GP de Indianapolis 2ªEtapa da Indycar 2020

Depois de 1 mês praticamente de intervalo desde da etapa do Texas, tivemos a segunda etapa do Mundial de Formula Indy, corrida realizada no circuito de Indianapolis. Com 26 pilotos, o maior grid da temporada até agora as atividades aconteceram na sexta e no sábado. Como foi no Texas, não tivemos público. Pela primeira vez desde de 1984 não tivemos pilotos brasileiros no Grid da maior categoria de monopostos dos Estados Unidos.

Prova de Classificação

No Grupo 1, o treino começa com Sato na primeira posição, seguido de Santino Ferrucci da Dale Coyne e Patrício O’Ward da Mclaren. Askew, Andretti e Rosenquist vinham com as outras 3 vagas, Newgarden estava de fora da segunda fase e apesar dele ter melhorado o tempo e subido para a liderança, logo o campeão do ano passado foi escalado de novo pela maioria dos pilotos. Newgarden caiu para a 11ªposição do Grupo.

A menos de 5 minutos do final: O’Ward, Rosenquist, Palou, Sato, Ferrucci e Chilton eram os classificados para o Q2. A se destacar o bom desempenho de Alex Palou, o espanhol da Dale Coyne tinha feito um belo terceiro tempo.

A 2 minutos do final, todos foram para a pista, Newgarden precisava acertar uma volta com seu carro da Penske e foi isso que aconteceu, passou para a liderança com 1:10.6188. Só que os outros pilotos iriam completar suas voltas e por muito pouco acabou dando para Newgarden classificar para a próxima fase no limite.

Oliver Askew acabou sendo o mais rápido, Max Chilton em 2º é uma bela surpresa com o carro da Carlin. Os outros classificados foram Rosenquist, Daly, Hunter-Reay e Newgarden.

Resultado do Grupo 1

posPilotoEquipeMotorTempo
17Oliver AskewArrow McLaren SPChevrolet1:10.5306
259Max ChiltonCarlinChevrolet1:10.5465
310Felix RosenqvistChip Ganassi RacingHonda1:10.5558
420Conor DalyEd Carpenter RacingChevrolet1:10.5658
528Ryan Hunter-ReayAndretti AutosportHonda1:10.588
61Josef NewgardenTeam PenskeChevrolet1:10.6188
75Patricio O’WardArrow McLaren SPChevrolet1:10.7333
818Santino FerrucciDale Coyne RacingHonda1:10.7902
930Takuma SatoRahal Letterman Lanigan RacingHonda1:10.8853
1029James HinchcliffeAndretti AutosportHonda1:11.1478
1155Alex PalouDale Coyne RacingHonda1:11.1815
1224Sage KaramDreyer & Reinbold RacingChevrolet1:11.7774
1398Marco AndrettiAndretti Herta with Marco & Curb-AgajanianHonda1:12.0513

O Grupo 2 foi um grupo um pouco mais forte que o primeiro Grupo. O estreante Rinus Veekay da equipe Carpenter começou na frente, com Colton Herta da Harding em 2º e Will Power da Penske em 3º, Pagenaud, Dixon e Rossi estavam com as outras 3 vagas do grid.

A 6 minutos e meio do final, Pagenaud e Power passaram para frente, mas o bom e velho Scott Dixon superou os dois pilotos da Penske e ficou na liderança, até ser surpreendido por Spencer Pigot que corre pela Rahal nas corridas de Indianapolis (Corrida do circuito e as 500 milhas de Indianápolis). Jack Harvey em grande volta assumiu a terceira posição, logo atrás de Dixon.

A 4 minutos e meio do final, Harvey assumiu a liderança, deixando Pigot para trás. Herta, Dixon, Pagenaud e Power vinham sendo os 6 classificados para o Q2. Todo mundo volta para a pista a menos de 3 minutos do final.

Nessa volta final, Will Power acabou sendo o mais rápido com 1:10.2548, os outros 5 classificados foram Colton Herta, Scott Dixon, Jack Harvey, Graham Rahal e Alexander Rossi. Simon Pagenaud acabou muito mal, ficou em 10ºlugar na classificação e iria larga em uma desonrosa 20ªposição.

Classificação do Grupo 2

posPilotoEquipeMotorTempo
112Will PowerTeam PenskeChevrolet1:10.2548
288Colton HertaAndretti Harding Steinbrenner AutosportHonda1:10.4114
39Scott DixonChip Ganassi RacingHonda1:10.500
460Jack HarveyMeyer Shank RacingHonda1:10.5157
515Graham RahalRahal Letterman Lanigan RacingHonda1:10.5647
627Alexander RossiAndretti AutosportHonda1:10.5947
78Marcus EricssonChip Ganassi RacingHonda1:10.6287
845Spencer PigotCitrone Buhl Autosport with RLLHonda1:10.635
921Rinus Van KalmthoutEd Carpenter RacingChevrolet1:10.707
1022Simon PagenaudTeam PenskeChevrolet1:10.7438
1126Zach VeachAndretti AutosportHonda1:11.2762
124Charlie KimballA.J. Foyt EnterprisesChevrolet1:11.4026
1314Dalton KellettA.J. Foyt EnterprisesChevrolet1:11.5876

Logo no começo do Q2, Ryan Hunter-Reay erra e vai para a grama. Quem acabou não errando na sua primeira tentativa foi Jack Harvey da Meyer Shank, com 1:11.2805. Power era o segundo, seguido de Herta, Rahal, Rossi e Newgarden.

A menos de 6 minutos do final, Will Power acerta a volta e passa a liderar a classificação. Se o Australiano estava muito bem colocado  para passar a fase final a situação era preocupante para Dixon na 7ªposição, Newgarden em 9º e Rossi em 10º.

A 3 minutos do final, todos foram para a pista e todo mundo mandou ver no acelerador para buscar a classificação. Max Chilton, Felix Rosenquist, Scott Dixon e Colton Herta melhoraram em sequência um o tempo do outro e passaram para a liderança. A segundos do final, Jack Harvey  consolidou a sua classificação para o Q3, ficando com o melhor tempo, até que o estreante Oliver Askew marcou o melhor tempo do treino, passado para a casa do 1 minuto e 9 segundos (1:09.8780).

Classificaram para a fase final além de Askew e Harvey: Graham Rahal, Colton Herta, Will Power e Josef Newgarden. Scott Dixon acabou ficando de fora na 7ªposição.

Resultado do Q2:

posPilotoEquipeMotorTempo
17Oliver AskewArrow McLaren SPChevrolet1:09.878
260Jack HarveyMeyer Shank RacingHonda1:10.0238
315Graham RahalRahal Letterman Lanigan RacingHonda1:10.0707
488Colton HertaAndretti Harding Steinbrenner AutosportHonda1:10.0985
512Will PowerTeam PenskeChevrolet1:10.1313
61Josef NewgardenTeam PenskeChevrolet1:10.142
79Scott DixonChip Ganassi RacingHonda1:10.199
820Conor DalyEd Carpenter RacingChevrolet1:10.2169
910Felix RosenqvistChip Ganassi RacingHonda1:10.231
1059Max ChiltonCarlinChevrolet1:10.3055
1127Alexander RossiAndretti AutosportHonda1:10.3426
1228Ryan Hunter-ReayAndretti AutosportHonda1:10.5764

Na parte final da classificação, 4 dos 6 pilotos foram de imediato para a primeira tentativa. A 3 minutos e 40 segundo do final, Power fez uma bela volta, mas foi Jack Harvey que marcou a melhor marca, com 1:10.3653. Colton Herta vinha em 3º e Graham Rahal em 4º. Newgarden e Askew não tinham marcado tempos.

A 3 minutos do final, Newgarden e Askew foram para a pista realizarem suas voltas. Enquanto o piloto da Mclaren marcou o 5ºtempo, o piloto da Penske erra uma corrida, passa reto e perde a chance de marcar volta rápida.

Depois do cronometro zerado, Power faz uma grande volta e toma a pole que estava nas mãos de Jack Harvey. O piloto da Penske conquistou pela 58ªvez o direito de largar na frente de todos os outros adversários. Jack Harvey que ficou com o gostinho de ter a pole nas suas mãos acabou ficando com a segunda posição, Mesmo assim é um feito para a equipe Meyer Shank que mostrou um bom trabalho com o piloto inglês.

Na segunda fila, vão largar Colton Herta da Andretti Harding e Graham Rahal da Rahal Letterman. Completando os 6 primeiros colocados na 3ªFila, Oliver Askew da Mclaren e Josef Newgarden da Penske, esse não teve volta computada.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotorTempo
112Will PowerTeam PenskeChevrolet1:10.1779
260Jack HarveyMeyer Shank RacingHonda1:10.3653
388Colton HertaAndretti Harding Steinbrenner AutosportHonda1:10.5197
415Graham RahalRahal Letterman Lanigan RacingHonda1:10.5844
57Oliver AskewArrow McLaren SPChevrolet1:10.8404
61Josef NewgardenTeam PenskeChevroletSem Tempo
79Scott DixonChip Ganassi RacingHonda1:10.199
820Conor DalyEd Carpenter RacingChevrolet1:10.2169
910Felix RosenqvistChip Ganassi RacingHonda1:10.231
1059Max ChiltonCarlinChevrolet1:10.3055
1127Alexander RossiAndretti AutosportHonda1:10.3426
1228Ryan Hunter-ReayAndretti AutosportHonda1:10.5764
135Patricio O’WardArrow McLaren SPChevrolet1:10.7333
148Marcus EricssonChip Ganassi RacingHonda1:10.6287
1518Santino FerrucciDale Coyne RacingHonda1:10.7902
1645Spencer PigotCitrone Buhl Autosport with RLLHonda1:10.635
1730Takuma SatoRahal Letterman Lanigan RacingHonda1:10.8853
1821Rinus Van KalmthoutEd Carpenter RacingChevrolet1:10.707
1929James HinchcliffeAndretti AutosportHonda1:11.1478
2022Simon PagenaudTeam PenskeChevrolet1:10.7438
2155Alex PalouDale Coyne RacingHonda1:11.1815
2226Zach VeachAndretti AutosportHonda1:11.2762
2324Sage KaramDreyer & Reinbold RacingChevrolet1:11.7774
244Charlie KimballA.J. Foyt EnterprisesChevrolet1:11.4026
2598Marco AndrettiAndretti Herta with Marco & Curb-AgajanianHonda1:12.0513
2614Dalton KellettA.J. Foyt EnterprisesChevrolet1:11.5876

Sábado de manhã aconteceu o GP de Indianapolis. Sem publico, mas tivemos uma corrida cheia de alternativas.

Na largada, Power largou bem, com Harvey em 2º. Graham Rahal acabou tocando na traseira do piloto da Meyer Shank e danificou sua asa dianteira, mas não o suficiente para prejudicar sua corrida. Mesmo assim, o filho de Bobby Rahal superou Herta e assumiu a terceira posição. Herta, Newgarden e Dixon completavam os 6 primeiros lugares, Oliver Askew perdeu posições e acabou se tocando com Conor Daly na disputa da 7ªposição. Hunter-Reay e Chilton completava os 10 primeiros colocados.

Na 4ªVolta, Chilton obteve êxito ao ultrapassar Ryan Hunter-Reay, subindo para a 9ªposição. Na volta seguinte, Spencer Pigot supera Alexander Rossi assumindo a 11ªposição. Na 6ªVolta, o holandês Rinus Van Kalmthout da Carpenter foi primeiro a trocar os pneus e colocar combustível. Era certo que muita gente iria para a tática de 3 paradas.

Lá na frente, Newgarden, Harvey, Rahal e Herta vinha na frente mandando ver. Newgarden vinha um pouco mais atrás em 5º adotando uma tática de cautela. Dixon em 6º já tinha adotado essa tática, certamente para tentar fazer 2 paradas apenas.

Simon Pagenaud estava lá atrás e muito mal, então o francês decidiu mudar a tática e ir para a primeira parada na 10ªVolta para tentar salvar a sua corrida. Na volta seguinte, Scott Dixon vai para os boxes, que era algo surpreendente já que parecia que o Neozelandês iria adotar a tática de 2 paradas. Alexander Rossi parou na volta 12.

Newgarden vinha 1.2 segundos a frente de Harvey que vinha mantendo a segunda posição, abrindo 8 décimos de Graham Rahal e 1.6 segundos de Colton Herta. Newgarden vinha 5º a 4.6 segundos da ponta. Já bem longe, Conor Daly vinha 10.1 segundos na 6ªposição.

Newgarden parou na 16ªvolta. Na volta seguinte parou Colton Herta, Hunter-Reay (Que teve problemas na parada) e Chilton. Na entrada da 18ªVolta, Will Power vai para a sua primeira parada. Jack Harvey passou a liderar a prova com Graham Rahal em 2º e Conor Daly em 3º, a 12 segundos da 1ªposição. Além deles apenas Pigot, Ferrucci e Sage Karam não foram para a primeira parada.

Harvey para na volta 19 deixando a liderança para Graham Rahal, O piloto britânico voltou na frente de Newgarden. O piloto da Penske se aproveitou dos pneus frios de Harvey e o superou, subindo para a 7ªposição. Ao sair dos boxes, Oliver Askew tentou ficar a frente de Patrício O’Ward, mas não obteve sucesso na tentativa e o mexicano superou o piloto Norte-Americano vindo da Indy Lights.

Rahal vinha virando um ritmo de prova muito bom e já estava claro que ele iria tentar fazer apenas 2 paradas. Porém, lá atrás estava Power virando mais rápido que o filho de Bobby Rahal. Na volta 26, Graham Rahal vai para a sua parada, assim como Pigot, Daly e Ferrucci. Infelizmente na saída dos boxes da Dale Coyne ocorreu um desastre, O motor de Santino Ferrucci morre e o piloto acaba perdendo muitíssimo tempo, caindo para as últimas posições.

Após as paradas, Power voltou a liderança, com Newgarden pulando para a segunda posição, 4.5 segundos de distância entre os dois pilotos da Penske. Jack Harvey Caiu para a terceira posição, Graham Rahal caiu para o 4º e Scott Dixon subiu para a 5ªposição. Com vantagem para Rahal que tinha a melhor situação de corrida, com chances reais de fazer 1 parada a menos que os seus principais adversários. Ainda por cima, Rahal tinha pneus 10 voltas mais novos que os pneus dos líderes.

Na volta 31, Power continuava tranquilo na liderança, colocando 5 segundos de diferença para Newgarden e 8.8 segundos de Jack Harvey da Meyer Shank.

Rinus Van Kalmthout para pela segunda vez na 32ªVolta. Os pilotos que pararam cedo começaram a ir para a 2ªparada. Rosenquist que vinha bem mal na corrida parou na 33ªVolta, na volta seguinte parou Dixon, Herta e Hunter-Reay. Rossi e Ericsson pararam na 35ªvolta.

Na volta 36, Oliver Askew acabou indo para o muro, provavelmente por causa de um problema mecânico. Bandeira Amarela em toda a pista. Ela mudaria o destino da corrida. Power, Newgarden, Harvey e Chilton além de outros pilotos foram para os boxes, deixando Graham Rahal na liderança.

Após retirarem o carro do piloto da Mclaren e de limparem o local da batida, a prova foi reiniciada na volta 41. Rahal manteve a liderança, Pigot teve de passar Sage Karam (Retardatário) para poder presseguir o companheiro de equipe. Daly, Dixon, Rinus Van Kalmthout e Herta vinham completando os 6 primeiros. Power, Newgarden e Harvey vinham apenas em 13º, 14º e 15ºlugares respectivamente.

No final da volta 41, Rossi foi para os boxes, com problemas mecânicos no seu carro, tentaram colocar combustível, mas o carro engazopava quando ele tentou sair dos boxes. Definitivamente não era um bom começo de ano para o vice-campeão da indy de 2019.

Daly perdeu terreno na corrida, foi superado pelo Dixon e Herta na 43ªVolta. Antes do final da volta, Van Kalmthout também superou seu companheiro de equipe. Na volta seguinte, O’Ward supera Ferrucci e sobe para a 8ªposição. Ao tenta dá uma volta em Sage Karam, Daly se atrapalha e além de ser ultrapassado por Simon Pagenaud passou a ser pressionado pelo mexicano Patrício O’Ward.

Dixon foi para cima de Rahal na 47ªVolta, superou o norte-americano para assumir a liderança, O piloto da Ganassi vinha andando muito naquela parte da prova. Spencer Pigot estava em uma ótima 3ªposição seguido de Herta e Van Kalmthout.  Dixon em poucas voltas abriu 5 segundos de frente para Rahal, Dixon com a corrida nas suas mãos.

Daly foi para a sua segunda parada na 54ªVolta, na volta 55 pararam Graham Rahal e Simon Pagenaud. Dixon parou na volta 56. Spencer Pigot foi para a liderança da prova e ficou por uma volta na 1ªposição, na volta seguinte, o piloto da Rahal foi para os boxes juntamente de Colton Herta. Will Power ao sair dos boxes para a última parada acabou deixando o motor morrer, o que fez o australiano (que já não vive situação fácil na Penske) perder muito tempo e sair da disputa pelas primeiras posições.

Marcus Ericsson parou na 58ªVolta após liderar a corrida por uma volta. Newgarden liderava a prova com Zach Veach em 2º, mas eles teriam de fazer mais uma parada. Scott Dixon vinha 11 segundos atrás do ponteiro, só esperando que os dois da frente passarem para retornar a liderança.

Foi isso que aconteceu, primeiro Newgarden e depois Veach entraram nos boxes e concluíram a tática de 3 paradas. Dixon volta a ponta a 18 voltas do final da prova, com impressionantes 13.4 segundos de vantagem para Graham Rahal, milagrosamente em 3º vinha Simon Pagenaud, que estava muito mal no começo da prova, mas graças ao se esforço a um pouco de sorte e a tática da Penske a prova do piloto francês se transformou em uma belíssima corrida. Herta, Van Kalmthout, Ericsson, Newgarden, Pigot, O’Ward e Daly completavam os 10 primeiros.

Lá atrás, Marco Andretti passeia na grama após um erro na curva 14. Enquanto Dixon abria vantagem, Colton Herta estava vendo a 4ªposição começando a ser ameaçada pelos pilotos Rinus Van Kalmthout e Marcus Ericsson, dois pilotos da escola europeia de pilotos em cima de piloto que foi formado a maior parte do tempo nos Estados Unidos.

Na zona intermediária, Sato e Hinchcliffe superaram Zach Veach e conquistaram as 11ª e 12ªposições respectivamente. Daly também não tinha bom ritmo de corrida e poderia ser também superado. Na reta final de prova, Andretti e Veach foram para a grama e perderam tempo. No caso do filho de Michael Andretti é uma exibição lastimável e medíocre… sem comentários.

Na reta final, Pagenaud foi tirando vantagem em cima de Graham Rahal nas voltas finais para lutar pelo segundo lugar. Lá na frente, Dixon só precisou levar seu carro até a bandeirada. Uma grande vitória, com mais de 20 segundos de diferença para Graham Rahal, o filho de Bobby Rahal segurou a tentativa de pressão do Francês Simon Pagenaud e acabou na segunda posição. Já o francês teve uma grande corrida de recuperação e terminou o dia com um lugar no pódio.

Colton Herta acabou ficando mesmo em 4ºlugar, Segurando bem a pressão do novato Rinus Van Kalmthout da Carpenter (grande corrida do Holandês de 19 anos de idade) e de Marcus Ericsson com o carro da Ganassi, boa corrida do piloto suéco.

Josef Newgarden poderia ter vencido a prova, mas foi prejudicado pelo Safety Car e acabou ficando mesmo em 7ºlugar. Patrício O’Ward colocou a Mclaren nos Top 10. Santino Ferrucci se recuperou da desastrosa parada no primeiro terço de corrida e terminou em 9ºlugar e Takuma Sato em uma corrida de recuperação ficou na 10ªposição.

Resultado final do GP de Indianapolis
2ªEtapa do Mundial de Formula Indy

posPilotoEquipeMotorTempo
19Scott DixonChip Ganassi RacingHonda1:41:59.3232
215Graham RahalRahal Letterman Lanigan RacingHondaa 19.9469
322Simon PagenaudTeam PenskeChevroleta 20.5642
488Colton HertaAndretti Harding Steinbrenner AutosportHondaa 25.0882
521Rinus Van KalmthoutEd Carpenter RacingChevroleta 25.6361
68Marcus EricssonChip Ganassi RacingHondaa 25.7133
71Josef NewgardenTeam PenskeChevroleta 31.8973
85Patricio O’WardArrow McLaren SPChevroleta 33.8363
918Santino FerrucciDale Coyne Racing with Vasser SullivanHondaa 43.0469
1030Takuma SatoRahal Letterman Lanigan RacingHondaa 44.8913
1129James HinchcliffeAndretti AutosportHondaa 46.1674
1220Conor DalyEd Carpenter RacingChevroleta 49.9774
1328Ryan Hunter-ReayAndretti AutosportHondaa 50.4892
1426Zach VeachAndretti AutosportHondaa 52.2172
1510Felix RosenqvistChip Ganassi RacingHondaa 56.6884
1659Max ChiltonCarlinChevroleta 1:00.2317
1760Jack HarveyMeyer Shank RacingHondaa 1:03.8457
184Charlie KimballA.J. Foyt EnterprisesChevroleta 1:05.5192
1955Alex PalouDale Coyne Racing with Team GohHondaa 1:06.4782
2012Will PowerTeam PenskeChevroleta 1:11.6129
2114Dalton KellettA.J. Foyt EnterprisesChevroleta 1 volta
2298Marco AndrettiAndretti Herta with Marco & Curb-AgajanianHondaa 1 volta
2324Sage KaramDreyer & Reinbold RacingChevroleta 1 volta
2445Spencer PigotCitrone Buhl Autosport with RLLHondaa 6 voltas
2527Alexander RossiAndretti AutosportHondaa 39 voltas
267Oliver AskewArrow McLaren SPChevroleta 46 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

Deixe uma resposta