Corridas Históricas – GP da Malásia de 2009

No quentíssimo circuito de Sepang, Em Kuala Lumpur foi realizada a 11ªEdição do GP da Malásia nos dias 3, 4 e 5 de Abril de 2009. Uma prova marcada por muitos erros de grandes equipes e pela chuva que acabou deixando a prova mais curta, tudo por culpa de uma exigência comercial de horário para o começo da prova. Jenson Button conquistou a pole position e a vitória.

Classificação do Sábado:

Q1, Nico Rosberg foi o mais rápido do Treino da manhã era um grande candidato a pole position. Toyota e Ferrari estavam com bons desempenhos e a Brawn um pouco mais atrás nos treinos livres.

Sebastian Vettel foi punido com 10 posições por ter sido considerado culpado pelo acidente que provocou com Robert Kubica no final do GP da Austrália. Rubens Barrichello perdeu 5 posições por trocar o Câmbio por ter entrado no Neutro na largada do GP da Austrália.

De começo, Os pilotos da Ferrari foram para a pista já para garantir lugar no Q2. Outros pilotos como Fisichella, Sutil, Bourdais e Nakajima buscaram escapar da eliminação. Aos poucos os favoritos foram para a pista, Rosberg já deu as cartas e já foi fazer o melhor tempo no 5ºminuto do Q1. Tempo logo superado por Alemão Adrian Sutil da Force India por poucos milésimos.

A 14 minutos e 37 segundos do final, Raikkonen faz 1:35.476 e coloca 1 segundo de frente para Sutil, Massa quase um minuto depois marcou o 3ºtempo, A 4 décimos do homem de gelo e atrás de Jenson Button. O vencedor do GP da Austrália marcou o melhor tempo a menos de 13 minutos do final.

Enquanto um piloto inglês vivia seu melhor momento na Formula 1, Um outro vivia um inferno astral, Lewis Hamilton foi criticado pelos jornais ingleses. Não só o piloto como a equipe. Isso por que no GP da Austrália, A equipe pediu para que Trulli passasse o piloto Inglês e fingisse que o Italiano acabou fazendo uma manobra ilegal. Isso acabou ocasionando em punição a Trulli em principio. Porém descoberta a farsa o piloto acabou desclassificado e Trulli recuperou o 3ºlugar. Além disso o carro da Mclaren era ruim e não havia grandes expectativas de bom desempenho.

Button e Barrichello estavam nas duas primeiras posições, Com Raikkonen e Massa em 3º e 4ºlugares. A Ferrari achou que os tempos de seus pilotos eram o suficiente para passar ao Q2. Sutil e Bourdais se esforçavam para manter se nos 15 primeiros lugares. Fernando Alonso com problemas de Infecção no ouvido estava no sacrifício, tentando uma boa classificação.

A 6 minutos do final os classificados eram: Button, Nakajima, Barrichello, Raikkonen, Kovalainen, Massa, Vettel, Trulli, Hamilton, Alonso, Webber, Glock, Buemi, Kubica e Bourdais. Sutil, Heidfeld, Rosberg, Fisichella e Piquet estavam eliminados.

Nelsinho Piquet fez uma boa volta para subir a 7ªposição, Jogando Bourdais para a zona de eliminação. Rosberg precisava de um tempo para sair da zona de eliminação e acabou saindo com sobras, marcando o 3ºtempo. A 3 minutos e 16 do final, Trulli marca 1:34.745 e assume a liderança. A Toyota vinha muito forte, O Drama era para Kubica e Heidfeld que vinham fora do Q2. A situação dos pilotos da Red Bull não era das melhores, os dois precisavam melhorar para não correrem riscos. A 1 minutos do final, Vettel passou para o 3ºlugar e Webber superou Vettel e passou para o 2ºlugar.

Nos segundos finais, Barrichello marcou 1:34.681 e subiu do 6º para o 1ºlugar. No final da classificação Kubica e Heidfeld subiram para os 15 primeiros lugares. No final da Classificação, supreendentemente Felipe Massa, Nelson Ângelo Piquet, Giancarlo Fisichella, Adrian Sutil e Sebastien Buemi. Pior que isso é que Raikkonen ficou com o 14ºlugar. A Tática da Ferrari foi desastrosa, achando que os tempos marcados dos dois pilotos davam para levar ambos para o Q2.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeChassisMotorTempo
123 Rubens BarrichelloBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:34.681
29 Jarno TrulliToyotaTF109Toyota RVX-091:34.745
310 Timo GlockToyotaTF109Toyota RVX-091:34.907
415 Sebastian VettelRed BullRB5Renault RS271:34.935
52 Heikki KovalainenMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:35.023
614 Mark WebberRed BullRB5Renault RS271:35.027
722 Jenson ButtonBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:35.058
816 Nico RosbergWilliamsFW31Toyota RVX-091:35.083
96 Nick HeidfeldBMW SauberF1.09BMW P86/91:35.110
105 Robert KubicaBMW SauberF1.09BMW P86/91:35.166
117 Fernando AlonsoRenaultR29Renault RS271:35.260
121 Lewis HamiltonMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:35.280
1317 Kazuki NakajimaWilliamsFW31Toyota RVX-091:35.341
144 Kimi RäikkönenFerrariF60Ferrari 0561:35.476
1511 Sébastien BourdaisToro RossoSTR4Ferrari 0561:35.507
163 Felipe MassaFerrariF60Ferrari 0561:35.642
178 Nelson Piquet, Jr.RenaultR29Renault RS271:35.708
1821 Giancarlo FisichellaForce IndiaVJM02Mercedes FO 108W1:35.908
1920 Adrian SutilForce IndiaVJM02Mercedes FO 108W1:35.951
2012 Sébastien BuemiToro RossoSTR4Ferrari 0561:36.107

Jenson Button vence na Malásia, em corrida sensacional em Sepang, interrompida pela chuva

No Q2, Aos poucos, os pilotos foram entrando para a pista, Com o céu um pouco mais escuro, era bom que todos marcassem tempo logo. Nakajima era o primeiro a abrir volta e acabou marcando o tempo de 1:35.118. Já Raikkonen foi para fora da pista e perdeu tempo. Enquanto que Heidfeld e Kubica fizeram os dois primeiros tempos, Até que a 10 minutos e 50 segundos do final do Q2, Jenson Button superou ambos e marcou 1:34.409, passando para a liderança.

Um dos Favoritos a pole, Jarno Trulli superou Button e fez 1:34.250 e Rubens Barrichello passou para o 2ºtempo. Faltava o Rosberg para marcar um tempo, A 8 minutos e 35 segundos do final, O alemão marcou 1:34.547, ficando com o 5ºtempo.

Na Metade do Q2 a Classificação era: Trulli, Vettel, Button, Barrichello, Webber, Rosberg, Heidfeld, Raikkonen, Alonso e Hamilton vinham nas 10 primeiras posições. Kovalainen, Kubica, Nakajima, Glock e Bourdais estavam eliminados.

Kovalainen tentando levar a sua Mclaren para o Q3, mas era difícil. O carro era ruim nesse começo de temporada, Já Raikkonen subiu do 8º para o 6ºtempo a 2 minutos e 10 segundos do final.

Praticamente todo mundo foi para a pista na reta final. O inglês Jenson Button rompeu a barreira do 1 minuto e 34 segundos e acabou marcando 1:33.704, voltando para a ponta.  Glock marcou o 6ºtempo. Hamilton fez uma última tentativa de volta para entrar nos 10 primeiros colocados, Porém foi Alonso que conseguiu levar a Renault no Q3, nas costas. Superando Nakajima que foi uma surpresa com a Williams (Que vinha muito bem no começo de temporada) e Nick Heidfeld.

Button ficou com o melhor tempo, 2 décimos na frene de Jarno Trulli. Webber vinha em 3º com sua Red Bull. Glock, Vettel, Barrichello, Raikkonen, Rosberg, Kubica e Alonso classificaram para o Q3. Heidfeld, Nakajima, Hamilton, Kovalainen e Bourdais acabam eliminados.

Resultado do Q2:

posPilotoEquipeChassisMotorTempo
122 Jenson ButtonBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:33.784
29 Jarno TrulliToyotaTF109Toyota RVX-091:33.990
314 Mark WebberRed BullRB5Renault RS271:34.222
410 Timo GlockToyotaTF109Toyota RVX-091:34.258
515 Sebastian VettelRed BullRB5Renault RS271:34.276
623 Rubens BarrichelloBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:34.387
74 Kimi RäikkönenFerrariF60Ferrari 0561:34.456
816 Nico RosbergWilliamsFW31Toyota RVX-091:34.547
95 Robert KubicaBMW SauberF1.09BMW P86/91:34.562
107 Fernando AlonsoRenaultR29Renault RS271:34.706
116 Nick HeidfeldBMW SauberF1.09BMW P86/91:34.769
1217 Kazuki NakajimaWilliamsFW31Toyota RVX-091:34.788
131 Lewis HamiltonMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:34.905
142 Heikki KovalainenMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:34.924
1511 Sébastien BourdaisToro RossoSTR4Ferrari 0561:35.431

Raikkonen de cara foi para a pista, assim que começou os 10 minutos finais da classificação. Button, Trulli e Rosberg são os favoritos a pole. Barrichello por perder 5 posições por trocar o câmbio e Vettel por ter sido punido com 10 posições ficam de fora dessa disputa.

A 6 minutos e 40 segundos do final, Raikkonen fez 1:37.020, Longe de fazer um tempo para disputar o título. Rosberg e Barrichello superaram fácil o piloto da Ferrari. A 6 minutos do final, Trulli marcou o melhor tempo. Porém, 30 segundos depois, Button fez 1:35.773, a mais de 2 décimos de vantagem sobre o principal piloto da Toyota.

Vettel superou Trulli e passou para o segundo lugar e Webber foi para o 4ºlugar. A 4 minutos do final, Jarno Trulli superou em 4 milésimos o tempo de Button. Vettel (a 0.200), Webber (a 0.543), Barrichello (a 0.651), Glock (a 0.843), Rosberg (a 0.912), Kubica (a 1.067), Raikkonen (a 1.251) e Alonso (a 1.890).

Todo mundo foi para os boxes para colocarem novos pneus e tentarem uma última tentativa. Dificilmente a pole não ficaria nas mãos ou de Trulli ou de Button. Raikkonen já foi tentar a volta a 2 minutos e meio do final, mas sem chances de pole position. Apenas a possibilidade de melhorar seu tempo.

O Homem de Gelo deu uma bela melhorada, com o 4ºtempo. Barrichello a 40 segundos do final acabou marcando o 1:35.651 e voltando para a ponta, mas lá vinha Button para melhorar a o tempo e buscar a pole position e foi isso que aconteceu. O inglês Jenson Button marcou 1:35.181, colocando meio segundo de vantagem. Rosberg marcou um bom tempo, ficando em 3ºlugar já com o cronometro zerado, mesmo caso de Vettel, que superou Barrichello e marcou o segundo tempo, mas ainda assim, ficou a 3 décimos de Button.

Mas ainda faltava Trulli, que vinha fazendo um belíssimo tempo provocando suspense no final. E acabou ficando a 92 milésimos de Button, que ficou com a pole position pela segunda vez, repetindo a pole position da Austrália. Trulli ficou perto de uma pole position, O italiano ficou em uma satisfatória 2ªposição. Na segunda fila será composta por Timo Glock da Toyota e Nico Rosberg com a Williams. Na terceira fila seria composta por Mark Webber da Red Bull e Robert Kubica da BMW.

Rubens Barrichello com a perda de 5 posições ficou com o 8ºlugar no Grid de largada. Atrás do finlandês Kimi Raikkonen salvando a honra da Ferrari. Alonso com a Renault e Nick Heidfeld com a BMW Sauber completam os 10 primeiros colocados.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeChassisMotorTempoPeso de quem vai largar
122 Jenson ButtonBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:35.181660 kg
29 Jarno TrulliToyotaTF109Toyota RVX-091:35.273656,5 kg
310 Timo GlockToyotaTF109Toyota RVX-091:35.690656,5 kg
416 Nico RosbergWilliamsFW31Toyota RVX-091:35.750656 kg
514 Mark WebberRed BullRB5Renault RS271:35.797656 kg
65 Robert KubicaBMW SauberF1.09BMW P86/91:36.106663 kg
74 Kimi RäikkönenFerrariF60Ferrari 0561:36.170662,5 kg
823 Rubens BarrichelloBrawnBGP 001Mercedes FO 108W1:35.651664,5 kg
97 Fernando AlonsoRenaultR29Renault RS271:37.659680,5 kg
106 Nick HeidfeldBMW SauberF1.09BMW P86/91:34.769692 kg
1117 Kazuki NakajimaWilliamsFW31Toyota RVX-091:34.788683,4 kg
121 Lewis HamiltonMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:34.905688 kg
1315 Sebastian VettelRed BullRB5Renault RS271:35.518647 kg
142 Heikki KovalainenMcLarenMP4-24Mercedes FO 108W1:34.924688,9 kg
1511 Sébastien BourdaisToro RossoSTR4Ferrari 0561:35.431670,5 kg
163 Felipe MassaFerrariF60Ferrari 0561:35.642689,5 kg
178 Nelson Piquet, Jr.RenaultR29Renault RS271:35.708681,9 kg
1821 Giancarlo FisichellaForce IndiaVJM02Mercedes FO 108W1:35.908680,5 kg
1920 Adrian SutilForce IndiaVJM02Mercedes FO 108W1:35.951655,5 kg
2012 Sébastien BuemiToro RossoSTR4Ferrari 0561:36.107686,5 kg

Dia da corrida – O diluvio que acabou interrompendo uma das melhores corridas da Formula 1 da Década. Em relação a corrida, Button, Trulli e Glock eram os 3 principais candidatos a vitória, Rubens Barrichello por largar em 8ºlugar estava um pouco mais atrás nessa briga. Rosberg poderia ser uma boa surpresa. Webber era a esperança de vitória da Red Bull já que Vettel largaria da 13ºlugar.

Na largada, Kubica fica praticamente parado, Barrichello consegue desviar do carro da BMW Sauber e todo o resto que estava do lado par desviaram sem provocar nenhum acidente. Button, Trulli e Glock não fizeram boas largadas. Em contrapartida, Rosberg pulou do 4ºlugar para a liderança.

Pior para Button, que caiu da ponta para o 4ºlugar nas primeiras curvas. Trulli conseguiu se manter na segunda posição e Alonso pulou do 9º para o 3ºlugar. Barrichello passou do 8º para o 6ºlugar, na quarta para a quinta curva passou Raikkonen e subiu para o 5ºlugar. Webber e Glock completavam os 8 primeiros colocados. Nas primeiras curvas, Kovalainen acabou escapando da pista e deixando a prova.

No final da 1ªvolta, Button passou Alonso deixando o espanhol para Barrichello. O Brasileiro da equipe Brawn não poderia perder tempo, mas Alonso tinha o KERS, isso iria dificultar a ultrapassagem. Kubica com problemas deixou a prova na segunda volta. Buemi tocou o bico e acabou tendo que antecipar a sua parada.

Alonso segurava Barrichello, Que precisava passar logo já que vinha ficando muito para trás na briga pela ponta. No Hairpin, O Brasileiro passou o piloto da Renault, mas perdeu a trajetória e Alonso conseguiu voltar a frente, mas foi por pouco tempo, Rubens colocou por dentro e no final da reta dos boxes consegue a ultrapassagem, passando para o 4ºlugar. e logo foi embora do piloto da Renault, que vinha pesado e com o carro bem ruim. Glock tentava recuperar posições.

Classificação após 4 voltas: Rosberg, Trulli (a 1.914), Button (a 2.989), Barrichello (a 9.520), Alonso (a 11.901), Raikkonen (a 12.463), Webber (a 13.121) e Glock (a 13.603). Alonso estava segurando o ritmo de prova atrás, virando 3 segundos mais lento que os líderes. Heidfeld vinha em 9º, com Vettel em 10º superando Lewis Hamilton. Felipe Massa continuava em 12ºlugar.

Na 5ªvolta, Timo Glock arriscou passar Mark Webber na curva 11, viu que não dava e o piloto Alemão conseguiu evitar o Choque com o piloto da Red Bull. Ainda estava fazendo sol em Sepang, mas as nuvens carregadas rondavam a pista. Muito normal chover no final da tarde na Malásia. Vettel foi para cima de Heidfeld, buscando sua recuperação, levando com ele Hamilton e Massa (um pouco mais atrás) na briga.

Rosberg na 8ªVolta vinha a 2.7 segundos a frente de Trulli, Button vinha a 1 segundo do piloto da Toyota, Barrichello vinha em 4º, quase 10 segundos atrás do líder e abrindo muito de Alonso, Raikkonen, Webber e Glock disputando o 5ºlugar.

Na 9ªVolta, Vettel e Hamilton superaram Heidfeld, que acabou errando e subiram para o 9º e 10ºcolocados. Trulli faz a melhor volta da prova no final da volta. Alonso  continuava segurando Raikkonen tranquilamente, mesmo com um carro melhor que o carro da equipe Francesa.

Na 10ªVolta, Rosberg faz 1:37.660. A melhor volta da prova. Na 11ªVolta, Raikkonen finalmente conseguiu a ultrapassagem sobre Alonso que acabou escorregando um pouco na curva 4. O Homem de Gelo abriu vantagem.Webber passou a ir para cima do Alonso. Classificação após 11 voltas: Rosberg, Trulli (a 3.054), Button (a 4.232), Barrichello (a 10.376), Raikkonen (a 26.523), Alonso (a 28.304), Webber (a 28.801), Glock (a 29.501).

Webber superou Alonso no final da 12ªVolta (Curva 16) O Espanhol tentou voltar, chegou a voltar a frente, mas na curva 1, Alonso perde a trajetória da curva e Webber ganha em definitivo o 6ºlugar. Perto deles, Vettel chega no Grupo e estava perto de Glock na disputa pelo 8ºlugar.

Na volta seguinte, Vettel faz a primeira parada, com 10.7 segundos (Uma parada meio lenta para a tática que ele adotava). Glock vai para cima de Alonso, Hamilton vinha chegando nos dois.

Rosberg foi para os boxes na 16ªvolta, com 9.7 segundo o piloto Alemão volta em 4ºlugar. Com Trulli, Button e Barrichello ainda por fazer à parada. Glock também fez a troca nessa volta. Com o céu cada vez mais escuro, Trulli e Button estavam separados por 1 segundo em 1º e 2ºlugares, Webber vai para a parada na 17ªvolta.

O líder Jarno Trulli foi para a parada, Button assumiu a ponta e Barrichello passou a ser o segundo lugar. Trulli voltou atrás de Rosberg em 4ºlugar. Raikkonen vai para os boxes ao final da 18ªVolta, A Ferrari colocou os pneus de chuva intermediário para o Homem de Gelo. O céu estava cada vez mais fechado.

Button vai para os boxes, A Brawn colocou pneus secos. Ainda não era a Hora de se colocar pneus de pista molhada. Barrichello passou para a liderança e Button voltou na segunda posição, superando Rosberg e Trulli. Raikkonen estava lento, os pneus de chuva dele acabaram em 1 volta, Todo mundo vinha passando por ele.

Rubens Barrichello teve de ir para a sua primeira parada no final da 20ªvolta. Mesmo com a chuva começando a cair, Os pneus foram de pista seca, Voltando para o 4ºlugar, mas bem perto de Trulli. Button passou para a ponta com Rosberg em 2ºlugar. Trulli e Barrichello começavam a brigar pelo 3ºlugar. O desempenho da Brawn do piloto Brasileiro era melhor. No meio da 22ªVolta à chuva começou a cair. Logo de cara, Alonso roda e da forma que ele rodou foi sorte ele ter voltado à prova, era para ter ficado atolado na brita.

Ao ver que a chuva voltou, Button volta aos boxes para colocar os pneus intermediários. O mesmo fez Rosberg, Trulli e Barrichello e todo o resto. Agora a corrida tomava uma outra direção. Após as trocas, Button, Rosberg, Trulli e Barrichello mantiveram as posições. Já Hamilton foi a caça de Heidfeld para disputar o 5ºlugar. Webber e Massa completavam os 5 primeiros.

Webber acabou pegando Lewis no contra pé e acabou passando o campeão do Mundo de 2008, Mas Hamilton continuou lutando e na entrada da volta 23 recuperou a posição. Curvas depois, Webber passou de novo Hamilton e errou a curva. O pega dos dois foi muito bom, Webber mesmo com os erros acabou superando o piloto da Mclaren que novamente dá o troco no Australiano. Mas Webber conseguiu curvas depois superar Hamilton e deu um ponto final nessa briga e foi para cima de Heidfeld, passando por fora o piloto da BMW na 16ªVolta, ganhando o 5ºlugar. Mais atrás, Vettel se aproveitou da escapada para passar Kazuki Nakajima.

Timo Glock vinha voando na pista, em um espaço de 3 voltas, pulou do 11º para o 7ºlugar e na pressão em cima de Nick Heidfeld, antes do final da 26ªVolta. O piloto alemão estava com os pneus intermediários e os outros pilotos com os pneus intermediários. Com exceção de Mark Webber que estava com os intermediários também.

Na 27ªVolta, Barrichello passa com certa facilidade Trulli e sobe para o terceiro lugar. Porém, a chuva cai mais forte e a tática de Glock e Webber foi para o saco. Barrichello passou Rosberg, que foi para os Boxes. A Brawn tinha a dobradinha. Porém ainda os pneus intermediários eram mais rápidos. Era um enorme troca de pneus, Muito grande a movimentação nos boxes.

Barrichello que estava em segundo teve que segurar o carro e Glock e Webber se aproveitam e passam pelo veterano. Trulli e Barrichello foram para os boxes para a 3ªparada. A prova era imprevisível nesse momento. Barrichello superou Trulli de novo e continuava muito rápido. Button foi para a 3ªparada, com 24 segundos a frente de Glock. A 27 Voltas do final, O Alemão era o líder, com pouca vantagem para Button. Porém o piloto da Brawn tinha mais pneus e mais carro. Enquanto Button volta a ponta na 30ªVolta, Glock vai para os boxes.

A chuva apertava ainda mais, todos colocam pneus de chuva mesmo. A partir dai começaram as rodadas. Primeiro com o Fisichella, depois Vettel acabou rodando. Com todo isso, o Safety Car entrou na pista, Os carros em baixa velocidade estavam agua planando.  Logo deram a bandeira vermelha. Button fez 4 paradas, assim como Webber, Trulli, Barrichello, Rosberg. Glock e Hamilton fizeram suas paradas e Heidfeld acabou fazendo uma parada apenas e se beneficiou das adversidades.

Hamilton e Heidfeld também rodaram, mas continuaram na corrida. Os pilotos iriam esperar a chuva passar e as condições de pista. A direção da prova fez tudo que era o possível para recomeçar a prova. O líder da GPDA Mark Webber consultou todos os pilotos e eles afirmavam que estavam muito escuro para correr.

Alguns pilotos ainda estavam no carro, já outros já estavam de fora. Os dois pilotos da Renault não queriam mais voltar a pista. Kimi Raikkonen já tirou o macacão e com comendo um sorvete, O Homem de Gelo não queria mais saber  de corrida.

E depois de mais de 50 minutos de espera, Não tiveram outra opção a não ser declarada a prova como encerrada. Jenson Button conquistou a segunda vitória na temporada, mesmo com a pontuação pela metade. Nick Heidfeld acabou com o segundo lugar, um improvável pódio para o piloto da BMW. Timo Glock da Toyota completou o pódio. Jarno Trulli, Rubens Barrichello, Mark Webber, Lewis Hamilton e Nico Rosberg completaram a zona de pontuação.

Era realmente impossível  a prova ter continuado. A decisão de encerrarem a prova foi acertada, a prova já tinha passado da metade da prova e o risco era enorme para os pilotos e o dia já estava escurecendo. Se tiver um culpado esse alguém é Bernie Ecclestone, por que por causa de fins comerciais, A corrida foi empurrada para o final da tarde, num lugar onde chove nesse horário. Uma pena, mas enquanto durou, a prova foi belíssima. Com muitos pilotos andando muito bem, Alguns como Heidfeld e Glock tiveram sorte. Outros pilotos como Barrichello, Rosberg, Webber e Massa não deram tanta sorte assim e ficaram em posições abaixo do que merecia.

Resultado do GP da Malásia de 2009

Fotos:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Olivier F1

Leclerc segura Hamilton e Bottas e conquista vitória consagradora em Monza

Após vencer sua primeira corrida na Formula 1, Semana passada na Bélgica, O Monegasco Charles Leclerc fez uma corrida de gente grande. No templo sagrado no Automobilismo Mundial acabou o piloto da Ferrari segurando a pressão de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas para levar a vitória, Fazendo a festa dos fanáticos torcedores da Ferrari, Que não viam uma vitória em Monza desde de 2010 com Fernando Alonso.

Na Largada, Hamilton quase conseguiu superar Leclerc, Mas acabou sendo surpreendido por Bottas, que chegou a fazer a primeira perna da chicane na frente, O inglês conseguiu recuperar o segundo lugar. Vettel acabou perdendo o 4ºlugar para Nico Hulkenberg, Mas essa posição seria recuperada no começo da segunda volta.

Mas a situação de Verstappen, que já estava complicada passaria a ficar pior. Ele acabou evitando uma batida no Perez, Mas danificou sua asa e acabou indo para os boxes. Seria mais um dia duro para o Holandês da Red Bull.

Nas primeiras voltas, Alexander Albon foi para cima de Carlos Sainz jr. Numa manobra bem audaciosa e bem sucedida, O Tailandês em sua segunda corrida na Formula 1 superou o piloto da Mclaren, Mas não esperava que o espanhol pudesse voltar na curva seguinte, Superar o piloto da Red Bull, que acabou indo para a brita e perdendo mais duas posições, Além do ter sido vencido pelo piloto espanhol.

Os quatro primeiros vinham bem à frente de Ricciardo, que superou Hulkenberg. Até que na 7ªVolta, Vettel ao tentar chegar em Bottas, acabou rodando na Variante Ascari. Pior que isso não foi perder posições, Mas ter voltas da forma que ele voltou, De forma perigosa, o que fez ele tocar em Lance Stroll que rodou também, O Canadense sairia ileso dessa história, Se não tivesse também voltado de forma irresponsável e obrigado o francês Pierre Gasly a ir para a Grama para evitar uma batida.

Essa situação não ficaria dessa forma, Vettel foi para os boxes com o bico Danificado, Pior de tudo, Ele foi punido com um Stop Go de 10 segundos, A corrida do Alemão estava completamente acabada. Stroll tomou punição menor, com uma passagem pelos boxes, Mas isso acabou comprometendo seu bom final de semana.

Albon seria punido por levar vantagem, com 5 segundos por levar vantagem indevida em disputa de posição. Já Kimi Raikkonen foi punido por 10 segundos nos boxes, A Alfa Romeo colocou pneus errados para ele, Um erro que o piloto deve fica bem irritado, Porque ele fez a parte dele, Mas a equipe deu essa vacilada com o Homem de Gelo.

Leclerc liderava, Mas com Hamilton há um pouco mais de 1 segundo de frente, A Mercedes tentou blefar ao colocar os mecânicos em posição para fazer Leclerc parar. Dessa vez, A Ferrari não caiu no truque da Mercedes. A prova seguia com os três primeiros bem próximos.  Enquanto que Verstappen supera Raikkonen, passado ao 15ºlugar.

Hamilton para na volta 20, Colocando os pneus médios, Leclerc fica na pista por 1 volta e vai para os boxes. A Ferrari arrisca e coloca os pneus mais duros. Sim, os Pneus que a Ferrari tem desempenho pior nesse ano. O Monegasco voltou a frente de Hamilton, Em 4ºlugar. Bottas era o líder, Com Ricciardo em 2º e Hulkenberg em 3º.

Hamilton foi para o ataque em cima de Leclerc, Os dois chegaram em Hulkenberg na 23ªVolta, Leclerc passa no final da volta, Hamilton na Reta passo o piloto Alemã, Dai Lewis voltou a atacar Leclerc, Na segunda Variante, Hamilton coloca por dentro e Leclerc, de forma agressiva não dá espaço para o líder do campeonato, Que teve de passar por fora da chicane e voltar a corrida atrás de Leclerc.

Bottas passou a liderança, com 15 segundos a frente de Leclerc e Hamilton, quer tinham já superado Daniel Ricciardo. Os pilotos da Renault e Valtteri Bottas ainda não tinham feito suas paradas.

Na 28ªVolta, Bottas vai para os boxes, Coloca os pneus médios e volta em 4ºlugar, Atrás de Ricciardo, Por pouco tempo, Já que Bottas superou Ricciardo e voltou ao 3ºlugar, A 7 segundos de Leclerc e Hamilton. Sainz jr. parou na mesma volta que o piloto da Mercedes, A equipe erra nos boxes e deixa ele sair com um dos pneus sem a porca apertada, O Espanhol deixava uma bela corrida que vinha fazendo. O Safety Car Virtual foi acionado para a retirada do carro. Da Área de Escape, A corrida logo recomeçou e a pressão de Hamilton em Leclerc continuava.

Mas depois, O Russo Daniil Kvyat acabou parando logo depois da primeira variante e abandonou a prova, Novamente foi acionado o Safety Car Virtual. Foi mais um Safety Car Virtual curto, A Corrida voltou a normalidade na 33ªVolta. Leclerc tinha Vettel e Russell como retardatários, Mas nenhum deles complicou sua vida na disputa da liderança na disputa, Hamilton continuava na sua cola.

Enquanto isso, Max Verstappen vinha ganhando posições, Superou Pierre Gasly na 34ªVolta, passando ao 11ºlugar e já chegaria em Lando Norris e Romain Grosjean.

Voltando a disputa pela vitória, Hamilton continuava a pressionar Leclerc. Na 36ªVolta, O Jovem Monegasco acaba vazando  e é advertido. Qualquer outra escapada de pista e Leclerc seria provavelmente punido. Com o decorrer das voltas, Valtteri Bottas que vinha em 3º, estava chegando cada vez mais e mais perto dos dois primeiros. Com 8 voltas de pneus mais novos.

Sempre que Hamilton tenta encostar em Leclerc antes da Parabólica, O piloto da Ferrari conseguia fugir, fazendo essa curva de maneira sensacional, Aliado a potência do motor e a velocidade de Reta, não permite a Hamilton uma chance clara de ultrapassagem. Bottas vinha chegando cada vez mais e mais nos dois.

Na Volta 42, Hamilton acaba errando, Passa reto pela Chicane e acaba perdendo a chance de vencer a prova, Valtteri Bottas passa para a segunda posição. Com mais pneus, O Finlandês poderia acabar com a Festa da Ferrari. Leclerc com os pneus detonados, Teria que segurar a vitória a poucas voltas do final, Bottas vinha tirando 2 a 3 décimos por volta, Mas seus pneus também começaram a ficarem detonados e ele acabou cometendo dois pequenos erros, Mas que decidiram a prova a favor do piloto da Ferrari.

Enquanto que Lewis Hamilton, acabou tendo de fazer uma parada na parte final da prova, para levar o ponto da melhor volta da prova.

Depois de 9 anos, Charles Leclerc leva a Ferrari para a vitória em Monza. Sua segunda vitória na Formula 1 e a consagração para ele. A Torcida da Ferrari festejou essa importante conquista, Leclerc é o novo ídolo da Ferrari e certamente é o primeiro piloto da equipe. Uma posição conquistada por ele e pelo seu desempenho.

Sebastian Vettel teve uma corrida lamentável, O 14ºlugar mostra o momento decadente que vive o tetracampeão do Mundo, A mais de um ano sem vitória e visivelmente nervoso e abatido. Será que Vettel volta a ser o mesmo ou esse quadro é uma situação sem volta.

Valttei Bottas assim como Lewis Hamilton não conseguiu superar Leclerc, Mas o 2ºlugar fez ele tirar importantes 2 pontos da Diferença que Hamilton tem na liderança do campeonato. Ainda assim, esta longe de Hamilton. O líder do campeonato acabou conseguindo salvar o 3ºlugar, Mais um ponto da melhor volta da prova. E continua líder do campeonato.

O mais importante disso, E que agora, Hamilton não precisa mais vencer corridas para ser o campeão. Basta ficar em 2º em todas as provas para levar o 6ºcampeonato Mundial de pilotos.

Se a Ferrari fez a festa e a Mercedes completou o pódio, A Renault teve seu melhor final de semana. Daniel Ricciardo com uma belíssima atuação chegou em 4ºlugar, Nico Hulkenberg teve menos destaque, Mas acabou em 5ºlugar, A Frente de Alexander Albon que fez um boa corrida, Mas a Red Bull não teve um dos seus melhores dias. Max Verstappen não foi além do 8ºlugar.

Se falava que a Red Bull poderia até mesmo brigar pelo título com o Verstappen, Mas essas duas corridas foram um balde de Água fria para a equipe Austríaca. Agora, Max tem 99 pontos atrás de Hamilton e 36 pontos atrás de Valtteri Bottas. (O Finlandês deu uma bela respirada na Classificação após as provas da Bélgica e da Itália) E se encontra a apenas 3 pontos a frente de Leclerc. É hora do Verstappen recolocar a cabeça no lugar.

Sergio Perez ficou entre Albon e Verstappen. Fazendo uma bela corrida, após um sábado frustante, Ele largou lá de trás e levou o carro da Racing Point a bons 6 pontos no Mundial de Construtores.

Antonio Giovinazzi se redimiu da Batida em Spa, (final do GP da Bélgica) Fez uma prova competente e levou a Alfa Romeo um 9ºlugar, Mas dois pontos para a antiga Sauber e que dá alguma esperança dele continuar na equipe para 2020. O Inglês Lando Norris completou a zona de pontuação, Salvando um ponto para a Mclaren.

Pierre Gasly até tentou, Mas acabou ficando de fora dos pontos, Em 11ºlugar, com a Toro Rosso que sobrou na corrida. Lance Stroll até vinha fazendo um bom final de semana, Mas a punição que ele sofreu (Justamente) comprometeu seu final de semana, Terminando a prova em 12ºlugar.

Para piorar a Situação de Vettel, Ele conseguiu  ficar atrás de George Russell, Com a Williams. O Inglês fez uma bela corrida, contando que o carro é bem ruim, Mas mostra uma certa evolução da equipe. Se comparar com o começo do ano, Ficar em 13º a frente de Alguns carros pode ser considerada sim uma evolução.

Depois de Vettel chegaram Kimi Raikkonen (Que esta sem sorte pelas duas ultimas corridas que ele teve de incidentes), Romain Grosjean (Com uma decadente Haas, Que não funciona mesmo em corrida) e Robert Kubica (Que não dá mais para correr na Formula 1).

Daqui a duas semanas, A Formula 1 vai correr na noite da Modernissima Cingapura, Para a corrida noturna da Marina Bay. Lá, A Mercedes volta a ter um carro competitivo, A Red Bull pode ser uma ameaça e a Ferrari terá mais problemas, Apesar desse circuito ter algumas retas longas. No dia 22 de Setembro teremos a 15ªEtapa do Mundial de Formula 1.

Fotos:

Resultado final do GP da Itália

posPilotosEquipeChassiMotorVoltasTempo
116Charles Leclerc FerrariSF90Ferrari 064531:15:26.665 
277Valtteri Bottas MercedesF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+53a 0.835s 
344Lewis Hamilton MercedesF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+53a 35.199s 
43Daniel Ricciardo RenaultR.S.19Renault E-Tech 1953a 45.515s 
527Nico Hulkenberg RenaultR.S.19Renault E-Tech 1953a 58.165s 
623Alexander Albon Red Bull RacingRB15Honda RA619H53a 59.315s 
711Sergio Perez Racing PointRP19Mercedes M10 EQ Power+53a 1:13.802s 
833Max Verstappen Red Bull RacingRB15Honda RA619H53a 1:14.492s 
999Antonio Giovinazzi Alfa Romeo RacingC38Ferrari 06452a 1 volta 
104Lando Norris McLarenMCL34Renault E-Tech 1952a 1 volta 
1110Pierre Gasly Scuderia Toro RossoSTR14Honda RA619H52a 1 volta 
1218Lance Stroll Racing PointRP19Mercedes M10 EQ Power+52a 1 volta 
135Sebastian Vettel FerrariSF90Ferrari 06452a 1 volta 
1463George Russell WilliamsFW42Mercedes M10 EQ Power+52a 1 volta 
157Kimi Räikkönen Alfa Romeo RacingC38Ferrari 06452a 1 volta 
168Romain Grosjean HaasVF-19Ferrari 06452a 1 volta 
1788Robert Kubica WilliamsFW42Mercedes M10 EQ Power+51a 2 voltas 
NC 20Kevin Magnussen HaasVF-19Ferrari 06443Abandonou
NC 26Daniil Kvyat Scuderia Toro RossoSTR14Honda RA619H29Mecânico
NC 55Carlos Sainz McLarenMCL34Renault E-Tech 1927Roda Solta

Melhor volta de Cada piloto – Lewis Hamilton ganha um ponto pela melhor volta da prova

posPilotosEquipeChassiMotorTemponº da Volta
144Lewis Hamilton MercedesF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+1:21.779 51
25Sebastian Vettel FerrariSF90Ferrari 0641:22.799 50
377Valtteri Bottas MercedesF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+1:22.859 47
416Charles Leclerc FerrariSF90Ferrari 0641:23.009 47
533Max Verstappen Red Bull RacingRB15Honda RA619H1:23.143 41
623Alexander Albon Red Bull RacingRB15Honda RA619H1:23.364 45
73Daniel Ricciardo RenaultR.S.19Renault E-Tech 191:23.466 53
827Nico Hulkenberg RenaultR.S.19Renault E-Tech 191:23.641 53
911Sergio Perez Racing PointRP19Mercedes M10 EQ Power+1:23.770 35
1010Pierre Gasly Scuderia Toro RossoSTR14Honda RA619H1:23.885 51
114Lando Norris McLarenMCL34Renault E-Tech 191:24.044 52
1218Lance Stroll Racing PointRP19Mercedes M10 EQ Power+1:24.165 31
137Kimi Räikkönen Alfa Romeo RacingC38Ferrari 0641:24.419 52
1420Kevin Magnussen HaasVF-19Ferrari 0641:24.443 38
1599Antonio Giovinazzi Alfa Romeo RacingC38Ferrari 0641:24.503 44
1663George Russell WilliamsFW42Mercedes M10 EQ Power+1:24.842 51
178Romain Grosjean HaasVF-19Ferrari 0641:24.985 31
1888Robert Kubica WilliamsFW42Mercedes M10 EQ Power+1:24.989 47
1955Carlos Sainz McLarenMCL34Renault E-Tech 191:25.637 10
2026Daniil Kvyat Scuderia Toro RossoSTR14Honda RA619H1:25.772 19

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Mercedes/Renault/Red Bull/Racing Point/Alfa Romeo/Mclaren

Leclerc ganha pole em Monza, Com final Polêmico

A Classificação de hoje em Monza, teve um final polêmico e patético. Charles Leclerc acabou conquistando a 4ªpole da sua carreira. Ele vive grande momento após vencer a prova na Bélgica, O Monegasco quer ganhar a prova na casa da Ferrari.

No Q1, Os pilotos do grupo intermediário começaram a classificação. O Italiano Antonio Giovinazzi da Alfa Romeo liderou nos primeiros momentos de voltas rápidas, Mas só até quando os pilotos das equipes grandes entrarem no jogo.

Enquanto Vettel acabou indo mal na sua volta, Leclerc foi muito bem e passou para a liderança. Segundos depois, Hulkenberg e Ricciardo acabaram surpreendendo e levando a Renault as 2 primeiras posições a menos de 10 minutos do final.

2 Minutos depois, Valtteri Bottas e Lewis Hamilton mostraram suas cartas e subiram para o 2º e 3ºlugar (Com o Finlandês a 1 milésimo do Hulkenberg), Mas na segunda volta de Leclerc, O Monegasco acabou com a brincadeira e tomou a ponta do Q1. A 7 minutos do final: Grosjean, Perez, Russell, Kubica e Verstappen estavam sendo eliminados.

Vettel não estava seguro da sua primeira volta e acabou fazendo uma nova volta para se garantir de uma vez, Mas eis que Sergio Perez teve problemas no seu carro, parou em um ponto bem perigoso fazendo a bandeira vermelha ser acionada a 4 minutos e 34 segundos do final.

Após alguns minutos, Com a Retirada do carro do Mexicano o treino recomeçou, Mas o Quadro dos pilotos eliminados se manteve o mesmo até o final. Grosjean ficou mesmo com o 16ºlugar, Seguido de Perez (Que já estava de fora do Treino), Russell, Kubica e Verstappen acabaram eliminados. O Piloto da Red Bull tentou fazer uma volta boa para avançar ao Q2, Mas logo na parte inicial da Volta, Seu motor teve problemas de potência e acabou qualquer chance do piloto Holandês.

Resultado do Q1:

posPilotosEquipeChassiMotorTempo
116Charles LeclercFerrariSF90Ferrari 0641:20.126
227Nico HulkenbergRenaultR.S.19Renault E-Tech 191:20.155
377Valtteri BottasMercedesF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+1:20.156
444Lewis HamiltonMercedesF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+1:20.272
53Daniel RicciardoRenaultR.S.19Renault E-Tech 191:20.374
65Sebastian VettelFerrariSF90Ferrari 0641:20.378
723Alexander AlbonRed Bull RacingRB15Honda RA619H1:20.382
855Carlos SainzMcLarenMCL34Renault E-Tech 191:20.413
910Pierre GaslyScuderia Toro RossoSTR14Honda RA619H1:20.508
1020Kevin MagnussenHaasVF-19Ferrari 0641:20.616
117Kimi RäikkönenAlfa Romeo RacingC38Ferrari 0641:20.634
1218Lance StrollRacing PointRP19Mercedes M10 EQ Power+1:20.643
134Lando NorrisMcLarenMCL34Renault E-Tech 191:20.646
1499Antonio GiovinazziAlfa Romeo RacingC38Ferrari 0641:20.657
1526Daniil KvyatScuderia Toro RossoSTR14Honda RA619H1:20.723
168Romain GrosjeanHaasVF-19Ferrari 0641:20.784
1711Sergio PerezRacing PointRP19Mercedes M10 EQ Power+1:21.291
1863George RussellWilliamsFW42Mercedes M10 EQ Power+1:21.800
1988Robert KubicaWilliamsFW42Mercedes M10 EQ Power+1:22.356

No Q2, Kevin Magnussen foi bem melhor que Kvyat bem no começo das voltas rápidas. Tanto é que segundos depois, Hamilton acabou baixando para 1:19.7 (Primeiro a entrar na casa do 1 minuto e 19 segundos), 10 segundos depois, Charles Leclerc baixou o tempo para 1:19.553, Colocando 153 milésimos do Hamilton e 162 milésimos de Vettel. Daniel Riccardo estava colocando a Renault em 4º, A Frente de Valtteri Bottas e de Alexander Albon.

No final da primeira parte: Stroll, Norris, Giovinazzi, Gasly e Raikkonen estavam sendo os pilotos eliminados. O Homem de Gelo acabou indo para fora da pista, Passando pela caixa de brita e sem tempo.

Os pilotos foram para a volta final, Ao restarem apenas 2 minutos e 20 segundos para o termino do Q2, Albon manteve o 6ºlugar, Quem subiu na reta final foram Raikkonen, Stroll e Sainz jr., Que asseguraram suas vagas ao Q3. Hamilton acabou sendo o mais rápido, Seguido de Leclerc, Vettel, Ricciardo e Bottas. Os outros classificados foram Albon, Sainz jr., Hulkenberg, Stroll (Pela primeira vez na temporada no Q3) e Raikkonen.

Giovinazzi, Magnussen, Kvyat, Norris e Gasly foram os eliminados no Q2.

Resultado do Q2:

posPilotosEquipeChassiMotorTempo
144Lewis HamiltonMercedesF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+1:19.464
216Charles LeclercFerrariSF90Ferrari 0641:19.553
35Sebastian VettelFerrariSF90Ferrari 0641:19.715
43Daniel RicciardoRenaultR.S.19Renault E-Tech 191:19.833
577Valtteri BottasMercedesF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+1:20.018
623Alexander AlbonRed Bull RacingRB15Honda RA619H1:20.021
755Carlos SainzMcLarenMCL34Renault E-Tech 191:20.202
827Nico HulkenbergRenaultR.S.19Renault E-Tech 191:20.275
918Lance StrollRacing PointRP19Mercedes M10 EQ Power+1:20.498
107Kimi RäikkönenAlfa Romeo RacingC38Ferrari 0641:20.515
1199Antonio GiovinazziAlfa Romeo RacingC38Ferrari 0641:20.517
1220Kevin MagnussenHaasVF-19Ferrari 0641:20.615
1326Daniil KvyatScuderia Toro RossoSTR14Honda RA619H1:20.630
144Lando NorrisMcLarenMCL34Renault E-Tech 191:21.068
1510Pierre GaslyScuderia Toro RossoSTR14Honda RA619H1:21.125

No Q3, Houve a tal polêmica, Os pilotos demoraram um pouco para entrarem pela primeira vez na pista. Vettel tentou fazer a pole position, O Alemão que vem pressionado marcou 1:19.457, Um belo tempo. Isso seria verdade, se Leclerc não tivesse a crueldade de baixar esse tempo para 1:19.307, Mais uma que Vettel tomou na cabeça.

Lewis Hamilton marcou 1:19.346, Ficando a 39 milésimos de segundo, Quando Valtteri Bottas estava prestes a fazer a pole position, O Finlandês Kimi Raikkonen foi para o muro da Parabólica. Essa foi a segunda batida do Homem de gelo nesse final de semana e nessa mesma curva. A 6 minutos e 35 segundos do final, O Treino acabou sendo interrompido. Bottas que tinha a principio perdido essa volta acabou recuperando, E por 47 milésimos não acabou conseguindo tomar a ponta, Ficando atrás de Leclerc e Hamilton.

Após mais de 10 minutos para retirar o carro da Alfa Romeo e reparar o muro, Se achava que os pilotos iriam para a volta a pista logo. Todos eles esperaram até o talo do Tempo. Apenas a 2 minutos para o final, todo mundo foi para a tentativa final, Mas essa volta seria muito da polêmica, Já que nenhum deles se interessou. Um ficou mais lento para pegar o vácuo. Ninguém queria abrir uma volta sozinho.

Moral da História, Somente Carlos Sainz jr. e Charles Leclerc tinham conseguido abrir volta. E Somente o piloto da Mclaren baixou seu tempo, Suficiente para fazer o 7ºtempo.

Leclerc, consegue a pole position sobre essa polêmica, que os entraram na pista para se alto sabotarem. Opinião: Uma punição para todos? Impossível. O que se deve fazer é impedir que essa pratique acontece para as próximas corridas que acontecem no Campeonato.  

Se não tiver punição, Lewis Hamilton larga ao lado e Leclerc, Essa briga na primeira curva e pela prova inteira pode sim e ser uma intensa disputa pela vitória.  Bottas poderia ter conquistado a pole. A volta que ele deu, poderia ter colocado o Finlandês. Bottas larga em 3ºlugar e terá do seu lado, Um combalido e massacrado Sebastian Vettel.

A Renault terá seus dois pilotos na 3ªFila: Com Daniel Ricciardo ganhando o duelo com o Nico Hulkenberg por  2 décimos e larga em 5ºlugar, o Alemão larga em 6ºlugar. Carlos Sainz jr. com a Mclaren ficou em 7º. Alexander Albon, Lance Stroll e Kimi Raikkonen não tiveram tempos na parte final de classificação.

Amanhã, As 10 da Manhã, teremos a 14ªEtapa do Campeonato Mundial de Formula 1. Leclerc vai dominar a prova, ou Hamilton, Bottas conseguem dar o pulo e quebrar o favoritismo do piloto da Ferrari, em plena Monza. O GP da Itália será o penúltimo GP na Europa.

Fotos:

Grid de largada:
GP da Itália:

posPilotosEquipeChassiMotorTemponºVoltas
116Charles LeclercFerrariSF90Ferrari 0641:19.30718
244Lewis HamiltonMercedesF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+1:19.34616
377Valtteri BottasMercedesF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+1:19.35417
45Sebastian VettelFerrariSF90Ferrari 0641:19.45717
53Daniel RicciardoRenaultR.S.19Renault E-Tech 191:19.83913
627Nico HulkenbergRenaultR.S.19Renault E-Tech 191:20.04914
755Carlos SainzMcLarenMCL34Renault E-Tech 191:20.45520
823Alexander AlbonRed Bull RacingRB15Honda RA619HSem Tempo15
918Lance StrollRacing PointRP19Mercedes M10 EQ Power+Sem Tempo19
107Kimi RäikkönenAlfa Romeo RacingC38Ferrari 064Sem Tempo16
1199Antonio GiovinazziAlfa Romeo RacingC38Ferrari 0641:20.51715
1220Kevin MagnussenHaasVF-19Ferrari 0641:20.61514
1326Daniil KvyatScuderia Toro RossoSTR14Honda RA619H1:20.63017
144Lando NorrisMcLarenMCL34Renault E-Tech 191:21.06815
1510Pierre GaslyScuderia Toro RossoSTR14Honda RA619H1:21.12515
168Romain GrosjeanHaasVF-19Ferrari 0641:20.7848
1711Sergio PerezRacing PointRP19Mercedes M10 EQ Power+1:21.2916
1863George RussellWilliamsFW42Mercedes M10 EQ Power+1:21.8008
1988Robert KubicaWilliamsFW42Mercedes M10 EQ Power+1:22.3569
NC33Max VerstappenRed Bull RacingRB15Honda RA619HSem Tempo3

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Renault/Haas/Alfa Romeo/Racing Point

Bottas fica na Mercedes até o final de 2020, Ocon ganha a vaga na Renault e Hulkenberg esta a procura de emprego

Antes mesmo do GP da Bélgica, Duas equipes definiram seus pilotos para 2020. A Mercedes com a manutenção de Valtteri Bottas e a Renault, Com a contratação de Esteban Ocon para o lugar de Nico Hulkenberg.

Esperava-se que a campeã do Mundial de Construtores desde de 2014 e líder do campeonato desse ano esperasse mais tempo para a definição do companheiro de equipe de Lewis Hamilton para 2020.

A decisão a favor de Bottas é para mim bastante segura, O Finlandês vive seu melhor ano na Mercedes, após uma frustrante temporada de 2018, Bottas precisava mostrar serviço, O que acabou acontecendo, Com duas vitórias nas primeiras 4 corridas do ano. Apesar da decepcionante corrida no Canadá (Onde ele ficou em 4ºlugar), Bottas estava próximo de Hamilton na classificação do campeonato até o GP da Inglaterra.

Mas nas duas últimas provas acabaram sendo ruins, abandono na Alemanha e um 8ºlugar, após quebrar sua asa dianteira nas primeiras curvas do GP da Hungria chegaram a colocar a renovação em risco. A Mercedes tinha como opção o jovem Esteban Ocon (Piloto de testes da Mercedes), que correu na Manor em parte da temporada de 2016 e na Force India em 2017 e 2018.

Outro fator para a renovação de Bottas sem duvida é o que se esperar de Ocon na Mercedes, A Incerteza se um jovem piloto, com talento vingaria no carro prateado em 2020. A Equipe alemã não confiou no Francês e preferiu ficar mesmo com Valtteri Bottas.

Mas se a Mercedes não vai apostar em Ocon, A Renault decidiu fazer essa aposta para a temporada de 2020. O Piloto francês será o substituto de Nico Hulkenberg, Que acaba sendo ideal tanto para a equipe como para o piloto. Como Ocon é francês e a equipe é francesa, acaba sendo uma ótima jogada de Marketing.

Opinião: Finalmente Esteban Ocon terá um carro que possa ter potencial de andar nas primeiras posições, Só espero que o carro do ano que vem da Renault seja um carro bem competitivo para que tanto o francês quanto o Australiano Daniel Ricciardo demonstrem seu talento e conquiste grandes resultados, Pois os dois pilotos merecem.

A Relação de Nico Hulkenberg com a Renault estava desgastado, Nos anos de 2017 e 2018 o Alemão fez um bom trabalho, Vencendo seus companheiros de equipe e liderando a equipe. Com a vinda de Daniel Ricciardo para esse ano, O Quadro se inverteu. Em muitas ocasiões, Ricciardo andou mais rápido que Hulkenberg e a relação entre a equipe e o piloto alemão desandou de vez, Nico reclamava da equipe, não dava atenção devida e a equipe não deve ter gostado nada que o piloto de 32 anos falou.

Com a Saída da Renault, Nico Hulkenberg fica a disposição do Mercado. Seu destino pode ser sair da Formula 1, Mas existe uma possibilidade Real do Alemão substituir o desastroso Romain Grosjean para a temporada que vem, O Team Principal Gunther Steiner já confirmou  O Francês faz hora extra não só na Haas como na Formula 1.

Para a Haas seria ótimo ter um piloto experiente como primeiro piloto da Haas, Mas mesmo com todas essas qualidades, Tem um problema: É que Kevin Magnussen que tem contrato para 2020 é um desafeto de Nico Hulkenberg.

Nico e Kevin tem problemas no passado. Eles são desafetos de muito tempo, No GP da Hungria de 2017, Hulkenberg acuson Magnussen de ser o piloto mais antidesportivo da Formula 1, Kevin mandou o troco, mandando o alemão fazer algo que não pode ser dito aqui, por ser uma conotação bem chula. Essa seria possivelmente a única contra indicação dessa contratação.

Com o interesse em um piloto experiente, As portas para Pietro Fittipaldi para a temporada de 2020 estão fechadas na equipe Haas.

Com isso, O Número de vagas ainda existentes para 2020 diminuiu para 6 vagas: 1 na Red Bull, 1 na Haas, 1 na Alfa Romeo, 1 na Williams e 2 na Toro Rosso.

Pilotos Confirmados para 2020:

EquipeTemporada 2020
Alfa RomeoKimi Raikkonen
 Vago
FerrariSebastian Vettel
 Charles Leclerc
HaasKevin Magnussen
 Vago
MclarenLando Norris
 Carlos Sainz jr.
MercedesLewis Hamilton
 Valtteri Bottas
Red BullMax Verstappen
 Vago
RenaultDaniel Ricciardo
 Esteban Ocon
Toro RossoVago
 Vago
WilliamsGeorge Russell
 Vago
Racing PointSergio Perez
 Lance Stroll

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Renault/Manor/Haas

Corridas Históricas – GP de Portugal de 1984

Dia 21 de Outubro de 1984 – Estoril (Portugal)

Era dia de decisão na Formula 1 entre Niki Lauda e Alain Prost, Os dois pilotos da Mclaren que dominaram a Temporada estavam separados por apenas 3,5 pontos. Lauda tinha 66 pontos e Prost tinha 62,5 pontos. Um céu limpo para uma grande decisão

Grid de Largada:

posPilotoEquipe/MotorTempo
1Nelson Piquet(Brabham/BMW)1’21.703
2Alain Prost(McLaren/TAG)1’21.774
3Ayrton Senna(Toleman/Hart)1’21.936
4Keke Rosberg(Williams/Honda)1’22.049
5Elio de Angelis(Lotus/Renault)1’22.291
6Nigel Mansell(Lotus/Renault)1’22.319
7Patrick Tambay(Renault)1’22.583
8Michele Alboreto(Ferrari)1’22.686
9Derek Warwick(Renault)1’22.801
10Stefan Johansson(Toleman/Hart)1’22.942
11Niki Lauda(McLaren/TAG)1’23.183
12Riccardo Patrese(Alfa Romeo)1’24.048
13Philippe Streiff(Renault)1’24.089
14Eddie Cheever(Alfa Romeo)1’24.235
15Jacques Laffite(Williams/Honda)1’24.437
16Marc Surer(Arrows/BMW)1’24.688
17René Arnoux(Ferrari)1’24.848
18Thierry Boutsen(Arrows/BMW)1’25.115
19Manfred Winkelhock(Brabham/BMW)1’25.289
20Andrea de Cesaris(Ligier/Renault)1’26.082
21François Hesnault(Ligier/Renault)1’26.701
22Piercarlo Ghinzani(Osella/Alfa Romeo)1’26.840
23Gerhard Berger(ATS/BMW)1’28.106
24Jo Gartner(Osella/Alfa Romeo)1’28.229
25Mauro Baldi(Spirit/Hart)1’29.001
26Jonathan Palmer(RAM/Hart)1’29.397
27Philippe Alliot(RAM/Hart)1’30.406

A pole position era de Nelson Piquet, Com a sua Brabham-BMW fazendo a 9ªpole da Temporada de 1984. Em segundo larga Alain Prost, com a Mclaren-Porsche, O Carro do ano de 1984. Na segunda fila largam Ayrton Senna com a Toleman-Hart e Keke Rosberg com a Williams-Honda. A terceira fila era dos dois pilotos da Lotus-Renault, Com Elio de Angelis a frente de Nigel Mansell. Partick Tambay (Renault), Michele Alboreto (Ferrari). Derek Warwick (Renault) e Stefan Johansson (Toleman) fechavam os 10 primeiros. Niki Lauda fez um treino bem ruim devido aos problemas nos treinos de Sábado e largaria apenas em 11º.

A Vantagem era de Prost. O Circuito de Estoril estreava no Mundial de Formula 1 nesse ano, E logo em sua estreia teria uma decisão de campeonato. Portugal estava de fora da Formula 1 desde de 1960. Lauda poderia ser campeão pela terceira vez ou Prost poderia ir para o seu primeiro título da França.

Na Largada, Piquet foi mal e  Rosberg largou bem melhor e assumiu a liderança, Mansell passou do 6º para o 2ºlugar e Prost fez uma largada mais precavida e caiu para o terceiro lugar, Ayrton Senna recuou para o 4º, Alboreto subiu do 8º para o 5ºlugar e Elio de Angelis acabou perdendo uma posição e aparece em 6º. Nelson Piquet acabou rodando e caiu para o 27º e último lugar ao final da 1ªVolta.

Prost já foi para cima de Mansell, Na segunda volta e logo conseguiu passar para o segundo lugar. Lauda passou Cheever da Alfa Romeo na 3ªvolta assumindo o 10ºlugar. Enquanto que Phillipe Alliot da RAM abandonou a corrida.

O Francês partiu para cima de Rosberg com a Williams (Que era um carro muito problemático, mas rendia muito nas mãos do Finlandês) Os pilotos sofriam com a pista que estava bem lisa. Os 3 primeiros colocados já estavam muito distantes de Ayrton Senna, que em 4º vinha sendo pressionado pelo Alboreto e por De Angelis. A Toleman tinha um grande carro, Mas o motor era bem aquém dos principais motores turbo da Formula 1.

Classificação após 5 Voltas: Rosberg (7:31.516) – Prost (a 0.279) – Mansell (a 2.179) – Senna (a 8.189) – Alboreto (a 8.658) – de Angelis (a 8.946) – Lauda vinha em 9ºlugar após ultrapassar Partick Tambay.

Prost tenta passar Rosberg na entrada da 7ªVola, Só que Rosberg segurou a liderança com um carro não equilibrado, com visíveis problemas no seu Williams. Na Volta seguinte, Prost tentou de novo, Mas Rosberg segura de novo. Porém, isso não iria durar para sempre. Prost no começo da volta 9 no final da reta assumiu a liderança. Era que o Francês precisava com o Lauda em 9º o título era dele.

Marc Surer deixa a prova, Enquanto que Mansell foi para cima de Rosberg. O Finlandês não quis tomar conhecimento de Mansell. Qualquer coisa entre os dois poderia dar a Lauda duas posições. Classificação após 10 Voltas: Prost (14:45.990) – Rosberg (a 6.353) – Mansell (a 6.674) – Senna (a 12.271) – Alboreto (a 13.589) – Warwick (a 15.082) – De Angelis (a 15.569) – Johansson (a 15.916) – Lauda (a 16.540) – Tambay (a 23.244).

Após 3 voltas de disputa entre os futuros companheiro de equipe na Williams em 85, Mansell passou Rosberg que balançou seu carro. Depois disso, Mansell disparou e Rosberg estava ficando pelo caminho. Era a mostra do carro da Williams estava bem desequilibrado nas suas mãos. Mais atrás, Lauda estava em 9º, Mas bem perto de Senna, Alboreto, Warwick, de Angelis, Johansson. Ele vinha colado no Sueco na volta 13 para 14. Warwick foi para os boxes e isso permitiu a Lauda subisse para o 8ºlugar.

Lauda em posição de espera ver Johansson pressionando de Angelis, Ele vinha 22 segundos atrás de Prost, O Austriaco foi para cima de Johansson que acabou ficando um pouco mais para trás , Mas acabou desistindo da ultrapassagem de forma muito prudente e precavida em cima do piloto da Toleman.

Classificação após 16 Voltas: Prost (23:21.489) – Mansell (a 8.351) – Rosberg (a 19.410) – Senna (a 21.263) – Alboreto (a 22.744) – de Angelis (a 23.468) – Lauda estava em 8º, Logo atrás de Johansson.

Prost vinha tranquilo na ponta, estava na hora de pegar os retardatários; Os primeiros eram Gartner com a Osella e Mauro Baldi da Spirit-Hart. As ultrapassagens foram bem fáceis. Elio de Angelis foi superado por Johansson e Lauda na 18ªVolta. Rosberg vinha ficando com o desempenho cada vez pior, Senna já estava na cola do piloto da Williams e a ultrapassagem acabou aconteceu na volta 19. O piloto Brasileiro estava em 3ºlugar.

Classificação após 20 Voltas: Prost (29:05.089) – Mansell (a 7.103) – Senna (a 25.895) – Rosberg (a 27.642) – Alboreto (a 28.233) – Johansson (a 28.893) – Lauda (a 29.121) – Tambay (a 31.590) – de Angelis (a 32.818) – Cheever (a 47.461). O título nesse momento era de Alain Prost.

Lauda tentava ultrapassar Johansson, Enquanto isso a Williams de Jacques Laffite ira para os boxes caindo do 17º para o 24º e último lugar. O Francês da Williams voltou logo a frente de Alboreto, Johansson e Lauda. Phillipe Streiff com a terceira Renault acabou rodando, Era a primeira participação do Francês na Formula 1.

Lauda não conseguia passar Johansson e já estava ficando muito longe de Prost, Com 31 segundos de distância e 24 segundos atrás de Mansell para chegar ao segundo lugar. Laffite faz uma nova parada nos boxes. Piquet em 15º Vinha perto de De Cesaris, Winkelrock, Boutsen e Patrese na disputa pelo 11ºlugar.

Lauda continua tentando colocar o carro do lado do piloto da Toleman que vinha super bem na corrida, Com seus dois pilotos na zona de pontuação. A ultrapassagem estava ficando bem difícil. Lá na frente, Prost vinha mantendo os 7 segundos de diferença para Mansell, O Inglês vinha fazendo uma boa corrida. Na 25ªVolta, Boutsen dava adeus a prova. (Igualmente a Arrows que seus dois pilotos estavam de fora da prova)

Johansson foi para cima de Alboreto na reta na volta 27, Na parte mista do circuito Lauda finalmente deixou o Sueco para trás. Meia volta depois, Lauda passou Alboreto sem pensar. Em 1 volta o piloto da Mclaren passava do 7º para o 5ºlugar. Enquanto isso, Warwick deixava a prova na 28ªVolta. Quem vinha muito mal era Arnoux que estava em uma melancólica  13ªposição.

Classificação após 28 Voltas: Prost (40:28.063) – Mansell (a 6.694) – Senna (a 37.476) – Rosberg (a 40.210) – Lauda (a 41.367) – Alboreto (a 43.210) 23 carros estavam na prova.

Prost continuava na frente de Mansell com uma distancia segura para o Leão. Na entrada da 31ªVolta, Lauda passou Rosberg e assumiu a 4ªposição, Mas isso ainda não bastava para ser o campeonato. (O Campeonato ficaria Prost com 71.5 Pontos e Lauda teria com esse resultado  69 pontos) Lauda vai a caça de Senna, Em busca do terceiro lugar.

Classificação após 31 Voltas: Prost (44:45.611) – Mansell (a 5.358) – Senna (a 40.377) – Lauda (a 42.786) – Rosberg (a 44.379) – Alboreto (a 46.516) – Tambay (a 55.685) – De Angelis (a 57.955) – Patrese (a 1:13.444) – Winkelhock (a 1:24.865) – De Cesaris – Arnoux – Piquet – Berger – Warwick

Lauda vai para cima de Senna, Com muito mais carro que o piloto da Toleman, Andreas Nicolau Lauda esperou o melhor momento para superar Ayrton e na entrada da reta, na 33ªVolta, Lauda usando o motor Porsche contra o motor Hart da Toleman de Senna passou para o 3ºlugar.

Lauda vinha em 3ºlugar, Mas o problema era os 36 segundos que Mansell tinha de vantagem para Prost, Porém se Mansell tirasse os 8 segundos de Prost e fizesse a ultrapassagem o  jogo mudaria a favor do Austríaco. Classificação após 34 voltas: Prost (48:59.765) – Mansell (a 8.770) – Lauda (a 45.811) – Senna (a 47.047) – Rosberg (a 49.520) – Alboreto (a 50.928) Chegamos a metade da corrida. Prost já colocava uma volta no Ricciardo Patrese, que vinha em 9ºlugar.

Alboreto pressionava Rosberg. Era nítido que o carro da Ferrari era bem melhor que o Carro da Williams. Prost abre 10 segundos de vantagem para Mansell, Já o piloto Inglês vinha mantendo os 36 segundos a frente de Lauda. Conforme a corrida iria passando e a diferença do piloto da Lotus não baixava, O título começava a ficar cada vez mais próxima das mãos de Prost, Que vinha fazendo a volta mais rápida da prova na 39ªVolta.

Keke Rosberg deixa a corrida na 40ªVolta já em 6ºlugar, Com isso Tambay passou para o 6ºlugar. Classificação após 40 Voltas: Prost (57:27.217) – Mansell (a 16.465) – Lauda (a 45.227) – Senna (a 58.519) – Alboreto (a 59.686) – Tambay (a 1:12.610) – De Angelis (a 1:13.375) – Rosberg (a 1 Volta) – Patrese (a 1 Volta) – Winkelhock (a 1 volta) – Piquet (a 1 Volta) – Arnoux (a 1 Volta)

Prost já estava longe de Mansell e Lauda já vinha diminuindo a diferença para Mansell, Lauda passou para uma postura suicida para cima de Mansell. Restando 30 voltas era o tudo ou nada para o piloto Austríaco tentar a ultrapassagem que daria o título.

A Prova só não estava em Calmaria porque Lauda estava disposto a tirar diferença para Mansell. Já Alboreto acabou rodando na parte mista do circuito, Por sorte, O Italiano tinha vantagem para segurar o 5ºlugar, Só que agora teria um prejuízo de mais de 10 segundos para Senna que estava mais folgado. Lauda encontra Johansson de novo que não cede facilmente a ultrapassagem para um dos concorrentes ao título. Classificação após 45 Voltas: Prost (1:04:29.869) – Mansell (a 17.907) – Lauda (a 45.885) – Senna (a 1:11.318) – Alboreto (a 1:23.364) – De Angelis (a 1:24.290) – Tambay (a 1 Volta) – Patrese (a 1 Volta) – Winkelhock (a 1 Volta) – De Cesaris (a 1 Volta) – Piquet (a 1 Volta) – Arnoux (a 1 Volta)

Prost agora vinha tranquilo em relação ao Mansell, O piloto da Lotus estava preocupado com sua vantagem para Lauda, Mas ainda isso tinha confortáveis 27 segundos e com o Austríaco com vários retardatários para fazer ultrapassagem. Isso ajudou bastante o Inglês a ganhar tempo e a vantagem subiu para 31 segundos. A Segunda posição parece ser praticamente um sonho impossível para Lauda e o Título de Prost cada vez estava nas suas mãos.

Classificação após 50 Voltas: Prost (1:11:32.750) – Mansell (a 17.996) – Lauda (47.426) – Senna (a 1:10.964) – Alboreto (a 1 Volta) – De Angelis (a 1 Volta) – Tambay (a 1 Volta) – Patrese (a 1 Volta) – Winkelhock (a 1 Volta) – Piquet (a 1 Volta)

Até que na volta 52, Mansell que vinha fazendo uma grande corrida com seu carro da Lotus-Renault, acabou deixando a prova com problemas de freios. Foi para os boxes; De lá ele não voltou mais a prova. Era que precisava para Lauda assumir o segundo lugar, (Na pista, não iria acontecer essa ultrapassagem em condições normais) Senna passou para o terceiro lugar.

Agora o 2ºlugar de Lauda dava o tricampeonato para o Austríaco, Agora só restava para Prost que Lauda tivesse algum problema ou que Senna fosse para cima e tentasse tirasse o campeonato das mãos dele. Classificação após 53 Voltas: Prost (1:15:49.580) – Lauda (a 49.280) – Senna (a 1:12.121) – Alboreto (a 1 Volta) – De Angelis (a 1 Volta) – Tambay (a 1 Volta) – Patrese (a 1 Volta) – Piquet (a 1 Volta) – De Cesaris (a 1 Volta) – Arnoux (a 2 Voltas)

15 voltas para o final do campeonato: Prost vinha a quase 50 segundos de Lauda, que pilota com muito cuidado para assegurar o campeonato. Piquet vinha uma boa prova de Recuperação e ultrapassou Patrese assumindo o 7ºlugar na 55ªVolta.

Lauda começou a virar mais lento, Apesar disso o ritmo de Senna também não era alto e a diferença dos dois passou a ser de 21 segundos a 11 voltas do final. Até o Prost também diminuiu o ritmo. Já Senna precisava se preocupar com Alboreto. O piloto da Ferrari pressionava o Brasileiro na disputa pelo pódio.

Piquet na volta 63 passou Partick Tambay e assumiu o 6ºlugar e começou a andar do ritmo de Lauda. Lá na frente, Enquanto que Prost diminuiu muito o ritmo de prova. Em uma dessas voltas, Prost virou em 1:31 e Lauda na casa de 1:23. O Austríaco resolveu voar no final da prova tirando muito tempo da diferença do Prost. Senna vinha 17 segundos atrás de Lauda em 3ºlugar.

Piercarlo Ghinzani a poucas voltas do final estourou o motor Alfa Romeo e deixou óleo na pista, Eram as últimas 5 voltas do campeonato. Prost normalizou o seu ritmo e andou no ritmo que Lauda estava andando. Classificação após 65 Voltas: Prost (1:33:34.875) – Lauda (a 24.186) – Senna (a 44.442) – Alboreto (a 50.263) – de Angelis (a 1:27.860) – Piquet (a 1 Volta) – Tambay (a 1 Volta) – Patrese (a 1 Volta) – Winkelhock (a 1 Volta) – Arnoux (a 1 Volta)

Com 24 segundos de vantagem, Prost encaminhava a 7ªvitória no ano, Mas o título estava nas mãos de Lauda. Senna ainda tinha a preocupação de Michele Alboreto que vinha tirando muito tempo em relação ao piloto da Toleman.

Prost acabou conquistando a vitória, Foi a 17ªVitória da sua carreira, Mas de nada adiantou essa vitória. Andreas Nicolau Lauda chegou a 13.425 segundos do Francês e acabou conquistando o título de 1984. Era o Terceiro título de um dos maiores pilotos da História da Formula 1. Após sofrer um acidente que quase tirou sua vida no GP da Alemanha de 1976 e de parar de correr de 1979 até 1982. Ele volta para a Formula 1 pela Mclaren e desenvolve o motor Porsche e conquista o título da temporada de 1984, Aos 35 anos de idade. Ayrton Senna segurou o 3ºlugar e encerrou sua primeira temporada no pódio.

Alboreto, De Angelis e Nelson Piquet completaram os 6 primeiros lugares. Nesse dia fazemos essa homenagem a um dos maiores pilotos e personagens da história do Esporte.

“É uma coisa muito forte que sai lá de dentro, do fundo do meu coração. Enquanto essa força existir, eu não paro mais” – Declaração de Niki Lauda a Rede Globo.

Obrigado por tudo Andreas Nicolau Lauda, Ou simplesmente Niki Lauda!

Resultado final do GP de Portugal de 1984

Fotos:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formel1mic