Classificação do GP dos Estados Unidos – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 2

Raúl Fernández conquistou mais uma pole na temporada de 2021. Em Austin, o espanhol fez uma estupenda volta final, colocando 3 décimos de frente para Remy Gardner, o australiano vai largar na segunda posição.

Na repescagem, desde do começo da sessão, Celestino Vietti se colocou entre os 4 primeiros colocados. O piloto da VR46 que fez o primeiro tempo, acabou superado por Marcos Ramirez da American Racing, que fez uma excelente volta de 2:09.652 a 8:20 do final da sessão. O tailandês Somkiat Chantra também superou Vietti e assumiu a segunda posição.

Vietti e Schrotter completavam os 4 primeiros colocados. Porém, Tony Arbolino que vinha em 5º se esforçou e acabou conseguindo marcar uma boa marca e subiu para a 4ªposição.

Nos minutos finais, Celestino Vietti melhorou seu tempo e superou Chantra, passando a ser o 2ºcolocado. As posições no final mudaram muito pouco, os classificados para o Q2 foram: Ramirez da American Racing, Vietti da VR46, Chantra da Honda Asia Team e Arbolino da Dynavolt. Tetsuta Nagashima que substitui Lorenzo Dalla Porta acabou fazendo um trabalho digno e acabou ficando com a 7ªposição no Q1.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
142Marcos RamirezAmerican RacingKalex2’09.652
213Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex2’09.956
335Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex2’09.970
414Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex2’10.010
523Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalex2’10.111
640Hector GarzoFlexbox HP40Kalex2’10.217
745Tetsuta NagashimaItaltrans Racing TeamKalex2’10.347
862Stefano ManziFlexbox HP40Kalex2’10.456
964Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex2’10.497
1070Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS2’10.503
1154Fermín AldeguerMB Conveyors Speed UpBoscoscuro2’10.567
1216Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalex2’10.672
1355Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS2’10.846
1412Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalex2’11.209
157Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta2’11.605

Após a repescagem, tivemos o duelo entre os dois pilotos da equipe Ajo, os rivais na disputa di título. Porém, Fabio di Giannantonio começou muito bem e foi para a liderança, colocando boa vantagem para Raúl Fernández a 10 minutos do final.

30 segundos depois, Vietti supera Fernandez e assumia a segunda posição. Remy Gardner tinha começado bem, mas acabou perdendo nas parciais finais e acabou fazendo um tempo ruim, indo para o 8ºlugar. Raúl Fernández tenta melhorar e acabou conseguindo o segundo tempo, a 24 milésimos de Fabio di Giannantonio.

A 6:30 do final, Gardner faz 2:09.197 e passa a liderança, com 63 milésimos a frente de Di Giannantonio que melhorou sua marca. Bezzecchi chegou a passar na frente de Fernández, mas teve sua volta cancelada e Raúl pode voltar a primeira fila. Já Sam Lowes vinha lá atrás, mas o que já estava ruim… Piorou, o britânico acabou indo ao chão e saiu da disputa.

Na parte final da classificação, Raúl Fernández voou baixo, marcando uma estupenda volta de 2:08.797, colocando 3 décimos a frente sobre Remy Gardner. É a 6ªpole position de Raúl Fernández nessa temporada, muito importante na batalha do espanhol de ainda buscar o título. Remy Gardner acabou vendo a pole ir embora, mas esta largando na segunda posição, podendo ser um piloto mais tático, já que o australiano vem 34 pontos à frente de Fernández. A primeira fila vai ser completada pelo italiano Fabio di Giannantonio da Gresini.

Marco Bezzecchi que mantem chances remotas de campeonato larga na 4ªposição, abrindo a segunda fila que terá o norte-americano Cameron Beaubier da American Racing, em uma bela classificação do piloto da casa, diga-se de passagem. E completando essa fila, o espanhol Augusto Fernandez da Marc VDS.

Tony Arbolino fez uma classificação muito boa, com uma belíssima 7ªposição. Ai Ogura da Honda Asia Team e Albert Arenas da Aspar Martinez vão completar a 3ªfila. Celestino Vietti e Marcos Ramirez tiveram desempenhos legais e junto de Xavi Vierge vão compor a 4ªfila para a prova de 18 voltas no Circuito das Americas… ou melhor, no esburacado e rachado Circuito das Americas.

Grid de Largada:

pospilotoequipemototempo
125Raul FernandezRed Bull KTM AjoKalex2’08.979
287Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalex2’09.299
321Fabio di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalex2’09.457
472Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex2’09.557
56Cameron BeaubierAmerican RacingKalex2’09.584
637Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalex2’09.638
714Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex2’09.745
879Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex2’09.803
975Albert ArenasInde Aspar TeamBoscoscuro2’09.825
1013Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex2’09.829
1142Marcos RamirezAmerican RacingKalex2’09.886
1297Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex2’09.942
1396Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex2’10.047
1444Aron CanetInde Aspar TeamBoscoscuro2’10.272
1535Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex2’10.502
1622Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalex2’15.903
179Jorge NavarroMB Conveyors Speed UpBoscoscuro2’16.506
1824Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta2’21.579
1923Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalex2’10.111
2040Hector GarzoFlexbox HP40Kalex2’10.217
2145Tetsuta NagashimaItaltrans Racing TeamKalex2’10.347
2262Stefano ManziFlexbox HP40Kalex2’10.456
2364Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex2’10.497
2470Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS2’10.503
2554Fermín AldeguerMB Conveyors Speed UpBoscoscuro2’10.567
2616Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalex2’10.672
2755Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS2’10.846
2812Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalex2’11.209
297Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta2’11.605

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Classificação do GP dos Estados Unidos – Mundial da Motovelocidade 2021 – MotoGP

No Q1, tivemos Joan Mir, com uma moto reserva após quebrar o motor no treino livre. Mesmo assim, o piloto da Suzuki era um dos candidatos à vaga no Q2. Na primeira volta, Mir já se colocou na frente de Franco Morbidelli e de Alex Marquez. Lá em baixo, Aleix Espargaró caiu e teve de levar sua moto aos boxes para reparos.

Mir tratou de melhorar um pouco mais sua volta, para 2:03.938. Com 2 décimos de frente para Morbidelli. Os estavam se classificando para o Q2.

A 4 minutos do final, praticamente todo mundo estava de volta à pista. Mir foi determinado a confirmar seu lugar no Q2. Foi isso que ele fez ao marca 2:03.540. Porém, não se esperava o temporal que o italiano Luca Marini fez a 15 segundos do final o tempo de 2:03.410, isso com uma moto Ducati de 2019.

Franco Morbidelli acabou ficando com o 3ºlugar, seguido de Andrea Dovizioso (Também com moto de 2019), que tinha chances de superar o tempo de Marini e Mir e classificar para o Q2, mas pegou trafego na segunda metade de volta, só conseguindo melhorar até o 4ºlugar. Alex Marquez e Enea Bastianini completaram os 6 primeiros.

Resultado do Q1:

pospilotoequipemototempo
110Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati2’03.410
236Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki2’03.540
321Franco MorbidelliMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha2’03.872
44Andrea DoviziosoPetronas Yamaha SRTYamaha2’04.044
573Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda2’04.100
623Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati2’04.118
727Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM2’04.324
888Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM2’04.392
941Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia2’04.419
1046Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha2’04.699
119Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM2’04.829

Com o tempo nublado, foi disputado o Q2 da categoria rainha. Marc Marquez em busca da 8ªpole da carreira, faz uma bela volta na primeira tentativa, mas é superado por Jorge Martin da Pramac com 2:03.278. Zarco, Bagnaia e Miller completava os 5 primeiros. O Formiga Atômica era o intruso no domínio das Ducati.

A 8 minutos do final, Marc Marquez assumiu a liderança com 2:03.029, superando Jorge Martin. Takaagi Nakagami mostrou força ao fazer o terceiro tempo. Zarco que vinha fazendo uma bela marca no começo acabou perdendo desempenho e só conseguiu marcar o 4ºtempo. Fabio Quartararo em 5º, a diferença dos 5 primeiros colocados era pequena a menos de 6 minutos do final.

A menos de 5 minutos do final, a maioria dos pilotos sai para a pista. Jorge Martin e Joan Mir foram os últimos a irem para a última tentativa.

Francesco Bagnaia foi com tudo na sua tentativa derradeira, o vice-líder do campeonato faz o melhor tempo do dia (2:02.781), passando a liderança a 30 segundos do final. Fabio Quartararo passou para 2º, mas com quase 4 décimos de frente. O piloto francês fez uma última tentativa, mas não conseguiu se quer melhorar sua marca.

Pela 3ªvez seguida, Francesco Bagnaia conquistou a pole e larga na frente no Circuito das Américas, que por sinal, muito mal tratado e com um asfalto bem ruim, bem ruim mesmo. O piloto da Ducati ainda lutando para disputar o título.

Por outro lado, Fabio Quartararo continuava a levar a Yamaha nas costas, com uma ótima segunda posição, continuando a marcar seu maior adversário na disputa pelo título. Marc Marquez que tem excelente retrospecto na pista vai completar a primeira fila ao ficar com a 3ªposição.

Jorge Martin impressiona mais uma vez, com a 4ªposição e abrindo a 2ªfila. Junto do piloto da Pramac, Takaagi Nakagami em excelente classificação e Johann Zarco vão completar a 2ªfila. Alex Rins e Joan Mir levaram a Suzuki a 7ª e 8ªposições. Em sua única chance de volta, Luca Marini supera 3 pilotos e larga em 9º.

Jack Miller desapontou totalmente, acabou ficando na 10ªposição, muito longe do companheiro de equipe que vai largar na pole. Brad Binder da KTM e Pol Espargaró da Honda. A MotoGP terá a sua largada a partir das 16 horas.

Grid de Largada:

pospilotoequipemototempo
163Francesco BagnaiaDucati Lenovo TeamDucati2’02.781
220Fabio QuartararoMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha2’03.129
393Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda2’03.209
489Jorge MartinPramac RacingDucati2’03.278
530Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda2’03.292
65Johann ZarcoPramac RacingDucati2’03.379
742Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki2’03.453
836Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki2’03.528
910Luca MariniSKY VR46 AvintiaDucati2’03.546
1043Jack MillerDucati Lenovo TeamDucati2’03.720
1133Brad BinderRed Bull KTM Factory RacingKTM2’03.781
1244Pol EspargaróRepsol Honda TeamHonda2’03.875
1321Franco MorbidelliMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha2’03.872
144Andrea DoviziosoPetronas Yamaha SRTYamaha2’04.044
1573Alex MarquezLCR Honda CASTROLHonda2’04.100
1623Enea BastianiniAvintia EsponsoramaDucati2’04.118
1727Iker LecuonaTech 3 KTM Factory RacingKTM2’04.324
1888Miguel OliveiraRed Bull KTM Factory RacingKTM2’04.392
1941Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia2’04.419
2046Valentino RossiPetronas Yamaha SRTYamaha2’04.699
219Danilo PetrucciTech 3 KTM Factory RacingKTM2’04.829

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Classificação – GP dos Estados Unidos – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 3

Jaume Masia acabou conquistando a pole position, na sua última tentativa, ajudado pelo vácuo que Pedro Acosta ofereceu a ele. O espanhol da equipe Ajo marcou 2:15.986, superando o vice-líder do campeonato e agora o grande rival de Acosta na disputa pelo título.

Dennis Foggia e Jeremy Alcoba disputaram a liderança a maior parte da sessão, os dois completam a primeira fila. Na segunda fila é aberta por Izar Guevara, que passou a ser o único representante da Gas Gas, já que Sergio Garcia foi considerado inapto para correr em Austin amanhã. Xavier Artigas da Leopard Racing em 5º e Tatsuki Suzuki que flertou com a tentativa de tomar a pole position de Masia complementam a segunda fila.

Filip Salac da PrustelGP fez um bom trabalho e vai largar na 7ªposição. Completam os 10 primeiros colocados: Andrea Migno, Deniz Oncü e John McPhee.

Pedro Acosta não teve uma boa classificação, acabou ficando apenas na 15ªposição, só a frente de Lorenzo Fellon, Darryn Binder e Alberto Surra. A 15ªEtapa do Mundial de Motovelocidade, na Moto 3 começa as 12:45, horário de Brasília.

Grid de Largada:

pospilotoequipemototempo
15Jaume MasiaRed Bull KTM AjoKTM2’15.986
27Dennis FoggiaLeopard RacingHonda2’16.179
352Jeremy AlcobaIndonesian Racing Gresini Moto3Honda2’16.182
428Izan GuevaraSolunion GASGAS Aspar TeamGASGAS2’16.311
543Xavier ArtigasLeopard RacingHonda2’16.334
624Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda2’16.356
712Filip SalacCarXpert PruestelGPKTM2’16.445
816Andrea MignoRivacold Snipers TeamHonda2’16.506
953Deniz ÖncuRed Bull KTM Tech 3KTM2’16.510
1017John McPheePetronas Sprinta RacingHonda2’16.592
1155Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna2’16.613
1282Stefano NepaBOE OwlrideKTM2’16.642
1323Niccolò AntonelliAvintia VR46KTM2’16.701
1471Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM2’16.712
1537Pedro AcostaRed Bull KTM AjoKTM2’16.766
1620Lorenzo FellonSIC58 Squadra CorseHonda2’16.861
1740Darryn BinderPetronas Sprinta RacingHonda2’17.092
1867Alberto SurraRivacold Snipers TeamHonda2’17.407
1999Carlos TatayAvintia Esponsorama Moto3KTM2’18.053
2054Riccardo RossiBOE OwlrideKTM2’18.068
2173Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM2’18.071
2231Adrian FernandezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna2’18.098
236Ryusei YamanakaCarXpert PruestelGPKTM2’18.136
2492Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda2’18.247
2519Andi Farid IzdiharHonda Team AsiaHonda2’18.452
2627Kaito TobaCIP Green PowerKTM2’19.172

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Dixon abre campeonato da Formula Indy com vitória no Texas

Depois de muito tempo, a Formula Indy consegue realizar sua abertura de campeonato. Em um vazio Circuito do Texas, para uma corrida de 200 voltas e que nada poderia dar errado na organização. Criou-se uma janela de paradas que deveria ser praticamente obrigatória que todos os 24 pilotos deveriam parar com 35 voltas de pista, O que ajudou a tornar a prova menos interessante, Mas tudo isso foi para se evitar riscos devido ao Covid-19.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMédia
11Josef NewgardenTeam Penske347.200 Km/h
29Scott DixonChip Ganassi Racing347.036 Km/h
322Simon PagenaudTeam Penske346.756 Km/h
428Ryan Hunter-ReayAndretti Autosport344.900 Km/h
526Zach VeachAndretti Autosport344.368 Km/h
612Will PowerTeam Penske344.287 Km/h
715Graham RahalRahal Letterman Lanigan Racing344.203 Km/h
827Alexander RossiAndretti Autosport343.899 Km/h
910Felix RosenqvistChip Ganassi Racing343.692 Km/h
1014Tony KanaanA.J. Foyt Enterprises343.414 Km/h
1198Marco AndrettiAndretti Herta with Marco & Curb-Agajanian343.097 Km/h
124Charlie KimballA.J. Foyt Enterprises342.436 Km/h
1320Ed CarpenterEd Carpenter Racing342.331 Km/h
1488Colton HertaAndretti Harding Steinbrenner Autosport342.302 Km/h
1529James HinchcliffeAndretti Autosport342.152 Km/h
1655Alex PalouDale Coyne Racing with Team Goh341.993 Km/h
178Marcus EricssonChip Ganassi Racing341.245 Km/h
185Patricio O’WardArrow McLaren SP341.202 Km/h
1959Conor DalyCarlin340.256 Km/h
207Oliver AskewArrow McLaren SP339.313 Km/h
2160Jack HarveyMeyer Shank Racing330.957 Km/h
2218Santino FerrucciDale Coyne Racing with Vasser SullivanSem Tempo
2330Takuma SatoRahal Letterman Lanigan RacingSem Tempo
2421Rinus Van KalmthoutEd Carpenter RacingSem Tempo

Josef Newgarden foi o pole position, Scott Dixon em 2º e Simon Pagenaud em 3º, Eles mantiveram as 3 primeiras posições após a largada. Já os dois pilotos da Rahal vinham com problemas, Rahal largou atrasado e Sato abandonou voltas depois.

Newgarden tinha um equipamento muito bom nas mãos, até pegar o primeiro retardatário. O inglês Jack Harvey da Meyer Shank que não permitiu ao campeão do ano passado a ultrapassagem. Muito também por conta do piloto da Penske que estava evitando riscos. Nisso, Dixon e Pagenaud chegaram no líder.

Newgarden não conseguia passar Harvey e decidiu esperar. Diferente de Scott Dixon, que quando viu a chance acabou colocando por dentro do piloto da Penske para tomar a ponta na metade final da 32ªVolta. Ao mesmo tempo que os pilotos começaram a ir para a primeira rodada de paradas nos boxes. Tudo acabou correndo sem problemas.

Porém, logo em seguida, o estreante Rinus Van Kalmthout acabou pegando a parte de fora quando se encaminhava a reta oposta e roda e acaba levando um outro estreante, o espanhol Álex Palou foi atingido e ambos bateram no muro interno. Isso provocou a bandeira amarela em toda a pista. O bom é que os prejuízos foram somente materiais e os dois pilotos saíram sem qualquer problema.

Na 47ªVolta, a corrida recomeça. Enquanto Dixon continuava na frente, Alexander Rossi se arriscou demais tentando passar por fora na curva 1, Isso quase fez ele bater no muro, O Norte-americano teve que tirar o pé e com isso perdeu muito tempo. Sua corrida estava ruim, ele ocupava o 20ºlugar.

Dixon começava a abrir muita vantagem para Newgarden, A cada volta aumentava cada vez mais a diferença entre o Neozelandês da Ganassi para o Norte-Americano da equipe Penske. Simon Pagenaud em 3º estava sendo segurado pelo ritmo de corrida de Newgarden que piorava muito no final da janela das 35 voltas, Mesmo que ele tenha aberto uma vantagem por um tempo, Newgarden voltou a ser pressionado por Pagenaud e na volta 75, o francês supera Newgarden e assume o segundo lugar. Logo depois, Josef perdeu posição para Felix Rosenquist e caiu para o 4ºlugar.

Dixon tinha 8 segundos de diferença para Pagenaud, eis que por detritos na pista foi dada a segunda bandeira amarela da prova. Era a hora para a segunda rodada de paradas, Sendo 2 segundos mais rápidos que Dixon, as equipes de Newgarden e de Rosenquist devolveram os dois a frente. Pagenaud vinha em 4º (Atrás do Dixon), seguido de Zach Veach, Charlie Kimball e Ed Carpenter. Já Will Power teve problemas nos boxes, ao sair a roda traseira dele não estava presa e isso fez com que o Australiano perdesse muito tempo.

Na volta 87, ocorreu nova relargada, Dixon não teve dificuldades para passar Rosenquist e assumir o segundo lugar. 4 voltas depois já passava Newgarden e assumia de novo a liderança.

A partir dai, Dixon abriu, abriu e abriu distância para Newgarden e os demais pilotos. Enquanto o piloto da Chip Ganassi abria 4 segundos de frente na volta 105, Newgarden estava na alça de mira de Rosenquist. Pagenaud, Veach e Kimball completando os 6 primeiros lugares. Umas 10 voltas depois, Dixon tinha 9 segundos para Newgarden, que perdia rendimento volta e segurava Rosenquist.

Na volta 117, Felix Rosenquist superou Newgarden e assumiu o segundo lugar. Na volta seguinte, Simon Pagenaud superou Newgarden, que aproveitou para ir aos boxes fazer sua 3ªparada. 4 voltas depois, Dixon, Rosenquist e Pagenaud foram para a suas paradas.

Ao final das paradas, Dixon tinha 8 segundos sobre Rosenquist. A Chip Ganassi vinha dominando a corrida no Texas. Pagenaud e Newgarden vinham sendo seguidos por Charlie Kimball da A.J.Foyt (Algo inesperado pelo nível de competividade da equipe nos anos anteriores). Veach, Conor Daly e Carpenter completavam os 8 primeiros.

Na volta seguintes, Newgarden perdeu posição para Kimball e Veach e era pressionado pelo Daly e Carpenter. O bom desempenho do carro da Penske no começo da prova praticamente sumiu na metade da prova. Kimball com a chance de obter pódio na estreia da Foyt foi para cima de Newgarden. Enquanto que lá na frente, Felix Rosenquist vinha chegando em Dixon para disputar a liderança. Os dois lideres abriram 15 segundos sobre Pagenaud, que sofria pressão de Kimball.

Na volta 156, parou Dixon, na 157 parou Rosenquist. Foi nessa altura do campeonato a penúltima parada de todos os pilotos que continuavam na corrida. Para Azar de Santino Ferrucci, ele ou a equipe se atrapalhou nessa parada e comprometeu a prova do jovem piloto da Dale Coyne.

Depois das paradas, Rosenquist foi para cima de Dixon, chegou a tentar fazer a manobra de ultrapassagem por fora, mas acabou desistindo. Passar por fora na situação que estava a pista era uma missão das mais difíceis. A prova entrou um pouco no marasmo. Até que a 20 voltas do final, os pilotos começaram a ir para a última parada nos boxes.

A Chip Ganassi sem correr muitos riscos fizeram os dois pilotos pararem com 3 voltas de distancia entre eles.

Quando parecia que a prova iria se encaminhava para o final tranquilo, Rosenquist na ânsia de brigar pela vitória acaba tentando passar James Hinchcliffe por fora, mas perde o controle do seu carro, roda e bate no muro, provocando uma bandeira amarela a 9 voltas do final. A Ganassi perderia Marcus Ericsson que teve danos no seu carro e teve de deixar a prova.

Dixon tinha sua vitória ameaçada, Pagenaud e Newgarden vinham logo atrás do Neozelandês. Porém , na relargada, Dixon abriu bastante do resto da turma e acabou confirmando a 47ªVitória de sua carreira. Uma corrida impecável do Neozelandês que mostra que é de novo candidato ao campeonato da IndyCar.

Simon Pagenaud e Josef Newgarden conseguiram levar os dois carros da Penske ao pódio, em 2º e 3º respectivamente. Zach Veach passou Ed Carpenter no final da prova e acabou conquistando o 4ºlugar, sendo a boa surpresa do final de semana e o melhor piloto da Andretti (que teve uma corrida difícil no Texas).

Outro destaque positivo foi o belo 6ºlugar de Conor Daly com o único carro da Carlin na pista. Colton Herta salvou um 7ºlugar para a Andretti Harding seguido do experiente Ryan Hunter-Reay (Andretti). O Estreante melhor colocado na prova foi Oliver Askew da Mclaren, chegando em 9ºlugar. O Veterano Tony Kannan conseguiu a recuperação no final da prova (Após sofrer punição depois da primeira parada) e acabou o dia com o 10ºlugar, a frente de Charlie Kimball que perdeu espaço na parte final de prova e acabou na volta final indo para fora da pista e indo bater no muito interno. Apesar da batida, Kimball não teve grandes prejuízos na classificação final, sua posição foi a 11ºposição já que Patrício O’Ward da Mclaren chegou em 12º, a 1 volta do vencedor.

Fotos:

Resultado final da 1ªEtapa da Indy Car 2020
Texas

posPilotoEquipeTempo
19Scott DixonChip Ganassi Racing1:38:37.7648
222Simon PagenaudTeam Penskea 4.4109
31Josef NewgardenTeam Penskea 5.8064
426Zach VeachAndretti Autosporta 6.5778
520Ed CarpenterEd Carpenter Racinga 6.9481
659Conor DalyCarlina 7.5762
788Colton HertaAndretti Harding Steinbrenner Autosporta 8.0553
828Ryan Hunter-ReayAndretti Autosporta 8.3105
97Oliver AskewArrow McLaren SPa 8.6943
1014Tony KanaanA.J. Foyt Enterprisesa 8.9630
114Charlie KimballA.J. Foyt Enterprisesa 1 Volta
125Patricio O’WardArrow McLaren SPa 1 Volta
1312Will PowerTeam Penskea 1 Volta
1498Marco AndrettiAndretti Herta with Marco & Curb-Agajaniana 1 Volta
1527Alexander RossiAndretti Autosporta 1 Volta
1660Jack HarveyMeyer Shank Racinga 1 Volta
1715Graham RahalRahal Letterman Lanigan Racinga 2 Voltas
1829James HinchcliffeAndretti Autosporta 2 Voltas
198Marcus EricssonChip Ganassi Racinga 4 Voltas
2010Felix RosenqvistChip Ganassi Racinga 10 Voltas
2118Santino FerrucciDale Coyne Racing with Vasser Sullivana 44 Voltas
2221Rinus Van KalmthoutEd Carpenter Racinga 164 Voltas
2355Alex PalouDale Coyne Racing with Team Goha 164 Voltas
2430Takuma SatoRahal Letterman Lanigan RacingNão largou

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Penske/Chip Ganassi/Andretti/Mclaren SP

Bottas vence e Hamilton confirma o 6ºtítulo no Circuito das Americas

Em um grande domingo de sol e muita disputa, Valtteri Bottas confirmou o favoritismo conquistado no sábado e conquistou a vitória do GP dos Estados Unidos. Apesar disso, não foi se quer suficiente para evitar o 6ºtitulo do Inglês Lewis Hamilton. O 2ºlugar foi mais do que suficiente para Lewis novamente conquistar o campeonato de forma antecipada, Com 2 provas de antecedência.

Na largada, Bottas largou muito bem e permaneceu na liderança, Com Verstappen levando a melhor sobre Vettel e assumiu a segunda posição. A primeira volta seria ingrata para o piloto Alemão, Logo nas primeiras voltas, Hamilton foi por fora sobre Vettel e assumiu o 3ºlugar. Leclerc aproveitou e também superou Vettel e para completar, o Alemão erra e perde posição para Norris e depois, Na reta dos boxes, perdeu o 6ºlugar para Daniel Ricciardo. Em uma volta apenas, Vettel passou do 2º para o 7ºlugar.

Na primeira volta, Albon se envolveu em uma confusão com Carlos Sainz jr. e acabou indo para os boxes, voltando em último lugar. Nas primeiras voltas, Enquanto Bottas abria bons 2 segundos sobre Verstappen e 4 segundos sobre Hamilton. Vettel tinha muitas e muitas dificuldades em acompanhar Lando Norris e Daniel Ricciardo. O piloto da Mclaren e o piloto da Renault disputavam a 5ªposição enquanto Vettel tentava recuperar posições.

Na 8ªVolta, Vettel passa por um quebra mola da curva 8 e acaba arrebentando sua suspensão. A prova terminaria para o piloto da Ferrari. Na mesma volta, Daniel Ricciardo passou Lando Norris e assumiu a 5ªposição. Ao mesmo tempo, Kevin Magnussen começava a sofrer com o carro da Haas, perdendo posições para Kimi Raikkonen, Nico Hulkenberg e Danill Kvyat.

Na 11ªVolta, Bottas manteve os 2 segundos na frente em cima do Verstappen que começava a sofrer com o desgaste dos pneus. Na 14ªVolta, O piloto da Red Bull vai para os boxes para sua primeira parada. Isso fez com que Bottas fosse chamado pela Mercedes para fazer a parada na volta seguinte. Com isso, Lewis Hamilton assumiu a liderança, Com Charles Leclerc em 2º, Muito longe de Hamilton. Bottas e Verstappen voltaram bem perto do piloto da Ferrari e logo Leclerc foi ultrapassado facilmente pelos dois com os pneus novos.

Alexander Albon vinha se recuperando e se arriscando na 13ªposição. Enquanto isso, Lewis Hamilton vinha com uma outra tática de corrida, Tentando levar a parada o mais longe possível. Só que Bottas e Verstappen estavam muito mais rápidos que o inglês.

Entre as voltas 18 a 20: Giovinazzi, Sainz jr, Raikkonen, Magnussen, Norris e Gasly fizeram as suas paradas nos boxes. Leclerc foi para a sua primeira parada na 21ªVolta. Hamilton continuou, Mas os seus pneus estavam desgastados e Bottas vinha chegando rapidamente no Britânico. Nesse meio tempo, Daniel Ricciardo foi para a sua parada na 22ªVolta.

Hamilton foi chamado para os boxes na 24ªVolta, Mas ele não quis e acabou perdendo a liderança para Bottas na pista. Depois disso ele foi para a parada na 25ªVolta e colocou os pneus mais duros (Lewis estava ainda com os pneus médios) Bottas volta a ser o líder, Com Verstappen a 6 segundos atrás em 2º e Hamilton em 3º. A Corrida se desenhava para os 3 primeiros. Leclerc em 4º, Já estava a mais de 20 segundos dos 3 primeiros colocados, longe de qualquer possibilidade de vitória.

Enquanto isso, Daniel Ricciardo e Lando Norris superaram Sergio Perez e Nico Hulkenberg ganhando posição de pilotos que ainda não tinham parado nos boxes. Ambos foram os 2 últimos a fazerem as paradas, Perez na 26ªVolta e Hulkenberg na 27ªVolta.

Hamilton estava virando mais rápido que Verstappen e Bottas, A cada volta era um segundo mais rápido que o piloto da Red Bull e da Mercedes e se o inglês tinha chances de fazer uma parada, A corrida começava a ficar nas mãos de Lewis. Mesmo que Bottas tivesse 17 segundos a frente de Hamilton na 31ªVolta.

Verstappen vinha em mais dificuldades, Com o decorrer das voltas o Holandês falou para a equipe que os pneus tinham terminado. Era sinal de que não teria como evitar uma segunda parada nos boxes. Enquanto isso, Seu companheiro de equipe Alexander Albon se recuperava muito bem. Ultrapassando Carlos Sainz jr. ganhando o 7ºlugar na 32ªVolta.

Na 35ªVolta, Verstappen vai para a segunda parada nos boxes, Hamilton passou para a segunda posição Com 10 segundos a frente de Bottas, que acabou chamado o finlandês para os boxes na volta seguinte. Na 36ªVolta, Bottas coloca os pneus médios, Assim como Verstappen. Com isso, Hamilton volta a liderar a prova, Com 9 segundos a frente de Bottas,  que teria umas 20 voltas para tirar essas vantagem que Lewis tinha.

Albon fazia uma brilhante corrida, ultrapassando Lando Norris e ganhando o 6ºlugar, 2 voltas depois, supera Daniel Ricciardo para ficar com o 5ºlugar. Uma ótima participação do piloto Tailandês. Em poucas voltas, Bottas dava sinais claros que vinha buscando a vitória, Fazendo a melhor volta da prova e baixando a vantagem para seu companheiro de equipe e Verstappen vinha na mesma tocada. Hulkenberg e Kvyat, Sem muitas perspectivas, vão para os boxes para colocarem os pneus macios e voarem na pista no final.

Hamilton queria a vitória, Mas ao restar 15 voltas, Com os pneus duros mais desgastados que os pneus de seus adversários, Sua condução ficava cada vez mais complicada para vencer a prova. Albon e Norris foram para uma segunda parada. Assim como no final da prova, Leclerc colocou pneus macios para tentar marcar o ponto da melhor volta da prova.

Raikkonen vinha tentando segurar Hulkenberg, que passou por fora o finlandês, porém, O piloto da Renault furou uma parte da pista para fazer isso, O piloto da Alfa Reclamou para a FIA e Nico precisou ceder a posição a Kimi, Mas logo depois, Hulkenberg voltou a passar Raikkonen, desta vez pra valer ganhando o 11ºlugar.

Albon voltava a ganhar posições desde da parada nos boxes. Ele já tinha passado Pierre Gasly e na volta 46 passou Carlos Sainz jr. e ganhou o 6ºlugar. Ele partiu para cima de Daniel Ricciardo e acabou também passando o Australiano e ganhou o 5ºlugar novamente.

Hamilton continuava na frente, Mas com sua vantagem cada vez menor sobre Bottas e Verstappen. Praticamente na volta 50, Bottas começa a ficar abaixo do 1 segundo de vantagem. Na 51ªVolta, Hamilton erra e Bottas tenta se aproveitar e foi para a ultrapassagem por fora, Porém, Hamilton  endureceu o jogo e não deixou o finlandês passar. Lewis queria o título com a Vitória.

Infelizmente para Hamilton ainda teríamos 5 voltas em jogo e o finlandês tinha muito mais pneus. Em sua segunda tentativa, Bottas acabou passando Hamilton na 52ªvolta e assumiu em definitivo a liderança e abriu vantagem para o praticamente campeão do Mundo de 2019, Mas Vinha Verstappen a poucas voltas do final tentar o 2ºlugar.

Na parte de trás, Perez passava Gasly (que ficou sem rendimento na reta final de prova), Logo também seriam superados por Hulkenberg e Kvyat. A 2 voltas do final, Magnussen vai para a grama no final da reta oposta após uma quebra do disco de freio. Isso atrapalhou muito as disputas no final da corrida. Principalmente entre Verstappen que queria ser o segundo colocado.

Valtteri Bottas leva sua 4ªvitória na temporada, Fez sua parte para tentar adiar o título par Interlagos. Porém, Hamilton acabou fazendo uma bela corrida, Completando a dobradinha e confirmando com 2 corridas de antecedência o campeonato de pilotos. Foi o 6ªtítulo da história do piloto inglês na Formula 1. Agora esta a somente um título do Michael Schumacher e com números que até alguns anos atrás seria impossível que fossem alcançados.

Max Verstappen acabou completando o pódio na festa da equipe Mercedes. Que definiu Hamilton como campeão e Bottas com a vitória e com o Vice-campeonato assegurado.

Charles Leclerc não conseguiu fazer nada além do 4ºlugar, Só conseguiu de relevante a melhor volta da prova, salvando um pouco o final de semana ruim da Ferrari. Alexandre Albon conseguiu se recuperar da sua largada acidentada e acabou ficando em uma belíssima 5ªposição e fica mais vivo na disputa pelo 6ºlugar no Mundial de Pilotos.

Daniel Ricciardo acabou fazendo mais uma bela corrida, Completando em 6ºlugar e levando a Renault a ser o melhor piloto do Grupo intermediário. Chegando a frente dos dois pilotos da Mclaren. Apesar do Sainz jr. ter ficado na frente em 7º foi Lando Norris que se destacou, Disputando pau a pau posição com Ricciardo, Mas atrapalhado por uma parada lenta da Mclaren (A segunda parada) no que deixou ele com o 8ºlugar.

Os últimos pilotos na zona de pontuação foram Nico Hulkenberg que salvou um 9ºlugar e Sergio Perez, que largou dos boxes para ficar em 10ºlugar. Após disputa de posição com Daniil Kvyat, que chegou a ganhar posição, Mas acabou danificando a asa dianteira do Mexícano (Se não tivesse danificado asa, Provavelmente o russo não seria punido) e levou uma punição de 5 segundos acrescentados no tempo final de corrida, caindo para o 12ºlugar. Atrás de Kimi Raikkonen, que foi beneficiado, Mas não conseguiu pontuar.

Lance Stroll não fez nada mais do que o 13ºlugar, apesar de tentar um pneu macio na parte final da prova. Antonio Giovinazzi sem muito destaque acabou logo atrás em 14ºlugar.

Romain Grosjean em mais uma corrida ruim com uma ruim Haas acabou em 15ºlugar, Só chegou essa posição porque Pierre Gasly abandonou na volta final. Uma pena, porque fez um grande final de semana o Francês. George Russell levou a Williams ao final da prova em 17ºlugar e Kevin Magnussen ainda se classificou em 18ºlugar.

Próxima corrida será o GP do Brasil. Nós vamos nessa semana postar qual vai ser sua atitude para essa prova do Mundial de Formula 1. E divulgaremos o que vamos fazer e o que não iremos fazer nessa semana.

O Portal Sportszone parabeniza o Hexacampeonato de Lewis Hamilton, Um dos maiores pilotos da história do Automobilismo Mundial.

Fotos:

Resultado final do GP dos Estados Unidos
Austin – Circuito das Americas

posPilotosEquipeChassiMotorVoltasTempo
177Valtteri BottasMercedes AMG Petronas MotorsportF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+561:33:55.653
244Lewis HamiltonMercedes AMG Petronas MotorsportF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+56a 4.148s
333Max VerstappenAston Martin Red Bull RacingRB15Honda RA619H56a 5.002s
416Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF90Ferrari 06456a 52.239s
523Alexander AlbonAston Martin Red Bull RacingRB15Honda RA619H56a 78.038s
63Daniel RicciardoRenault F1 TeamR.S.19Renault E-Tech 1956a 90.366s
74Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL34Renault E-Tech 1956a 90.764s
855Carlos SainzMcLaren F1 TeamMCL34Renault E-Tech 1955a 1 Volta
927Nico HulkenbergRenault F1 TeamR.S.19Renault E-Tech 1955a 1 Volta
1011Sergio PerezSportPesa Racing Point F1 TeamRP19BWT Mercedes55a 1 Volta
117Kimi RäikkönenAlfa Romeo RacingC38Ferrari 06455a 1 Volta
1226Daniil KvyatRed Bull Toro RossoSTR14Honda RA619H55a 1 Volta
1318Lance StrollSportPesa Racing Point F1 TeamRP19BWT Mercedes55a 1 Volta
1499Antonio GiovinazziAlfa Romeo RacingC38Ferrari 06455a 1 Volta
158Romain GrosjeanRich Energy Haas F1 TeamVF-19Ferrari 06455a 1 Volta
1610Pierre GaslyRed Bull Toro RossoSTR14Honda RA619H54abandonou
1763George RussellROKiT Williams RacingFW42Mercedes M10 EQ Power+54a 2 voltas
1820Kevin MagnussenRich Energy Haas F1 TeamVF-19Ferrari 06452Disco de Freio
x88Robert KubicaROKiT Williams RacingFW42Mercedes M10 EQ Power+31Abandono
x5Sebastian VettelScuderia Ferrari Mission WinnowSF90Ferrari 0647Suspensão

Melhor Volta de cada piloto – Ponto ganho para Charles Leclerc pela melhor volta da prova

posPilotosEquipeChassiMotorTemponº da Volta
116Charles LeclercScuderia Ferrari Mission WinnowSF90Ferrari 0641:36.16944
277Valtteri BottasMercedes AMG Petronas MotorsportF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+1:36.95737
323Alexander AlbonAston Martin Red Bull RacingRB15Honda RA619H1:38.02942
44Lando NorrisMcLaren F1 TeamMCL34Renault E-Tech 191:38.07444
533Max VerstappenAston Martin Red Bull RacingRB15Honda RA619H1:38.21442
627Nico HulkenbergRenault F1 TeamR.S.19Renault E-Tech 191:38.43747
744Lewis HamiltonMercedes AMG Petronas MotorsportF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+1:38.44626
826Daniil KvyatRed Bull Toro RossoSTR14Honda RA619H1:38.96941
97Kimi RäikkönenAlfa Romeo RacingC38Ferrari 0641:39.60846
1099Antonio GiovinazziAlfa Romeo RacingC38Ferrari 0641:39.96441
1111Sergio PerezSportPesa Racing Point F1 TeamRP19BWT Mercedes1:40.16534
1220Kevin MagnussenRich Energy Haas F1 TeamVF-19Ferrari 0641:40.34742
1318Lance StrollSportPesa Racing Point F1 TeamRP19BWT Mercedes1:40.38042
143Daniel RicciardoRenault F1 TeamR.S.19Renault E-Tech 191:40.56428
1555Carlos SainzMcLaren F1 TeamMCL34Renault E-Tech 191:40.84444
1610Pierre GaslyRed Bull Toro RossoSTR14Honda RA619H1:40.85031
1763George RussellROKiT Williams RacingFW42Mercedes M10 EQ Power+1:41.23954
188Romain GrosjeanRich Energy Haas F1 TeamVF-19Ferrari 0641:41.27052
195Sebastian VettelScuderia Ferrari Mission WinnowSF90Ferrari 0641:42.1656
2088Robert KubicaROKiT Williams RacingFW42Mercedes M10 EQ Power+1:43.83022

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Ferrari/Renault/Mclaren/Racing Point