Rosberg vence em Interlagos e ganha mais chances na decisão em Abu Dhabi

Nico Rosberg prometeu vencer em Interlagos e a promessa foi cumprida. Em uma corrida muito desgastante para o Alemão, que mesmo com os problemas mais graves de pneus conseguiu suportar a pressão de Lewis Hamilton e quebrou a sequencia de 5 vitórias seguidas do Inglês para levar a 5ªVitória na temporada e levar a decisão do título para Abu Dhabi.

Contrariando a todos a corrida foi de muito sol e muito desgaste, Na largada não tivemos muitas emoções com todo mundo lá na frente mantendo suas posições com Rosberg na frente depois vinham Hamilton, Massa, Bottas, Button e Vettel, Mas o piloto Alemão perdeu duas posições na terceira curva do Circuito, Logo nas primeiras voltas o desgaste dos pneus se mostrou bastante evidente e a previsão da troca de pneus ser nas primeiras voltas se confirmou tanto que o piloto Venezuelano Pastor Maldonado foi para os boxes para fazer a primeira parada nos boxes na 5ª para a 6ªVolta.

Os Lideres da corrida começaram a ir para os boxes, Felipe Massa foi para os boxes logo a seguir e depois foram aos boxes Bottas e Button. Rosberg e Hamilton foram para os boxes logo, Mas acabou Massa sendo punido por que passou o limite de velocidade e pior para a Williams é que o Cinto de segurança de Valtteri Bottas acabou saindo e por isso eles teriam que arrumar isso porque Cinto de Segurança é um item que precisa usar no carro e o cinto afloxado significa perigo para o piloto em caso de acidente.

Com as paradas dos líderes Nico Hulkenberg assumiu a liderança por usar pneus mais duros, Mas foi por pouco tempo, Na 12ªVolta Rosberg passou ao piloto da Force India para assumir a liderança da corrida, Kvyat e Grosjean também adotaram a mesma tática, A Falar que Grosjean foi muito bem em temos de tática levando seus pneus a darem 25 voltas até fazer sua primeira parada nos boxes enquanto isso Vettel na mesma volta foi para os boxes para fazer a segunda parada de troca de pneus, Isso muito se deveu por causa do novo asfalto que deu mais aderência aos pneus e aos pneus mais macios escolhidos pela Pirelli.

Rosberg fez sua parada na volta 25 e dai Hamilton tentou fazer voltas mais rápidas para tomar a liderança da corrida e o Inglês acabou fazendo duas voltas rápidas, Mas na volta 27 Hamilton comete o erro que pode ter custado a corrida para o Inglês, Ele rodou depois de fazer a reta oposta e perdeu muito tempo e dessa forma ele acabou indo aos boxes e voltando para a corrida com novos jogos de pneus mais agora tendo o seu prejuízo em 7 segundos para Rosberg. Já os problemas da Williams Felipe Massa conseguiu resolver indo para os boxes cumprindo a punição de 5 segundos e depois a equipe fez seu trabalho e trocou os pneus de Felipe Massa voltando a prova sem grandes prejuízos, Já para Bottas o prejuízo foi maior ele teve que fazer a parada e esperar que o mecânico da equipe de Grove apertasse o cinto dele, Resultado disso foi uma demora maior para Bottas do que para Massa e dessa Forma Massa ficou mais na frente que nunca do Bottas.

Hamilton foi atrás do prejuízo e começou a tirar os 7 segundos para Rosberg, O Piloto Alemão sofria com os pneus desgastados mais do que o Hamilton, Se destacava na corrida um outro Alemão, Dentro das suas limitações Nico Hulkenberg com a Force India estava em Terceiro lugar e na frente de Felipe Massa até a 37ªVolta quando ele acabou indo para a segunda parada nos boxes e voltou mais atrás na zona intermediária mas com possibilidades de resultado promissor.

Massa foi para a última parada nos boxes e acabou confundindo os boxes, ele vinha parando nos boxes da Mclaren que também estavam de branco nos boxes, Isso fez o piloto Brasileiro perder um tempinho também, Mas ele tinha mais de 10 segundos na frente de Jenson Button que era o seu grande adversário na corrida por um lugar do pódio.

Hamilton já tinha tirado quase toda a vantagem para Rosberg, Os dois foram para a última parada e dai na volta 52 os dois estavam praticamente juntos lutando pela vitória com Rosberg na Frente de Hamilton, Era uma batalha de 19 voltas que tinha o favorito: Lewis Hamilton que tinha vencido a Rosberg nas últimas 5 corridas entre essas vitórias duas ultrapassando ao seu companheiro nas pistas.

Rosberg levou uma vitória fundamental para a decisão nos EAU.

Foi uma luta feroz entre eles pela vitória, Mas Hamilton não conseguiu ter uma chance de passar Rosberg ou então não quis se expor a um perigo de tentar a ultrapassagem e se envolver em uma situação em que tivesse um prejuízo fatal na corrida, Dessa Forma Rosberg conquistou a vitória diminuído o prejuízo para 17 pontos e tendo mais possibilidades de campeonato apesar de depender da Vitória e de Hamilton não chegar em 2ºlugar como chegou hoje. Para o Inglês basta um segundo lugar para conquistar o seu segundo título na carreira.

Felipe Massa teve seu melhor final de semana do ano, apesar das duas atrapalhadas que cometeu acabaram não dando prejuízos suficiente para tirar o 3ºlugar das mãos dele. Foi o 2ºpódio na temporada e em casa, o que eleva muito a moral do piloto Brasileiro no final da temporada. Jenson Button que pode estar a uma corrida do final da carreira fazendo belíssimo final de semana colocando a Mclaren em 4ºlugar e melhorando a pontuação da equipe de Woking. Sebastian Vettel ficou em 5ºlugar, Uma boa participação em Interlagos marcando os 10 pontos da Red Bull que confirma de forma definitiva o vice-campeonato do mundial de construtores.

Logo atrás veio Fernando Alonso que travou um bonito duelo com o seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen que lutou como nunca com sua tática de duas paradas, Mas não conseguiu superar o espanhol que levou sua Ferrari a 6ªposição, Raikkonen ficou com o 7ºlugar a 2 décimos de Nico Hulkenberg que voou baixo no final usando o jogo de pneus mais macios após usar quase a corrida toda com os pneus mais duros, Uma bela corrida do Alemão da Force India.

Kevin Magnussen e Valtteri Bottas completaram a Zona de pontuação, Danill Kvyat acabou por pouco fora dos pontos ficando em 11ºlugar, Pastor Maldonado conseguiu levar a Lotus a uma razoável 12ºposição na frente da Toro Rosso de Vergne, Esteban Gutierrez que esteve na zona de pontuação na corrida por algum tempo acabou apenas em 14ºlugar, Sergio Perez muito apagado na corrida e Adrian Sutil completaram os 16 que terminaram a corrida, Já Roman Grosjean parou a 8 Voltas para o final da corrida.

Resultado final do GP do Brasil de Formula 1:

pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 6 Nico Rosberg  Mercedes AMG Petronas F1 Team F1 W05 Hybrid Mercedes PU106A Hybrid 1:30:02.555
2 44 Lewis Hamilton  Mercedes AMG Petronas F1 Team F1 W05 Hybrid Mercedes PU106A Hybrid a 1.457s
3 19 Felipe Massa  Williams Martini Racing FW36 Mercedes PU106A Hybrid a 41.031s
4 22 Jenson Button  McLaren Mercedes MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid a 48.658s
5 1 Sebastian Vettel  Infiniti Red Bull Racing RB10 Renault Energy F1-2014 a 51.420s
6 14 Fernando Alonso  Scuderia Ferrari F14 T Ferrari 059/3 a 1:01.906s
7 7 Kimi Räikkönen  Scuderia Ferrari F14 T Ferrari 059/3 a 1:03.730s
8 27 Nico Hulkenberg  Sahara Force India F1 Team VJM07 Mercedes PU106A Hybrid a 1:03.934s
9 20 Kevin Magnussen  McLaren Mercedes MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid a 1:10.085s
10 77 Valtteri Bottas  Williams Martini Racing FW36 Mercedes PU106A Hybrid a 1 Volta
11 26 Daniil Kvyat  Scuderia Toro Rosso STR9 Renault Energy F1-2014 a 1 Volta
12 13 Pastor Maldonado  Lotus F1 Team E22 Renault Energy F1-2014 a 1 Volta
13 25 Jean-Eric Vergne  Scuderia Toro Rosso STR9 Renault Energy F1-2014 a 1 Volta
14 21 Esteban Gutierrez  Sauber F1 Team C33 Ferrari 059/3 a 1 Volta
15 11 Sergio Perez  Sahara Force India F1 Team VJM07 Mercedes PU106A Hybrid a 1 Volta
16 99 Adrian Sutil  Sauber F1 Team C33 Ferrari 059/3 a 1 Volta
17 8 Romain Grosjean  Lotus F1 Team E22 Renault Energy F1-2014 a 7 Voltas
x 3 Daniel Ricciardo  Infiniti Red Bull Racing RB10 Renault Energy F1-2014 a 32 Voltas – Quebra de Suspensão

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Williams/Force india/Arquivo Pessoal

Deixe uma resposta