GP da Estiria – Mundial da Motovelocidade 2021 – MotoGP – 10ªetapa

Etapa realizada no dia 8 de Agosto, no dia de encerramento das Olimpíadas de Tokyo. A etapa que deu a primeira vitória de Jorge Martin e a primeira vitória da Pramac na categoria principal.

A classificação teria 13 pilotos disputando 2 vagas para o Q2. Entre eles estava o espanhol Daniel Pedrosa, com a 3ªmoto da KTM, participando de um final de semana de GP, desde do GP da Comunidade Valenciana de 2018. A maiorias dos pilotos foram para pista, com todas as armas para a primeira volta.

Alex Rins já mostra as cartas nos primeiros minutos, marcando 1:24.246, tempo que ficou bem a frente dos demais pilotos. Na volta seguinte, Rins melhora seu tempo para 1;23.844 a 10:30 do final. Alex Marquez chega a fazer o segundo tempo. Porém, acabou superado pelo Gueopado sul-africano Brad Binder com 1:24.050 na segunda posição e Pòl Espargaró com 1:24.129 na 3ªposição.

A situação estava boa para Rins e Binder, mas tudo muda com a boa volta de Alex Marquez (1:23.968) a 9 minutos do final, que faz o piloto da LCR Honda voltar a segunda posição. 20 segundos depois, Miguel Oliveira destruiu os cronômetros e toma a ponta do Q1, após marcar 1:23.773.

Na metade da sessão, Oliveira e Rins vinham se classificando. Alex Marquez vinha em 3º, Binder em 4º, Daniel Pedrosa em sua volta vinha em boa 5ºposição. Pol Espargaró, Bastianini, Rossi, Marini, Crutchlow que substituía Morbidelli, Petrucci, Savadori e Lecuona. A 5 minutos do final, todo mundo voltou a batalha, buscando as vagas para o Q2, que estavam abertas.

Valentino Rossi melhorou, mas só foi suficiente para passar a 5ªposição, a 2 minutos e 40 segundos do final.

A 1 minuto e 40 segundos do final, Rins fez 1:23.781, ficando a 8 milésimos do tempo de Miguel Oliveira. Quem tinha uma ótima volta foi Dani Pedrosa, mas ela acabou sendo cancelada. Era por causa de o piloto passar do limite da pista.

No final, Miguel Oliveira marcou 1:23.552. parecia que o Português fincava seu lugar no Q2. Porém, Enea Bastianini com 1:23.510 e Alex Marquez com 1:23.547 (apenas 5 milésimos a frente de Miguel Oliveira) deixaram o piloto da KTM em 3º, mas quando Oliveira achava que o dia iria acabar por ai mesmo, acabou que a volta de Bastianini foi cancelada. Enquanto o piloto da Avintia caiu para a 10ªposição, Oliveira acabou levando a segunda vaga do Q2.

Alex Marquez foi o mais rápido da repescagem. Alex Rins acabou ficando na terceira posição. A Se destacar o bom desempenho de Daniel Pedrosa, fazendo uma 4ªposição e conseguindo largar na 14ªposição. Muito bom para quem estava sem disputar corridas na MotoGP a mais de 2 anos e meio.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
173Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’23.547
288Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM1’23.552
342Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’23.585
426Dani PedrosaRed Bull KTM Factory RacingKTM1’23.730
544Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’23.971
633Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’24.050
746Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’24.097
810Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’24.115
927Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’24.141
1023Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’24.245
1132Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’24.405
129Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’24.465
1335Cal CrutchlowPetronas Yamaha SRTYamaha1’24.513

Logo que o tempo foi disparado, os pilotos partem para a pista, liderados por Aleix Espargaró e Joan Mir. Os pilotos da Pramac saíram para a pista 30 segundos depois. Francesco Bagnaia e Fabio Quartararo foram os últimos a saírem para a pista.

Mir fez a primeira volta da sessão, seu tempo de 1:24.272 foi superado primeiro por Jack Miller. A 11:20 do final, Marevick Viñales marca 1:23.902 contra 1:23.959 de Francesco Bagnaia.  A menos de 11 minutos do final, Fabio Quartararo quebrou os cronômetros, com 1:23.259 passa a liderança, muito na frente dos seus adversários.

A 10:30 do final, Jack Miller faz volta melhor (1:23.300) e se aproxima de Quartararo, Jorge Martin passou a ser o 3ºcolocado. Ao perceber que os adversários chegavam perto, o líder do campeonato melhorou sua marca na volta posterior, com 1:23.075, consolidando na liderança a 9:30 do final. Jorge Martin chegou a fazer uma boa volta que acabou cancelada.

Na metade do Q2, Quartararo da Yamaha, Miller da Ducati e Martin da Pramac formariam a primeira fila. Mir era o 4º seguido de Viñales, Aleix Espargaró, Marc Marquez, Nakagami, Zarco, Alex Marquez e Miguel Oliveira. O piloto português não tinha ido para a pista.

Aos poucos, os pilotos começaram a voltar para as últimas tentativas de tirar Quartararo da primeira fila. A 4 minutos do final, Bagnaia consegue tomar a pole para ele, com 1:23.038.

Esse tempo seria superado pelo espanhol Jorge Martin, o primeiro a romper a barreira do 1 minuto e 23 segundos, com 1:22.994 a 2 minutos e 25 segundos do final. Na reta final, Zarco passou para a 5ªposição, logo a frente de Takaagi Nakagami. Segundos depois, Mir superou os 2, subindo para a 5ªposição. Marc Marquez sobe da 10ª para a 7ªposição.

Fabio Quartararo buscou recuperar a pole position, no tempo acabou conseguindo a pole, com 1:22.958. Porém, essa volta acabou sendo cancelada e Jorge Martin pode comemorar a pole position. Após algumas corridas de fora e depois de voltar ter perdido um pouco o ritmo que obteve no começo do ano, o espanhol deu pistas de que estava voltando a esse ritmo. Francesco Bagnaia, vice-líder do campeonato larga em segundo com sua Ducati e Fabio Quartararo da Yamaha larga em 3º, fechando a primeira fila.

A segunda fila é aberta pelo australiano Jack Miller da Ducati, que precisava se reencontrar no campeonato.  Joan Mir leva a Suzuki a uma 5ªposição, muito acima das expectativas para uma moto não muito potente. Johann Zarco da Pramac completa a 2ªfila.

Aleix Espargaró abre a 3ªfila, com sua Aprilla fazendo mais do que era possível com a pior moto da MotoGP.  Completam a fila, Marc Marquez da Honda Repsol e Marevick Viñales da Yamaha. Na quarta fila terá Takaagi Nakagami e Alex Marquez da LCR Honda e Miguel Oliveira da KTM fechando a 4ªfila.

Grid de Largada:

pospilotoequipemototempo
189Jorge MartinPramac RacingDucati1’22.994
263Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati1’23.038
320Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’23.075
443Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati1’23.300
536Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’23.322
65Johann ZarcoPramac RacingDucati1’23.376
741Aleix EspargaroAprilia Racing Team GresiniAprilia1’23.448
893Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’23.489
912Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’23.508
1030Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’23.536
1173Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda1’23.841
1288Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM1’23.944
1342Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’23.585
1426Dani PedrosaRed Bull KTM Factory RacingKTM1’23.730
1544Pol EspargaroRepsol Honda TeamHonda1’23.971
1633Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM1’24.050
1746Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha1’24.097
1810Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati1’24.115
1927Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM1’24.141
2023Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati1’24.245
2132Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniAprilia1’24.405
229Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM1’24.465
2335Cal CrutchlowPetronas Yamaha SRTYamaha1’24.513

O domingo consagraria um estreante na temporada. Com uma vitória incontestável e uma prova que teve um acidente impressionante, que fez a corrida parar por mais de meia-hora.

Na largada, Martin deu um pulo metros depois da largada, esse pulo comprometeu um pouco essa largada, perdendo a posição para Francesco Bagnaia. Nas curvas 2 e 3, Martin recupera a ponta, mas na curva seguinte, Francesco Bagnaia volta a liderança. Joan Mir, Fabio Quartararo, Marc Marquez e Marevick Viñales completavam os 6 primeiros.

Marquez passou Quartararo na marra, enquanto que Mir passa Martin no final da 1ªvolta, mas com a potência da sua moto, Jorge Martin volta à segunda posição. Na metade da 2ªVolta, Marquez tenta passar Mir e consegue, mas Quartararo decidiu entrar na briga e fazer linha de três na curva 6. Isso acabou mal para Marquez que acabou perdendo a trajetória da curva e caiu para a 6ªposição.

Tudo estava muito bom, mas na terceira volta, Dani Pedrosa caiu na curva 3 e sua moto foi atingida por Lorenzo Savadori. O Resultado foi que a moto do piloto da KTM explode e fica em chamas. A bandeira vermelha foi acionada e todo mundo foi para os boxes.

Savadori teve problemas físicos, o acidente acabou machucando a sua perna o suficiente para não permitir que ele continuasse na prova. Dani Pedrosa pode voltar para a nova corrida, que teria 27 voltas. As posições do grid de largada seriam as conquistadas na classificação do Sábado.

Mais de meia hora depois, os pilotos partem para a formação do Grid de largada, 1 minuto depois para a volta de apresentação. Marevick Viñales teve problemas para partir e acabou tendo de largar dos boxes. Após tudo isso, tivemos a nova relargada e Martin manteve a liderança, mas Miller logo tomou a liderança para ele na 3ªcurva, deixando Jorge Martin para segunda posição e Joan Mir na 3ªposição.

Mir foi pra luta e consegue superar Martin no final da segunda volta, mas quando chega na reta, a potência das motos da Ducati acaba suplantando a ciclística da Suzuki. Martin passa Mir na 3ªcurva da 3ªvolta.

Miller, Martin, Mir, Quartararo e Zarco formavam o primeiro pelotão. Alex Marquez e Takaagi Nakagami da LCR Honda estavam muito bem, na 6ª e 7ªposições. Ao mesmo tempo que existia uma grande briga que começava no Sul-Africano Brad Binder (8ªposição) até Enea Bastianini da Avinita (que vinha na 17ªposição). Na 5ªVolta, Aleix Espargaró abandona, sua moto deu problema e o piloto nada poderia fazer.

Nesse momento, Jorge Martin e Joan Mir tinham superado Jack Miller, os dois assumiram as 2 primeiras posições, enquanto que o australiano começou a ser pressionado por Fabio Quartararo e Johann Zarco. Na 7ªVolta, o líder do campeonato (Quartararo) supera o piloto da Ducati e assume a 3ªposição. Miller ainda tentou dar o troco e voltar a posição do pódio, mas o piloto da Yamaha recuperou a ponta na curva 6… Foi uma boa briga, mas Quartararo acabou levando a melhor.

Enquanto isso, Mir tentava passar Martin, mas não tinha potência suficiente para realizar essa ultrapassagem. Os dois tinham fugido de Quartararo, Miller e Zarco após 8 voltas de corrida. Um pouco mais atrás, Nakagami superou Alex Marquez na disputa particular da LCR e assumiu a 6ªposição. Alex Rins, Brad Binder e Miguel Oliveira completavam as 10 primeiras posições. Francesco Bagnaia vinha em uma decepcionante 11ªposição, seguido de Marc Marquez.

Marevick Viñales que já tinha problemas acaba tomando a punição da volta longa, sua prova que já estava ruim ficou ainda pior. A prova acabou para Miguel Oliveira, que teve problemas mecânicos na metade da prova.

Jorge Martin e Joan Mir continuavam na frente, disputando a liderança e a vitória. Enquanto isso, Quartararo continuava na frente de Miller. Esse quadro continuou até que a 10 voltas do final, Miller acabou indo para o chão e abandono a prova. O líder do campeonato estava mais tranquilo na 3ªposição. Enquanto que um dos candidatos ao título acabou caindo e perdendo a chance de tirar a boa vantagem de Quartararo na liderança do campeonato. Zarco também se aproveita, subindo para a 4ªposição. Nakagami chega a 5ªposição, com Rins, Binder, Marc Marquez, Alex Marquez e Bagnaia completavam os 10 primeiros colocados.

Nas voltas finais, Jorge Martin começa a abrir vantagem sobre Joan Mir, à vitória vinha se consolidando volta após volta. A 5 voltas do final, Martin abria 1.2 segundo sobre o campeão do mundo de 2020. Quartararo vinha tranquilo na terceira posição. Zarco, Nakagami vinham tranquilos na 4ª e 5ªposições. Brad Binder vinha próximo de Alex Rins, na busca pela 7ªposição.

Jorge Martin levou sua moto até o final da prova e conquistou a primeira vitória na MotoGP. Festa para a Pramac Racing que conquistou sua primeira vitória na sua história, desde da sua estreia na temporada de 2002. Festa para o piloto que começa a se consolidar na categoria e pela equipe que pode comemorar uma vitória que por tanto tempo tentada e por tantas vezes escapou por detalhes.

Em uma grande corrida, Joan Mir levou a Suzuki para uma improvável segunda posição. Para uma moto sem muita potência é sim um resultado invejável, mostrando a categoria de um campeão do mundo. Fabio Quartararo fez uma grande corrida e acabou conquistando uma importante 3ªposição, consolidando a sua liderança no campeonato.

Ao final da prova, Brad Binder teve um desempenho incrível, passando da 7ª para a 4ªposição nas voltas finais, após superar Rins primeiro, depois Johann Zarco e por último, Takaagi Nakagami. O Sul-africano acabou o dia em excelente 4ªposição, um bom resultado para a KTM na primeira prova de casa da equipe.

Takaagi Nakagami fez uma bela apresentação e chegou na 5ªposição, seu segundo melhor resultado na temporada de 2021. Johann Zarco caiu de posição na reta final e acabou o dia na 6ªposição, muito decepcionante para o francês foi ver seu companheiro de equipe vencer pela primeira vez, enquanto que Johann ainda não conseguiu essa vitória. Alex Rins fez uma boa corrida, mas longe do desempenho de Joan Mir, chegando na 7ªposição.

Os irmãos Marquez chegaram na 8ª e 9ªposição, com Marc na frente de Alex. Francesco Bagnaia da Pramac chegou a passar Alex, mas foi punido em 3 segundos e acabou o dia na 11ªposição, ficando atrás de Daniel Pedrosa, numa corrida muito boa, numa participação bem forte para um piloto que não corrida a 2 anos e meio.

Mesmo com a Punição da volta longa, Enea Bastianini acabou ficando em uma honrosa 12ªposição. Valentino Rossi lutou muito e acabou salvando a 13ªposição. Completaram a zona de pontuação:  Luca Marini da Avintia e Iker Lecuona da Tech 3.

A ressaltar a lamentável apresentação de Pol espargaró, que se quer marcou ponto no GP da Estiria, ficando na 16ªposição. Pior foi Marevick Viñales, que acabou na 19ªposição. Essa foi a última vez que o espanhol correu pela Yamaha. No relato da prova seguinte, você vai saber quais foram esses motivos.

Resultado final do GP da Estíria
11ªEtapa do Mundial de motovelocidade – MotoGP

pospilotoequipemototempo
189Jorge MartínPramac RacingDucati38’07.879
236Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 1.548
320Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 9.632
433Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTMa 12.771
530Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 12.923
65Johann ZarcoPramac RacingDucatia 13.031
742Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 14.839
893Marc MárquezRepsol Honda TeamHondaa 17.953
973Álex MárquezLCR Honda CASTROLHondaa 19.059
1026Dani PedrosaRed Bull KTM Factory RacingKTMa 19.389
1163Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucatia 21.667
1223Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucatia 25.267
1346Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamahaa 26.282
1410Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucatia 27.492
1527Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTMa 31.076
1644Pol EspargaróRepsol Honda TeamHondaa 31.150
1735Cal CrutchlowPetronas Yamaha SRTYamahaa 40.408
189Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTMa 48.114
1912Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 1’03.149
43Jack MillerDucati Lenovo TeamDucatia 9 voltas
88Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTMa 13 voltas
41Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 23 voltas
32Lorenzo SavadoriAprilia Racing Team GresiniApriliaNão largou na 2ªlargada

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da Estiria – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 2 – 10ªetapa

Ao começar o Q1, todos os 16 pilotos foram para a pista, eram apenas 4 vagas para o Q2. A Etapa foi realizada no dia 8 de Agosto, no dia de encerramento dos jogos Olimpíadas de Tokyo.

Fabio di Giannatonio levou a melhor nos primeiros tempos marcados, com 1:29.875 do piloto da Gresini. Em 2º vinha Hector Garzó com 1:29.934, Stefano Manzi com 1:30.202 e Celestino Vietti com 1:30.274. Esse eram os 4 classificados a 10:50 do final do Q1.

Na volta seguinte, Garzo da Pons tomou a ponta com 1:29.838, segundos depois, Lorenzo Baldassarri da MV Agusta fez tempo 6 milésimos mais rápido que o espanhol, mas logo, Fabio di Giannantonio coloca ordem na casa, marcando 1:29.485 e na volta posterior, o piloto da Gresini faz 1:29.394, a 8:10 do final. O italiano era seguido por Stefano Manzi da Pons e Celestino Vietti.

Di Giannantonio marca 1:29.202 a 6:35 do final. Pelo desempenho, era praticamente certa a participação do italiano no Q2. Enquanto isso, a disputa pela 4ª e última vaga estava acirrada. Arenas chega a pegar a posição, mas Hector Garzó tratou de acabar com a alegria do campeão da Moto 3 de 2020, voltando a 4ªposição. O piloto da Aspar tentou recuperar a posição de classificado, mas não conseguiu passar da barreira do 5ºlugar.

Na reta final, Vietti melhorou um pouco seu tempo, mantendo a 3ºposição. Jake Dixon da Petronas chega a se colocar em 4º, mas acabou sendo superado por Joe Roberts da Italtrans a 2 minutos do final. Pouco depois Vietti faz 1:29.218 e sobe para segunda posição.

A 30 segundos do final, Hector Garzó fez uma grande volta e tirou Vietti da segunda posição por 4 milésimos. Nos últimos momentos, Albert Arenas acabou tomando a 3ªposição. A principio, Manzi ficou de fora do Q2, mas a melhor volta de Vietti acabou sendo cancelada. Isso fez com que o piloto da VR46 ficasse com a 19ªposição no grid. Manzi reconquistou a última vaga para o Q2 e se juntou a Fabio di Giannantonio da Gresini, seu companheiro de equipe, Hector Garzó e Albert Arenas da Aspar Martinez.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
121Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’29.202
240Hector GarzoFlexbox HP40Kalex1’29.214
375Albert ArenasAspar Team Moto2Boscoscuro1’29.433
462Stefano ManziFlexbox HP40Kalex1’29.436
513Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex1’29.494
616Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalex1’29.531
796Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’29.565
864Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’29.719
911Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’29.739
106Cameron BeaubierAmerican RacingKalex1’29.747
119Jorge NavarroLightech Speed UpBoscoscuro1’29.785
127Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’29.832
1355Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS1’29.911
1424Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’29.979
1570Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS1’30.032
165Yari MontellaLightech Speed UpBoscoscuro1’30.354

Após alguns minutos de intervalo, começa o Q2. Os 18 pilotos foram saindo aos poucos dos boxes para as primeiras tentativas de volta. Os favoritos a pole position eram Remy Gardner e Raúl Fernández.

Em sua primeira volta, Remy Gardner marcou o melhor tempo, com 1;29.377 a 11 minutos e 40 segundos do final. Bem a frente de Xavi Vierge e Thomas Luthi. Porém, esse tempo foi cancelado pelo australiano ter passado do limite da pista. Na volta seguinte, Raúl Fernández foi para a liderança com 1:29.645. Augusto Fernandez passou a ser o segundo, Marco Bezzecchi era o 3º. Xavi Vierge, Fabio di Giannantonio e Sam Lowes completavam os 6 primeiros colocados.

A 10 minutos do final, Gardner passou para a ponta, ao marcar 1:28.910. A 9:40 do final, Ai Ogura faz um ótimo segundo tempo, num ótimo trabalho da equipe Honda Asia Team, já que Somkiat Chantra marcou uma bela volta e se colocou em brilhante 5ªposição até aquele momento. Raúl Fernández tenta se posicionar a frente de Gardner, mas seu tempo de 1:29.076 ainda não é o suficiente para tomar a ponta do australiano. A 8:35 do final, Xavi Vierge e Marcel Schrotter fazem bons tempos e ficam na 5ª e 6ªposições respectivamente, até que Chantra melhorou sua marca e subiu para a 5ªposição.

Quem destronou Gardner foi Marco Bezzecchi da VR46, com o tempo de 1:28.811. Ai Ogura passou para a 4ªposição a 6:45 do final. Na volta seguinte, o Japonês da Honda Asia Team subiu mais na classificação, com 1:28.975 subindo para a 3ªposição. Quem caiu na classificação foi Sam Lowes, que teve sua melhor volta anulada, caindo para a 9ªposição.

Dispostos a recuperar a pole position, Garnder e Fernández voltaram para a pista. A 2 minutos e 20 segundos do final, Ogura marca 1:28.769 e passa a ficar muito perto da 1ªpole da sua carreira.

Porém, a classificação não tinha terminado. Bezzecchi tentou recuperar a ponta, mas foi Remy Gardner que marcou 1:28.668, a 55 segundos do final e levou a pole position. O líder do campeonato larga na frente na etapa da Estíria. O Japonês Ai Ogura que faz uma grande temporada acabou colocando a Honda Asia Team na primeira fila, na segunda posição. Marco Bezzecchi completa a primeira fila.

Na segunda fila, larga o vice-líder do campeonato, Raúl Fernández, que estava em busca de tirar a desvantagem que ele tem sobre Gardner. Aron Canet leva a moto Boscoscuro ao 5ºlugar no grid de largada, superando Augusto Fernandez da Marc VDS que fecha a segunda fila.

Sam Lowes acabou melhorando um pouco, mas acabou abaixo das expectativas e larga na 7ªposição. Lorenzo Dalla Porta fez um treino muito bom e vai largar na 8ªposição. Em um dia muito bom, Somkiat Chantra consegue uma belíssima 9ªposição no Grid de largada. Marcel Schrotter da Dynavolt, Xavi Vierge da Petronas e Fabio di Giannantonio da Gresini completam os 12 primeiros colocados.

Grid de largada:

pospilotoequipemototempo
187Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalex1’28.668
279Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’28.789
372Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’28.811
425Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalex1’28.978
544Arón CanetAspar Team Moto2Boscoscuro1’29.004
637Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalex1’29.005
722Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalex1’29.138
819Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’29.220
935Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’29.223
1023Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalex1’29.238
1197Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’29.275
1221Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’29.334
1312Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’29.361
1440Hector GarzoFlexbox HP40Kalex1’29.385
1575Albert ArenasAspar Team Moto2Boscoscuro1’29.416
1642Marcos RamirezAmerican RacingKalex1’29.572
1762Stefano ManziFlexbox HP40Kalex1’29.778
1814Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex1’29.929
1913Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex1’29.494
2016Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalex1’29.531
2196Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’29.565
2264Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’29.719
2311Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’29.739
246Cameron BeaubierAmerican RacingKalex1’29.747
259Jorge NavarroLightech Speed UpBoscoscuro1’29.785
267Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’29.832
2755Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS1’29.911
2824Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’29.979
2970Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS1’30.032
305Yari MontellaLightech Speed UpBoscoscuro1’30.354

No domingo, a corrida foi sobre uma pista ainda complicada, ainda com a parte de fora com pontos úmidos, mas a prova seria disputada em condições de pista seca.

Remy Gardner até larga bem, mas Bezzecchi é melhor e tomou a liderança. Na curva 3, Gardner tentou recuperar a ponta, mas erra a curva e acaba tomando ultrapassagem de Raúl Fernández e cai para a 3ªposição.  Ogura, Canet, Chantra e Lowes eram os 7 primeiros colocados.

Na segunda volta, Gardner recupera a segunda posição ao superar Fernández. Logo atrás, Canet passa Ogura e assume a 4ªposição. OS 4 primeiros colocados (Bezzecchi, Gardner, Fernández e Canet) começaram a abrir vantagem para Ogura que vinha na 5ªposição e pressionado por Sam Lowes. Augusto Fernandez, Somkiat Chantra, Xavi Vierge e Hector Garzó completavam os 10 primeiros colocados no comecinho de corrida.

No final da 3ªVolta, Canet passa Raúl Fernández e assume a 3ªposição. Na volta seguinte, Sam Lowes supera Ai Ogura e assume a 5ªposição.

Gardner vai para cima de Bezzecchi, a partir da 6ªVolta, os dois começam a disputa pela liderança. Canet em 3º vinha acompanhando de perto a briga. Ao começar a volta 7, Bezzecchi erra a curva 1, Remy Gardner teve que diminuir a velocidade e quem se aproveitou foi Canet que passou da 3ª para a 1ªposição. Gardner manteve a segunda posição e Bezzecchi caiu da ponta para a 3ªposição.

No final da 7ªVolta, o líder do campeonato supera Canet e passa para a liderança. Bezzecchi era o terceiro. Raúl Fernández e Sam Lowes superaram Ogura e subiram para 4ª e 5ªposições respectivamente. Fernández, Garzó que ganhou 2 posições, Chantra e Dixon completavam os 10 primeiros colocados.

Enquanto Gardner tentava abrir vantagem na liderança, Raúl Fernández cometeu um erro e caiu da 4ª para a 7ªposição. Na 9ªVolta, Sam Lowes é superado por Ai Ogura. O Japonês conquista a 4ªposição, deixando os dois pilotos da Marc VDS para trás.

O espanhol  Hector Garzó abria fogo para cima de Raúl Fernández, o piloto da Pons estava em bom final de semana e queria a 7ªposição do piloto da Ajo, com Chantra acompanhando os dois nessa disputa.

Na 13ªVolta, Gardner tinha abrido vantagem sobre Canet, Bezzecchi e Ogura. Na volta seguinte, o piloto da VR46 foi para cima de Canet da Aspar Martinez. Na 15ªvolta, Bezzecchi assumiu a segunda posição. Logo, Canet começava a ser pressionado por Ai Ogura. Mais atrás, Sam Lowes acabou errando e perdeu posições, enquanto que Raúl Fernández passou a 6ªposição e começou a se livrar do grupo intermediário. Nesse Grupinho, Marcel Schrotter e Celestino Vietti acabam se tocando na curva 4 ao disputarem a 11ªposição.

A 9 voltas do final, Canet e Ogura disputam um lugar no pódio, enquanto que Augusto Fernandez vinha em 5º, conseguindo acompanhar os dois. Na 18ªVolta, Garzó acabou indo ao chão e deixando a corrida.

Bezzecchi foi para cima de Gardner, o piloto da VR46 queria sua primeira vitória na temporada e foi com tudo para a ultrapassagem sobre o líder do campeonato. A 7 voltas do final, Marco Bezzecchi passou Remy Gardner e assumiu a liderança. Ao mesmo tempo que Ogura passou Canet e subiu para a 3ªposição, rumo ao primeiro pódio na Moto 2.

A 6 voltas do final, Gardner acaba perdendo a curva e passando pela brita. O prejuízo foi enorme, o australiano caiu para a 5ªposição. Para Raúl Fernández, era o melhor dos mundos, pois o espanhol estava vendo a situação no campeonato ficar mais difícil para disputa do título.

Bezzecchi ficou mais tranquilo na frente, com Ogura e Canet completando o pódio. Porém, Ogura é punido com a volta longa. O Japonês ao fazer a volta longa na curva 1 cai para a 5ªposição, logo atrás de Gardner. Augusto Fernandez da Marc VDS estava herdando esse pódio.

Aron Canet tenta uma aproximação no final da prova, mas Marco Bezzecchi teve o controle suficiente para levar sua moto até a bandeirada na frente. Foi a primeira vitória do piloto da VR46 na temporada de 2021, uma bela vitória do terceiro colocado do Mundial. Enquanto que Canet levou o seu 3ºpódio na temporada e o 3ºpódio de uma Boscoscuro, em meio a um domínio das motos da Kalex. Augusto Fernandez leva pela segunda vez seguida o pódio, de novo na 3ªposição.

Remy Gardner sai do GP da Estiria como um dos grandes derrotados do dia, tinha tudo para conquistar pelo menos a segunda posição e abrir mais vantagem na liderança do campeonato, mas o erro custou 7 pontos para o australiano, o que pode custar demais no final do ano. O 4ºlugar poderia ser até pior, primeiro por que Ai Ogura acabou tendo de cumprir uma punição e acabou perdendo o pódio, ficando em uma frustrante 5ªposição.

Outro fato que fez o resultado de Gardner não ser tão ruim foi que Celestino Vietti passou Raúl Fernández no final da prova e acabou conquistando uma importante 6ªposição. A corrida do Raúl não foi nada boa e acabou ficando longe de disputa pelos primeiros lugares. O Tailandês Somkiat Chantra foi muito bem no final de semana, conseguindo uma belíssima 8ªposição. Xavi Vierge fez uma corrida apenas regular e obteve uma regular 9ªposição. Marcel Schrotter completou os 10 primeiros colocados.

Jake Dixon voltou a pontuar na moto 2 com a 11ªposição. Seguido de Lorenzo Dalla Porta da italtrans, Fabio di Giannantonio da Gresini, Sam Lowes em uma desapontadora 14ªposião e Albert Arenas da Aspar Martinez que fechou a zona de pontuação.

Resultado final do GP da Estíria
10ªEtapa do Mundial de motovelocidade – Moto 2

pospilotoequipemototempo
172Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex37’29.460
244Arón CanetAspar Team Moto2Boscoscuroa 1.171
337Augusto FernándezElf Marc VDS Racing TeamKalexa 3.260
487Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalexa 3.856
579Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 6.922
613Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalexa 9.390
725Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalexa 9.590
835Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 12.217
997Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalexa 12.747
1023Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalexa 12.874
1196Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalexa 13.532
1219Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalexa 14.071
1321Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 14.197
1422Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalexa 14.536
1575Albert ArenasAspar Team Moto2Boscoscuroa 18.616
1612Thomas LüthiPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 19.378
1714Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalexa 19.660
1862Stefano ManziFlexbox HP40Kalexa 22.467
1942Marcos RamírezAmerican RacingKalexa 22.762
209Jorge NavarroLightech Speed UpBoscoscuroa 25.267
217Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 30.121
2211Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 37.544
2364Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 38.095
245Yari MontellaLightech Speed UpBoscoscuroa 39.007
2524Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 2 voltas
6Cameron BeaubierAmerican RacingKalexa 6 voltas
40Héctor GarzóFlexbox HP40Kalexa 8 voltas
55Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTSa 16 voltas
16Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalexa 16 voltas
70Barry BaltusNTS RW Racing GPNTSa 24 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da Estiria – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 3 – 10ªetapa

Prova realizada no dia 8 de Agosto, no último dia das Olimpíadas de 2021. Sessão de Classificação: Nenhum dos pilotos partiu de cara para o começo da repescagem. Só depois de 1 minuto e que entrou os dois pilotos da Honda Asia Team (Izdihar e Kunii) para marcarem volta. Com 3 minutos e 20 segundos de sessão, o espanhol David Salvador entra na pista, substituindo a Alberto surra na equipe Snipers. Já Filip Salac reestreava na PruestelGP e estava no Q2. A 9:20 do final, Izhidar estava na liderança, seguindo de Kunii.

Quando a sessão estava chegando na sua metade, com 8 minutos para o final, todo mundo resolve entrar na pista. A sessão iria começar de verdade. Enquanto isso, Salvador passou a liderança com o tempo de 1:37.846.

Enquanto o estreante da Snipers voltava para os boxes, os pilotos dizimaram o tempo de Salvador. Tatsuki Suzuki faz 1:36.528 e assume a liderança. 10 segundos depois, Romano Fenati faz o segundo tempo. Ryusei Yamanaka e Dennis Foggia completavam os 4 primeiros.

A 2:45 do final, Artigas e Rodrigo fizeram boas marcas. Com pouco tempo pela frente, ninguém poderia marcar bobeira. Tanto é que Artigas da Leopard e Rodrigo da Gresini foram para outra volta rápida. Nela, o Argentino fez o segundo tempo com 1:36.605, Já Xavier Artigas melhorou para a 4ªposição. Fenati melhora a sua marca, mas fica mesmo na 3ªposição.

Muitos tentaram melhorar na última volta, mas somente Dennis Foggia conseguiu melhorar seu tempo. De fora do Q2 para a 1ªposição após fazer 1:36.526, se classificando para o Q2, junto de Tatsuki Suzuki, Gabriel Rodrigo e Romano Fenati. Sobrou para Xavier Artigas que ficou em 5º e teve seu treino encerrado naquele momento, junto de outros 10 concorrentes.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
17Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’36.526
224Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’36.528
32Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’36.605
455Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’36.618
543Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’36.742
699Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’36.818
76Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’36.872
892Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’36.882
920Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’36.953
1073Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’36.970
1127Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’37.317
1238David SalvadorRivacold Snipers TeamHonda1’37.366
1331Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’37.538
1419Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’37.713

De imediato, Sergio Garcia, Dennis Foggia e Izar Guevara foram para a pista, segundos depois  a maioria dos pilotos saíram para a disputa da pole position. Darryn Binder, John McPhee, Gabriel Rodrigo e Andrea Migno esperaram um pouco, até que os pilotos da Petronas foram para a pista, seguido dos outros dois pilotos.

Foggia fez 1:36.817, mas seu tempo é superado por Niccolò Antonelli da Avintia, com a marca de 1:36.728.

Izar Guevara e Dennis Foggia estavam mirando a pole position. A menos de 10 minutos do final, Guevara passa a liderar a disputa pela pole, a apenas 2 milésimos de Foggia.

Antonelli vinha muito rápido, tinha tudo para voltar a pole, mas acabou indo para o chão, justo na curva 10 e acaba deixando a sessão, no que poderia ser um grande dia para ele.

Na metade da sessão, Izar Guevara vinha com a pole nas mãos, seguido de Dennis Foggia, Darryn Binder da Petronas, Niccolò Antonelli que não iria mais treinar, John McPhee que subiu para 5ªposição em sua volta. Rodrigo, Garcia, Fenati, Oncü e Nepa eram os 10 primeiros colocados.

A classificação mudaria a 5:50 do final. Foi nessa hora que Pedro Acosta marcou 1:36.575 e tomou das mãos de Guevara a liderança da sessão. Seu companheiro de equipe, Jaume Masia não foi além da 11ªposição.

Vice-líder do campeonato, Sergio Garcia mirou o tempo de Acosta para superar seu grande rival na disputa pelo título. A 3:10 do final, o piloto principal da Gas Gas passa a frente com 1;36.512. Jaume Masia fez uma boa volta e pulou da 11ª para a 5ªposição.

Garcia não queria perder a pole de jeito nenhum e acabou baixando sua marca a 1 minuto e meio do final do Q2, com 1:36.477. Mas na volta seguinte, o piloto da Gas Gas foi para o chão e deixou uma brecha para alguém tirar ele da pole position, isso aconteceu nos instantes finais.

Deniz Oncü acabou marcando 1:36.453 e levou a pole position para ele. Um ótimo trabalho do turco da Tech 3, que faz uma temporada bem irregular. Em 2º, estava um frustrado Sergio Garcia da Gas Gas que tinha a pole em suas mãos, pelo menos partia na frente de Pedro Acosta. O líder do campeonato larga em 4º e abre a segunda fila. Entre eles, estava o Italiano Romano Fenati da Husqvarna que subiu para 3ªposição na reta final de classificação.

Izan Guevara levou a outra Gas Gas na 5ªposição, chegando a lutar pela pole position na primeira metade do Q2. O italiano Dennis Foggia completa a 2ªfila com sua moto da Leopard Racing, que acabou sendo a melhor Honda na classificação.

Jaume Masia abre a 3ªfila, na 7ªposição. Porém, mas vendo mais uma vez Acosta na sua frente. Completando os 10 primeiros colocados: Darryn Binder da Petronas, Jeremy Alcoba e Gabriel Rodrigo, ambos da Gresini que largariam na 9ªe 10ªposições.

Grid de Largada:

pospilotoequipemototempo
153Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’36.453
211Sergio GarcíaSANTANDER Consumer GASGASGASGAS1’36.477
355Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’36.506
437Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’36.575
528Izan GuevaraSANTANDER Consumer GASGASGASGAS1’36.635
67Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’36.637
75Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM1’36.637
840Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHonda1’36.657
952Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’36.716
102Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’36.720
1123Niccolo AntonelliAvintia VR46KTM1’36.728
1217John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’36.743
1354Riccardo RossiBOE OwlrideKTM1’36.807
1424Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’36.819
1571Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’37.116
1616Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda1’37.296
1782Stefano NepaBOE OwlrideKTM1’37.513
1812Filip SalačCarXpert PruestelGPKTMSem Tempo
1943Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’36.742
2099Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’36.818
216Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’36.872
2292Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’36.882
2320Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’36.953
2473Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’36.970
2527Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’37.317
2638David SalvadorRivacold Snipers TeamHonda1’37.366
2731Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’37.538
2819Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’37.713
Niccolò Antonelli e Carlos Tatay não participaram da corrida por causa de acidente
Xavier Artigas não participou da prova por ter sido infectado com a Covid-19

No começo do domingo, choveu em Spielberg e a prova de retornada do Mundial de Motovelocidade. Seria uma prova de fortes emoções, com uma pista úmida e com uma pequena trilha seca.

Deniz Oncü teve problemas e teve de partir da última posição no grid de largada, era horrível para o turco que tinha feito a pole position. Se o piloto da Tech 3, Garcia e Fenati estavam na primeira fila para disputar a liderança na largada. Nessa largada, Fenati leva a melhor e assumiu a liderança, seguido de Sergio Garcia, Pedro Acosta, Izar Guevara e Jaume Masia.

Ao final da primeira volta, Garcia recuperou a liderança. A se destacar a brilhante largada do Austríaco Maximilian Kofler, ganhando 15 posições em 1 volta e subindo para a 7ªposição. Yuki Kunii e Ryusei Yamanaka ganharam 11 posições nessa largada.

Pedro Acosta supera Fenati na 2ªVolta e sobe para segunda posição e vai para cima do Garcia, na volta seguinte, Acosta supera Garcia e ganha a liderança da prova. Os 2 líderes do campeonato vinham na frente, com Fenati vinha acompanhando eles em 3º. Masia, Sasaki, Kofler e Yamanaka disputavam a 4ªposição. Izan Guevara perdeu posições. Já Darryn Binder, John McPhee, Dennis Foggia e Gabriel Rodrigo vinham muito mal, nas últimas posições, muito por causa do acerto das motos. Deniz Oncü vinha tentando a recuperação, mas estava bem longe da ponta, na 24ªposição.

Sergio Garcia voltou a ponta, o piloto da Gas Gas e o piloto da KTM Ajo, Pedro Acosta abriram e passaram a disputar a vitória. Enquanto isso, Romano Fenati começou a ser pressionado por Masia, Sasaki e Kofler, a partir da 9ªvolta que passou a ser uma disputa pelo pódio. Nessa mesma volta, Yuki Kunii passou Ryusei Yamanaka e assumiu a 7ªposição.

Enquanto Garcia e Acosta brigando pela vitória, Darryn Binder vinha se recuperando. O sul-africano estava na 14ªposição e virando bons tempos, um pouco mais lento que os da ponta, mas bem mais rápido que a maioria dos que estavam na frente.

Na 13ªVolta, Acosta chega a passar Garcia no começo da volta, mas o piloto da Gas Gas recupera a ponta na curva 8 para a 9. Um pega maravilhoso entre os 2 principais pilotos na disputa pelo título. Enquanto isso, Masia superou Fenati e assumia a 3ªposição. Andi Farid Izdihar caiu duas vezes e acabou deixando a prova.

Outro piloto que foi ao chão foi o espanhol David Salvador a 10 voltas do final. Nessa altura do campeonato, Garcia e Acosta já abriram quase 10 segundos para o 3ºcolocado, o espanhol Jaume Masia. Fenati, Sakaki, Kofler (Que vinha fazendo sua melhor corrida na Moto 3), Kunii, Yamanaka, Adrian Fernández e Kaito Toba completavam os Top 10.

A 8 Voltas do final, Darryn Binder passou para a 10ªposição após superar Kaito Toba. Enquanto isso, Acosta tentava de todo o jeito superar Garcia. A 6 Voltas do final, o piloto da equipe ajo consegue a ultrapassagem, mas o piloto da Gas Gas deu o troco e voltou a frente.

Binder a 5 voltas do final passou Yamanaka da PruestelGP e Kunii da Honda Asia Team, na volta 20, passou Kofler da CIP Green e passou para a 6ªposição. Grande prova de recuperação do piloto Sul-africano. A 3 voltas do final, Fenati ataca Masia para tentar retornar ao pódio.

Nas voltas finais, Sergio Garcia e Pedro Acosta proporcionaram um final sensacional, os dois brigaram bravamente pela vitória. Na penúltima volta, Acosta passa Garcia, mas o piloto da Gas Gas usou a potência da sua moto e recuperou a ponta. Na volta final, os dois se tocam na curva 3.

O pega foi até o final da prova, na curva 9, Pedro Acosta passou Sergio Garcia, ao mesmo tempo, o piloto da Gas Gas foi para o chão. Acosta vence o duelo com seu rival e conquista a 5ªvitória na temporada e consolidou ainda mais a liderança no Mundial. O piloto da KTM Ajo deu ais um passo para o campeonato.

Sergio Garcia conseguiu ainda levantar sua moto e voltar para a pista e conseguiu terminar a prova na segunda posição. A sua vantagem para os outros era muito grande e permitiu ainda ao piloto da Gas Gas conquistar um grande resultado. O pódio acabou ficando com Romano Fenati, que conseguiu a ultrapassagem sobre Jaume Masia. Enquanto o piloto da Husqvarna comemorava o 3ºlugar, Masia lamentava a 4ªposição, a não ida ao pódio e mais uma vez ver Acosta vencendo. Não esta sendo nada fácil o ano do experiente piloto da equipe Ajo.

Ayumi Sasaki voltou muito bem após ficar de fora de algumas corrida, com uma prova consistente e uma boa 5ªposição. Darryn Binder fez uma corrida de recuperação para ser aplaudida, saindo lá de trás para terminar o dia na 6ªposição.

Ryusei Yamanaka fez uma boa corrida e ficou na 7ªposição. A PruestelGP se reencontrou após corridas ruins que começou no acidente fatal de Jason Dupasquier no GP da Itália. Filip Salac que voltou a equipe, fez um final de semana bem decente e acabou o dia na 11ªposição.

Yuki Kunii da Honda Asia Team chegou em 8ºlugar e Maximilian Kofler da CIP Green em 9ºlugar, conquistaram seus melhores resultados nas suas carreiras. O irmão de Raúl Fernández completou o Top 10. Foi a segunda pontuação de Adrian Fernández na temporada de 2021.

Resultado final do GP da Estíria
10ªEtapa do Mundial de motovelocidade – Moto 3

pospilotoequipemototempo
137Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM39’45.869
211Sergio GarcíaSANTANDER Consumer GASGASGASGASa 14.431
355Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 15.410
45Jaume MasiáRed Bull KTM AjoKTMa 15.510
571Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTMa 18.847
640Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHondaa 20.534
76Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTMa 30.080
892Yuki KuniiHonda Team AsiaHondaa 30.174
973Maximilian KoflerCIP Green PowerKTMa 30.245
1031Adrián FernándezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 36.355
1112Filip SalačCarXpert PruestelGPKTMa 36.437
1227Kaito TobaCIP Green PowerKTMa 36.659
1317John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 36.665
1428Izan GuevaraSANTANDER Consumer GASGASGASGASa 37.514
1524Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 37.918
1620Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHondaa 47.645
1716Andrea MignoRivacold Snipers TeamHondaa 52.877
1852Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 53.006
1982Stefano NepaBOE OwlrideKTMa 55.944
202Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 1’06.540
2153Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 1’12.291
227Dennis FoggiaLeopard RacingHondaa 1’22.638
2354Riccardo RossiBOE OwlrideKTMa 1’31.488
38David SalvadorRivacold Snipers TeamHondaa 9 voltas
19Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHondaa 11 voltas
99Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTMa 23 Voltas

Fotos:

imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da Estiria – 8ªEtapa do Mundial de Formula 1 – 2021

Max Verstappen dominou todo o final de semana e conquistou a pole e a vitória na primeira etapa na Áustria, que foi nomeada de GP da Estiria. Nos treinos livres, Verstappen e a Red Bull Evidenciavam o domínio do piloto Holandês e da Red Bull. Já a Mercedes vivia problemas, seu carro não era rápido o bastante para desafiar a Red Bull. Valtteri Bottas acabou rodando quando saiu dos boxes, apesar de ser em velocidade baixa, a FIA investigou o caso e acabou punido o finlandês em 3 posições no grid de largada.

No sábado, foi realizada a sessão de classificação. No primeiro minuto e meio, ninguém entrou na pista. Os primeiros a irem a pista marcar volta foram Nicholas Latifi, Mick Schumacher e Nikita Mazepin com vantagem ao piloto da Williams com o filho de Michael Schumacher a menos de 1 décimo atrás, o piloto russo ficou a mais de 3 décimos acima do ponteiro.

Assim que os demais pilotos foram entrando na pista, o tempo de Latifi foi superado, primeiro pelo companheiro de equipe George Russell e depois por outros pilotos. Com 7 minutos de sessão, Lando Norris marcou 1:04.584, foi uma grande volta do principal piloto da Mclaren. Tanto é que foi apenas superado por Max Verstappen que faz o melhor tempo e por Valtteri Bottas que fez o 2ºtempo, Lewis Hamilton acabou marcando o 4ºtempo.

Os dois pilotos da Alpine foram os últimos a entrarem na pista para marcarem voltas. Alguns pilotos foram para uma segunda volta rápida, entre eles os dois pilotos da Alpha Tauri que marcaram bons tempos, Gasly em 5º e Tsunoda em 7º. Alonso em sua primeira volta rápida foi para a 8ªposição e Nicholas Latifi marcou uma bela volta e se posicionou na 9ªposição.

A 5 minutos do final da sessão, Giovinazzi, Russell, Raikkonen, Schumacher e Mazepin estavam sendo eliminados. Os pilotos foram para a pista a 3 minutos do final da sessão, Sergio Perez estava muito ameaçado e teve de buscar uma volta rápida para se garantir no Q2. George Russell e Carlos Sainz jr. se safaram no final e se garantiram na próxima fase da classificação.

Quem foi eliminado foram Nicholas Latifi, Esteban Ocon, Kimi Raikkonen, Mick Schumacher e Nikita Mazepin. Verstappen, Bottas e Norris foram os mais rápidos do Q1.

Resultado do Q1:

pospilotoequipechassismotorTempo
133Max Verstappen Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:04.489 
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:04.537 
34Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:04.584 
422Yuki Tsunoda Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:04.608 
511Sergio Perez Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:04.638 
644Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:04.672 
716Charles Leclerc Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:04.745 
810Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:04.765 
918Lance Stroll Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:04.821 
1055Carlos Sainz Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:04.859 
1114Fernando Alonso Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:04.971 
1263George Russell Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:05.033 
135Sebastian Vettel Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:05.051 
1499Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:05.092 
153Daniel Ricciardo McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:05.142 
166Nicholas Latifi Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:05.175 
1731Esteban Ocon Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:05.217 
187Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:05.429 
1947Mick Schumacher Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:06.041 
209Nikita Mazepin Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:06.192 

O primeiro piloto a entrar na pista no Q2 foi Valtteri Bottas, seguido de Antonio Giovinazzi e George Russell, com os pneus médios, o finlandês marcou 1:04.724, um minuto depois, Lewis Hamilton e Max Verstappen abriram suas voltas, a vantagem foi muito grande para Verstappen sobre Hamilton, a diferença foi de 8 décimos (Tempo do Verstappen foi de 1:04.540). Sergio Perez acabou marcando o 2ºtempo, 45 milésimos atrás do piloto holandês.

Após 5 minutos e 30 segundos do Q2, apenas 6 pilotos marcaram volta: Verstappen, Perez, Bottas, Russell, Hamilton e Giovinazzi. Os outros pilotos começaram a marcar seus tempos, o próprio Hamilton teve de fazer uma segunda volta para melhorar sua situação no Q2 e acabou conseguindo uma 1:04.626.

O destaque ficou para o francês Pierre Gasly, levando a Alpha Tauri a primeira posição com 1:04.429 a 7:30 do final da sessão. A 7 minutos do final, Gasly era o primeiro, seguido de Max Verstappen, Lando Norris, Sergio Perez, Lewis Hamilton, Yuki Tsunoda, Lance Stroll, Fernando Alonso, Valtteri Bottas e Carlos Sainz jr. A diferença dos 10 primeiros era de apenas 0.371 segundos. Charles Leclerc vinha a 0.395 segundos atrás de ponteiro naquele momento.

Bottas partiu para nova volta a fim de evitar o risco de ser eliminado no Q2, a 5 minutos do final, o finlandês marca 1:04.443 e pulou da 9ª para a 3ªposição. Leclerc, Vettel, Russell, Ricciardo e Giovinazzi estavam sendo eliminados do Q3.

Hamilton, Tsunoda e Sainz jr. vão para a pista antes dos demais pilotos. O piloto da Mercedes melhorou um pouco e pulou para 5ªposição, a 0.083 milésimos do Gasly. A 1 minuto do final, todos estavam na pista.

Leclerc precisa evitar a eliminação e acaba conseguindo no final passar para 8ªposição, mas Carlos Sainz jr. fracassa e acaba ficando com o 11ºtempo. George Russell chega a fazer o 10ºtempo, mas acaba superado por Fernando Alonso por 8 milésimos de segundo, quase colocando a Williams no Q3.

Sergio Perez e Lando Norris voaram na parte final da sessão e ficaram com os dois melhores tempos, Pierre Gasly, Max Verstappen, Valtteri Bottas, Lewis Hamilton, Fernando Alonso, Yuki Tsunoda, Charles Leclerc e Lance Stroll completam a lista dos 10 classificados para o Q3. Russell, Sainz jr., Ricciardo, Vettel e Giovinazzi acabam eliminados.

Resultado do Q2:

pospilotoequipechassismotorTempo
111Sergio Perez Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:04.197 
24Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:04.298 
310Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:04.429 
433Max Verstappen Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:04.433 
577Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:04.443 
644Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:04.512 
714Fernando Alonso Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:04.582 
822Yuki Tsunoda Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:04.631 
916Charles Leclerc Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:04.646 
1018Lance Stroll Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:04.663 
1163George Russell Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:04.671 
1255Carlos Sainz Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:04.800 
133Daniel Ricciardo McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:04.808 
145Sebastian Vettel Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:04.875 
1599Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:04.913 

Ao começar o Q3, o primeiro piloto a entrar na pista foi Lewis Hamilton, que marcou 1:04.205, o melhor tempo dele até aquele momento, mas não poderia comemorar nada, já que os outros pilotos (Com exceção de Lance Stroll) foram a pista a 9 minutos do final da sessão. Tsunoda faz um tempo ruim, já Gasly passou para 2ª, com o tempo de 1:04.453 a 6:50 do final.

Nada se comparou ao tempo de 1:03.841 que Max Verstappen fez a 6 minutos e meio do final, colocando a mão em mais uma pole position. Lando Norris passou para 3ªposição, seguido de Bottas, Perez, Gasly, Leclerc, Tsunoda, Alonso e Stroll.

Hamilton tentou melhorar seu tempo e até conseguiu fazer 1:04.067 a 4:30 do final. Porém, não parecia estar à altura de tomar a pole das mãos de Verstappen. Stroll foi para a pista e marcou 9ºtempo a 3 minutos e meio do final. Ao mesmo tempo, todo mundo entrou na pista para uma última tentativa.

Ninguém conseguiu chegar perto de tirar Max Verstappen da pole position, o piloto holandês conquistou a pole position, confirmando o favoritismo desde treinos livres da sexta-feira já estava na cara que Verstappen seria o pole.

Valtteri Bottas acabou marcando o segundo melhor tempo, mas com a punição de 3 posições no Grid, acaba recuando para a 5ªposição. Quem vai dividir a primeira fila com Verstappen é Lewis Hamilton com sua Mercedes. Vão compor a segunda fila os pilotos Lando Norris com a Mclaren que fez uma grande classificação e Sergio Perez da Red Bull.

Bottas vai para a terceira fila e terá do seu lado Pierre Gasly da Alpha Tauri. Charles Leclerc larga em 7º com a Ferrari que esteve no Q3. Yuki Tsunoda faz bom papel com a outra Alpha Tauri e iria dividir a 4ªfila com o piloto monegasco, mas por ter atrapalhado Valtteri Bottas na classificação acabou perdendo 3 posições e recua para a 11ªposição no Grid de largada. Fernando Alonso da Alpine, Lance Stroll da Aston Martin e George Russell da Williams completam o grid dos 10 primeiros colocados.

Grid de Largada:

pospilotoequipechassismotorTempoVoltas
133Max Verstappen Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:03.84120
244Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:04.06725
34Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:04.12017
411Sergio Perez Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:04.16821
577Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:04.03523
610Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:04.23618
716Charles Leclerc Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:04.47221
814Fernando Alonso Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:04.57418
918Lance Stroll Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:04.70818
1063George Russell Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:04.67114
1122Yuki Tsunoda Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:04.51421
1255Carlos Sainz Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:04.80015
133Daniel Ricciardo McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:04.80814
145Sebastian Vettel Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:04.87515
1599Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:04.91317
166Nicholas Latifi Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:05.1759
1731Esteban Ocon Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:05.2176
187Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:05.4298
1947Mick Schumacher Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:06.0418
209Nikita Mazepin Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:06.1929

No domingo, Max Verstappen acabou dominando a corrida e conquistando a sua 4ªvitória na temporada, na casa da equipe Austriaca, que mostra estar em melhor momento e em melhor fase que a Mercedes.

Na largada, Verstappen e Hamilton mantiveram suas posições, Perez lutou muito para superar Norris, mas o piloto da Mclaren resiste bravamente a pressão do mexicano e mantem a 3ªposição. Bottas, Stroll, Alonso,Russell, Ricciardo e Tsunoda são os 10 primeiros. Gasly teve o pneu furado por Leclerc e acabou rodando na curva 3, Latifi acabou acertado o piloto da Alpha Tauri, que acabou abandonando a prova com a suspensão quebrada. Leclerc e Latifi tiveram que fazer uma parada para reparar danos em seus carros.

Depois disso, não acontece nada nas primeiras voltas de prova, A primeira ultrapassagem da prova aconteceu na 7ªvolta, quando Yuki Tsunoda superou Daniel Ricciardo e passou a 9ªposição, curvas depois, foi a vez de Sainz jr. passar o piloto da Mclaren por fora na curva 7. Ricciardo perderia posição para Vettel e Raikkonen, apesar de largar muito bem, o ritmo de Ricciardo estava longe do ritmo de Norris, que resistia a pressão do Perez.

Na 10ªVolta, o piloto mexicano finalmente conseguiu a ultrapassagem sobre Norris, se colocando na terceira posição, Na volta seguinte, foi a vez de Valtteri Bottas ultrapassar o piloto da Mclaren para continuar a seguir o piloto da Red Bull. Nessa altura da prova, Verstappen abria quase 3 segundos de frente para Hamilton e mais de 10 segundos sobre Perez, Bottas e Norris.

Stroll vinha em 6º, 2 segundos a frente de Alonso, que pasmem! Estava sofrendo pressão de George Russell com sua Williams, um grande inicio de corrida do piloto inglês. Tsunoda, Sainz jr., Vettel e Raikkonen vinham nesse grupo disputando da 7ª a 12ªposição na 14ªVolta.

Verstappen só foi aumentando sua vantagem para Hamilton, fazendo volta mais rápida em cima de volta mais rápida. Enquanto que no pelotão intermediário, Vettel lutava para superar Tsunoda, pega válido pela 10ªposição. Carlos Sainz jr. vinha à frente deles. Na volta 25, Leclerc passou Ocon e assumiu a 14ªposição.

George Russell foi para a parada na 26ªVolta, a parada foi um desastre, 18 segundos parado para trocar os pneus, jogando todo o esforço do seu piloto pelo ralo. Sergio Perez parou na 27ªvolta, A sua equipe não fez uma parada legal (4 segundos quando o normal é que a parada dure 2 segundos). Ele volta atrás de Norris, na 5ªposição.

Hamilton parou na 28ªVolta, Bottas parou na 29ª e Verstappen fez sua parada na volta 30. A parada dos 3 foram perfeitas. Com essas paradas, Verstappen e Hamilton mantiveram suas posições, Bottas acabou passando a frente de Perez e passou a 4ªposição, 2 segundos a frente de Lando Norris, que não tinham feito à parada.

Não demora muito para o piloto da Mclaren ir para a sua parada, ela foi na 32ªvolta. Norris voltou logo atrás de Kimi Raikkonen, mas não demorou muito para Norris superar o Homem de Gelo, passando a ser o 6ºcolocado. Carlos Sainz jr. estava em 5º, mas não tinha feito a parada, assim como Raikkonen, Ricciardo, leclerc e Ocon.

Enquanto isso, Verstappen e Hamilton trocavam voltas mais rápidas entre eles, mais atrás, Bottas chegou a abrir 3.2 segundos de Perez, mas logo seus pneus começam a se desgastar e Perez começou a se aproximar de novo. Na 38ªVolta, Raikkonen, Ocon e Leclerc foram aos boxes trocarem os pneus. No caso do monegasco era a segunda parada, que o jogou para a 14ªposição. Nesse meio tempo, George Russell abandonou a prova.

A 30 voltas do final, a classificação era: Verstappen, Hamilton, Bottas, Perez, Sainz jr., Norris, Ricciardo, Stroll, Alonso, Tsunoda, Vettel, Giovinazzi, Raikkonen, Leclerc, Ocon, Mazepin, Schumacher e Latifi.

Sainz jr., Ricciardo e Raikkonen fizeram suas paradas na volta 43, Norris voltou a ser o 5ºcolocado.  Sainz jr. voltou na 7ªposição, mas 2 voltas depois, o piloto da Ferrari supera Stroll e vai para a 6ªposição.

 Leclerc estava em uma ótima corrida de recuperação, a 20 voltas do final, já estava na 10ªposição após superar Sebastian Vettel. Nesse momento, Perez vai pra cima de Bottas em busca do pódio. Os dois vinham 30 segundos atrás de Verstappen. O holandês vinha a 7 segundos a frente de Hamilton, e sua vantagem vinham aumentando cada vez mais.

Sergio Perez muda a tática e vai para uma segunda parada na 55ªvolta. Momentos depois, Leclerc supera Tsunoda e sobe para a 9ªposição. O monegasco iria dá um show na reta final de prova. Na 56ªVolta, Leclerc supera Alonso e sobe para 8º. Na 59ªVolta, foi a fez de Stroll ser detonado por Leclerc, que assume a 7ªposição.

Enquanto isso, Perez vinha tirando bastante vantagem para Bottas, mas as voltas vinham acabando e o mexicano não estava tirando o bastante para ganhara  3ªposição. Na Reta final de corrida, Vettel vinha se segurando na 11ªposição, Raikkonen vinha colado no piloto da Aston Martin. O tetracampeão do mundo resistiu como pode, mas a 3 voltas e meia do final, o Homem de gelo leva a 11ªposição.

Verstappen abria 11 segundos sobre Hamilton, já sem chances de vitória, acaba fazendo uma parada na 70ªVolta, para fazer a melhor volta e marcar o ponto extra.

Max Verstappen de ponta a ponta conquistou a vitória da 1ªetapa no Red Bull Ring, nomeada de GP da Estiria. O piloto holandês teve sua melhor exibição no ano, com pole e vitória. Só não levou a melhor volta da prova, mas muito mais por ter feito apenas 1 parada, contra 2 paradas de Hamilton, Perez e Leclerc.

Lewis Hamilton ficou em 2º e acabou salvando 1 ponto por ter feito a volta mais rápida na última volta, mas em nenhum momento, nem Lewis e nem a Mercedes conseguiram competir a altura para enfrentar Verstappen. No entanto, diferente da Paul Ricard, o finlandês Valtteri Bottas consegue sustentar a 3ªposição, chegando a meio segundo a frente de Sergio Perez, o piloto mexicano teve prejuízos na sua 1ªparada, isso mais a tática que deram a Bottas (além da competência do piloto) levaram checo a ficar de fora do pódio.

Lando Norris fez uma corrida perfeita, ficou por 10 voltas a frente de Perez e de Bottas, depois acabou andando dentro do que é possível para a Mclaren hoje e acabou o domingo com a 5ªposição. Carlos Sainz jr. e Charles Leclerc fizeram ótimas corridas, enquanto que o espanhol fez uma brilhante corrida, em uma sólida 6ªposição e Leclerc se recuperou de uma Asa quebrada no começo da prova e passou da última posição para chegar na 7ªposição. O monegasco foi escolhido pelo público e de forma merecida o melhor piloto da corrida.

Lance Stroll levou a Aston Martin aos pontos, em uma boa corrida acabou na 8ªposição. Fernando Alonso da Alpine e Yuki Tsunoda da Alpha Tauri completaram a zona de pontuação. O piloto Japonês acabou tendo muito trabalho para segurar a 10ªposição e o fato de sua equipe pontuar em todas as corridas de 2021. Kimi Raikkonen com pneus melhores poderia ter conseguido tomar essa posição do Tsunoda.

Sebastian Vettel fez um final  de semana sem destaque, acabou ficando em uma modesta 12ªposição, mas o alemão nem de longe foi tão mal como foi o australiano Daniel Ricciardo, que além da 13ªposição, acabou tomando um vareio enorme do seu companheiro de equipe.

Esteban Ocon da Alpine e Antonio Giovinazzi da Alfa Romeo tiveram um domingo ruim e ficaram em 14º e 15º respectivamente. Mick Schumacher acabou o dia no lucro, ao chegar na frente de Nicholas Latifi da Williams. O piloto Canadense não teve condições de ficar na frente das duas Haas. Nikita Mazepin completou a lista dos 18 pilotos que completaram a prova.

Próximo domingo teremos o GP da Áustria, a 9ªEtapa do Mundial de Formula 1 de 2021.

Resultado Final do GP da Estiria – Red Bull Ring (Spielberg)
Mundial de Formula 1 – 2021 – 9ªEtapa

pospilotoequipechassismotorVoltasTempo
133Max Verstappen Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H711:22:18.925 
244Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M1271a 35.743s 
377Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M1271a 46.907s 
411Sergio Perez Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H71a 47.434s 
54Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M1270a 1 volta 
655Carlos Sainz Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/670a 1 volta 
716Charles Leclerc Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/670a 1 volta 
818Lance Stroll Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M1270a 1 volta 
914Fernando Alonso Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B70a 1 volta 
1022Yuki Tsunoda Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H70a 1 volta 
117Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/670a 1 volta 
125Sebastian Vettel Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M1270a 1 volta 
133Daniel Ricciardo McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M1270a 1 volta 
1431Esteban Ocon Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B70a 1 volta 
1599Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/670a 1 volta 
1647Mick Schumacher Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/669a 2 voltas 
176Nicholas Latifi Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M1268a 3 voltas 
189Nikita Mazepin Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/668a 3 voltas 
63George Russell Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M1236Abandono
10Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1Acidente

Melhor Volta de cada piloto – Lewis Hamilton marcou 1 ponto pela melhor volta da corrida

pospilotoequipechassismotortemponº da Volta
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:07.058 71
211Sergio Perez Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:07.894 57
333Max Verstappen Red Bull Racing HondaRB16BHonda RA621H1:08.017 68
455Carlos Sainz Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:08.609 64
577Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W12Mercedes-AMG F1 M121:08.619 43
616Charles Leclerc Scuderia Ferrari Mission WinnowSF21Ferrari 065/61:08.738 64
74Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:08.903 65
87Kimi Räikkönen Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:09.128 57
93Daniel Ricciardo McLaren F1 TeamMCL35MMercedes-AMG F1 M121:09.305 45
1031Esteban Ocon Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:09.576 70
1122Yuki Tsunoda Scuderia AlphaTauri HondaAT02Honda RA621H1:09.650 41
1299Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Racing OrlenC41Ferrari 065/61:09.723 39
1314Fernando Alonso Alpine F1 TeamA521Renault E-Tech 20B1:09.749 61
1418Lance Stroll Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:09.787 32
155Sebastian Vettel Aston Martin Cognizant F1 TeamAMR21Mercedes-AMG F1 M121:09.821 64
1647Mick Schumacher Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:10.005 57
176Nicholas Latifi Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:10.104 34
1863George Russell Williams RacingFW43BMercedes-AMG F1 M121:10.499 28
199Nikita Mazepin Uralkali Haas F1 TeamVF-21Ferrari 065/61:10.951 39

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Mclaren/Aston Martin/Alpine/Ferrari/Alpha Tauri/Alfa Romeo/Haas/Williams

Hamilton sobra e vence corrida na Estíria

No mesmo circuito Red Bull Ring em Spielberg, o GP da Estíria nós mostrou uma brilhante corrida de Lewis Hamilton, dominador o final de semana inteiro e na corrida não foi diferente conquistando a 85ªVitória da sua carreira. Esta a 6 vitórias do recorde de Michael Schumacher com 91 vitórias.

Na largada, Hamilton manteve a liderança, Já Verstappen teve de se cuidar para não perder a 2ªposição para Carlos Sainz jr. Bottas se manteve em 4ºlugar. No meio do pelotão, Charles Leclerc acaba errando e ao saltar com o carro na curva 3 acaba quebrando o aerofólio traseiro de Vettel. Um desastre para a Ferrari.

Com os destroços do carro de Vettel e de Leclerc na pista o Safety Car entrou na pista para a limpeza do traçado. Vettel deixou a prova e o Monegasco estava na última posição. Na quarta volta tivemos a relargada, Stroll foi para cima de Norris e superou o piloto da Mclaren, O Britânico deu o troco e recuperou a posição. Leclerc voltou aos boxes para fechar com chave de lata o final de semana desastroso na Estíria.

Não demorou muito para Bottas superar Sainz jr. para ganhar a terceira posição. Hamilton vinha com boa frente de Verstappen que abriu boa vantagem para Bottas.

Ocon e Ricciardo começaram uma disputa pelo 6ºlugar a partir da 7ªVolta. Perez que fez uma grande largada, subindo da 17ª para a 11ªposição e partia para cima de Norris. Na 8ªVolta, Albon passou o espanhol da Mclaren e subiu para o 4ºlugar.

Enquanto Hamilton, Verstappen e Bottas estavam bem lá na frente, Albon já vinha 15 segundos atrás do líder e perto dele vinha Sainz jr., Ocon, Ricciardo, Gasly, Stroll, Norris e Perez em um pelotão intermediário. Kvyat em 12º vinha chegando nesse bloco. Ocon resistia a pressão a Ricciardo que pedia para o francês passar, mas isso não ocorreu felizmente.

Verstappen chegou a virar mais rápido que Hamilton que respondeu a altura e marcou a volta mais rápida da prova. Perez passou Norris e assumiu a 10ªposição, um pouco mais a frente, Stroll supera Gasly e ganha o 8ºlugar na volta 16.

Depois de muitas voltas de disputa finalmente Ricciardo conseguiu superar seu companheiro de equipe passando para o 6ºlugar. Hamilton vinha a 4.9 segundos a frente de Verstappen e a 7.5 segundos do Bottas. Albon estava a quase 25 segundos na liderança após 21 voltas. Enquanto isso, Gasly com seu Alpha Tauri vinha perdendo terreno. Foi superado pelo Norris e pelo Perez.

Na 25ªVolta, Verstappen foi o primeiro a parar nos boxes. Gasly vendo que o seu desempenho estava ruim foi para a parada na mesma volta. Na volta seguinte, Esteban Ocon acabou deixando a prova com problemas de freios pelo que se deu para ver.

Hamilton para na 28ªVolta fazendo que Bottas assumisse a liderança, postegando a sua parada mais para a frente. Perez foi para cima do companheiro de equipe Lance Stroll pelo 7ºlugar. Carlos Sainz jr. parou na 33ªvolta, mas a Mclaren não fez um bom serviço (perderam 7 segundos quando o normal é perder no máximo 3 segundos).

Bottas não estava conseguindo colocar vantagem para Hamilton e Verstappen e na 35ªvolta o finlandês foi para a sua parada nos boxes, com sua equipe fazendo um excelente trabalho (2.3 segundos) e voltou em 3º com pneus 10 voltas melhores que os pneus médios do holandês.

Stroll foi para a parada e voltou para a pista com os pneus novos e sendo agressivo passando Romain Grosjean e não marcando bobeira para Carlos Sainz jr. que também já tinha parado nos boxes. Enquanto Albon para na 36ªVolta, Stroll vai superando seus adversários, superando Raikkonen e Giovinazzi e superaria Kvyat caso ele não tivesse parado na 38ªVolta. Um belo momento de Stroll na prova.

Ricciardo parou na 38ªVolta e colocou os pneus macios, isso poderia favorecer o piloto Australiano da Renault. Sergio Perez parou na volta seguinte e quando voltou foi superado por Sainz jr., mas o mexicano reverteu a situação e deu o troco no espanhol na curva 7, num ponto totalmente diferente de todas as outras ultrapassagens.

Norris foi para os boxes na 40ªVolta e a Mclaren novamente faz um trabalho ruim nos boxes, prejudicando seus dois pilotos. Na mesma volta parou Giovinazzi. O último a fazer a parada foi Kimi Raikkonen na 45ªvolta, colocando os pneus macios e foi a luta para a reta final da corrida.

Perez chegou em Stroll e após 2 boas voltas de disputa, o Mexicano superou o Canadense e continuou progredindo na prova, já na 6ªposição. Em contrapartida Gasly continuava a regredir, foi superando por Daniil Kvyat e caiu para o 11ºlugar.

Na 49ªVolta, Perez superou Ricciardo e assumiu a 5ªposição e foi para cima de Albon. Já Stroll acabou chegando em cima do piloto da Renault, mas ao contraio do Mexicano o canadense acabou ficando empacado e não conseguiu de imediato a ultrapassagem. Ricciardo se segurava na frente com melhor retomada do que a retomada da de Stroll, que tornava a missão do piloto da Racing Point mais difícil.

A 20 voltas do final, Perez marcou a melhor volta da prova por 2 voltas seguidas e se aproximava de Albon ao mesmo tempo que ele pega os retardatários a poucas voltas do final.

Enquanto Hamilton administrava a vitória, Verstappen estava perdendo rendimento na reta final de prova e Bottas se aproximou rapidamente em poucas voltas, O segundo lugar do Holandês estava sobre risco.

Norris chegou em cima de Sainz jr. e acabou não oferecendo muita resistência deixando o britânico ganhar a 8ªposição. A 5 voltas do final, Bottas partiu para o ataque em cima de Verstappen e acaba ultrapassando na curva 4, mas o Holandês foi para cima e conseguiu dar o troco no finlandês, numa grande manobra do piloto da Red Bull. Na volta seguinte, Bottas fez a mesma manobra, dessa vez com sucesso total levando Bottas para a segunda posição. Nas últimas voltas, Verstappen foi para os boxes para colocar pneus novos para tentar a volta mais rápida da prova.

No final, Perez acabou tocando em Albon e quebrando a sua asa dianteira e perdeu rendimento. Já para Stroll, na volta final passou na marra Daniel Ricciardo e acabou ganhando o 6ºlugar, mas a prova não tinha acabado para eles ainda.

Hamilton conquista a vitória de número 85 na Formula 1, sobrando e até mesmo sem forçar, pois a vitória dele foi muito tranquila e se andasse pra valer seria um passeio ainda maior do que os 13 segundos de vantagem para o líder do campeonato. Valtteri Bottas completou a dobradinha da Mercedes na segunda posição. No campeonato Bottas lidera com 6 pontos de vantagem para Hamilton.

Max Verstappen completou o pódio, mas fracassou na tentativa de obter a melhor volta da corrida que acabou ficando com o espanhol Carlos Sainz jr. Depois do desastre da semana passada, a equipe Austríaca teve um final de semana muito bom, mas a corrida de Albon foi abaixo da média, conseguiu segurar a posição, mas andou bem longe de Max Verstappen e ficou muito perto dos melhores pilotos do Grupo Intermediário. O Tailandês precisa melhorar para as próximas corrida.

Na parte final da prova, Lando Norris que vinha do 8ºlugar superou Ricciardo, no começo da última volta superou Lance Stroll, Já estava muito bom o 6ºlugar, mas Norris acabou na última curva superando Sergio Perez e completou a prova em 5ºlugar. Um excelente final de prova do britânico que passou a ser o terceiro lugar com 26 pontos. Enquanto que Sergio Perez que fez uma bela corrida de recuperação acabou mal, com o bico quebrado, segurou por muito pouco o 6ºlugar. Lance Stroll e Daniel Ricciado chegaram num espaço de 2 décimos de segundo. O mexicano jogo fora uma chance de conseguir um belo resultado e marcar uma bela corrida como ele vinha fazendo.

Carlos Sainz jr. acabou o dia com uma frustrante 9ªposição, mas conseguiu a melhor volta da prova e salvou mais um ponto no campeonato. A zona de pontuação foi completada pelo Russo Daniil Kvyat, que fez uma corrida muito decente, salvando o domingo da Alpha Tauri.

Kimi Raikkonen fez uma corrida razoável e leva a Alfa Romeo para o 11ºlugar. Das piores equipes do campeonato, parece que a antiga Sauber tem um rendimento em corrida um pouco melhor do que na classificação. Antonio Giovinazzi acabou o dia em um fraco 14ºlugar. Entre eles ficaram os 2 pilotos da Haas: Kevin Magnussen e Romain Grosjean chegaram juntos em 12º e 13ºlugares respectivamente.  

Pierre Gasly teve um dia para se esquecer, 15ºlugar após ter feito um trabalho tão bom no sábado. É de se lamentar o desempenho do piloto francês. Já os pilotos da Williams fecharam o grid novamente, Ainda falta muito para George Russell que tirou leite de pedra da classificação e Nicholas Latifi para sonharem com alguma coisa que não seja completarem a corrida.

Semana que vem teremos a 3ªetapa do Mundial de Formula 1, dessa vez o cenário muda para o circuito de Hungaroring. Lá teremos uma nova realidade, mas com a certeza de que a Mercedes tem o melhor carro do campeonato, pilotos motivados e com a possibilidade grande de um 3ºtriunfo da equipe Alemã em 2020.

Fotos:

Resultado final do GP da Estíria
2ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2020

posPilotoEquipeChassiMotorTempo
144Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:22:50.683
277Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M11a 13.719s
333Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 33.698s
423Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620Ha 44.400s
54Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 61.470s
611Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 62.387s
718Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedesa 62.453s
83Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 62.591s
955Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 20a 1 Volta
1026Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauri HondaAT01Honda RA620Ha 1 Volta
117Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 Volta
1220Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 1 Volta
138Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 065a 1 Volta
1499Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 065a 1 Volta
1510Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT01Honda RA620Ha 1 Volta
1663George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 2 Voltas
176Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M11a 2 Voltas
1831Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 20a 46 Voltas
1916Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 67 Voltas
205Sebastian Vettel Scuderia FerrariSF1000Ferrari 065a 70 Voltas

Melhor Volta de Cada piloto – Carlos Sainz jr. ganha um ponto por ter feito a volta mais rápida da corrida

posPilotoEquipeChassiMotorTempoNa volta
155Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:05.61968ªVolta
233Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:06.14570ªVolta
344Lewis Hamilton Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:06.71968ªVolta
411Sergio Perez BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:07.18868ªVolta
54Lando Norris McLaren F1 TeamMCL35Renault E-Tech 201:07.19366ªVolta
623Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB16Honda RA620H1:07.29967ªVolta
777Valtteri Bottas Mercedes-AMG Petronas F1 TeamF1 W11Mercedes-AMG F1 M111:07.53462ªVolta
810Pierre Gasly Scuderia AlphaTauri HondaAT01Honda RA620H1:07.82769ªVolta
93Daniel Ricciardo Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:07.83265ªVolta
1018Lance Stroll BWT Racing Point F1 TeamRP20BWT Mercedes1:07.83365ªVolta
1120Kevin Magnussen Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:08.00969ªVolta
128Romain Grosjean Haas F1 TeamVF-20Ferrari 0651:08.04769ªVolta
1326Daniil Kvyat Scuderia AlphaTauri HondaAT01Honda RA620H1:08.37860ªVolta
147Kimi RäikkönenAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:08.38257ªVolta
1599Antonio GiovinazziAlfa Romeo Racing ORLENC39Ferrari 0651:08.51254ªVolta
1663George Russell Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:08.60136ªVolta
176Nicholas Latifi Williams RacingFW43Mercedes-AMG F1 M111:08.80668ªVolta
1831Esteban Ocon Renault DP World F1 TeamR.S.20Renault E-Tech 201:09.32122ªVolta
1916Charles Leclerc Scuderia FerrariSF1000Ferrari 0651:35.3793ªVolta

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Renault/Alpha Tauri/Racing Point/Alfa Romeo/Haas/Williams