Mundial de Motovelocidade -GP de Portugal – 3ªEtapa – MotoGP

A expectativa estava diante de Marc Marquez, depois de 9 meses parado recuperando-se de um grave acidente, o Formiga Atômica estava de volta as pistas e mostrando rapidez, mas ainda em busca do ritmo habitual acabou ficando mesmo na repescagem junto de Joan Mir. Os dois eram os favoritos a passarem para o Q2.

Na sua primeira volta Marquez não foi rápido, mas com totais condições de melhora. Nesse primeiro momento Joan Mir foi o mais rápido com 1:39.917 seguido de Pol Espargaró da Honda. Na volta seguinte, Marquez usa a referência de Mir e passa para a ponta com 1:39.253 e o campeão de 2020 desde para segundo, apesar de melhorar quase meio décimos seu tempo (1:39.399). Alex Marquez (Irmão de Marc Marquez) estava em 3º a 9 minutos do final. Depois disso, todos foram para os boxes, com exceção de Brad Binder que não consegue arranjar nada.

As 6 minutos e meio do final da sessão, Marquez volta à pista praticamente com a vaga garantida. Os outros pilotos não conseguiram remover nem mesmo Mir das vagas no Q2. Quem mais se aproximou foi Alex Marquez em 3º. Seguido de Pol Espargaró, Brad Binder, Enea Bastianini e Valentino Rossi que teve mais uma classificação bem complicada.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemotoTempo
193 Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’39.253
236 Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.302
373 Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’39.530
444 Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’39.710
533 Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.776
623 Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’39.855
746 Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.943
89 Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’40.202
927 Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’40.408
1032 Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.444
1130 Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaSem Tempo

Aos poucos, 11 dos 12 pilotos foram para a pista. Apenas Marc Marquez ficou nos boxes, o que prova que o Formiga Atômica ainda não estava em plena forma. Primeiro a entrar na pista, o português Miguel Oliveira fez 1:40.517, um tempo fraco para o piloto da KTM que foi superado por Aleix Espargaró com 1:39.452. O principal piloto da Aprilla só foi superado por Fabio Quartararo da Yamaha Oficial, com 1:39.028 assume a ponta da sessão. Zarco e Viñales vinham logo atrás de Aleix em 3º e 4ºlugares respectivamente.

A 9 minutos e 30 segundos do final, Mir mostra a suas armas e passa para segundo, mas depois é superado por Franco Morbidelli da Petronas. Francesco Bagnaia fez uma bela volta, mas ela acabou anulada por causa de uma bandeira amarela no local, provocada pelo francês Johann Zarco. Viñales também teve sua volta anulada pelo mesmo motivo de Bagnaia.

Ao chegar na metade da sessão, Quartararo e Morbidelli fazem a dobradinha das motos Yamaha em 1º e 2º, seguido de Mir, Aleix Espargaró, Miller, Zarco, Viñales, Marini, Oliveira, Rins, Bagnaia e Marc Marquez que não saiu para a pista. Marquez só entrou na pista a 4 minutos do final, junto de Rins para pegar referência.

Fabio Quartararo foi para consolidar a pole position e marcou 1:38.862, Jack Miller tinha tudo para tomar a pole do piloto francês (Com as 3 melhores parciais), mas a sua última parcial é ruim e Miller acaba fazendo um tempo inferior ao tempo de Quartararo.

No último minuto, Miguel Oliveira acabou indo ao chão na curva 9 enquanto que Zarco fazia uma grande volta e passou a ser o segundo colocado. Francesco Bagnaia consegue a segundos do final uma excelente volta de 1:38.494 para ninguém mais alcançar. Esse tempo daria a pole position, mas a volta acabou cancelada por ter passado em alta velocidade em bandeira amarela, justamente pela queda de Miguel Oliveira e acaba indo da pole para a 11ªposição, um tombo enorme em relação à posição no grid.

Fabio Quartararo recuperou a pole position, sendo que o francês dominou a maior parte da classificação e mesmo se Bagnaia tivesse o tempo validado acabaria largando em boa posição. Alex Rins coloca a Suzuki na primeira fila, na segunda posição para uma moto equilibrada como é a moto japonesa. Johann Zarco leva a única Pramac do grid para a 3ªposição.

A segunda fila é formada pelo Australiano Jack Miller da Ducati, Franco Morbidelli da Petronas e do Formiga Atômica, Marc Marquez sim conseguiu  seu objetivo de largar nas duas primeiras filas, levando a Honda para a 6ªposição.

Na terceira fila largam Aleix Espargaró da Aprilla em um excelente começo de campeonato, Luca Marini da Avintia, passando pelo Q2 direito e se posicionando numa excelente 8ªposição, na frente de Joan Mir com a segunda Suzuki do grid. Miguel Oliveira da KTM, Francesco Bagnaia da Ducati e Marevick Viñales da Yamaha completaram as 4 primeiras filas do grid de largada da categoria rainha.

Grid de Largada:

pospilotoequipemotoTempo
120 Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’38.862
242 Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’38.951
35 Johann ZarcoPramac RacingDucati1’38.991
443 Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati1’39.061
521 Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.103
693 Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’39.121
741 Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniAprilia1’39.169
810 Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’39.386
936 Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.398
1088 Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.445
1163 Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati1’39.482
1212 Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.807
1373 Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’39.530
1444 Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’39.710
1533 Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.776
1623 Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’39.855
1746 Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.943
189 Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’40.202
1927 Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’40.408
2032 Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.444
2130 Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaSem Tempo

A MotoGP ao invés de fechar o dia na programação passou a ser a 2ªcorrida do dia, provavelmente para não competir com a Formula 1.

Na largada da 3ªetapa da categoria rainha, Fabio Quarataro não vai bem e a liderança passa para as mãos de Johann Zarco da equipe Pramac, Alex Rins manteve a segunda posição e Marc Marquez passou a ser o terceiro, a frente de Mir e de Miller. Quartararo caiu para a 6ªposição. No final da 1ªVolta, Mir superou Marquez e assumiu a terceira posição. Os pilotos que mais subiram de posição na largada foi Takaagi Nakagami ganhando 7 posições (da 21ª para a 14ªposição) e Brad Binder que ganhou 6 posições (Pulando da 15ª para a 9ªposição).

Na 2ªVolta, Marquez acabou tocando na traseira de Mir e caiu para a 6ªposição. Os dois pilotos da Suzuki vinham em 2º e 3º, Rins já vinha tentando superar Zarco, mas o que a Suzuki não tinha era potência em seu motor, algo que a Ducati tinha de sobra. Isso dificultava bastante a ultrapassagem de Rins.

No começo da 4ªVolta, Quartararo passa Mir e recupera a 3ªposição e chega em Rins e Zarco. No final da volta, Rins chega a passar Zarco, mas na reta o piloto da Pramac recuperou facilmente a ponta. No começo da 5ªVolta, Rins e Quartararo superaram Zarco e assumiram as duas primeiras posições. O mais importante é que os dois evitaram o troco do piloto da Pramac e se estabeleceram na frente. Enquanto isso, Aleix Espargaró passava a 5ªposição após superar Jack Miller. Pol Espargaró abandonou no final da volta anterior.

Na volta 6, Miller vai ao chão e abandona a prova. O Australiano que era para ser o primeiro piloto da Ducati em um momento complicado. Seu companheiro de equipe Francesco Bagnaia vinha em 7º. Marc Marquez já longe da disputa pelas primeiras posições, vinha em 9ºlugar que mostrava que ainda não estava 100% e que terminar a corrida seria seu objetivo na prova.

Rins chegou a abrir meio segundo de vantagem, mas Quartararo vinha com mais moto e com ritmo melhor de corrida, na 9ªVolta, o piloto da Yamaha ganha à liderança passando Rins na reta. Enquanto isso, Mir passou Zarco e assumiu a terceira posição, deixando Zarco na 4ªposição. Enquanto isso, Alex Marquez, Luca Marini e Valentino Rossi estavam disputando a 10ªposição. Viñales vinha nas últimas posições desde dos primeiros momentos da corrida.

Em 5ºlugar, Franco Morbidelli começa a avançar e chegar ao pelotão da frente, Binder que largou em 15º estava na 6ªposição, seguido de Bagnaia, Aleix Espargaró e Marc Marquez. Na 12ªVolta acontece a ultrapassagem de Francesco Bagnaia em cima de Brad Binder, que conduziu o piloto da Ducati a 6ªposição.

Quartararo e Rins abriram de Mir e Zarco e passaram a duelar pela vitória, os outros dois brigavam pelo lugar no pódio. Na 15ªVolta, Zarco recupera a 3ªposição, Mir começava a sentir um pouco de desgaste nos seus pneus. Na mesma volta, Rossi cai e abandona a corrida.

Na 17ªVolta, Bagnaia supera Morbidelli subindo para a 5ªposição e começando a visar Zarco e Mir em busca do pódio. Enquanto que Rins tentava chegar em Quartararo, mas acaba forçando demais e indo para o chão a 7 voltas do final. Com o abandono do piloto da Suzuki, Quartararo ficou livre da pressão do piloto espanhol e ficou tranquilo na frente e Bagnaia que passou Mir acabou pulando para a terceira posição.

Na 20ªVolta, Zarco foi superado por Bagnaia e perdeu a 2ªposição. Mais que isso, o piloto francês foi ao chão na reta final da volta. Mir volta ao pódio, mas teve na reta final a pressão de Franco Morbidelli.

Fabio Quartararo vence pela segunda vez na temporada e assume a liderança do campeonato Mundial de Motovelocidade com 61 pontos em 3 corridas, um ótimo começo de ano para o piloto da Yamaha que ficou 4.8 segundos a frente de Francesco Bagnaia que fez uma grande corrida de recuperação, da 11ªposição na largada para uma brilhante 2ªposição. O pódio foi completado pelo campeão de 2020 Joan Mir da Suzuki que segurou a 3ªposição por 2 décimos a frente de Franco Morbidelli da Petronas. O ítalo-brasileiro se redimiu de péssimo rendimento na etapa passada.

Brad Binder é outro que fez ótima corrida de recuperação, largando da 15ªposição para chegar até a 5ªposição, foi um belo resultado da KTM, foi seguido pelo espanhol Aleix Espargaró, com uma Aprilla renovada e com outro rendimento, bem melhor do que no ano passado.

Marc Marquez fez um final de semana heroico mesmo sem estar nos 100% da sua forma o Formiga Atômica conquistou uma vitória pessoal na sua carreira, um 7ºlugar que valeu como se fosse uma vitória. Desde do GP de Valência de 2019 Marquez não completa uma corrida. Seu irmão Alex Marquez ficou na 8ªposição, seus primeiros pontos na temporada. Enea Bastianini da Avintia chegou em 9ºlugar, seu melhor resultado na temporada e Takaagi Nakagami completou os 10 primeiros colocados.

Marevick Viñales fez uma prova lamentável, o 11ºlugar foi muito para ele. Luca Marini começou muito bem, mas não segurou o ritmo de corrida até o final e acabou na 12ªposição, seguido de Danilo Petrucci que salvou o dia da Tech 3 em 13º. Lorenzo Savadori da Aprilla e Iker Lecuona da Tech 3 completaram a zona de pontuação.

Resultado final
Mundial de Motovelocidade -GP de Portugal – 3ªEtapa – MotoGP

pospilotoequipemotoTempo
120 Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha41’46.412
263 Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucatia 4.809
336 Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 4.948
421 Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 5.127
533 Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 6.668
641 Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniApriliaa 8.885
793 Marc MarquezRepsol Honda TeamHondaa 13.208
873 Alex MarquezLCR Honda CASTROLHondaa 17.992
923 Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucatia 22.369
1030 Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 23.676
1112 Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 23.761
1210 Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucatia 29.660
139 Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTMa 29.836
1432 Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniApriliaa 38.941
1527 Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTMa 50.642
1688 Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTMa 1 volta
5 Johann ZarcoPramac RacingDucatia 6 voltas
42 Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 7 voltas
46 Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamahaa 11 voltas
43 Jack MillerDucati Lenovo TeamDucatia 20 voltas
44 Pol EspargaroRepsol Honda TeamHondaa 21 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Miguel Oliveira conquista pole position em Algarve

O Português Miguel Oliveira conquista a pole em sua casa, mesmo sem torcida, foi gratificante para o piloto da tech 3 fazer a pole na sua casa. Em clima de fim de festa da MotoGP, onde o campeão da temporada Joan Mir não foi além da 20ªposição.

No Q1, Franco Morbidelli passou sufoco para passar no Q2, Mesmo com a melhor moto da repescagem, o ítalo-brasileiro que disputa o vice-campeonato acabou ficando na segunda posição, tendo de torcer para Brad Binder no final não andar mais rápido. Por muito pouco o Gueopado sul-africano não tira Franco do Q2. Cal Crutchlow que se despede da categoria foi o mais rápido no Q1.

Binder em 3ºlugar, fez uma boa participação no Q1, assim como o espanhol Aleix Espargaró com sua Aprilla, terminando em 4ºlugar.

No Q2, Quartararo começou muito bem, fazendo o melhor tempo nos primeiros minutos, mas isso não durou muito. Franco Morbidelli assumiu a ponta seguido de Jack Miller da Pramac. Oiutro que se destacava demais era Johann Zarco, mas ele foi para o chão na metade da sessão.

Na reta final, Morbidelli faz mais uma brilhante volta, mas Cal Crutchlow chegou bem perto, a 13 milésimos de distância na sua primeira tentativa. A 1 minuto do final, Morbidelli baixou seu tempo. Parecia que a pole estava garantida para ele, mas do nada veio Miguel Oliveira, a 35 segundos do final marcando o tempo de 1:38.892.

O Português não foi alcançado por mais ninguém e Miguel Oliveira fez história, conquista a primeira pole de um Português na categoria principal. O piloto da tech 3 vai largar na frente, com Franco Morbidelli da Petronas e Jack Miller da Pramac completando a primeira fila.

Cal Crutchlow levou a LCR Honda a 4ªposição na sua corrida de despedida, Fabio Quartararo larga em 5º com a outra moto da Petronas. Stefan Bradl fez sua melhor classificação e tem tudo para fazer a melhor corrida do ano, completando a 2ªfila.

Mesmo caindo no Q2, Johann Zarco ainda teve força para ficar na 7ªposição, abrindo a 3ªfila do grid, que terá Marevick Viñales e Pol Espargaró. Completando os 12 primeiros colocados, Alex Rins, Takaagi Nakagami e Andrea Dovizioso.  

Fotos:

Grid de Largada
GP de Portugal – Moto GP

posPilotoEquipeMotoTempo
188Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’38.892
221Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’38.936
343Jack MillerPramac RacingDucati1’39.038
435Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’39.156
520Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.199
66Stefan BradlRepsol Honda TeamHonda1’39.204
75Johann ZarcoEsponsorama RacingDucati1’39.238
812Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.260
944Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.284
1042Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.467
1130Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’39.531
124Andrea DoviziosoDucati TeamDucati1’39.587
1333Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.390
1441Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’39.762
1563Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’40.019
1673Álex MárquezRepsol Honda TeamHonda1’40.049
1746Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’40.058
189Danilo PetrucciDucati TeamDucati1’40.091
1932Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.174
2036Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.290
2153Tito RabatEsponsorama RacingDucati1’40.427
2282Mika KallioRed Bull KTM Tech 3KTM1’41.753

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Classificação do GP de Teruel – MotoGP

Na repescagem da classificação da MotoGP, a Ducati vivia de novo o terror de ter suas 6 motos no Q1, definitivamente as motos italianas não se deram bem em Aragón. Brad Binder marcou na sua primeira volta em 1:48.333, colocando meio segundo sobre Francesco Bagnaia da Pramac. Andrea Dovizioso da Ducati, Esteve Rabat (Avintia) e Bradley Smith (Aprilla) completavam os 5 primeiros com 4 minutos da repescagem.

A 9 minutos do final, Jack Miller fez uma brilhante volta e passou a ser o líder. Os irmãos Espargaró vinham em 2º e 3ºlugar, com vantagem de 2 milésimos a favor de Pol sobre Aleix. Dovizioso caiu para 4º, estava a 23 milésimos atrás do 2ºcolocado e Zarco completava os 5 primeiros colocados. Binder foi para os boxes, assim como outros pilotos, enquanto que Bagnaia tentou mais uma volta para melhorar sua volta, mas não passou da 7ªposição.

Na metade da sessão, a briga das 2 vagas ainda estava aberto. A menos de 7 minutos do final, todo mundo começou a voltar para a pista.

Binder e Pol Espargaró vinham com ótimas parciais na primeira parte, mas perderam tempo nos setores seguintes. Ainda assim, o sul-africano melhorou para 4ªposição. Pol tentou uma nova volta e acabou marcando o melhor tempo a 30 segundos do final, com 1:47.071.

Dovizioso chegou a fazer a terceira melhor marca, mas não foi além disso. Um dos candidatos ao título foi superado por Stefan Bradl, em seu primeiro treino decente com a Honda Repsol. Com o cronometro zerado, Aleix Espargaró tira Jack Miller da 2ªposição, mas logo depois, em questão de segundos, Johann Zarco passa a frente do piloto da Aprilla e leva a Ducati de 2019 da Avinta para o Q2. Pol Espargaró é o mais rápido da repescagem.

As Ducati de 2020 foram muito mal, desespero para Andrea Dovizioso que iria largar na 17ªposição, bem longe dos primeiros lugares. Aleix Espargaró ficou em uma boa terceira posição, largar em 13º com a Aprilla de hoje é algo respeitável.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
144Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’47.071
25Johann ZarcoEsponsorama RacingDucati1’47.303
341Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’47.372
443Jack MillerPramac RacingDucati1’47.394
533Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’47.478
66Stefan BradlRepsol Honda TeamHonda1’47.585
74Andrea DoviziosoDucati TeamDucati1’47.747
863Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’47.759
99Danilo PetrucciDucati TeamDucati1’47.855
1053Tito RabatEsponsorama RacingDucati1’48.114
1138Bradley SmithAprilia Racing Team GresiniAprilia1’48.402

Começa a fase final da sessão de Classificação, O Japonês Takaagi Nakagami nunca teve um momento tão bom como esse, nunca teve uma chance tão grande de conquistar uma pole e uma vitória. Os pilotos foram para a pista aos poucos, sendo que Alex Rins foi o primeiro a sair e o primeiro a completar a volta. Uma volta que não foi nada boa, longe disso, pois logo acabou sendo superado pelo Pol Espargaró da KTM e Miguel Oliveira da Tech 3.

A 10:45 do final, Nakagami passa para a ponta com 1:48.139. Porém, Marevick Viñales superou o nipônico da LCR e se mostrou um adversário duro de ser superado, com 1:47.908. Isso foi a primeira volta.

Rins numa volta lançada, marcou tempo para a pole position, com 1:47.593. Porém, o piloto da Suzuki não ficou muito tempo na frente. Nakagami superou em meio segundo o tempo do vencedor da prova passada. Zarco passou para segundo e Fabio Quartararo da Petronas passou para a terceira posição a 8 minutos e meio do final da sessão. 30 segundos depois, Franco Morbidelli sobe para 2º.

Rins faz a terceira tentativa, nessa tentativa o piloto da Suzuki foi feliz e subiu para a 5ªposição. Os outros já estavam a caminho dos boxes. A primeira fila seria formada por Nakagami, Morbidelli e Zarco. Quartararo vinha em 4º seguido de Rins, Crutchlow, Viñales, Lecuona, Oliveira, Pol Espargaró, Alex Marquez e Joan Mir. O líder do campeonato não aparecia na briga pela pole.

Nakagami estava apenas 46 milésimos a frente de Morbidelli. A 5 minutos do final, Nakagami volta para a pista, Começava a parte final do Q2, os últimos a saírem eram Viñales e Pol Espargaró. 

O quadro em relação a pole não mudou, pelo contraio, Nakagami acabou pulverizando os sonhos dos seus concorrentes de tirar a pole das mãos deles. Com 1:46.882, o japonês conquistou a primeira pole position da carreira e a primeira pole de um piloto Nipônico desde de 2004. Quem completa a primeira fila é o Ítalo-brasileiro Franco Morbidelli da Petronas e Alex Rins que acabou conquistando um belíssimo 3ºtempo com sua moto da Suzuki.

Marevick Viñales acabou ficando de fora da primeira fila, mesmo com seu esforço, o piloto da Yamaha Oficial (Ainda desfalcada de Valentino Rossi) vai largar na 4ªposição. Na frente de Johann Zarco, o melhor piloto da Ducati no grid, com o modelo de 2019 mostra o quanto a moto de 2020 da Ducati é bem complicada. O piloto da Avintia vai largar na 5ªposição e Fabio Quartararo não foi além da 6ªposição.

Cal Crutchlow da LCR Honda abre a terceira fila, que vai ser composta por Miguel Oliveira da Tech 3 e Pol Espargaró da KTM. Na quarta fila vão largar Alex Marquez da Honda Repsol, Iker Lecuona da Tech 3 e Joan Mir da Suzuki. O líder do campeonato acabou decepcionando e vai partir da 12ªposição.

Fotos:

Grid de largada do GP de Teruel
12ªEtapa do Mundial de Motovelocidade

posPilotoEquipeMotoTempo
130Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’46.882
221Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’46.945
342Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’47.155
412Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’47.241
55Johann ZarcoEsponsorama RacingDucati1’47.297
620Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha1’47.326
735Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’47.377
888Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’47.509
944Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’47.519
1073Álex MárquezRepsol Honda TeamHonda1’47.603
1127Iker LecuonaRed Bull KTM Tech 3KTM1’47.621
1236Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’47.642
1341Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’47.372
1443Jack MillerPramac RacingDucati1’47.394
1533Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’47.478
166Stefan BradlRepsol Honda TeamHonda1’47.585
174Andrea DoviziosoDucati TeamDucati1’47.747
1863Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’47.759
199Danilo PetrucciDucati TeamDucati1’47.855
2053Tito RabatEsponsorama RacingDucati1’48.114
2138Bradley SmithAprilia Racing Team GresiniAprilia1’48.402

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

MotoGP – GP da Catalunha

Na Catalunha, um gigante domínio da Yamaha e principalmente da Petronas, com a pole de Franco Morbidelli e vitória de Fabio Quartararo, que volta a liderança do Mundial.

Classificação do Sábado, Líder do campeonato, Andrea Dovizioso foi um dos primeiros a entrar na pista, seguido de Alex Rins e Estebe Rabat. Dovi não acerta a primeira volta e decide abortar ela. Já Alex Rins não abortou sua volta e acabou marcando 1:40.469 a 11:30 do final, muito na frente de Rabat. Iker Lecuona passou a ser o segundo colocado, superando Francesco Bagnaia a 11 minutos do final da sessão.

A 9:45 do final da sessão de repescagem, Dovizioso em sua primeira volta rápida passou para a ponta com 1:40.467. Porém, um recuperado Cal Crutchlow subiu para a ponta com 1:40.124. Miller que vinha em volta rápida perdeu tempo e só marcou o 8ºtempo.

Os dois pilotos da Pramac foram para uma terceira tentativa seguida. Nessa volta é que Miller andou rápido e passou para a ponta, baixando da casa do 1 minuto e 40 segundos (1:39.705). Francesco Bagnaia não repetiu o mesmo bom desempenho de Miller e ficou com o 4ºtempo. Quem surpreendeu foi Aleix Espargaró marcando o segundo tempo, tomando a vaga de Crutchlow e empurrando Dovizioso para a 5ªposição.

A 6 minutos e 30 segundos do final, Dovizioso volta a pista. Nos dois minutos seguintes, todos os 12 pilotos estavam na pista em sua segunda e última tentativa de voltas. Não tivemos melhoras na classificação, até que a 2 minutos e 20 segundos do final, Takaagi Nakagami passou para a 5ªposição.

Miller em busca de garantir a classificação acabou marcando o tempo de 1:39.399 a 1 minuto e 15 segundos do final. Alex Rins passou a ser o segundo após uma volta muito boa. Nakagami superou Crutchlow e ficou perto do tempo de Rins a 40 segundos do final.

Porém o Japonês não se contentou com seu tempo e foi para uma última tentativa, dessa vez, o piloto da LCR Honda acabou superando Rins e levou a 2ªvaga de classificação, salvando a Honra da Honda. Andrea Dovizioso acabou não arranjando nada no final e acabou ficando na 7ªposição, tendo que largar na 17ªposição na corrida de domingo.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
143Jack MillerPramac RacingDucati1’39.399
230Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’39.547
342Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.751
463Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’39.777
541Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’39.973
635Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’39.988
74Andrea DoviziosoDucati TeamDucati1’40.109
873Álex MárquezRepsol Honda TeamHonda1’40.164
927Iker LecuonaRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.490
106Stefan BradlRepsol Honda TeamHonda1’40.721
1138Bradley SmithAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.838
1253Tito RabatEsponsorama RacingDucati1’41.013

Com sua moto Yamaha da Petronas, Franco Morbidelli foi o primeiro a entrar na pista na fase final de classificação. Sem aglomerações, os 12 pilotos entraram na pista aos poucos sendo Quartararo o último a entrar na pista. Quase todos os pilotos estavam usando pneus macios nas duas rodas, com alguns usando pneus médios em uma das rodas.

Morbidelli acabou fazendo um tempo alto demais, O outro piloto da Petronas acabou perdendo a volta, Quartararo passou reto na curva 10. Enquanto que Rossi a 10:50 do final, passou para a pole com 1:39.851 e 10 segundos depois, foi a vez de Viñales marcar o melhor tempo com 1:39.655. Morbidelli, Mir e Nakagami completavam os 5 primeiros colocados.

Franco Morbidelli baixou muito seu tempo anterior na segunda volta, passando para a ponta a 9:50 do final com 1:39.110. Enquanto que Miguel Oliveira acabou indo para o chão na curva 10. A menos de 8 minutos do final da sessão, Jack Miller passou para segunda posição ao marcar 1:39.225. Johann Zarco marcou o 3ºTempo e Pol Espargaró o 5ºtempo, ficando atrás de Marevick Viñales.

Fabio Quartararo ainda não tinha feito sua volta rápida, acabou tendo problemas nas duas voltas. O Francês voltou a pista a 6:30 do final da Classificação, assim como outros pilotos que saíram aos poucos dos seus boxes para a pista.

A 3:23 do final, Quartararo marca o segundo melhor tempo com 1:39.193, Viñales não consegue acompanhar o piloto da Petronas e marca o 4ºtempo. A 2 minutos do final, os 4 pilotos da Yamaha brigavam pela pole position.

A 1 minuto e 40 segundos do final, Quartararo tomou a ponta com 1:39.008. 10 segundos depois, Rossi marcou o 2ºtempo 121 milésimos mais lento que o piloto francês. Mas ainda teríamos uma última volta para todo mundo. Foi nessa volta final que Morbidelli brilhou e acabou marcando o tempo de 1:38.798 e marcou a pole position no GP da Catalunha. Liderando o pleno domínio dos pilotos da Yamaha. Seu companheiro de equipe Fabio Quartararo larga em 2º, Valentino Rossi da equipe oficial da Yamaha em 3º e deixando um pouco a desejar, Marevick Viñales larga em 5ºlugar, atrás de Jack Miller da Pramac, que ficou em uma honrosa 4ªposição.

Johann Zarco levou a Avintia a um belo resultado de classificação, colocando a Ducati de 2019 na 6ªposição, fechando a 2ªfila. Na 3ªfila vão largar: Pol Espargaró da KTM, Joan Mir da Suzuki e Danilo Petrucci da equipe oficial da Ducati. Completando os 12 primeiros colocados: Brad Binder da KTM, Takaaki Nakagami da LCR Honda e Miguel Oliveira da Tech 3.

Fotos:

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
121Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’38.798
220Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.008
346Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.129
443Jack MillerPramac RacingDucati1’39.225
512Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.371
65Johann ZarcoEsponsorama RacingDucati1’39.378
744Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.495
836Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.628
99Danilo PetrucciDucati TeamDucati1’39.641
1033Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’39.659
1130Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’39.713
1288Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.188
1342Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.751
1463Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’39.777
1541Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’39.973
1635Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’39.988
174Andrea DoviziosoDucati TeamDucati1’40.109
1873Álex MárquezRepsol Honda TeamHonda1’40.164
1927Iker LecuonaRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.490
206Stefan BradlRepsol Honda TeamHonda1’40.721
2138Bradley SmithAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.838
2253Tito RabatEsponsorama RacingDucati1’41.013

No domingo, tivemos o domínio dos pilotos da Yamaha numa tarde de tempo nublado na Catalunha. Franco Morbidelli, o pole position largou bem e manteve a ponta, quem largou muito bem foi Jack Miller que pulou para segunda posição, com Rossi e Quartararo em 3º e 4ºlugares. Na segunda curva da prova, Zarco acabou caindo e Dovizioso não pode se quer desviar, ambos acabaram deixando a corrida. Para o piloto da Ducati foi um fim de semana para esquecer.

Antes do termino da primeira volta, Rossi e Quartararo reagiram e superaram o piloto da Pramac. Já Marevick Viñales largou muito mal e caiu para a 16ªposição. Morbidelli, Rossi, Quartararo, Miller e Mir são os 5 primeiros colocados. Alex Rins ganhou 7 posições, subindo da 13ª para a 6ªposição. Outro piloto que subiu bastante foi Aleix Espargaró, pulando da 16ª para a 10ªposição, resistindo aos ataques de Miguel Oliveira e Takaaki Nakagami.

Valentino Rossi tentou se aproximar de Quartararo trazendo com ele Fabio Quartararo. Na 6ªVolta, o piloto francês superou Rossi e assumiu a segunda posição. Mais atrás, Alex Rins briga com Pol Espargaró em busca da 6ªposição. O piloto da Suzuki superou Pol na 7ªVolta ganhando a 6ªposição. Danilo Petrucci, Francesco Bagnaia e Miguel Oliveira se aproximaram do piloto da KTM, formando um grupo entre a 7ª a 10ªposição.

Quartararo chegou em Morbidelli e sem perder muito tempo, na 9ªVolta, o francês supera seu companheiro de equipe passando para a liderança. O ítalo-brasileiro vinha disposto a recuperar a liderança das mãos de Quartararo para a suas mãos. Juntamente de Rossi que vinha em 3º, os 3 pilotos com a Moto Yamaha vinham com boa vantagem para Miller e Mir. Ao contraio de Viñales, na 15ªposição, bem mal na corrida, sofrendo para marcar ponto.

Danilo Petrucci passou Pol Espargaró, que ao buscar superar o piloto oficial da Ducati acabou indo para o chão e deixando a corrida na 13ª volta.

A 11 voltas do final, Franco Morbidelli erra a curva 1 e perde a 2ªposição para Valentino Rossi. Duas voltas depois, Rossi que tentava alcançar Quartararo vai para o chão e abandona, perdendo a chance de conquistar o primeiro pódio na temporada. Ao mesmo tempo, Joan Mir superou Jack Miller passando para 3ªposição. A moto da Suzuki tinha desempenho melhor na parte final de prova.

Quartararo vinha com a corrida nas mãos, com 3 segundos de frente para Morbidelli, o ítalo-brasileiro começava a ser Joan Mir se aproximar. Enquanto isso, Francesco Bagnaia passou Danilo Petrucci e ganhou a 6ªposição, Logo atrás vinha Nakagami em uma digna 8ªposição.

A 5 voltas do final, Rins vai para cima de Miller, não demora muito para o piloto da Suzuki supera o australiano e sobe para a 4ªposição. Ao mesmo tempo, Mir já vinha chegando em Morbidelli que estava sem pneus. Na penúltima volta, Mir leva a segunda posição de Morbidelli que fica na alça de mira de Rins. Na curva 10 da penúltima volta, Rins assume a 2ªposição.

Fabio Quartararo levou tranquilo sua moto até a bandeira, para a terceira vitória do francês na carreira e na temporada, voltando a liderar o campeonato com 108 pontos. O pódio foi completado pelos dois pilotos da Suzuki. Grande corrida de Joan Mir e de Alex Rins, mostrando a qualidade da Ciclística da Suzuki. Franco Morbidelli acabou ficando com a 4ªposição, perdendo no final a chance de subir ao pódio pela terceira vez no ano.

Jack Miller acabou ficando com a 5ªposição, mas muito pressionado pelo companheiro de equipe Francesco Bagnaia e pelo Japonês Takaagi Nakagami, o melhor piloto da Honda nessa temporada. Danilo Petrucci em mais uma exibição abaixo da média fica em 8ºlugar, numa Ducati sem direção, sem rota nessa temporada.

Porém, nada foi pior que a desastrosa prova de Marevick Viñales que não conseguiu fazer uma recuperação minimamente decente, ficando em uma lamentável 9ªposição. Cal Crutchlow completou os 10 primeiros colocados, seu melhor resultado do ano, numa temporada bem ruim do piloto britânico.

Brad Binder (KTM), Aleix Espargaró (Aprilla), Alex Marquez (Respol Honda), Iker Lecuona (tech 3) e Estebe Rabat (Avintia) sem muito destaque completaram a zona de pontuação.

Fotos:

Resultado final do GP da Catalunha – Moto GP
Mundial de Motovelocidade

posPilotoEquipeMotoTempo
120Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha40’33.176
236Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 0.928
342Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 1.898
421Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 2.846
543Jack MillerPramac RacingDucatia 3.391
663Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 3.518
730Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 3.671
89Danilo PetrucciDucati TeamDucatia 6.117
912Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 13.607
1035Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 14.483
1133Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 14.927
1241Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 15.647
1373Álex MárquezRepsol Honda TeamHondaa 17.327
1427Iker LecuonaRed Bull KTM Tech 3KTMa 27.066
1553Tito RabatEsponsorama RacingDucatia 27.282
1638Bradley SmithAprilia Racing Team GresiniApriliaa 28.736
176Stefan BradlRepsol Honda TeamHondaa 32.643
88Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 6 voltas
46Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 9 voltas
44Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 12 voltas
5Johann ZarcoEsponsorama RacingDucatia 24 voltas
4Andrea DoviziosoDucati TeamDucatia 24 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Francês Fabio Quartararo confirma favoritismo e conquista pole em Valencia

1ºlugar nos três treinos livres, Claro que Fabio Quartararo iria ser o favorito a pole position. A bola já tava cantada para o piloto da Petronas que não decepcionou e acabou levando a pole position, Num treino muito disputado entre ele, Marquez, Viñales e Jack Miller.

Na repescagem, Rins era o grande favorito para uma das 2 vagas para o Q2, Pol e Aleix Espargaró e Johann Zarco eram os candidatos naturais para a outra vaga. Desde da primeira volta, Rins estava na frente, Na primeira e na segunda volta, o piloto da Suzuki era o primeiro colocado. Já Pol Espargaró com a KTM estava em 2ºlugar. Zarco, Pirro e Aleix Espargaró vinham logo a seguir.

Jorge Lorenzo se esforça para tentar melhorar seu tempo, A 5 minutos do final, conseguiu melhorar para o 4ºlugar em seu último treino da carreira. O Momento de definição estava chegando, Mas para Abraham o treino acabou mais cedo quando ele foi para o chão a minutos do final.

A 1 minuto e 20 segundos do final, Pol Espargaró leva a sua KTM ao limite para assumir a liderança, Com 1:30.593. Rins com risco de ser eliminado por Zarco e Pirro, O piloto da Suzuki acabou fazendo uma bela volta e retorna a 1ªposição (Dessa vez em definitivo) 5 milésimos a frente de Pol Espargaró. Os dois acabaram classificados e foram para o Q2.

Johann Zarco acabou com o 3ºlugar e vai largar em 13ºlugar em sua terceira e última chance pela LCR Honda. Michele Pirro vai largar em 14º. O piloto de testes da Ducati usa componentes para a Moto de 2020. Aleix Espargaró com a Aprilla e Jorge Lorenzo completam os 6 primeiros colocados no Q1. Iker Lecuona que estreia na motoGP, vai largar em um bom 19ºlugar, levando em conta que ele só teve 2 dias de conhecimento com essa moto da KTM.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
142Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’30.538
244Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’30.543
35Johann ZarcoLCR Honda IDEMITSUHonda1’30.826
451Michele PirroDucati TeamDucati1’30.949
541Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’30.972
699Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHonda1’31.295
782Mika KallioRed Bull KTM Factory RacingKTM1’31.383
853Tito RabatReale Avintia RacingDucati1’31.507
927Iker LecuonaRed Bull KTM Tech 3KTM1’31.658
1029Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniAprilia1’31.714
1117Karel AbrahamReale Avintia RacingDucati1’31.815
1255Hafizh SyahrinRed Bull KTM Tech 3KTM1’31.839

No começo da parte final da classificação da categoria principal, Os pilotos foram para a pista aos pontos, Muito diferente do que acontece com a Moto 2 e principalmente com a Moto 3.

Na primeira rodada de voltas rápidas, A liderança passou nas mãos de 4 pilotos: Morbidelli, Rossi e Marquez. Dai veio Miller e triturou todo mundo, fazendo uma bela volta de 1:30.405, A menos de 11 minutos do final, Viñales supera Miller e assume a liderança. Marquez foi para nova volta rápida fazendo tudo certo nas 3 primeiras parciais, Mas na última parcial acaba perdendo tempo e ficou com o 2ºlugar.

A 9 minutos do final, Fabio Quartararo fez 1:30.235, assumiu a liderança. Já Franco Morbidelli acabou errando e indo para a caixa de brita (Quase atolando nela) Na metade do Q2, Quartararo tinha 130 milésimos de vantagem para o Espanhol Marevick Viñales que vinha em 2ºlugar.

A 5 minutos do final, Os pilotos saíram aos poucos para fazerem suas voltas finais. Os rivais Fabio Quartararo da Petronas e Marevick Viñales da Yamaha foram os últimos a saírem dos boxes para a pista. Apesar de ter menos moto, Pol Espargaró conseguiu uma boa melhora e subiu para o 6ºlugar. Apesar de Marquez não ter permitido a Miller que pegasse seu vácuo o Australiano acabou fazendo uma grande volta e a 2 minutos do final assumiu a liderança com 1:30.086 a 2 minutos do final.

A Pramac estava com a chance de ter a primeira pole do ano com o Australiano, Mas a 1 minuto e 40 segundos do final, Quartararo acabou colocando Miller no Bolso e assumiu a liderança. Marquez passou para o segundo lugar, Bem perto do tempo do piloto da Petronas.

Na volta final, Quartararo com 1:29.978 confirma a sua 6ªpole na temporada, confirmando a sua liderança nos treinos livres e seu favoritismo nessa classificação. O piloto da Petronas vai largar na frente, Com Marc Marquez largando em 2ºlugar, com 32 Milésimos atrás de Fabio Quartararo. A primeira fila ser completada por Jack Miller, que esta disposto a fazer uma bela última prova dessa temporada.

A segunda fila será aberto pelo espanhol Marevick Viñales da Yamaha, Pelo companheiro de Quartararo, O Ítalo-brasileiro Franco Morbidelli e completando a 2ªfila, o piloto da Ducati oficial Andrea Dovizioso.

A Suzuki terá seus dois pilotos na terceira fila, Com Joan Mir em 7º e Alex Rins em 8º. Cal Crutchlow completa a terceira fila. Fechando os 12 primeiros, Na quarta fila largam Danilo Petrucci que mais uma vez deve fazer uma corrida bem meia boca, Pol Espargaró que só de levar a KTM para o Q2 já se pode significar missão cumprida e Valentino Rossi larga em 12º, O Italiano não se encontrou na classificação, Infelizmente.

Amanhã, A partir das 10 da manhã teremos a etapa de encerramento do Campeonato Mundial de Motovelocidade. A principal disputa esta no Mundial de equipes. Uma disputa entre a Ducati e a Honda Repsol pelo titulo, Ducati e Honda Repsol estão separadas por apenas 2 pontos de distância.

Fotos:

Grid de largada da última etapa da Moto GP
GP de Valencia

pospilotoequipemototempo
120Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha1’29.978
293Marc MárquezRepsol Honda TeamHonda1’30.010
343Jack MillerPramac RacingDucati1’30.086
412Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’30.178
521Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’30.449
64Andrea DoviziosoDucati TeamDucati1’30.511
736Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’30.573
842Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’30.595
935Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’30.726
109Danilo PetrucciDucati TeamDucati1’30.771
1144Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’30.908
1246Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’30.954
135Johann ZarcoLCR Honda IDEMITSUHonda1’30.826
1451Michele PirroDucati TeamDucati1’30.949
1541Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’30.972
1699Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHonda1’31.295
1782Mika KallioRed Bull KTM Factory RacingKTM1’31.383
1853Tito RabatReale Avintia RacingDucati1’31.507
1927Iker LecuonaRed Bull KTM Tech 3KTM1’31.658
2029Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniAprilia1’31.714
2117Karel AbrahamReale Avintia RacingDucati1’31.815
2255Hafizh SyahrinRed Bull KTM Tech 3KTM1’31.839

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP