GP do Japão – Moto 3 – Mundial de Motovelocidade 2022

A chuva em Motegi no cenário da sessão de classificação da Moto 3. Entre eles estava Sergio Garcia, um homem sobre pressão após a desclassificação em Misano e a má apresentação em Aragón.

Um complicador era o sistema de cronometragem que não estava funcionando com perfeição, principalmente nos primeiros minutos de sessão. Após a primeira rodada, Tairo Furusato da Honda Asia Team foi o mais rápido seguido de Carlos Tatay, Scott Odgen e Joshua Whatney após passados 5 minutos de sessão. O indonésio Mario Aji acabou indo para o chão após a primeira tentativa.

Lorenzo Fellon assumiu a liderança a 8:10 do final da sessão. Scott Odgen melhora o tempo e mantem a terceira posição e Carlos Tatay completa os 4 primeiros colocados. Sergio Garcia estava na 5ªposição e necessitando entrar na zona de classificação.

A 5:50 do final, Scott Odgen passa para a segunda posição e quase que ao mesmo tempo Sergio Garcia supera Carlos Tatay e assume a 4ªposição. A chuva começa a apertar, mas isso não impede que Tatay marque o melhor tempo e Sergio Garcia pule para segundo a 3:20 do final da sessão.  Fellon e Ogden completavam a zona de classificação. O Japonês Furusato tentava recuperar seu lugar no Q2.

A 1:10 do final do Q1, Scott Odgen passou a liderança com 2:11.779, superando a Tatay, Garcia e Fellon. Esses 4 acabaram conquistando as vagas para o Q2. Tairo Furusato acabou ficando com a 5ªposição. A decepção foi Daniel Holgado que não foi nada bem e ficou na 7ªposição na repescagem.

Resultado do Q1:

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 19 Scott Ogden VisionTrack Racing Team Honda 02’11.779
2 99 Carlos Tatay CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO 02’12.122
3 11 Sergio Garcia Autosolar GASGAS Aspar Team GASGAS 02’12.126
4 20 Lorenzo Fellon SIC58 Squadra Corse Honda 02’12.394
5 72 Taiyo Furusato Honda Team Asia Honda 02’12.749
6 48 Ivan Ortola Angeluss MTA Team KTM 02’13.081
7 96 Daniel Holgado Red Bull KTM Ajo KTM 02’13.237
8 66 Joel Kelso CIP Green Power KTM 02’13.393
9 43 Xavier Artigas CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO 02’13.447
10 70 Joshua Whatley VisionTrack Racing Team Honda 02’13.755
11 82 Stefano Nepa Angeluss MTA Team KTM 02’13.775
12 23 Elia Bartolini QJMotor Avintia Racing Team KTM 02’13.985
13 34 Kanta Hamada Rivacold Snipers Team Honda 02’14.027
14 64 Mario Suryo Aji Honda Team Asia Honda 02’14.763
15 9 Nicola Carraro QJMotor Avintia Racing Team KTM 02’15.402
16 22 Ana Carrasco BOE Motorsports KTM 02’20.016

Os pilotos partiram para a pista aos poucos. A expectativa era para saber como seria o desempenho de Diogo Moreira que foi o mais rápido dos treinos livres. Porém, sob pista seca, muito diferente da situação de pista na classificação.

Com 4:40 de Sessão, Sergio Garcia marcou 2:12.684 e ficou na frente de Deniz Oncü e Lorenzo Fellon. 20 segundos depois, Carlos Tatay passou a segunda posição. Com 5 minutos e 30 de sessão apareceram os dois pilotos da Leopard Racing, Dennis Foggia e Tatsuki Suzuki passaram para a segunda e terceira posições. O britânico Scott Odgen que já andou muito bem na repescagem volta a aparecer muito bem e marcou o 4ºtempo.

A 8:10 do final da sessão, Sergio Garcia assume a liderança com a marca de 2:13.386. O piloto da Gas Gas fica na frente por quase 1 minuto. A 7:15 do final, Tatsuki Suzuki toma a pole para as suas mãos ao marcar 2:12.037. Enquanto isso, Ryusei Yamanaka acabou indo para o chão.

A menos de 6 minutos do final, Sergio Garcia voltou a subir e passou a segunda posição, com Riccardo Rossi em 3º e Scott Odgen mantendo a 4ªposição. Segundos depois, Masia e Tatay marcam o 3º e 5ºtempos respectivamente. Com 5 minutos para o final, Dennis Foggia toma a terceira posição das mãos de Jaume Masia que teve sua melhor volta cancelada.

Suzuki continuava na pole, mas Sergio Garcia e Ricciardo Rossi lutavam para superar o piloto da Leopard Racing em sua casa. A 4 minutos do final, Sergio Garcia vai para a ponta e Ricciardo Rossi foi novamente para a 3ªposição com Suzuki entre os dois.

A 2:50 do final, Tatsuki Suzuki marca 2:11.246 e dá um recado para os outros 17 pilotos, A pole é minha e não vou ceder para ninguém. Pode parecer até exagero, mas ao mesmo tempo, Sergio Garcia foi para o chão e não conseguiu mais melhorar seu tempo, além disso, Garcia acabou atrapalhando as tentativas de volta de Izan Guevara e Tatsuki Suzuki, no que poderia levar Garcia a ser punido.

Tatsuki Suzuki acabou conquistando a pole position em sua casa, sua primeira pole pela Leopard Racing, com possibilidades de uma vitória que não vem a mais de 2 anos para o piloto Japonês. A surpresa do dia é a 2ªposição de Scott Odgen da VisionTrack que veio da repescagem até a 1ªfila do grid do GP do Japão. O piloto britânico se aproveitou da chuva para compensar as deficiências técnicas e a sua inexperiência na categoria.

Sergio Garcia apesar da queda na parte final da sessão acabou conquistando a 3ªposição e fecha a 1ªfila. Além disso, vai largar bem a frente de Izan Guevara que vai largar na 9ªposição.

Ayumu Sasaki abre a segunda fila com sua Husqvarna, seguido de Dennis Foggia da Leopard Racing que ainda alimenta esperanças de título e Andrea Migno da Snipers. Izan Guevara vai largar na 3ªfila, mas esta atrás de Ricciardo Rossi da SIC58 que foi muito bem na classificação e de Deniz Oncü da Tech 3.

Não parece ser tão ruim largar da 9ªposição na Moto 3, mas Motegi não é uma das pistas mais fáceis do campeonato. Para complicar, Sergio Garcia esta na primeira fila. O fator que pode favorecer Guevara nesse momento é o fato dele estar em melhor momento no campeonato do que seu companheiro de equipe e grande adversário na luta pelo Mundial. Jaume Masia, Carlos Tatay e John McPhee compõem a 4ªfila do grid de largada.

Grid de Largada:

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 24 Tatsuki Suzuki Leopard Racing Honda 02’11.246
2 19 Scott Ogden VisionTrack Racing Team Honda 02’11.568
3 11 Sergio Garcia Autosolar GASGAS Aspar Team GASGAS 02’11.788
4 71 Ayumu Sasaki Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna 02’11.942
5 7 Dennis Foggia Leopard Racing Honda 02’12.015
6 16 Andrea Migno Rivacold Snipers Team Honda 02’12.038
7 54 Riccardo Rossi SIC58 Squadra Corse Honda 02’12.120
8 53 Deniz Öncü Red Bull KTM Tech3 KTM 02’12.124
9 28 Izan Guevara Autosolar GASGAS Aspar Team GASGAS 02’12.155
10 5 Jaume Masia Red Bull KTM Ajo KTM 02’12.229
11 99 Carlos Tatay CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO 02’12.505
12 17 John McPhee Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna 02’12.993
13 20 Lorenzo Fellon SIC58 Squadra Corse Honda 02’13.109
14 31 Adrian Fernandez Red Bull KTM Tech3 KTM 02’13.686
15 10 Diogo Moreira MT Helmets – MSI KTM 02’14.078
16 44 David Muñoz BOE Motorsports KTM 02’14.856
17 6 Ryusei Yamanaka MT Helmets – MSI KTM 02’15.706
18 27 Kaito Toba CIP Green Power KTM 02’15.837
19 72 Taiyo Furusato Honda Team Asia Honda 02’12.749
20 48 Ivan Ortola Angeluss MTA Team KTM 02’13.081
21 96 Daniel Holgado Red Bull KTM Ajo KTM 02’13.237
22 66 Joel Kelso CIP Green Power KTM 02’13.393
23 43 Xavier Artigas CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO 02’13.447
24 70 Joshua Whatley VisionTrack Racing Team Honda 02’13.755
25 82 Stefano Nepa Angeluss MTA Team KTM 02’13.775
26 23 Elia Bartolini QJMotor Avintia Racing Team KTM 02’13.985
27 34 Kanta Hamada Rivacold Snipers Team Honda 02’14.027
28 64 Mario Suryo Aji Honda Team Asia Honda 02’14.763
29 9 Nicola Carraro QJMotor Avintia Racing Team KTM 02’15.402
30 22 Ana Carrasco BOE Motorsports KTM 02’20.016

O domingo foi perfeito para Izan Guevara que partiu da 9ªposição e em apenas 1 volta passou para a liderança e conquistou uma brilhante vitória em Motegi. Essa vitória faz Guevara se aproximar bastante do campeonato da Moto 3. Dennis Foggia e Ayumu Sasaki completaram o pódio. Sergio Garcia ficou na 4ªposição e agora terá de lutar muito para ainda lutar por esse campeonato.

Suzuki largou bem, mas acabou perdendo a liderança para Sergio Garcia nos primeiros momentos da prova. Na curva 3, Suzuki recuperou a liderança e ficou nela até a metade da primeira volta. Izan Guevara veio em uma incrível largada e estava em 3º. Em questão de poucas curvas, o líder do campeonato passou Sergio Garcia primeiro e depois o Tatsuki Suzuki para tomar a liderança da corrida.

Izan Guevara terminou sua primeira volta ao estilo Ayrton Senna em Donington Park na liderança com Garcia, Suzuki, Sasaki, Foggia, Rossi e Migno nas 7 primeiras posições. Na segunda volta, Sergio Garcia erra e perde 3 posições. Suzuki, Foggia e Sasaki agradeceram essa bobeada do piloto da Gas Gas. Ainda na primeira volta, 4 pilotos foram ao chão: Joel Kelso, Joshua Whatley, Carlos Tatay e Kaito Toba.

Ayumi Sasaki passou da 4ª para a 1ªposição em questão de 1 volta, o piloto da Husqvarna superou Guevara e ficou na liderança por algumas curvas, já que o piloto da Gas Gas recuperou a ponta. Guevara e Suzuki estavam só observando a briga dos dois. Os 4 primeiros colocados abriam vantagem para Sergio Garcia que não estava conseguindo acompanhar os pilotos da frente. Masia, Migno, Muñoz, Moreira e McPhee completavam o Top 10.

No começo da 4ªvolta, Suzuki dá brecha para Foggia passar para a terceira posição. Nessa mesma volta, o japonês Kanta Hamada (piloto convidado pela Snipers) e o espanhol Daniel Holgado caíram e abandonaram a corrida.

Na volta seguinte foi a vez de Tatsuki Suzuki e Adrian Fernández irem para o chão. O pole position esperava quebrar o jejum de dois anos sem vitória, mas acabou sendo mais um que foi ao chão.

Sasaki voltou à liderança da corrida, mas era muito pressionado pelo Izan Guevara e com Dennis Foggia em 3º. Jaume Masia passou Sergio Garcia e começava a chegar na turma da frente para entrar na luta pela vitória. Enquanto isso, Sergio Garcia estava mais para o pelotão liderado por John McPhee e Diogo Moreira que lutavam pela 6ªposição.

Guevara chegou a perder a segunda posição para Dennis Foggia, mas logo em seguida acabou dando o troco e recuperando a posição. Jaume Maria chegou no primeiro pelotão na 9ªvolta. Em contrapartida Sergio Garcia estava no 2ºpelotão com Moreira e McPhee, com a obrigação de pelo menos segurar a 5ªposição para não ter mais prejuízos de pontuação no campeonato.

Na 10ªVolta, Izan Guevara recupera a liderança ao superar Ayumu Sasaki. Na mesma volta, Lorenzo Fellon acaba indo para o chão. Na volta seguinte, Sasaki recupera a liderança após um erro de Izan Guevara. Foggia e Masia estavam só de olho nessa briga, esperando o momento certo para entrarem de vez na disputa.

No final da 13ªvolta, Jaume Masia supera Dennis Foggia e passa a 3ªposição. Na volta 14, Diogo Moreira ganha a 5ªposição de Sergio Garcia. Na volta 15, Garcia consegue recuperar a posição sobre o piloto brasileiro.

A 5 voltas do final, Izan Guevara supera Ayumu Sasaki, recuperando a liderança da prova. Na volta seguinte (17ªvolta) Sasaki foi superado por Masia e Foggia caindo para o 4ºlugar.

No final da 17ªvolta, um acidente grave com Jaume Masia o tira da corrida e tira qualquer possibilidade de campeonato. Guevara, Foggia e Sasaki estavam com seus lugares no pódio garantidos. No segundo pelotão, Garcia tentava manter o 4ºlugar sobre Muñoz, McPhee e Diogo Moreira que ficou um pouco para trás.

Izan Guevara manteve uma vantagem pequena, mas o bastante para conquistar a vitória no GP do Japão. Fundamental para abrir vantagem de 45 pontos de frente para Sergio Garcia e para dar um passo decisivo para conquistar o título da Moto 3.

Dennis Foggia fez uma bela corrida e acabou com a segunda posição, mas sua posição em relação ao título agora é muito mais difícil para o piloto italiano do que para Sergio Garcia que já se ver em situação difícil. Ayumu Sasaki ficou na 3ªposição e levou a bandeira do Japão para o pódio. Uma bela corrida do piloto da Husqvarna que chegou a liderar a corrida por algumas voltas.

Sergio Garcia conseguiu se segurar na 4ªposição, mas agora esta longe de Guevara e precisa fazer algo de espetacular para voltar à briga pelo título. Além disso, tem de torcer por tropeço do próprio Guevara para voltar e ter boas chances de título. David Muñoz terminou na 5ªposição em mais uma bela corrida com sua modesta equipe Boe.

Diogo Moreira partiu da 17ªposição e acabou conquistando uma importante 6ªposição após uma bela corrida de recuperação. O brasileiro chegou a lutar pelo 4ºlugar com Sergio Garcia. No final da corrida, Moreira superou o Escocês John McPhee que chegou a flertar com a 4ªposição, mas acabou o dia na 7ªposição.

Ryusei Yamanaka da MT Helmets, Andrea Migno da Snipers e Ricciardo Rossi da SIC58 completaram os 10 primeiros colocados. O Japonês Taiyo Furusato conquistou seus dois primeiros pontos com a 14ªposição.

Resultado Final da 16ªetapa do Mundial de Motovelocidade – Temporada 2022
GP do Japão – Motegi – 20 Voltas – Moto 3

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 28 Izan Guevara Autosolar GASGAS Aspar Team GASGAS 39’26.5260
2 7 Dennis Foggia Leopard Racing Honda a 0.593
3 71 Ayumu Sasaki Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna a 1.741
4 11 Sergio Garcia Autosolar GASGAS Aspar Team GASGAS a 9.338
5 44 David Muñoz BOE Motorsports KTM a 9.414
6 10 Diogo Moreira MT Helmets – MSI KTM a 9.743
7 17 John McPhee Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna a 9.815
8 6 Ryusei Yamanaka MT Helmets – MSI KTM a 15.490
9 16 Andrea Migno Rivacold Snipers Team Honda a 15.573
10 54 Riccardo Rossi SIC58 Squadra Corse Honda a 15.687
11 43 Xavier Artigas CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO a 22.023
12 82 Stefano Nepa Angeluss MTA Team KTM a 22.656
13 48 Ivan Ortola Angeluss MTA Team KTM a 22.914
14 72 Taiyo Furusato Honda Team Asia Honda a 24.419
15 53 Deniz Öncü Red Bull KTM Tech3 KTM a 30.368
16 23 Elia Bartolini QJMotor Avintia Racing Team KTM a 45.070
17 64 Mario Suryo Aji Honda Team Asia Honda a 45.199
18 31 Adrian Fernandez Red Bull KTM Tech3 KTM a 48.531
19 22 Ana Carrasco BOE Motorsports KTM a 53.259
20 19 Scott Ogden VisionTrack Racing Team Honda a 1:06.056
21 27 Kaito Toba CIP Green Power KTM a 3 voltas
5 Jaume Masia Red Bull KTM Ajo KTM a 4 voltas – Acidente
20 Lorenzo Fellon SIC58 Squadra Corse Honda a 11 voltas – Acidente
9 Nicola Carraro QJMotor Avintia Racing Team KTM a 14 voltas – Acidente
24 Tatsuki Suzuki Leopard Racing Honda a 16 voltas – Acidente
34 Kanta Hamada Rivacold Snipers Team Honda a 17 voltas – Acidente
96 Daniel Holgado Red Bull KTM Ajo KTM a 17 voltas – Acidente
99 Carlos Tatay CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO a 20 voltas – Acidente
66 Joel Kelso CIP Green Power KTM a 20 voltas – Acidente
70 Joshua Whatley VisionTrack Racing Team Honda a 20 voltas – Acidente

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe um comentário