GP de Aragón – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 3 – 13ªetapa

GP de Aragón foi realizado no dia 12 de Setembro, com boas disputas na Moto 3. No final, o que poderia ser uma reviravolta acabou virando sorte de campeão…

Sessão de classificação no Sábado: Nos primeiros segundos, apenas Yuki Yunii entrou na pista de cara. Os outros pilotos só entraram a partir de 2 minutos e meio de sessão.

Kunii teve sua primeira volta anulada e sua segunda volta (2:01.010) a 8:30 do final não se sustentou na frente por muito tempo. Muitos pilotos superaram o japonês, mas  várias dessas marcas acabaram sendo canceladas por passarem do limite da pista. Das marcas que valeram, Stefano Nepa marcou o melhor tempo, com 1:59.411. Ayumi Sasaki vinha em 2º, o Malaio Syarifuddin Azman da Petronas em 3º e Adrian Fernández em 4º.

Os outros pilotos que tiveram voltas canceladas precisavam marcar novos tempos. A 6:10 do final da sessão, Tatsuki Suzuki acabou com a concorrência, com o impressionante e inalcançável 1:58.345, colocando quase 6 décimos em Kaito Toba que passou a segunda posição. Os dois japoneses rebaixaram Nepa e Sasaki para 3ª e 4ªposições respectivamente.

Carlos Tatay, Filip Salac, Ricardo Rossi e Ryusei Yamanaka não conseguiram marcar uma volta. A menos de 4 minutos do final, Suzuki, Toba e Nepa voltaram para os boxes e pelo tempo, de lá não iriam voltar para a pista.

Tirarem Suzuki e Toba da zona de classificação seria bem difícil, mas ainda tinha 2 vagas em disputa. A 2 minutos do final, Filip Salac faz grande volta e sobe para segundo. No final, Sasaki que tinha caído para 5º acabou melhorando sua marca e subindo para a terceira posição.

Fim de papo na repescagem. Tatsuki Suzuki ficou com o melhor tempo, avançaram para o Q2 além do piloto da SIC58, Salac da PruestelGP, Sasaki da Tech 3 e Toba da CIP Green. Stefano Nepa em 5º acabou ficando de fora da fase final.

O Substituto de John McPhee, o malaio Syarifuddin Azman acabou ficando na 7ªposição. Depois do tempo encerrado, Kaito Toba foi ao chão e levou sua moto acidentada para os boxes.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
124Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’58.345
212Filip SalačCarXpert PruestelGPKTM1’58.888
371Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’58.917
427Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’59.011
582Stefano NepaBOE OwlrideKTM1’59.411
699Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’59.455
763Syarifuddin AzmanPetronas Sprinta RacingHonda1’59.725
831Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’59.741
954Riccardo RossiBOE OwlrideKTM1’59.760
1073Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’59.931
1192Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’59.937
1219Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda2’00.209
136Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM2’00.522
1467Alberto SurraRivacold Snipers TeamHonda2’00.761

Ao contraio da primeira sessão, todo mundo entrou na pista rapidamente, liderados pelos pilotos da Leopard Racing e da Gas Gas. Os únicos que ficam nos boxes são Romano Fenati que esperou por 2 minutos e meio para entrar na pista e Kaito Toba que estava com sua moto sendo reparada.

Com 4 minutos de sessão, Salac marcou 1:58.475 e saiu na frente, com Jeremy Alcoba e Deniz Oncü separados por 1 milésimo na segunda e terceira posições, mas esse quadro não durou muito tempo, o Sul-africano Darryn Binder passou a liderança. E não foi só o piloto da Petronas que superou o piloto tcheco, O argentino Gabriel Rodrigo, o japonês Tatsuki Suzuki e o italiano Niccolò Antonelli jogaram Filip Salac para a 5ªposição. A menos de 9 minutos do final, Suzuki marca 1:57.976 e ganha a posição de Gabriel Rodrigo. Porém, Binder continuava na frente.

Pedro Acosta e Jaume Masia que tinham desistido da primeira tentativa, voltaram a pista e marcaram seus primeiros tempos. O líder do campeonato (Acosta) marca uma boa 5ªposição. Já Masia não vai bem e marca apenas o 13ºtempo. Já Kaito Toba acabou conquistando o chão pela segunda vez… não era o dia para o piloto japonês da CIP Green!

A 2 minutos e 30 segundos do final, não teve tanta emoção como as decisões de pole anteriores. A se destacar Andrea Migno e Deniz Oncü, os dois melhoraram suas marcas no final e chegaram a subir para 4ª e 5ªposições respectivamente.

Sergio Garcia que estava na parte de trás acabou fazendo uma brilhante volta e acabou subindo para a 3ªposição, mas o piloto da Gas Gas sai da primeira fila assim que Rodrigo recupera a segunda posição.

Ninguém tirou Darryn Binder da Petronas da posição de pole position. Sua marca de 1’57.724 leva o piloto sul-africano a largar na 1ªposição. O jovem é um dos cogitados para correr na MotoGP em 2022 pela nova equipe satélite da Yamaha. Completam a primeira fila, o instável Gabriel Rodrigo da Gresini e o Japonês Tatsuki Suzuki da SIC58.

Na segunda fila, vão largar Sergio Garcia da Gas Gas em 4º, largando 5 posições a frente de Pedro Acosta, nessa briga particular dos dois pelo título da Moto 3. Com bons desempenhos na última volta, Andrea Migno da Snipers e Deniz Oncü da Tech 3 completam a 2ªfila.

Jeremy Alcoba da Gresini, Niccolò Antonelli da Avintia e Pedro Acosta da KTM Ajo compõem a 3ªFila e Lorenzo Fellon (que buscava o seu primeiro ponto no campeonato) completa as 10 primeiras posições.

Grid de Largada:

pospilotoequipemototempo
140Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHonda1’57.724
22Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’57.905
324Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’57.976
411Sergio GarcíaGAVIOTA GASGAS Aspar TeamGASGAS1’58.069
516Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda1’58.103
653Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’58.314
752Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’58.362
823Niccolo AntonelliAvintia VR46KTM1’58.381
937Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’58.434
1020Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’58.463
1112Filip SalačCarXpert PruestelGPKTM1’58.475
1243Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’58.490
1328Izan GuevaraGAVIOTA GASGAS Aspar TeamGASGAS1’58.613
147Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’58.646
155Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM1’58.830
1671Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’58.893
1755Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’58.953
1827Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’59.039
1982Stefano NepaBOE OwlrideKTM1’59.411
2099Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’59.455
2163Syarifuddin AzmanPetronas Sprinta RacingHonda1’59.725
2231Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’59.741
2354Riccardo RossiBOE OwlrideKTM1’59.760
2473Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’59.931
2592Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’59.937
2619Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda2’00.209
276Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM2’00.522
2867Alberto SurraRivacold Snipers TeamHonda2’00.761

O domingo foi ao contraio do sábado, saí o tempo nublado e entra o dia ensolarado em Aragón. Um cenário perfeito para uma belíssima prova da moto 3, cheia de disputas e cheia de emoção em questão de disputa pelo campeonato.

Darryn Binder que largou da pole position conseguiu manter a liderança na largada. Quem faz uma grande largada e Sergio Garcia, que pula para 3º na largada e passa Gabriel Rodrigo na curva 5 para assumir a segunda posição. Curvas depois, o piloto da Gas Gas foi pra cima de Foggia, com muita fome de ganhar a liderança, mas foi para o bote com apetite demais! Garcia sai da pista na curva 12 e cai para a 4ª.

Ao final da primeira volta, Gabriel Rodrigo assumiu a liderança, com Binder, Migno e Garcia. O piloto da Gas Gas passou os dois na curva 12 e ganhou a 2ªposição, Migno também passou pelo sul-africano que caiu para o 4ºlugar.

No começo da terceira volta, Andrea Migno da Snipers assumiu a liderança após passar Darryn Binder. Sergio Garcia vinha na terceira posição, Tatsuki Suzuki em 4º e Deniz Oncü em 5º. Pedro Acosta e Gabriel Rodrigo se estranharam e o argentino perdeu posições. Nessa confusão, Salac se deu bem, mas acabou passando reto e caindo na curva 12, jogando fora uma boa chance de obter um bom resultado.

Ao final da 3ªVolta, Darryn Binder supera Andrea Migno e volta a ficar na frente. A liderança do piloto da Petronas dura algumas curvas, já que Binder é superado pelo turco Deniz Oncü. Binder perderia posições para Garcia e Acosta, os dois principais candidatos ao campeonato.

Pedro Acosta superou Garcia e Binder passando a 2ªposição e buscando ataque para cima de Oncü que vinha na frente, com uma pequena vantagem para os seus adversários. A se destacar a corrida de Dennis Foggia que já vinha na 6ªposição, isso após largar da 14ªposição em 5 voltas completadas.

Xavier Artigas também fazia uma excelente corrida, o espanhol da Leopard Racing pulou para 2ªposição após superar Sergio Garcia. Mais atrás, mais uma queda de Gabriel Rodrigo. Romano Fenati acabou atrapalhado por essa queda e acabou indo para fora da pista para evitar a batida, O piloto da Husqvarna acabou caindo para as últimas posições.

Na 7ªvolta, Oncü é pressionado dessa vez por Sergio Garcia. Artigas vinha em 3º seguido de Foggia, Acosta, Sasaki, Binder, Guevara e Migno. Até o 9º colocado estava compondo o primeiro grupo. Já Lorenzo Ferron e Tatsuki Suzuki tentavam alcançar o pelotão da frente.

Garcia e Guevara mostravam que a Gas Gas é sim uma moto bastante competitiva na moto 3, isso em uma temporada apenas. Na 10ªVolta, Xavier Artigas passou Deniz Oncü e assumiu a liderança. Nem parece que o espanhol teve Covid-19 a algumas semanas atrás.

Na volta seguinte, Oncü retomou a liderança e Sergio Garcia passou a segunda posição superando Artigas que vinha a frente de Dennis Foggia. Enquanto isso, Carlos Tatay foi para o chão e abandonou a prova. Lorenzo Ferron cumpriu a punição da volta longa, voltando na 14ªposição.

Entre vindas e idas ou idas e vindas, Oncü voltou a liderança na 13ªvolta, mas a briga pelas 6 primeiras posições era acirrada. O Turco era seguido por Artigas, Garcia, Foggia, Guevara e Acosta. Sasaki vinha em 7º, a 3 décimos de distância.

A 5 voltas do final, Foggia e Artigas disputavam a segunda posição. A vantagem ficou com o piloto italiano que passou a segunda posição. A 4 voltas do final, Acosta buscou atacar Artigas, mas de forma equivocada. O líder do campeonato acabou caindo e também derrubou Xavier Artigas na curva 5. Era fim de corrida para ambos, Acosta abandonava a primeira corrida na temporada. Com isso, Sergio Garcia tinha a chance de tirar parte da vantagem que Acosta tinha na liderança.

A 3 voltas do final, Oncü continuava na liderança, rumando uma primeira vitória, mas com Foggia, Garcia e Guevara ainda na briga. Principalmente com o piloto da Leopard Racing no qual o piloto da Tech 3 faziam o grande duelo da prova.

A duas voltas do final, Foggia passa Oncü e passa à liderança. Denis Oncü chega a perder o segundo lugar para Garcia, mas o turco conseguiu recuperar essa posição.

Foggia abriu a última volta na frente de Oncü e Garcia. Os dois dividiram a curva 6, nessa disputa Oncü levou a melhor e se encaminhava para a vitória, mas Foggia não queria desistir da disputa.

Na curva 12, Sergio Garcia acaba caindo e perde a chance de diminuir a sua defasagem no Mundial. Acosta que estava desesperado por ver sua vantagem despencar, acabou aliviado. Oncü chegou a 2 curvas do final na frente, mas Foggia pegou o vácuo da reta oposta, passou o turco e conquistou a vitória em Aragón, uma sensacional vitória, primeiro, porque largou da 14ªposição e segundo, por ter feito uma bela ultrapassagem a metros do final da corrida, em cima do piloto que mais liderou nas 19 voltas da corrida da classe menor.

Deniz Oncü viu a vitória escapar, mas esse 2ºlugar mostra que é questão de tempo para o turco comemorar essa primeira vitória na categoria. O pódio foi completado pelo japonês Ayumi Sasaki da Tech 3, fazendo a dobradinha dessa equipe, que teve um final de semana dos melhores na Moto 3. Izar Guevara fez uma grande corrida e ficou perto do pódio pela segunda vez, chegando em 4ºlugar.

Niccolò Antonelli chegou na 5ªposição, foi mais uma boa corrida que o italiano realizou, revivendo seus melhores momentos na Moto 3, que foi na temporada de 2015, quando fez uma brilhante segunda metade de temporada. Andrea Migno chegou a lutar pela liderança, mas não conseguiu manter-se na frente, acabou o dia na 6ªposição.

O pole position Darryn Binder até conseguiu liderar a prova, mas não foi além da 7ªposição, não conseguindo brigar pelos primeiros lugares. Stefano Nepa levou a Owlride a uma digna 8ªposição. Tatsuki Suzuki mais uma vez ficou abaixo do desempenho da classificação, o piloto da SIC58 ficou na 9ªposição e Jaume Masia da KTM Ajo, numa atuação decepcionante chegou os Top 10.

A se destacar a boa atuação do Syarifuddin Azman que chegou na 13ªposição, substituindo a John McPhee nessa etapa do campeonato. E a boa recuperação de Romano Fenati que teve a garra de buscar 2 pontos com a 14ªposição, isso no finalzinho das 19 voltas em Aragón.

Resultado Final – GP de Aragón
Moto 3 – 19 Voltas

pospilotoequipemototempo
17Dennis FoggiaLeopard RacingHonda37’53.710
253Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 0.041
371Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTMa 0.644
428Izan GuevaraGAVIOTA GASGAS Aspar TeamGASGASa 0.708
523Niccolo Antonelli Avintia VR46KTMa 0.878
616Andrea MignoRivacold Snipers TeamHondaa 1.180
740Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHondaa 2.133
882Stefano NepaBOE OwlrideKTMa 2.685
924Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 2.786
105Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTMa 4.714
116Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTMa 8.275
1231Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 9.499
1363Syarifuddin AzmanPetronas Sprinta RacingHondaa 9.645
1455Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 14.797
1554Riccardo RossiBOE OwlrideKTMa 18.880
1627Kaito TobaCIP Green PowerKTMa 18.894
1792Yuki KuniiHonda Team AsiaHondaa 19.272
1811Sergio GarcíaGAVIOTA GASGAS Aspar TeamGASGASa 19.888
1973Maximilian KoflerCIP Green PowerKTMa 19.933
2019Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHondaa 38.640
2167Alberto SurraRivacold Snipers TeamHondaa 38.744
52Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 1 volta
20Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHondaa 1 volta
43Xavier ArtigasLeopard RacingHondaa 4 voltas
37Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTMa 4 voltas
99Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTMa 7 voltas
2Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 14 voltas
12Filip SalačCarXpert PruestelGPKTMa 17 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta