GP da Estiria – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 3 – 10ªetapa

Prova realizada no dia 8 de Agosto, no último dia das Olimpíadas de 2021. Sessão de Classificação: Nenhum dos pilotos partiu de cara para o começo da repescagem. Só depois de 1 minuto e que entrou os dois pilotos da Honda Asia Team (Izdihar e Kunii) para marcarem volta. Com 3 minutos e 20 segundos de sessão, o espanhol David Salvador entra na pista, substituindo a Alberto surra na equipe Snipers. Já Filip Salac reestreava na PruestelGP e estava no Q2. A 9:20 do final, Izhidar estava na liderança, seguindo de Kunii.

Quando a sessão estava chegando na sua metade, com 8 minutos para o final, todo mundo resolve entrar na pista. A sessão iria começar de verdade. Enquanto isso, Salvador passou a liderança com o tempo de 1:37.846.

Enquanto o estreante da Snipers voltava para os boxes, os pilotos dizimaram o tempo de Salvador. Tatsuki Suzuki faz 1:36.528 e assume a liderança. 10 segundos depois, Romano Fenati faz o segundo tempo. Ryusei Yamanaka e Dennis Foggia completavam os 4 primeiros.

A 2:45 do final, Artigas e Rodrigo fizeram boas marcas. Com pouco tempo pela frente, ninguém poderia marcar bobeira. Tanto é que Artigas da Leopard e Rodrigo da Gresini foram para outra volta rápida. Nela, o Argentino fez o segundo tempo com 1:36.605, Já Xavier Artigas melhorou para a 4ªposição. Fenati melhora a sua marca, mas fica mesmo na 3ªposição.

Muitos tentaram melhorar na última volta, mas somente Dennis Foggia conseguiu melhorar seu tempo. De fora do Q2 para a 1ªposição após fazer 1:36.526, se classificando para o Q2, junto de Tatsuki Suzuki, Gabriel Rodrigo e Romano Fenati. Sobrou para Xavier Artigas que ficou em 5º e teve seu treino encerrado naquele momento, junto de outros 10 concorrentes.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
17Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’36.526
224Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’36.528
32Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’36.605
455Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’36.618
543Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’36.742
699Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’36.818
76Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’36.872
892Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’36.882
920Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’36.953
1073Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’36.970
1127Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’37.317
1238David SalvadorRivacold Snipers TeamHonda1’37.366
1331Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’37.538
1419Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’37.713

De imediato, Sergio Garcia, Dennis Foggia e Izar Guevara foram para a pista, segundos depois  a maioria dos pilotos saíram para a disputa da pole position. Darryn Binder, John McPhee, Gabriel Rodrigo e Andrea Migno esperaram um pouco, até que os pilotos da Petronas foram para a pista, seguido dos outros dois pilotos.

Foggia fez 1:36.817, mas seu tempo é superado por Niccolò Antonelli da Avintia, com a marca de 1:36.728.

Izar Guevara e Dennis Foggia estavam mirando a pole position. A menos de 10 minutos do final, Guevara passa a liderar a disputa pela pole, a apenas 2 milésimos de Foggia.

Antonelli vinha muito rápido, tinha tudo para voltar a pole, mas acabou indo para o chão, justo na curva 10 e acaba deixando a sessão, no que poderia ser um grande dia para ele.

Na metade da sessão, Izar Guevara vinha com a pole nas mãos, seguido de Dennis Foggia, Darryn Binder da Petronas, Niccolò Antonelli que não iria mais treinar, John McPhee que subiu para 5ªposição em sua volta. Rodrigo, Garcia, Fenati, Oncü e Nepa eram os 10 primeiros colocados.

A classificação mudaria a 5:50 do final. Foi nessa hora que Pedro Acosta marcou 1:36.575 e tomou das mãos de Guevara a liderança da sessão. Seu companheiro de equipe, Jaume Masia não foi além da 11ªposição.

Vice-líder do campeonato, Sergio Garcia mirou o tempo de Acosta para superar seu grande rival na disputa pelo título. A 3:10 do final, o piloto principal da Gas Gas passa a frente com 1;36.512. Jaume Masia fez uma boa volta e pulou da 11ª para a 5ªposição.

Garcia não queria perder a pole de jeito nenhum e acabou baixando sua marca a 1 minuto e meio do final do Q2, com 1:36.477. Mas na volta seguinte, o piloto da Gas Gas foi para o chão e deixou uma brecha para alguém tirar ele da pole position, isso aconteceu nos instantes finais.

Deniz Oncü acabou marcando 1:36.453 e levou a pole position para ele. Um ótimo trabalho do turco da Tech 3, que faz uma temporada bem irregular. Em 2º, estava um frustrado Sergio Garcia da Gas Gas que tinha a pole em suas mãos, pelo menos partia na frente de Pedro Acosta. O líder do campeonato larga em 4º e abre a segunda fila. Entre eles, estava o Italiano Romano Fenati da Husqvarna que subiu para 3ªposição na reta final de classificação.

Izan Guevara levou a outra Gas Gas na 5ªposição, chegando a lutar pela pole position na primeira metade do Q2. O italiano Dennis Foggia completa a 2ªfila com sua moto da Leopard Racing, que acabou sendo a melhor Honda na classificação.

Jaume Masia abre a 3ªfila, na 7ªposição. Porém, mas vendo mais uma vez Acosta na sua frente. Completando os 10 primeiros colocados: Darryn Binder da Petronas, Jeremy Alcoba e Gabriel Rodrigo, ambos da Gresini que largariam na 9ªe 10ªposições.

Grid de Largada:

pospilotoequipemototempo
153Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’36.453
211Sergio GarcíaSANTANDER Consumer GASGASGASGAS1’36.477
355Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’36.506
437Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM1’36.575
528Izan GuevaraSANTANDER Consumer GASGASGASGAS1’36.635
67Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’36.637
75Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM1’36.637
840Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHonda1’36.657
952Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’36.716
102Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Honda1’36.720
1123Niccolo AntonelliAvintia VR46KTM1’36.728
1217John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’36.743
1354Riccardo RossiBOE OwlrideKTM1’36.807
1424Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’36.819
1571Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’37.116
1616Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda1’37.296
1782Stefano NepaBOE OwlrideKTM1’37.513
1812Filip SalačCarXpert PruestelGPKTMSem Tempo
1943Xavier ArtigasLeopard RacingHonda1’36.742
2099Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM1’36.818
216Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM1’36.872
2292Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’36.882
2320Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda1’36.953
2473Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’36.970
2527Kaito TobaCIP Green PowerKTM1’37.317
2638David SalvadorRivacold Snipers TeamHonda1’37.366
2731Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’37.538
2819Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda1’37.713
Niccolò Antonelli e Carlos Tatay não participaram da corrida por causa de acidente
Xavier Artigas não participou da prova por ter sido infectado com a Covid-19

No começo do domingo, choveu em Spielberg e a prova de retornada do Mundial de Motovelocidade. Seria uma prova de fortes emoções, com uma pista úmida e com uma pequena trilha seca.

Deniz Oncü teve problemas e teve de partir da última posição no grid de largada, era horrível para o turco que tinha feito a pole position. Se o piloto da Tech 3, Garcia e Fenati estavam na primeira fila para disputar a liderança na largada. Nessa largada, Fenati leva a melhor e assumiu a liderança, seguido de Sergio Garcia, Pedro Acosta, Izar Guevara e Jaume Masia.

Ao final da primeira volta, Garcia recuperou a liderança. A se destacar a brilhante largada do Austríaco Maximilian Kofler, ganhando 15 posições em 1 volta e subindo para a 7ªposição. Yuki Kunii e Ryusei Yamanaka ganharam 11 posições nessa largada.

Pedro Acosta supera Fenati na 2ªVolta e sobe para segunda posição e vai para cima do Garcia, na volta seguinte, Acosta supera Garcia e ganha a liderança da prova. Os 2 líderes do campeonato vinham na frente, com Fenati vinha acompanhando eles em 3º. Masia, Sasaki, Kofler e Yamanaka disputavam a 4ªposição. Izan Guevara perdeu posições. Já Darryn Binder, John McPhee, Dennis Foggia e Gabriel Rodrigo vinham muito mal, nas últimas posições, muito por causa do acerto das motos. Deniz Oncü vinha tentando a recuperação, mas estava bem longe da ponta, na 24ªposição.

Sergio Garcia voltou a ponta, o piloto da Gas Gas e o piloto da KTM Ajo, Pedro Acosta abriram e passaram a disputar a vitória. Enquanto isso, Romano Fenati começou a ser pressionado por Masia, Sasaki e Kofler, a partir da 9ªvolta que passou a ser uma disputa pelo pódio. Nessa mesma volta, Yuki Kunii passou Ryusei Yamanaka e assumiu a 7ªposição.

Enquanto Garcia e Acosta brigando pela vitória, Darryn Binder vinha se recuperando. O sul-africano estava na 14ªposição e virando bons tempos, um pouco mais lento que os da ponta, mas bem mais rápido que a maioria dos que estavam na frente.

Na 13ªVolta, Acosta chega a passar Garcia no começo da volta, mas o piloto da Gas Gas recupera a ponta na curva 8 para a 9. Um pega maravilhoso entre os 2 principais pilotos na disputa pelo título. Enquanto isso, Masia superou Fenati e assumia a 3ªposição. Andi Farid Izdihar caiu duas vezes e acabou deixando a prova.

Outro piloto que foi ao chão foi o espanhol David Salvador a 10 voltas do final. Nessa altura do campeonato, Garcia e Acosta já abriram quase 10 segundos para o 3ºcolocado, o espanhol Jaume Masia. Fenati, Sakaki, Kofler (Que vinha fazendo sua melhor corrida na Moto 3), Kunii, Yamanaka, Adrian Fernández e Kaito Toba completavam os Top 10.

A 8 Voltas do final, Darryn Binder passou para a 10ªposição após superar Kaito Toba. Enquanto isso, Acosta tentava de todo o jeito superar Garcia. A 6 Voltas do final, o piloto da equipe ajo consegue a ultrapassagem, mas o piloto da Gas Gas deu o troco e voltou a frente.

Binder a 5 voltas do final passou Yamanaka da PruestelGP e Kunii da Honda Asia Team, na volta 20, passou Kofler da CIP Green e passou para a 6ªposição. Grande prova de recuperação do piloto Sul-africano. A 3 voltas do final, Fenati ataca Masia para tentar retornar ao pódio.

Nas voltas finais, Sergio Garcia e Pedro Acosta proporcionaram um final sensacional, os dois brigaram bravamente pela vitória. Na penúltima volta, Acosta passa Garcia, mas o piloto da Gas Gas usou a potência da sua moto e recuperou a ponta. Na volta final, os dois se tocam na curva 3.

O pega foi até o final da prova, na curva 9, Pedro Acosta passou Sergio Garcia, ao mesmo tempo, o piloto da Gas Gas foi para o chão. Acosta vence o duelo com seu rival e conquista a 5ªvitória na temporada e consolidou ainda mais a liderança no Mundial. O piloto da KTM Ajo deu ais um passo para o campeonato.

Sergio Garcia conseguiu ainda levantar sua moto e voltar para a pista e conseguiu terminar a prova na segunda posição. A sua vantagem para os outros era muito grande e permitiu ainda ao piloto da Gas Gas conquistar um grande resultado. O pódio acabou ficando com Romano Fenati, que conseguiu a ultrapassagem sobre Jaume Masia. Enquanto o piloto da Husqvarna comemorava o 3ºlugar, Masia lamentava a 4ªposição, a não ida ao pódio e mais uma vez ver Acosta vencendo. Não esta sendo nada fácil o ano do experiente piloto da equipe Ajo.

Ayumi Sasaki voltou muito bem após ficar de fora de algumas corrida, com uma prova consistente e uma boa 5ªposição. Darryn Binder fez uma corrida de recuperação para ser aplaudida, saindo lá de trás para terminar o dia na 6ªposição.

Ryusei Yamanaka fez uma boa corrida e ficou na 7ªposição. A PruestelGP se reencontrou após corridas ruins que começou no acidente fatal de Jason Dupasquier no GP da Itália. Filip Salac que voltou a equipe, fez um final de semana bem decente e acabou o dia na 11ªposição.

Yuki Kunii da Honda Asia Team chegou em 8ºlugar e Maximilian Kofler da CIP Green em 9ºlugar, conquistaram seus melhores resultados nas suas carreiras. O irmão de Raúl Fernández completou o Top 10. Foi a segunda pontuação de Adrian Fernández na temporada de 2021.

Resultado final do GP da Estíria
10ªEtapa do Mundial de motovelocidade – Moto 3

pospilotoequipemototempo
137Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM39’45.869
211Sergio GarcíaSANTANDER Consumer GASGASGASGASa 14.431
355Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 15.410
45Jaume MasiáRed Bull KTM AjoKTMa 15.510
571Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTMa 18.847
640Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHondaa 20.534
76Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTMa 30.080
892Yuki KuniiHonda Team AsiaHondaa 30.174
973Maximilian KoflerCIP Green PowerKTMa 30.245
1031Adrián FernándezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 36.355
1112Filip SalačCarXpert PruestelGPKTMa 36.437
1227Kaito TobaCIP Green PowerKTMa 36.659
1317John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 36.665
1428Izan GuevaraSANTANDER Consumer GASGASGASGASa 37.514
1524Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 37.918
1620Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHondaa 47.645
1716Andrea MignoRivacold Snipers TeamHondaa 52.877
1852Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 53.006
1982Stefano NepaBOE OwlrideKTMa 55.944
202Gabriel RodrigoIndonesian Racing Gresini Moto3Hondaa 1’06.540
2153Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 1’12.291
227Dennis FoggiaLeopard RacingHondaa 1’22.638
2354Riccardo RossiBOE OwlrideKTMa 1’31.488
38David SalvadorRivacold Snipers TeamHondaa 9 voltas
19Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHondaa 11 voltas
99Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTMa 23 Voltas

Fotos:

imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox imgbox

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 3 – GP da Europa – Raúl Fernández vence pela primeira vez. Arenas cai e briga pelo título fica mais acirrada

Sobre pista seca, a prova da Moto 3 foi dominada por Raúl Fernández, que se aproveitou de um grande acidente, que tirou Vietti, Lopez e Arenas de uma só vez, abriu uma boa vantagem e fez uma corrida tranquila e venceu pela primeira vez na carreira.

Na largada, John McPhee largou muito mal e cai para 9º, Celestino Vietti passou a lidera, com Alonso Lopez pulando de 6º para 2º. Arenas e Rossi completam os 4 primeiros colocados. No meio da primeira volta, Arenas chega a ocupar a segunda posição, mas acaba levando o troco de Lopez e Fernandez,  jogando o líder do campeonato a 4ªposição.

No começo da 2ªVolta, Vietti chega a ser superado por Fernandez e Lopez, mas o piloto da VR46 retornou a ponta. Porém, na curva 5, Vietti caiu e Alonso Lopez acabou indo para o chão. Nisso, Arenas teve sua moto atingida e acabou perdendo o rendimento. Apesar de não ter caído, era praticamente fim de corrida para o piloto da Aspar Martinez.

Com tudo isso, Raúl Fernández disparou na liderança, com quase 2 segundos de vantagem sobre Ricardo Rossi, que logo foi superado pelo Japonês Ai Ogura. Era a chance do japonês até assumir a liderança do campeonato, mas não seria tão fácil assim. Na 3ªVolta, Tony Arbolino superou Rossi e no final da mesma volta, superou Ogura e assumiu a segunda posição.

Após 4 voltas de corrida, Rossi ficou para trás, Arbolino, Binder, Ogura e Sergio Garcia se destacaram do resto do pelotão e começaram a se distanciar dessa turma do meio. Na 5ªVolta John McPhee foi ao chão e praticamente deu adeus as chances de título. Albert Arenas voltou a pista, mas com muitas voltas de atraso, sem nada para fazer na corrida.

Após 6 voltas, Fernandez vinha tranquilo na liderança, com 2.780 segundos a frente de Tony Arbolino e sua turma composta por Garcia, Binder, Ogura e um pouco mais atrás o espanhol da Avintia Carlos Tatay. Todos eles abriram boa vantagem para Kaito Toba, 7ºcolocado que liderava o 3ºgrupo.

Na volta 8, Sergio Garcia vai para cima de Tony Arbolino, os dois brigavam e Ogura e Binder ficavam só de olho nessa briga. Enquanto isso, Toba, Rodrigo, Rossi, Sasaki, Fenati, Migno, Suzuki e Salac brigavam pela 7ªposição. Rossi faz uma bela manobra, superado Kaito Toba e Gabriel Rodrigo passando para a liderança do pelotão, mas Rodrigo superou o piloto da RBE Skull na curva 1 da volta seguinte.

Jaume Masia foi ao chão e abandonou a prova, foi um péssimo final de semana do piloto da Leopard Racing. Alias, um péssimo final de semana da equipe no geral. Seu outro piloto que foi punido com a volta longa não cumpriu a punição nas 3 voltas seguintes e acabou tendo de pagar 2 voltas longas.

Ao começar a 11ªVolta, Ogura passou Garcia, ganhando a 3ªposição, enquanto que Romano Fenati teve de cumprir a volta longa por ter exceder o limite da pista. Na 13ªVolta, Arbolino, Ogura e Garcia disputavam a 2ªposição. Já Binder estava ficando para trás, Arenas ficou a frente dele mesmo sem ter o que fazer na corrida. Apesar disso, injusta a desclassificação do líder do campeonato, poderiam obrigar ele ir aos boxes, pois ele só atrapalhou a corrida do irmão de Brad Binder, não teve pilotagem irresponsável, se tivesse, teria que ter derrubado um piloto ou ter comprometido seriamente a prova de um dos favoritos e isso não aconteceu.

Tatsuki Suzuki foi ao chão também e deixou a corrida, outro piloto foi para o chão foi Dennis Foggia da Leopard Racing. Enquanto Fernández continuava muito na frente, 2.5 segundos depois vinham Arbolino, Garcia e Ogura brigando pelo 2ºlugar. Binder em 5º já vinha um pouco mais atrás e Carlos Tatay em 6º vinha mais atrás do sul-africano. Lá atrás, tinha um pega pra capar pela 7ªposição.

A 7 voltas do final, Niccolò Antonelli vai ao chão e abandona a prova. Enquanto que Ogura volta ao pódio após superar Sergio Garcia. Porém, o piloto da Estrella Galicia não desistiu e tentou recuperar posição. Ogura e Garcia ficaram lado a lado por várias curvas e nessa briga, o japonês levou vantagem sobre o espanhol. Na volta seguinte, foi a vez de Garcia retornar a 3ªposição.

Com essa briga toda, Arbolino conseguia diminuir a vantagem para Fernández que ainda era segura. A 3 voltas do final, as 2 outras posições do pódio estavam indefinidas. Garcia passou Ogura e partiu para cima de Arbolino, que chegou a ganhar um pouco de folego.

Porém, não foi o suficiente para evitar o ataque e posteriormente a ultrapassagem do piloto da Estrella Galícia, passando para 2ªposição, numa ultrapassagem brilhante na entrada da volta final. Ogura precisava do pódio e acabou conseguindo passar Arbolino e garantir a posição no pódio.

Raúl Fernández, o piloto que mais poles conquistou no ano conquistou sua primeira vitória na carreira na Moto 3. Uma grande vitória, a mais tranquila de um piloto no ano de disputas bem apertadas na categoria, Apesar de ser rápido, só agora Fernández começa a colher grandes resultados em 2020.

Sergio Garcia leva a Estrella Galícia ao 1ºpódio do ano, em 2ºlugar, numa corrida muito aguerrida. Ai Ogura foi um dos vencedores do final de semana, além em ficar em uma ótima terceira posição, o Japonês se aproxima de Arenas na disputa pelo título. Os dois primeiros colocados estão agora separados por 3 pontos de distância. Tony Arbolino que ficou por muito tempo em 2º, acabou perdendo o pódio na última volta e terminou a prova na 4ªposição.

Darryn Binder segurou no final os ataques de Carlos Tatay e terminou a prova na 5ªposição. O piloto da Avintia conquistou seu melhor resultado na Moto 3. O companheiro de equipe de Arenas foi muito bem, Stefano Nepa ganhou a disputa no pelotão intermediário e acabou a prova em 7ºlugar, Seguido de Jeremy Alcoba, Filip Salac e Ayumu Sasaki. Apesar de ter tomado 2 punições de volta longa, Romano Fenati conseguiu marcar pontos, em 13ºlugar.

Semana que vem tem mais corrida em Valência (Etapa da Comunidade Valenciana), Arenas pode ser campeão, mas é muito improvável que isso aconteça. A decisão da Moto 3 se encaminha para Portimão no dia 29 de Novembro.

Fotos:

Resultado final da 13ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Moto 3
GP da Europa – Ricardo Torno – 23 voltas

posPilotoEquipeMotoTempo
125Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKTM38’29.140
211Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 0.703
379Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 1.005
414Tony ArbolinoRivacold Snipers TeamHondaa 1.037
540Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 13.392
699Carlos TatayReale Avintia Moto3KTMa 13.424
782Stefano NepaValresa Aspar Team Moto3KTMa 16.719
852Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Hondaa 16.824
912Filip SalacRivacold Snipers TeamHondaa 16.964
1071Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTMa 17.088
1154Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTMa 17.344
1216Andrea MignoSKY Racing Team VR46KTMa 17.467
1355Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 17.589
1453Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 18.191
152Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Hondaa 18.358
166Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 18.441
1792Yuki KuniiHonda Team AsiaHondaa 19.128
1850Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTMa 19.583
199Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTMa 27.457
2070Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTMa 27.836
2173Maximilian KoflerCIP Green PowerKTMa 31.328
2289Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHondaa 31.661
2313Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 1’20.533
23Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 7 voltas
27Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTMa 7 voltas
24Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 10 voltas
7Dennis FoggiaLeopard RacingHondaa 10 voltas
5Jaume MasiáLeopard RacingHondaa 14 voltas
17John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 19 voltas
21Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 21 voltas
75Albert ArenasValresa Aspar Team Moto3KTMDesclassificado

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 3 – GP da Catalunha

Finalmente a Moto 3 viu Darryn Binder conquistar uma vitória, após 93 tentativas o piloto da CIP Green, irmão de Brad Binder finalmente subiu no ponto mais alto do pódio no Final de semana do GP da Catalunha, prova realizada no dia 27 de Setembro.

A Repescagem do sábado teve o líder do campeonato Albert Arenas e o vice-líder do campeonato Ai Ogura e um dos mais bem colocados no campeonato, o escocês John McPhee. Os 3 tinham obrigação de entrarem na parte final da classificação.

Arenas, Rossi foram um dos primeiros pilotos a entrarem na pista, durante a primeira volta, Barry Baltus acabou caindo no chão na curva 5. Na primeira volta, Rossi fez 1:50.102 e passou para a ponta, com Arenas 1:50.416 na segunda posição a 11:10 do final da sessão. Segundos depois, todos os outros pilotos foram para a pista.

A 10 minutos do final, Carlos Tatay eleva o nível da classificação, marcando o melhor tempo naquele momento. 45 segundos depois, Rossi recupera a ponta com 1:49.346, Albert Arenas que estava logo atrás melhorou a volta e consolidou a terceira posição. Já os outros pilotos voltaram para os boxes.

Enquanto os pilotos voltaram para a pista a 7 minutos do final, Albert Arenas acabou voltando para os boxes, assim como Ai Ogura também voltou. A 5 minutos do final, o líder e vice-líder do Mundial voltaram para a pista. Muitos pilotos não tinham se quer feito marca alguma. Rossi, Tatay, Arenas e Yamanaka eram os classificados.

A 3 minutos e 15 segundos do final, Niccolò Antonelli passou para a frente ao marcar 1:49.164. Deniz Oncü vai para a 4ªposição. Naquele momento, Arenas estava fora da zona de classificação, assim como Ogura e McPhee. A 1:30 do final, Arenas sobe para segundo e Rossi vai para o chão. Isso poderia acabar com suas chances de classificação para o Q2.

Ogura teve sua volta anulada e partiu para a última volta, mas acabou sendo muito fraca e ficou em 10ºlugar. Ou seja, bem longe da classificação. O melhor tempo ficou Alonso Lopez da Husqvarna com 1:48.894, bem a frente de Niccolò Antonelli, John McPhee e Albert Arenas. O líder do campeonato passou para o Q2 raspando. Na frente de José Julián García que substituiu Tatsuki Suzuki (que ainda esta se recuperando de uma lesão na sua mão).

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
121Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’48.894
223Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHonda1’49.164
317John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’49.210
475Albert ArenasGaviota Aspar Team Moto3KTM1’49.242
520José GarcíaSIC58 Squadra CorseHonda1’49.330
654Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’49.346
799Carlos TatayReale Avintia Moto3KTM1’49.420
853Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’49.622
950Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’49.723
1079Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’49.782
1182Stefano NepaGaviota Aspar Team Moto3KTM1’49.819
126Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.960
1389Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHonda1’50.212
149Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’50.288
1592Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’50.437
1673Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’50.998
 70Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTMSem Tempo

Ao Contraio do Q1, onde os pilotos demoraram para sair para a pista, No Q2, todo mundo vai para a pista de imediato. O primeiro Grupo vinham os dois pilotos da Red Bull Ajo KTM (Toba e Fernández) e o piloto da Tech 3 que estava na parte final, que era Ayumi Sasaki. No segundo Grupo era liderado pelos dois pilotos da VR46.

A 11 minutos do final, Raul Fernandez foi o mais rápido na primeira volta, com 1:48.611, seguido de Darryn Binder que acaba superado por Albert Arenas 30 segundos depois. John McPhee acabou indo para os boxes após ter sua volta anulada.

A 8 minutos e 45 segundos do final, Tony Arbolino superou Fernandez e passou para a ponta com 1:48.566. Raul, o piloto da KTM caiu para 2º, seguido de Arenas, Binder, Alcoba que marcou um bom 5ºtempo e Toba completando os 6 primeiros.

Na metade da classificação, os pilotos todos foram para os boxes, com exceção dos dois pilotos da Husqvarna. Alonso Lopez e Romano Fenati fizeram o 7º e 8ºtempos respectivamente. A 4 minutos e 35 segundos do final, o vencedor da etapa passada (Fenati) supera o companheiro de equipe subindo para 7º. Ao mesmo tempo, todo mundo volta para a pista.

Na reta final da classificação, Raul Fernandez com 1:48,380 volta para a liderança a 1:10 do final, mas ainda tinha uma última volta, nessa volta final, Tony Arbolino supera Fernandez e conquista a pole position para a etapa da Catalunha. Um belo duelo pela pole position entre esses dois pilotos. Gabriel Rodrigo completa a primeira fila, passando para 3ªposição na sua última volta.

Albert Arenas abre a segunda fila. O líder do campeonato, que quase fica de fora do Q2 acaba largando muito na frente de Ai Ogura (o Japonês larga na 24ªposição). Jaume Masia da Leopard Racing e Niccolò Antonelli da SIC58 completam a 2ªfila. Na terceira fila, Filip Salac da Snipers e Kaito Toba da Red Bull KTM Ajo buscando um grande resultado e Darryn Binder da CIP Green buscando a primeira vitória. Completando os 12 primeiros: Sergio Garcia da Estrella Galícia, Andrea Migno da VR46 e John McPhee da Petronas.

Fotos:

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
114Tony ArbolinoRivacold Snipers TeamHonda1’47.762
225Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKTM1’48.380
32Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda1’48.380
475Albert ArenasGaviota Aspar Team Moto3KTM1’48.390
55Jaume MasiáLeopard RacingHonda1’48.490
623Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHonda1’48.594
712Filip SalacRivacold Snipers TeamHonda1’48.704
827Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTM1’48.729
940Darryn BinderCIP Green PowerKTM1’48.788
1011Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda1’48.824
1116Andrea MignoSKY Racing Team VR46KTM1’48.873
1217John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’48.875
137Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’48.938
1452Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Honda1’48.969
1555Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’49.085
1621Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’49.226
1713Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’49.256
1871Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’49.378
1920José GarcíaSIC58 Squadra CorseHonda1’49.330
2054Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’49.346
2199Carlos TatayReale Avintia Moto3KTM1’49.420
2253Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’49.622
2350Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’49.723
2479Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’49.782
2582Stefano NepaGaviota Aspar Team Moto3KTM1’49.819
266Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.960
2789Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHonda1’50.212
289Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’50.288
2992Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’50.437
3073Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’50.998
3170Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTMSem Tempo

Se o sábado foi de tempo mais ensolarado, o domingo foi de pista nublada. Arbolino largou bem e manteve a ponta, seguido de Gabriel Rodrigo e Albert Arenas. Raul Fernandez não largou bem e caiu para a 6ªposição. Darryn Binder e Filip Salac estava em 4º e 5ºcolocados.

Apesar das tentativas de superar o piloto da Snipers, a liderança continua nas mãos de Arbolino na segunda volta. Na 3ªVolta, Arenas e Binder passaram para as duas primeiras posições. Rodrigo também supera Arbolino e passa a ser o terceiro colocado. Sergio Garcia da Estrella Galicia passou para a 5ªposição ao superar Salac.

Na curva 5, Binder supera Arenas e assume a ponta, mas essa liderança só dura até a reta dos boxes, quando o irmão de Brad Binder e engolido pelo pelotão. Na curva 1 da 4ªVolta, Rodrigo passou a ser o líder, com John McPhee passando a ser o vice-líder na curva 4 após ultrapassagem sobre Tony Arbolino. Curvas depois, o principal piloto da Snipers recuperou a posição.

No começo da 6ªVolta, Andrea Migno vai para a pista e cai para a última posição. Na curva 4, McPhee acabou caindo quando fazia ultrapassagem sobre Arenas que foi levado ao chão pelo piloto da Petronas. O líder do campeonato reclamou muito da manobra e com toda a razão de reclamar, o piloto da Aspar Martinez tinha grandes chances de perder a ponta do campeonato. Ai Ogura estava na 15ªposição naquela altura da prova.

Arbolino e Salac chegaram a fazer dobradinha na frente. Porém, o piloto tcheco acabou caindo para 7ªposição. Já Darryn Binder foi pra cima de Arbolino. Na 8ªVolta, Binder passou Arbolino na reta e liderou até a curva 4, quando Arbolino deu o troco em cima do piloto da CIP. Os dois trocaram de posição nessa volta, Se aproveitando disso, Sergio Garcia, Gabriel Rodrigo e Jaume Masia. O piloto Argentino chegou a passar para a segunda posição e acabou brigando pela posição com Tony Arbolino que acabou levando a melhor sobre o piloto da Gresini. Deniz  Oncü e José Julian Garcia foram ao chão e abandonaram a corrida.

Arbolino volta a ponta na 10ªVolta após a reta dos boxes. Gabriel Rodrigo era o segundo e Masia o terceiro. Na volta seguinte, Masia passou a liderar a corrida, superando Rodrigo, Binder e Arbolino. Ai Ogura vinha em 14ºlugar, na metade da prova, Arenas e Ogura empataria a competição. A 10 voltas do final, Darryn Binder assumiu novamente a liderança. Rodrigo chega a pegar a ponta na 13ªVolta, mas logo o sul-africano volta a pontuar a prova. Raul Fernandez e Tony Arbolino disputavam a terceira posição nesse momento.

Na 14ªVolta, Binder leva a melhor sobre Rodrigo e passa para a liderança. Quem aparece na corrida era Dennis Foggia que pulou da 7ª para a segunda posição e Sergio Garcia subiu para 3ªposição. Tony Arbolino acabou caindo para 6ªposição, ficando atrás de Masia e Rodrigo. Raul Fernandez caiu para 8º.

Binder resistiu na liderança até a 10ªcurva da 15ªVolta, foi quando Foggia superou o piloto da CIP e colocou o piloto da Leopard Racing a liderança da corrida. Garcia chegou a ficar em segundo, mas foi superado por Rodrigo e Binder, sedentos pela primeira vitória na carreira.

Na 17ªVolta, Foggia e Masia colocaram a Leopard na frente, com Binder passando a terceira posição, mas acabou superado por Arbolino na curva 5. O Sul-africano iria se recuperar ainda na volta 18.

A 3 voltas do final, Binder supera Masia na marra e ganha a segunda posição, já o piloto da Leopard acabou caindo na classificação. Kaito Toba e Jeremy Alcoba foram punidos com a volta longa na corrida, mas o piloto da Gresini não cumpriu a punição no prazo e acabou tendo de cumprir duas voltas longas na reta final de corrida. Masia erra a trajetória na curva 5 da penúltima volta e acaba caindo para a 10ªposição.

Foggia abriu a última volta na frente, com Binder e Arbolino na sua cola. Na curva 5, o sul-africano vai para a ultrapassagem sobre Foggia e passou para a liderança. Arbolino também supera o piloto da Leopard.

Darryn Binder finalmente conseguiu a sua primeira vitória, após 93 Grandes Prêmios na Moto3, uma grande vitória do irmão de Brad Binder. Essa vitória pode realmente dar segurança para a sua carreira em diante. Tony Arbolino fica na segunda posição, seu melhor resultado da temporada. Completando o pódio, Dennis Foggia da Leopard Racing, o segundo pódio dele na temporada.

Sergio Garcia com a Estrella Galicia e Alonso Lopez com a sua Husqvarna da equipe Max Biaggi alcançaram seus melhores resultados do ano com a 4ª e 5ªposições respectivamente. Romano Fenati se beneficiou de punições de Jaume Masia e Celestino Vietti para ganhar a 6ªposição. O piloto da Leopard foi recuado para a 7ªposição e o piloto da VR46 para o 8ºlugar. Niccolò Antonelli da SIC58 e Gabriel Rodrigo da Gresini completou os Top 10.

Ai Ogura teve uma corrida difícil, mas o 11ºlugar foi o suficiente para o japonês assumir a liderança do campeonato com 122 pontos contra 119 pontos de Arenas. Se o piloto espanhol não tivesse caído, provavelmente terminaria na frente de Ogura e aumentaria sua vantagem na liderança no Mundial de Pilotos.

Fotos:

Resultado final do GP da Catalunha – Moto 3
Mundial de Motovelocidade

posPilotoEquipeMotoTempo
140Darryn BinderCIP Green PowerKTM38’32.507
214Tony ArbolinoRivacold Snipers TeamHondaa 0.103
37Dennis FoggiaLeopard RacingHondaa 0.157
411Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 0.232
521Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 0.386
655Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 1.436
75Jaume MasiáLeopard RacingHondaa 1.218
813Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 1.293
923Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 1.928
102Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Hondaa 1.932
1179Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 2.012
1212Filip SalacRivacold Snipers TeamHondaa 2.536
1325Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKTMa 3.572
1482Stefano NepaGaviota Aspar Team Moto3KTMa 4.800
156Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 5.042
1670Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTMa 5.656
1771Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTMa 6.729
1827Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTMa 13.556
1952Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Hondaa 14.205
2054Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTMa 14.437
2192Yuki KuniiHonda Team AsiaHondaa 23.202
2250Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTMa 25.032
2373Maximilian KoflerCIP Green PowerKTMa 35.469
2489Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHondaa 35.496
 16Andrea MignoSKY Racing Team VR46KTMa 3 voltas
 99Carlos TatayReale Avintia Moto3KTMa 4 voltas
 9Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTMa 10 voltas
 53Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 13 voltas
 20José GarcíaSIC58 Squadra CorseHondaa 13 voltas
 17John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 16 voltas
 75Albert ArenasGaviota Aspar Team Moto3KTMa 16 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 3 – GP de Misano – John McPhee vence, Arenas cai e Ogura se aproxima da liderança

Sem estrutura para ter os boxes da Moto 3 e Moto 2, os pilotos da categoria iniciante do Mundial de Motovelocidade partiram dos Paddocks para a pista. Na fase da repescagem, os pilotos saíram aos poucos e não em bandada para a pista.

Os primeiros pilotos a fazerem volta rápida foram Niccolò Antonelli, Deniz Oncü e Ayumi Sasaki que vieram nas 3 primeiras posições ao 10:40 da contagem regressiva de 15 minutos, mas muita gente ainda não tinha feito volta rápida.

A 8:40 do final da sessão, Fenati e Lopez mostraram a força das motos da Husqvarna e marcaram os dois primeiros tempos. Antonelli depois teve uma brilhante volta sendo totalmente atrapalhada e teve de voltar aos boxes, Já Tony Arbolino teve uma melhor sorte e marcou o segundo melhor tempo, com 1:43.550. Entre os dois pilotos da Husqvarna, que continuavam na pista baixando seus tempos.

A 5 minutos e 20 segundos do final, Fenati fez 1:43.214 e Alonso Lopez 1:43.377, na volta seguinte, Fenati baixou o tempo para 1:43.085 e Lopez 1:43.137. Os dois estavam praticamente assegurados no Q2. Faltando poucos minutos para o final, todo mundo saiu dos boxes para buscar a classificação, praticamente com 2 vagas ainda em disputa. Ayumi Sakaki subiu para o 4ºlugar a 1 minuto e meio do final.

Todo mundo conseguiu abrir uma última volta, Niccolò Antonelli chegou a fazer o terceiro tempo e entrar na zona de classificação, mas acabou engolido pelo pelotão. Tony Arbolino passou a frente e se classificou na primeira posição, Com Romano Fenati em 2º, Alonso Lopez em 3º e Ricardo Rossi da RBE Skull levando sua moto para o Q2 na 4ªposição. Darryn Binder melhorou, mas não foi o suficiente para se classificar a fase final e Antonelli caiu para a 6ªposição.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
114Tony ArbolinoRivacold Snipers TeamHonda1’42.531
255Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’42.603
321Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’43.137
454Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’43.203
540Darryn BinderCIP Green PowerKTM1’43.307
623Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHonda1’43.402
771Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’43.571
899Carlos TatayReale Avintia Moto3KTM1’43.595
99Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’43.643
1089Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHonda1’43.889
1127Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTM1’43.905
1250Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’44.004
136Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’44.070
1453Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’44.073
1570Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTM1’44.109
1692Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’44.445
1773Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’44.612

Os primeiros a fazerem isso foram Ricardo Rossi, Andrea Migno e Celestino Vietti. Depois, os outros partiram para a pista sem debandada, Assim que Tony Arbolino foi para a pista com 1 minuto e meio de Q2, alguns pilotos abriram suas primeiras voltas rápidas, mas outros pilotos como a dupla da Vr46, Albert Arenas, Tatsuki Suzuki, Raul Fernandez e Ricardo Rossi foram para os boxes ajustarem melhor suas motos.

Dos pilotos que ficaram na pista, o mais rápido era Ai Ogura com 1:42.608, melhor que muitos dos tempos no Q1. Com Rodrigo em 2º e Masia em 3º. Enquanto os outros pilotos voltavam para a pista, John McPhee (Que marcou o 4ºtempo) foi para o chão, mantendo a escrita de vitória ou chão na sua carreira, mas como um escocês, ele não desistiu e foi à luta. Romano Fenati acabou tomando a 4ªposição de McPhee.

A 5:25 do final da sessão, Suzuki, Vietti e Migno passam para 3º, 4º e 5ºlugares respectivamente, deixando Arbolino para trás, que marcou uma boa volta, 20 segundos antes dos três. Ogura e Rodrigo continuavam nas 2 primeiras posições.

A 3:45 do final, Tatsuki Suzuki passou para a liderança, com 1:42.434, Andrea Migno subiu para 2º com 16 milésimos acima do japonês da SIC58. Ogura, Vietti e Rodrigo completava os 5 primeiros colocados. Arenas melhorou sua volta, mas subiu apenas para a 7ªposição.

A 1 minuto do final, todos estavam na pista, a briga pela ponta continuou até o final. A poucos segundos do final, O Argentino Gabriel Rodrigo passou para a ponta com 1:42.419. Romano Fenati tinha feito um belo tempo, chegando a subir para a 3ªposição.

Parecia que não iriamos mais ter mudanças na frente, mas dai, Ai Ogura supera Rodrigo por 16 milésimos e acabou conquistando sua primeira pole da carreira. O piloto da Honda Asia Team, que vem na vice-liderança do campeonato tem tudo para diminuir a diferença de Albert Arenas, o líder do campeonato iria largar em 13ºlugar. Não foi um bom dia para o piloto da Aspar Martinez.

Gabriel Rodrigo da Gresini e Tatsuki Suzuki da SIC58 completam a primeira fila, dois pilotos rápidos, mas com certa inconsistência, principalmente no caso do piloto Argentino. Na segunda fila, estão largando Andrea Migno da VR46, Romano Fenati, num grande treino da Husqvarna, largando em uma importante 5ªposição e Raúl Fernández da KTM Red Bull Ajo.

Na terceira fila, largam Celestino Vietti da VR46, Jeremy Alcoba da Gresini e Tony Arbolino da Snipers. Completando os Top 10, vai largar Filip Salac, o outro piloto da Snipers.

Fotos:

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
179Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’42.403
22Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda1’42.419
324Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’42.434
416Andrea MignoSKY Racing Team VR46KTM1’42.445
555Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’42.604
625Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKTM1’42.656
713Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’42.781
852Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Honda1’42.808
914Tony ArbolinoRivacold Snipers TeamHonda1’42.865
1012Filip SalacRivacold Snipers TeamHonda1’42.908
1111Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda1’42.994
1254Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’43.007
1375Albert ArenasPull&Bear Aspar Team Moto3KTM1’43.054
145Jaume MasiáLeopard RacingHonda1’43.091
157Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’43.115
1682Stefano NepaPull&Bear Aspar Team Moto3KTM1’43.198
1717John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’43.327
1821Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’43.718
1940Darryn BinderCIP Green PowerKTM1’43.307
2023Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHonda1’43.402
2171Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’43.571
2299Carlos TatayReale Avintia Moto3KTM1’43.595
239Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’43.643
2489Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHonda1’43.889
2527Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTM1’43.905
2650Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’44.004
276Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’44.070
2853Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’44.073
2970Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTM1’44.109
3092Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’44.445
3173Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’44.612

Domingo teve uma das mais disputadas e apertadas da história da Moto 3, eu teve sua corrida de número 150 da sua história.

Ogura largou bem e manteve a liderança. Porém, o piloto da Honda Asia Team deixa uma brecha para Tatsuki Suzuki passar para a liderança, O piloto da SIC58 passou da 3ª para a 1ªposição em poucas curvas. Arbolino e Migno completavam os 5 primeiros colocados. Nas primeiras curvas, Sergio Garcia que vinha nas 10 primeiras posições, acabou por derrubar Celestino Vietti (Vencedor da última corrida) e Raul Fernandez. Os dois deixaram a prova, mas Garcia continuou em frente. O caso seria investigado depois da corrida.

Na reta oposta, ainda na primeira volta, Gabriel Rodrigo tomou a liderança. Suzuki em 2º, Ogura caindo para 3º, Com Arbolino, Migno e Arenas, o líder do campeonato ganhou 7 posições na primeira volta.

Suzuki e Rodrigo protagonizaram a briga pela 1ªposição nas primeiras voltas. Na 3ªVolta, Suzuki voltou a liderança na reta oposta. Na começo da volta seguinte, Rodrigo voltou a ponta. Em fim, os dois ficavam reversando a ponta da corrida. Isso até Tony Arbolino superar Suzuki e passar a ficar na segunda posição. Entraria nessa disputa o sul-africano Darryn Binder, que chegou a ficar na 3ªposição após largar na 19ªposição.

Na 7ªVolta, Alonso Lopez e Ayumi Sasaki foram para o chão na curva 9, ao mesmo tempo, Suzuki foi superado por Arbolino e Binder e caiu para o 4ºlugar, mas o sul-africano queria mais, tanto é que ele superou Arbolino e passou a ser o segundo colocado. Na 8ªVolta, o irmão de Brad Binder passa Gabriel Rodrigo e assume a ponta após largar da 19ªcolocação.

Curvas depois, Rodrigo voltou a liderança e Arbolino retomou a segunda posição (Ambos superando Darryn Binder) para disputar a liderança, Enquanto que Ai Ogura se segurou para não ir ao chão, com isso, ele caiu para a 10ªposição. Outro que perdeu terreno foi Tatsuki Suzuki que recuou para a 6ªposição.

Arbolino teve que recuar para não tocar na traseira da moto de Binder. Resultado é que o piloto da Snipers recuou assim como Dennis Foggia da Leopard Racing.

Darryn Binder chegou a tomar a ponta na 11ªVolta, Na entrada da volta seguinte, Gabriel Rodrigo voltou para a ponta na metade das 23 voltas da etapa de Misano.  Curvas depois, Tatsuki Suzuki tentou numa jogada passando Rodrigo e Binder de uma vez, mas acabou não conseguindo, curvas depois, foi superado pelo italiano Dennis Foggia da Leopard Racing.

Com isso, Rodrigo e Binder se aproveitaram para fugir do pelotão por um tempo, mas não iriam ficar separados por muito tempo. Nas voltas 14 e 15, Tony Arbolino, Darryn Binder e Jaume Masia e Gabriel Rodrigo disputaram a liderança, sendo que o piloto da Gresini acabou passando para a ponta na 1ªcurva da 15ªvolta. Curvas depois, Darryn Binder teve um encontro com o chão e abandonou na curva 6.

A 6 voltas do final, Jaume Masia, Gabriel Rodrigo e Tatsuki Suzuki disputavam a ponta. O piloto da SIC58 fica um pouco para trás por uns momentos. A 5 voltas do final, John Mcphee aparece na corrida, na 3ªposição, atrás apenas de Masia e Rodrigo. O Escocês em questão de meia volta superou Masia primeiro e depois passou Rodrigo, terminando a 19ªVolta na liderança.

A 3 voltas do final, Albert Arenas, Ai Ogura e Tatsuki Suzuki entrou na disputa pela vitória, na reta final de corrida, sempre os melhores pilotos dão um jeito de disputarem as primeiras posições. A 2 voltas do final, Jaume Masia assumiu de novo a liderança, já o líder do campeonato acabou indo para o chão e deixando a corrida, Além de atrapalhar o Turco Deniz Oncü.  Era a chance de Ogura e dos demais diminuírem a diferença do espanhol na liderança do Mundial.

Na volta final, Masia era o líder, mas só conseguiu manter a ponta até a primeira reta oposta. 5 pilotos disputaram a ponta (Masia, Rodrigo, Ogura, McPhee e Suzuki). Ogura passou para a ponta, mas McPhee e Suzuki superaram o piloto Japonês da equipe Honda Asia Team. Os três se afastaram do resto do pelotão na metade final da 23ªVolta. Ogura conseguiu recuperar a segunda posição, e foi para cima de John McPhee. O Escocês resiste ao último ataque do vice-líder do campeonato e vence o GP de San Marino, após largar na 17ªposição. Uma grande vitória do piloto da equipe Petronas.

Ai Ogura conquista a segunda posição e passa a ficar a 5 pontos de distância para Arenas, que continua líder do campeonato, mas com sua vantagem bem mais reduzida. Tatsuki Suzuki da SIC58 completou o pódio.

Jeremy Alcoba só apareceu no final da corrida e acabou por superar Gabriel Rodrigo, ficando em 4ºlugar, Enquanto que o Argentino que chegou a liderar mais uma vez a prova acaba atrás até mesmo do companheiro de equipe. Tony Arbolino da Snipers completou os 6 primeiros colocados.

Jaume Masia que começou a última volta em 1º se deu mal e caiu para o 7ºlugar na bandeirada final, Seguido de Romano Fenati da Husqvarna que fez um bom trabalho no final de semana. Dennis Foggia da Leopard Racing e Andrea Migno da VR46 completa os 10 primeiros colocados. O piloto Ricardo Rossi marcou seus primeiros 3 pontos no campeonato após ficar na 13ªposição. A diferença entre os 15 primeiros colocados foi de apenas 2.239 milésimos de segundo.

Fotos:

Resultado Final da 7ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP de Misano – 23 Voltas – Moto 3

posPilotoEquipeMotoTempo
117John McPheePetronas Sprinta RacingHonda39’48.952
279Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 0.037
324Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 0.232
452Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Hondaa 0.393
52Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Hondaa 0.490
614Tony ArbolinoRivacold Snipers TeamHondaa 0.543
75Jaume MasiáLeopard RacingHondaa 0.833
855Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 0.928
97Dennis FoggiaLeopard RacingHondaa 0.976
1016Andrea MignoSKY Racing Team VR46KTMa 1.121
1123Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 1.554
126Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 1.691
1354Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTMa 1.921
1482Stefano NepaPull&Bear Aspar Team Moto3KTMa 1.961
1599Carlos TatayReale Avintia Moto3KTMa 2.239
1653Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 3.927
1727Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTMa 8.517
189Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTMa 11.399
1950Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTMa 11.679
2012Filip SalacRivacold Snipers TeamHondaa 11.835
2189Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHondaa 18.331
2273Maximilian KoflerCIP Green PowerKTMa 18.598
2392Yuki KuniiHonda Team AsiaHondaa 18.891
2470Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTMa 41.938
2511Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 1’01.077
75Albert ArenasPull&Bear Aspar Team Moto3KTMa 2 voltas
40Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 9 voltas
71Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTMa 17 voltas
21Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 17 voltas
25Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKTMa 23 Voltas
13Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 23 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 3 – Arenas conquista vitória na abertura da temporada de 2020 em Losail

A primeira etapa do Mundial de Motovelocidade aconteceu em Losail. desfalcada da MotoGP os pilotos da Moto 2 e 3 Fizeram o espetáculo, com duas pelas corridas. A primeira delas foi a Moto 3. Mais uma disputa apertada pela vitória no Qatar.

Classificação no Q1:

Assim que a classificação do Q1 começou todos saíram de uma só vez. Só alguns pilotos ficaram um pouco afastados do Grupão como Albert Arenas e Stefano Nepa. De cara, Tatsuki Suzuki marcou um belo tempo passando para a liderança, Com Alcoba, Salac e Sasaki nas outras vagas da classificação. Gabriel Rodrigo que teve sua 1ªvolta prejudicada acabou tendo que fazer uma segunda volta e marcou o 9ºtempo.

Além de Rodrigo, alguns outros pilotos fizeram uma segunda volta. Suzuki baixou ainda mais o seu tempo na liderança, com 2:05.276 a menos de 6 minutos do final. Já Nepa melhorou sua marca e ficou a 16 milésimos do 4ºcolocado Filip Salac.

A 3 minutos e meio do final, todo mundo foi para a pista para uma tentativa final. O Argentino Gabriel Rodrigo acelerou tudo que poderia e acabou marcando o melhor tempo, com 2’05.254 acabou ficando com a primeira posição. No final, Arenas e Foggia melhoraram seus tempos para o 4º e 5ºlugares, tirando Salac da zona de classificação. Suzuki e Alcoba se juntaram a Arenas e a Rodrigo e foram para o Q2.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
124Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda2’04.815
225Raul FernandezRed Bull KTM AjoKTM2’04.823
375Albert ArenasAspar Team GaviotaKTM2’04.925
440Darryn BinderCIP Green PowerKTM2’05.026
579Ai OguraHonda Team AsiaHonda2’05.065
65Jaume MasiaLeopard RacingHonda2’05.086
716Andrea MignoSKY Racing Team VR46KTM2’05.129
853Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM2’05.176
917John McPheePetronas Sprinta RacingHonda2’05.242
1014Tony ArbolinoRivacold Snipers TeamHonda2’05.327
1152Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Honda2’05.343
1227Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTM2’05.421
132Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda2’05.512
1411Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda2’05.586
1592Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda2’05.843
1613Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM2’05.906
1799Carlos TatayReale Avintia RacingKTM2’06.003
1855Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna2’06.165

Praticamente todos os pilotos foram para a pista de imediato para os 15 minutos finais. Praticamente todo o Grupo estava junto. Apenas Tony Arbolino e Romano Fenati tiveram pista livre nessa primeira passagem.

Tatsuki Suzuki, com uma bela volta de 2:04.815 assumiu a liderança colocando 1 décimo a frente de Albert Arenas. Logo a seguir vinham Darryn Binder e John Mcphee. O piloto Escocês junto com o Jaume Masia tentaram uma volta melhor e conseguiram. O piloto da Leopard Racing subiu para o 4ºlugar, deixando McPhee para trás a menos de 8 minutos do final.

Faltando 6 minutos e meio. A maioria dos pilotos estavam nos boxes, Apenas os pilotos da Honda Asia Team e da Gresini estavam em busca de melhorar o tempo. A 3 minutos e meio do final todos partiram para a pista, para uma tentativa final. A equipe de Paolo Simoncelli teve que trocar uma peça da moto de Suzuki. Isso foi fundamental para o Japonês sair tarde e não ter conseguido fazer uma última tentativa.

Isso poderia colocar a pole de Tatsuki Suzuki em risco. Porém, seu tempo não foi alcançado por ninguém, Quem chegou mais perto foi o Espanhol Raul Fernandez da KTM Ajo, por 16 milésimos do tempo do piloto Japonês que acabou conquistando a pole position. Fernandez em 2º e Albert Arenas completou a primeira fila do Grid.

Na segunda fila largam Darryn Binder da CIP Green, Ai Ogura da Honda Asia Team e Jaume Masia da Leopard Racing. Andrea Migno de volta a VR46, Deniz Öncü da KTM Ajo, John Mcphee da Petronas e Tony Arbolino da Snipers Racing completam os Top 10.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
124Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda2’04.815
225Raul FernandezRed Bull KTM AjoKTM2’04.823
375Albert ArenasAspar Team GaviotaKTM2’04.925
440Darryn BinderCIP Green PowerKTM2’05.026
579Ai OguraHonda Team AsiaHonda2’05.065
65Jaume MasiaLeopard RacingHonda2’05.086
716Andrea MignoSKY Racing Team VR46KTM2’05.129
853Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM2’05.176
917John McPheePetronas Sprinta RacingHonda2’05.242
1014Tony ArbolinoRivacold Snipers TeamHonda2’05.327
1152Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Honda2’05.343
1227Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTM2’05.421
132Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda2’05.512
1411Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda2’05.586
1592Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda2’05.843
1613Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM2’05.906
1799Carlos TatayReale Avintia RacingKTM2’06.003
1855Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna2’06.165
197Dennis FoggiaLeopard RacingHonda2’05.793
2012Filip SalacRivacold Snipers TeamHonda2’05.966
2171Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM2’06.040
2282Stefano NepaAspar Team GaviotaKTM2’06.056
2354Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTM2’06.128
249Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTM2’06.376
2521Alonso LopezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna2’06.511
2673Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM2’06.786
276Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda2’06.821
2860Dirk GeigerCarXpert PruestelGPKTM2’07.258
2950Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM2’07.260
3020Jose Julian GarciaSIC58 Squadra CorseHonda2’07.495
3189Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHonda2’07.535

No final da tarde de domingo foi dada a largada para o Mundial de Motovelocidade. Na largada, Suzuki larga bem e permaneceu na liderança. Já Fernandez e Arenas disputaram o segundo lugar nas primeiras curvas, Quem levou a vantagem foi o piloto da Aspar Martinez. Deniz Öncü, Ai Ogura, Tony Arbolino, Darryn Binder, Gabriel Rodrigo, Sergio Garcia e Andrea Migno são os 10 primeiros colocados.

Suzuki liderou até na entrada da 2ªVolta, Usando o vácuo, Raul Fernandez passando para a ponta, Com Tony Arbolino em 2º, Albert Arenas e Deniz Öncü estavam na frente do piloto da SIC58 caiu da ponta para o 5ºlugar. Na Curva 6, Fernandez errou e Arbolino foi para a ponta, mas não ficou na frente por muito tempo, Albert Arenas foi para a ponta no final da 2ªVolta.

A partir dai, Arenas foi pressionado de todo o jeito durante algumas voltas. Darryn Binder, Raul Fernandez e Gabriel Rodrigo superaram Tony Arbolino e foi para cima do Espanhol da Aspar Martinez.

Arenas segurava Binder, Arbolino, entre outros pilotos tentaram supera-lo, mas nenhum deles conseguiu passar o Espanhol. Na entrada da 6ªVolta, Sergio Garcia superou Binder e depois passou Jaume Masia e por muito pouco não passou Raul Fernandez, mas estava colado no segundo colocado.

Arenas resistiu a mais um ataque na 7ªVolta. porém, a 10 voltas do final. Jaume Masia foi por outra linha e tentou passar para a ponta, mas foi Raul Fernandez quem passou para a ponta, Masia e Suzuki também passaram Arenas, que caiu da ponta para o 4ºlugar. Arbolino, Garcia e Rodrigo vinham logo a seguir. A Ultrapassagem do piloto da KTM Ajo foi lindíssima. Jeremy Alcoba quase passou reto na curva 1, mas não obteve grandes prejuízos na sua classificação.

Em um espaço de apenas uma volta, Suzuki, e logo depois Tony Arbolino superou o japonês passando para a liderança na 11ªVolta. O piloto Japonês foi engolido pela turma inteira e caiu da ponta para o 8ºlugar. Masia segurou a ponta até a curva 5, Já que Arbolino voltou a liderança, O piloto da Leopard tentou voltar a ponta, mas acabou cometendo um pequeno erro e perdeu 3 posições, caindo para o 5ºlugar. Curvas depois, Binder volta a liderar, mas só por alguns momentos, Albert Arenas voltou à frente, Abrindo 0.2 segundos de Arbolino. Darryn Binder, Sergio Garcia, Tatsuki Suzuki e Jaume Masia estavam a menos de um segundo da liderança. Enquanto isso, Celestino Vietti foi para o chão na 13ªvolta.

Arenas continuava a segurar a liderança dos ataques de seus adversários (Naquele momento eram Binder, Garcia, Arbolino e Suzuki) logo, chegaram nessa turma dos primeiros colocados John McPhee e Gabriel Rodrigo.

A 4 voltas do final, Arenas erra feio e perde muitas posições. Suzuki volta a ponta. Arenas caiu para o 6ºlugar. No metade da volta, John McPhee e Darryn Binder superaram Arbolino e passaram a pressionar o piloto da equipe de Paolo Simoncelli.

Na 16ªVolta, Arbolino passou Suzuki e assumiu a ponta, O piloto da Snipers foi superado pelo escocês John McPhee na curva 5. No começo da penúltima volta, O Argentino Gabriel Rodrigo aparecendo e passando para a liderança, Buscando a primeira vitória da carreira. Até que na última volta, Rodrigo chega a abrir a volta na frente, Mas é engolido pelo Albert Arenas, Bem no final da reta, Binder tocou em Arbolino e acabou indo para o chão, Já o piloto Italiano acabou perdendo várias posições. McPhee e Masia também passaram Rodrigo.

Na meia volta final, Arenas e McPhee duelaram pela vitória. O Escocês até tentou superar o piloto da Aspar Martinez, mas Arenas se manteve firme na frente e conquistou a 4ªVitória da carreira e a vitória na abertura do campeonato. John McPhee acabou em 2º e Jaume Masia completou o pódio.

Porém, 5 pilotos foram punidos por excederem o limite da pista, entre eles foi punido o piloto da Leopard, que perdeu 1 posição e cedeu seu lugar ao pódio para o Japonês Ai Ogura. Foi o segundo pódio na Moto 3. Masia acabou jogado para o 4ºlugar, Com todas as punições dos 5 pilotos Suzuki ganhou 2 posições e do 7ºlugar na pista para o 5ºlugar após ter conseguido a pole position.

Gabriel Rodrigo fez uma bela prova de recuperação e ficou em 6ºlugar, logo a frente de Jeremy Alcoba que foi o melhor estreante da prova em sua primeira temporada completa na Gresini. Completando os 10 primeiros colocados vieram Fliip Salac da Snipers, Dennis Foggia da Leopard Racing e Raul Fernandez da KTM Ajo.

Alonso Lopez levou a Husquarna aos primeiros pontos na sua volta a categoria, Ao chegar em 13ºlugar. Tony Arbolino além de ter ficado longe da vitória, ainda foi punido em 1 posição por exceder o limite da pista, caindo para o 15ºlugar.

Fotos:

Resultado final do GP do Qatar

posPilotoEquipeMotoTempo
175Albert ArenasAspar Team GaviotaKTM38’08.941
217John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 0.053
379Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 0.344
45Jaume Masiá*Leopard RacingHondaa 0.247
524Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 0.789
62Gabriel Rodrigo*Kömmerling Gresini Moto3Hondaa 0.426
752Jeremy Alcoba*Kömmerling Gresini Moto3Hondaa 0.559
812Filip SalacRivacold Snipers TeamHondaa 0.823
97Dennis FoggiaLeopard RacingHondaa 0.964
1025Raúl Fernández*Red Bull KTM AjoKTMa 0.834
1111Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 1.261
1253Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 1.485
1321Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 1.602
1427Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTMa 2.790
1514Tony Arbolino*Rivacold Snipers TeamHondaa 2.575
1616Andrea MignoSKY Racing Team VR46KTMa 3.180
1755Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 5.802
1892Yuki KuniiHonda Team AsiaHondaa 5.829
1971Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTMa 6.109
206Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 8.457
2199Carlos TatayReale Avintia RacingKTMa 8.480
2282Stefano NepaAspar Team GaviotaKTMa 16.240
239Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTMa 21.450
2454Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTMa 26.209
2550Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTMa 26.412
2689Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHondaa 28.189
2773Maximilian KoflerCIP Green PowerKTMa 28.517
2813Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 32.106
2960Dirk GeigerCarXpert PruestelGPKTMa 41.931
40Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 1 Volta
20José GarcíaSIC58 Squadra CorseHondaa 5 Voltas
  • Punidos com a perda de uma posição por terem excedido a pista

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP