GP do Qatar – Moto 3 – Mundial de Motovelocidade 2022

Primeira classificação da temporada de 2022. Muitos pilotos estão na sua corrida de estreia. Além de novas equipes novatas.

Na repescagem de 15 minutos, os pilotos buscam 4 vagas para o Q2 onde estão os 14 pilotos mais rápidos após 3 sessões de treinos livres, já classificados direto para a parte final da classificação. No Q2, são 15 minutos para os 18 pilotos disputarem a pole position.  Os eliminados do Q1 vão largar da 19ª em diante conforme a posição no Grid de largada.

Nos primeiros minutos, poucas voltas rápidas são marcadas. O primeiro a marca volta foi o espanhol Daniel Holgado da equipe Ajo, com 2:06.582, um tempo até rápido para um começo de sessão, mas que não era um tempo para lutar pela pole, possivelmente também não era uma marca para disputar uma vaga no Q2.

Porém, poucos pilotos fizeram volta na primeira metade do Q1, apenas 6 pilotos marcaram uma volta rápida. A liderança de Holgado durou até a belíssima volta de Ayumu Sakaki da Husqvarna, com 2:05.481. Matteo Bertelle da Avintia foi para segundo, Stefano Nepa da MTA Team foi para terceiro e Daniel Holgado se segurava na 4ªposição.

A 4 minutos do final, o espanhol Iván Ortolá da MTA faz uma bela volta e pula para a segunda posição. O estreante Scott Ogden da estreante Vision Track fez boa volta e passou para 5ªposição. Em 6º, Holgado acaba saindo da zona de classificação e partiu para voltar à posição de classificado para o Q2.

Enquanto isso, Ayumu Sasaki estava nos boxes, com a classificação garantida. No último momento, Daniel Holgado consegue a volta que precisava e classifica para o Q2 na 3ªposição. Sasaki da Husqvarna, Ortolá da MTA Team, Holgado da Red Bull Ajo e Bertelle da Avintia foram os classificados para o Q2. Sobrou para Stefano Nepa que saiu da zona de classificação.

Resultado do Q1:

pos piloto equipe moto tempo
1 71 Ayumu Sasaki Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna 02’05.481
2 48 Ivan Ortola Angeluss MTA Team KTM 02’06.180
3 96 Daniel Holgado Red Bull KTM Ajo KTM 02’06.230
4 18 Matteo Bertelle QJMOTOR Avintia Racing Team KTM 02’06.375
5 82 Stefano Nepa Angeluss MTA Team KTM 02’06.391
6 19 Scott Ogden VisionTrack Racing Team Honda 02’06.394
7 10 Diogo Moreira MT Helmets – MSI KTM 02’06.705
8 67 Alberto Surra Rivacold Snipers Team Honda 02’06.907
9 31 Adrian Fernandez Red Bull KTM Tech 3 KTM 02’06.997
10 20 Lorenzo Fellon Sic58 Squadra Corse Honda 02’07.075
11 64 Mario Aji Honda Team Asia Honda 02’07.889
12 22 Ana Carrasco BOE SKX KTM 02’08.013
13 23 Elia Bartolini QJMOTOR Avintia Racing Team KTM 02’08.270
14 87 Gerard Riu Male BOE SKX KTM 02’08.779
15 70 Joshua Whatley VisionTrack Racing Team Honda 02’09.679

Após alguns minutos de espera, Izan Guevara, Kaito Toba, Joel Kelso e Daniel Holgado foram os primeiros pilotos a entrarem na pista, para os 15 minutos que definiram a pole position. Um dos favoritos ao título da Moto 3, Dennis Foggia fez zig zag antes de entrar na pista em busca de um melhor aquecimento de pneus. A pista em Losail estava bem encoberta, com nevoa, provavelmente criada por uma tempestade de areia no deserto.

Após a primeira tentativa, Ayumu Sasaki estava na liderança da sessão, com 2:04.896. Seguido de Andrea Migno, Dennis Foggia, Tatsuki Suzuki e Sergio Garcia.

Na sua segunda tentativa, Foggia pula para a segunda posição, mas ainda a quase 3 décimos de Sasaki. O piloto principal da Leopard Racing foi para uma nova volta, mas acabou sendo cancelada. Com isso, Foggia voltou para os boxes a 5 minutos e 30 segundos do final da sessão.

Sasaki, Foggia e Migno formariam a primeira fila a poucos minutos do final do Q2. Nos minutos finais, A menos de 5 minutos do final, Sasaki foi para a pista junto de alguns pilotos para tentar confirmar a pole position. A 2 minutos e meio do final, os demais pilotos saíram para a última tentativa.

Sasaki tentou melhorar sua marca, mas não conseguiu e passou a torcer para ninguém melhorar sua marca.

Já com o cronometro zerado, os outros 12 pilotos completaram a sua volta. 11 deles não conseguiram superar Sasaki, somente o espanhol Izan Guevara da Gas Gas superou o piloto da Husqvarna. A marca de 2:04.811 deu a primeira pole do ano para Izan Guevara que já se mostrou um piloto rápido e competitivo em 2021 e é um dos postulantes ao título dessa temporada.

A primeira fila será completada por Ayumu Sasaki da Husqvarna, saindo do Q1 para a primeira fila e pelo espanhol Jaume Masia da equipe Ajo. Quem abre a segunda fila é o italiano Andrea  Migno da Snipers, um dos pilotos mais experientes da categoria. O vice-campeão da temporada 2021, Dennis Foggia da Leopard Racing larga na 5ªposição e o japonês Ryusei Yamanaka da novata MT Helmets – MSI completa a segunda fila.

O Escocês John McPhee abre a 3ªfila, seguido de Sergio Garcia da Gas Gas e Tatsuki Suzuki da Leopard Racing. Iván Ortolá da MTA, Carlos Tatay da Pruestel GP e Deniz Oncü da Tech 3 completam as 12 primeiras posições.

Grid de largada:

pos piloto equipe moto tempo
1 28 Izan Guevara Gaviota GASGAS Aspar Team GasGas 02’04.811
2 71 Ayumu Sasaki Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna 02’04.896
3 5 Jaume Masia Red Bull KTM Ajo KTM 02’05.023
4 16 Andrea Migno Rivacold Snipers Team Honda 02’05.174
5 7 Dennis Foggia Leopard Racing Honda 02’05.189
6 6 Ryusei Yamanaka MT Helmets – MSI KTM 02’05.536
7 17 John McPhee Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna 02’05.549
8 11 Sergio Garcia Gaviota GASGAS Aspar Team GasGas 02’05.658
9 24 Tatsuki Suzuki Leopard Racing Honda 02’05.683
10 48 Ivan Ortola Angeluss MTA Team KTM 02’05.763
11 99 Carlos Tatay CFMOTO Racing PrustelGP CFMoto 02’05.900
12 53 Deniz Öncü Red Bull KTM Tech 3 KTM 02’06.173
13 43 Xavier Artigas CFMOTO Racing PruestelGP CFMoto 02’06.384
14 27 Kaito Toba CIP Green Power KTM 02’06.400
15 96 Daniel Holgado Red Bull KTM Ajo KTM 02’06.445
16 54 Riccardo Rossi SIC58 Squadra Corse Honda 02’06.631
17 66 Joel Kelso CIP Green Power KTM 02’06.720
18 18 Matteo Bertelle QJMOTOR Avintia Racing Team KTM 02’10.067
19 82 Stefano Nepa Angeluss MTA Team KTM 02’06.391
20 19 Scott Ogden VisionTrack Racing Team Honda 02’06.394
21 10 Diogo Moreira MT Helmets – MSI KTM 02’06.705
22 67 Alberto Surra Rivacold Snipers Team Honda 02’06.907
23 31 Adrian Fernandez Red Bull KTM Tech 3 KTM 02’06.997
24 20 Lorenzo Fellon Sic58 Squadra Corse Honda 02’07.075
25 64 Mario Aji Honda Team Asia Honda 02’07.889
26 22 Ana Carrasco BOE SKX KTM 02’08.013
27 23 Elia Bartolini QJMOTOR Avintia Racing Team KTM 02’08.270
28 87 Gerard Riu Male BOE SKX KTM 02’08.779
29 70 Joshua Whatley VisionTrack Racing Team Honda 02’09.679

Começa pra valer o Mundial de Motovelocidade com a Moto 3, ainda de dia e com sol, a categoria principiante do campeonato começaria com modificações no grid de largada.

Por condução irresponsável nos treinos, Izan Guevara, Dennis Foggia e Tatsuki Suzuki foram jogados para as 3 últimas posições no Grid de largada, além de também ter de pagar uma volta longa nas primeiras voltas.

Com as mudanças, Ayumu Sasaki leva a moto da equipe de Max Biaggi a pole position. Jaume Masia da equipe Ajo e Andrea Migno da Snipers completam a primeira fila. O japonês Ryusei Yamanaka da MT Helmets vai largar em uma ótima 4ªposição, seguido de John McPhee da equipe de Max Biaggi e de Sergio Garcia da Gas Gas. Iván Ortolá, Carlos Tatay, Deniz Oncü e Xavier Artigas completam os Top 10 em Losail.

Sasaki larga muito bem e manteve a liderança, com Masia e Migno na 2ª e 3ªposições, mas por pouco tempo, o piloto experiente da Snipers superou o piloto da equipe Ajo e foi para a 2ªposição. Ótima largada de Iván Ortolá que pulou da 7ª para a 4ªposição. Na curva 7, Sergio Garcia acabou provocando a derrubada de Carlos Tatay. O lance foi colocado sobre investigação e acabou com a punição da volta longa para Garcia. Ao final da primeira volta, o brasileiro Diogo Moreira da MT Helmets deu um salto impressionante, da 18ª para a 8ªposição. Excelente a largada desse estreante.

Sasaki começou a abrir vantagem sobre os demais pilotos que começavam a disputa a segunda posição, que estava nas mãos de Andrea Migno. Atrás do piloto italiano vinham Deniz Oncü, Masia, Garcia, Ortolá, Moreira, Toba, McPhee, Yamanaka e Artigas. Nessa altura da prova, Guevara, Foggia e Suzuki já tinham pagado a volta longa, algo que Sergio Garcia precisava pagar nas voltas seguintes. No final da 4ªVolta, Tatsuki Suzuki derruba Lorenzo Fellon e ambos abandonaram a corrida.

Sergio Garcia cumpriu a punição da volta longa e caiu para a 11ªposição, mas havia muito tempo para uma recuperação, prova disso era Izan Guevara que já tinha entrado na zona de pontuação e Dennis Foggia estava se aproximando da zona de pontuação.

Sasaki abre 1.3 segundos sobre Andrea Migno que suportava a pressão dos demais pilotos como Kaito Toba da CIP Green que chegou a mirar a posição de Migno, mas tomou no contra pé de Oncü e perdeu a 3ªposição, O Turco da equipe Ajo e o Nipônico da equipe CIP Green travam esse belo duelo a 12 voltas do final da corrida.

Após 8 voltas, Sasaki abriu impressionantes  2.8 segundos de frente para Kaito Toba que passou a segunda posição, agora era Andrea Migno que estava a caça do japonês. Jaume Masia vinha em 4º e Denis Oncü recua para a 5ªposição. Nessa altura da prova, Izan Guevara estava na 11ªposição e Dennis Foggia acabou passando para a 13ªposição.

Na 10ªVolta, toque de Masia por trás por Oncü fez com que o piloto turco perdesse a trajetória e caísse para a 9ªposição. Porém, Masia não iria se dar bem, acabou indo ao chão na curva 12, quando disputava posição com Kaito Toba. O lance foi para investigação, mas não teve punição para o piloto japonês, até porque o lance como de corrida.

A partir da 12ªvolta, o ritmo de Ayumu Sasaki começou a perder rendimento, mas muito rendimento mesmo e todo o 1ºpelotão alcançou e ultrapassou facilmente o piloto Japonês que teve de deixar a corrida a 7 voltas do final. A liderança passou para as mãos de Andrea Migno, com Denis Oncü e Sergio Garcia completando os 3 primeiros colocados. Toba, McPhee, Ortolá, Moreira, Yamanaka e Artigas completam as 9 primeiras posições. Izan Guevara e Dennis Foggia disputam a 10ªposição.

A 4 voltas do final, Sergio Garcia vai para cima de Migno e leva Oncü com ele para a disputa pela vitória. Toba, McPhee e Moreira vinham ainda no pelotão, sonhando com a chance de disputar a vitória. Ryusei Yamanaka já vinha a 7 décimos desse primeiro pelotão e cada vez mais se afastando.

Ao final da 15ªVolta, Diogo Moreira fica um pouco para trás, deixando 5 pilotos na disputa da liderança. Na penúltima volta, Oncü e Toba superam Sergio Garcia, mas o piloto da Gas Gas recuperou as duas posições. Enquanto isso, Izar Guevara e Dennis Foggia lutam pela 7ªposição.

Última volta, Migno na liderança, seguido de Sergio Garcia que buscava fazer um último ataque para vencer. Kaito Toba supera Deniz Oncü, subindo para a 3ªposição. Empolgado, Toba chegou a passar Sergio Garcia, mas tomou o troco e passou a defender o seu lugar no pódio.

Apesar do esforço de Garcia, a vitória ficou mesmo com Andrea Migno da Snipers, sua segunda vitória na Moto 3, saindo na frente na disputa pelo campeonato. Sergio Garcia mesmo com uma punição acabou disputando a vitória. O piloto da Gas Gas terminou o dia na segunda posição. O pódio foi completado pelo japonês Kaito Toba que fez uma excelente corrida após largar da 11ªposição com a moto da CIP Green, superando o turco Deniz Oncü da Tech 3 KTM que batalhou pelos primeiros lugares a maior parte do tempo.

O escocês John McPhee levou a outra Husqvarna para a 5ªposição. Sobre Ayumu Sakaki, foi uma pena ele ter abandonado, estava dominando a corrida e com toda a pinta de que venceria com facilidade a corrida de estreia na equipe de Max Biaggi.

Diogo Moreira mostrou o melhor cartão de visitas que poderia ter feito, com uma largada impressionante e uma corrida consistente, sempre nas primeiras posições até completar sua primeira corrida na Moto 3 em excelente 6ªposição.

Dennis Foggia venceu a batalha contra Izan Guevara pela 7ªposição. Com as punições que sofreram, os dois tiveram uma recuperação brilhante. Ryusei Yamanaka ficou devendo uma corrida um pouco melhor, acabou o dia em 9ºlugar, atrás de Diogo Moreira e Xavier Artigas completou o Top 10 com a CF Moto. A se destacar a boa estreia de Iván Ortolá, mas acabou ficando mais para trás no decorrer da prova, terminando o dia na 11ªposição.

Resultado final da primeira etapa do Mundial de Motovelocidade
Moto 3 – GP do Qatar – 18 voltas

pos piloto equipe moto tempo
1 16 Andrea Migno Rivacold Snipers Team Honda 37’59.5220
2 11 Sergio Garcia Gaviota GASGAS Aspar Team GasGas a 0.037
3 27 Kaito Toba CIP Green Power KTM a 0.573
4 53 Deniz Öncü Red Bull KTM Tech 3 KTM a 0.594
5 17 John McPhee Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna a 1.064
6 10 Diogo Moreira MT Helmets – MSI KTM a 1.481
7 7 Dennis Foggia Leopard Racing Honda a 1.951
8 28 Izan Guevara Gaviota GASGAS Aspar Team GasGas a 2.545
9 6 Ryusei Yamanaka MT Helmets – MSI KTM a 2.742
10 43 Xavier Artigas CFMOTO Racing PruestelGP CFMoto a 6.055
11 48 Ivan Ortola Angeluss MTA Team KTM a 6.080
12 54 Riccardo Rossi SIC58 Squadra Corse Honda a 12.933
13 82 Stefano Nepa Angeluss MTA Team KTM a 12.974
14 31 Adrian Fernandez Red Bull KTM Tech 3 KTM a 12.989
15 66 Joel Kelso CIP Green Power KTM a 13.084
16 96 Daniel Holgado Red Bull KTM Ajo KTM a 12.999
17 18 Matteo Bertelle QJMOTOR Avintia Racing Team KTM a 29.098
18 23 Elia Bartolini QJMOTOR Avintia Racing Team KTM a 29.128
19 64 Mario Aji Honda Team Asia Honda a 29.497
20 22 Ana Carrasco BOE SKX KTM a 43.108
21 87 Gerard Riu Male BOE SKX KTM a 47.964
22 70 Joshua Whatley VisionTrack Racing Team Honda a 48.272
71 Ayumu Sasaki Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna a 6 voltas – Carenagem solta
24 Tatsuki Suzuki Leopard Racing Honda a 9 voltas – acidente
67 Alberto Surra Rivacold Snipers Team Honda a 9 voltas – mecânico
20 Lorenzo Fellon Sic58 Squadra Corse Honda a 12 voltas – acidente
5 Jaume Masia Red Bull KTM Ajo KTM a 15 voltas – acidente
99 Carlos Tatay CFMOTO Racing PrustelGP CFMoto a 15 voltas – acidente
19 Scott Ogden VisionTrack Racing Team Honda a 15 voltas – acidente

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da Estiria – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 3 – 10ªetapa

Prova realizada no dia 8 de Agosto, no último dia das Olimpíadas de 2021. Sessão de Classificação: Nenhum dos pilotos partiu de cara para o começo da repescagem. Só depois de 1 minuto e que entrou os dois pilotos da Honda Asia Team (Izdihar e Kunii) para marcarem volta. Com 3 minutos e 20 segundos de sessão, o espanhol David Salvador entra na pista, substituindo a Alberto surra na equipe Snipers. Já Filip Salac reestreava na PruestelGP e estava no Q2. A 9:20 do final, Izhidar estava na liderança, seguindo de Kunii.

Quando a sessão estava chegando na sua metade, com 8 minutos para o final, todo mundo resolve entrar na pista. A sessão iria começar de verdade. Enquanto isso, Salvador passou a liderança com o tempo de 1:37.846.

Enquanto o estreante da Snipers voltava para os boxes, os pilotos dizimaram o tempo de Salvador. Tatsuki Suzuki faz 1:36.528 e assume a liderança. 10 segundos depois, Romano Fenati faz o segundo tempo. Ryusei Yamanaka e Dennis Foggia completavam os 4 primeiros.

A 2:45 do final, Artigas e Rodrigo fizeram boas marcas. Com pouco tempo pela frente, ninguém poderia marcar bobeira. Tanto é que Artigas da Leopard e Rodrigo da Gresini foram para outra volta rápida. Nela, o Argentino fez o segundo tempo com 1:36.605, Já Xavier Artigas melhorou para a 4ªposição. Fenati melhora a sua marca, mas fica mesmo na 3ªposição.

Muitos tentaram melhorar na última volta, mas somente Dennis Foggia conseguiu melhorar seu tempo. De fora do Q2 para a 1ªposição após fazer 1:36.526, se classificando para o Q2, junto de Tatsuki Suzuki, Gabriel Rodrigo e Romano Fenati. Sobrou para Xavier Artigas que ficou em 5º e teve seu treino encerrado naquele momento, junto de outros 10 concorrentes.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
17Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’36.526
224Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’36.528
32Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’36.605
455Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’36.618
543Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’36.742
699Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’36.818
76Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’36.872
892Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’36.882
920Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’36.953
1073Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’36.970
1127Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’37.317
1238David SalvadorRivacold Snipers TeamHonda1’37.366
1331Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’37.538
1419Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’37.713

De imediato, Sergio Garcia, Dennis Foggia e Izar Guevara foram para a pista, segundos depois  a maioria dos pilotos saíram para a disputa da pole position. Darryn Binder, John McPhee, Gabriel Rodrigo e Andrea Migno esperaram um pouco, até que os pilotos da Petronas foram para a pista, seguido dos outros dois pilotos.

Foggia fez 1:36.817, mas seu tempo é superado por Niccolò Antonelli da Avintia, com a marca de 1:36.728.

Izar Guevara e Dennis Foggia estavam mirando a pole position. A menos de 10 minutos do final, Guevara passa a liderar a disputa pela pole, a apenas 2 milésimos de Foggia.

Antonelli vinha muito rápido, tinha tudo para voltar a pole, mas acabou indo para o chão, justo na curva 10 e acaba deixando a sessão, no que poderia ser um grande dia para ele.

Na metade da sessão, Izar Guevara vinha com a pole nas mãos, seguido de Dennis Foggia, Darryn Binder da Petronas, Niccolò Antonelli que não iria mais treinar, John McPhee que subiu para 5ªposição em sua volta. Rodrigo, Garcia, Fenati, Oncü e Nepa eram os 10 primeiros colocados.

A classificação mudaria a 5:50 do final. Foi nessa hora que Pedro Acosta marcou 1:36.575 e tomou das mãos de Guevara a liderança da sessão. Seu companheiro de equipe, Jaume Masia não foi além da 11ªposição.

Vice-líder do campeonato, Sergio Garcia mirou o tempo de Acosta para superar seu grande rival na disputa pelo título. A 3:10 do final, o piloto principal da Gas Gas passa a frente com 1;36.512. Jaume Masia fez uma boa volta e pulou da 11ª para a 5ªposição.

Garcia não queria perder a pole de jeito nenhum e acabou baixando sua marca a 1 minuto e meio do final do Q2, com 1:36.477. Mas na volta seguinte, o piloto da Gas Gas foi para o chão e deixou uma brecha para alguém tirar ele da pole position, isso aconteceu nos instantes finais.

Deniz Oncü acabou marcando 1:36.453 e levou a pole position para ele. Um ótimo trabalho do turco da Tech 3, que faz uma temporada bem irregular. Em 2º, estava um frustrado Sergio Garcia da Gas Gas que tinha a pole em suas mãos, pelo menos partia na frente de Pedro Acosta. O líder do campeonato larga em 4º e abre a segunda fila. Entre eles, estava o Italiano Romano Fenati da Husqvarna que subiu para 3ªposição na reta final de classificação.

Izan Guevara levou a outra Gas Gas na 5ªposição, chegando a lutar pela pole position na primeira metade do Q2. O italiano Dennis Foggia completa a 2ªfila com sua moto da Leopard Racing, que acabou sendo a melhor Honda na classificação.

Jaume Masia abre a 3ªfila, na 7ªposição. Porém, mas vendo mais uma vez Acosta na sua frente. Completando os 10 primeiros colocados: Darryn Binder da Petronas, Jeremy Alcoba e Gabriel Rodrigo, ambos da Gresini que largariam na 9ªe 10ªposições.

Grid de Largada:

pospilotoequipemototempo
153Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’36.453
211Sergio GarcíaSANTANDER Consumer GASGASGASGAS1’36.477
355Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’36.506
437Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’36.575
528Izan GuevaraSANTANDER Consumer GASGASGASGAS1’36.635
67Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’36.637
75Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM1’36.637
840Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHonda1’36.657
952Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’36.716
102Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’36.720
1123Niccolo AntonelliAvintia VR46KTM1’36.728
1217John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’36.743
1354Riccardo RossiBOE OwlrideKTM1’36.807
1424Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’36.819
1571Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’37.116
1616Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda1’37.296
1782Stefano NepaBOE OwlrideKTM1’37.513
1812Filip SalačCarXpert PruestelGPKTMSem Tempo
1943Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’36.742
2099Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’36.818
216Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’36.872
2292Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’36.882
2320Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’36.953
2473Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’36.970
2527Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’37.317
2638David SalvadorRivacold Snipers TeamHonda1’37.366
2731Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’37.538
2819Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’37.713
Niccolò Antonelli e Carlos Tatay não participaram da corrida por causa de acidente
Xavier Artigas não participou da prova por ter sido infectado com a Covid-19

No começo do domingo, choveu em Spielberg e a prova de retornada do Mundial de Motovelocidade. Seria uma prova de fortes emoções, com uma pista úmida e com uma pequena trilha seca.

Deniz Oncü teve problemas e teve de partir da última posição no grid de largada, era horrível para o turco que tinha feito a pole position. Se o piloto da Tech 3, Garcia e Fenati estavam na primeira fila para disputar a liderança na largada. Nessa largada, Fenati leva a melhor e assumiu a liderança, seguido de Sergio Garcia, Pedro Acosta, Izar Guevara e Jaume Masia.

Ao final da primeira volta, Garcia recuperou a liderança. A se destacar a brilhante largada do Austríaco Maximilian Kofler, ganhando 15 posições em 1 volta e subindo para a 7ªposição. Yuki Kunii e Ryusei Yamanaka ganharam 11 posições nessa largada.

Pedro Acosta supera Fenati na 2ªVolta e sobe para segunda posição e vai para cima do Garcia, na volta seguinte, Acosta supera Garcia e ganha a liderança da prova. Os 2 líderes do campeonato vinham na frente, com Fenati vinha acompanhando eles em 3º. Masia, Sasaki, Kofler e Yamanaka disputavam a 4ªposição. Izan Guevara perdeu posições. Já Darryn Binder, John McPhee, Dennis Foggia e Gabriel Rodrigo vinham muito mal, nas últimas posições, muito por causa do acerto das motos. Deniz Oncü vinha tentando a recuperação, mas estava bem longe da ponta, na 24ªposição.

Sergio Garcia voltou a ponta, o piloto da Gas Gas e o piloto da KTM Ajo, Pedro Acosta abriram e passaram a disputar a vitória. Enquanto isso, Romano Fenati começou a ser pressionado por Masia, Sasaki e Kofler, a partir da 9ªvolta que passou a ser uma disputa pelo pódio. Nessa mesma volta, Yuki Kunii passou Ryusei Yamanaka e assumiu a 7ªposição.

Enquanto Garcia e Acosta brigando pela vitória, Darryn Binder vinha se recuperando. O sul-africano estava na 14ªposição e virando bons tempos, um pouco mais lento que os da ponta, mas bem mais rápido que a maioria dos que estavam na frente.

Na 13ªVolta, Acosta chega a passar Garcia no começo da volta, mas o piloto da Gas Gas recupera a ponta na curva 8 para a 9. Um pega maravilhoso entre os 2 principais pilotos na disputa pelo título. Enquanto isso, Masia superou Fenati e assumia a 3ªposição. Andi Farid Izdihar caiu duas vezes e acabou deixando a prova.

Outro piloto que foi ao chão foi o espanhol David Salvador a 10 voltas do final. Nessa altura do campeonato, Garcia e Acosta já abriram quase 10 segundos para o 3ºcolocado, o espanhol Jaume Masia. Fenati, Sakaki, Kofler (Que vinha fazendo sua melhor corrida na Moto 3), Kunii, Yamanaka, Adrian Fernández e Kaito Toba completavam os Top 10.

A 8 Voltas do final, Darryn Binder passou para a 10ªposição após superar Kaito Toba. Enquanto isso, Acosta tentava de todo o jeito superar Garcia. A 6 Voltas do final, o piloto da equipe ajo consegue a ultrapassagem, mas o piloto da Gas Gas deu o troco e voltou a frente.

Binder a 5 voltas do final passou Yamanaka da PruestelGP e Kunii da Honda Asia Team, na volta 20, passou Kofler da CIP Green e passou para a 6ªposição. Grande prova de recuperação do piloto Sul-africano. A 3 voltas do final, Fenati ataca Masia para tentar retornar ao pódio.

Nas voltas finais, Sergio Garcia e Pedro Acosta proporcionaram um final sensacional, os dois brigaram bravamente pela vitória. Na penúltima volta, Acosta passa Garcia, mas o piloto da Gas Gas usou a potência da sua moto e recuperou a ponta. Na volta final, os dois se tocam na curva 3.

O pega foi até o final da prova, na curva 9, Pedro Acosta passou Sergio Garcia, ao mesmo tempo, o piloto da Gas Gas foi para o chão. Acosta vence o duelo com seu rival e conquista a 5ªvitória na temporada e consolidou ainda mais a liderança no Mundial. O piloto da KTM Ajo deu ais um passo para o campeonato.

Sergio Garcia conseguiu ainda levantar sua moto e voltar para a pista e conseguiu terminar a prova na segunda posição. A sua vantagem para os outros era muito grande e permitiu ainda ao piloto da Gas Gas conquistar um grande resultado. O pódio acabou ficando com Romano Fenati, que conseguiu a ultrapassagem sobre Jaume Masia. Enquanto o piloto da Husqvarna comemorava o 3ºlugar, Masia lamentava a 4ªposição, a não ida ao pódio e mais uma vez ver Acosta vencendo. Não esta sendo nada fácil o ano do experiente piloto da equipe Ajo.

Ayumi Sasaki voltou muito bem após ficar de fora de algumas corrida, com uma prova consistente e uma boa 5ªposição. Darryn Binder fez uma corrida de recuperação para ser aplaudida, saindo lá de trás para terminar o dia na 6ªposição.

Ryusei Yamanaka fez uma boa corrida e ficou na 7ªposição. A PruestelGP se reencontrou após corridas ruins que começou no acidente fatal de Jason Dupasquier no GP da Itália. Filip Salac que voltou a equipe, fez um final de semana bem decente e acabou o dia na 11ªposição.

Yuki Kunii da Honda Asia Team chegou em 8ºlugar e Maximilian Kofler da CIP Green em 9ºlugar, conquistaram seus melhores resultados nas suas carreiras. O irmão de Raúl Fernández completou o Top 10. Foi a segunda pontuação de Adrian Fernández na temporada de 2021.

Resultado final do GP da Estíria
10ªEtapa do Mundial de motovelocidade – Moto 3

pospilotoequipemototempo
137Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM39’45.869
211Sergio GarcíaSANTANDER Consumer GASGASGASGASa 14.431
355Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 15.410
45Jaume MasiáRed Bull KTM AjoKTMa 15.510
571Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTMa 18.847
640Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHondaa 20.534
76Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTMa 30.080
892Yuki KuniiHonda Team AsiaHondaa 30.174
973Maximilian KoflerCIP Green PowerKTMa 30.245
1031Adrián FernándezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 36.355
1112Filip SalačCarXpert PruestelGPKTMa 36.437
1227Kaito TobaCIP Green PowerKTMa 36.659
1317John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 36.665
1428Izan GuevaraSANTANDER Consumer GASGASGASGASa 37.514
1524Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 37.918
1620Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHondaa 47.645
1716Andrea MignoRivacold Snipers TeamHondaa 52.877
1852Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 53.006
1982Stefano NepaBOE OwlrideKTMa 55.944
202Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 1’06.540
2153Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 1’12.291
227Dennis FoggiaLeopard RacingHondaa 1’22.638
2354Riccardo RossiBOE OwlrideKTMa 1’31.488
38David SalvadorRivacold Snipers TeamHondaa 9 voltas
19Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHondaa 11 voltas
99Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTMa 23 Voltas

Fotos:

imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da Espanha – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 3 – 4ªetapa

Sessão de Classificação da Moto 3 foi a primeira atividade do Sábado. Na repescagem, quem abriu os trabalhos foi o espanhol Carlos Tatay da Avintia. Um dos favoritos a uma das 4 vagas para o Q2, Pedro Acosta (líder do campeonato) abortou a primeira volta, que já não seria válida por passar dos limites da pista na curva 4. Em sua primeira volta, Foggia marcou 1:47.331 e passo para a liderança até que 20 segundos depois, Izar Guevara passou a frente com 1:47,229. Stefano Nepa da ROE e Sergio Garcia da Gas Gas vinham completando o Grupo dos Classificados.

Na segunda tentativa, Acosta não consegue um tempo para entrar nos 4 primeiros. Na verdade quem entrou foi o surpreendente Indonésio Andi Farid Izdihar que passou a liderança a 8:10 do final da sessão. Stefano Nepa vinha em bom treino estava em 2º, Maximilian Kofler da CIP em 3º e Izar Guevara em 4º estava na bolha. Foggia estava em 6º, Acosta em 8º, Sergio Garcia em 9º e Jeremy Alcoba na 11ªposição eram a principio pilotos que teoricamente deveriam brigar por essas vagas ao Q2.

A 6:20 do final da sessão, todos ainda estavam nos boxes, Tatay saiu a 5 minutos do final e acabou se dando bem, sem trafego acabou marcando 1:46,388 e pulou para a liderança. Os demais saíram dos boxes a 2 minutos e meio do final da repescagem. Era a última chance para Pedro Acosta e outros pilotos de garantirem seu lugar no Q2.

O líder do campeonato fez uma brilhante volta, a sua bala de prata levou o piloto da Ajo a 1ªposição com 1:46.138 e garantiu seu lugar no Q2. Izar Guevara da Gas Gas, Carlos Tatay da Avintia e Jeremy Alcoba da Gresini acabaram com as outras 3 vagas. Andi Farid Izdihar que vinha com a 1ªposição acabou a sessão apenas na 6ªposição e ficou de fora do Q2.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
137Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’46.138
228Izan GuevaraSolunion GASGAS Aspar TeamGASGAS1’46.164
399Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’46.388
452Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’46.503
56Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’46.579
619Andi GilangHonda Team AsiaHonda1’46.737
711Sergio GarcíaSolunion GASGAS Aspar TeamGASGAS1’46.754
831Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’46.763
97Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’46.777
1054Riccardo RossiBOE OwlrideKTM1’46.830
1182Stefano NepaBOE OwlrideKTM1’46.839
1227Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’46.867
1373Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’47.114
1420Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’47.686

Os trabalhos no Q2 começaram com a entrada de Ayumu Sasaki da Tech 3. Ao contraio do Q1, os pilotos foram para pista aos poucos para a primeira tentativa de volta. As atenções estavam voltadas para Pedro Acosta, mas foi Tatsuki Suzuki que marcou o melhor tempo, com 1:45.979 (o primeiro a baixar da casa do 1 minuto e 46 segundos) a 10:40 do final da sessão. Apenas Andrea Migno chegou perto do japonês com 1:46.008. Darryn Binder e Gabriel Rodrigo vinham logo a seguir.

Na volta seguinte, enquanto Binder vai para o chão, Suzuki melhora a sua marca para 1:45.807 e se torna o favorito a pole position, colocando 2 décimos de frente para o italiano Andrea Migno da Snipers. John McPhee melhora e marcou o 3ºtempo fechando a primeira fila. Binder, Antonelli, Rodrigo, Oncü, Salac, Acosta e Dupasquier completavam os 10 primeiros colocados.

A 5 minutos do final, Binder, Oncü, Salac, Artigas e Sasaki estavam na pista. Os pilotos da Tech 3 fizeram boas voltas e subiram de posição. Sasaki com o 5ºtempo e Oncü com o 7ºtempo. A 2 minutos do final, o resto do pelotão foi para a última tentativa. Porém, metade deles não conseguiu marcar tempo. Entre eles Tatsuki Suzuki que precisava torcer para ninguém melhorar sua marca.

Por sorte isso não aconteceu e o vencedor da segunda corrida do ano passado em Jerez conquistou a pole position para a prova desse ano. O Japonês estava disposto a conseguir sua segunda vitória seguida no travado circuito espanhol. A primeira fila será completada por Jeremy Alcoba da Gresini e Andrea Migno da Snipers.

Gabriel Rodrigo abre a segunda fila após uma bela volta no final da sessão. Romano Fenati colocou a Husqvarna na 5ªposição e John McPhee larga da 6ªposição querendo sair do 0 na pontuação do campeonato. Darryn Binder, Ayumu Sasaki, Niccoló Antonelli e Denis Oncü completam os 10 primeiros colocados. O líder do Campeonato, Pedro Acosta larga na 13ªposição.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
124Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’45.807
252Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’45.932
316Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda1’46.007
42Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’46.048
555Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’46.166
617John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’46.185
740Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHonda1’46.288
871Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’46.312
923Niccolo AntonelliAvintia Esponsorama Moto3KTM1’46.440
1053Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’46.449
1128Izan GuevaraSolunion GASGAS Aspar TeamGASGAS1’46.522
1212Filip SalačRivacold Snipers TeamHonda1’46.566
1337Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’46.667
1450Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’46.714
155Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM1’46.843
1699Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’47.060
1743Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’47.517
1892Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’47.686
196Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’46.579
2019Andi GilangHonda Team AsiaHonda1’46.737
2111Sergio GarcíaSolunion GASGAS Aspar TeamGASGAS1’46.754
2231Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’46.763
237Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’46.777
2454Riccardo RossiBOE OwlrideKTM1’46.830
2582Stefano NepaBOE OwlrideKTM1’46.839
2627Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’46.867
2773Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’47.114
2820Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’47.686

A Moto 3 seria a segunda corrida do dia, mas acabou sendo antecipado como a primeira prova do dia, graças a um acidente grave que danificou as muretas de proteção, o que obrigou a substituição das mesmas. Com isso, a Moto E passou a ser a última prova do dia.

Suzuki largou muito bem e consolidou a ponta, com Migno pulando para 2º e Gabriel Rodrigo pulando para 3º, superando Jeremy Alcoba que foi punido com 2 voltas longas (que seria na curva 13). Alguns outros pilotos foram punidos por manobras em corridas passadas ou condução inadequada nos treinos livres e na classificação.

A partir dai, Rodrigo pulou para 2º ao final da volta e foi pra cima de Suzuki e passou a lutar pela liderança praticamente por toda a volta e o Argentino levou a melhor e se estabeleceu na frente. Nas primeiras voltas, 7 pilotos formavam o primeiro pelotão: Rodrigo,  Suzuki, Migno, Binder, Fenati, Sasaki e Oncü. Meio segundo depois, Tatay e Acosta lideravam o segundo pelotão.

Na 4ªVolta, o pelotão aumentou com a vinda de Oncü, Acosta e Tatay. Na volta seguinte, Gabriel Rodrigo foi da liderança para o chão na curva 7, era fim de prova para o piloto Argentino que ainda busca sua primeira vitória na Moto 3. No final da volta, Deniz Oncü passou para a liderança da prova, mas logo acabou superado pelo líder do campeonato, Pedro Acosta mais uma vez largando do meio do pelotão já estava brigando no pelotão da frente.

Na 8ªVolta, Acosta era o líder com Darryn Binder, Deniz Oncü, Romano Fenati e Andrea Migno. Na volta seguinte, Acosta ao tentar passar Oncü acabou escorregando e permitindo Binder passar para 2ªposição. O Sul-africano voltou para a ponta, mas a liderança trocava muito de mãos.

Na metade da prova, Oncü era o líder com Acosta e Masia, Um grande domínio dos pilotos da KTM e do piloto da Tech 3, Apenas Binder da Petronas, Fenati da Husqvarna eram oposição as essas três motos. Ayumu Sasaki da Tech 3 vinha na 6ªposição. O pole position Tatsuki Suzuki foi para o chão na 13ªvolta e abandonou. Masia estava na 3ªposição após largar da 15ªposição, um outro piloto que larga do meio do pelotão para brigar pelas primeiras posições.

Na 15ªVolta, Acosta passa Oncü e assumiu a liderança, até que na volta seguinte, Romano Fenati acabou passando para a ponta numa incrível manobra do piloto da equipe de Max Biaggi. Nas voltas seguintes, Oncü, Acosta e Fenati se revezavam na frente. Migno e Sasaki se tocam e acabaram perdendo posições. Já Carlos Tatay e Sergio Garcia acabaram punidos com a volta longa. Esses 4 pilotos acabaram se distanciando da briga pelas primeiras posições.

A 3 Voltas do final, Oncü vai para a ponta, o turco estava disposto a vencer pela primeira vez na sua carreira e segura a ponta com muita garra. Pedro Acosta chegou a balançar nas últimas voltas e perdeu posições.

Na última volta, Pedro Acosta resolveu a parada, foi pra cima de Oncü e passou para a liderança na curva 6, também foi ajudado pela balançada do piloto da Tech 3. Na curva final, Oncü tenta salvar pelo menos a 2ªposição, mas acaba indo ao chão e nocauteando Jaume Masia e Darryn Binder.

Acosta agradeceu, venceu a 3ªvez na temporada e disparou de uma forma inimaginável na liderança do campeonato, com 95 pontos em 100 pontos possíveis. Líder do campeonato com 51 pontos de frente para o Italiano Niccolò Antonelli da Avintia (Que ficou na 8ªposição). O primeiro piloto que estreia na Mundial com 4 pódios em 4 corridas. O pódio foi completado por Romano Fenati da Husqvarna e Jeremy Alcoba, o piloto da Gresini teve de cumprir 2 punições de volta longa e acabou mesmo assim terminando muito bem e conquistando o primeiro pódio da temporada. Os 3 primeiros colocados com 3 marcas de motos diferentes (KTM, Husqvarna e Honda).

Andrea Migno e Ayumu Sasaki tiveram boas corridas e apesarem de perderem tempo em um toque entre eles acabaram o dia com a 4ª e 5ªposições respectivamente. Carlos Tatay com punição de volta longa acabou o dia na 6ªposição. O Suíço Jason Dupasquier que ponto nenhum fez em 2020 marcou seu melhor resultado em 2021, com uma 7ªposição.

O Vice-líder do campeonato Niccolò Antonelli acabou na 8ªposição. Xavier Artigas marca seus primeiros pontos com o 9ºlugar e Ryusei Yamanaka (provando a boa fase da PruestelGP) completou os 10 primeiros colocados. Daqui a duas semanas teremos o GP da França, no circuito de Le Mans Bugatti.

Resultado final da 4ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP da Espanha – Jerez de la Fronteira

posPilotoEquipeMotoTempo
137Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM39’22.266
255Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 0.417
352Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 0.527
416Andrea MignoRivacold Snipers TeamHondaa 0.548
571Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTMa 0.971
699Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTMa 0.997
750Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTMa 1.043
823Niccolo AntonelliAvintia Esponsorama Moto3KTMa 1.144
943Xavier ArtigasLeopard RacingHondaa 1.383
106Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTMa 1.596
1128Izan GuevaraSolunion GASGAS Aspar TeamGASGASa 3.986
1212Filip SalačRivacold Snipers TeamHondaa 4.389
1311Sergio GarcíaSolunion GASGAS Aspar TeamGASGASa 5.191
1492Yuki KuniiHonda Team AsiaHondaa 7.204
1582Stefano NepaBOE OwlrideKTMa 8.194
1627Kaito TobaCIP Green PowerKTMa 12.822
1754Riccardo RossiBOE OwlrideKTMa 12.869
1819Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHondaa 12.990
1973Maximilian KoflerCIP Green PowerKTMa 17.318
2053Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 18.162
215Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTMa 19.439
2240Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHondaa 25.337
2320Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHondaa 32.323
2431Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 46.228
7Dennis FoggiaLeopard RacingHonda3 voltas
24Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda10 voltas
2Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda18 voltas
17John McPheePetronas Sprinta RacingHonda22 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Suzuki resiste aos ataques dos adversários e conquista primeira vitória no ano

Após 3 poles seguidas, finalmente Tatsuki Suzuki traduz seu domínio nas classificações com uma corrida sensacional de resistência aos seus adversários, conquistando sua primeira vitória em 2020 e a segunda da sua carreira na etapa de Andalucia do Mundial de Motovelocidade.

O Japonês largou muito bem e se firmou na liderança, Gabriel Rodrigo passou para a segunda posição, mas foi por pouco tempo, Ogura recuperou a posição na segunda curva. No final da primeira volta, Rodrigo superou Ogura e passou a ser o segundo e Arenas passou Raul Fernandez para ser o 4ºColocado.

Na reta oposta, Fernandez foi com tudo para ganhar a ponta, mas Suzuki recuperou curvas depois. Essas manobras do Japonês da equipe de Paolo Simoncelli seriam uma constante nas 22 voltas da corrida. Darryn Binder chamava atenção na largada, pulou da 25ªPosição e já estava na 8ªposição.

A disputa entre Suzuki e Rodrigo durou até o começo da 5ªvolta, quando Arbolino passou Rodrigo e passou para a segunda posição, mas essa briga não teria fim, os foi brigariam por essa posição.

Na 7ªVolta, Fernandez acabou subindo para a liderança, que durou poucas curvas já que Tatsuki Suzuki novamente na curva 9 recuperava a ponta. Essa curva seria o grande trunfo do piloto de Paolo Simoncelli a prova inteira.

Ao começar a 8ªVolta, Jaume Masia derrubou Ai Ogura. Os dois acabaram tentando voltar, mas sem chances de um bom resultado. Na volta seguinte, Gabriel Rodrigo volta a 2ªposição e volta a disputar a ponta com Suzuki. O Argentino passa pela segunda vez o japonês e pela segunda vez o Japonês volta a ponta na curva 9. Além dos dois primeiros, Fernandez, McPhee, Arenas, Arbolino, Binder, Onçu, Vietti e Alcoba formavam o primeiro pelotão. O Segundo pelotão era liderado pelo Toba, seguido de Yamanaka e Fenati que vinham disputando posição.

A partir da metade da prova, John McPhee começa a aparecer na disputa, o escocês supera Rodrigo e passa a ser o segundo colocado, enquanto que Tony Arbolino começou a perder rendimento e ficou para trás.

A 8 voltas do final, Albert Arenas foi para o chão e abandonou a corrida. Foi à queda mais forte da corrida. A sorte do espanhol é que continuaria líder do campeonato em qualquer tipo de resultado. Voltas depois, Rodrigo tem um pequeno desequilíbrio e isso faz com que ele é Binder percam um pouco de tempo. Com isso, Suzuki abriu uma pequena vantagem sobre os dois, mas a menos de 3 voltas para o final, Rodrigo voltou a atacar Suzuki, mas é superado pelo sul-africano Darryn Binder que poderia fazer uma corrida épica após largar da última posição.

Jeremy Alcoba foi punido e tinha que passar pela volta longa. A duas voltas para o final, Suzuki vinha na frente, com Binder na sua cola seguido de McPhee, Rodrigo, Vietti e Alcoba. Raul Fernandez em 7º ficou para trás.

McPhee e Binder disputaram a segunda posição. Na volta final, Binder acaba levando um xis do Escocês e acaba perdendo posição para Vietti e Alcoba (Caindo para a 5ªposição).

McPhee tenta um ataque final de Tatsuki Suzuki que consegue segurar a pressão e acaba vencendo pela primeira vez na Moto 3, Finalmente concretizando seu domínio nas classificações em vitória no domingo. John McPhee terminou a prova na segunda posições, crescendo na hora certa. Completou o pódio o regular Celestino Vietti da VR46.

Jeremy Alcoba por não cumprir a punição da volta rápida acabou perdendo 3 posições por causa dos 3 segundos acrescidos ao seu tempo de corrida, O piloto perdeu posições para Darryn Binder, numa corrida sensacional de recuperação do piloto da CIP, ganhando 21 posições em 22 voltas, para Gabriel Rodrigo que perdeu terreno na reta final de corrida e Raul Fernandez conseguiu ainda salvar a 6ªposição. Mesmo assim, foi um bom desempenho do piloto mais inexperiente da Gresini.

Sergio Garcia e Ryusei Yamanaka fizeram boas corridas pela Estrella Galícia e colocaram suas motos em 8º e 9ºlugares. Tony Arbolino em final decepcionante fechou os 10 primeiros colocados.

Fotos:

Resultado Final do GP de Andalucia
3ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Moto 3

posPilotoEquipeMotoTempo
124 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra CorseHonda NSF250RW39’18.861
217 John McPhee Petronas Sprinta RacingHonda NSF250RWa 0.064
313 Celestino Vietti SKY Racing Team VR46KTM RC250GPa 0.134
440 Darryn Binder CIP Green PowerKTM RC250GPa 0.628
52 Gabriel Rodrigo Kömmerling Gresini Moto3Honda NSF250RWa 0.817
625 Raúl Fernández Red Bull KTM AjoKTM RC250GPa 2.742
752 Jeremy Alcoba Kömmerling Gresini Moto3Honda NSF250RWa 3.315
811 Sergio García Estrella Galicia 0,0Honda NSF250RWa 4.853
96 Ryusei Yamanaka Estrella Galicia 0,0Honda NSF250RWa 4.887
1014 Tony Arbolino Rivacold Snipers TeamHonda NSF250RWa 4.988
1127 Kaito Toba Red Bull KTM AjoKTM RC250GPa 5.301
1255 Romano Fenati Sterilgarda Max Racing TeamHusqvarna FR250GPa 5.603
1399 Carlos Tatay Reale Avintia RacingKTM RC250GPa 6.783
1482 Stefano Nepa Aspar TeamKTM RC250GPa 7.729
1523 Niccolò Antonelli SIC58 Squadra CorseHonda NSF250RWa 7.776
1692 Yuki Kunii Honda Team AsiaHonda NSF250RWa 17.641
1770 Barry Baltus CarXpert Prüstel GPKTM RC250GPa 17.416
1873 Maximilian Kofler CIP Green PowerKTM RC250GPa 20.821
1950 Jason Dupasquier CarXpert Prüstel GPKTM RC250GPa 20.833
2089 Khairul Idham Pawi Petronas Sprinta RacingHonda NSF250RWa 22.445
2154 Riccardo Rossi BOE Skull Rider Facile EnergyKTM RC250GPa 22.500
2216 Andrea Migno SKY Racing Team VR46KTM RC250GPa 34.688
9 Davide Pizzoli BOE Skull Rider Facile EnergyKTM RC250GPa 2 voltas
7 Dennis Foggia Leopard RacingHonda NSF250RWa 3 voltas
53 Deniz Öncü Red Bull KTM Tech 3KTM RC250GPa 4 voltas
71 Ayumu Sasaki Red Bull KTM Tech 3KTM RC250GPa 6 voltas
5 Jaume Masiá Leopard RacingHonda NSF250RWa 7 voltas
75 Albert Arenas Aspar TeamKTM RC250GPa 8 voltas
79 Ai Ogura Honda Team AsiaHonda NSF250RWa 8 voltas
12 Filip Salač Rivacold Snipers TeamHonda NSF250RWa 14 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 3 na Catalunha – Várias Quedas e vitória de Marcos Ramirez

No começo do Q1, Muitos pilotos entraram na pista, fizeram uma volta e voltaram para boxes. Quem marcou a melhor volta no começo foi o Japonês Ryusei Yamanaka da Estrella Galícia, Com Suzuki, Oncu e Falac nas 4 primeiras posições, Mas ainda tinha muito piloto que não tinha feito tempo. Essa marca de Yamanaka duraria pouco. Ogura marcou o segundo tempo, O Japonês volta depois de se ausentar do GP da Itália em Mugello.

A 9 minutos do final, Kazuki Masaki tomou a ponta do Q1, Seguido por Ayumu Sasaki, Ai Ogura, Ryusei Yamanaka e Tatsuki Suzuki colocando praticamente todos os japoneses nas primeiras posições.

Um minuto depois, Dennis Foggia e Romano Fenati marcaram o 4º e 5ºlugares e quebraram a sequência Nipônica. Isso durou segundos, Tatsuki Suzuki deu uma volta voadora e restabeleceu a hierarquia Japonesa no Q1.

Romano Fenati foi para uma nova volta e como um caçador implacável acabou fazendo 1:49.735 e tomou a ponta com a sua Moto da Spiners. Albert Arenas aproveitou o vácuo do piloto Italiano subindo para o 3ºlugar a 5 minutos do final.

Meio Minuto depois, Ai Ogura tomou a ponta com 1:49.407, Mazaki que estava 2º acabou superando Fenati, mas superado pelo piloto da Honda Asia Team. Jakub Kornfeil e tentou melhorar sua marca, Mas acabou recuando uma posição, Já que Fenati melhorou seu tempo para o 6ºlugar deixando o tcheco logo atrás.

No final do Q1: Acidente envolvendo Celestino Vietti e Jabku Kornfeil. O Italiano acabou indo para o Chão, mas o piloto da PruestelGP também sofreu com o acidente e não conseguiu mais treinar. Tatsuki Suzuki acabou fazendo uma grande volta final e acabou o Q1 com 1:48.970 e com o primeiro lugar, Superando a Andrea Migno da Bester com 1:49.063 e Albert Arenas da Aspar Martinez com 1:49.090. Ai Ogura acabou fechando a lista de classificados.

Kazuki Masaki apesar do bom desempenho acabou de fora do Q2. Can Oncu, Ryusei Yamanaka e Romano Fenati completaram os 8 primeiros colocados. Mais um desempenho desapontador para Fenati enquanto que Ryusei Yamanaka se destacou com o bom treino que ele fez na sua 3ªprova na Moto 3.

Resultado final do Q1:

PosPilotoEquipeMotoTempo
124Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’48.970
216Andrea MignoBester Capital DubaiKTM1’49.063
375Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’49.090
479Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’49.407
522Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’49.625
661Can OncuRed Bull KTM AjoKTM1’49.660
76Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.675
855Romano FenatiVNE SnipersHonda1’49.735
971Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHonda1’49.782
107Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTM1’49.783
1113Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’49.878
1284Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTM1’49.971
1327Kaito TobaHonda Team AsiaHonda1’50.197
1454Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Honda1’50.600
1577Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTM1’51.032
1612Filip SalacRedox PruestelGPKTM1’51.578
1769Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTM1’51.758

Ao começar o Q2, Os dois pilotos da equipe SIC 58 saíram dos boxes para começaram a classificação na decisão da pole position. Na primeira volta, Os pilotos da Estrella Galícia (Lopez e Garcia) ficaram juntos pegando vácuo um do outro para se puxarem para a frente na Classificação. Garcia na primeira volta foi meio segundo melhor que Alonso Lopez. Enquanto isso, Antonelli foi para o Chão.

Na metade da classificação, Apesar de ter sido atrapalhado em sua volta rápida, O Argentino Gabriel Rodrigo passa a liderar a classificação com 1:48.450. Aron Canet caiu para o segundo lugar. Tony Arbolino da Snipers, Albert Arenas da Aspar Martinez, Lorenzo Dalla Porta da Leopard Racing, Masia da Bester, McPhee da Petronas e Suzuki da SIC58.

A 4 minutos e 30 segundos do final do Treino, Lopez e Garcia da Estrella galícia foram para a suas última tentativas, mas os outros pilotos estavam esperando qual o primeiro que iria para a pista a fim de segui-lo para pegar o vácuo do piloto da Frente. “Isso é sem dúvida a coisa mais chata que a Moto 3 vive hoje em dia, Na minha opinião.”

A 2 minutos e 20 segundos é que todo mundo foi para a pista, Menos o primeiro colocado Gabriel Rodrigo. O piloto da Gresini acabou perdendo tempo demais e acabou não conseguindo abrir sua volta. Sua pole estava ameaçada, Ele teria de torcer para que ninguém baixasse seu tempo.

Apesar das melhoras de tempo de Ogura, Arbolino e Suzuki, A torcida contra deu resultado. Rodrigo conquistou a pole position. O Sábado foi perfeito para o piloto da Gresini, Mas essa pole não era o objetivo do Argentino, mas sim o dia seguinte. O Objetivo era a tão sonhada primeira vitória no Mundial de Motovelocidade. Ai Ogura vindo do Q1 larga em 2º e Tony Arbolino que ganhou a prova passada completa a primeira fila.

Na segunda fila, largam Tatsuki Suzuki da SIC58, Aron Canet, Líder do campeonato e que buscava manter a posição e quem sabe a segunda vitória no Ano e Albert Arenas que acabou sendo uma certa surpresa o seu 6ºlugar e sua ida ao Q2.

Alonso Lopez teve uma boa participação e conseguiu uma boa marca que o leva a abrir a 3ªFila, Que terá o Espanhol Jaume Masia e o Italiano Lorenzo Dalla Porta que caiu no final da classificação. John McPhee fecha os 10 primeiros colocados. Niccolò Antonelli caiu de novo no final e ficou sem tempo, Assim como o Espanhol Carlos Tatay, Que corre como convidado na Catalunha,

Fotos:

Grid de Largada:

PosPilotoEquipeMotoTempo
119Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda1’48.450
279Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’48.471
314Tony ArbolinoVNE SnipersHonda1’48.764
424Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’48.782
544Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTM1’48.796
675Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’48.809
721Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Honda1’49.072
85Jaume MasiaBester Capital DubaiKTM1’49.079
948Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHonda1’49.300
1017John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’49.454
1116Andrea MignoBester Capital DubaiKTM1’49.561
1242Marcos RamirezLeopard RacingHonda1’49.588
1311Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.700
1476Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’49.769
1525Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’49.830
1640Darryn BinderCIP Green PowerKTM1’51.429
1723Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaSem Tempo
1899Carlos TatayFundacion Andreas Perez 77KTMSem Tempo
1922Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’49.625
2061Can OncuRed Bull KTM AjoKTM1’49.660
216Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.675
2255Romano FenatiVNE SnipersHonda1’49.735
2371Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHonda1’49.782
247Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTM1’49.783
2513Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’49.878
2684Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTM1’49.971
2727Kaito TobaHonda Team AsiaHonda1’50.197
2854Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Honda1’50.600
2977Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTM1’51.032
3012Filip SalacRedox PruestelGPKTM1’51.578
3169Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTM1’51.758

Dia de Sol na Catalunha para mais uma corrida movimentada e imprevisível da Moto 3.

Rodrigo largou bem na largada, Mas Arbolino foi buscar a liderança da prova e conseguiu a ultrapassagem, Enquanto que Rodrigo e Ogura foram engolidos na largada. Canet assumiu o segundo lugar com Suzuki, Dalla Porta, Arenas e Ramirez nas 6 primeiras posições. Na curva 5, Canet passa a liderar a prova. Ainda na primeira volta, Na curva 10, Suzuki acaba caindo e deixando a prova.

Ao final da primeira volta, Dalla Porta que largou em 8ºlugar assumiu a liderança, Arbolino estava em 2º a frente de Aron Canet. Quem mais perdeu em relação a largada foi Ogura que caiu do 2º para o 12ºlugar, Por outro lado o tcheco Filip Salac ganhou 14 posições, Largando do último lugar para a 17ªposição.

Dalla Porta resistiu na liderança até ao final da 3ªVolta, Quando a moto do piloto italiano falha obrigando a abandonar a prova. A liderança foi para seu companheiro da Leopard, Marcos Ramirez, Com Darryn Binder em 2º seguido de Rodrigo, McPhee, Lopez, Arbolino e Canet que recuou do 2º para o 7ºlugar. Na volta 5, Na grande reta, Alonso Lopez assumiu a liderança para festa da torcida da Catalunha, Curvas depois: Um grande acidente envolvendo Filip Salac, Vicente Perez, Can Oncu, Raul Fernandez, Albert Arenas e Sergio Garcia. O Causador do acidente foi o piloto Turco.

O Argentino Gabriel Rodrigo passou Lopez e assumiu a liderança e conseguiu manter a liderança na reta dos boxes na 6ªvolta. Na mesma volta na mesma curva, Andrea Migno foi para o Chão. Na volta seguinte, Darryn Binder passou Rodrigo e passou a liderança.

Na volta seguinte tudo mudou e Lopez reassumiu a liderança, Com John Mcphee passando a segunda posição. Binder que entrou na 8ªVolta líder acabou caindo para o 10ºlugar. Quem vinha muito bem era Jaume Masia, Que largou do 20ºlugar estava já em 4ºlugar.

O piloto da Bester não parou por ai, Depois ele passou McPhee, Ramirez e depois partiu para cima do Lopez passando em poucos segundos assumiu a liderança. Naquele momento ele seria o líder do campeonato. Tony Arbolino chegou a passar Masia no final da reta usando o vácuo, Mas acabou errando a curva 3 e perdeu muitas posições, Na Volta seguinte ele tem o mesmo problema e acaba por deixar a prova.

A 10 voltas do final, Rodrigo volta a ponta, Mas logo é despejado da 1ªposição pelo Alonso Lopez, Darryn Binder e John McPhee caindo para o 4ºlugar na segunda metade da 11ªVolta.

Na volta seguinte, McPhee assume pela primeira vez a liderança superando Binder, Rodrigo, Lopez e Masia.

Na 14ªVolta, Darryn Binder toca em Masia que vai para o Chão. Fim de prova para o piloto da Bester e Binder continuava na prova. No final da volta, Lopez era o líder, Mas bastou entrarem na reta dos boxes na entrada da 15ªVolta para Rodrigo usar o vácuo e voltar à liderança, Lopez foi engolido e caiu para o 6ºlugar. McPhee, Toba, Ogura e Ramirez estavam à frente do piloto da Estrella Galícia.

Na reta final, Mais pilotos começaram a cair. O primeiro deles foi o Japonês Kazuki Masaki da RBA quando vinha no melhor momento dele na prova. Toba assumiu a liderança seguido de Niccolò Antonelli em 2º após largar do 27ºlugar.

A 4 voltas do final, Alonso Lopez e Gabriel Rodrigo ultrapassaram Toba e assumiram as 2 primeiras posições na curva 4. O Japonês que venceu a prova de Losail não desistiu, tentou voltar a ponta, mas foi superado pelo escocês John McPhee. Com essa briga toda, Alonso Lopez abriu uma boa vantagem e parecia que ele tinha assegurado à liderança na volta 18. Porém, Na reta dos boxes, Toba e Rodrigo passaram Lopez usando o vácuo e tomaram a liderança para eles. Na mesma 1ªCurva, Antonelli passou da reta e caiu para o 14ºlugar.

Na penúltima volta, Gabriel Rodrigo e Darryn Binder caíram na curva 10 e tentaram voltar a prova para salvarem pelo menos um ponto. Toba segurou a liderança com Canet em 2º tentando a vitória.

O Japonês tinha a vitória nas mãos, Até que na curva 10, Toba caiu e se aproveitando dessa confusão, O Espanhol Marcos Ramirez passou Canet e assumiu a liderança a 3 curvas do final. Canet foi com tudo na curva final, Mas o piloto da Leopard segurou a ponta e conquistou a primeira vitória no Mundial de Motovelocidade.

O Espanhol vindo da Andalusia vinha de resultados frustrantes e agora conquista sua primeira vitória segurando a Aron Canet, que continua líder na segunda posição em uma corrida segura, Só arriscando na última curta uma possibilidade de vitória. O pódio foi completado pelo Italiano Celestino Vietti da VR46, Superando no final a Alonso Lopez da Estrella Galícia que ficou a apenas 89 milésimos do pódio.

Dennis Foggia acabou conquistando a 5ªposição com a outra moto da VR46, Nenhum dos pilotos de Valentino Rossi apareceram na corrida, Mas acabaram se aproveitando das quedas de outros pilotos para obter um bom resultado. O Japonês Al Ogura acabou a prova em 6ºlugar.

Romano Fenati ficou o tempo todo atrás, Mas acabou se recuperando no final e ficou em uma razoável 7ªposição. Completando os 10 primeiros colocados os pilotos Ayumi Sasaki da Petronas, Ryusei Yamanaka (Convidado pela Estrella Galícia) e Jakub Kornfeil da PruestelGP.

Daqui a duas semanas teremos a 8ªEtapa do Campeonato, Em Assen na Holanda. E agora para terminar. A Dorna tem que fazer alguma coisa para impedir que essas corridas sejam disputadas através do Vácuo. É impossível que mais de 20 pilotos disputam a vitória, é impossível que uma categoria tenha 20 pilotos do mesmo Nível. As provas da moto 3 estão ficando horríveis e perigosas.

A Sugestão seria que a Categoria faça alguma coisa, Diminuía a influência do Vácuo para que as corridas sejam mais qualificadas e que as melhores equipes possam se sobressair, Se a categoria tiver corridas com uns 10 pilotos no máximo disputando a vitória em um mesmo Grupo já esta bom, que o piloto que largou lá atrás e que fica a segundos atrás do primeiro grupo possa recuperar o tempo perdido se tiver moto para isso.

Fotos:

Resultado final do GP da Catalunha
Mundial de motovelocidade – Moto 3

PosPilotoEquipeMotoTempo
142Marcos RamirezLeopard RacingHonda38’36.156
244Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTMa 0.119
313Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 0.146
421Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Hondaa 0.235
57Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTMa 0.947
679Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 1.008
755Romano FenatiVNE SnipersHondaa 1.068
871Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHondaa 1.358
96Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 1.984
1084Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTMa 2.472
1123Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 2.729
1299Carlos TatayFundacion Andreas Perez 77KTMa 2.980
1317John McpheePetronas Sprinta RacingHondaa 3.264
1469Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTMa 11.120
1540Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 18.467
1622Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 21.845
1754Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Hondaa 39.997
1877Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTMa 54.306
1924Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 1’00.726
NC27Kaito TobaHonda Team AsiaHonda1 Volta
NC19Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda2 Voltas
NC76Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTM3 Voltas
NC5Jaume MasiaBester Capital DubaiKTM8 Voltas
NC14Tony ArbolinoVNE SnipersHonda9 Voltas
NC12Filip SalacRedox PruestelGPKTM12 Voltas
NC16Andrea MignoBester Capital DubaiKTM16 Voltas
NC61Can OncuRed Bull KTM AjoKTM16 Voltas
NC25Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTM17 Voltas
NC11Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda17 Voltas
NC75Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTM17 Voltas
NC48Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHonda18 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP