GP da Itália – 14ªEtapa do Mundial de Formula 1 – 2021

O domingo iria proporcionar um GP da Itália histórico, cheio de incidentes e com a volta de uma poderosa equipe ao Hall dos vencedores. E de quebra, um piloto voltou a vencer muito alegre e boa gente depois de 3 anos de seca.

A corrida só teve 19 pilotos largando, Yuki Tsunoda não iria largar por causa de problemas nos freios. Gasly iria largar dos boxes.

Verstappen estava na pole position e precisava largar bem para disparar na ponta. Porém, isso não foi o que aconteceu. Na largada, Daniel Ricciardo largou melhor que Max Verstappen e assumiu a liderança. Hamilton tentou passar Verstappen na 2ªchicane, mas não consegue a segunda posição, pior que isso, acabou sendo superado por Norris.

Na mesma chicane, Giovinazzi que tinha largado muito bem passando Sainz jr. foi para cima de Leclerc, mas acabou não dando certo, o italiano cortou um pouco a chicane e na saída da chicane, foi tocado por Carlos Sainz jr. que poderia ter evitado a batida. O piloto da Alfa perdeu o aerofólio dianteiro e teve de ir para os boxes. Safety Car virtual foi acionado depois disso, mas acho que nessa poderia ter rolado um Safety Car físico.

No começo da segunda volta, a corrida recomeça com Ricciardo na frente, seguido de Verstappen, Norris e Hamilton. Os 4 primeiros se afastaram de Leclerc, que vinha na 5ªposição.

Verstappen partiu para cima de Ricciardo, mas não seria fácil para recuperar a ponta diante de um carro tão rápido como a Mclaren estava e com a eficiência  da Asa Móvel diminuída. Ao mesmo tempo que Norris estava sendo pressionado por Hamilton. Na 4ªVolta, Perez passa a pressionar Sainz jr., enquanto isso, Pierre Gasly abandona a corrida. Pela primeira vez a Alpha Tauri fica sem marcar pontos em 2021.

Nas disputas por posição, nem Verstappen e nem Hamilton vinham tenso sucesso dos seus objetivos de superarem seus adversários, ambos pilotos da Mclaren. Tanto é que Riccardo aumentou sua vantagem para Verstappen, com 1.2 segundos de diferença. Norris já vinha a uns 3 segundos atrás, segurando Hamilton. Já o lance entre Giovinazzi e Sainz jr. foi colocado sobre investigação. Tudo indicava punição para Sainz jr.,mas foi o piloto da Alfa Romeo que tomou 5 segundos de punição. Na minha visão, eu achei injusta a punição, possivelmente dava para Sainz jr. evitar a batida.

Na volta seguinte, Perez foi com tudo e passou Sainz jr.. o piloto da Ferrari batalhou para recuperar a posição, mas o mexicano estava determinado a consolidar a ultrapassagem, e foi isso que fez, ganhando de vez a 6ªposição. Enquanto isso, Bottas estava em 13º, logo atrás de Vettel. Se passasse o piloto da Aston Martin, chegaria em Ocon e depois chegaria em Latifi que comandava o pelotão.

Nas voltas seguintes, Bottas passou Vettel e depois passou Ocon. Na volta 13, o piloto da Mercedes supera Latifi e entra na zona de pontuação. Enquanto isso, Verstappen volta a se aproximar de Ricciardo e Hamilton voltou a se aproximar de Norris, mas a ultrapassagem continuava muito difícil, a Mclaren vinha muito rápida e só em um erro dos pilotos ou com problemas é que a ultrapassagem iria acontecer.

Na 15ªVolta, Vettel tentou passar Ocon por fora, mas foi apertado e jogado para a grama e quase para fora da pista. Nesse caso é que deveria ter uma punição para o piloto francês, pois foi claro que houve a fechada.

Bottas passou Alonso na 17ªVolta, o finlandês passou para a 9ªposição. Era uma ótima recuperação para Valtteri Bottas. Após 18 voltas, a classificação não mudou muito: Ricciardo, Verstappen, Norris, Hamilton, Leclerc, Perez, Sainz jr., Stroll, Bottas e Alonso nas 10 primeiras posições. Depois vinham Latifi, Ocon, Vettel, Russell, Kubica, Mick Schumacher, Mazepin e Giovinazzi.

Verstappen corta a chicane e perde um pouco de tempo. Ricciardo agradeceu e abriu 1.3 segundos de frente. Já Esteban Ocon tomou 5 segundos de punição por não ter deixado espaço para Vettel. Essa sim é uma punição justa e sem discursão. Na 22ªVolta, Bottas supera Stroll e assumia a 8ªposição.

Daniel Ricciardo foi o primeiro a realizar a parada, o australiano colocou pneus duros e voltou para a corrida na 7ªposição, a frente de Bottas e atrás de Sainz jr.. Verstappen poderia aproveitar para fazer algumas voltas rápidas para voltar à liderança, mas a equipe optou por fazer Max entrar nos boxes… Foi a maior roubada! A sempre impecável Red Bull acabou errando feio nos boxes, sua parada foi de 11 segundo para trocar os pneus. O holandês voltou na 10ªposição, bem longe de Daniel Ricciardo.

Norris era o líder, mas foi superado por Lewis Hamilton. A corrida começava a clarear a favor do piloto da Mercedes. Norris foi para a sua parada na 24ªvolta. Dos primeiros colocados, Lewis seria o último a parar para a troca de pneus. Essa troca aconteceu na 25ªvolta… A Mercedes não fez um bom trabalho e demorou 4.2 segundos para trocar os pneus.

Hamilton acabou voltando na frente de Verstappen, mas com os pneus frios. Max partiu com tudo para tomar a posição de seu principal adversário na luta pelo campeonato. Porém, acontece uma cena impressionante, Verstappen acabou tocando roda com roda em Lewis e acabou subindo por cima de Hamilton. Uma cena impressionante e até de certo modo, uma situação bem perigosa.

Sobre o lance, Eu acho que Verstappen foi precipitado e não mediu as consequências do que fez. Ele sabia que teria condições de passar Hamilton nas curvas seguintes. A punição de  3 posições no grid de largada para a próxima corrida foi justa, até digo que ele deveria ter tido punição maior. A roda do carro 33 bateu no Halo. Aliás, foi o halo que salvou a vida de Lewis Hamilton. Sem ele, e o pneu cairia bem na cabeça de Lewis, no que poderia ser uma tragédia. Mais uma vez o halo mostrou sua importância para o esporte.

Safety Car entrou na pista, seria muito trabalho para a retirada dos dois carros acidentados. Todo mundo que não tinha parado foi para os boxes. Depois dessas paradas, Daniel Ricciardo voltava a liderança, com maiores chances de vencer, mas vinha o monegasco Charles Leclerc na segunda posição, no meio das duas Mclarens, já que Lando Norris estava logo atrás, na terceira posição.

Sergio Perez vinha sendo o único representante da Red Bull na 4ªposição, Carlos Sainz jr. vinha em 5º e Valtteri Bottas vinha na 6ªposição, com pneus médios contra os pneus duros de todos os pilotos que estavam na frente. Stroll da Aston Martin, Alonso da Alpine, Russell e Latifi da Williams completavam as 10 primeiras posições. Ocon, Kubica, Vettel, Schumacher, Giovinazzi e Mazepin completavam o pelotão.

A relargada aconteceu na 31ªvolta, com Norris partindo pra cima de Leclerc e fazendo uma manobra grandiosa passou para a segunda posição. Após anos, a Mclaren fazia uma dobradinha. Ricciardo vinha em 1º e estava a 3 anos sem vencer e Norris buscava sua primeira vitória na Formula 1.

Na volta seguinte, Bottas passou Sainz jr. subindo para a 5ªposição, numa exibição magnifica do piloto finlandês. Curvas depois, Perez passou Leclerc, mas corta a 2ªchicane e não devolve a posição para o piloto da Ferrari. Isso poderia punir Checo e comprometer sua corrida.

Na 33ªVolta, Bottas superou Leclerc que tinha cortado a chicane, mas isso acabou favorecendo o piloto da Ferrari, usando seu vácuo e recuperando a 4ªposição. Na volta seguinte, Bottas fez nova ultrapassagem sobre Leclerc e recupera em definitivo a 4ªposição.

Pouco antes, Mick Schumacher deu um toque em Sebastian Vettel e se prejudicou, caindo para as últimas posições. Curvas depois, acabou sendo tocado por Nikita Mazepin, um piloto que dá provas dia após dia de que esta na Formula 1 apenas por causa do dinheiro de seu pai, pois talento esse piloto não parece ter.

Norris começou a se aproximar de Ricciardo. O australiano foi alertado para andar mais rápido. E foi exatamente que Daniel fez, nas voltas seguintes, sua vantagem para o companheiro de equipe aumenta. Ao mesmo tempo, Bottas chega em Perez, buscando o pódio. Se conseguisse passar o mexicano, Bottas teria chances até mesmo de vencer. Ainda haviam 18 voltas do final da prova.

Pouco tempo depois, Perez é punido em 5 segundos. Bottas não precisava passar Perez, já tinha o pódio nas suas mãos se mantivesse colado no mexicano. Porém, o finlandês queria a ultrapassagem para chegar nos pilotos da Mclaren.

Na 39ªVolta, Bottas colou pra cima de Perez, buscando a chance para passar o mexicano. Era a batalha entre a Red Bull e a Mercedes. Na volta 43, Bottas teve a chance de supera Perez, na segunda chicane, o piloto da Mercedes leva a 3ªposição, mas retardou a freada e acabou ficando um pouco mais lento. Foi nesse detalhe que Perez conseguiu recuperar a 3ªposição na saída da chicane.

Foi uma bela tentativa do piloto da Mercedes, mas Checo conseguiu recuperar a posição, mesmo com a punição, Perez poderia se manter na frente de Bottas e segurar o avanço do piloto da Mercedes. Na mesma volta, Nikita Mazepin acabou abandonando a corrida e provocando um Safety Car virtual ao encostar seu carro no começo da reta antes da reta dos boxes. Isso foi um pequeno respiro para todos os pilotos.

No final da 44ªVolta, a corrida recomeça. Leclerc chegou a se aproximar de Bottas, mas o piloto da Mercedes se distanciou em poucas curvas e voltou a ficar em cima de Perez no final da 45ªVolta.

A poucas voltas do final, Daniel Ricciardo vinha 1.7 segundos de frente para Lando Norris. Bottas ainda tentava passar Perez, mas parece que os pneus do piloto da Mercedes estavam um pouco mais desgastados que dos demais pilotos.

Após 53 voltas, Daniel Ricciardo acabou quebrando o jejum de mais de 3 anos sem vitória, numa exibição magnifica e levando a Mclaren para a vitória após mais de 8 anos na seca. A última vitória da equipe foi no GP do Brasil de 2012 com Jenson Button. A última vitória de Ricciardo foi no GP de Mônaco de 2018. De quebra, Ricciardo fez a melhor volta da corrida na última volta.

Para completar a festa da equipe de Woking, Lando Norris chegou em 2ºlugar, numa exibição excelente. A Mclaren não conquistava uma dobradinha desde do GP do Canadá de 2010, onde Lewis Hamilton venceu e Jenson Button ficou na segunda posição.

Sergio Perez chegou em 3º, mas a punição de 5 segundos joga o mexicano para a 5ªposição. O 3ºlugar acabou ficando para Valtteri Bottas da Mercedes, num final de semana magnifico para o finlandês, com a 1ªposição na sexta, a vitória na prova Sprint e a incrível corrida de recuperação durante as 53 voltas da corrida. Poderia ter vencido se não fosse a punição que levou por causa da troca de componentes da Unidade de potência.

Mesmo sem o pódio, Charles Leclerc fez um belo trabalho, levando a Ferrari até o 4ºlugar. Ficando na frente de Sergio Perez, o mexicano tomou a posição do monegasco e acabou pagando por esse erro. Achei justo que Leclerc tenha ficado na frente do piloto da Red Bull. Carlos Sainz jr. deveria ter levado a punição de 5 segundos, mas de resto, foi muito competitivo, mas faltou um pouco mais para se aproveitar da punição de Perez e tomar a 5ªposição.

Os 6 primeiros colocados polarizaram nas últimas 22 voltas. Desta forma, todo o restante do pelotão acabou ficando bem apagada.

De todo o resto, Lance Stroll fez uma bela corrida e levou bons 6 pontos do 7ºlugar para a Aston Martin. Fernando Alonso mais uma vez comandou a Alpine na classificação ao chegar na 8ªposição. Ocon ficou 2 posições atrás, fechando a zona de pontuação.

Entre os pilotos da equipe francesa ficou George Russell da Williams, que marca pontos pela 3ªvez nas últimas 4 corridas. O garoto de ouro da Inglaterra esta leve e cada vez melhor, assim como a sua equipe esta melhor a cada corrida. Nicholas Latifi até fez um final de semana melhor que Russell em boa parte da prova, acabou ficando atrás do Russell durante o safety car e acabou perdendo o 10ºlugar para Ocon, chegando na 11ªposição.

Sebastian Vettel acabou na 12ªposição, longe de ter o desempenho de Stroll. Antonio Giovinazzi foi vítima do toque de Sainz jr. e da injusta punição que tomou. Poderia ter pontuado, mas acabou ficando em uma decepcionante 13ªposição, só a frente de Robert Kubica e de Mick Schumacher.

No dia 26 de Setembro, teremos o GP da Rússia, no circuito de Sochi, onde sem dúvida teremos mais um duelo pela vitória e a intensidade da disputa pelo título continuava acesa entre Max Verstappen e Lewis Hamilton. Ainda estão em jogo 185 pontos no mínimo.

Resultado final do GP da Itália
14ªEtapa do Mundial de Formula 1 – 2021
Monza – 53 Voltas

pospilotoequipechassismotorVoltasTempo
13Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M12531:21:54.365
24Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M1253a 1.747s
377Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M1253a 4.921s
416Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/653a 7.309s
511Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H53a 8.723s
655Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/653a 10.535s
718Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M1253a 15.804s
814Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B53a 17.201s
963George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M1253a 19.742s
1031Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B53a 20.868s
116Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M1253a 23.743s
125Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M1253a 24.621s
1399Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/653a 27.216s
1488Robert KubicaAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/653a 29.769s
1547Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/653a 51.088s
9Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/641Motor
44Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M1225Acidente
33Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H25Acidente
10Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H3Suspensão
22Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H0Não largou – Freios

Melhor volta de cada piloto: Daniel Ricciardo conquistou 1 ponto pela melhor volta da prova.

pospilotoequipechassismotortemponº da Volta
13Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:24.81253
277Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:24.82734
34Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:24.97153
411Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:25.15653
533Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:25.17325
616Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:25.31953
714Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:25.47252
855Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:25.55953
931Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:25.56653
1099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:25.71850
1163George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:25.83553
1288Robert KubicaAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:25.84953
1318Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:25.85352
1444Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:25.8703
155Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:25.93850
166Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:25.95350
1747Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:26.70752
189Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:27.20241
1910Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:29.0052

Fotos:

imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Mclaren/Aston Martin/Alpine/Ferrari/Alpha Tauri/Alfa Romeo/Haas/Williams

Deixe uma resposta