GP da Espanha – Moto e – Mundial de Motovelocidade 2022

Primeira etapa da Moto e em Jerez. O campeonato de Motos Elétricas começa o ano com novidades. A partir de 2022, a categoria teria sua classificação dividida em 2 partes. O Q1 com os 10 últimos colocados na soma dos tempos dos treinos livres, disputando 2 vagas em 10 minutos de sessão.

Os 2 melhores do Q1 se juntam aos 8 melhores dos treinos livres para disputarem a pole position (Q2) em 10 minutos de sessão. Quem andar mais rápido será o pole position para as corridas do sábado e do domingo.

Niccolò Canepa foi o primeiro a entrar na pista e logo de cara fez o melhor tempo da sessão, com 1:49.119 a 6 minutos e 10 segundos do termino do Q1. Esse tempo não seria superado por mais ninguém na sessão. Lucas Tulovic teve sua primeira tentativa cancelada. Alex Escrig marcou o segundo tempo e Maria Herrera vinha logo atrás com o terceiro tempo.

A 4 minutos do final, Tulovic e Marc Alcoba marcaram bons tempos que deram a 4ª e 5ªposições respectivamente.

As vagas para o Q2 eram de Canepa e Escrig. Isso até que Kevin Zannoni foi para uma volta que prometia ser promissora e que acabou se concretizando a 25 segundos do final, o piloto da Ongetta tomou o segundo lugar ao fazer 1:49.286, mas Escrig também estava em volta rápida e acabou recuperando essa posição ao marca 1:49.204.

Zannoni ainda tentou uma última tentativa, mas não conseguiu retornar a segunda posição, pelo contraio, acabou perdendo a terceira posição para Lucas Tulovic na volta final. O Q2 terminou com Niccolò Canepa na frente, só precisando de 1 volta para assegurar seu lugar na fase final. Alex Escrig precisou batalhar para ficar com essa segunda vaga. Tulovic e Zannoni ficaram com a 3ª e 4ªposições e teriam de largar na 11ª e 12ªposições respectivamente.

Resultado do Q1:

pos piloto equipe moto tempo
1 7 Niccolo Canepa Withu GRT RNF MotoE Team Energica 01’49.119
2 17 Alex Escrig Tech 3 E-Racing Energica 01’49.204
3 3 Lukas Tulovic WithU GRT RNF MotoE Team Energica 01’49.280
4 21 Kevin Zannoni Ongetta SIC58 Squadracorse Energica 01’49.286
5 6 Maria Herrera Openbank Aspar Team Energica 01’49.406
6 34 Kevin Manfredi OCTO Pramac MotoE Energica 01’49.665
7 70 Marc Alcoba Openbank Aspar Team Energica 01’49.665
8 28 Yeray Ruiz Avintia Esponsorama Racing Energica 01’50.112
9 72 Alessio Finello Felo Gresini MotoE Energica 01’50.153
10 12 Xavi Fores OCTO Pramac MotoE Energica 01’50.351

Os principais candidatos a pole entraram em cena na parte final da classificação. Eric Granado foi o mais rápido das sessões de treinos livres, mas o brasileiro não estava sozinho, ele tinha como adversários naturais: Jordi Torres, Dominique Aegerter, Mattia Casadei, Matteo Ferrari e Hector Garzó.

Logo na primeira volta Jordi Torrei e Mattia Casadei disputam posição na pista. A 6:10 do final da sessão, Miguel Pons da LCR (mesma equipe de Eric Granado) marca 1:48.372 e vai para a ponta, seguido de Garzó, Casadei, Ferrari e Okubo.

 

A 5 minutos do final, Eric marcou o 4ºtempo. Ao mesmo tempo em que Miguel Pons foi para o chão na curva 8. O piloto da LCR Honda agora tinha que torcer para ninguém superar o seu tempo. Bandeira amarela no segundo setor, isso fez com que a volta de Eric Granado, que daria a pole para o piloto brasileiro fosse anulado. Ou seja, esse incidente acabou involuntariamente favorecendo ao próprio Pons e prejudicando Granado.

Eric melhorou sua volta e manteve a 4ªposição. Nos minutos finais, Aegerter pulou da última para a 5ªposição em 2 voltas rápidas, mas não o bastante para lutar pelas primeiras posições.

No final, Miguel Pons garantiu a pole position para as duas corridas do final de semana. O piloto da LCR garantiu a ponta na sua primeira volta do Q2. Hector Garzó da Tech-3 e Mattia Casadei da Pons Racing completam a primeira fila das motos elétricas.

Melhor piloto dos treinos livres, Eric Granado vai largar na 4ªposição, abrindo a segunda fila. Dominique Aegerter da Dynavolt e Matteo Ferrari da Gresini completam a pesadíssima 2ªfila.

Jordi Torres da Pons, Hikari Okubo da Ajo, Niccolò Canepa da RNF e Alex Escrig da Tech3 completam os Top 10.

Grid de Largada:

pos piloto equipe moto tempo
1 71 Miquel Pons  LCR E-Team Energica 01’48.372
2 4 Hector Garzo  Tech3 E-racing Energica 01’48.435
3 27 Mattia Casadei  Pons Racing 40 Energica 01’48.609
4 51 Eric Granado  LCR E-Team Energica 01’48.693
5 77 Dominique Aegerter  Dynavolt Intact GP MotoE Energica 01’48.763
6 11 Matteo Ferrari  Felo Gresini MotoE Energica 01’48.783
7 40 Jordi Torres  Pons Racing 40 Energica 01’48.926
8 78 Hikari Okubo  Avant Ajo MotoE Energica 01’49.001
9 17 Alex Escrig  Tech3 E-racing Energica 01’49.413
10 7 Niccolo Canepa  WithU GRT RNF MotoE Team Energica 01’49.709
11 3 Lukas Tulovic WithU GRT RNF MotoE Team Energica 01’49.280
12 21 Kevin Zannoni Ongetta SIC58 Squadracorse Energica 01’49.286
13 6 Maria Herrera Openbank Aspar Team Energica 01’49.406
14 34 Kevin Manfredi OCTO Pramac MotoE Energica 01’49.665
15 70 Marc Alcoba Openbank Aspar Team Energica 01’49.665
16 28 Yeray Ruiz Avintia Esponsorama Racing Energica 01’50.112
17 72 Alessio Finello Felo Gresini MotoE Energica 01’50.153
18 12 Xavi Fores OCTO Pramac MotoE Energica 01’50.351

A corrida do sábado e a corrida do domingo tiveram enredos diferentes, mas o final acabou sendo favorável para o Brasileiro Eric Granado da LCR, vencedor das 2 etapas em Jerez.

Na primeira largada, Garzo larga melhor que Pons e passa para a liderança. Antes da reta, Mattia Casadei passou Pons e na curva 6 passou Garzo e assumiu a liderança. Ao final da primeira volta, Casadei estava na frente, seguido de Garzo, Pons, Granado, Ferrari e Aegerter.

Os 3 primeiros começaram a se distanciar dos demais pilotos na segunda volta. Na volta seguinte, Garzo recupera a primeira posição passando Casadei. Ao final da volta, Granado chegou no pelotão e partiu para cima de  Miguel Pons, ao começo da 4ªVolta, Aegerter também chegava nesse pelotão da frente.

5ºVolta, na reta oposta, Casadei volta a ficar na liderança após superar Garzo, ao mesmo tempo em que Eric Granado passou Miguel Pons e passou a terceira posição. Naquele momento começava a arrancada do brasileiro para a vitória.

Na metade da 6ªVolta, Granado passou Garzo e partiu para cima de Casadei para conquistar a liderança. No final da volta, na curva 13, Eric passou Casadei e foi para a liderança. Já o piloto da Pons acabou indo para o chão, a poucos momentos depois. Miguel Pons passou a segunda posição, mas seria punido por pilotagem irresponsável (provavelmente se envolveu na queda de Casadei).

Na última volta, Eric abriu vantagem e partiu para a vitória na corrida do sábado após largar na 4ªposição e ter atacado na hora certa seus adversários. Dominique Aegerter fechou a corrida em segundo após largar da 5ªposição e Matteo Ferrari da Gresini completou o pódio após largar da 3ªposição. O pódio foi formado pelos pilotos que formaram a primeira fila. Hector Garzo acabou prejudicado pela manobra de Pons e acabou ficando com a 4ªposição. Jordi Torres fechou o Top 5.

Miguel Pons acabou tomando 3 segundos de punição e caiu da 3ª para a 8ªposição.

Resultado Final da 1ªetapa do Mundial de Motovelocidade – Temporada 2022
GP da Espanha – Jerez de la Fronteira – 8 Voltas – Moto 3

pos piloto equipe moto tempo
1 51 Eric Granado LCR E-Team Energica 14’36.9880
2 77 Dominique Aegerter Dynavolt Intact GP MotoE Energica a 0.696
3 11 Matteo Ferrari Felo Gresini MotoE Energica a 1.005
4 4 Hector Garzo Tech3 E-racing Energica a 1.537
5 40 Jordi Torres Pons Racing 40 Energica a 1.697
6 78 Hikari Okubo Avant Ajo MotoE Energica a 2.345
7 17 Alex Escrig Tech3 E-racing Energica a 3.651
8 71 Miquel Pons LCR E-Team Energica a 3.986
9 70 Marc Alcoba Openbank Aspar Team Energica a 5.275
10 3 Lukas Tulovic WithU GRT RNF MotoE Team Energica a 5.334
11 7 Niccolo Canepa WithU GRT RNF MotoE Team Energica a 5.814
12 21 Kevin Zannoni Ongetta SIC58 Squadracorse Energica a 6.511
13 34 Kevin Manfredi Octo Pramac MotoE Energica a 9.621
14 12 Xavi Fores Octo Pramac MotoE Energica a 10.849
15 6 Maria Herrera OpenBank Aspar Team Energica a 12.094
16 28 Yeray Ruiz Avintia Esponsorama Racing Energica a 22.491
17 27 Mattia Casadei Pons Racing 40 Energica a 1:32.262
72 Alessio Finello Felo Gresini MotoE Energica a 7 Voltas

Domingo, fechando os trabalhos do Mundial de Motovelocidade, A Moto e teve mais uma corrida eletrizante, até porque com 8 voltas e o piloto precisava fazer as decisões certas, pois não teria tempo para uma decisão errada.

A largada do domingo foi igualmente ruim para Miguel Pons, o companheiro de Eric Granado perde a liderança para Hector Garzo. Porém, na curva 5, Casadei passou a liderança, mas depois da reta oposta o jogo muda de figura e Dominique Aegerter passou a liderança, seguido de Miguel Pons, Hiraki Okubo, Hector Garzo, Eric Granado e Mattia Casadei.

Ao final da primeira volta, na curva 13, Pons passou Aegerter e começou um duelo particular dos dois pela vitória. Marc Alcoba acabou indo para o chão na mesma 13ªcurva. Eric Granado passou Okubo e Garzo antes da metade da 2ªvolta e se posiciona na 3ªposição.

A partir da 3ªVolta, Pons e Aegerter se reservam na liderança e Eric Granado ficava só na espera, acompanhando a disputa do companheiro de equipe e do rival na disputa pelo título.

Uma volta, Pons era superado por Aegerter, na volta posterior, era o suíço que cedia a posição para o piloto espanhol. Isso permaneceu até o final da penúltima volta. No começo da volta final, Aegerter passou Pons, mas acabou deixando brecha para Pons retornar a liderança e para Granado passar a segunda posição.

Eric não estava feliz com o segundo lugar, ele queria vencer a corrida de domingo, então foi para cima de Pons e assumiu a liderança na curva 6 e partiu até a bandeirada. Foi um final de semana 100% para Granado que venceu as 2 corridas do final de semana e assume a liderança do campeonato e também, o favoritismo ao título que ele persegue a 4 temporadas.

Miguel Pons completou a dobradinha da Pons e chegou na segunda posição e Mattia Casadei se recuperou bem da queda na primeira corrida e fechou o pódio no domingo. Dominique Aegerter, um perigoso adversário para Eric na disputa do título fechou o dia na 4ªposição, no final acabou perdendo o pódio, foi um resultado frustrante para quem lutou pela vitória. Hikari Okubo e Matteo Ferrari fecharam o Top 6.

Resultado Final da 2ªetapa do Mundial de Motovelocidade – Temporada 2022
GP da Espanha – Jerez de la Fronteira – 8 Voltas – Moto E

pos piloto equipe moto tempo
1 51 Eric Granado LCR E-Team Energica 14’36.3210
2 71 Miquel Pons LCR E-Team Energica a 0.217
3 27 Mattia Casadei Pons Racing 40 Energica a 0.394
4 77 Dominique Aegerter Dynavolt Intact GP MotoE Energica a 0.488
5 78 Hikari Okubo Avant Ajo MotoE Energica a 1.182
6 11 Matteo Ferrari Felo Gresini MotoE Energica a 1.715
7 40 Jordi Torres Pons Racing 40 Energica a 2.701
8 17 Alex Escrig Tech3 E-racing Energica a 4.202
9 7 Niccolo Canepa WithU GRT RNF MotoE Team Energica a 5.471
10 34 Kevin Manfredi Octo Pramac MotoE Energica a 5.755
11 12 Xavi Fores Octo Pramac MotoE Energica a 7.061
12 3 Lukas Tulovic WithU GRT RNF MotoE Team Energica a 10.497
13 21 Kevin Zannoni Ongetta SIC58 Squadracorse Energica a 10.880
14 6 Maria Herrera OpenBank Aspar Team Energica a 18.274
15 72 Alessio Finello Felo Gresini MotoE Energica a 26.343
4 Hector Garzo Tech3 E-racing Energica a 4 voltas
28 Yeray Ruiz Avintia Esponsorama Racing Energica a 5 voltas
70 Marc Alcoba Openbank Aspar Team Energica a 8 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Jordi Torres conquista o título da Moto E em Lemans

Jordi Torres acabou conquistando o título da Moto e em 2020. Em Le Mans como cenário, Torres obteve a pole position e a uma grande vitória na corrida de sábado, que praticamente definiu o campeonato a favor do piloto da Pons. No domingo, Torres só precisou ficar em 6ºlugar para confirmar o campeonato.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
140Jordi TorresPons Racing 40Energica1’43.843
211Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’44.172
363Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergica1’44.480
416Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergica1’44.487
577Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergica1’44.503
67Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergica1’44.575
755Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergica1’44.656
810Xavier SimeonLCR E-TeamEnergica1’44.721
951Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergica1’44.888
1066Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergica1’45.053
1170Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergica1’45.236
126María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergica1’45.558
1318Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergica1’46.051
1461Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’46.457
1535Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergica1’46.497
1684Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergica1’47.356
1715Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaSem Tempo
1827Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaSem Tempo

A prova de Sábado começou com Ferrari na liderança do campeonato, podendo ser o campeão da temporada caso Aegerter, Torres e Casarei ficassem mais de 25 pontos atrás do piloto da Gresini. A pole position foi de Jordi Torres da Pons, com Matteo Ferrari da Gresini na segunda posição e Mike di Meglio da Marc VDS completa a primeira fila. A segunda fila estava composta por Josh Hook da Pramac, Dominique Aegerter da Intact GP e Nicolo Canepa da LCR.

Na primeira largada, Torres não larga bem e Ferrari assume a liderança. Na chicane, Matteo Casadei acabou caindo feio e sua moto ficou destruída. Como as motos são elétricas acabou por provocar uma bandeira vermelha. Os pilotos voltaram para os boxes e esperaram por uns 15 minutos para a liberação da pista, A corrida seria retomada com 5 voltas apenas, com as posições originais do grid de largada. Casarei estava fora da corrida e fora da briga pelo título.

Na segunda largada, Ferrari de novo supera Torres, mas o que definiu a sorte da corrida e do campeonato foi na chicane. 2 acidente aconteceram ao mesmo tempo. Primeiro foi com Xavier Simeon que acabou caindo e derrubando Dominique Aegerter e Nicolo Canepa e metros depois, na saída da chicane, Matteo Ferrari caiu sozinho. Desses 4, somente Aegerter conseguiu voltar, mas mesmo o suíço já estava de fora da briga pelo título.

Jordi Torres era o líder e o único postulante ao título brigando pela vitória, com uma boa vantagem para Mike di Meglio que acabou passando Niki Tuuli na 2ªparte da segunda volta. O piloto Finlandês que venceu a primeira corrida da história da Moto e não desistiu da briga e continuou perto do piloto francês. Josh Hook em 4º chegou a se aproximar dos dois, mas logo acabou ficando para trás.

Torres teve tranquilidade até a entrada da volta final, foi quando Di Meglio e Tuuli acabaram chegando no piloto espanhol. Di Meglio tentou se aproveitar de alguma brecha para superar Torres.

Essa brecha não acontece e Jordi Torres cruzou na frente, vencendo a corrida do sábado e praticamente colocando uma mão na taça de campeão da Moto e. Mike di Meglio fica com a segunda posição e Niki Tuuli completa o pódio com uma exibição bem competente. Josh Hook fez uma boa corrida, terminando na 4ªposição. Tommaso Macron da Tech 3 e Eric Granado da Avintia acabaram completando os 6 primeiros colocados. Dominique Aegeter levou sua moto até o final na 14ªposição.

Com esses resultados, Torres passou a ter 104 pontos contra 86 pontos de Ferrari, 84 pontos de Aegerter e 71 Pontos de Casadei que acabou ficando de fora da luta pelo título.

Resultado final da 7ªcorrida da Moto e
GP da França

posPilotoEquipeMotoTempo
140Jordi TorresPons Racing 40Energica8:43.391
263Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 0.116
366Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergicaa 0.557
416Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 1.925
570Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergicaa 4.296
651Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 4.590
76María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergicaa 6.514
855Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergicaa 6.201
961Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 11.875
1035Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergicaa 12.419
1118Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 13.262
1215Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 14.087
1384Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergicaa 23.207
1477Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergicaa 59.643
11Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 5 Voltas
7Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergicaa 5 Voltas
10Xavier SimeonLCR E-TeamEnergicaa 5 Voltas
27Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaNão largou

2ªcorrida no domingo teve o grid formado pela classificação da corrida do sábado. Torres estava com a mão no título, se ficasse em 8ºlugar o título era dele, independente de quem vencesse a prova.

Torres largou na pole positon, mas quem largou bem foi Mike de Meglio e Niki Tuuli que passaram as primeiras posições. Mais atrás, na chicane, Eric Granado e Alejandro Medina foram para o chão e abandonaram a prova. Na curva 7, foi a vez de Tommaso Macron ir para o chão.

A briga pela vitória ficou entre Mike di Meglio e Niki Tuuli, ao final das 7 voltas a vitória ficou com o piloto Finlandês. Foi a segunda vitória de Tuuli na Moto e. Mike di Meglio fechou o seu melhor final de semana do ano na segunda posição, pela segunda vez no final de semana. O inglês Josh Hook completou o pódio com sua moto elétrica da Pramac.

Jordi Torres fez uma corrida segura e sem riscos para ficar com a 6ªposição e conquistar o título do 2ºMundial da Moto e, Aos 33 anos de idade o piloto espanhol disputou corridas na Moto 2 de 2010 a 2014, Correu de 2015 a 2018 na Superbike, fazendo bons campeonatos com motos da Aprilla, BMW e MV Agusta. Participou de 5 etapas do Mundial de motovelocidade em 2018 pela Avintia e marcou 1 ponto no GP de Valência.

Torres conquistou 1 vitória, 4 pódios na temporada e completou todas as 8 corridas entre os 6 primeiros colocados. Essa regularidade premiou o piloto espanhol com o título da Moto e em 2020. Parabéns a Jordi Torres pela conquista do Mundial de Motovelocidade – Categoria Moto e

Fotos:

Resultado final da 8ªcorrida da Moto e
GP da França

posPilotoEquipeMotoTempo
166Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergica12’09.631
263Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 0.166
316Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 1.294
477Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergicaa 2.353
511Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 6.017
640Jordi TorresPons Racing 40Energicaa 6.490
77Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergicaa 10.066
810Xavier SimeonLCR E-TeamEnergicaa 10.472
96María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergicaa 10.663
1018Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 11.101
1135Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergicaa 11.298
1261Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 12.327
1327Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 20.842
1415Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 20.954
1584Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergicaa 24.376
70Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergicaa 7 Voltas
51Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 7 Voltas
55Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergicaa 7 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP