Hamilton conquista vitória com Facilidade em Montreal

Matéria da Classificação: Hamilton chega a pole 65 e se iguala ao Senna em número de poles.

Lewis Hamilton conseguiu uma marca história no sábado, Após um treino dominado pelo piloto da Mercedes que arrasou no momento decisivo marcando um tempo espetacular sendo o tempo de 1:11.459 o novo recorde do Circuito Gilles Villeneuve.

No Q1 Hamilton e Bottas ficaram nas 2 primeiras posições no Q1 disputando tempo numa disputa particular da Mercedes. A Ferrari foi a única equipe a não usar pneus ultra macios guardando esse jogo para a parte final do treino ou para a corrida. Raikkonen e Vandoorne na tentativa de melhores tempos encostaram no muro. No final do treino a 1 minuto do final o Alemão Pascal Wehrlein acabou rodando e batendo na entrada da primeira curva do circuito provocando o final do Treino.

O próprio piloto que bateu (Wehrlein), Ericsson, Magnussen, Stroll e Vandoorne foram eliminados. De Volta a formula 1 o Espanhol Fernando Alonso praticamente encostou no muro para colocar a Mclaren no Q2.

No Q2, em seu começo viu Force India de Ocon e Perez e a Williams de Felipe Massa liderar  até que Hamilton acabou com a brincadeira fazendo o melhor tempo com folga em cima dos outros. Carlos Sainz jr. rodou no mesmo lugar que o piloto da Sauber tinha rodado no Q1, mas dessa vez não ocorreu uma batida e o espanhol pode continuar na batalha.

Os pilotos da Mercedes, Ferrari e Red Bull estavam praticamente assegurados para o Q3. Restando 4 vagas que estavam nas mãos de Massa, Perez, Ocon e Hulkenberg. Sainz e Kvyat ainda tinham chances de superarem esses pilotos e entrarem no Q3. Alonso com a sua Mclaren-Honda que andou a 370 km/h em Indianapolis agora tinha que andar quase 20 km menos de reta do que a Williams de Felipe Massa. Não tinha qualquer chance de classificar para o Q3.

No final o quadro não se alterou dos 10 primeiros lugares e com Hulkenberg melhorando o seu tempo foi fatal para qualquer piloto de tentar tirar alguém dos 10 primeiros lugares. Kvyat, Alonso que ainda consegue o 12ºlugar, Sainz, Magnussen e Palmer que já fez muito em ir para o Q2.

No Q3 o inglês Lewis Hamilton mostrou toda a sua categoria quebrando a banca desde da sua primeira volta baixando o tempo para casa do 1 minuto e 11 segundos enquanto que Bottas, Raikkonen e Vettel ficaram na casa do 1 minuto e 12 segundos. Com quase 4 décimos de tempo a favor do inglês era praticamente impossível que a pole fosse para outro piloto que não fosse Hamilton.

Vettel tentou uma segunda tentativa praticamente isolado na pista a 4 minutos do final e conseguiu o 2ºlugar a 4 milésimos de Hamilton. No final os favoritos foram para a pista destronar Lewis, mas o que se viu foi outra volta fantástica de Hamilton, que derrubou os cronômetros para 1:11.459 melhorando em 3 décimos o seu tempo confirmando a pole position de número 65 da carreira. Igualando a Ayrton Senna em poles e ficando a 3 de Michael Schumacher.

No final do treino, na hora da entrevista no começo do Circuito os pilotos Lewis Hamilton, Sebastian Vettel e Valtteri Bottas o inglês aparece com o capacete de Ayrton Senna que é o ídolo de Hamilton no Esporte. Mais um momento emocionante para aquele que intitulo o piloto do povo ver ele sendo saudado por todos e ele retribuindo esse carinho todo.

O líder do campeonato Sebastian Vettel larga em 2ºlugar com a Ferrari que não terá uma missão fácil de deter a Mercedes nesse circuito já que o traçado de muitas retas favorece a equipe alemã. Os finlandeses Valtteri Bottas e Kimi Raikkonen largam na 2ªFila e os pilotos da Red Bull com Max Verstappen na frente de Daniel Ricciardo na 3ªFila.

Felipe Massa com a Williams foi o melhor piloto do resto mostrando a boa forma do time inglês em traçados rápidos como de Montreal. Perez e Ocon colocam a Force India em boas 8ª e 9ªposições e Nico Hulkenberg representa com honra a Renault fechando os Top 10 no grid de largada.

POS. Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Fase
1 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:11.459 Q3
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 1:11.789 Q3
3 77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:12.177 Q3
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 1:12.252 Q3
5 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 1:12.403 Q3
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 1:12.557 Q3
7 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:12.858 Q3
8 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:13.018 Q3
9 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:13.135 Q3
10 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:13.271 Q3
11 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:13.690 Q2
12 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:13.693 Q2
13 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:13.756 Q2
14 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 1:13.839 Q2
15 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:14.293 Q2
16 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:14.182 Q1
17 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:14.209 Q1
18 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 1:14.318 Q1
19 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 1:14.495 Q1
20 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 1:14.810 Q1

A Corrida

O que poderia ter sido um corrida pra lá de competitiva acabou sendo um passeio de Lewis Hamilton e das Mercedes em Montreal. Uma vitória fácil para os carros prateados que começou na largada, quando Hamilton largou muito bem e Vettel largou mal perdendo 2 posições, Para Verstappen que pulou de 5º para o 2ºlugar de maneira impressionante e Bottas que ficou na 3ªposição.

Nas primeiras curvas do Circuito Carlos Sainz jr. espreme Romain Grosjean que toca no piloto Espanhol que perde o controle do seu carro e atinge o Brasileiro Felipe Massa que não tinha nada com a História. Resultado disso foi que ambos abandonaram a corrida e o Safety Car foi acionado. Grosjean foi para os boxes para trocar seu bico devido a completa impudência do piloto da Toro Rosso. Danill Kvyat que acabou não conseguindo ir para a volta de apresentação acabou conseguindo partir sem partir dos boxes, mas acabou indo para a sua posição normalmente e largando da mesma 11ªposição. (Claro que seria Punido, Até desclassificado por isso)

Na relargada Hamilton abriu diferença para Verstappen que tinha Bottas perto em 3º e Vettel em 4º segurando todo mundo, Sua asa quebrou quando o Holandês da Red Bull passou por ele e por isso o piloto da Ferrari perdeu rendimento e precisou fazer uma parada logo no começo da corrida. E para piorar Raikkonen erra, quase bate e ainda perdeu a 5ªposição para Perez.

Na Volta 11, Max Verstappen acaba parando com problemas em seu carro, o motor parou do nada e isso fez com que o piloto da Red Bull deixasse a prova. Safety Car virtual acionado. Nisso ninguém poderia aumentar a velocidade e nem passar ninguém, Isso foi que fez Magnussen o que ocasionou uma punição para o escandinavo da Haas.

Na volta a corrida, Hamilton continuou líder com Bottas em 2º, Ricciardo em 3º, Perez, Raikkonen, Ocon nas 6 primeiras posições. Com a Punição que Kyvat teve de cumprir que foi um Drive Turorgh (Eu imaginaria até que ele levasse uma desclassificação pelo erro que cometeu) Fernando Alonso estava já em 7ºlugar. Mais atrás destaco a corrida combativa de Lance Stroll que tinha a responsabilidade de levar a Williams para os pontos mostrando serviço e ultrapassando Vandroone e depois passando Nico Hulkenberg entrando para a zona de pontuação. Sebastian Vettel também estava em plena recuperação ganhando posições mais atrás e se aproximando da zona de pontuação.

Na frente, pouca coisa se modificou até a hora das paradas, Raikkonen foi o primeiro, Depois Ricciardo fez a parada arriscando colocar os pneus médios (Os Mais duros) para terminar a corrida. Perez e Bottas foram os próximos a fazerem à parada. Os Únicos que não estavam fazendo a parada eram Hamilton e Ocon que estavam nas duas primeiras posições. O Francês sem dúvida queria dar o pulo do gato e assumir o terceiro lugar.

Ocon fez a parada e voltou atrás de Raikkonen, Hamilton fez a parada e voltou na liderança. Bottas, Ricciardo, Perez, Raikkonen, Ocon e Vettel estavam nas 7 primeiras posições.

Mais atrás, Stroll buscava depois de sua parada a recuperação na corrida passando seus adversários um a um. Disputando com Alonso, com Palmer, com Grosjean. Finalmente em uma corrida bem competitiva desse garoto que começa a dar sinais de evolução mesmo. Danill Kvyat mesmo com a punição que sofreu no começo da prova estava na zona de pontuação mostrando competitividade do piloto Russo.

Enquanto que tudo na frente estava decidido, em 3ºlugar Daniel Ricciardo estava segurando os pilotos da Force India que viam as chances de pódio crescerem. Raikkonen e Vettel foram para uma segunda parada nos boxes para buscarem rapidez no final da prova.

A tática da Ferrari poderia dar muito certo para buscar o pódio, mas dai tivemos polêmica: Raikkonen erra a curva e deixa Vettel passar caindo para o 7ºlugar. Pode ser que tenha sido um erro, mas pode ter o Homem de Gelo errado e permitido ao Vettel a ultrapassagem sem suspeita de jogo de equipe. Depois disso Raikkonen ficou lento com problemas no carro (Ou então simulando problemas) Vettel partiu para cima de Perez e Ocon que estavam em um confronto violento pelo 4ºlugar deixando Ricciardo ficar mais tranquilo em 3ºlugar.

Vettel partiu para o ataque para cima de Ocon na volta 65, conseguiu a ultrapassagem sobre o francês que tentou resistir, mas perdeu a curva 1 e teve de vazar ela perdendo rendimento e perdendo posição para Perez e Vettel. A 2 Voltas do final, Vettel supera Perez e consegue a 4ªposição.

Danill Kvyat na volta 55 com problemas na Roda deixou a corrida e Fernando Alonso a 2 voltas do final abandonou quando estava próximo de marcar o primeiro ponto da Mclaren na temporada de 2017. A unidade de potência da Honda Falhou (Parece piada que isso é unidade de potência para a Formula 1)

Lewis Hamilton foi tranquilo para a 3ªVitória na temporada reduzindo a diferença que Vettel tem na liderança do campeonato. Hoje foi o dia do piloto Inglês que fez um final de semana impecável. Final de semana também perfeito da Mercedes com uma corrida segura de Valtteri Bottas que acabou em segundo lugar.

Daniel Ricciardo obteve êxito em sua tática de pneus mais duros levando a Red Bull pela terceira vez seguida ao pódio. Nada mal para um carro que não tem a potencia que precisava para disputar as primeiras posições. Sebastian Vettel após uma corrida em seu começo desastrosa acabou se recuperando bem e por pouco não conseguiu um lugar no pódio. O Alemão continua líder do campeonato, mas o 4ºlugar não ajudou muito. Pois a diferença para Hamilton caiu para 12 pontos.

Sergio Perez e Esteban Ocon acabaram brigando para ver quem ficava com o pódio e acabaram ficando em 5º e 6ºlugares consolidando o 4ºlugar no Mundial de Construtores para a Force India que sem medo de errar vai ficar nessa posição no Campeonato. Não vejo uma equipe que poderia reagir a ponto de superar a equipe Indiana, que tem uma equipe excelente com um orçamento limitadíssimo.

Raikkonen não foi feliz hoje e ficou apenas em 7ºlugar. Não da para entender do porque a Ferrari Renovou o seu contrato para 2018. Nico Hulkenberg fez uma corrida correta com a Renault levando 4 pontos com o 8ºlugar.

Lance Stroll fez uma bela corrida e finalmente mostrou que pode ser útil para a Williams. Num dia em que Massa nada pode fazer sendo envolvido em um acidente absurdo aonde Sainz foi considerado culpado e perde 3 posições no GP do Azerbaijão (No meu modo de entender, 3 posições de punição é pouco. 10 posições deveria ser no mínimo.) Acabou o Canadense em sua casa fazendo os primeiros pontos da sua carreira com o 9ºlugar. Romain Grosjean levou a Haas para mais um pontinho na temporada 2017 com o 10ºlugar.

Outra vez no Vácuo dos pontos Jolyon Palmer ficou em 11ºlugar. Kevin Magnussen que teve um inicio impressionante, Mas ficou só nisso ficando em 12ºlugar.

Marcos Ericsson com a Sauber conseguiu a proeza (Nem tanto) de ficar na frente de Stoffel Vandoorne que já começo a desconfiar que ele esta sem motivação ou ele era mais marketing do que talento já que ele não consegue fazer frente ao Alonso e até perde para outros pilotos com carros inferiores ao dele.

Pascal Wehrlein ficou em 15ºlugar (Não foi o final de semana dele) Só não ficou em último porque Fernando Alonso ficou ainda classificado em 16ºlugar.

Daqui a 2 semanas teremos a 8ªetapa do Mundial de Formula 1 no Circuito de Baku no Azerbaijão aonde  Hamilton recuperado no campeonato busca continuar a recuperação e Vettel busca a volta por cima na volta ao território europeu.

Pos piloto Equipe Chassi Motor Voltas tempo
1 Lewis Hamilton 44 Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 70 1h 33:05.154
2 Valtteri Bottas 77 Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 70 19.783
3 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB13 TAG Heuer 70 35.297
4 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF70H Ferrari 062 70 35.907
5 Sergio Perez 11 Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 70 40.476
6 Esteban Ocon 31 Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 70 40.716
7 Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF70H Ferrari 062 70 58.632
8 Nico Hulkenberg 27 Renault R.S.17 Renault R.E.17 70 1:00.374
9 Lance Stroll 18 Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 69 1 Volta
10 Romain Grosjean 8 Haas VF-17 Ferrari 062 69 1 Volta
11 Jolyon Palmer 30 Renault R.S.17 Renault R.E.17 69 1 Volta
12 Kevin Magnussen 20 Haas VF-17 Ferrari 062 69 1 Volta
13 Marcus Ericsson 9 Sauber C36 Ferrari 061 69 1 Volta
14 Stoffel Vandoorne 2 Mclaren MCL32 Honda RA617H 69 1 Volta
15 Pascal Wehrlein 94 Sauber C36 Ferrari 061 68 2 Voltas
16 Fernando Alonso 14 Mclaren MCL32 Honda RA617H 66 Unidade de Potência
Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 54 Roda
Max Verstappen 33 Red Bull RB13 TAG Heuer 10 Bateria
Carlos Sainz 55 Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 0 Acidente
Felipe Massa 19 Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 0 Acidente

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Force India/Sauber/Williams/Mclaren

Bottas conquista primeira vitória da carreira em Grande largada numa prova sonolenta em Solo Russo

O Finlandês Valtteri Bottas que esta em seu primeiro ano na Mercedes e já tinha dado mostras de que seria uma forte 3ªForça do campeonato pelas primeiras provas do ano conseguiu em uma grande largada acabar com a vantagem da Ferrari de ter em mãos pole e o 2ºdo grid e numa corrida sem nenhuma disputa mais séria com exceção da parte final aonde o Finlandês acabou sendp pressionado por Sebastian Vettel. Acabou levando pela primeira vez uma vitória na Formula 1.

Antes da largada o Espanhol Fernando Alonso teve problemas em seu Mclaren que continua no calvário com a Honda que parece não ter fim e acaba nem largando. Provocando uma nova volta de apresentação deixando a corrida mais curta em uma volta passando a ter 52 voltas.

As emoções maiores ficaram na largada com Bottas tomando as posições dos dois pilotos da Ferrari numa grande manobra. Lá atrás tivemos Romain Grosjean tocando em Jolyon Palmer que acabou em seguida tocando de volta do piloto Francês que teve seu carro saltando e indo para o muro ficando bem destruído e Palmer também acabou no muro e ambos ficaram de fora da corrida provocando a entrada do safety car quase que ao mesmo tempo que o Canadense Lance Stroll roda e cai para os últimos lugares.

Alguns pilotos como Vandoorne foram para os boxes fazerem uma parada para mudarem sua tática de paradas nos boxes. Na Volta 4 a corrida recomeça com Bottas mantendo a liderança seguido de Vettel, Raikkonen, Hamilton, Verstappen, Massa, Ricciardo, Perez, Ocon e Hulkenberg que não iria se manter por muito tempo, O Australiano Daniel Ricciardo com problemas de freios acabou deixando a prova na 6ªVolta. A Situação da Red Bull que já não era tudo isso sem o Ricciardo se mostrava pior com o decorrer das voltas aonde Verstappen a cada volta ficava 1 segundo mais distante de Hamilton que fazia uma corrida completamente apagada em relação a Bottas que abria diferença aos poucos para Vettel que vinha em segundo a frente e bem a frente de Raikkonen em 3º.

Massa em 6º liderava o bloco intermediário que era composto por Perez, Ocon e Hulkenberg. Depois vinham Magnussen, Sainz, Kvyat e Stroll disputando o 10ºlugar e por fim Vandoorne, Ericsson e Wehrlein se arrastando. Um com uma Mclaren-Honda e os outros dois com a Sauber-Ferrari de 2016. Magnussen e Vandoorne foram punidos por vazar a chicane da curva 2 naquela confusão da primeira volta. Para mim um exagero, Nenhum deles se beneficiou dessa manobra, Portanto a punição era desnecessária ao meu ponto de ver.

A Corrida teve pouquíssimos momentos de alguma agitação e nenhuma briga clara por posição. A movimentação maior foi quando Wehrlein e Massa foram os primeiros a pararem na volta 22. A partir dai tivemos alguma movimentação nos boxes e algumas ultrapassagens por lá mesmo como Magnussen e a Haas teve de pagar a punição injusta que sofreu nos boxes o que fez o piloto Escandinavo perder posição na zona de pontos e voltando atrás do Kvyat que tinha feito parada na mesma volta.

Ocon primeiro e Perez depois fizeram as trocas de pneus nos boxes o que fez o Brasileiro Felipe Massa voltar a 7ªposição tendo Hulkenberg ainda que parar nos boxes e quando isso acontecesse o Brasileiro voltaria ao 6ºlugar. Valtteri Bottas parou nos boxes na volta 27 o que fez Vettel subir para o primeiro lugar.

Verstappen parou nos boxes na volta 30 e mesmo com a parada o piloto que restou da Red Bull ainda voltou em 5ºlugar bem na frente do Hulkenberg. Era um abismo a diferença das equipes na Formula 1 de hoje. Tanto é que nas primeiras 10 voltas de bandeira verde os pilotos da Sauber estavam virando em média quase 5 segundos mais lentos do que Valtteri Bottas com a Mercedes e a Ferrari de Sebastian Vettel. Muito triste que a Formula 1 tenha isso nos dias de hoje.

Vettel parou na volta 34 e perdeu alguns décimos porque um dos mecânicos não encaixou tão bem uma das rodas tendo de perder um tempinho para ajeitar o pneu. Não foi decisivo para Vettel voltar atrás de Bottas a diferença entre os dois estava em 5 segundos ao restar 17 voltas para o final. A corrida estava bem encaminhada para o piloto Finlandês da Equipe Mercedes. Mas a partir dai Vettel começou a ter um ritmo mais forte de corrida. Bottas na volta 38 acabou quase que jogando fora a sua corrida após errar o ponto de frenagem o que fez ele passar perto do muro em uma das curvas de Sochi.

Vettel continuava a diminuir a diferença para Bottas, Com pneus mais novos e com o ritmo de prova com os pneus mais gastos favorecendo ao carro italiano poderíamos ter uma briga pela vitória algo que não tivemos a prova inteira em nenhuma posição praticamente. Nico Hulkenberg parou nos boxes na volta 41. Mas Felipe Massa não pode desfrutar do 6ºlugar. Um pneu furado fez ele ter de voltar aos boxes para fazer uma parada não programada o que fez o piloto da Williams voltar apenas em 9ºlugar atrás até mesmo do Hulkenberg.

Vettel partiu para o ataque final pra cima de Bottas baixando a vantagem do finlandês para apenas 1 segundo podendo a qualquer momento abrir a asa móvel, A 3 voltas do final Vettel consegue estar apto a usar asa móvel, Mas foi Bottas que se beneficiou da Asa Móvel a estar perto de Felipe Massa para distanciar o bastante para evitar um ataque de Vettel. E de quebra o finlandês passou o piloto da Ferrari em um ponto melhor que Vettel que acabou perdendo tempo nessa ultrapassagem em cima do Brasileiro. Isso sacramentou a 1ªVitória de Valtteri Bottas na Formula 1 com 7 décimos na frente de Vettel que ficou em segundo lugar mantendo a liderança do campeonato agora com 13 pontos de Frente sobre Lewis Hamilton que fez uma corrida muito apagada ficando em 4ºlugar atrás de Kimi Raikkonen que completou o pódio nesse bom final de semana da Ferrari que mostra lutar de igual para igual com as Mercedes.

A Red Bull esta anos-luz dessas duas equipes. O 5ºlugar de Max Verstappen é hoje o máximo que se pode almejar para o time Austríaco graças em parte ao Chassis que não parece ser tão bem construído como aos motores Renault que estão claramente abaixo dos motores Mercedes e Ferrari nessa batalha de propulsores na Formula 1.

Sergio Perez foi o melhor das equipes intermediárias ao fazer uma corrida correta e sem erros acabou beneficiado pelo furo de pneu de Felipe Massa ficando com o 6ºlugar e para completar o melhor final de semana da Force India em 2017 o Francês Esteban Ocon que tinha ficado em décimo lugar nas 3 primeiras provas de 2017 acabou Saltando 3 posições nesse retrospecto terminando a corrida em 7ºlugar. Nico Hulkenberg com a Renault acabou a prova em 8ºlugar marcando mais alguns pontos para a Renault que só pode contar mesmo com ele para pontuar já que Palmer não consegue dar o mesmo nível de pilotagem para a fábrica francesa.

Felipe Massa foi o prejudicado do dia. Estava tudo encaminhado para o 6ºlugar e esse furo de pneu e a parada extra fez com que o Brasileiro só acabasse em 9ºlugar salvando ainda assim 2 pontos para a Williams que só pode contar com ele para pontuar no campeonato de construtores. Apesar de que Lance Stroll conseguiu completar sua primeira corrida da carreira ficando a 1 posição da zona de pontuação em 11ºlugar. Perdeu essa disputa para o Espanhol Carlos Sainz jr. que saiu do 14º no grid para fechar a zona de pontuação em 10ºlugar com a Toro Rosso.

Depois do Stroll tivemos Daniil Kvyat que não consegue ter sorte em Sochi tendo visto que só marcou pontos em solo Russo na prova de 2015 quando obteve o 5ºlugar com a Red Bull. Hoje ficou apenas em 12ºlugar, Magnussen que acabou com a prova comprometida devido a punição injusta de 5 segundos nos boxes por vazar a chicane naquela confusão da largada ficou em 13ºlugar, Stoffel Vandoorne leva a lenta Mclaren-Honda ao 14ºlugar na frente apenas de Marcus Ericsson e de Pascal Wehrlein com a mais fraca ainda Sauber.

Daqui a 2 semanas teremos a 5ªEtapa do Mundial de Formula 1 no Circuito da Catalunha na Espanha. Mais uma batalha entre os pilotos da Mercedes e da Ferrari pelo título do Mundial de 2017.

Resultado final do GP da Rússia de Formula 1
Sochi – 52 Voltas

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 52 1:28:08.743 3
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 52 a 0.617s 1
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 52 a 11.000s 2
4 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 52 a 36.320s 4
5 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 52 a 60.416s 7
6 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 52 a 86.788s 9
7 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 52 a 95.004s 10
8 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 52 a 96.188s 8
9 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 51 a 1 Volta 6
10 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 51 a 1 Volta 14
11 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 51 a 1 Volta 11
12 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 51 a 1 Volta 12
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-16 Ferrari 062 51 a 1 Volta 13
14 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 51 a 1 Volta 20
15 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 51 a 1 Volta 18
16 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 50 a 2 Voltas 17
3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 5 a 47 Voltas – Freios 5
30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 0 a 52 Voltas – Acidente 16
8 Romain Grosjean Haas VF-16 Ferrari 062 0 a 52 Voltas – Acidente 19
14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 0 Não largou 15

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Force India/Williams/Toro Rosso

Vettel derrota Hamilton em tática de parada e no ritmo de corrida e vence na Abertura da 68ªTemporada da Formula 1

A Ferrari que saiu de 2016 devastada pela temporada abaixo das expectativas acabou tendo uma pré-temporada muito animadora que se confirmou na classificação de ontem e que hoje definitivamente demonstrou que estão a altura de disputar de igual para igual o campeonato de 2017. Isso graças a uma exibição impecável de Sebastian Vettel que hoje chegou a sua vitória de número 43 em sua carreira. Vitória ganha sobre Lewis Hamilton que marcou a pole position.

Na 1ªlargada acabou ela não valendo,  não tivemos muitas mudanças lá na frente. As 5 primeiras posições foram mantidas com Felipe Massa ganhando a posição do Grosjean que chegou a perder posição para Sainz, Mas conseguiu recuperar o 7ºlugar. Confusão mesmo ficou entre Kevin Magnussen que acabou colocando para fora da pista ele o Sueco Marcus Ericsson e a ele mesmo. Como consequência disso foi que o piloto da Haas que já vinha em um final de semana desastroso acabou tendo de ir para os boxes fazer logo de cara uma parada nos boxes.

Logo de começo Hamilton já começou sendo pressionado por Vettel que parecia conseguir a ultrapassagem, Mas o que se previu dos especialistas de que a ultrapassagem seria mais difícil aconteceu que era a dificuldade de se conseguir uma ultrapassagem aumentar em relação aos últimos anos pela carga aerodinâmica que esses novos carros ganharam em relação a 2016. Mesmo assim o mexicano Sergio Perez no começo da prova conseguiu uma bela ultrapassagem sobre Daniil Kvyat ganhando o 9ºlugar.

Daniel Ricciardo que teve problemas sérios de câmbio na vinda para o Grid de largada acabou largando 3 voltas depois dos outros pilotos. Com a corrida comprometida o dono da casa só largou por que era o GP na sua Casa. Não foi um bom final de semana para o piloto da Red Bull convenhamos.

Hamilton conseguiu abrir uma pequena vantagem nas primeiras voltas após a pressão inicial de Vettel. Mas no decorrer das voltas Vettel começava a andar mais rápido que Hamilton. A Ferrari com pneus mais gastos rendia melhor nesse momento da prova. Na 14ºVolta Romain Grosjean que vinha numa corrida tão boa com a Haas tem seu motor fumando fazendo o Francês ser o primeiro piloto a abandonar a prova.

Na 18ªVolta Lewis Hamilton foi para os boxes fazer a sua parada voltando atrás de Max Verstappen em 5ºlugar. Mal sabia que a partir dai a corrida estaria sendo decidida a prova! Sergio Perez partiu para cima de Carlos Sainz jr. e passou por fora o piloto da Toro Rosso assumindo a 8ªposição.

Sebastian Vettel assumiu a liderança da prova e começou a virar tempos muito rápidos enquanto que Hamilton com os pneus novos não conseguia passar Verstappen que já tinha pneus usados e isso fazia com que Vettel aumentasse a vantagem para Hamilton. Na 22ªVolta o Alemão foi para os boxes fazer a troca de pneus e voltou a pista na frente de Verstappen e de Hamilton e só bastou a Vettel se defender do ataque do piloto da Red Bull. Após isso Vettel começou a abrir diferença para Hamilton. Bottas era o líder da prova até a sua parada na 26ªVolta deixando a liderança para Raikkonen que foi para a parada na volta seguinte.

Com tudo isso Vettel era o líder com 6 segundos de frente para Hamilton que tinha 6 segundos de frente para Bottas. Depois vinham Raikkonen, Verstappen, Kvyat que na metade da corrida era o único que não tinha feito a parada nos boxes. Massa, Perez, Sainz e Alonso que conseguia até o momento colocar a Mclaren que teve uma série de Problemas com o motor Honda em 10ºlugar, Seu companheiro de equipe o Belga Stoffel Vandoorne não conseguia tirar nada da Mclaren. Daniel Ricciardo acabou abandonado a corrida para a tristeza dos torcedores Australiano que esperavam ver o piloto da casa andar entre os primeiros colocados. Naquela altura da prova Marcus Ericsson e Jolyon Palmer também já tinham abandonado a prova.

Hamilton não conseguia tirar a desvantagem para Vettel. O que acontecia era ao contraio, Valtteri Bottas vinha que vinha tirando a vantagem para o tricampeão do mundo de maneira impressionante já que na primeira parte da prova tanto Vettel como Hamilton dispararam na frente do piloto Finlandês que parece que tinha um ritmo melhor de corrida na segunda metade de prova sem duvida. Já Danill Kvyat fez sua parada na 35ªVolta sendo o último a fazer a primeira parada nos boxes. Dessa Forma Felipe Massa voltava ao 6ºlugar. Já Nico Hulkenberg fez uma segunda parada nos boxes. O Companheiro de equipe de Felipe Massa o Canadense Lance Stroll que largou do último lugar teve problemas e abandonou a prova e de uma coisa boa podemos dizer dele: Ele foi corajoso o final de semana inteiro em fazer o que ele fez, Prevejo dificuldades para ele em 2017. Muitas batidas e poucos frutos na sua estreia. A Sorte é que trás um caminhão de dinheiro o que garante ele por muitos anos se quiser na Williams.

Na parte final de prova Enquanto Vettel continuava na frente Bottas praticamente tirou quase toda a diferença sobre Hamilton que teria trabalho para manter o segundo lugar. O mesmo diria para Raikkonen que estava em 4ºlugar e começava a ver Max Verstappen no seu retrovisor querendo a sua posição. Daniil Kvyat com pneus mais novos conseguiu passar Carlos Sainz jr. e foi para cima de Sergio Perez buscando o 7ºlugar na parte final quando Vettel chegou para passar ambos os pilotos que tomaram volta. E depois disso acabou o piloto Russo indo fazer uma segunda parada que certamente não foi planejada por ele fazendo ele perder a chance de disputar o 7ºlugar que acabou o seu companheiro de equipe com a missão de recuperar a posição que estava com a Force India de Sergio Perez.

No final da corrida Alonso resistiu até aonde deu, Mas Ocon e Hulkenberg passaram por ele sem dó do bicampeão que com problemas de suspensão acabou deixando a corrida. Nas voltas finais Vettel abriu 10 segundos de diferença para Hamilton o que era impensável em 2016 para uma Ferrari e garantiu a primeira vitória da temporada e a primeira vitória da Ferrari desde do GP de Cingapura de 2015. Lewis Hamilton certamente frustrado depois da pole position de ontem conseguiu segurar a segunda posição da ameaça de Valtteri Bottas que entre altos e baixos conseguiu fazer um final de semana muito bom chegando em 3ºlugar e deu mostras de que pode incomodar Hamilton nessa temporada, Não só seu companheiro de equipe como também Vettel e Raikkonen.

E por falar no Homem de Gelo ele ficou aquém dos 3 primeiros colocados ficando em 4ºlugar a frente de Max Verstappen que teve de contornar um problema de freios para manter o 5ºlugar e garantir os únicos 10 pontos para a Red Bull. A Volta de Felipe Massa a Formula 1 após sua pequena aposentadoria foi boa dentro da realidade da Williams o Brasileiro cumpriu bem o papel de liderar o time ficando com o 6ºlugar.

Sergio Perez que foi um dos melhores pilotos na prova acabou largando do 11ºlugar e fazendo 2 ultrapassagens sobre os pilotos da Toro Rosso terminou em 7ºlugar resistindo aos ataques de Carlos Sainz jr. que acabou em 8ºlugar ficando na frente de Daniil Kvyat que terminou a prova com uma parada a mais do que a maioria dos outros pilotos. Esteban Ocon estreando na Force India segurou o 10ºlugar marcando seu primeiro ponto da carreira deixando Nico Hulkenberg fora da zona de pontuação em 11ºlugar com a Renault.

O Estreante Antonio Giovinazzi promovido de última hora no lugar de Pascal Wehrlein fez o que era possível com a Sauber ficando em 12ºlugar ficando na frente de Stoffel Vandoorne que não conseguiu tirar nada do Mclaren-Honda no final de semana inteiro. Terminar a corrida para o Belga foi até lucro! Mas o 13ºlugar com a Mclaren é insignificante demais para a história da equipe fundada por Bruce Mclaren.

A próxima etapa acontece daqui a 2 semanas em Xangaí na China com a Ferrari liderando o mundial e a certeza de que podemos ver um grande duelo pelo título em que tudo indica entre Hamilton e Vettel.

Resultado final do GP da Austrália de Formula 1:

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Grid
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SH70 Ferrari 062 1:24:11.670 2
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ a 9.975 1
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ a 11.250 3
4 7 Kimi Raikkonen Ferrari SH70 Ferrari 062 a 23.393 4
5 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer a 28.827 5
6 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ a 1:23.386 7
7 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ a 1 Volta 10
8 55 Carlos Sainz jr. Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 a 1 Volta 8
9 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 a 1 Volta 9
10 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ a 1 Volta 13
11 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 a 1 Volta 11
12 36 Antonio Giovinazzi Sauber C36 Ferrari 061 a 2 Voltas 16
13 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H a 2 Voltas 18
14 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H a 7 Voltas – Abandonou 12
15 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 a 11 Voltas – Abandono 17
16 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ a 17 Voltas – Freios 20
17 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer a 32 Voltas – Abandono 15
18 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 a 36 Voltas – Abandono 14
19 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 a 42 Voltas – Abandono 19
20 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 a 44 Voltas – Motor 6

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Mercedes/Force India/Mclaren/Haas

Hamilton vence fazendo o jogo dele, Mas Rosberg segura o 2ºlugar e conquista o título

Emoção até a última curva do campeonato marcou a última etapa do campeonato aonde Hamilton venceu com a arriscada tática de deixar a corrida lenta, Mas que não deu certo porque Nico Rosberg se manteve firme e com o segundo lugar sacramentou o seu primeiro título da sua carreira.

eau_domingo_2016_f1-4

Na Largada tanto Hamilton como Rosberg largaram de maneira correta e mantiveram as 2 primeiras posições com Raikkonen que largou bem e superou Ricciardo. Tivemos apenas a rodada de Max Verstappen que caiu para o último lugar após tocar no carro de Nico Hulkenberg que diga-se de passagem o Holandês foi o único piloto da Frente a largar mal.

Depois disso ainda na primeira volta Hulkenberg teve que travar uma batalha com seu companheiro de equipe Sérgio Perez pelo 7ºlugar, Nas primeiras voltas os destaques foram mais a disputa de posição no meio de pelotão e a recuperação de Max Verstappen que foi subindo de posição de forma bem rápida. Nas 6ªvolta Kevin Magnussen acabou tendo problemas em seu carro abandonando a corrida e na volta seguinte Valtteri Bottas com problemas de equilíbrio em seu Williams também deixa a corrida.

Hamilton e Raikkonen foram os primeiros a pararem nos boxes no final da 7ªVolta. O piloto da Mercedes perdeu tempo por que precisou deixar a Ferrari ir para a parada para deixar ele sair dos boxes sem problemas o que poderia representar perda de posição para Nico Rosberg que foi para a parada na volta seguinte, Mas também teve o mesmo problema do que Hamilton tendo que esperar a passagem de Vettel que foi para a parada na mesma volta, Com isso Hamilton voltou na frente com Verstappen que não tinha parado entre Lewis e Nico Rosberg. Na entrada da 10ªVolta Daniel Ricciardo e Sergio Perez que estavam nas duas primeiras posições foram para as suas primeiras paradas nos boxes.

Hamilton continuava em primeiro com Verstappen em 2ºlugar buscando fazer uma parada a menos e Rosberg tendo que passar para não perder tempo se o Alemão quiser-se disputar a vitória, Depois disso Raikkonen, Ricciardo e Vettel completando os 6 primeiros colocados quando o dia começava a virar noite em Abu Dhabi.

eau_domingo_2016_f1

Jenson Button que vinha tendo uma corrida boa entre os 10 primeiros colocados passou por cima de uma zebra o que fez sua suspensão quebrar, Nisso o piloto que completou 305 Grandes Prêmios em sua carreira encerrou sua carreira na 13ªVolta e ir para os boxes o autódromo inteiro aplaudiu e ao sair do carro o piloto da Mclaren acabou saudando o público. Button vai em 2017 correr no Rally Cross.

Hamilton continuava na liderança, Mas sem abrir muita diferença para Verstappen que continuava na frente de Rosberg que não estava disposto a arriscar nada nem mesmo seu campeonato. O grande problema era que Verstappen estava querendo manter sua tática de uma parada nos boxes o que seria um problema para Rosberg e era tudo que Hamilton queria. Perto de Rosberg vinham Raikkonen, Ricciardo e Vettel disputando o 4ºlugar. Na 19ªVolta Ricciardo tenta a ultrapassagem em Raikkonen no final da segunda reta oposta e consegue fazer o movimento, Mas perdendo a curva fez com que o piloto da Ferrari retornasse ao 4ºlugar.

Na 20ªVolta Rosberg partiu para o Risco no final da primeira curva ele chegou a colocar de lado, Mas a ultrapassagem não acontece. Na segunda reta Rosberg vai por fora e ultrapassa Verstappen que tenta recuperar a posição indo para fora dos limites da pista de maneira agressiva. Nessa Rosberg colocou o campeonato em Risco, Mas conseguiu a ultrapassagem e assumiu o segundo lugar e começou a tirar a diferença para Hamilton enquanto que Verstappen ficava para Raikkonen, Ricciardo e Vettel, Na volta 22 Verstappen foi para os boxes para fazer sua única parada.

eau_domingo_2016_f1-18

Rosberg vinha volta a volta diminuindo a diferença de Hamilton que não tinha a menor intenção de aumentar a velocidade pois sua tática era mesmo manter um ritmo de prova lento que fizesse os outros pilotos ficarem perto de Rosberg para que ele tivesse possibilidade de conseguir o título. Visto que o Max Verstappen estava virando 1 segundo mais rápido que os líderes chamaram Lewis Hamilton para a parada na volta 29 e Nico Rosberg para a parada na volta 30. ambos voltaram na frente de Max Verstappen que depois da parada voltou a ultrapassar os seus adversários como o Sergio Perez. Raikkonen e Ricciardo também pararam nos boxes. Com isso Sebastian Vettel assumiu a liderança com Hamilton e Rosberg a 10 segundos do piloto alemão e depois vinha Verstappen, Ricciardo e Raikkonen nas 6 primeiras posições enquanto isso, Nico Hulkenberg, Sergio Perez disputavam o 7ºlugar com o Espanhol Fernando Alonso que levava a Mclaren-Honda nas costas nas 10 primeiras posições e também vinha perdendo terreno para Felipe Massa que na volta 30 fez sua última parada nos boxes da sua carreira.

Rosberg encostou de vez em Hamilton no mesmo momento que os primeiros retardatários começaram a aparecer. Entre eles o Sueco Marcus Ericsson que foi fazer sua única parada nos boxes na Volta 38. Na volta seguinte Sebastian Vettel que estava na liderança da corrida foi para os boxes realizar sua parada colocando os pneus mais macios para voar no final da corrida. Hamilton continua a sua tática de andar lento para todo mundo vim para cima de Rosberg que continuava seguindo Hamilton.

Enquanto isso Vettel voava com seus pneus ultra macios primeiro passando o seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen assumindo o 5ºlugar. Na volta 43 Jolyon Palmer que não sei como a Renault acaba por renovar o contrato com esse piloto que é outro que nada mostrou nessa temporada toca por trás de Carlos Sainz jr. que estava disputando posição com o piloto da Renault que sofreu 5 segundos no seu tempo final decorrida pela batida que acabou fazendo Sainz jr. abandonar a corrida com problemas de Câmbio.

Vettel continuava sua escalada para tentar a vitória, Na Volta 46 ultrapassava Ricciardo e 3 voltas depois começaria a ir para o ataque em cima de Verstappen enquanto que Hamilton contrariando a sua equipe ele continuou com um ritmo lento para os outros chegarem em Rosberg que até aquele momento da prova estava se comportando de maneira corretíssima e sem dar a chance para algum risco de perda de campeonato.

Nas voltas finais Vettel passa Verstappen e parte para cima de Rosberg buscando o 2ºlugar e até mesmo a vitória. Nessas voltas finais Rosberg e sofreu o risco de perder o campeonato desse ano devido aos ataques do piloto da Ferrari. Hamilton imprimiu um ritmo de corrida lento até a última curva do circuito de Yas Marina e conquistou a 10ªVitória na temporada, Mas foi Nico Rosberg que numa corrida além de correta teve sua dose de ousadia com o 2ºlugar ele se torna o 33ºCampeão da História do Mundial de Formula 1 e o primeiro piloto Alemão a ser Campeão numa equipe Alemã. O pódio foi completado pelo alemão Sebastian Vettel.

eau_domingo_2016_f1-20

Rosberg fez sua festa depois de uma corrida tão desgastante como foi a prova de Abu Dhabi desse ano com toda essa pressão de ganhar o título pela primeira vez em sua história e Rosberg conseguiu passar com louvor essa prova, Fechando o ano com 385 pontos contra 380 de Hamilton que não consegue nesse ano o tetracampeonato mundial. Max Verstappen depois de cair para o último lugar fez bela prova de recuperação terminando a prova com 1 parada a menos em 4ºlugar. Seu companheiro de equipe Daniel Ricciardo fechou em 5ºlugar a 5 segundos do vencedor só para saber o quanto foi lento foi o ritmo de Hamilton lá na Frente, já Kimi Raikkonen não aproveitou essa corrida para se descartar ficando em 6ºlugar longe dos vencedores de hoje.

eau_domingo_2016_f1-17

Nico Hulkenberg fez sua última corrida pela Force India fazendo o que era possível com o carro Indiano chegando em 7ºlugar com Perez segurando um 8ºlugar das pressões de Felipe Massa e de Fernando Alonso que fecharam a zona de pontuação.

Com isso A Force India confirma definitivamente o 4ºlugar no mundial de construtores como o melhor resultado da sua história na Formula 1 superando a equipe Williams que acabou tendo um ano decepcionante. Felipe Massa depois da corrida deu a volta de desaceleração saudando o público na sua última corrida da sua carreira de 250 Grandes Prêmios na Formula 1.

eau_domingo_2016_f1-7

A Dupla da Haas ficou perto dos pontos com Romain Grosjean e Esteban Gutierrez em 11º e 12ºlugares, Depois vieram Esteban Ocon fazendo boa última corrida nessa temporada em 13ºlugar o que não o foi o bastante para a Manor recuperar o 10ºlugar no Mundial de Construtores que fica com a Sauber com os 2 pontos de Felipe Nasr.

eau_domingo_2016_f1-10

Depois vieram Pascal Wehrlein com a outra Manor, Marcus Ericsson e Felipe Nasr com a Sauber e Jolyon Palmer foi o último dos pilotos que completaram a prova.

Mais tarde teremos o podcast do Portal Sportszone falando sobre a prova em Abu Dhabi e do que aconteceu na prova e analises da corrida que encerrou a temporada que consagrou pela primeira vez a Nico Rosberg como campeão Mundial de Formula 1.

O Portal Sportszone parabeniza ao piloto Nico Rosberg pelo título do 67ªCampeonato Mundial de Formula 1!

eau_domingo_2016_f1-22

Resultado final da 21ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP de Abu Dhabi

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 Lewis Hamilton 44 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 55 1:38:04.013 1
2 Nico Rosberg 6 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 0.439 2
3 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF16-H Ferrari 061 55 a 0.843 5
4 Max Verstappen 33 Red Bull RB12 TAG Heuer 55 a 1.685 6
5 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB12 TAG Heuer 55 a 5.315 3
6 Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF16-H Ferrari 061 55 a 18.816 4
7 Nico Hulkenberg 27 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 50.114 7
8 Sergio Perez 11 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 58.776 8
9 Felipe Massa 19 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 59.436 10
10 Fernando Alonso 14 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 55 a 59.896 9
11 Romain Grosjean 8 Haas VF-16 Ferrari 061 55 a 1:16.777 14
12 Esteban Gutierrez 21 Haas VF-16 Ferrari 061 55 a 1:35.113 13
13 Esteban Ocon 31 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 54 a 1 Volta 20
14 Pascal Wehrlein 94 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 54 a 1 Volta 16
15 Marcus Ericsson 9 Sauber C35 Ferrari 061 54 a 1 Volta 22
16 Felipe Nasr 12 Sauber C35 Ferrari 061 54 a 1 Volta 19
17 Jolyon Palmer 30 Renault RS16 Renault RE16 54 a 1 Volta 15
18 Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso STR11 Ferrari 060 41 Câmbio 21
19 Daniil Kvyar 26 Toro Rosso STR11 Ferrari 060 14 Abandonou 17
20 Jenson Button 22 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 12 Suspensão 12
21 Valtteri Bottas 77 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 6 Vibração 11
22 Kevin Magnussen 20 Renault RS16 Renault RE16 5 Abandonou 18

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Williams/Force India/Mclaren/Manor

Hamilton leva a pole em Hermanos Rodriguez em treino disputado, No final Rosberg consegue entrar na primeira fila

Hamilton em busca do tetracampeonato conquistou a pole position. Um final de semana aonde o piloto inglês foi o dominador o final de semana inteiro em cima de Nico Rosberg, que conseguiu se achar no final e salvar o 2ºlugae e a primeira fila do grid.

No Q1 tivemos surpresas, Primeira delas foi que a Haas que tinha saído do jejum de pontos desde do GP da Áustria em sua casa teve um treino para esquecer com Romain Grosjean tem problemas em marcar uma volta e na última volta rápida o piloto francês acabou sendo atrapalhado pelo totalmente questionado (No Mínino para não dizer um piloto fraco) Esteban Gutierrez que rodou em sua última volta o que fez Grosjean abortar a última tentativa, Resultado disso foi o 21ºlugar com o Gutierrez que ficou em 17ºlugar também caindo fora logo na primeira parte da classificação.

Daniil Kvyat com problemas de Motor ficou de fora do Q2 em 18ºlugar, Um ano terrivel para ele desde do GP da Espanha. O Contrato com a Toro Rosso para 2017 foi a melhor notícia para ele nessa temporada. Os outros dois eliminados foram Felipe Nasr, Que já esta totalmente fritado pela equipe Sauber, desde da notícia de que ele estaria as portas de entrar na equipe Force India para 2017. já o piloto Sueco Marcus Ericsson passou até com facilidade para o Q2 e Esteban Ocon que viu seu companheiro de equipe o Alemão Pascal Wehrlein fazer uma grande volta classificando a Manor para o Q2 favorecido pelo motor Mercedes.

Jolyon Palmer não treinou devido ao chassi que foi danificado no 3ºTreino Livre.

Resultado do Q1:

1     44     Lewis Hamilton         (Mercedes)             1:19.447
2     7     Kimi Räikkönen         (Ferrari)             1:19.554
3     3     Daniel Ricciardo     (Red Bull Racing TAG Heuer)     1:19.713
4     5     Sebastian Vettel     (Ferrari)             1:19.865
5     33     Max Verstappen         (Red Bull Racing TAG Heuer)     1:19.874
6     6     Nico Rosberg         (Mercedes)             1:19.996
7     11     Sergio Perez         (Force India Mercedes)         1:20.308
8     77     Valtteri Bottas     (Williams Mercedes)         1:20.338
9     19     Felipe Massa         (Williams Mercedes)         1:20.423
10     55     Carlos Sainz         (Toro Rosso Ferrari)         1:20.457
11     14     Fernando Alonso     (McLaren Honda)         1:20.552
12     27     Nico Hulkenberg     (Force India Mercedes)         1:20.599
13     9     Marcus Ericsson     (Sauber Ferrari)         1:21.062
14     20     Kevin Magnussen     (Renault)             1:21.254
15     22     Jenson Button         (McLaren Honda)         1:21.333
16     94     Pascal Wehrlein     (MRT Mercedes)             1:21.363
17     21     Esteban Gutierrez     (Haas Ferrari)             1:21.401
18     26     Daniil Kvyat         (Toro Rosso Ferrari)         1:21.454
19     12     Felipe Nasr         (Sauber Ferrari)         1:21.692
20     31     Esteban Ocon         (MRT Mercedes)             1:21.881
21     8     Romain Grosjean     (Haas Ferrari)             1:21.916

No Q2 as atenções se voltaram para o Mexicano Sergio Perez que acabou desapontando a todos os seus torcedores é não conseguiu tempo suficiente para se classificar para o Q3. Ao contraio do seu companheiro Nico Hulkenberg, que andou muito bem levando o carro para o 6ºlugar classificando com uma bela volta no final do Treino.

Para Hamilton era tudo que ele queria para mudar a história do campeonato em 2ºlugar, Para Rosberg a situação era crítica demais, O tempo dele era apenas o 5º dos tempos que passaram para o Q3. As Williams também trataram de garantir suas vagas para o Q3, O que deixou Fernando Alonso de Fora do Q3.

Além de Alonso e Perez acabaram eliminados: Jenson Button com a outra Mclaren,  e as esperadas eliminações de Kevin Magnussen (Que esta ameaçado seu futuro na Formula 1) da Renault, Marcus Ericsson com a Sauber que de forma definitiva esta dando preferência mesmo para o piloto da Suécia e Pascal Wehrlein que fez um grandioso trabalho por levar a Manor para o Q3.

Classificados foram Max Verstappen que foi o mais rápido no Q2 dando a esperança da Red Bull tentar a pole position, Lewis Hamilton, Sebastian Vettel, Daniel Ricciardo, Nico Rosberg, Nico Hulkenberg, Kimi Raikkonen, Valtteri Bottas, Felipe Massa e Carlos Sainz jr.

Resultado do Q2:

1     33     Max Verstappen         (Red Bull Racing TAG Heuer)     1:18.972
2     44     Lewis Hamilton         (Mercedes)             1:19.137
3     5     Sebastian Vettel     (Ferrari)             1:19.385
4     3     Daniel Ricciardo     (Red Bull Racing TAG Heuer)     1:19.553
5     6     Nico Rosberg         (Mercedes)             1:19.761
6     27     Nico Hulkenberg     (Force India Mercedes)         1:19.769
7     7     Kimi Räikkönen         (Ferrari)             1:19.936
8     77     Valtteri Bottas     (Williams Mercedes)         1:19.958
9     19     Felipe Massa         (Williams Mercedes)         1:20.151
10     55     Carlos Sainz         (Toro Rosso Ferrari)         1:20.169
11     14     Fernando Alonso     (McLaren Honda)         1:20.282
12     11     Sergio Perez         (Force India Mercedes)         1:20.287
13     22     Jenson Button         (McLaren Honda)         1:20.673
14     20     Kevin Magnussen     (Renault)             1:21.131
15     9     Marcus Ericsson     (Sauber Ferrari)         1:21.536
16     94     Pascal Wehrlein     (MRT Mercedes)             1:21.785

decisao_mexico-2

No Q3 Lewis Hamilton sobrou enquanto Rosberg sofreu, Mas conseguiu o segundo lugar. Na primeira tentativa Hamilton já decidiu a pole fazendo 1:18.704 enquanto que Rosberg fez uma volta ruim caindo para o 4ºlugar atrás dos dois pilotos da Red Bull. O Austráliano Daniel Ricciardo em 2º e Max Verstappen em 3º. A Ferrari decepcionou ficando atrás das duas equipes quando parecia que eles iria disputar a pole com a Mercedes na Sexta-feira.

Rosberg tinha que tentar saltar para o segundo lugar para continuar sua tática de preservar a chance de ser o campeão do mundo sem precisar vencer mais. O problema é que Verstappen e Ricciardo foram para a tentativa final para melhorar seus tempos também.

Ricciardo e Verstappen melhoraram seus tempos com o Holandês na frente de Ricciardo na segunda posição. Pressionado na sua volta final Rosberg teve de superar para fazer o tempo de 1:18.958 e garantir o lugar na primeira fila, Era tudo que o piloto Alemão queria.

Hamilton garantiu a pole position e não basta só ele vencer, Ele tem que torcer por um insucesso do seu companheiro de equipe pois com 26 pontos de diferença o que mais não pode acontecer para Hamilton é que Rosberg termine as 3 corridas em 2ºlugar.

Max Verstappen larga em 3ºlugar com Daniel Ricciardo em 4ºlugar ambos da Red Bull de forma supreendente  já que o Motor da equipe Austríaca é menos potente do que os Motors Ferrari e Mercedes.

Mas supreedente foi o 5ºlugar de Nico Hulkenberg que andou muito bem com a Force India superando os pilotos da Ferrari que ficaram com o 6º e 7ºlugares. Valtteri Bottas e Felipe Massa largam em 8º e 9ºlugares com a Williams que luta com a Force India que esta disputando o 4ºlugar no mundial de construtores. Carlos Sainz jr. com a Toro Rosso completa os 10 primeiros colocados.

Daqui a pouco as 5 da Tarde teremos o GP do México de Formula 1

Grid de largada do GP do México
19ªEtapa

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Fase da Classificação
1 Lewis Hamilton 44 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 1:18.704 Q3
2 Nico Rosberg 6 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 1:18.958 Q3
3 Max Verstappen 33 Red Bull RB12 TAG Heuer 1:19.054 Q3
4 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB12 TAG Heuer 1:19.133 Q3
5 Nico Hulkenberg 27 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 1:19.330 Q3
6 Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF16-H Ferrari 061 1:19.376 Q3
7 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF16-H Ferrari 061 1:19.381 Q3
8 Valtteri Bottas 77 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 1:19.551 Q3
9 Felipe Massa 19 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 1:20.032 Q3
10 Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso STR11 Ferrari 060 1:20.378 Q3
11 Fernando Alonso 14 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 1:20.282 Q2
12 Sergio Perez 11 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 1:20.287 Q2
13 Jenson Button 22 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 1:20.673 Q2
14 Kevin Magnussen 20 Renault RS16 Renault RE16 1:21.131 Q2
15 Marcos Ericsson 9 Sauber C35 Ferrari 061 1:21.536 Q2
16 Pascal Wehrlein 94 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 1:21.785 Q2
17 Esteban Gutierrez 21 Haas VF-16 Ferrari 061 1:21.401 Q1
18 Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR11 Ferrari 060 1:21.454 Q1
19 Felipe Nasr 12 Sauber C35 Ferrari 061 1:21.692 Q1
20 Esteban Ocon 31 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 1:21.881 Q1
21 Romain Grosjean 8 Haas VF-16 Ferrari 061 1:21.916 Q1
22 Jolyon Palmer 30 Renault RS16 Renault RE16 Sem tempo Q1

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes