Audácia de Miller dá a ele 1ª pole da carreira sob o piso molhado em Termas de Rio Hondo

A Classificação da MotoGP seguiu a risca o roteiro da Moto 2 e Moto 3. Com uma pista molhada, Todas as previsões de quem seria o pole acabaram indo para o saco com esse cenário.

Jack Miller apostou em pneus de pisca seca, que eles iriam ser mais eficientes no final do treino. Parecia que não iria dar certo e que Dani Pedrosa iria levar a pole position. Até que Jack Miller em uma volta sensacional marcou a 1ªpole position da sua Carreira. Na última volta, Quando ninguém mais esperava que o tempo de 1:47.330 de Pedrosa fosse superado, lá foi Miller marcar 1:47.153 e acabou fazendo a ousada e até louca tática desse certo. Foi a primeira pole do piloto Australiano que tem uma vitória conquistada sob chuva no GP da Holanda de 2016.

Dani Pedrosa com sua Honda e Johann Zarco com a Moto Yamaha com chassi de 2016 completam a primeira fila. Tito Rabat fez sua melhor classificação na categoria principal, conquistando a 4ºposição com sua moto da Avintia Ducati de 2017, fazendo mais do que ele fez em 2 anos na Marc VDS Honda. Alex Rins leva a primeira Suzuki ao 5ºlugar no grid.

Marc Marquez tentou a mesma tática de Miller, mas acabou acabou abortando a tática no final. Talvez ele tenha se arrependido depois da conquista de Miller. O Formiga atômica vai largar apenas na 6ªposição.

Vindos do Q1, Aleix Espargaró que eliminou Lorenzo da fase final e Andrea Dovizioso, Líder do campeonato largam em 7º e 8ºlugares respectivamente. A Crise da equipe Oficial da Yamaha continua: Viñales fecha a 3ªFila e Valentino Rossi larga apenas em 11ºlugar. Seria a hora da fabrica japonesa de Azul rever o seu projeto de moto??? Caso contraio, vai amargar mais um vexame como foi em 2017.

Pior foi para Jorge Lorenzo, O piloto que tem um gigante salário, teve um vexame tão gigante quanto ele ganha para correr na Ducati. Largando em 14ºlugar e sem estar totalmente adaptado, a previsão é de mais uma corrida bem difícil para o tricampeão do Mundo.

Grid de Largada do GP da Argentina – Termas de Rio Hondo
Mundial de motovelocidade – MotoGP

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 43 Jack Miller Alma Pramac Racing Ducati 1’47.153
2 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda 1’47.330
3 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’47.365
4 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati 1’47.681
5 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’47.743
6 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 1’47.754
7 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’47.845
8 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 1’48.247
9 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1’49.044
10 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda 1’49.304
11 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1’49.326
12 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’49.975
13 17 Karel Abraham Angel Nieto Team Ducati 1’49.878
14 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati 1’50.063
15 45 Scott Redding Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’50.175
16 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’50.324
17 10 Xavier Simeon Reale Avintia Racing Ducati 1’50.364
18 9 Danilo Petrucci Alma Pramac Racing Ducati 1’50.449
19 19 Alvaro Bautista Angel Nieto Team Ducati 1’50.606
20 12 Thomas Luthi EG 0,0 Marc VDS Honda 1’50.833
21 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’51.007
22 21 Franco Morbidelli EG 0,0 Marc VDS Honda 1’51.012
23 55 Hafizh Syahrin Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’51.142
24 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda 1’51.387

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta