Verstappen usa estratégia diferente e conquista vitória improvável na prova dos 70 anos da F1 em Silverstone

Max Verstappen e Red Bull foram geniais, graças as mudanças de pneus que a Pirelli promoveu para esse final de semana, acabaram derrotando a Mercedes em estratégia. Essa vitória começou a ser construída na classificação de ontem e concretizada durante as 52 voltas da corrida de hoje em Silverstone.

Valtteri Bottas largou bem e permaneceu na liderança. Hamilton tentou o ataque curvas depois, mas Bottas segurou a 1ªposição muito bem. Verstappen largou bem e superou Nico Hulkenberg com os pneus duros, Stroll superou Ricciardo e passou a 5ªposição. Na primeira curva, Vettel lá atrás acaba rodando e caindo para a última posição. Definitivamente a fase do tetracampeão do mundo é péssima.

Nas primeiras voltas, Bottas começa a abrir 1 segundo sobre Lewis Hamilton e quase 4 segundos sobre Verstappen. Até nesse momento, tudo normal, parecia que seria mais um dia de domínio dos pilotos da Mercedes.

Porém, os pneus estavam começando a ser deteriorar logo nas primeiras voltas, o pneu de Bottas e de Hamilton começava a ter sinais de desgaste visíveis. Além do mais, Alexander Albon foi o primeiro a parar na volta 7. Gasly para na volta seguinte, Foi nesse meio tempo que Max Verstappen começou a virar mais rápido que os dois pilotos da Mercedes. Hulkenberg e Stroll vinham sólidos em 4º e 5ºlugar e Ricciardo ainda em 6º. Lá atrás, Vettel recuperava posições, assim como Pierre Gasly e Alexander Albon. Nessa história dos pneus, além do Verstappen, Kvyat, Vettel e Raikkonen poderiam se dar muito bem, eles estavam com os pneus duros, a maioria vinha de pneus médios.

Volta após volta, Bottas conseguia abrir um pouco mais de Hamilton, mas a preocupação era Verstappen chegando e os pneus se desgastando cada vez mais. Na 12ªVolta, Verstappen chegou em Hamilton e passou a pressionar o piloto Britânico. Estava na cara que a parada dos dois primeiros colocados. Lando Norris parou na 13ªvolta.

Valtteri Bottas teve o privilégio de fazer a parada na volta 14, com uma volta de antecedência ao Lewis Hamilton. Verstappen assumiu a ponta, abrindo 10 segundos de frente para Lance Stroll. Bottas voltou em 4ª e Hamilton voltou em 6º, logo depois superou Charles Leclerc ganhando a 5ªPosição.

Vettel passou Grosjean na 17ªVolta, logo depois disso, o piloto da Haas foi para a primeira parada na volta seguinte. Stroll e Leclerc pararam na 19ªVolta. Na 20ªVolta Danill Kvyat no boxes pela primeira vez. Ao mesmo tempo, Albon vinha colocando pressão em cima de Pierre Gasly, disputa valendo não só a 13ªposição, mas sim uma disputa com um piloto que foi retirado da Red Bull e substituído por um outro piloto da  academia de pilotos da Red Bull que vinha da Toro Rosso (Atual Alpha Tauri). Com a vantagem para o piloto Tailandês por ter mais carro. Duas voltas depois, Albon superou Gasly e passou para a 12ªposição.

Mais a frente, Leclerc passou Norris, que ainda resistiu, mas não foi o suficiente para ficar a frente do piloto monegasco. Lafiti e Magnussen brigavam pelos últimos lugares, a briga acabou com o Canadense levando a melhor, mesmo com a condução perigosa do Escandinavo, que foi punido em 5 segundos de acréscimo de tempo devido a essa manobra.

Sainz jr. e Gasly pararam pela segunda vez na 23ªvolta. A parada do piloto da Mclaren teve uma parada bem complicada, a Mclaren demorando muito tempo no trabalho do piloto espanhol por causa de um problema na pistola de apertar a porca da roda.

Conforme foi passando as voltas, mesmo com o desgaste de pneus, Verstappen vinha aumentando a sua vantagem em cima de Bottas e de Hamilton. A situação era dramática para a Mercedes.

Na volta 27, Verstappen faz a sua primeira parada e coloca os pneus médios, voltando exatamente atrás de Valtteri Bottas, que manteve a liderança por poucas curvas, Já que o Holandês com pneus novos passou o finlandês e retomou a liderança. A corrida estava nas mãos de Verstappen enquanto que Bottas e Hamilton estavam com os pneus totalmente desgastados.

Alexander Albon continuando sua odisseia para ganhar posição supera Lando Norris por fora, chegando a 7ªposição. Verstappen, Sainz e Raikkonen vinham com os pneus médios. O Resto da turma, todos vinham com os pneus duros.

Enquanto que Norris parou na 30ªVolta, Existia uma briga intermediária pelo 8ºlugar entre Ocon, Kvyat, Ricciardo, Sainz jr. e Vettel. Na Volta seguinte, enquanto Hulkenberg e Albon foram para os boxes, o australiano Daniel Ricciardo acabou rodando e perdendo muito tempo. Logo a frente, Kvyat superou Ocon e ganhou a 8ªposição.

A Mercedes tinha a ideia de levar Bottas para os boxes para quebrar a tática de Verstappen, só que a Red Bull parou na mesma 33ªVolta que o piloto Finlandês parou. Isso quebrou a tática da Mercedes e fez com que Verstappen ficasse mais favorito que nunca a vitória.

Hamilton passou para a liderança, com os pneus já desgastados e cada vez mais visíveis. A única chance para Lewis era tentar levar os pneus até o final da prova, mas com um pneu de já 20 voltas seria impossível ele durar mais 16 voltas. Nesse meio tempo, muitos pilotos fizeram a segunda parada: Vettel, Giovinazzi (34ªVolta), Sainz jr (35ªVolta), Kvyat (36ªVolta).

Hamilton vinha 10 segundos a frente de Verstappen e 13 segundos a frente de Bottas. Além disso, Charles Leclerc em excelente corrida vinha na 4ªposição. Completando os seis primeiros vinham Hulkenberg e Stroll. Albon, Ocon, Norris e Kvyat completavam os Top 10. Ocon e Kvyat foram os pilotos que mais recuperaram posições  na prova com 6 posições ganhas.

Hamilton começou a perder rendimento a partir da 40ªVolta, Verstappen vinha tirando 1 segundo mais rápido por volta. Não tinha como Lewis tentar ficar na pista até o final. Hamilton parou na 42ªVolta para tentar o tudo ou nada nas voltas finais, voltando 12.6 segundos atrás de Max Verstappen.

Logo, o líder do campeonato passou a andar muito e chegou rápido em cima de Leclerc (Que vinha com os pneus desgastados), na 45ªVolta, Hamilton superou Leclerc, mesmo com a tentativa de defesa do monegasco.

Hamilton partiu para cima de Bottas, com melhores pneus que o companheiro de equipe. Se achou que a ultrapassagem fosse sem resistência, mas o pole position Bottas resistiu ao ataque na primeira tentativa, mas não havia como resistir com 3 voltas. Hamilton vinha com melhores pneus e acabou passando na reta entre os setores 1 e 2, Por fora, ganhando a 2ªposição.

Mas já não havia mais nada do que fazer para alcançar Verstappen, aliando a sua competência na pista com a competência da tática da Red Bull acabou quebrando a Mercedes na estratégia e vencendo pela 9ªVez na carreira. Uma vitória especial, ganhando na corrida de comemoração dos 70 anos da Formula 1. E passando a ser o novo vice-líder do campeonato.

Lewis Hamilton salvou ainda uma segunda posição e continua na liderança do campeonato de forma tranquila. Já Valtteri Bottas que começou muito bem a corrida e venceria a corrida se a prova tivesse corrido normalmente para a Mercedes, mas o finlandês acabou prejudicado pela tática da equipe e terminou a corrida em 3ºlugar, perdendo a vice-liderança do Mundial. De fato, Bottas teve corridas muito boas em Silverstone, mas com resultados bem abaixo do que ele merecia.

Charles Leclerc leva a Ferrari nas costas, uma corrida excelente do Monegasco que rendeu a 4ªposição na prova e no mundial de pilotos, superando Lando Norris. Alexander Albon se recuperou muito bem, grande corrida do Tailandês, (que só precisa ter mais tempo e mais incentivo da equipe para melhorar seus desempenhos). Chegando em 5ºlugar, ultrapassando a Lance Stroll.

Por falar em Stroll, a Racing Point fez Hulkenberg parar nas voltas finais, uma parada sem sentido que jogo o Alemão para atrás do filho do dono da equipe. Stroll ficou em 6ºlugar e Hulk ficou em 7ºlugar. As expectativas de um possível pódio do substituto de Sergio Perez não se concretizaram, muito por que o carro da Racing Point não é tão bom em corrida como em Classificação. Mesmo assim, Hulk foi um dos melhores pilotos do final de semana.

Sem grande destaque, mas muito eficiente, Esteban Ocon levou a Renault para os pontos, conseguindo a 8ªposição e se posicionando a frente de Lando Norris, que fez uma corrida apagada, mas era mais ou menos previsível pelo que a Mclaren não mostrou na classificação do Sábado.

Se recuperando de uma classificação bem ruim, Danill Kvyat acabou subindo 6 posições e completando a zona de pontuação, a corrida do piloto Russo acabou sendo melhor do que a 10ªposição que ele obteve hoje. Logo atrás, veio Pierre Gasly, que ao contraio do companheiro de equipe, acabou não fazendo uma boa corrida.

Agora, o pior do dia foi Sebastian Vettel, que roda nos primeiros segundos de corrida e faz uma recuperação insuficiente para se colocar na zona de pontuação, um 12ºlugar que prejudica a equipe italiana e seu futuro na Formula 1. Carlos Sainz jr. teve um dia bem frustrante, a Mclaren não deu condições dele marcar pontos. O espanhol ficou na 13ªposição. Lugar aonde ele largou assim como Vettel.

Outra decepção foi Daniel ricciardo, que tinha feito bons treinos e Classificação, mas na corrida deu tudo errado, tática errada e uma rodada que comprometeu totalmente seu resultado, ficou em uma frustrante 14ªcolocação.

Depois vieram a seguir Kimi Raikkonen em uma corrida correta e até combativa, mas sem carro para disputar posições melhores. Depois terminaram a corrida sem grande destaque: Romain Grosjean, Antonio Giovinazzi, George Russell e Nicholas Latifi. A Williams ainda não tem um carro tão bom como o carro de Classificação, nas corridas, seus pilotos sofrem mais do que os pilotos da Haas e Alfa Romeo.

Semana que vem, tem mais Formula 1. A principio em Barcelona, mas pode essa programação mudar, já que os casos de Covid-19 volta a aumentar Espanha e isso pode fazer a prova ou ser adiada, cancelada ou a corrida acontecer de novo em Silverstone.

Fotos:

Resultado Final da 5ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP dos 70 anos da Formula 1 – Silverstone (Inglaterra)

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
133Max Verstappen  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:19:41.993 
244Lewis Hamilton  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 11.326s 
377Valtteri Bottas  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 19.231s 
416Charles Leclerc  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 29.289s 
523Alexander Albon  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 39.146s 
618Lance Stroll  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 42.538s 
727Nico Hulkenberg  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 55.951s 
831Esteban Ocon  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 1:04.773s 
94Lando Norris  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 1:05.544s 
1026Daniil Kvyat  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1:09.669s 
1110Pierre Gasly  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 1:10.642s 
125Sebastian Vettel  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 1:13.370s 
1355Carlos Sainz  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 1:14.070s
143Daniel Ricciardo  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 1 Volta
157Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 Volta
168Romain Grosjean  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 1 Volta
1799Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 Volta
1863George Russell  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 1 Volta
196Nicholas Latifi  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 1 Volta
20Kevin Magnussen  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 9 Voltas

Melhor volta de cada piloto na corrida: Lewis Hamilton marcou 1 ponto pela melhor volta da prova.

posPilotoEquipeChassiMotorMelhor VoltaNº volta
144Lewis Hamilton  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:28.451 43
233Max Verstappen  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:29.465 46
323Alexander Albon  Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:29.477 46
477Valtteri Bottas  Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:29.765 44
56Nicholas Latifi  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:29.950 48
627Nico Hulkenberg  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:30.087 52
710Pierre Gasly  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:30.092 52
816Charles Leclerc  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:30.552 39
955Carlos Sainz  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:30.556 49
1031Esteban Ocon  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:30.575 50
114Lando Norris  McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:30.698 49
1226Daniil Kvyat  Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:30.738 52
135Sebastian Vettel  Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:30.785 49
148Romain Grosjean  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:30.793 51
1518Lance Stroll  BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:30.877 45
163Daniel Ricciardo  Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:31.168 39
1763George Russell  Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:31.408 50
187Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:31.756 30
1999Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:31.826 37
2020Kevin Magnussen  Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:31.830 39

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

Deixe uma resposta