Leclerc domina corrida, Mas motor perde potência e Hamilton conquista vitória no Bahrein

Em uma das corridas mais movimentadas dos últimos anos, Um domínio enorme do Monegasco Charles Leclerc que tinha tudo para levar sua primeira vitória na carreira. Porém, Com a perda de potência nas últimas 10 voltas acabou por tirar a vitória das mãos dele e quem herdou a vitória foi Lewis Hamilton com a Mercedes que não contava nem com a Vitória e muito menos com a dobradinha nesse domingo, Valtteri Bottas ficou em 2º e Charles Leclerc ainda conseguiu ficar com um lugar no pódio.

Com tempo ruim e ventando foi iniciada a prova no Barhein, Na Largada foi Vettel que assumiu a liderança, Leclerc segurou o segundo lugar do ataque de Valtteri Bottas, Mas na segunda curva acabou sendo ultrapassado pelo piloto da Mercedes. Mais atrás Lance Stroll tocou em Romain Grosjean e Ambos foram para os boxes lentamente, Um para trocar o pneu furado e outro para trocar o aerofólio dianteiro.

No começo da segunda volta, Bottas acaba perdendo a segunda posição para Leclerc e logo depois a 3ªposição para Hamilton, Pela forma que foi possível poderia ter tido algum problema com o carro. O Jovem Charles Leclerc não se intimidou com a largada ruim que ele fez (Normal para quem esta estreando) foi para cima de Vettel e acabou na volta 6 ultrapassando o Alemão e reconquistando a liderança para suas mãos. Duas voltas antes, Carlos Sainz jr. foi para cima de Max Verstappen e o holandês acabou tocando no pneu dianteiro de Sainz, que acabou furando e obrigando o Espanhol a ir para os Boxes.

Leclerc lá na frente começou a abrir vantagem para Vettel. Hamilton vinha tentando acompanhar os dois em 3º enquanto Bottas estava tentando abrir vantagem para Verstappen que vinha perto do finlandês. Perez foi o primeiro a fazer a parada na 9ªVolta. As 1ªParadas estavam sendo muito cedo, Por conta do excessivo desgaste que essa pista proporciona.

Dos líderes, O primeiro a fazer a parada foi Verstappen na 12ªVolta, Essa parada do piloto Holandês acabou fazendo ele ganhar a posição do Bottas que fez sua parada na volta seguinte. Só que a Alegria do piloto da Red Bull não durou muito tempo não, Bottas conseguiu a ultrapassagem na volta 14 por fora e recuperou a posição. Na mesma volta Charles Leclerc e Lewis Hamilton foi para os boxes, O inglês colocou os pneus macios enquanto Leclerc colocou pneus médios.

Vettel fez a parada na 15ªVolta, A liderança passa a ser de Daniel Ricciardo que durou poucas curvas. Leclerc voltou a liderança, Antes disso, Kvyat foi atingido pelo Antonio Giovinazzi antes da sua parada. Mas para o Russo isso não foi o pior que aconteceu, Por ter passado do limite de velocidade ele acabou punido em 5 segundos para serem compridos na parada seguinte.

Hamilton em 2º tinha a vantagem dos pneus mais macios sobre Leclerc, Mas o que aconteceu na pista foi que a vantagem entre os dois aumentou e Vettel começava a chegar no seu Arquirrival, Hamilton estava arriscando tudo, Tanto é que ele saia de pista na 19ªVolta e perdendo tempo.

Vettel chegou em Hamilton, Os pneus macios do inglês já tinham se desgastado em excesso enquanto Vettel tinha os pneus melhores. Na volta 23, sem grandes dificuldades Vettel recupera o segundo lugar das mãos de Hamilton. Leclerc aproveitou muito bem essa briga e já tinha aberto 7 segundos a frente dos dois. Enquanto Vettel abriu do Hamilton, Ricciardo foi para a sua única parada na 24ªvolta.

Lando Norris foi para cima de Kimi Raikkonen e o piloto da Mclaren conquistou a 7ªposição. Bela prova do queridinho da Inglaterra que só estava atrás de Nico Hulkenberg nessa disputa pelo melhor piloto do Segundo pelotão.

Verstappen foi o primeiro dos pilotos a fazerem a 2ªtroca de pneus na 33ªVolta. Com a expectativa de voltar a frente de Bottas que já tinha uma vantagem razoavelmente boa para o piloto da Red Bull. Lewis Hamilton com os pneus desgastados foi para os boxes na volta 35 e colocou os pneus médios para tentar ganhar a posição de Vettel. Sem perda de tempo, O piloto da Ferrari vai para os boxes na volta seguinte.

Na volta 36, Hamilton chega em Vettel e começa a atacar o piloto da Ferrari, Na Volta seguinte tanto Vettel como Hamilton passaram Bottas que se encaminhou para os boxes na Volta 38. Foi num respiro dessa briga, Hamilton foi para cima de Vettel de novo (Foram 2 tentativas de ultrapassagens) Na primeira, Hamilton e Vettel dividiram curva e o piloto da Ferrari manteve a frente, Só que na volta seguinte Hamilton consegue a ultrapassagem e Vettel acaba Rodando sozinho. Com isso, Lewis praticamente garantiu o segundo lugar e Vettel poderia ainda assim voltar em 3ºlugar. Mas o problema foi do Tetracampeão do Mundo foi que curvas depois ele se troca com um dos retardatários e acaba quebrando o bico e furando um dos pneus o que fez ele fazer uma terceira parada e voltar apenas em 9ºlugar.

Vettel não teve grandes problemas para conseguir recuperar posições sobre Raikkonen, Norris, Ricciardo e Hulkenberg. Em poucas voltas o Alemão da Ferrari já vinha em 5ºlugar, Mas a partir dai só mesmo com algum problema para Vettel melhorar sua posição, Verstappen tinha mais de 20 segundos de diferença em 4ºlugar.

Enquanto Hulkenberg estava firme e forte em 6ºlugar, O Austráliano Daniel Ricciardo começou a perder rendimento, Perdendo posições para Norris e Raikkonen caindo para o 9ºlugar. Ao mesmo tempo Charles Leclerc começou a perder rendimento do seu motor, A Parte da bateria acabou falhando e o piloto de Mônaco perdeu potência e suas voltas ficaram bem mais lentas do que os tempos de Hamilton. A Sua vantagem virou pó e no final da volta 48 o inglês passou o jovem Charles e acabou assumindo a liderança da prova.

Enquanto Hamilton disparava para uma vitória inesperada, Leclerc perdia cada vez mais tempo e ficava cada vez mais ameaçado por Valtteri Bottas que vinha em uma prova bem discreta. Na 54ªVolta, Bottas tomou o segundo lugar de Leclerc que certamente não iria segurar Verstappen ao restar 4 voltas para o final…

… Mas eis que a 3 voltas do final, Os dois pilotos da Renault abandonaram ao mesmo tempo. Hulkenberg acabou tendo seu motor quebrado e Ricciardo com problemas elétricos. O Safety Car entrou na pista e Acabou a prova já que o Regime de Safety Car durou até a bandeirada. Lewis Hamilton levou a prova pela 74ªVez na carreira, Uma vitória bem inesperada e muito mais o segundo lugar de Valtteri Bottas mais inesperado ainda. O Finlandês mantem a liderança do campeonato com espaço de um ponto de diferença.

Charles Leclerc salvou o pódio graças ao Safety Car, Uma judiação para o melhor piloto do final de semana. Até mesmo Lewis Hamilton reconheceu isso e acabou depois da prova esperando Leclerc sair do carro para abraçar ele. Além de ter lamentado por ele ao falar pela equipe na volta de desaceleração.  O 3ºlugar de hoje não reflete o respeito que o piloto de Mônaco ganhou com o mundo da Formula 1, Conquistada pela brilhante atuação que obteve.

Max Verstappen parece que vai nesse começo de ano carregar a Red Bull nas costas, Acabou a corrida em 4ºlugar e ocupa o 3ºlugar no campeonato de pilotos, Só atrás dos pilotos da Mercedes e na frente dos dois pilotos da Ferrari.

Sebastian Vettel acabou pelos seus erros saindo do pódio e ficando apenas em 5ºlugar, Algo precisa ser trabalhado na cabeça dele ou corre o risco de começar a ver a Ferrari trabalhar para Leclerc daqui a algumas corridas.

Outro jovem que fez um belo trabalho hoje foi Lando Norris, O Inglês conseguiu fazer uma bela corrida levando a Mclaren os primeiros pontos do ano e mostrando que tanto ele como a Mclaren possam fazer um belo campeonato, Favorecido pela quebra de Hulkenberg no final da corrida. Kimi Raikkonen em 7ºlugar, Numa boa corrida. Mesmo não tendo uma Alfa Romeo muito forte nas suas mãos. Com os pontos de hoje e com os pontos da Austrália ele sai do Bahrein como o 6ºlugar no Mundial de Pilotos e a Alfa esta em 4ºlugar no Mundial de Construtores.

Pierre Gasly fez uma corrida mão muito boa, Mas conseguiu chegar na zona de pontuação com o 8ºlugar, Mas ainda esta muito longe do seu companheiro de equipe. Alexander Albon fez uma boa corrida e marcou seus primeiros pontos com o 9ºlugar. A Toro Rosso pode estar confirmando a boa surpresa desse ano pelas 2 primeiras corridas do ano. Quem fechou a zona de pontuação foi Sergio Perez com a Racing Point.

Antonio Giovinazzi deixou a desejar, Ficou atrás de Raikkonen (Bem atrás), Acabou jogando o carro de Kvyat para fora da pista (Aonde ele deveria ter sido punido) e acabou dando uma sorte por ter terminado a prova em 11ºlugar perto dos pontos, A frente de Danill Kvyat que acabou tocado pelo piloto da Alfa Romeo, Mas o russo acabou não se ajudando, pois acabou punido por ter passado do limite de velocidade e acabou longe dos pontos em 12ºlugar.

Kevin Magnussen em dia irreconhecível da Haas acabou ficando em 13ºlugar, Alguma coisa aconteceu com esse carro de Sábado para o Domingo. Só ficou na frente de Lance Stroll que se complicou ao tocar no começo em Romain Grosjean e dos dois pilotos da Williams. (Russell na frente de Kubica) Ainda se classificaram: Hulkenberg, Ricciardo e Sainz jr. por terem terminado 90% da prova.

Daqui a 2 semanas teremos a história corrida de número 1000 do Mundial de Formula 1. No GP da China no Circuito de Xangaí.

Fotos:

Resultado final do GP do Bahrein de Formula 1
2ªEtapa da Temporada de 2019

posPilotoEquipeChassisMotorVoltasTempoMelhor VoltaVoltaPontos
144Lewis HamiltonMercedes AMG Petronas MotorsportF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+571:34:21.2951:33.5283625
277Valtteri BottasMercedes AMG Petronas MotorsportF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+57a 2.980s1:33.4113818
316Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF90Ferrari 06457a 6.131s1:34.2094216
433Max VerstappenAston Martin Red Bull RacingRB15Honda RA619H57a 6.408s1:35.3114712
55Sebastian VettelScuderia Ferrari Mission WinnowSF90Ferrari 06457a 36.068s1:34.8954310
64Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL34Renault E-Tech 1957a 45.754s1:35.777148
77Kimi RäikkönenAlfa Romeo RacingC38Ferrari 06457a 47.470s1:35.589456
810Pierre GaslyAston Martin Red Bull RacingRB15Honda RA619H57a 58.094s1:35.291424
923Alexander AlbonRed Bull Toro RossoSTR14Honda RA619H57a 1:02.697s1:36.752392
1011Sergio PerezSportPesa Racing Point F1 TeamRP19BWT Mercedes57a 1:03.696s1:36.330511
1199Antonio GiovinazziAlfa Romeo RacingC38Ferrari 06457a 1:04.599s1:35.237420
1226Daniil KvyatRed Bull Toro RossoSTR14Honda RA619H56a 1 Volta1:34.934400
1320Kevin MagnussenRich Energy Haas F1 TeamVF-19Ferrari 06456a 1 Volta1:35.892410
1418Lance StrollSportPesa Racing Point F1 TeamRP19BWT Mercedes56a 1 Volta1:37.037310
1563George RussellROKiT Williams RacingFW42Mercedes M10 EQ Power+56a 1 Volta1:37.313140
1688Robert KubicaROKiT Williams RacingFW42Mercedes M10 EQ Power+55a 2 Voltas1:37.903130
1727Nico HulkenbergRenault F1 TeamR.S.19Renault E-Tech 1953a 4 Voltas1:35.215140
183Daniel RicciardoRenault F1 TeamR.S.19Renault E-Tech 1953a 4 Voltas1:36.697420
1955Carlos SainzMcLaren F1 TeamMCL34Renault E-Tech 1953a 4 Voltas1:35.586420
OUT8Romain GrosjeanRich Energy Haas F1 TeamVF-19Ferrari 06416a 41 Voltas1:37.26230

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Alfa Romeo/Toro Rosso/Racing Point

Toro Rosso revela o STR14, Em busca de melhor classificação nos construtores com nova Dupla de Pilotos

A Toro Rosso na semana passada mostrou seu carro para a Temporada de 2019, Esse carro tem muitas semelhanças com o carro da Red Bull. Assim como a Haas faz parceria com a Ferrari e adquire tudo que eles podem ter da sua matriz sem ferir o regulamento.

Toro Rosso manteve pintura do ano passado, Mas nada além disso Somente a pintura é igual. Os pilotos são diferentes dos pilotos do ano passado. Saíram Pierre Gasly para a Red Bull e Brendon Hartley que saiu da equipe por falta de resultados (Vai desenvolver carros para a Formula E, Correr de endurance e ser piloto de simulador da Ferrari) No ano passado apesar de alguns bons resultados (Todos eles com o Francês Pierre Gasly como o 4ºlugar no Bahrein, 6ºlugar em Mônaco) a Toro Rosso ficou em 9ºlugar, Ficando a frente apenas da equipe Williams.

Franz Tost falou sobre as suas expectativas da temporada de 2019 no comunicado da Toro Rosso aonde ele foi entrevistado.

O objetivo é melhorar sempre para competir ao mais alto nível possível e este inverno tivemos trabalhado intensamente para trazer algumas mudanças organizacionais, que a nossa  esperança é ajudar a suavizar algumas questões que experimentamos no passado. Nós analisamos todos os procedimentos internos para otimizar nossos pontos fortes e minimizar nossas fraquezas. Em comparação com outras equipes, a Toro Rosso conta com um número menor de pessoas (Cerca de 400 funcionários) , mas com a parceria com a Red Bull que também vai usar os motores Honda vai deixar mais tempo para os nossos grupos de trabalho técnico se concentrarem nos detalhes. Em busca de um desempenho melhor.

Apesar dos inúmeros problemas do Motor Honda, Tost avalia positivamente a mudança de motor do Renault para a Honda a partir de 2018. “Foi uma ótima decisão mudar para a Honda no ano passado e, apesar de ser o primeiro ano do que esperamos venha a ser uma parceira muito longa, A cooperação com os japoneses tem sido incrível. Tost concordou que o fornecimento dos motores Honda para a Aston Martin Red Bull Racing vai dar um impulso adicional para melhorar ainda mais o motor em 2019.

Tost falou sobre a volta de Daniil Kvyat e a vinda de Alex Albon para a temporada de 2019

Eu sempre digo que um jovem piloto precisa de dois a três anos para entender esse mundo complicado da F1, mas Daniil mostrou sua velocidade natural desde o começo. Quando a contingência exigiu sua mudança para a Red Bull Racing, parecia que ele estava pronto para o desafio. Ele mostrou algumas performances muito boas, mas sob pressão é sempre um desafio, agora podemos dizer com essa retrospectiva que era muito cedo para isso. Ele teve que passar por um momento difícil quando voltou a Toro Rosso em 2016 – foi psicologicamente difícil, mas ninguém nunca duvidou de suas habilidades de condução. Eu acredito fortemente ele merece outra chance na Fórmula 1. Tanto porque amadureceu como pessoa longe das pistas que vai ajudar a mostrar sua capacidade na pista bem como apoiar seu companheiro de equipe. Alex terá muito a aprender, como qualquer novato na Fórmula 1, mas ele certamente mostrou qualidades nas categorias de base como a Fórmula 3 Europeia, GP3 e especialmente na Fórmula 2, onde ele foi capaz de vencer corridas. No segundo semestre do ano passado Campeonato F2, ele impressionou com muitas manobras de ultrapassagem e é isso que nos convenceu de que ele é o piloto certo para completar o time. Com Daniil do outro lado do garagem, ele tem um piloto experiente F1 com quem ele vai aprender muito, junto com o apoio da equipe ao seu redor. Temos em Daniil e Alex, temos dois pilotos jovens e competitivos.

A expectativa dos pilotos para 2019:

Alexander Albon (Tailândia)

“Em geral, a maneira que eu tenho percorrido minha carreira e minhas corridas, é que nunca estabeleço nenhum objetivo em qualquer coisa. Todos os anos, meu foco é apenas passo a passo de corrida após corrida – seja o que for, treinos, classificação a corrida. Se você começar a definir objetivos de longo prazo, você só coloca pressão desnecessária sobre si mesmo. Eu estou apenas focado em mim mesmo e vamos ver como tudo andar.

Daniil Kvyat (Rússia)

“Não sabemos exatamente onde estaremos. Como todo mundo, estamos trabalhando duro para montar o melhor pacote possível. A melhor coisa que posso fazer por mim mesmo é trabalhar duro quanto possível em mim e no meu desempenho. Eu acredito nos funcionários da equipe. Eles sabem o que estão fazendo. Eu e minha equipe de engenharia faremos tudo para extrair o máximo do carro que receberemos da equipe. Eu acho que estamos bem e eu sinto que todos estão motivados e focados no projeto. Eu posso ver isso e isso me dá confiança para o futuro.”

Jody Egginton (Diretor Técnico Adjunto)

“Nada mudou em termos do processo de design de colocar o carro para fora, só temos poucas variáveis ​​a menos para trabalhar. No entanto, no âmbito de uma quantidade fixa de recurso, isso pode fornecer uma oportunidade, pois permite mais foco em outras áreas do conceito do carro, que por sua vez, pode trazer desempenho melhor para nós. ”

Graham Watson (Gerente da Equipe)

“(Falando sobre as paradas), No ano passado, nós fomos mais consistentes e mais rápidos do que nós últimos quatro anos. Neste inverno, primeiramente, estudamos cuidadosamente vídeos das paradas nos boxes e 2018 e estamos trabalhando um pouco no refinamento do posicionamento. Em segundo lugar, vamos herdar parte do design do carro da Red Bull, acreditamos que uma combinação disso e do trabalho no posicionamento nos permitirá melhorar ainda mais. Eu estou confiante de que daremos outro passo na direção certa. ”

Toyoharu Tanabe (Diretor Técnico da Honda F1)

“Em termos simples, nosso objetivo é alcançar melhores resultados do que em 2018 para ambas as equipes (Red Bull e Toro Rosso). Isso significa terminar Melhor colocado no Mundial de Construtores, marcando mais pontos, correndo de forma mais confiável e, talvez até mesmo repetindo o GP do Bahrein do ano passado ou um resultado melhor. ”

Fotos:

Dados técnicos do STR14

Chassis: STR14 – Monocoque composto de fibra de carbono

Suspensão dianteira e traseira: Fabricado pela Scuderia Toro Rosso/Red Bull Technology –Feito de Fibra de carbono
Chassi: Scuderia Toro Rosso – monocoque composto de carbono.
Suspensão dianteira: Scuderia Toro Rosso / Red Bull Technology – carbono
Incluindo o Trangulo da suspensão, Barras de Torçao e amortecedores.
Direção: Scuderia Toro Rosso / Red Bull Technology
Caixa de velocidades: Red Bull Technology – composto de carbono
montado longitudinalmente, acionado hidraulicamente com 8 marchas mais a marcha reversa
Sistema de Freio: Scuderia Toro Rosso / Red Bull Technology
Banco do condutor: Scuderia Toro Rosso – composto de carbono específico para cada condutor
Pneus: Pirelli
Sistema de Combustível: Scuderia Toro Rosso / Red Bull Technology
Peso total: 743 kg
Motor: Honda RA619H
Número de Cilindros: 6
Capacidade: 1.600cc
combustível e Lubrificante: Mobil 1
Freios: Brembo

Pilotos:

26. Daniil Kvyat (Rússia)
23. Alexander Albon (Tailândia)

Patrocinadores: Red Bull, MyWorld, Casio

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Toro Rosso