Mundial de Motovelocidade 2024 – GP da Holanda – MotoGP – Classificação e Corrida Sprint

Resultado do Treino de Classificação de Sexta-Feira:

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 1  Francesco Bagnaia  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP24 1’31.340 Q2
2 12  Maverick Viñales  Aprilia Racing Aprilia RS-GP24 1’31.405 Q2
3 73  Álex Márquez  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP23 1’31.660 Q2
4 41  Aleix Espargaró  Aprilia Racing Aprilia RS-GP24 1’31.812 Q2
5 89  Jorge Martín  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP24 1’31.829 Q2
6 93  Marc Márquez  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP23 1’31.851 Q2
7 33  Brad Binder  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’31.866 Q2
8 23  Enea Bastianini  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP24 1’31.870 Q2
9 25  Raúl Fernández  Trackhouse Racing Aprilia RS-GP23 1’31.909 Q2
10 21  Franco Morbidelli  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP24 1’32.013 Q2
11 20  Fabio Quartararo  Monster Energy Yamaha MotoGP Team Yamaha YZR-M1 1’32.054 R
12 72  Marco Bezzecchi  Pertamina Enduro VR46 MotoGP Team Ducati Desmosedici GP23 1’32.168 R
13 49  Fabio Di Giannantonio  Pertamina Enduro VR46 MotoGP Team Ducati Desmosedici GP23 1’32.173 R
14 42  Álex Rins  Monster Energy Yamaha MotoGP Team Yamaha YZR-M1 1’32.203 R
15 31  Pedro Acosta  Red Bull GasGas Tech3 KTM RC16 1’32.244 R
16 88  Miguel Oliveira  Trackhouse Racing Aprilia RS-GP24 1’32.488 R
17 5  Johann Zarco  Castrol Honda LCR Honda RC213V 1’32.730 R
18 43  Jack Miller  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’33.106 R
19 30  Takaaki Nakagami  Idemitsu Honda LCR Honda RC213V 1’33.127 R
20 32 Lorenzo Savadori  Aprilia Racing Aprilia RS-GP24 1’33.306 R
21 37  Augusto Fernández  Red Bull GasGas Tech3 KTM RC16 1’33.344 R
22 36  Joan Mir  Repsol Honda Team Honda RC213V 1’33.355 R
23 10  Luca Marini  Repsol Honda Team Honda RC213V 1’33.561 R

Q2 – Classificação para o Q2
R – Repescagem

Antes da classificação, o traçado precisou ser limpo para a realização para a primeira parte da sessão. 5 pilotos eram os favoritos a lutarem pelas duas vagas para o Q2, Acosta, Bezzecchi, Di Giannantonio, Rins e Quartararo.
Antes do complemento da primeira volta um servo atravessou a pista, parecia que a sessão seria interrompida, mas o servo saiu da pista e a sessão pode continuar. Alex Rins foi o primeiro a marcar um tempo, mas rapidamente foram superados por Pedro Acosta com 1:31.939 e depois, Marco Bezzecchi passou para a ponta com 1:31.872 com 3:55 de sessão, deixando Acosta em 2º e Quartararo na 3ªposição.

Com 5 minutos de sessão, Pedro Acosta em ritmo voraz marca 1:31.713 e volta a liderança, mas Fabio di Giannantonio obteve uma volta melhor (1:31.679) indo para a liderança. Fabio Quartararo melhorou seu tempo, mas continuava na 3ªposição superando a Marco Bezzecchi que caiu da ponta para a 4ªposição. Miguel Oliveira, jack Miller, Joan Mir que chegou a aparecer na 4ªposição na sua primeira volta e estava na 7ªposição na metade da sessão, Alex Rins, Lorenzo Savadori, Augusto Fernandez, Luca Marini, Takaagi Nakagami e Johann Zarco.

A 7 minutos do final, todos os pilotos voltam para a pista para a conclusão da repescagem. Na primeira tentativa, Acosta, Bezzecchi e Di Giannantonio erraram e os outros pilotos não aproveitaram as suas voltas. A 3 minutos do final, Marco Bezzecchi acabou indo para o chão e acabou ficando de fora da disputa.

A 1:45 do final, Fabio Quartararo pulou para a ponta com o belíssimo tempo de 1:31.620, mas logo Pedro Acosta tratou de voltar a liderança com 1:31.372. Com isso, Fabio di Giannantonio foi da ponta para a 3ªposição.

Restando poucos segundos do final, piloto da VR46 foi para uma última tentativa que foi uma bela volta que o levou a segunda posição após marcar o tempo de 1:31.390 seguindo Pedro Acosta para o Q2. No final da sessão, Acosta foi para o chão e a sua equipe teve de correr atrás para consertar os danos da moto de seu principal piloto. De Fabio Quartararo até Takaagi Nakagami as posições do Grid de largada da 13ª até a 23ªposições estarão definidas.

Resultado do Q1:

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 31  Pedro Acosta  Red Bull GasGas Tech3 KTM RC16 1’31.372
2 49  Fabio Di Giannantonio  Pertamina Enduro VR46 MotoGP Team Ducati Desmosedici GP23 1’31.390
3 20  Fabio Quartararo  Monster Energy Yamaha MotoGP Team Yamaha YZR-M1 1’31.620
4 43  Jack Miller  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’31.903
5 72  Marco Bezzecchi  Pertamina Enduro VR46 MotoGP Team Ducati Desmosedici GP23 1’31.997
6 42  Álex Rins  Monster Energy Yamaha MotoGP Team Yamaha YZR-M1 1’32.108
7 88  Miguel Oliveira  Trackhouse Racing Aprilia RS-GP24 1’32.123
8 32 Lorenzo Savadori  Aprilia Racing Aprilia RS-GP24 1’32.243
9 5  Johann Zarco  Castrol Honda LCR Honda RC213V 1’32.260
10 36  Joan Mir  Repsol Honda Team Honda RC213V 1’32.497
11 10  Luca Marini  Repsol Honda Team Honda RC213V 1’32.627
12 37  Augusto Fernández  Red Bull GasGas Tech3 KTM RC16 1’32.669
13 30  Takaaki Nakagami  Idemitsu Honda LCR Honda RC213V 1’33.030

O trabalho na Moto de Acosta continuava, enquanto isso a sessão recomeça e os pilotos partiram para a pista. Pedro Acosta saiu para a pista com um pouco mais de 2 minutos de sessão percorrida, com a moto toda consertada.

Peppo Bagnaia e Marc Marquez foram os primeiros a marcarem seus tempos com 3:10 de Q2, Peppo marcou 1:31.048 e Marc Marquez fez tempo 3 décimos mais lento. 25 segundos depois, Jorge Martin em brilhante volta de 1:30.877 passa a liderar a sessão.

Na volta seguinte, Marc Marquez foi a luta para tenta chegar na briga junto de Martin e Peppo, mas a sua volta na parte final não foi boa e acabou por ter sido superado pelo Irmão Alex Marquez que fez uma boa volta (1;31.325) quando a sessão chegava a quase 5 minutos de sessão. Jorge Martin poderia ter melhorado seu tempo, mas acabou perdendo no setor final e não conseguiu melhorar seu tempo.

A 9:15 do final, Marevick Viñales faz uma boa marca e vai para a 5ªposição, ficando atrás apenas de Martin, Bagnaia e dos irmãos Marquez (Alex a frente do Marc). Depois vinham Morbidelli, Aleix Espargaró, Bastianini, Binder, Raúl Fernández, Acosta e Di Giannantonio.

A 9 minutos do final, Bagnaia e Di Giannantonio foram para a pista em busca de uma volta separada dos outros. Peppo Bagnaia fez uma volta devastadora (1:30.540) para os seus concorrentes passando a liderança da sessão a 5:30 do final do Q2. Ao mesmo tempo onde todos os outros pilotos foram para a pista a fim de desbancar Peppo da pole position. Aliás, Peppo ficou nos boxes e ficou torcendo para ninguém  superasse a sua marca. Fabio Di Giannantonio marca o terceiro tempo, mas fica a 7 décimos de pole position que estava nas mãos do piloto da Ducati.

Jorge Martin foi tentar melhorar sua volta, mas o trafego atrapalhou demais. Aliás, atrapalhou praticamente todos os pilotos. A 40 segundos do final, Marc Marquez em um ato precipitado acabou indo ao chão junto com suas chances de pole position.

Nos segundos finais, Marevick Viñales levou a Aprilia até a terceira posição. Franco Morbidelli da Pramac e Enea Bastianini da Ducati subiram para a 7ª e 8ªposições.

Jorge Martin foi para a sua bala de prata para tentar tomar a pole das Mãos de Peppo Bagnaia. Sua volta fui muito rápida em todos os setores, mas o tempo de 1:30.621 não foi o suficiente para tirar a primeira posição e a Pole position das mãos de Peppo Bagnaia que parece estar inspiradíssimo em Assen. Jorge Martin apesar da 2ªposição no Grid de largada precisa mostrar força para superar seu grande rival na disputa pelo título e voltar a estar no controle da situação. A primeira fila só não vai ser totalmente dominado pela Ducati graças a ótima classificação de Marevick Viñales que levou a Aprilia a terceira posição.

Alex Marquez fez uma ótima classificação e vai largar na 4ªposição, liderando a Gresini e abrindo a segunda fila. Aleix Espargaró que chegou a ter problemas na sua moto em determinado momento da sessão, mas reagiu e vai partir da 5ªposição e Fabio di Giannantonio completa a 2ªfila levando a VR46 á uma boa 6ªposição.

Marc Marquez teve prejuízos com a queda no final do treino e acabou com a 7ªposição no Grid de Largada com a outra moto da Gresini, o Formiga Atômica vai liderar a terceira fila que ira ser completada com Franco Morbidelli da Pramac e Brad Binder da KTM. Resta a Pedro Acosta da Tech 3, Enea Bastianini da Ducati e Raúl Fernández da Trackhouse compõem a 4ªFila.

Grid de Largada:

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 1  Francesco Bagnaia  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP24 1’30.540
2 89  Jorge Martín  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP24 1’30.621
3 12  Maverick Viñales  Aprilia Racing Aprilia RS-GP24 1’30.951
4 73  Álex Márquez  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP23 1’30.979
5 41  Aleix Espargaró  Aprilia Racing Aprilia RS-GP24 1’31.077
6 49  Fabio Di Giannantonio  Pertamina Enduro VR46 MotoGP Team Ducati Desmosedici GP23 1’31.274
7 93  Marc Márquez  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP23 1’31.378
8 21  Franco Morbidelli  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP24 1’31.405
9 33  Brad Binder  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’31.479
10 31  Pedro Acosta  Red Bull GasGas Tech3 KTM RC16 1’31.482
11 23  Enea Bastianini  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP24 1’31.628
12 25  Raúl Fernández  Trackhouse Racing Aprilia RS-GP23 1’31.928
13 20  Fabio Quartararo  Monster Energy Yamaha MotoGP Team Yamaha YZR-M1 1’31.620
14 43  Jack Miller  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’31.903
15 72  Marco Bezzecchi  Pertamina Enduro VR46 MotoGP Team Ducati Desmosedici GP23 1’31.997
16 42  Álex Rins  Monster Energy Yamaha MotoGP Team Yamaha YZR-M1 1’32.108
17 88  Miguel Oliveira  Trackhouse Racing Aprilia RS-GP24 1’32.123
18 32 Lorenzo Savadori  Aprilia Racing Aprilia RS-GP24 1’32.243
19 5  Johann Zarco  Castrol Honda LCR Honda RC213V 1’32.260
20 36  Joan Mir  Repsol Honda Team Honda RC213V 1’32.497
21 10  Luca Marini  Repsol Honda Team Honda RC213V 1’32.627
22 37  Augusto Fernández  Red Bull GasGas Tech3 KTM RC16 1’32.669
23 30  Takaaki Nakagami  Idemitsu Honda LCR Honda RC213V 1’33.030

Depois das classificações da Moto 2 e Moto 3, Peppo Bagnaia pode terminar o sábado de maneira perfeita com uma vitória de ponta a ponta em Assen. O piloto da Ducati, bicampeão do mundo não deu chances nem para Jorge Martin muito menos para ninguém.

Na largada, Peppo Bagnaia larga muito bem e fica na frente de Jorge Martin que largou muito bem, mas não o bastante para superar Bagnaia. Alex Marquez superou Marevick Viñales ganhando a terceira posição. Marc Marquez e Brad Binder completavam as 6 primeiras posições.

Martin foi para o ataque em cima de Bagnaia logo nas primeiras curvas, mas sem sucesso, pois Peppo foi muito bem na defesa de posição e abriu 2 décimos ao final da primeira volta. Martin em 2º se afastou de Alex Marquez, Marevick Viñales e Marc Marquez.

Na Curva 3, Marc Marquez passa pela zebra e acaba indo para o chão. Era o fim de corrida para o Formiga atômica. Quem se beneficiou foi Brad Binder que ganhou a 5ªposição. No final da segunda volta, Marevick Viñales passou Alex Marquez e voltou a ser o terceiro colocado.

Viñales foi abrindo vantagem sobre Alex Marquez e buscou se aproximar de Peppo e de Martinator. Já o piloto da Gresini começava a sofrer pressão de Brad Binder enquanto que Aleix Espargaró e Enea Bastianini lutavam pela 6ªposição, isso já pela 5ªvolta.

Ao final da 5ªVolta, Luca Marini com problemas mecânicos acaba por deixar a prova. Outro que abandonou a prova foi Lorenzo Savadori que é piloto de testes da Aprilla e foi convidado para correr nessa corrida.

Enquanto isso lá na frente, Enea Bastianini fez uma bonita ultrapassagem na curva 5 sobre Aleix Espargaró passando a 6ªposição. Na volta seguinte, Bastianini foi pra cima de Brad Binder que estava sendo segurado por Alex Marquez que não tinha uma moto rendendo e que estava segurando pilotos mais rápidos.

Peppo Bagnaia estava tranquilo na frente, mas acabou sendo advertido por ter exceder o limite de pista. Jorge Martin e Marevick Viñales poderiam se animar para chegar no piloto da Ducati.
Na 9ªVolta, Enea Bastianini superou Brad Binder na curva 5 subindo para a quinta posição. Na No final dessa mesma volta, Bastianini passou Alex Marquez pulando para a 4ªposição, enquanto que Aleix Espargaró passou Brad Binder na mesma chicane, mas errou a curva 1 e foi superado por Binder e Fabio di Giannantonio caindo para a 8ªposição.

Vários pilotos foram advertidos por excederem o limite de pista. Dois desses pilotos foram punidos com a volta longa: Raúl Fernández na 10ªVolta e Alex Marquez foi punido a 2 voltas do final.

Com o pódio já consolidado com Peppo Bagnaia, Jorge Martin e Marevick Viñales. Enea Bastianini fugia na 4ªposição. Um pouco mais atrás, Alex Marquez estava sofrendo a pressão de Binder, Di Giannantonio e Aleix Espargaró. Na última volta, Fabio di Giannantonio em um movimento muito inteligente levou as posições de Brar Binder e de Alex Marquez de uma só vez. Por outro lado, Alex Marquez caiu para a 8ªposição e teria que pagar a volta longa.

Aleix Espargaró foi para cima de Fabio di Giannantonio para uma última chance de tomar a 5ªposição, mas a 2 curvas do final, Aleix foi para o chão e o piloto da Aprilia acabou sofrendo um duro acidente  que fez ele fraturar sua mão que o inviabilizaria sua participação na corrida do domingo.

Peppo Bagnaia venceu a Sprint Race em Assen completando o sábado perfeito do bicampeão do Mundo, O piloto da Ducati tirou 3 pontos dos 18 pontos de frente de Jorge Martin que não teve chance para lutar pela vitória contra Peppo que estava impossível nesse final de semana. O pódio foi completado por Marerick Viñales da Aprilla. Os três primeiros colocados no Grid de largada acabaram sendo os três primeiros colocados da corrida do sábado.

Enea Bastianini fez uma bela corrida de recuperação, com ultrapassagens muito bonitas em pelo menos 2 adversários acabou o dia na 4ªposição. Fabio di Giannantonio também teve recuperação notável na corrida chegando na 5ªposição, com uma das melhores manobras de ultrapassagem realizada na entrada da última volta.

Brad Binder chegou a  sonhar com a 4ªposição, mas foi superado por dois pilotos da Ducati e acabou ainda por ficar na 6ªposição por causa do acidente de Aleix Espargaró. Alex Marquez não pagou a volta longa e acabou punido em 3 segundos no tempo final de corrida. Isso custou a 7ªposição que ficou nas mãos de Fabio Quartararo da Yamaha que se aproveitou muito bem da melhor agilidade da sua moto e a característica da pista que não exige tanto da potencia da Moto. O resultado de Quartararo evidencia sinais de melhora da Yamaha.

Alex Marquez teve um ótimo começo de prova, mas não rendimento para manter posição na frente e acabou na 8ªposição depois da punição de 3 segundos no tempo final de prova. Franco Morbidelli completou a zona de pontuação e Pedro Acosta acabou fechando o Top 10 em um final de semana apagado para o estreante do ano.

Resultado Final da 8ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP da Holanda – Assen – MotoGP – Corrida Sprint – 13 voltas

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 1  Francesco Bagnaia  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP24 19’58.090
2 89  Jorge Martín  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP24 a 2.355
3 12  Maverick Viñales  Aprilia Racing Aprilia RS-GP24 a 4.103
4 23  Enea Bastianini  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP24 a 6.377
5 49  Fabio Di Giannantonio  Pertamina Enduro VR46 MotoGP Team Ducati Desmosedici GP23 a 8.869
6 33  Brad Binder  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 9.727
7 20  Fabio Quartararo  Monster Energy Yamaha MotoGP Team Yamaha YZR-M1 a 10.828
8 73  Álex Márquez  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP23 a 13.196
9 21  Franco Morbidelli  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP24 a 13.560
10 31  Pedro Acosta  Red Bull GasGas Tech3 KTM RC16 a 15.972
11 72  Marco Bezzecchi  Pertamina Enduro VR46 MotoGP Team Ducati Desmosedici GP23 a 16.036
12 88  Miguel Oliveira  Trackhouse Racing Aprilia RS-GP24 a 16.082
13 43  Jack Miller  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 18.739
14 36  Joan Mir  Repsol Honda Team Honda RC213V a 21.791
15 37  Augusto Fernández  Red Bull GasGas Tech3 KTM RC16 a 22.450
16 5  Johann Zarco  Castrol Honda LCR Honda RC213V a 23.690
17 25  Raúl Fernández  Trackhouse Racing Aprilia RS-GP23 a 24.430
18 30  Takaaki Nakagami  Idemitsu Honda LCR Honda RC213V a 29.568
19 42  Álex Rins  Monster Energy Yamaha MotoGP Team Yamaha YZR-M1 a 1’23.553
41  Aleix Espargaró  Aprilia Racing Aprilia RS-GP24 a 1 volta
32 Lorenzo Savadori  Aprilia Racing Aprilia RS-GP24 a 9 voltas
10  Luca Marini  Repsol Honda Team Honda RC213V a 9 voltas
93  Marc Márquez  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP23 a 12 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ducati/Pramac/Gresini/VR46/Aprilia/Trackhouse/Yamaha/LCR/Honda/KTM/Tech 3

Deixe um comentário