Em Chang, Fabio di Giannantonio vence e volta a disputa do título da Moto 3

Pela primeira vez a Tailândia realizada uma prova do Mundial de Motovelocidade, No Circuito de Chang. Com 4 retas, Sendo 3 delas longas na primeira parte do circuito. E 1 delas antes da reta dos Boxes. E com 12 curvas. A Ausência dessa prova é de Aron Canet que se recupera de uma Dupla Fatura da escápula no ombro esquerdo.

2 pilotos Tailandeses disputaram a prova. O Apiwath Wongthananon com a moto da VR46 Master Camp Team e o piloto da AP Honda Somkiat Chantra. Quem começou bem a classificação foi Ayumi Sasaki que assumiu a liderança, Com Fabio di Giannantonio em segundo.  Jorge Martin marcou uma boa marca, Tomando o segundo lugar do seu companheiro de Equipe, Mas ele viva um drama com uma de suas mãos. Ele teve de ser examinado por um medico e teve de usar uma luva para suportar a dor.

Com o líder do campeonato não estando em 100% das suas condições físicas, Bezzecchi da Pruestel tinha a chance de tirar a diferença na disputa pelo título. As marcas dos pilotos durariam a primeira parte inteira do treinamento. Bezzecchi  foi para a pista disposto a melhorar sua 12ªposição no grid de largada. A menos de 15 minutos do final, O Vice-líder do campeonato pega a liderança que logo depois é tomada pelo Italiano Enea Bastianini da Leopard Racing com 1:42.818. A 8 minutos do final Kazuki Masaki da RBA surpreende a todos e marca 1:42.775 tomando a liderança da classificação.

A primeira fila era formada por Masaki, Niccolo Bulega que vinha em grande fase nesse final de campeonato e Bastianini. Bezzecchi largaria em 4º e Martin sem melhorar seu tempo estava em 9ºlugar. Nos 2 minutos e 30 segundos finais, Todos vão para a pista. Jorge Martin iria tentar melhorar sua situação no Grid de largada.

Mas foi Marco Bezzecchi que marcou a pole position, A sua incrível volta de 1:42.235 garantiu o piloto Italiano a sua 2ªpole da temporada. Colocando quase meio segundo sobre Jaume Masia que larga em 2º e Masaki completa a primeira fila com a KTM da RBA. Dessa vez o japonês é que comandava a equipe. Na segunda fila largam Tony Arbolino, Niccoló Antonelli e Darryn Binder, Niccolò Bulega que tinha a segunda posição antes da última tentativa acabou tendo que se contentar com a 7ªposição, Com Bastianini e Di Giannantonio completando a 3ªFila.

Jorge Martin se deu mal, não conseguiu melhorar seu tempo e com isso vai apenas abrir a 5ªFila. Atrás de Vicente Perez e formando a fila com Tatsuki Suzuki e Apiwath Wongthananon que foi muito bem. O outro Tailandês, Somkiat Chantra fecharia a 8ªFila com o 24ºTempo.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de Largada:

pos Pilotos Equipe Moto Tempo
1 12 Marco Bezzecchi Redox PruestelGP KTM 1’42.235
2 5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM 1’42.697
3 22 Kazuki Masaki RBA BOE Skull Rider KTM 1’42.716
4 14 Tony Arbolino Marinelli Snipers Team Honda 1’42.720
5 23 Niccolo Antonelli SIC58 Squadra Corse Honda 1’42.776
6 40 Darryn Binder Red Bull KTM Ajo KTM 1’42.799
7 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM 1’42.815
8 33 Enea Bastianini Leopard Racing Honda 1’42.818
9 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’42.831
10 48 Lorenzo Dalla Porta Leopard Racing Honda 1’42.835
11 71 Ayumu Sasaki Petronas Sprinta Racing Honda 1’42.942
12 77 Vicente Perez Reale Avintia Academy 77 KTM 1’42.961
13 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’43.042
14 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 1’43.058
15 9 Apiwath Wongthananon VR46 Master Camp Team KTM 1’43.071
16 42 Marcos Ramirez Bester Capital Dubai KTM 1’43.114
17 75 Albert Arenas Angel Nieto Team Moto3 KTM 1’43.131
18 65 Philipp Ottl Sudmetal Schedl GP Racing KTM 1’43.133
19 17 John McPhee CIP – Green Power KTM 1’43.179
20 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Skull Rider KTM 1’43.204
21 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda 1’43.365
22 7 Adam Norrodin Petronas Sprinta Racing Honda 1’43.399
23 84 Jakub Kornfeil Redox PruestelGP KTM 1’43.424
24 35 Somkiat Chantra AP Honda Racing Thailand Honda 1’43.437
25 10 Dennis Foggia SKY Racing Team VR46 KTM 1’43.723
26 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda 1’43.738
27 81 Stefano Nepa CIP – Green Power KTM 1’43.929
28 16 Andrea Migno Angel Nieto Team Moto3 KTM 1’43.964
29 52 Jeremy Alcoba Estrella Galicia 0,0 Honda 1’43.972
30 72 Alonso Lopez Estrella Galicia 0,0 Honda 1’44.767

A largada da primeira categoria, teve Bezzecchi garantindo a liderança com Masia e Masaki disputando o segundo lugar. No final da segunda reta o piloto Japonês da RBA supera o espanhol e assume o segundo lugar. Arbolino e Darryn Binder completavam os 5 primeiros colocados.

Bezzecchi abria uma pequena vantagem na frente. Arbolino passa do 4º para o 2ºlugar, No final da 2ªVolta, O irmão de Brad Binder faz uma grande manobra e pula do 6º para o 2ºlugar em uma só curva. Essa situação muda na volta seguinte, Arbolino da Marinelli voltou ao segundo lugar e foi para cima de Bezzecchi, Mas Arbolino e Di Giannantonio acabaram escapando da curva. (Muita gente acabou fazendo isso no final de semana, Nas 3 categorias) Na 4ªVolta, Darryn Binder que vinha em uma belíssima corrida caiu junto de Albert Arenas.

No final da 2ªReta da 5ªVolta, Lorenzo Dalla Porta passou Bezzecchi passando ao primeiro lugar. Lá atrás, Nicolo Bulega vinha em 19ºlugar fazendo a melhor volta da prova. No final da volta 6, Um acidente entre os dois pilotos da Sic58 (Niccolò Antonelli e Tatsuki Suzuki) que abandonaram a prova.

Dennis Foggia fazia uma brilhante corrida de recuperação já estava entre os primeiros lugares no final da 8ªVolta. O líder era o Italiano Fabio di Giannantonio da Gresini que ainda buscava o título, Jorge Martin vinha em 12ºlugar, Em uma corrida cautelosa por causa da sua mão.

Na 9ªVolta, Foggia que largou do 25ºlugar já vinha em 4ºlugar. Uma incrível prova de recuperação do piloto da VR46. Na Volta seguinte,  Dalla Porta, Bezzecchi e Sasaki passavam Di Giannantonio facilmente na segunda reta do circuito, Na metade da prova: Dalla Porta era o primeiro, com Bezzecchi em segundo e Foggia em 3º.

Na 12ªVolta, Bezzecchi e Dalla Porta brigaram pela liderança, com algumas trocas de ultrapassagem. Quem levou vantagem foi o piloto da PruestelGP que naquele momento estava tirando toda a desvantagem para Jorge Martin que liderava o campeonato,O piloto da Gresini reagiu e estava em 9ºlugar.

Sasaki passou a liderar a prova na 14ªVolta, Mas 2 curvas depois o Japonês da Petronas cai e abandona a prova. Kazuki Masaki que vinha no bolo se chocou com Martin e acabou caindo com a boa participação do estreante da RBA. O líder do campeonato levou uma advertência, Por ter passado do limite da pista.

Dennis Foggia finalmente alcança a liderança, Di Giannantonio disputa a liderança com o piloto da VR46 e acaba levando a melhor e voltando a liderança na 15ªvolta. Na volta seguinte, Bezzecchi ganha a ponta novamente, Mas tem na sua cola Lorenzo Dalla Porta e Dennis Foggia disputando a liderança.

A 4 Voltas do final, Di Giannantonio passa de novo a liderança, Bezzecchi, Dalla Porta e Dennis Foggia disputando de forma intensa para saber quem seria o primeiro vencedor do GP da Tailândia do Mundial de Motovelocidade.

A Três voltas do final a liderança passou para Lorenzo Dalla Porta, Quando faltavam duas voltas, Marco Bezzecchi foi para a liderança. Jorge Martin vinha sofrendo para se manter entre os 8 primeiros colocados. Tudo poderia acontecer na volta final. John McPhee acabou caindo e deixando a disputa.

Na Volta final, Fabio di Giannatonio foi genial, primeiro ele passou Dalla Porta na 4ªCurva. Na 7ªCurva da volta final ele passa Bezzecchi, Passa para a liderança e segura a 1ªPosição até o final.

Bezzecchi caiu para o terceiro lugar, E quando parecia que ele iria levar a melhor na disputa do Título, Veio Enea Bastianini em uma tentativa infeliz de ultrapassagem na curva final, Acaba derrubando ambos.

Fabio Di Giannantonio conquista sua segunda vitória no Mundial de Motovelocidade e com 29 pontos atrás de Jorge Martin ele volta a disputa pelo título, Restando 4 prova para o final. O pódio foi completado pelos italianos Lorenzo Dalla Porta da Leopard Racing e Dennis Foggia da VR46. Foi o primeiro pódio de Foggia na Moto 3.

Jorge Martin foi o outro vencedor do dia, Não só conseguiu sobreviver a duríssima prova como acabou em 4ºlugar. De quebra viu seu rival na disputa pelo título não marcar pontos. A diferença entre os dois piloto aumentou para 26 pontos. Ao restar 4 provas para o termino do campeonato, Martin é o principal favorito ao campeonato.

Gabriel Rodrigo que largou do 20ºlugar completou a prova em 5º. Vicente Perez que chegou a andar em 4ºlugar acabou a prova em 6ºlugar, Um Belíssimo Resultado do Estreante da Avintia. Seguido de Nicolo Bulega e Marcos Ramirez. Um dos Wild Cards pontuou, O Tailandês Somkiat Chantra (Que esta confirmado na equipe Honda Asia Team da Moto 2 em 2019) Chegou em respeitável 9ºlugar. O Tcheco Jakub Kornfeil completou os 10 primeiros colocados. Apiwath Wongthananon apesar de não ter pontuado (Chegando ao 16ºlugar), Acabou tendo destaque no final de semana. O substituto de Aron Canet, O Espanhol Jeremy Alcoba acabou a prova em 18ºlugar.

No dia 21 de Outubro teremos a 16ªEtapa do Mundial de motovelocidade. Em Motegi, Na Casa da Honda, A disputa do campeonato agora fica mais disputada e com uma terceira força na disputa. Fábio Di Giannantonio.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final da 15ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
Moto 3 – GP da Tailândia – 24 voltas

pos Pilotos Equipe Moto Tempo
1 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda 38’10.789
2 48 Lorenzo Dalla Porta Leopard Racing Honda a 0.135
3 10 Dennis Foggia SKY Racing Team VR46 KTM a 0.466
4 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda a 0.980
5 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Skull Rider KTM a 1.084
6 77 Vicente Perez Reale Avintia Academy 77 KTM a 1.232
7 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM a 1.312
8 42 Marcos Ramirez Bester Capital Dubai KTM a 1.440
9 35 Somkiat Chantra AP Honda Racing Thailand Honda a 1.643
10 84 Jakub Kornfeil Redox PruestelGP KTM a 1.718
11 16 Andrea Migno Angel Nieto Team Moto3 KTM a 3.386
12 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda a 3.613
13 65 Philipp Ottl Sudmetal Schedl GP Racing KTM a 4.130
14 14 Tony Arbolino Marinelli Snipers Team Honda a 4.319
15 7 Adam Norrodin Petronas Sprinta Racing Honda a 4.657
16 9 Apiwath Wongthananon VR46 Master Camp Team KTM a 4.802
17 5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM a 4.884
18 52 Jeremy Alcoba Estrella Galicia 0,0 Honda a 23.915
19 81 Stefano Nepa CIP – Green Power KTM a 23.964
20 22 Kazuki Masaki RBA BOE Skull Rider KTM a 59.390
12 Marco Bezzecchi Redox PruestelGP KTM a 1’13.285
33 Enea Bastianini Leopard Racing Honda a 1 Volta
17 John McPhee CIP – Green Power KTM a 2 Voltas
41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda a 3 Voltas
71 Ayumu Sasaki Petronas Sprinta Racing Honda a 9 Voltas
75 Albert Arenas Angel Nieto Team Moto3 KTM a 16 Voltas
23 Niccolo Antonelli SIC58 Squadra Corse Honda a 18 Voltas
24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda a 18 Voltas
40 Darryn Binder Red Bull KTM Ajo KTM a 19 Voltas
72 Alonso Lopez Estrella Galicia 0,0 Honda a 19 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Jorge Martin conquista mais uma pole no final do Treino

O Espanhol Jorge Martin conquistou a sua 9ªpole na temporada, No circuito de Aragón aonde é realizada a terceira prova em Território espanhol. O piloto da Gresini ganhou a pole no final da classificação.

Martin começou bem, Marcando o melhor tempo. Porém, Os dois pilotos da Sky Racing VR46 vieram para a briga, Marcando o primeiro tempo Com Dennis Foggia e o Terceiro tempo com Niccoló Bulega.

Aos 30 minutos para o final do Treino, O Argentino Gabriel Rodrigo marcou o melhor tempo. O piloto da RBA sempre muito rápido entrou na disputa pela pole position. Depois vinham Foggia, Martin, Bulega, Antonelli, Bastianini que subiu do 13º para o 6ºlugar minutos depois da bela volta do piloto Argentino, Suzuki, Arbolino, Dalla Porta e Marco Bezzecchi.

A menos de 20 minutos para o final do Treino, O Vice-líder do campeonato foi para a luta para melhorar seu tempo. A menos de 16 minutos para o final, Bezzecchi sobe para a segunda posição. Quem também deu uma bela subida foi o Piloto da Angel Nieto Albert Arenas com o 5ºTempo.

Apesar disso o 1:57.937 continuava imbatível. Parecia que Rodrigo iria levar a sua primeira pole position. A 5 minutos do final, Todo mundo foi para a pista. Bezzecchi a 40 segundos do final da classificação faz uma bela volta, Tomando a pole position por  82 milésimos em cima de Gabriel Rodrigo.

Jorge Martin vinha em 7ºlugar e partiu para a sua última volta, No meio de um batalhão de pilotos. Ele acabou estuprando a marca de Bezzecchi e de todos os outros. Com o tempo de 1:57.066 ele comemora pela 9ªVez na temporada uma pole position.

A primeira fila vai ser completada pelo Espanhol Jaume Masla da Dubai (Ficando a mais de meio segundo do pole position) e de Enea Bastianini com a moto da Leopard Racing (sobe para a Moto 2 na temporada de 2019 e vai defender a boa equipe Italtrans Racing)

Tatsuki Suzuki teve seu tempo cancelado e com isso perdeu o 4ºlugar, Que será ocupado pelo Italiano Tony Arbolino herdou essa posição e abre a segunda fila, Que vai ter o Italiano Dennis Foggia que vem evoluindo muito nessa segunda parte do campeonato e de Marco Bezzecchi que caiu da pole para o 6ºlugar. Igualmente o que aconteceu com Gabriel Rodrigo. O Argentino liderou a maior parte do tempo, Mas que acaba por largar apenas em 7ºlugar. Isso por que ele herdou essa posição de Niccolò Antonelli que perdeu 12 posições por pilotagem imprudente no Q3. (O Piloto da SIC58 larga apenas em 19ºlugar)

Aron Canet da Estrella Galícia, Fabio di Giannantonio da Gresini e Adam Norrodin completaram as 10 primeiras posições. No final do Grid vieram os dois pilotos da Honda Asia Team, Que acabaram caindo após um toque entre eles. Nakarin Atiratphuvapat e Kaito Toba sem dúvida foram motivo de chacota em Aragón e de bronca para os seus chefes.

Amanhã, As 6 da Manhã teremos a largada da primeira das três corridas do Mundial de Motovelocidade no circuito de Aragón. A 14ªEtapa do Mundial que entra na sua reta final de campeonato.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de largada – Mundial de Motovelocidade
GP de Aragón – Moto 3

Pos Piloto Equipe Equipe Tempo
1 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’57.066
2 5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM 1’57.603
3 33 Enea Bastianini Leopard Racing Honda 1’57.659
4 14 Tony Arbolino Marinelli Snipers Team Honda 1’57.774
5 10 Dennis Foggia SKY Racing Team VR46 KTM 1’57.791
6 12 Marco Bezzecchi Redox PruestelGP KTM 1’57.855
7 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Skull Rider KTM 1’57.937
8 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda 1’57.953
9 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’58.149
10 7 Adam Norrodin Petronas Sprinta Racing Honda 1’58.388
11 42 Marcos Ramirez Bester Capital Dubai KTM 1’58.389
12 84 Jakub Kornfeil Redox PruestelGP KTM 1’58.391
13 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM 1’58.449
14 75 Albert Arenas Angel Nieto Team Moto3 KTM 1’58.451
15 48 Lorenzo Dalla Porta Leopard Racing Honda 1’58.602
16 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 1’58.691
17 65 Philipp Ottl Sudmetal Schedl GP Racing KTM 1’58.715
18 25 Raul Fernandez Angel Nieto Team KTM 1’58.718
19 23 Niccolo Antonelli SIC58 Squadra Corse Honda 1’57.879
20 22 Kazuki Masaki RBA BOE Skull Rider KTM 1’58.789
21 16 Andrea Migno Angel Nieto Team Moto3 KTM 1’58.802
22 52 Jeremy Alcoba Junior Team Estrella Galicia 0,0 Honda 1’58.822
23 17 John McPhee CIP – Green Power KTM 1’58.836
24 77 Vicente Perez Reale Avintia Academy 77 KTM 1’58.925
25 72 Alonso Lopez Estrella Galicia 0,0 Honda 1’59.011
26 40 Darryn Binder Red Bull KTM Ajo KTM 1’59.052
27 81 Stefano Nepa CIP – Green Power KTM 1’59.601
28 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda 1’59.998
29 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda 2’01.054

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: MotoGP

Bezzecchi conquista vitória na Áustria, Martin tem exibição Heroica e termina no pódio

Marco Bezzecchi que largou na pole position conquista a vitória no circuito de Spielberg na Áustria. Uma bela corrida, O piloto da PruestelGP teve de enfrentar um determinado Jorge Martin que mesmo com problemas físicos lutou pela vitória até o finalzinho.

Na largada, Bezzecchi, Arenas e Martin fogem do restante do grid. Curvas depois Martin recupera o segundo lugar e Gabriel Rodrigo subindo para o terceiro lugar. Eles tentavam fugir do resto da turma, Jaume Masia largou muito bem, Do 12ºlugar ele já estava em 6ºlugar após 4 voltas.

Na quinta volta Masia ganha a 4ªposição de Rodrigo e entrou na disputa da primeira posição. Já o piloto Argentino acabou indo ladeira abaixo perdendo mais posições nas voltas seguintes.

Bezzecchi tentava abrir do Martin, Porém, O espanhol estava disposto a ganhar a prova, Arriscando a sua saúde. (Uma queda dele poderia até sepultar o campeonato para ele)

Mas tinha um jovem chamado Jaume Masia, Que se intrometeu na disputa, Foi para cima e ultrapassou Arenas e Martin passando a segunda posição. Curvas depois Martin e Arenas recuperam posição. Lorenzo Dalla Porta em um belo momento vinha em 5ºlugar, Com 2 segundos de atraso para os líderes.

A poucas voltas do final, Martin abriu fogo para cima do Bezzecchi. A 5 voltas do final, O Espanhol passa a liderança do campeonato. OS dois pilotos trocaram de posições , Com Masla e Arenas de olho nessa disputa. Na volta final, Masla acabou passando Martin, que na metade da volta acabou tomando ultrapassagem de Enea Bastianini que chegou no 1ºgrupo a 1 volta e meio do final.

Lá na frente, Bezzecchi estava com a vitória nas mãos. Parecia que Martin iria ficar fora do pódio, Mas nas duas curvas finais tudo mudou: Enea Bastianini passou Masla na curva 9, e na curva final, O Espanhol Jorge Martin arriscou tudo e levou a melhor sobre o piloto da Dubai que acabou indo para fora da pista.

Bezzecchi conquista vitória, Aumentando a diferença na liderança para 12 pontos de frente para Jorge Martin. Enea Bastianini em bela corrida de recuperação levou a Leopard Racing ao 2ºlugar. Jorge Martin fez uma corrida valente, Disputando a vitória por quase todo o tempo. Apesar de esta um pouco mais longe de Marco Bezzecchi, esse resultado pode torná-lo muito mais forte para o restante do Campeonato.

Albert Arenas terminou em 4ºlugar, Correu o tempo inteiro disputando os primeiros lugares. Lorenzo Dalla Porta levou a segunda moto da Leopard para o 5ºlugar. Jaume Masia que estava com o pódio nas mãos acabou a prova em 6ºlugar, Após a prova ele estava visivelmente abalado pelo resultado que ele perdeu.

Completaram os 10 primeiros colocados: O Japonês Ayumu Sasaki da Petronas na 7ªposição, Gabriel Rodrigo que andou muito bem nas primeiras voltas, Mas depois ele ficou para trás. Tony Arbolino com a moto da Marinelli e Aron Canet que acabou decepcionando. O Vencedor do GP da República Tcheca Fabio di Giannantonio também deixa a desejar e  termina em uma fraquíssima 11ªposição.

John McPhee que largou do último lugar, Acabou em 12ºlugar. A Moto 3 volta daqui a 2 semanas, Em Silverstone no GP da Inglaterra com a categoria mais disputada e acirrada do Mundial de Motovelocidade.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado Final do GP da Áustria
Mundial de Motovelocidade – Moto 3

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 12 Marco Bezzecchi Redox PruestelGP KTM 37’13.198
2 33 Enea Bastianini Leopard Racing Honda a 0.473
3 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda a 0.544
4 75 Albert Arenas Angel Nieto Team Moto3 KTM a 1.373
5 48 Lorenzo Dalla Porta Leopard Racing Honda a 1.421
6 5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM a 1.519
7 71 Ayumu Sasaki Petronas Sprinta Racing Honda a 8.585
8 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Skull Rider KTM a 8.658
9 14 Tony Arbolino Marinelli Snipers Team Honda a 8.691
10 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda a 8.809
11 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda a 8.824
12 17 John McPhee CIP – Green Power KTM a 8.944
13 84 Jakub Kornfeil Redox PruestelGP KTM a 9.671
14 65 Philipp Oettl Sudmetal Schedl GP Racing KTM a 14.685
15 42 Marcos Ramirez Bester Capital Dubai KTM a 14.697
16 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda a 19.377
17 7 Adam Norrodin Petronas Sprinta Racing Honda a 19.419
18 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda a 19.504
19 40 Darryn Binder Red Bull KTM Ajo KTM a 19.550
20 32 Ai Ogura Asia Talent Team Honda a 19.602
21 22 Kazuki Masaki RBA BOE Skull Rider KTM a 19.706
22 23 Niccolo Antonelli SIC58 Squadra Corse Honda a 19.981
23 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM a 23.419
24 72 Alonso Lopez Estrella Galicia 0,0 Honda a 24.056
25 77 Vicente Perez Reale Avintia Academy 77 KTM a 27.634
26 10 Dennis Foggia SKY Racing Team VR46 KTM a 27.747
27 81 Stefano Nepa CIP – Green Power KTM a 35.938
28 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda a 46.868
29 73 Maximilian Kofler Motosport Kofler KTM a 47.289
16 Andrea Migno Angel Nieto Team Moto3 KTM a 12 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Bezzecchi conquista 1ªpole da carreira em um treino disputadíssimo em Spielberg

Um treino muito disputado no treino inteiro com a pista molhada no começo do treino e secando com o decorrer dos 40 minutos. Até que nos minutos finais acabou com o trilho seco. Após muitas e muitas trocas de liderança, acabamos vendo Marco Bezzecchi ganhando a primeira pole da sua carreira no circuito Austríaco de Spielberg.

Com a pista molhada  quem se destacou foi o jovem Vicente Perez que ficou liderando por muito tempo nos primeiros 15 minutos. Porém, A partir desse momento a pista começou a secar, Canet, Jamie Masla e Albert Arenas. Outros pilotos acabaram caindo, Um deles foi o John McPhee que caiu 2 vezes em um espaço de 30 minutos.

Os 10 minutos finais foi um pega pra capar, Principalmente com os pilotos colocando pneus de pista seca. A Pista já permitia pneus de pista seca. Phillip Oettl começou a se destacar. Mas por incrível que pareça, Jorge Martin, com todos os problemas físicos que acabou por impedir de correr semana passada em Brno acabou marcando o melhor tempo.

Nos 5 minutos finais, A pole foi para as mãos de Canet, Oettl, Bezzecchi, Voltou a esta nas mãos de Canet, Voltou as mãos do Jorge Martin a 15 minutos do final. Na volta final, Bezzecchi se aproveitou para pegar o vácuo de uma moto para marcar o melhor tempo, 1:38.617. Jorge Martin na volta final acabou ficando com 1:38.695. Os outros pilotos não chegaram nem perto disso.

Essa é a primeira pole position de Marco Bezzecchi da sua carreira. Mas a Classificação fez uma treino sensacional, Largando na 2ªPosição com os problemas físicos que ele teve para participar dessa classificação. Completando a primeira fila larga o piloto da Angel Nieto Albert Arenas que ganhou o GP da França desse ano.

Na Segunda fila largam Aron Canet da Estrella Galícia, Tony Arbolino da Marinelli e o Argentino Gabriel Rodrigo da RBA. Marcos Ramirez da Dubai, Philipp Oettl em um grande treino larga em 8ºlugar após ter liderado o treino na parte final. Enea Bastianini e o Malaio Adam Norrodin completam os 10 primeiros lugares.

O Vencedor do GP da República Tcheca não foi bem, Fábio Di Giannantonio ficou em 16ºlugar no Grid de largada do GP da Áustria, Que vai ter a largada as 6 horas da manhã desse domingo.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de largada do GP da Áustria
Mundial de Motovelocidade – Moto 3

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 12 Marco Bezzecchi Redox PruestelGP KTM 1’38.617
2 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’38.695
3 75 Albert Arenas Angel Nieto Team Moto3 KTM 1’39.255
4 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda 1’39.500
5 14 Tony Arbolino Marinelli Snipers Team Honda 1’39.548
6 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Skull Rider KTM 1’39.876
7 42 Marcos Ramirez Bester Capital Dubai KTM 1’39.901
8 65 Philipp Ottl Sudmetal Schedl GP Racing KTM 1’40.022
9 33 Enea Bastianini Leopard Racing Honda 1’40.125
10 7 Adam Norrodin Petronas Sprinta Racing Honda 1’40.295
11 48 Lorenzo Dalla Porta Leopard Racing Honda 1’40.406
12 5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM 1’40.420
13 84 Jakub Kornfeil Redox PruestelGP KTM 1’40.494
14 23 Niccolo Antonelli SIC58 Squadra Corse Honda 1’40.496
15 10 Dennis Foggia SKY Racing Team VR46 KTM 1’40.608
16 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’40.712
17 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 1’40.759
18 71 Ayumu Sasaki Petronas Sprinta Racing Honda 1’40.848
19 16 Andrea Migno Angel Nieto Team Moto3 KTM 1’40.944
20 72 Alonso Lopez Estrella Galicia 0,0 Honda 1’40.996
21 81 Stefano Nepa CIP – Green Power KTM 1’41.127
22 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM 1’41.779
23 73 Maximilian Kofler Motosport Kofler KTM 1’42.171
24 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda 1’42.362
25 22 Kazuki Masaki RBA BOE Skull Rider KTM 1’42.501
26 32 Ai Ogura Asia Talent Team Honda 1’43.361
27 40 Darryn Binder Red Bull KTM Ajo KTM 1’43.945
28 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda 1’43.993
29 77 Vicente Perez Reale Avintia Academy 77 KTM 1’45.474
30 17 John McPhee CIP – Green Power KTM 1’46.150

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 2: Oliveira partindo do 11ºlugar para a vitória em Mugello

Treino de Classificação na Moto 2 acabou sendo dividido em 2 partes.

A primeira parte teve em seu começo a queda do Italiano Lorenzo Baldassarri, Que mesmo com a moto danificada na parte de trás continuou na briga. Nessa primeira parte a primeira posição ficou nas mãos do Alemão Marcel Schrotter com a sua Kalex da equipe Dynavolt Intact GP, Com Alex Marquez e Mattia Pasini na segunda e terceira posições. O Líder do campeonato Francesco Bagnaia vinha em 4º

A se destacar naquele momento o ótimo treino de Romano Fenati que vinha em 6ºlugar e um treino muito promissor do Japonês Tetsuta Nagashima em 11ºlugar mostrando um progresso que no inicio do ano não se imaginaria dele pelo ruim histórico na Moto 2.

Schrotter manteve a liderança até quando a 15 minutos do final, O Italiano Mattia Pasini marcou o melhor tempo. O tempo de 1:51.575 não foi superado por mais ninguém até o cronometro zerar. As únicas mudanças na classificação foram a subida de Lorenzo Baldassari para o 8ºlugar e da Subida de Jorge Navarro para o 10ºlugar. De resto, praticamente nada mudou e Pasini comemorou mais uma pole position com a Kalex da equipe Italtrans.

Marcel Schrotter repetiu o seu melhor grid de largada com o 2ºlugar e Alex Marquez fecha a primeira fila com a Marc VDS. Na segunda fila toda formada de Italiano largam o líder do campeonato, Francesco Bagnaia com a moto da equipe de Valentino Rossi. Compõem a fila duas gratas surpresas: Simone Corsi com a moto da equipe Tasca em 5º e Romano Fenati com a moto da Marinelli na 6ªposição.

Luca Larini com a outra moto da Sky Racing VR46 larga em 7º seguido de Lorenzo Baldassarri e do Espanhol Joan Mir que ver 5 espanhóis em sequência na sua frente. A primeira moto que não é uma Kalex é de Miguel Oliveira com sua KTM em 11ºlugar. Atrás de Jorge Navarro e a frente de Jorge Navarro.

Tetsura Nagashima largaria muito bem em 13ºlugar, A Honda Asia Team também conseguiu um razoável grid com o malaio Khairul Idham Pawi largando em 18ºlugar. As decepções do treino foram Brad Binder com o 19º e Hector Barbera que sai apenas em 21ºlugar. O Brasileiro Eric Granado larga apenas em 30ºlugar. O piloto Brasileiro da Forward com problemas físicos não esta mostrando o melhor da sua forma.

Grid de largada do GP da Itália
Mundial de Motovelocidade – Moto 2

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex 1’51.575
2 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex 1’51.605
3 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex 1’51.642
4 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex 1’51.921
5 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 1’51.959
6 13 Romano Fenati Marinelli Snipers Team Kalex 1’51.973
7 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex 1’51.979
8 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex 1’52.083
9 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex 1’52.100
10 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex 1’52.112
11 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM 1’52.145
12 97 Xavi Vierge Dynavolt Intact GP Kalex 1’52.173
13 45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 1’52.227
14 22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM 1’52.244
15 52 Danny Kent MB Conveyors – Speed Up Racing Speed Up 1’52.245
16 20 Fabio Quartararo MB Conveyors – Speed Up Racing Speed Up 1’52.318
17 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex 1’52.387
18 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 1’52.391
19 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM 1’52.433
20 62 Stefano Manzi Forward Racing Team Suter 1’52.618
21 40 Hector Barbera Pons HP40 Kalex 1’52.644
22 27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM 1’52.668
23 64 Bo Bendsneyder Tech 3 Racing Tech 3 1’52.729
24 32 Isaac Vinales SAG Team Kalex 1’52.840
25 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS 1’52.842
26 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM 1’52.879
27 66 Niki Tuuli SIC Racing Team Kalex 1’53.390
28 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS 1’53.562
29 95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex 1’53.606
30 51 Eric Granado Forward Racing Team Suter 1’54.038
31 21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 1’54.389
32 14 Hector Garzo Tech 3 Racing Tech 3 1’54.720
33 18 Xavier Cardelus Team Stylobike Kalex 1’55.485

Schrotter largou muito bem e assumiu a liderança, se aproveitando da largada bem ruim de Pasini. A liderança do piloto Alemão durou apenas 2 curvas, O piloto da Dynavolt Intact GP acabou caindo. A liderança parou nas mãos de Alex Marquez, Com Francesco Bagnaia e Miguel Oliveira que largou do 11ºlugar para estar em 3ºlugar. Romano Fenati vinha em 4º seguido de Mattia Pasini, Simone Corsi, Joan Mir e Lorenzo Baldassarri nas 8 primeiras posições.

Na terceira volta, Os três primeiros colocados acabaram disputando a ponta. Bagnaia se deu melhor e assumiu a liderança com Oliveira em 2º e Marquez caindo para o terceiro lugar.

Oliveira ainda na segunda volta passou Bagnaia, Após largar do 11ºlugar o Português assumia a liderança da prova num espaço de apenas 3 voltas. Mattia Pasini também se recuperava na prova e já vinha em 3ºlugar.

Em uma bela manobra do piloto da Italtrans, Francesco Bagnaia era superado por Mattia Pasini que subiu para o segundo lugar na 4ªVolta. Na volta seguinte Pasini passou Oliveira e passou para a liderança na 5ªVolta. Já era bem mais coisas que aconteceram nesse pequeno tempo de corrida do que no treino inteiro.

Miguel Oliveira não se dava por vencido e por vezes eles conseguia voltar a liderança. Em cima de Pasini que queria repetir a vitória de 2017. Na 7ªVolta Oliveira passou Pasini na curva 1, Porém o Italiano voltou pra cima do Português e retomou a ponta da prova. Na mesma volta Sam Lowes que tem em fraca temporada caiu e deixou a prova.

Lorenzo Baldassarri que chegou a uma velocidade máxima de 289 km por hora, Começava a aparecer na corrida. Na 9ªvolta, o piloto da Pons passou Alex Marquez subindo para o 5ºlugar na marra, Tanto é que o Irmão de Marc Marquez acabou indo para fora do Traçado. Na mesma volta, O líder do campeonato Francesco Bagnaia passou de forma surpreendente ao piloto da KTM voltando ao 2ºlugar.

Baldassarri jantou a Joan Mir e passou ao segundo lugar na volta seguinte.  Quem se destacava na prova era o Sul-Africano Brad Binder que partiu do 19ºlugar para ocupar a 7ªposição. A frente de Xavi Vierge, Luca Marini, Simone Corsi, Andrea Locatelli e Fabio Quartararo. Romano Fenati com problemas na sua moto e Stefano Manzi (Caiu), que vinha para possivelmente pontuar com a Suter da Forward abandonaram a prova.

A 9 Voltas do final Miguel Oliveira retoma ao segundo lugar, Passando a Bagnaia que acaba perdendo o 3ºlugar para Baldassarri. Na volta seguinte, Pasini que parecia com a Vitória encaminhada acabou caindo. O piloto da Italtrans perdeu a chance de uma nova vitória em Mugello.

Oliveira voltou a liderança, Porém estava pressionado por Baldassarri que estava disposto a ganhar pela 3ªvez na temporada. A 7 voltas do final na curva 7, O piloto do carro 7 passou de forma linda em cima do Português e assumiu a liderança. A Partir dai, Os dois passaram a disputar volta a volta. Ultrapassando um para o outro no decorrer das voltas finais.

Hector Barberá acabou na tentativa de ultrapassar Tetsuda Nagashima acabou caindo e levando o piloto da Honda Asia Team. Na minha opinião o Espanhol foi o culpado.

No final da prova, Devido a briga de Baldassarri e Oliveira acabou primeiro Bagnaia e depois Joan Mir chegaram na turma. O piloto da Sky Racing chegou a pressionar Oliveira.

Na volta final Joan Mir ultrapassou Bagnaia assumindo o terceiro lugar. Depois da curva 6, Baldassrri balançou, Foi a deixa para Miguel Oliveira passar o piloto Italiano. Era a ultrapassagem da prova e apesar da tentativa do piloto da Pons voltar ao ponta, acabou que o piloto da KTM segurou a ponta até o final da prova.

Após largar do 11ºlugar, Oliveira conquistou a vitória na melhor prova da moto 2 de 2018 e de uma das melhores da história da categoria. Lorenzo Baldassarri ficou em 2ºlugar com a moto da equipe Pons. E um excelente Joan Mir confirmou o seu 2ºpódio na Moto 2 com o 3ºlugar. Deixando o líder do campeonato Francesco Bagnaia de fora do pódio. O Italiano segue líder do campeonato, Mas agora a 13 pontos de diferença para Miguel Oliveira.

Alex Marquez acabou a prova em 5ºlugar, Após liderar a primeira volta ele não conseguiu voltar a disputa na frente. Depois do piloto Espanhol tivemos a excelente prova de recuperação de Brad Binder que ganhou 13 posições e acabou a prova em 6ºlugar.

Luca Marini com a outra moto da equipe de Valentino Rossi completou em uma boa 7ªposição. Andrea Locatelli com a Italtrans acabou fazendo uma bela corrida e alcançando seu melhor resultado na Moto 2. Completando os 10 primeiros colocados: O Espanhol Xavi Vierge e o Italiano Simone Corsi da Tasca Racing, Chegando a ficar entre os primeiros lugares no começo da etapa.

Essa prova marcou a volta de Dominique Aegerter após algumas corridas ausente devido a lesão terminou a prova em 12ºlugar. E também a NTS marcou seus primeiros pontos no campeonato. Joe Roberts ficou em 14º e Steven Odendall em 15ºlugar. Eric Granado com as dificuldades físicas que ele teve acabou se aproveitando das quedas e acabou sobrevivendo a prova inteira, em 19ºlugar. Seu melhor resultado nessa temporada.

Daqui a 2 semanas teremos a 7ªEtapa do Mundial, No circuito da Catalunha, Em Barcelona para a 2ªProva em Solo Espanhol.

Resultado Final do GP da Itália
Mundial de Motovelocidade – Moto 2

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM 39’42.018
2 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex a 0.184
3 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex a 0.334
4 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex a 0.484
5 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex a 3.537
6 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM a 5.985
7 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex a 9.908
8 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex a 11.219
9 97 Xavi Vierge Dynavolt Intact GP Kalex a 12.371
10 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 12.675
11 20 Fabio Quartararo MB Conveyors – Speed Up Racing Speed Up a 17.843
12 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM a 20.353
13 27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM a 28.751
14 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS a 32.436
15 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS a 32.465
16 32 Isaac Vinales SAG Team Kalex a 33.054
17 66 Niki Tuuli SIC Racing Team Kalex a 33.505
18 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 43.900
19 51 Eric Granado Forward Racing Team Suter a 47.264
20 14 Hector Garzo Tech 3 Racing Tech 3 a 56.603
21 21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 1’13.609
22 18 Xavier Cardelus Team Stylobike Kalex a 1’27.927
45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 6 Voltas
40 Hector Barbera Pons HP40 Kalex a 6 Voltas
54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex a 8 Voltas
95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex a 9 Voltas
62 Stefano Manzi Forward Racing Team Suter a 11 Voltas
52 Danny Kent MB Conveyors – Speed Up Racing Speed Up a 12 Voltas
13 Romano Fenati Marinelli Snipers Team Kalex a 14 Voltas
22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM a 15 Voltas
9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex a 17 Voltas
64 Bo Bendsneyder Tech 3 Racing Tech 3 a 21 Voltas
23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex a 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP