pons que vem sendo uma das decepções do ano.

Após 6 Voltas, Gardner, Bezzecchi, Lowes, di Giannantonio e Navarro formavam o primeiro pelotão. Raúl Fernández foi superado na 13ªcurva por Augusto Fernandez, que assumia a 6ªposição. Vierge, Canet e Roberts completavam os 10 primeiros colocados. A situação ficava ótima para Gardner no campeonato, mas o pega com Marco Bezzecchi continuava intensa pela liderança.

Na 9ªVolta, Bezzecchi da novamente o troco e volta a liderança, usando o vácuo na reta oposta. Curvas depois, Jorge Navarro passou Fabio di Giannantonio, voltando a 4ªposição. Era o Único piloto que não tinha a moto Kalex (chassis dominante da Moto 2). Na metade da 10ªvolta, Stefano Manzi abandona e a equipe de Sito Pons abandona a prova.

Bezzecchi, Gardner e Lowes vinha próximos um do outro, com Navarro a 5 décimos, na tentativa de se aproximar dos 3 primeiros. Na metade da 11ªVolta, Gardner volta a apertar o piloto da VR46. Na volta seguinte, acontece a ultrapassagem do líder do campeonato. Gardner passa a liderança a menos de 7 voltas do final.

Enquanto que Navarro partia para cima de Lowes querendo seu primeiro pódio no ano. Bezzecchi tentou atacar Gardner que se defendeu bem. Enquanto isso, Raúl Fernández continuava em 7º, em situação desesperadora para tentar ganhar mais alguma posição.

Lowes tentou ainda brigar pela vitória, mas passou a ser pressionado por Jorge Navarro. Apesar de tentar segurar o pódio, o piloto da Speed UP acabou levando a 3ªposição, em cima do piloto da casa.

Se para o Lowes a situação não era das melhores, para Raúl Fernández a situação ficaria bem pior. A 3 voltas e meia do final, houve a queda do piloto da KTM Ajo na curva 13. Fim de corrida para o vice-líder do campeonato, Gardner agradecia bastante, pois estava colocando 25 pontos a mais de vantagem sobre seu adversário e se aproximar do título.

Porém, a corrida não acabou, pois Marco Bezzecchi ainda era uma ameaça, ainda poderia tomar a vitória do australiano. A disputa pela vitória durou até a última volta, mas Remy Gardner se segurou na frente e conquistou mais uma vitória na temporada e dispara na liderança do Mundial. A 6 etapas do término, o filho de Wayne Gardner esta um pouco mais próximo do título.

Pole no Sábado, Marco Bezzecchi fez uma corrida bem combativa até o final chegando na 2ªposição, só faltou à vitória para coroar com chave de ouro seu final de semana. O pódio foi completado pelo espanhol Jorge Navarro da Speed UP, o primeiro pódio da temporada em um ano apagado.

Sam Lowes ficou frustrado em ter ficado na 4ªposição, apesar de ter corrido bem o final de semana inteiro, acabou não conseguindo ficar no pódio. Na reta final de prova, Fabio di Giannantonio e Augusto Fernandez disputaram a 5ªposição até os metros finais. O italiano da Gresini levou a melhor e terminou o dia em uma honrosa posição. Restou a Augusto Fernandez a 6ªposição.

Aron Canet fez uma corrida mediana, sem chamar a atenção para uma decente 7ªposição. Seguido por Xavi Vierge da Petronas, por um apagado Ai Ogura da Honda Asia Team, e por um irregular norte-americano Joe Roberts da Italtrans.

Thomas Luthi da SAG completa a corrida na 11ªposição, o suíço bem fazendo boas corridas desde do GP da Holanda. Celestino Vietti fica longe de Bezzecchi ao terminar o dia na 12ªposição. Marcel Schrotter da Dynavolt, Nicolò Bulega da Gresini e Bo Bendsneyder da SAG completaram a zona de pontuação.

Resultado final da 12ªetapa do Mundial de Motovelocidade
GP da Inglaterra – Silverstone – 18 Voltas – Moto 2

pospilotoequipemototempo
187Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalex37’31.642
272Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalexa 0.481
39Jorge NavarroLightech Speed UpBoscoscuroa 1.930
422Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalexa 2.284
521Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 6.952
637Augusto FernándezElf Marc VDS Racing TeamKalexa 7.059
744Arón CanetKipin Energy Aspar TeamBoscoscuroa 10.706
897Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalexa 12.842
979Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 12.877
1016Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalexa 14.344
1112Thomas LüthiPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 20.112
1213Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalexa 22.371
1323Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalexa 22.525
1411Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 23.672
1564Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 24.116
1654Fermín AldeguerLightech Speed UpBoscoscuroa 26.847
1735Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 26.996
1814Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalexa 27.206
1975Albert ArenasKipin Energy Aspar TeamBoscoscuroa 27.414
2042Marcos RamírezAmerican RacingKalexa 32.368
2155Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTSa 38.614
2224Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 39.074
2370Barry BaltusNTS RW Racing GPNTSa 39.117
25Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalexa 4 voltas
6Cameron BeaubierAmerican RacingKalexa 5 voltas
77Adam NorrodinPetronas Sprinta RacingKalexa 6 voltas
62Stefano ManziFlexbox HP40Kalexa 9 voltas
40Héctor GarzóFlexbox HP40Kalexa 13 voltas
7Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 15 voltas

Fotos:

imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP