GP da Tailândia – Mundial de Motovelocidade 2023 – 17ªEtapa da Moto 2

No circuito Internacional de Chang na Tailândia tivemos a 17ªetapa do Mundial de Motovelocidade que aconteceu nos dias 28 e 29 de outubro. Na moto 2, Pedro Acosta que lidera o campeonato tem sua primeira chance de definir o campeonato, Bastava que o piloto da Ajo terminasse a prova do domingo com 75 pontos de vantagem para Tony Arbolino que vem de vitória na Austrália, mas uma vitória com meia pontuação já que a corrida teve poucas voltas.

Resultado dos Treinos Livres:

pos. Piloto Equipe Moto Modelo Tempo
1 37 Pedro Acosta Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2 1’35.297
2 54 Fermín Aldeguer Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23 1’35.793
3 11 Sergio Garcia Pons Wegow Los40 Kalex Moto2 1’35.990
4 24 Marcos Ramirez OnlyFans American Racing Kalex Moto2 1’35.999
5 96 Jake Dixon Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 1’36.080
6 75 Albert Arenas Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2 1’36.095
7 40 Aron Canet Pons Wegow Los40 Kalex Moto2 1’36.124
8 13 Celestino Vietti Fantic Racing Kalex Moto2 1’36.167
9 52 Jeremy Alcoba QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 1’36.170
10 21 Alonso Lopez Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23 1’36.183
11 71 Dennis Foggia Italtrans Racing Team Kalex Moto2 1’36.185
12 35 Somkiat Chantra IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’36.194
13 84 Zonta VD Goorbergh Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 1’36.229
14 16 Joe Roberts Italtrans Racing Team Kalex Moto2 1’36.233
15 18 Manuel González Correos Prepago Yamaha VR46 Te Kalex Moto2 1’36.265
16 79 Ai Ogura IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’36.278
17 22 Sam Lowes Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2 1’36.382
18 28 Izan Guevara Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 1’36.428
19 15 Darryn Binder Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 1’36.460
20 12 Filip Salac QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 1’36.465
21 23 Taira Haga Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 1’36.538
22 14 Tony Arbolino Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2 1’36.585
23 3 Lucas Tulovic Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 1’36.604
24 17 Alex Escrig Forward Team Forward F2 1’36.720
25 64 Bo Bendsneyder Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 1’36.774
26 7 Barry Baltus Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 1’36.835
27 67 Albert Surra Forward Team Forward F2 1’36.917
28 33 Rory Skinner OnlyFans American Racing Kalex Moto2 1’37.130
29 5 Kohta Nozane Correos Prepago Yamaha VR46 Te Kalex Moto2 1’37.502
30 9 Mattia Casadei Fantic Racing Kalex Moto2 1’37.629

Classificados para o Q2 direto:

Piloto Equipe Moto Modelo
37 Pedro Acosta Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2
54 Fermín Aldeguer Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23
11 Sergio Garcia Pons Wegow Los40 Kalex Moto2
24 Marcos Ramirez OnlyFans American Racing Kalex Moto2
96 Jake Dixon Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2
75 Albert Arenas Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2
40 Aron Canet Pons Wegow Los40 Kalex Moto2
13 Celestino Vietti Fantic Racing Kalex Moto2
52 Jeremy Alcoba QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2
21 Alonso Lopez Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23
71 Dennis Foggia Italtrans Racing Team Kalex Moto2
35 Somkiat Chantra IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2
84 Zonta VD Goorbergh Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2
16 Joe Roberts Italtrans Racing Team Kalex Moto2

Disputam a repescagem:

Piloto Equipe Moto Modelo
18 Manuel González Correos Prepago Yamaha VR46 Te Kalex Moto2
79 Ai Ogura IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2
22 Sam Lowes Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2
28 Izan Guevara Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2
15 Darryn Binder Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2
12 Filip Salac QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2
23 Taira Haga Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2
14 Tony Arbolino Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2
3 Lucas Tulovic Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2
17 Alex Escrig Forward Team Forward F2
64 Bo Bendsneyder Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2
7 Barry Baltus Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2
67 Albert Surra Forward Team Forward F2
33 Rory Skinner OnlyFans American Racing Kalex Moto2
5 Kohta Nozane Correos Prepago Yamaha VR46 Te Kalex Moto2
9 Mattia Casadei Fantic Racing Kalex Moto2

Não se classificando para o Q2 diretamente e vendo Pedro Acosta já no Q2, Tony Arbolino precisava de todo o modo classificar para o Q2 para evitar que as chances de Pedro Acosta levar o título na Tailândia aumentassem.

Os primeiros a saírem foram pilotos que geralmente não conseguem chegar ao Q2, com exceção de Manuel González da Yamaha VR46 entraram na pista nos primeiros segundos. Os outros ficaram esperando por quase 2 minutos, entre eles estava Tony Arbolino que era o grande favorito a conquistar uma das quatro vagas para o Q2. Ai Ogura, Izan Guevara, Filip Salac e Lucas Tulovic só saíram com 3 minutos de sessão.

Pouco depois, Manuel González marca o melhor tempo com 1:36.200, um décimo a frente de Alex Escrig da Forward.

Com 5:10 de sessão, Sam Lowes marcou 1:35.884 foi para a liderança, sem companheiro de equipe na Marc VDS, Tony Arbolino com 1:36.218 foi para a terceira posição ficando a frente de Barry Baltus da RW Racing. 30 segundos depois, Filip Salac da Gresini baixou o tempo da primeira posição para 1:35.823 após pegar o vácuo de Ai Ogura que acabou marcando o 5ºtempo. Salac, Lowes, González e Arbolino estavam na zona de classificação.

Tony Arbolino faz uma volta melhor (1:35.835) a 8:10 do final do Q1 e sobe para a 2ªposição. Manuel González chegou a melhorar seu tempo, mas não conseguiu melhorar o seu posicionamento, com a subida de Arbolino o piloto da Yamaha VR46 ficou na bolha. O piloto espanhol acabou saindo da zona de classificação para o Q2 logo após o japonês Ai Ogura marcar o tempo de 1:35.941 na metade da sessão. Izan Guevara subiu para a sexta posição.

Faltando 4:30 para o término do Q1, Izan Guevara passou para a quarta posição com 1:35.901 e tira Ogura da zona de classificação. A partir dai praticamente ninguém conseguiu melhorar marca nenhuma. Ogura e González ficaram de fora do Q2. Passaram para a fase final da classificação: Filip Salac da Gresini, Tony Arbolino e Sam Lowes da Marc VDS e Izan Guevara da Aspar Martinez que consegue pela primeira vez na temporada seguir para a reta final da classificação.

Resultado do Q1:

pos. Piloto Equipe Moto Modelo Tempo
1 12 Filip Salac QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 1’35.823
2 14 Tony Arbolino Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2 1’35.835
3 22 Sam Lowes Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2 1’35.884
4 28 Izan Guevara Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 1’35.901
5 79 Ai Ogura IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’35.941
6 18 Manuel González Correos Prepago Yamaha VR46 T Kalex Moto2 1’35.957
7 64 Bo Bendsneyder Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 1’36.154
8 7 Barry Baltus Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 1’36.175
9 17 Alex Escrig Forward Team Forward F2 1’36.300
10 23 Taiga Hada Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 1’36.330
11 15 Darryn Binder Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 1’36.459
12 3 Lukas Tulovic Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 1’36.552
13 67 Alberto Surra Forward Team Forward F2 1’36.834
14 9 Mattia Casadei Fantic Racing Kalex Moto2 1’37.019
15 5 Kohta Nozane Correos Prepago Yamaha VR46 T Kalex Moto2 1’37.023
16 33 Rory Skinner OnlyFans American Racing Kalex Moto2 1’37.358

A grande maioria dos 18 concorrentes a pole position saíram nos primeiros segundos de sessão, entre eles estava Pedro Acosta que poderia até mesmo conquistar o título ao final da etapa de Chang.

Filip Salac acabou indo ao chão na primeira parte da sua primeira tentativa de volta, o piloto da Gresini não conseguiu voltar para a disputa da classificação. Após a primeira tentativa de volta, o espanhol Marcos Ramirez da American Racing marca o melhor tempo com 1:36.012 com 3:30 de sessão e na volta seguinte Ramirez melhora sua marca para 1:35.823, ao mesmo tempo em que Pedro Acosta, Albert Arenas e outros pilotos voltaram para os boxes. Alonso Lopez e Fermín Aldeguer marcaram a segunda e terceira marcas. E Sergio Garcia completava os Top 5.

Com 5:30 de sessão, Somkiat Chantra o piloto da casa marcou 1:35.897 e pulou para a segunda posição. Tony Arbolino por sua vez foi para 4ªposição com 1:35.963. Acosta e Arenas voltaram para a pista.

Com 6:30 do final, Fermín Aldeguer toma a liderança com 1:35.596, uma ótima marca para o piloto da Speed UP que esta em alta nesse final de temporada. Marcos Ramirez caiu para segundo e Somkiat Chantra caiu para 3ªposição, mas ainda na primeira fila. Alonso Lopez, Tony Arbolino e Sergio Garcia estavam formando a segunda fila e depois vinham VD Goodbergh, Guevara, Alcoba e Lowes.

A 6:10 do final, Albert Arenas foi para a 4ªposição com 1:35.892. Na volta seguinte a 4:35 do final, Albert Arenas pulou para a segunda posição (1:35.690) seguido de Somkiat Chantra (1:35.788) e Pedro Acosta (1:35.806) jogando Ramirez para a 5ªposição. Acosta que passou a estar na 4ªposição estava 3 posições a frente de Tony Arbolino.

Não satisfeito, Pedro Acosta foi para mais uma volta rápida, a 3 minutos do final da sessão, o líder do campeonato passou a liderar o Q2 com um impressionante último setor que o ajudou a marcar o tempo de 1:35.548. Canet subiu para a 4ªposição e Jake Dixon subiu para a 9ªposição.

A 40 segundos do final, Fermín Aldeguer marcou o estupendo tempo de 1:35.371. O piloto da Speed UP sacramentou a pole position e vai largar na ponta no Circuito Internacional de Chang buscando a segunda vitória na temporada. Pedro Acosta larga em 2º e se aproxima mais do título da categoria intermediária, piloto da Ajo Motorsports tem posição muito favorável em relação ao seu único adversário na disputa pelo título. Tony Arbolino vai partir apenas na 8ªposição, piloto da Marc VDS terá de lutar para buscar ficar na frente do piloto da Ajo para manter suas chances de título. A primeira fila será completada por Albert Arenas com a outra moto da Ajo Motorsports.

Aron Canet da Pons abre a segunda fila na 4ªposição, a frente do tailandês Somkiat Chantra da Honda Asia Team. Espera-se muito do piloto da casa nesse final de semana, até mesmo uma vitória que seria para delírio dos torcedores tailandeses. Marcos Ramirez completa a segunda fila, é impressionante como o piloto espanhol se adaptou rapidamente a American Racing, isso depois de correr pela Forward Racing na primeira metade da temporada e também demonstra o quanto a Forward é uma equipe ruim e o quando Sean Dylan Kelly e Rory Skinner eram pilotos muito fracos.

Alonso Lopez com a outra Boscoscuro larga na 7ªposição e abre a 3ªfila seguido de Tony Arbolino da Marc VDS que terá uma missão difícil para tentar supera Pedro Acosta que esta em um momento melhor. Jake Dixon completa a terceira fila. Joe Roberts da Italtrans, Sergio Garcia da Pons e Celestino Vietti da Fantic compõem e 4ªfila.

Grid de Largada:

pos. Piloto Equipe Moto Modelo Tempo
1 54 Fermín Aldeguer Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23 1’35.371
2 37 Pedro Acosta Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2 1’35.548
3 75 Albert Arenas Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2 1’35.690
4 40 Aron Canet Pons Wegow Los40 Kalex Moto2 1’35.710
5 35 Somkiat Chantra IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’35.788
6 24 Marcos Ramirez OnlyFans American Racing Kalex Moto2 1’35.823
7 21 Alonso Lopez Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23 1’35.928
8 14 Tony Arbolino Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2 1’35.963
9 96 Jake Dixon Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 1’35.965
10 16 Joe Roberts Italtrans Racing Team Kalex Moto2 1’35.970
11 11 Sergio Garcia Pons Wegow Los40 Kalex Moto2 1’35.973
12 13 Celestino Vietti Fantic Racing Kalex Moto2 1’36.039
13 52 Jeremy Alcoba QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 1’36.044
14 22 Sam Lowes Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2  1’36.076
15 84 Zonta vd Goorbergh Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2  1’36.105
16 71 Dennis Foggia Italtrans Racing Team Kalex Moto2 1’36.228
17 28 Izan Guevara Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 1’36.229
18 12 Filip Salac QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 1’36.859
19 79 Ai Ogura IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’35.941
20 18 Manuel González Correos Prepago Yamaha VR46 T Kalex Moto2 1’35.957
21 64 Bo Bendsneyder Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 1’36.154
22 7 Barry Baltus Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 1’36.175
23 17 Alex Escrig Forward Team Forward F2 1’36.300
24 23 Taiga Hada Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 1’36.330
25 15 Darryn Binder Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 1’36.459
26 3 Lukas Tulovic Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 1’36.552
27 67 Alberto Surra Forward Team Forward F2 1’36.834
28 9 Mattia Casadei Fantic Racing Kalex Moto2 1’37.019
29 5 Kohta Nozane Correos Prepago Yamaha VR46 T Kalex Moto2 1’37.023
30 33 Rory Skinner OnlyFans American Racing Kalex Moto2 1’37.358

O domingo acabou consagrando Fermín Aldeguer que acabou conquistando sua segunda vitória na temporada em um final de semana praticamente perfeito do piloto da Speed UP. Pedro Acosta e Somkiat Chantra completaram o pódio. Tony Arbolino fez uma bela corrida de recuperação e conseguiu adiar a decisão do título para Sepang.

Fermín Aldeguer larga bem com a moto da Boscoscuro e se manteve na liderança seguido de Pedro Acosta, Marcos Ramirez, Albert Arenas, Somkiat Chantra e Alonso Lopez. Aron Canet largou mal e caiu para a 8ªposição. Ainda na primeira volta, Alberto Surra foi para o chão na curva 5.

Albert Arenas perdeu posições e caiu para a 10ªposição. Além de não ter largado bem, Aron Canet ainda queimou a largada e sofreu punição de dupla volta longa quando estava lutando pela quarta posição com Chantra e Alonso Lopez.

Na segunda volta, Arbolino perdeu posições para Celestino Vietti e Jake Dixon caindo para a 9ªposição, complicando ainda mais a situação do piloto da Marc VDS. Enquanto isso, Aldeguer, Acosta e Ramirez fugiram nas 3 primeiras posições. Na terceira volta, Taira Haga foi para o chão e abandona a corrida, acaba a sequência de bons resultados que o japonês teve nas últimas três corridas.

Canet veio com tudo para passar Alonso Lopez e acaba conseguindo a ultrapassagem, mas passa do ponto na curva e permitiu não só que o piloto da Speed UP recuperasse a posição como perdeu posição para Celestino Vietti. Canet aproveitou as perdas de posição para pagar a primeira volta longa. Após a primeira parte da punição o piloto da Pons caiu para a 11ªposição.

Na 5ªVolta, Chantra se aproximou de Marcos Ramirez buscando um lugar no pódio. Logo atrás, Jake Dixon fez uma manobra absolutamente desastrosa sobre Celestino Vietti, provocando a queda do piloto da Fantic e curvas depois provocando a queda do próprio piloto da Aspar Martinez.

No começo da 6ªVolta, Chantra ultrapassa Marcos Ramirez na 1ªreta oposta assumindo a 3ªposição. Após 6 voltas, Fermín Aldeguer vinha 1.4 segundos a frente de Pedro Acosta que vem em uma sólida segunda posição, 2 segundos a frente de Chantra. Ramirez caiu para a 4ªposição com a moto da American Racing. Alonso Lopez e Tony Arbolino completavam as 6 primeiras posições. Albert Arenas, Manuel González, Ai Ogura e Sergio Garcia completam o Top 10.

Na 8ªVolta, Sergio Garcia vai para o chão e abandona a prova, a 10ªposição passa a ser de Izan Guevara.

Na parte final da 9ªvolta, Tony Arbolino ultrapassa Alonso Lopez que dá o troco na curva 12. O piloto da Marc VDS que precisava ganhar posições para adiar o máximo possível a decisão do campeonato. No começo da volta seguinte, Arbolino passou Lopez em definitivo assumindo a 5ªposição, mas Arbolino já vinha 6.5 segundos atrás de Aldeguer e 4.4 segundos atrás de Pedro Acosta que vinha na segunda posição. Entre Acosta e Arbolino tinha Chantra e Ramirez.  Mais atrás, Aron Canet vinha na 11ªposição, logo depois de ultrapassar Jeremy Alcoba.

Na luta do pelotão intermediário, Alonso Lopez perdeu posição para Albert Arenas que pula para a 6ªposição. Logo atrás, Ai Ogura luta para manter a 8ªposição sobre o espanhol Manuel González com sua Kalex da Yamaha VR46.

Tony Arbolino chegou em cima de Marcos Ramirez. A 9 voltas do final, o vice-líder do Mundial usa toda a potência da sua moto para fazer a ultrapassagem sobre seu adversário e subir para a 4ªposição, mas depois dessa ultrapassagem, Arbolino teria de se esforçar muito e de se arriscar para tirar 3.1 segundos que Somkiat Chantra tinha de vantagem sobre o piloto da Marc VDS.

As posições no pódio naquela altura da corrida estavam consolidadas com Aldeguer, Acosta e Chantra. A disputa ficou para as posições intermediárias, com Arenas e Ogura lutando pela 6ªposição, ambos deixando Alonso Lopez para trás.

Nas voltas finais, Ogura passou Arenas e depois passou Ramirez passando para a 5ªposição.

Fermín Aldeguer largou da pole, liderou de ponta a ponta o GP da Tailândia e conquistou a sua segunda vitória na temporada e na carreira na Moto 2. Um final de semana perfeito para o piloto da Speed UP. Além disso, o chassi Boscoscuro mostra sua qualidade e competitividade a altura de lutar contra as motos da Kalex.

Com a segunda posição, Pedro Acosta fica bem perto do título da Moto 2, com seus 300,5 pontos contra 237,5 pontos de Arbolino faz com que o piloto da Ajo Motorsports só precise de uma 4ªposição para conquistar o título da categoria intermediária. Arbolino fez uma corrida de recuperação a partir do primeiro terço e acabou na 4ªposição, consegue evitar o título de Acosta na Tailândia, mas sua missão de ainda conquistar o caneco ficou mais difícil ainda. Entre os dois, Somkiat Chantra, o piloto da casa fez uma grande corrida e mereceu o pódio para delírio da torcida tailandesa que lotou o Circuito internacional de Chang para torcer pelo seu piloto.

Ai Ogura, companheiro de Chantra na Honda Asia Team fez uma ótima corrida de recuperação, da 20ªposição na largada para a 5ªposição no final da prova. Marcos Ramirez teve mais um ótimo final de semana, chegou a ficar na 3ªposição, mas acabou sendo superado por Chantra, Arbolino e Ogura e terminou o final de semana na 6ªposição, seguido de Albert Arenas com a outra moto da Ajo Motorsports e de Alonso Lopez com a Speed UP, esses dois últimos não conseguiram chegar perto do desempenho dos seus companheiros de equipe que terminaram nas duas primeiras posições.

Izan Guevara finalmente conseguiu um resultado entre os 10 primeiros colocados. O final de semana na Tailândia foi o melhor de Guevara na categoria intermediária que passou para o Q2 pela primeira vez e na corrida conseguindo uma expressiva 9ªposição, superando Manuel González  no final da corrida, o piloto da Yamaha VR46 fechou o Top 10.

Aron Canet pagou caro pela queima de largada e acabou ficando apenas na 11ªposição, foi seguido por Dennis Foggia da Italtrans, Jeremy Alcoba da Gresini, Sam Lowes da Marc VDS e Darryn Binder da Dynavolt.

Resultado final da 17ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP da Tailândia – Chang – Moto 2 – 22 Voltas

pos. Piloto Equipe Moto Modelo Tempo
1 54 Fermín Aldeguer Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23 35’20.880
2 37 Pedro Acosta Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2 a 3.481
3 35 Somkiat Chantra IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 a 9.794
4 14 Tony Arbolino Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2 a 12.923
5 79 Ai Ogura IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 a 14.451
6 24 Marcos Ramirez OnlyFans American Racing Kalex Moto2 a 14.816
7 75 Albert Arenas Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2 a 15.030
8 21 Alonso Lopez Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23 a 18.360
9 28 Izan Guevara Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 a 19.798
10 18 Manuel González Correos Prepago Yamaha VR46 T Kalex Moto2 a 20.564
11 40 Aron Canet Pons Wegow Los40 Kalex Moto2 a 20.962
12 71 Dennis Foggia Italtrans Racing Team Kalex Moto2 a 24.198
13 52 Jeremy Alcoba QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 a 25.593
14 22 Sam Lowes Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2 a 26.526
15 15 Darryn Binder Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 a 33.565
16 64 Bo Bendsneyder Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 a 33.716
17 12 Filip Salac QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 a 33.734
18 7 Barry Baltus Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 a 35.157
19 17 Alex Escrig Forward Team Forward F2 a 37.586
20 33 Rory Skinner OnlyFans American Racing Kalex Moto2 a 42.531
21 9 Mattia Casadei Fantic Racing Kalex Moto2 a 55.552
22 5 Kohta Nozane Correos Prepago Yamaha VR46 T Kalex Moto2 a 1’04.820
23 3 Lukas Tulovic Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 a 1’27.793
84 Zonta vd Goorbergh Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 a 4 voltas
11 Sergio Garcia Pons Wegow Los40 Kalex Moto2 a 15 voltas
13 Celestino Vietti Fantic Racing Kalex Moto2 a 18 voltas
96 Jake Dixon Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 a 18 voltas
16 Joe Roberts Italtrans Racing Team Kalex Moto2 a 20 voltas
23 Taiga Hada Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 a 20 voltas
67 Alberto Surra Forward Team Forward F2 a 22 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: SpeedUP, Ajo Motorsports, Honda Asia Team, Marc VDS, American Racing, Aspar Martinez, Yamaha VR46, Italtrans, Gresini, Dynavolt, RW Racing

GP da Austrália – Mundial de Motovelocidade 2023 – 16ªEtapa da Moto 2

Resultado dos Treinos Livres:

pos. Piloto Equipe Moto Modelo Tempo
1 54 Fermín Aldeguer Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23 1’32.128
2 16 Joe Roberts Italtrans Racing Team Kalex Moto2 1’32.578
3 40 Aron Canet Pons Wegow Los40 Kalex Moto2 1’32.686
4 11 Sergio Garcia Pons Wegow Los40 Kalex Moto2 1’32.708
5 37 Pedro Acosta Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2 1’32.825
6 14 Tony Arbolino Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2 1’32.979
7 22 Sam Lowes Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2 1’32.991
8 96 Jake Dixon Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 1’33.098
9 18 Manuel González Correos Prepago Yamaha VR46 Te Kalex Moto2 1’33.180
10 75 Albert Arenas Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2 1’33.234
11 24 Marcos Ramirez OnlyFans American Racing Kalex Moto2 1’33.286
12 21 Alonso Lopez Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23 1’33.413
13 35 Somkiat Chantra IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’33.450
14 15 Darryn Binder Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 1’33.456
15 7 Barry Baltus Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 1’33.514
16 84 Zonta vd Goorbergh Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 1’33.585
17 52 Jeremy Alcoba QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 1’33.592
18 79 Ai Ogura IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’33.631
19 28 Izan Guevara Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 1’33.696
20 3 Lukas Tulovic Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 1’33.827
21 64 Bo Bendsneyder Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 1’33.865
22 13 Celestino Vietti Fantic Racing Kalex Moto2 1’33.972
23 71 Dennis Foggia Italtrans Racing Team Kalex Moto2 1’34.065
24 33 Rory Skinner OnlyFans American Racing Kalex Moto2 1’34.086
25 23 Taiga Hada Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 1’34.347
26 12 Filip Salac QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 1’34.387
27 67 Alberto Surra Forward Team Forward F2 1’34.659
28 9 Mattia Casadei Fantic Racing Kalex Moto2 1’34.809
29 17 Alex Escrig Forward Team Forward F2 1’34.999
30 5 Kohta Nozane Correos Prepago Yamaha VR46 Te Kalex Moto2 1’37.017

Classificados para o Q2:

Piloto Equipe Moto Modelo
54 Fermín Aldeguer Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23
16 Joe Roberts Italtrans Racing Team Kalex Moto2
40 Aron Canet Pons Wegow Los40 Kalex Moto2
11 Sergio Garcia Pons Wegow Los40 Kalex Moto2
37 Pedro Acosta Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2
14 Tony Arbolino Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2
22 Sam Lowes Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2
96 Jake Dixon Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2
18 Manuel González Correos Prepago Yamaha VR46 Te Kalex Moto2
75 Albert Arenas Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2
24 Marcos Ramirez OnlyFans American Racing Kalex Moto2
21 Alonso Lopez Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23
35 Somkiat Chantra IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2
15 Darryn Binder Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2

Disputam a Repescagem:

7 Barry Baltus Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2
84 Zonta vd Goorbergh Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2
52 Jeremy Alcoba QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2
79 Ai Ogura IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2
28 Izan Guevara Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2
3 Lukas Tulovic Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2
64 Bo Bendsneyder Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2
13 Celestino Vietti Fantic Racing Kalex Moto2
71 Dennis Foggia Italtrans Racing Team Kalex Moto2
33 Rory Skinner OnlyFans American Racing Kalex Moto2
23 Taiga Hada Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2
12 Filip Salac QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2
67 Alberto Surra Forward Team Forward F2
9 Mattia Casadei Fantic Racing Kalex Moto2
17 Alex Escrig Forward Team Forward F2
5 Kohta Nozane Correos Prepago Yamaha VR46 Te Kalex Moto2

Na categoria intermediária tivemos a volta de Celestino Vietti após ter ficado de fora por 3 corridas. Borja Goméz e demitido de vez da Fantic após não fazer absolutamente nada na temporada inteira.

Na repescagem foi um esforçado Alex Escrig que marcou o primeiro tempo da repescagem com 1:34.934 a 3:45 de Q1 percorridos. Esse tempo do piloto da Forward não dura muito. Com 4 minutos de sessão, Bo Bendsneyder marca 1:33.919 e vai para a ponta com Dennis Foggia em 2º, Kohta Nozane em 3º e Taira Hada na 4ªposição.

Com 5 minutos de sessão, o tcheco Filip Salac passa para a ponta com 1:32.943 colocando quase meio segundo (476 milésimos) de frente para Ai Ogura em 2º, Celestino Vietti que pulou para terceiro, 50 segundos depois Bo Bendsneyder passou para 3º e voltou para a zona de classificação.

Com 8:30 de repescagem pela frente, Barry Baltus com 1:33.084, Zonta VD Goodbergh e Celestino Vietti pularam para a 2ª, 3ª e 4ªposições deixando Ai Ogura e Bo Bendsneyder de fora da zona de classificação.

A 7 minutos do final, Celestino Vietti supera Zonta VD Goodbergh passando para a terceira posição. A partir dai os tempos praticamente pararam de melhorar seus tempos. Dennis Foggia subiu da 9ª para a 8ªposição a 2 minutos do final (piloto da Italtrans passou para a 7ªposição em sua última volta rápida). Os últimos segundos, Vietti subiu para a segunda posição, deixando Barry Baltus para trás.

Filip Salac da Gresini ficou na frente seguido de Vietti da Fantic e de Baltus e Zonta VD Goodbergh da RW Racing foram classificados para o Q2. Ai Ogura acabou ficando na 6ªposição, sendo superado por Jeremy Alcoba na reta final do Q1 e vai largar na 20ªposição.

Resultado do Q1:

pos. Piloto Equipe Moto Modelo Tempo
1 12 Filip Salac QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 1’32.943
2 13 Celestino Vietti Fantic Racing Kalex Moto2 1’33.052
3 7 Barry Baltus Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 1’33.084
4 84 Zonta vd Goorbergh Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 1’33.231
5 52 Jeremy Alcoba QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 1’33.297
6 79 Ai Ogura IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’33.340
7 71 Dennis Foggia Italtrans Racing Team Kalex Moto2 1’33.451
8 64 Bo Bendsneyder Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 1’33.454
9 28 Izan Guevara Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 1’33.848
10 3 Lukas Tulovic Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 1’33.917
11 5 Kohta Nozane Correos Prepago Yamaha VR46 T Kalex Moto2 1’33.940
12 23 Taiga Hada Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 1’33.997
13 67 Alberto Surra Forward Team Forward F2 1’34.053
14 9 Mattia Casadei Fantic Racing Kalex Moto2 1’34.055
15 33 Rory Skinner OnlyFans American Racing Kalex Moto2 1’34.368
16 17 Alex Escrig Forward Team Forward F2 1’34.710

Os dois pilotos da Marc VDS (Lowes e Arbolino) e Marcos Ramirez da American Racing foram os pilotos que puxaram o pelotão já que os demais pilotos partiram para a pista logo depois. Acosta quer a pole para aumentar ainda mais sua posição de vantagem para Tony Arbolino que estava lutando contra o momento favorável do piloto da Ajo Motorsports.

Os primeiros tempos foram marcados com quase 3:30 de sessão. Aron Canet chegou a fazer o melhor tempo, ao completar sua primeira volta em 1:32.712, mas acabou sendo superado por Pedro Acosta que marcou 1:32.666. Marcos Ramirez estava na terceira posição, seguido de González, Baltus, Aldeguer, Roberts, Binder, Garcia e Lopez.

Enquanto alguns pilotos se encaminharam para os boxes, Pedro Acosta baixa seu tempo para 1:32.633. Albert Arenas, seu companheiro de equipe subiu para a 4ªposição, isso com mais de 5 minutos de Q2 passados. Segundos depois, Joe Roberts foi para a 3ªposição após marcar o bom tempo de 1:32.786. A 8:20 do final, o sul-africano Darryn Binder subiu para a 4ªposição e 35 segundos depois, Celestino Vietti dá um belo salto na classificação passando da 18ª para a 6ªposição.

Joe Roberts buscava melhorar seu tempo, a 7 minutos do final do Q2, o piloto da Italtrans melhora seu tempo para 1:32.771 e se aproxima de Canet. Porém, para Roberts era muito pouco, ele foi mirar o tempo de Pedro Acosta e que acabou conseguindo a 5:50 do final do Q2, ao marcar 1:32.584.

Mas essa liderança do piloto norte-americano durou menos de 30 segundos, já que Fermín Aldeguer foi com tudo para tomar a pole e acabou passando o rodo no tempo de Roberts, com 1:31.888. Seu companheiro Alonso Lopez ficou 7 décimos atrás e acabou sendo superado por Aron Canet que marcou o tempo de 1:32.230. Pedro Acosta que estava na pole position acabou caindo para a 5ªposição.

Na parte final da sessão ocorreram algumas quedas (como a queda de Sam Lowes a 1:30 do final) e poucas mudanças de posições, Sergio Garcia passando para a 7ªposição e Manuel González subiu da 13ª para a 10ªposição.

Com o tempo encerrado, Fermín Aldeguer da Speed UP conquistou a pole position com um espetacular tempo de 1:31.888, mais de 3 décimos a frente de Aron Canet da Pons e mais de meio segundo a frente de Alonso Lopez com a mesma moto da Boscoscuro da equipe Speed UP.  Aldeguer deu um show nesse sábado e terá Canet e Lopez completando a primeira fila.

Joe Roberts que chegou a liderar a sessão acabou ficando com a 4ªposição e vai abrir a segunda fila no Grid de Largada, logo a frente de Pedro Acosta (que liderou a sessão por um bom tempo na primeira metade da sessão) 5ºcolocado no Grid de largada, 3 posições a frente de Tony Arbolino que vai largar na 8ªposição, na terceira fila. Entre eles estão Jake Dixon da Aspar Martinez fechando a 2ªfila na 6ªposição e Sergio Garcia da Pons abrindo a 3ªfila na 7ªposição.

Darryn Binder larga na 9ªposição, fechando a terceira fila. Manuel González da Yamaha VR46, Marcos Ramirez da American Racing e Sam lowes da Marc VDS vão compor a 4ªfila.

Grid de Largada:

pos. Piloto Equipe Moto Modelo Tempo
1 54 Fermín Aldeguer Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23 1’31.888
2 40 Aron Canet Pons Wegow Los40 Kalex Moto2 1’32.230
3 21 Alonso Lopez Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23 1’32.572
4 16 Joe Roberts Italtrans Racing Team Kalex Moto2 1’32.584
5 37 Pedro Acosta Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2 1’32.633
6 96 Jake Dixon Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 1’32.679
7 11 Sergio Garcia Pons Wegow Los40 Kalex Moto2 1’32.769
8 14 Tony Arbolino Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2 1’32.888
9 15 Darryn Binder Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 1’32.946
10 18 Manuel González Correos Prepago Yamaha VR46 T Kalex Moto2 1’32.954
11 24 Marcos Ramirez OnlyFans American Racing Kalex Moto2 1’33.052
12 22 Sam Lowes Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2 1’33.070
13 13 Celestino Vietti Fantic Racing Kalex Moto2 1’33.296
14 75 Albert Arenas Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2 1’33.339
15 7 Barry Baltus Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 1’33.363
16 35 Somkiat Chantra IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’33.370
17 84 Zonta vd Goorbergh Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 1’33.561
18 12 Filip Salac QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 1’33.628
19 52 Jeremy Alcoba QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 1’33.297
20 79 Ai Ogura IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’33.340
21 71 Dennis Foggia Italtrans Racing Team Kalex Moto2 1’33.451
22 64 Bo Bendsneyder Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 1’33.454
23 28 Izan Guevara Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 1’33.848
24 3 Lukas Tulovic Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 1’33.917
25 5 Kohta Nozane Correos Prepago Yamaha VR46 T Kalex Moto2 1’33.940
26 23 Taiga Hada Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 1’33.997
27 67 Alberto Surra Forward Team Forward F2 1’34.053
28 9 Mattia Casadei Fantic Racing Kalex Moto2 1’34.055
29 33 Rory Skinner OnlyFans American Racing Kalex Moto2 1’34.368
30 17 Alex Escrig Forward Team Forward F2 1’34.710

Chegou o domingo e lá estava Phillip Island sobre chuva pesada e um tempo muito ruim, mas muito ruim mesmo. Pior até que as condições que a moto 3.

Pedro Acosta acabou indo ao chão na ida para o grid de largada, isso acabou fazendo com que o líder do campeonato pagasse caro, sua equipe teve de consertar sua moto e por isso que Acosta teve de largada da última posição.

Na largada, Canet larga muito bem e tomar a ponta de Aldeguer que se recupera e volta a liderar a prova após a segunda curva. Nosso Alonso Lopez se aproveitou e passou os dois para assumir a liderança, mas na curva 4, o próprio Alonso Lopez acabou indo para o chão e ficou em situação bastante perigosa. Apesar disso, o piloto da Speed UP conseguiu voltar para a corrida.

No final da primeira volta, o quadro da prova estava totalmente diferente com Sergio Garcia na Liderança e Filip Salac na segunda posição após largar da 18ªposição. Jake Dixon passou para terceiro, seguido de Tony Arbolino, Fermín Aldeguer e Albert Arenas. Lá atrás, Pedro Acosta vinha na 25ªposição.

As posições a partir da 3ªposição estava em mudança constante, Tony Arbolino estava sofrendo para manter a terceira posição sobre os ataques de Jake Dixon e Sam Lowes. Logo atrás, Fermín Aldeguer é pressionado por Barry Baltus na luta pela 6ªposição. Na terceira volta, Darryn Binder, Barry Baltus e Zonta VD Goodbergh foram para o chão. Pena para Baltus que vinha nas primeiras posições, com chances de obter um grande resultado.

Na 4ªVolta, Tony Arbolino ultrapassa Filip Salac e assume a segunda posição, pouco tempo depois, Sam Lowes passa Jake Dixon subindo para a 4ªposição. Mais a frente, Sergio Garcia e Filip Salac caíram e Tony Arbolino passou a liderar a corrida com Fermín Aldeguer em segundo, Aron Canet em 3º, Izan Guevara em impressionante 4ªposição, Somkiat Chantra em 5º e Jeremy Alcoba na 6ªposição. Já Dixon foi para o chão no começo da 5ªvolta (Curva 2). Enquanto isso, antes mesmo, Sam Lowes também foi para o chão. Pedro Acosta passou Para a 11ªposição.

Arbolino abriu 11 segundos sobre Fermín Aldeguer e Aron Canet. Já Jeremy Alcoba passou Izan Guevara pulando para a 4ªposição. Joe Roberts começou a ir para cima de Guevara em busca da 5ªposição. Mais atrás, Pedro Acosta passou Taira Haga e assumiu a 10ªposição.

No começo da 8ªVolta, Pedro Acosta passou Marcos Ramirez por fora para ganhar a 9ªposição. Excelente corrida de Acosta que teve de largar dos boxes.

Na 9ªVolta, Aron Canet foi para cima de Fermín Aldeguer e conseguiu a ultrapassagem que o levou para a 2ªposição.

Após 9 voltas de corrida, a direção de prova decidiu pela bandeira vermelha por causa das precárias condições de tempo. Mas a pista não melhorou e acabaram por decidir pelo encerramento da prova com metade dos pontos já que a corrida só teve 9 voltas das 23 voltas programadas.

Tony Arbolino acabou conquistando a vitória em Phillip Island e mesmo com uma pontuação pela metade consegue tirar um pouco da vantagem que Pedro Acosta tem na liderança do Mundial. Além disso, o piloto da Marc VDS mostrou toda a sua habilidade e categoria sobre situação adversa. Aron Canet da Pons conquistou a segunda posição no último momento da prova depois de superar Fermín Aldeguer da Speed UP que completou o pódio. Tanto Canet como Aldeguer conquistaram ótimos resultados, mas acabaram ficando a mais de 15 segundos do vencedor da prova.

Joe Roberts se recuperou muito bem na parte final da prova e acabou não só passando Izan Guevara como também passou a Jeremy Alcoba para ficar na 4ªposição. Por falar no piloto da Gresini, Alcoba obteve uma ótima classificação após fazer uma bela corrida de recuperação. Somkiat Chantra foi o 6ºcolocado, apesar de não aparecer muito na corrida acabou fazendo uma boa participação ficando a frente de Izan Guevara que ficou na 7ªposição, esse sim fez uma grande corrida sobre a chuva, mostrando que pode engrenar na temporada de 2024.

Bo Bendsneyder da SAG fechou a prova na 8ªposição e mais uma vez conseguiu pontuar. Pedro Acosta obteve uma brilhante corrida de recuperação, só precisando de 9 voltas para largar do fundo do pelotão até a 9ªposição. Se a corrida tivesse continuado certamente Acosta teria avançado mais. Mesmo vendo Arbolino vencer, Acosta com 56 pontos de vantagem na liderança já vai poder até mesmo fechar o campeonato no GP da Tailândia.

Marcos Ramirez da American Racing fechou o Top 10, seguido de Taira Haga que marca pontos pela segunda vez na temporada, Rory Skinner marcando seus primeiros pontos ao chegar na 12ªposição, Manuel González, Albert Arenas e Ai Ogura completaram a zona de pontuação.

Resultado final da 16ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP da Austrália – Phillip Island – Moto 2 – 9 Voltas

pos. Piloto Equipe Moto Modelo Tempo
1 14 Tony Arbolino Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2 16’22.970
2 40 Arón Canet Pons Wegow Los40 Kalex Moto2 a 15.088
3 54 Fermín Aldeguer Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23 a 15.614
4 52 Jeremy Alcoba QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 a 1 volta
5 16 Joe Roberts Italtrans Racing Team Kalex Moto2 a 1 volta
6 28 Izan Guevara Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 a 1 volta
7 35 Somkiat Chantra IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 a 1 volta
8 64 Bo Bendsneyder Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 a 1 volta
9 37 Pedro Acosta Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2 a 1 volta
10 24 Marcos Ramírez OnlyFans American Racing Kalex Moto2 a 1 volta
11 23 Taiga Hada Pertamina Mandalika SAG Team Kalex Moto2 a 1 volta
12 33 Rory Skinner OnlyFans American Racing Kalex Moto2 a 1 volta
13 18 Manuel González Correos Prepago Yamaha VR46 T Kalex Moto2 a 1 volta
14 75 Albert Arenas Red Bull KTM Ajo Kalex Moto2 a 1 volta
15 79 Ai Ogura IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 a 1 volta
16 5 Kohta Nozane Correos Prepago Yamaha VR46 T Kalex Moto2 a 1 volta
17 71 Dennis Foggia Italtrans Racing Team Kalex Moto2 a 1 volta
18 67 Alberto Surra Forward Team Forward F2 a 1 volta
19 17 Álex Escrig Forward Team Forward F2 a 1 volta
20 3 Lukas Tulovic Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 a 1 volta
NC 21 Alonso López Beta Tools SpeedUp Boscoscuro B-23 a 4 voltas
13 Celestino Vietti Fantic Racing Kalex Moto2 a 1 volta
9 Mattia Casadei Fantic Racing Kalex Moto2 a 5 voltas
96 Jake Dixon Inde GASGAS Aspar Team Kalex Moto2 a 5 voltas
22 Sam Lowes Elf Marc VDS Racing Team Kalex Moto2 a 6 voltas
11 Sergio García Pons Wegow Los40 Kalex Moto2 a 6 voltas
12 Filip Salač QJMOTOR Gresini Moto2 Kalex Moto2 a 6 voltas
7 Barry Baltus Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 a 7 voltas
84 Zonta van den Goorbergh Fieten Olie Racing GP Kalex Moto2 a 7 voltas
15 Darryn Binder Liqui Moly Husqvarna Intact GP Kalex Moto2 a 7 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Marc VDS/Speed UP/ Italtrans Racing/ Gresini/ Honda Asia Team/Aspar Martinez/SAG/Ajo Motorsports/American Racing/Yamaha VR46/

GP da Comunidade Valenciana – Moto 3 – Mundial de Motovelocidade 2022

Com o campeonato definido a duas etapas passadas, as lutas que estavam ainda em aberto eram a briga pelo vice-campeonato entre Sergio Garcia, Dennis Foggia e Ayumu Sasaki e a luta pelo novato da temporada entre Diogo Moreira, Daniel Holgado e David Muñoz.

No sábado aconteceu a sessão de classificação com 32 pilotos na disputa da pole position, sendo que 18 deles disputariam a repescagem para lutarem por 4 vagas para a fase final da sessão.  No 3ºtreino Livre aconteceu um fato bastante pitoresco e muito antidesportivo. Os pilotos Kaito Toba e Jaume Masia se acidentaram na mesma curva e depois disso ambos trocaram tapas ai mesmo na brita. Com isso, ambos foram penalizados e terão de largar dos boxes não importa a posição que conseguissem no sábado. Além disso, os dois foram multados em mil euros e teriam de pagar uma volta longa. Ou seja, nenhum dos dois saiu como inocente nessa história e acabaram pagando mico para o mundo inteiro.

Os pilotos não demoraram muito para saírem para a pista. Seria bom se em toda a corrida os pilotos partirem de cara para a pista e não fazer o público esperar por 2, 3 ou até mais tempo depois do Cronometro disparado.

Ayumu Sasaki da Husqvarna marcou o tempo de 1:39.442 com 3:30 de sessão . Ele era o grande favorito a sair do Q1 com o passaporte para o Q2. O japonês foi superado pelo italiano Nicola Carraro da Avintia que marcou 1:39.268. Após a primeira volta rápida, Carraro, Sasaki, Kelso e Fagiolli estavam nas 4 primeiras posições. Nesse meio tempo, Adrian Fernández da Tech 3 e Fagiolli com a Gas Gas foram para o chão.

Com quase 6 minutos de sessão, Jaume Masia tomou o 4ºlugar de Fagiolli. Depois disso a maioria dos pilotos foram para os boxes na metade da sessão. Dos que não foram para os boxes, Ayumu Sasaki e David Muñoz se ajudaram para melhorarem seus tempos. O resultado dessa ajuda foi Sasaki assumir a liderança com 1:38.857 e com Muñoz em segundo para 2º a 323 milésimos atrás do piloto da Husqvarna a 4:35 do final do Q1.

Segundos depois, todo mundo saiu para a pista para as últimas tentativas. Ao final da sessão, já com o cronometro zerado o espanhol Jaume Masia conseguiu a classificação pulando da 5ª para a segunda posição. Nessa história acabou Joel Kelso rodando da zona de classificação.

Sasaki ficou na frente e classificou para o Q2 juntamente com Masia, Muñoz e Nicola Carraro que foi uma surpresa a classificação do piloto italiano.

Resultado do Q1:

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 71  Ayumu Sasaki Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna 01’38.8570
2 5  Jaume Masia Red Bull KTM Ajo KTM 01’39.0960
3 44  David Muñoz BOE Motorsports KTM 01’39.1800
4 9  Nicola Carraro QJMotor Avintia Racing Team KTM 01’39.2680
5 66  Joel Kelso CIP Green Power KTM 01’39.4860
6 77  Filippo Farioli GASGAS Aspar Team GASGAS 01’39.5130
7 23  Elia Bartolini QJMotor Avintia Racing Team KTM 01’39.5790
8 95  David Almansa Finetwork Team BOE Motorsports KTM 01’39.6260
9 20  Lorenzo Fellon SIC58 Squadra Corse Honda 01’39.7810
10 16  Andrea Migno Rivacold Snipers Team Honda 01’39.7880
11 27  Kaito Toba CIP Green Power KTM 01’39.8360
12 31  Adrian Fernandez Red Bull KTM Tech3 KTM 01’39.9580
13 19  Scott Ogden VisionTrack Racing Team Honda 01’40.0490
14 67  Alberto Surra Rivacold Snipers Team Honda 01’40.0640
15 72  Taiyo Furusato Honda Team Asia Honda 01’40.1910
16 64  Mario Suryo Aji Honda Team Asia Honda 01’40.4980
17 70  Joshua Whatley VisionTrack Racing Team Honda 01’40.7350
18 22  Ana Carrasco BOE Motorsports KTM 01’41.3840

No Q2, os três candidatos ao vice-campeonato (Garcia, Foggia e Sasaki) e os três candidatos ao campeonato dos novatos (Moreira, Holgado e Muñoz) estavam com outros 12 pilotos na disputa da última pole pósiton da temporada de 2022. Izan Guevara já campeão a duas etapas passadas estava leve e disposto a conquistar essa pole.

Nos primeiros momentos da classificação, Tatsuki Suzuki com 1:38.875 e Ryusei Yamanaka saíram na frente. Diferente de seus compatriotas, Ayumu Sasaki acabou indo para o chão e complicando seu treinamento nos 11 minutos restantes de sessão.

Izan Guevara vinha completando a 3ªfila. Deniz Oncü fez uma bela volta e subiu para a 4ªposição com 5:15 de sessão percorrida. John McPhee, Sergio Garcia, Daniel Holgado, Xavier Artigas, Niccola Carraro e Ivan Ortolá completavam os 10 primeiros colocados.

Sergio Garcia foi para a pista para uma tentativa sozinha de volta. Essa tentativa poderia dar certo se não tivesse cometido um erro na 3ªparcial que comprometeu a volta rápida.

A 4 minutos do final, todo mundo saiu para a pista. Já Izan Guevara saiu depois para pegar pista limpa para marcar volta rápida. A razão para o campeão do Mundo foi dada pela bela volta de Sergio Garcia que tomou a ponta com 1:38.654 a 2:30 do final da sessão.

Os pilotos foram para a volta final e buscavam baixar seus tempos em uma última tentativa. Ian Guevara fez o mesmo e acabou marcando o tempo de 1:38.479, pulando para a liderança a 20 segundos do final do Q2.

Já com o cronometro zerado, Dennis Oncü fez um ótimo tempo, mas ficou atrás de Izan Guevara que sem vácuo conquistou a pole position da última corrida da temporada na Comunidade Valenciana. O campeão da temporada quer fechar o ano com chave de ouro.

Deniz Oncü da Tech 3 vai largar em 2º e vai tentar conquistar a primeira vitória no Mundial de Motovelocidade. Sergio Garcia entra com vantagem na disputa do vice-campeonato, o companheiro de Izan Guevara vai completar a primeira fila do grid de largada (3ªposição). Ayumu Sasaki em 5º e Dennis Foggia em 7º vão ter de buscar não só superar Garcia como tirar a vantagem do piloto da Gas Gas para lutarem pelo vice-campeonato.

Em relação ao título de novatos, Diogo Moreira estava em grande vantagem sobre David Muñoz que larga em 13º e Daniel Holgado que larga em 14º, mas teria de pagar uma punição de volta longa por pilotagem irresponsável no 1ºTreino Livre e isso poderia atrapalhar o piloto da MSi Helmets.

Grid de Largada:

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 28  Izan Guevara Valresa GASGAS Aspar Team GASGAS 01’38.4790
2 53  Deniz Öncü Red Bull KTM Tech3 KTM 01’38.5250
3 11  Sergio Garcia Valresa GASGAS Aspar Team GASGAS 01’38.6540
4 10  Diogo Moreira MT Helmets – MSI KTM 01’38.6970
5 71  Ayumu Sasaki Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna 01’38.7610
6 48  Ivan Ortola Angeluss MTA Team KTM 01’38.7970
7 7  Dennis Foggia Leopard Racing Honda 01’38.8560
8 24  Tatsuki Suzuki Leopard Racing Honda 01’38.8750
9 6  Ryusei Yamanaka MT Helmets – MSI KTM 01’38.9270
10 17  John McPhee Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna 01’38.9490
11 5  Jaume Masia Red Bull KTM Ajo KTM 01’39.0160
12 54  Riccardo Rossi SIC58 Squadra Corse Honda 01’39.0180
13 38  David Salvador Angeluss MTA Team KTM 01’39.0210
14 44  David Muñoz BOE Motorsports KTM 01’39.0390
15 96  Daniel Holgado Red Bull KTM Ajo KTM 01’39.1460
16 43  Xavier Artigas CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO 01’39.1670
17 99  Carlos Tatay CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO 01’39.2620
18 9  Nicola Carraro QJMotor Avintia Racing Team KTM 01’39.3070
19 66  Joel Kelso CIP Green Power KTM 01’39.4860
20 77  Filippo Farioli GASGAS Aspar Team GASGAS 01’39.5130
21 23  Elia Bartolini QJMotor Avintia Racing Team KTM 01’39.5790
22 95  David Almansa Finetwork Team BOE Motorsports KTM 01’39.6260
23 20  Lorenzo Fellon SIC58 Squadra Corse Honda 01’39.7810
24 16  Andrea Migno Rivacold Snipers Team Honda 01’39.7880
25 27  Kaito Toba CIP Green Power KTM 01’39.8360
26 31  Adrian Fernandez Red Bull KTM Tech3 KTM 01’39.9580
27 19  Scott Ogden VisionTrack Racing Team Honda 01’40.0490
28 67  Alberto Surra Rivacold Snipers Team Honda 01’40.0640
29 72  Taiyo Furusato Honda Team Asia Honda 01’40.1910
30 64  Mario Suryo Aji Honda Team Asia Honda 01’40.4980
31 70  Joshua Whatley VisionTrack Racing Team Honda 01’40.7350
32 22  Ana Carrasco BOE Motorsports KTM 01’41.3840

Em um domingo de decisão, a Moto 3 mostrou ser uma boa preliminar para as decisões da Moto 2 e MotoGP. Izan Guevara conquistou a vitória e fechou com chave de ouro a sua temporada de campeão após um belo duelo com o turco Deniz Oncü. Guevara fechou o ano com 7 vitórias sendo que venceu em todas as corridas que aconteceram em solo espanhol.

Guevara vai bem na largada e manteve na liderança. Oncü, Garcia mantiveram as suas posições. Ivan Ortolá subiu da 6ª para a 4ªposição,  Diogo Moreira recuou da 4ª para a 5ªposição e Ayumu Sasaki caiu da 5ª para a 6ªposição. Foggia, Muñoz, Suzuki e McPhee completam o Top 10.

Moreira, Masia e Toba teriam de cumprir uma volta longa de punição. No caso de Masia e Toba eles largaram dos boxes e estavam longe de qualquer disputa. Já Moreira pagou a punição na 3ªvolta (Curva 11) e acabou caindo para a 7ªposição voltando à frente de Foggia e Suzuki. Logo a frente, Muñoz abriu fogo para cima de Sasaki na luta pela 5ªposição.

Guevara, Oncü, Garcia e Ortolá, os 4 primeiros colocados já estavam abrindo vantagem em cima dos demais pilotos. Muñoz passou Sasaki, mas na entrada da 5ªVolta o piloto japonês deu o troco e voltou a estar na 5ªposição.

Deniz Oncü procura fazer um ataque para cima de Izan Guevara, mas ainda estava nas ameaças, nem chegavam a ser tentativas concretas de ultrapassagem. Meio segundo depois vinham Garcia e Ortolá disputando a 3ªposição. Sasaki liderava o segundo pelotão seguido de Muñoz, Foggia, Artigas, Moreira e Holgado, mas já vinha a 3.5 segundos dos lideres. Na segunda metade da 6ªvolta, Riccardo Rossi foi para o chão e acabou sendo o primeiro a deixar a corrida.

Depois disso por algumas voltas a classificação praticamente não se modificou, apenas Artigas ganhou a posição de Dennis Foggia ganhando a 7ªposição. Na metade da corrida a classificação era: Guevara, Oncü, Garcia, Ortolá, Sasaki, Muñoz, Artigas, Foggia, Moreira e Holgado.

A partir dai, Guevara e Oncü abriram vantagem sobre Garcia que abriu de Ortolá que foi ficando cada vez mais para trás. Odgen na 14ªVolta e Furusato na volta seguinte acabaram deixando a corrida quando vinham muito na parte de trás da tabela.

Oncü tentava uma possibilidade de ataque em cima de Guevara que tinha mais velocidade de reta e que fazia uma corrida impecável, suportando a pressão do piloto turco. No pelotão intermediário, Ivan Ortolá que perdeu o desempenho passou a ficar vulnerável sobre Sasaki e os demais pilotos desse pelotão. A 7 voltas do final, Diogo Moreira passa Dennis Foggia que acabou recuperando a posição algumas curvas depois.

A 6 voltas do final, Xavier Artigas (Que venceu a corrida em 2021) acabou indo para o chão e só voltou bem mais para trás, já sem chances de brigar por pontuação.

Enquanto Guevara liderava e Oncü lutava para realizar uma ultrapassagem sobre o campeão do Mundo. Lá no pelotão intermediário, Foggia começava a ganhar força a 4 voltas do final e passou a ser o 5ºcolocado após passar Muñoz e Ortolá. Curvas depois, o principal piloto da Boe (Muñoz) recupera a posição sobre o piloto da Leopard Racing na metade da 20ªvolta.

A 3 voltas do final, Foggia passa Muñoz e depois passou Sasaki subindo para a 4ªposição. A luta por essas posições nesse grupo estavam intensas e se alta qualidade.

Guevara seguia na frente e inabalável, até que na última volta, Deniz Oncü foi com tudo para atacar Guevara, para conseguir uma chance de ultrapassagem.

Na curva 8, Oncü conseguiu esse espaço e realizou a ultrapassagem que foi conseguida a duras penas já que Guevara tentou resistir por fora. Parecia que finalmente o piloto turco conquistaria sua primeira vitória no Mundial…

… Porém, no final, Oncü espalha e Guevara se aproveita para passar o piloto da Tech 3 na potência do motor e acaba levando a vitória na última corrida da temporada. Izan Guevara conquistou sua 7ªvitória no ano, consolidando o campeonato e ganhando todas as 4 corridas realizadas na Espanha (Jerez, Catalunha, Aragón e Comunidade Valenciana).

Além de tudo, Guevara mostrou frieza e muita cabeça no lugar, principalmente quando Oncü acabou tomando a ponta na metade da volta final para depois ganhar a corrida nos metros finais se aproveitando do erro de Oncü.

Por favor no turco, Uma pena ter perdido a vitória que parecia estar tão perto das mãos dele, mas Deniz tem motivos para comemorar não só o segundo lugar e de ter valorizado a vitória de Guevara como também conseguiu chegar ao final de todas as corridas do campeonato. Esse feito somente Oncü e Bo Bendsneyder na Moto 2 conseguiram após as 20 etapas do Mundial de Motovelocidade. O piloto da Tech 3 fecha o ano na 5ªposição na classificação do Mundial de Moto 3.

Sergio Garcia completou o pódio e garantiu o vice-campeonato fechando com chave de ouro a temporada da equipe Gas Gas que conquistou o campeonato e vice de pilotos, o campeonato de melhor equipe e o campeonato de construtores com a marca espanhola. Uma temporada de ouro para Aspar Martinez que esta no comando dessa excelente equipe que foi a dominadora da temporada.

Dennis Foggia conquistou a 4ªposição após ter um grande final de corrida e acabou levando a Leopard Racing a 3ªposição no Mundial. Guevara, Garcia e Foggia estão no Mundial de Moto 2 na próxima temporada. Ayumu Sasaki fechou os 5 primeiros colocados e termina a temporada na 4ªposição do campeonato.

Adrian Fernández se recuperou muito bem e terminou o dia em promissora 6ªposição, seguido de David Muñoz da Boe, uma das revelações dessa temporada. Porém, o título dos novatos ficou mesmo com o Brasileiro Diogo Moreira que fez uma corrida correta e acabou ficando na 8ªposição, fazendo o suficiente para conquistar o título de melhor novato da temporada de 2022 da categoria menor do Mundial de Motovelocidade.

Ryusei Yamanaka da Msi Helmets (Mesma equipe de Moreira) e Daniel Holgado da Ajo completaram as 10 primeiras posições. John McPhee se despediu da Moto 3 com a 11ªposição após uma corrida correta.

Resultado Final da 20ªetapa do Mundial de Motovelocidade – Temporada 2022
GP da Comunidade Valenciana – Ricardo Torno – 23 Voltas – Moto 3

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 28  Izan Guevara Valresa GASGAS Aspar Team GASGAS 38’10.4060
2 53  Deniz Öncü Red Bull KTM Tech3 KTM a 0.062
3 11  Sergio Garcia Valresa GASGAS Aspar Team GASGAS a 6.557
4 7  Dennis Foggia Leopard Racing Honda a 14.133
5 71  Ayumu Sasaki Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna a 14.574
6 31  Adrian Fernandez Red Bull KTM Tech3 KTM a 14.676
7 44  David Muñoz BOE Motorsports KTM a 14.889
8 10  Diogo Moreira MT Helmets – MSI KTM a 15.048
9 6  Ryusei Yamanaka MT Helmets – MSI KTM a 15.288
10 96  Daniel Holgado Red Bull KTM Ajo KTM a 15.440
11 17  John McPhee Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna a 15.533
12 48  Ivan Ortola Angeluss MTA Team KTM a 15.618
13 99  Carlos Tatay CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO a 15.777
14 24  Tatsuki Suzuki Leopard Racing Honda a 28.493
15 16  Andrea Migno Rivacold Snipers Team Honda a 28.503
16 9  Nicola Carraro QJMotor Avintia Racing Team KTM a 28.545
17 23  Elia Bartolini QJMotor Avintia Racing Team KTM a 28.818
18 38  David Salvador Angeluss MTA Team KTM a 29.160
19 77  Filippo Farioli GASGAS Aspar Team GASGAS a 29.402
20 20  Lorenzo Fellon SIC58 Squadra Corse Honda a 29.454
21 66  Joel Kelso CIP Green Power KTM a 31.915
22 5  Jaume Masia Red Bull KTM Ajo KTM a 36.482
23 43  Xavier Artigas CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO a 36.526
24 27  Kaito Toba CIP Green Power KTM a 36.751
25 95  David Almansa Finetwork Team BOE Motorsports KTM a 42.091
26 70  Joshua Whatley VisionTrack Racing Team Honda a 50.015
27 64  Mario Suryo Aji Honda Team Asia Honda a 50.156
28 22  Ana Carrasco BOE Motorsports KTM a 57.280
29 67  Alberto Surra Rivacold Snipers Team Honda a 57.360
19  Scott Ogden VisionTrack Racing Team Honda a 8 voltas
72  Taiyo Furusato Honda Team Asia Honda a 9 voltas
54  Riccardo Rossi SIC58 Squadra Corse Honda a 15 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da Austrália – Moto 3 – Mundial de Motovelocidade 2022

A corrida de Phillip Island da Moto 3 foi a confirmação de um título encaminhado para ser de Izan Guevara que conquistou a vitória em Phillip Island.

Sergio Garcia largou bem e assume a liderança seguido de Diogo Moreira que pulou da 5ª para a segunda posição e Ortolá manteve a terceira posição. Moreira chegou a assumir a liderança por alguns momentos, mas logo depois o piloto da Gas Gas recuperou a posição.

Após a primeira volta, os 5 primeiros colocados abriram um pouco dos demais pilotos, no começo da segunda volta, Diogo Moreira da MT Helmets supera Garcia da Gas Gas e volta a liderar a corrida. Na volta seguinte, Ayumu Sasaki que estava na 4ªposição passou para a liderança. Ao final da 3ªvolta, Tairo Furusato e Daniel Holgado se acidentaram e foram para o chão.

Na 5ªVolta, Garcia e Moreira voltaram a lutar pela primeira posição seguido de Sasaki que caiu para terceiro, Guevara e Joel Kelso em excelente na corrida de casa completando os 5 primeiros colocados.

Na volta 6, Sasaki assume a segunda posição após passa Moreira que acabou tomando passada de Oncü, Guevara e Kelso caindo para a 6ªposição. Diogo Moreira tinha dificuldades nas retas, já nas curvas a o piloto Brasileiro conseguia recuperar terreno.

Izan Guevara passou a segunda posição na 8ªvolta, já estava colado em Sergio Garcia. Bastou apenas chegar a reta dos boxes para o líder do campeonato tomar a liderança da prova no começo da 9ªVolta, Nesse momento Guevara estava conquistando o título da Moto 3. Os dois pilotos da Gas Gas começaram a abrir vantagem em cima da concorrência. Deniz Oncü que vinha em 3º tomou advertência e teria de ficar na pista se não quisesse  levar punição de volta longa.

A partir da 12ªvolta, Guevara, Garcia, Sasaki e Oncü abriram vantagem sobre Kelso, McPhee, Nepa e Moreira que ficaram disputando da 5ª para a 8ªposição. Dennis Foggia vinha em 9º, bem distanciado dos primeiros colocados e tentando manter essa posição sobre David Muñoz, Tatsuki Suzuki, Jaume Masia, Ryusei Yamanaka, Carlos Tatay, Ivan Ortolá e Riccardo Rossi.

Garcia chega a recupera a liderança, mas acabou sendo superado por Guevara e Sakaki caindo da 1ª para a 3ªposição. Scott Odgen foi para o chão na curva 3 e abandonou a corrida na 14ªVolta. Oncü supera Garcia e foi para a 3ªposição. Guevara e Sasaki chegaram a abrir de Oncü e Garcia, mas logo os 4 primeiros se juntam novamente no final da 15ªvolta.

Os 4 primeiros ficaram alternando posições entre eles. Guevara que chegou a perder a sua posição de líder da corrida a recuperou a 7ªvoltas do final graças ao vácuo pego dos seus adversários.

2 voltas depois, Sergio Garcia passa a liderança e tenta ainda empurrar a decisão para a Malásia. Sasaki, Oncü e Guevara estavam ainda na sua cola. Naquele momento Garcia conseguiria evitar o fechamento do campeonato. A 4 voltas do final, Tatsuki Suzuki vai para o chão e abandona a prova, enquanto que os lideres continuavam a revezar na liderança.

Izan Guevara entrou na 21ªvolta na frente, mas Sasaki usou o vácuo e voltou a liderar a corrida após a entrada da primeira curva. Na penúltima volta, veio o troco de Guevara, mas foi Garcia que passou da 3ª para a liderança da corrida e tentava vencer a corrida…

… Na volta final, Deniz Oncü foi para o ataque em cima de Garcia, mas foi Izan Guevara que acabou passando os dois e assumindo a liderança, seguido de Oncü e de Garcia. No decorrer da volta final, Guevara foi abrindo vantagem sobre os seus concorrentes.

Após as 23 voltas da corrida de Phillip Island, Izan Guevara conquista a vitória e também acabou conquistando o título da temporada de 2022. Um título que foi construído com um grande equipamento, com rapidez e com consistência, algo que ele foi melhor do que seu companheiro de equipe que perdeu consistência na parte final da temporada.

Deniz Oncü acabou o dia na segunda posição e obteve seu melhor resultado da temporada. O Turco também vem fazendo uma temporada muito consistente. Sergio Garcia fez tudo que podia para levar a decisão para as últimas corridas da temporada, porém sem prejuízo era muito grande e o companheiro de Guevara teve de se contentar em completar o pódio com a 3ªposição. Após a corrida, os dois pilotos se abraçaram e comemoraram a conquista do campeonato de Guevara.

Ayumi Sasaki ficou em 4º e acabou sobrando nessa disputa do pódio, mas foi uma boa atuação do piloto da Husqvarna. Bem longe do primeiro pelotão, a briga do 5ºlugar foi bem disputada. O italiano Stefano Nepa levou a melhor e acabou o dia com essa 5ªposição, seguido do escocês John McPhee da Husqvarna, Diogo Moreira da MT Helmets e Joel Kelso da CIP Green, piloto da casa que obteve uma boa 8ªposição na corrida em sua casa.

Dennis Foggia não teve nenhuma chance, ficou em 9ºlugar. Diga-se de passagem foi mais uma corrida em que a KTM e suas filiadas estraçalharam a Honda, tanto é que Foggia foi o melhor piloto com a moto japonesa com Riccardo Rossi fechando os Top 10.

Tudo que resta é a briga pelo vice-campeonato entre Sergio Garcia, Dennis Foggia e Ayumu Sasaki. O Portal Sportszone parabeniza Izan Guevara pela conquista do título da temporada de 2022 do Mundial de Motovelocidade – Moto 3.

Resultado Final da 17ªetapa do Mundial de Motovelocidade – Temporada 2022
GP da Austrália – Phillip Island – 23 Voltas – Moto 3

pos piloto equipe moto tempo
1 28 Izan Guevara Gaviota GASGAS Aspar Team GASGAS 37’38.7620
2 53 Deniz Öncü Red Bull KTM Tech3 KTM a 0.345
3 11 Sergio Garcia Gaviota GASGAS Aspar Team GASGAS a 0.460
4 71 Ayumu Sasaki Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna a 0.560
5 82 Stefano Nepa Angeluss MTA Team KTM a 7.428
6 17 John McPhee Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna a 7.496
7 10 Diogo Moreira MT Helmets – MSI KTM a 7.574
8 66 Joel Kelso CIP Green Power KTM a 7.575
9 7 Dennis Foggia Leopard Racing Honda a 16.794
10 54 Riccardo Rossi SIC58 Squadra Corse Honda a 16.831
11 44 David Muñoz BOE Motorsports KTM a 17.066
12 99 Carlos Tatay CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO a 17.768
13 48 Ivan Ortola Angeluss MTA Team KTM a 17.884
14 43 Xavier Artigas CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO a 21.354
15 5 Jaume Masia Red Bull KTM Ajo KTM a 22.414
16 16 Andrea Migno Rivacold Snipers Team Honda a 40.095
17 27 Kaito Toba CIP Green Power KTM a 41.799
18 31 Adrian Fernandez Red Bull KTM Tech3 KTM a 41.826
19 20 Lorenzo Fellon SIC58 Squadra Corse Honda a 41.828
20 23 Elia Bartolini QJMotor Avintia Racing Team KTM a 41.837
21 70 Joshua Whatley VisionTrack Racing Team Honda a 41.946
22 9 Nicola Carraro QJMotor Avintia Racing Team KTM a 42.006
23 22 Ana Carrasco BOE Motorsports KTM a 42.753
24 67 Alberto Surra Rivacold Snipers Team Honda a 54.640
6 Ryusei Yamanaka MT Helmets – MSI KTM a 1 Volta – Acidente
64 Mario Suryo Aji Honda Team Asia Honda a 2 Voltas – Acidente
24 Tatsuki Suzuki Leopard Racing Honda a 5 Voltas – Acidente
19 Scott Ogden VisionTrack Racing Team Honda a 11 Voltas – Acidente
72 Taiyo Furusato Honda Team Asia Honda a 21 Voltas – Acidente
96 Daniel Holgado Red Bull KTM Ajo KTM a 21 Voltas  – Acidente

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

 

Sessão de Classificação – GP da Austrália – Moto 3 – Mundial de Motovelocidade 2022

Ayumu Sasaki voa em Phillip Island e conquista a pole position para a corrida da Moto 3, Daqui a pouco. Uma corrida que pode definir o título a Favor de Izan Guevara da Gas Gas. Sergio Garcia e Ivan Ortolá completam a primeira fila no Grid da etapa Australiana.

Com um vento forte e um tempo encoberto começava a fase da repescagem da classificação da Moto 3. David Muñoz  era o grande favorito para ganhar uma das 4 vagas para o Q2.

Tairo Furusato foi o primeiro a entrar na pista e foi o primeiro a marcar volta rápida. O Japonês fez uma volta bem rápida e ficando na liderança na primeira rodada de voltas rápidas com 1:37.736, seguido de Carlos Tatay da CF Moto, Nicola Carraro da Avintia e Ana Carrasco da Boe. A grande maioria não tinha feito volta ou fizeram volta muito lenta.

Furusato melhora seu tempo a 9:45 do final da sessão ao marcar o tempo de 1:37.356. Na verdade, pouca coisa mudou na frente, apenas Ana Carrasco subiu uma posição e passou para a 3ªposição a 8:35 do final, ao mesmo tempo em que David Muñoz, seu companheiro de equipe foi para os boxes.

Quase na metade da sessão, Scott Odgen, Lorenzo Fellon e Ryusei Yamanaka subiram para a 2ª, 3ª e 4ªposições respectivamente. Anna Carrasco caiu para a 8ªposição, ficando atrás de Tatay, Rossi e Surra.

O companheiro de equipe de Diogo Moreira, o japonês Ryusei Yamanaka tentou uma nova volta rápida, mas não conseguiu ir além da posição que estava, ou seja, ficou na 4ªposição apesar de ter superado o francês Lorenzo Fellon acabou que Ricardo Rossi superou ambos e pulou para a terceira posição, uma grande volta do piloto da SIC58.

A 4:20 do final, Scott Odgen melhora seu tempo e ficou a 139 milésimos de Furusato que continuava firme e forte na liderança do Q1.

A 1:50 do final, Carlos Tatay passa supera Ryusei Yamanaka e assume a última posição entre os classificados para o Q2. A 50 segundo do final, Andrea Migno vai para o chão e sai da briga.

Sem tempo marcado, John McPhee arriscou o tudo ou nada na sua única tentativa e acabou dando certo para o escocês, com o tempo de 01’37.041 acabou indo da última posição para a classificação para o Q2 na primeira posição. David Muñoz foi para segundo, Carlos Tatay subiu para terceiro e Tairo Furusato se sustentou na 4ªposição. Esses foram os classificados para o Q2. Scott Odgen, Ryusei Yamanaka e Riccardo Rossi foram despejados dos 4 primeiros colocados.

Resultado do Q1:

pos piloto equipe moto tempo
1 17  John McPhee Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna 01’37.0410
2 44  David Muñoz BOE Motorsports KTM 01’37.2230
3 99  Carlos Tatay CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO 01’37.2480
4 72  Taiyo Furusato Honda Team Asia Honda 01’37.3560
5 19  Scott Ogden VisionTrack Racing Team Honda 01’37.4950
6 6  Ryusei Yamanaka MT Helmets – MSI KTM 01’37.5020
7 54  Riccardo Rossi SIC58 Squadra Corse Honda 01’37.6940
8 20  Lorenzo Fellon SIC58 Squadra Corse Honda 01’37.8010
9 16  Andrea Migno Rivacold Snipers Team Honda 01’37.8520
10 43  Xavier Artigas CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO 01’37.8640
11 67  Alberto Surra Rivacold Snipers Team Honda 01’37.9330
12 22  Ana Carrasco BOE Motorsports KTM 01’38.1280
13 9  Nicola Carraro QJMotor Avintia Racing Team KTM 01’38.2670
14 64  Mario Suryo Aji Honda Team Asia Honda 01’38.2870
15 70  Joshua Whatley VisionTrack Racing Team Honda 01’38.3590
16 23  Elia Bartolini QJMotor Avintia Racing Team KTM 01’38.4310

Ao começar o Q2, poucos pilotos foram para a pista, entre eles Izan Guevara, líder do campeonato poderia definir o título ao seu favor (se terminar a prova de hoje com mais de 50 pontos a frente dos seus adversários) foi um dos poucos a entrarem na pista nos primeiros segundos. A grande maioria ficou esperando por 2 minutos para entrar na pista em bando.

Os pilotos que entraram no começo da sessão (Com 1:37.448), Izan Guevara  foi o mais rápido, muito na frente de Tatay, Ortolá e John McPhee. Em nova volta, Ivan Ortolá melhorou seu tempo e passou para a segunda posição.

O Quadro mudou com 6 minutos de sessão, Quando Ayumu Sasaki dizimou toda a concorrência ao marcar 1:36.420. Se acha pouco, na volta seguinte o piloto da Husqvarna tratou de baixar mais ainda sua marca para 1:35.854. Com metade de sessão pela frente, a pole praticamente ficava nas suas mãos. Jaume Masia vinha em segundo e David Muñoz completava a primeira fila. O australiano Joel Kelso que corre em sua casa vinha em uma ótima 4ªposição. Nepa, Adrian Fernández, Guevara, Moreira, McPhee e Foggia completam os 10 primeiros colocados.

A 5 minutos do final, Tatsuki Suzuki que estava sem tempo acabou indo para o chão e saindo da sessão sem tempo nenhum. Enquanto isso, os dois pilotos da Gas Gas foram para a pista e buscavam as primeiras posições.

A 2:10 do final, Sergio Garcia marca 1:36.041 e sobe para a segunda posição, na estreira vieram Carlos Tatay marcando o terceiro tempo e Diogo Moreira com o 4ºtempo. Apostando que ninguém iria melhorar seu tempo, Ayumu Sasaki voltou para os boxes a menos de 2 minutos do final.

Dennis Foggia subiu da 14ª para a 8ªposição a 45 segundos do final. 15 segundos depois, Deniz Oncü pulou para a 5[posição. No apagar das luzes, Ivan Ortolá fez uma grande volta e arrumou seu lugar na primeira fila ao marcar o 3ºtempo. Nepa e Guevara melhoraram e passaram para a 6ª e 7ªposições.

A Pole ficou para Ayumu Sasaki que acabou marcando o temporal na primeira metade da sessão e não foi mais alcançado por mais ninguém até o final da sessão. O piloto da Husqvarna larga na frente e terá Sergio Garcia em 2º jogando suas última fichas na disputa do título e Ivan Ortolá que vai pela primeira vez largar na primeira fila no Mundial em uma excelente classificação da MTA e do próprio piloto.

Carlos Tatay volta a figurar nas posições de frente ao largar na 4ªposição abrindo a segunda fila. O Brasileiro Diogo Moreira e o italiano Stefano Nepa completam a segunda fila.

Izan Guevara vai partir da 7ªposição e vai tentar conquistar o título por antecipação se ficar a mais de 50 pontos de frente para o segundo colocado ao final das 23 voltas do GP da Austrália, no circuito de Phillip Island. Sua fase é excelente e pode sim a disputa do título da categoria menor acabar daqui a pouco, a partir das 9 da noite (Horário de Brasília) assim que for dada a largada do GP da Austrália. Dennis Foggia vai partir da 12ªposição e sua missão não vai ser uma das mais fáceis, nem mesmo a missão de Sergio Garcia é fácil já que terá de tirar muito mais pontos para manter-se vivo na disputa do título em Sepang.

Grid de Largada:

pos piloto equipe moto tempo
1 71  Ayumu Sasaki Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna 01’35.8540
2 11  Sergio Garcia Gaviota GASGAS Aspar Team GASGAS 01’36.0410
3 48  Ivan Ortola Angeluss MTA Team KTM 01’36.5790
4 99  Carlos Tatay CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO 01’36.6710
5 10  Diogo Moreira MT Helmets – MSI KTM 01’36.6800
6 82  Stefano Nepa Angeluss MTA Team KTM 01’36.6900
7 28  Izan Guevara Gaviota GASGAS Aspar Team GASGAS 01’36.7740
8 53  Deniz Öncü Red Bull KTM Tech3 KTM 01’36.7960
9 5  Jaume Masia Red Bull KTM Ajo KTM 01’36.8520
10 72  Taiyo Furusato Honda Team Asia Honda 01’36.9780
11 44  David Muñoz BOE Motorsports KTM 01’37.0210
12 7  Dennis Foggia Leopard Racing Honda 01’37.0230
13 96  Daniel Holgado Red Bull KTM Ajo KTM 01’37.0300
14 66  Joel Kelso CIP Green Power KTM 01’37.0310
15 31  Adrian Fernandez Red Bull KTM Tech3 KTM 01’37.1070
16 17  John McPhee Sterilgarda Husqvarna Max Husqvarna 01’37.2710
17 27  Kaito Toba CIP Green Power KTM 01’37.4180
18 24  Tatsuki Suzuki Leopard Racing Honda Sem Tempo
19 19  Scott Ogden VisionTrack Racing Team Honda 01’37.4950
20 6  Ryusei Yamanaka MT Helmets – MSI KTM 01’37.5020
21 54  Riccardo Rossi SIC58 Squadra Corse Honda 01’37.6940
22 20  Lorenzo Fellon SIC58 Squadra Corse Honda 01’37.8010
23 16  Andrea Migno Rivacold Snipers Team Honda 01’37.8520
24 43  Xavier Artigas CFMOTO Racing PruestelGP CFMOTO 01’37.8640
25 67  Alberto Surra Rivacold Snipers Team Honda 01’37.9330
26 22  Ana Carrasco BOE Motorsports KTM 01’38.1280
27 9  Nicola Carraro QJMotor Avintia Racing Team KTM 01’38.2670
28 64  Mario Suryo Aji Honda Team Asia Honda 01’38.2870
29 70  Joshua Whatley VisionTrack Racing Team Honda 01’38.3590
30 23  Elia Bartolini QJMotor Avintia Racing Team KTM 01’38.4310

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP