Dakar 2021 – 5ªEspecial

Nessa especial de hoje, os pilotos percorreram 419 km entre Riyadh até Al Qaisumah. Vamos para um resumo do dia nas 5 categorias.

Motos:

Kevin Benavides conquistou a 5ªetapa do Dakar 2021, o piloto Argentino teve um duelo particular com o Chileno Jose Ignacio Cornejo Florimo que liderou a maior parte da especial de mais de 400 km. Kevin assumiu a liderança na geral, com 5 dias realizados, os 6 primeiros colocados vem separados por menos de 10 minutos entre eles.

Nos primeiros 43 km, três pilotos da Honda despontavam na frente, Kevin Benavides vinha na frente, 6 segundos depois vinha o chileno Jose Ignacio Cornejo e 17 segundos depois do líder estava o vencedor da etapa anterior, o espanhol Joan Barreda Bort. Os três já abriam mais de 1 minuto de frente para o até então líder da classificação geral Xavier de Soultrait da Husqvarna. Completando os 5 primeiros vinha de forma surpreendente o polonês Maciej Giemza da Orlen Team. Oriol Mena da Rieju, em busca da recuperação começou o primeiro checkpoint em uma boa 6ªposição. 

A primeira KTM aparece com o Eslovaco Stefan Svitko vinha na sua tocada, em 9ºlugar, atrás de Lorenzo Santolini de Sherco e de Sebastian Bülher da Hero. A grande surpresa era o francês Camille Chapeliere da Team Baines Rally, numa excelente 10ªposição, a apenas 3 minutos e 26 segundos da liderança. San Sunderland e Matthias Walkner vinha na 11ª e 12ªposições.

O Chileno Jose Ignacio Cornejo Florimo passou a frente de Kevin Benavides, que perdeu também posição para Xavier de Soultrait. Cornejo colocou mais de 5 minutos a frente dos seus mais próximos adversários. Em 4ºlugar vinha o Português Joaquim Rodrigues da Hero Motorsport. Maciej Giemza continuava na 5ªposição com 8 segundos de vantagem para Ross Branch da Yamaha, 13 segundos a frente de San Sundeland e 18 segundos a frente de Stefan Svitko da Slovnaft. Adam Tomiczek da Orlen Team e Lorenzo Santolino da Sherco TVS completavam os 10 primeiros colocados. Ótimo trabalho dos dois pilotos da Orlen Team.

Já Barreda Bort despencou bastante e caiu da 3ª para a 20ªposição, à 17 minutos e 45 segundos da liderança. A Especial estava sendo péssima para Ricky Brabec, o 35ºcolocado a mais de 27 minutos da ponta. Pior ainda para Rui Goncalves da Sherco em 56º e Adrien van Beveren da Yamaha, numa patética 61ªposição.

A partir dai, Kevin Benavides começa a tirar a diferença para seu companheiro de equipe na Honda. No km 121, a diferença entre eles era de 4 minutos e 17 segundos. O Espanhol Lorenzo Santolini vinha em 3º, com mais de 8 minutos e meio de atraso para o piloto Chileno. O piloto da Sherco superou em 17 segundos o francês Xavier de Soultrait da Husqvarna. Ross Branch da Yamaha completa os 5 primeiros colocados.

Em 6ª vinha Maciej Giemza continuava muito bem colocado, apesar de recuar uma posição. San Sunderland continuava na 7ªposição, mas bem distante da disputa. Luciano Benavides da Husqvarna, Toby Price da KTM e Oriol Mena da Rieju completavam os 10 primeiros colocados. O Australiano Daniel Sanders, A Sensação do Dakar vinha na 11ªposição, 15 minutos atrás e Cornejo Florimo e 15  segundos a frente de Adam Tomiczek. Pablo Quintanilla vinha reagindo, chegando a 17ªposição, quem despencou dessa vez foi Joaquim Rodrigues que caiu da 4ª para a 25ªposição.

No km 155, As únicas mudanças entre os 10 primeiros colocados foram essas: Xavier de Soultrait empatou no tempo com Lorenzo Santorini na 3ªposição e Toby Price passando Luciano Benavides e ganhando a 8ªposição. No Km 197, Jose Ignacio Cornejo vinha ainda na frente, mas com sua diferença vinha caindo, Kevin Benavides vinha a 2 minutos e 25 segundos atrás do chileno. Lorenzo Santolini abriu vantagem para Xavier de Soultrait e San Sundeland e se consolidava na 3ªposição. Maciej Giemza continuava na 6ªposição, com quase 9 minutos atrás do líder. 20 segundos depois, em 7ºlugar o Botsuano Ross Branch da Yamaha. Toby Price continuava na 8ªposição, com uma boa vantagem para Luciano Benavides e Skyler Howes que completavam os 10 primeiros colocados. Ricky Brabec vinha em plena recuperação e subiu para a 21ªposição, mas ainda assim vinha 21 minutos atrás do primeiro colocado.

Kevin Benavides acabou tomando a liderança da especial no km 291, após mais de 150 km de perseguição a Jose Ignacio Cornejo, Agora era o chileno que estava atrás, 1 minuto e 1 segundo de distância. Lorenzo Santolino vinham na 3ªposição, com quase 2 minutos a frente de San Sunderland e a 3 minutos a frente de Toby Price . Os dois pilotos da KTM passaram para a 4ª e 5ªposições, superando o francês Xavier de Soultrait que caiu para a 6ªposição.

Maciej Giemza caiu para a 7ªposição a mais de 8 minutos da liderança de Benavides. O norte-americano Skyler Howes, o Botsuano Ross Branch e o eslovaco Stefan Svitko completavam os 10 primeiros colocados. Perto de entrar no Top 10 vinham os pilotos da Husqvarna Pablo Quintanilla e Luciano Benavides em 11º e 12ºcolocados. Já atrás, Adrien van Beveren vinha na 34ªposição, com 38 minutos e 28 segundos de atraso para Kevin Benavides.

Após os mais de 450 km e 5 horas de disputa, Kevin Benavides acabou vencendo a especial do dia, numa disputa em particular com o Chileno Jose Ignacio Cornejo Florimo. A diferença entre os dois pilotos da Honda foi de apenas 1 minuto. Na reta final, o australiano Toby Price ganhou duas posições e acabou completando o pódio da especial, apenas 20 segundos atrás do chileno.

Lorenzo Santolino acabou na 4ªposição, chegando perto dos primeiros colocados e se colocando na 6ªposição na classificação geral, algo que nunca a Sherco TVS chegou nesses anos de Dakar. O inglês San Sunderland completou os 5 primeiros colocados, ele é Price evitaram um desastre para a KTM no dia de hoje. O francês Xavier de Soultrait acabou perdendo posições durante a especial e ficou na 6ªposição a quase 8 minutos de Kevin Benavides, com isso, acabou perdendo a liderança  para o argentino da Honda.

Skyler Howes fica na sétima posição e fica na frente de Matthias Walkner da KTM. O Austríaco acabou ganhando a briga pela 8ªposição por dois segundos de frente para Ross Branch, o 9ºcolocado. Após um estágio de recuperação, Pablo Quintanilla acabou conquistando a 10ªposição após ficar na 29ªposição.

Stefan Svitko acabou na 11ªposição com sua KTM da Slovnaft. 33 segundos depois, o norte-americano Ricky Brabec ficou na 12ªposição após iniciar a especial na 34ªposição. Luciano Benavides, Maciej Giemza e Daniel Sanders completou os 15 primeiros colocados. O polonês Giemza acabou perdendo rendimento no final, mas obteve um grande desempenho no dia de hoje.

Joan Barreda Bort que venceu ontem acabou tendo um dia ruim e acabou na 17ªposição, não pior que a classificação de Joaquim Rodriguez da Hero e Adrian van Beveren que acabou na 22ª e 23ªposição. Isso complica a situação de ambos em relação ao título.

Quadriciclos:

Os Argentinos Nicolas Cavigliasso e Manuel Andujar se destacaram na especial de hoje, os dois dominaram e polarizaram a disputa da vitória. O piloto da Dragon Rally venceu o piloto da 7240 Team, com a diferença de 1 minuto e 41 segundos. A diferença entre os dois para o 3ºcolocado o Chileno Giovanni Enrico foi de 44 minutos e 13 segundos. Alexandre Giroud ficou na 4ªposição e completando os 5 primeiros colocado o chileno Italo Pedemonte da mesma equipe de Giovanni Enrico.

Com esses resultados, Cavigliasso abriu 23 minutos e 48 segundos de frente para Manuel Andujar. Os dois argentinos estão bem a frente do francês Alexandre Giroud (47:23 de desvantagem) e de Giovanni Enrico (a 51:46 de desvantagem). Pelo andar da carroagem, tudo indica que teremos um novo triunfo Argentino ao final do Dakar nos quadriciclos.

Carros:

Dobradinha sul-africana na 5ªespecial do Dakar com domínio total de Giniel de Villiers da Toyota, mesmo já sem qualquer chance de vitória na geral em questão do enorme atraso sobre o líder, de Villiers fez uma apresentação impecável e acabou vencendo de ponta a ponta a especial. Brian Baragwanath completou a dobradinha com seu Century e Stéphane Peterhansel superou em 2 minutos e 13 segundos a Nasser Al-Attiyah e aumentou sua vantagem na liderança da geral.

Desde do Km 43, Giniel de Villiers estava na liderança, colocando já de cara 2 minutos e 7 segundos de frente para o Holandês Erik van Loon da Toyota. Mais atrás Nani Roma de Hunter vinha em 3º, a 14 segundos de frente para Martin Prokop da Ford. 13 segundos depois do tcheco vinha o francês Stéphane Peterhansel da Mini. Nasser Al Attiyah vinha 1 minuto e 2 segundos atrás do líder da geral, na 6ªposição.

Brian Baragwanath na 7ªposição se torna o grande representante da Century, infelizmente Hent Lategan abandonou o Dakar após um acidente que ele e seu navegador sofreu. Orlando Terranova da Mini, Vladimir Vasilyev da BMW e Denis Krotov da Mini completam os Top 10. Carlos Sainz de Mini e Sebastian Loeb tiveram começo desastroso, perdendo mais ou menos meia hora sobre o líder e terminando o primeiro checkpoint nas últimas posições da tabela de classificação.

No km 74, Giniel de Villiers manteve praticamente a mesma distância para Erik van Loon na liderança. Já a terceira posição mudou de mãos, o tcheco Martin Prokop superou Nani Roma por 11 segundos. Completando os 5 primeiros colocados o Sul-africano Brian Baragwanath da Century, um pouco a frente do argentino Orlando Terranova da Mini. 10 minutos atrás do líder vinha o russo Vladimir Vasilyev com seu BMW, na frente de Stéphane Peterhansel e de Nasser Al-Attiyah que desceram posições. Denis Krotov continuava na 10ªposição.  

No km 121 pouca coisa muda nas primeiras posições, somente Orlando Terranova ganhando a 5ªposição de Baragwanath e Yasid Seaidan passando a ser o 9ºcolocando após ganhar 5 posições.

No km 155, Giniel de Villiers amplia sua vantagem sobre Erik van Loon em 4 minutos e 12 segundos, aumentando sua vantagem na frente. Nani Roma recuperou a 3ªposição que estava nas mãos de Prokop. O Espanhol colocou 30 segundos no piloto tcheco da Ford. Orlando Terranova E Brian Baragwanath mantiveram a 5ª e 6ªposições.

Já Stéphane Peterhansel superou Nasser Al-Attiyah e assumiu a 7ªposição. Seiadan e Vasilyev completavam os Top 10. O Polonês Jakub Przygonski não tinha começado bem, mas vinha se recuperando e já estava na 17ªposição, mas com 24 minutos de atraso praticamente sobre o líder da competição. Carlos Sainz conseguia se recuperar na classificação, apesar de estar a meia hora do ponteiro, ele vinha na 32ªposição.

No km 250, o sul-africano de Villiers aumentou mais ainda a distância na frente, com 7 minutos e 13 segundos de Martin Prokop da Ford e 7 minutos e 42 segundos a frente do terceiro colocado, o espanhol Nani Roma da Hunter. Erik van Loon perdeu tempo e caiu para a 9ªposição a mais de 13 minutos do líder. Brian Baragwanath e Stéphane Peterhansel completavam os 5 primeiros colocados. Inclusive, o sul-africano da Century vinha a apenas 9 segundos atrás de Nani Roma, certamente teríamos uma bela briga pelo pódio na reta final.

Já Nasser Al-Attiyah ficou para trás, na 8ªposição a mais de 11 minutos sobre o líder e a 3 minutos e 14 segundos atrás de Peterhansel. Yasid Seaidan da Century e Orlando Terranova da Mini vinham à frente do piloto do Qatar. Vladimir Vasilyev continuava firme e forte na 10ªposição. Sheikh Al Qassimi e Yazeed Al Rajhi vinham fazendo boas corridas de recuperação e estavam em 11º e 12º respectivamente.

No km 292 uma reviravolta na disputa pela segunda posição, o sul-africano Brian Baragwanath e a lenda Stéphane Peterhansel passaram por Martin Prokop e Nani Roma e passaram a ser 2º e 3ºcolocados respetivamente. Por sua vez, Prokop e Roma desceram para 4º e 5º. Yasid Seaidan subiu 2 posições e passou a ser o 6ºcolocado, não muito longe de Nani Roma, mas precisando não se descuidar de Orlando Terranova, que vinha a 40 segundos atrás em 7ºlugar.

Nasser Al-Attiyah vinha em 8ºlugar, com quase 4 minutos de prejuízo para Peterhansel e mais de 11 minutos atrás de Giniel de Villiers. O objetivo do Qatari era diminuir os prejuízos para a fase final de prova. Erik van Loon e Vladimir Vasilyev completavam os 10 primeiros colocados. Carlos Sainz se recuperou brilhantemente na parte final de prova, já vinha na 15ªposição e conseguiu diminuir a diferença para o líder, de meia hora para 26 minutos e 35 segundos.

Giniel de Villiers administrou o restante do percurso e venceu a primeira especial nesse Dakar, em condução impecável do piloto Sul-africano que acabou fazendo a dobradinha com seu compatriota Brian Baragwanath da Century na segunda posição, chegando a apenas 58 segundos do vencedor.

O Francês Stéphane Peterhansel acabou o dia na terceira posição e aumentou sua vantagem na liderança do Dakar 2021. Agora a lenda do Dakar tem 6 minutos e 11 segundos a frente de Nasser Al-Attiyah que ficou na quarta posição, 2 minutos e 13 segundos atrás do piloto da Mini. A disputa pelo que me parece é só desses dois pelo campeonato. O Tcheco Martin Prokop que chegou a sonhar com o pódio, teve que se contentar em ficar na 5ªposição, 5 minutos atrás do vencedor.

Yazzed Al Rajhi se redimiu de um estágio desastroso e acabou o dia na 6ªposição, 8 segundoas a frente do Argentino Orlando Terranova. Nani Roma acabou perdendo rendimento na reta final da especial e ficou na 8ªposição. Carlos Sainz operou um milagre, após uma incrível recuperação, o campeão de 2020 do Dakar acabou tirando muito do prejuízo que teve no começo e acabou a especial na 9ªposição, 15 minutos e 19 segundos atrás de Giniel de Villiers. Porém, sua situação para defender seu título ficou mais complicada, esta agora a 48 minutos atrás de Peterhansel e a 42 minutos de Nasser Al-Attiyah. Jakub Pryzgonski também fez grande recuperação e fechou os TOP 10.

Sheikh Al Qassimi e Vladimir Vasilyev acabaram ficando de fora dos 10 primeiros colocados e ficaram com a 11ª e 12ªcolocações. Sebastien Loeb teve um dia péssimo, acabou a 50 minutos do vencedor na 20ªposição. Pior ainda para Erik van Loon que caiu para a 35ªposição por causa de problemas no seu carro, ficando a mais de 1 hora e 20 minutos atrás dos vencedores.

Veículos leves:

Um dos favoritos ao título e líder na classificação geral, o chileno Francisco Lopez Contardo venceu a etapa de hoje do Dakar, após quase 6 horas de disputa. O piloto ficou 1 minuto e 46 segundos a frente do Qatari Khalifa al Attiyah. Os dois usam carros da CAN-AM. Eles ficaram a frente de Seth Quintero da Red Bull que foi o único piloto não CAN-AM nos Top 5, já que ele esta entre os pilotos dessa marca que praticamente domina a categoria. O Norte-americano Austin Jones e o Polonês Aron Domzala completam os Top 5 da especial.

Na classificação geral, Lopez Contardo abre 9 minutos e 51 segundos a frente de Aron Donzala. Austin Jones vem na 3ªposição a 12 minutos e 28 segundos atrás. Seth quintero e Saleh Alsaif completam os Top 5 dos veículos leves.

Caminhões:

Novamente Dmitry Sotnikov conquistou a vitória na especial. É uma incrível campanha do piloto da Kamaz, liderando a competição na geral com muito boa folga sobre o seu mais próximo concorrente, o também russo Anton Shibalov, 33 minutos e 53 segundos à frente. A disputa hoje foi com Aliaksei Vishneuski, o piloto da Maz-Autosport que restou na disputa do Dakar ficou na segunda posição a 1 minuto e 1 segundo do vencedor. O bielorrusso Siahrei Viazovich acabou abandonando a disputa no dia de ontem.

Anton Shibalov ficou na terceira posição a quase 7 minutos do vencedor. Completando os 5 primeiros colocados os tchecos Martin Soltys e Ales Loprais. Martin Macik de Iveco, Ales Loprais da Instaforex e Airat Mardeev da Kamaz estão completando os 5 primeiros colocados na categoria geral.

Fotos:

Resultado da 5ªEspecial do Dakar 2021
419 km

Motos:

posPilotoPaísmotoEquipetempoPenality
147Kevin BenavidesArgentinaHondaMonster Energy Honda Team 202105h 09′ 50”
24Jose Ignacio Cornejo FlorimoChileHondaMonster Energy Honda Team 2021+ 00h 01′ 00”
33Toby PriceAustráliaKTMRed Bull KTM Factory Team+ 00h 01′ 20”
415Lorenzo SantolinoEspanhaSherco TVSSherco TVS Rally Factory+ 00h 02′ 29”
55Sam SunderlandInglaterraKTMRed Bull KTM Factory Team+ 00h 04′ 17”
612Xavier de SoultraitFrançaHusqvarnaHT Rally Raid Husqvarna Racing+ 00h 07′ 55”
79Skyler HowesEstados UnidosKTMBAS Dakar KTM Racing Team+ 00h 10′ 43”
852Matthias WalknerÁustriaKTMRed Bull KTM Factory Team+ 00h 11′ 03”
918Ross BranchBotswanaYamahaMonster Energy Yamaha Rally Team+ 00h 11′ 05”
102Pablo QuintanillaChileHusqvarnaRockstar Energy Husqvarna Factory Racing+ 00h 12′ 15”
1111Stefan SvitkoEslováquiaKTMSlovnaft Rally Team+ 00h 13′ 39”
121Ricky BrabecEstados UnidosHondaMonster Energy Honda Team 2021+ 00h 14′ 12”
1377Luciano BenavidesArgentinaHusqvarnaRockstar Energy Husqvarna Factory Racing+ 00h 14′ 23”
1422Maciej GiemzaPolôniaHusqvarnaOrlen Team+ 00h 15′ 50”
1521Daniel SandersAustráliaKTMKTM Factory Team+ 00h 16′ 01”
1674Jaume BetriuEspanhaKTMFN Speed – KTM Team+ 00h 18′ 27”
1788Joan Barreda BoatEspanhaHondaMonster Energy Honda Team 2021+ 00h 19′ 11”
186Franco CaimiArgentinaYamahaMonster Energy Yamaha Rally Team+ 00h 24′ 34”
1931Michek MartinRep. TchecaKTMMoto Racing Group (MRG)+ 00h 27′ 13”
2024Sebastian BülherAlemanhaHeroHero Motosports Team Rally+ 00h 30′ 24”
2132Tosha SchareinaEspanhaKTMFN Speed – KTM Team+ 00h 31′ 42”
2227Joaquim RodriguesPortugalHeroHero Motosports Team Rally+ 00h 31′ 51”
2342Adrien van BeverenFrançaYamahaMonster Energy Yamaha Rally Team+ 00h 34′ 31”
2454Camille Chapeliere FrançaKTMTeam Baines Rally+ 00h 36′ 47”
2526Milan EngelRep. TchecaKTMMoto Racing Group (MRG)+ 00h 38′ 02”
2644Laia SanzEspanhaGas GasGas Gas Factory Team+ 00h 39′ 39”
2717Juan Pedrero GarciaEspanhaKTMFN Speed – Rieju Team+ 00h 41′ 21”
28142Maurizio GeriniItáliaHusqvarnaSolarys Racing+ 00h 43′ 14”
2987Oriol MenaEspanhaRiejuFN Speed – Rieju Team+ 00h 45′ 44”
3076Roman KrejciRep. TchecaKTMBo!Beton Team+ 00h 49′ 15”
3120Adam TomiczekPolôniaHusqvarnaOrlen Team+ 00h 49′ 37”
3230Arunas GelazninkasLituâniaKTMZigmas Dakar Team+ 00h 52′ 01”
3329Emanuel GyenesRomeniaKTMAutonet Motorcycle Team+ 00h 55′ 47”
3419Rui Jorge Goncalves DiasPortugalSherco TVSSherco TVS Rally Factory+ 00h 58′ 24”
3537David PabiskaRep. TchecaKTMJantar Team+ 01h 08′ 07”
3663Konrad DabrowskiPolôniaKTMDuust Rally Team+ 01h 18′ 24”
3739Benjamin MelotFrançaKTMBenjamin Melot+ 01h 23′ 48”
38101David KnightInglaterraHusqvarnaHT Rally Raid Husqvarna Racing+ 01h 31′ 30”
3980Michael BurgessAustráliaKTMBAS Dakar KTM Racing Team+ 01h 35′ 01”
4086Charlie HerbstFrançaKTMTeam Charlie Herbst+ 01h 46′ 21”
4133Noah Koitha Veettil HarithÍndiaSherco TVSSherco TVS Rally Factory+ 01h 51′ 54”
4248Mathieu DovezeFrançaKTMNomade Racing Assistance+ 01h 53′ 49”00h 05′ 00”
4325Paul SpieringsHolandaHusqvarnaHT Rally Raid Husqvarna Racing+ 01h 53′ 58”
4478Cesare ZacchettiItáliaKTMCesare Zacchetti+ 01h 54′ 45”
4584Neil HawkerInglaterraHusqvarnaNeil Hawker+ 02h 06′ 10”
4641Zaker YakpChinaKTMWu Pa Da Hai Dad dakar Rally Team+ 02h 13′ 12”00h 40′ 00”
47108Marc CalmetEspanhaKTMFN Speed – Rieju Team+ 02h 14′ 08”
4897Martin BenkoEslováquiaKTMNorwit Racing+ 02h 20′ 27”
4981Erik VlcakEslováquiaHusqvarnaSlovnaft Rally Team+ 02h 21′ 25”
5095Xavier FilckFrançaHusqvarnaXtrem Racing+ 02h 22′ 24”

Quadriciclos:

posPilotoPaísQuadricicloEquipetempoPenality
1150Nicolas CavigliassoArgentinaYamahaDragon Rally Team06h 09′ 42”
2154Manuel AndujarArgentinaYamaha7240 Team+ 00h 01′ 41”
3159Giovanni EnricoChileYamahaEnrico Racing Team+ 00h 44′ 13”
4152Alexandre GiroudFrançaYamahaTeam Giroud+ 00h 47′ 14”
5168Italo PedemonteChileYamahaEnrico Racing Team+ 01h 06′ 58”
6163Pablo CopettiEstados UnidosYamahaMX Devesa by Berta+ 01h 13′ 27”00h 15′ 00”
7155Kamil WisniewskiPolôniaYamahaOrlen Team+ 01h 17′ 31”
8153Tomas KubienaRep.TchecaYamahaStory Racing S.R.O.+ 01h 39′ 17”
9176Laisvydas LaniciusLituâniaYamahaStory Racing S.R.O.+ 01h 47′ 42”
10174Toni VingutEspanhaYamahaVisit Sant Antoni – Ibiza+ 02h 05′ 36”

Carros:

posPiloto/CoPilotoPaísCarro/EquipetempoPenality
1304Giniel de VilliersÁfrica do SulToyota05h 09′ 25”
Alex Haro BravoEspanhaToyota Gazoo Racing
2339Brian BaragwanathÁfrica do SulCentury+ 00h 00′ 58”
Taye PerryÁfrica do SulCentury Racing
3302Stéphane PeterhanselFrançaMini+ 00h 02′ 25”
Edouard BoulangerFrançaX-Raid Mini JCW Team
4301Nasserr Al-AttiyahQatarToyota+ 00h 04′ 38”
Matthieu BaumelFrançaToyota Gazoo Racing
5312Martin ProkopRepública TchecaFord+ 00h 05′ 06”
Viktor ChytkaRepública TchecaOrlen Benzina Team
6303Yazeed al RajhiArábia SauditaToyota+ 00h 09′ 16”
Dirk von ZitzewitzAlemanhaOverdrive Toyota
7309Orlando TerranovaArgentinaMini+ 00h 09′ 24”
Bernardo GraueArgentinaX-Raid Mini JCW Team
8311Nani RomaEspanhaHunter+ 00h 10′ 31”
Alexandre Winocq FrançaBahrein Raid Xtreme
9300Carlos SainzEspanhaMini+ 00h 15′ 19”
Lucas CruzEspanhaX-Raid Mini JCW Team
10307Jakub PrzygonskiPolôniaToyota+ 00h 18′ 58”
Timo GottschalkAlemanhaOverdrive Toyota
11310Sheikh Khalid Al QassimiEAUPeugeot+ 00h 20′ 27”
Xavier PanseriFrançaAbu Dhabi Racing
12317Vladimir VasilyevRússiaBMW+ 00h 23′ 31”
Dmitro TsyroUcraniaX-Raid Mini JCW Team
13352Guoyu ZhangChinaBAIC+ 00h 32′ 29”
He ShaChinaBAIC DRV
14319Jérome PélichetFrançaOptimus+ 00h 37′ 53”
Pascal LabroqueFrançaRaidlynx
15341Michael PisanoFrançaOptimus+ 00h 40′ 42”
Max DelfinoFrançaMD RallyE Sport
16335Guilherme SpinelliBrasilMini+ 00h 40′ 57”
Youssef HaddadBrasilX-Raid Mini JCW Rally Team
17327Isidre Esteve PujolEspanhaToyota+ 00h 41′ 52”
Txema VillalobosEspanhaRepsol Rally Team
18334Ricardo PoremPortugalBorgward+ 00h 42′ 29”
Jorge MonteiroPortugalBorgward
19320Benediktas VanagasLituâniaToyota+ 00h 50′ 11”00h 01′ 00”
Filipe PalmeiroPortugalInbank Toyota Gazoo Racing Baltics
20305Sebastien LoebFrançaHunter+ 00h 50′ 18”
Daniel ElenaMônacoBahrein Raid Xtreme
21323Denis KrotovRússiaMini+ 00h 51′ 21”
Konstantin ZhiltsovRússiaMSK Rally Team
22329Antanas JukneviciusLituâniaToyota+ 00h 52′ 33”
Darius VaiciulisLituâniaKreda
23326Christian LavieilleFrançaOptimus+ 00h 54′ 47”
Jean-Pierre GarcinFrançaMD RallyE Sport
24322Ronan ChabotFrançaToyota+ 00h 57′ 19”00h 02′ 00”
Gilles PillotFrançaOverdrive Toyota
25321Dominque HousieauxFrançaOptimus+ 00h 58′ 32”
Simon VitseFrançaMD RallyE Sport
26361Binglong LuChinaBAIC+ 00h 59′ 23”
Wenke MaChinaBAIC DRV
27358Marcelo Tiglia GastaldiBrasilCentury+ 00h 59′ 42”
Lourival RoldanBrasilCentury Racing
28356Edvinas JuskauskasLituâniaToyota+ 01h 04′ 03”
Aisvydas PaliukenasLituâniaTeam Pitlane
29330Shameer VariawaÁfrica do SulToyota+ 01h 04′ 29”
Dennis MurphyÁfrica do SulToyota Gazoo South Africa
30355Alabdalali SalehArábia SauditaHummer+ 01h 09′ 09”
Mohammed AlnaimArábia SauditaSaleh

Veículos Leves:

posPiloto/CoPiloto/MecânicoPaísveiculo/EquipetempoPenality
1401Francisco Lopez ContardoChileCAN-AM05h 47′ 32”00h 01′ 00”
Juan Pablo Latrach VinagreChileSouth Racing CAN-AM
2422Nasser Khalifa Al AttiyahQatarCAN-AM+ 00h 01′ 52”
Paolo CeciItáliaSouth Racing CAN-AM
3383Seth QuinteroEstados UnidosDT3+ 00h 02′ 11”
Dennis ZenzEstados UnidosRed Bull Off-Road Team USA
4408Austin JonesEstados UnidosCAN-AM+ 00h 04′ 17”
Gustavo GugelminBrasilMonster Energy CAN-AM
5406Aron DonzalaPolôniaCAN-AM+ 00h 06′ 33”
Maciej MartonPolôniaMonster Energy CAN-AM
6424Michal GoczalPolôniaCAN-AM+ 00h 08′ 06”
Szymon GospodarczykPolôniaEnergylandia Rally Team
7412Saleh AlsaifArábia SauditaCAN-AM+ 00h 09′ 01”
Oriol Vidal MontijanoEspanhaBlack Horse
8400Sergei KariakinRússiaCAN-AM+ 00h 14′ 27”
Anton VlasiukRússiaSnag Racing Team
9381Mitchell GuthrieEstados UnidosDT3+ 00h 16′ 14”00h 01′ 00”
Ola FloeneNoguegaRed Bull Off-Road Team USA
10393Lionel BaudFrançaPH-Sport+ 00h 16′ 57”
Loic MinaudierFrançaPH-Sport
11396Tomas EngeRep.TchecaCAN-AM+ 00h 20′ 33”
Marketa SkacelovaRep.TchecaBuggyra Zero Mileage Racing
12403Jose Antonio Hinojo LopezEspanhaCAN-AM+ 00h 29′ 07”00h 01′ 00”
Diego Ortega GilEspanhaHibor Raid

Caminhões:

posPiloto/CoPiloto/MecânicoPaíscaminhão/EquipetempoPenality
1507Dmitry SotnikovRússiaKamaz05h 30′ 20”
Ruslan AkhmadeevRússiaKamaz-Master
Ilgiz AkhmetzianovRússia
2505Alisksei VishneuskiBielorrússiaMAS+ 00h 01′ 01”00h 02′ 00”
Maksim NovikauBielorrússiaMAS-Sportauto
Siarhei SachukBielorrússia
3501Anton ShibalovRússiaKamaz+ 00h 06′ 56”
Dmitri NikitinRússiaKamaz-Master
Ivan TatarinovRússia
4514Martin SoltysRep.TchecaTatra+ 00h 08′ 26”
David SchovanekRep.TchecaTatra Buggyra Racing
Tomas SikolaRep.Tcheca
5504Ales LopraisRep.TchecaPraga+ 00h 10′ 45”
Petr PokdraRep.TchecaInstaforex Loprais Praga
Khalid AlkendiEAU
6509Airat MardeevRússiaKamaz+ 00h 13′ 30”
Dimtriy SvistunovRússiaKamaz-Master
Akhmet GaliaudtinovRússia
7500Andrey KarginovRússiaKamaz+ 00h 16′ 19”00h 20′ 00”
Andrey MokeevRússiaKamaz-Master
Igor LeonovRússia
8517Ignacio CasaleChileTatra+ 00h 24′ 29”
Alvaro LeonChileTatra Buggyra Racing
Petr CapkaRep.Tcheca
9503Martin MacikRep.TchecaIVECO+ 00h 24′ 49”
Frantisek TomasekRep.TchecaBig Shock Racing
David SvandaRep.Tcheca
10511Gert HuzinkHolandaRenault+ 00h 30′ 11”00h 15′ 00”
Rob BuursenHolandaRiwald Dakar Team
Martin RoesinkHolanda
11515Pascal de BaarHolandaRenault+ 00h 33′ 54”
Jan van der VaetBélgicaRiwald Dakar Team
Stefan SlootjesHolanda
12506Martin van den BrinkHolandaRenault Trucks+ 00h 36′ 16”
Wouter de GraaffHolanda
Daniel KozlovskyRep.Tcheca

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar

3ªEspecial do Dakar 2021

Realizada em Wadi Ad-Dawasir com especial de 403 km

Na categoria motos o Dakar 2021 se tornou um pendolo que vai de um lado para o outro, pilotos que se deram muito bem ontem acabaram levando a pior hoje e os pilotos que ficaram para trás ontem acabaram se dando bem e ficando nas primeiras posições. Toby Price que foi 28º no dia de ontem acabou vencendo hoje a especial de 403 km da Cidade de Wadi Ad-Dawasir. Kevin Benavides e Matthias Walkner disputaram a vitória e acabaram completando o pódio. Joan Barreda Bort, Ricky Brabec e Pablo Quintanilla não foram bem e com isso o Dakar ficou com a classificação geral toda embolada.

Já no primeiro Checkponit já dá para ver Kevin Benavides, Toby Price e Matthias Walkner se destacando sobre os demais. O piloto Argentino da Honda estava 2 segundos a frente do piloto Australiano da KTM. Walkner, atrasado em mais de 2 horas na classificação geral vinha 39 segundos atrás do líder. Oriol Mena começa muito bem com a moto da Rieju, em 4ºlugar, colado no espanhol estava Spyler Howes da BAS Racing KTM e Xavier de Soultraid da Husqvarna.

Em 7ºlugar, uma surpresa, o piloto Tosha Schareina da FN Speed começou muito bem, estava a 1 minuto e 34 segundos atrás de K.Benavides e 5 segundos a frente de San Sunderland. Joaquim Rodrigues da Hero e Franco Caimi da Yamaha completavam os 10 primeiros colocados. Ricky Brabec começou muito atrás, na 47ªposição, a 7 minutos e 15 segundos da liderança, pior estava Joan Barreda Bort, na 59ªposição.

A situação não se alterou aos 88 km (2ºCheckpoint)  nas três primeiras posições, Já em diante, Franco Caimi subiu para a 4ªposição,mas já longe de Benavides, Price e Walkner. Spyler Howes continuava na 5ªposição assim como Xavier de Soultrait continuava na 6ªposição. Quem deu uma bela subida foi Rui Gonçalves da Sherco TVS que passou da 19ª para a 7ªposição.  Cornejo Florimo, Sunderland e Van Beveren completavam os 10 primeiros naquele momento.

O piloto Português da Sherco não ficou satisfeito, aos 137 km ele já vinha na 4ªposição, só atrás de Kevin Benavides, Toby Price e Matthias Walkner. San Sunderland subiu para a 5ªposição a 2 segundos de frente para Franco Caimi que caiu uma posição. Spyler Howes em 6º e Xavier de Soultrait em 7º perderam posições em relação ao checkpoint anterior. Jose Ignacio Cornejo e Adrien van Beveren completavam os 10 primeiros colocados.

Daniel Sanders vinha em 17º, Ross Branch que foi muito bem na especial anterior vinha se recuperando, já estava na 21ªposição. Já o campeão Ricky Brabec continuava longe dos ponteiros, na 40ªposição a 13 minutos e 38 segundos de Benavides. Barreda Bort pior ainda, vinha em 44ª a mais de 15 minutos de atraso ao líder. Outro piloto que vinha mal das pernas era Pablo Quintanilla da Husqvarna, na 30ªposição.

Após metade da especial, com 217 km rodados, Kevin Benavides vinha 33 segundos a frente de Toby Price da KTM, um pouco mais longe, Matthias Walkner com a outra KTM vinha em 3º a quase 2 minutos de desvantagem. O pega continuava apenas entre os 3 primeiros. O 4ºlugar continuava nas mãos de Rui Gonçalves da Sherco TVS, com 5 minutos atrás do líder e 5 segundos a frente de Spyler Howes. Próximos, vinham Franco Caimi da Yamaha, Xavier de Soultrait da Husqvarna e San Sunderland da KTM na 8ªposição. Cornejo Florimo de Honda e Maciej Giemza da Orlen Team completavam os 10 primeiros colocados.

K.Benavides se sustentou na liderança com uma vantagem pequena para Price por muito tempo. Até que no Km 292, Price finalmente passou a liderança, 12 segundos a frente de Kevin Benavides. Os dois tinham mais ou menos 2 minutos de frente para Matthias Walkner. Rui Goncalves acabou perdendo posições e rendimento e caiu para o 8ºlugar. O Norte-americano Spyler Howes vinha a 5 minutos dos líderes na 4ªposição, abrindo 47 segundos de frente para o melhor piloto da Husqvarna, o francês Xavier de Soultrait. Não muito longe (a 18 segundos) vinha San Sundeland da KTM. Franco Caimi vinha na 7ªposição.

Daniel Sanders se recupera bem do inicio mais discreto levando sua KTM até a 9ªposição, a frente de Jose Ignacio Cornejo da Honda.  Maciej Giemza da Orlen Team saiu dos top 10, mas vinha em 11º, a frente de Luciano Benavides (Husqvarna), Adrien van Beveren (Yamaha), Oriol Mena que começou muito bem com sua Rieju em 14º e fechando os 15 primeiros vinha Jamie McCanney da Yamaha. Ross Branch se recuperou bem após estar em 38º na especial, já vinha na 16ªposição. Pablo Quintanilla subiu para a 24ªposição (15 minutos e 13 segundos atrás do líder), Ricky Brabec da Honda vinha em 30º a mais de 18 minutos de Price e Barreda Bort a 21 minutos de atraso na 36ªposição.

Price abriu vantagem para Kevin Benavines nos Checkpoint finais e acabou ganhando pela 2ªVez no Dakar 2021. Com um pouco mais de 1 minuto a frente de Kevin Benavides da Honda, o segundo colocado da especial e o mais bem colocado dos pilotos da Honda. Os chegaram com alguma folga para o 3ºcolocado, Matthias Walkner da KTM, esse sim esta correndo prova a prova, já que não tem mais nada a fazer com relação ao título na geral.

Em relação a classificação geral, Skyler Howes ficou numa boa 4ªposição. A sua regularidade esta sendo compensada com a liderança na classificação geral, 33 segundos a frente do Argentino Kevin Benavides.

San Sunderland completou os top 5, dominado pelos pilotos de KTM que ocuparam 4 das 5 primeiras posições. O Francês Xavier de Soultrait da Husqvarna foi o melhor piloto da fábrica sueca ao chegar na 6ªposição. 10 minutos e 4 segundos depois de Price, Franco Caimi levou sua Yamaha até a 7ªposição. Daniel Sanders teve uma boa recuperação durante a especial e terminou o dia em uma decente 8ªposição. Rui Goncalves levou a Sherco a mais um Top 10 no Dakar 2021, chegando a 9ªposição após ficar um bom tempo em 4ºlugar. Jose Ignacio Cornejo Florimo com sua Honda completa os Top 10.

O polonês Maciej Giemza da Orlen Team teve uma boa especial e ficou em uma decente 11ªposição, a frente de Luciano Benavides da Husqvarna que ocupou a maior parte do tempo ou 14ª ou a 15ªposição. Lorenzo Santolino ficou um pouco abaixo de Rui Gonçalves na classificação, chegou em 13º, mas o espanhol teve um dia mais difícil e chegou a ficar na 21ªposição. Jamie McCanney e Oriol Mena completaram os 15 primeiros colocados.

Dos vencedores de ontem, Ross Branch acabou o dia na 17ªposição. Essa posição é muito boa se tratando de um piloto que no começo estava em 38º. Já Pablo Quintanilla em 23º, Ricky Brabec em 25º e Joan Barreda Bort em 30º ficaram muito longe dos primeiros colocados. Na soma dos tempos, eles perderam seus lugares na ponta do Dakar. Nas Motos, pelo que vimos nos primeiros 3 dias de competições a disputa segue indefinida em questão de quem vai levar o campeonato na categoria geral.

Quadriciclos:

Nicolas Cavigliasso conquistou a vitória nos Quadriciclos, o piloto Argentino passou a liderar a especial a partir do km 143 e de lá não saiu mais vencendo com 1 minuto de vantagem para o Chileno Giovanni Enrico que passa a liderar a classificação geral. Manuel Andujar da 7240 Team, Alexandre Giroud (Que perdeu a liderança da Geral) e Pablo Copetti da Berta completaram as 5 primeiras posições. Na classificação geral, Enrico, Giroud, Cavigliasso e Copetti estão separados por apenas 7 minutos e 50 segundos.

Carros:

Nasser Al-Attiyah ganha a segunda seguida e ver um dos seus grandes adversários na disputa pelo título se dar mal, Carlos Sainz teve um dia muito complicado e perdeu praticamente meia hora na especial de hoje e isso pode comprometer suas chances de título. Henk Lategan foi a grande surpresa do dia, ficando nas primeiras posições e chegando na segunda posição.

O Sul-Africano Henk Lategan (Toyota) começou na liderança, com 1 minuto e 2 segundos de vantagem para Yazeed Al Rajhi que vinha 10 segundos a frente de Alabdalali Saleh com o carro da Hummer. Todo mundo vinha muito junto após os primeiros 43 km (primeiro checkpoint), O Sheihk Khalid Al Qassimi da Pegueot vinha em 4º, seguido de perto por Matthieu Serradori (Century), Giniel de Villiers (Toyota) e Bernhard ten Brinke (Toyota). Brian Baragwanath da Century e Carlos Sainz (Mini) empatado com Martin Prokop (Ford), Stephan Peterhansel estava na 30ªposição, longe da turma da frente.

Yazeed Al Rajhi e Carlos Sainz passaram as duas primeiras posições no segundo ponto de Cronometragem superando o Qatari Al-Attiyah e Sul-African Lategan que ficaram na terceira e quarta posições, todos eles separados por apenas 56 segundos. Não muito longe vinham Ten Brinke da Toyota, Baragwanath da Century e Loeb da Hunter.

No Km 137, Carlos Sainz de Mini passou para a liderança da especial, superando Yazeed Al Rajhi de Toyota por 25 segundos de diferença. Nasser Al-Attiyah não vinha muito longe em 3º estava a 52 segundos da liderança. Um pouco mais atrás, Henk Lategan conseguia sustentar a 4ªposição, 17 segundos a frente do francês Sebastien Loeb da Hunter. Bernhard Ten Brinke e Brian Baragwanath disputavam a 6ªposição e estavam separados por apenas 6 segundos entre os dois. Stephan Peterhansel se recuperou muito bem do começo desastroso e já vinha na 8ªposição com 3 minutos e 11 segundos de atraso para Sainz. Roma de Hunter e Prokop de Ford completavam os 10 primeiros colocados.

Porém, tudo mudou no 4ªcheckpoint da especial, Sainz e Rajhi despencam na classificação e ficam em 35º e 44ºrespectivamente. Nasser Al-Attiyah passou para a liderança e colocou 2 minutos e 24 segundos em cima de Sebastien Loeb, pela primeira vez estava em posição de brigar pelo menos por um pódio com seu Hunter, 13 segundos depois vinham Bernhard ten Brinke e Henk Lategan empatados na terceira posição. continuando sua bela recuperação, Stephan Peterhansel vinha 4 segundos atrás dos dois, doido para voltar a disputa pela vitória na especial.

O Saudita Yasir Seaidan subiu bastante de um Checkpoint para esse da 13ª para a 6ªposição, superando inclusive o Tcheco Martin Prokop da Ford. Completando os 10 primeiros: Al Qassimi (Pegueot), Han (Quzhou Motorsport) e Serradori (Century). A Luta de Loeb de conseguir um lugar no pódio dura pouco tempo, Lategan e Peterhansel deixam o francês para trás no Km 217.

As posições não se alteram nas 4 primeiras posições até o km 292. Nasser Al-Attiyah, Henk Lategan e Stephan Peterhansel continuavam firmes nas 3 primeiras posições. Já Loeb acaba superado por Ten Brinke e perde a 4ªposição para o piloto Holandês da Toyota. Yasir Seiadan continua na 6ªposição após colocar mais de 4 minutos de frente para o Sheikh Khalid Al Qassimi que estava mais preocupado em manter o 7ºlugar, sob ameaça pelo piloto da Ford Martin Prokop. Mathieu Serradori e Wei Han completavam os 10 primeiros colocados. Cyril Despres vinha constantemente na 11ªposição na frente de outro chinês, Binglong Lu da BAIC.

Carlos Sainz vinha na 30ªposição, 33 minutos e 23 segundos do Qatari e 33 segundos a frente de Giniel de Villiers. Yazeed Al Rajhi vinha em uma deplorável 48ªposição, com 1 hora e 24 minutos de atraso para o líder.

No final, Bernhard Ten Brinke acabou sofrendo um grave acidente e acabou deixando o Dakar junto de seu navegador (copiloto) Tom Colsoul. A Vitória na especial ficou mesmo com Nasser Al-Attiyah da Toyota, com uma boa diferença para a surpresa da especial de hoje, o Sul-africano Henk Lategan completou a dobradinha da Toyota, com 2 minutos e 27 segundos de atraso para o vencedor, uma brilhante apresentação de Lategan que chegou bem a frente de Stéphane Peterhansel da Mini, após uma grande recuperação no começo ficando a 4 minutos do vencedor. O Multicampeão esta na frente na classificação geral, com 6 minutos de diferença para o vice-líder Nasser Al-Attiyah.

Enquanto Yazzed Al Rajhi ficou muito para trás, seu compatriota Yasir Seaidan fez uma grande especial e terminou o dia com a 4ªposição, bem distante do Sheikh Khalid Al Qassimi com seu Pegueot que superou Loeb na parte final da especial e ficou na 5ªposição. O multicampeão do Rally Sebastian Loeb teve um bom dia, mas ficou com o gosto de quero mais apesar da 6ªposição. O tcheco Martin Prokop após desempenho ruim do estágio de ontem acabou com uma boa recuperação chegando em 7ºlugar, a 13 minutos e 42 segundos do vencedor.

Apesar do 8ºlugar na especial de hoje Mathieu Serradori assumiu a terceira posição na geral. Wei Han da Quzhou motorsport e Cyril Despres da Pegueot completaram os 10 primeiros colocados. Jakub Przygonski ficou na 11ªposição, a 22 minutos de Al-Attiyah.

Carlos Sainz perdeu muito tempo e acabou ficando em 21ªlugar, a 31 minutos do vencedor. A Sorte é que é ainda uma desvantagem que dá ainda para recuperar nas próximas especiais, porém, acabou caindo para a 4ªposição na classificação geral. Prejuizo maior ficou com Giniel de Villiers na 27ªposição e pior ainda ficou com Yazeed al Rajhi que acabou em 44º a quase 1 hora e meia do vencedor do dia.

Veículos Leves:

Em uma disputa apertada, o chileno Francisco Lopez Contardo acabou vencendo a especial dos veículos leves, os três primeiros colocados ficaram a apenas 24 segundos entre eles. O Norte-americano Austin Jones ficou a 1 segundo a frente do Polonês Michal Goczal. Domínio total da CAN-AM sobre as demais marcas. Seth Quintero com o veiculo da Red Bull ficou em 4º e Nasser Khalifa Al Attiyah acabou completando os 5 primeiros colocados. Jeremie Warnia coloca o veiculo da Polaris na 6ªposição.

Na classificação geral, Lopez Contardo lidera com 6 minutos para Aron Donzala e 7 minutos para Austin Jones. A piloto Cristina Gutierrez Herrero da Red Bull vem na 4ªposição, sendo a primeira piloto com um carro sem ser uma CAN-AM.

Caminhões:

O Heroico Bielorrusso Siarhei Viazovich conquistou a vitória na especial após árdua luta contra o esquadrão da Kamaz. A disputa durou até o final da especial e acabou com vantagem para o piloto da MAZ-Autosport por 18 segundos de diferença para Dmitry Sotnikov que lidera na classificação geral. Anton Shibalov completou o pódio mostrando a força dos caminhões russos que tiveram ainda Andrey Karginov na 5ªposição. O tcheco Martin Macik leva a Iveco ao 4ºlugar, não muito longe do vencedor, a apenas 1 minuto e 42 segundos atrás. Na Classificação geral Dmitry Sotnikov tem uma volta de 16 minutos e 56 segundos para Siarhei Viazovich da MAZ. Shibalov com Kamaz, Macik com Iveco e Loprais da Instaforex completam os 5 primeiros colocados.

Fotos:

Resultado final da 3ªEspecial do Dakar 2021
Wadi Ad-Dawasir – 403 km

Motos

posPilotoPaísMotoEquipeTempo/diferençaPenality
13Toby PriceAustráliaKTMRed Bull KTM Factory Team03h 33′ 23”
247Kevin BenavidesArgentinaHondaMonster Energy Honda Team 2021+ 00h 01′ 16”
352Matthias WalknerÁustriaKTMRed Bull KTM Factory Team+ 00h 02′ 36”
49Skyler HowesEstados UnidosKTMBAS Dakar KTM Racing Team+ 00h 06′ 16”
55Sam SunderlandInglaterraKTMRed Bull KTM Factory Team+ 00h 08′ 24”
612Xavier de SoultraitFrançaHusqvarnaHT Rally Raid Husqvarna Racing+ 00h 08′ 50”
76Franco CaimiArgentinaYamahaMonster Energy Yamaha Rally Team+ 00h 10′ 04”
821Daniel SandersAustráliaKTMKTM Factory Team+ 00h 11′ 22”
919Rui Jorge Goncalves DiasPortugalSherco TVSSherco TVS Rally Factory+ 00h 12′ 19”
104Jose Ignacio Cornejo FlorimoChileHondaMonster Energy Honda Team 2021+ 00h 13′ 09”
1122Maciej GiemzaPolôniaHusqvarnaOrlen Team+ 00h 14′ 11”
1277Luciano BenavidesArgentinaHusqvarnaRockstar Energy Husqvarna Factory Racing+ 00h 14′ 36”
1315Lorenzo SantolinoEspanhaSherco TVSSherco TVS Rally Factory+ 00h 14′ 56”
1468Jamie McCanneyInglaterraYamahaMonster Energy Yamaha Rally Team+ 00h 15′ 27”
1587Oriol MenaEspanhaRiejuFN Speed – Rieju Team+ 00h 15′ 57”
1642Adrien van BeverenFrançaYamahaMonster Energy Yamaha Rally Team+ 00h 16′ 22”
1718Ross BranchBotswanaYamahaMonster Energy Yamaha Rally Team+ 00h 16′ 24”
1827Joaquim RodriguesPortugalHeroHero Motosports Team Rally+ 00h 16′ 28”
1931Michek MartinRep. TchecaKTMMoto Racing Group (MRG)+ 00h 17′ 03”
2036Jan BrabecRep. TchecaKTMStrojrent Racing+ 00h 17′ 07”
2124Sebastian BülherAlemanhaHeroHero Motosports Team Rally+ 00h 18′ 03”
2211Stefan SvitkoEslováquiaKTMSlovnaft Rally Team+ 00h 18′ 14”
232Pablo QuintanillaChileHusqvarnaRockstar Energy Husqvarna Factory Racing+ 00h 19′ 15”
2474Jaume BetriuEspanhaKTMFN Speed – KTM Team+ 00h 19′ 38”
251Ricky BrabecEstados UnidosHondaMonster Energy Honda Team 2021+ 00h 21′ 39”
2644Laia SanzEspanhaGas GasGas Gas Factory Team+ 00h 22′ 37”
2733Noah Koitha Veettil HarithÍndiaSherco TVSSherco TVS Rally Factory+ 00h 23′ 18”
2817Juan Pedrero GarciaEspanhaKTMFN Speed – Rieju Team+ 00h 23′ 23”
2954Camille Chapeliere FrançaKTMTeam Baines Rally+ 00h 24′ 25”
3088Joan Barreda BoatEspanhaHondaMonster Energy Honda Team 2021+ 00h 24′ 49”
3132Tosha SchareinaEspanhaKTMFN Speed – KTM Team+ 00h 25′ 02”
32142Maurizio GeriniItáliaHusqvarnaSolarys Racing+ 00h 26′ 01”
3320Adam TomiczekPolôniaHusqvarnaOrlen Team+ 00h 26′ 50”
3425Paul SpieringsHolandaHusqvarnaHT Rally Raid Husqvarna Racing+ 00h 26′ 52”
3526Milan EngelRep. TchecaKTMMoto Racing Group (MRG)+ 00h 27′ 52”
3650Santosh C. S.ÍndiaHeroHero Motosports Team Rally+ 00h 30′ 52”
3780Michael BurgessAustráliaKTMBAS Dakar KTM Racing Team+ 00h 38′ 45”
3876Roman KrejciRep. TchecaKTMBo!Beton Team+ 00h 39′ 23”
3930Arunas GelazninkasLituâniaKTMZigmas Dakar Team+ 00h 40′ 24”
4039Benjamin MelotFrançaKTMBenjamin Melot+ 00h 43′ 54”
4163Konrad DabrowskiPolôniaKTMDuust Rally Team+ 00h 44′ 03”
4241Zaker YakpChinaKTMWu Pa Da Hai Dad dakar Rally Team+ 00h 47′ 30”
4353Libor PodmolRep. TchecaHusqvarnaPodmol Dakar Team+ 00h 48′ 21”
44108Marc CalmetEspanhaKTMFN Speed – Rieju Team+ 00h 50′ 50”
45101David KnightInglaterraHusqvarnaHT Rally Raid Husqvarna Racing+ 00h 58′ 43”00h 20′ 00”
4637David PabiskaRep. TchecaKTMJantar Team+ 00h 59′ 13”
4797Martin BenkoEslováquiaKTMNorwit Racing+ 01h 00′ 03”
4848Mathieu DovezeFrançaKTMNomade Racing Assistance+ 01h 00′ 12”
4973Mohammed JaffarKuwaitKTMDuust Rally Team+ 01h 00′ 38”00h 20′ 00”
5029Emanuel GyenesRomeniaKTMAutonet Motorcycle Team+ 01h 03′ 07”

Quadriciclos

posPilotoPaísQuadricicloEquipetempoPenality
1150Nicolas CavigliassoArgentinaYamahaDragon Rally Team04h 25′ 49”
2159Giovanni EnricoChileYamahaEnrico Racing Team+ 00h 01′ 00”
3154Manuel AndujarArgentinaYamaha7240 Team+ 00h 04′ 08”
4152Alexandre GiroudFrançaYamahaTeam Giroud+ 00h 06′ 15”
5163Pablo CopettiEstados UnidosYamahaMX Devesa by Berta+ 00h 07′ 19”
6168Italo PedemonteChileYamahaEnrico Racing Team+ 00h 09′ 52”
7153Tomas KubienaRep.TchecaYamahaStory Racing S.R.O.+ 00h 26′ 03”
8174Toni VingutEspanhaYamahaVisit Sant Antoni – Ibiza+ 00h 49′ 55”
9157Romain DutuFrançaYamahaSMX Racing+ 01h 03′ 05”
10176Laisvydas LaniciusLituâniaYamahaStory Racing S.R.O.+ 01h 04′ 35”
11177Suany MartinezBolíviaCan-AmTeam Can Am Martinez+ 01h 08′ 11”
12155Kamil WisniewskiPolôniaYamahaOrlen Team+ 01h 15′ 12”

Carros

posPiloto/CoPiloto/MecânicoPaísCarro/EquipetempoPenalityPenality
1301Nasserr Al-AttiyahQatarToyota03h 17′ 39”
Matthieu BaumelFrançaToyota Gazoo Racing
2332Henk LateganÁfrica do SulToyota+ 00h 02′ 27”
Brett CummingsÁfrica do SulToyota Gazoo Racing
3302Stéphane PeterhanselFrançaMini+ 00h 04′ 05”
Edouard BoulangerFrançaX-Raid Mini JCW Team
4316Yasir SeaidanArábia SauditaCentury+ 00h 07′ 09”
Alexey KuzmichRússiaSRT Racing
5310Sheikh Khalid Al QassimiEAUPeugeot+ 00h 12′ 31”
Xavier PanseriFrançaAbu Dhabi Racing
6305Sebastien LoebFrançaHunter+ 00h 13′ 14”
Daniel ElenaMônacoBahrein Raid Xtreme
7312Martin ProkopRepública TchecaFord+ 00h 13′ 42”
Viktor ChytkaRepública TchecaOrlen Benzina Team
8308Mathieu SerradoriFrançaCentury+ 00h 16′ 05”
Fabian LurquinBélgicaSRT Racing
9318Wei HanChina2WD+ 00h 17′ 49”
Min LiaoChinaQuzhou Motorsport City Team
10314Cyril DespresFrançaPegueot+ 00h 19′ 05”
Mike HornSuíçaAbu Dhabi Racing
11307Jakub PrzygonskiPolôniaToyota+ 00h 22′ 00”
Timo GottschalkAlemanhaOverdrive Toyota
12361Binglong LuChinaBAIC+ 00h 22′ 54”
Wenke MaChinaBAIC DRV
13335Guilherme SpinelliBrasilMini+ 00h 25′ 50”
Youssef HaddadBrasilX-Raid Mini JCW Rally Team
14313Erik van LoonHolandaToyota+ 00h 26′ 06”
Sebastien DelaunayFrançaOverdrive Toyota
15320Benediktas VanagasLituâniaToyota+ 00h 26′ 22”
Filipe PalmeiroPortugalInbank Toyota Gazoo Racing Baltics
16311Nani RomaEspanhaHunter+ 00h 26′ 31”
Alexandre Winocq FrançaBahrein Raid Xtreme
17343Yangui LiuChinaBAIC+ 00h 28′ 53”
Hongyu PanChinaBAIC DRV
18326Christian LavieilleFrançaOptimus+ 00h 30′ 03”
Jean-Pierre GarcinFrançaMD RallyE Sport
19319Jérome PélichetFrançaOptimus+ 00h 30′ 47”
Pascal LabroqueFrançaRaidlynx
20328Miroslav ZapletalRepública TchecaFord+ 00h 31′ 00”
Marek SýkoraEslováquiaOffroadsport
21300Carlos SainzEspanhaMini+ 00h 31′ 02”
Lucas CruzEspanhaX-Raid Mini JCW Team
22341Michael PisanoFrançaOptimus+ 00h 31′ 02”
Max DelfinoFrançaMD RallyE Sport
23309Orlando TerranovaArgentinaMini+ 00h 31′ 34”
Bernardo GraueArgentinaX-Raid Mini JCW Team
24317Vladimir VasilyevRússiaBMW+ 00h 32′ 22”
Dmitro TsyroUcraniaX-Raid Mini JCW Team
25331Victor KhoroshavsevRússiaMini+ 00h 36′ 25”
Anton NikolaevRússiaX-Raid Mini JCW Rally Team
26321Dominque HousieauxFrançaOptimus+ 00h 36′ 38”
Simon VitseFrançaMD RallyE Sport
27304Giniel de VilliersÁfrica do SulToyota+ 00h 37′ 47”
Alex Haro BravoEspanhaToyota Gazoo Racing
28334Ricardo PoremPortugalBorgward+ 00h 39′ 43”
Jorge MonteiroPortugalBorgward
29327Isidre Esteve PujolEspanhaToyota+ 00h 41′ 13”
Txema VillalobosEspanhaRepsol Rally Team
30358Marcelo Tiglia GastaldiBrasilCentury+ 00h 53′ 02”
Lourival RoldanBrasilCentury Racing

Veículos leves

posPiloto/CoPiloto/MecânicoPaísCarro/EquipetempoPenality
1401Francisco Lopez ContardoChileCAN-AM04h 20′ 57”
Juan Pablo Latrach VinagreChileSouth Racing CAN-AM
2408Austin JonesEstados UnidosCAN-AM+ 00h 00′ 23”
Gustavo GugelminBrasilMonster Energy CAN-AM
3424Michal GoczalPolôniaCAN-AM+ 00h 00′ 24”
Szymon GospodarczykPolôniaEnergylandia Rally Team
4383Seth QuinteroEstados UnidosDT3+ 00h 01′ 40”
Dennis ZenzEstados UnidosRed Bull Off-Road Team USA
5422Nasser Khalifa Al AttiyahQatarCAN-AM+ 00h 02′ 33”
Paolo CeciItáliaSouth Racing CAN-AM
6411Jeremie WarniaFrançaPolaris+ 00h 03′ 31”
Steven GrienerSuíçaCST/Polaris France
7410Santiago NavarroEspanhaCAN-AM+ 00h 03′ 41”
Marc Sola TerradellasEspanhaFN Speed Team
8416Kees KoolenHolandaCAN-AM+ 00h 03′ 44”
Jurgen van den GoorberghHolandaSouth Racing CAN-AM
9406Aron DonzalaPolôniaCAN-AM+ 00h 05′ 29”
Maciej MartonPolôniaMonster Energy CAN-AM
10412Saleh AlsaifArábia SauditaCAN-AM+ 00h 07′ 34”
Oriol Vidal MontijanoEspanhaBlack Horse
11381Mitchell GuthrieEstados UnidosDT3+ 00h 08′ 27”
Ola FloeneNoguegaRed Bull Off-Road Team USA
12400Sergei KariakinRússiaCAN-AM+ 00h 09′ 22”
Anton VlasiukRússiaSnag Racing Team

Caminhões

posPiloto/CoPiloto/MecânicoPaísCaminhão/EquipetempoPenality
1502Siarhei ViazovichBielorrússiaMaz.03h 45′ 14”
Pavel NikitinBielorrússiaMAZ-Sportauto
Anton ZaparoshchankaBielorrússia
2507Dmitry SotnikovRússiaKamaz+ 00h 00′ 18”
Ruslan AkhmadeevRússiaKamaz-Master
Ilgiz AkhmetzianovRússia
3501Anton ShibalovRússiaKamaz+ 00h 01′ 16”
Dmitri NikitinRússiaKamaz-Master
Ivan TatarinovRússia
4503Martin MacikRep.TchecaIVECO+ 00h 01′ 42”
Frantisek TomasekRep.TchecaBig Shock Racing
David SvandaRep.Tcheca
5500Andrey KarginovRússiaKamaz+ 00h 03′ 28”
Andrey MokeevRússiaKamaz-Master
Igor LeonovRússia
6505Alisksei VishneuskiBielorrússiaMaz.+ 00h 03′ 57”
Maksim NovikauBielorrússiaMAZ-Sportauto
Siarhei SachukBielorrússia
7504Ales LopraisRep.TchecaPraga+ 00h 06′ 19”
Petr PokdraRep.TchecaInstaforex Loprais Praga
Khalid AlkendiEAU
8509Airat MardeevRússiaKamaz+ 00h 11′ 31”
Dimtriy SvistunovRússiaKamaz-Master
Akhmet GaliaudtinovRússia
9517Ignacio CasaleChileTatra+ 00h 15′ 44”
Alvaro LeonChileTatra Buggyra Racing
Petr CapkaRep.Tcheca
10518Jaroslav ValtrRep.TchecaIVECO+ 00h 15′ 44”
Radim KaplanekRep.TchecaValtr Racing Team
Jaroslav MiskolciEslovaquia
11506Martin van den BrinkHolandaRenault Trucks+ 00h 20′ 45”
Wouter de GraaffHolanda
Daniel KozlovskyRep.Tcheca
12515Pascal de BaarHolandaRenault+ 00h 27′ 31”
Jan van der VaetBélgicaRiwald Dakar Team
Stefan SlootjesHolanda
13514Martin SoltysRep.TchecaTatra+ 00h 34′ 03”
David SchovanekRep.TchecaTatra Buggyra Racing
Tomas SikolaRep.Tcheca
14520Jan TomanekRep.TchecaTatra+ 01h 07′ 17”
Tomas KasparekRep.TchecaInstaforex Loprais Praga
Jiri StrossRep.Tcheca
15522Mathias BehringerAlemanhaMan+ 01h 30′ 24”
Stefan HenkenAlemanhaSouth Racing
Philip RettigAlemanha

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar

Hamilton vence em Imola e Mercedes confirma o título de Campeã dos construtores pela 7ªvez

Em um dia de domingo, com tempo nublado aconteceu à corrida que definiu a temporada de 2020 em relação ao Mundial de Construtores. Dos 20 pilotos do grid, 8 usavam pneus macios: Gasly, Ricciardo, Albon, Leclerc, Kvyat, Norris, Sainz jr. e Giovinazzi. O Resto estava de pneus médios.

Na largada, Bottas faz boa largada, mantendo a liderança. Já Hamilton não teve o mesmo desempenho e acabou perdendo a 2ªposição para Verstappen. Ricciardo fez uma bela largada e passou Gasly subindo para a 4ªposição.  Lá atrás, houve um toque entre Vettel e Magnussen e o piloto da Haas levou a pior. Nessa mesma primeira volta, Stroll tocou com Ocon e acabou indo para os boxes, substituindo o aerofólio danificado.

Bottas parecia que teria a corrida nas suas mãos, mas logo na 2ªVolta, o finlandês acabou pegando destroços da 1ªVolta (Ou do Magnussen ou do Vettel). A partir dai, Bottas teria dificuldades na sua corrida. Os 3 primeiros colocados em poucas voltas já tinham se afastado de Ricciardo, Gasly, Leclerc e dos demais pilotos.

Na 6ªVolta, Sainz jr. supera Norris, passando para a 9ªposição. Perez se assanha e tenta se aproximar de Norris. A Mclaren não teve um dos seus melhores finais de semana no ano.

Gasly teve problemas e teve de abandonar a corrida na 9ªvolta, numa corrida que ele poderia facilmente brigar por um pódio. Lá na frente, Bottas abria pelo menos 1 segundo de frente para Verstappen e 3 segundos sobre Hamilton. Os três primeiros estavam bem a frente de Ricciardo, Leclerc, Albon e Kvyat. Os 4 estavam próximos um do outro e uma outra, um pressionava e em outro momento o mesmo era pressionado. Sainz jr. que vinha em 8º começou a se aproximar da turma.

Na volta 11, Giovinazzi foi o primeiro a parar dos pilotos que usavam os pneus macios. Na 14ªVolta, Charles Leclerc, Lando Norris e Esteban Ocon foram para a parada obrigatória. Na volta seguinte foi a vez Ricciardo, Albon e Kvyat pararam. Se aproveitando disso, Leclerc tentou passar Ricciardo, mas essa tentativa audaciosa do monegasco quase acabou em acidente, Leclerc quase bateu na traseira do piloto Australiano.

Enquanto isso, lá na frente, Bottas vinha aumentando sua vantagem sobre Verstappen (2.3 segundos) e Hamilton (3.8 segundos). Na volta 18, Sainz jr. foi para a parada e voltou atrás do Kvyat. 1 volta antes,  o Russo tentou passar Albon, quase conseguiu, mas acabou tendo de recuar. Houve um toque de leve entre os dois, felizmente nenhum deles teve prejuízos e puderam seguir na prova.

Max Verstappen parou na volta 19. Quando isso acontece, a Mercedes não perde tempo e chama Bottas para a parada na 20ªVolta. Lewis Hamilton assumiu a liderança a partir dai, com 23 segundos sobre Bottas, que começava a sentir os problemas da peça que ficou presa em seu carro. Verstappen estava perto do finlandês. Em 4º Vinha Sergio Perez da Racing Point, O mexicano não tinha feito a parada, assim como Vettel, Raikkonen, Latifi e Magnussen que vinham em 5º, 6º, 7º e 8ºlugares respectivamente.

Com o decorrer das voltas, Lewis aumentava a vantagem para Bottas e Verstappen, no que deixava Hamilton mais perto de parar e de voltar ainda na liderança. Mais atrás, Ricciardo e Leclerc chegam em Magnussen e conseguem passar pelo piloto da Haas. Porém, enquanto o piloto da Renault passou facilmente, o piloto da Ferrari teve de lutar pela posição com o dinamarquês que batalhou muito para ficar na frente. Após essa disputa, Kevin Magnussen foi para a parada na 28ªVolta, segundos depois de Perez entrar nos boxes.

Na volta 30, Esteban Ocon encosta entre a curva 13 e 14 e abandona. O Safety Car virtual é acionado e Hamilton acaba indo para a parada. Bem na hora, pois durante a parada, o Safety Car Virtual foi desligado e a corrida recomeçou com toda a velocidade. Resultado de tudo isso foi que Hamilton voltou 4 segundos a frente de Bottas. A tática de retardar a parada deu certo para o inglês, que tinha pneus novos enquanto os seus perseguidores mais próximos já vinham com pneus de 10 voltas de desgaste.

Nicholas Lafiti parou na volta 35. 5 voltas depois, Vettel foi para a parada e dai, acontece o desastre, a Ferrari trabalha mal e faz o tetracampeão do Mundo perder 10 segundos a mais de parada do que uma parada normal.

Naquela altura do campeonato, Verstappen já estava colado em Bottas a muitas voltas. Até que na 44ªVolta, Bottas erra a curva 17 e Verstappen se aproveita e supera o Finlandês para levar a 2ªposição. Bastou poucas voltas para o Holandês se distanciar de Bottas, isso mostrava o prejuízo que o companheiro de Hamilton teve com o destroço que estava lá desde da segunda volta.

Kimi Raikkonen fazia uma ótima corrida, em 4ºlugar, com pneus médios de mais de 40 voltas de uso. O Homem de gelo ao fazer a parada cederia a posição ao Mexicano Sergio Perez, que estava muito a frente de Daniel Ricciardo e Charles Leclerc (6º e 7ºcolocados respectivamente). Albon, Kvyat e Sainz jr. completavam os 10 primeiros.

Raikkonen fez sua parada na 49ªVolta e Perez subiu para 4ªposição. O piloto da Alfa Romeo voltou na 12ªposição. Magnussen foi para os boxes para abandonar a prova.

A prova estava se encaminhando para o final, parecia que mais nada acontecer… Mas um furo de pneu de Verstappen na 51ªVolta faz o holandês rodar e deixar a corrida. O Safety Car entra na pista e todos os pilotos foram para uma nova parada nos boxes. Após essas paradas, A classificação era Hamilton, Bottas, Ricciardo, Leclerc, Albon, Perez, Kvyat, Sainz jr. e Russell. A Williams estava na zona de pontuação e poderia marcar o primeiro ponto na temporada.

Poderia, mas Russell acabou batendo em pleno Safety Car, um erro bobo que faz o britânico deixar escapar diante dos dedos a provável última chance de pontuar em 2020. Lance Stroll acabou passando do ponto ao entrar nos boxes, derrubando o homem que era responsável em levantar o carro pela frente com o macaco. Ou seja, Uma enorme atrapalhada provocada pelo piloto. O mecânico atingido não sofreu ferimentos graves.

Após 7 voltas de bandeira amarela, a relargada acontece na 58ªVolta. Hamilton e Bottas fogem nas duas primeiras posições. A relargada foi muito boa para Danill Kvtay, que passou na reta Albon e Perez. Curvas depois, O piloto da Alpha Tauri faz uma brilhante ultrapassagem sobre Leclerc, pulando da 7ª para 4ªposição. Já Alexander Albon acabou superado por Sergio Perez, mas pior que isso foi ter rodado depois da curva 6, caindo para a última posição. Carlos Sainz jr. ficou a muito pouco, mas muito pouco mesmo de bater no piloto da Red Bull.

Kvyat partiu para cima de Ricciardo e Perez partiu para cima de Leclerc. Eram os dois pegas da corrida nas voltas finais, mas não ocorreram mudanças em nenhuma dessas disputas.

Lewis Hamilton acaba conquistando a 93ªVitória da carreira, aumentando a sua vantagem no campeonato e podendo definir o heptacampeonato em definitivo no GP da Turquia. Valtteri Bottas teve uma corrida difícil pela peça presa no seu carro, isso atrapalhou demais a sua corrida, mas teve sorte e acabou conquistando a segunda posição. Resultado que não só aproxima o finlandês do vice-campeonato como acabou dando a Mercedes o 7ºcampeonato Mundial de Construtores, de forma consecutiva, um recorde na história da categoria.

A Equipe chefiada por Toto Wolff mostra a incrível competência desde do começo da era turbo em 2014. Hamilton se transformou em um piloto maduro e praticamente uma maquina de vencer corridas e campeonatos, junto de uma equipe competente e carros muito bem projetados é que a Mercedes se tornou essa potência na Formula 1.

O pódio foi completado por Daniel Ricciardo da Renault, pela segunda vez na temporada na 3ªposição, com 8 décimos de frente para Danill Kvyat. O piloto russo fez um final de corrida incrível e por muito pouco não conquistou o primeiro pódio na temporada.

Charles Leclerc levou a Ferrari a mais um bom resultado, chegando na 5ªposição após suportar os ataques de Sergio Perez. A se lembrar que Ricciardo e Leclerc não fizeram a parada enquanto que outros pilotos fizeram a parada. Sergio Perez que poderia ter o pódio acabou ficando frustrado com a 6ªposição. Com os resultados de Emilia Romagna, a Renault passou a ser a terceira posição no mundial de construtores.

A Mclaren teve um fim de semana que não foi dos melhores, mas seus dois pilotos foram competentes e levaram seus carros até o final nos pontos. Carlos Sainz jr. na 7ªposição e Lando Norris na 8ªposição. Os dois pilotos da Alfa Romeo completaram a zona de pontuação, com Kimi Raikkonen em 9º, fazendo uma bela corrida, chegando a andar em 4ºlugar, com  pneus de quase 50 voltas de uso. Antonio Giovinazzi completou a zona de pontuação após largar da última posição. São 3 pontos que parecem ser decisivos para permanecer na 8ªposição no Mundial de Construtores.

Nicholas Lafiti ficou mais uma vez na porta de entrar nos pontos, mas acabou não conseguindo o primeiro ponto dele e da Williams em 2020. Foi a 3ªvez que o canadense fica na 11ªposição. Depois veio Romain Grosjean, mas acabou punido em 5 segundos por passar do limite da pista. Essa posição foi herdada por Sebastian Vettel, com sua corrida comprometida pela parada ruim nos boxes, mas mesmo se a parada nos boxes fosse boa, não acredito que o Alemão chegasse muito longe do 9ºlugar.

Na 13ªposição, Lance Stroll teve um final de semana pra esquecer, mal nos treinos e uma corrida ruim, ainda por cima quase atropelou o mecânico da sua equipe. Romain Grosjean ficou em 14º, continuando o calvário da Haas. Agora o calvário mesmo esta cavando é Alexander Albon, que fazia até uma corrida regular, mas com a rodada ele botou tudo a perder e acabou ficando com a última posição, Cada vez ficando com a sua vaga na Red Bull e até mesmo na Formula 1 ameaçada.

Dia 15 de Novembro, dia do 1ºturno das eleições, Hamilton pode confirmar o título de campeão do mundo pela 7ªvez. Basta que no GP da Turquia, Lewis fique com a vitória ou com o segundo lugar mais a volta mais rápida da prova. Bottas é o único que pode ainda deter Hamilton a 4 corridas do término da temporada de 2020.

Resultado final da 13ªEtapa do Mundial de Formula 1.
GP Emilia Romagna – 63 Voltas – Imola

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:28:32.430
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11+5.783s
33Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20+14.320s
426Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H+15.141s
516Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065+19.111s
611Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes+19.652s
755Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20+20.230s
84Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20+21.131s
97Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065+22.224s
1099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065+26.398s
116Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11+27.135s
125Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065+28.453s
1318Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes+29.163s
148Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065+32.935s
1523Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H+57.284s
63George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 12 Voltas – acidente
33Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 11 Voltas – furo de pneu
20Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 16 Voltas – Mecânico
31Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 36 Voltas – Mecânico
10Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620Ha 55 Voltas – Mecânico

Melhor volta de cada piloto – Lewis Hamilton ganha 1 ponto pela volta mais rápida da prova

posPilotoEquipeChassiMotorTemponº da volta
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:15.48463
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:15.90263
323Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:16.17763
43Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:17.55262
533Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:17.63744
626Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:17.66662
75Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:17.76744
84Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:18.06963
911Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:18.08449
107Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:18.08863
1155Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:18.11862
1216Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:18.17362
1318Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:18.36046
146Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:18.71937
1599Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:18.79461
1663George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:18.81143
178Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:18.82245
1820Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:19.27345
1931Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:19.60622
2010Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:20.4035

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

GP da Emilia Romagna – Classificação do sábado – 15ªpole de Bottas

Após 14 anos sem corridas, o circuito Enzo e Dino Ferrari volta a sediar uma corrida do Mundial de Formula 1. O GP da Emilia Romagna é uma das corridas que foram colocadas no calendário devido a pandemia do Covid-19. Pelo que me parece, o circuito esta bem melhor do que antes, com 2 trechos de alta (1º e 3ºsetor) e a segunda parte de um texto mais seletivo.

O formato de 2 dias só de eventos não me pareceu interessante ser feito dessa forma. Seria interessante que fosse feito dessa forma: Em 2 finais de semana seguidos, no mesmo circuito, com um treino livre de 2 horas no sábado de manhã e depois a classificação como é feito normalmente. Ou faz uma rodada dupla, 2 corridas no final de semana. Com um treino livre de 2 horas na sexta, depois a Classificação pela manhã do Sábado e a corrida a tarde. No domingo uma nova classificação e pela tarde de domingo a corrida.

Na sexta-feira, muitos pilotos e equipe fizeram sua homenagem a Ayrton Senna. Sendo que alguns pilotos foram as lagrimas ao estarem no local onde aconteceu o trágico acidente em 1994.

Nos treinos livres na manhã de sábado, a maioria dos pilotos aproveitaram muito bem o tempo, Hamilton foi o mais rápido, com Verstappen, Bottas e Gasly nas 4 primeiras posições.

Resultado do Treino Livre:

posPilotoEquipeChassiMotorTemponºvoltas
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:14.72646
233Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:15.02339
377Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:15.21847
410Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:15.63346
516Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:15.68841
63Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:15.83932
731Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:15.94544
826Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:15.96647
923Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:16.06141
1018Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:16.08242
1111Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:16.10942
125Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:16.16740
138Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:16.55042
1455Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:16.56042
1599Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:16.56433
164Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:16.67145
177Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:16.68443
1863George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:16.78043
1920Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:17.06045
206Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:17.77929

Depois de 2 horas e meia, os pilotos foram para a classificação. Com apenas 90 minutos de pista para acerto de carro para treino e a corrida. Kevin Magnussen e Nicholas Latifi foram os primeiros pilotos a entrarem na pista e a marcarem volta.

Nos primeiros movimentos, se mostra o incrível desempenho dos dois pilotos da Alpha Tauri, Kvyat e Gasly fizeram os 2 primeiros tempos, bem a frente dos pilotos da Ferrari. Pierre Gasly vinha com o capacete inspirado na pintura do capacete de Ayrton Senna.

Hamilton acabou com o domínio dos pilotos da filial da Red Bull, marcando um tempo 268 milésimos mais rápido que Kvyat. Nem mesmo Verstappen conseguiu superar esse tempo. Na volta seguinte, Leclerc e depois Verstappen superaram Hamilton. Porém, na volta seguinte, Hamilton voltou para a liderança, com 1:14.574. Já Bottas acabou tendo sua volta de 1:14.526 anulada por ter ido para fora da pista na curva 9. Não era só o finlandês que estava nessa encrenca, também o pressionadíssimo Alexander Albon, que também teve sua volta (Que dava a 11ªposição) anulada. Os dois vinham nas 2 últimas posições.

A 5 minutos do final, Bottas foi para a pista para evitar a eliminação no Q1. Assim como Alexander Albon. Os dois pilotos da Haas, da Williams e da Alfa Romeo tentavam evitar a provável eliminação no Q1.

Bottas consegue o 2ºtempo e Albon passou para 7ºposição e evitam a eliminação, Ricciardo chegou a ficar em posição muito complicada, mas se safou com uma volta razoável. George Russell faz uma grande volta e passa para o Q2 na 14ªposição. Kimi Raikkonen teve uma boa volta anulada por passar do ponto em uma das curvas do circuito e acabou eliminado do Q1. Junto do homem de gelo, foram eliminados Grosjean, Magnussen, Lafiti e Giovinazzi. Valtteri Bottas acabou sendo o mais rápido da Q1.

 Resultado do Q1:

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:14.221
244Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:14.229
333Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:15.034
416Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:15.123
510Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:15.183
64Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:15.274
731Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:15.352
823Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:15.402
911Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:15.407
1026Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:15.412
113Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:15.474
1255Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:15.528
135Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:15.571
1463George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:15.760
1518Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:15.822
168Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:15.918
1720Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:15.939
187Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:15.953
196Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:15.987
2099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:16.208

Começando o Q2, dos 10 pilotos que saíram para a pista, Os pilotos da Mercedes, Red Bull e Ferrari usavam os pneus médios, enquanto Gasly, Kvyat, Ocon e Russell estavam de pneus macios. A principio, o desempenho do carro da Alpha Tauri era melhor que o desempenho da Ferrari, por mais que Vettel e Leclerc tentassem reverter o quadro.

Bottas com 1:14.585 e Hamilton com 1:14.643 garantiram com sobras a Mercedes no Q3, mesmo com os pneus duros. Já Verstappen não completou a volta e foi para os boxes resolver problemas com a vela do seu carro. Enquanto isso, os outros 5 pilotos (Norris, Perez, Ricciardo, Sainz e Stroll) já estavam fazendo suas tentativas de volta. Ricciardo e Norris fizeram o 4º e 5ºtempos, logo atrás de Gasly. Kvyat em nova volta pulou para 6º, logo foi superado pelo mexicano Sergio Perez da Racing Point.

Na metade da classificação: Bottas e Hamilton vinham 4 décimos a frente de Gasly. Depois vinham Ricciardo, Norris, Perez, Kvyat, Ocon, Sainz jr. e Leclerc. Verstappen vivia o drama de poder estar eliminado no Q2, tendo de largar da 15ªposição. Ocon tentou melhorar sua posição, mas só melhorou a sua marca, mantendo-se na 8ªposição. Danill Kvyat teve mais sorte, superou sua marca e subiu para 5ªposição a 2:30 do final do Q2.

Verstappen tinha uma única chance para passar para os Top 10, Essa volta foi aproveitada e o holandês conseguiu uma volta razoável para a classificação. Já Charles Leclerc tirou tudo da sua Ferrari, e se garantido no Q3. Vettel não conseguiu isso e acabou ficando em 14º, atrás até mesmo pelo britânico George Russell.

Os classificados foram: Bottas, Hamilton, Gasly, Albon, Ricciardo, Verstappen, Leclerc, Kvyat, Sainz jr. e Norris. Kvyat alcança a classificação a fase final pela primeira vez na temporada. Sergio Perez, Esteban Ocon, George Russell, Sebastian Vettel e Lance Stroll foram eliminados e largam da 11º até o 15ªrespectivamente.

Resultado do Q2:

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:14.585
244Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:14.643
310Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:14.681
423Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:14.745
53Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:14.953
633Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:14.974
716Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:15.017
826Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:15.022
955Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:15.027
104Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:15.051
1111Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:15.061
1231Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:15.201
1363George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:15.323
145Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:15.385
1518Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:15.494

Antes da parte final da classificação, Os fiscais de pista foram limpar a pista da brita que estava em vários pontos do circuito. Após essa limpeza, o Q3 começou, com Carlos Sainz jr., Danill Kvyat e Pierre Gasly como os primeiros a entrarem na pista. Em seguida, Hamilton, Bottas, Ricciardo e Verstappen entraram também para marcarem seus tempos. A disputa da pole era entre Hamilton, Bottas e Verstappen.

Na primeira volta, Hamilton faz o melhor tempo, mesmo levando poeira na curva de acesso aos boxes. O 1:13.781 (que poderia ter sido até melhor) foi 31 milésimos mais rápido do que o tempo de Valtteri Bottas. Max Verstappen fez o terceiro tempo, ficou a 7 décimos de Hamilton, bem longe da disputa. Gasly, Leclerc, Norris, Kvyat, Ricciardo, Sainz jr. e Albon completavam os Top 10. O piloto Tailandês acabou com sua volta anulada na curva 9 (A segunda na classificação).

A menos de 4 minutos do final, Kvyat, Ricciardo, Sainz jr. e Albon saíram para a última tentativa. Os favoritos a pole saíram a 3 minutos do final e Verstappen saiu a 2:30 do final. Daniel Ricciardo consegue uma boa volta e sobe para 5ªposição, a frente de Alexander Albon. Com o cronometro zerado, Hamilton marca 1:13.706, mas não é o suficiente para evitar a 15ªpole position de Valtteri Bottas, que superou Hamilton na sua volta final (1:13.609), O finlandês da Mercedes consegue superar pela 4ªVez no ano o líder do campeonato. A equipe Mercedes conquista a 13ªpole em 13 corridas nessa temporada, mantendo os 100% de aproveitamento em classificações. Hamilton larga em 2º.

Verstappen abre a 2ªFila, fazendo o que é possível com o carro da Red Bull. Ao seu lado, numa grande classificação ficou Pierre Gasly em 4º, em um grande momento da Alpha Tauri e dele na temporada. Formando a terceira fila, largam o Australiano Daniel Ricciardo da Renault e o pressionadíssimo Alexander Albon da Red Bull.

Charles Leclerc salva a honra já muito arranhada da Ferrari e Daniil Kvyat no seu melhor grid de largada de 2020 formam a 4ªfila e completando os 10 primeiros lugares, na 5ªfila estão largando Lando Norris e Carlos Sainz jr. da Mclaren.

Grid de Largada da 13ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP da Emilia Romagna

posPilotoEquipeChassiMotorTemponºvoltas
177Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:13.60922
244Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:13.70622
333Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:14.17616
410Pierre Gasly Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:14.50219
53Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:14.52018
623Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:14.57221
716Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:14.61620
826Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauriAT01Honda RA620H1:14.69621
94Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:14.81417
1055Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:14.91119
1111Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:15.06116
1231Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:15.20114
1363George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:15.32318
145Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:15.38520
1518Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:15.49416
168Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:15.91810
1720Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:15.93911
187Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:15.95310
196Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:15.98712
2099Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:16.2088

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams

Formula 2 – Etapa da Toscana – Disputa do título continua bem aberta

O GP de Mugello teve muitas disputas, muitos acidente e as vitórias de Nikita Mazepin na corrida do sábado e o passeio de Christian Lundgaard na corrida de Domingo. Enquanto a disputa do título, Schumacher se deu bem e recuperou a liderança, mas tá bem longe do campeão esta definido, esta muito apertado a questão dos postulantes ao campeonato da categoria de acesso a Formula 2.

Assim que começou a classificação, a maioria dos pilotos foram de imediato para a pista, enquanto que pilotos como os dois pilotos da Carlin e da DAMS esperaram 1 minuto para entrarem na pista. Os pilotos partiram para as voltas rápidas após 2 voltas de aquecimento. Em sua volta rápida, Schumacher exagera, coloca as rodas na brita e roda, por sorte não acabou indo para o muro. Luca Ghiotto também foi para a brita na curva 7, mas conseguiu voltar a pista sem rodada.

Depois de 7 minutos de classificação, o neozelandês Marcus Armstrong marcou o melhor tempo na sua primeira volta, com seu companheiro de equipe Christian Lundgaard a 33 milésimos atrás. Juri Vips e Dan Ticktum vinham em 3º e 4ºlugares. Shwartzman e Drugovich completava os 6 primeiros colocados, separados por apenas 276 milésimos de segundo.

Os pilotos deram uma aliviada de 1 volta e depois foram para uma segunda volta rápida. Lundgaard voou baixo e acabou marcando a grande volta de 1:30.205, sobrando na turma, ninguém conseguiu superar o piloto da ART. Dan Ticktum da DAMS com 1:30.273 e Felipe Drugovich da MP Motorsport com 1:30.339. Juri Vips em belíssima classificação subiu para o 4ºtempo. Deletraz, Tsunoda, Mazepin, Aitken, Daruvala e Armstrong completa os 10 primeiros colocados. Os principais candidatos ao título vinham mal, Ilott vinha em 14º, Mick Schumacher em uma horrorosa 21ªposição, 3 milésimos a frente do horrível Guilherme Samaia.

Os pilotos foram para os boxes aos 18 minutos do final, depois de 7 minutos, todo mundo começou a voltar à pista para os 11 minutos e meio finais da sessão. A 7 minutos e meio do final, Marcos Armstrong foi com tudo para sair da 10ªposição e acabou conseguindo passar para a terceira posição, Mas o que o piloto neozelandês fez foi pouco para o que Lundgaard fez, melhorando em 72 milésimos seu melhor tempo, com 1:30.133, ficando na frente. Dan Ticktum a 5 minutos e 25 segundos do final, marca o segundo tempo, apenas 5 milésimos acima do tempo do pole provisório.

Luca Ghiotto deu uma bela subida, passando da 15ª para a 6ªposição. A 5 minutos do final, Ilott subiu para a 3ªposição, superando Armstrong e Drugovich. Daruvala acabou subindo para a 6ªposição. Ainda houve uma última tentativa para todo mundo, mas praticamente ninguém conseguiu melhorar a sua volta. Apenas Yuki Tsunoda subiu para a 9ªposição.

Christian Lundgaard da ART Grand Prix conquistou merecidamente a pole position, ganhando 4 pontos no mundial de pilotos. O inglês Daniel Ticktum da DAMS vai dividir a primeira fila com o piloto dinamarquês. Na segunda fila, largam Callum Ilott da Uni-virtuosi, que tinha uma boa chance de tirar Mick Schumacher da liderança do campeonato. Em 4º vai largar Marcos Armstrong da ART Grand Prix, um bom momento do piloto neozelandês que se perdeu no decorrer do campeonato.

Na terceira fila, vão largar Felipe Drugovich da MP motorsport e Jehan Daruvala da Carlin. Completando os 10 primeiros colocados: Juri Vips da DAMS, num boa classificação do estones protegido da Red Bull, Luca Ghiotto da HiTech, Robert Shwartzman da Prema e Jack Aitken da Campos Racing.

Grid de largada:

pospilotoEquipeTemponºVoltas
16Christian LundgaardART Grand Prix1:30.13310
22Dan TicktumDAMS1:30.13812
34Callum IlottUNI-Virtuosi1:30.20411
45Marcus ArmstrongART Grand Prix1:30.31710
515Felipe DrugovichMP Motorsport1:30.33912
68Jehan DaruvalaCarlin1:30.43711
71Jüri VipsDAMS1:30.48612
825Luca GhiottoHitech Grand Prix1:30.50811
921Robert ShwartzmanPrema Racing1:30.52711
109Jack AitkenCampos Racing1:30.53312
117Yuki TsunodaCarlin1:30.54212
1211Louis DelétrazCharouz Racing System1:30.55212
133Guanyu ZhouUNI-Virtuosi1:30.58612
1424Nikita MazepinHitech Grand Prix1:30.59210
1520Mick SchumacherPrema Racing1:30.92410
1612Pedro PiquetCharouz Racing System1:30.97411
1723Marino SatoTrident1:31.1319
1822Roy NissanyTrident1:31.15911
1916Artem MarkelovBWT HWA RACELAB1:31.33110
2017Giuliano AlesiBWT HWA RACELAB1:31.34511
2114Nobuharu MatsushitaMP Motorsport1:31.9618
2210Guilherme SamaiaCampos Racing1:32.35911

Sábado, depois da classificação da Formula 1, tivemos a primeira corrida do final de semana. Foram 33 voltas de muita disputa e muita mudança de posição com uma equipe se dando muito bem, com seus dois pilotos nas duas primeiras posições.

Na largada, Lundgaard e Ticktum mantiveram as duas primeiras posições. Luca Ghiotto fez excelente largada, pulando da 8ª para a 3ªposição, Marcos Armstrong manteve a 4ªposição, Drugovich, Aitken que passou da 10ª para a 6ªposição, Ilott que recuou 4 posições, Daruvala, Tsunoda e Vips completando os 10 primeiros colocados. Zhou e Schumacher disputavam a 13ªposição no final da primeira volta.

Na volta 2, Mazepin supera Vips, ganhando a 10ªposição. Nas primeiras voltas, não tivemos grandes disputas pelas primeiras posições. Apenas na entrada da 4ªvolta é que começavam a ultrapassagens a vela. Primeiro com Drugovich passando Armstrong e ganhando o 4ºlugar. Ao mesmo tempo que Ilott passou Aitken e ganhou a 7ªposição.

Na volta seguinte, Shwartzman foi pra cima de Juri Vips. Era nessa hora que o desgaste de pneus era maior para alguns pilotos. Era o caso de Daruvala, que acabou superado por Vips e Shwartzman no começo da 6ªVolta.

Na 7ªVolta, Ilott supera Armstrong e ganha a 5ªposição. Enquanto que Dan Ticktum da DAMS começava a chegar em Lundgaard, que liderava com pelo menos 1 segundo de vantagem. Em 3ºLuca Ghiotto chegou nessa disputa. Visto que iria ser superado caso ficasse na pista, o piloto Dinamarquês foi para a parada obrigatória na entrada da 8ªvolta. Ticktum passou a ser o líder, com Luca Ghiotto e Drugovich nas 3 primeiras posições. vinha em 4º após ser superado pelo piloto inglês da Uni-Virtuosi.

Na 9ªVolta, Ghiotto supera Ticktum e passou a ser o líder da prova, Marcos Armstrong foi para a parada. Na volta seguinte, Ghiotto e Ticktum foram para a parada, Ao mesmo tempo que Ilott toma a liderança das mãos de Felipe Drugovich no final da reta dos boxes.

Na 11ªVolta, Ilott, Drugovich, Tsunoda, Aitken e Daruvala foram para os boxes Nikita Mazepin passou a ser o líder da corrida. Vips e Shwartzman vinham em 2º e 3ºrespectivamente. Dan Ticktum aproveitou que Ilott estava com os pneus mais frios e acabou ganhando a 14ªposição. Os 11 primeiros não tinham feito a parada: Mazepin, Vips, Shwartzman, Zhou, Schumacher, Deletraz, Markelov, Nissany, Sato, Samaia e Matsushita.

Na volta 13, Ghiotto ganha à posição de Ticktum. O piloto italiano da Hitech fez a melhor volta da corrida. O melhor piloto dos pilotos que pararam era Lundgaard, que entrou na zona de pontuação na 14ªvolta após passar o brasileiro Guilherme Samaia.

Enquanto Ghiotto e Ticktum ultrapassam os pilotos de trás que resolveram não fazer a parada, Guanyu Zhou superou Robert Shwartzman passando para a 3ªposição. Logo, Zhou passou a pressionar Juri Vips. Nikita Mazepin vinha tranquilo, com 3.7 segundos de vantagem para o estones. Mick Schumacher e Louis Deletraz passaram por Shwartzman, que parou na 17ªVolta.

Na 17ªVolta, Zhou passou Vips por fora, ganhando a 2ªposição. Os 8 primeiros colocados não tinham parado a 15 voltas do final. Situação bem favorável para Mazepin, que vinha 6.2 segundos a frente de Zhou. Vips, Deletraz, Schumacher, Markelov, Nissany e Sato precisavam parar. Lundgaard vinham na 9ªposição, diminuindo a diferença para o líder da prova. O dinamarquês subiu para 8ªposição após superar Marino Sato. Enquanto isso, Robert Shwartzman abandona, por colocar o carro totalmente fora da pista, em uma área de escape, Não precisando de Bandeira amarela ou safety car.

Na 19ªVolta, Vips e Markelov foram para os boxes. Na volta seguinte pararam Zhou e Schumacher fizeram a parada obrigatória. Lundgaard vinha em 3º, com 16 segundos atrás de Mazepin e 6 segundos atrás de Deletráz. O suíço parou na 21ªvolta.

Mazepin e Nissany pararam na 22ªVolta, Christian Lundgaard volta à liderança, seguido de Luca Ghiotto da HiTech, Ticktum da DAMS, Tsunoda da Carlin, Ilott da Uni-Virtuosi, Armstrong da ART Grand Prix, Drugovich da MP, Maitken da Campos, Daruvala da Carlin e Zhou da Uni-Virtuosi.

Na 22ªVolta, Alesi estoura o motor e abandona. O Safey Car virtual é acionado, parecia que seria suficiente para tirar o carro do piloto francês sem precisar de um safety car na pista. Porém, tiveram dificuldades para tirar o carro de Alesi, isso levou o Safety Car entrar na pista na 23ªVolta.

Muitos pilotos aproveitaram para entrarem nos boxes, colocando pneus novos. Com a vantagem do Lundgaard virando pó, algo poderia mudar na prova.

Na 27ªVolta, a corrida recomeça e Lundgaard segura a ponta sobre Ghiotto e Mazepin na sua cola, mas isso não dura por muito tempo. Guanyu Zhou, Jake Aitken e Callum Ilott Se tocaram, Zhou acabou indo para a brita e Aitken parou na pista. Enquanto que Yuki Tsunoda se tocou em Daniel Ticktum e prejudicou a corrida do piloto inglês.

O Safety Car entrou na pista na 27ªvolta, Ilott também não se deu bem, ele teve de ir para os boxes trocar seu aerofólio dianteiro. Lundgaard, Ghiotto, Mazepin, Tsunoda, Deletraz, Schumacher, Vips, Drugovich, Markelov e Ticktum eram os 10 primeiros colocados.

Relargam a 3 voltas do final, Nessa, Lundgaard acabou sendo engolido pelos pilotos da Hitech e Mazepin passou a liderança com Ghiotto em segundo e Lundgaard foi ladeira abaixo na reta final de corrida, tanto é que acabou superado pelo Felipe Drugovich e Louis Deletraz. Na penúltima volta acabou superado por Mick Schumacher, caindo para a 6ªposição.

Na última volta, Deletraz supera Drugovich ganhando a 3ªposição. A vitória ficou com Nikita Mazepin com Luca Ghiotto em 2º, fazendo a dobradinha da Hitech em Mugello. O russo fez uma grande corrida, usando muito bem sua tática de paradas enquanto que Ghiotto fez uma grande corrida, até mesmo mais merecedor da vitória, porém não pode-se tirar os méritos da vitória de Mazepin.

Louis Deletráz fez uma grande corrida, chegando a terceira posição após largar na 12ªposição, 4ªpódio do piloto da Charouz na temporada. Felipe Drugovich fez uma bela corrida e voltou a marcar pontos em 4ºlugar. Mick Schumacher fez uma grande corrida de recuperação, partindo da 15ªposição para chegar na 5ªposição e voltar à liderança do campeonato.

Christian Lundgaard acabou sem pneus no final de prova, foi um desastre para o dinamarquês que venceria se não tivesse o Safety Car, mas acabou ficando em um amargo e injusto 6ºlugar. Yuki Tsunoda que ficou em 8ºlugar na pista foi punido e caiu para a 16ªposição. Juri Vips ficou com a posição de número 7 e marcou seus primeiros pontos da temporada. Artem Markelov com o 8ºlugar, larga na pole position da prova curta de domingo. Completaram a zona de pontuação, Marcus Armstrong da ART Grand Prix e Jehan Daruvala da Carlin.

Resultado final da 17ªcorrida da Formula 2
GP da Toscana – 33 Voltas

pospilotoEquipeTempoMelhor Voltanº da Volta
124Nikita MazepinHitech Grand Prix59:22.8691:34.67832
225Luca GhiottoHitech Grand Prixa 4.4601:35.05912
311Louis DelétrazCharouz Racing Systema 4.5191:33.96922
415Felipe DrugovichMP Motorsporta 4.8601:35.16132
520Mick SchumacherPrema Racinga 5.3741:34.89521
66Christian LundgaardART Grand Prixa 7.8251:35.1352
71Jüri VipsDAMSa 8.3531:35.66421
816Artem MarkelovBWT HWA RACELABa 10.1721:35.82420
95Marcus ArmstrongART Grand Prixa 10.4341:35.13010
108Jehan DaruvalaCarlina 10.6631:34.66514
1114Nobuharu MatsushitaMP Motorsporta 11.1001:36.35321
124Callum IlottUNI-Virtuosia 11.7471:35.30116
1312Pedro PiquetCharouz Racing Systema 11.7571:35.24612
1423Marino SatoTridenta 12.4281:36.9085
1522Roy NissanyTridenta 13.5881:36.7115
167Yuki TsunodaCarlina 14.1121:35.10412
172Dan TicktumDAMSa 15.9591:35.23616
1810Guilherme SamaiaCampos Racinga 52.1961:37.3567
9Jack AitkenCampos Racinga 7 Voltas1:35.26213
3Guanyu ZhouUNI-Virtuosia 7 Voltas1:33.73221
17Giuliano AlesiBWT HWA RACELABa 12 Voltas1:36.23217
21Robert ShwartzmanPrema Racinga 17 Voltas1:36.6766

Grid de Largada da 18ªcorrida da Formula 2
GP da Toscana

pospilotoEquipe
116Artem MarkelovBWT HWA RACELAB
21Jüri VipsDAMS
36Christian LundgaardART Grand Prix
420Mick SchumacherPrema Racing
515Felipe DrugovichMP Motorsport
611Louis DelétrazCharouz Racing System
725Luca GhiottoHitech Grand Prix
824Nikita MazepinHitech Grand Prix
95Marcus ArmstrongART Grand Prix
108Jehan DaruvalaCarlin
1114Nobuharu MatsushitaMP Motorsport
124Callum IlottUNI-Virtuosi
1312Pedro PiquetCharouz Racing System
1423Marino SatoTrident
1522Roy NissanyTrident
167Yuki TsunodaCarlin
172Dan TicktumDAMS
1810Guilherme SamaiaCampos Racing
199Jack AitkenCampos Racing
203Guanyu ZhouUNI-Virtuosi
2117Giuliano AlesiBWT HWA RACELAB
2221Robert ShwartzmanPrema Racing

No domingo, tivemos uma corrida intensa, mas não na liderança, que a coisa se resolveu em poucos segundos, com uma largada impressionante de Christian Lundgaard, que acabou superando na arrancada Vips e passou Markelov antes da primeira curva, chegando a primeira posição. Markelov, Deletraz, Vips, Schumacher, Drugovich, Armstrong, Ghiotto, Mazepin e Daruvala nas 10 primeiras posições.

Na segunda volta, Ticktum foi para os boxes trocar o aerofólio dianteiro, voltou a corrida, mas perdeu muito tempo em um final de semana bem complicado do piloto da DAMS.

Em 3 voltas, Lundgaard abriu 3.5 segundos de Markelov. O russo vinha segurando Deletraz e Vips. Enquanto isso, Schumacher era pressionado por Felipe Drugovich pela 5ªposição, com Armstrong e Ghiotto vindo na balada dos dois da frente.

No começo da 5ªVolta, Deletraz ganha a 2ªposição das mãos de Markelov com uma bela ultrapassagem por fora e deixando a encrenca russa para o escandinavo Vips. Na 7ªVolta, o piloto da DAMS tentou passar Markelov, mas acabou falhando na tentativa e quase acabou superado pelo Mick Schumacher.

Luca Ghiotto que já tinha passado Armstrong acabou passando Drugovich na 8ªVolta, passando para a 6ªposição. Ao mesmo que Armstrong foi superado pelo vencedor da prova de Sábado, Nikita Mazepin. Enquanto tivemos brigas interessantes pelo meio do pelotão, Lundgaard estava passeando, com 6.2 segundos a frente de Deletraz que já tinha aberto vantagem de 1.6 segundos par Markelov, que segurava com dificuldades a 3ªposição.

Na 10ªVolta, Vips passou Markelov passando a 3ªposição. Schumacher se aproveitou e chegou a passar o piloto da HWA que conseguiu recuperar a posição. Mas a ultrapassagem do líder do campeonato iria acontecer mais cedo ou mais tarde, e isso acontece na 11ªvolta. Mick e depois, Mazepin (Que levou duas posições em poucos segundos) e depois Ghiotto. Durante essas ultrapassagens e brigas o aerofólio dianteiro de Markelov quebrou e ele teve de ir para os boxes na 12ªvolta. Nessa volta, Marcus Armstrong acabou exagerando no ponto na curva 1, perdendo a 8ªposição para Jehan Daruvala.

Na entrada da volta 13, Ilott passou Armstrong e ganhou a 9ªposição. Lá atrás, Zhou e Shwartzman tentavam subir na classificação. Lundgaard vinha 7.4 segundos a frente de Deletraz, a corrida tava muito na mão do piloto da ART Grand Prix.

Na 15ªVolta, Ghiotto buscou recuperar a posição sobre Mazepin, mas ocorreu o desastre para a Hitech. Mazepin perde a curva 1 e acaba se chocando com seu companheiro de equipe. Um erro do piloto russo que acabou fazendo Ghiotto deixar a prova e provocar o acionamento do Safety Car Virtual. Mazepin perdeu muito tempo e teve de ir para os boxes, até porque o acidente que teve seria muito lógico que ele tivesse peças quebradas no seu carro. Muitos pilotos aproveitaram para fazer uma parada e colocar pneus novos para poder voar na reta final de corrida.

Na volta 17, o Safety Car Virtual foi desativado e a corrida voltou ao ritmo normal. De imediato, Daruvala passou Drugovich que via seu desempenho ir ladeira abaixo, tanto é que na volta seguinte, o piloto da MP motorsport errou a curva e acabou perdendo posições para Zhou e Ilott.

A menos de 6 voltas do final, Shwartzman ao tentar passar Armstrong acabou indo para a fora da pista e para a brita por 2 vezes, perdendo 2 posições e logo depois sofrendo a pressão do Japonês Marino Sato.

Tsunoda passou Drugovich, mas tocou a parte traseira antes dessa ultrapassagem, isso fez o aerofólio dianteiro dele quebrar no que obrigou o japonês a ir aos boxes (Tinha tudo para fazer bons resultados) comprometendo qualquer chance de resultado.

Quem subia e subia muito era Guanyu Zhou, que acabou passando Jehan Daruvala a menos de 4 voltas do final e ganhou a 5ªposição. Enquanto isso, Felipe Drugovich acabou perdendo posições e saindo da zona de pontuação.

Christian Lundgaard da ART sobrou a corrida inteira e acabou levando a vitória, com todo merecimento. Foi um final de semana dominado por ele e que poderia ter vencido as duas provas se não tivesse tido problemas no final da corrida do Sábado. 14 segundos atrás terminou Louis Deletráz, que teve seu melhor final de semana assim como o final de semana de Lundgaard, em uma grande corrida no sábado e também no domingo, chegando em 2ºlugar e conquistando 2 pódios no final de semana. Juri Vips finalmente conseguiu obter os resultados que ele vinha batalhando, o piloto da DAMS conquista seu primeiro pódio da temporada de 2020, no seu 3ºfinal de semana de corridas na Formula 2.

Mick Schumacher levou a melhor nesse final de semana com relação ao campeonato, Após uma grande atuação no Sábado conseguiu fazer uma boa corrida no domingo, ficando com o 4ªlugar. A 3 rodadas duplas do final, Mick esta na liderança com 161 pontos, abrindo 8 pontos de Callum Ilott, 16 pontos de Christian Lundgaard e 21 pontos de frente para Yuki Tsunoda (que não conseguiu pontuar em nenhuma das duas corridas).

Corridaça de Guanyu Zhou da Uni-virtuosi, deu tudo errado no sábado, mas no domingo deu tudo certo para o chinês que largou da 20ªposição para chegar em uma brilhante 5ªposição, Numa recuperação belíssima. Callum Ilott salvou um 6ºlugar e perdeu a liderança do campeonato. Completaram a zona de pontuação o indiano Jehan Daruvala da Carlin e Marino Sato da Trident, que marcou seu primeiro ponto na temporada, superando Robert Shwartzman e Roy Nissany.

Esse final de semana, teremos a 10ªRodada dupla da Formula 2 em Sochi na Rússia. Começando a reta final da temporada, com pelo menos 4 pilotos na briga direta pelo título.

Fotos:

Resultado final da 18ªcorrida da Formula 2
GP da Toscana – 23 Voltas

pospilotoEquipeTempoMelhor Voltanº da Volta
16Christian LundgaardART Grand Prix37:51.9801:34.9072
211Louis DelétrazCharouz Racing Systema 14.3211:35.0863
31Jüri VipsDAMSa 14.8701:35.4623
420Mick SchumacherPrema Racinga 18.0181:35.6713
53Guanyu ZhouUNI-Virtuosia 18.3821:35.16418
64Callum IlottUNI-Virtuosia 24.4211:35.8116
78Jehan DaruvalaCarlina 26.2641:35.6364
823Marino SatoTridenta 26.3011:35.14722
921Robert ShwartzmanPrema Racinga 31.4251:35.9278
1022Roy NissanyTridenta 32.9421:36.0056
115Marcus ArmstrongART Grand Prixa 34.9021:35.5774
1212Pedro PiquetCharouz Racing Systema 35.0401:35.9935
139Jack AitkenCampos Racinga 35.2541:34.67118
1414Nobuharu MatsushitaMP Motorsporta 36.9831:35.14019
1515Felipe DrugovichMP Motorsporta 39.0721:35.6844
1610Guilherme SamaiaCampos Racinga 48.4331:34.62719
172Dan TicktumDAMSa 48.4831:33.29518
1824Nikita MazepinHitech Grand Prixa 50.7931:34.27423
197Yuki TsunodaCarlina 1:09.6491:33.37622
2016Artem MarkelovBWT HWA RACELABa 1:21.8851:35.6353
25Luca GhiottoHitech Grand Prixa 9 Voltas1:35.5186
17Giuliano AlesiBWT HWA RACELABa 9 Voltas1:36.3805

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formula Scout/Carlin/Charouz/DAMS/Prema/HiTech