GP da Alemanha – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto GP – 8ªetapa

A consagração e a retomada de Marc Marquez, o formiga atômica venceu a etapa em Saschering e manteve a sua hegemonia no circuito alemão.

Classificação do Sábado começou com a repescagem, envolvendo os dois pilotos da Suzuki, e 3 pilotos da Yamaha, o que era preocupante para a fábrica, que só tinha Fabio Quartararo Garantido no Q2. 9 pilotos entram na pista, isso segundos depois do tempo começar a correr, Rossi e Viñales partiram 1 minuto depois. Rins foi o último a sair dos boxes;

Nessa primeira volta, Rins mostrou seu potencial ao fazer 1:20.844 e assumir a ponta a 11 minutos do final da sessão.  Mir tentou por duas vez passar para a zona de classificação. Na segunda , o campeão chega a marcar o segundo tempo, mas logo é superado por Pol Espargaró e Brad Binder, que o jogam para a 4ªposição. O piloto da Honda assumiu a segunda posição, a 7 milésimos de Rins.

Na volta seguinte, Rins melhora em alguns milésimos seu tempo e se consolida na primeira posição com 1:20.784, enquanto isso, nem Morbidelli e nem mesmo Viñales conseguia chegar perto da disputa dos primeiros lugares. Rins e Pol Espargaró estavam se classificando para o Q2 a 7 minutos do final. O italiano Lorenzo Savadori acabou indo ao chão no começo da segunda tentativa de volta rápida, não era nada fácil para quem via Aleix Espargaró passando para o Q2 diretamente.

Joan Mir foi com tudo para entrar no Q2. Seu esforço foi recompensado, o campeão do mundo marcou o segundo tempo com 1:20.843, apenas 8 milésimos a frente de Pol Espargaró. A 5 minutos do final do Q1, nada estava decidido, e os outros pilotos foram para a pista.

O espanhol Pol Espargaró superou os pilotos da Suzuki e assumiu a liderança (1:20.700) a 3 minutos e 25 segundos do final. Luca Marini marcou um bom 4ºtempo, seguido de Brad Binder que tentava melhorar sua marca, mas sem sucesso.

A 2 minutos do final, Rins melhora seu tempo e garante seu lugar no Q2. Rossi também melhorou seu tempo e conseguiu melhorar para a 5ªposição.

No final, Alex Rins e Pol Espargaró ficaram com as duas vagas, Brad Binder não conseguiu melhorar nada e Franco Morbidelli acabou indo para o chão, a bandeira amarela na curva 13 atrapalhou os planos dos outros pilotos de melhorarem suas marcas. Joan Mir, o campeão do Mundo do ano passado despencou para a 7ªposição e só largaria na 17ªposição.

Resultado do Q1:

pospilotoEquipeMotoTempo
142Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’20.644
244Pol EspargaróRepsol Honda TeamHonda1’20.700
333Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’20.736
410Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’20.864
523Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’20.953
646Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’20.972
736Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’21.014
821Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’21.091
99Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’21.137
1027Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’21.154
1112Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’21.165
1232Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’21.411

Assim que o cronometro foi disparado, todos os pilotos foram para a pista de cara, com exceção dos franceses Quartararo e Zarco que entraram na pista 1 minuto depois e de Pol Espargaró que não foi para a pista nesse primeiro momento.

Todos estavam buscando destronar Marquez, que vence desde 2010 na pista. (Em 2020 a corrida não aconteceu devido a crise da Covid-19) Na primeira volta, Marc Marquez foi o mais rápido, seguido de Fabio Quartararo da Yamaha e Aleix Espargaró da Aprilla, a 11 minutos do final, porém, o líder do campeonato teve sua volta cancelada. Quem marcou uma ótima volta e subiu para a 2ªposição foi Jorge Martin da Pramac, dando mostras de esta mais recuperado do acidente que o afastou por algumas corridas.

A 9 minutos e 40 segundos do final, Quartararo vai para a nova tentativa e passa para a ponta, marcando 1:20.437, deixando Marquez e Martin para 2ª e 3ªposições. Takaagi Nakagami passou da 8ª para a 5ªposição em uma boa volta.

Na metade da sessão: Quartararo, Marquez e Martin formavam a primeira fila, uma Honda, uma Yamaha e uma Ducati. Seguidos de Aleix, Nakagami, Bagnaia, Oliveira, Miller, Zarco, Rins, Alex Marquez e Pol.

Jack Miller continua na pista e precisava de um tempo melhor para brigar pela pole position, mas quem realmente melhora é Francesco Bagnaia a 5 minutos do fim, marcando o segundo tempo com 1:20.508, se aproximando de Quartararo.

Visto que sua pole estava sob perigo, Fabio Quartararo partiu para a volta rápida, a 2:15 do final, o líder do campeonato marcou 1:20.247 e poderia ter consolidado a pole position… Poderia se não fosse pela grande volta de Johann Zarco, o piloto da Pramac pulou lá de trás para a pole position, 11 milésimos mais rápido que Quartararo.

A 1:45 do final, Zarco vai ao chão na curva 5, agora, o piloto da Pramac teria de torcer para ninguém melhorar sua marca. Ao final da sessão, Nakagami também foi para o chão e Aleix Espargaró da Aprilla e Jack Miller da Ducati passaram Marquez e assumiram 3ª e 4ªposições.

Zarco manteve a posição e conquistou a pole para a prova do domingo, desde de 2013 ninguém a não ser Mac Marquez largava na primeira posição, dessa vez, Zarco iria pontilhar o grid de largada ao conquistar sua 9ªpole da carreira na MotoGP. Fabio Quartararo da Yamaha larga em 2º, acreditava que poderia ser o pole position, mas por outro lado, vendo seus companheiros de equipe Yamaha (Incluindo os pilotos da Petronas), o francês pode se considerar bem no lucro. Aleix Espargaró completa a primeira fila, com expectativas de colocar sua Aprilla em uma ótima posição no domingo.

Marc Marquez vai partir da 5ªposição, como o melhor piloto da Honda no grid, mas se tinha chances de vitória, a chance era nessa corrida. O formiga atômica larga atrás de Jack Miller e a frente do Português Miguel Oliveira, embalado pela vitória na etapa da Catalunha.

Jorge Martin abre a 3ªfila e se mostra recuperado do acidente que o tirou de algumas corridas desse campeonato. Pol Espargaró e Takaagi Nakagami com suas motos da Honda (Um da equipe oficial e outro com a Moto de 2019 da LCR) completam a 3ªfila. Francesco Bagnaia desapontou com a 10ªposição, só ficando a frente de Alex Rins da Suzuki e Alex Marquez da LCR Honda.

Grid de Largada:

pospilotoEquipeMotoTempo
15Johann ZarcoPramac RacingDucati1’20.236
220Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’20.247
341Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’20.447
443Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati1’20.508
593Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’20.567
688Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM1’20.589
789Jorge MartinPramac RacingDucati1’20.617
844Pol EspargaróRepsol Honda TeamHonda1’20.659
930Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’20.810
1063Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati1’20.811
1142Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’20.949
1273Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’21.135
1333Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’20.736
1410Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’20.864
1523Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’20.953
1646Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’20.972
1736Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’21.014
1821Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’21.091
199Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’21.137
2027Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’21.154
2112Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’21.165
2232Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’21.411

No domingo, todos esperavam ver quem iria destronar Marc Marquez em Saschering, agora você vai saber se alguém conseguiu isso ao final das 30 voltas da etapa Alemã do Mundial.

Zarco chegou a largar bem, quando parecia que ele ficaria na frente, o francês foi superado por Aleix Espargaró com sua Aprilla e Marc Marquez com a Honda. Zarco caiu para a 3ªposição, seguido de Quartararo, Miller, Oliveira, Martin, Binder (que ganhou 6 posições na largada), Rins e Pol Espargaró.

No final da volta inicial, Marquez passa para a liderança. Na volta seguinte, Aleix não desiste e chega a retornar a ponta, mas o Formiga Atômica retornou a frente na curva 14. Ao mesmo tempo, Miller superou Quartararo subindo para a 4ªposição. Joan Mir que largou em 17º vinha em 12º, com a melhor volta da prova.

Na 4ªVolta, Aleix, Marquez, Zarco e Miller abriram um pouco de vantagem para Quartararo que perderia a 5ªposição para Miguel Oliveira, que tinha o melhor ritmo de corrida. No começo da 5ªVolta, Alex Marquez e Danilo Petrucci foram para o chão na curva 1. Na curva 10, foi a vez de Lorenzo Savadori ir para o chão e abandonar a prova. Morbidelli e Viñales vinham nas últimas posições, muito ruim o final de semana de ambos.

Marc Marquez abriu uma pequena vantagem para Aleix Espargaró, o piloto da Aprilla já sofria pressão de Zarco, Miller, Oliveira e dos demais pilotos.  Miller passou Zarco na entrada da 8ªVolta, uma volta depois passou Aleix Espargaró e assumiu a segunda posição. Junto dele, Miguel Oliveira também passou o piloto da Aprilla e assumir a 3ªposição.

No final da 11ªVolta, Miguel Oliveira supera Jack Miller e assume a 2ªposição. Enquanto isso, Johann Zarco e Brad Binder disputavam a 6ªposição. Logo atrás vinha Joan Mir, em boa corrida de recuperação com sua Suzuki (na 8ªposição).

Enquanto isso, Marquez tentava manter a sua vantagem para Miguel Oliveira, o piloto da KTM vinha com melhor rendimento, mas o piloto da Honda fazia de tudo para manter a vantagem de 2 segundos sobre o piloto Português. Miller, Aleix e Quartararo disputavam o 3ºlugar, Zarco e Binder brigavam pela 6ªposição. O gueopardo sul-africano chegou a passar o francês da Pramac que deu o troco de imediato. Lá Atrás, Rossi vinha em 14º, seguido de Iker Lecuona. Os últimos colocados eram Luca Marini, Enea Bastianini, Marevick Viñales e Franco Morbidelli. Era lamentável que 3 dos 4 pilotos da Yamaha brigavam pelas últimas posições.

No final da 17ªVolta, Quartararo supera Aleix Espargaró e sobe para 4ªposição, na volta seguinte, Binder supera de vez Zarco e assume a 6ªposição. No final da 20ªVolta, o líder do campeonato, Fabio Quartararo superou Jack Miller e subiu para a 3ªposição. Era uma prova de cabeça do piloto da Yamaha, visando continuar na liderança do mundial.

Na 23ªVolta (A menos de 8 voltas do final) Binder supera Aleix Espargaró, apesar dos esforços do piloto da Aprilla, o sul-africano sobe para a 5ªposição.

A 5 voltas do final, Miguel Oliveira se aproxima perigosamente de Marc Marquez, chegando a ficar a menos de um segundo do Formiga Atômica. Marquez precisava reagir para não perder a vitória que estava bem perto das suas mãos, Nas últimas volta, o Formiga atômica consegue abrir vantagem para o piloto da KTM. Enquanto isso acontecia, Brad Binder passou Jack Miller e passou a 4ªposição.

Marc Marquez acabou com o jejum de 581 dias sem vitória. Essa era uma vitória importante para o piloto espanhol, mostra definitivamente sua volta ao Mundial de Motovelocidade, a manutenção de seu domínio, com a 11ªvitória seguida (Contando as vitórias nas 125cc e Moto 2) e a 8ªVitória em 8 GPs disputados na categoria principal.

Miguel Oliveira leva a KTM a 2ªposição, um grande resultado e que dá mostras da KTM esta chegando cada vez mais na briga por vitórias e pelo título. Porém, Fabio Quartararo terminou o dia com a 3ªposição, mais uma vez no pódio (O Único a pontuar em todas as provas da MotoGP). E mantem a liderança do campeonato, agora de forma mais tranquila, com 22 pontos de frente para Johann Zarco (que ficou apenas na 8ªposição).

Brad Binder que largou da 13ªposição, chegou ao final da prova na 4ªposição, após uma bela corrida de recuperação. Jack Miller acabou sendo superado pelo companheiro de equipe Francesco Bagnaia, o italiano evoluiu no decorrer da corrida e acabou ficando na 5ªposição, deixando Miller em uma decepcionante 6ªposição. Mais decepcionante foi para Aleix Espargaró ficar em 7ºlugar, mais uma vez limitado pela sua Aprilla que ainda esta longe de ser competitiva.

Johann Zarco esperava bem mais, principalmente depois da pole position no sábado, mas na corrida não obteve desempenho o bastante para ficar nas primeiras posições, o francês teve de se contentar com a 8ªposição. Joan Mir teve uma corrida de recuperação boa, mas o campeão do ano passado não passou da 9ªposição. A Suzuki precisa evoluir sua moto ou Mir não terá qualquer chance de brigar por vitórias e muito menos pelo título de 2021. Pol Espargaró completava os 10 primeiros colocados.

Alex Rins levou a outra moto da Suzuki até a 11ªposição, ficando a frente de Jorge Martin da Pramac, ainda longe do seu desempenho no começo da temporada. Takaagi Nakagami salvou o dia para a LCR Honda, mas não passou da 13ªposição. Valentino Rossi teve um dia ruim, mas diferente de Viñales e Morbidelli acabou salvando pontos com a 14ªposição. Luca Marini completou a zona de pontuação. Franco Morbidelli e Marevick Viñales fizeram feio no treino e na corrida, com certeza eles querem é esquecer esse final de semana.

Resultado final do GP da Alemanha
Saschering – Moto GP – 30 Voltas

pospilotoEquipeMotoTempo
193Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda41’07.243
288Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTMa 1.610
320Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 6.772
433Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 7.922
563Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucatia 8.591
643Jack MillerDucati Lenovo TeamDucatia 9.086
741Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniApriliaa 9.371
85Johann ZarcoPramac RacingDucatia 11.439
936Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 11.625
1044Pol EspargaroRepsol Honda TeamHondaa 14.769
1142Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 16.803
1289Jorge MartinPramac RacingDucatia 16.915
1330Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 19.217
1446Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamahaa 22.300
1510Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucatia 23.615
1623Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucatia 23.738
1727Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTMa 23.946
1821Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 24.414
1912Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 24.715
32Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniApriliaa 25 voltas
9Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTMa 26 voltas
73Alex MarquezLCR Honda CASTROLHondaa 26 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da França – Mundial de Motovelocidade 2021 – Classificação

Chuva na primeira parte da classificação, Os dois pilotos da Suzuki e o líder do campeonato Francesco Bagnaia eram os favoritos para passarem ao Q2.

Só que a imprevisibilidade do tempo mudou tudo isso. Mir começou a sessão na frente, em suas duas primeiras voltas foi o mais rápido e parecia sobrar na turma, Alex Rins marcou o segundo tempo em ambas as voltas, mas já vinha a mais de 3 décimos para o companheiro de equipe, seguido dos dois pilotos da Tech 3, com Lecuona em 3º e Petrucci em 4º.

Na metade da sessão, Aleix Espargaró aparece e sobe para 3ª, seguido de Alex Marquez que fez uma boa volta e superou Lecuona que recuou de 3º para 5º. O líder do campeonato vinha mal, na 7ªposição.

Até aquele momento, nada de anormal entre os classificados, mas foi a partir dai que tudo começou a mudar, com o ótimo tempo de Aleix Espargaró (1:44.720) a 5:40 do final passou para a ponta. Mir perdeu a volta e acabou perdendo posição para Danilo Petrucci. A 3 minutos do final, nenhum dos dois pilotos da Suzuki estava classificados, nem mesmo Bagnaia estava, nem perto de chegar a classificação.

No final, Mir fez de tudo para se colocar no Q2, até conseguiu fazer o segundo tempo, mas foi superado e acabou eliminado. Rins e Bagnaia também não conseguiram nada e ficaram longe da classificação ao Q2.

Por incrível que pareça, o 1ºcolocado foi o italiano Lorenzo Savadori da Aprilla, o estreante sobrou e acabou em condições críticas fazendo o melhor tempo com sobras, a 8 décimos a frente de Luca Marini da Avintia. Ninguém imaginaria que os dois desbancariam os favoritos da repescagem, mas os dois contra os prognósticos conseguiram esse feito.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
132Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’42.550
210Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’43.352
341Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’43.418
436Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’43.422
542Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’43.523
663Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati1’43.530
79Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’43.857
827Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’44.324
973Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’45.146
1053Tito RabatPramac RacingDucati1’45.590
1133Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’45.911
1223Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’46.123

O Q2, começa com vários pilotos indo para a pista com os pneus de chuva. Já a Petronas mandou seus dois pilotos com os pneus de pista seca, Takaagi Nakagami e Lorenzo Savadori não foram para a pista, ficaram esperando o que iria acontecer.

Logo se percebeu que a pista já estava seca, já dava para usar os pneus de pista seca. Morbidelli e Rossi tinham se beneficiado pela escolha de pneus da equipe. Porém, Zarco fez a volta mais rápida a 10:50 do final da sessão, com 1:39.715, ainda longe da melhor marca do final de semana. Rossi e Morbidelli vinham na 2ª e 3ºªposições.

Em nova volta, Rossi vinha rápido, mas escapa na curva que levava a reta dos boxes. Quem não bobeou foi Jack Miller, com um tempo bem superior aos primeiros tempos passou para a 1ªposição com 1:35.472. Logo depois, Pol Espargaró marcou o segundo tempo, Quartararo o 3º, Nakagami o 4º e Marc Marquez o 5º tempo a 6 minutos do final do Q2.

A 5 minutos do final, Pol Espargaró sobe para a ponta, entrando na casa do 1 minuto e 33 segundos (1:33.150) e levando a Honda para uma possível pole position. Tudo ficaria melhor para a Honda a 3 minutos do final, quando Marc Marquez fez 1:33.037 assumindo a ponta com Nakagami em 2º, colocando a primeira fila com 3 Hondas no comando.

Parecia que Marquez voltaria a ser o pole, mas no final a pista melhora e os tempos baixaram. Melhor para Fabio Quartararo que foi o último a fazer o tempo, com a melhor pista e com o melhor traçado possível o francês leva a pole position com a marca e 1:32.600.

O que poderia terminar numa trinca da Honda acabou sendo uma dobradinha da Yamaha. O Espanhol Marevick Viñales vai largar na segunda posição. Jack Miller com sua Ducati completa a primeira fila e fora o domínio das Yamaha, já que o australiano superou Franco Morbidelli da Petronas acabou ficando na 4ªposição.

Johann Zarco também teve uma boa participação no Q2, terminando o dia na 5ªposição. Marc Marquez fecha a 2ªfila, mais importante é que esta recuperando seu ritmo a cada prova que passa.

Takaaki Nakagami abre a 3ªfila com sua Honda LCR na 7ªposição, ficando na frente de Pol Espargaró da Honda Repsol e de Valentino Rossi da Petronas. Completando os 12 primeiros colocados ficaram Miguel Oliveira da KTM, Lorenzo Savadori da Aprilla e Luca Marini da Avintia. A 5ªetapa do Mundial de Motovelocidade MotoGP vai acontecer as 9 da manhã. A Moto 3 terá sua largada as 6 da manhã e a Moto 2 larga as 7 e 15 da manhã.

Grid de largada:

pospilotoequipemototempo
120Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’32.600
212Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’32.681
343Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati1’32.704
421Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’32.766
55Johann ZarcoPramac RacingDucati1’32.877
693Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’33.037
730Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’33.120
844Pol EspargaróRepsol Honda TeamHonda1’33.150
946Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’33.391
1088Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM1’33.867
1132Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’34.258
1210Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’34.265
1341Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’43.418
1436Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’43.422
1542Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’43.523
1663Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati1’43.530
179Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’43.857
1827Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’44.324
1973Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’45.146
2053Tito RabatPramac RacingDucati1’45.590
2133Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’45.911
2223Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’46.123

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da França – Mundial de Motovelocidade 2021 – Treinos Livres

MotoGP chegou a França com uma notícia em relação ao seu calendário, o GP da Finlândia acabou sendo cancelado e a Áustria vai substituir essa corrida com o GP da Estiria. Será o segundo ano seguido da nomenclatura no Mundial de Motovelocidade e receberá a prova no dia 8 de Agosto, 1 semana antes do GP da Áustria.

Em relação ao calendário do Mundial, as etapas da Argentina e nos Estados Unidos continuam ainda sob judice, elas foram adiadas devido a pandemia da Covid-19. O GP da Indonésia esta colocado como um GP reserva, o circuito de rua de Mandalika precisa ainda ser homologado pela FIM para receber um corrida do Mundial de Motovelocidade.

Quanto aos treinos livres, o melhor piloto do dia na categoria principal foi o francês Johann Zarco da Pramac Racing, seguidos por Fabio Quartararo e Marevick Viñales, ambos os pilotos oficiais da equipe Yamaha. Os franceses estão ansiosos por uma vitória e um dos seus dois pilotos. Tanto Zarco como Quartararo tem condições para vencerem em Le Mans no domingo.

Pol Espargaró colocou a melhor moto da Honda na 2ªSessão, ficando em 4ºlugar, enquanto que Marc Marquez ficou na 8ªposição. Na Petronas, Franco Morbidelli terminou o dia em 5º e também colocou 4 posições de frente para Valentino Rossi. O doutor gera expectativa com relação a sua aposentadoria ou não na MotoGP.

Miguel Oliveira levou a KTM nas costas e se colocou na 6ªposição, na frente do vencedor da etapa passada, Jack Miller da Ducati. Se a classificação para o Q2 fosse hoje, Alex Rins, Francesco Bagnaia e Joan Mir estariam de fora da zona de classificação, tendo que disputar a repescagem no Q1. Os três ficaram atrás o Japonês Takaagi Nakagami da LCR Honda.

Na Moto 2, Aron Canet foi o mais rápido na primeira sessão, mas como a pista estava molhadas os melhores tempos ficaram na segunda sessão. Nela, os pilotos da Marc VDS e da Ajo se sobressaíram sobre os demais pilotos. Sam Lowes foi o mais rápido do dia, com Raúl Fernández da Ajo em 2º, Augusto Fernandez da Marc VDS em 3º e Remy Gardner na 4ªposição com a Ajo. Os 4 separados por 333 milésimos de segundo.

Nicolò Bulega surpreendeu com a moto da Gresini ao ficar na 5ªposição. Vierge, Canet, Di Giannantonio, Bezzecchi, Bendsneyder, Schrotter, Manzi, Navarro e Garzo estariam classificados para o Q2.

Na Moto 3 o mais rápido do dia foi Gabriel Rodrigo da Gresini. A Honda precisa reagir, até porque somente pilotos da KTM, ou melhor, todas as vitórias na categoria ficaram com os pilotos da equipe Ajo, uma com Masia e outras três com Pedro Acosta, a maior revelação dos últimos anos no Mundial. Amanhã, as 7:15 da manhã, teremos a classificação para o Grid de Largada do GP da França, a 5ªEtapa do Mundial de Motovelocidade.

Resultado dos Treinos Livres
Moto GP

1ºTreino Livre

pospilotoequipemototempo
143Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati1’38.007
25Johann ZarcoPramac RacingDucati1’39.488
336Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.069
444Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’40.115
593Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’40.121
632Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.244
763Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati1’40.256
888Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM1’40.582
942Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.679
1041Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniAprilia1’41.029
1173Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’41.258
1212Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’41.299
1321Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’41.423
1446Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’41.524
1530Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’41.576
1620Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’41.641
1727Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’42.500
1833Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’42.899
199Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’43.045
2010Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’43.262
2153Tito RabatPramac RacingDucati1’43.469
2223Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’43.644

2ºTreino Livre

pospilotoequipemototempo
15Johann ZarcoPramac RacingDucati1’31.747
220Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’31.842
312Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’32.136
444Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’32.137
521Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’32.279
688Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM1’32.296
743Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati1’32.361
893Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’32.632
946Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’32.669
1030Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’32.711
1142Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’32.762
1263Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati1’32.800
1336Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’32.908
1441Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniAprilia1’32.946
1527Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’33.040
1633Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’33.117
1773Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’33.204
1853Tito RabatPramac RacingDucati1’33.361
1923Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’33.536
2032Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’33.985
2110Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’34.147
229Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’34.520

Moto 2

1ºTreino Livre

pospilotoequipemototempo
144Arón CanetInde Aspar TeamBoscoscuro1’37.535
262Stefano ManziFlexbox HP40Kalex1’37.643
322Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalex1’37.678
421Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’37.812
537Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalex1’37.915
697Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’38.230
796Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’38.302
823Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalex1’38.343
987Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalex1’38.381
1055Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS1’38.503
1140Hector GarzoFlexbox HP40Kalex1’38.507
125Yari MontellaMB Conveyors Speed UpBoscoscuro1’38.532
139Jorge NavarroMB Conveyors Speed UpBoscoscuro1’38.542
147Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’38.595
1524Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’38.628
1642Marcos RamirezAmerican RacingKalex1’38.699
1712Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’38.724
1835Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’38.757
1925Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalex1’38.779
2011Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’38.787
2164Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’38.801
2272Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’38.812
236Cameron BeaubierAmerican RacingKalex1’38.884
2479Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’39.000
2570Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS1’39.139
2675Albert ArenasInde Aspar TeamBoscoscuro1’39.234
2714Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex1’39.666
2819Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’39.679
2916Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalex1’39.767
3013Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex1’40.574
3110Tommaso MarconMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’41.307

2ºTreino Livre

pospilotoequipemototempo
122Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalex1’36.307
225Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalex1’36.382
337Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalex1’36.605
487Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalex1’36.640
511Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’36.748
697Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’36.813
744Arón CanetInde Aspar TeamBoscoscuro1’36.864
821Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’36.959
972Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’37.062
1064Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’37.083
1123Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalex1’37.165
1262Stefano ManziFlexbox HP40Kalex1’37.215
139Jorge NavarroMB Conveyors Speed UpBoscoscuro1’37.316
1440Hector GarzoFlexbox HP40Kalex1’37.327
1524Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’37.423
1635Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’37.473
177Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’37.497
1879Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’37.499
1912Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’37.606
2042Marcos RamirezAmerican RacingKalex1’37.640
2155Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS1’37.815
2214Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex1’37.844
236Cameron BeaubierAmerican RacingKalex1’38.055
2475Albert ArenasInde Aspar TeamBoscoscuro1’38.072
2596Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’38.081
2613Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex1’38.326
2719Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’38.335
2816Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalex1’38.458
2970Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS1’38.561
3010Tommaso MarconMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’39.645

Moto 3

1ºTreino Livre

pospilotoequipemototempo
117John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’53.294
237Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’53.857
311Sergio GarcíaGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS1’53.890
42Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’53.933
524Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’54.119
619Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’54.219
731Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’54.250
812Filip SalačRivacold Snipers TeamHonda1’54.252
916Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda1’54.332
105Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM1’54.474
1143Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’54.530
1223Niccolo AntonelliAvintia Esponsorama Moto3KTM1’54.621
1354Riccardo RossiBOE OwlrideKTM1’54.737
1492Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’54.761
1540Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHonda1’54.831
1655Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’55.288
1750Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’55.810
1828Izan GuevaraGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS1’55.946
1982Stefano NepaBOE OwlrideKTM1’56.017
207Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’56.040
2171Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’56.054
2273Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’56.138
2399Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’56.256
2427Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’56.263
2520Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’56.334
266Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’56.342
2753Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’57.086
2832Takuma MatsuyamaHonda Team AsiaHonda1’58.547
2952Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda2’01.427

2ºTreino Livre

pospilotoequipemototempo
12Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’42.150
240Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHonda1’42.276
35Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM1’42.331
423Niccolo AntonelliAvintia Esponsorama Moto3KTM1’42.487
553Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’42.510
616Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda1’42.538
755Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’42.553
86Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’42.606
982Stefano NepaBOE OwlrideKTM1’42.650
1071Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’42.755
1150Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’42.773
1217John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’42.890
1354Riccardo RossiBOE OwlrideKTM1’42.892
1411Sergio GarcíaGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS1’42.915
1599Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’43.036
1612Filip SalačRivacold Snipers TeamHonda1’43.136
1773Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’43.181
1837Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’43.229
1952Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’43.233
2028Izan GuevaraGaviota GASGAS Aspar TeamGASGAS1’43.247
217Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’43.249
2227Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’43.280
2392Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’43.321
2424Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’43.490
2543Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’43.613
2632Takuma MatsuyamaHonda Team AsiaHonda1’44.032
2731Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’44.079
2819Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’44.234
2920Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’44.758

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da Espanha – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto GP – 4ªetapa

O roteiro parecia esta toda escrita para mais uma vitória para Fabio Quartararo, mas não foi isso que aconteceu. Com problemas físicos o francês perdeu rendimento e permitiu que o Australiano Jack Miller conquistasse a sua segunda vitória da carreira e ara a dobradinha da Ducati. Francesco Bagnaia e Franco Morbidell completaram o pódio.

Quartararo não largou bem e Miller assumiu a liderança, seguido de Morbidelli, Bagnaia, Quartararo, Aleix Espargaró e Nakagami. A corrida acabou cedo para Alex Marquez, na 8ªcurva após uma queda. Na segunda volta, foi à vez de Brad Binder ir para o chão, nesse caso o sul-africano voltou pra corrida.

Lá na frente, Quartararo começava a sua recuperação ao passar Francesco Bagnaia tomando a terceira posição das mãos do piloto da Ducati. Enquanto isso, Takaagi Nakagami perdeu posições para Rins e Mir caindo para 8ºlugar, mas logo Rins acabaria indo para o chão só voltando na última posição.

Quartararo passou Morbidelli e em seguida foi para cima de Miller. A ultrapassagem foi inevitável e o piloto da Yamaha ao completar a 4ªvolta já estava na liderança e passa a abrir vantagem na frente. Joan Mir erra a trajetória na curva 6, mas se segurou e ficou na 7ªposição, a frente de Viñales e atrás de Nakagami da LCR. Enquanto isso, Marquez vinha em 11º, logo a frente estava Pol Espargaró, seu companheiro de equipe.

Aleix Espargaró tentou passar Franco Morbidelli, mas acabou pressionado por Francesco Bagnaia que acaba tomando a posição do piloto da Aprilla a 4ªposição. Aleix passou a ser pressionado por Nakagami. Voltas depois, Bagnaia passou a ameaçar o pódio de Morbidelli. Enquanto isso, Enea Bastianini caiu ao chão e acabou abandonando a primeira corrida na MotoGP, Já Brad Binder repete a dose e cai pela segunda vez, dessa vez acabou abandonando a prova.

Na 15ªVolta, Bagnaia finalmente superou Morbidelli e assume a terceira posição. Quartararo e Miller parecia consolidada nas duas primeiras posições. Até que na mesma volta, o piloto francês com problemas físicos em seu braço começou a perder rendimento e Miller se aproveita disso e assume a ponta na 16ªvolta. A partir dai foi só ladeira abaixo para o piloto da Yamaha.

Logo Quartararo acabou superado por Bagnaia. Depois acabou superado por Morbidelli, Nakagami e Mir. No meio dessa disputa, Aleix acabou superado por Nakagami e Mir caindo para 6ªposição. Quartararo seguiu para o buraco, na 20ªVolta, já estava na 10ªposição. A 3 voltas do final, o piloto francês acaba superado por Oliveira e Bradl caindo para 13ªposição.

Jack Miller disparou na frente e se manteve tranquilo na ponta até a bandeirada. O Australiano conquistou a sua segunda vitória na categoria rainha do Mundial de Motovelocidade, após ter as 3 primeiras corridas muito frustrantes enfim Miller conseguiu usar seu potencial e da sua moto para conquistar o primeiro lugar. Francesco Bagnaia novamente chegou na segunda posição e passou para a liderança do campeonato, com 3 pódios em 4 corridas. Franco Morbidelli da Petronas completou o pódio na 3ªposição e salvou o dia da Yamaha.

Takaagi Nakagami ficou na 4ªposição, com um desempenho muito bom o final de semana inteiro e repetindo o seu melhor resultado na MotoGP. Com sua Suzuki, Joan Mir mais uma vez fez uma corrida regular e chegou na 5ªposição. Outro que repetiu um bom resultado foi Aleix Espargaró levando a Aprilla para a 6ªposição. Os três pilotos a medida do possível fizeram boas corridas.

Marevick Viñales em outro final de semana apagado acabou fechando a prova na 7ªposição, seguido de Johann Zarco da Pramac. Marc Marquez sobreviveu a mais uma corrida, ficando na 9ªposição em um final de semana que ele sofreu um susto, um acidente no 3ºtreino livre quase coloca tudo a perder na recuperação do Formiga Atômica. Pol Espargaró completou os 10 primeiros colocados.

Fabio Quartararo acabou ficando em uma lamentável 13ªposição, devido ao problema físico em seu braço na metade da prova. Miguel Oliveira da KTM e Stefan Bradl da Honda ficaram na frente dele. Os pilotos da Tech 3 fecharam a zona de pontuação, com Danilo Petrucci em 14º e Iker Lecuona em 15º. Valentino Rossi não apareceu em nenhum momento do final de semana e acabou a prova em uma trágica 17ªposição. O piloto de 41 anos precisa repensar seriamente a sua carreira.

Daqui a duas semanas teremos a 5ªetapa do Mundial, no circuito de Le Mans Bugatti será realizada o GP da França do Mundial de Motovelocidade.

Resultado final da 4ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP da Espanha – Jerez de la Fronteira

posPilotoEquipeMotoTempo
143Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati41’05.602
263Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucatia 1.912
321Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 2.516
430Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 3.206
536Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 4.256
641Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 5.164
712Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 5.651
85Johann ZarcoPramac RacingDucatia 7.161
993Marc MarquezRepsol Honda TeamHondaa 10.494
1044Pol EspargaróRepsol Honda TeamHondaa 11.776
1188Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTMa 14.766
126Stefan BradlHonda HRCHondaa 17.243
1320Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 18.907
149Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTMa 20.095
1527Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTMa 20.277
1610Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucatia 20.922
1746Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamahaa 22.731
1853Tito RabatPramac RacingDucatia 30.314
1932Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniApriliaa 37.912
2042Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 38.234
33Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 14 voltas
23Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucatia 14 voltas
73Alex MarquezLCR Honda CASTROLHondaa 25 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Mundial de Motovelocidade -GP de Portugal – 3ªEtapa – MotoGP

A expectativa estava diante de Marc Marquez, depois de 9 meses parado recuperando-se de um grave acidente, o Formiga Atômica estava de volta as pistas e mostrando rapidez, mas ainda em busca do ritmo habitual acabou ficando mesmo na repescagem junto de Joan Mir. Os dois eram os favoritos a passarem para o Q2.

Na sua primeira volta Marquez não foi rápido, mas com totais condições de melhora. Nesse primeiro momento Joan Mir foi o mais rápido com 1:39.917 seguido de Pol Espargaró da Honda. Na volta seguinte, Marquez usa a referência de Mir e passa para a ponta com 1:39.253 e o campeão de 2020 desde para segundo, apesar de melhorar quase meio décimos seu tempo (1:39.399). Alex Marquez (Irmão de Marc Marquez) estava em 3º a 9 minutos do final. Depois disso, todos foram para os boxes, com exceção de Brad Binder que não consegue arranjar nada.

As 6 minutos e meio do final da sessão, Marquez volta à pista praticamente com a vaga garantida. Os outros pilotos não conseguiram remover nem mesmo Mir das vagas no Q2. Quem mais se aproximou foi Alex Marquez em 3º. Seguido de Pol Espargaró, Brad Binder, Enea Bastianini e Valentino Rossi que teve mais uma classificação bem complicada.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemotoTempo
193 Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’39.253
236 Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.302
373 Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’39.530
444 Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’39.710
533 Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.776
623 Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’39.855
746 Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.943
89 Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’40.202
927 Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’40.408
1032 Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.444
1130 Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaSem Tempo

Aos poucos, 11 dos 12 pilotos foram para a pista. Apenas Marc Marquez ficou nos boxes, o que prova que o Formiga Atômica ainda não estava em plena forma. Primeiro a entrar na pista, o português Miguel Oliveira fez 1:40.517, um tempo fraco para o piloto da KTM que foi superado por Aleix Espargaró com 1:39.452. O principal piloto da Aprilla só foi superado por Fabio Quartararo da Yamaha Oficial, com 1:39.028 assume a ponta da sessão. Zarco e Viñales vinham logo atrás de Aleix em 3º e 4ºlugares respectivamente.

A 9 minutos e 30 segundos do final, Mir mostra a suas armas e passa para segundo, mas depois é superado por Franco Morbidelli da Petronas. Francesco Bagnaia fez uma bela volta, mas ela acabou anulada por causa de uma bandeira amarela no local, provocada pelo francês Johann Zarco. Viñales também teve sua volta anulada pelo mesmo motivo de Bagnaia.

Ao chegar na metade da sessão, Quartararo e Morbidelli fazem a dobradinha das motos Yamaha em 1º e 2º, seguido de Mir, Aleix Espargaró, Miller, Zarco, Viñales, Marini, Oliveira, Rins, Bagnaia e Marc Marquez que não saiu para a pista. Marquez só entrou na pista a 4 minutos do final, junto de Rins para pegar referência.

Fabio Quartararo foi para consolidar a pole position e marcou 1:38.862, Jack Miller tinha tudo para tomar a pole do piloto francês (Com as 3 melhores parciais), mas a sua última parcial é ruim e Miller acaba fazendo um tempo inferior ao tempo de Quartararo.

No último minuto, Miguel Oliveira acabou indo ao chão na curva 9 enquanto que Zarco fazia uma grande volta e passou a ser o segundo colocado. Francesco Bagnaia consegue a segundos do final uma excelente volta de 1:38.494 para ninguém mais alcançar. Esse tempo daria a pole position, mas a volta acabou cancelada por ter passado em alta velocidade em bandeira amarela, justamente pela queda de Miguel Oliveira e acaba indo da pole para a 11ªposição, um tombo enorme em relação à posição no grid.

Fabio Quartararo recuperou a pole position, sendo que o francês dominou a maior parte da classificação e mesmo se Bagnaia tivesse o tempo validado acabaria largando em boa posição. Alex Rins coloca a Suzuki na primeira fila, na segunda posição para uma moto equilibrada como é a moto japonesa. Johann Zarco leva a única Pramac do grid para a 3ªposição.

A segunda fila é formada pelo Australiano Jack Miller da Ducati, Franco Morbidelli da Petronas e do Formiga Atômica, Marc Marquez sim conseguiu  seu objetivo de largar nas duas primeiras filas, levando a Honda para a 6ªposição.

Na terceira fila largam Aleix Espargaró da Aprilla em um excelente começo de campeonato, Luca Marini da Avintia, passando pelo Q2 direito e se posicionando numa excelente 8ªposição, na frente de Joan Mir com a segunda Suzuki do grid. Miguel Oliveira da KTM, Francesco Bagnaia da Ducati e Marevick Viñales da Yamaha completaram as 4 primeiras filas do grid de largada da categoria rainha.

Grid de Largada:

pospilotoequipemotoTempo
120 Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’38.862
242 Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’38.951
35 Johann ZarcoPramac RacingDucati1’38.991
443 Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati1’39.061
521 Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.103
693 Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’39.121
741 Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniAprilia1’39.169
810 Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’39.386
936 Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.398
1088 Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.445
1163 Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati1’39.482
1212 Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.807
1373 Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’39.530
1444 Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’39.710
1533 Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.776
1623 Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’39.855
1746 Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.943
189 Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’40.202
1927 Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’40.408
2032 Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.444
2130 Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaSem Tempo

A MotoGP ao invés de fechar o dia na programação passou a ser a 2ªcorrida do dia, provavelmente para não competir com a Formula 1.

Na largada da 3ªetapa da categoria rainha, Fabio Quarataro não vai bem e a liderança passa para as mãos de Johann Zarco da equipe Pramac, Alex Rins manteve a segunda posição e Marc Marquez passou a ser o terceiro, a frente de Mir e de Miller. Quartararo caiu para a 6ªposição. No final da 1ªVolta, Mir superou Marquez e assumiu a terceira posição. Os pilotos que mais subiram de posição na largada foi Takaagi Nakagami ganhando 7 posições (da 21ª para a 14ªposição) e Brad Binder que ganhou 6 posições (Pulando da 15ª para a 9ªposição).

Na 2ªVolta, Marquez acabou tocando na traseira de Mir e caiu para a 6ªposição. Os dois pilotos da Suzuki vinham em 2º e 3º, Rins já vinha tentando superar Zarco, mas o que a Suzuki não tinha era potência em seu motor, algo que a Ducati tinha de sobra. Isso dificultava bastante a ultrapassagem de Rins.

No começo da 4ªVolta, Quartararo passa Mir e recupera a 3ªposição e chega em Rins e Zarco. No final da volta, Rins chega a passar Zarco, mas na reta o piloto da Pramac recuperou facilmente a ponta. No começo da 5ªVolta, Rins e Quartararo superaram Zarco e assumiram as duas primeiras posições. O mais importante é que os dois evitaram o troco do piloto da Pramac e se estabeleceram na frente. Enquanto isso, Aleix Espargaró passava a 5ªposição após superar Jack Miller. Pol Espargaró abandonou no final da volta anterior.

Na volta 6, Miller vai ao chão e abandona a prova. O Australiano que era para ser o primeiro piloto da Ducati em um momento complicado. Seu companheiro de equipe Francesco Bagnaia vinha em 7º. Marc Marquez já longe da disputa pelas primeiras posições, vinha em 9ºlugar que mostrava que ainda não estava 100% e que terminar a corrida seria seu objetivo na prova.

Rins chegou a abrir meio segundo de vantagem, mas Quartararo vinha com mais moto e com ritmo melhor de corrida, na 9ªVolta, o piloto da Yamaha ganha à liderança passando Rins na reta. Enquanto isso, Mir passou Zarco e assumiu a terceira posição, deixando Zarco na 4ªposição. Enquanto isso, Alex Marquez, Luca Marini e Valentino Rossi estavam disputando a 10ªposição. Viñales vinha nas últimas posições desde dos primeiros momentos da corrida.

Em 5ºlugar, Franco Morbidelli começa a avançar e chegar ao pelotão da frente, Binder que largou em 15º estava na 6ªposição, seguido de Bagnaia, Aleix Espargaró e Marc Marquez. Na 12ªVolta acontece a ultrapassagem de Francesco Bagnaia em cima de Brad Binder, que conduziu o piloto da Ducati a 6ªposição.

Quartararo e Rins abriram de Mir e Zarco e passaram a duelar pela vitória, os outros dois brigavam pelo lugar no pódio. Na 15ªVolta, Zarco recupera a 3ªposição, Mir começava a sentir um pouco de desgaste nos seus pneus. Na mesma volta, Rossi cai e abandona a corrida.

Na 17ªVolta, Bagnaia supera Morbidelli subindo para a 5ªposição e começando a visar Zarco e Mir em busca do pódio. Enquanto que Rins tentava chegar em Quartararo, mas acaba forçando demais e indo para o chão a 7 voltas do final. Com o abandono do piloto da Suzuki, Quartararo ficou livre da pressão do piloto espanhol e ficou tranquilo na frente e Bagnaia que passou Mir acabou pulando para a terceira posição.

Na 20ªVolta, Zarco foi superado por Bagnaia e perdeu a 2ªposição. Mais que isso, o piloto francês foi ao chão na reta final da volta. Mir volta ao pódio, mas teve na reta final a pressão de Franco Morbidelli.

Fabio Quartararo vence pela segunda vez na temporada e assume a liderança do campeonato Mundial de Motovelocidade com 61 pontos em 3 corridas, um ótimo começo de ano para o piloto da Yamaha que ficou 4.8 segundos a frente de Francesco Bagnaia que fez uma grande corrida de recuperação, da 11ªposição na largada para uma brilhante 2ªposição. O pódio foi completado pelo campeão de 2020 Joan Mir da Suzuki que segurou a 3ªposição por 2 décimos a frente de Franco Morbidelli da Petronas. O ítalo-brasileiro se redimiu de péssimo rendimento na etapa passada.

Brad Binder é outro que fez ótima corrida de recuperação, largando da 15ªposição para chegar até a 5ªposição, foi um belo resultado da KTM, foi seguido pelo espanhol Aleix Espargaró, com uma Aprilla renovada e com outro rendimento, bem melhor do que no ano passado.

Marc Marquez fez um final de semana heroico mesmo sem estar nos 100% da sua forma o Formiga Atômica conquistou uma vitória pessoal na sua carreira, um 7ºlugar que valeu como se fosse uma vitória. Desde do GP de Valência de 2019 Marquez não completa uma corrida. Seu irmão Alex Marquez ficou na 8ªposição, seus primeiros pontos na temporada. Enea Bastianini da Avintia chegou em 9ºlugar, seu melhor resultado na temporada e Takaagi Nakagami completou os 10 primeiros colocados.

Marevick Viñales fez uma prova lamentável, o 11ºlugar foi muito para ele. Luca Marini começou muito bem, mas não segurou o ritmo de corrida até o final e acabou na 12ªposição, seguido de Danilo Petrucci que salvou o dia da Tech 3 em 13º. Lorenzo Savadori da Aprilla e Iker Lecuona da Tech 3 completaram a zona de pontuação.

Resultado final
Mundial de Motovelocidade -GP de Portugal – 3ªEtapa – MotoGP

pospilotoequipemotoTempo
120 Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha41’46.412
263 Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucatia 4.809
336 Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 4.948
421 Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 5.127
533 Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 6.668
641 Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniApriliaa 8.885
793 Marc MarquezRepsol Honda TeamHondaa 13.208
873 Alex MarquezLCR Honda CASTROLHondaa 17.992
923 Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucatia 22.369
1030 Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 23.676
1112 Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 23.761
1210 Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucatia 29.660
139 Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTMa 29.836
1432 Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniApriliaa 38.941
1527 Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTMa 50.642
1688 Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTMa 1 volta
5 Johann ZarcoPramac RacingDucatia 6 voltas
42 Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 7 voltas
46 Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamahaa 11 voltas
43 Jack MillerDucati Lenovo TeamDucatia 20 voltas
44 Pol EspargaroRepsol Honda TeamHondaa 21 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP