Sebastian Vettel conquista vitória na Bélgica e diferença de Hamilton cai para 17 pontos

Treino de Classificação: Hamilton conquista a pole position, Nova Force India se classifica de maneira triunfal!

No Q1, Sob tempo seco e com sol, Mas com expectativas de chuva se iniciou a classificação. Logo se notou o melhor desempenho dos carros da Mercedes e da Ferrari. Kimi Raikkonen fez 1:42.585 OS carros  da Red Bull estavam 6 décimos atrás dos carros da Ferrari no mínimo. Na metade do treinamento, Os pilotos da Mclaren estavam muito mal, Alonso e Vandoorne vinham em 16º e 17ºlugares. Junto com os pilotos da Williams e Valtteri Bottas que não tinha marcado tempo.

A 5 minutos do final, O piloto da Mercedes foi para a pista marcar sua volta. Classificando na segunda posição. 220 milésimos atrás de Raikkonen.

Os pilotos da Haas foram muito bem no Q1 se colocando em boas colocações. Alonso tentou melhorar seu tempo, Mas não foi o suficiente para evitar a eliminação vexatória. Os pilotos da Mclaren e Williams acabaram de fora do Q2. Triste a situação das duas equipes que nos anos 90 chegaram a disputarem campeonatos estarem nas últimas 4 posições no Q1. Carlos Sainz jr. acabou sendo o 5ºeliminado. A Renault não se adaptou bem ao circuito de Spa, Muito se deve ao fraco motor da equipe. Nico Hulkenberg ficou em 13ºlugar.

Isso acaba chamando a atenção que os dois pilotos da Toro Rosso com os motores Honda conseguiram a classificação. O que pode começar a indicar que o motor Japonês começa a render melhor. Além do ótimo trabalho dos dois pilotos da Sauber.

Resultado do Q1:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:42.585
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.805
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.977
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:43.035
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:43.199
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:43.597
7 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:43.604
8 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:43.654
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:43.834
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:43.846
11 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.003
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.004
13 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:44.145
14 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:44.153
15 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:44.221
16 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:44.489
17 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:44.917
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.998
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:45.134
20 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:45.307

No Q2, Com a chuva ameaçando. Todos foram para a pista de imediato, Ninguém marcando bobeira. Raikkonen continuava sendo o que dava as cartas. 1:41.627. Com Hamilton a 104 milésimos atrás e Vettel já a meio segundo do tempo do Homem de Gelo. Bottas e Hulkenberg não marcaram tempos. Além de Hartley, Leclerc e Ericsson que estavam de fora da fase final da classificação. Gasly estava no Risco de perder sua vaga caso Bottas marcasse um tempo. Porém, Não se sabia se o Finlandês iria para a pista, Já que ele sofreria por trocar componentes da unidade de potência assim como Hulkenberg.

Bottas resolveu partir para uma tentativa a 4 minutos do termino do Q2. Leclerc também estava disposto a entrar no Q3. Bottas conseguiu sem problemas passar para o Q3 em 4ºlugar. Vettel ficou com o tempo mais rápido com Raikkonen, Hamilton e Bottas completando os 4 primeiros colocados. Verstappen, Perez, Grosjean, Ricciardo, Ocon e Magnussen foram os outros 6 classificados. A Force India sob nova direção colocou seus dois carros Na fase final da classificação para o Grid de largada.

Sobrou para Gasly, Hartley da Toro Rosso. Leclerc e Ericsson da Sauber e Hulkenberg da Renault (que não saiu dos boxes no Q2) a eliminação.

Resultado do Q2:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:41.501
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:41.533
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:41.553
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.191
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:42.554
6 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.014
7 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:43.042
8 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:43.126
9 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.302
10 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:43.320
11 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:43.844
12 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:43.865
13 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:44.062
14 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:44.301
15 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 Sem Tempo

No Q3, A Chuva deu as caras logo desde do primeiro segundo. Os pilotos foram para a pista com os pneus de pista seca. A partir do momento que perceberam que a pista estava começando a ficar molhada. A Primeira tentativa dos pilotos foi jogada no lixo. Max Verstappen arrisca de cara a fazer tempo com os pneus intermediários. Aos poucos, Os outros pilotos também estavam saindo da pista.

Verstappen marcou 2:02.849, Seu companheiro de equipe ficou 2 segundos atrás do piloto Holandês. Raikkonen assumiu a liderança com 2:02.671 a 4 minutos e 35 do final da classificação.

Vettel faz 2:02.446 a 2 minutos e 50 do final, A Ferrari tinha nesse momento a dobradinha. Hamilton a tentar melhorar o tempo acaba saindo da pista a 2 minutos do final. Parecia que a pole iria ficar mesmo com o piloto da Ferrari. Porém, Hamilton ainda teria mais uma chance.

Só que Vettel destruiu o cronometro com o tempo de 2:01.188 a 50 segundos do final. A pole estava nas mãos do piloto Alemão, Mas Hamilton estava melhorando o tempo, Colocando pra baixo todas as parciais. O Tempo de 1:58.179 no final do treino foi uma porrada na concorrência. A pole era de Hamilton.

A grande surpresa do treino foi o desempenho de Esteban Ocon que ficou com o 3ºlugar e de Sergio Perez com o 4ºLugar. Os pilotos da Racing Point largariam na segunda fila. Vettel melhorou seu tempo, Só que insuficiente para tirar a 78ª da Carreira de Hamilton.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de Largada do GP da Bélgica
12ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas Fase
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1’58.179 19 Q3
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1’58.905 18 Q3
3 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 2’01.851 16 Q3
4 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 2’01.894 14 Q3
5 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 2’02.122 20 Q3
6 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 2’02.671 13 Q3
7 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 2’02.769 11 Q3
8 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 2’02.939 16 Q3
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 2’04.933 19 Q3
10 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1’43.844 7 Q2
11 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1’43.865 14 Q2
12 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1’44.062 13 Q2
13 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1’44.301 14 Q2
14 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1’44.917 11 Q1
15 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1’44.998 3 Q1
16 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1’45.134 6 Q1
17 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ Sem Tempo 6 Q3
18 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 Sem Tempo 6 Q2
19 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1’44.489 6 Q1
20 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1’45.307 8 Q1

Sebastian Vettel confirma favoritismo e conquista vitória na Bélgica

Confirmando o favoritismo da Ferrari, O Alemão Sebastian Vettel não se intimidou com a pole position de Lewis Hamilton e conquistou a vitória praticamente de ponta a ponta.

Na largada tivemos um acidente impressionante. Nico Hulkenberg acabou atropelando o espanhol Fernando Alonso que acabou saltando e passando por cima do Monegasco Charles Leclerc que se salvou graças ao halo. Esse acidente acabou envolvendo Daniel Ricciardo e Kimi Raikkonen. O Australiano acabou sendo atingido por trás e acabou batendo no pneu e na traseira do homem de Gelo.

Antes da bandeira amarela, Na reta oposta, Sebastian Vettel com mais velocidade de reta passou Hamilton. Mas por muito pouco os dois pilotos da nova Force India não pegaram Vettel e Hamilton com as calça nas mãos e assumirem a liderança da prova. Safety Car depois disso foi acionado.

Raikkonen foi as boxes para trocar os pneus, Daniel Ricciardo foi para a parada para consertar o seu aerofólio traseiro e dessa perdendo 2 voltas em relação aos lideres.

A corrida recomeça na volta 5, Vettel e Hamilton disparam na frente, Com Perez muito bem em 3ºlugar. Verstappen começou a partir para cima de Ocon querendo a 4ªposição. Na Reta o motor da nova Force India era difícil de bater, Mas o jovem piloto Holandês passou no final da reta oposta e faturou a posição.  Enquanto que Valtteri Bottas passou Brendon Hartley em plena Eau Rouge. Uma grande manobra que levou o finlandês a subir para o 13ºlugar.

Raikkonen voltou aos boxes pela segunda vez com problemas na sua asa. Ele acabaria por deixar a prova na volta 10.

Na volta 10, Verstappen supera Sergio Perez e assume a terceira posição. Enquanto isso, Com mais de 340 km/h na reta oposta, Bottas passava seus adversários. Primeiro foi o Sueco Marcos Ericsson da Sauber e na volta seguinte ele passou o Francês Pierre Gasly. Com isso o piloto da Mercedes estava já em 8ºlugar.

Hamilton começava a esforçar uma possível aproximação em Sebastian Vettel, Porém tanto ele como Valtteri Bottas estavam com bolhas nos seus pneus.

Na metade da corrida, O líder do campeonato e segundo lugar na prova Lewis Hamilton acabou indo para os boxes para trocar os pneus, não querendo arriscar um pneu estourado a toa. Isso fez a Ferrari chamar Vettel para ele parar na volta seguinte. Isso evitou que o Alemão perdesse a primeira posição para Hamilton que fez uma volta bem rápida. Na volta 23 Hamilton se livra de Max Verstappen e agora tinha um pouco mais de 1 segundo atrás de Sebastian Vettel.

A partir dai os pilotos partiram para a parada obrigatória nos boxes. Valtteri Bottas que larga em 17ºlugar estava na 4ºlugar, Em uma bela prova de recuperação. Na volta 28. Marcus Ericsson e Brendon Hartley travaram um duelo interessante pelo 10ºlugar. O Sueco passou o piloto Neozelandês que deu o troco na reta oposta. (Que mostra o crescimento da Honda em termos de potência em seus motores) Na volta seguinte o piloto da Sauber deu o troco e passou Hartley de maneira definitiva assumindo o 10ºlugar.

Na 30ªVolta, Valtteri Bottas que vinha em 4ºlugar foi para a sua parada nos boxes, Voltou em 6ºlugar. Perto de Ocon e a 8 segundos de Perez. Vettel abriu 5 segundos de Lewis Hamilton. A vitória do piloto Alemão estava mais do que certa. Daniel Ricciardo depois de mais de 30 voltas na pista com 2 voltas de atraso finalmente deixou a prova.

Bottas foi para cima de Esteban Ocon e acabou ganhando a 5ªposição sem qualquer problema, Agora o finlandês foi a caça de Sergio Perez.

O piloto da Mercedes era evidentemente mais rápido que o mexicano da Racing Point. Mesmo com todo o esforço de Perez. Bottas ultrapassou Perez na 40ªvolta para tomar o 4ºlugar. Era o máximo que ele poderia almejar na prova.

Vettel com os seus 10 segundos de frente para Hamilton levou sua Ferrari até o final e confirmou o favoritismo da equipe italiana, Vencendo pela 52ªVez  em sua carreira. O Alemão se torna isolado o 3ºpiloto com mais vitórias na Formula 1. 1 Vitória a mais que Alain Prost. Mais importante disso foi a sua desvantagem para Hamilton cair de 24 para 17 pontos.

Lewis Hamilton mesmo com a pole position não conseguiu reverter o favoritismo da Ferrari na corrida. O segundo lugar minimizou os prejuízos do líder do campeonato que agora tem 17 pontos de frente para Vettel. O pódio foi completado pelo Holandês Max Verstappen, Que pode se dar por satisfeito pelo 3ºlugar. A torcida Holandesa comemorou o Resultado.

Valtteri Bottas também teve um belo dia, Acabou tocando a parte de trás do carro do Stroll na largada, Mas sem maiores prejuízos para a sua corrida. Largando do 17ºlugar o segundo piloto da Mercedes ganhou um belíssimo 4ºlugar em uma de suas melhores atuações do ano.

O Final de semana da Bélgica teve como vencedores morais a nova Force India. Em uma grande corrida de Sergio Perez e de Esteban Ocon em 5º e 6ºlugares respectivamente. Mesmo com os pontos anulados como Force India, A Racing Point já marca 18 pontos superando a Williams.

Romain Grosjean em 7º fez uma prova discreta assim como Kevin Magnussen que chegou em 8ºlugar, Levaram os dois carros da Haas para a zona de pontuação e se aproximaram da Renault na classificação do Mundial de construtores.

Pierre Gasly que vai correr na Red Bull para a temporada de 2019 chega em 9ºlugar, O que mostra que o motor da Honda não esta tão fraco assim como se imagina. E Marcus Ericsson salvou o final de semana da Sauber, Com uma bela corrida e ganhando a briga contra Brendon Hartley acabou fechando a zona de pontuação em 10ºlugar.

Carlos Sainz jr. se esforçou, Mas não conseguiu nada mais que o 11ºlugar. A Renault não tinha um bom carro para o circuito de Spa-Francorchamps. Siroktin que chegou a sonhar com o primeiro ponto dele no ano, Mas acabou em 12º e Lance Stroll que tem futuro certo na Racing Point em 2019 em 13ºlugar. A Williams parece que deu uma melhorada em seu carro, Mas longe de ser algo que anime a equipe de Frank Williams para melhores resultados.

Brendon Hartley mais uma vez ficou muito longe de Pierre Gasly, Um 14ºlugar que não ajuda em nada o Neozelandês a permanecer no Mundial de Formula 1. E Stoffel Vandoorne que parece estar com os dias contados na Mclaren ficando com o 15ºlugar.

Semana que vem teremos a corrida mais rápida do Mundial de Formula 1. No Tradicional Circuito da Itália para a 13ªEtapa do Campeonato que esta ficando cada vez mais disputado entre Lewis Hamilton e Sebastian Vettel.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado Final do GP da Bélgica
12ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 44 1h 23:34.476 2
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 44 a 11. 061 1
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 44 a 31.372 7
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 44 a 1:08.605 17
5 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 44 a 1:11.023 4
6 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 44 a 1:19.520 3
7 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 44 a 1:25.953 5
8 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 44 a 1:27.639 9
9 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 44 a 1:45.892 10
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 43 a 1 Volta 13
11 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 43 a 1 Volta 19
12 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 43 a 1 Volta 15
13 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 43 a 1 Volta 16
14 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 43 a 1 Volta 11
15 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 43 a 1 Volta 20
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 28 Abandono 8
7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 8 Abandono 6
16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 0 Acidente 12
14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 0 Acidente 14
27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 0 Acidente 18

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Mercedes/Red Bull/Force India/Toro Rosso/Haas/Sauber/Williams/Mclaren

Hamilton volta das Férias vencendo em Spa de forma avassaladora

Para quem esperava que algo fosse mudar na Formula 1 na volta as férias viu essa corrida e se frustrou com o domínio dos carros da Mercedes que dominaram o GP da Bélgica de Formula 1. Lewis Hamilton pode se dizer que definiu sua vitória foi na largada com ótima largada e aonde se viu seu companheiro de equipe largar mal.

Na largada quem se deu bem foi Sergio Perez que saiu do 4º para a 2ªposição e por muito pouco na reta depois da Eau-Rouge ele conseguiu passar Hamilton que se segurou na liderança da prova e a partir dai o que se viu foi Hamilton abrindo do pelotão que era liderado por Perez e Ricciardo, Nico Rosberg no final da primeira volta passou Bottas passando para o quarto lugar, Mas depois não teve carro para passar a Perez e a Ricciardo que estavam andando bem na corrida. Romain Grosjean e Max Verstappen se destacavam em suas recuperações na corrida ganhando posições.

O primeiro a fazer a parada foi Daniel Ricciardo na volta 8, Na volta seguinte foi Sergio Perez que fez a parada nos boxes, As Williams estavam tendo desempenho abaixo da expectativa, conseguiram fazer o mico do ano nos boxes. Na troca de pneus do Finlandês a equipe colocou o pneu traseiro dianteiro com lista diferente do resto e isso acabou impulsionando em punição para o piloto Finlandês que tinha o seu final de semana comprometido.

Os últimos a pararem para a primeira parada foram os pilotos da Mercedes e da Ferrari, Rosberg fez a sua parada na 13ªVolta e conseguiu voltar na frente de Perez e Ricciardo voltando a segunda posição, Perez tentou voltar a posição, Mas não conseguiu terminar a ultrapassagem sobre Rosberg que jogou duro e manteve-se na frente. Logo depois disso, O Piloto Alemão foi tentar diminuir a diferença para Lewis Hamilton que tinha seguros 8 segundos na frente isso depois de Vettel, na volta 14 fazer a sua parada nos boxes, colocando o pneu duro para tentar ir até o final da corrida para ter chances de um pódio.

Romain Grosjean que largou da 9ªposição no grid de largada continuava a fazer bonito e subindo na classificação passando de novo Bottas, depois passando a Daniel Ricciardo e depois passando Sergio Perez assumindo a terceira posição com a Lotus-Mercedes que se encaixou direitinho em Spa o que não se esperava tanto assim da lendária equipe Britânica.

Na Volta 21 Daniel Ricciardo acabou abandonando a corrida por causa de problemas elétricos, parando em ponto perigoso o Safetycar virtual foi acionado, Nisso Grosjean, Massa, Verstappen, Raikkonen entre outros aproveitaram para fazerem a segunda parada nos boxes.

Desacionado o Safety Car virtual a corrida recomeçou e Hamilton que tinha a sua vantagem reduzida para menos de 2 segundos acabou o piloto Inglês conseguindo aumentar o seu rendimento e se distanciando do Rosberg. Enquanto isso Vettel em 3º buscava resistir com até o final da corrida pois era a única chance do piloto Alemão conseguir esse pódio.

Um pouco mais atrás Danill Kvyat na 28ªVolta foi para os boxes para a segunda parada colocar pneus mais macios para dar o pulo do Gato pois ele teria mais rendimento que todos os outros adversários que estavam de pneus duros e essa tática deu muito certo para o jovem piloto Russo que acabou passando a Valtteri Bottas e na parte final da corrida passou Kimi Raikkonen e teve um duelo forte com Felipe Massa que resistiu como pode mas com pneus mais desgastados e mais duros impediu o piloto Brasileiro de manter posição sobre Kvyat que também conseguiu fazer a ultrapassagem sobre Sergio Perez para ficar em 5ºlugar.

Belgium_domingo15 (3)

Romain Grosjean na parte final da corrida se aproximou de Sebastian Vettel para lutar pelo pódio, Mesmo com toda a pressão do piloto Francês tudo indicava que o pódio seria do piloto da Ferrari até que na penúltima volta depois da subida da Eau Rouge o pneu traseiro de Vettel acaba furando e deixando Vettel na mão e fora dos pontos, Isso levou Grosjean a assumir o 3ºlugar e um lugar no pódio a mais de 35 segundos atrás de Rosberg e a 37 segundos de Lewis Hamilton que conquista a 6ªVitória na temporada e ampliando a liderança no campeonato com 227 pontos contra 199 de Nico Rosberg que ficou em 2ºlugar de novo e além da vitória da Mercedes com dobradinha é o domínio que foi o terceiro colocado Romain Grosjean ficou muito longe dos pilotos da Mercedes.

Diga-se de passagem uma grande corrida de Grosjean que mesmo largando do 9ºlugar o piloto da Lotus fez uma corrida brilhante mesmo ajudando a Lotus a tomar o 5ºlugar dos construtores da Force India conquistando o pódio depois de 1 ano e 9 meses já que o seu último pódio foi em Austin nos Estados Unidos em 2013, Danill Kvyat em mais uma belíssima atuação levou a Red Bull ao 4ºlugar com Perez que falou que tinha chances de pódio com a Force India mas que não passou da 5ªposição o que até foi bom para o time de Vijay Mallya que só teve ele na corrida já que Nico Hulkenberg teve problemas na 1ªvolta de apresentação nem largou para a corrida.

Belgium_domingo15 (2)

Felipe Massa levou a melhor Williams para uma frustante 6ªposição já que se esperava mais da equipe nessa prova já que o carro da Williams se adapta bem a esse tipo de circuito como o de Spa-Francorchamps, Kimi Raikkonen por pouco não perdeu o 7ºlugar para Max Verstappen que lá de trás acabou bem marcando mais 4 pontos com a 8ªposição. Valtteri Bottas ainda conseguiu salvar 2 pontos com o 9ºlugar apos a besteira que a Williams fez com a corrida dele quando ele poderia até ter ficado em 5ºlugar no mínimo e fechando a zona de pontuação o Sueco Marcus Ericsson que deu mais uma surra em Felipe Nasr algo que nem de longe se imaginava no começo da temporada. Vettel mesmo não completando a volta final ficou em 12º depois vieram as Mclaren que foram muito mal mesmo quando se esperava um motor mais forte que os motores Renault só não foram piores do que os carros da Manor que mostraram uma evolução por terem ficado a 1 volta do vencedor e na mesma volta da Mclaren.

Belgium_domingo15 (4)

Que fase Rom Dennis! Peço desculpas a vocês, Peguei uma gripe enorme nesse final de semana por isso a matéria dessa corrida saiu hoje e espero que você gostem dela, Daqui a 2 semanas teremos o GP da Itália no Tradicional circuito de Monza que o Tio Bernie Anta Ecclestone quer tirar para colocar o circuito de Rua de Baku no Azerbaijão. Que ele volte ao sarcófago logo!

Classificação após 43 Voltas
Piloto Número Equipe-Motor Chassis Voltas Tempo Grid de Largada
1. Lewis Hamilton 44 Mercedes F1 W06 Hybrid 43 1:23:40.387 1
2. Nico Rosberg 6 Mercedes F1 W06 Hybrid 43 a 2.058 2
3. Romain Grosjean 8 Lotus-Mercedes E23 Hybrid 43 a 37.988 9
4. Danill Kvyat 26 Red Bull-Renault RB11 43 a 45.692 12
5. Sergio Perez 11 Force India-Mercedes VJM08 43 a 53.997 4
6. Felipe Massa 19 Williams-Mercedes FW37 43 a 55.283 6
7. Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF15-T 43 a 55.703 16
8. Max Verstappen 33 Toro Rosso-Renault STR10 43 a 56.076 18
9. Valtteri Bottas 77 Williams-Mercedes FW37 43 a 1:01.040 3
10. Marcus Ericsson 9 Sauber-Ferrari C34 43 a 1:31.234 13
11. Felipe Nasr 12 Sauber-Ferrari C34 43 a 1:42.311 14
12. Sebastian Vettel 5 Ferrari SF15-T 42 a 1 Volta 8
13. Fernando Alonso 14 Mclaren-Honda MP4-30 42 a 1 Volta 20
14. Jenson Button 22 Mclaren-Honda MP4-30 42 a 1 Volta 19
15. Roberto Merhi 98 Manor-Ferrari MR03 42 a 1 Volta 17
16. Will Stevens 28 Manor-Ferrari MR03 42 a 1 Volta 15
Carlos Sainz 55 Toro Rosso-Renault STR10 32 Power Unit 10
Daniel Ricciardo 3 Red Bull-Renault RB11 19 Elétrico 5
Pastor Maldonado 13 Lotus-Mercedes E23 Hybrid 2 Transmissão 7
Nico Hulkenberg 27 Force India-Mercedes VJM08 0 Não Largou 11

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mclaren/Lotus/Williams

Corridas Histórica: GP da Bélgica de 1987

Grid de Largada:

1 Nigel Mansell (Williams/Honda) 1’52.026
2 Nelson Piquet (Williams/Honda) 1’53.416
3 Ayrton Senna (Lotus/Honda) 1’53.426
4 Gerhard Berger (Ferrari) 1’53.451
5 Michele Alboreto (Ferrari) 1’53.511
6 Alain Prost (McLaren/TAG) 1’54.186
7 Thierry Boutsen (Benetton/Ford) 1’54.300
8 Riccardo Patrese (Brabham/BMW) 1’55.064
9 Teo Fabi (Benetton/Ford) 1’55.339
10 Stefan Johansson (McLaren/TAG) 1’55.781
11 Eddie Cheever (Arrows/Megatron) 1’55.899
12 Derek Warwick (Arrows/Megatron) 1’56.359
13 Andrea de Cesaris (Brabham/BMW) 1’57.101
14 Alessandro Nannini (Minardi/Motori Moderni) 1’58.132
15 Satoru Nakajima (Lotus/Honda) 1’58.649
16 René Arnoux (Ligier/Megatron) 1’59.117
17 Piercarlo Ghinzani (Ligier/Megatron) 1’59.291
18 Martin Brundle (Zakspeed) 2’00.433
19 Adrián Campos (Minardi/Motori Moderni) 2’00.763
20 Christian Danner (Zakspeed) 2’01.072
21 Ivan Capelli (March/Ford) 2’02.036
22 Philippe Alliot (Lola/Ford) 2’02.347
23 Philippe Streiff (Tyrrell/Ford) 2’03.098
24 Jonathan Palmer (Tyrrell/Ford) 2’04.677
25 Pascal Fabre (AGS/Ford) 2’07.361
26 Alex Caffi (Osella/Alfa Romeo) 2’12.086

Prost leva GP da Bélgica e se iguala a Jackie Stewart com 27 vitórias na carreira

Alain Prost, o Professor realizou mais um feito em sua carreira na formula 1, se igualou a Jackie Stewart, com 27 vitórias na Categoria com a vitória no GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps.

Após chuva durante os Treinos, A pole era de Mansell, com Piquet ao lado dele. Depois Senna e Berger na segunda fila e Alboreto e Prost na terceira Fila. Antes de alinhar para o Grid de largada, Capelli acabou tendo problemas em seu carro e teve que voltar aos boxes para Buscar o carro reserva. Depois da Volta de Apresentação os carros foram para a Largada.

Na largada quem foi melhor foi Mansell que se manteve na ponta, mas foi Senna que ganhou mais na Largada, ganhando a posição de Nelson Piquet e assumindo o 2ºlugar. Piquet no começo da corrida estava pressionado pelas duas Ferraris de Berger e de Alboreto, Arnoux não consegue largar. Os pilotos completaram a primeira volta, mas a confusão começou a partir que Berger parou no final da primeira volta, Boutsen acabou se chocando com o Austríaco da Ferrari, Mas o mais grave para o Desespero de Ken Tyrrell, Philippe Streiff e Jonathan Palmer acabaram se envolvendo em um acidente em que deu perda total para um dos carros e o outro teve muitos Danos. Resultado disso, Bandeira vermelha, a corrida iria começar de novo.

Na Relargada é Senna que pula na ponta da corrida numa largada brilhante de Senna com Mansell em Segundo, Berger em 3º e Piquet em 4º que acabou recuperando a 3ªPosição antes da Segunda Curva. Logo na parte de curvas na primeira volta Mansell tentou passar Senna só que Mansell mais uma vez avaliou errado uma ultrapassagem, Resultado: tanto Senna, tanto Mansell saíram da pista, Senna abandonou a corrida e Mansell voltou a corrida, mas muito longe dos lideres e em último lugar naquele momento da corrida. O Líder era o Piquet a partir da Segunda volta da corrida com Berger em 2º e Prost em 3º.

Berger no final da Segunda volta teve o seu motor Ferrari Turbo estourado. Classificação após 2 voltas: Piquet, Alboreto, Prost, Boutsen, Fabi e Patrese.

Alboreto iria começar a sentir a pressão de Alain Prost. Seria um alivio para Piquet que poderia ter duas opções, ou abrir vantagem para Alboreto ou segurar para poupar seu carro. Alboreto tenta seguir

Johansson fez uma grande ultrapassagem em cima de Teo Fabi e assumiu o 5ºluigar. Mansell era só o 18ºlugar.

Patrese acabou fora da corrida. Enquanto isso Alboreto estava segurando é muito bem as ameaças de Prost pelo Segundo lugar. Isso tudo tendo 8 voltas Classificação após 8 Voltas: Piquet, Alboreto, Prost, Fabi, Johansson, Boutsen.

Prost acabou tentando passar Alboreto, tentou a ultrapassagem, mas isso não foi o Suficiente para conseguir a ultrapassagem, Na volta seguinte teríamos uma demonstração da sorte de Alain Prost tinha na corrida. Alboreto Quebra e abandona a corrida, e segundos depois Piquet também teve problemas com o escapamento e Prost assumia a ponta da corrida. Com Fabi em Segundo e Johansson em 3º.

Depois de muito tempo Piquet foi para os Boxes, Mansell vinha junto para a parada de box, Piquet parou numa posição diferente do Mansell, o problema dele é mais sério. Com tudo isso em 11 Voltas tínhamos 15 carros na corrida apenas. Campos, Senna, Palmer, Nannini, Berger, Patrese, Warwick, Danner, Alboreto, Caffi estavam fora da corrida e Piquet praticamente fora da corrida. (Chegou a volta a prova, mas ficou mais uma volta na corrida e depois abandonou de vez).

Classificação após 13 Voltas: Prost, Fabi, Johansson e Boutsen eram os 4 primeiros colocados na corrida, Mclaren e Benetton dominando a corrida, Depois disso De Cesaris em 5º e Cheever em 6º.

Prost ira apertando o da direita para tentar abrir vantagem para fazer a parada e voltar ainda em primeiro lugar. Enquanto isso a March de Ivan Capelli com problemas de motor deixa a corrida. Isso com 16 voltas completadas E Fabi e Johansson Brigavam pelo 2ºlugar, e Johansson passou e assumiu a segunda posição. Começando a desenhar a Dobradinha da Mclaren, Prost em 1º e Johansson em 2º.

Classificação após 16 Voltas: Prost, Johansson, Fabi, Boutsen, De Cesaris e Chevver. Os seis primeiros colocados. Mas na volta seguinte Boutsen acabou tendo problemas em seu carro e abandonando a corrida. Prost na volta 18 iria para a sua parada, Prost acabou ainda assim voltando na frente de Johansson, e depois disso com Fabi em 3ºlugar. Um Ótimo trabalho da Mclaren nos boxes.

Com 19 Voltas completadas. Só tínhamos 13 carros na corrida, com um pouco menos da metade da corrida. 12 com o Abandono de Nigel Mansell. Caffi que estava a voltas e voltas dos lideres finalmente parou.

Johansson faz sua parada de boxes, Fabi reassume o segundo lugar, Johansson em 3º. Brundle foi mais um a abandonar com seu motor Zakspeed (Motorzinho Ruim esse hein) , e dai, só tínhamos 11 carros na corrida, com 21 voltas completadas.

Classificação: Prost, Fabi, Johansson , De Cesaris, Chevver, Arnoux, Ghinzani, Nakajima, Alliot, Streiff e Fabre. E só isso, exatamente 11 pilotos na corrida.

Os pilotos aos poucos faziam suas paradas nos boxes e as posições estavam sendo aos poucos moldadas, pois poucas disputas na pista por causa dos pouquíssimos carros ainda na corrida. E continuava o passeio de Alain Prost na liderança com 25 Voltas completadas. Com um Eficiente Johansson que largou em 10ºlugar em 2ºlugar, que estava 22 segundos atrás de Prost. Fabi em Terceiro e De Cesaris em 4º com a Brabham, mostrando que em dia que ele não resolve quebrar carros, Consegue resultados positivos para o time que ele defende. Cheever em 5º, já com uma volta atrás de Prost e Nakajima assumindo o 6ºlugar.

De Cesaris começava a buscar Teo Fabi para briga pelo Terceiro lugar na corrida, que Fabi também já não tinha mais desempenho para segurar De Cesaris, e nem tinha desempenho como o desempenho do inicio da temporada. E De Cesaris passava para o terceiro lugar no final da volta 30.

Na Volta 31 a Classificação era essa: Prost, Johansson, de Cesaris, Fabi, Cheever, Nakajima, Arnoux, Ghinzani, Alliot, Streiff e Fabre. Continuam 11 carros na pista.

4 Voltas depois Fabi acabou parando com problemas de motor, o Ford TEC V6 turbo não agüentou a corrida inteira em SPA. Com isso a corrida passava a ter essa classificação: Prost, Johansson, de Cesaris, Cheever, Nakajima, Arnoux, Ghinzani, Alliot, Streiff e Fabre.

Prost estava tranquilo para conquistar a 27ªVitória da carreira, e por quando viu Alliot com a Lola-Ford rodando e quase atingindo a Alain Prost na 39ªVolta. por Sorte o Francês estava com seu coelho da sorte em dia e nada aconteceu com ele.

No Final da corrida Fabre estava com problemas em seu carro e acabou parando no final da corrida, Streiff também tinha problemas no seu carro. Prost com apenas um susto em toda a sua corrida conquistou a vitória de número 27, empatando em número de vitórias com o Escocês Jackie Stewart. Johansson completou a dobradinha da Mclaren na Bélgica. De Cesaris parou no final da corrida com problemas de Combustível. Por sorte ninguém atrás dele estava na mesma volta que ele e portanto ficou em 3ºlugar num merecidíssmo pódio do Italiano da Brabham.

Cheever com a Arrows, Nakajima com a Lotus e Arnoux com a ligier completaram nos pontos, Ghinzani, Alliot, Streiff completaram a corrida, ou melhor, foram os sobreviventes que chegaram ao final. Fabre também completou a corrida, por que conseguiu completar os 90% da corrida e ficou em 10ºlugar.

Resultado final do GP da Bélgica de 1987

Fotos:

View post on imgur.com

Fonte das Fotos: Bestlap, Formel1mic

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Corridas Históricas: GP da Bélgica de 1986

Ge7pbejj

Grid de largada:

1 Nelson Piquet (Williams/Honda) 1’54.331
2 Gerhard Berger (Benetton/BMW) 1’54.468
3 Alain Prost (McLaren/TAG) 1’54.501
4 Ayrton Senna (Lotus/Renault) 1’54.576
5 Nigel Mansell (Williams/Honda) 1’54.582
6 Teo Fabi (Benetton/BMW) 1’54.765
7 René Arnoux (Ligier/Renault) 1’55.576
8 Keke Rosberg (McLaren/TAG) 1’55.662
9 Michele Alboreto (Ferrari) 1’56.242
10 Patrick Tambay (Lola/Ford) 1’56.309
11 Stefan Johansson (Ferrari) 1’56.496
12 Martin Brundle (Tyrrell/Renault) 1’56.537
13 Johnny Dumfries (Lotus/Renault) 1’57.462
14 Thierry Boutsen (Arrows/BMW) 1’57.612
15 Riccardo Patrese (Brabham/BMW) 1’57.612
16 Alan Jones (Lola/Ford) 1’57.815
17 Jacques Laffite (Ligier/Renault) 1’58.238
18 Philippe Streiff (Tyrrell/Renault) 1’58.603
19 Andrea de Cesaris (Minardi/Motori Moderni) 1’59.960
20 Jonathan Palmer (Zakspeed) 2’00.148
21 Marc Surer (Arrows/BMW) 2’01.320
22 Alessandro Nannini (Minardi/Motori Moderni) 2’01.354
23 Huub Rothengatter (Zakspeed) 2’03.842
24 Piercarlo Ghinzani (Osella/Alfa Romeo) 2’05.092
25 Christian Danner (Osella/Alfa Romeo) 2’06.219

7ztc0a9t o

Mansell finalmente brilha em 86 e vence em Spa

Na 5ªEtapa da Temporada, a disputa pelo titulo estava disputada, com Prost líder, Senna em 2º, Piquet, Rosberg e Mansell logo em seguida. Mas a disputa da pole foi fantástica. A Benetton apareciam na disputa pela pole. Alem das favoritas Williams, Mclarens e da Lotus de Ayrton Senna. Nelson Piquet conquistou a Vespa, que Berger diz ter perdido depois do Treino oficial de Sábado.

Utckalgq

Na Largada, Berger e Prost se tocam, Vários pilotos se enroscaram na confusão. Quem se deu bem nessa confusão foi Piquet, Senna e logo depois Mansell e Johansson. Os outros ficaram na Confusão. Tambay acabou fora da corrida, Seu carro foi atingido e sua suspensão quebrou.

Lueuherb

Berger e Prost perderam tempo e foram para os boxes Prost acabou com o seu spoiler quebrado. No Final da primeira volta Piquet já disparava na liderança, enquanto isso o trabalho na Mclaren para trocar o Spoiller do carro de Alain Prost. Demoram, mas deixaram Prost ainda na mesma volta do Líder. Na 3ªVolta Nigel Mansell passou Senna e assumiu a 2ªPosição. Parecia que as Williams estavam com a corrida na mão e que seria um domínio dos carros de Frank Williams, Classificação após 2 Voltas: Piquet, Mansell, Senna, Johansson, Dunfries e Laffite.

Jfialhmb

Para Berger ele depois de 2 voltas nos boxes acabou voltando a pista, Mmas sem chances de pontuação. Os Dois primeiros abandonos foram da Dulpa da Osella, Danner e Ghinzani, no Segundo bloco de Corrida tinha varios carros, Dumfries, Jones, Laffite, Boutsen, Alboreto, Brundle, Streiff, Arnoux e um pouco mais atrás Teo Fabi, as Benetton foram muito prejudicadas na manobra na Largada. Com 2:01.558 Piquet já tinha a melhor volta da corrida na Volta 4. Piquet dispara, enquanto isso Jonathan Palmer iria aos boxes com a patética Zakspeed com o seu motor Turbo Caseiro. No Final da volta 5, Mansell cometeu um erro e perdeu posições para Senna e Johansson Enquanto isso Dumfries, Jones, Laffite, Alboreto, Rosberg, Brundle, Boutsen, Streiff, Arnoux, todos eles brigavam pela 5ªposição. Enquanto isso Prost tentava fazer sua corrida de Recuperação.

Mas Sem Dúvida Mansell começava a Tirar a distância a Johansson e Senna para recuperar a hegemonia da Williams nessa corrida. Piquet já tinha 9 Segundos na Frente de Senna e estava sobrando na Frente, Keke Rosberg tem problemas no seu carro e abandona a corrida, não era um bom domingo para a Mclaren. Dumfries abandonava a corrida, na Volta 8, na mesma Volta Thierry Boutsen também deixava a corrida com sua Arrows-BMW (com um motor desses, a Arrows fazia fiasco). A Classificação na volta 9 era Piquet, Senna, Johanasson, Mansell, Alboreto e Laffite, Brundle, Jones, Arnoux, Fabi, Alboreto fazia uma brilhante recuperação na corrida. Prost em 17ºLugar a mais de um minuto e 30 segundos do líder da corrida.

T3bo8txu

Streiff rodou na pista, e acabou na terra, tanto que a TV deu um destaque para mostrar a rodada dele dentro do cockpit de Streiff, voltou para a corrida, mas longe de qualquer chance de um bom resultado. Na Volta 12 Piquet continuava liderando a corrida, tinha praticamente uma reta na Frente de Senna, Johansson e Mansell,

Mansell chega no Johansson pela luta pelo 3ºlugar, ele precisava de um bom resultado para manter-se na Ferrari, apesar dele fazer os únicos 3 pontos no ano para o time vermelho, ele estava ameaçado de perder o emprego na Ferrari. Streiff foi para os Boxes e voltou à corrida. Já Prost já estava em 16ºlugar, na Frente só de Alessandro Nannini com a Minardi, ele estava a 1 minuto e 41 segundos atrás de Piquet, e Depois de 2 Voltas de briga pelo 3ºlugar, Mansell finalmente consegue a ultrapassagem e assumia o 3ºposto.

Mansell tinha como o alvo na mira Ayrton Senna que tinha pouca vantagem sobre o Leão. Piquet parecia tranqüilo na liderança, Mas o Turbo do seu carro falhou, Piquet foi aos Boxes e no final da volta 16 e abandonou a corrida. Com isso Senna assumia a ponta da corrida, Mas teria Mansell na cola da sua Lotus-Renault, Johnasson ficava em 3ºlugar na espera por alguma coisa que acontecesse com os pilotos na Frente para herdar alguma coisa.

As Ferrari estavam tendo um desempenho muito bom em Spa. Enquanto isso Prost já começava a subir na Corrida, já estava em 13ºlugar, Prost fez na volta 16 a melhor volta na corrida 2:01.395, E já estava na Cola de Surer para tomar a 12ªColocação do Suiço da Arrows. Prost não teve a menor dificuldade em passar, sem dificuldades também passou  De Cesaris. Senna tinha somente 2.3 Segundos na Frente de Mansell, E apesar do Seu Lotus esta com desempenho inferior ao Desempenho de Mansell Senna lutava pela ponta.

Enquanto isso Arnoux enfrentava problemas na sua parada e era outro que saia da briga por pontos. Com isso Prost agradece, Ele já estava em 9ºlugar. Já era bem possível o Francês marcar algum ponto na corrida. A Classificação após 19 voltas era: Senna, Mansell, Johansson, Alboreto, Brundle, Jones, Laffite e Fabi os oito primeiros colocados.

C4tlsces

Mansell foi para os Boxes, com 7 Segundos na sua parada ele volta a corrida. Foi uma Brilhante troca de Pneus do Time Inglês para Mansell. A Lotus teria que caprichar para manter Senna na Frente, Brundle da Tyrrell também foi para fazer sua parada nos boxes. Fabi teve que trabalhar muito pra voltar a corrida após sua parada, seu motor queria morrer de qualquer jeito. Enquanto Senna ira para os Boxes, e a Lotus trabalhou bem, Mas 1 Segundo e meio mais lento que Mansell, isso foi o suficiente para Mansell assumir a 2ªposição. Johansson não tinha parado e era o líder da corrida, comprovando o ótimo desempenho da sua Ferrari na pista belga. Já Prost também foi fazer sua parada e estava em 9ªposição, logo atrás tinha, De Cesaris com a Minardi-Motori Moderni.

Classificação apos 22 Voltas: Johansson (45.25.550), Mansell (7.219), Senna (11.256), Alboreto (13.518), Laffite (47.715) e Brundle (52.908). Johansson no final da Volta 22 Foi para os Boxes, e fez uma belíssima troca de Pneus, voltou em 4ºlugar, pois não tinha vantagem suficiente para voltar na Frente nem do Alboreto que estava em 3º, Mas Alboreto não tinha trocado os pneus, faltava ele para fazer sua parada. Apesar de Mansell ter o melhor carro o Brasileiro Ayrton Senna fazia a melhor volta da corrida 2:00.66 na volta 25,

Rothengatter ira aos boxes trocar os pneus, Mas a troca demorou um pouco mais devido a problemas na sua parada. Já Arnoux, foi aos boxes, mas acabou a corrida para o Francês com seu Ligier com problemas de motor. O Mesmo aconteceu com Martin Brundle que foi aos boxes para abandonar, só que com problemas no Câmbio. Nannini e Rothengatter também iriam abandonar na corrida, com isso eram apenas 14 carros na corrida. Numa corrida era extremamente desgastante. Senna buscava brigar com Mansell pela Vitória, e estava a menos de 3 segundos de Mansell. Classificação na volta 29 era: Mansell, Senna, Alboreto, Johansson, Laffite e Jones, os 6 primeiros. Prost já vinha em 7ª diminuindo a distância sobre Jones.

Enquanto isso Berger também voava na pista, o Benetton-BMW era um grande carro para essa pista, mas a largada complicou de forma decisiva a corrida de Fabi e Berger pelos pontos. Patrese iria aos boxes também, mas a troca foi lenta, mas Patrese estava lá atrás, o time veio só com um carro, o carro 8 não veio devido a morte de Elio de Angelis, não acharam o substituto para o Time. Com isso correram só com um carro. Prost já estava a 10 segundos atrás de Alan Jones na briga pelo 6ºlugar. Na Volta 31 Mansell continuava líder, mas Senna sempre acompanhava por perto Mansell, e só eles dois estavam lutando pela vitória.

Já que Alboreto e Johansson estavam muito longe em 3º e 4º, Johansson ira diminuindo a diferença para Alboreto para lutar pelo pódio, Mas era um grande dia para a Ferrari que estava marcando 7 pontos. Com um carro ruim que eles tinham era um grande negócio garantirem essas posições. Jones foi para a sua para nos Boxes, com isso Prost já estava em 6ºlugar. Deixando Jones em 7º e Fabi em 8º Uma Fantástica reação do piloto da Mclaren-Porsche que não iria chegar em Laffite já que ele tinha 30 segundos atrás do Veterano da Ligier.

Restando 9 Voltas para o Final da corrida Mansell ainda via perto Ayrton Senna no seu retrovisor, ambos negociaram ultrapassagens, Jonathan Palmer fazia uma parada confusa, ele tinha que trocar os pneus, com seu Zakspeed ele corria em 14ªlugar, longe de um resultado mais decente.

X427iitd

E a 8 Voltas do Final da corrida Johansson e Alboreto brigavam pelo pódio, e não tinha essa de jogo de equipe na Ferrari, mas tinha que se ter cuidado, caso um toque dos dois, a Ferrari jogaria fora tudo de bom que fez na corrida e daria o pódio a Laffite e mais pontos ao Prost. De Cesaris Fazia grande corrida, Mas o combustível acabou para ele a 8 voltas do Final e o Italiano teve que parar. Fez uma brilhante corrida com a Minardi com o potentíssimos motores motori moderni. Faltando 4 voltas para o final da corrida Mansell ainda na Frente e Senna estava mais preocupado em terminar a corrida, com isso o Brasileiro com a Lotus-Renault começou a economizar combustível.

Mansell não parecia já ter tranquilidade em relação ao seu tanque, Stefan Johansson passou Alboreto e assumiu o 3ºlugar. Faltando 3 voltas do Final: Mansell, Senna, Johansson, Alboreto, Laffite, Prost, Jones, Fabi, Surer e Patrese eram os 10 primeiros colocados.

Cq4baxhv

Restando 2 voltas para o Final da corrida Jones parava por pane seca, após uma bela corrida com seu Lola-Ford, mostrando que talento ainda estava nele, só faltava mais carro. Mas ainda não tinha acabado Surer na última volta acabou perdendo a roda de seu carro, ele teve de ir aos boxes colocar novos pneus Mas o seu carro morreu, e ficou parado, e quase eles empurraram o carro de Surer, isso quase desclassificou o Suiço da Arrows-BMW. (Seria a última corrida do Suíço na Formula 1) Mansell ganhou com boa vantagem, e conquistava a sua 1ªvitória em 1986. Ayrton Senna controlou seu combustível e Chegou em 2ºlugar, e assumia a liderança do Campeonato, e Depois veio as Duas Ferrari,

Wq717akd

Johansson em 3º e Alboreto em 4º numa grande corrida da Ferrari nesse ano. Laffite e Prost completaram em 5º e 6º. Uma corrida desgastante e cheia de alternativa teve dois vencedores, Mansell e Senna. Mansell vencia a primeira no ano e ficava na Frente de Piquet na Classificação no Campeonato, e Senna voltava à liderança do Campeonato.

04zfbeko o

Resultado do GP da Bélgica de 1986

Fotos:

 

Fotos: Formel1mic, Bestlap
Texto: Deivison da Conceição da Silva