Augusto Fernandez dá o bote em Navarro no final e conquista vitória em Silverstone

Alex Marquez imaginava ter mais um domingo perfeito, Mas não foi isso que aconteceu. Pelo contraio, A etapa Inglesa foi bem disputada e apesar da disputa com 2 grandes favoritos, Acabou que o regular e pouco badalado Augusto Fernandez a vencer. Foi a segunda vitória do piloto da Pons, que passou a vice-líderança do campeonato, Junto de Thomas Luthi e Jorge Navarro.

Alex Marquez largou bem e manteve a ponta, Com Navarro, Vierge e Gardner nas 4 primeiras posições. Marini chegou a passar o Filho de Wayne Gardner, Só que Remy voltou pra cima do piloto da VR46, recuperou a posição e ainda obrigou que Marini fosse para fora da pista. Porém, Gardner não iria se livrar de adversários cobiçando sua posição. O Sul-Africano Brad Binder foi para cima do piloto da SAG.

Marquez e Navarro sumiram na frente dos demais e começaram a travar um duelo pela primeira posição. Enquanto que Gardner e Binder superam Vierge ganhando o 3º e 4ºlugares respectivamente. Vierge iria volta após volta cair na classificação da prova. Já Thomas Luthi vinha se recuperando, Já se posicionando em 9ºlugar, logo atrás de Xavi Vierge. N frente dos dois, Fabio di Giannantonio e Tetsura Nagashima brigavam pelo 6ºlugar.

Gardner segurava Binder e Augusto Fernandez, até que na 6ªVolta, O piloto da KTM e o piloto da Pons superaram o piloto da SAG. Poucos segundos depois, Alex Marquez cai na curva 16 e acaba por deixar a prova. Era a chance de Luthi, Navarro e os outros de tirarem vantagem para o irmão de Marc Marquez.

Vierge acabou caindo mais ainda na prova, Após 8 voltas, Ele vinha em 11ºlugar, Por esses desempenhos ruins é que o companheiro de Alex Marquez não vai continuar para a temporada de 2020. Navarro estava com quase 2 segundos de diferença,  Mas Brad Binder foi buscar o tempo e diminuiu aos poucos a diferença para do piloto da Speed UP.

Foram mais ou menos 6 volts até que a 7 voltas do final, Binder chegou em Navarro. O piloto da KTM parecia ter mais moto que o piloto da Speed UP, O Guepardo Sul-Africano não tomo conhecimento de Navatto e passou para a liderança na mesma volta, Parecia Binder iria emplacar uma segunda vitória seguida para ele e para a KTM.

Enquanto isso, Lorenzo Baldassarri superou Thomas Luthi no final da 13ªVolta, Ganhando o 15ºlugar.

Navarro não desistiu da briga pela vitória, Resistindo a pressão de Augusto Fernandez. Com a briga dos 3, Os pilotos da SAG vinham chegando na reta final. A menos de 4 voltas do final, Navarro volta aponta da prova, Binder ficou sem pneus, Resistindo a pressão de Fernandez, Os dois duelam pelo 2ºlugar, Isso deu a chance de Navarro abrisse uma pequena vantagem, que poderia ser decisiva e deu a chance de Remy Gardner se aproximar dos dois. No final da chicane, Fernandez conquistou a ultrapassagem sobre o piloto da KTM, ele teria uma volta e meia para alcançar Navarro.

No final da penúltima volta, Binder espalha na curva 16 e Gardner assumiu a 3ªposição. Na volta final, Augusto Fernandez foi para cima de Navarro. Se não deu na reta, Na curva 9, o piloto da Pons superou o piloto da Speed UP ganhando a primeira posição. Navarro tentou um último ataque para vencer a prova. Na reta anterior as curvas finais, Navarro conseguiu passar Fernandez, Mas ele espalhou muito na curva 16 e permitiu a Augusto Fernandez voltasse a liderança e conquistando a vitória em Silverstone.

Com essa segunda vitória da carreira de Augusto Fernandez, Ele juntamente com Thomas Luthi que ficou em 8ºlugar e Jorge Navarro que ficou com o 2ºlugar passaram a 2ªposição, Com 148 pontos, 35 pontos abaixo de Alex Marquez, Com 7 provas para o final do campeonato. Diga-se de passagem, uma prova tecnicamente e estrategicamente perfeita do piloto da Pons.

Para Navarro, ainda não foi dessa vez a primeira vitória na Moto 2, poderia ter sido hoje, Mas Fernandez impediu essa vitória. O piloto da Speed UP ficou com o segundo lugar. E Brad Binder superou no final Remy Gardner e completou o pódio. 3 marcas de chassis no pódio: Kalex, Speed UP e KTM.

Remy Gardner ficou a 1 posição do pódio, Mas voltou a fazer uma boa corrida e terminou a prova em 4ºlugar, Com seu companheiro de equipe Tetsura Nagashima em um 5ºlugar, Que repete seu melhor resultado na temporada de 2019.

Fabio di Giannantonio acabou com o 6ºlugar, Sem o brilhantismo de Navarro, Mas fez uma boa corrida. Chegando a frente de Lorenzo Baldassarri da Pons e de Thomas Luthi da Dynavolt. Enquanto o primeiro deixou a desejar, O suíço não parece ter uma boa moto nesse momento do campeonato, Até porque, Marcel Schrotter acabou em uma trágica 14ªposição. Muito longe do que se poderia esperar dessa equipe em 2019.

Luca Marini da VR46 e Xavi Vierge da Marc VDS completaram os 10 primeiros. Lecuona, Martin, Pasini, Schrotter e Locatelli completaram a zona de pontuação, Destacando que Somkiat Chantra fazendo mais uma boa corrida, Cada vez ele melhora no decorrer da temporada.

O Fato lamentável dessa corrida foi que Bradley Smith e Sam Lowes acabaram não completando a corrida. O melhor piloto inglês foi o piloto da Aspar Martinez, Jake Dixon, que terminou a prova em 23ºlugar.

Fotos:

Resultado final do GP da Inglaterra – Moto 2

posPilotoEquipeMotosTempo
140Augusto FernandezFLEXBOX HP 40Kalex37’41.833
29Jorge NavarroCampetella Speed UpSpeed Upa 0.489
341Brad BinderRed Bull KTM AjoKTMa 0.571
487Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 0.738
545Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 3.276
621Fabio di GiannantonioCampetella Speed UpSpeed Upa 9.065
77Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalexa 9.108
812Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalexa 9.355
910Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalexa 13.119
1097Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalexa 13.753
1127Iker LecuonaAmerican Racing KTMKTMa 16.326
1288Jorge MartinRed Bull KTM AjoKTMa 16.382
1354Mattia PasiniTasca Racing Scuderia Moto2Kalexa 16.829
1423Marcel SchrotterDynavolt Intact GPKalexa 17.843
155Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalexa 19.836
1635Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 20.920
1762Stefano ManziMV Agusta Temporary ForwardMV Agustaa 21.159
1877Dominique AegerterMV Agusta Temporary ForwardMV Agustaa 22.746
1972Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTMa 23.366
2011Nicolo BulegaSKY Racing Team VR46Kalexa 23.707
2164Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 23.906
2216Joe RobertsAmerican Racing KTMKTMa 28.918
2396Jake DixonSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 31.491
2465Philipp OettlRed Bull KTM Tech 3KTMa 40.541
254Steven OdendaalNTS RW Racing GPNTSa 47.477
263Lukas TulovicKiefer RacingKTMa 53.613
2718Xavi CardelusSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 57.669
2819Teppei NagoeIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 59.780
NC22Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 1 Volta
NC38Bradley SmithPetronas Sprinta RacingKalexa 10 Voltas
NC73Alex MarquezEG 0,0 Marc VDSKalexa 13 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Nos metros finais, Alex Rins supera Marquez e conquista vitória

Em uma sensacional corrida, O Espanhol Alex Rins deu a Suzuki sua segunda vitória em 2019. Em uma grande temporada que o jovem piloto vem fazendo esse ano. O Tempo todo andando na cola de Marquez e se aproveitando de uma pequena bobeada do Formiga Atômica para conseguir sua segunda vitória na carreira.

A Expectativa na largada estava com o pole position Marc Marquez, A Revelação Fabio Quartararo, Valentino Rossi e Andrea Dovizioso. Só que após a largada, Na primeira curva. Fabio Quartararo acabou caindo e sem tempo para desviar, Andrea Dovizioso acabou acidentado, A Ducati acabou pegando fogo e o piloto acabou saindo de marca, Dovi teve perda repentina de memoria e vai ficar sobre observação no Hospital. Já o piloto da Petronas estava tudo bem e saiu sem ferimentos graves.

Marquez continuou na frente, Com Rossi e Rins acompanhando o líder do campeonato. Viñales vinha disputando o 4ºlugar com Ítalo-brasileiro Franco Morbidelli. Na metade da 2ªVolta, Rins superou Rossi e assumiu a segunda posição. Como a moto da Suzuki era melhor na ciclística e a moto do Marquez estava mostrando um desequilíbrio na sua moto, era possível que Rins vencesse a corrida. Enquanto isso o piloto da Honda poderia abrir mais 25 pontos a frente de Dovizioso.

Já Viñales conseguiu passar Morbidelli e tentava fugir do piloto da Petronas que sobrou na corrida e Também de Cal Crutchlow, que queria vencer a prova na sua casa. Já Jack Miller largou muito mal e caiu para a 7ªposição.

Na quinta volta, Marquez passou a ser pressionado pelo Alex Rins, Os dois fugiam de Valentino Rossi que já ficava mais para Viñales, Com muito mais desempenho que o consagrado piloto de 40 anos de idade. Na 7ªVolta, ocorreu a Ultrapassagem do Viñales. O Japonês Takaaki Nakagami que tinha ganho o 8ºlugar sobre Pol Espargaró acabou indo para o chão, Assim como Rabat voltas antes, Os dois voltaram a prova.

Cal Crutchlow chegou a superar Franco Morbidelli no final da 8ªVolta, Mas acabou 2 voltas depois recuando para o sexto lugar e depois ficou mais para o Australiano Jack Miller.

Na 10ªVolta, Johann Zarco disputando posição com Miguel Oliveira acabou caindo e levando com ele o piloto da Tech 3, Os dois pilotos deixaram a prova e a situação do piloto da KTM fica mais complicado. O Francês já esta fora da equipe para a temporada de 2020.

Enquanto Marquez e Rins disputavam a liderança e a vitória, Marevick Viñales tentava se aproximar dos dois primeiros colocados. Na parte de trás, Danilo Petrucci com muita dificuldade acabou superando a Pol Espargaró ganhando o 8ºlugar. Perto deles estavam os dois pilotos da Aprilla, Aleix Espargaro e Andrea Iannone estavam fazendo uma boa corrida.

A 8 Voltas do final, Crutchlow superou Miller e recuperou o 6ºlugar, Enquanto que Viñales tentava uma aproximação de Marquez e de Rins. A medida que a corrida chegava ao final, Dava para perceber que a moto da Suzuki estava muito mais equilibrada do que a moto do Formiga Atômica. Se Rins conseguisse a ultrapassagem ele poderia partir para a vitória.

A menos de duas voltas do final, Rins ataca Marquez e chega a passar o Formiga Atômica na primeira curva, Marquez conseguiu recuperar a liderança. Na entrada da volta final, Rins ataca novamente Marquez, Por fora. O piloto da Honda se defende bem e o piloto da Suzuki chega a ir por fora da pista.

Parecia que Marquez iria segurar a vitória usando a potência do motor Honda. Até a metros do final, Mas dai, Marquez deu uma balançada na moto. Isso foi que Rins precisava para superar o piloto da Honda e conquistar a vitória em Silverstone. Acho que só Rins mesmo acreditava que a metros do final ele conseguiria vencer Marc Marquez.

A Suzuki venceu pela segunda vez em Silverstone (A primeira foi com Marevick Viñales em 2016) Marc Marquez ficou com o segundo lugar, Apesar de perder a vitória pela segunda vez os últimos metros, ele abre mais 20 pontos de vantagem para Andrea Dovizoso na liderança do campeonato e fica mais perto do seu 6ºtítulo Mundial. O pódio foi completado pelo Espanhol Marevick Viãnles, O piloto da Yamaha completou a trinca de pilotos espanhóis nas 3 primeiras posições.

Valentino Rossi, no qual se esperava muito, Deixou seus fãs frustrados com a corrida que ele acabou fazendo, Não conseguindo ser competitivo a ponto se quer de disputar o pódio. O Ítalo-brasileiro Franco Morbidelli repetiu o seu melhor resultado na Moto GP, ficando em 5ºlugar.

O Inglês Cal Crutchlow não teve uma grande corrida, Só conseguiu levar a sua Honda LCR até o 6ºlugar, Com certeza o piloto da Casa esperava um resultado bem melhor que ele conseguiu no dia de hoje. Para a Ducati, foi um dia para se esquecer, Jack Miller com a Pramac foi a melhor Ducati da prova, com um apagado 7ºlugar. A prova de Danilo Petrucci foi bem ruim, não é admissível que um piloto com uma das melhores motos do Grid tenha dificuldade de superar um piloto da KTM e da Aprilla, Ficando em 8ºlugar, Numa corrida muito abaixo, mas muito abaixo do esperado.

Pol Espargaró em uma bela corrida, levou sua KTM mais uma vez entre os 10 primeiros colocados e Andrea Iannone conseguiu fazer uma boa corrida com sua Aprilla e completou  o GP da Inglaterra em uma decente 10ªposição.

Francesco Bagnaia chegou em 11ºlugar, Sem muito destaque, assim como o Francês Sylvain Guintoli. O piloto de testes da Suzuki terminou a prova em 12ºlugar, ajudando a equipe a marcar pontos importantes para o campeonato de equipes. Hafizh Syarhin fez seu melhor resultado na temporada, Com o 13ºlugar, Superando no final a Jorge Lorenzo.

Voltando depois de 4 corridas , Lorenzo teve uma corrida irreconhecível, Apesar de ter conseguido seu objetivo, O 14ºlugar esta muito longe do que já foi o Tri-campeão do Mundo na MotoGP. Será mesmo que não esta na hora do Gladiador do Asfalto repensar sua carreira como piloto? A Zona de pontuação foi completada pelo tcheco Karel Abraham.

Daqui a 3 semanas, No dia 15 de Setembro, teremos o GP de San Marino. Marc Marquez terá a chance de consolidar mais ainda o campeonato. Dovizioso terá de começar uma incrível recuperação, Caso contraio, ele e todos os outros pilotos terão de ver de novo Marquez erguendo sua taça de campeão do Mundo.

Fotos:

Resultado final do GP da Inglaterra

posPilotoEquipeMotosTempo
142Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki40’12.799
293Marc MarquezRepsol Honda TeamHondaa 0.013
312Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 0.620
446Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 11.439
521Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 13.109
635Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 19.169
79Danilo PetrucciDucati TeamDucatia 19.682
843Jack MillerPramac RacingDucatia 20.318
944Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 21.079
1029Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniApriliaa 25.144
1163Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 40.317
1250Sylvain GuintoliTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 45.478
1355Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTMa 54.783
1499Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHondaa 56.651
1517Karel AbrahamReale Avintia RacingDucatia 1’29.282
1653Tito RabatReale Avintia RacingDucatia 1’31.716
1730Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 1’40.420
NC41Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 1 Volta
NC88Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 12 Voltas
NC5Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTMa 12 Voltas
NC20Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamahaa 20 Voltas
NC4Andrea DoviziosoDucati TeamDucatia 20 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Marquez faz largada impecável, conquista vitória em Jerez e Retorna a ponta do campeonato

A Formiga Atômica não se intimidou com os dois pilotos da SRT Petronas e acabou fazendo uma grande largada, Passando a liderança até o final da prova. Uma vitória categórica do piloto da Honda que volta a liderança do campeonato.

Na largada, Marquez largou melhor e assumiu a liderança, Com Franco Morbidelli superando Fábio Quartararo para assumir o segundo lugar. Dovizioso e Viñales completavam os 5 primeiros lugares. As primeiras voltas foram as mais difíceis para Marquez, O Ítalo-brasileiro Franco Morbidelli partiu para cima em busca da inédita liderança. A Yamaha e a Suzuki vinham com melhor desempenho do que da Honda e Ducati. Os 3 primeiros colocados estavam se distanciando de Viñales que vinha com uma boa vantagem para Dovizioso e Rins.

Rins vinha pressionando Dovizioso querendo o 5ºlugar. Apesar do esforço do líder do campeonato de manter-se a frente do piloto da Suzuki, Rins que esta em um momento iluminado na MotoGP superou Dovi e passou ao 5ºlugar. O piloto da Suzuki vinha sendo o piloto mais rápido da prova.

Marquez abriu vantagem na liderança de Morbidelli que começava a segurar Quartararo, Com Viñales se aproximando em 4º seguido de Rins, Dovizioso. Na 9ªVolta, Rins ganha o 4ºlugar superando Viñales. Momentos depois, Quartararo passou Morbidelli assumindo a 2ªposição.

Logo Quartararo vinha tirando alguma vantagem sobre Marquez, Até que na 12ºVolta, Problemas mecânicos acabou por tirar o Francês da prova. Ao mesmo tempo, Rins superou Morbidelli subindo do 4º para o 2ºlugar em apenas 1 volta. O Rendimento da Yamaha de Morbidelli estava caindo no decorrer da prova.

A Situação estava muito mais facilitada para a Formiga Atômica, Rins estava a mais de 3 segundos atrás. A Vitória estava nas mãos do piloto da Honda. Na 16ªVolta, Viñales superou Morbidelli. Não demorou muito para Dovizioso e Petrucci superarem o piloto que Restou da Petronas. Os pilotos da Ducati assumiram o 4º e 5ºlugares respectivamente.

Valentino Rossi na parte final da prova começou a reagir, O piloto de 40 anos estava em 9ºlugar superou na parte final Jack Miller, Cal Crutchlow e Franco Morbidelli passando ao 6ºlugar. Na fase final, Dovizioso  tentou um ataque final pra cima de Maverick Viñales para tomar o pódio e continuar liderando o campeonato.

Marc Marquez após sua queda nos Estados Unidos acabou conquistando a vitória para voltar a liderança do mundial de Motovelocidade. Em uma exibição impecável e liderando praticamente de ponta a ponta. Além de levar com primazia a Honda nas costas. (Depois de Marquez, O Segundo piloto da Honda foi Cal Crutchlow que ficou em 8ºlugar)

Alex Rins acabou ficando em excelente segunda posição e uma bela corrida de recuperação, depois de largar do 9ºlugar. O pódio foi completado pelo espanhol Marevick Viñales que segurou Dovizioso e acabou conquistando o primeiro pódio da temporada de 2019, Com a Yamaha oficial que acabou superando a equipe Satelite que humilhou a equipe oficial na Classificação do Sábado.

Andrea Dovizioso fez mais uma corrida com a tabela na mão, Acabou ficando com o 4ºlugar, Fora do pódio e perdendo a liderança do campeonato. A Diferença entre os 4 primeiros colocados é de apenas 9 Pontos. Marquez com 70 pontos, Rins com 69, Dovizioso com 67 e Rossi com 61 pontos. Danilo Petrucci chegou em 5ºlugar, Melhorando um pouco em relação os 3 Resultados em 6ºlugar nas primeiras corridas do ano.

Valentino Rossi que largou na 13ªposição fez uma boa prova de recuperação, Terminando em 6ºlugar. Porém, longe de pretender resultados melhores.

Franco Morbidelli que teve um começo tão bom, Mas acabou perdendo rendimento ficando apenas em 7ºlugar. Cal Crutchlow ficou em 8ºlugar seguido de seu companheiro de equipe Tagaaki Nakagami, Um bom dia para a LCR Honda. Completando os Top 10, O Alemão Stefan Bradl que correu nesse final de semana para testar um chassis de Carbono.

Jorge Lorenzo em mais uma corrida decepcionante acabou colocado em 12ºlugar, Atrás do piloto da Aprilla Aleix Espargaró. Chegando a frente de dos dois pilotos da KTM: Pol Espargaró na frene de Johann Zarco (que a 2 semanas do GP da França esta praticamente esquecido pela mídia) e de Esteve Rabat que completou a Zona de Pontuação.

Daqui a duas semanas teremos o GP da França, No circuito de Le Mans Bugatti. Lá, Marquez vai tentar sua terceira vitória no ano. Será que ele consegue esse feito ou Quartararo e outros pilotos vão tentar impedir a Formiga Atômica? Vamos esperar até o dia 19 de Maio para sabemos a resposta.

Fotos:

Resultado Final
GP da Espanha – Jerez de la Fronteira

PosPilotoEquipeMotoTempo
193Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda41’08.685
242Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 1.654
312Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 2.443
44Andrea DoviziosoMission Winnow DucatiDucatia 2.804
59Danilo PetrucciMission Winnow DucatiDucatia 4.748
646Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 7.547
721Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 8.228
835Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 10.052
930Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 10.274
106Stefan BradlTeam HRCHondaa 13.402
1141Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 15.431
1299Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHondaa 18.473
1344Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 20.156
145Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTMa 26.706
1553Tito RabatReale Avintia RacingDucatia 28.513
1617Karel AbrahamReale Avintia RacingDucatia 36.858
1738Bradley SmithAprilia Factory RacingApriliaa 41.390
1888Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 41.570
1955Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTMa 50.568
x43Jack MillerPramac RacingDucatia 3 Voltas
x36Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 5 Voltas
x20Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamahaa 12 Voltas
x63Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 19 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP