Bottas conquista vitória em Sochi, Lewis erra antes da largada e adia a conquista do recorde de vitórias para Nurburgring

Se esperava muito que Lewis Hamilton pudesse conquistar a 91ªVitória da carreira. Porém isso acabou antes da largada. Hamilton acabou fazendo simulação de largada por duas vezes, em dois locais proibidos. Isso teria consequências para a sua corrida e impediria a sua tentativa de vitória. Valtteri Bottas aproveitou bem a situação e acabou conquistando a vitória, com uma grande atuação do piloto finlandês desde da sua largada até a bandeirada, tirando 11 pontos da diferença de Lewis Hamilton em relação ao campeonato.

Na Largada, Hamilton larga bem, Bottas é melhor que Verstappen na largada e ganha a 2ªposição e por muito pouco não consegue superar seu companheiro de equipe na chicane, mas com a perda da velocidade na segunda perna dessa chicane. Verstappen vazou a chicane com outros pilotos, Um deles acabou batendo no muro interno e acabou sendo Carlos Sainz jr. que acabou abandonando. Já ao sair da curva 4, Charles Leclerc acabou tocando em Lance Stroll (que fez uma grande largada) e que levou a bater no muro por fora. O Safety Car entrou na pista devido a esses dois abandonos.

Albon, Norris e Russell foram para os boxes colocarem os pneus duros e tentarem levar o carro até o final da prova só com essa parada. Hamilton era o líder, com Bottas, Verstappen, Ocon, Ricciardo, Perez, Gasly, Leclerc, Magnussen e Grosjean. Os dois pilotos da Haas largaram muito bem, principalmente o piloto dinamarquês que acabou pulando da 18ª para a 9ªposição.

Os pilotos relargaram na volta 6, as 5 primeiras posições foram mantidas. Sabendo da dupla punição que tomou, Hamilton precisava abrir vantagem para Bottas e Verstappen para obter alguma chance de ganhar. Porém, no decorrer das voltas, o rendimento de Hamilton não parecia ser o bastante para abrir uma grande vantagem para Bottas e Verstappen e até mesmo do Ocon, Ricciardo e Perez. Lá atrás, Norris e Albon disputam posição na parte de trás da disputa.

Na 8ªvolta, Kvyat supera Grosjean passando para a 10ªposição. Após 11 voltas, Hamilton estava com 1.5 segundos da frente de Bottas e 2.7 segundos atrás do Verstappen. Ocon não vinha longe de Verstappen, estava a 2.1 segundos atrás (4.8 segundos atrás do Hamilton). Ricciardo e Perez vinham perto do piloto Francês. Na 13ªVolta, Daniil Kyvat passou Kevin Magnussen e ganhando a 9ªposição, o russo era o melhor piloto até aquele momento de prova.

Russell que vinha segurando Albon e Norris de forma heroica a 16ªposição, até que o piloto da Williams freia demais e acaba perdendo posição para os dois pilotos.

Lá na frente, Hamilton com os pneus muito desgastados tentava abrir um pouco mais de vantagem para Bottas, ele consegue abrir um pouco mais de diferença. Na 15ªvolta, Perez supera Ricciardo por fora e levou a 5ªposição. Visto que seus pneus tinham terminado, Ricciardo foi aos boxes para sua parada, colocar os pneus duros e ir até o final.

Hamilton foi para os boxes na volta 17 e voltou na 11ªposição. Bottas assumiu a liderança, com 3.8 segundos a frente de Max Verstappen. Ocon, Perez e Gasly eram os únicos pilotos com os pneus macios. Na 19ªVolta, Ocon e Gasly foram para os boxes. O piloto da Alpha Tauri começava a ser pressionado por Leclerc. Naquela altura do campeonato, Bottas abria já 5 segundos a frente de Verstappen, depois vinha Perez em 3º a 15 segundos atrás do ponteiro, Leclerc (23.6 segundos), Kvyat (25.9 segundos), Hamilton (37 segundos), Vettel (39.6 segundos), Ocon (40.4 segundos), Ricciardo (44.8 segundos), Raikkonen (46 segundos). A 21ªVolta foi agitada, Ricciardo passou Raikkonen e passou para a 9ªposição. Perez acabou fazendo sua parada na entrada da 22ªvolta. Após 21 voltas: Bottas, Verstappen, Leclerc, Kvyat e Vettel não vinham feito paradas nos boxes.

Na 25ªVolta, Ricciardo passou Ocon, mas passou do ponto da chicane e acabou não devolvendo a posição para o francês. Isso leva o piloto australiano a ser punido com 5 segundos de acréscimo de tempo. Ao saber da punição, o Australiano começou a andar forte e falar para reverter essa punição. Os dois pilotos da Renault já tinham passado Vettel.

Verstappen foi para os boxes na 26ªvolta e volta atrás de Kvyat. Na volta 27, para Valtteri Bottas numa parada segura de 2.7 segundos, Já Verstappen teve uma parada de 1.9 segundos. Bottas permaneceu na liderança, com 8.4 segundos a frente de Leclerc e 10 segundos sobre Verstappen. Já Hamilton vinha em 5º, com 16 segundos atrás de Bottas e 3 segundos atrás de Daniil Kvyat (4ºcolocado).

Os últimos pilotos a pararem nos boxes foram Leclerc na 29ªvolta, Kvyat e Vettel na 30ªvolta. Bottas abriu 12 segundos sobre Verstappen e 21.4 segundos sobre Hamilton. O piloto britânico poderia tentar tirar a diferença para o piloto da Red Bull, mas tirando algum imprevisto a vitória estava nas mãos de Bottas.

Gasly foi para o ataque em cima de Raikkonen, apesar do homem de gelo se defender muito bem a ultrapassagem do francês aconteceria a qualquer momento e isso aconteceu na 34ªvolta, quando o piloto da Alpha Tauri passou para a 9ªposição. Kimi para na 36ªVolta. Na mesma volta, Kvyat vai para cima de Ocon disputando a 7ªposição.

Enquanto isso, Albon continuava a sua batalha para entrar nos pontos, brigando com os pilotos da Alfa Romeo, Haas e com Lando Norris. Na 42ªVolta, Albon passou Grosjean, que vazou a chicane e atingiu a placa de isopor. Isso provoca o acionamento do Safety Car Virtual para a limpeza da pista e a substituição da placa atingida pelo piloto maluco da Haas.

Nesse Safety Car virtual, Gasly faz a parada e caiu para a 11ªposição a 8 voltas do final, nesse exato momento o safety car virtual acaba, Mas não temos muitas disputas na parte final da prova. A 8 voltas do final, Albon ataca Norris e Gasly chega nos dois. O piloto tailandês fez tudo para passar o piloto da Mclaren, mas ele não conseguiu. Já Gasly aproveitou o fracasso de Albon para ganhar a 10ªposição e depois acabou passando Norris na 48ªvolta. O piloto da Mclaren sofreu com os pneus e acabou indo para os boxes, sepultando o final de semana desastroso da Mclaren.

Verstappen tentou chegar em Bottas em algumas voltas, mas o piloto da Mercedes estava com a corrida nas mãos e nas voltas finais, consegue marcar a volta mais rápida da corrida e leva a vitória em Sochi, sendo a 9ªVitória da carreira e a 2ªVitória na temporada. O finlandês aumentou sua vantagem em relação à Verstappen que ficou em 2º e tirou 11 pontos da diferença para Hamilton que ficou em 3ºlugar. Numa grande corrida diga-se de passagem independente dos problemas de Hamilton.

Max Verstappen fez o que era possível e acabou ficando mesmo com a segunda posição. Já Lewis Hamilton não foi o dia dele, pelas punições e pelo ritmo de corrida que não foi bom, muito longe de disputar vitória. Se tudo sai normalmente já teria dificuldade para vencer Bottas, talvez vencesse, mas acabou ficando com o 3ºlugar e completou o pódio. O positivo foi que os 2 pontos na carteira que ele iria levar acabaram sendo anulados. Se os 2 pontos fossem computados, Lewis ficaria pendurado, com 10 pontos na carteira, podendo ser suspenso por uma corrida, isso se tivesse mais dois pontos de punição até o GP da Turquia desse ano.

Sergio Perez fez uma boa corrida, sem chamar atenção e com uma boa ultrapassagem sobre Riccardo, ficando em 4ºlugar. O Australiano conseguiu compensar a punição de 5 segundos e acabou na 5ªposição. Charles Leclerc (Que deveria ter levado 5 segundos de punição pelo incidente com Stroll) correu muito bem, tirando leite de pedra de uma Ferrari bem ruim e levando esse carro a grande 6ªposição.

Esteban Ocon acabou ficando em 7ºlugar, segurando muito bem a Daniil Kvyat. O Francês teve seu destaque no começo da prova, mas acabou depois da metade da corrida sumindo da prova. Já o piloto russo andou bem na corrida e pontuou pela terceira corrida seguida na temporada, melhorando a cada corrida. Pierre Gasly acabou recuperando a 9ªposição após uma parada no final do VSC a voltas do final. Quase que o francês conseguiu a melhor volta da corrida, que faria a troca ser justificada.

Alexander Albon fez um final de semana ruim, largando lá atrás (provavelmente punido na posição do Grid) e lutando pela parte de trás acabou completando a zona de pontuação, uma corrida lamentável para o piloto da Red Bull que volta a ficar sobre pressão pela falta de resultados. Isso depois do pódio no GP da Toscana.

Antonio Giovinazzi ficou perto dos pontos na 11ªposição até que fez um bom final de corrida. Kevin Magnussen fez brilhante largada, mas o carro não ajuda e o piloto da Haas não pode ir além da 12

ªposição. Sebastian Vettel em mais uma péssima corrida e em péssimo final se semana acabou na 13ªposição, será mesmo que o tetracampeão do mundo vai se recuperar em 2021 ou essas corridas ruins já é um indicio de que Vettel já esta na linha descendente da carreira.

Kimi Raikkonen acabou longe de Giovinazzi ficando na 14ªposição. Lando Norris fez uma corrida desastrosa e acabou na 15ªposição. Um final de semana para a Mclaren esquecer. Com um piloto batendo na primeira volta e o outro piloto que correu com a tática errada. Ou seja, um desastre para o time de Woking.

Nicholas Latifi ficou em 16ºlugar, chegando a frente de Romain Grosjean que dá mostras de que não pode continuar na Formula 1 e na frente de George Russell que tentou ficar a frente de Albon e Norris no começo da prova, mas não conseguiu fazer nada mais que isso e acabou na 18ªposição.

Daqui a duas semanas teremos a 11ªetapa do Mundial de Formula 1. Em Nurburgring, Hamilton poderá chegar as 91 vitórias e se igualar ao número de vitórias de Michael Schumacher. Basta não cometer os erros que cometeu no dia de hoje.

Fotos:

Resultado final da 10ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP da Rússia – 53 Voltas

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:34:00.364
233Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 7.729s
344Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 22.729s
411Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 30.558s
53Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 52.065s
616Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 1:02.186s
731Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 1:08.006s
826Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1:08.740s
910Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1:29.766s
1023Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 1:37.860s
1199Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 volta
1220Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 1 volta
135Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 1 volta
147Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 volta
154Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 1 volta
166Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 1 volta
178Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 1 volta
1863George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 1 volta
55Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 53 Voltas – Acidente
18Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 53 Voltas – Acidente

Melhor volta de cada piloto: Valtteri Bottas ganhou 1 ponto pela melhor volta da prova

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº da volta
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:37.03051
210Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:37.23150
333Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:37.33253
463George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:37.35252
54Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:37.37750
63Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:37.88653
744Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:38.07548
811Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:38.14152
923Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:38.37751
107Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:38.85837
1116Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:39.05347
1226Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:39.13348
1331Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:39.21648
145Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:39.58846
158Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:39.61444
1699Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:39.76644
1720Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:40.38052
186Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:41.04447

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

Hamilton supera dificuldades para conquistar a pole em Sochi

Lewis Hamilton viveu um enorme sufoco nessa classificação, mas conseguiu reverter à situação no Q2 e conseguiu a pole position, em uma parte final sensacional, o Inglês conquistou com facilidades a 96ªpole position da carreira. Sochi teve uma classificação sobre tempo nublado e tempo frio.

Na primeira parte da classificação, George Russell foi o primeiro a entrar na pista, com esperanças de entrar no Q2. Com os pneus médios, o piloto da Williams voltou aos boxes, prevendo que não daria certo com os pneus médios.

Muitos pilotos tiveram dificuldades para fechar a volta, inclusive com alguns pilotos anulando suas voltas por passar dos limites da pista, entre eles o inglês Lewis Hamilton. O mesmo caso aconteceu com Pierre Gasly, Kevin Magnussen e Nicholas Latifi. O líder do campeonato partiu para uma nova volta e acabou marcando o 2ºtempo, os dois pilotos da Mercedes lideravam com folga, seguidos de Perez, Sainz jr. e Verstappen.

A 6 minutos do final os eliminados eram: Esteban Ocon, Kimi Raikkonen, Antonio Giovinazzi, Romain Grosjean e Nicholas Latifi. O francês da equipe Renault teve de ir para a pista a 4 minutos do final, precisando entrar no Q2 no que acabou conseguindo com sobras, chegando a marcar o 3ºtempo. Porém, foi Daniil Kvyat que terminou o terceiro lugar, com direito ao melhor terceiro setor. Os dois primeiros foram mesmo os dois pilotos da Mercedes.

George Russell passou para o Q2 na 13ªcolocação, a frente dos dois pilotos da Ferrari. Os eliminados foram Romain Grosjean da Haas, Antonio Giovinazzi da Alfa Romeo, Kevin Magnussen da Haas, Nicholas Latifi da Williams e Kimi Raikkonen da Alfa Romeo (Que acabou rodando ao tentar fazer uma melhor marca no seu limitado carro da antiga Sauber).

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
177Valtteri Bottas  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:32.656 
244Lewis Hamilton  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:32.983 
326Daniil Kvyat  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:33.511 
431Esteban Ocon  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:33.557 
533Max Verstappen  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:33.630 
63Daniel Ricciardo  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:33.650 
711Sergio Perez  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:33.704 
810Pierre Gasly  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:33.734 
94Lando Norris  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:33.804 
1018Lance Stroll  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:33.852 
1123Alexander Albon  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:33.919 
1255Carlos Sainz  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:33.967 
1363George Russell  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:34.020 
1416Charles Leclerc  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:34.071 
155Sebastian Vettel  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:34.134 
168Romain Grosjean  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:34.592 
1799Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:34.594 
1820Kevin Magnussen  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:34.681 
196Nicholas Latifi  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:35.066 
207Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:35.267 

No Q2, o primeiro piloto a entrar foi a Ferrari antes mesmo dos pilotos da Mercedes. Os três pilotos que arriscaram usar os pneus médios: Valtteri Bottas, Lewis Hamilton e Max Verstappen. O resto precisa usar os pneus macios.

Dai começa os problemas do piloto inglês, Na sua primeira volta que era excelente foi anulada por passar do ponto na curva 18. Bottas não vai bem na volta e fica com um tempo longe do que ele poderia fazer e dai, quem se aproveita é Daniel Ricciardo com 1:32.218, levando a Renault para a liderança depois de muito tempo, Com Carlos Sainz e Sergio Perez em segundo e terceiro e a frente de Valtteri Bottas. Os outros classificados eram: Lando Norris, Pierre Gasly, Max Verstappen, Esteban Ocon, Charles Leclerc e Daniil Kvyat.

George Russell entra a 7 minutos do final, mesmo com toda a sua correção e competência acaba ficando apenas com a 13ªposição. Ao mesmo tempo que Russell fazia sua volta, todos os pilotos foram para a pista para melhorarem suas marcas, principalmente Lewis Hamilton que precisava melhorar sua marca…

…e quando parecia que iria conseguir essa melhorar de tempo, Sebastian Vettel acabou batendo no muro após escapar na curva 5. Isso provoca uma bandeira vermelha a 2 minutos e 15 segundos do final. Hamilton não conseguiu terminar a volta e estava em uma situação desesperadora, podendo largar na 15ªposição se a classificação terminasse naquele momento.

O carro de Vettel fica em pedaços, e os fiscais de pista demoram mais de 10 minutos para liberarem a pista dos destroços do carro do alemão. Depois disso, todo mundo, com exceção de Daniel Ricciardo saíram dos boxes para entrarem na pista.

Com o tempo apertado, ou faziam uma volta de aquecimento rápida ou não conseguiriam abrir voltas. No finalzinho, Hamilton conseguiu abrir uma volta e acabou marcando o 4ºtempo, mas teve de usar os pneus macios. O importante é ter passado para a fase final, o mesmo aconteceu com Alexander Albon subiu da 11ª para a 8ªposição.

Ricciardo acabou ficando com o melhor tempo, com Bottas, Sainz jr., Hamilton, Perez, Norris, Gasly, Albon, Verstappen e Ocon foram os pilotos classificados. Ficaram eliminados os pilotos Charles Leclerc da Ferrari, Daniil Kvyat da Alpha Tauri, Lance Stroll da Racing Point (Que teve um problema na parte final), George Russell da Williams e Sebastian Vettel da Ferrari.

Resultado do Q2:

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
13Daniel Ricciardo  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:32.218 
277Valtteri Bottas  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:32.405 
355Carlos Sainz  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:32.757 
444Lewis Hamilton  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:32.835 
511Sergio Perez  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:33.038 
64Lando Norris  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:33.081 
710Pierre Gasly  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:33.139 
823Alexander Albon  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:33.153 
933Max Verstappen  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:33.157 
1031Esteban Ocon  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:33.196 
1116Charles Leclerc  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:33.239 
1226Daniil Kvyat  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:33.249 
1318Lance Stroll  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:33.364 
1463George Russell  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:33.583 
155Sebastian Vettel  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:33.609 

Os pilotos da Renault foram os primeiros pilotos a entrarem na pista, embalados com a primeira posição de Ricciardo os dois foram buscar o melhor tempo possível. Já que a pole position era praticamente impossível. Os favoritos eram os dois pilotos da Mercedes a primeira fila.

Ricciardo fez o que era possível com 1:32.364. Depois vieram os dois pilotos da Mercedes e dai, Lewis Hamilton arrebenta e marca 1:31.391, colocando quase 8 décimos em cima de Valtteri Bottas que não achou uma boa volta, Verstappen marcou o terceiro tempo, mas já tinha a praticamente 1 segundo de Hamilton. Ricciardo vinha em 4º e depois vinham Perez, Sainz jr., Ocon, Albon, Gasly e Norris.

A 4 minutos do final, todos voltaram para a pista. Dificilmente Hamilton seria batido por ninguém. A 40 segundos do final, Bottas consegue melhorar sua marca, mas longe de conseguir o melhor tempo, com 1:31.956. Pior foi ter sido superado pelo Holandês Max Verstappen que fez 1:31.867 que toma a segunda posição e larga ao lado de Lewis Hamilton, que conquistou o recorde do circuito de Sochi com 1:31.304.

Hamilton e Verstappen abrem a primeira fila, Bottas terá do seu lado na segunda fila o mexicano Sergio Perez com sua Racing Point em muito bom treino do piloto que já tem seu bilhete azul assinado. Na terceira fila, largam o australiano Daniel Ricciardo com sua Renault e o espanhol Carlos Sainz jr. da Mclaren. Isso confirma o equilíbrio das equipes Racing Point, Renault e Mclaren na disputa pela terceira força da Formula 1.

Esteban Ocon larga em uma boa 7ªposição confirmando o bom momento da equipe francesa, Lando Norris completa a 4ªfila com sua Mclaren. Completando os 10 primeiros colocados ficaram os pilotos Pierre Gasly da Alpha Tauri e Alexander Albon da Red Bull.

Amanhã, a largada da 10ªetapa do Mundial vai ser bem cedo, a partir das 8 da manhã no horário de Brasília. Lewis Hamilton luta para conquistar a 91ªVitória da sua carreira  e de igualar a marca de 91 vitórias de Michael Schumacher.

Fotos:

Grid de Largada do GP da Rússia
10ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2020

posPilotoEquipeChassiMotorTemponºvoltas
144Lewis Hamilton  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:31.304 19
233Max Verstappen  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:31.867 21
377Valtteri Bottas  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:31.956 19
411Sergio Perez  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:32.317 15
53Daniel Ricciardo  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:32.364 15
655Carlos Sainz  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:32.550 15
731Esteban Ocon  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:32.624 20
84Lando Norris  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:32.847 19
910Pierre Gasly  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:33.000 21
1023Alexander Albon  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:33.008 19
1116Charles Leclerc  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:33.239 10
1226Daniil Kvyat  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:33.249 16
1318Lance Stroll  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:33.364 11
1463George Russell  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:33.583 11
155Sebastian Vettel  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:33.609 11
168Romain Grosjean  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:34.592 7
1799Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:34.594 6
1820Kevin Magnussen  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:34.681 8
196Nicholas Latifi  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:35.066 5
207Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:35.267 5

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

Última etapa da Formula 3 em Sochi, Shwartzman garante o título

A última etapa do Campeonato da Formula 3, Aconteceu em Sochi, Na semana do GP da Rússia. O piloto da casa Robert Shwartzman acabou levando o campeonato da Formula 3, confirmando seu favoritismo em cima de Jehan Daruvala.

Classificação foi feita no Sexta-feira e todos os pilotos foram para a pista, Após 2 voltas de aquecimento, A Classificação começou pra valer. Marcus Armstrong marcou 1:54.098, Nada mal, Se os seus adversários não alcançaram seu tempo. Nem mesmo Shwartzman e Daruvara. Até que o Finlandês Niko Kari acabou baixando o tempo para 1:53.845 a 22 minutos do final, O piloto da Trident assumiu a liderança, A equipe tinha também Pedro Piquet, numa boa 4ªposição.

Christian Lundgaard acabou errando sua primeira volta e teve de partir para uma nova volta, Mesmo não sendo uma volta perfeita, O dinamarquês da ART Grand Prix conseguiu o 4ºtempo a 18 minutos e 30 segundos do termino da classificação.

Mas ai veio Armstrong, que superou Kari e assumindo a liderança, Com 1:53.783. Shwartzman e Daruvara marcaram o 3º e 4ºtempos respectivamente. Jake Hugues da HWA e Pedro Piquet da Trident fizeram boas voltas e subiram para o 5º e 6ºtempos respectivamente.

Enquanto a maioria dos pilotos se encaminhava para os Boxes, na metade da classificação, Outros tentaram uma nova volta rápida. Lundgaard recuperou o 4ºlugar. A 14 minutos do final, Robert Shwartzman passou para a liderança, com 1:53.544.

A 13 minutos do final, os 10 primeiros lugares a Classificação era: Shwartzman, Armstrong, Kari, Daruvara, Lundgaard, Hughes, Piquet, Vips, Sargeant e Pulcini.

A menos de 10 minutos do termino da classificação, todo mundo vai para a pista para a última tentativa de melhorar seus tempos e buscarem a pole. Após 2 voltas de aquecimento, A 5 minutos e meio do final é que a brincadeira ficou séria de verdade.

Kari fez uma volta voadora e voltou a liderança, com 1:53.191, Foi 158 milésimos mais rápido que Pedro Piquet, que tinha marcados momentos antes a pole position, O inglês Jake Hughes subiu para o 2ºlugar, Superando Piquet e Shwartzman. A 3 minutos do final, A Classificação era: Kari, Hughes, Piquet, Shwartzman e Pulcini.

Mas o trio da Prema resolveu a parada e Shwartzman passou a liderar, Com Daruvara em 2º. Marcus Armstrong fez sua volta segundos depois e acabou ficando entre o Russo e o Indiano (Os dois postulantes ao título) em 2º.

Na volta final, Kari tentou voltar a ponta, Mas não conseguiu nem se quer melhorar sua marca. Quem melhorou foi Christian Lundgaard, Que passou do 9º para o 5ºlugar. Na volta final de Shwartzman e Daruvara, Foi um espetáculo. O Indiano fez 1:52.775 e logo depois, Superado pelo Russo Robert Shwartzman, que marcou 1:52.583. Além de ser uma pole position, era também 4 pontos importantes para a definição da disputa pelo campeonato.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeTempo
128Robert ShwartzmanPrema Racing1:52.583
227Jehan DaruvalaPrema Racing1:52.775
326Marcus ArmstrongPrema Racing1:52.853
419Niko KariTrident1:53.191
53Christian LundgaardART Grand Prix1:53.274
611Jake HughesHWA Racelab1:53.340
718Pedro PiquetTrident1:53.349
820Leonardo PulciniHitech Grand Prix1:53.451
921Jüri VipsHitech Grand Prix1:53.530
102Max FewtrellART Grand Prix1:53.539
1130Felipe DrugovichCarlin Buzz Racing1:53.550
1231Logan SargeantCarlin Buzz Racing1:53.643
136Richard VerschoorMP Motorsport1:53.824
1410Bent ViscaalHWA Racelab1:53.842
159Raoul HymanSauber Junior Team by Charouz1:53.877
1617Devlin DefrancescoTrident1:53.882
1714Yuki TsunodaJenzer Motorsport1:53.938
1822Yifei YeHitech Grand Prix1:53.943
1929Teppei NatoriCarlin Buzz Racing1:54.001
2025Sebastian FernandezCampos Racing1:54.046
217Lirim ZendeliSauber Junior Team by Charouz1:54.112
228Fabio SchererSauber Junior Team by Charouz1:54.145
234Liam LawsonMP Motorsport1:54.557
245Simo LaaksonenMP Motorsport1:54.757
2523David SchumacherCampos Racing1:54.889
2616Andreas EstnerJenzer Motorsport1:54.912
2712Keyvan AndresHWA Racelab1:55.068
2824Alessio DeleddaCampos Racing1:56.251
2915Charles LeongJenzer Motorsport1:57.166

A primeira corrida do final de semana, com um tempo encoberto e com possibilidades de chuva. Shwartzman tinha 37 pontos de frente para Jehan Daruvara, que precisava obrigatoriamente vencer para manter suas chances de título. Já o Russo teria de manter 17 pontos de vantagem para levar o campeonato no Sábado.

David Beckmann e Lirim Zendeli não largaram para essa corrida e nem mesmo para a prova de domingo.

Na largada, Tudo deu certo para o Russo, Que manteve a liderança. Por outro lado, nada deu certo para Daruvara, que perdeu 4 posições nas primeiras curvas, Caindo para o 6ºlugar. Marcos Armstrong largou muito bem e pulou para o 2ºlugar, Com Kari, Lundgaard e Pulcini na frente do Indiano.

No final da primeira volta, Leonardo Pulcini passou Christian Lundgaard e assumiu a 4ªposição. O Dinamarquês perderia posição para Daruvara, Que recuperaria a posição do piloto da ART Grand Prix.

No começo da segunda volta, Bend Viscaal acabou rodando e batendo no muro. O Safety Car Virtual foi acionado, Os pilotos tiveram que reduzir em 40% a velocidade de seus carros, para a retirada do carro da HWA do piloto Holandês. Dervin de Francesco e Felipe Drugovich tentaram dar o pulo do Gato ao colocar os pneus de pista molhada.

Na entrada da 4ªVolta, a corrida recomeça e Armstrong, Shwartzman, Kari e Pulcini estavam muito na frente de Daruvara, que ficou muito atrás, a Mais de 2 segundos dos 4 primeiros colocados. Segundos depois, O Piloto de Macau, Leong Hon Chio acabou batendo no muro. O Safety Car entrou na pista. Nesse meio tempo, Dervin DeFrancesco e Felipe Drugovich voltaram aos boxes para voltarem aos pneus de pista seca. Era claro que essa tática não iria funcionar.

Schwartzman, Armstrong, Kari, Pulcini, Daruvara, Lundgaard, Vips, Hughes, Piquet e Hyman eram os 10 primeiros. Antes da relargada, Juri Vips acabou tocando por trás de Christian Lundgaard, que acabou rodando e caindo para as últimas posições. Vips precisava ser punido por esse toque.

Relargada na volta 7, Armstrong vinha na frente, Mais Nico Kari foi para cima do Russo, Que não ofereceu resistência e acabou deixando o Finlandês passar para o 2ºlugar. Naquele momento, Ele era o campeão mesmo sem marcar pontos, Já que Daruvara vinha em 5ºlugar. Quem vinha em bela corrida de recuperação era Liam Lawson, que largou do 23ºlugar e já estava em 12º após 7 voltas de prova.

No começo da 9ªVolta, Kari vai com tudo para cima de Armstrong, Na Chicane, O Australiano segurou a ponta, Mas na curva 12, Kari foi por fora, lado a lado com o piloto da Prema e acabou levando a vantagem na volta seguinte, Alcançando a liderança da prova. Na volta seguinte, Armstrong tentou o troco, Acabou passando, Mas perdeu totalmente a curva, ficou lento e acabou sendo superado não só por Kari, Como também perdeu posição para Schwartzman e Puccini e caiu para o 4ºlugar.

Na 11ªVolta, David Schumacher foi tocado por Atrás pelo Iraniano Kevyin Andres (Que foi punido) Um dos piores pilotos do Grid em 2019. Armstrong tentava passar Puccini, Mas o Australiano estava vazando de novo a chicane, Por muito pouco Daruvara não passou para o 4ºlugar, Mas Armstrong segurou a posição. Na volta 13, Shwartzman supera Kari e volta a ponta da corrida, Enquanto que Armstrong foi com tudo para cima de Leonardo Pulcini, O piloto da Hi-Tech manteve a 3ªposição. Enquanto que seu companheiro de equipe acabou punido com 10 segundos de acréscimo no tempo final de corrida dele. Isso jogaria o Estones para o 10ºlugar a 7 voltas do final.

Marcus Armstrong superou Leonardo Pulcini na chicane e assumiu a 3ªposição. Enquanto Armstrong subia na corrida, O Indiano Jehan Daruvara perdeu posição para Juri Vips e estava na mira de Jake Hughes e de Pedro Piquet. Uma prova desastrosa do único adversário de Shwartzman pelo título. Hughes chegou a passar Daruvara, Mas o piloto da Prema acabou segurando a 6ªposição.

A 5 voltas do final, Armstrong estava em cima de Kari, Mas pressionado pelo Pulcini. Disputa pelo 2ºlugar nas voltas finais, O Russo praticamente campeão, Estava a mais de 1 segundo a frente deles. Na 17ªVolta, Armstrong conseguiu no momento certo, antes da Chicane, passar Kari e assumiu a 2ªposição. Por muito pouco Pulcini não se aproveitou e tomou o 3ºlugar das mãos do piloto da Trident. Logo depois de algumas curvas, Vips superou Pulcini, A Situação do Estones estava melhor, Já estava a vias de ganhar o 8ºlugar de Raoul Hyman. (Isso contando a punição de 10 segundos)

Pedro Piquet superou Jake Hughes e assumiu a 6ªposição. Nas voltas finais, Armstrong foi tirando a vantagem para Schwartzman, Mas parecia que a vitória iria ser do Russo. Porém, O Australiano acabou alcançando Schwartzman, No começo da volta final, Ao chegar na Chicane, Armstrong volta a liderança e leva seu carro para a vitória.

Mas a festa ficou mesmo com Robert Schwartzman, Que levou o título da Formula 2 ao chegar na segunda posição. Foi sua 14ªpontuação na temporada de 2019, E todas elas entre os 8 primeiros colocados. Um título que fica em ótimas mãos nessa temporada.

Juri Vips ficaria com o pódio na pista, Mas a punição merecida que ele tomou jogo ele para o 8ºlugar. Nico Kari conquistou seu primeiro pódio da temporada, Ficando em 3ºlugar. O Italiano Leonardo Pulcini ficou com o 4ºlugar. O único piloto que poderia ainda sonhar em tirar o título de Shwartzman, Jehan Daruvara não foi bem, Largou mal e não conseguiu reagir na prova, Ficou em 5ºlugar. Pedro Piquet levou o segundo carro da Trident ao 6ºlugar, Chegando a frente de Jake Hughes da HWA.

Juri Vips ficou em 8ºlugar. Completaram a zona de pontuação Raoul Hyman (Primeiros pontos na temporada) e Richard Verschoor da MP Motorsport.

Resultado final da 15ªEtapa da Formula 3:

posPilotoEquipeVoltasTempoMelhor voltaNa volta
126Marcus ArmstrongPrema Racing2042:35.3191:55.85310
228Robert ShwartzmanPrema Racing20a 1.0771:55.54511
319Niko KariTrident20a 4.9111:55.83010
420Leonardo PulciniHitech Grand Prix20a 6.0071:55.69410
527Jehan DaruvalaPrema Racing20a 8.3491:55.58410
618Pedro PiquetTrident20a 9.4791:55.66811
711Jake HughesHWA Racelab20a 11.4221:55.51310
821Jüri VipsHitech Grand Prix20a 14.0201:55.59711
99Raoul HymanSauber Junior Team by Charouz20a 15.5011:56.54710
106Richard VerschoorMP Motorsport20a 21.5761:56.80010
112Max FewtrellART Grand Prix20a 22.4611:56.84010
1214Yuki TsunodaJenzer Motorsport20a 25.8071:57.15819
1322Yifei YeHitech Grand Prix20a 26.0511:56.81519
143Christian LundgaardART Grand Prix20a 27.9501:56.14211
1531Logan SargeantCarlin Buzz Racing20a 30.1581:57.04010
1625Sebastian FernandezCampos Racing20a 31.0831:56.63711
175Simo LaaksonenMP Motorsport20a 35.9811:56.52811
184Liam LawsonMP Motorsport20a 37.5451:57.00010
1912Keyvan AndresHWA Racelab20a 39.8511:56.92610
2029Teppei NatoriCarlin Buzz Racing20a 42.8611:57.16811
2124Alessio DeleddaCampos Racing20a 43.9121:58.03816
2223David SchumacherCampos Racing20a 59.8971:57.10210
2317Devlin DefrancescoTrident20a 1:03.8151:56.55410
2416Andreas EstnerJenzer Motorsport20a 1:11.9991:57.91013
2530Felipe DrugovichCarlin Buzz Racing20a 1:12.8081:57.06510
x8Fabio SchererSauber Junior Team by Charouz9a 11 Voltas2:00.0168
x15Charles LeongJenzer Motorsport3a 17 Voltas2:27.7292
x10Bent ViscaalHWA Racelab1a 19 voltasSem Tempo0

Grid de Largada da última corrida da Formula 3

posPilotoEquipe
121Jüri VipsHitech Grand Prix
211Jake HughesHWA Racelab
318Pedro PiquetTrident
427Jehan DaruvalaPrema Racing
520Leonardo PulciniHitech Grand Prix
619Niko KariTrident
728Robert ShwartzmanPrema Racing
826Marcus ArmstrongPrema Racing
99Raoul HymanSauber Junior Team by Charouz
106Richard VerschoorMP Motorsport
112Max FewtrellART Grand Prix
1214Yuki TsunodaJenzer Motorsport
1322Yifei YeHitech Grand Prix
143Christian LundgaardART Grand Prix
1531Logan SargeantCarlin Buzz Racing
1625Sebastian FernandezCampos Racing
175Simo LaaksonenMP Motorsport
184Liam LawsonMP Motorsport
1912Keyvan AndresHWA Racelab
2029Teppei NatoriCarlin Buzz Racing
2124Alessio DeleddaCampos Racing
2223David SchumacherCampos Racing
2317Devlin DefrancescoTrident
2416Andreas EstnerJenzer Motorsport
2530Felipe DrugovichCarlin Buzz Racing
268Fabio SchererSauber Junior Team by Charouz
2715Charles LeongJenzer Motorsport
2810Bent ViscaalHWA Racelab

Domingo de Sol em Sochi, Era a última corrida da Formula 3 em 2019. Seriam 20 voltas para os pilotos mostrarem do que são capazes antes das Férias. Quando partiram para a volta de apresentação, O Carro do Indiano Jehan Daruvala acabou falhando na hora de largar e acabou tendo de largar dos boxes. Isso abriu a possibilidade de Armstrong levar o vice-campeonato.

Na largada, Vips manteve a liderança, Com Hughes em 2º e Pulcini pulando bem para o 3ºlugar. Piquet vinha em 4º e Armstrong superou Kari na 2ªMetade da primeira volta, assumindo o 5ºlugar. O Inglês Jake Hughes foi para cima de Vips nesse começo de corrida, Sem dar descanso para o Estones.

Na 4ªVolta, Armstrong vai para cima de Piquet disputando o 4ºlugar e Shwartzman foi para cima de Niko Kari disputando o 6ºlugar. Na disputa pela ponta, Vips resistia à pressão de Hughes. Na 5ªVolta, Leonardo Pulcini tenta por fora o ataque para cima de Hughes e acabou ficando roda com roda com o piloto da HWA na curva 4 e 5. Quando foram para a próxima curva, Os dois se tocam e Pulcini levou a pior e foi para fora da pista. O lance foi colocado sobre investigação, Mas não teve punição.

Pedro Piquet e Marcos Armstrong se aproveitaram e superaram o piloto da HWA. Na sexta volta, Armstrong passou Piquet e assumiu o 2ºlugar, Porém, O brasileiro da equipe Trident conseguiu retornar a posição.

Mas isso não durou muito, Armstrong superou Piquet e assumiu em definitivo a segunda posição. Com 3.5 segundos atrás de Juri Vips, que vinha fazendo uma corrida tranquila na ponta. Na parte intermediária, Lundgaard luta muito para ganhar posições, Mas sofre para ficar na frente de Liam Lawson. Armstrong tinha feito à volta mais rápida da prova, Enquanto que Daruvala estava apenas em 23ºlugar. Esses resultados davam a Armstrong o vice-campeonato.

Chegando a metade da corrida, Fabio Scherer e Simo Laassonen acabaram deixando a prova, Com problemas mecânicos. Os 8 primeiros colocados eram: Vips, Armstrong, Piquet, Hughes, Kari, Shwartzman, Tsunoda, Verschoor. Daruvala vinha a 22 segundos do líder, Em 18ºlugar.

Na 12ªVolta, O Campeão Robert Shwartzman passou Nico Kari e passou para o 5ºlugar. Nessa mesma volta, Daruvala tomou a melhor volta da prova, Mas precisaria entrar entre os 10 primeiros colocados para marcar os 2 pontos e salvar o seu vice-campeonato.

Richard Verschoor vai para cima de Yuki Tsunoda, Disputando o 7ºlugar, Na volta 13, O holandês superou o Japonês, Mas era uma disputa que não se definiu aqui. Tsunoda foi para cima do piloto da MP Motorsport para recuperar a posição. Com Fewtrell e Yefei vindo perto do piloto da Jenser. Na 15ªVolta, O Japonês passou o Holandês e recuperou o 7ºlugar. Jehan Daruvara passou para o 16ºlugar. Ele precisava ganhar 8 posições para marcar pontos e salvar o vice-campeonato, Mas essa posição estava longe do Indiano. Ao final da 15ªVolta, Shwartzman passou Hughes e passou para o quarto lugar.

Marcus Armstrong marcou a melhor volta da prova, superando Jehan Daruvara. Com os 2 pontos além do segundo lugar o Australiano praticamente colocava a mão no vice-campeonato, Por mais esforço do piloto indiano, que vinha recuperando posições no final da corrida.

A Poucas voltas do final, Armstrong se aproximou de Vips, Baixando sua vantagem para o 1.4 segundos, Fechar com chave de ouro o campeonato com 2 vitórias no mesmo final de semana. Richard Verschoor voltou a superar Yuki Tsunoda e voltou ao 7ºlugar, O Chinês Yi Yirei se aproveitou e ganhou a posição também.

A 3 voltas do final, Pedro Piquet acabou parando com problemas e acabou perdendo um pódio em 3ºlugar praticamente garantido. Isso fez com que Shwartzman herdasse o pódio.

Daruvara tentava o milagre de chegar ao 8ºlugar, ele chega nas 2 voltas finais em Fewtrell e Lundgaard (que pressionaram e acabaram fazendo o piloto da Jenzer errar e perder posições) Logo atrás de Liam Lawson. Os dois conseguiram passar os pilotos da ART na última volta e assumiram o 8º e 9ºlugares. Antes disso, Yefei passou Verschoor e ganhou o 6ºlugar.

Juri Vips manteve a liderança até o final. Conquistando a prova de domingo de ponta a ponta e acabou o ano como o melhor piloto, logo depois dos pilotos da Poderosa equipe Prema que ficaram nas 3 primeiras posições.

Marcos Armstrong acabou ficando em 2ºlugar e com os 2 pontos da melhor volta da corrida, O Australiano chegou a 1 ponto a frente de Jehan Daruvala e acabou com o vice-campeonato. Com 158 pontos contra 157 do piloto Indiano, Daruvala chegou em 9ºlugar e não conseguiu pontuar, Além disso, Foi punido em 5 segundos por procedimento ilegal de largada (Punição na qual eu não entendi) que o deixou em 14ºlugar.

Robert Shwartzman completou o pódio e acabou o ano com 15 resultados entre os 8 primeiros colocados. Seu 10ºpódio na temporada, Fechando o ano com 212 pontos. Exatamente 54 pontos a frente de Armstrong e 55 pontos a frente de Daruvala.

Jake Hughes da HWA em 4ºlugar e Nico Kari em 5ºlugar. O piloto Finlandês teve seu melhor final de semana na Formula 3. Quem teve seu melhor resultado na prova de domingo foi o Chinês Yi Yifei, que acabou conseguindo um 6ºlugar e conseguiu seus 4 pontos na temporada. Completaram a zona de pontuação:  Richard Verschoor e Liam Lawson da MP Motorsport.

O Portal Sportszone parabeniza a Robert Shwartzman pelo título de pilotos e a Equipe Prema pelo título de construtores e pelos 3 primeiros lugares na Formula 3 – Temporada 2019.

Fotos:

Resultado final da última corrida da Formula 3:

posPilotoEquipeVoltasTempoMelhor voltaNa volta
121Jüri VipsHitech Grand Prix2038:55.5951:55.97218
226Marcus ArmstrongPrema Racing20a 2.1591:55.86015
328Robert ShwartzmanPrema Racing20a 9.5961:56.24115
411Jake HughesHWA Racelab20a 10.2901:56.41819
519Niko KariTrident20a 15.2591:56.5083
622Yifei YeHitech Grand Prix20a 24.0901:56.5214
76Richard VerschoorMP Motorsport20a 24.9011:56.7524
84Liam LawsonMP Motorsport20a 28.4141:56.5874
93Christian LundgaardART Grand Prix20a 32.7661:56.7004
1031Logan SargeantCarlin Buzz Racing20a 33.2371:56.5804
112Max FewtrellART Grand Prix20a 34.1111:56.7584
1217Devlin DefrancescoTrident20a 34.4751:57.23116
139Raoul HymanSauber Junior Team by Charouz20a 34.8291:56.6724
1427Jehan DaruvalaPrema Racing20a 37.0911:56.10211
1530Felipe DrugovichCarlin Buzz Racing20a 38.3581:57.39618
1620Leonardo PulciniHitech Grand Prix20a 40.3581:56.66416
1710Bent ViscaalHWA Racelab20a 40.6041:57.05112
1816Andreas EstnerJenzer Motorsport20a 46.1611:57.25213
1929Teppei NatoriCarlin Buzz Racing20a 47.0221:56.8024
2023David SchumacherCampos Racing20a 54.4631:57.75113
2115Charles LeongJenzer Motorsport20a 1:05.3691:58.13519
2224Alessio DeleddaCampos Racing20a 1:28.6011:58.04219
2312Keyvan AndresHWA Racelab20a 2:09.4501:56.7014
2425Sebastian FernandezCampos Racing19a 1 Volta 1:56.7544
2514Yuki TsunodaJenzer Motorsport19a 1 Volta1:56.7044
x18Pedro PiquetTrident16a 4 Voltas1:56.55816
x8Fabio SchererSauber Junior Team by Charouz8a 12 Voltas1:56.9956
x5Simo LaaksonenMP Motorsport8a 12 Voltas1:57.4496

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formula 3

Nick de Vries é o campeão da Formula 2 – Com ótima atuação em Sochi e vitória na corrida de Sábado

Nick de Vries aproveitou a chance de matar o campeonato e conquistou a pole na Sexta-Feira e conquistou a vitória no Sábado e Garantiu o título da Formula 2. O piloto Holandês que não tem vaga na Formula 1 em 2020, Vai correr pela equipe Mercedes na Formula E. Dominou a maior parte do campeonato, De Vries foi o campeão de Maneira merecida. Já sem pressão, De Vries ficou em 2ºlugar na corrida do Domingo, Que teve a vitória de Luca Ghiotto.

Treino de Classificação

A Classificação da Penúltima etapa da Formula 2, Realizada depois dos treinos livres da Formula 1, na Sexta. O Campeonato poderia ter a sua resolução definida a favor de Nick de Vries. Muito na frente de Nicholas Latifi na classificação deveria terminar o final de semana com 49 pontos de frente para o Canadense para ser o campeão do Mundo.

Na Charouz, O Russo Matevos Isaakyan entrou no lugar de Juan Manuel Correa, Ainda acidentado desde do Trágico GP da Bélgica. Na Arden, Artem Markelov com o carro 22 vai correr as 2 últimas corridas do campeonato no Lugar do Falecido Anthonie Hubert. Na Trident, volta o Suíço Ralph Bosching, Impedido de correr por que um dos carros da equipe ficaram na Bélgica para fazer a perícia do acidente.

Após a entrada dos pilotos na pista, Com 2 voltas de aquecimento, O brasileiro Sérgio Sette Câmara foi o primeiro a marcar um tempo rápido. Sua boa volta de 1:48.535 acabou só sendo superado pelo Holandês Nick de Vries, Com 1:48.115 acabou assumindo a liderança. 20 segundos depois, Nicholas Latifi supera o Holandês, Com 1:48.060. O Inglês Callum Ilott fez um belíssimo 3ºtempo.

Dos 20 pilotos, Apenas Jack Aitken não tinha feito uma volta rápida. Os 10 primeiros colocados eram: Latifi, De Vries, Ilott, Sette Câmara, Mazepin, Ghiotto, Deletraz, Zhou, Gelael e King.

Após uma volta dos pilotos andando mais lentamente (Esfriando os pneus), Os pilotos partiram para uma nova volta. Sette Câmara não conseguiu melhorar sua volta e acabou sendo superado pelo Russo Nikita Mazepin. O Estreante vinha correndo em casa, na sua temporada de estreia, Passando para o 4ºlugar. Luca Ghiotto subiu do 6º para o 3ºlugar. Nicholas Latifi fez grande volta e foi o primeiro a fazer tempo na casa do 1 minuto e 47 segundos. Com 1:47.966, Ele aumenta sua vantagem para Nick De Vries. O último a fazer uma volta rápida, Jack Aitken acabou fazendo o 6ºtempo.

A 14 minutos do final, Nobuharu Matsushita fez uma bela volta e subiu para o 6ºlugar. A 13 minutos do final, A Classificação era: Latifi, de Vries, Ghiotto, Ilott, Mazepin, Matsushita, Aitken, Sette Câmara, Zhou e Delétraz.

A 10 minutos do final, Todo mundo vai para a pista. Para a definição do grid de largada. Após as 2 voltas de aquecimento, Os pilotos  foram para as últimas voltas rápidas da classificação. Nick de Vries queria a pole, queria decidir o campeonato de uma vez por todas, A 3 minutos e 50 segundos do final, O piloto da ART Grand Prix marcou 1:47.440 e tomou a liderança. Louis Delétraz fez uma bela volta e subiu para a terceira posição.

Latifi tentou recuperar a volta, Mas ele acabou não indo bem e se quer conseguiu melhorar seu tempo. Callum Ilott e Luca Ghiotto melhoraram seus tempos para o 3º e 4ºlugares, O Chinês Gwanyu Zhou subiu para o 5ºlugar, Os três superaram Sette Câmara. Na volta final, ninguém conseguiu melhorar a marca de Nick de Vries, que garantiu mais uma pole position, Com mais 4 pontos no campeonato, ele se aproximava do título de Campeão da Formula 2.

Nicholas Latifi larga em 2ºlugar fechando a primeira fila. Na segunda fila, largam Callum Ilott da Charouz e Luca Ghiotto da Uni Virtuosi. Na terceira fila largam: Gwanyu Zhou e Sérgio Sette Câmara. Louis Delétraz da Carlin, Nikita Mazepin da ART Grand Prix. O piloto da Casa larga em uma boa 8ªposição. Jordan King da MP Motorsport e Nobuharu Matsushita da Carlin completou os 10 primeiros colocados.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeTempo
14Nyck de VriesART Grand Prix1:47.440
26Nicholas LatifiDAMS1:47.700
311Callum IlottSauber Junior Team by Charouz1:47.737
48Luca GhiottoUNI-Virtuosi1:47.767
57Guanyu ZhouUNI-Virtuosi1:47.843
65Sérgio Sette CâmaraDAMS1:48.031
71Louis DelétrazCarlin1:48.188
83Nikita MazepinART Grand Prix1:48.226
916Jordan KingMP Motorsport1:48.320
102Nobuharu MatsushitaCarlin1:48.396
119Mick SchumacherPrema Racing1:48.444
1215Jack AitkenCampos Racing1:48.477
1310Sean GelaelPrema Racing1:48.567
1420Giuliano AlesiTrident1:48.850
1521Ralph BoschungTrident1:48.880
1622Artem MarkelovBWT Arden1:49.244
1712Matevos IsaakyanSauber Junior Team by Charouz1:49.497
1818Tatiana CalderónBWT Arden1:50.255
1914Marino SatoCampos Racing1:50.311
2017Mahaveer RaghunathanMP Motorsport1:51.949

Na primeira corrida do final de semana, De Vries tinha sua primeira chance de matar o campeonato a favor dele. Na largada, O Holandês começou muito bem e manteve a liderança, Seguido de  Latifi e Ilott nas 3 primeiras posições. Na metade da primeira volta, O Russo Artem Markelov acabou parando seu carro na parte da área de Escape. Foi o suficiente para que se desse um Safety Car virtual em toda a pista.

Após a retirada do carro do piloto da Arden, A Corrida recomeçou. Zhou foi para cima de Luca Ghiotto, Porém o Chinês seria investigado por levar vantagem na chicane, assim como o Giuliano Alesi. Ambos foram punidos em 5 segundos. Alguns pilotos como Callum Ilott e Sergio Sette Câmara sentiram muito o desgaste dos pneus macios. Quem se deu bem, foi Luca Ghiotto que assumiu a liderança após superar Nick de Vries, Latifi também sofria pressão de Schumacher e de Mazepin, que estavam com os pneus mais preservados.

Ao final da 6ªVolta, Nick de Vries foi para os boxes, Assim como Latifi, Zhou, Delétraz, Ilott, Sette Câmara, Aitken, Gelael e Isaakyan. Ghiotto fica na liderança, A 5 segundos da Briga entre Mazepin e Schumacher, que disputavam o 2ºlugar. O Alemão chegou a superar o Russo, que deu o troco pouco depois. Nick de Vries vinha a 32 segundos de Ghiotto e vinha fazendo a melhor volta da prova após a 8ªVolta. Latifi vinha a 2.7 segundos atrás do piloto Holandês. O Resto já vinha bem mais atrás.

Lá na frente, Mazepin vinha fazendo uma ótima corrida, no segundo lugar. Com Schumacher, Matsushita e um pouco mais atrás, Jordan King, em 5ºlugar. Alesi e Boschung vinha andando com os carros da Trident em 6º e 7ºlugares.

Na 11ªVolta, Nick de Vries chegou em Marino Sato e acabou conseguindo a ultrapassagem no final dessa volta, Subindo para o 8ºlugar. Na 14ªVolta, Schumacher acaba fritando os pneus e perdendo o 3ºlugar para Nobuharu Matsushita, Logo, O Filho de Michael Schumacher iria ser o alvo de Jordan King, que vinha a partir da 15ªVolta chegando no piloto da Prema.

No final da volta seguinte, O Japonês passa do ponto da Curva, Vai para a parte de fora da pista e deixa Schumacher com esperanças de reaver a posição.

Duas voltas depois, O motor de Schumacher fumou e o piloto Alemão acabou perdendo rendimento, No final da volta seguinte, Mick foi para os boxes e abandonou a prova. Na volta seguinte, Mazepin foi superado pelo Japonês Nobuharu Matsushita e assume o segundo lugar. Enquanto que Nick De Vries chegava em Ralph Boschung para superar o piloto suíço sem dificuldades e levar o 7ºlugar.

Jordan King foi para os boxes na 21ªVolta, Era o primeiro dos que não tinham parado nas primeiras voltas. Nicholas Latifi teve problemas para passar Boschung e começou a ser pressionado pelo Louis Delétraz. Se o Canadense não estava acertando na ultrapassagem sobre os pilotos mais lentos, O líder do campeonato, Nick de Vries não tinha esse problema e conseguiu passar Giuliano Alesi facilmente na 22ªVolta. Quando o piloto Francês foi para os boxes no final da mesma volta. O Filho de Jean Alesi voltou em 13ºlugar. Matsushita parou na 24ªVolta.

Ghiotto, Com 26 segundos de frente para Nick de Vries, levou a hora da parada até o final da 24ªVolta, O piloto da Uni Virtuosi acabou indo para a parada e apesar da troca rápida, Acabou fazendo com que De Vries voltasse a liderança, Com Latifi em 2º e Delétraz em 3ºlugar.

Ghiotto voltou na 4ªposição e logo partiu para cima de Delétraz. Com os pneus mais novos, O suíço não foi páreo para o piloto da Uni Virtuosi, que passou para o 3ºlugar. Parecia que o pódio estava definido. Porém, Delétraz arriscou tudo e conseguiu retornar a posição de pódio, Superando a Luca Ghiotto.

Nick de Vries levou o seu carro até a bandeirada de chegada e conquistou a vitória. Não só isso, O piloto Holandês confirmou o título de Campeão da Formula 2 em 2019. Em uma brilhante temporada do piloto da ART Grand Prix, Que não deixou dúvidas de que foi o melhor piloto da temporada de 2019.

Nicholas Latifi que via seu vice-campeonato ficar ameaçado, fez boa corrida e acabou em 2ºlugar. Porém, não conseguiu evitar a decisão do campeonato a favor de Nick de Vries. O pódio acabou ficando com Louis Delétraz, Em uma corrida brilhante do piloto da Carlin, ele superou o Italiano Luca Ghiotto, que não obteve vantagem nenhuma com a parada tardia, no final da prova.

Sérgio Sette Câmara fez uma corrida discreta, Mas ainda assim conseguiu levar o seu carro da DAMS a 5ªposição, Bem a frente do Japonês Nobuharu Matsushita da Carlin. Jack Aitken superou Nikita Mazepin na volta final e acabou a prova do Sábado em 7ºlugar. Já Mazepin teria o privilégio de ser o pole position da prova de domingo. Callum Ilott e Guanyu Zhou completaram a zona de pontuação no Sábado.

Resultado Final da 21ªcorrida da Formula 2

posPilotoEquipeVoltasTempoMelhor VoltaNa Volta
14Nyck de VriesART Grand Prix2854:12.0871:52.17425
26Nicholas LatifiDAMS28a 4.9181:52.06923
31Louis DelétrazCarlin28a 5.9951:51.84424
48Luca GhiottoUNI-Virtuosi28a 7.6071:51.10426
55Sérgio Sette CâmaraDAMS28a 11.3781:51.62026
62Nobuharu MatsushitaCarlin28a 20.3641:51.18525
715Jack AitkenCampos Racing28a 27.4031:52.54824
83Nikita MazepinART Grand Prix28a 28.5721:52.31726
911Callum IlottSauber Junior Team by Charouz28a 32.3941:53.0409
107Guanyu ZhouUNI-Virtuosi28a 33.7561:52.75028
1110Sean GelaelPrema Racing28a 43.3651:53.45011
1216Jordan KingMP Motorsport28a 47.4931:52.10722
1320Giuliano AlesiTrident28a 48.6201:51.61224
1421Ralph BoschungTrident28a 59.0211:52.38024
1518Tatiana CalderónBWT Arden28+ 1:09.8841:53.35124
1614Marino SatoCampos Racing28+ 1:46.2181:54.53122
1717Mahaveer RaghunathanMP Motorsport27a 1 Volta1:54.50024
1812Matevos IsaakyanSauber Junior Team by Charouz27a 1 Volta1:53.23612
x9Mick SchumacherPrema Racing19a 9 voltas1:53.37316
x22Artem MarkelovBWT Arden0a 28 Voltasxx

Grid de Largada da 22ªCorrida da Formula 2

posPilotoEquipe
13Nikita MazepinART Grand Prix
215Jack AitkenCampos Racing
32Nobuharu MatsushitaCarlin
45Sérgio Sette CâmaraDAMS
58Luca GhiottoUNI-Virtuosi
61Louis DelétrazCarlin
76Nicholas LatifiDAMS
84Nyck de VriesART Grand Prix
911Callum IlottSauber Junior Team by Charouz
107Guanyu ZhouUNI-Virtuosi
1110Sean GelaelPrema Racing
1216Jordan KingMP Motorsport
1320Giuliano AlesiTrident
1421Ralph BoschungTrident
1518Tatiana CalderónBWT Arden
1614Marino SatoCampos Racing
1717Mahaveer RaghunathanMP Motorsport
1812Matevos IsaakyanSauber Junior Team by Charouz
199Mick SchumacherPrema Racing
2022Artem MarkelovBWT Arden

No domingo, Já com o campeão Definido, Tivemos a corrida curta do final de semana. Essa corrida curva foi mais curta que deveria ser, devido a um acidente nas primeiras curvas do circuito. Um acidente forte, Provocado por um piloto de ponta do Grid.

Mazepin que largou da pole position, Largou bem e assumiu a liderança, Com Aitken logo atrás, Mas ambos vazaram a chicane e passaram reto. Enquanto isso, Louis Delétraz acabou em uma manobra impensada rodou e por muito pouco o suíço não bateu na traseira de um dos pilotos da DAMS.

Quando Mazepin e Aitken voltaram para a pista, O piloto da Campos se precipitou e acabou tocando na roda do Russo. Resultado dessa lambança, Nobuharu Matsushita que liderava a classificação acabou atingido pelo carro do Russo (Já danificado) e vai para o muro de maneira preocupante. Mas o piloto Japonês não sofreu graves ferimentos, Foi para o Hospital para observação e depois, foi liberado. Tanto é que a corrida foi interrompida por mais de 45 minutos e a prova foi reduzida para apenas 15 voltas.

Após esse tempo, A corrida recomeça, Com vários pilotos tomando punição de Cinco segundos. Entre eles, O Brasileiro Sérgio Sette Câmara. Sendo que muitas dessas punições achei desnecessárias e injustas. Apenas a Punição de 10 segundos de Louis Delétraz foi justa e merecida, Até porque, Rodar do jeito que ele rodou? Demos sorte de não ter um acidente mais grave do que tivemos.

Na pista, Nick de Vries passou Ilott subindo para o 2ºlugar. Sette Câmara superou Latifi ganhando o 4ºlugar. O Holandês foi para cima de Luca Ghiotto, Querendo completar seu final de semana perfeito, com 2 vitórias e o campeonato no bolso.

Porém, Ghiotto percebeu isso e começou a abrir diferença para o campeão da temporada, Chegando a abrir 1.5 segundos. Enquanto que Ilott tinha se aproximado do piloto da ART Grand Prix. Um pouco mais atrás, Sette Câmara era seguido de perto por Latifi e Zhou, Disputa aonde o Brasileiro estava a desvantagem de 5 Segundos da punição que tomou depois da relargada.

Sena Gelael estava muito longe, em 7ºlugar, Mas estava também com uma boa vantagem para Markelov, que tentava sustentar o 8ºlugar. Porém, ele acabaria sendo superado pelo Giuliano Alesi.

A 4 voltas do final, Nick de Vries abriu fogo para cima de Ghiotto, que já vinha ficando mais lento e permitindo que Ilott, Sette Câmara, Latifi e Zhou chegassem neles a poucas voltas do final. Os 6 primeiros colocados vinham juntos na reta final de prova. De Vries tentou de tudo para superar Ghiotto, Mas o Italiano resistiu e levou a vitória na corrida curta do domingo.

O piloto da Uni Virtuosi venceu pela 3ª vez na temporada. Com Nick de Vries quase fazendo uma dupla vitória, Algo bem difícil de acontecer. O Holandês ficou em 2ºlugar. O pódio acabou ficando com Callum Ilott da Charouz.

Sérgio Sette Câmara acabou perdendo posições para Nicholas Latifi e Guanyu Zhou por causa da punição de 5 segundos, Caindo de 4º para o 6ºlugar. Sean Gelael chegou nos pontos, Ficando com o 7ºlugar e salvando o final de semana da Prema. Giuliano Alesi completou a zona de pontuação. Jordan King e Artem Markelov completavam os Top 10.

Se a disputa do campeonato esta definida, O vice-campeonato ainda esta aberto. Lafiti tem 10 pontos de frente para Luca Ghiotto, 29 pontos a frente de Sette Câmara e 35 pontos a frente de Aitken. A última prova do Campeonato acontece nos dias 30 de novembro e 1º de Dezembro, Em Abu Dhabi – Emirados Árabes Unidos.

Fotos:

Resultado Final da 22ªcorrida da Formula 2

posPilotoEquipeVoltasTempoMelhor VoltaNa Volta
18Luca GhiottoUNI-Virtuosi151:18:21.3291:52.3544
24Nyck de VriesART Grand Prix15a 0.7121:52.3815
311Callum IlottSauber Junior Team by Charouz15a 1.6721:52.5324
46Nicholas LatifiDAMS15a 3.3831:52.27212
57Guanyu ZhouUNI-Virtuosi15a 3.8201:52.33410
65Sérgio Sette CâmaraDAMS15a 7.3361:52.36012
710Sean GelaelPrema Racing15a 10.3431:53.05113
820Giuliano AlesiTrident15a 13.1081:52.92312
916Jordan KingMP Motorsport15a 14.8511:52.83415
1022Artem MarkelovBWT Arden15a 16.7691:52.82215
1115Jack AitkenCampos Racing15a 23.8981:53.07711
1221Ralph BoschungTrident15a 26.5581:53.0897
1312Matevos IsaakyanSauber Junior Team by Charouz15a 27.4141:53.06112
141Louis DelétrazCarlin15a 31.9331:52.34712
1514Marino SatoCampos Racing15a 36.4721:53.84912
1618Tatiana CalderónBWT Arden15a 43.0571:54.20110
1717Mahaveer RaghunathanMP Motorsport15a 1:01.5061:55.6329
x9Mick SchumacherPrema Racing7a 8 Voltas1:53.7334
x3Nikita MazepinART Grand Prix0a 15 Voltasxx
x2Nobuharu MatsushitaCarlin0a 15 Voltasxx

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formula 2

Hamilton vence em Sochi, Ajudado pelo Safety Car e fica mais perto do título

O que parecia ser uma corrida completamente complicada para a Mercedes acabou se transformando em uma dobradinha da equipe Alemã. O Inglês Lewis Hamilton conquistou sua 9ªVitória na temporada de 2019. Com 73 pontos sobre Valtteri Bottas e 107 pontos a frente de Leclerc. O inglês esta mais perto do que nunca do Hexacampeonato mundial.

Na largada em um dia de sol, Vettel, que vinha em 3ºlugar, Fez uma grande largada e passou a liderança, superando Leclerc e Hamilton. Os pilotos da Mercedes largaram mal, Principalmente Bottas que ainda conseguiu se recuperar, Porém ficou atrás de Carlos Sainz jr. em 5ºlugar. Os pilotos da Mclaren fizeram uma bela largada, Tanto é que Lando Norris subiu para o 6ºlugar. Nas primeiras curvas, Antonio Giovinazzi acabou tocando no pneu traseiro do Ricciardo e bateu na roda traseira de Romain Grosjean, que acabou indo para o muro. Safety Car na pista.

Ricciardo teve de ir para os boxes e trocar o pneu furado do seu carro.

Relargada na 4ªVolta, Vettel e Leclerc disparam na liderança, Com Hamilton seguindo os 2. Depois vinham Sainz Jr. e Bottas completando os 5 primeiros lugares. Hulkenberg foi superado pelo Magnussen e subiu para o 9ºlugar.

Ao autorizar a asa móvel, sem perder tempo, Bottas superou Sainz e recupera a 4ªposição. Enquanto que Verstappen tinha mais dificuldades de superar Sergio Perez. Na curva 5 da 7ªVolta, o holandês superou o piloto da Racing Point, passando para o 7ºlugar. Nas primeiras 10 voltas, Vettel abriu mais de 2 segundos de vantagem para Leclerc.

Verstappen foi para cima de Norris, Apesar de não ter um motor tão forte que o motor do piloto Britânico, O piloto da Red Bull passou no final da reta para a chicane e assumiu o 6ºlugar. Vettel vinha fazendo volta mais rápida após volta mais rápida. Até que na 15ªVolta, Hamilton fez a volta mais rápida da prova. Naquela altura do campeonato, Os pneus Médios da Mercedes poderiam esta começando a render mais que os pneus macios dos pilotos da Ferrari.

Hulkenberg foi o primeiro a fazer a parada na 17ªVolta, Foi uma parada com problemas e isso fez Hulk ficar muito para trás. Na 18ªVolta, Verstappen passou Carlos Sainz jr. assumiu a 5ªposição, A diferença que o Verstappen teria que tirar para disputar o 4ºlugar com Valtteri Bottas. Após 20 voltas de prova, Alexander Albon estava em 12ªposição e vinha em ataque para cima de Pierre Gasly e logo a frente de Danill Kvyat.

Norris e Sainz jr. pararam na 21ª e 22ªVoltas. Leclerc começou a ter problemas com os pneus macios e acabou indo para a parada, na entrada da volta 23. Era um bom momento para comparar o desempenho do pneu Médio gasto com os pneus Médio zerado. Em 2 voltas, Leclerc tinha tirado 2 segundos da desvantagem sobre Bottas. Apesar do pouco desgaste, estava na cara que os pneus do Monegasco eram melhores que os pneus do piloto Alemão.
Albon após uma luta de 4 voltas finalmente conseguiu passar Gasly, Mesmo com o Francês por dentro na curva 5. O Tailandês ganhou o 8ºlugar.

Vettel ficou na liderança até a volta 27, Quando o Alemão foi para os boxes. E após a parada, Leclerc passa a frente e Vettel. Hamilton assumiu a liderança e Bottas subiu para o segundo lugar.

Para piorar, Vettel tem problemas de motor e não restou mais nada se não encostar o carro na área de escape, Mas o bastante para acionar o Safety Car Virtual. Isso foi o que a Mercedes precisava para fazer a parada com seus dois pilotos. Hamilton e Bottas acabaram colocando os pneus macios. Assim como outros pilotos, Entre eles, Max Verstappen. Assim que a corrida recomeçou, quase que imediatamente, O inglês George Russell bateu no muro e provocou a entrada do Safety Car.

Assim que entrou o Safety Car, Vários pilotos foram para os boxes. A Ferrari acabou chamando Leclerc para colocar os pneus macios. Com isso, Hamilton e Bottas assumiram as 2 primeiras posições, Com Leclerc, Verstappen, Sainz jr. e Magnussen nas 6 primeiras posições. Robert Kubica deixou a prova, E dessa forma a Williams pela primeira vez em 2019 não chega ao final com nenhum de seus dois pilotos.

Na 33ªVolta, Tivemos a relargada. Com Hamilton abrindo vantagem para Bottas e Leclerc disputando o segundo lugar. O piloto da Ferrari tentou passar Bottas, Mas o problema é que o vice-líder do campeonato segurou a posição. A Ferrari vinha um carro mais rápido, Mas o 3ºSetor da Mercedes era bem melhor que o 3ºSetor da Ferrari. Isso impedia que Leclerc tivesse chance de superar Bottas.

Na 37ªVolta, Hulkenberg superou Stroll e passou para o 10ºlugar, Entrando para a zona de pontuação. Enquanto isso a briga entre os dois carros da Toro Rosso estava interessante, Até que Gasly ao tentar superar Kvyat, Mas acabou vazando a chicane e acabou perdendo tempo. Além de perder posição para seu companheiro de equipe, ele perdeu posição para Kimi Raikkonen. A Alfa Romeo vinha em um dia bem problemático.

Na 43ªVolta, Albon superou Magnussen e o Tailandês subiu para o 6ºlugar, ele teria 10 voltas para tirar 4.5 segundos sobre Carlos Sainz jr. para tentar a 5ªPosição.

Na volta 45, Foi a vez de Perez superar o piloto da Haas, Os problemas com o VF-19 começavam a aparecer. Pior ainda, Magnussen vazou a chicane da curva 2 (Chicane) e acabou tomando 5 segundos de punição.

Na reta final da prova (48ªVolta), Albon supera Sainz jr. e passa a 5ªposição, Após largar dos boxes. Nas voltas finais, Hamilton só precisou administrar sua considerada vantagem para Bottas, que estava com o segundo lugar nas mãos, Já que Leclerc estava já sem pneus para atacar o piloto da Mercedes.

Hamilton chegou a sua 82ªVitória na Formula 1, O inglês esta agora a 9 vitórias do recorde de Michael Schumacher e fica mais perto do título com essa 9ªVitória em 2019. Valtteri Bottas completou a dobradinha em 2ºlugar, Numa corrida que parecia que iria dar tudo errado para ele e acabou com o Satefy Car tendo a possibilidade de defender sua segunda posição, Ganhou uma disputa particular com Leclerc pelo vice-campeonato e não permitiu que Leclerc pudesse sonhar com um ataque em cima de Hamilton.

Foi um grande resultado para Bottas, Já Para Leclerc nem tanto. O Piloto da Ferrari acabou ficando em 3ºlugar. Depois de ter a corrida nas suas mãos por algumas voltas e de ter o melhor carro do final de semana.

Max Verstappen teve uma atuação comprometida, não tinha velocidade suficiente para brigar pela vitória em Sochi. O 4ºlugar do Holandês foi que era possível para hoje. Alexander Albon, partiu dos boxes para chegar ao final em 5ºlugar, Em mais uma atuação competente do Tailandês na Red Bull.

Carlos Sainz jr. Fez uma grande corrida, Certamente o 6ºlugar foi muito menos do que ele e a Mclaren mereciam no dia de hoje. O Espanhol esta perto de Pierre Gasly na disputa pelo 6ºlugar no mundial de pilotos. Em Seguida, chegou o Mexicano Sergio Perez da Racing Point, numa bela corrida.

A principio, Kevin Magnussen chegou em 8ºlugar, Mas com a punição de 5 segundos acabou perdendo posição para Lando Norris. O piloto Dinamarquês conseguiu marcar pontos para a Haas após 5 corridas sem pontuar. (A última pontuação foi no GP da Alemanha) Nico Hulkenberg completou a zona de pontuação, Salvando mais um ponto para a equipe Renault.

Lance Stroll acabou ficando com o 11ºlugar, A frente apenas de Danill Kvyat da Toro Rosso, largando do último lugar para chegar em uma decente 12ªposição, Kimi Raikkonen teve mais um final de semana horrível. A Alfa Romeo caiu, Mas o Homem de Gelo deu uma queda de produção preocupante nessa parte final de temporada. Pierre Gasly que se destacou na Classificação e Antonio Giovinazzi que deu sorte em terminar a corrida.

Mais próxima do Título, A Mercedes pode ser campeã dos Construtores pela 6ªVez seguida daqui a duas semanas, No GP do Japão. O palco da 16ªEtapa do Mundial de Formula 1 no tradicional e lendário circuito de Suzuka, Cenário de grandes decisões.

Fotos:

Resultado final do GP da Rússia de Formula 1

posPilotosEquipeChassiMotorTemponºVoltas
144Lewis HamiltonMercedes AMG Petronas MotorsportF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+531:33:38.992
277Valtteri BottasMercedes AMG Petronas MotorsportF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+53+3.829s
316Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF90Ferrari 06453+5.212s
433Max VerstappenAston Martin Red Bull RacingRB15Honda RA619H53+14.210s
523Alexander AlbonAston Martin Red Bull RacingRB15Honda RA619H53+38.348s
655Carlos SainzMcLaren F1 TeamMCL34Renault E-Tech 1953+45.889s
711Sergio PerezSportPesa Racing Point F1 TeamRP19BWT Mercedes53+48.728s
84Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL34Renault E-Tech 1953+57.749s
920Kevin MagnussenRich Energy Haas F1 TeamVF-19Ferrari 06453+58.779s
1027Nico HulkenbergRenault F1 TeamR.S.19Renault E-Tech 1953+59.841s
1118Lance StrollSportPesa Racing Point F1 TeamRP19BWT Mercedes53+60.821s
1226Daniil KvyatRed Bull Toro RossoSTR14Honda RA619H53+62.496s
137Kimi RäikkönenAlfa Romeo RacingC38Ferrari 06453+68.910s
1410Pierre GaslyRed Bull Toro RossoSTR14Honda RA619H53+70.076s
1599Antonio GiovinazziAlfa Romeo RacingC38Ferrari 06453+73.346s
x88Robert KubicaROKiT Williams RacingFW42Mercedes M10 EQ Power+28Abandonou
x63George RussellROKiT Williams RacingFW42Mercedes M10 EQ Power+27Acidente
x5Sebastian VettelScuderia Ferrari Mission WinnowSF90Ferrari 06426Motor
x3Daniel RicciardoRenault F1 TeamR.S.19Renault E-Tech 1924Abandonou
x8Romain GrosjeanRich Energy Haas F1 TeamVF-19Ferrari 0640Acidente

Melhor volta de Cada piloto do GP da Rússia – Lewis Hamilton ganhou o ponto da volta mais rápida da prova

posPilotosEquipeChassiMotorTempoNºda Volta
144Lewis HamiltonMercedes AMG Petronas MotorsportF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+1:35.76151
216Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF90Ferrari 0641:36.19352
377Valtteri BottasMercedes AMG Petronas MotorsportF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+1:36.31650
423Alexander AlbonAston Martin Red Bull RacingRB15Honda RA619H1:36.76250
533Max VerstappenAston Martin Red Bull RacingRB15Honda RA619H1:36.93747
655Carlos SainzMcLaren F1 TeamMCL34Renault E-Tech 191:38.02053
711Sergio PerezSportPesa Racing Point F1 TeamRP19BWT Mercedes1:38.04349
820Kevin MagnussenRich Energy Haas F1 TeamVF-19Ferrari 0641:38.13053
926Daniil KvyatRed Bull Toro RossoSTR14Honda RA619H1:38.22852
105Sebastian VettelScuderia Ferrari Mission WinnowSF90Ferrari 0641:38.24516
114Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL34Renault E-Tech 191:38.30152
1227Nico HulkenbergRenault F1 TeamR.S.19Renault E-Tech 191:38.51953
137Kimi RäikkönenAlfa Romeo RacingC38Ferrari 0641:38.58951
1410Pierre GaslyRed Bull Toro RossoSTR14Honda RA619H1:38.60651
1518Lance StrollSportPesa Racing Point F1 TeamRP19BWT Mercedes1:38.61153
1699Antonio GiovinazziAlfa Romeo RacingC38Ferrari 0641:38.69651
173Daniel RicciardoRenault F1 TeamR.S.19Renault E-Tech 191:41.28422
1863George RussellROKiT Williams RacingFW42Mercedes M10 EQ Power+1:41.70518
1988Robert KubicaROKiT Williams RacingFW42Mercedes M10 EQ Power+1:42.32724

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: Mercedes/Ferrari/Mercedes/Mclaren/Racing Point/Haas/Renault