Formula 2 – GP do Bahrein

Reta final de campeonato na Formula 2. A Classificação foi realizada entre os dois treinos livres de sexta-feira da Formula 1.Assim que o relógio disparou, todo mundo foi para  pista de imediato com exceção de Callum Ilott, o inglês foi para a pista 2 minutos depois de todo mundo.

Após as 2 voltas de aquecimento, Drugovich e os outros começaram a pisar forte para marcar suas voltas. O próprio piloto brasileiro foi o primeiro a marcar uma volta rápida, mas seu tempo de 1:42.107 foi superado pelo Neozelandês Marcus Armstrong da ART Grand Prix. Assim a classificação ficou até que Callum Ilott marcou uma brilhante marca de 1:41.479, sobrando na turma. Ao mesmo tempo, Yuki Tsunoda rodou por causa de problemas no seu carro, apesar do esforço do japonês de tentar voltar a andar, o carro praticamente não andava. Bandeira vermelha a 21 minutos do final.

Não ocorreu grandes problemas, com a retirada do carro da Carlin da pista o treino recomeça com Ilott, Armstrong, Drugovich, Ticktum e Nissany nas 5 primeiras posições. Muita gente não tinha feito uma volta verdadeiramente rápida. Nessa nova tentativa, Drugovich e Ticktum passaram para 2ª e 3ªposições, mas Ilott mantinha liderança segura sobre os dois.

Depois disso, a maioria dos pilotos foram para os boxes na metade da classificação. Apenas Sean Gelael e Guilherme Samaia que vinham em posições de intermediária para baixa.

Os pilotos de ponta mesmo voltaram para a pista a menos de 12 minutos do final da sessão. Liderados pelos pilotos da Trident (Sato e Nissany). Após as tradicionais 2 voltas de aquecimento de pneus é que começou pra valer a reta final da classificação. Mick Schumacher tentava sair da incomoda 12ªposição. Em sua segunda volta rápida, o líder do campeonato até conseguiu subir para a 6ªposição, mas 4 pilotos melhoraram seus tempos e superaram o piloto alemão que caiu para a 10ªposição.

Quando Ilott, Drugovich e outros pilotos vinham tentando melhorar o tempo, O motor do carro de Giuliano Alesi quebra e obriga o piloto da MP motorsport a parar o carro na área de escape, mas não foi o bastante para se evitasse a bandeira vermelha a 1 minuto do final. Isso fez com que a classificação terminasse.

Calum Ilott conquistou a pole position com o tempo da primeira tentativa, uma excelente volta do piloto inglês da Uni-Virtuosi, levando uma super vantagem com relação a Mick Schumacher da Prema, o 10ºcolocado do Grid de largada. Felipe Drugovich da MP Motorsport divide a primeira fila com o piloto inglês, um ótimo treino do piloto Brasileiro.

Na segunda fila, largam Daniel Ticktum da DAMS e o Neozelandês Marcus Armstrong da ART, pode ser que o vice-campeão da F3 de 2019 possa reaparecer nas brigas pelos primeiros lugares na reta final de campeonato. Na terceira fila vão largar Guanyu Zhou da Uni-Virtuosi e Giuliano Alesi, que mesmo com a quebra conseguiu uma importante 6ªposição, seu melhor grid da temporada. Nikita Mazepin, Jehan Daruvala, Christian Lundgaard e Mick Schumacher completaram os 10 primeiros colocados.

Grid de Largada:

POSPilotoEquipeTemponºVoltas
14Callum IlottUNI-Virtuosi1:41.4799
215Felipe DrugovichMP Motorsport1:41.87012
32Dan TicktumDAMS1:42.04711
45Marcus ArmstrongART Grand Prix1:42.0529
53Guanyu ZhouUNI-Virtuosi1:42.06510
614Giuliano AlesiMP Motorsport1:42.07411
724Nikita MazepinHitech Grand Prix1:42.1399
88Jehan DaruvalaCarlin1:42.19110
96Christian LundgaardART Grand Prix1:42.2599
1020Mick SchumacherPrema Racing1:42.2839
1111Louis DelétrazCharouz Racing System1:42.31612
1222Roy NissanyTrident1:42.3389
1312Pedro PiquetCharouz Racing System1:42.48112
1421Robert ShwartzmanPrema Racing1:42.65412
159Jack AitkenCampos Racing1:42.84810
1617Théo PourchaireBWT HWA RACELAB1:42.96710
1723Marino SatoTrident1:43.17011
181Sean GelaelDAMS1:43.19111
1910Guilherme SamaiaCampos Racing1:43.28610
2025Luca GhiottoHitech Grand Prix1:43.3668
2116Artem MarkelovBWT HWA RACELAB1:44.01911
7Yuki TsunodaCarlin1:57.0482

Prova longa do sábado confirmou o ótimo final de semana de Felipe Drugovich, que conseguiu sua primeira vitória em corridas longas em 2020 e a terceira na temporada, superando o inglês Callum Ilott. Na largada, o piloto brasileiro superou o pole position na segunda curva. Daniel Ticktum larga muito mal e cai para a 8ªposição. Armstrong subiu para 3ªposição, Mick Schumacher deu um pulo enorme, passando da 10ª para a 5ªposição. Curvas depois, o piloto da Prema passa Zhou, que tem um toque no carro de Mick que acabou danificando a asa dianteira do piloto chinês, obrigado a ir para os boxes e fazer uma parada prematura.

Schumacher chegou a superar Armstrong ao começar a segunda volta. Porém, o neozelandês recuperou a 3ªposição curvas a frente. Na 4ªVolta, Drugovich vinha na frente e Ilott tentava se aproximar. Armstrong, Schumacher, Alesi, Daruvala, Ticktum, Nissany, Mazepin e Lundgaard completavam as 10 primeiras posições.

Na 5ªVolta, Daruvala acabou sendo superado por Roy Nissany e Nikita Mazepin. Na volta seguinte, Drugovich, Ilott, Armstrong e Schumacher ficam mais próximos nas 4 primeiras posições e se distanciam muito de Giuliano Alesi, que vinha na 5ªposição. Na volta 7, Ticktum arriscou tudo para superar Roy Nissany e ganhar a 6ªposição.

Na 8ªVolta, Marcus Armstrong passou Callum Ilott e subiu para segunda posição, na volta seguinte, Mick Schumacher superou Callum Ilott subindo para 3ªposição, quando se acreditava que o piloto inglês da Uni-Virtuosi estava com os pneus mais desgastados acabou que Armstrong erra a curva 9 e isso faz com que Schumacher superasse o piloto da ART, o filho de Michael Schumacher assumia a segunda posição.

Na 10ªVolta, Robert Shwartzman vai para os boxes. Na volta 11, Nikita Mazepin usa toda a reta dos boxes para superar Ticktum obtendo a 6ªposição. Lá na frente, Drugovich abre 3 segundos sobre Mick Schumacher, 6 segundos sobre Armstrong e 7.3 segundos sobre Ilott, depois vinham Alesi, Mazepin, Ticktum, Nissany, Lundgaard e Daruvala.

Na 13ªVolta, Ilott, Ticktum, Daruvala e Ghiotto foram para a parada obrigatória. Na volta 14, foi a vez de Sean Gelael ir para a troca de pneus. Dos que não fizeram a parada, Pedro Piquet pressionava Christian Lundgaard, em uma batalha dura, o brasileiro da Charouz supera o piloto dinamarquês da ART e ganha a 7ªposição. Depois disso, Piquet foi embora e deixou Lundgaard segurando o pelotão inteiro, nele estava Yuki Tsunoda que vez uma bela ultrapassagem sobre Jake Aitken da Campos Racing.

Felipe Drugovich e Christian Lundgaard fizeram a parada na 16ªVolta, Schumacher assumiu a liderança. Nikita Mazepin superou Giuliano Alesi e passou a ser o terceiro colocado. Na volta 17, Armstrong, Alesi, Aitken e Deletraz pararam. Schumacher vinha com grande folga sobre Mazepin na liderança. Roy Nissany em 3º, Pedro Piquet em 4º, Yuki Tsunoda em 5º, Théo Pourchaire em 6º e Guilherme Samaia em 9º ainda não tinham feito a parada obrigatória. Os primeiros pilotos que fizeram a parada eram Callum Ilott e Felipe Drugovich.

Ilott passa a ser pressionado por Drugovich, na mesma 19ªVolta, Pourchaire realiza a sua parada. Na volta 20, Schumacher e Tsunoda pararam. Ao mesmo tempo, Felipe Drugovich de forma decisiva ultrapassa Callum Ilott e assume a ponta. Jehan Daruvala vinha em uma ótima terceira posição, Marcus Armstrong vinha em 4º, Shwartzman, Schumacher, Ticktum, Ghiotto, Zhou e Gelael eram os 10 primeiros a 12 voltas do final. Na volta 21, Mick Schumacher supera Robert Shwartzman passando a ser 5ºcolocado. O líder do campeonato continuava no ataque, superou também Armstrong subindo para a quarta posição.

Mazepin passou Ticktum na 24ªVolta, ganhando a 7ªposição. Outro que vinha subindo bem no final era Yuki Tsunoda, largando da última posição, já tinha detonando no meio do pelotão. A 5 voltas do final, Mazepin já estava na 6ªposição após superar seu compatriota Robert Shwartzman.

Yuki Tsunoda subia cada vez mais, a cada volta que restava para o final da corrida, superando Ticktum e Shwartzman subindo para a 7ªposição.Mick Schumacher partiu para uma enorme pressão em cima de Jehan Daruvala a 3 voltas do final, apesar disso, o piloto indiano resistiu a todos esses ataques e se segurou na 3ªposição.

Felipe Drugovich vence pela 3ªvez na temporada, pela primeira vez vencendo na corrida longa. O Brasileiro chegou a 14 segundos a frente de Callum Ilott, um segundo lugar que ajuda a diminuir a diferença para Mick Schumacher. O pódio foi completado por Jehan Daruvala da Carlin. O Bravo indiano resistiu aos ataques de Schumacher para conquista seu primeiro pódio da carreira na Formula 2. Mick Schumacher ficou em 4ºlugar, continuando na liderança do campeonato.

Nikita Mazepin fez uma bela corrida e conquistou a 5ªposição, mas não tão boa como a corrida de Yuki Tsunoda que partiu da última posição para ficar na 6ªposição. Além disso, o nipônico marcou os 2 pontos da melhor volta da corrida. Marcus Armstrong ficou com a 7ªposição após ser superado pelo piloto da Carlin. Robert Shwartzman sofreu no final, ainda assim ficou em 8ºlugar e largaria na pole position na prova curva de domingo. Completou a zona de pontuação Daniel Ticktum da DAMS e Jake Aitken da Campos Racing.

Resultado final da 21ªcorrida da Formula 2
GP do Bahrein – 32 Voltas

POSPilotoEquipeTempoMelhor voltanº da Volta
115Felipe DrugovichMP Motorsport58:24.0041:46.80817
24Callum IlottUNI-Virtuosia 14.8331:46.48015
38Jehan DaruvalaCarlina 19.3761:47.03915
420Mick SchumacherPrema Racinga 20.2701:47.00121
524Nikita MazepinHitech Grand Prixa 28.2931:47.26920
67Yuki TsunodaCarlina 28.5901:46.31621
75Marcus ArmstrongART Grand Prixa 31.3611:47.7204
821Robert ShwartzmanPrema Racinga 43.8681:46.59511
92Dan TicktumDAMSa 46.9591:47.50114
109Jack AitkenCampos Racinga 47.3271:46.65319
1112Pedro PiquetCharouz Racing Systema 49.1741:47.78520
1225Luca GhiottoHitech Grand Prixa 49.2941:46.15515
131Sean GelaelDAMSa 50.5901:47.57516
143Guanyu ZhouUNI-Virtuosia 53.7751:46.31322
1522Roy NissanyTridenta 53.8161:47.88919
1611Louis DelétrazCharouz Racing Systema 55.9571:47.28419
1714Giuliano AlesiMP Motorsporta 1:01.4881:46.52618
1817Théo PourchaireBWT HWA RACELABa 1:01.8391:47.96621
196Christian LundgaardART Grand Prixa 1:03.0861:47.01818
2023Marino SatoTridenta 1:05.5761:47.93016
2110Guilherme SamaiaCampos Racinga 1:06.7561:48.09919
2216Artem MarkelovBWT HWA RACELABa 1:16.0191:47.1638

Grid de Largada da 22ªcorrida da Formula 2

POSPilotoEquipe
121Robert ShwartzmanPrema Racing
25Marcus ArmstrongART Grand Prix
37Yuki TsunodaCarlin
424Nikita MazepinHitech Grand Prix
520Mick SchumacherPrema Racing
68Jehan DaruvalaCarlin
74Callum IlottUNI-Virtuosi
815Felipe DrugovichMP Motorsport
92Dan TicktumDAMS
109Jack AitkenCampos Racing
1112Pedro PiquetCharouz Racing System
1225Luca GhiottoHitech Grand Prix
131Sean GelaelDAMS
143Guanyu ZhouUNI-Virtuosi
1522Roy NissanyTrident
1611Louis DelétrazCharouz Racing System
1714Giuliano AlesiMP Motorsport
1817Théo PourchaireBWT HWA RACELAB
196Christian LundgaardART Grand Prix
2023Marino SatoTrident
2110Guilherme SamaiaCampos Racing
2216Artem MarkelovBWT HWA RACELAB

Prova do domingo foi tranquila em relação ao vencedor, mas deve muita disputa e muita confusão, típica das provas curtas da categoria de acesso da Formula 1.

Quase um desastre para Nikita Mazepin, o russo teve problemas para partir, mas conseguiu em tempo ir para a volta de apresentação e retornar a posição dele no grid de largada.

Na largada, Shwartzman manteve a liderança, seguido de Tsunoda que ganhou a 2ªposição, mas a boa posição do piloto Japonês não durou muito, ele perdeu rendimento e teve de ir para os boxes no final da primeira volta, muito provavelmente com um furo nos pneus. Marcus Armstrong herdou a segunda posição, depois vinha Daruvala, Schumacher, Mazepin, Aitken, Ilott, Zhou, Piquet e Ticktum nas 10 primeiras posições.

Mazepin começou a atacar Schumacher e superou, mas Mick conseguiu reverter a ultrapassagem e continuar em 4ºlugar. Na volta seguinte, Mazepin repete a ultrapassagem, mas agora sem chances de Mick se defender.

Na 5ªvolta, foi a vez de Daruvala ser superado pelo piloto russo da HiTech. Calum Ilott não poderia ficar muito longe de Mick Schumacher, sem perder tempo superou Jack Aitken e assumiu a 6ªposição, logo atrás do piloto da Prema e adversário na disputa pelo campeonato.

Na 6ªVolta, O Safety Car entra na pista. O motivo foi à parada do carro de Théo Pourchaire da HWA. Aitken, Deletráz e Tsunoda pararam nos boxes nesse meio tempo.

Na 8ªVolta, o Safety Car sai da pista e a corrida recomeça, com Shwartzman tranquilamente na liderança. Armstrong não tem facilidade para segurar a segunda posição, sofreu pressão de Mazepin. Na curva 9 é que aconteceu uma manobra desastrosa de Callum Ilott, que acabou tentando passar de uma vez Schumacher e Daruvala e dessa forma, atingiu o piloto Indiano que rodou e abandonou a prova. Foi uma manobra precipitada que acabou tirando o piloto da corrida e acabou ocasionando a punição do vice-líder do campeonato voltas depois. O Virtual Safety Car foi acionado para arrumar toda essa confusão.

Após isso, o SCV foi desligado e a corrida pode continuar no final da 9ªVolta. Enquanto Shwartzman, Mazepin e Armstrong continuavam nas 3 primeiras posições, Pedro Piquet se aproveitou de toda aquela confusão e subiu para 4ªposição, na frente de Mick Schumacher. Zhou, Lundgaard, Drugovich, Markelov e Alesi completavam os 10 primeiros colocados.

Ao começar a 11ªVolta, Mazepin se aproveita da espalhada de curva de Armstrong e assume a segunda posição após ultrapassagem sobre o piloto Neozelandês. Na volta seguinte, foi a vez de Piquet superar Armstrong, subindo para a 3ªposição, que já seria o melhor resultado da carreira do piloto brasileiro na categoria.

Guanyu Zhou colocou pressão em Schumacher por algumas voltas, até que na volta 15 a pressão surtiu efeito e o piloto Chinês passou para 5ªposição, superando Mick que começou a ficar mais para Lundgaard e Drugovich, 7º e 8ºcolocados respectivamente, Por duas vezes, o vencedor da prova de sábado (Drugovich) não superou o piloto da ART Grand Prix nessa disputa entre os dois.

Nas voltas seguintes, Deletraz que vinha em 9ºlugar começou a dar seu show lá na frente. O Suíço passou Drugovich a 5,5 voltas do final, depois passou Lundgaard. Na 20ªVolta passou Schumacher, depois passou Zhou na volta seguinte e passou Armstrong na penúltima volta. Ainda por cima, contou com o abandono de Pedro Piquet (com problemas mecânicos) para alcançar um improvável pódio.

Shwartzman venceu de ponta a ponta, sem deixar qualquer dúvida com relação ao seu desempenho no domingo. O Russo ainda tem alguma chance de título da Formula 2. Nikita Mazepin da Hi Tech fechou a prova na segunda posição e o pódio foi completado pelo Suíço Louis Deletráz da Charouz, largando da 16ªposição para alcançar o pódio merecidíssimo.

Marcus Armstrong teve um final de semana sólido, mas ficou fora do pódio chegando atrás de Deletráz, na 4ªposição. Guanyu Zhou fez uma corrida de recuperação muito feliz no domingo chegando em 5ºlugar. Christian Lundgaard superou Mick Schumacher na última volta e completou a prova na 6ªposição. Enquanto que Mick Schumacher marcou 2 pontos importantes que o fazem ficar na liderança do campeonato, com 205 pontos, 14 pontos a frente de Callum Ilott. Felipe Drugovich no seu melhor final de semana na Formula 2 completa a zona de pontuação.
Nesse final de semana vamos ter a última etapa do campeonato, no anel externo do complexo de Sahkir. É dai que veremos quem vai ser o campeão da Formula 2 em 2020.

Fotos:

F2_bahrein2020

 Resultado final da 22ªcorrida da Formula 2
GP do Bahrein – 23 Voltas

POSPilotoEquipeTempoMelhor voltanº da Volta
121Robert ShwartzmanPrema Racing43:15.9921:46.5452
224Nikita MazepinHitech Grand Prixa 5.2831:46.6834
311Louis DelétrazCharouz Racing Systema 6.4721:45.11410
45Marcus ArmstrongART Grand Prixa 10.6551:46.8802
53Guanyu ZhouUNI-Virtuosia 15.1331:47.33510
66Christian LundgaardART Grand Prixa 18.5641:47.3084
720Mick SchumacherPrema Racinga 20.7411:47.17910
815Felipe DrugovichMP Motorsporta 23.5101:47.20910
922Roy NissanyTridenta 25.3521:48.0494
1016Artem MarkelovBWT HWA RACELABa 31.1501:47.5254
1123Marino SatoTridenta 31.8481:48.3753
122Dan TicktumDAMSa 39.8241:46.87511
1314Giuliano AlesiMP Motorsporta 43.9041:48.45710
141Sean GelaelDAMSa 44.4271:46.85011
157Yuki TsunodaCarlina 49.1481:46.14010
164Callum IlottUNI-Virtuosia 1:03.4631:46.00612
179Jack AitkenCampos Racinga 1 Volta1:47.11511
1810Guilherme SamaiaCampos Racinga 1 Volta1:46.11710
1912Pedro PiquetCharouz Racing Systema 2 Voltas1:47.08710
25Luca GhiottoHitech Grand Prixa 14 Voltas1:47.8573
8Jehan DaruvalaCarlina 16 Voltas1:47.2054
17Théo PourchaireBWT HWA RACELABa 18 Voltas1:48.6422

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MP motorsport/Uni-Virtuosi/Prema/Charouz/HiTech/Carlin/HWA

Deixe uma resposta