Hamilton, Partindo do 14ºlugar para uma senhora vitória em Hockenheim, Voltando a liderança do campeonato

O GP da Alemanha de 2018 é mais uma corrida que vai ficar entre as melhores corridas dos últimos anos e possivelmente uma das melhores de 2018. Como um piloto parte do 14ºlugar após uma falha eletrônica desastrosa no Sábado para uma monumental vitória após 67 voltas. E de Quebra vendo Vettel errar no momento mais critico da prova.

O Cenário no começo era bem favorável a Vettel, A Largada não chegou a ser movimentada. Vettel, Bottas, Raikkonen e Verstappen mantiveram as 4 primeiras posições. Magnussen e Hulkenberg completavam os 6 primeiros colocados.

Nas primeiras voltas enquanto Vettel abria diferença para Bottas, Raikkonen e Verstappen. Lewis Hamilton começava a sua reação. Volta após volta ele subia de posição, Passando a Alonso, Ocon, Leclerc. Em 5 voltas já estava nas 10 primeiras posições.

Na 7ªVolta, Perez fez uma bonita manobra em cima de Romain Grosjean passando para o 7ºlugar. Nessa altura, Lewis já vinha em 9ºlugar. Na Volta seguinte no cotovelo, O piloto inglês passou Grosjean assumindo o 8ºlugar. Na 9ªVolta a vitima de Hamilton foi Perez no mesmo cotovelo.

Duas voltas depois, O piloto da Mercedes superou o Alemão Nico Hulkenberg passando ao 6ºlugar. Na 14ªVolta Hamilton ultrapassou Kevin Magnussen e passou ao 5ºlugar. Agora o inglês precisava tirar 17 segundos para brigar com o Max Verstappen para disputar o 4ºlugar. Era impressionante a diferença entre a Mercedes, Ferrari e Red Bull em relação as outras equipes. A Renault que não é uma equipe pobre esta a um pouco mais de 1 segundo e meio mais lento que os pilotos de ponta.

No final da volta, Kimi Raikkonen foi o primeiro a parar nos boxes. Muito mais cedo do que a previsão das equipes. Porém era mais ou menos esperado pela Pirelli.

Daniel Ricciardo que largou em 19º estava com mais dificuldades em se recuperar na prova. Ele foi para cima de Fernando Alonso da Mclaren. O piloto Australiano ultrapassou o Espanhol na 18ªVolta subindo para o 12ºlugar.

Entre a volta 19, 20 e 21 começaram as paradas nos boxes. Hulkenberg na volta 19 disputava posição com o Magnussen pelo melhor do grupo Intermediário. Em um lance da prova ele se aproveitou da briga entre Marcus Ericsson e Romain Grosjean. Ele agradeceu a essa briga.

Na volta 26, Sebastian Vettel foi para os boxes. Voltando atrás de Kimi Raikkonen que parou mais cedo para superar Bottas e acabou superando também a Raikkonen, Ambos estavam na frente de Lewis Hamilton. Valtteri Bottas parou na volta 27. Na mesma volta, Daniel Ricciardo com problemas de Motor abandona a prova.

Na volta 30, Verstappen que assumiu a liderança por 3 voltas fez a sua parada nos boxes. Raikkonen assumiu a ponta com Vettel em 2º e Hamilton em 3º. Ainda tendo uma parada para fazer.

Vettel se aproximava de Raikkonen, Por rádio ele reclamava e pedia para que Raikkonen deixasse ele passar. Foram algumas voltas em que Raikkonen resistiu, Colocando os retardatários na frente do primeiro piloto da equipe Italiana.

Na 39ªVolta finalmente Kimi cedeu e Vettel assumiu a liderança com Raikkonen em segundo. Hamilton vinha perto deles em 3º, Mas tendo que fazer uma parada obrigatória ele estava esperando a chuva chegar.

A chuva não chegava, Hamilton não poderia esperar mais e foi para a parada na volta 42. Colocando os pneus Super Macios. A tal chuva veio 1 volta e meia depois. Os pingos começavam na curva 2 e vinha até a volta 7 e 8, de forma ainda pouco densa. Foi o bastante para Charles Leclerc, Fernando Alonso e Pierre Gasly colocaram pneus de chuva. Na volta 47, Max Verstappen arriscou e foi para os boxes colocar os pneus intermediários.

Em poucas voltas se constatou que não era a hora de colocar os pneus. Tanto é que Leclerc, Alonso, Gasly e depois Verstappen tiveram que voltar aos boxes. Enquanto que o piloto da Red Bull perdeu a chance do pódio. Os outros três pilotos acabaram caindo para os últimos lugares.

A chuva começou a aumentar e Bottas se aproximou de Raikkonen. Quando o finlandês tentou colocar volta em Kevin Magnussen ele sai da pista na curva 8 e acabou Bottas passando ao segundo lugar.

Na volta seguinte tivemos o lance da corrida. Sebastian Vettel que parecia com a vitória nas mãos erra, Passa reto e acaba batendo, Provocando a entrada do Safety Car. A pista estava úmida. Bottas que liderava a prova acabou indo para os boxes, Na volta seguinte quem parou foi Raikkonen. A liderança passou a ser de Lewis Hamilton que chegou a ir em caminho para os boxes, Mas desistiu na hora.

Durante o Safety Car, A chuva começou a parar e isso fez com que os pilotos que apostaram nos pneus intermediários trocarem para os pneus de pista seca.

Na Volta 58 a corrida recomeça, Valtteri Bottas foi para cima de Lewis Hamilton que segurou muito bem a pressão do Finlandês. Depois disso Hamilton abriu diferença e Bottas por ordem do rádio teve de ficar com a posição que estava e não permitir uma ameaça de Raikkonen que vinha perto dele.

No final da prova, Hamilton abriu dos demais mostrando ter o melhor ritmo de corrida. Mais atrás, a briga pelo 6º, 7º, 8º, 9º, 10º estava muito acirrada. Principalmente pela recuperação de Romain Grosjean que foi engolindo um a um nas voltas finais. Carlos Sainz jr. por ter ultrapassado um piloto durante o Safety Car iria pagar no final da prova, 10 segundos de penalização.

Lewis Hamilton conquistou a vitória partindo do 14ºlugar, Com tudo que aconteceu ele recuperou a liderança do campeonato. Agora com 188 pontos contra 171 pontos de Sebastian Vettel. Foi a vitória de número 66 da sua carreira.

Valtteri Bottas que largou em 2ºlugar completou a dobradinha da Mercedes. Um final de semana que poderia ser desastroso acabou terminando de forma perfeita para a equipe Alemã que volta a liderança do campeonato a 8 pontos da Ferrari, Que teve Kimi Raikkonen na 3ªposição completando o pódio. Max Verstappen acabou apostando nos pneus intermediários que acabou não dando certo. Isso acabou não mudando seu resultado final, Que acabou sendo o 4ºlugar.

Nico Hulkenberg foi o piloto alemão que terminou a prova. Em uma ótima exibição levou seu Renault a 5ªposição, Enquanto que seu companheiro de equipe foi punido e não conseguiu se quer marcar pontos. Romain Grosjean teve um grande final de prova. Passando do 11ºlugar para o 6ºlugar nas voltas finais. Pela prova de recuperação do piloto Francês que esta com seu futuro ameaçado na formula 1.

Sergio Perez em 7º e Esteban Ocon em 8ºlugar conseguiram mais uma vez levar a Force India a zona de pontuação. Eles estão no 5ºlugar na frente da Haas nos critérios de desempate muito pelo mérito do carro e dos seus pilotos que seguram a barra de uma equipe com dificuldades financeiras.

A Zona de pontuação termina com uma bela corrida de Marcus Ericsson que não se arriscou em trocar os pneus de pista seca pelos molhados e isso acabou levando o Sueco a marcar pontos pela 3ªvez em 2018. E Brendon Hartley (Benefinciado pela Penalização de Sainz) marcou seu 2ªponto da carreira com o 10ºlugar.

Kevin Magnussen acabou sendo prejudicado pelos erros da Haas em termos de estratégias, Porém ao contraio do seu companheiro de equipe não conseguiu reagir e acabou em 11ºlugar, Vendo Nico Hulkenberg se consolidar em 7ºlugar no Mundial de Pilotos. Carlos Sainz jr. não teve uma boa corrida, Com a Punição ele ficou de fora da disputa pelos pontos em 12ºlugar.

Stoffel Vandoorne que chegou a dar pinta de deixar a prova acabou permanecendo na disputa ficando em 13º. Pierre Gasly com a Toro Rosso, Charles Leclerc com a Sauber e Fernando Alonso com a Mclaren acabaram fechando a classificação após o tiro no pé dos três quando apostaram na chuva que não veio naquele período da prova.

Semana que vem teremos o GP da Hungria de Formula 1. Ai se encerra a primeira parte da temporada. Com Lewis Hamilton na liderança e com muita moral após a sua vitória na Alemanha.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP da Alemanha
11ªEtapa do Mundial de Formula 1 – 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 67 1:32:29.845 14
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 4.535s 2
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 67 a 6.732s 3
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 67 a 7.654s 4
5 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 67 a 26.609s 7
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 67 a 28.871s 6
7 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 30.556s 10
8 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 31.750s 115
9 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 67 a 32.362s 13
10 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 67 a 34.197s 16
11 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 67 a 34.919s 5
12 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 67 a 43.069s 8
13 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 67 a 46.617s 18
14 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 66 a 1 Volta 20
15 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 66 a 1 Volta 9
16 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 65 a 2 Voltas – Câmbio 11
18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 14 Voltas – Freios 17
5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 51 a 16 Voltas – Acidente 1
35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 51 a 16 Voltas – Vazamento de óleo 12
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 27 a 40 Voltas – Unidade de Potência 19

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Renault/Force India/Sauber/Toro Rosso/Mclaren

Vettel em corrida impecável conquista 50ªVitória da carreira e volta a liderar o campeonato

Sebastian Vettel em um dia perfeito para ele conquistou a sua 3ªVitória na Temporada, Que veio através de um GP do Canadá bem atípico e sem nenhuma emoção para os Padrões do Canadá.

Emoção tivemos na largada. Verstappen pressionou Bottas que acabou resistindo a pressão do piloto Holandês e manteve o segundo lugar com Vettel mantendo a liderança. Riccardo ganhou a posição de Raikkonen subindo para o 5ºlugar. No final do primeiro setor tivemos o acidente entre Lance Stroll que perdeu o controle do carro devido a um toque com o Belga Stoffel Vandoorne e Brendon Hartley que acabou tentando passar por fora o piloto Canadense.

O Safety Car foi acionado. Vandoorne foi para os boxes trocar seus pneus e seu Bico Dianteiro que foi danificado. A relargada acontece na volta 5. Vettel dispara na liderança enquanto que Bottas começava a ser pressionado pelo Max Verstappen com os pneus Ultra Macios contra os Super Macios do piloto da Mercedes. Mais atrás, Carlos Sainz jr. empurrou o Mexicano Sérgio Perez para fora da pista. O piloto da Force India perdeu posições. O Incidente foi investigado e não foi dada punição nenhuma para o piloto Espanhol, Que no meu modo de ver deveria ter levado alguma punição, Mas dessa vez os comissários da FIA marcaram bobeira.

Com o passar das voltas o rendimento dos pilotos da Red Bull acabaram perdendo rendimento, Devido ao desgaste dos pneus Ultra Macios. A tática da equipe Austríaca não tinha funcionado. Os dois pilotos da Force India foram os primeiros pilotos a pararam com os dois pilotos da Renault que também pararam cedo.

Dos primeiros colocados, Foi Verstappen e Hamilton foram os primeiros a fazerem a parada na volta 17. Hamilton teve uma dificuldade para ficar a frente de Charles Leclerc que ainda não tinha feito sua parada. Ricciardo parou na volta 18 e voltou a frente de Hamilton. Enquanto isso: Vettel, Bottas e Raikkonen continuavam na pista buscando fazer uma parada, Já os outros 3 pilotos iriam para a possível tática de 2 paradas nos boxes.

Com o decorrer da prova se via que a tática dos três primeiros colocados tendia a dar bem mais certo do que a tática de duas paradas nos boxes. Grosjean também foi para a tática de apenas uma parada nos boxes ficando em 7ºlugar até a volta 25, quando foi ultrapassado pelo Alemão Nico Hulkenberg.

Na Volta 33, Raikkonen foi o primeiro a fazer a parada nos boxes. Que voltou atrás de Hamilton em 6ºlugar. Na Volta 37, Bottas foi para os boxes. Vettel para na volta 38. Os dois voltaram nas 2 primeiras posições.

Na Volta 43, Fernando Alonso teve problemas de Exaustor e acabou abandonando a prova. Romain Grosjean foi o último a fazer a parada na volta 49 quando vinha em 9ºlugar, O piloto da Haas reclamou de maneira desnecessária o piloto da Force India.

Valtteri Bottas vinha andando rápido tentando diminuir a distância que ele tinha atrás de Vettel, Porém a 15 voltas do final, Bottas acabou erra a curva e por pouco ele não acaba rodando. O Finlandês segurou o carro e continuou na prova, Mas isso fez o piloto da Mercedes desistir da disputa pela vitória.

Lewis Hamilton chegou a tentar se aproximar de Daniel Ricciardo. Porém a briga não foi adiante.

Sebastian Vettel levou sem qualquer problema o carro da Ferrari até o final. Ganhando de ponta a ponta o GP do Canadá e voltou a liderar o mundial com apenas 1 ponto de vantagem para Lewis Hamilton.

No final da prova, A modelo e ativista canadense Winnie Harlow, que, convidada para agitar a bandeira quadriculada acabou dando a bandeira um pouco antes da Hora ao dar a bandeira para Kimi Raikkonen que vinha em 6ºlugar. Com isso tudo a direção da prova decidiu oficializar o resultado oficial seria o resultado da 68ªVolta.

Valtteri Bottas em uma boa corrida chegou em 2ºlugar com a Mercedes e Max Verstappen, Em seu primeiro final de semana sem qualquer incidente fechou o pódio em 3ºlugar com a Red Bull.

Daniel Ricciardo foi o único piloto a ganhar posições entre os 6 primeiros colocados, Largando do 6ºlugar para completar a prova em 4ºlugar. A frente de Lewis Hamilton que fez uma corrida bem apagada perdendo a liderança do campeonato. Kimi Raikkonen fechou os 6 primeiros colocados com sua Ferrari.

Nico Hulkenberg teve um excelente final de semana com o 7ºlugar tanto na classificação como na corrida, Sendo o melhor do resto e empatando na 7ªposição no Mundial de Pilotos com o Espanhol Fernando Alonso (Perde no Critério de desempate), Carlos Sainz jr. que escapou de uma punição garantiu um final de semana muito bom da Renault com o 8ºlugar.

Esteban Ocon com a Force India em 9º, Marcando pontos pela segunda vez seguida e Charles Leclerc, Com um ótimo Trabalho levando a Sauber ao 10ºlugar. (3ªpontuação dele em 2018) Vale fazer o registro da bela corrida de recuperação de Pierre Gasly que largou do último lugar para ficar em 11º e de Romain Grosjean que não treinou ontem por problemas de Motor e acabou a prova em 12ºlugar. A Frente do seu companheiro de equipe Kevin Magnussen.

Sergio Perez, Tocado depois da relargada pouco pode fazer ficando em 14ºlugar. Marcus Ericsson, Stoffel Vandoorne e Sergei Sirotkin sem muito destaque terminaram em 15º, 16º e 17º respectivamente.

Daqui a 2 semanas em plena Copa do Mundo teremos de volta o GP da França no tradicional Circuito de Paul Ricard, Fora do Calendário a 28 anos. (França fora do Calendário há 10 anos) Com os dois principais pilotos a disputar o título separados por apenas 1 ponto.

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 68 1:28:31.377 1
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 68 +7.376s 2
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 68 +8.360s 3
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 68 +20.892s 6
5 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 68 +21.559s 4
6 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 68 +27.184s 5
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 67 a 1 Volta 7
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 67 a 1 Volta 9
9 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 1 Volta 8
10 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 67 a 1 Volta 13
11 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 67 a 1 Volta 20
12 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 67 a 1 Volta 19
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 67 a 1 Volta 11
14 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 1 Volta 10
15 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 66 a 2 Voltas 18
16 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 66 a 2 Voltas 15
17 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 66 a 2 Voltas 17
14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 40 Exaustor 14
28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 0 Acidente 12
18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 0 Acidente 16

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Williams/Red Bull/Renault/Sauber/Toro Rosso/Haas/

Sebastian Vettel, O “Desmotivado” do final de semana conquista pole em Montreal

O Alemão Sebastian Vettel, que chegou em Solo Canadense pessimista Acabou levando a pole position. Fazendo duas voltas incríveis, O piloto da Ferrari conquista a 3ªpole da temporada e a pole de número 54 de Sua carreira.

No Q1, Já de cara o Francês Romain Grosjean teve problemas de motor. Já estava definido quem larga em último lugar. Sobrou 4 vagas para a lona do Q1. Nem isso ajudou a Lance Stroll. O dono da casa que ficou de fora do Q2 na 17ªposição com seu companheiro de Equipe Sergei Sirotkin em 18º, A Williams só não larga na Pole position Inversa (última fila) graças a Marcus Ericsson, que acabou encostando no muro e abandonando o treino ficando em 19º.

O último eliminado foi definido nos últimos segundos, Vandoorne e Alonso melhoraram seus tempos deixando Pierre Gasly de fora do Treino. Ao contraio de Brendon Hartley que foi muito bem no Q1 assim como o Monegasco Charles Leclerc que mais uma vez passou para o Q2 com a Sauber.

Resultado do Q1:

pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:11.710
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:11.725
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:11.835
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:11.950
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:12.008
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:12.459
7 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.577
8 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:12.587
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:12.680
10 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:12.689
11 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.702
12 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:12.795
13 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:12.945
14 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:12.979
15 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:12.998
16 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:13.047
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.590
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.643
19 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:14.593
20 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO Sem Tempo

No Q2, Os dois pilotos da Red Bull colocam as asinhas de Fora. Verstappen primeiro e depois Daniel Ricciardo. Ferrari e Mercedes não se preocuparam em marcar o melhor tempo e sim, classificarem para o Q3. Algo que não teve qualquer problema. As outras 4 vagas ficaram com os pilotos na Renault, Destacando o desempenho de Nico Hulkenberg com o 7ºtempo, Fazendo uma grande volta na sua última tentativa. E os dois pilotos da Force India que parece estar recuperando sua força nessa parte do campeonato.

Os eliminados foram: Kevin Magnussen com a Haas que disputou a classificação hoje, Brendon Hartley em um belíssimo treino com a Toro Rosso que esta disposta a mandar ele embora. Charles Leclerc que fez mais que era possível e os dois pilotos da Mclaren que teve seu pior treino do ano. Fernando Alonso em 14º e Stoffel Vandoorne 15º terão de suar sangue para pontuar amanhã.

Resultado do Q2:

pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:11.434
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:11.472
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:11.514
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:11.524
5 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:11.620
6 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:11.740
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:11.916
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:12.097
9 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.141
10 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.395
11 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:12.606
12 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:12.635
13 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:12.661
14 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:12.856
15 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:12.865

Na fase final do treino, foi desvendado o mistério se a Red Bull teria condições de disputar a pole position. Na primeira volta da Ferrari e Mercedes, Bottas marcou um belíssimo tempo de 1:10.857. Porém, Vettel derrubou o finlandês com 1:10.776. Hamilton acabou decepcionando ficando a meio segundo do piloto Alemão da Ferrari.

Depois das Voltas dos pilotos da Mercedes, Ferrari e Renault. Os pilotos da Red Bull foram para a pista aonde Verstappen marcou um tempo 185 milésimos a frente de Ricciardo e apenas 1 milésimo atrás de Hamilton.

Na tentativa final, Hamilton acabou decepcionando e não conseguiu se quer disputar a pole, Raikkonen também não conseguiu melhorar seu tempo. Vettel melhorou 12 milésimos seu melhor tempo e garantiu a pole position. Valtteri Bottas apesar de não ter melhorado seu tempo no final larga na primeira fila com a Mercedes.

Na 2ªFila largam Max Verstappen que marcou um tempo de 1:10.937, Levando a Red Bull ao terceiro lugar após liderar os 3 treinos livres. O líder do campeonato, Lewis Hamilton largando na 4ªposição. Na terceira fila largam Kimi Raikkonen com a Ferrari e Daniel Ricciardo com a Red Bull.

Nico Hulkenberg parte da 7ªposição com sua Renault, Ficando como o melhor do resto. Esteban Ocon com a Force India, Carlos Sainz jr. com a Renault e Sergio Perez com a Force India completam os 10 primeiros colocados.

Amanhã, As 3 da Tarde teremos a 7ªEtapa do Mundial de Formula 1. No circuito de Montreal. É a chance de Vettel diminuísse a diferença para Hamilton no duelo pelo título da temporada de 2018.

Grid de largada – GP do Canadá
Mundial de Formula 1 – Temporada 2018

pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo nº de Voltas Fase
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:10.764 18 Q3
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.857 20 Q3
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:10.937 16 Q3
4 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.996 21 Q3
5 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:11.095 20 Q3
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:11.116 18 Q3
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:11.973 15 Q3
8 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.084 14 Q3
9 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:12.168 15 Q3
10 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.671 13 Q3
11 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:12.606 22 Q2
12 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:12.635 17 Q2
13 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:12.661 22 Q2
14 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:12.856 14 Q2
15 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:12.865 14 Q2
16 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:13.047 8 Q1
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.590 8 Q1
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.643 10 Q1
19 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:14.593 6 Q1
20 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO Sem Tempo 0 Q1

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Renault/Williams/

Daniel Ricciardo tem final de semana perfeito, Supera perda de potência e conquista a vitória em Monte Carlo

Daniel Ricciardo não deixou a vitória escapar dessa vez, O piloto Australiano que sem duvida tinha uma enorme vantagem ao largar na pole position. No decorrer da prova a partir da volta 30 ele começou a enfrentar problemas de potência em seu motor o que lhe tirou 30 km de velocidade de reta. Porém ele conseguiu administrar muito bem essa dificuldade.

Poucas coisas aconteceram na prova inteira. Nada de muito relevante tivemos desde da largada, Onde Ricciardo manteve a liderança. Vettel, Hamilton, Raikkonen, Bottas e Ocon seguiam nas suas posições. Verstappen ganhou as posições dos dois pilotos da Haas. Na volta 5 ganhou a posição de Ericsson

Sergei Sirotkin acabou punido pela besteira do time de ter mexido no carro a menos de 3 minutos da largada, Se a Williams tinha alguma chance de um bom resultado essa chance morreu com essa punição.

E para completar a tragédia da Williams, Lance Stroll toca em um piloto e acaba tendo seu pneu furado. Ele precisa ir para os boxes na 10ªVolta. A Williams voltava a triste realidade de estar nos 2 últimos lugares.

Lewis Hamilton, Reclamava dos pneus. Ele foi o primeiro a fazer a parada, Na 12ªVolta para colocar os pneus Ultra Macios. Os pneus Hyper Macios usados pela primeira vez esse ano. Havia dúvidas se o inglês iria fazer a corrida com apenas 1 parada.

Sebastian Vettel fez a parada na volta 15, Daniel Ricciardo parou na volta seguinte e acabou voltando sem problemas na primeira posição. Raikkonen e Bottas pararam poucas voltas depois.

Verstappen já estava perto dos 10 primeiros colocados confrontando a Stoffel Vandoorne, Um belo duelo entre o piloto da Red Bull contra o piloto da Mclaren.

A Corrida vinha tranquila para Ricciardo. Até que por volta da volta 30, O piloto da Red Bull começou a acusar problemas de perda de potência. Sem nada que ele pudesse fazer, Ricciardo começa a sofrer a pressão de Vettel.

A partir desse ponto que Daniel Ricciardo começava a fazer a diferença, apesar de perder meio segundo para Vettel no Setor 2 do circuito, (Na parte que tem o Tunel aonde atingia a maior velocidade) nos outros setores ele se superava e conseguira manter a vantagem para Vettel, Com Hamilton em 3º mesmo com a reclamação dos pneus vinha baixando diferença para os dois.

Raikkonen e Bottas vinham travando duelo pelo 4ºlugar, Com o piloto da Mercedes que colocou pneus macios (Os mais duros disponíveis) e era o piloto que estava rendendo mais naquele momento da prova. Enquanto isso lá atrás vinha Gasly, Hulkenberg e Verstappen que ainda não tinham parado nos boxes. O primeiro deles a parar foi Gasly que ficou na pista por 37 voltas na pista com os pneus mais macios da prova.

Os últimos a pararem foram Max Verstappen na volta 46 e Nico Hulkenberg (volta 50) que voltou a frente de Max Verstappen na 10ªposição. Na volta 52, Fernando Alonso que estava sendo pressionado por Pierre Gasly, Acabou tendo problemas de Câmbio e abandonou a primeira corrida dele em 2018.

Na volta, Nico Hulkenberg com melhores condições de pneus passou Carlos Sainz (Obedecendo uma ordem da Renault) e ganhou o 8ºlugar, O piloto espanhol que ficou atrás para segurar Verstappen que não demorou muito para ganhar a posição do piloto Espanhol que ficou muito para trás com os pneus bem desgastados.

A decisão de pedirem para Sainz passar Hulkenberg foi acertada, Já que o piloto Alemão foi para cima de Gasly e voltas depois Verstappen se juntou a essa turma.

Lá na frente, Ricciardo continuava resistindo na liderança com Vettel tentando se aproximar do piloto da Red Bull, Hamilton tentava se aproximar dos dois, Mas logo começou a ver que o 3ºlugar não era um mal negócio para o piloto Inglês. Raikkonen e Bottas continuava a sua luta pelo 4ºlugar. E Pasmen!! Esteban Ocon vinha se aproximando volta após volta da disputa pelos primeiros lugares.

Na volta 72, O Freio de Charles Leclerc acabou explodindo e o piloto da casa em nada pode fazer quando ele acertou a traseira de Brendon Hartley que abandonou a prova, assim como o piloto da Sauber.

O acidente acionou o Safety Car Virtual na pista. Foi ai que Ricciardo conseguir abrir uma diferença que praticamente definiu a corrida a favor do piloto da Red Bull, Que ganhou a sua 1ªcorrida em Mônaco e a segunda vitória da temporada, Se igualando a Hamilton e Vettel que também venceram 2 vezes. Festa para o piloto Australiano que conseguiu apesar dos problemas completar o final de semana perfeito em Monte Carlo.

Sebastian Vettel com a Ferrari chegou em 2ºlugar, Após 3 corridas sem se quer terminar o pódio. E Lewis Hamilton fez o que era possível e apesar de reclamar dos pneus ele completou o pódio em 3ºlugar e vai partir para o Canadá com 14 pontos a frente de Vettel. O Vencedor Ricciardo assumiu a 3ªposição.

Kimi Raikkonen acabou em 4º seguido de Valtteri Bottas. Ambos ainda buscam a vitória de número 50 da Finlândia na Formula 1.

Ótima corrida de Esteban Ocon que leva a Force India até o 6ºlugar, Chegou a até sonhar com um 5º ou 4ºlugar no final da prova. Pierre Gasly segurou a pressão de Nico Hulkenberg e de Max Verstappen levando a Toro Rosso para o 7ºlugar. Seguido do piloto Alemão que volta a pontuar depois de 2 abandonos seguidos e de Max Verstappen que acabou jogando fora a chance de vencer a prova por causa da batida que ele deu no sábado. Acabou fazendo uma boa corrida de recuperação, Mas já se viu recuperações melhores na história de Mônaco.

Carlos Sainz jr. perdeu muito rendimento e acabou segurando no final o 10ºlugar, Marcus Ericsson e Sergio Perez chegaram logo atrás em 11º e 12ºlugares. O mexicano teve uma parada desastrosa e acabou perdendo muitíssimo tempo, No que comprometeu sua corrida.

Kevin Magnussen ficou em 13ºlugar nun final de semana péssimo da Haas que teve Romain Grosjean em 15ºlugar. Entre eles ficou o belga Stoffel Vandoorne com a única Mclaren que chegou ao final da prova. E fechando a classificação vieram os dois pilotos da Williams: Sergei Sirotkin e Lance Stroll ficaram em 16º e 17ºlugares.

Daqui a 2 semanas teremos o GP do Canadá de Formula 1. Uma pequena pausa na temporada europeia para correr no circuito de Montreal.

Resultado final do GP de Mônaco
6ªEtapa do 69ºMundial de Formula 1

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 78 1h 42:54.807 1
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 78 a 7.336 2
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 78 a 17.013 3
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 78 a 18.127 4
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 78 a 18.822 5
6 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 78 a 23.667 6
7 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 78 a 24.331 10
8 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 78 a 24.839 11
9 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 78 a 25.317 20
10 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 78 a 1:09.013 8
11 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 78 a 1:09.864 17
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 78 a 1:10.461 9
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 78 a 1:14.823 19
14 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 77 a 1 Volta 12
15 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 77 a 1 Volta 15
16 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 77 a 1 Volta 13
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 76 a 2 Voltas 18
18 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 70 Acidente 14
19 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 70 Acidente 16
14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 52 Câmbio 7

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull/Ferrari/Mercedes/Sauber/Force India/Toro Rosso/Renault

Um dominante Daniel Ricciardo conquista sua segunda pole position da carreira em Mônaco

Um dia perfeito para Daniel Ricciardo, Comandando a classificação nas 3 fases ele conquistou sua segunda pole da carreira e a segunda pole em Mônaco. (primeira delas foi no ano de 2016) A Red Bull deu um grande passo para uma segunda vitória nessa temporada, Já que passar em Monte Carlo é muito difícil.

No Q1 em Mônaco ficou bem claro que a Red Bull estava muito na disputa pela pole position, Só teria o Australiano Daniel Ricciardo. E ele foi disparado o mais rápido do Q1, Com Vettel, Hamilton e Bottas logo atrás. Stoffel Vandoorne foi uma surpresa em 5ºlugar no mesmo décimo do 2º, 3º e 4ºlugares com a Mclaren (Que mostra ter um bom chassi)

Eliminados foram Brendon Hartley, Marcus Ericsson, Lance Stroll e Kevin Magnussen que se juntaram ao Max Verstappen que acabou batendo de maneira patética no Q3.

No Q2, Ricciardo voltou a marcar o melhor tempo dessa parte do treino, novamente o Australiano quebra o recorde do Circuito. Raikkonen e Vettel se posicionavam a frente de Hamilton e Bottas. (O Britânico esta a meio segundo a frente do piloto Finlandês) Na primeira parte tanto Bottas como Hamilton enfrentaram um pequeno drama pois não tinham tempo para passarem ao Q3.

Ficaram de fora da fase final: Nico Hulkenberg da Renault, Stoffel Vandoorne da Mclaren, Sergei Sirotkin da Williams, Charles Leclerc da Sauber e Romain Grosjean da Haas. A Equipe norte-americana definitivamente não esta bem nas ruas monadesgas. Surpresa foi a Force India que colocou seus dois carros entre os 10 primeiros lugares e Pierre Gasly ao colocar a Toro Rosso conseguiu nos últimos segundos a vaga para o Q3.

No Q3, ficou comprovado que Daniel Ricciardo tinha o carro do dia e estava em um sábado inspirado. Em sua primeira tentativa o piloto Australiano marcou o nome recorde da história do circuito de Monte Carlo. Com 1:10.810. Colocando mais de 4 décimos com Lewis Hamilton em 2º 2 milésimos a frente de Vettel que estava 3 milésimos a frente de Raikkonen. Bottas com mais dificuldades o final de semana inteiro vinha em 5ºlugar.

Alonso era o melhor do resto com o 6ºlugar. Na parte final do treino Vettel e Hamilton buscaram tirar a pole do piloto da Red Bull, Vettel melhorou seu tempo e subiu para o segundo lugar e superou Hamilton que acabou melhorando em pouco milésimos, que foi o bastante para ficar em 3ºlugar.

Mas ninguém tirou a pole position de Daniel Ricciardo que vai largar na frente pela 2ªVez na carreira. Se tudo der certo o piloto Australiano tem chances de conquistar a segunda vitória da carreira. Sebastian Vettel, em busca de recuperação completa a primeira fila.

Na segunda fila larga Lewis Hamilton com uma Mercedes que não esta com um carro competitivo para Mônaco. A prova disso foi que Valtteri Bottas vai largar em 5ºlugar atrás de Kimi Raikkonen que fecha a segunda fila.

Esteban Ocon foi a surpresa do Treino, Colocando a Force India em 6ºlugar superando o Espanhol Fernando Alonso, Que era o favorito a ser o melhor do resto.

Alonso acabou ficando em 7º e forma a fila totalmente espanhola com Carlos Sainz da Renault em 8ºlugar. Fechando os 10 primeiros lugares, largam Sergio Perez com a Force India e Pierre Gasly com a Toro Rosso-Honda. Amanhã a partir das 10 da manhã teremos a 6ªEtapa do Mundial de Formula 1 em Monte Carlo. Evento que abre o dia mais importante do automobilismo mundial junto com as 500 milhas de Indianapolis.

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Fase
1 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:10.810 Q3
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:11.039 Q3
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:11.232 Q3
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:11.266 Q3
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:11.441 Q3
6 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.061 Q3
7 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:12.110 Q3
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:12.130 Q3
9 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.154 Q3
10 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:12.221 Q3
11 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:12.411 Q2
12 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:12.440 Q2
13 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.521 Q2
14 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:12.714 Q2
15 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:13.179 Q2
16 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:13.265 Q1
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.323 Q1
18 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:12.728 Q1
19 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:13.393 Q1
20 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer Sem Tempo

Romain Grosjean foi punido em 3 posições por causa da de uma condução perigosa do piloto da equipe Haas no GP da Espanha que tirou Nico Hulkenberg e Pierre Gasly da prova.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull/Sauber/Mclaren