Com jogo de equipe desnecessário, Hamilton conquista vitória constrangedora e abre 50 pontos na liderança do campeonato

Se no ano passado o GP da Rússia foi uma prova para ser esquecida pela inercia de acontecimento, Esse ano a corrida será marcada pela Mercedes ter influenciado no Resultado final da corrida. Valtteri Bottas que tinha a prova na mão e Teve que ceder por ordem de Toto Wolff para o Inglês Lewis Hamilton. Em uma lamentável atitude do dirigente diga-se de passagem. Foi a vitória de número 70 da sua carreira e esta com 50 pontos de vantagem para Sebastian Vettel. Com 5 provas para o termino do campeonato, O inglês fica mais próximo do título.

Na largada, Bottas largou bem e manteve a liderança, Com Vettel tentando superar Hamilton que segurou a 2ªposição. Não tivemos nenhum incidente nas primeiras curvas como aconteceu em 2015, 2016 e 2017.

Se esperavam que a corrida iria ficar parada, Se enganou! Já na segunda volta, O monegasco Charles Leclerc ultrapassou Kevin Magnussen por fora, Uma linda manobra que colocou o piloto da Sauber ao 5ºlugar, Mas quem dava o Show no começo da prova era Max Verstappen. Em 3 voltas, O piloto Holandês passou do 19ºlugar para a 11ªposição. Após 5 voltas, ele passou para o 7ºlugar.

Na sexta volta Verstappen passou Magnussen e assumiu o 6ºlugar, Na 8ªVolta,Verstappen ultrapassa Leclerc assumindo a 5ºlugar, a 16 segundos do líder seria difícil que Max conseguisse algo a mais do que essa posição, Mas ele poderia ficar mais tempo na pista e era ai que tudo poderia mudar. Esteban Ocon tentou superar Kevin Magnussen, Mas acabou tomando uma fechada que tornou a tarefa do piloto francês impossível.

Na 13ªVolta, Valtteri Bottas abriu a rodada de paradas dos primeiros colocados. Na Volta seguinte foi à vez de Vettel ir para os boxes. Lewis Hamilton ficou na pista durante 2 voltas para tirar o mais rápido possível. Na volta 15, O piloto inglês faz sua parada. Ao contraio do que se esperava é que Hamilton perdeu a posição para Vettel que assumiu a segunda posição.

Hamilton teve que ir para a batalha para superar Vettel. Na Volta seguinte, Hamilton tenta a ultrapassagem na grande reta, Mas perto da chicane o piloto Alemão fecha a porta, Hamilton insiste e consegue a ultrapassagem, E assumindo a 4ªposição. Raikkonen era o líder com Verstappen em 2º e Bottas em 3º. Sendo que os 2 primeiros precisavam fazer a parada.

Raikkonen vai para a parada na volta 18, Verstappen assumiu a liderança. Enquanto isso sem razão, Sainz jr. reclama de uma fechada de Kevin Magnussen. O piloto Espanhol estava por fora e o escandinavo estava na sua trajetória.

A corrida estava se encaminhando a favor de Bottas que vinha com uma vantagem pequena, Mas segura para Hamilton que vinha sendo pressionado pelo Vettel. Até que na volta 25, Bottas recebeu a ordem de deixar Hamilton passar. O piloto Finlandês deixou de forma descarada a ultrapassagem do piloto inglês que passou ao 2ºlugar. Bottas ficou muito irritado com a situação. O estrategista explicou que a ultrapassem foi necessária por que o Hamilton tinha uma bolha no seu pneu. (Algo que não prejudicava o desempenho de forma visível o piloto da Mercedes)

Hamilton só esperava a troca de pneus do Verstappen que iria ser por volta da 30ªpassagem. Porém, Os pneus do Verstappen acabou resistindo muito e rendendo bem. Tanto é que a parada dele aconteceu na volta 44. Colocando os pneus ultra macios e volta em 5ºlugar. Já Ricciardo parou bem antes (Na 28ªVolta, ao trocar além dos pneus trocou sua asa dianteira) em 6ºlugar.

Hamilton ficava com seus 2 segundos a frente de Bottas que finalmente conseguiu abrir uns 2 segundos de Sebastian Vettel. Nas últimas voltas, Bottas perguntou se as posições iriam ficar do jeito que esta ou se devolveriam a vitória para as mãos dele? A Resposta é que iria sim!

Lewis Hamilton que não parece ter concordado com essa decisão acabou conquistando a sua 70ªvitória, Mas uma vitória sem o brilho das outras vitórias, graças as ordens dos burocratas da Mercedes, Liderados por Toto Wolff. Logo ficou bem claro o clima bem ruim que ficou depois dessa presepada.

Agora minha opinião: A Mercedes não precisava passar por isso! A equipe alemã que parecia ter mais liberdade para que os dois pilotos vencesse, Dessa vez a equipe acabou se rebaixando a Ferrari em 2002 no Fatídico GP da Áustria (Quando Barrichello cedeu a vitória a poucos metros do final da prova) A diferença foi que Bottas cedeu as ordens da equipe no meio da corrida. Isso não deixa de ser vergonhoso, Já esta mais do que na hora de o “Jogo de equipe” acabar. Tivemos uma evolução disso a partir de 2003 até o ano de 2010 quando foi rasgado o regulamento da proibição do jogo de equipe, (Massa deixou Alonso ultrapassar para vencer a prova numa clara ordem de equipe) Que acabou sendo punido em 100 mil dólares e quando era para perderem todos os pontos ou suspensão do GP da Itália, A FIA (Ferrari International Assistence)acabou passando a mão e deixando a Ferrari sem punição. Pelo contraio, Eles revogaram o jogo de equipe.

O que cabe a Liberty Media? Apenas uma coisa: Uma regra que endureça o jogo de equipe e em um segundo momento que se acabe com isso ou caso contraio, de nada vai adiantar o que a empresa que cuida da Formula 1 desde 2017. Parece que os fantasmas da antiga Formula 1 estavam em Sochi, Hoje tivemos a aparição da Múmia Bernie Ecclestone junto do Vladimir Putin. Só espero que esse fantasma não seja o recomeço de um novo colonialismo na categoria principal do automobilismo.

Valtteri Bottas acabou em 2ºlugar, Completamente abatido com a situação, Hamilton não comemorou a vitória, ainda por cima no pódio levou Bottas no mesmo patamar dele. Até porque com a grandeza de um dos maiores pilotos da história da Formula 1 sabe que sua vitória de hoje não foi de puro merecimento e que ele não precisava disso para ganhar seu 5º título Mundial. Algo que esta bem mais próximo dele.

Sebastian Vettel com o 3ºlugar de hoje, Com uma Ferrari que não teve Força para derrotar a Mercedes fica em uma situação muito difícil. Agora o Alemão depende de outros resultados para ser o campeão. Kimi Raikkonen terminou logo atrás em 4ºlugar. Verstappen com os pneus Ultra Macios não se deu bem, Acabou tendo um desempenho ruim e não conseguiu se quer aproximar de uma possível disputa pelo 4ºlugar, O Holandês chegou em 5ºlugar e acabou sendo o piloto da corrida.

Daniel Ricciardo, dispersado pela Red Bull fez o suficiente para ficar com o 6ºlugar.

Charles Leclerc fez uma brilhante corrida, Coroando um final de semana fantástico ao levar a Sauber ao 7ºlugar. São 6 pontos que levam a equipe suíça a ter chances de disputar o 8ºlugar dos construtores com a Toro Rosso que fez um papelão, Com seus 2 pilotos abandonando após 4 voltas por causa de problemas que resultaram em rodadas dos seus dois pilotos.

Kevin Magnussen mesmo sem ter um carro tão bem acertado acabou ficando em 8ºlugar, marcando importantes 4 pontos nessa luta pelos construtores contra a Renault que ficou zerada no dia de hoje. Esteban Ocon e Sergio Perez completaram a zona de pontuação. Na Force India houve jogo de equipe, Perez pediu para Ocon passar, Essa ordem foi obedecida para que o Mexicano tivesse chance de passar Magnussen, Porém isso não aconteceu e a equipe pediu para que Perez devolvesse a posição para Ocon. Nesse caso o que a Mercedes não fez a Ex-equipe Indiana acabou fazendo.

Romain Grosjean nadou e acabou morrendo na praia, Ficando mais uma vez sem pontuar. Igualmente aconteceu com o Alemão Nico Hulkenberg (que vive uma fase ruim de apenas 1 ponto nas últimas 4 corridas) acabou em 12ºlugar. Pior ficou Carlos Sainz jr. que acabou em um melancólico 17ºlugar.

Na frente dele ficou o Sueco Marcus Ericsson que fez uma corrida mais ou menos, Sem muito brilho. Ao contraio que foi a corrida do seu companheiro de equipe. Fernando Alonso sem qualquer brilho ficou em 14ºlugar, Com Lance Stroll, Stoffel Vandoorne, Carlos Sainz jr. e fechando a turma que terminou a prova ficou o Russo Sergey Sirotkin. Uma decepção para os Russos, que poderia tentar fazer algo a mais do que o 18ºlugar que conseguiu no dia de hoje.

Semana que vem teremos o GP do Japão, Com o desempenho de Hamilton nessa altura do campeonato, Tudo indica que o título pode ser decidido até mesmo no GP do México, Mas a equipe Mercedes não precisava desse fato, Provavelmente os 7 pontos não fariam falta, Se quer para definir o campeonato no Circuito de Hermanos Rodriguez. A Vitória de Valtteri Bottas poderia fazer muito bem para o finlandês.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP da Rússia
16ªEtapa do Mundial de Formula 1

Pos Pilotos Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 1:27:25.181 2
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 2.545s 1
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 7.487s 3
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 16.543s 4
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 53 a 31.016s 19
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 53 a 1:20.451s 18
7 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 53 a 1:38.390s 7
8 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 52 a 1 volta 5
9 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 1 volta 6
10 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 1 volta 8
11 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 52 a 1 volta 9
12 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 52 a 1 volta 12
13 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 52 a 1 volta 10
14 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 52 a 1 volta 16
15 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 1 volta 14
16 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 51 a 2 voltas 15
17 55 Carlos Sainz jr. Renault R.S.18 Renault R.E.18 51 a 2 voltas 11
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 51 a 2 voltas 13
10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 4 Abandonou 17
28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 4 Abandonou 20

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Sauber/Force India/Williams/Red Bull/Renault

Resultado dos 3 treinos livres – GP da Rússia

1ºTreino Livre

pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:34.488 19
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:34.538 22
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:34.818 23
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:34.999 28
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:35.524 11
6 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:35.663 24
7 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:35.696 19
8 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:36.196 21
9 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:36.274 18
10 36 Antonio Giovinazzi Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:36.712 22
11 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:36.816 23
12 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:36.944 25
13 47 Lando Norris McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:37.022 25
14 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:37.054 24
15 46 Artem Markelov Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:37.183 22
16 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:37.187 27
17 34 Nicholas Latifi Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:37.206 24
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:37.225 25
19 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:37.944 28
20 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:39.137 13

2ºTreino Livre

Pos Pilotos Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:33.385 35
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:33.584 33
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:33.827 32
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:33.844 37
5 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:33.928 33
6 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:34.388 31
7 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:35.122 30
8 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:35.137 28
9 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:35.147 33
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:35.295 35
11 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:35.331 33
12 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:35.341 37
13 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:35.432 32
14 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:35.568 35
15 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:35.911 35
16 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:36.024 29
17 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:36.074 34
18 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:36.617 31
19 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:36.861 39
20 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:37.001 35

3ºTreino Livre

Pos Pilotos Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:33.067 13
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:33.321 16
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:33.667 14
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:33.688 11
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:33.937 11
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:34.394 14
7 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:34.628 15
8 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:34.809 16
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:34.820 15
10 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:34.916 14
11 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:34.988 13
12 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:35.125 21
13 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:35.185 18
14 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:35.213 12
15 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:35.370 16
16 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:36.033 22
17 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:36.071 16
18 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:36.274 20
19 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:36.597 14
20 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:36.992 21

Valtteri Bottas em busca da recuperação conquista a pole em Sochi

O piloto Finlandês Valtteri Bottas, Vencedor da prova do ano passado marcou agora pela manhã a pole position no GP da Rússia. Conseguindo superar no Q3 seu companheiro de equipe Lewis Hamilton que após dominar o treino, Acabou perdendo a possibilidade de largar na frente. A Mercedes dominou a classificação enquanto que a Ferrari acabou ficando na segunda fila. O que é muito ruim para Vettel que ver suas chances de título diminuir cada vez mais.

De antemão, Já saberia que Os dois pilotos da Red Bull, Os dois pilotos da Toro Rosso e Fernando Alonso iriam ser punidos por trocarem as unidades de potência. Nisso os pilotos fora desses 5 iriam ser beneficiados. No primeira fase da classificação acabou Hamilton sobrando, Com meio segundo a frente de Bottas. Depois vieram Verstappen e Ricciardo com os carros da Red Bull e Raikkonen e Vettel com a Ferrari que não foi bem a classificação inteira.

Charles Leclerc levou a Sauber ao 7ºlugar, 4 posições a frente de Marcus Ericsson. Quem ficou no sufoco foi Carlos Sainz jr. e Nico Hulkenberg que acabaram em 14º e 15ºlugares garantindo seus lugares para a próxima fase da classificação. Os eliminados do Q1 são Brendon Hartley que definitivamente não se deu bem na Formula 1, Fernando Alonso, Sergei Sirotkin, Stoffel Vandoorne e Lance Stroll. Williams e Mclaren nas últimas posições, Algo que não era imaginável nos anos 90 quando no começo dessa década eram as 2 melhores equipes da Formula 1.

Resultado do Q1:

Pos Pilotos Equipe Chassi Motor Tempo
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:32.410
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:32.964
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:33.048
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:33.247
5 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:33.341
6 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:33.476
7 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:33.924
8 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:34.022
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:34.078
10 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:34.084
11 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:34.170
12 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:34.290
13 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:34.383
14 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:34.626
15 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:34.655
16 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:35.037
17 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:35.504
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:35.612
19 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:35.977
20 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:36.437

No Q2, As punições aos pilotos da Red Bull e para Pierre Gasly da Toro Rosso, Mais a Ausência de tentativa dos pilotos da Renault que se querem foram para a pista. Determinaram a classificação dos 10 primeiros colocados para o Q3.

Hamilton e Bottas ficaram nas 2 primeiras posições. O líder do campeonato colocou quase meio segundo. (Exatamente 450 milésimos a frente de Sebastian Vettel e 470 milésimos a frente de Kimi Raikkonen) Charles Leclerc colocou a Sauber até o 5ºlugar. Ocon, Perez, Ericsson, Grosjean e Magnussen foram os classificados para o Q3 juntamente dos 5 primeiros colocados.

Verstappen, Ricciardo, Gasly, Sainz jr. e Hulkenberg não foram para a pista e se auto eliminaram do Q2.

Resultado do Q2:

Pos Pilotos Equipe Chassi Motor Tempo
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:32.595
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:32.744
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:33.045
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:33.065
5 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:33.488
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:33.517
7 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:33.596
8 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:33.747
9 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:33.923
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:33.995

No Q3, Hamilton e Bottas disputariam a pole position. A Ferrari não tinha forças para lugar de igual para igual com a Mercedes. Em sua primeira volta, Hamilton foi mais rápido que Bottas no primeiro setor, Mas o finlandês acabou fazendo os outros dois melhores setores e acabou marcando 1:31.528 contra 1:31.532. Apenas 4 milésimos de frente do piloto inglês.

Vettel foi o 3ºlugar a 639 milésimos atrás e Raikkonen a 709 milésimos em 4ºlugar. Na disputa pelo 5ºlugar no Grid de largada, Esteban Ocon supera Charles Leclerc por 6 milésimos a frente do piloto da Sauber. Magnussen, Perez e Grosjean vinham logo a seguir, Apenas Ericsson não marcou tempo.

Na parte final da classificação, Bottas e Hamilton foram para a sua última tentativa em busca da pole. Hamilton marcou a melhor parcial do primeiro sector, Mas no segundo setor ele perde 1 segundo, Bottas que tinha a pole garantida melhorou sua marca para 1:31.387, Colocando 145 milésimos de diferença para seu companheiro de equipe. Foi a sua 7ªpole position na carreira do piloto Finlandês, que tenta sua primeira vitória no ano.

Na segunda fila largam Sebastian Vettel. Mesmo melhorando seu tempo em sua última tentativa, O vice-líder do campeonato ficou a 556 milésimos de Bottas e a 411 do seu rival na disputa pelo título. Kimi Raikkonen completa a segunda fila da equipe Ferrari.

No final da classificação, O piloto Kevin Magnussen acabou superando Ocon e Leclerc. O piloto da Haas larga em 5ºlugar com o piloto Francês da Force India/Racing Point completando a 3ªfila.

Charles Leclerc da Sauber e Sergio Perez da Force India largam na 4ªFila e completando os 10 primeiros colocados largam Romain Grosjean da Haas e Marcus Ericsson da Sauber, Na 5ªFila. Amanhã, As 8 da manhã teremos a 16ªEtapa de 21 etapas do Mundial de Formula 1. Essa prova pode definir de vez o campeonato ou então reabrir o campeonato para Vettel. A Fria Rússia depois da Copa do Mundo pode ficar bem quente com a briga do campeonato.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de Largada do GP da Rússia
16ªEtapa do Mundial de Formula 1

Pos Pilotos Equipe Chassi Motor Tempo Voltas Fase
1 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:31.387 17 Q3
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:31.532 18 Q3
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:31.943 18 Q3
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:32.237 18 Q3
5 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:33.181 15 Q3
6 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:33.413 17 Q3
7 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:33.419 17 Q3
8 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:33.563 16 Q3
9 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:33.704 17 Q3
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:35.196 17 Q3
11 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 Sem Tempo 6 Q2
12 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 Sem Tempo 6 Q2
13 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:35.612 6 Q1
14 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:35.977 6 Q1
15 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:36.437 5 Q1
16 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer Sem Tempo 4 Q2
17 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer Sem Tempo 8 Q2
18 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H Sem Tempo 7 Q2
19 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:35.037 6 Q1
20 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:35.504 6 Q1

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Sauber/Haas/Force India/Red Bull

Preview do GP da Rússia

Informações sobre a pista

Circuito: Sochi Autodrom
Distância (Volta): 5.848 km/3.634 milhas
Distância (Corrida): 309.732 km/192.459 milhas
Voltas: 53

Vencedores:

2014: Lewis Hamilton (Mercedes)
2015: Lewis Hamilton (Mercedes)
2016: Nico Rosberg (Mercedes)
2017: Valtteri Bottas (Mercedes)

Escolha dos pneus de cada piloto:

Previsão do Tempo: https://www.accuweather.com

Sexta

Sábado

Domingo

Vídeo On Board: (Vídeo: Formula 1)

Previsão dos pilotos e equipes:

Hamilton vai fazer mais uma vez a diferença e ficar mais perto do campeonato?

Bottas vai dar a volta por cima na Rússia? Foi aqui aonde ele conquistou sua primeira vitória na Formula 1.

Mercedes vai manter a invencibilidade vencendo pela 5ªvez em 5 edições do GP Russo?

Vettel terá a chance de começar uma virada para a disputa do título?

Raikkonen poderá sonhar com uma vitória?

A Red Bull vai ter um bom desempenho ou é mais uma prova que irão sucumbir por causa do Motor?

 

Renault busca a recuperação dos bons resultados na disputa pelo 4ºlugar nos Construtores.

Haas vem forte para buscar Renault na briga pelos construtores?

Force India após o fracasso em Cingapura busca sua volta por cima em Sochi.

Alonso levara mais uma vez a Mclaren nas costas ou vai ficar para trás?

Toro Rosso terá alguma esperança de marcar algum ponto com o motor Honda?

Leclerc e Ericsson serão capazes de levar a Sauber aos pontos como fez o futuro piloto da Ferrari na prova passada?

Williams vai passar vexame, Sirotkin pode tirar mais do seu carro na sua casa?

Minha expectativa é que tenhamos uma boa corrida e não uma corrida apagada como foi a corrida do ano passado. Em 2017 tivemos nenhuma ultrapassagem durante todas as 53 voltas do GP do ano passado. Valtteri Bottas passou os dois pilotos da Ferrari, Em uma grande largada e de lá ficou até o final da prova para a vitória.

Matérias das provas anteriores:

2014:

GP da Rússia – Hamilton vence em Sochi e Mercedes é Campeã do Mundial de Construtores

2015:

Hamilton aproveita quebra no Carro de Rosberg, Vence em Sochi e praticamente coloca a mão na Taça

2016:

Em Sochi, Rosberg conquista 7ªVitória seguida e aumenta sua vantagem na Liderança

2017:

Bottas conquista primeira vitória da carreira em Grande largada numa prova sonolenta em Solo Russo

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Renault/Haas/Mclaren/

Bottas conquista primeira vitória da carreira em Grande largada numa prova sonolenta em Solo Russo

O Finlandês Valtteri Bottas que esta em seu primeiro ano na Mercedes e já tinha dado mostras de que seria uma forte 3ªForça do campeonato pelas primeiras provas do ano conseguiu em uma grande largada acabar com a vantagem da Ferrari de ter em mãos pole e o 2ºdo grid e numa corrida sem nenhuma disputa mais séria com exceção da parte final aonde o Finlandês acabou sendp pressionado por Sebastian Vettel. Acabou levando pela primeira vez uma vitória na Formula 1.

Antes da largada o Espanhol Fernando Alonso teve problemas em seu Mclaren que continua no calvário com a Honda que parece não ter fim e acaba nem largando. Provocando uma nova volta de apresentação deixando a corrida mais curta em uma volta passando a ter 52 voltas.

As emoções maiores ficaram na largada com Bottas tomando as posições dos dois pilotos da Ferrari numa grande manobra. Lá atrás tivemos Romain Grosjean tocando em Jolyon Palmer que acabou em seguida tocando de volta do piloto Francês que teve seu carro saltando e indo para o muro ficando bem destruído e Palmer também acabou no muro e ambos ficaram de fora da corrida provocando a entrada do safety car quase que ao mesmo tempo que o Canadense Lance Stroll roda e cai para os últimos lugares.

Alguns pilotos como Vandoorne foram para os boxes fazerem uma parada para mudarem sua tática de paradas nos boxes. Na Volta 4 a corrida recomeça com Bottas mantendo a liderança seguido de Vettel, Raikkonen, Hamilton, Verstappen, Massa, Ricciardo, Perez, Ocon e Hulkenberg que não iria se manter por muito tempo, O Australiano Daniel Ricciardo com problemas de freios acabou deixando a prova na 6ªVolta. A Situação da Red Bull que já não era tudo isso sem o Ricciardo se mostrava pior com o decorrer das voltas aonde Verstappen a cada volta ficava 1 segundo mais distante de Hamilton que fazia uma corrida completamente apagada em relação a Bottas que abria diferença aos poucos para Vettel que vinha em segundo a frente e bem a frente de Raikkonen em 3º.

Massa em 6º liderava o bloco intermediário que era composto por Perez, Ocon e Hulkenberg. Depois vinham Magnussen, Sainz, Kvyat e Stroll disputando o 10ºlugar e por fim Vandoorne, Ericsson e Wehrlein se arrastando. Um com uma Mclaren-Honda e os outros dois com a Sauber-Ferrari de 2016. Magnussen e Vandoorne foram punidos por vazar a chicane da curva 2 naquela confusão da primeira volta. Para mim um exagero, Nenhum deles se beneficiou dessa manobra, Portanto a punição era desnecessária ao meu ponto de ver.

A Corrida teve pouquíssimos momentos de alguma agitação e nenhuma briga clara por posição. A movimentação maior foi quando Wehrlein e Massa foram os primeiros a pararem na volta 22. A partir dai tivemos alguma movimentação nos boxes e algumas ultrapassagens por lá mesmo como Magnussen e a Haas teve de pagar a punição injusta que sofreu nos boxes o que fez o piloto Escandinavo perder posição na zona de pontos e voltando atrás do Kvyat que tinha feito parada na mesma volta.

Ocon primeiro e Perez depois fizeram as trocas de pneus nos boxes o que fez o Brasileiro Felipe Massa voltar a 7ªposição tendo Hulkenberg ainda que parar nos boxes e quando isso acontecesse o Brasileiro voltaria ao 6ºlugar. Valtteri Bottas parou nos boxes na volta 27 o que fez Vettel subir para o primeiro lugar.

Verstappen parou nos boxes na volta 30 e mesmo com a parada o piloto que restou da Red Bull ainda voltou em 5ºlugar bem na frente do Hulkenberg. Era um abismo a diferença das equipes na Formula 1 de hoje. Tanto é que nas primeiras 10 voltas de bandeira verde os pilotos da Sauber estavam virando em média quase 5 segundos mais lentos do que Valtteri Bottas com a Mercedes e a Ferrari de Sebastian Vettel. Muito triste que a Formula 1 tenha isso nos dias de hoje.

Vettel parou na volta 34 e perdeu alguns décimos porque um dos mecânicos não encaixou tão bem uma das rodas tendo de perder um tempinho para ajeitar o pneu. Não foi decisivo para Vettel voltar atrás de Bottas a diferença entre os dois estava em 5 segundos ao restar 17 voltas para o final. A corrida estava bem encaminhada para o piloto Finlandês da Equipe Mercedes. Mas a partir dai Vettel começou a ter um ritmo mais forte de corrida. Bottas na volta 38 acabou quase que jogando fora a sua corrida após errar o ponto de frenagem o que fez ele passar perto do muro em uma das curvas de Sochi.

Vettel continuava a diminuir a diferença para Bottas, Com pneus mais novos e com o ritmo de prova com os pneus mais gastos favorecendo ao carro italiano poderíamos ter uma briga pela vitória algo que não tivemos a prova inteira em nenhuma posição praticamente. Nico Hulkenberg parou nos boxes na volta 41. Mas Felipe Massa não pode desfrutar do 6ºlugar. Um pneu furado fez ele ter de voltar aos boxes para fazer uma parada não programada o que fez o piloto da Williams voltar apenas em 9ºlugar atrás até mesmo do Hulkenberg.

Vettel partiu para o ataque final pra cima de Bottas baixando a vantagem do finlandês para apenas 1 segundo podendo a qualquer momento abrir a asa móvel, A 3 voltas do final Vettel consegue estar apto a usar asa móvel, Mas foi Bottas que se beneficiou da Asa Móvel a estar perto de Felipe Massa para distanciar o bastante para evitar um ataque de Vettel. E de quebra o finlandês passou o piloto da Ferrari em um ponto melhor que Vettel que acabou perdendo tempo nessa ultrapassagem em cima do Brasileiro. Isso sacramentou a 1ªVitória de Valtteri Bottas na Formula 1 com 7 décimos na frente de Vettel que ficou em segundo lugar mantendo a liderança do campeonato agora com 13 pontos de Frente sobre Lewis Hamilton que fez uma corrida muito apagada ficando em 4ºlugar atrás de Kimi Raikkonen que completou o pódio nesse bom final de semana da Ferrari que mostra lutar de igual para igual com as Mercedes.

A Red Bull esta anos-luz dessas duas equipes. O 5ºlugar de Max Verstappen é hoje o máximo que se pode almejar para o time Austríaco graças em parte ao Chassis que não parece ser tão bem construído como aos motores Renault que estão claramente abaixo dos motores Mercedes e Ferrari nessa batalha de propulsores na Formula 1.

Sergio Perez foi o melhor das equipes intermediárias ao fazer uma corrida correta e sem erros acabou beneficiado pelo furo de pneu de Felipe Massa ficando com o 6ºlugar e para completar o melhor final de semana da Force India em 2017 o Francês Esteban Ocon que tinha ficado em décimo lugar nas 3 primeiras provas de 2017 acabou Saltando 3 posições nesse retrospecto terminando a corrida em 7ºlugar. Nico Hulkenberg com a Renault acabou a prova em 8ºlugar marcando mais alguns pontos para a Renault que só pode contar mesmo com ele para pontuar já que Palmer não consegue dar o mesmo nível de pilotagem para a fábrica francesa.

Felipe Massa foi o prejudicado do dia. Estava tudo encaminhado para o 6ºlugar e esse furo de pneu e a parada extra fez com que o Brasileiro só acabasse em 9ºlugar salvando ainda assim 2 pontos para a Williams que só pode contar com ele para pontuar no campeonato de construtores. Apesar de que Lance Stroll conseguiu completar sua primeira corrida da carreira ficando a 1 posição da zona de pontuação em 11ºlugar. Perdeu essa disputa para o Espanhol Carlos Sainz jr. que saiu do 14º no grid para fechar a zona de pontuação em 10ºlugar com a Toro Rosso.

Depois do Stroll tivemos Daniil Kvyat que não consegue ter sorte em Sochi tendo visto que só marcou pontos em solo Russo na prova de 2015 quando obteve o 5ºlugar com a Red Bull. Hoje ficou apenas em 12ºlugar, Magnussen que acabou com a prova comprometida devido a punição injusta de 5 segundos nos boxes por vazar a chicane naquela confusão da largada ficou em 13ºlugar, Stoffel Vandoorne leva a lenta Mclaren-Honda ao 14ºlugar na frente apenas de Marcus Ericsson e de Pascal Wehrlein com a mais fraca ainda Sauber.

Daqui a 2 semanas teremos a 5ªEtapa do Mundial de Formula 1 no Circuito da Catalunha na Espanha. Mais uma batalha entre os pilotos da Mercedes e da Ferrari pelo título do Mundial de 2017.

Resultado final do GP da Rússia de Formula 1
Sochi – 52 Voltas

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 52 1:28:08.743 3
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 52 a 0.617s 1
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 52 a 11.000s 2
4 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 52 a 36.320s 4
5 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 52 a 60.416s 7
6 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 52 a 86.788s 9
7 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 52 a 95.004s 10
8 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 52 a 96.188s 8
9 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 51 a 1 Volta 6
10 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 51 a 1 Volta 14
11 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 51 a 1 Volta 11
12 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 51 a 1 Volta 12
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-16 Ferrari 062 51 a 1 Volta 13
14 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 51 a 1 Volta 20
15 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 51 a 1 Volta 18
16 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 50 a 2 Voltas 17
3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 5 a 47 Voltas – Freios 5
30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 0 a 52 Voltas – Acidente 16
8 Romain Grosjean Haas VF-16 Ferrari 062 0 a 52 Voltas – Acidente 19
14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 0 Não largou 15

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Force India/Williams/Toro Rosso