GP de Portugal – 3ªEtapa do Mundial de Formula 1 – 2021

No domingo, tivemos uma bela corrida que se destacou a recuperação de Lewis Hamilton que chegou a estar na terceira posição para vencer a 97ªprova da sua carreira.

Bottas largou muito bem garantindo sua liderança, Com Hamilton e Verstappen mantendo suas posições. A perda foi de Sergio Perez que foi superado pelo espanhol Carlos Sainz jr., Norris acabou passando Ocon e assumiu a 6ªposição. Ao começar a segunda volta, Raikkonen atinge a traseira de Antonio Giovinazzi e acaba passando reto na curva 1 e parando longe do traçado, mas pelos detritos que ficaram na reta dos boxes o Satefy Car acabou entrando para a limpeza da pista.

Foram 5 voltas de Safety car, onde os pilotos tiveram que entrar nos boxes para completar algumas voltas já que a pista estava suja de detritos do carro do Raikkonen. Na 7ªVolta, a corrida recomeçou. Verstappen se aproveita do descuido do Hamilton e assume a segunda posição. Quem pulou muito bem foi Lando Norris, que tinha passado Ocon e na relargada passou Sainz jr. e Perez na mesma volta subindo para a 4ªposição. Sainz levou a pior e caiu para a 6ªposição. Enquanto isso, Russell que tinha conseguido um grande grid acabou perdendo 4 posições, é evidente que a Williams não tem carro bom para a corrida.

Verstappen partiu para cima de Bottas, mas acabou derrapando na curva 13, essa foi a chance de Hamilton reaver a segunda posição na 10ªVolta. A Partir dai, Lewis começou sua perseguição a Valtteri Bottas. Na 12ªVolta, Lewis faz a volta mais rápida, mas seu companheiro de equipe segura bem a liderança.

Na 15ªVolta, Perez consegue superar Norris e assumir a 4ªposição. Quem vinha se recuperando era Daniel Ricciardo, que acabou entrando nas 10 primeiras posições após superar Sebastian Vettel na 18ªVolta, o Australiano é o piloto que mais tinha ganho posições desde da largada.

Na 20ªVolta, Hamilton por fora supera Bottas e assume a liderança e começa a abrir distância na frente, Já Bottas começa a ver Verstappen (que vinha perto dos dois pilotos da Mercedes) no retrovisor. O primeiro a fazer a parada foi Carlos Sainz jr. na 22ªVolta. Na Volta seguinte, Norris, Ocon, Vettel e Giovinazzi foram para a única parada programada para eles. Um pouco mais a frente, Leclerc fez a parada na 26ªvolta.

Lá na frente, Hamilton, Bottas e Verstappen estavam postergando ao máximo a parada nos boxes, assim fez também Perez, Ricciardo, Alonso e Stroll. Enquanto isso, no pelotão intermediário, Esteban Ocon foi pra cima de Gasly e acabou ultrapassando o piloto da Alpha Tauri na 34ªVolta, subindo para a 11ªposição.

Sem consegue passar Bottas, Verstappen para na volta 36, o primeiro a trocar os pneus e volta após uma parada excelente da Red Bull (1.9 segundos para trocar os pneus médios para os Duros), A Mercedes chama Bottas para os boxes, A parada não foi tão rápida, com 3.3 segundos, o finlandês até voltou a frente a Verstappen, mas foi vitima dos pneus frios, uma derrapada de Bottas deu a chance de Verstappen passar para a segunda posição na volta 37.

Hamilton parou na 38ªvolta, a liderança passava a ser de Sergio Perez, 11 segundos à frente. A fama do mexicano de poupar os pneus estava comprovada, que ainda consegue rendimento em mais algumas voltas com os pneus médios. Daniel Ricciardo foi o último a fazer a parada, na 42ªVolta (não contando os fraquíssimos carros da Haas).

Ocon se aproxima de Sainz jr. e acaba tomando a 7ªposição do piloto espanhol. Na 46ªVolta, Perez é atrapalhado por Nikita Mazepin (Que seria punido em 5 segundos pelo incidente). Enquanto isso, Valtteri Bottas vinha impondo um ótimo ritmo de corrida, se aproximando de Max Verstappen a 20 voltas do final.

Fernando Alonso supera Pierre Gasly e entra na zona de pontuação. Na 51ªVolta, Hamilton chega e passa Perez que estava com os pneus desgastados. Só restou ao mexicano ir para os boxes na 52ªVolta e colocar os pneus macios para tentar mudar sua sorte na prova. Antes disso, Alonso supera Ricciardo assumindo a 9ªposição.

Bottas vinha chegando perto para abrir a asa móvel, mas na volta 54, um problema no sensor fez o carro do piloto finlandês perder potência por pelo menos 1 volta e meia, A vantagem de Verstappen subiu para 4.9 segundos, comprometendo a possibilidade de Bottas conquistar a 2ªposição.

A 9 Voltas do final, Alonso supera Sainz jr. subindo para a 8ªposição. O piloto da Ferrari sofria com o desgaste excessivo dos pneus na reta final, pois Daniel Ricciardo e Pierre Gasly vinham com melhor rendimento.

Na volta 64, Bottas faz uma parada extra pra colocar pneus macios na tentativa de ganhar o ponto da melhor volta da prova, Verstappen parou na volta seguinte com o mesmo objetivo.

Lewis Hamilton ficou tranquilo na frente, levando tranquilamente seu carro para mais uma vitória, 97ª da sua carreira na Formula 1  e a liderança do campeonato, 8 pontos a frente de Max Verstappen que acabou o dia na segunda posição, apesar disso, o holandês teve sua melhor volta da prova cancelada por passar do limite da pista na curva 13.

Esse ponto foi herdado por Valtteri Bottas, apesar do frustrante 3ºlugar por alguns detalhes mostrou um desempenho bem melhor do que a prova de Imola. Os 3 primeiros estão bem a frente de Sergio Perez, em 4ºlugar, mas a mais de 35 segundos do vencedor e seria a mais de 25 segundos de Bottas e a 30 segundos de Verstappen. Claro que chevo esta na 3ªcorrida na Red Bull, mas que 30 segundos atrás dos ponteiros não é nada bom para quem foi contratado para marcar mais pontos pela equipe Austríaca e Perez sabe disso e vai trabalhar para essa situação não continuar.

Lando Norris fez mais uma corrida excelente, pela terceira vez foi o melhor da turma e com a 5ªposição, o piloto da Mclaren continua na 3ªposição do Mundial de pilotos. Charles Leclerc após ficar atrás de Sainz jr. na classificação acabou fazendo uma corrida melhor e fechou o dia na 6ªposição. A Ferrari precisa melhorar mais para entrar na briga, pelo menos com a Mclaren pela 3ªposição no Mundial de Construtores.

Esteban Ocon fez um final de semana espetacular com a Alpine, largando na parte da frente e chegando em uma honrosa 7ªposição, Seu companheiro de equipe, Fernando Alonso fez uma bela corrida de recuperação e após um sábado ruim, o Príncipe das Asturias acabou o dia na 8ªposição.

Os dois últimos pontuáveis foram Daniel Ricciardo da Mclaren, que apesar de levar tempo de Norris acabou sendo o piloto que mais ganhou posições na prova inteira chegando na 9ªposição, e Pierree Gasly salvou um ponto para a Alpha Tauri. Já Carlos Sainz jr. sofreu com os pneus e acabou o dia fora dos pontos, em 11º quando poderia ter um ótimo resultado no domingo.

Antonio Giovinazzi teve uma razoável 12ªposição, apesar de um carro melhor, a Alfa Romeo ainda esta zerada no Mundial. Sebastian Vettel teve um final de semana melhor, mas longe dos pontos na 13ºposição, seguido por Lance Stroll a Aston Martin teve um final de semana bem ruim.

Yuki Tsunoda foi mal na corrida, acabou ficando um bom tempo atrás de George Russell da Williams e acabou o dia em uma frustrante 15ªposição. Enquanto isso, Russell 16º, não conseguiu manter posições mais a frente, a Williams esta passos à frente em ritmo de corrida em relação à classificação.

Mick Schumacher conseguiu superar Nicholas Latifi e acabou ficando com a 17ªposição, mas o que mais importa é conseguir superar um carro melhor com um carro tão problemático como é a Haas. Para Latifi, não foi nada bom. Mazepin, pelo menos levou o carro até o final da prova, longe de algo relevante.

Nesse Próximo domingo teremos a 4ªetapa do Mundial de Formula 1, O GP da Espanha no circuito da Catalunha, em Barcelona.

Resultado final do GP de Portugal
3ªetapa do Mundial de Formula 1 – 66 Voltas

posPilotoequipechassismotortempo
144Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:34:31.421
233Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621Ha 29.148s
377Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M12a 33.530s
411Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621Ha 39.735s
54Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M12a 51.369s
616Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/6a 55.781s
731Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20Ba 1:03.749s
814Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20Ba 1:04.808s
93Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M12a 1:15.369s
1010Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621Ha 1:16.463s
1155Carlos Sainz jr.Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/6a 1:18.955s
1299Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/6a 1 volta
135Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M12a 1 volta
1418Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M12a 1 volta
1522Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621Ha 1 volta
1663George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M12a 1 volta
1747Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/6a 2 voltas
186Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M12a 2 voltas
199Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/6a 2 voltas
207Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/6a 65 voltas – Acidente

Melhor volta da prova – Valtteri Bottas Ganhou o ponto da melhor volta da prova

posPilotoequipechassismotortemponº da Volta
177Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:19.86565
211Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:20.64355
333Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:20.69562
444Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:20.93347
514Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:21.03266
616Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:21.49663
74Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:21.69655
831Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:21.88634
918Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:21.97059
103Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:21.98764
1110Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:22.01465
1222Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:22.05861
1399Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:22.16760
1455Carlos SainzScuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:22.32560
155Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:22.41660
1663George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:22.65460
1747Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:22.75561
186Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:23.15560
199Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:23.64164

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Mclaren/Aston Martin/Alpine/Ferrari/Alpha Tauri/Alfa Romeo/Haas/Williams

GP da Emilia Romagna – 2ªEtapa do Mundial de Formula 1 – 2021

Corrida que começou com chuva e terminou com a pista seca, uma interrupção e belos duelos. Tudo que marcou o GP da Emilia Romagna será narrada em texto. Como foi que Verstappen venceu esse GP.

Com chuva, a corrida começou  e na largada, Verstappen tomou a ponta de Hamilton em uma grande largada do piloto da Red Bull. Já Lewis, precisou segurar a segunda posição com uma parte da sua asa levemente danificada (Ao tentar dar o troco em Max). Leclerc passou Perez e assumiu a terceira posição. Detalhe: Leclerc rodou na volta de apresentação, mas não teve prejuízo para sua corrida no começo de prova.

Logo na primeira volta, o primeiro safety car aconteceu. Nicholas Latifi acabou rodando e até conseguiu voltar sem problemas, mas dai Mazepin jogou o canadense para o muro e acabando com uma possível e promissora prova do piloto da Williams.

Verstappen na frente, seguido de Hamilton, Leclerc, Perez, Ricciardo, Gasly, Stroll, Sainz jr., Norris, Bottas, Russell, Raikkonen, Giovinazzi, Tsunoda, Mick Schumacher, Alonso, Vettel, Mazepin e Ocon.

Na 4ªVolta, Mick Schumacher ao aquecer os pneus roda e bate logo após a saída dos boxes. E o mais absurdo de tudo, os boxes estavam fechados e Mick teve de andar por 2 voltas seguidas com a asa dianteira danificada, até que os boxes fossem reabertos.

Relargada na 7ªvolta, Lewis tentou recuperar a ponta, mas Verstappen se manteve firme na frente enquanto que Leclerc se animou e tentou atacar o piloto da Mercedes. Perez acabou perdendo posições no Safety Car e erroneamente passou Ricciardo para recuperar a suposta posição, se deu mal e foi punido com o Stop Go de 10 segundos, eles seriam compridos assim que ele fosse para os boxes.

Gasly estava prejudicado, seus pneus de pista molhada não rendiam uma pista em processo de secagem, graças a essa tática equivocada da Alpha Tauri, Gasly acabou superado por Sainz jr. e depois por Norris, Stroll, Bottas e os demais pilotos. Na volta 17, o francês faz sua parada e coloca os pneus intermediários. Em todo esse meio tempo, Sainz jr. escapou para fora da pista por 2 vezes, mas acabou sem maiores prejuízos.

Lá na frente, em apenas 18 voltas, Max chega no grupo de trás para colocar volta sobre eles, a velocidade de Verstappen e Hamilton era impressionante sobre os demais. Enquanto isso, Lando Norris passou Daniel Ricciardo e passou a ser o 5ºcolocado.

Já lá atrás, Vettel arriscou pneus de pista seca, mas acabou sendo punido e teve de voltar aos boxes. A pista já estava começando a ficar boa o bastante para ser colocados os pneus de pista seca, um trio já estava sendo formado. Na volta 28, Verstappen vai para os boxes e a partir dai, praticamente todo mundo foi fazer sua parada para colocar os pneus de pista seca.

Hamilton passou na volta 29 e voltou logo atrás de Verstappen. Duas voltas depois, Lewis ao tentar se aproximar para atacar Max acabou passando reto na Tossa que o levou para fora da pista. Por um momento se achava que ela o fim para Lewis, mas ele conseguiu voltar à corrida, mas com um enorme prejuízo, quase uma volta sobre o líder da prova.

Na volta 33, Bottas que vivia uma corrida muito complicada acabou atingido por George Russell e sofrendo junto do piloto da Williams um grave acidente. Felizmente não teve nenhum dos pilotos ferido o machucado…

Opinião… Quem foi o culpado? Para mim o lance é normal de corrida, Russell tentou passar Bottas, mas ao pisar na grama molhada acabou rodando e atingindo Bottas. Não tem um culpado nessa história, já que o finlandês estava na trajetória normal, deixando espaço para Russell fazer a ultrapassagem. O agravante da história é que a pista estava seca, mas fora do traçado ainda estava molhado e a grama ainda estava molhada.

Com todo o estrago da pista, nem mesmo o safety car foi o bastante. A Bandeira vermelha foi acionada e a corrida parou na 34ªVolta para os reparos necessários na pista e a retirada dos carros e destroços. Com tudo que aconteceu, os pilotos voltaram a pista após 40 minutos de paralização. A Classificação era a seguinte: Verstappen, Leclerc, Norris, Perez, Sainz jr., Ricciardo, Stroll, Raikkonen, Hamilton, Tsunoda, Giovinazzi, Alonso, Ocon, Gasly, Vettel, Schumacher e Mazepin.

Após arrumarem o grid, os pilotos saíram para 1 volta com safety car. Na 35ªVolta a relargada aconteceu, Norris pula muito bem e ganha a segunda posição das mãos de Leclerc. Tsunoda chegou a passar Hamilton, mas acabou o japonês rodando e perdendo várias posições, só voltando na 13ªposição. Kimi Raikkonen perdeu posições na volta de reapresentação e perdeu posições de Hamilton e Tsunoda.

Norris chega a flertar uma aproximação em Verstappen, mas o holandês tinha mais carro e logo abriu para o piloto da Mclaren que estava com os pneus mais macios. Sergio Perez que vinha em uma bela 4ªposição roda na Variante Villeneuve e acaba caindo para as últimas posições.

Lewis Hamilton vinha em 7º, mas estava com dificuldades para passar Stroll, foram 5 voltas onde o piloto da Aston Martin se defendeu muito bem. Na volta 39, Hamilton conseguiu a ultrapassagem e assumiu a 6ªposição. A próxima vitima era Daniel Ricciardo, enquanto essa briga iria acontecer, Verstappen já tinha colocado quase 4 segundos a frente de Norris que vinha com Leclerc e Sainz jr. um pouco atrás.

Hamilton passou Ricciardo na primeira tentativa e subiu para a 5ªposição. Naquela altura da prova, não seria nada demais ele recuperar a segunda posição, pois ainda faltava 20 voltas para terminar a corrida. Enquanto Hamilton tenta chegar em Sainz jr. Vettel e Perez brigavam pela 12ªposição por muitas voltas, até que Perez conseguiu passar o tetracampeão do mundo na 48ªVolta.

Hamilton chegou em Sainz jr. e a briga entre os 2 durou por 2 voltas. Foi na volta 50 que Lewis superou o piloto da Ferrari e passou para 4ªposição. Quase que de imediato encostou em Leclerc da Ferrari que já vinha a menos de 1 segundo de Norris e por isso ele poderia abrir a Asa dianteira. Isso dificultou muito a missão de Hamilton.

Durante voltas, Leclerc usava a asa móvel e evitou por muitas voltas a ultrapassagem de Hamilton. Porém, no momento que Leclerc não pode usar mais a asa móvel acabou ficando vuneravel e na volta 57, Hamilton passa Leclerc e assumiu a 3ªposição. Só restava ultrapassar Lando Norris para recuperar a segunda posição. Hamilton não teve facilidade com o piloto da Mclaren que lutou muito para permanecer na frente.

Na volta 60, Hamilton finalmente conseguiu essa ultrapassagem e volta para a segunda posição. Era o máximo que dava para Lewis fazer, além da volta mais rápida que estava nas suas mãos.

Max Verstappen conquista a vitória em Imola, em uma atuação irretocável e dominadora na corrida inteira, A primeira do ano o que deixa como o vice-líder do Mundial, 1 ponto atrás de Lewis Hamilton, segundo colocado da prova. A vantagem do piloto da Mercedes é o ponto da volta mais rápida da prova de hoje. Por sinal, uma corrida que poderia acabar bem mal para Lewis, mas a bandeira vermelha ajudou e a recuperação que teve fez da recuperação de Hamilton numa grande recuperação. O pódio foi completado pelo inglês Lando Norris. O segundo pódio do piloto inglês na Formula 1 pela Mclaren, o que torna Lando o 3ºlugar no Mundial de pilotos.

Ótima corrida de Charles Leclerc, apesar do 4ºlugar e de não ter conseguido o pódio, mas acabou andando sempre nas primeiras posições. Carlos Sainz jr. apesar de 2 saídas de pista acabou na 5ªposição. Daniel Ricciardo não conseguiu andar tão rápido quanto Norris, mas conseguiu chegar em uma honrosa 6ªposição, segurando Lance Stroll e Pierre Gasly na reta final de corrida. O piloto da Aston Martin acabou sendo punido em 5 segundos (que ter levado vantagem em uma curva) e com isso o beneficiado foi o piloto da Alpha Tauri que ficou em 7ºlugar enquanto que Stroll ficou em 8ºlugar. Ambos com corridas elogiáveis, Gasly conseguiu se recuperar da péssima escolha de pneus da sua equipe, já Stroll fez uma corrida muito elogiável e resistindo a ataques de pilotos mais rápidos, uma pena a punição, mas uma boa corrida do Canadense.

Kimi Raikkonen chegou em 9º, mas foi punido em 30 segundos e caiu para a 13ªposição e perdendo os primeiros pontos da Alfa Romeo. Já a Alpine conquistou seus primeiros pontos com seus dois pilotos, Ocon ficou em 9º e Alonso na 10º. Os dois seguraram Sergio Perez, os erros foram decisivos para que chevo saísse de Ímola sem ponto na 11ªposição.

Yuki Tsunoda pagou pela inexperiência, a rodada comprometeu suas chances de pontos ficando apenas na 12ªposição. Antonio Giovinazzi acabou tendo de ir para os boxes para retirar uma peça de carro, foi outro piloto que teve seu resultado comprometido, ficou na 14ªposição, a 1 volta atrás.

Sebastian Vettel em outra corrida comprometida, abandonou na última volta, mas acabou classificado na 15ªposição, a frente de Mick Schumacher e Nikita Mazepin da Haas. Os carros da equipe norte-americana são muito ruins mesmo e não dão qualquer chance para seus pilotos desempenharem algo melhor. A terceira etapa do campeonato vai acontecer em Portugal, no circuito de Alvarge no dia 2 de Maio.

Resultado final do GP da Emilia Romagna
2ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2021

pospilotoequipeChassiMotorVoltasTempo
133Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H632:02:34.598
244Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M1263a 22.000s
34Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M1263a 23.702s
416Charles LeclercScuderia Mission Winnow FerrariSF21Ferrari 065/663a 25.579s
555Carlos SainzScuderia Mission Winnow FerrariSF21Ferrari 065/663a 27.036s
63Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M1263a 51.220s
710Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H63a 52.818s
818Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M1263a 56.909s
931Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B63a 65.704s
1014Fernando AlonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B63a 66.561s
1111Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H63a 67.151s
1222Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H63a 73.184s
137Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/663a 94.773s
1499Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/662a 1 Volta
155Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M1261a 2 Voltas
1647Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/661a 2 Voltas
179Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/661a 2 Voltas
77Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M1230acidente
63George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M1230acidente
6Nicholas LatifiWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M120acidente

Melhor volta de cada piloto – Lewis Hamilton ganhou um ponto pela melhor volta da prova

pospilotoEquipeChassisMotorTemponº da Volta
144Lewis HamiltonMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121: 16.70260
233Max VerstappenRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1: 17.52460
34Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:18.25963
411Sergio PerezRed Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1: 18.33449
522Yuki TsunodaScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1: 18.35362
616Charles LeclercScuderia Mission Winnow FerrariSF21Ferrari 065/61: 18.37960
755Carlos SainzScuderia Mission Winnow FerrariSF21Ferrari 065/61: 18.49060
810Pierre GaslyScuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1: 18.78259
918Lance StrollAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121: 18.99452
105Sebastian VettelAston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121: 19.07459
1147Mick SchumacherUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:19.19358
123Daniel RicciardoMcLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121: 19.34154
1314Fernando alonsoAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1: 19.39662
1431Esteban OconAlpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1: 19.41762
157Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61: 19.42262
1699Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61: 19.47057
179Nikita MazepinUralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61: 20.40255
1863George RussellWilliams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121: 26.54328
1977Valtteri BottasMercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:28.48530

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Mclaren/Aston Martin/Renault/Ferrari/Alpha Tauri/Alfa Romeo/Haas/Williams

Formula 1 – Temporada 2021 -GP do Bahrein – Classificação

A Prova de classificação confirmou o favoritismo de Max Verstappen na pré-temporada, o piloto da Red Bull conquistou a pole position na noite de hoje, no circuito de Sahkir, palco do GP do Bahrein.

No Q1, os primeiros a entrarem na pista foram os pilotos da Williams e da Haas. Dos 4 pilotos apenas Mick Schumacher marcou uma volta e ficou por muito tempo na liderança da classificação. Até que o restante do pelotão entrou na pista e marcou suas voltas. Sainz jr, Leclerc e Norris foram os primeiros pilotos a se destacarem e ficarem na frente, até quando Verstappen e Hamilton marcaram os primeiros tempo na metade da classificação.

A se destacar a ótima participação de Yuki Tsunoda e de Pierre Gasly, na segunda e quarta posições respectivamente. A 5 minutos do final, os eliminados eram Ocon, Latifi, Russell, Mazepin e Schumacher.

Nos minutos finais, Russell faz uma bela volta e garante a classificação na 13ªposição. Alonso ficou ameaçado de ficar eliminado no Q1, mas acabou salvando a sua vida e se colocou entre os 15 classificados. Nos momentos finais, Nikita Mazepin acabou rodando pela segunda vez, a primeira rodada foi na sua primeira tentativa de marcar tempo.

Os eliminados do Q1 foram Esteban Ocon, Nicholas Latifi, Sebastian Vettel, Mick Schumacher e Nikita Mazepin. O inferno astral do tetracampeão do mundo parece não ter acabado com a saída do alemão da Ferrari. Verstappen ficou com a melhor marca do Q1, seguido de Tsunoda e Hamilton.

Resultado do Q1:

pospilotoEquipeChassisMotorTempo
133Max Verstappen Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:30.499 
222Yuki Tsunoda Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:30.607 
344Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:30.617 
416Charles Leclerc Scuderia Mission Winnow FerrariSF21Ferrari 065/61:30.691 
53Daniel Ricciardo McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:30.795 
610Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:30.848 
714Fernando Alonso Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:30.863 
84Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:30.902 
999Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:30.998 
1011Sergio Perez Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:31.165 
1177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:31.200 
1218Lance Stroll Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:31.261 
1363George Russell Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:31.316 
147Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:31.547 
1555Carlos Sainz Scuderia Mission Winnow FerrariSF21Ferrari 065/61:31.653 
1631Esteban Ocon Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:31.724 
176Nicholas Latifi Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:31.936 
185Sebastian Vettel Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:32.056 
1947Mick Schumacher Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:32.449 
209Nikita Mazepin Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:33.273 

No Q2, nenhum piloto foi para a pista nos primeiros dois minutos. Em busca de largar com os pneus médios, a maioria dos pilotos que saíram para a pista com os pneus médios. Entre eles os dois pilotos da Mercedes, Red Bull e Mclaren.

Hamilton fez uma grande volta e marcou 1:30.085, superando Max Verstappen com 1:30.318 e Valtteri Bottas com 1:30.559 e dando esperanças para a Mercedes. Perez chegou a marcar o 4ºtempo, mas acabou com a volta anulada por passar do limite da pista na curva 4, a mesma coisa aconteceu com Daniel Ricciardo. Após a primeira metade do Q2, os classificados eram Hamilton, Verstappen, Bottas, Norris, Sainz jr., Alonso, Leclerc, Gasly, Tsunoda e Stroll. Os eliminados eram Giovinazzi, Raikkonen, Perez, Ricciardo e Russell.

A 3 minutos do final, Russell marcou um tempo, mas não poderia fazer muito mais do que passar do Q2. A 3 minutos do final, todo mundo foi para a última tentativa. Nos segundos finais, Gasly marcou uma bela terceira posição e Antonio Giovinazzi marca um bom tempo, mas foi insuficiente para chegar ao Q3.

Os mais rápidos do Q2 ficaram com Carlos Sainz jr. e Charles Leclerc com a Ferrari. Os dois ficaram separados por apenas 1 milésimo de segundo. Hamilton, Norris que fez uma excelente 4ªmarca, Bottas, Ricciardo que se garantiu no Q3 com o 6ºtempo, Verstappen que foi com os pneus macios no final, mas acabou tirando o pé para largar com os pneus médios. Gasly, Alonso e Stroll completam os 10 primeiros colocados

Sergio Perez acabou de fora do Q3, ficou com a 11ªposição, junto deles ficaram Antonio Giovinazzi, Yuki Tsunoda que não conseguiu melhorar sua volta na última tentativa, Kimi Raikkonen e George Russell.

Resultado do Q2:

pospilotoEquipeChassisMotorTempo
155Carlos Sainz Scuderia Mission Winnow FerrariSF21Ferrari 065/61:30.009 
216Charles Leclerc Scuderia Mission Winnow FerrariSF21Ferrari 065/61:30.010 
344Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:30.085 
44Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:30.099 
577Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:30.186 
63Daniel Ricciardo McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:30.222 
733Max Verstappen Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:30.318 
810Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:30.513 
914Fernando Alonso Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:30.595 
1018Lance Stroll Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:30.624 
1111Sergio Perez Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:30.659 
1299Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:30.708 
1322Yuki Tsunoda Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:31.203 
147Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:31.238 
1563George Russell Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:33.430 

No Q3, logo na primeira volta se constatou a superioridade de Max Verstappen e sua Red Bull. Na primeira volta, o holandês marcou 1:29.526, superando em milésimos o tempo de Lewis Hamilton que tirou no braço a segunda posição a 23 milésimos atrás. Pierre Gasly sugiu no meio dos dois pilotos da Mercedes, na terceira posição a frente de Valtteri Bottas. Sainz jr., Ricciardo e Norris completavam os 7 primeiros colocados.

Lance Stroll esperou a pista ficar vazia para entrar na pista e marca sua volta a 3 minutos no final, que rendeu a 6ªposição.

Quase ao mesmo tempo, os pilotos voltam para a última tentativa. Bottas foi o primeiro a marcar a última volta, passa a entrar na casa do 1 minuto e 29 segundos, se colocando na terceira posição no grid de largada. Hamilton chegou a tomar a pole position, mas Verstappen não só confirmou a pole como marcou 1:28.997, o único a fica na casa do 1 minuto e 28 segundos. Max abre o ano com a pole position e com a chance de largar a frente no campeonato.

Hamilton larga na segunda posição, podendo desafiar Verstappen na corrida. Na segunda fila, Valtteri Bottas com a outra Mercedes que parece estar melhor que se previa. Charles Leclerc completando a segunda fila, a Ferrari claramente melhorou em relação a temporada passada. Na terceira fila, vão largar Pierre Gasly com a Alpha Tauri que se destacou muito no final de semana e Daniel Ricciardo da Mclaren que também mostra força nesse começo de temporada.

Lando Norris ficou a 47 milésimos de Daniel Ricciardo e abre a quarta fila que terá o espanhol Carlos Sainz jr. que teve problemas no seu carro no final do Q1 e até deu sorte em ter voltado ao treino e não ter terminado o treino ali. Completou os 10 primeiros colocados, Fernando Alonso e Lance Stroll, sendo que os dois superaram muito seus companheiros de equipe na Alpine e Aston Martin.

A abertura do campeonato de Formula1 em 2021 será dada ao meio dia de amanhã.

Grid de largada do GP do Barhein
1ªEtapa do Campeonato de Formula 1 – Temporada 2021

pospilotoEquipeChassisMotorTemponºVoltas
133Max Verstappen Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:28.997 15
244Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:29.385 18
377Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:29.586 17
416Charles Leclerc Scuderia Mission Winnow FerrariSF21Ferrari 065/61:29.678 15
510Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:29.809 15
63Daniel Ricciardo McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:29.927 18
74Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:29.974 18
855Carlos Sainz Scuderia Mission Winnow FerrariSF21Ferrari 065/61:30.215 17
914Fernando Alonso Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:30.249 15
1018Lance Stroll Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:30.601 15
1111Sergio Perez Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:30.659 11
1299Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:30.708 12
1322Yuki Tsunoda Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:31.203 9
147Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:31.238 12
1563George Russell Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:33.430 11
1631Esteban Ocon Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:31.724 6
176Nicholas Latifi Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:31.936 8
185Sebastian Vettel Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:32.056 6
1947Mick Schumacher Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:32.449 6
209Nikita Mazepin Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:33.273 7

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Mclaren/Aston Martin/Renault/Ferrari/Alpha Tauri/Alfa Romeo/Haas/Williams

Fernando Alonso vai para a Renault em 2021 para seu 3ºcasamento com a equipe francesa

Alonso de volta a Formula 1 aos 40 anos, algo que nunca se imaginaria que fosse acontecer. Parecia que a maior categoria do automobilismo mundial era uma pagina virada na sua carreira. Após especulações de Valtteri Bottas e até mesmo da vinda de Sebastian Vettel, a Renault e o piloto espanhol resolveram reatar o casamento pela 3ªVez. Certamente vai ser o último contrato do príncipe das Astúrias.

Na equipe francesa, Alonso viveu seu melhores momentos da carreira, vencendo os campeonato de 2005 e 2006 de maneira espetacular. Após passagem frustrada pela Mclaren em 2007. Alonso pegou o caminho de volta para a Renault, mas acabou vendo uma equipe sem a força que tinha num passado recente. Em 2008 e 2009 Alonso só pode vencer 2 corridas, todas em 2008. A polêmica corrida de Cingapura que Alonso venceu ficou marcada nessa passagem do Espanhol.

Depois de passagens na Ferrari e na mal sucedida passagem pela Mclaren, Alonso deixa a Formula 1 e foi disputar o WEC, vencendo as 24 horas de Le Mans, as 500 milhas de Indianápolis e o Rally Dakar desse ano. Além disso, Alonso vai disputar as 500 milhas de Indianapolis pela Mclaren em Agosto desse ano. Depois dessa corrida, Alonso esta liderado para fazer o que quiser.

O Contrato é de 2 anos e tem como objetivo fazer de Alonso tricampeão mundial, mas também de salvar a equipe Renault na Formula 1. Havia muitas especulações de que a Renault por não ter clientes em relação aos motores e por não ter os resultados esperados para um orçamento que a equipe tem, Principalmente pela temporada de 2019, onde a Renault sofreu para ficar em 5ºlugar no Mundial de Construtores.

Alonso vai voltar para uma Formula 1 bem diferente do que ele conhecia, Vai ser uma Formula 1 recém saída de uma pandemia e com preocupação para a redução de custos. O próprio Alonso é um piloto diferente, com 40 anos de idade, ele vai ter dificuldades para competir com os melhores pilotos do grid como Lewis Hamilton e os jovens Max Verstappen e Charles Leclerc que devem ser os protagonistas dos próximos anos. Até mesmo se Alonso será competitivo contra Valtteri Bottas, Carlos Sainz jr., Alexander Albon, Daniel Ricciardo e Lando Norris.

Indianapolis Motor Speedway Sunday, May 19, 2019 ©2018 Walt Kuhn

A missão de Alonso vai ser difícil, mas precisa também ser um outro Alonso em termos de comportamento. Precisa entender que não pode ser aquele piloto mimado que era na Mclaren em 2007, quando foi o auge da sua arrogância que por vezes superava o seu talento que era enorme. Terá uma equipe Renault dirigida por um profissional sem competência comprovada como é Cyril Abiteboul. A paciência de Alonso vai ser testada  em 2021 se quiser que em 2022 as coisas mudem a favor dele e da Renault para o futuro.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Renault/IndyCar/MClaren

Corridas Históricas – GP da Malásia de 2009

No quentíssimo circuito de Sepang, Em Kuala Lumpur foi realizada a 11ªEdição do GP da Malásia nos dias 3, 4 e 5 de Abril de 2009. Uma prova marcada por muitos erros de grandes equipes e pela chuva que acabou deixando a prova mais curta, tudo por culpa de uma exigência comercial de horário para o começo da prova. Jenson Button conquistou a pole position e a vitória.

Classificação do Sábado:

Q1, Nico Rosberg foi o mais rápido do Treino da manhã era um grande candidato a pole position. Toyota e Ferrari estavam com bons desempenhos e a Brawn um pouco mais atrás nos treinos livres.

Sebastian Vettel foi punido com 10 posições por ter sido considerado culpado pelo acidente que provocou com Robert Kubica no final do GP da Austrália. Rubens Barrichello perdeu 5 posições por trocar o Câmbio por ter entrado no Neutro na largada do GP da Austrália.

De começo, Os pilotos da Ferrari foram para a pista já para garantir lugar no Q2. Outros pilotos como Fisichella, Sutil, Bourdais e Nakajima buscaram escapar da eliminação. Aos poucos os favoritos foram para a pista, Rosberg já deu as cartas e já foi fazer o melhor tempo no 5ºminuto do Q1. Tempo logo superado por Alemão Adrian Sutil da Force India por poucos milésimos.

A 14 minutos e 37 segundos do final, Raikkonen faz 1:35.476 e coloca 1 segundo de frente para Sutil, Massa quase um minuto depois marcou o 3ºtempo, A 4 décimos do homem de gelo e atrás de Jenson Button. O vencedor do GP da Austrália marcou o melhor tempo a menos de 13 minutos do final.

Enquanto um piloto inglês vivia seu melhor momento na Formula 1, Um outro vivia um inferno astral, Lewis Hamilton foi criticado pelos jornais ingleses. Não só o piloto como a equipe. Isso por que no GP da Austrália, A equipe pediu para que Trulli passasse o piloto Inglês e fingisse que o Italiano acabou fazendo uma manobra ilegal. Isso acabou ocasionando em punição a Trulli em principio. Porém descoberta a farsa o piloto acabou desclassificado e Trulli recuperou o 3ºlugar. Além disso o carro da Mclaren era ruim e não havia grandes expectativas de bom desempenho.

Button e Barrichello estavam nas duas primeiras posições, Com Raikkonen e Massa em 3º e 4ºlugares. A Ferrari achou que os tempos de seus pilotos eram o suficiente para passar ao Q2. Sutil e Bourdais se esforçavam para manter se nos 15 primeiros lugares. Fernando Alonso com problemas de Infecção no ouvido estava no sacrifício, tentando uma boa classificação.

A 6 minutos do final os classificados eram: Button, Nakajima, Barrichello, Raikkonen, Kovalainen, Massa, Vettel, Trulli, Hamilton, Alonso, Webber, Glock, Buemi, Kubica e Bourdais. Sutil, Heidfeld, Rosberg, Fisichella e Piquet estavam eliminados.

Nelsinho Piquet fez uma boa volta para subir a 7ªposição, Jogando Bourdais para a zona de eliminação. Rosberg precisava de um tempo para sair da zona de eliminação e acabou saindo com sobras, marcando o 3ºtempo. A 3 minutos e 16 do final, Trulli marca 1:34.745 e assume a liderança. A Toyota vinha muito forte, O Drama era para Kubica e Heidfeld que vinham fora do Q2. A situação dos pilotos da Red Bull não era das melhores, os dois precisavam melhorar para não correrem riscos. A 1 minutos do final, Vettel passou para o 3ºlugar e Webber superou Vettel e passou para o 2ºlugar.

Nos segundos finais, Barrichello marcou 1:34.681 e subiu do 6º para o 1ºlugar. No final da classificação Kubica e Heidfeld subiram para os 15 primeiros lugares. No final da Classificação, supreendentemente Felipe Massa, Nelson Ângelo Piquet, Giancarlo Fisichella, Adrian Sutil e Sebastien Buemi. Pior que isso é que Raikkonen ficou com o 14ºlugar. A Tática da Ferrari foi desastrosa, achando que os tempos marcados dos dois pilotos davam para levar ambos para o Q2.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeChassisMotorTempo
123 Rubens BarrichelloBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:34.681
29 Jarno TrulliToyotaTF109Toyota RVX-091:34.745
310 Timo GlockToyotaTF109Toyota RVX-091:34.907
415 Sebastian VettelRed BullRB5Renault RS271:34.935
52 Heikki KovalainenMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:35.023
614 Mark WebberRed BullRB5Renault RS271:35.027
722 Jenson ButtonBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:35.058
816 Nico RosbergWilliamsFW31Toyota RVX-091:35.083
96 Nick HeidfeldBMW SauberF1.09BMW P86/91:35.110
105 Robert KubicaBMW SauberF1.09BMW P86/91:35.166
117 Fernando AlonsoRenaultR29Renault RS271:35.260
121 Lewis HamiltonMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:35.280
1317 Kazuki NakajimaWilliamsFW31Toyota RVX-091:35.341
144 Kimi RäikkönenFerrariF60Ferrari 0561:35.476
1511 Sébastien BourdaisToro RossoSTR4Ferrari 0561:35.507
163 Felipe MassaFerrariF60Ferrari 0561:35.642
178 Nelson Piquet, Jr.RenaultR29Renault RS271:35.708
1821 Giancarlo FisichellaForce IndiaVJM02Mercedes FO 108W1:35.908
1920 Adrian SutilForce IndiaVJM02Mercedes FO 108W1:35.951
2012 Sébastien BuemiToro RossoSTR4Ferrari 0561:36.107

Jenson Button vence na Malásia, em corrida sensacional em Sepang, interrompida pela chuva

No Q2, Aos poucos, os pilotos foram entrando para a pista, Com o céu um pouco mais escuro, era bom que todos marcassem tempo logo. Nakajima era o primeiro a abrir volta e acabou marcando o tempo de 1:35.118. Já Raikkonen foi para fora da pista e perdeu tempo. Enquanto que Heidfeld e Kubica fizeram os dois primeiros tempos, Até que a 10 minutos e 50 segundos do final do Q2, Jenson Button superou ambos e marcou 1:34.409, passando para a liderança.

Um dos Favoritos a pole, Jarno Trulli superou Button e fez 1:34.250 e Rubens Barrichello passou para o 2ºtempo. Faltava o Rosberg para marcar um tempo, A 8 minutos e 35 segundos do final, O alemão marcou 1:34.547, ficando com o 5ºtempo.

Na Metade do Q2 a Classificação era: Trulli, Vettel, Button, Barrichello, Webber, Rosberg, Heidfeld, Raikkonen, Alonso e Hamilton vinham nas 10 primeiras posições. Kovalainen, Kubica, Nakajima, Glock e Bourdais estavam eliminados.

Kovalainen tentando levar a sua Mclaren para o Q3, mas era difícil. O carro era ruim nesse começo de temporada, Já Raikkonen subiu do 8º para o 6ºtempo a 2 minutos e 10 segundos do final.

Praticamente todo mundo foi para a pista na reta final. O inglês Jenson Button rompeu a barreira do 1 minuto e 34 segundos e acabou marcando 1:33.704, voltando para a ponta.  Glock marcou o 6ºtempo. Hamilton fez uma última tentativa de volta para entrar nos 10 primeiros colocados, Porém foi Alonso que conseguiu levar a Renault no Q3, nas costas. Superando Nakajima que foi uma surpresa com a Williams (Que vinha muito bem no começo de temporada) e Nick Heidfeld.

Button ficou com o melhor tempo, 2 décimos na frene de Jarno Trulli. Webber vinha em 3º com sua Red Bull. Glock, Vettel, Barrichello, Raikkonen, Rosberg, Kubica e Alonso classificaram para o Q3. Heidfeld, Nakajima, Hamilton, Kovalainen e Bourdais acabam eliminados.

Resultado do Q2:

posPilotoEquipeChassisMotorTempo
122 Jenson ButtonBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:33.784
29 Jarno TrulliToyotaTF109Toyota RVX-091:33.990
314 Mark WebberRed BullRB5Renault RS271:34.222
410 Timo GlockToyotaTF109Toyota RVX-091:34.258
515 Sebastian VettelRed BullRB5Renault RS271:34.276
623 Rubens BarrichelloBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:34.387
74 Kimi RäikkönenFerrariF60Ferrari 0561:34.456
816 Nico RosbergWilliamsFW31Toyota RVX-091:34.547
95 Robert KubicaBMW SauberF1.09BMW P86/91:34.562
107 Fernando AlonsoRenaultR29Renault RS271:34.706
116 Nick HeidfeldBMW SauberF1.09BMW P86/91:34.769
1217 Kazuki NakajimaWilliamsFW31Toyota RVX-091:34.788
131 Lewis HamiltonMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:34.905
142 Heikki KovalainenMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:34.924
1511 Sébastien BourdaisToro RossoSTR4Ferrari 0561:35.431

Raikkonen de cara foi para a pista, assim que começou os 10 minutos finais da classificação. Button, Trulli e Rosberg são os favoritos a pole. Barrichello por perder 5 posições por trocar o câmbio e Vettel por ter sido punido com 10 posições ficam de fora dessa disputa.

A 6 minutos e 40 segundos do final, Raikkonen fez 1:37.020, Longe de fazer um tempo para disputar o título. Rosberg e Barrichello superaram fácil o piloto da Ferrari. A 6 minutos do final, Trulli marcou o melhor tempo. Porém, 30 segundos depois, Button fez 1:35.773, a mais de 2 décimos de vantagem sobre o principal piloto da Toyota.

Vettel superou Trulli e passou para o segundo lugar e Webber foi para o 4ºlugar. A 4 minutos do final, Jarno Trulli superou em 4 milésimos o tempo de Button. Vettel (a 0.200), Webber (a 0.543), Barrichello (a 0.651), Glock (a 0.843), Rosberg (a 0.912), Kubica (a 1.067), Raikkonen (a 1.251) e Alonso (a 1.890).

Todo mundo foi para os boxes para colocarem novos pneus e tentarem uma última tentativa. Dificilmente a pole não ficaria nas mãos ou de Trulli ou de Button. Raikkonen já foi tentar a volta a 2 minutos e meio do final, mas sem chances de pole position. Apenas a possibilidade de melhorar seu tempo.

O Homem de Gelo deu uma bela melhorada, com o 4ºtempo. Barrichello a 40 segundos do final acabou marcando o 1:35.651 e voltando para a ponta, mas lá vinha Button para melhorar a o tempo e buscar a pole position e foi isso que aconteceu. O inglês Jenson Button marcou 1:35.181, colocando meio segundo de vantagem. Rosberg marcou um bom tempo, ficando em 3ºlugar já com o cronometro zerado, mesmo caso de Vettel, que superou Barrichello e marcou o segundo tempo, mas ainda assim, ficou a 3 décimos de Button.

Mas ainda faltava Trulli, que vinha fazendo um belíssimo tempo provocando suspense no final. E acabou ficando a 92 milésimos de Button, que ficou com a pole position pela segunda vez, repetindo a pole position da Austrália. Trulli ficou perto de uma pole position, O italiano ficou em uma satisfatória 2ªposição. Na segunda fila será composta por Timo Glock da Toyota e Nico Rosberg com a Williams. Na terceira fila seria composta por Mark Webber da Red Bull e Robert Kubica da BMW.

Rubens Barrichello com a perda de 5 posições ficou com o 8ºlugar no Grid de largada. Atrás do finlandês Kimi Raikkonen salvando a honra da Ferrari. Alonso com a Renault e Nick Heidfeld com a BMW Sauber completam os 10 primeiros colocados.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeChassisMotorTempoPeso de quem vai largar
122 Jenson ButtonBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:35.181660 kg
29 Jarno TrulliToyotaTF109Toyota RVX-091:35.273656,5 kg
310 Timo GlockToyotaTF109Toyota RVX-091:35.690656,5 kg
416 Nico RosbergWilliamsFW31Toyota RVX-091:35.750656 kg
514 Mark WebberRed BullRB5Renault RS271:35.797656 kg
65 Robert KubicaBMW SauberF1.09BMW P86/91:36.106663 kg
74 Kimi RäikkönenFerrariF60Ferrari 0561:36.170662,5 kg
823 Rubens BarrichelloBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:35.651664,5 kg
97 Fernando AlonsoRenaultR29Renault RS271:37.659680,5 kg
106 Nick HeidfeldBMW SauberF1.09BMW P86/91:34.769692 kg
1117 Kazuki NakajimaWilliamsFW31Toyota RVX-091:34.788683,4 kg
121 Lewis HamiltonMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:34.905688 kg
1315 Sebastian VettelRed BullRB5Renault RS271:35.518647 kg
142 Heikki KovalainenMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:34.924688,9 kg
1511 Sébastien BourdaisToro RossoSTR4Ferrari 0561:35.431670,5 kg
163 Felipe MassaFerrariF60Ferrari 0561:35.642689,5 kg
178 Nelson Piquet, Jr.RenaultR29Renault RS271:35.708681,9 kg
1821 Giancarlo FisichellaForce IndiaVJM02Mercedes FO 108W1:35.908680,5 kg
1920 Adrian SutilForce IndiaVJM02Mercedes FO 108W1:35.951655,5 kg
2012 Sébastien BuemiToro RossoSTR4Ferrari 0561:36.107686,5 kg

Dia da corrida – O diluvio que acabou interrompendo uma das melhores corridas da Formula 1 da Década. Em relação a corrida, Button, Trulli e Glock eram os 3 principais candidatos a vitória, Rubens Barrichello por largar em 8ºlugar estava um pouco mais atrás nessa briga. Rosberg poderia ser uma boa surpresa. Webber era a esperança de vitória da Red Bull já que Vettel largaria da 13ºlugar.

Na largada, Kubica fica praticamente parado, Barrichello consegue desviar do carro da BMW Sauber e todo o resto que estava do lado par desviaram sem provocar nenhum acidente. Button, Trulli e Glock não fizeram boas largadas. Em contrapartida, Rosberg pulou do 4ºlugar para a liderança.

Pior para Button, que caiu da ponta para o 4ºlugar nas primeiras curvas. Trulli conseguiu se manter na segunda posição e Alonso pulou do 9º para o 3ºlugar. Barrichello passou do 8º para o 6ºlugar, na quarta para a quinta curva passou Raikkonen e subiu para o 5ºlugar. Webber e Glock completavam os 8 primeiros colocados. Nas primeiras curvas, Kovalainen acabou escapando da pista e deixando a prova.

No final da 1ªvolta, Button passou Alonso deixando o espanhol para Barrichello. O Brasileiro da equipe Brawn não poderia perder tempo, mas Alonso tinha o KERS, isso iria dificultar a ultrapassagem. Kubica com problemas deixou a prova na segunda volta. Buemi tocou o bico e acabou tendo que antecipar a sua parada.

Alonso segurava Barrichello, Que precisava passar logo já que vinha ficando muito para trás na briga pela ponta. No Hairpin, O Brasileiro passou o piloto da Renault, mas perdeu a trajetória e Alonso conseguiu voltar a frente, mas foi por pouco tempo, Rubens colocou por dentro e no final da reta dos boxes consegue a ultrapassagem, passando para o 4ºlugar. e logo foi embora do piloto da Renault, que vinha pesado e com o carro bem ruim. Glock tentava recuperar posições.

Classificação após 4 voltas: Rosberg, Trulli (a 1.914), Button (a 2.989), Barrichello (a 9.520), Alonso (a 11.901), Raikkonen (a 12.463), Webber (a 13.121) e Glock (a 13.603). Alonso estava segurando o ritmo de prova atrás, virando 3 segundos mais lento que os líderes. Heidfeld vinha em 9º, com Vettel em 10º superando Lewis Hamilton. Felipe Massa continuava em 12ºlugar.

Na 5ªvolta, Timo Glock arriscou passar Mark Webber na curva 11, viu que não dava e o piloto Alemão conseguiu evitar o Choque com o piloto da Red Bull. Ainda estava fazendo sol em Sepang, mas as nuvens carregadas rondavam a pista. Muito normal chover no final da tarde na Malásia. Vettel foi para cima de Heidfeld, buscando sua recuperação, levando com ele Hamilton e Massa (um pouco mais atrás) na briga.

Rosberg na 8ªVolta vinha a 2.7 segundos a frente de Trulli, Button vinha a 1 segundo do piloto da Toyota, Barrichello vinha em 4º, quase 10 segundos atrás do líder e abrindo muito de Alonso, Raikkonen, Webber e Glock disputando o 5ºlugar.

Na 9ªVolta, Vettel e Hamilton superaram Heidfeld, que acabou errando e subiram para o 9º e 10ºcolocados. Trulli faz a melhor volta da prova no final da volta. Alonso  continuava segurando Raikkonen tranquilamente, mesmo com um carro melhor que o carro da equipe Francesa.

Na 10ªVolta, Rosberg faz 1:37.660. A melhor volta da prova. Na 11ªVolta, Raikkonen finalmente conseguiu a ultrapassagem sobre Alonso que acabou escorregando um pouco na curva 4. O Homem de Gelo abriu vantagem.Webber passou a ir para cima do Alonso. Classificação após 11 voltas: Rosberg, Trulli (a 3.054), Button (a 4.232), Barrichello (a 10.376), Raikkonen (a 26.523), Alonso (a 28.304), Webber (a 28.801), Glock (a 29.501).

Webber superou Alonso no final da 12ªVolta (Curva 16) O Espanhol tentou voltar, chegou a voltar a frente, mas na curva 1, Alonso perde a trajetória da curva e Webber ganha em definitivo o 6ºlugar. Perto deles, Vettel chega no Grupo e estava perto de Glock na disputa pelo 8ºlugar.

Na volta seguinte, Vettel faz a primeira parada, com 10.7 segundos (Uma parada meio lenta para a tática que ele adotava). Glock vai para cima de Alonso, Hamilton vinha chegando nos dois.

Rosberg foi para os boxes na 16ªvolta, com 9.7 segundo o piloto Alemão volta em 4ºlugar. Com Trulli, Button e Barrichello ainda por fazer à parada. Glock também fez a troca nessa volta. Com o céu cada vez mais escuro, Trulli e Button estavam separados por 1 segundo em 1º e 2ºlugares, Webber vai para a parada na 17ªvolta.

O líder Jarno Trulli foi para a parada, Button assumiu a ponta e Barrichello passou a ser o segundo lugar. Trulli voltou atrás de Rosberg em 4ºlugar. Raikkonen vai para os boxes ao final da 18ªVolta, A Ferrari colocou os pneus de chuva intermediário para o Homem de Gelo. O céu estava cada vez mais fechado.

Button vai para os boxes, A Brawn colocou pneus secos. Ainda não era a Hora de se colocar pneus de pista molhada. Barrichello passou para a liderança e Button voltou na segunda posição, superando Rosberg e Trulli. Raikkonen estava lento, os pneus de chuva dele acabaram em 1 volta, Todo mundo vinha passando por ele.

Rubens Barrichello teve de ir para a sua primeira parada no final da 20ªvolta. Mesmo com a chuva começando a cair, Os pneus foram de pista seca, Voltando para o 4ºlugar, mas bem perto de Trulli. Button passou para a ponta com Rosberg em 2ºlugar. Trulli e Barrichello começavam a brigar pelo 3ºlugar. O desempenho da Brawn do piloto Brasileiro era melhor. No meio da 22ªVolta à chuva começou a cair. Logo de cara, Alonso roda e da forma que ele rodou foi sorte ele ter voltado à prova, era para ter ficado atolado na brita.

Ao ver que a chuva voltou, Button volta aos boxes para colocar os pneus intermediários. O mesmo fez Rosberg, Trulli e Barrichello e todo o resto. Agora a corrida tomava uma outra direção. Após as trocas, Button, Rosberg, Trulli e Barrichello mantiveram as posições. Já Hamilton foi a caça de Heidfeld para disputar o 5ºlugar. Webber e Massa completavam os 5 primeiros.

Webber acabou pegando Lewis no contra pé e acabou passando o campeão do Mundo de 2008, Mas Hamilton continuou lutando e na entrada da volta 23 recuperou a posição. Curvas depois, Webber passou de novo Hamilton e errou a curva. O pega dos dois foi muito bom, Webber mesmo com os erros acabou superando o piloto da Mclaren que novamente dá o troco no Australiano. Mas Webber conseguiu curvas depois superar Hamilton e deu um ponto final nessa briga e foi para cima de Heidfeld, passando por fora o piloto da BMW na 16ªVolta, ganhando o 5ºlugar. Mais atrás, Vettel se aproveitou da escapada para passar Kazuki Nakajima.

Timo Glock vinha voando na pista, em um espaço de 3 voltas, pulou do 11º para o 7ºlugar e na pressão em cima de Nick Heidfeld, antes do final da 26ªVolta. O piloto alemão estava com os pneus intermediários e os outros pilotos com os pneus intermediários. Com exceção de Mark Webber que estava com os intermediários também.

Na 27ªVolta, Barrichello passa com certa facilidade Trulli e sobe para o terceiro lugar. Porém, a chuva cai mais forte e a tática de Glock e Webber foi para o saco. Barrichello passou Rosberg, que foi para os Boxes. A Brawn tinha a dobradinha. Porém ainda os pneus intermediários eram mais rápidos. Era um enorme troca de pneus, Muito grande a movimentação nos boxes.

Barrichello que estava em segundo teve que segurar o carro e Glock e Webber se aproveitam e passam pelo veterano. Trulli e Barrichello foram para os boxes para a 3ªparada. A prova era imprevisível nesse momento. Barrichello superou Trulli de novo e continuava muito rápido. Button foi para a 3ªparada, com 24 segundos a frente de Glock. A 27 Voltas do final, O Alemão era o líder, com pouca vantagem para Button. Porém o piloto da Brawn tinha mais pneus e mais carro. Enquanto Button volta a ponta na 30ªVolta, Glock vai para os boxes.

A chuva apertava ainda mais, todos colocam pneus de chuva mesmo. A partir dai começaram as rodadas. Primeiro com o Fisichella, depois Vettel acabou rodando. Com todo isso, o Safety Car entrou na pista, Os carros em baixa velocidade estavam agua planando.  Logo deram a bandeira vermelha. Button fez 4 paradas, assim como Webber, Trulli, Barrichello, Rosberg. Glock e Hamilton fizeram suas paradas e Heidfeld acabou fazendo uma parada apenas e se beneficiou das adversidades.

Hamilton e Heidfeld também rodaram, mas continuaram na corrida. Os pilotos iriam esperar a chuva passar e as condições de pista. A direção da prova fez tudo que era o possível para recomeçar a prova. O líder da GPDA Mark Webber consultou todos os pilotos e eles afirmavam que estavam muito escuro para correr.

Alguns pilotos ainda estavam no carro, já outros já estavam de fora. Os dois pilotos da Renault não queriam mais voltar a pista. Kimi Raikkonen já tirou o macacão e com comendo um sorvete, O Homem de Gelo não queria mais saber  de corrida.

E depois de mais de 50 minutos de espera, Não tiveram outra opção a não ser declarada a prova como encerrada. Jenson Button conquistou a segunda vitória na temporada, mesmo com a pontuação pela metade. Nick Heidfeld acabou com o segundo lugar, um improvável pódio para o piloto da BMW. Timo Glock da Toyota completou o pódio. Jarno Trulli, Rubens Barrichello, Mark Webber, Lewis Hamilton e Nico Rosberg completaram a zona de pontuação.

Era realmente impossível  a prova ter continuado. A decisão de encerrarem a prova foi acertada, a prova já tinha passado da metade da prova e o risco era enorme para os pilotos e o dia já estava escurecendo. Se tiver um culpado esse alguém é Bernie Ecclestone, por que por causa de fins comerciais, A corrida foi empurrada para o final da tarde, num lugar onde chove nesse horário. Uma pena, mas enquanto durou, a prova foi belíssima. Com muitos pilotos andando muito bem, Alguns como Heidfeld e Glock tiveram sorte. Outros pilotos como Barrichello, Rosberg, Webber e Massa não deram tanta sorte assim e ficaram em posições abaixo do que merecia.

Resultado do GP da Malásia de 2009

Fotos:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Olivier F1