X-Fighters – Etapa 4 em Munique

Foi na Alemanha ainda sob a eufolia da vitória na copa do mundo aconteceu a penúltima etapa do X-Fighters realizado pela Red Bull que reuniu os muitos dos melhores pilotos do mundo no dia 19 de Julho, Um Desafio em Munique numa pista montada sob um lago, Algo que poucos imaginavam, Mas nada como a loucura que leva os homens que fazem o X-Fighters

Vamos para os Confrontos das Quartas de Final.

O Primeiro confronto foi entre Dany Torres e Taka Higashino, Apesar de uma apresentação correta Torres foi meio burocrático, Já a apresentação do Japonês foi bem mais vibrante e acabou passando para a Semifinal. No segundo confronto envolveu dois pilotos Australianos Rob Adelberg e Josh Sheehan, Nessa disputa Rob Adelberg não teve a menor change para Sheehan e seu Double Back Flip que foi realizado com perfeição e junto com sua melhor rotina ele acabou Classificado para as semi-finals.

No terceiro Confronto foi o mais equilibrado, O Australiano Clinton Moore e o Neozelandês líder do campeonato o jovem Levi Sherwood, A disputa foi equilibrada, Moore fez uma belíssima apresentação, Já Levi Sherwood fez uma apresentação Clássica, mas que segundos os juízes acabou sendo a melhor por muito pouco, Já que foi uma briga que terminou 3 a 2 para o piloto da Nova Zelândia. Já no último confronto da 1ªeliminatória entre o Alemão Luc Ackermann que acabou vencendo a fase Pré-classificatória contra o Francês Thomas Pagés que ganhou a etapa de Madrid com a maravilhosa manobra do Bike Flip que revolucionou o mundo do Moto Estilo Livre. Tudo indicava a classificação de Pagés até por que a apresentação do Luc Ackermann foi uma apresentação correta do sentido positivo para um estreante nessa fase, Dai chega o Pagés e nos primeiros segundos tenta a ousada manobra o Bike Flip de novo. Só que Pagés erra o tempo da manobra e cai, perdendo todo o ritmo da Volta ou melhor nem consegue mais fazer manobra com sua moto Danificada, Resultado disso o estreante foi para a Semifinal.

Na Semifinal um confronto valendo o campeonato entre Josh Sheehan e Levi Sherwood por uma vaga na final, Líder contra o vice-líder da competição. Os dois estilos de pilotagem bateram um com o outro nessa disputa, Sherwood fez uma apresentação com o melhor das apresentações de Manobras Clássicas, Não mostrou nada de novo mas fez bonito, Só que Josh Sheehan apresenta o diferencial de todos e suas manobras são precisas e para desequilibrar a situação ele apostou no Double Back Flip e isso fez com que o Australiano derrotasse Sherwood e fosse para a decisão do título da Etapa de Munique. Na Outra Semi-final entre Higasghino e Ackermann o piloto Japonês fez a lição de casa e confirmando seu favoritismo passou para a Final, Mas Ackermann não ficou triste com o resultado até por que já era lucro ele ter chegado a semifinal passando por cima de Thomas Pagés.

Na final Taka Higashino e Josh Sheehan, A Final foi muito boa entre os dois e mais uma vez Sheehan se diferenciou com o Double Back Flip e se sagrou campeão do X-Fighters da etapa de Munique no lago olímpico e logo depois a vitória o Australiano tratou de pular para um banho no lago, Um banho de vitória que fortalece para a etapa final do X-Fighters em Pretoria no dia 23 de Agosto. Seu grande rival na disputa pelo título Levi Sherwood acabou o evento em Terceiro lugar, Destaque para o Trofeu que leva água dentro dele. Uma lembrança da primeira etapa do X-Fighters com uma pista sobre a Água.

Resultado final da Etapa de Munique do X-Fighters

1. Josh Sheeham (Austrália)
2. Taka Higashino (Japão)
3. Levi Sherwood (Nova Zelândia)
4. Luc Ackermann (Alemanha)
5. Thomas Pagés (França)
6. Dany Torres (Espanha)
7. Rob Adelberg (Austrália)
8. Clinton Moore (Austrália)
9. Adam Jones (Estados Unidos)
10.Reni Bizouard (França)
11.Brody Wilson (Estados Unidos)

Classificação do X-Fighters

1 Levi Sherwood (Nova Zelândia) 265 Pontos
2 Josh Sheehan (Austrália) 260 Pontos
3 Tom Pages (França) 190 Pontos
4 Dany Torres (Espanha) 185 Pontos
5 Taka Higashino (Japão) 150 Pontos
6 Rob Adelberg (Austrália) 120 Pontos
7 Remi Bizouard (França) 110 Pontos
8 Adam Jones (Estados Unidos) 75 Pontos
9 Mat Rebeaud (Suiça) 70 Pontos
10 Maikel Melero (Espanha) 60 Pontos
11 Luc Ackermann (Alemanha) 55 Pontos
12 Clinton Moore (Austrália) 55 Pontos
13 Libor Podmol (Polônia) 50 Pontos
14 Wes Agee (Estados Unidos) 35 Pontos
15 David Rinaldo (França) 35 Pontos
16 Javier Villegas (Chile) 30 Pontos
17 Brody Wilson (Estados Unidos)  10 Pontos
18 Kota Kugimura (Japão) 10 Pontos
19 Erick Ruiz (México) 10 Pontos
20 Daice Suzuki (Japão) 5 Pontos

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: X-Fighters

Sem categoria

Deixe uma resposta