GP do Qatar – Mundial de Motovelocidade 2023 – Sessão de Classificação da MotoGP

Resultado do Treino de Classificação de Sexta-feira:

pos. Piloto Equipe Moto Modelo Tempo
1 25 Raúl Fernández  CryptoDATA RNF MotoGP Team Aprilia RS-GP 1’52.843
2 49 Fabio di Giannantonio  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP22 1’52.892
3 12 Maverick Viñales  Aprilia Racing Aprilia RS-GP 1’52.936
4 33 Brad Binder  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’52.955
5 41 Aleix Espargaró  Aprilia Racing Aprilia RS-GP 1’53.033
6 10 Luca Marini  Mooney VR46 Racing Team Ducati Desmosedici GP22 1’53.094
7 89 Jorge Martin  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP23 1’53.195
8 1 Francesco Bagnaia  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP23 1’53.202
9 37 Augusto Fernandez  GASGAS Factory Racing Tech3 KTM RC16 1’53.289
10 93 Marc Marquez  Repsol Honda Team Honda RC213V 1’53.323
11 43 Jack Miller  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’53.337
12 73 Alex Marquez  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP22 1’53.561
13 21 Franco Morbidelli  Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’53.564
14 44 Pol Espargaró  GASGAS Factory Racing Tech3 KTM RC16 1’53.696
15 72 Marco Bezzecchi  Mooney VR46 Racing Team Ducati Desmosedici GP22 1’53.704
16 5 Johann Zarco  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP23 1’53.778
17 36 Joan Mir  Repsol Honda Team Honda RC213V 1’53.921
18 23 Enea Bastianini  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP23 1’53.937
19 88 Miguel Oliveira  CryptoDATA RNF MotoGP Team Aprilia RS-GP 1’54.005
20 27 Iker Lecuona  LCR Honda CASTROL Honda RC213V 1’54.254
21 20 Fabio Quartararo  Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’54.260
22 30 Takaaki Nakagami  LCR Honda IDEMITSU Honda RC213V 1’54.441

Classificados para o Q2:

Piloto Equipe Moto Modelo
25 Raúl Fernández  CryptoDATA RNF MotoGP Team Aprilia RS-GP
49 Fabio di Giannantonio  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP22
12 Maverick Viñales  Aprilia Racing Aprilia RS-GP
33 Brad Binder  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16
41 Aleix Espargaró  Aprilia Racing Aprilia RS-GP
10 Luca Marini  Mooney VR46 Racing Team Ducati Desmosedici GP22
89 Jorge Martin  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP23
1 Francesco Bagnaia  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP23
37 Augusto Fernandez  GASGAS Factory Racing Tech3 KTM RC16
93 Marc Marquez  Repsol Honda Team Honda RC213V

Disputam a repescagem:

43 Jack Miller  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16
73 Alex Marquez  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP22
21 Franco Morbidelli  Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1
44 Pol Espargaró  GASGAS Factory Racing Tech3 KTM RC16
72 Marco Bezzecchi  Mooney VR46 Racing Team Ducati Desmosedici GP22
5 Johann Zarco  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP23
36 Joan Mir  Repsol Honda Team Honda RC213V
23 Enea Bastianini  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP23
88 Miguel Oliveira  CryptoDATA RNF MotoGP Team Aprilia RS-GP
27 Iker Lecuona  LCR Honda CASTROL Honda RC213V
20 Fabio Quartararo  Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1
30 Takaaki Nakagami  LCR Honda IDEMITSU Honda RC213V

Antes mesmo da sessão de classificação, tivemos uma cena insensata de Aleix Espargaró que não só reclamou de Franco Morbidelli como também foi às tapas com o piloto da Yamaha. Sim, Aos tapas com os dois na pista, com as motos em movimento. A Comissão não deixou isso passar impune e Aleix acabou punido em 6 posições no grid de largada, apesar da punição, os comentaristas, dirigentes, colegas de profissão e torcedores acharam que a punição foi branda demais e que deveria ter sido muito mais forte, muito mais pesada para o piloto da Aprilla.

Para a repescagem, Jack Miller que caiu no final da sessão de sexta-feira (o que fez ele perder seu lugar na classificação direta para o Q2) era um dos mais fortes candidatos a levar uma das 2 vagas para o Q2 junto de Johann Zarco da Pramac, Alex Marquez da Gresini e Enea Bastianini da Ducati (Vencedor da prova passada).

Alex Marquez foi o primeiro a marcar volta e fez uma boa volta de 1:53.410 sendo somente superado por Jack Miller com a KTM (1:53.324). 15 segundos depois, Morbidelli superou Miller com o tempo de 1:53.207. Mas a ponta da primeira tentativa de volta ficou com Johann Zarco com o tempo de 1:53.069.

Takaagi Nakagami foi para o chão durante a segunda tentativa de volta e acabou por atrapalhar a todos os outros pilotos que tiveram que voltar aos boxes. Com 6 minutos de Sessão, Zarco e Morbidelli vinham conquistando as vagas para o Q2, seguidos de Miller, Bastianini, Alex Marquez e Marco Bezzecchi já sem chances de lutar pelo título.

A decisão das vagas para o Q2 só começou a ser decidida a 6 minutos do final, com a entrada da maioria dos pilotos para as últimas tentativas de volta.

A 3 minutos do final, Alex Marquez passou para a liderança com o tempo de 1:52.437 seguido de Fabio Quartararo que pulou para a segunda posição com 1:52.524. Johann Zarco acabou caindo para a quarta posição, sendo superado também por Jack Miller.

A 1:45 do final, Franco Morbidelli não consegue se recuperar e cai para a 6ªposição. A menos de 1 minuto do final, Marco Bezzecchi melhora seu tempo, mas só conseguiu avançar até para o terceiro tempo.

Segundos depois, Johann Zarco voltou a liderança da sessão com 1:52.382. No final da sessão, Bastianini sobe da 9ª para a 5ªposição. Já Fabio Quartararo não conseguiu melhorar o seu tempo e acabou ficando com a 4ªposição.

Johann Zarco confirmou seu favoritismo e classificou para o Q2, Alex Marquez que fez um estupendo final de semana na Malásia foi o outro piloto classificado para o Q2. O restante da turma já sabiam suas posições no Grid de largada.

Resultado do Q1:

pos. Piloto Equipe Moto Modelo Tempo
1 5 Johann Zarco  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP23 1’52.382
2 73 Alex Marquez  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP22 1’52.437
3 72 Marco Bezzecchi  Mooney VR46 Racing Team Ducati Desmosedici GP22 1’52.504
4 20 Fabio Quartararo  Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’52.524
5 23 Enea Bastianini  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP23 1’52.828
6 43 Jack Miller  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’52.889
7 88 Miguel Oliveira  CryptoDATA RNF MotoGP Team Aprilia RS-GP 1’53.099
8 21 Franco Morbidelli  Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’53.143
9 44 Pol Espargaró  GASGAS Factory Racing Tech3 KTM RC16 1’53.362
10 36 Joan Mir  Repsol Honda Team Honda RC213V 1’53.570
11 27 Iker Lecuona  LCR Honda CASTROL Honda RC213V 1’53.838
12 30 Takaaki Nakagami  LCR Honda IDEMITSU Honda RC213V 1’54.360

Peppo Bagnaia e Jorge Martin lutam pelo campeonato, mas também precisam lutar pela pole position ou para lutarem pra largarem o mais na frente possível.

Marevick Viñales da Aprilla e Luca Marini da VR46 foram os dois primeiros pilotos a entrarem na pista. Assim que Jorge Martin saiu para a pista, Peppo Bagnaia foi atrás para marcar seu rival e logo atrás vinha Marc Marquez para se aproveitar do vácuo da melhor moto do Grid.

Marini e Viñales marcaram os primeiros tempos, mas foram superados por Fabio Di Giannantonio da Gresini (1:52.188), desesperado para mostrar serviço e arrumar um lugar na categoria principal.  Os outros pilotos não fizeram tempos melhores que os tempos de Di Giannantonio, Marini e Viñales. Peppo Bagnaia marcou o 4ºtempo e Jorge Martin não foi além da 10ªposição.

Após 1 terço de Q2, os três primeiros colocados foram para os boxes. Jorge Martin decidiu ficar na pista e fazer uma volta melhor de 1:52.536 que o colocou na 3ªposição. O piloto da Pramac fica 2 posições a frente de Peppo Bagnaia.

Na metade da sessão, Fabio di Giannantonio, Luca Marini e Jorge Martin formavam a primeira fila. Peppo Bagnaia estava no meio da segunda fila, a frente de Marc Marquez e atrás de Marevick Viñales.

Peppo Bagnaia volta a 6 minutos do final junto de Marc Marquez. Já Jorge Martin saiu a 4:!5 do final da sessão para as suas últimas tentativas de volta rápida.

A 2:50 do final, Fabio di Giannantonio marca 1:51.829 e pula para a liderança, o piloto da Gresini estava conquistando a pole position. 30 segundos depois, Peppo Bagnaia (1:52.036) e Marc Marquez (1:52.103) pularam para a 2ª e 3ªposições.

Alex Marquez pulou para a segunda posição com 1:51.898, a Gresini tinha as duas primeiras posições. Jorge Martin e Johann Zarco pulam para a 4ª e 5ªposições.

Quando parecia tudo definido, o italiano Luca Marini aponta uma grande volta de 1:51.762 com sua Ducati de 2022 da VR46 e leva a pole position para a corrida curta do sábado e para a corrida do domingo. Sua primeira na temporada na sua possível penúltima corrida pela equipe de Valentino Rossi já que Marini estava sendo cortejado para ser o substituto da Marc Marquez na Honda, para uma moto de fábrica para a temporada do ano que vem, mesmo sendo a problemática moto da Honda.

Se não fosse a volta voadora de Luca Marini, Fabio di Giannantonio e Alex Marquez da Gresini teriam levado a Gresini a comandarem o Grid de largada, mesmo perdendo a pole position, Di Giannantonio larga em 2º e Alex Marquez em 3ªfecha a primeira fila.

Em respeito da disputa do título, Peppo Bagnaia e Jorge Martin vão largar na 4ª e 5ªposição e como Johann Zarco para ajudar Martin na 6ªposição. Vantagem pequena para Peppo no grid de largada, mas que facilmente poderia ser revertida a favor de Martin.

Marc Marquez da Honda abre a terceira fila, praticamente um milagre levar essa moto para o Q2 de forma direta e para uma 7ªposição. O Formiga Atômica estava contando os dias e as horas para finalmente andar de Ducati. Marevick Viñales da Aprilla e Raúl Fernández da RNF completavam a 3ªFila.

Aleix Espargaró larga na 10ªposição na corrida curta, mas na corrida longa o piloto da Aprilla largaria apenas na 16ªposição, em função da punição de 6 posições que o piloto sofreu. Brad Binder da KTM herda a 10ªposição e comanda a 4ªfila junto de Augusto Fernandez da Gas Gas e de Marco Bezzecchi que foi eliminado no Q1 na 12ªposição.

Grid de Largada:

pos. Piloto Equipe Moto Modelo Tempo
1 10 Luca Marini  Mooney VR46 Racing Team Ducati Desmosedici GP22 1’51.762
2 49 Fabio di Giannantonio  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP22 1’51.829
3 73 Alex Marquez  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP22 1’51.898
4 1 Francesco Bagnaia  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP23 1’52.036
5 89 Jorge Martin  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP23 1’52.058
6 5 Johann Zarco  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP23 1’52.101
7 93 Marc Marquez  Repsol Honda Team Honda RC213V 1’52.103
8 12 Maverick Viñales  Aprilia Racing Aprilia RS-GP 1’52.175
9 25 Raúl Fernández  CryptoDATA RNF MotoGP Team Aprilia RS-GP 1’52.348
10 41 Aleix Espargaró  Aprilia Racing Aprilia RS-GP 1’52.466
11 33 Brad Binder  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’52.729
12 37 Augusto Fernandez  GASGAS Factory Racing Tech3 KTM RC16 1’52.784
13 72 Marco Bezzecchi  Mooney VR46 Racing Team Ducati Desmosedici GP22 1’52.504
14 20 Fabio Quartararo  Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’52.524
15 23 Enea Bastianini  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP23 1’52.828
16 43 Jack Miller  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’52.889
17 88 Miguel Oliveira  CryptoDATA RNF MotoGP Team Aprilia RS-GP 1’53.099
18 21 Franco Morbidelli  Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’53.143
19 44 Pol Espargaró  GASGAS Factory Racing Tech3 KTM RC16 1’53.362
20 36 Joan Mir  Repsol Honda Team Honda RC213V 1’53.570
21 27 Iker Lecuona  LCR Honda CASTROL Honda RC213V 1’53.838
22 30 Takaaki Nakagami  LCR Honda IDEMITSU Honda RC213V 1’54.360

Já de noite em Losail tivemos a penúltima Corrida Sprint do ano, eram 12 pontos de vitória em disputa e dependendo do resultado, o campeonato poderia um se encaminha para Peppo Bagnaia ou Jorge Martin chegaria de vez no defensor do título.

Luca Marini manteve a liderança após a largada, seguido de Alex Marquez que ganhou posição de Fabio di Giannantonio. Nos primeiros momentos da corrida Peppo e Martin se tocaram e ambos perderam posições. Na metade da primeira volta, Miguel Oliveira derrubou Aleix Espargaró e Enea Bastianini. Os três acabaram ficando sem chances de obter um resultado significativo. Para Miguel Oliveira seria o fim da linha nesse campeonato, o piloto Português sofreu uma lesão que o tira de cena do restante do Mundial.

Luca Marini e Alex Marquez abriram vantagem na frente com Peppo Bagnaia em terceiro lugar. Já Jorge Martin e Fabio di Giannantonio ultrapassam a Marc Marquez e pulam para a 4ª e 5ªposições respectivamente enquanto que o Formiga Atômica ficou mais para Brad Binder, Marevick Viñales, Johann Zarco e Raúl Fernández.

Martin partiu para cima de Peppo Bagnaia e acabou jogando duro para realizar a ultrapassagem sobre o piloto da Ducati assumindo a terceira posição. Curvas depois, Fabio di Giannantonio supera Peppo Bagnaia e assume a 4ªposição.

Já na terceira volta, Martimator vai a caça de Alex Marquez e de Luca Marini, para Martin só a vitória interessava. Na parte final da terceira volta, Marc Marquez caiu para a 9ªposição sendo superado por Brad Binder, Marevick Viñales e Johann Zarco.

Na 4ªVolta, Fabio di Giannantonio chegou no primeiro pelotão que tinha Luca Marini, Alex Marquez e Jorge Martin lutando pela ponta. Na volta seguinte, Alex Marquez passou Luca Marini, mas toma o troco do piloto da VR46 após espalhar na curva seguinte. Curvas depois, Jorge Martin ultrapassou Alex Marquez e passou a ser o segundo colocado. Não satisfeito, la foi Martinator pra cima de Luca Marini no final da 5ªvolta e acabou não demorando muito para superar o piloto da VR46, na reta dos boxes para levar a primeira posição.

Jorge Martin abriu vantagem para Luca Marini que passou a ser pressionado por Fabio di Giannantonio que já tinha superado a Alex Marquez que estava perdendo rendimento, começando a ficar na alça de mira de Peppo Bagnaia.

Ao terminar a 6ªVolta, Fabio di Giannantonio já estava na frente de Luca Marini em ótima corrida do piloto da Gresini que já vinha na 2ªposição e estava disposto a lutar pela vitória com Jorge Martin. Já Peppo Bagnaia que tentava se aproximar de Alex Marquez teria de se cuidar com o possível ataque de Marevick Viñales da Aprilla para não perder a 5ªposição. Brad Binder, Johann Zarco e Marc Marquez completavam a zona de pontuação.

Apesar de todo o esforço de Marc Marquez, o piloto da Honda não consegue suportar a pressão de Fabio Quartararo e acabou espalhando na curva 1 e acabou perdendo posição não só para Quartararo como também para Zarco e Bezzecchi caindo para a 12ªposição.

Fabio di Giannantonio buscava aproximação sobre Jorge Martin, mas na volta final o piloto da Pramac abriu vantagem sobre o piloto da Gresini. Foi o suficiente para Jorge Martin conquistar sua 8ªvitória em corridas Sprint nessa temporada. Além de baixar a vantagem de Peppo Bagnaia de 14 para 7 pontos ao final do dia, o resultado garantia a decisão do título em Valencia, mesmo se Bagnaia conquistasse a vitória no domingo e Jorge Martin não pontuasse a vantagem seria de 32 pontos com 37 pontos em disputa. Foi uma ótima corrida de Martinator que largou da 5ªposição, foi agressivo e preciso durante toda a prova.

Fabio di Giannantonio da Gresini obteve uma ótima segunda posição, tirando a largada que não foi muito boa, Giannantonio pilotou muito bem além de ter uma moto bastante competitiva para alcançar durante a prova curta. Completando o pódio, o pole position Luca Marini que liderou a prova na sua primeira metade. Porém, não teve moto para permanecer na liderança, mas conseguiu segurar seu lutar no pódio. Alex Marquez foi outro que perdeu terreno na segunda metade da prova e acabou ficando com a 4ªposição, ainda sim foi uma boa prova de Alex Marquez.

Peppo Bagnaia teve um desempenho bem discreto, não se sobressaiu na corrida e acabou na 5ªposição. O campeão da temporada passada perdeu metade da sua vantagem em uma corrida Sprint e teria 24 horas em que ele e sua equipe precisavam manter a calma, caso contraio poderia até mesmo perder o título. Marevick Viñales salvou a 6ªposição para a Aprilla em uma boa corrida do piloto espanhol.

Brad Binder da KTM completou a corrida Sprint do sábado na 7ªposição. Fabio Quartararo com a Yamaha que mostrava melhoras no final do campeonato e Augusto Fernandez da Gas Gas completaram a zona de pontuação. Johann Zarco com a Ducati da equipe Pramac, (já provavelmente ansioso para andar com a Honda no teste de Valencia) e Marc Marquez da Honda acabaram ficando na 10ª e 11ªposições, ficando de fora da zona de pontuação. Apesar da 13ªposição, Marco Bezzecchi garantiu o terceiro lugar no campeonato de pilotos.

Resultado final da 19ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP do Qatar – Losail – MotoGP – Corrida Sprint – 10 Voltas

pos. Piloto Equipe Moto Modelo Tempo
1 89 Jorge Martin  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP23 20’52.634
2 49 Fabio di Giannantonio  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP22 a 0.391
3 10 Luca Marini  Mooney VR46 Racing Team Ducati Desmosedici GP22 a 2.875
4 73 Alex Marquez  Gresini Racing MotoGP Ducati Desmosedici GP22 a 3.370
5 1 Francesco Bagnaia  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP23 a 3.957
6 12 Maverick Viñales  Aprilia Racing Aprilia RS-GP a 4.239
7 33 Brad Binder  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 5.761
8 20 Fabio Quartararo  Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 a 6.454
9 37 Augusto Fernandez  GASGAS Factory Racing Tech3 KTM RC16 a 8.285
10 5 Johann Zarco  Prima Pramac Racing Ducati Desmosedici GP23 a 8.314
11 93 Marc Marquez  Repsol Honda Team Honda RC213V a 9.596
12 43 Jack Miller  Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 10.173
13 72 Marco Bezzecchi  Mooney VR46 Racing Team Ducati Desmosedici GP22 a 10.646
14 25 Raúl Fernández  CryptoDATA RNF MotoGP Team Aprilia RS-GP a 11.117
15 21 Franco Morbidelli  Monster Energy Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 a 12.163
16 44 Pol Espargaró  GASGAS Factory Racing Tech3 KTM RC16 a 12.745
17 27 Iker Lecuona  LCR Honda CASTROL Honda RC213V a 19.285
18 30 Takaaki Nakagami  LCR Honda IDEMITSU Honda RC213V a 26.238
19 36 Joan Mir  Repsol Honda Team Honda RC213V a 28.446
20 23 Enea Bastianini  Ducati Lenovo Team Ducati Desmosedici GP23 a 35.553
41 Aleix Espargaró  Aprilia Racing Aprilia RS-GP a 10 voltas
88 Miguel Oliveira  CryptoDATA RNF MotoGP Team Aprilia RS-GP a 10 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Pramac/Ducati/Gresini/VR46/Aprilla/KTM/Yamaha/Gas Gas/Honda/LCR/RNF

Deixe um comentário