Bottas conquista vitória em Sochi, Lewis erra antes da largada e adia a conquista do recorde de vitórias para Nurburgring

Se esperava muito que Lewis Hamilton pudesse conquistar a 91ªVitória da carreira. Porém isso acabou antes da largada. Hamilton acabou fazendo simulação de largada por duas vezes, em dois locais proibidos. Isso teria consequências para a sua corrida e impediria a sua tentativa de vitória. Valtteri Bottas aproveitou bem a situação e acabou conquistando a vitória, com uma grande atuação do piloto finlandês desde da sua largada até a bandeirada, tirando 11 pontos da diferença de Lewis Hamilton em relação ao campeonato.

Na Largada, Hamilton larga bem, Bottas é melhor que Verstappen na largada e ganha a 2ªposição e por muito pouco não consegue superar seu companheiro de equipe na chicane, mas com a perda da velocidade na segunda perna dessa chicane. Verstappen vazou a chicane com outros pilotos, Um deles acabou batendo no muro interno e acabou sendo Carlos Sainz jr. que acabou abandonando. Já ao sair da curva 4, Charles Leclerc acabou tocando em Lance Stroll (que fez uma grande largada) e que levou a bater no muro por fora. O Safety Car entrou na pista devido a esses dois abandonos.

Albon, Norris e Russell foram para os boxes colocarem os pneus duros e tentarem levar o carro até o final da prova só com essa parada. Hamilton era o líder, com Bottas, Verstappen, Ocon, Ricciardo, Perez, Gasly, Leclerc, Magnussen e Grosjean. Os dois pilotos da Haas largaram muito bem, principalmente o piloto dinamarquês que acabou pulando da 18ª para a 9ªposição.

Os pilotos relargaram na volta 6, as 5 primeiras posições foram mantidas. Sabendo da dupla punição que tomou, Hamilton precisava abrir vantagem para Bottas e Verstappen para obter alguma chance de ganhar. Porém, no decorrer das voltas, o rendimento de Hamilton não parecia ser o bastante para abrir uma grande vantagem para Bottas e Verstappen e até mesmo do Ocon, Ricciardo e Perez. Lá atrás, Norris e Albon disputam posição na parte de trás da disputa.

Na 8ªvolta, Kvyat supera Grosjean passando para a 10ªposição. Após 11 voltas, Hamilton estava com 1.5 segundos da frente de Bottas e 2.7 segundos atrás do Verstappen. Ocon não vinha longe de Verstappen, estava a 2.1 segundos atrás (4.8 segundos atrás do Hamilton). Ricciardo e Perez vinham perto do piloto Francês. Na 13ªVolta, Daniil Kyvat passou Kevin Magnussen e ganhando a 9ªposição, o russo era o melhor piloto até aquele momento de prova.

Russell que vinha segurando Albon e Norris de forma heroica a 16ªposição, até que o piloto da Williams freia demais e acaba perdendo posição para os dois pilotos.

Lá na frente, Hamilton com os pneus muito desgastados tentava abrir um pouco mais de vantagem para Bottas, ele consegue abrir um pouco mais de diferença. Na 15ªvolta, Perez supera Ricciardo por fora e levou a 5ªposição. Visto que seus pneus tinham terminado, Ricciardo foi aos boxes para sua parada, colocar os pneus duros e ir até o final.

Hamilton foi para os boxes na volta 17 e voltou na 11ªposição. Bottas assumiu a liderança, com 3.8 segundos a frente de Max Verstappen. Ocon, Perez e Gasly eram os únicos pilotos com os pneus macios. Na 19ªVolta, Ocon e Gasly foram para os boxes. O piloto da Alpha Tauri começava a ser pressionado por Leclerc. Naquela altura do campeonato, Bottas abria já 5 segundos a frente de Verstappen, depois vinha Perez em 3º a 15 segundos atrás do ponteiro, Leclerc (23.6 segundos), Kvyat (25.9 segundos), Hamilton (37 segundos), Vettel (39.6 segundos), Ocon (40.4 segundos), Ricciardo (44.8 segundos), Raikkonen (46 segundos). A 21ªVolta foi agitada, Ricciardo passou Raikkonen e passou para a 9ªposição. Perez acabou fazendo sua parada na entrada da 22ªvolta. Após 21 voltas: Bottas, Verstappen, Leclerc, Kvyat e Vettel não vinham feito paradas nos boxes.

Na 25ªVolta, Ricciardo passou Ocon, mas passou do ponto da chicane e acabou não devolvendo a posição para o francês. Isso leva o piloto australiano a ser punido com 5 segundos de acréscimo de tempo. Ao saber da punição, o Australiano começou a andar forte e falar para reverter essa punição. Os dois pilotos da Renault já tinham passado Vettel.

Verstappen foi para os boxes na 26ªvolta e volta atrás de Kvyat. Na volta 27, para Valtteri Bottas numa parada segura de 2.7 segundos, Já Verstappen teve uma parada de 1.9 segundos. Bottas permaneceu na liderança, com 8.4 segundos a frente de Leclerc e 10 segundos sobre Verstappen. Já Hamilton vinha em 5º, com 16 segundos atrás de Bottas e 3 segundos atrás de Daniil Kvyat (4ºcolocado).

Os últimos pilotos a pararem nos boxes foram Leclerc na 29ªvolta, Kvyat e Vettel na 30ªvolta. Bottas abriu 12 segundos sobre Verstappen e 21.4 segundos sobre Hamilton. O piloto britânico poderia tentar tirar a diferença para o piloto da Red Bull, mas tirando algum imprevisto a vitória estava nas mãos de Bottas.

Gasly foi para o ataque em cima de Raikkonen, apesar do homem de gelo se defender muito bem a ultrapassagem do francês aconteceria a qualquer momento e isso aconteceu na 34ªvolta, quando o piloto da Alpha Tauri passou para a 9ªposição. Kimi para na 36ªVolta. Na mesma volta, Kvyat vai para cima de Ocon disputando a 7ªposição.

Enquanto isso, Albon continuava a sua batalha para entrar nos pontos, brigando com os pilotos da Alfa Romeo, Haas e com Lando Norris. Na 42ªVolta, Albon passou Grosjean, que vazou a chicane e atingiu a placa de isopor. Isso provoca o acionamento do Safety Car Virtual para a limpeza da pista e a substituição da placa atingida pelo piloto maluco da Haas.

Nesse Safety Car virtual, Gasly faz a parada e caiu para a 11ªposição a 8 voltas do final, nesse exato momento o safety car virtual acaba, Mas não temos muitas disputas na parte final da prova. A 8 voltas do final, Albon ataca Norris e Gasly chega nos dois. O piloto tailandês fez tudo para passar o piloto da Mclaren, mas ele não conseguiu. Já Gasly aproveitou o fracasso de Albon para ganhar a 10ªposição e depois acabou passando Norris na 48ªvolta. O piloto da Mclaren sofreu com os pneus e acabou indo para os boxes, sepultando o final de semana desastroso da Mclaren.

Verstappen tentou chegar em Bottas em algumas voltas, mas o piloto da Mercedes estava com a corrida nas mãos e nas voltas finais, consegue marcar a volta mais rápida da corrida e leva a vitória em Sochi, sendo a 9ªVitória da carreira e a 2ªVitória na temporada. O finlandês aumentou sua vantagem em relação à Verstappen que ficou em 2º e tirou 11 pontos da diferença para Hamilton que ficou em 3ºlugar. Numa grande corrida diga-se de passagem independente dos problemas de Hamilton.

Max Verstappen fez o que era possível e acabou ficando mesmo com a segunda posição. Já Lewis Hamilton não foi o dia dele, pelas punições e pelo ritmo de corrida que não foi bom, muito longe de disputar vitória. Se tudo sai normalmente já teria dificuldade para vencer Bottas, talvez vencesse, mas acabou ficando com o 3ºlugar e completou o pódio. O positivo foi que os 2 pontos na carteira que ele iria levar acabaram sendo anulados. Se os 2 pontos fossem computados, Lewis ficaria pendurado, com 10 pontos na carteira, podendo ser suspenso por uma corrida, isso se tivesse mais dois pontos de punição até o GP da Turquia desse ano.

Sergio Perez fez uma boa corrida, sem chamar atenção e com uma boa ultrapassagem sobre Riccardo, ficando em 4ºlugar. O Australiano conseguiu compensar a punição de 5 segundos e acabou na 5ªposição. Charles Leclerc (Que deveria ter levado 5 segundos de punição pelo incidente com Stroll) correu muito bem, tirando leite de pedra de uma Ferrari bem ruim e levando esse carro a grande 6ªposição.

Esteban Ocon acabou ficando em 7ºlugar, segurando muito bem a Daniil Kvyat. O Francês teve seu destaque no começo da prova, mas acabou depois da metade da corrida sumindo da prova. Já o piloto russo andou bem na corrida e pontuou pela terceira corrida seguida na temporada, melhorando a cada corrida. Pierre Gasly acabou recuperando a 9ªposição após uma parada no final do VSC a voltas do final. Quase que o francês conseguiu a melhor volta da corrida, que faria a troca ser justificada.

Alexander Albon fez um final de semana ruim, largando lá atrás (provavelmente punido na posição do Grid) e lutando pela parte de trás acabou completando a zona de pontuação, uma corrida lamentável para o piloto da Red Bull que volta a ficar sobre pressão pela falta de resultados. Isso depois do pódio no GP da Toscana.

Antonio Giovinazzi ficou perto dos pontos na 11ªposição até que fez um bom final de corrida. Kevin Magnussen fez brilhante largada, mas o carro não ajuda e o piloto da Haas não pode ir além da 12

ªposição. Sebastian Vettel em mais uma péssima corrida e em péssimo final se semana acabou na 13ªposição, será mesmo que o tetracampeão do mundo vai se recuperar em 2021 ou essas corridas ruins já é um indicio de que Vettel já esta na linha descendente da carreira.

Kimi Raikkonen acabou longe de Giovinazzi ficando na 14ªposição. Lando Norris fez uma corrida desastrosa e acabou na 15ªposição. Um final de semana para a Mclaren esquecer. Com um piloto batendo na primeira volta e o outro piloto que correu com a tática errada. Ou seja, um desastre para o time de Woking.

Nicholas Latifi ficou em 16ºlugar, chegando a frente de Romain Grosjean que dá mostras de que não pode continuar na Formula 1 e na frente de George Russell que tentou ficar a frente de Albon e Norris no começo da prova, mas não conseguiu fazer nada mais que isso e acabou na 18ªposição.

Daqui a duas semanas teremos a 11ªetapa do Mundial de Formula 1. Em Nurburgring, Hamilton poderá chegar as 91 vitórias e se igualar ao número de vitórias de Michael Schumacher. Basta não cometer os erros que cometeu no dia de hoje.

Fotos:

Resultado final da 10ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP da Rússia – 53 Voltas

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:34:00.364
233Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 7.729s
344Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 22.729s
411Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 30.558s
53Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 52.065s
616Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 1:02.186s
731Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 1:08.006s
826Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1:08.740s
910Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1:29.766s
1023Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 1:37.860s
1199Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 volta
1220Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 1 volta
135Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 1 volta
147Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 volta
154Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 1 volta
166Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 1 volta
178Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 1 volta
1863George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 1 volta
55Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 53 Voltas – Acidente
18Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 53 Voltas – Acidente

Melhor volta de cada piloto: Valtteri Bottas ganhou 1 ponto pela melhor volta da prova

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº da volta
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:37.03051
210Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:37.23150
333Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:37.33253
463George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:37.35252
54Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:37.37750
63Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:37.88653
744Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:38.07548
811Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:38.14152
923Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:38.37751
107Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:38.85837
1116Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:39.05347
1226Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:39.13348
1331Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:39.21648
145Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:39.58846
158Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:39.61444
1699Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:39.76644
1720Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:40.38052
186Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:41.04447

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

GP da Toscana – Hamilton chega a sua 90ªVitória da carreira em corrida caótica

Depois de uma classificação normal do sábado, nós vamos para o caos da corrida do domingo, um verdadeiro caos, principalmente na primeiras voltas das 59 voltas previstas no domingo de tarde na Toscana.

Na largada, Valtteri Bottas larga melhor que Hamilton e vai para a ponta, Verstappen que poderia tirar posição do Hamilton, acabou caindo várias e várias posições, Quando Verstappen vinha na 12ªposição, O Holandês é tocado pelo Kimi Raikkonen e acaba rodando e indo para a brita…

… mas isso não é a única ocorrência que aconteceria, Pierre Gasly ficou totalmente encaixotado e espremido por Kimi Raikkonen e Romain Grosjean. O piloto da Alpha Tauri foi para o muro e o piloto da Haas escapou e chegou a bater, mas o danado do francês voltou a corrida. Entre as curvas 3 e 4, Carlos Sainz jr. roda e Sebastian Vettel  acaba tocando no piloto espanhol, quebrando a sua asa dianteira.

Depois de tudo isso, o Safety Car entrou na pista. O incidente do Verstappen na largada eu tenho certeza que foi por causa de problemas de potência, já que sua equipe trabalhou já no grid para tentar resolver um problema eletrônico no motor Honda. Certamente isso afetou os 30 segundos de corrida do piloto Holandês. Raikkonen e Vettel tiveram que parar nos boxes para repararem danos nos seus carros e caíram lá para trás.

Depois de 6 voltas, a corrida iria recomeçar, mas um problema sério aconteceu. Bottas vinha aquecendo seus pneus, e fazia isso até chegar perto da largada. Só quando chega a uns 100 metros da linha de largada é que os pilotos são autorizados a acelerarem. Isso gera um problema na relargada. Kevin Magnussen freia demais e acabou Carlos Sainz jr., Antonio Giovinazzi e Nicholas Latifi não conseguindo evitar o acidente. Os 4 pilotos acabaram abandonando e por causa desse acidente acabou a prova sendo interrompida. Em 8 voltas, já tinha 2 acidentes, 6 abandonos e poucos segundos de corrida.

Forma mais de 30 minutos para tudo ficar pronto para a segunda largada. Nessa segunda largada, Bottas largaria na pole, com Verstappen em 2º, Leclerc em 3º e depois Albon, Stroll, Ricciardo, Stroll, Norris, Kvyat, Russell, Raikkonen, Vettel e Grosjean. Esteban Ocon não voltou para a pista, abandonou por problemas os freios.

Na 2ªLargada, Bottas largou bem, mas Hamilton fez uma largada impressionante, ultrapassou por fora o piloto Finlandês e passou para a liderança. Leclerc largou bem e se segurou em 3º. Devo dizer, que Hamilton aqueceu demais os freios e isso ajudou o líder do campeonato a arrancar melhor. Stroll, Perez e Ricciardo superaram Albon. O piloto tailandês caiu da 4ª para a 7ªposição. Norris, Kvyat e Raikkonen completava as 10 primeiras posições.

Leclerc começaria a sofrer com as deficiências da sua Ferrari, Logo ele começa a ser pressionado pelo Lance Stroll, com muito mais carro que o carro do piloto Monegasco. Enquanto que Hamilton e Bottas estavam disparando na frente. Daniel Ricciardo foi para cima de Sergio Perez, o piloto Australiano num ótimo momento acabou superando o mexicano (que vive em um momento de baixa) e ganhando a 5ªposição.

Enquanto isso, Leclerc resistia aos ataques de Stroll, mas isso não duraria para sempre. Na volta 18, Stroll passa para a 3ªposição, superando o piloto da Ferrari por fora. Nas próximas voltas, o monegasco foi superado por Ricciardo (na 19ªVolta), por Albon (na 20ªVolta) e por Perez (na 21ªVolta). Em poucas voltas, Leclerc perdeu 4 posições em 4 voltas. Na volta 22ª Leclerc foi para os boxes colocar os pneus duros, não iria ser fácil ficar 38 voltas com o mesmo pneu, mesmo com os pneus mais duros disponíveis.

Lá na frente, Hamilton vinha na frente, mas Bottas vinha se aproximando, querendo uma briga pela liderança da corrida. Os dois vinha 13 segundos a frente de Lance Stroll, Daniel Ricciardo começava a se aproximar do piloto da Racing Point. Albon vinha em 5º, também querendo se aproximar de uma disputa pelo pódio.

Na 28ªVolta, Norris supera Perez e ganha a 6ªposição, enquanto que Ricciardo realiza a sua parada nos boxes, assim como Kimi Raikkonen. Na 30ªVolta, Norris, Kvyat e Russell pararam e colocaram novos pneus.

Valtteri Bottas teve desgaste excessivo de seus pneus, consequência disso é que Hamilton aumentou sua vantagem para 8 segundos, A Mercedes não teve dúvida em atender o pedido para o finlandês ir para os boxes na 32ªVolta, Mais uma vez a equipe Alemão faz um trabalho excelente e devolve o piloto na 3ªposição, Atrás de Alexander Albon que acabou parando na volta seguinte, Assim como Hamilton o fez. Dessa forma, a classificação em Mugello voltou a ser Hamilton e Bottas. A novidade era Daniel Ricciardo na terceira posição, em busca do seu primeiro pódio na equipe francesa. Porém, Lance Stroll e Alexander Albon vinham próximo do piloto da Renault.

Enquanto isso, na 35ªVolta, Raikkonen superou Grosjean, subindo para a 12ªposição, Bottas fazia volta mais rápida em cima de volta mais rápida, fazendo a diferença cair para 6.5 segundos. Porém, Lewis continuava seguro na liderança.

Leclerc, pressionado por Danill Kyvat acabou indo para os boxes pela 2ªvez na volta 38, o piloto da Ferrari voltou na 11ªVolta. Duas voltas depois, Albon faz a volta mais rápida da prova e se aproxima de Lance Stroll que vinha próximo de Daniel Ricciardo. Com o pódio encaminhado para Hamilton e Bottas, Riccardo, Stroll e Albon disputava o último lugar no pódio.

Na 43ªVolta, Lance Stroll escapou e acabou indo para o muro, o Safety Car entrou na pista, Todo mundo aproveitou para ir aos boxes fazer uma nova parada. Alguns minutos depois, por ter danificado a barreira de proteção de pneus a bandeira vermelha foi acionada. Lance Stroll estava bem e não sofreu nada de mais grave.

Foram mais 20 minutos de paralização pelo menos até que a pista fosse liberada para uma terceira largada para as últimas 13 voltas. Raikkonen e Grosjean foram para a pista um pouco antes para recuperar a volta perdida.

Nessa terceira largada, Hamilton largou bem e manteve a liderança, Ricciardo teve a melhor largada e superou Bottas que não largou tão bem assim. Depois vinham Albon, Perez, Norris e Kvyat. Raikkonen foi punido em 5 segundos por ter entrado nos boxes de maneira inadequada logo depois do acidente de Lance Stroll.

No começo da 48ªvolta, Bottas supera Ricciardo e volta a ter possibilidades de disputar a vitória. Ricciardo ficou mais para Alexander Albon. Na 51ªVolta, o piloto tailandês superou Ricciardo e passou a ser o terceiro colocado, Naquele momento, o piloto da Red Bull vinha conquistando seu primeiro pódio da carreira.

Nas voltas seguintes, Albon chegou a ameaçar a segunda posição de Bottas, mas o Finlandês reagiu na volta 54 e marcou a volta mais rápida da corrida, além de se afastar do perigo do piloto da Red Bull, passou a se aproximar de Lewis Hamilton.

Na parte final de corrida, George Russell tentava na raça entrar na zona de pontuação, mas era difícil, mesmo com um ruim, a Ferrari de Vettel era melhor que a Williams do próprio Russell.

Após 59 voltas, Lewis Hamilton chegou a 90ªvitória na carreira. Agora Lewis esta a 1 vitória do recorde que pertence a Michael Schumacher. Foi a 6ªVitória na temporada em 9 corridas, se encaminhando para o 7ºtítulo mundial. O finlandês Valtteri Bottas teve uma corrida boa, que passou por altos e baixo, mas conseguiu até com certa folga a 2ªposição e abriu boa vantagem na vice-liderança do campeonato com 135 pontos contra 110 de Max Verstappen.

Alexander Albon conquistou o primeiro pódio da carreira, Numa corrida que não começou bem, mas que o Tailandês foi evoluindo com o decorrer das voltas e acabou no final chegando a 3ªposição. Um resultado que alivia a pressão sobre o piloto da equipe Austriaca. Daniel Ricciardo mais uma vez  viu o pódio escapar das suas mãos, o Australiano que chegou a ficar em 3ºlugar acabou ficando em 4ºlugar.

Sergio Perez fez uma corrida apagada, mas levou seu carro até a 5ªposição. Lando Norris teve também uma prova apagada, mas muito mais por causa do carro da Mclaren que não se comportou bem em Mugello, o britânico ficou em 6ºlugar. Daniil Kvyat teve um bom final de semana e levou a Alpha Tauri para uma respeitável 7ªposição.

Charles Leclerc se favoreceu da punição de Kimi Raikkonen e acabou em 8ºlugar. Convenhamos, muito pouco para a Ferrari e muito pouco para o que o monegasco fez nesse final de semana, falta muito carro para a equipe italiana que esta esperando apenas chegar 2021 para poder melhorar o motor e o carro desse ano que é um desastre.

Kimi Raikkonen conquistou seus dois primeiros pontos na temporada com o 9ºlugar. Fechando a zona de pontuação tristemente o Alemão Sebastian Vettel com sua Ferrari, ficando 3 segundos a frente de George Russell, pela terceira vez na temporada, a Williams bateu na trave na zona de pontuação. O piloto inglês ficou em 11ºlugar, na frente de Romain Grosjean, que levou o problemático carro da Haas.

No pódio, Lewis Hamilton vestiu a camisa cobrando justiça pela paramédica Breonna Taylor, morta brutalmente por policiais norte-americanos que invadiram o seu apartamento, dando 8 tiros na jovem de 26 anos no dia 13 de Março. Isso segundo o regulamento da FIA se configura como manifestação política e o caso deverá ser investigado pela Federação Internacional de Automobilismo.

Agora convenhamos, como é que a Entidade pode fazer isso com piloto que tem como objetivo dar um basta no racismo. Que moral tem a FIA em fazer isso, num esporte que tem sua natureza elitista. Um mundo em que a maioria são brancos, que já é bem difícil achar mulheres, muito mais negros e outras etnias. Acho que a FIA deveria se preocupar em como acabar com o racismo no automobilismo. Deveriam reforçar a campanha contra o racismo.

Caso haja uma punição a Lewis Hamilton só vai reforçar que a campanha da FIA para o fim do racismo é só uma campanha de faxada, que a mentalidade continua a mesma de antes, Elitista e ultrapassada, chegando aos tempos de Bernie Ecclestone, o antigo comandante que um dia elogiou ditadores como Adolf Hitler.

Daqui a 2 semanas teremos o GP da Rússia de Formula 1, 10ªEtapa do Mundial. A etapa que pode fazer Hamilton igualar as 91 vitórias de Michael Schumacher.

Fotos:

Resultado Final da 9ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP da Toscana – 59 Voltas

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M112:19:35.060
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 4.880s
323Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 8.064s
43Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 10.417s
511Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 15.650s
64Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 18.883s
726Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 21.756s
816Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 28.345s
97Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 29.770s
105Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 29.983s
1163George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 32.404s
128Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 42.036s
18Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 17 voltas
31Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 52 voltas
6Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 53 voltas
20Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 54 voltas
99Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 54 voltas
55Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 54 voltas
33Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 59 voltas
10Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 59 voltas

Melhor Volta de cada piloto – Lewis Hamilton ganha 1 ponto pela melhor volta da corrida

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº da volta
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:18.83358
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:19.43253
323Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:20.03951
43Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:20.42657
511Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:20.63259
67Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:21.16459
74Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:21.19859
85Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:21.20259
916Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:21.22950
1026Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:21.45851
1163George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:21.64558
1218Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:22.06842
138Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:22.26359
146Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M112:11.3656
1531Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 202:11.7936
1699Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0652:13.8094
1720Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0652:13.8124
1855Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 202:14.1035

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

Gasly aproveita Safety Car e circunstâncias excepcionais para vencer GP da Itália

Em Monza, o roteiro habitual seria uma vitória de Hamilton ou Bottas, mas não foi isso que aconteceu, já que o imponderável e circunstancias especial acabaram por embolar a corrida na metade. Isso deu a chance para Pierre Gasly da Alpha Tauri vencer o GP da Itália e colocar a França no lugar mais alto do pódio desde do GP da França de 1996, quando Olivier Panis venceu o GP de Mônaco com a Ligier-Mugen Honda.

Hamilton largou bem e manteve a ponta, Bottas não largou bem e além de perder posição para Sainz jr. acabou perdendo só na primeira volta posições para Norris, Perez e Ricciardo, caindo ara a 6ªposição. Verstappen também não foi bem, caindo da 5ªpara a 7ªposição, sofrendo para manter a posição sobre Lance Stroll.

A vida de Hamilton acabou sendo bem facilitada, na frente, o inglês vinha abrindo muito sobre Carlos Sainz jr., abrindo demais do piloto espanhol. Lá atrás, Vettel tem problemas de freios e passa reto na 7ªvolta. Um final de semana desastroso para o piloto alemão, que foi para os boxes para abandonar a corrida.

Alexander Albon não estava tendo uma boa corrida, na largada ele vazou a chicane e voltas depois, fecha a porta de Magnussen. Com isso, ele foi punido em 5 segundos por não dar espaço a um adversário, ele vinha nas últimas posições, tentando se recuperar na corrida.

Lá na frente, Perez começa a 9ªvolta na pressão em cima de Lando Norris, que vinha segurando não só o mexicano como também de Daniel Ricciardo, Valtteri Bottas e Max Verstappen. Para o finlandês, a corrida estava ruim, não conseguia usar o vácuo para passar Ricciardo. Na verdade, Bottas vinha poupando pneu para prolongar a vida deles para tentar ganhar posições na tática, mas tinha Verstappen no seu encalço.

Na 12ªvolta, Hamilton abriu 9 segundos sobre Sainz e quase 13 segundos a frente de Norris. A se destacar duas coisas, Kvyat em 11ª acompanhando muito bem o ritmo de corrida de Gasly com os pneus duros e Raikkonen em uma ótima 12ªposição.

Albon passou Leclerc que passou a sofrer pressão de Antonio Giovinazzi. Para não tomar a vergonha de ser superado pelo piloto da Alfa Romeo, o monegasco foi para os boxes na entrada da 18ªvolta. A partir dai começou a rodada de paradas nos boxes. Na volta 20ª Gasly vai para a sua parada nos boxes (A partir dai começa a se construir a vitória do piloto Francês). Ao mesmo tempo que Kevin Magnussen para na área de escape da parte externa da parabólica. Não era um lugar tão complicado para tirar o carro do local de perigo. Porém, o safety car entra na pista e a corrida tomaria outro rumo.

Isso por que Lewis Hamilton foi para os boxes com eles fechados, isso acabaria por mudara história da corrida. Com os boxes abertos na volta 22, todo mundo vai para os boxes, Sainz jr. que era o líder foi o primeiro seguido de Norris, que acabou freando demais e segurando a turma toda para que ele pudesse para sem perder muito tempo nos boxes. A equipe Mercedes trabalhou muito bem com Bottas que ganhou a posição de Ricciardo e de Perez (Que contou com uma para ruim da sua equipe para o carro dele) melhorando um pouco a situação para o piloto Finlandês.

Hamilton era o líder com Stroll, Gasly, Giovinazzi, Raikkonen, Leclerc e Latifi que ficaram na pista. Stroll não tinha feito a parada. Enquanto isso, Hamilton e Giovinazzi estavam sendo investigados por terem parado com os boxes fechados.

Relargada na 24ªVolta, Leclerc foi agressivo e passou os dois pilotos da Alfa Romeo, porém, no final da volta. O piloto da Ferrari acabou errando e indo diretamente para o muro. A pancada foi muito forte, tanto é que foi acionada a bandeira vermelha, para consertarem o muro de proteção. Foi nesse momento que Giovinazzi e Hamilton acabaram punidos com um stop in go de 10 segundos nos boxes.

Com Stroll em segundo e colocando pneus novos, ele passaria a ser o favorito a vitória, com Gasly na sua cola em segundo.

Após uns 30 minutos foi determinada que a parada seria um novo procedimento de largada. Com Hamilton, Stroll, Gasly, Raikkonen, Giovinazzi, Sainz jr., Norris, Bottas, Latifi, Ricciardo, Verstappen e os demais. Na relargada, Gasly foi muito bem, superando Stroll e passando a ser o segundo colocado. Stroll acabou vazando a 2ªchicane e se perdeu, ficando atrás do Sainz jr. e com muita dificuldade conseguiu ficar a frente de Norris.

Com a parada de Hamilton (pagando a punição) a liderança passou a ser de Pierre Gasly, que não tinha uma ameaça séria já que Kimi Raikkonen assumiu a segunda posição. Sainz jr. vinha na terceira posição, seguido de Stroll, Bottas, Ricciardo, Ocon e Kvyat. Giovinazzi foi cumprir sua punição. Verstappen com problemas abandonou na 31ªVolta. Não foi o dia nem de Hamilton, nem de Bottas e muito menos de Verstappen em Monza.

Sainz jr. vendo que poderia levar a Mclaren a uma vitória que não vinha desde do GP do Brasil de 2012 foi para cima de Raikkonen, colocou por fora e fez a ultrapassagem assumindo a segunda posição. Na volta seguinte, foi a vez de Stroll superar o piloto da Alfa Romeo para levar a 3ªposição.

Infelizmente para o homem de gelo, ele seria escalado pelo pelotão, sendo superado por Norris, Bottas e Ricciardo caindo para a 7ªposição. Enquanto isso, Hamilton teve muita dificuldade para superar Alexander Albon, isso por causa da configuração de asa, que fazia a Mercedes ser lenta de reta. Apenas na 41ªvolta, Lewis conseguiu superar Albon para ganhar a 14ªposição. A partir dai, a reação do líder do campeonato emplacou.

Hamilton passou Rusell e Grosjean em 2 voltas, ganhando a 12ªposição. Com 10 voltas para terminar a corrida, dava perfeitamente para completar a prova dentro da zona de pontuação. Enquanto isso, Ocon na 43ªVolta, depois Kvyat na 44ªvolta superam Raikkonen, que vinha na 9ªposição, tentando ficar na zona de pontuação, mas iria ser difícil.

A 8 Voltas do final, Sainz jr. conseguiu tirar um pouco da vantagem que Gasly tinha, mas o piloto da Alpha Tauri manteve uma distância segura. Já Valtteri Bottas tentou chegar Lando Norris, tentando ganhar mais uma posição, numa corrida que parecia estar bem pior do que estava.

Hamilton já tinha superado Latifi e agora estava a uma posição da zona de pontuação. Na volta 46, Raikkonen que foi superado por Perez acabou superado por Hamilton e saiu da zona de pontuação. Hamilton tinha a melhor volta da corrida e ainda superou Perez, Kvyat e no final da corrida, superou Ocon, passando para a 7ªposição.

Ao final da prova, Sainz jr. tenta chegar em cima de Gasly. Na última volta, o espanhol chegou no piloto da Alpha Tauri, mas não tinha mais tempo para impedir a primeira vitória do piloto francês na Formula 1. Foi a primeira vitória de um francês na categoria desde do GP de Mônaco de 1996, quando Olivier Panis de Ligier conquistou a vitória. Uma grande corrida do piloto que aproveitou a chance e as circunstâncias especiais para conquista à vitória, Um dia de festa para os integrantes da Alpha Tauri.

Carlos Sainz jr. bateu na trave para a sua primeira vitória, mas obteve seu melhor final de semana da carreira, chegando na segunda posição e ajudando a consolidar a Mclaren na terceira posição no Mundial de Construtores. Lance Stroll acabou completando o pódio, mas a sua largada não muito boa e o erro na 2ªchicane acabou por tirar a chance de vencer a corrida.

Lando Norris ficou na frente de Valtteri Bottas e conquistou o 4ºlugar, um pouco ofuscado pela grande atuação de Sainz jr. no final de semana. Já o piloto da Mercedes teve sua pior corrida da temporada, deu tudo errado na pista, mas as circunstâncias que aconteceram na prova acabaram por salvar uma 5ªposição. Seguido de Daniel Ricciardo, a Renault ficou um pouco abaixo do que poderia ter feito.

Lewis Hamilton que em circunstâncias normais, venceria com sobras, mas com o que aconteceu hoje acabou sendo jogado para a última posição, acabou liquidando suas chances de vencer pela 90ªvez na Formula 1 em Monza. Porém, Lewis conseguiu reagir, fez a volta mais rápida da prova e ainda conseguiu ficar na 7ªposição. Uma grande corrida de recuperação para o líder do campeonato.

Esteban Ocon ficou em 8ºlugar, ajudando um pouco mais a Renault na disputa do Mundial de Construtores. Daniil Kvyat que tinha uma bela tática de corrida, em muito bom ritmo de corrida com os compostos duros não teve a mesma sorte de Gasly, acabou prejudicado pelo Safety Car, mas conseguiu recuperar e acabou na 9ªposição.

Se o russo terminou a corrida em saldo positivo, Sergio Perez teve uma corrida para esquecer, prejudicado pelo trabalho da Racing Point, ficou longe demais da briga pela vitória e não foi além da 10ªposição. Fechando a zona de pontuação.

Nicholas Latifi por muito pouco não levou a Williams a zona de pontuação pela segunda vez seguida, ficou em 11ºlugar, a frente de Romain Grosjean da Haas. Por incrível que pareça, foi o melhor resultado de um motor Ferrari hoje. Lamentável o estágio que se encontra os propulsores italianos.

Kimi Raikkonen chegou a ficar em 2ºlugar, mas com um carro ruim e um motor ruim, nada poderia ter feito para se segurar pelo menos na zona de pontuação e ficou apenas em 13º. George Russell terminou em 14º, apesar de ofuscado por Lafiti acabou ficando a frente de Alexander Albon, O resultado do tailandês foi trágico como a sua corrida. Muito fraco com o carro que tem. Antonio Giovinazzi ficou muito longe de qualquer briga, ficando na 16ªposição.

Semana que vem, a Formula 1 vai pela primeira vez a Mugello para o GP da Toscana, provável que a corrida seja normal, mas depois de hoje, nunca se sabe o que pode acontecer. Depois da vitória de Pierre Gasly hoje, nada é certo na categoria até que se cruze a linha de chegada.

Fotos:

Resultado final do GP da Itália de Formula 1
53 Voltas – 8ªEtapa

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
110Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:47:06.056
255Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20+0.415s
318Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes+3.358s
44Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20+6.000s
577Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11+7.108s
63Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20+8.391s
744Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11+17.245s
831Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20+18.691s
926Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H+22.208s
1011Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes+23.224s
116Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11+32.876s
128Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065+35.164s
137Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065+36.312s
1463George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11+36.593s
1523Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H+37.533s
1699Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065+55.199s
33Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 33 Voltas
16Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 30 Voltas – Acidente
20Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 36 Voltas
5Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 47 Voltas – Freios

Melhor volta de cada piloto na corrida:

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº da Volta
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:22.74634
255Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:23.88240
318Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:23.89742
43Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:23.89838
577Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:23.96151
610Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:24.03734
74Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:24.23250
811Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:24.33650
963George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:24.42139
1026Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:24.47944
1131Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:24.49052
128Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:24.78548
137Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:24.83529
1499Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:24.85643
1523Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:24.92648
166Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:24.99939
1733Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:25.53910
1820Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:25.78710
1916Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:26.02619
205Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:27.1074

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Alfa Romeo/Haas/Williams

Verstappen usa estratégia diferente e conquista vitória improvável na prova dos 70 anos da F1 em Silverstone

Max Verstappen e Red Bull foram geniais, graças as mudanças de pneus que a Pirelli promoveu para esse final de semana, acabaram derrotando a Mercedes em estratégia. Essa vitória começou a ser construída na classificação de ontem e concretizada durante as 52 voltas da corrida de hoje em Silverstone.

Valtteri Bottas largou bem e permaneceu na liderança. Hamilton tentou o ataque curvas depois, mas Bottas segurou a 1ªposição muito bem. Verstappen largou bem e superou Nico Hulkenberg com os pneus duros, Stroll superou Ricciardo e passou a 5ªposição. Na primeira curva, Vettel lá atrás acaba rodando e caindo para a última posição. Definitivamente a fase do tetracampeão do mundo é péssima.

Nas primeiras voltas, Bottas começa a abrir 1 segundo sobre Lewis Hamilton e quase 4 segundos sobre Verstappen. Até nesse momento, tudo normal, parecia que seria mais um dia de domínio dos pilotos da Mercedes.

Porém, os pneus estavam começando a ser deteriorar logo nas primeiras voltas, o pneu de Bottas e de Hamilton começava a ter sinais de desgaste visíveis. Além do mais, Alexander Albon foi o primeiro a parar na volta 7. Gasly para na volta seguinte, Foi nesse meio tempo que Max Verstappen começou a virar mais rápido que os dois pilotos da Mercedes. Hulkenberg e Stroll vinham sólidos em 4º e 5ºlugar e Ricciardo ainda em 6º. Lá atrás, Vettel recuperava posições, assim como Pierre Gasly e Alexander Albon. Nessa história dos pneus, além do Verstappen, Kvyat, Vettel e Raikkonen poderiam se dar muito bem, eles estavam com os pneus duros, a maioria vinha de pneus médios.

Volta após volta, Bottas conseguia abrir um pouco mais de Hamilton, mas a preocupação era Verstappen chegando e os pneus se desgastando cada vez mais. Na 12ªVolta, Verstappen chegou em Hamilton e passou a pressionar o piloto Britânico. Estava na cara que a parada dos dois primeiros colocados. Lando Norris parou na 13ªvolta.

Valtteri Bottas teve o privilégio de fazer a parada na volta 14, com uma volta de antecedência ao Lewis Hamilton. Verstappen assumiu a ponta, abrindo 10 segundos de frente para Lance Stroll. Bottas voltou em 4ª e Hamilton voltou em 6º, logo depois superou Charles Leclerc ganhando a 5ªPosição.

Vettel passou Grosjean na 17ªVolta, logo depois disso, o piloto da Haas foi para a primeira parada na volta seguinte. Stroll e Leclerc pararam na 19ªVolta. Na 20ªVolta Danill Kvyat no boxes pela primeira vez. Ao mesmo tempo, Albon vinha colocando pressão em cima de Pierre Gasly, disputa valendo não só a 13ªposição, mas sim uma disputa com um piloto que foi retirado da Red Bull e substituído por um outro piloto da  academia de pilotos da Red Bull que vinha da Toro Rosso (Atual Alpha Tauri). Com a vantagem para o piloto Tailandês por ter mais carro. Duas voltas depois, Albon superou Gasly e passou para a 12ªposição.

Mais a frente, Leclerc passou Norris, que ainda resistiu, mas não foi o suficiente para ficar a frente do piloto monegasco. Lafiti e Magnussen brigavam pelos últimos lugares, a briga acabou com o Canadense levando a melhor, mesmo com a condução perigosa do Escandinavo, que foi punido em 5 segundos de acréscimo de tempo devido a essa manobra.

Sainz jr. e Gasly pararam pela segunda vez na 23ªvolta. A parada do piloto da Mclaren teve uma parada bem complicada, a Mclaren demorando muito tempo no trabalho do piloto espanhol por causa de um problema na pistola de apertar a porca da roda.

Conforme foi passando as voltas, mesmo com o desgaste de pneus, Verstappen vinha aumentando a sua vantagem em cima de Bottas e de Hamilton. A situação era dramática para a Mercedes.

Na volta 27, Verstappen faz a sua primeira parada e coloca os pneus médios, voltando exatamente atrás de Valtteri Bottas, que manteve a liderança por poucas curvas, Já que o Holandês com pneus novos passou o finlandês e retomou a liderança. A corrida estava nas mãos de Verstappen enquanto que Bottas e Hamilton estavam com os pneus totalmente desgastados.

Alexander Albon continuando sua odisseia para ganhar posição supera Lando Norris por fora, chegando a 7ªposição. Verstappen, Sainz e Raikkonen vinham com os pneus médios. O Resto da turma, todos vinham com os pneus duros.

Enquanto que Norris parou na 30ªVolta, Existia uma briga intermediária pelo 8ºlugar entre Ocon, Kvyat, Ricciardo, Sainz jr. e Vettel. Na Volta seguinte, enquanto Hulkenberg e Albon foram para os boxes, o australiano Daniel Ricciardo acabou rodando e perdendo muito tempo. Logo a frente, Kvyat superou Ocon e ganhou a 8ªposição.

A Mercedes tinha a ideia de levar Bottas para os boxes para quebrar a tática de Verstappen, só que a Red Bull parou na mesma 33ªVolta que o piloto Finlandês parou. Isso quebrou a tática da Mercedes e fez com que Verstappen ficasse mais favorito que nunca a vitória.

Hamilton passou para a liderança, com os pneus já desgastados e cada vez mais visíveis. A única chance para Lewis era tentar levar os pneus até o final da prova, mas com um pneu de já 20 voltas seria impossível ele durar mais 16 voltas. Nesse meio tempo, muitos pilotos fizeram a segunda parada: Vettel, Giovinazzi (34ªVolta), Sainz jr (35ªVolta), Kvyat (36ªVolta).

Hamilton vinha 10 segundos a frente de Verstappen e 13 segundos a frente de Bottas. Além disso, Charles Leclerc em excelente corrida vinha na 4ªposição. Completando os seis primeiros vinham Hulkenberg e Stroll. Albon, Ocon, Norris e Kvyat completavam os Top 10. Ocon e Kvyat foram os pilotos que mais recuperaram posições  na prova com 6 posições ganhas.

Hamilton começou a perder rendimento a partir da 40ªVolta, Verstappen vinha tirando 1 segundo mais rápido por volta. Não tinha como Lewis tentar ficar na pista até o final. Hamilton parou na 42ªVolta para tentar o tudo ou nada nas voltas finais, voltando 12.6 segundos atrás de Max Verstappen.

Logo, o líder do campeonato passou a andar muito e chegou rápido em cima de Leclerc (Que vinha com os pneus desgastados), na 45ªVolta, Hamilton superou Leclerc, mesmo com a tentativa de defesa do monegasco.

Hamilton partiu para cima de Bottas, com melhores pneus que o companheiro de equipe. Se achou que a ultrapassagem fosse sem resistência, mas o pole position Bottas resistiu ao ataque na primeira tentativa, mas não havia como resistir com 3 voltas. Hamilton vinha com melhores pneus e acabou passando na reta entre os setores 1 e 2, Por fora, ganhando a 2ªposição.

Mas já não havia mais nada do que fazer para alcançar Verstappen, aliando a sua competência na pista com a competência da tática da Red Bull acabou quebrando a Mercedes na estratégia e vencendo pela 9ªVez na carreira. Uma vitória especial, ganhando na corrida de comemoração dos 70 anos da Formula 1. E passando a ser o novo vice-líder do campeonato.

Lewis Hamilton salvou ainda uma segunda posição e continua na liderança do campeonato de forma tranquila. Já Valtteri Bottas que começou muito bem a corrida e venceria a corrida se a prova tivesse corrido normalmente para a Mercedes, mas o finlandês acabou prejudicado pela tática da equipe e terminou a corrida em 3ºlugar, perdendo a vice-liderança do Mundial. De fato, Bottas teve corridas muito boas em Silverstone, mas com resultados bem abaixo do que ele merecia.

Charles Leclerc leva a Ferrari nas costas, uma corrida excelente do Monegasco que rendeu a 4ªposição na prova e no mundial de pilotos, superando Lando Norris. Alexander Albon se recuperou muito bem, grande corrida do Tailandês, (que só precisa ter mais tempo e mais incentivo da equipe para melhorar seus desempenhos). Chegando em 5ºlugar, ultrapassando a Lance Stroll.

Por falar em Stroll, a Racing Point fez Hulkenberg parar nas voltas finais, uma parada sem sentido que jogo o Alemão para atrás do filho do dono da equipe. Stroll ficou em 6ºlugar e Hulk ficou em 7ºlugar. As expectativas de um possível pódio do substituto de Sergio Perez não se concretizaram, muito por que o carro da Racing Point não é tão bom em corrida como em Classificação. Mesmo assim, Hulk foi um dos melhores pilotos do final de semana.

Sem grande destaque, mas muito eficiente, Esteban Ocon levou a Renault para os pontos, conseguindo a 8ªposição e se posicionando a frente de Lando Norris, que fez uma corrida apagada, mas era mais ou menos previsível pelo que a Mclaren não mostrou na classificação do Sábado.

Se recuperando de uma classificação bem ruim, Danill Kvyat acabou subindo 6 posições e completando a zona de pontuação, a corrida do piloto Russo acabou sendo melhor do que a 10ªposição que ele obteve hoje. Logo atrás, veio Pierre Gasly, que ao contraio do companheiro de equipe, acabou não fazendo uma boa corrida.

Agora, o pior do dia foi Sebastian Vettel, que roda nos primeiros segundos de corrida e faz uma recuperação insuficiente para se colocar na zona de pontuação, um 12ºlugar que prejudica a equipe italiana e seu futuro na Formula 1. Carlos Sainz jr. teve um dia bem frustrante, a Mclaren não deu condições dele marcar pontos. O espanhol ficou na 13ªposição. Lugar aonde ele largou assim como Vettel.

Outra decepção foi Daniel ricciardo, que tinha feito bons treinos e Classificação, mas na corrida deu tudo errado, tática errada e uma rodada que comprometeu totalmente seu resultado, ficou em uma frustrante 14ªcolocação.

Depois vieram a seguir Kimi Raikkonen em uma corrida correta e até combativa, mas sem carro para disputar posições melhores. Depois terminaram a corrida sem grande destaque: Romain Grosjean, Antonio Giovinazzi, George Russell e Nicholas Latifi. A Williams ainda não tem um carro tão bom como o carro de Classificação, nas corridas, seus pilotos sofrem mais do que os pilotos da Haas e Alfa Romeo.

Semana que vem, tem mais Formula 1. A principio em Barcelona, mas pode essa programação mudar, já que os casos de Covid-19 volta a aumentar Espanha e isso pode fazer a prova ou ser adiada, cancelada ou a corrida acontecer de novo em Silverstone.

Fotos:

Resultado Final da 5ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP dos 70 anos da Formula 1 – Silverstone (Inglaterra)

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
133Max Verstappen  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:19:41.993 
244Lewis Hamilton  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 11.326s 
377Valtteri Bottas  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 19.231s 
416Charles Leclerc  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 29.289s 
523Alexander Albon  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 39.146s 
618Lance Stroll  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 42.538s 
727Nico Hulkenberg  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 55.951s 
831Esteban Ocon  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 1:04.773s 
94Lando Norris  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 1:05.544s 
1026Daniil Kvyat  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1:09.669s 
1110Pierre Gasly  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1:10.642s 
125Sebastian Vettel  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 1:13.370s 
1355Carlos Sainz  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 1:14.070s
143Daniel Ricciardo  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 1 Volta
157Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 Volta
168Romain Grosjean  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 1 Volta
1799Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 Volta
1863George Russell  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 1 Volta
196Nicholas Latifi  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 1 Volta
20Kevin Magnussen  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 9 Voltas

Melhor volta de cada piloto na corrida: Lewis Hamilton marcou 1 ponto pela melhor volta da prova.

posPilotoEquipeChassiMotorMelhor VoltaNº volta
144Lewis Hamilton  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:28.451 43
233Max Verstappen  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:29.465 46
323Alexander Albon  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:29.477 46
477Valtteri Bottas  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:29.765 44
56Nicholas Latifi  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:29.950 48
627Nico Hulkenberg  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:30.087 52
710Pierre Gasly  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:30.092 52
816Charles Leclerc  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:30.552 39
955Carlos Sainz  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:30.556 49
1031Esteban Ocon  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:30.575 50
114Lando Norris  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:30.698 49
1226Daniil Kvyat  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:30.738 52
135Sebastian Vettel  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:30.785 49
148Romain Grosjean  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:30.793 51
1518Lance Stroll  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:30.877 45
163Daniel Ricciardo  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:31.168 39
1763George Russell  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:31.408 50
187Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:31.756 30
1999Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:31.826 37
2020Kevin Magnussen  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:31.830 39

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

Perez diagnosticado com COVID-19, Hulkenberg substitue o mexicano em Silverstone e Stroll lidera treinos de sexta

A Formula 1 chegou a Silverstone já com uma bomba, Sergio Perez foi diagnosticado com COVID-19 e sem perda de tempo foi colocado em quarentena assim como 3 mecânicos da Racing Point que tiveram contato com o mexicano. Nenhum deles estava em Silverstone e por isso não será afetada a programação dos dois finais de semana seguidos no local onde a Formula 1 fez sua primeira corrida da história em 1950.

Perez com Covid-19, A bolha da Formula 1 não falhou, mas sim o piloto que saiu da bolha da categoria para visitar sua mãe (que teria se acidentado lá no México), mas ele acabou estendendo sua escapada para a Itália e acabou indo a restaurantes e tirou foto com seus fans. Uma roteiro ideal para fazer o teste do Covid-19 e o resultado ser positivo. O piloto mexicano vai ficar de fora de pelos menos 2 corridas (As duas corridas em Silverstone).

Valtteri Bottas e Charles Leclerc acabaram furando essa bolha, mas eles foram para suas casas, apesar deles terem encontrado amigos e companheiras por lá. Os dois justificaram suas saídas. Ainda bem que ambos não foram contaminados, o mesmo não aconteceu com Perez que agora precisa cuidar de sua saúde.

O que agora pode acontecer com o Perez? Não falo da sua recuperação que espero que ele se recupere, mas o que pode acontecer a carreira do Perez depois do coronavirus, o que vai acontecer caso ele tenha sequelas da doença? Eu acho que se ele tiver sequelas internas (Como problemas com os pulmões ou até mesmo problemas cardíacos) devido à doença ele pode não voltar ao nível de pilotagem que ele estava nessa temporada.

A Racing Point não demorou muito para indicar Nico Hulkenberg como substituto de Sérgio Perez. Foi à escolha mais acertada já que Nico correu pela antiga Force India nas temporadas de 2012, 2014, 2015 e 2016 e teve algum sucesso. A missão do piloto alemão para a classificação e a corrida do domingo não vai ser das mais fáceis. Visto que Stroll vem andando muito bem e marcou o melhor tempo da sexta-feira. Hulkenberg ficou a 6 décimos do tempo do filho de Lawrence Stroll vem de uma ótima corrida a 2 semanas em solo Húngaro.

A Red Bull pode ser o diferencial nesse final de semana. O melhor tempo de Max Verstappen pela manha e o 2ºlugar de Albon pela tarde significa esperanças para a Red Bull de diminuir a diferença favorável à equipe Mercedes. Tanto Hamilton como Bottas não mostraram todo o potencial da Mercedes em uma volta rápida. Se o desempenho dos pilotos da Mercedes fosse pra valer dificilmente não iriam ficar com as duas primeiras posições.

Apesar das boas posições do Leclerc nas sessões de sexta, a Ferrari teve um dia complicado e problemático com Sebastian Vettel, que não treinou na primeira sessão, com problemas do sistema de arrefecimento do motor. Na segunda sessão, problemas no pedais e um carro desequilibrado fez com que o Alemão ficasse em 18ºlugar, a frente apenas de Kevin Magnussen da Haas e de Nicholas Latifi da Williams.

Alexander Albon depois de marcar o 2ºtempo acabou batendo. O piloto Tailandês esta sobre pressão. E a já conhecida impaciência dos dirigentes da Red Bull por resultados. Possivelmente a excessiva pressão que os pilotos da Red Bull e Alpha Tauri sofrem faça eles terem um desempenho pior do que eles deveriam ter. A muito tempo que a cabeça dos dirigentes dessas duas equipes que pertence ao dono da marca Dietrich Mateschitz e seu Helmut Marko que age feito um carrasco de carreira de pilotos.

Amanhã, teremos as 7 da Manhã o terceiro treino livre. As 10 da manhã teremos a classificação para a formação do Grid de largada do GP da Inglaterra, a primeira das duas corridas que vão ser feitas no circuito da primeira corrida da história da Formula 1.

Fotos:

Sexta – Silverstone 1

Resultado dos Treinos Livres de Sexta-Feira

1ºTreino Livre

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº de Voltas
133Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:27.42227
244Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:27.89627
318Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:28.00422
423Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:28.12924
516Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:28.22122
677Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:28.51929
731Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:28.55926
83Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:28.57522
927Nico Hulkenberg BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:28.59223
1026Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauri HondaAT01Honda RA620H1:28.86821
1110Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT01Honda RA620H1:28.90924
1255Carlos Sainz jr. McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:28.98824
134Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:28.99022
1420Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:29.53223
158Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:29.57625
167Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:29.74624
1763George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:29.89923
1899Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:29.92517
196Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:30.70320
205Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065Sem Tempo2

2ºTreino Livre

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº de Voltas
118Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:27.27429
223Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:27.36413
377Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:27.43130
416Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:27.57030
544Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:27.58127
655Carlos Sainz jr. McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:27.82035
727Nico Hulkenberg BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:27.91028
810Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT01Honda RA620H1:27.99731
93Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:28.11230
107Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:28.15935
114Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:28.16926
1231Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:28.21935
1399Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:28.25631
1433Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:28.39023
1526Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauri HondaAT01Honda RA620H1:28.42629
168Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:28.56427
1763George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:28.77126
185Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:28.86023
1920Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:28.89827
206Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:29.95835

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull/Mercedes/Renault/Racing Point/Alpha Tauri/McLaren/Haas/Williams/Ferrari