GP da Catalunha – Mundial da Motovelocidade 2021 – MotoGP – 7ªetapa

A Maioria das apostas eram a favor de Fabio Quartararo, mas dessa vez não deu para piloto francês e a vitória terminou nas mãos do Português Miguel Oliveira da KTM, a 3ªvitória na MotoGP e a 4ªVitória da marca da sua história. Numa corrida muito disputada entre o piloto da KTM e da Yamaha que acabou com vantagem para a moto Austríaca.

Na volta para alinhar para o Grid, Jorge Martin vai ao chão e teve de largar no pit lane, prejuízo para o piloto da Pramac que voltou nesse final de semana após 4 corridas de ausência.

O momento crucial para Quartararo e para a Yamaha era a largada e nessa largada, o francês até se saiu bem, mas na entrada da primeira curva, Miller e Oliveira passaram a frente e assumiram as duas primeiras posições. Quartararo em 3º, Mir que vinha e 6º subiu duas posições após passar Zarco e Viñares e passou a ser o 4º. Quem fez excelente largada foi Marc Marquez, pulando da 15ª para a 9ªposição. Ao contraio do Formiga Atômica, Franco Morbidelli largou mal e caiu da 5ª para a 13ªposição.

Na segunda volta, Miller alonga muito a curva 3 e permite a Miguel Oliveira assumir a ponta pela primeira vez, Quartararo se empolgou e foi pra cima de Miller, mas acaba cedendo posições para Mir e Aleix Espargaró, caindo para a 5ªposição. A missão do líder do campeonato seria um pouco mais difícil do que ele achou.

Na parte final da 3ªvolta, Marquez passa Viñales na marra e segue a subir na classificação, assumindo a 7ªposição. Aleix Espargaró chega a ocupar a terceira posição na 4ªVolta, mas Mir consegue recuperar a posição, a partir dai o piloto da Aprilla iria começar a perder posições. Já seu irmão Pol Espargaró é o primeiro a encontrar o chão na curva 5.

Aleix foi superado por Quartararo que foi para 4º. A partir dai, o piloto da Aprilla perdeu posição para Marquez e Zarco quase que ao mesmo tempo. Curvas depois, Zarco em uma bela manobra passou o formiga atômica e foi para 5º, deixando o piloto da Honda a lutar por posição com Aleix.

Jack Miller acaba perdendo rendimento e por consequência perdendo posições para Mir e Quartararo, os dois passam a duelar pela 2ªposição. No começo da 7ªvolta, Quartararo supera Mir e assume a segunda posição. A Partir dai, começa a perseguição do piloto francês sobre Miguel Oliveira da KTM que abriu 1.2 segundos de vantagem na ponta.

Na 8ªVolta, Marc Marquez que vinha fazendo uma corrida tão boa acaba indo para o chão e abandona a terceira corrida seguida. Um ano difícil para a equipe Honda que tinha Nakagami e Alex Marquez como seus únicos representantes na prova.

Fabio Quartararo foi tirando a diferença para Miguel Oliveira e estava com Joan Mir colado, Miller e Zarco vinham 1 segundo atrás, na briga pela 4ªposição. Aleix Espargaró e Marevick Viñales brigavam pela 6ªposição, Francesco Bagnaia e Brad Binder disputavam a 8ªposição. Takaagi Nakagami foi punido com a volta longa, mas acabou tendo de pagar de novo a punição por ter errado a primeira passada, isso jogou o Japonês para a última posição. Aleix Espargaró acabou indo ao chão e abandonando no final da 11ªVolta.

Na 12ªVolta, Quartararo foi pra cima de Oliveira e na curva 5 a ultrapassagem acontece e o francês assume a liderança pela primeira vez após a largada.

A partir dai, parecia que Quartararo iria embora rumar para mais uma vitória, mas Miguel Oliveira não desistiu da briga e acabou voltando a brigar com o Francês. Na 14ªVolta, Oliveira passou Quartararo e voltou para a ponta, Mir ainda estava próximo dos dois primeiros, mas começou a ficar mais para Zarco e Miller.

O piloto da Pramac tinha passado Miller não tomou nenhum conhecimento de Mir, na reta a Suzuki não é páreo para a enorme potência da Ducati e a 9 voltas do final, Zarco assumiu a 3ªposição. Na volta seguinte, foi à vez de Miller superar o campeão de 2020. O fato é que Mir já não tinha mais moto pra acompanhar os ponteiros e teria que se preocupar com Marevick Viñales que estava na sua cola.

Já Rossi vai para o chão na 17ªVolta e abandona a corrida, mais um final de semana complicado para o Doutor. Na volta seguinte, Iker Lecuona caiu num final de semana que estava sendo bom, a Tech 3 abandona já que Danilo Petrucci foi ao chão no começo de corrida.

Miguel Oliveira continuava na frente, resistindo a Quartararo que aos poucos começa a não atacar mais o piloto Lusitano. Johann Zarco começou a ver a chance de chegar ao líder do campeonato e disputar a 2ªposição, mas com Miller na sua cola querendo brigar pelo pódio.

A 3 voltas do final, Zarco supera Quartararo e assume a segunda posição. Pior para o francês foi ele ter vasado a chicane das curvas 1 e 2. Isso provocaria uma punição ao piloto no final da prova. No final da volta, Quartararo tirou a proteção de peito que todos os pilotos colocam para proteger a parte do peito. Isso poderia levar o francês a uma possível desclassificação.

Na volta final, Zarco tenta um ataque pra cima de Oliveira. Mesmo com todo o esforço do francês, o piloto da KTM tinha vantagem suficiente para levar sua moto a uma grande vitória. Miguel Oliveira que usou pneus duros acertou na escolha e conquistou sua primeira vitória na temporada e a 3ª na sua trajetória na categoria principal. Embalado pela 2ªposição na prova de Mugello e com um bom ritmo de prova, o Português conseguiu um grande resultado.

Johann Zarco pela 8ªvez bate na trave e fica muito perto da primeira vitória. O ponto positivo do 2ºlugar, o piloto da Pramac consegue reduzir a desvantagem para o líder Fabio Quartararo, de 24 para 17 pontos. Por falar no piloto da Yamaha, ele até chegou a frente de Jack Miller, mas com a punição de 3 segundos, o seu lugar no pódio passou para o piloto australiano.

Com a punição, Quartararo caiu para a 4ªposição, mas manteve a liderança do Mundial (Caso não seja punido por causa da ausência da proteção de peito) com ainda uma vantagem confortável para Zarco. O piloto da Yamaha tem uma moto muito boa, mas Ducati e KTM tem motos competitivas a ponto de dificultarem a busca do primeiro título no Mundial.

Joan Mir segurou Marevick Viñales e ficou com a 5ªposição, apesar da sua consistência parece que a Suzuki tem que melhorar sua moto, pois a constância que o levou a ser campeão em 2020 já não esta bastando nessa temporada, mesmo assim honrou a equipe que só teve ele como piloto, Rins que não pode correr garante que volta em Sachsenring daqui a 15 dias. Viñales largou mal e teve que se recuperar para ficar na 6ªposição.

Francesco Bagnaia com a Ducati levou a melhor na disputa pela 7ªposição contra Brad Binder da KTM, mesmo assim, foi pouco as posições que ambos conseguiram se comparar com os desempenhos de Oliveira pela KTM e de Miller pela Ducati, ainda que ambos tivessem feito um bom duelo por uma posição decente.

Franco Morbidelli teve uma largada ruim, e não conseguiu ir além da 9ªposição, com sua velha Yamaha de 2 anos atrás (versão 2019). Enea Bastianini se redimiu da patética apresentação em Mugello e completou as 10 primeiras posições.

Alex Marquez levou a Honda mais bem colocada, na 11ªposição, nem de longe no apogeu quando seu irmão Marc Marquez conquistava vitórias e títulos até 2019. Luca Marini acabou o dia em 12º, na frente de Takaagi Nakagami num dia desastroso, Jorge Martin com a Pramac reserva e Lorenzo Savadori que salvou um ponto para a Aprilla.

Daqui a 15 dias teremos o GP da Alemanha, a 8ªetapa do Mundial de Motovelocidade onde Quartararo é o grande nome do campeonato, mas que a sua liderança esta sendo cobiçada cada vez mais pelos seus adversários na luta pelo Mundial de 2021.

Resultado final da 7ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP da Catalunha – MotoGP – 24 Voltas

pospilotoequipemototempo
188Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM40’21.749
25Johann ZarcoPramac RacingDucatia 0.175
343Jack MillerDucati Lenovo TeamDucatia 1.990
420Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 4.815
536Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 5.325
612Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 6.281
763Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucatia 8.175
833Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 8.378
921Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 15.652
1023Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucatia 19.297
1173Alex MarquezLCR Honda CASTROLHondaa 21.650
1210Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucatia 22.533
1330Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 27.833
1489Jorge MartinPramac RacingDucatia 29.075
1532Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniApriliaa 40.291
27Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTMa 8 voltas
46Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamahaa 9 voltas
41Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 14 voltas
93Marc MarquezRepsol Honda TeamHondaa 17 voltas
9Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTMa 19 voltas
44Pol EspargaróRepsol Honda TeamHondaa 20 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Classificação da MotoGP – GP da Catalunha – Mundial da Motovelocidade 2021

A Yamaha mostrou um enorme domínio na classificação de hoje. Fabio Quartararo é o pole position novamente para a corrida de amanhã, mas terá o trabalho com dois pilotos da Ducati, Jack Miller e Johann Zarco vão largar na primeira fila e tentarão interceptar o domínio do piloto francês na temporada

No Q1, estava Marc Marquez junto com os outros pilotos com a moto da Honda teria de enfrentar um Jack Miller da Ducati que estava Q1 pela primeira vez em 2018. Na primeira volta, Iker Lecuona da Tech 3 passou a liderança com 1:39.567 com Pol Espargaró na segunda posição.

A primeira volta do formiga atômica foi cancelada. Marc Marquez estava lutando, pegando referência de Jack Miller para tentar um resultado melhor, mesmo com seu corpo ainda combalido, mas não passa do 5ºlugar na sua segunda volta rápida. A 7 minutos e 30 segundos do final da sessão, Jack Miller que não conseguiu acertar suas duas primeiras voltas acabou acertando uma grande volta e passou a liderar a repescagem com 1:39.553. Naquele momento, ele e Lecuona estavam passando para o Q2.

A 5 minutos do final, a primeira parte pilotos voltaram à pista para as últimas tentativas de classificação. Marc Marquez e outros pilotos saíram 1 minuto depois. O formiga atômica de novo pegou carona no vácuo de Miller

Lecuona vinha muito bem na sessão, mas a 3 minutos do final o piloto espanhol foi para o chão e acabou indo para a brita, a moto bate no muro e por muito pouco não caiu encima do piloto da Tech 3.

A 2:20 do final, Takaagi Nakagami pula da 10ª para a 5ªposição. Na volta seguinte, o japonês da LCR Honda melhora ainda mais sua marca para 1:39.347 e passa a liderança. A 1 minuto do final, Nakagami  parecia garantido, mas foi nesse minuto final, Miller, Marquez e Pol Espargaró fizeram grandes voltas e todos eles marcaram tempos melhores que do o líder naquele momento.

Os três arrasam e marcam os três melhores tempos, mas Marc Marquez por 11 milpesimos acaba ficando sem a vaga, Pol Espargaró fechou em 2º e iria ser a única Honda no Q2. Jack Miller acabou ficando na frente e classificou-se para o Q2.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
143Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati1’39.153
244Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’39.170
393Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’39.181
430Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’39.347
589Jorge MartinPramac RacingDucati1’39.532
627Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’39.567
723Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’39.590
89Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’39.744
910Luca Marini SKY VR46 AvintiaDucati1’39.942
1073Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’40.009
1132Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.158

Logo de cara, Morbidelli, Viñales e Rossi (de volta a disputa da pole position) entram na pista assim que o cronometro é disparado. 30 segundos depois foi a vez de Bagnaia e Mir entrarem na pista. Aos dois minutos de classificação, já estava todo mundo na pista tirando Pol Espargaró que ficou nos boxes.

Aleix Espargaró levou a Aprilla a ficar na frente na sua primeira volta com 1:39.834, até que a 10:30 do final, Fabio Quartararo marcou 1:39,351 e passou para a liderança, como de costume o francês é o último a entrar na pista. Ao mesmo tempo, Valentino Rossi acabou indo ao chão na curva 4.

40 segundos depois, Franco Morbidelli melhora na segunda volta e toma a ponta com 1:39.274 e Vinãles marcou o segundo tempo. Dai, Quartararo acabou com a brincadeira, fez uma volta ainda mais rápida e marcou 1:38.853 a 8:50 do final, colocando 421 milésimos de frente para Morbidelli.

Por aquele momento a primeira fila era toda dos pilotos da Yamaha: Brad Binder e Miguel Oliveira vinham levando as duas KTM em ótimas 4ª e 5ªposições. Zarco era a melhor Ducati em 6º e depois vinham Bagnaia, Mir, Rossi, Miller e Pol Espargaró que não tinha saído dos boxes.

A 6 minutos do final, os pilotos começaram a sair para a pista, inclusive Pol Espargaró para buscar um tempo na reta final da classificação.

Joan Mir chegou a fazer um bom 3ºlugar, era muito bom para ele e para a Suzuki que só contava com ele no final de semana, Rins quebrou o braço e não esta correndo na Catalunha. A 2 minutos do final, Miller e Oliveira subiram para 2ª e 3ªposições. Na volta seguinte, Miller foi ao chão, era um perigo a menos para Quartararo.

Falando do piloto Francês, Quartararo no final tirou o pé e achou que ninguém iria melhorar sua marca, mas isso acabou quase custando a pole position. Johann Zarco veio numa volta bem rápida e com grandes parciais, mas acabou atrapalhado por Brad Binder e o último setor não foi bom o que fez o piloto da Pramac passar apenas para a 3ªposição.

Quartararo deu sorte, mas da sorte é que se faz um candidato ao título de 2021, o francês acabou conquistando a 5ªpole position seguida. Desde de Portugal o piloto da Yamaha sempre esta largando na frente. Jack Miller mesmo com a queda vai largar na segunda posição, sem dúvida é um adversário duro para o líder do campeonato para a prova toda, assim como seu compatriota Johann Zarco, completando a primeira fila com sua Ducati Pramac.

Na segunda fila, vão largar Miguel Oliveira com a KTM que esta na disputa pela vitória, Franco Morbidelli com a Yamaha de 2019 da Petronas e Marevick Viñales com a outra Yamaha oficial. Um grande trabalho do vice-campeão da temporada passada.

Aleix Espargaró levou a Aprilla á uma ótima sétima posição, abrindo a terceira fila que terá Brad Binder da KTM e Francesco Bagnaia da Ducati. Na quarta fila largam Joan Mir da Suzuki, Valentino Rossi da Petronas e Pol Espargaró da Aprilla.

Amanhã a programação da MotoGP vai ser diferente: As 6 e 20 da manhã teremos a moto 3, as  7 e 15 da manhã a MotoGP, as 9 e 15 da manhã a Moto 2 e as 10 e 45 da manhã a Moto E.

Grid de largada:

pospilotoequipemototempo
120Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’38.853
243Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati1’38.890
35Johann ZarcoPramac RacingDucati1’39.049
488Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.099
521Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.109
612Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.157
741Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniAprilia1’39.218
833Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.343
963Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati1’39.359
1036Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.431
1146Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.605
1244Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’41.791
1393Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’39.181
1430Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’39.347
1589Jorge MartinPramac RacingDucati1’39.532
1627Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’39.567
1723Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’39.590
189Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’39.744
1910Luca Marini SKY VR46 AvintiaDucati1’39.942
2073Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’40.009
2132Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.158

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Treinos Livres de Sexta-feira – GP da Catalunha – Mundial da Motovelocidade 2021

MotoGP teve uma dia de treinos livres bem alternativa, Aleix Espargaró da Aprilla foi o mais rápido na primeira sessão. Na segunda sessão, Todas as Ducati andaram pra trás, mas Johann Zarco foi à exceção na sessão da tarde. No final da Sessão, Zarco e Morbidelli duelaram pela liderança. No final, Zarco levou a melhor com 21 milésimos de frente para o ítalo-brasileiro Franco Morbidelli e termina o dia na frente. O francês se aproveitou do vácuo de Fabio Quartararo para superar o piloto da equipe Petronas.

Sobre Morbidelli, é impressionante como o vice-campeão da temporada passada não tem o tratamento que merece, andando com uma Yamaha de 2019 vem fazendo muito mais do que Valentino Rossi que terminou o dia na 19ªposição. Só a frente do Jorge Martin ainda combalido pelo acidente que deixou o novato da Pramac de fora de 4 corridas e de Lorenzo Savadori da Aprilla.,

Fabio Quartararo tem 24 pontos de frente para Zarco na classificação e terminou o dia na 3ªposição. Seguido do guepardo Sul-Africano, Brad Binder com a KTM que furou o domínio das Yamaha e das Ducati nas 8 primeiras posições. Bagnaia e Miller reagiram no final e acabaram com o 5º e 7ºtempos, entre eles ficou Marevick Viñales com a segunda Yamaha oficial.

Enea Bastianini surpreendeu com a 8ªposição, levando a Ducati da Avintia a um ótimo resultado. Aleix Espargaró coloca a Aprilla entre os Top 10 e seu irmão Pol salvou a honra dos pilotos da Honda, ficando na 10ªposição 49 milésimos a frente de Takaagi Nakagami.

Marc Marquez não foi bem no dia de hoje, ainda esta longe da plena forma, tomando antibióticos para levar como pode até a metade da temporada acabou o dia na 15ªposição. Miguel Oliveira da KTM e Joan Mir que subiram ao pódio na semana passada em Mugello ficaram na 14ª e 16ªposições respectivamente.

Alex Rins não vai correr no domingo, o espanhol que vive uma péssima fase caiu de bicicleta e acabou partindo o seu braço.

Moto 2

Nos treinos livres de hoje, os pilotos da KTM Ajo e da Marc VDS dominaram o dia e ficaram nas 4 primeiras posições. Na primeira sessão, Augusto Fernandez e Sam Lowes da Marc VDS ficaram na frente. Na sessão da tarde, Raul Fernández e Remy Gardner KTM Ajo deram o troco e superaram os pilotos da Marc VDS.

Fica bem claro um certo domínio das duas equipes na categoria intermediária. A equipe VR46 tem sempre um bom desempenho com Marco Bezzecchi, mas ainda não mostra o mesmo com Celestino Vietti que esta começando ainda na Moto 2. A Campeã Italtrans Racing ainda esta longe do desempenho do ano passado, Joe Roberts se destaca nas corridas, mas ainda não conquistou pódio. Lorenzo Dalla Porta ainda esta longe de figurar entre os primeiros colocados.

A etapa da Catalunha terá 2 Wild cards: O Japonês Keminth Kubo da VR46 e o Polonês Piotr Biesiekirski da SAG. Ambos ficaram nas últimas posições no dia de hoje.

Moto 3

A Sessão da manhã teve dobradinha das motos da Gas Gas, com Sergio Garcia mais de 2 décimos a frente do novato Izan Guevara. Filip Salac da Snipers completou os 3 primeiros colocados.

Na sessão da tarde, o Argentino Gabriel Rodrigo foi o mais rápido do dia, o único a marcar tempo abaixo do 1 minuto e 48 segundos (1:47.950). Darryn Bunder colocou a Petronas em uma belíssima segunda posição e Romano Fenati da Husqvarna acabou ficando com a terceira posição. Pedro Acosta ficou na 13ªposição, o líder do campeonato não é muito de aparecer nos treinos livres, mas sim no domingo, quando a coisa vale pra valer.

Amanhã, a partir das 7:30 da manhã, teremos a sessão de Classificação das três categorias. Pela Ordem, Moto 3, MotoGP (Que vai ter um 4ºTreino Livre), Moto 2 e a classificação da Moto E onde cada piloto vai dar uma volta rápida para a definição da E-pole.

Resultado dos Treinos livres

MotoGP

1ºTreino Livre

pospilotoequipemototempo
141Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.378
221Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’40.402
344Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’40.751
412Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’40.753
55Johann ZarcoPramac RacingDucati1’40.767
620Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’40.853
788Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM1’40.927
836Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.960
943Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati1’40.991
1063Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati1’41.085
1130Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’41.134
1289Jorge MartinPramac RacingDucati1’41.185
1393Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’41.208
149Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’41.254
1546Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’41.267
1627Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’41.357
1723Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’41.363
1873Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’41.437
1910Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’41.464
2033Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’41.512
2132Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’41.744

2ºTreino Livre

pospilotoequipemototempo
15Johann ZarcoPramac RacingDucati1’39.235
221Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.256
320Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.401
433Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.662
563Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati1’39.760
612Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.821
743Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati1’39.914
823Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’39.977
941Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniAprilia1’39.983
1044Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’39.983
1130Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’40.032
129Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’40.060
1310Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’40.094
1488Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM1’40.096
1593Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’40.120
1636Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.150
1727Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’40.251
1873Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’40.690
1946Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’40.836
2032Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.981
2189Jorge MartinPramac RacingDucati1’41.243

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Moto 2

1ºTreino Livre

pospilotoequipemototempo
137Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalex1’43.703
222Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalex1’43.853
387Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalex1’43.856
425Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalex1’43.904
572Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’44.077
640Hector GarzoFlexbox HP40Kalex1’44.242
764Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’44.274
897Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’44.356
996Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’44.361
109Jorge NavarroMB Conveyors Speed UpBoscoscuro1’44.437
1121Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’44.439
1223Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalex1’44.471
1311Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’44.553
1444Arón CanetInde Aspar TeamBoscoscuro1’44.722
1579Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’44.729
1616Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalex1’44.765
1762Stefano ManziFlexbox HP40Kalex1’44.862
1835Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’44.875
1919Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’44.875
2042Marcos RamirezAmerican RacingKalex1’44.881
216Cameron BeaubierAmerican RacingKalex1’44.907
2214Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex1’45.061
2370Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS1’45.196
2413Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex1’45.274
2512Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’45.308
2675Albert ArenasInde Aspar TeamBoscoscuro1’45.330
2755Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS1’45.380
287Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’45.423
292Alonso LópezMB Conveyors Speed UpBoscoscuro1’45.513
3024Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’45.544
3181Keminth KuboVR46 Master Camp TeamKalex1’45.894
3274Piotr BiesiekirskiPertamina Mandalika SAG EuvicKalex1’47.331

2ºTreino Livre

pospilotoequipemototempo
125Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalex1’43.687
287Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalex1’43.902
322Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalex1’43.966
437Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalex1’44.100
597Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’44.145
672Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’44.252
779Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’44.304
844Arón CanetInde Aspar TeamBoscoscuro1’44.322
921Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’44.356
1023Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalex1’44.360
1142Marcos RamirezAmerican RacingKalex1’44.428
1296Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’44.489
1316Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalex1’44.509
1419Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’44.574
1540Hector GarzoFlexbox HP40Kalex1’44.633
1612Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’44.638
1724Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’44.660
189Jorge NavarroMB Conveyors Speed UpBoscoscuro1’44.712
1964Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’44.727
207Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’44.737
2175Albert ArenasInde Aspar TeamBoscoscuro1’44.763
2211Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’44.842
2313Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex1’44.928
2414Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex1’45.005
256Cameron BeaubierAmerican RacingKalex1’45.019
2670Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS1’45.124
2755Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS1’45.138
2835Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’45.169
292Alonso LópezMB Conveyors Speed UpBoscoscuro1’45.298
3062Stefano ManziFlexbox HP40Kalex1’45.778
3181Keminth KuboVR46 Master Camp TeamKalex1’46.301
3274Piotr BiesiekirskiPertamina Mandalika SAG EuvicKalex1’46.334

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Moto 3

1ºTreino Livre

pospilotoequipemototempo
111Sergio GarcíaSolunion GASGAS Aspar TeamGASGAS1’48.467
228Izan GuevaraSolunion GASGAS Aspar TeamGASGAS1’48.698
312Filip SalačRivacold Snipers TeamHonda1’48.840
417John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’48.999
52Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’49.041
655Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’49.062
77Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’49.160
85Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM1’49.243
923Niccolo AntonelliAvintia Esponsorama Moto3KTM1’49.265
1082Stefano NepaBOE OwlrideKTM1’49.295
116Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’49.351
1243Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’49.422
1354Riccardo RossiBOE OwlrideKTM1’49.426
1471Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’49.587
1516Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda1’49.597
1627Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’49.633
1719Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’49.693
1853Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’49.852
1952Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’49.965
2037Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’50.069
2124Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’50.486
2220Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’50.520
2332Takuma MatsuyamaHonda Team AsiaHonda1’50.870
2492Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’50.892
2596Daniel HolgadoCIP Green PowerKTM1’51.040
2640Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHonda1’51.688
2731Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’51.765
2822Elia BartoliniAvintia Esponsorama Moto3KTM1’54.306

2ºTreino Livre

pospilotoequipemototempo
12Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’47.950
240Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHonda1’48.028
355Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’48.208
428Izan GuevaraSolunion GASGAS Aspar TeamGASGAS1’48.408
571Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’48.442
652Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’48.449
716Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda1’48.526
824Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’48.530
982Stefano NepaBOE OwlrideKTM1’48.631
1023Niccolo AntonelliAvintia Esponsorama Moto3KTM1’48.646
1111Sergio GarcíaSolunion GASGAS Aspar TeamGASGAS1’48.649
1254Riccardo RossiBOE OwlrideKTM1’48.764
1337Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’48.767
1417John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’48.968
1592Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’49.456
165Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM1’49.458
1753Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’49.472
1827Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’49.675
1931Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’49.771
207Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’49.884
2143Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’49.964
2212Filip SalačRivacold Snipers TeamHonda1’49.971
2332Takuma MatsuyamaHonda Team AsiaHonda1’50.019
2420Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’50.130
2519Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’50.167
266Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’50.641
2722Elia BartoliniAvintia Esponsorama Moto3KTM1’50.664
2896Daniel HolgadoCIP Green PowerKTM1’50.969

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da Itália – Mundial da Motovelocidade 2021 – MotoGP – 6ªetapa

O Q1 seria marcado pelo duelo psicológico entre Marc Marquez e Marevick Viñales, os dois estavam na repescagem e eram os grandes favoritos a conquistar as duas vagas para o Q2. As nuvens carregadas indicava que poderia chover a qualquer momento.

Na sua primeira volta, Aleix Espargaró leva a Aprilla a primeira posição, mas logo é superado Enea Bastianini, o melhor estreante do ano na MotoGP, com sua Ducati de 19 da Avintia.
Marquez e Viñales foram terminar suas primeiras voltas, quando se esperava a melhor volta de um dos dois, eis que surge Michele Pirro da Pramac marcando o primeiro tempo, com 1:46.493.

A menos de 9 minutos do final, Bastianini volta a liderança com 1:46.448. Enquanto o piloto da Avintia comemora, Rossi tem sua volta rápida cancelada. A 8 minutos do final, Nakagami faz um brilhante tempo de 1:46.195 e passa a liderar a sessão. Se terminasse naquele momento, O japonês da LCR Honda e o piloto principal da Avintia estariam classificados. Marquez vinha em 5º e Viñales em 7º a 7 minutos do final e estavam ambos precisando de tempo para classificar.

A partir dai, começa o jogo psicológico de Marquez e Viñales, os dois saíram para a pista ao mesmo tempo a 5 minutos do final, no final da volta, Viñales voltou para boxes e Marquez foi junto (Assim como Bastianini e Alex Marquez). Enquanto os rivais brigavam, Aleix Espargaró acabou fazendo uma ótima volta e subiu para a segunda posição.

A segundos do final, Marquez e Viñales disputam o melhor tempo por questão de milésimos. Quem leva a melhor é o formiga atômica que marca 1:45.924 contra 1:46.045 de Viñales. Os dois estavam classificados, mas dai veio Aleix Espargaró e colocou a Aprilla entre os dois, na segunda posição.

Viñales tinha uma última chance, mas errou na última curva e acabou ficando de fora do Q2. Na guerra psicológica, o piloto da Yamaha fraquejou e o Formiga Atômica se deu bem e classificou junto de Aleix Espargaró para o Q2. Viñales só iria largar na 13ªposição, a se destacar o belo trabalho de Enea Bastianini, levando a Avintia a ficar na 4ªposição no Q1, a frente de Takaagi Nakagami que perdeu uma bela volta e acabou a sessão apenas na 5ªposição.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
193Marc Marquez Repsol Honda TeamHonda1’45.924
241Aleix Espargaro Aprilia Racing Team GresiniAprilia1’46.024
312Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’46.045
423Enea Bastianini Avintia EsponsoramaDucati1’46.129
530Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSUHonda1’46.195
651Michele Pirro Pramac RacingDucati1’46.302
710Luca Marini SKY VR46 AvintiaDucati1’46.481
89Danilo Petrucci Tech 3 KTM Factory RacingKTM1’46.548
946Valentino Rossi Petronas Yamaha SRTYamaha1’46.770
1027Iker Lecuona Tech 3 KTM Factory RacingKTM1’47.084
1132Lorenzo Savadori Aprilia Racing Team GresiniAprilia1’47.146
1273Alex Marquez LCR Honda CASTROLHonda1’47.216

Com medo da chuva começar a cair, os pilotos foram de imediato para a pista, com exceção de Marquez (Ainda não esta 100% da sua capacidade física). Sabedor de que a Yamaha e a Ducati eram as motos mais rápidas, não valeria muito a pena o Formiga Atômica se esforçar por pouca coisa.

No começo da Sessão, Aleix Espargaró chega a ocupar a liderança da sessão, mas é superado por Jack Miller, o vencedor das 2 corridas passadas querendo a pole em Mugello, mas é superado pela volta do francês Fabio Quartararo que marcou 1:45.942.

A 9:30 do final, Aleix Espargaró volta a ponta com 1:45.651 e fica 1 décimo a frente de Miller que não conseguiu baixar o tempo a ponto de superar o piloto da Aprilla. Tudo estava sendo incrível para um dos irmãos Espargaró, mas Quartararo resolve acabar com a brincadeira e marca 1:45.481 a 8:30 do termino do Q2.

A primeira fila seria formada por Quartararo, Aleix e Miller, a segunda seria formada por Bagnaia, Rins e Binder com a KTM que pouco se falou, mas tem moto muito rápida nesse tipo de circuito. Miguel Oliveira, Mir, Pol, Morbidelli, Zarco e Marquez completavam os 12 primeiros.

Morbidelli e Marquez foram os primeiros a voltarem para a pista a 6 minutos do final, Quartararo saiu a 5 minuto do final da sessão, os pilotos da Ducati e Aleix Espargaró com a surpreendente Aprilla saíram a 4 minutos do final da sessão.

A 2 minutos e 15 segundos do final, Miguel Oliveira mostra a força da KTM e faz uma ótima volta, subindo para a 3ªposição. Porém, nada se comparou a volta devastadora de Quartararo a 1 minuto e meio do final, marcando 1:45.187 e sacramentando a pole position nas mãos do piloto da Yamaha.

Nos segundos finais, Brad Binder chega a fazer o terceiro tempo, mas acaba superado por 4 pilotos, com destaque para Francesco Bagnaia que pulou para 2º e Johann Zarco da Pramac que passou a 3ªposição, completando a primeira fila para a corrida no domingo.

Quartararo levou a pole com sobras em relação aos seus adversários, seguido do vice-líder Francesco Bagnaia e do seu compatriota Johann Zarco, doido para conquistar sua primeira vitória na MotoGP e a primeira vitória da Pramac.

Aleix Espargaró levou sua Aprilla a uma improvável 4ªposição no Grid de largada, ele abre a segunda fila que terá Jack Miller da Ducati e Brad Binder com a melhor KTM do grid, apenas 2 milésimos a frente de Miguel Oliveira com a mesma moto e da mesma equipe. O português comanda a 3ªfila que vai ser completa pelos dois pilotos da Suzuki, Alex Rins e Joan Mir que dependem muito da ciclística da moto para se colocarem nessas posições.

Franco Morbidelli da Petronas, Marc Marquez e Pol Espargaró da Honda completaram as 12 primeiras posições.

Grid de Largada:

pospilotoequipemototempo
120Fabio Quartararo Monster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’45.187
263Francesco Bagnaia Ducati Lenovo TeamDucati1’45.417
35Johann Zarco Pramac RacingDucati1’45.432
441Aleix Espargaro Aprilia Racing Team GresiniAprilia1’45.538
543Jack Miller Ducati Lenovo TeamDucati1’45.598
633Brad Binder Red Bull KTM Factory RacingKTM1’45.743
788Miguel Oliveira Red Bull KTM Factory RacingKTM1’45.745
842Alex Rins Team SUZUKI ECSTARSuzuki1’45.996
936Joan Mir Team SUZUKI ECSTARSuzuki1’46.076
1021Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRTYamaha1’46.084
1193Marc Marquez Repsol Honda TeamHonda1’46.125
1244Pol Espargaro Repsol Honda TeamHonda1’46.393
1312Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’46.045
1423Enea Bastianini Avintia EsponsoramaDucati1’46.129
1530Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSUHonda1’46.195
1651Michele Pirro Pramac RacingDucati1’46.302
1710Luca Marini SKY VR46 AvintiaDucati1’46.481
189Danilo Petrucci Tech 3 KTM Factory RacingKTM1’46.548
1946Valentino Rossi Petronas Yamaha SRTYamaha1’46.770
2027Iker Lecuona Tech 3 KTM Factory RacingKTM1’47.084
2132Lorenzo Savadori Aprilia Racing Team GresiniAprilia1’47.146
2273Alex Marquez LCR Honda CASTROLHonda1’47.216

Antes da corrida da categoria principal foi feita uma homenagem de todos os pilotos para o piloto da PruestelGP, Jason Dupasquier que tinha morrido a quase 2 horas atrás.

Após essa homenagem, os pilotos foram para a volta de apresentação… Tudo estaria normal se não fosse por Enea Bastianini não tivesse atingido a traseira da moto de Johann Zarco. Resultado disso é que o piloto da Avintia acabou abandonando a prova antes mesmo da largada.

Ao largar, Quartararo acabou sendo superado por Francesco Bagnaia que assume a liderança. Miguel Oliveira fez uma excelente largada, pulando da 7ª para a 3ªposição. Zarco caiu para 4º e depois vinham Miller, Binder, Mir, Aleix Espargaró, Rins e Marc Marquez.

Na segunda volta, Marc Marquez vai para o chão e abandona a corrida, Franco Morbidelli atrapalhado foi pra fora da pista e caiu para última posição. Na curva 9, Francesco Bagnaia acabou indo para o chão e abandonando a prova.

Quartararo voltou para a liderança, mas por pouco tempo, ao começar a volta 3, Zarco superou Quartararo e foi para a liderança. Porém, o francês não desistiu e foi pra cima do piloto da Pramac e recuperou a ponta na curva 7. A partir dai, o piloto da Yamaha começou a abrir vantagem sobre o compatriota.

Lá atrás, Rins e Mir estavam pressionando Miller, algo impensável num circuito que favorecia a potência da Ducati. Na 8ªVolta, Rins e Miller duelaram  pela 4ªposição e quem levou a melhor foi o piloto da Suzuki e quando Miller achou que iria dar o troco, mas acabou sendo superado não só por Joan Mir, mas também pelo sul-africano Brad Binder com a outra KTM que é muito rápida de reta também. O Vencedor das 2 últimas corridas vinha em uma decepcionante 7ªposição.

Quartararo abriu 1.7 segundos sobre Zarco, colado no francês vinha Miguel Oliveira, sua KTM rendia mais que o piloto da Pramac. 2 segundos depois vinham os pilotos da Suzuki brigando pela 4ªposição. Na 11ªVolta, Joan Mir, campeão do Mundo de 2020 supera Rins e passa a 4ªposição.

Zarco era muito pressionado pelo Oliveira e teria mais pressão já que Mir e Rins vinham se aproximando dessa briga pela 2ªposição. Binder vinha em 6º, já um pouco a frente de Miller. Aleix Espargaró, Takaagi Nakagami e Marevick Viñales completavam os 10 primeiros colocados.

A 9 voltas do final, Mir e Rins chegaram em definitivo em Zarco e Oliveira. Na volta de número 16, O português Miguel Oliveira supera Johann Zarco e leva a KTM a 2ªposição após uma bela manobra na curva 10. Nas voltas 17 e 18, Mir e Rins passaram por Zarco na mesma curva 10 e passaram a 3ª e 4ªposições. Zarco com a traseira danificada pela batida não vinha com bom rendimento na reta final de prova.

Fabio Quartararo vinha em um passeio na frente, Já Mir começou a se aproximar de Oliveira. Ao final  da 19ªVolta, Rins acabou indo ao chão na curva 15 e foi para a sua quarta corrida sem pontuação, um momento muito difícil para o piloto da Suzuki. A 3 voltas do final, Nakagami acabou indo para o chão e deixando a corrida quando vinha em uma decente 9ªposição.

Fabio Quartararo levou sua Yamaha tranquilamente para a 3ªVitória dele na temporada e a 4ª da moto japonesa em 2021, num dia muito favorável para o piloto francês que agora tem 24 pontos de frente para o vice-líder do campeonato.

Já a segunda posição foi bem disputada e acabou com uma confusão tremenda. Oliveira cruzou a frente, mas por minutos a posição foi para Mir por que o piloto da KTM tinha passado do limite de pista… Mas Mir acabou passando do limite da pista. Resultado de toda essa confusão é que as posições permaneceram as mesmas, Miguel Oliveira em 2º e Joan Mir em 3º. Três marcas no auto do pódio: Yamaha, KTM e Suzuki. A Ducati ficou de fora do pódio, uma derrota para a fábrica italiana. Seu melhor representante foi Johann Zarco que sobreviveu a uma batida por trás no alinhamento do grid e acabou o dia na 4ªposição e passou a vice-liderança do campeonato.

Brad Binder consegue um bom resultado com a 5ªposição, foi muito bom o final de semana da equipe KTM, o melhor na temporada 2021. Jack Miller acabou na 6ªposição e nunca conseguiu ser competitivo no dia da corrida. Aleix Espargaró fez o que era possível, mas a Aprilla ainda não mostra um grande desempenho em corrida, só conseguindo chegar até a 7ªposição.

Marevick Viñales não teve uma boa corrida, ficou bem longe de Quartararo, na 8ªposição. Danilo Petrucci faz uma boa apresentação e levou a Tech 3 a 9ªposição e Valentino Rossi chegou ao seu melhor resultado do ano, ficando na 10ªposição logo a frente de Iker Lecuona com a outra Tech 3.

Finalmente chegamos a primeira Honda na classificação, que foi de Pol Espargaró na 12ªposição, em uma moto que já foi a moto mais poderosa do Mundial. Completaram a zona de pontuação: Michele Pirro que substituiu Jorge Martin na Pramac, Alex Marquez da LCR Honda e Lorenzo Savadori da Aprilla.

Domingo teremos a 7ªetapa do Mundial de Motovelocidade, o GP da Catalunha, em Barcelona, com as 4 categorias do campeonato. MotoGP, Moto 2, Moto 3 e a 3ªetapa da Moto E.

Resultado final da 6ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP da Itália – Mugello – MotoGP – 23 Voltas

pospilotoequipemototempo
120Fabio Quartararo Monster Energy Yamaha MotoGPYamaha41’16.344
288Miguel Oliveira Red Bull KTM Factory RacingKTMa 2.592
336Joan Mir Team SUZUKI ECSTARSuzukia 3.000
45Johann Zarco Pramac RacingDucatia 3.535
533Brad Binder Red Bull KTM Factory RacingKTMa 4.903
643Jack Miller Ducati Lenovo TeamDucatia 6.233
741Aleix Espargaro Aprilia Racing Team GresiniApriliaa 8.030
812Maverick Viñales Monster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 17.239
99Danilo Petrucci Tech 3 KTM Factory RacingKTMa 23.296
1046Valentino Rossi Petronas Yamaha SRTYamahaa 25.146
1127Iker Lecuona Tech 3 KTM Factory RacingKTMa 25.152
1244Pol Espargaro Repsol Honda TeamHondaa 26.059
1351Michele Pirro Pramac RacingDucatia 26.182
1473Alex Marquez LCR Honda CASTROLHondaa 29.400
1532Lorenzo Savadori Aprilia Racing Team GresiniApriliaa 32.378
1621Franco Morbidelli Petronas Yamaha SRTYamahaa 37.906
1710Luca Marini SKY VR46 AvintiaDucatia 50.306
30Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSUHondaa 4 voltas
42Alex Rins Team SUZUKI ECSTARSuzukia 5 voltas
63Francesco Bagnaia Ducati Lenovo TeamDucatia 22 voltas
93Marc Marquez Repsol Honda TeamHondaa 22 voltas
23Enea Bastianini Avintia EsponsoramaDucatia 23 Voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Mundial de Motovelocidade -GP de Doha – 2ªEtapa – MotoGP

Moto GP em Losail pelo Segundo final de semana em Losail e pela segunda vez que Joan Mir participa do Q1, mas dessa vez o campeão de 2020 teria mais dificuldades para entrar na fase final da Classificação. Valentino Rossi, Pol Espargaró, Takaagi Nakagami eram fortes adversários.

Mir na primeira volta já mostra disposição para passar ao Q2, com 1:54.754, só foi superado pela KTM de Brad Binder com 1:54.619. Miguel Olíveira e Valentino Rossi vinham logo atrás do piloto da Suzuki, enquanto que Pol Espargaró e Enea Bastianini voltaram para os boxes sem marcar tempo.  Mir partiu para uma 2ªVolta, dessa vez a volta foi mais feliz, com 1:54.314 passando para a liderança a 9 minutos do final. Danio Petrucci faz uma bela volta e só não tomou a 2ªposição que estava nas mãos de Binder.

Enquanto todos foram para os boxes, Enea bastianini que fez um belo papel na etapa do domingo anterior entrou na pista, mas não fez nada de relevante. Pol Espargató saiu faltando menos de 6 minutos do final da sessão. Foi questão de apenas 1 minuto para todos os outros saírem dos boxes para uma última tentativa de volta.

Pol marcou apenas a 7ªmarca, mas quem foi com tudo foi Danilo Petrucci , que melhorou sua marca para 1:54.528 e superou Binder, mas o piloto de Tech 3 perderia em segundos a 2ªposição, primeiro para Luca Marini e Alex Marquez. A segundos do final, Alex Marquez é superado por Pol Espargaró e chega perto da segunda posição.

Quanto tudo parecia definido, Miguel Oliveira supera Marini e leva a KTM para o Q2, junto com Mir que marcou 1:53.931 e terminou a repescagem em 1º, sem muita dificuldade de levar sua moto o Q2. Luca Marini fez bonito e ficou a pouco de disputar a fase final de classificação, Ele se destacou enquanto Enea Bastianini ficou bem longe dessa disputa.

Alex Marquez, Pol Espargaró e Takaagi Nakagami com as motos da Honda vinham largando là atrás e vendo somente Stefan Bradl (Em sua última apresentação pela Honda como substituto de Marc Marquez) representar a marca no Q2. O que se lamenta é a reprovável participação de Valentino Rossi da Petronas, que largaria apenas em 21º, na penúltima posição.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
136 Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’53.931
288 Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM1’54.220
310 Luca MariniSKY VR46 EsponsoramaDucati1’54.228
473 Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’54.261
544 Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’54.402
630 Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’54.481
79 Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’54.528
833 Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’54.555
923 Enea BastianiniEsponsorama RacingDucati1’54.632
1027 Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’54.731
1146 Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’54.881
1232 Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’55.823

Franco Morbidelli, Alex Rins e Stefan Bradl foram os primeiros a saírem para a pista, como é quase que uma rotina, o francês Fabio Quartararo foi um dos últimos a sair dos boxes para a pista, estava em jogo a pole position no Q2, que iria se revelar excelente para uma equipe satélite da Ducati.

Jorge Martin marcou 1:53.892 e começou o Q2 na frente, com Fabio Quartararo em 2º com a Yamaha oficial e o surpreendente Aleix Espargaró de Aprila na 3ªposição. Morbidelli decepcionou na sua 1ªVolta Rápida e ficou muito longe da ponta. Na volta seguinte (a 9 minutos do final), o Ítalo-brasileiro até marcou o melhor tempo, mas foi devorado por Martin (1:53.597) e Aleix Espargaró (1:53.750) jogando o piloto da Petronas para 3ªposição.

Jack Miller que poderia entrar na briga da pole, fez 3 excelentes parciais, mas sua última parcial foi desastrosa e o Australiano ficou apenas com o 6ºtempo, ficando atrás de Francesco Bagnaia. A 8 minutos do final, Martin estava com a pole position com Quatararo e Aleix Espargaró completando a primeira fila. Morbidelli vinha em 4º seguido de Bagnaia, Miller, Zarco (Que fez uma terceira volta seguida e melhorou a marca, mas não saiu da 7ªposição), Mir, Viñales que não tinha aparecido até agora no Q2, Rins, Bradl e Oliveira que não tinha marcado tempo.

A 5:40 do final, Viñales entra na pista. 1 minuto depois, todos os 12 pilotos já estavam na pista para a definição da pole, Miguel Oliveira estava na pista pela primeira vez no Q2.

Marevick Viñales aparece a menos de 2 minutos do final e marca o melhor tempo com 1:53.383 e na volta seguinte baixa para 1:53.267. Com o cronometro zerado parecia que a pole já estava definido a favor do piloto espanhol, mas dai apareceu Jorge Martin que acabou derrubando Viñales e marcando a 1ªpole position na MotoGP, na sua segunda corrida na categoria Rainha do Mundial, com 1:53.106 o piloto da Pramac vai partir da 1ªposição, seguido de Johann Zarco, fazendo com que a Pramac fizesse a dobradinha nas 2 primeiras posições, um dia inesquecível para a equipe satélite da Ducati.

Restou a Viñales ficar na 3ªposição completando a primeira fila. Abrindo a segunda fila largam Jack Miller da Ducati oficial, Fábio Quartararo da Yamaha e Francesco Bagnaia da Ducati oficial. 4 dos 6 primeiros colocados estão com a moto italiana. Abrindo a terceira fila, outra moto italiana, a Aprilla de Aleix Espargaró da Gresini. A Tropa da Suzuki completa a 3ªfila, com Alex Rins a frente de Joan Mir.

Completa os 12 primeiros colocados: Franco Morbidelli que se deu mal no Q2, Stefan Bradl com a melhor Honda do grid e Miguel Oliveira com a melhor KTM.

Grid de Largada:

pospilotoequipemototempo
189 Jorge MartinPramac RacingDucati1’53.106
25 Johann ZarcoPramac RacingDucati1’53.263
312 Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’53.267
443 Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati1’53.303
520 Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’53.469
663 Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati1’53.654
741 Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniAprilia1’53.705
842 Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’53.745
936 Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’53.785
1021 Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’53.794
116 Stefan BradlRepsol Honda TeamHonda1’54.224
1288 Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM1’55.096
1310 Luca MariniSKY VR46 EsponsoramaDucati1’54.228
1473 Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’54.261
1544 Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’54.402
1630 Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’54.481
179 Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’54.528
1833 Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’54.555
1923 Enea BastianiniEsponsorama RacingDucati1’54.632
2027 Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’54.731
2146 Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’54.881
2232 Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’55.823

A categoria rainha teve uma brilhante corrida, apesar do domínio de Jorge Martin o piloto francês Fabio Quartararo conquistou a sua 4ªVitória na MotoGP. A Pramac teve um final de semana incrível, mas não conseguiu sua primeira vitória como equipe. Zarco ficou pela segunda vez na segunda posição e passa a liderar o Mundial e Jorge Martin completou o pódio.

Jorge Martin não sente a pressão de largar na pole e manteve a liderança assim como Zarco manteve a segunda posição. Aleix Espargaró e Miguel Oliveira largaram muito bem e subiram para 3ª e 4ªposições. Os pilotos da Yamaha largaram mal, Quartararo caiu para 7º e Viñales para 9ªposição. No final da primeira volta, Rins com sua Suzuki supera Oliveira e subiu para 4ªposição. Aleix acompanhou no começo da prova os dois pilotos da Pramac.

Mir tentou passar Oliveira, mas acabou ficando vulnerável ao ataque de Miller. Na 3ªvolta, Aleix Espargaró chegou a passar Johann Zarco, mas acabou o francês dando o troco e voltando a segunda posição. Aleix perdeu posição para Rins que se aproveitou e pegou a terceira posição para ele.

No final da 3ªVolta, Rins passou Zarco, mas na reta dos boxes a Ducati era bem mais rápida do que a Suzuki e o Zarco pode voltar a segunda posição. Curvas depois Rins foi pra cima de Zarco de novo e voltou a se colocar na frente do francês, voltando para a 2ªposição, o que mostra a melhor ciclística da Suzuki sobre a Ducati, mas na reta, A Ducati mostrava a potência do seu canhão e Zarco recupera a 2ªposição em plena reta.

Um pouco mais atrás, Aleix Espargaró não dava mostras de fragilidade, acabou fazendo a melhor volta da prova e se segurava bem a 4ªposição sobre Joan Mir. Miguel Oliveira acabou perdendo terreno e caiu para a 10ªposição, superado por Bagnaia, Miller, Quartararo e Viñales.

Rins passou de novo Zarco e tentou de tudo para passar Martin na parte de curvas, mas chegou a reta e Zarco voou para cima do piloto da Suzuki recuperando a segunda posição. Martin abria meio segundo sobre Zarco. Enquanto isso na 10ªVolta, Aleix Espargaró começou a ficar para trás, o piloto da Aprilla perdeu posições para Bagnaia e Mir e depois na reta foi superado para Jack Miler, dessa forma Aleix cai para a 7ªposição e passou a ser pressionado pelos pilotos da Yamaha oficial. Binder e Oliveira vinham em 10º e 11º a mais de 2 segundos atrás.

Francesco Bagnaia chegou em Rins e na 13ªvolta realizou a ultrapassagem e subiu para a 3ªposição, enquanto que Fabio Quartararo passou Aleix Espargaró e subiu para a 7ªposição.  Mir tenta passar Miller na marra, acaba conseguindo na metade da 13ªVolta, já na reta dos boxes, Mir e Miller se estranham e ambos perdem posições. Quem se dá bem nessa história é Fabio Quartararo que subiu para 5ªposição.

A 8 voltas do final, Quartararo superou Rins e assumiu a 4ªposição. Na frente dele só tinha Martin, Zarco e Bagnaia com as Ducati. A partir dai, o piloto da Yamaha partiu para o Sprint final para conquistar sua vitória.

No final da 16ªVolta, Quartararo passou Bagnaia na marra e assumiu a 3ªposição, o piloto da Ducati chegou a recuperar a posição, mas perdeu a trajetória da curva 1 e acabou perdendo posições.  Na metade da 18ªVolta, Zarco foi a vitima de Quartararo que chegava a segunda posição e sem esperar muito, o francês passou Jorge Martin no final da mesma volta e assumiu a liderança a 4 voltas do final, mas Martin conseguiu voltar a liderança graças a potência da Ducati na reta. Dai Quartararo foi de novo para cima do piloto da Pramac, precisou de meia volta para uma nova ultrapassagem para assumir em definitivo a liderança do GP do Qatar.

Martin passou a ser o alvo de Johann Zarco enquanto Quartararo abria uma vantagem segura para vencer a 1ªcorrida na equipe oficial da Yamaha e sua 4ªVitória na categoria rainha.

A disputa pelo segundo lugar durou até a última volta, até as últimas curvas e acabou que Zarco passou Martin e conquistou o 2ºpódio seguido em 2º e a liderança do Mundial, Jorge Martin que liderou quase 18 voltas acabou ficando na 3ªposição, seu primeiro pódio na MotoGP, de um lado frustrante por liderar a maior parte da prova por um outro lado mostrou competência e velocidade, o que mostra que a 1ªvitória do piloto espanhol não vai tardar a acontecer.

Alex Rins conseguiu superar Marevick Viñales no começo da última volta e acabou segurando a posição sobre o ataque do vencedor da prova de abertura do Mundial, ficando com a 4ªposição. Marevick acabou ficando em 5ºlugar e perdeu a liderança do Mundial.

Francesco Bagnaia acabou em 6ºlugar e foi o melhor piloto da equipe oficial da Ducati, seguido de Joan Mir da Suzuki que vai vim mais para a briga em circuitos onde favorecer a ciclística da Suzuki. Brad Binder fez uma boa corrida e acabou o dia em uma decente 8ªposição, ficando na frente de Jack Miller com a Ducati e Aleix Espargaró da Aprilla (que começou muito bem, mas acabou caindo na segunda parte da prova). Completando as 10 primeiras posições.

Enea Bastianini se destacou mais uma vez com sua Ducati da Avintia, na 11ªposição, na frente de Franco Morbidelli da Petronas, Pol Espargaró e Stefan Bradl com a Honda. O piloto alemão encerra sua trajetória como substituto de Marc Marquez na 14ªposição. O formiga Atômica volta no GP de Portugal. Miguel Oliveira que começou muito bem acabou muito lá atrás, na 15ªposição.

Para fechar, Valentino Rossi teve um final de semana lamentável, largando em 21º e chegando em uma triste 16ªposição. Nesse final de semana teremos o GP de Portugal, no circuito de Algarve em Portimão para as categorias MotoGP, Moto 2 e Moto 3.

Resultado final do Mundial de Motovelocidade
MotoGP – 22 Voltas – GP de Doha – 2ªEtapa

pospilotoequipemototempo
120 Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha42’23.997
25 Johann ZarcoPramac RacingDucatia 1.457
389 Jorge MartinPramac RacingDucatia 1.500
442 Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 2.088
512 Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 2.110
663 Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucatia 2.642
736 Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 4.868
833 Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 4.979
943 Jack MillerDucati Lenovo TeamDucatia 5.365
1041 Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniApriliaa 5.382
1123 Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucatia 5.550
1221 Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 5.787
1344 Pol EspargaroRepsol Honda TeamHondaa 6.063
146 Stefan BradlRepsol Honda TeamHondaa 6.453
1588 Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTMa 8.928
1646 Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamahaa 14.246
1730 Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 16.241
1810 Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucatia 16.472
199 Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTMa 16.779
2032 Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniApriliaa 38.775
73 Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda10 Voltas – Acidente
27 Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM10 Voltas – Acidente

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP