GP da França – Mundial de motovelocidade 2021 – Moto 3

A primeira vitória da Gas Gas no Mundial de Motovelocidade na Moto 3 aconteceu nesse final de semana, numa atuação precisa do espanhol Sérgio Garcia em uma corrida bem difícil em Le Mans no circuito Bugatti.

A Classificação do Sábado começou no frio para a disputa de 4 vagas para o Q2. Xavier Artigas não iria para a pista devido a um acidente. Os outros 14 pilotos que estavam na repescagem foram para a pista. Entre eles, estava o líder disparado do campeonato, o espanhol Pedro Acosta da equipe Red Bull Ajo.

Na sua 1ªVolta, Kaito Toba começou na frente com 1:45.171 contra o 1:45.619 de Suzuki, 1:45.672 de Guevara e 1:45.757 de Salac. Na volta seguinte (a 9 minutos do final), Suzuki passou a liderança com, 1:43.848, uma bela melhorada em relação a primeira volta. Salac, Kunii e Takuma Matsuyama estavam na zona de classificação. O líder do campeonato, Pedro Acosta estava em apuros, na 11ªposição após 2 tentativas e por muito pouco o jovem piloto de 16 anos não foi ao chão durante as tentativas frustradas de volta.

A 6 minutos e 30 segundos do final, Toba volta a ponta com 1:43.539. Tatay sobe para segundo, Kunii e Izdihar como os classificados. Pedro Acosta caiu para a 12ªposição e não conseguia melhorar. Quem melhorou foi Dennis Foggia que acabou subindo para a 3ªposição.

Acosta foi com tudo para o desespero, a 3 minutos do final ele consegue entrar na zona de classificação ao marcar o 3ºtempo. Porém, Kaito Toba baixa o tempo para 1:43.290. Parecia que o piloto da Cip Green estaria garantido de vez para o Q2.

Porém, os tempos acabaram baixando no final e quem se beneficiou com isso foi o japonês Tatsuki Suzuki da SIC58 (Equipe de Paolo Simoncelli) que marcou 1:43.020 e foi o mais rápido da repescagem. Foram para o Q2 junto de Suzuki, Dennis Foggia da Leopard Racing, Filip Salac da Snipers e Jeremy Alcoba da Gresini. Pedro Acosta não passou da 7ªposição e acabou eliminado. Kaito Toba que foi rápido pela maior parte da sessão acabou ficando de fora do Q2 por 27 milésimos.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
124Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’43.020
27Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’43.138
312Filip SalačRivacold Snipers TeamHonda1’43.188
452Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’43.263
527Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’43.290
699Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’43.303
737Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’43.376
873Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’43.393
992Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’43.636
1019Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’43.663
1132Takuma MatsuyamaHonda Team AsiaHonda1’44.284
1228Izan GuevaraGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS1’44.435
1320Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’44.784
1431Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’47.081
43Xavier ArtigasLeopard RacingHondaSem Tempo

Assim que a contagem regressiva começou, todo mundo foi para a pista, mas um minuto depois a chuva começa a cair e isso obriga a todos os pilotos a irem para os boxes, (com exceção de Andrea Migno que tentou marcar uma volta) para colocar pneus de pista molhada.

Os pilotos voltaram para a pista molhada. Ao mesmo tempo que a chuva parou e a pista começou a secar, Seria uma tônica no final de semana. O primeiro tempo marcado foi de Tatsuki Suzuki com 1:54.202, esse tempo foi batido pelo Argentino Gabriel Rodrigo da Gresini, quase 2 segundos a frente do japonês, com Sergio Garcia na segunda posição a 5 minutos e 20 segundos do final e Deniz Oncü em 3º a 99 milésimos de atraso para Rodrigo.

Andrea Migno foi para uma volta voadora e assumiu a liderança, com os pneus de pista seca o italiano fez uma aposta na pista seca e acabou sendo a aposta certa. Masia e McPhee chegaram a virar voltas mais rápidas, mas Migno sempre marcou tempos melhores.

Com o cronometro zerado, Ricardo Rossi surpreendeu e marcou o melhor tempo com 1:49.408, mas Migno tinha uma última volta para fazer e que volta, marcando a pole position com 1:47.407, colocando 2 segundos em relação a Rossi. Foi uma aposta certa do piloto da Snipers que rendeu a dianteira no Grid de largada.

Ricardo Rossi vai largar na segunda posição, seu melhor resultado em grid de largada e Jaume Masia completa a primeira fila, sendo o terceiro colocado. Na segunda fila largam John McPhee que estava zerado na classificação do Mundial, Gabriel Rodrigo da Gresini e Niccolò Antonelli da Avintia, vice-líder do campeonato que poderia tirar alguma coisa da vantagem que Pedro Acosta (Qual larga da 21ªposição).

Filip Salac larga na 7ªposição, abrindo a 3ªfila, seguido de Sergio Garcia, Tatsuki Suzuki e Romano Fenati. As 4 marcas (Honda, KTM, Gas Gas e Husqvarna) nas 10 primeiras posições, mostrando a competitividade desse campeonato.

Grid de Largada:

pospilotoequipemototempo
116Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda1’47.407
254Riccardo RossiBOE OwlrideKTM1’49.408
35Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM1’49.611
417John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’49.640
52Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’49.684
623Niccolo AntonelliAvintia Esponsorama Moto3KTM1’49.894
712Filip SalačRivacold Snipers TeamHonda1’50.594
811Sergio GarcíaGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS1’50.786
924Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’50.927
1055Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’50.962
1182Stefano NepaBOE OwlrideKTM1’51.145
126Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’51.303
1353Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’51.375
1450Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’51.510
1571Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’52.332
1640Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHonda1’52.511
1752Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’54.034
187Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’54.345
1927Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’43.290
2099Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’43.303
2137Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’43.376
2273Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’43.393
2392Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’43.636
2419Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’43.663
2532Takuma MatsuyamaHonda Team AsiaHonda1’44.284
2628Izan GuevaraGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS1’44.435
2720Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’44.784
2831Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’47.081
2943Xavier ArtigasLeopard RacingHondaSem Tempo

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

No domingo, a corrida foi crítica, dramática, com a pista molhada e com muitas quedas aconteceu a 5ªetapa do Mundial de Motovelocidade, A Moto 3 novamente iria abrir os trabalhos.

Na largada, Migno e Rossi mantiveram suas posições, até que na curva 3, Jaume Masia para a liderança e liderou até a curva 7, foi quando Niccolò Antonelli da Avintia passou a liderar a prova, mas o vice-líder do campeonato não chegou ao final da 1ªVolta, ele caiu logo depois da curva de acesso aos boxes e abandonou a prova.

Ricardo Rossi herdou a ponta, algo que ele nunca fez na vida, seguido de Sergio Garcia. Tatsuki Suzuki, Jeremy Alcoba  e Jaume Masia foram para o não na segunda volta. Na terceira volta, Gabriel Rodrigo teve seu encontro com o chão e abandonou a prova.

Na 4ªVolta, Sergio Garcia da Gas Gas passou a liderança, com Filip Salac em 2º com sua Snipers. Os dois deixaram para trás Ricardo Rossi e passaram a disputar a corrida. Antes disso, Pedro Acosta que tinha subido da 21ªposição na largada para a 6ªposição acabou indo para o chão, mas logo fez a moto pegar de novo e voltou para a corrida na 21ªposição.

Enquanto Garcia e Salac brigavam pela vitória, Rossi procurava manter a terceira posição, com uma razoável vantagem para Ayumu Sasaki da tech 3 e John McPhee da Petronas. Mais atrás, mais quedas aconteciam acabando com a corrida de Darryn Binder e Kaito Toba. O líder do campeonato Pedro Acosta vinha se recuperando muito bem, na 11ªposição após superar Andrea Migno, o pole position que não estava com um bom rendimento, ainda mais se comparamos com Salac.

Por falar no Tcheco, a 10 voltas do final, Salac começava a encostar em Garcia e coloca pressão. Essa pressão dá certo, Garcia comete um erro na curva 8 e permite a Salac passar a liderança. Porém, Salac acabou sendo superado por Sergio Garcia na reta dos boxes, iniciando a 14ªvolta novamente à liderança. Enquanto isso, Pedro Acosta dava um show na sua recuperação, passando para a 8ªposição após superar os dois pilotos da equipe PruestelGP, mas teria que tirar uma vantagem considerável para Adrian Fernández e Xavier Artigas para brigar pela 6ªposição.

Nas últimas voltas, poucas coisas aconteceram e só uma mudança de posição, foi a de John McPhee que passou Ayumu Sasaki e subiu para a 4ªposição. De resto, todo mundo na frente manteve suas posições.

Sergio Garcia acabou conquistando sua segunda vitória no Mundial de Motovelocidade. Diga-se de passagem, muito da merecida já que ele conduziu brilhantemente sua Gas Gas em uma traçado em situação critica. De quebra levou a Gas Gas a sua primeira vitória na Moto 3, na 5ªcorrida da marca na categoria.

Filip Salac em 2º e Ricardo Rossi em 3º chegaram ao primeiro pódio de suas carreiras, um grande resultado para ambos, enquanto o tcheco brigou pela vitória com Sergio Garcia o piloto da equipe ROE suportou o ataque final de John McPhee da Petronas, que finalmente conseguiu pontuar seus primeiros 13 pontos com a 4ªposição conquistada em uma bela corrida do experiente piloto escocês.

Ayumu Sasaki levou a tech 3 a mais um bom resultado, chegando em 5ºlugar. Adrian Fernández fez uma bela corrida e venceu a batalha com Xavier Artigas e fechou a prova na 6ªposição, deixando o piloto da Leopard Racing com a 7ªposição.

Pedro Acosta se recuperou da classificação e depois se recuperou de um tombo para chegar a 8ªposição. A sorte do piloto de 16 anos é que os mais próximos perseguidores não foram nada bem, ou caíram ou chegaram mal colocados, com isso, Acosta tem confortáveis 54 pontos de vantagem para Sergio Garcia, novo vice-líder do campeonato.

Deniz Oncü da Tech 3 e Romano Fenati da Husqvarna completaram os 10 primeiros colocados.

Resultado final do GP da França
Mundial de Motovelocidade – Moto 3 – 22 Voltas

pospilotoequipemototempo
111Sergio GarcíaGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS42’21.172
212Filip SalačRivacold Snipers TeamHondaa 2.349
354Riccardo RossiBOE OwlrideKTMa 5.589
417John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 7.158
571Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTMa 14.882
631Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 27.279
743Xavier ArtigasLeopard RacingHondaa 27.408
837Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTMa 29.880
953Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 35.098
1055Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 36.616
1116Andrea MignoRivacold Snipers TeamHondaa 42.347
126Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTMa 42.739
1350Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTMa 42.756
1428Izan GuevaraGaviota GASGAS Aspar TeamGASGASa 50.891
1519Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHondaa 52.753
1673Maximilian KoflerCIP Green PowerKTMa 53.054
1782Stefano NepaBOE OwlrideKTMa 53.568
187Dennis FoggiaLeopard RacingHondaa 1’18.995
1920Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHondaa 1’19.103
2040Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHondaa 1’54.124
2127Kaito TobaCIP Green PowerKTMa 1 volta
2252Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 4 voltas
99Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTMa 8 voltas
32Takuma MatsuyamaHonda Team AsiaHondaa 19 voltas
2Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 20 voltas
5Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTMa 21 voltas
24Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 21 voltas
23Niccolo AntonelliAvintia Esponsorama Moto3KTMa 21 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta