GP da França – 7ªEtapa do Mundial de Formula 1 – 2021

Relato dos três dias em Paul Ricard, Max Verstappen conquistou a pole position e a vitória, com ajuda da Red Bull que acabou quebrando as pernas dos pilotos da equipe Mercedes, que nada puderam fazer para impedir o 3ºtriunfo da temporada de 2021.

Na sexta-feira, tivemos a recuperação dos carros da Mercedes, principalmente em relação à Valtteri Bottas, com um novo chassi pode-se dizer que esta obtendo um ótimo ritmo em Paul Ricard. Apesar disso, Max Verstappen fez a volta mais rápida da sexta-feira na segunda sessão de treinos livres, com 8 milésimos de frente para Valtteri Bottas que obteve sua melhor volta com os pneus médios.

Não só em volta rápida, mas no ritmo de corrida, Bottas se mostrou mais rápido. Porém, existe uma atenuante que pode fazer a diferença é que Lewis Hamilton trabalhou com menos potência em seu motor, isso pode levar a classificação a impresibilidade de quem vai ser o pole e de quem seria o favorito a vitória.

Fiquem de olho para a Renault, tanto Alonso como Ocon andaram muito bem e ficaram nas primeiras posições. Ferrari e Mclaren também mostraram muita rapidez, apesar de não puderem brigar pela vitória. A Ferrari que andou muito bem tanto em Mônaco como no Azerbaijão, dessa vez não parece ter forças para repetir o feito. O que mostra que o chassis da Ferrari é muito bom em circuitos de rua, mas que ainda falta desempenho em circuitos permanentes.

Pierre Gasly também obteve um bom desempenho e não será surpresa nenhuma ele disputasse lugar entre os 10 primeiros na classificação e na corrida.

Treinos Livres de Sexta-Feira

1ºTreino Livre

pospilotoequipechassismotortempo
177Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:33.44824
244Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:33.78321
333Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:33.88023
411Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:34.19325
531Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:34.32925
63Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:34.64424
714Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:34.69321
810Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:34.69920
94Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:34.70721
1022Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:34.84722
1116Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:34.95024
1299Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:35.11623
137Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:35.13520
1418Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:35.27523
155Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:35.28916
1655Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:35.34224
176Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:35.61222
189Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:36.65124
1947Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:37.32914
2045Roy NissanyWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:37.88116

2ºTreino Livre

pospilotoequipechassismotortempo
133Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:32.87221
277Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:32.88027
344Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:33.12523
414Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:33.34025
516Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:33.55023
631Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:33.68523
710Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:33.69625
855Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:33.69824
97Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:33.78626
104Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:33.82224
1199Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:33.83123
1211Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:33.92124
1322Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:33.95525
143Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:34.07924
155Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:34.44725
1618Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:34.63224
1763George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:35.26625
186Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:35.33125
1947Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:35.51224
209Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:35.55123

No sábado, Verstappen já dava a dica de que iria ser mais rápido no terceiro treino livre, quando ele marcou o melhor tempo. Quando todos achavam que Hamilton ou Bottas iriam andar mais rápidos.

Treino Livre do Sábado

pospilotoequipechassismotortempo
133Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:31.30011
277Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:32.04714
355Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:32.19517
411Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:32.23815
544Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:32.26615
64Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:32.33614
714Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:32.62415
831Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:32.68116
910Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:32.70716
103Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:32.75914
1116Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:32.82015
1299Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:33.01717
1318Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:33.05115
145Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:33.20018
157Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:33.32816
1663George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:33.36416
1722Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:33.42417
186Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:33.58416
1947Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:34.14314
209Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:34.64213

A classificação começou com os pilotos da Alfa Romeo, Alpha Tauri e Haas entrando na pista primeiro sobre um céu nublado, diferente do dia ensolarado que estava na sexta-feira , mas quando eles foram para as suas voltas de classificação, acabaram atrapalhados pela rodada de Yuki Tsunoda a 14 minutos do final. O japonês provoca uma bandeira vermelha e atrapalha o planejamento de todo mundo.

Foram necessários uns 10 minutos para a sessão de classificação voltar. Os dois pilotos da Ferrari comandaram o pelotão que entrou na pista, em sua primeiras voltas, Gasly e Sainz jr. se destacavam, até que a 9 minutos e 40 segundos do final do Q1, Valtteri Bottas e Lewis Hamilton passaram a frente, mas segundos depois, Verstappen desbanca todo mundo e marca o melhor tempo, com 1:31.001, colocando mais de meio segundo a frente de Sergio Perez e a mais de 6 décimos dos pilotos da Mercedes.

Lance Stroll teve sua volta cancelada. Naquele momento, Leclerc vinha em 16º, sobre risco de eliminação, o monegasco foi para uma nova volta e subiu para a 11ªposição. Já mais tranquilo, Lando Norris subiu da 6ª para a 5ªposição. Lewis Hamilton ganhou 2 posições e subiu para 2º. Naquele momento os eliminados eram Latifi, Raikkonen, Mazepin, Stroll (Sem Tempo) e Tsunoda que bateu no começo.

A menos de 4 minutos do final, todo mundo saiu para a última tentativa, O Canadense Lance Stroll foi para uma única tentativa para buscar a classificação, mas a poucos segundos do final, Mick Schumacher fez o favor de rodar e bater, dando assim um ponto final no Q1. Stroll acabou sem tempo e eliminado no Q1, assim como Tsunoda. Dos que marcaram tempo: Latifi, Raikkonen e Mazepin foram eliminados. O filho de Michael Schumacher acabou passando para o Q2, mas sem carro acabou não podendo mais treinar. Verstappen foi o mais rápido do Q1.

Resultado do Q1:

pospilotoequipechassismotortempo
133Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:31.001
244Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:31.237
311Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:31.560
477Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:31.669
54Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:31.733
610Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:31.898
755Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:32.079
85Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:32.132
931Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:32.139
1014Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:32.158
113Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:32.181
1216Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:32.209
1399Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:32.722
1447Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:32.942
1563George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:33.060
166Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:33.062
177Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:33.354
189Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:33.554
1918Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M122:12.584

Pierre Gasly foi o primeiro a ir para a pista no Q2, um dos franceses que vinha disposto a colocar sua Alpha Tauri entre os 10 primeiros, assim como Esteban Ocon com a Alpine, que teve um bom final de semana. Todo mundo com exceção de George Russell entraram com os pneus médios.

Sainz jr. em sua primeira passagem fez 1:31.306, superando Valtteri Bottas a 10:20 do final. Esse tipo seria superado por Max Verstappen e depois, Sergio Perez com 1:30.971 supera o companheiro de equipe e passa a liderar o Q2.

Lando Norris teve a sua volta rápida cancelada e teve de fazer uma nova tentativa para se colocar entre os 10. O piloto principal da Mclaren consegue com tranquilidade e passa para a 6ªposição, a frente de Fernando Alonso que fez uma bela volta. A 6 minutos e meio do final, Hamilton foi para  uma nova volta e colocou a Mercedes na ponta de novo, 12 milésimos a frente de Perez. Depois vinham Verstappen, Sainz jr, Bottas, Gasly, Norris,Alonso, Ricciardo, e Leclerc. A 5 minutos do final, Ocon, Vettel, Giovinazzi, Russell e Schumacher estavam sendo eliminados.

A 4 minutos do final, todo mundo volta para a última tentativa, Perez foi para a pista com os pneus macios, podendo mudar sua estratégia para a corrida, mas sua volta não melhorou e o mexicano vai largar mesmo com os pneus médios (Certamente a volta não foi pra valer).

Charles Leclerc estava sob risco e precisava melhorar e conseguiu, pulou para a 9ªposição. Só não correu riscos por que ninguém que estava atrás do Monegasco conseguiu melhorar tempo. Isso garantiu o piloto da Ferrari no Q3.

Esteban Ocon frustrou a torcida e acabou eliminado do Q3, na 11ªposição, ficaram de fora junto do francês: Sebastian Vettel, Antonio Giovinazzi, George Russell e Mick Schumacher. O finlandês Valtteri Bottas marcou a melhor volta do Q2, isso foi nos segundos finais da sessão.

Resultado do Q2:

pospilotoequipechassismotortempo
177Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:30.735
244Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:30.788
311Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:30.971
433Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:31.080
555Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:31.146
610Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:31.353
74Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:31.542
814Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:31.549
916Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:31.567
103Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:31.615
1131Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:31.736
125Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:31.767
1399Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:31.813
1463George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:32.065

A decisão da pole pelo olhar do Q1 e Q2 estava indefinida, qualquer um dos pilotos da Red Bull ou da Mercedes poderia conquistar a pole position. Os 4 pilotos saíram por último de seus boxes. Eles deram privilégio para que Carlos Sainz jr. liderasse por um momento, com 1:31.442.

Mas essa marca foi superada pelos 4 principais pilotos. A 7:25 do final, Max Verstappen marcou 1:30.325 e coloca um pé na pole position, Com Hamilton em 3º a quase 4 décimos do Holandês, meio segundo a frente de Perez e 8 décimos a frente de Bottas e Sainz. Lando Norris, Fernando Alonso, Charles Leclerc, Daniel Ricciardo e Pierre Gasly (Que teve sua volta cancelada) completavam os 10 primeiros colocados.

A 3 minutos e meio do final, Gasly vai para a pista marcar uma volta, o restante começa a entrar na pista para uma última tentativa. Essa tentativa final só serviu para Verstappen melhorar ainda mais seu tempo, com 1:29.990, confirmando a pole position em Paul Ricard, algo que na sexta-feira parecia ser mais provável para um dos pilotos da Mercedes.

Lewis Hamilton vai largar na 2ªposição, Na segunda fila, largam Valtteri Bottas e Sergio Perez, o piloto finlandês superou o mexicano na sua última volta e consegue a 3ªposição. O vencedor do GP do Azerbaijão larga em 4º.

Em ótimo final de semana, Carlos Sainz jr. larga na 5ªposição, mostrando a melhora da Ferrari no campeonato. Pierre Gasly fez uma excelente volta e vai largar na 6ªposição. Charles Leclerc larga em 7º (Não conseguindo ser mais rápido que seu companheiro de equipe nesse final de semana). Lando Norris leva a Mclaren na 8ªposição. Fernando Alonso da Alpine e Daniel Ricciardo da Mclaren completam os 10 primeiros colocados.

Grid de Largada:

pospilotoequipechassismotortempoNºVoltas
133Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:29.99016
244Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:30.24820
377Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:30.37616
411Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:30.44516
555Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:30.84019
610Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:30.86822
716Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:30.98720
84Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:31.25218
914Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:31.34017
103Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:31.38221
1131Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:31.73610
125Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:31.76712
1399Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:31.81313
1463George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:32.06513
1547Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/6Sem Tempo7
166Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:33.0627
177Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:33.3547
189Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:33.5547
1918Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M122:12.5847
2022Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621HSem Tempo2

O domingo confirmou a melhor fase de Max Verstappen e da equipe Red Bull, que superaram a Mercedes num todo, tanto na pilotagem de seus pilotos como na estratégia que permitiu seus dois pilotos conquistarem o pódio.

Na largada, Verstappen largou bem e parecia que iria assumir a liderança, mas acabou perdendo a trajetória da primeira curva e permitiu que Hamilton assumisse a liderança, Verstappen acabou ficando mais para Bottas, Perez e Sainz jr., sendo que o mexicano quase perdeu o 4ºlugar para o piloto da Ferrari.

Na 2ªVolta, Norris vazou a 1ªchicane e acabou voltando sem grandes prejuízos para o britânico da Mclaren. Lá atrás, Sebastian Vettel passou Esteban Ocon na segunda chicane, o que levou a 11ªposição.

Lá na frente, Hamilton abre 1.2 segundos de Verstappen, 2.5 segundos de Bottas que marcou a melhor volta da prova ao completar a 5ªVolta. Perez vinha em 4º, a 6.5 segundos do líder. Mais atrás, Sainz jr., Gasly e Leclerc vinham disputando a 5ªposição.

Na 10ªVolta, Hamilton abre 2 segundos de Verstappen e 3.5 segundos do Bottas. Na volta seguinte, Ricciardo e depois Norris superaram Alonso que estava sem rendimento naquela altura da prova, seus pneus provavelmente tinham acabaram. Na 13ªVolta, Vettel ganha o duelo com Alonso e ganha a 10ªposição.

Bottas passou reto na curva 5 e sujou um pouco os pneus, perdendo um pouco o seu desempenho. Quem perdia rendimento era Leclerc que acabou indo para a primeira parada na 14ªvolta (o primeiro piloto a parar). Na 16ªVolta, Tsunoda e Mick Schumacher foram para a primeira parada nos boxes. Ricciardo parou na volta seguinte.

A Mercedes chamou Bottas entrar nos boxes na 17ªVolta e colocou os pneus duros, Na volta 18 parou Verstappen e na volta 19 parou Hamilton. Apesar de a Mercedes trabalhar bem, Verstappen passou a frente, com Hamilton e Bottas logo atrás. Perez assumiu a liderança, com 10 segundos a frente dos 3 primeiros colocados. Em 5º estava Lando Norris que não tinha feito a parada, assim como Vettel, Stroll, Ocon, Giovinazzi e Raikkonen, todos eles vinham à frente de Leclerc, Ricciardo, Sainz jr., Gasly, Alonso que fizeram a parada antes.

Hamilton tenta o ataque pra cima de Verstappen, mas o Holandês começava a abrir vantagem sobre o piloto da Mercedes, Bottas começava a ficar um pouco mais pra trás, os três vinham se aproximando bastante de Perez que estava com os pneus desgastados.

O mexicano entrou nos boxes na entrada da 25ªVolta e voltou em 4º, a 15 segundos dos lideres. A partir dai que a tática da Mercedes começou a desmoronar. Norris parou na mesma volta do Perez.

Hamilton continuava a tentar chegar em Verstappen, enquanto que Bottas vinha 2.2 segundos atrás. Enquanto isso, Ricciardo e outros pilotos que fizeram a parada ultrapassavam os pilotos que optaram por retardar a parada mais para frente.

Norris e Gasly disputaram a 10ªposição em um belo duelo, que foi definido na 29ªvolta, quando o piloto da Mclaren superou o francês da Alpha Tauri, curvas depois, Norris superou Charles Leclerc e assumiu a 9ªposição. Gasly também saiu ganhando, superando o piloto da Ferrari, pode recuperar a 10ªposição.

Após 30 Voltas, Verstappen abria 2 segundos do Hamilton, 5 segundos de Bottas e 18 segundos de Perez, a corrida parecia na mão do piloto da Red Bull. Vettel e Stroll vinham em 5º e 6º, ainda sem fazer parada.

Na volta 32, a Red Bull muda a estratégia e chama Verstappen para uma segunda parada, essa parada faria o Holandês voltar em 4º, mas também quebraria totalmente as pernas dos pilotos da Mercedes que vinham com os pneus se destruindo. Enquanto que Sainz jr. tentava suportar o ataque de Pierre Gasly. Nessa altura, os pilotos da Ferrari também estavam sofrendo com o desgaste dos pneus.

Stroll parou na 35ªVolta, Vettel seria o último a fazer a troca de pneus, na 38ªVolta. Verstappen passou Perez sem qualquer dificuldade e passou a terceira posição. Hamilton tinha os pneus bem comprometidos e estava vendo Bottas se aproximar, mas também com os pneus comprometidos, só existia uma chance dos dois terem chance de vitória: Se eles parassem para colocar pneus macios, só assim para quebrar as pernas de Verstappen e Perez. Porém, a Mercedes não fez isso e preferiu que os seus pilotos sofressem.

A mesma coisa estava sofrendo Sainz jr. e Leclerc que despencavam na classificação, tanto é que o piloto Monegasco acabou fazendo uma segunda parada e caído para a 16ªposição.

Hamilton e Bottas tentavam impedir a aproximação de Verstappen, mas não tinha como fazer isso, com pneus mais novos, o piloto Holandês chegou em Bottas que estava totalmente vendido com seus pneus, na volta 44, Verstappen conquista a segunda posição após a segunda chicane, Perez estava se aproximando de Bottas para disputar o pódio.

Verstappen estava a 5 segundos atrás e Hamilton, mas com pneus e um desempenho bem melhor que o piloto da Mercedes. A poucas voltas do final, Perez chega em Bottas que reclamava que deveriam ter feito uma segunda parada. O piloto Finlandês chega a segurar Checo, mas na 49ªVolta, o mexicano  ultrapassa Bottas e toma a 3ªposição. O desempenho do segundo carro da Red Bull também era muito bom, bem melhor que o desempenho de Hamilton e Bottas, com pneus de 30 voltas de uso.

Verstappen foi pra cima de Hamilton nas voltas finais, a ultrapassagem aconteceu na volta 52, Lewis estava indefeso e Max não teve dificuldades para tomar a ponta e levar seu carro para a 3ªvitória na temporada e a consolidação da liderança do campeonato.

Lewis Hamilton acabou o dia na segunda posição, com os pneus em frangalhos após quase 35 voltas de uso acabou chegando 3 segundos atrás de Verstappen e a 5 segundos a frente de Sergio Perez, o mexicano se tivesse mais 3 voltas poderia ter tomado o segundo lugar de Hamilton e acabaria completando a dobradinha da Red Bull.

Valtteri Bottas estava certo na sua reclamação em querer fazer duas paradas, se tivessem feito uma nova parada, possivelmente a história da corrida para o piloto da Mercedes poderia ser diferente poderia ter ficado melhor que a 4ªposição. A Mercedes não só perdeu a liderança dos dois campeonatos como também não tem mais o melhor carro do Grid e não tem mais as melhores estratégias de boxes. Se continuar dessa forma, a Red Bull pode começar a comemorar o campeonato de 2021.

Lando Norris fez uma belíssima apresentação, fazendo uma boa tática de pneus acabou ficando em uma excelente 5ªposição. A Mclaren teve um belíssimo domingo, pois Daniel Ricciardo segurou Pierre Gasly e Fernando Alonso para terminar o dia na 6ªposição.

Pierre Gasly levou a Alpha Tauri a mais 6 pontos e Fernando Alonso levou a Alpine a uma honrosa 8ªposição. Em uma ótima corrida e numa ótima tática de pneus, Sebastian Vettel e Lance Stroll levaram a Astom Martin para a 9ª e 10ªposições.

A Ferrari teve um péssimo dia, Carlos Sainz jr. e Charles Leclerc acabaram ficando fora da zona de pontuação, O Espanhol em 11º e o piloto de Mônaco na 16ªposição. George Russell fez uma corrida muito boa, levando a Williams a uma respeitável 12ªposição, ficando na frente de muito piloto com carro melhor.

Yuki Tsunoda com a Alpha Tauri e Esteban Ocon da Alpine ficaram bem abaixo dos seus companheiros de equipe, ficando em frustrantes 13ª e 14ªposições respectivamente. Antonio Giovinazzi acabou em 15º, com a Alfa Romeo que nada conseguiu fazer nesse final de semana. Kimi Raikkonen acabou o dia na 17ªposição.

Nicholas Latifi da Williams e Mick Schumacher e Nikita Mazepin da Haas completaram a classificação. Nenhum piloto abandonou a prova. No próximo domingo será disputada a 8ªetapa do Mundial de Formula 1, no rapidíssimo circuito de Spielberg, para o primeiro GP da Áustria da temporada.

Resultado final do GP da França
7ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2021

pospilotoequipechassismotortempo
133Max Verstappen Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:27:25.770 
244Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M12+2.904s 
311Sergio Perez Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H+8.811s 
477Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M12+14.618s 
54Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M12+64.032s 
63Daniel Ricciardo McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M12+75.857s 
710Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H+76.596s 
814Fernando Alonso Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B+77.695s 
95Sebastian Vettel Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M12+79.666s 
1018Lance Stroll Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M12+91.946s 
1155Carlos Sainz Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/6+99.337s 
1263George Russell Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M12a 1 Volta
1322Yuki Tsunoda Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621Ha 1 Volta
1431Esteban Ocon Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20Ba 1 Volta
1599Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/6a 1 Volta
1616Charles Leclerc Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/6a 1 Volta
177Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/6a 1 Volta
186Nicholas Latifi Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M12a 1 Volta
1947Mick Schumacher Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/6a 1 Volta
209Nikita Mazepin Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/6a 1 Volta

Melhor volta de cada piloto – Max Verstappen marcou um ponto pela melhor volta da corrida

pospilotoequipechassismotortempona Volta
133Max Verstappen Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:36.404 35
211Sergio Perez Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:36.693 53
377Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:36.960 19
45Sebastian Vettel Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:37.138 52
544Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:37.410 44
64Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:37.425 52
714Fernando Alonso Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:37.646 44
816Charles Leclerc Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:37.681 43
918Lance Stroll Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:37.828 44
107Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:37.992 46
1110Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:38.103 44
126Nicholas Latifi Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:38.313 50
1363George Russell Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:38.314 52
143Daniel Ricciardo McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:38.324 45
1531Esteban Ocon Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:38.645 33
1699Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:38.702 36
1747Mick Schumacher Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:38.847 51
1855Carlos Sainz Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:38.931 19
1922Yuki Tsunoda Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:38.980 18
209Nikita Mazepin Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:39.317 34

Fotos de Sexta:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Fotos do Sábado:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Fotos do Domingo:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Mclaren/Aston Martin/Alpine/Ferrari/Alpha Tauri/Alfa Romeo/Haas/Williams


2ªEtapa da Moto E – Temporada 2021 – GP da França

Moto E teve um sábado de muita chuva e a classificação precisou ser feito em 12 minutos com todos na pista. Nessa classificação houve muita confusão, O melhor tempo ficou com Dominique Aegerter, mas a sua volta foi cancelada, não só a do piloto suíço, mas também de muitos pilotos, tudo devido a queda de vários pilotos na parte final da sessão.

Após várias mudanças a pole position acabou ficando nas mãos de Eric Granado da One Energy Racing.

No domingo,Novamente a Moto E foi colocada como a última corrida do dia de domingo. Devido as condições difíceis a prova passou a ter apenas 7 voltas.

Na largada, Granado segurou a ponta por 2 curvas, até que na chicane, Alessandro Zaccone passou a liderar a prova, o piloto Brasileiro acabou perdendo posições nas primeiras curvas. Na metade da primeira volta, Dominique Aegerter passou para a liderança e permanece na ponta até o começo da segunda volta, quando o japonês Hikari Okubo se tornou o 4ºpiloto a assumir a primeira posição. Curvas depois, Zaccone voltou à ponta da corrida.

No começo da 3ªvolta, o jovem Fermín Aldeguer acabou derrubando Hikari Okubo e ambos saíram da disputa pela vitória, enquanto o japonês deixou a prova o piloto da Aspar Martinez voltou para a corrida na última posição.

Após esse incidente, Zacconi voltou à liderança, seguido de Aegerter, Tulovic, Granado, Torres e Casadei nas 6 primeiras posições.

A 1 volta e meia do final, Granado começou sua caminhada para a vitória. Primeiro passou Tulovic na metade da 6ªvolta, ao final da volta, foi à vez de Dominique Aegerter ser superado por Granado. Agora teria 1 volta apenas para superar Alessandro Zacconi. Essa ultrapassagem acontece nas últimas curvas do circuito de Le Mans, foi quando Eric passou Zacconi e mesmo que o italiano tenha dado o X, o brasileiro foi melhor na aceleração e acabou ficando com a vitória, 1ª no ano e a 4ªvitória na Moto E que leva Granado de volta a disputa do título.

Zacconi acabou perdendo a segunda posição por ter passado do ponto na última curva da prova, com isso a segunda posição acabou nas mãos de Mattia Casadei da SIC58, restou ao líder do campeonato completar o pódio na 3ªposição.

Dominique Aegerter, Jordi Torres e Yonny Hernandez completaram as 6 primeiras posições. A próxima etapa da Moto E acontece no dia 6 de junho na Catalunha.

Resultado final da 2ªEtapa da Moto E
GP da França – 7 Voltas

pospilotoequipemototempo
151Eric GranadoOne Energy RacingEnergica12’23.012
227Mattia CasadeOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 0.306
361Alessandro ZacconeOcto Pramac MotoEEnergicaa 0.253
477Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergicaa 0.532
540Jordi TorresPons Racing 40Energicaa 0.640
668Yonny HernandezOcto Pramac MotoEEnergicaa 0.900
73Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergicaa 1.045
811Matteo FerrariIndonesian E-Racing Gresini MotoEEnergicaa 1.751
919Corentin PerolariTech 3 E-RacingEnergicaa 4.727
106Maria HerreraOpenBank Aspar TeamEnergicaa 4.999
1121Kevin ZannoniLCR E-TeamEnergicaa 15.509
1214Andre PiresAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 29.350
1318Xavi CardelusAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 29.485
1480Jasper IwemaPons Racing 40Energicaa 37.419
1554Fermín AldeguerOpenBank Aspar TeamEnergicaa 1’06.915
78Hikari OkuboAvant Ajo MotoEEnergicaa 5 Voltas
71Miquel PonsLCR E-TeamEnergicaNão Largou
9Andrea MantovaniIndonesian E-Racing Gresini MotoEEnergicaNão Largou

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da França – Mundial de motovelocidade 2021 – Moto 3

A primeira vitória da Gas Gas no Mundial de Motovelocidade na Moto 3 aconteceu nesse final de semana, numa atuação precisa do espanhol Sérgio Garcia em uma corrida bem difícil em Le Mans no circuito Bugatti.

A Classificação do Sábado começou no frio para a disputa de 4 vagas para o Q2. Xavier Artigas não iria para a pista devido a um acidente. Os outros 14 pilotos que estavam na repescagem foram para a pista. Entre eles, estava o líder disparado do campeonato, o espanhol Pedro Acosta da equipe Red Bull Ajo.

Na sua 1ªVolta, Kaito Toba começou na frente com 1:45.171 contra o 1:45.619 de Suzuki, 1:45.672 de Guevara e 1:45.757 de Salac. Na volta seguinte (a 9 minutos do final), Suzuki passou a liderança com, 1:43.848, uma bela melhorada em relação a primeira volta. Salac, Kunii e Takuma Matsuyama estavam na zona de classificação. O líder do campeonato, Pedro Acosta estava em apuros, na 11ªposição após 2 tentativas e por muito pouco o jovem piloto de 16 anos não foi ao chão durante as tentativas frustradas de volta.

A 6 minutos e 30 segundos do final, Toba volta a ponta com 1:43.539. Tatay sobe para segundo, Kunii e Izdihar como os classificados. Pedro Acosta caiu para a 12ªposição e não conseguia melhorar. Quem melhorou foi Dennis Foggia que acabou subindo para a 3ªposição.

Acosta foi com tudo para o desespero, a 3 minutos do final ele consegue entrar na zona de classificação ao marcar o 3ºtempo. Porém, Kaito Toba baixa o tempo para 1:43.290. Parecia que o piloto da Cip Green estaria garantido de vez para o Q2.

Porém, os tempos acabaram baixando no final e quem se beneficiou com isso foi o japonês Tatsuki Suzuki da SIC58 (Equipe de Paolo Simoncelli) que marcou 1:43.020 e foi o mais rápido da repescagem. Foram para o Q2 junto de Suzuki, Dennis Foggia da Leopard Racing, Filip Salac da Snipers e Jeremy Alcoba da Gresini. Pedro Acosta não passou da 7ªposição e acabou eliminado. Kaito Toba que foi rápido pela maior parte da sessão acabou ficando de fora do Q2 por 27 milésimos.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
124Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’43.020
27Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’43.138
312Filip SalačRivacold Snipers TeamHonda1’43.188
452Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’43.263
527Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’43.290
699Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’43.303
737Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’43.376
873Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’43.393
992Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’43.636
1019Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’43.663
1132Takuma MatsuyamaHonda Team AsiaHonda1’44.284
1228Izan GuevaraGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS1’44.435
1320Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’44.784
1431Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’47.081
43Xavier ArtigasLeopard RacingHondaSem Tempo

Assim que a contagem regressiva começou, todo mundo foi para a pista, mas um minuto depois a chuva começa a cair e isso obriga a todos os pilotos a irem para os boxes, (com exceção de Andrea Migno que tentou marcar uma volta) para colocar pneus de pista molhada.

Os pilotos voltaram para a pista molhada. Ao mesmo tempo que a chuva parou e a pista começou a secar, Seria uma tônica no final de semana. O primeiro tempo marcado foi de Tatsuki Suzuki com 1:54.202, esse tempo foi batido pelo Argentino Gabriel Rodrigo da Gresini, quase 2 segundos a frente do japonês, com Sergio Garcia na segunda posição a 5 minutos e 20 segundos do final e Deniz Oncü em 3º a 99 milésimos de atraso para Rodrigo.

Andrea Migno foi para uma volta voadora e assumiu a liderança, com os pneus de pista seca o italiano fez uma aposta na pista seca e acabou sendo a aposta certa. Masia e McPhee chegaram a virar voltas mais rápidas, mas Migno sempre marcou tempos melhores.

Com o cronometro zerado, Ricardo Rossi surpreendeu e marcou o melhor tempo com 1:49.408, mas Migno tinha uma última volta para fazer e que volta, marcando a pole position com 1:47.407, colocando 2 segundos em relação a Rossi. Foi uma aposta certa do piloto da Snipers que rendeu a dianteira no Grid de largada.

Ricardo Rossi vai largar na segunda posição, seu melhor resultado em grid de largada e Jaume Masia completa a primeira fila, sendo o terceiro colocado. Na segunda fila largam John McPhee que estava zerado na classificação do Mundial, Gabriel Rodrigo da Gresini e Niccolò Antonelli da Avintia, vice-líder do campeonato que poderia tirar alguma coisa da vantagem que Pedro Acosta (Qual larga da 21ªposição).

Filip Salac larga na 7ªposição, abrindo a 3ªfila, seguido de Sergio Garcia, Tatsuki Suzuki e Romano Fenati. As 4 marcas (Honda, KTM, Gas Gas e Husqvarna) nas 10 primeiras posições, mostrando a competitividade desse campeonato.

Grid de Largada:

pospilotoequipemototempo
116Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda1’47.407
254Riccardo RossiBOE OwlrideKTM1’49.408
35Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM1’49.611
417John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’49.640
52Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’49.684
623Niccolo AntonelliAvintia Esponsorama Moto3KTM1’49.894
712Filip SalačRivacold Snipers TeamHonda1’50.594
811Sergio GarcíaGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS1’50.786
924Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’50.927
1055Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’50.962
1182Stefano NepaBOE OwlrideKTM1’51.145
126Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’51.303
1353Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’51.375
1450Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’51.510
1571Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’52.332
1640Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHonda1’52.511
1752Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’54.034
187Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’54.345
1927Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’43.290
2099Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’43.303
2137Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’43.376
2273Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’43.393
2392Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’43.636
2419Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’43.663
2532Takuma MatsuyamaHonda Team AsiaHonda1’44.284
2628Izan GuevaraGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS1’44.435
2720Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’44.784
2831Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’47.081
2943Xavier ArtigasLeopard RacingHondaSem Tempo

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

No domingo, a corrida foi crítica, dramática, com a pista molhada e com muitas quedas aconteceu a 5ªetapa do Mundial de Motovelocidade, A Moto 3 novamente iria abrir os trabalhos.

Na largada, Migno e Rossi mantiveram suas posições, até que na curva 3, Jaume Masia para a liderança e liderou até a curva 7, foi quando Niccolò Antonelli da Avintia passou a liderar a prova, mas o vice-líder do campeonato não chegou ao final da 1ªVolta, ele caiu logo depois da curva de acesso aos boxes e abandonou a prova.

Ricardo Rossi herdou a ponta, algo que ele nunca fez na vida, seguido de Sergio Garcia. Tatsuki Suzuki, Jeremy Alcoba  e Jaume Masia foram para o não na segunda volta. Na terceira volta, Gabriel Rodrigo teve seu encontro com o chão e abandonou a prova.

Na 4ªVolta, Sergio Garcia da Gas Gas passou a liderança, com Filip Salac em 2º com sua Snipers. Os dois deixaram para trás Ricardo Rossi e passaram a disputar a corrida. Antes disso, Pedro Acosta que tinha subido da 21ªposição na largada para a 6ªposição acabou indo para o chão, mas logo fez a moto pegar de novo e voltou para a corrida na 21ªposição.

Enquanto Garcia e Salac brigavam pela vitória, Rossi procurava manter a terceira posição, com uma razoável vantagem para Ayumu Sasaki da tech 3 e John McPhee da Petronas. Mais atrás, mais quedas aconteciam acabando com a corrida de Darryn Binder e Kaito Toba. O líder do campeonato Pedro Acosta vinha se recuperando muito bem, na 11ªposição após superar Andrea Migno, o pole position que não estava com um bom rendimento, ainda mais se comparamos com Salac.

Por falar no Tcheco, a 10 voltas do final, Salac começava a encostar em Garcia e coloca pressão. Essa pressão dá certo, Garcia comete um erro na curva 8 e permite a Salac passar a liderança. Porém, Salac acabou sendo superado por Sergio Garcia na reta dos boxes, iniciando a 14ªvolta novamente à liderança. Enquanto isso, Pedro Acosta dava um show na sua recuperação, passando para a 8ªposição após superar os dois pilotos da equipe PruestelGP, mas teria que tirar uma vantagem considerável para Adrian Fernández e Xavier Artigas para brigar pela 6ªposição.

Nas últimas voltas, poucas coisas aconteceram e só uma mudança de posição, foi a de John McPhee que passou Ayumu Sasaki e subiu para a 4ªposição. De resto, todo mundo na frente manteve suas posições.

Sergio Garcia acabou conquistando sua segunda vitória no Mundial de Motovelocidade. Diga-se de passagem, muito da merecida já que ele conduziu brilhantemente sua Gas Gas em uma traçado em situação critica. De quebra levou a Gas Gas a sua primeira vitória na Moto 3, na 5ªcorrida da marca na categoria.

Filip Salac em 2º e Ricardo Rossi em 3º chegaram ao primeiro pódio de suas carreiras, um grande resultado para ambos, enquanto o tcheco brigou pela vitória com Sergio Garcia o piloto da equipe ROE suportou o ataque final de John McPhee da Petronas, que finalmente conseguiu pontuar seus primeiros 13 pontos com a 4ªposição conquistada em uma bela corrida do experiente piloto escocês.

Ayumu Sasaki levou a tech 3 a mais um bom resultado, chegando em 5ºlugar. Adrian Fernández fez uma bela corrida e venceu a batalha com Xavier Artigas e fechou a prova na 6ªposição, deixando o piloto da Leopard Racing com a 7ªposição.

Pedro Acosta se recuperou da classificação e depois se recuperou de um tombo para chegar a 8ªposição. A sorte do piloto de 16 anos é que os mais próximos perseguidores não foram nada bem, ou caíram ou chegaram mal colocados, com isso, Acosta tem confortáveis 54 pontos de vantagem para Sergio Garcia, novo vice-líder do campeonato.

Deniz Oncü da Tech 3 e Romano Fenati da Husqvarna completaram os 10 primeiros colocados.

Resultado final do GP da França
Mundial de Motovelocidade – Moto 3 – 22 Voltas

pospilotoequipemototempo
111Sergio GarcíaGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS42’21.172
212Filip SalačRivacold Snipers TeamHondaa 2.349
354Riccardo RossiBOE OwlrideKTMa 5.589
417John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 7.158
571Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTMa 14.882
631Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 27.279
743Xavier ArtigasLeopard RacingHondaa 27.408
837Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTMa 29.880
953Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 35.098
1055Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 36.616
1116Andrea MignoRivacold Snipers TeamHondaa 42.347
126Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTMa 42.739
1350Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTMa 42.756
1428Izan GuevaraGaviota GASGAS Aspar TeamGASGASa 50.891
1519Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHondaa 52.753
1673Maximilian KoflerCIP Green PowerKTMa 53.054
1782Stefano NepaBOE OwlrideKTMa 53.568
187Dennis FoggiaLeopard RacingHondaa 1’18.995
1920Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHondaa 1’19.103
2040Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHondaa 1’54.124
2127Kaito TobaCIP Green PowerKTMa 1 volta
2252Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 4 voltas
99Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTMa 8 voltas
32Takuma MatsuyamaHonda Team AsiaHondaa 19 voltas
2Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 20 voltas
5Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTMa 21 voltas
24Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 21 voltas
23Niccolo AntonelliAvintia Esponsorama Moto3KTMa 21 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da França – Mundial de Motovelocidade 2021 – Corrida da Moto 2

Raúl Fernández conseguiu sua segunda vitória na categoria, o piloto da KTM mesmo perdendo a ponta no começo acabou mantendo a calma e recuperando a liderança, a partir dai, o espanhol levou com primazia sua moto até a bandeirada. Foi uma corrida cheia de quedas, Sam Lowes foi um dos pilotos que foram ao chão e ficou mais distante da briga pelo título. Remy Gardner e Marco Bezzecchi completaram o pódio.

Na largada, Bezzecchi foi melhor que Fernández e tomou a frente. Joe Roberts manteve a 3ªposição, Canet que vinha em 4º acabou caindo na curva 9, deixando uma corrida que poderia ter muito boa para ele. Bezzecchi e Fernández abrem vantagem dos demais pilotos. Na segunda volta, Augusto Fernandez que superou Roberts e vinha em uma ótima terceira posição acabou indo ao chão na curva 11, Joe Roberts retornou a essa posição, com Garzó, Bendsneyder, Baldassarri, Vierge, Lowes e Gardner.

Em uma tentativa de ultrapassagem imprudente, Sam Lowes acabou derrubando Xavi Vierge e atrapalhando Lorenzo Baldassarri (que volta nas últimas posições) tanto o piloto da Marc VDS como o piloto da Petronas abandona na 4ªvolta. Na volta seguinte, Joe Roberts foi para o chão na curva 9.

Diante dessas quedas, Raúl Fernández superou Marco Bezzecchi e voltou para a ponta. Bo Bendsneyder vinha em uma ótima terceira posição, Remy Gardner e Tony Arbolino vinham logo atrás do piloto holandês da SAG.  Hector Garzó vinha na 6ªposição e estava na frente de Fabio di Giannantonio, mas na 7ªvolta, di Giannantonio provoca a queda de Garzó que abandona a prova.

Esse acidente leva Fabio di Giannantonio a levar a punição da volta longa, essa punição levaria o piloto da Gresini na 11ªposição, mas di Giannantonio cometeu um erro ao cumprir a punição. Resultado é que ele teve de fazer novamente a volta longa. Depois de tudo isso, o piloto da Gresini caiu para a 14ªposição atrás de Thomas Luthi.

Lá na frente, Fernández começava a abrir vantagem sobre Bezzecchi que liderava a disputa da 2ª a 5ªposição, Bendsneyder segurava o quanto podia a 3ªposição dos ataques de Gardner e Arbolino (Piloto que largou da 19ªposição e que estava já colocado em 5ºlugar). Em sexto vinha Cameron Beaubier, mas já vinha a mais de 10 segundos atrás e com Ogura, Schrotter, Dalla Porta e Chantra atrás dele completando os 10 primeiros colocados.

No final da 16ªVolta, Gardner passou Bendsneyder e sobe para 3ªposição. Curvas depois foi a vez de Arbolino superar o piloto da SAG e ganhar a 4ªposição.

Raúl Fernández vinha com a corrida sob controle lá na frente, com 1.3 segundos a frente de Bezzecchi que tinha Gardner na sua cola, o australiano queria a segunda posição. Diante da pressão, o piloto da VR46 não resistiu, acabou errando a curva 8 e perdendo a posição para o líder do campeonato.

Nas ultimas voltas, Beaubier acabou caindo e perdendo a chance de conquistar seu melhor resultado na Moto 2. Nas voltas finais, muita disputa pela 6ªposição para trás. A se destacar a ótima recuperação de Fabio di Giannatonio e de Simone Corsi que ganharam posições.

Raúl Fernández abriu mais de 2 segundos de frente para Remy Gardner. Com tranquilidade, o piloto espanhol acabou conquistando a 2ªvitória na temporada e na Moto 2 e ficando a 1 ponto da liderança do campeonato. Liderança essa continua nas mãos de Gardner que ficou na segunda posição, dobradinha da Red Bull Ajo em Le Mans. Marco Bezzecchi completou o pódio, levando a VR46 em mais uma boa corrida.

Tony Arbolino fez uma grande corrida de recuperação, ganhando 15 posições para chegar a uma ótima 4ªposição, seu melhor resultado na sua curta trajetória na Moto 2 e um dos melhores resultados da Dynavolt nos últimos anos. Bo Bendsneyder se segurou na frente, apesar de não conseguir o pódio acabou levando a moto da SAG para a uma ótima 5ªposição. o melhor resultado do piloto Holandês na Moto 2.

Bem longe, O Alemão Marcel Schrotter da Dynavolt foi o melhor do resto da turma, chegando na 6ªposição, na frente de Ai Ogura que ficou até o finalzinho na 6ªposição, o japonês acaba colocado na 7ªposição.

Fabio di Giannantonio e Simone Corsi se recuperaram na reta final, chegando na 8ª e 9ªposições respectivamente. O piloto da Gresini tomou praticamente 2 punições de volta longa, já o outro leva a MV Agusta ao melhor resultado da temporada. O Espanhol Jorge Navarro completa os 10 primeiros colocados.

Lorenzo Dalla Porta da Italtrans, Somkiat Chantra da Honda Asia Team, Nicolò Bulega da Gresini, Marcos Ramirez da American Racing e Albert Arenas da Aspar Martinez chegou a zona de pontuação.

Resultado final do GP da França
Mundial de Motovelocidade – Moto 2 – 25 Voltas

pospilotoequipemototempo
125Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalex40’46.101
287Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalexa 1.490
372Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalexa 4.599
414Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalexa 7.503
564Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 11.887
623Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalexa 27.829
779Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 27.975
821Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 28.112
924Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 28.204
109Jorge NavarroMB Conveyors Speed UpBoscoscuroa 28.432
1119Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalexa 28.989
1235Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 28.749
1311Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 29.316
1442Marcos RamirezAmerican RacingKalexa 31.605
1575Albert ArenasInde Aspar TeamBoscoscuroa 32.080
1655Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTSa 32.571
1770Barry BaltusNTS RW Racing GPNTSa 33.309
187Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 39.036
1996Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalexa 41.069
2013Celestino Vietti RamusSKY Racing Team VR46Kalexa 45.599
2110Tommaso MarconMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 1’19.160
6Cameron BeaubierAmerican RacingKalexa 5 voltas
12Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 11 voltas
40Hector GarzoFlexbox HP40Kalexa 19 voltas
16Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalexa 21 voltas
97Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalexa 22 voltas
22Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalexa 22 voltas
62Stefano ManziFlexbox HP40Kalexa 23 voltas
2Alonso LópezMB Conveyors Speed UpBoscoscuroa 23 voltas
37Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalexa 24 voltas
44Arón CanetInde Aspar TeamBoscoscuroa 25 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da França – Mundial de Motovelocidade 2021 – Corrida da MotoGP

O australiano Jack Miller surfou sobre o complicado tempo em Le Mans para conquistar sua segunda vitória seguida na temporada 2021 do Mundial de Motovelocidade. A Corrida começou com tempo seco, mas a chuva caiu forte por algumas voltas e foi o suficiente para bagunçar toda a disputa por posições.

Jack Miller pulou na frente de Viñales e de Quartararo nas 3 primeiras posições. Nakagami chegou a ficar em 4º nas primeiras curvas acabou superado por Marquez e Espargaró da Honda que começou de forma competitiva. No final da primeira volta, Franco Morbidelli erra a curva 10 e acabou indo para a brita e depois para o chão comprometendo seu domingo.

Na 2ªVolta, Marevick Viñales aproveita a brecha e passa Miller na curva 6, assumindo a liderança (sua breve liderança). Quartararo vinha perto dos dois na 3ªposição. Nakagami, Rins e Marquez vinham disputando a 4ªposição.

Porém, a chuva iria chegar e tudo começaria a mudar a partir do momento que ela caísse. Antes disso, Fabio Quartararo faz uma manobra incrível e passa da 3ª para a primeira posição na curva 3. Depois disso, Viñales foi ladeira abaixo na classificação, enquanto que Alex Rins e Marc Marquez aparecem na disputa, subindo para a 3ª e 4ªposições.

A chuva chegou na 5ªvolta, os pilotos tiveram que ir para os boxes para trocarem de motos. Antes disso, Joan Mir foi para o chão e abandonou a prova.

Marquez voltou para a pista na liderança, seguido de Rins e Quartararo. Na curva 3, o piloto da Suzuki foi ao chão e ficou muito para trás. Estava ventando, estava bem difícil de conduzir em Le Mans, Marc Marquez, Fábio Quartararo e Jack Miller vinham bem a frente de Takaagi Nakagami e Johann Zarco.

Os pilotos da equipe oficial da Ducati foram punidos com duas voltas longas que complicariam a corrida de ambos.

Ao final da 9ªVolta, Marc Marquez acaba indo para o chão e perdendo a liderança para Quartararo. O francês agora parecia ter a corrida nas suas mãos, Miller era o segundo, mas tinha que pagar a punição (Algo que ele fez nas voltas 10 e 11) e isso o deixaria mais atrás, dando tranquilidade para o piloto da Yamaha. Nakagami vinha em 3º em busca do primeiro pódio seguido de Zarco, Alex Marquez e Aleix Espargaró nas 6 primeiras posições.

Miller cumpriu a punição, mas logo se aproximou de Quartararo. Na 12ªVolta, o piloto da Ducati passou para a ponta, Miller estava bem à vontade e sua moto rendia muito bem. Já Quartararo se resguardava na 2ªposição.

A chuva diminuiu, mas a pista continuava complicada, as quedas de Miguel Oliveira e de Alex Rins (2ªqueda dele) comprovaram isso. Zarco foi para cima de Nakagami e acabou superando na reta o japonês ao começar a 15ªVolta e passou para 3ªposição. A partir daquele momento o francês da equipe Pramac iria se destacar. Alex Marquez vinha em bela 5ªposição após largar na 18ªposição. Aleix Espargaró começou a ser pressionado por Danilo Petrucci, numa briga valendo a 6ªposição.

Lá atrás, Marc Marquez vinha se recuperando, na 11ªposição, virando 2 segundos mais rápido que Miller. Aleix Espargaró acabou abandonando a prova por problemas mecânicos, a mesma coisa aconteceu com Lorenzo Savadori voltas antes.

Johann Zarco estava em 3º, virando 2 segundos mais rápido que Quartararo. Na volta 18, Marc Marquez foi para o chão de novo e dessa vez abandonou a prova.

Na 20ªVolta, Alex Marquez superou Takaagi Nakagami em briga domestica da LCR Honda e subiu para 4ªposição. Na volta seguinte, o piloto nipônico foi superado por Petrucci e Bagnaia caindo para a 7ªposição.

Zarco acabou chegando no Quartararo a 6 Voltas do final. O francês passou seu compatriota facilmente na reta, assumindo a segunda posição, mas teria que se esforçar para tentar chegar em Jack Miller. A pista já estava em condições bem melhores.

Francesco Bagnaia também avançou no final, primeiro passando Petrucci na 23ªVolta e passando Alex Marquez na volta seguinte. No final de prova, Petrucci superou Marquez e subiu para a 5ªposição.

Jack Miller levou sua moto com cuidado e conquistou sua segunda vitória seguida na temporada, mesmo com a punição de 2 voltas longas e com um erro quando se encaminhava para trocar sua moto, o australiano estava sobrando nas condições adversas, se sentindo a vontade para pilotar sua moto da Ducati.

A Marca italiana teve uma dobradinha, dessa vez o segundo colocado foi Johann Zarco da Pramac (Equipe satélite da Ducati) o francês se destacou na segunda parte de prova. Já Fabio Quartararo acabou sendo penalizado pelos pneus que se desgastaram demais. O piloto da Yamaha salvou o pódio e termina a 5ªetapa do mundial na liderança, só 1 ponto a frente de Francesco Bagnaia.

Por falar no piloto italiano, acabou muito bem a corrida, chegando na 4ªposição em uma grande recuperação nas últimas voltas. Apesar disso, cai para segunda posição no Mundial de pilotos. Danilo Petrucci fez uma brilhante corrida, andando bem sob condições adversas para levar sua KTM da tech 3 a 5ªposição. Alex Marquez, Takaagi Nakagami e Pol Espargaró levaram a esquadra da Honda a 6ª, 7ª e 8ªposições respectivamente. Mostrando que a fábrica japonesa ainda não esta a altura de lutar de igual para igual com Yamaha e Ducati.

Iker Lecuona acabou em uma boa 9ªposição, num bom final de semana da Tech 3 que corrida em casa. Já Marevick Viñales vai muito mal, muito mal mesmo, acabou ficando em uma apática 10ªposição, ao contraio de Quartararo que foi muito bem. Valentino Rossi sobreviveu a dura corrida e terminou o dia na 11ªposição.

Luca Marini da Avintia, Brad Binder da KTM, Enea Bastianini da Avintia e Esteve Rabat da Pramac completaram a zona de pontuação. Franco Morbidelli ainda voltou a corrida, mas ficou em 16º, 4 voltas atrás do vencedor e de todos os outros pilotos que terminaram a prova.

MotoGP vai partir para Mugello, para a 6ªetapa do Mundial de Motovelocidade no dia 30 de maio. Lá teremos mais um duelo pela disputa do título, uma batalha que ainda esta indefinida, mas se encaminhando para um duelo de Yamaha versus Ducati.

Resultado final do GP da França
Mundial de motovelocidade – MotoGP – 27 Voltas

pospilotoequipemototempo
143Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati47’25.473
25Johann ZarcoPramac RacingDucatia 3.970
320Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 14.468
463Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucatia 16.172
59Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTMa 21.430
673Alex MarquezLCR Honda CASTROLHondaa 23.509
730Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 30.164
844Pol EspargaróRepsol Honda TeamHondaa 35.221
927Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTMa 40.432
1012Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 40.577
1146Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamahaa 42.198
1210Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucatia 52.408
1333Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 59.377
1423Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucatia 1’02.224
1553Tito RabatPramac RacingDucatia 1’09.651
1621Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 4 voltas
93Marc MarquezRepsol Honda TeamHondaa 10 voltas
41Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 12 voltas
88Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTMa 15 voltas
42Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 15 voltas
32Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniApriliaa 16 voltas
36Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 23 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP