Em Algarve, Remy Gardner vence 1ªcorrida da carreira e Bastianini conquista o título da Moto 2

Remy Gardner em um final heroico acabou conquistando sua primeira vitória no Mundial de motovelocidade, levou a SAG a sua primeira vitória na história da equipe de Eduardo Pelares. Festa também para Enea Bastianini, que administrou bem sua vantagem para Lowes, Marini e Bezzecchi e acabou com o campeonato, chegando na 5ªposição.

Marini largou muito bem e assume a ponta. Porém, Gardner recuperou a ponta na terceira curva, Bastianini sobe para segundo e Marini cai para 3º. Ao fazer a primeira curva, Fabio di Giannantonio cai e Bulega não consegue desviar e também cai. Ambos deixaram a corrida. Aron Canet por queimar a largada toma a punição da dupla volta longa.

Marini tentava passar Bastianini, enquanto que Sam Lowes supera Jorge Martin, ganhando a 4ªposição. Na 4ªVolta, Marini e Lowes superaram Bastianini e assumiram a 2ª e 3ªposições respectivamente.

Enquanto isso, Jorge Martin perdeu a 5ªposição para Augusto Fernandez no começo da 5ªVolta. Enquanto Fernandez avançava, o piloto da KTM começava a ser alvo de Marco Bezzecchi, que subiu 5 posições desde da largada e já deslumbrava a 6ªposição, que foi alcançada na volta seguinte pelo piloto da VR46. logo a frente, Fernandez supera Bastianini e ganha a 5ªposição. Mesmo perdendo posições, Bastianini seria o campeão com 9 pontos a frente de Marini e Lowes.

Marini e Lowes superaram Gardner e assumiram as duas primeiras posições, isso dava 1 ponto de vantagem para o piloto da VR46 em relação ao piloto Britânico. Já Bastianini começava a ver o título ficar em perigo, ainda mais com Bezzecchi na sua cola. Caso Lowes passasse Marini com o resultado de Bastianini, ele seria o campeão naquele momento. Na metade da 9ªVolta, Augusto Fernandez passa lindamente Gardner por fora, ganhando a 3ªposição do piloto da SAG.

Na 10ªVolta, Bastianini viveu seu pior momento na prova, foi superado por Bezzecchi e por Jorge Martin. Sua vantagem agora era de 2 pontos para Marini e 3 pontos para Lowes. Porém, o líder do campeonato conseguia recuperar a 6ªposição, retornando a frente de Martin.

Remy Gardner começou a reagir na 12ªVolta, passou Augusto Fernandez e voltou à posição de pódio. Já de imediato passou a pressionar Lowes, a ultrapassagem acabou acontecendo no começo da volta seguinte. Remy era o segundo colocado e com chances de passar Marini e de vencer pela primeira vez.

Marco Bezzecchi supera Augusto Fernandez e passa a ser o 4ºcolocado, Já Enea Bastianini travava um duelo duro para manter a 6ªposição dos ataques de Jorge Martin. A 9 voltas do final, Martin erra a curva e Bastianini passa a ficar mais tranquilo para poder atacar Augusto Fernandez, A 7 voltas do final, o piloto da Italtrans supera Fernandez e ganha a 5ªposição, ficando mais tranquilo em relação ao título.

Remy Gardner foi pra cima de Luca Marini, os dois se livraram de Sam Lowes e travaram um duelo particular pela vitória. A disputa entre os dois foi decidida na curva 3 da penúltima volta, com Gardner passando Marini por fora, ganhando a liderança e levando a Kalex da equipe SAG a primeira vitória dele e da equipe de Eduardo Pelares no Mundial de Motovelocidade.

O filho de Wayne Gardner finalmente trinfou no Mundial de motovelocidade, depois de muitos anos sempre caindo ou perdendo rendimento no final, Remy teve seu dia de gloria. Luca Marini fez de tudo, mas não pode evitar o avanço de Gardner, acabou com a segunda posição na corrida e conquistou o vice-campeonato favorecido pelo critério de desempate. Sam Lowes completou o pódio, ficando na 3ªposição no Mundial.

Marco Bezzecchi fez uma bela prova de recuperação, chegando em 4ºlugar após largar da 12ªposição.

Enea Bastianini conquista o título após chegar na 5ªposição, numa corrida até de certo modo segura, mas em alguns momentos dramática para o piloto da Italtrans. O piloto mais regular do ano, se não teve a melhor moto, teve a melhor cabeça e um campeonato mais equilibrado, Ano que vem, Bastianini vai estar na MotoGP pela Avintia. Marini e Martin também sobem para a categoria principal em 2021.

Jorge Martin fechou o ano na 6ªposição e fecha a temporada na 5ªposição, Logo atrás chegaram o Norte-Americano Joe Roberts da American Racing e Augusto Fernandez da Marc VDS. Completaram os 10 primeiros colocados: Lorenzo Baldassarri da Pons e Xavi Vierge da Petronas.

O Portalsportszone parabeniza o título de Enea Bastianini da Italtrans. Pelo campeonato tão difícil e complicado como foi o campeonato desse ano.

Fotos:

Resultado final do GP de Portugal
Mundial de Motovelocidade – Moto 2 – 23 Voltas

posPilotoEquipeMotoTempo
187Remy GardnerOnexox TKKR SAG TeamKalex39’35.476
210Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalexa 1.609
322Sam LowesEG 0,0 Marc VDSKalexa 3.813
472Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalexa 8.437
533Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 8.646
688Jorge MartínRed Bull KTM AjoKalexa 8.899
716Joe RobertsTennor American RacingKalexa 8.956
837Augusto FernándezEG 0,0 Marc VDSKalexa 9.568
97Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalexa 10.367
1097Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalexa 11.084
1142Marcos RamírezTennor American RacingKalexa 11.199
1223Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalexa 16.864
1364Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 16.998
1445Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalexa 18.550
1544Aròn CanetPull&Bear Aspar Team Moto2Speed Upa 20.169
1612Thomas LuthiLiqui Moly Intact GPKalexa 22.918
1719Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalexa 27.141
1835Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 27.303
1962Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 27.340
2077Dominique AegerterNTS RW Racing GPNTSa 44.924
2155Hafizh SyahrinPull&Bear Aspar Team Moto2Speed Upa 51.163
24Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 3 Voltas
27Fabio Di GiannantonioIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 6 Voltas
57Edgar PonsFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 11 Voltas
99Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalexa 13 Voltas
9Jorge NavarroBETA Tools Speed UpSpeed Upa 18 Voltas
40Héctor GarzóFlexbox HP 40Kalexa 18 Voltas
21Fabio Di GiannantonioBETA Tools Speed UpSpeed Upa 23 Voltas
11Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 23 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 3 em Algarve: Raúl Fernández sobra e vence, Arenas conquista o título da categoria inferior

Raúl Fernández dominou a última etapa do campeonato mundial de Motovelocidade na Moto 3. Uma vitória acachapante sobre os seus adversários. Porém, a disputa que interessava era a disputa do Mundial, Arenas passou sufoco no final, mas acabou dando tudo certo para o piloto da Aspar Martinez, o campeão da temporada, com 4 pontos de diferença para Tony Arbolino da Snipers e Ai Ogura da Honda Asia Team.

Na volta de apresentação, Gabriel Rodrigo da Gresini teve problemas em sua moto e teve de largar dos boxes. Na largada, Fernández larga bem e preserva a liderança. Tatsuki Suzuki passa para segundo, Ogura em 3º e Arenas em 4º. Sasaki, Alcoba, Oncü, Masia, Antonelli e Garcia completava os 10 primeiros colocados. Na segunda volta, Ogura e Arenas passaram por Suzuki e passam a ser 2º e 3ºcolocados. Nessa 2ªVolta, Tony Arbolino ganhou 10 posições na largada, subindo para 17ªposição.

Albert Arenas superou Ai Ogura e ganhou a segunda posição. Porém, Jaume Masia e Jeremy Alcoba penetram nessa disputa e superam e chegam a passar Ogura e Arenas, mas Masia e Foggia precisavam cumprir 2 voltas longas de punição (cumprida na 4ª e na 7ªvolta), que acabou jogando ambos para a parte de trás da classificação.

Jeremy Alcoba começa a aparecer, passa Arenas e assume a segunda posição no começo da 5ªvolta (Curva 3). O jovem piloto da Gresini se torna um adversário muito interessante, diante da disputa do título da Moto 3. Alcoba liderava o Grupo que esta bem atrás de Fernández, mais de 3 segundos de diferença sobre Alcoba, Arenas, Garcia, Sasaki, Oncü, Suzuki e Ogura, com 8 Voltas das 21 voltas previstas em Alvarge. Tony Arbolino já vinha na 9ªposição, liderando o 2ºpelotão.

Fernández começa a abrir absurdos 6 segundos de vantagem com 9 voltas completadas. Na volta 10, Sasaki chega a superar Arenas que acaba dando o troco em cima do piloto da Tech 3. Já Arbolino estava tentando tirar a diferença para o primeiro grupo, ao mesmo tempo que Dennis Foggia e Jaume Masia estavam dando um trabalho para o piloto da Snipers, mas o objetivo de chegar no primeiro pelotão estava sendo bem sucedido.

A 10 voltas do final, liderados por Foggia, Masia e Arbolino, o segundo pelotão chegou em parte do pelotão da frente. Alcoba, Arenas e Suzuki abriram uma folga de Sergio Garcia, Ayumi Sasaki, Ai Ogura e Deniz Oncü.

Suzuki passa Arenas no final da 14ªVolta, passando a ser 3ºcolocado, O piloto da Aspar Martinez passou a ser pressionado por Foggia e Masia. Enquanto isso, Tony Arbolino supera Ai Ogura, ganhando a 9ªposição. Curvas depois, Sasaki foi superado por Arbolino e Ogura.

Na volta 15, os pilotos da Leopard Racing superaram Arenas que vinha em nítida queda de rendimento, enquanto que Arbolino vinha subindo na classificação desde da largada. Na 16ªVolta, Foggia e Masia passaram por Alcoba e Suzuki e assumiram a 2ª e 3ªposições.

A 5 voltas e meia do final, Arbolino chega em Arenas e travam o duelo mais importante da corrida e um dos mais importantes para o campeonato. Com muito mais moto, o piloto da Snipers supera o líder do campeonato. Ogura já vinha em desespero maior a poucas voltas do final.

A 4 Voltas do final, Ogura quase foi ao chão e se fosse, levaria Arenas junto. A sorte de Arenas que perdeu posições é que Arbolino vinha em 6º, mas a 2 segundos de Foggia, Alcoba, Suzuki e Garcia. Jaume Masia acabou indo para o chão a menos de 4 voltas do final. Além disso, Darryn Binder vinha dando trabalho para Arbolino, brigando pela posição.

Raúl Fernández vinha 9 segundos a frente do Foggia. A corrida estava tranquila para o piloto da Red Bull Ajo. Tatsuki Suzuki que vinha brigando pelo pódio, caiu na penúltima volta. Arbolino sobe para 5ªposição. Arenas vai para 7ªposição e Ogura para a 9ªposição.

Na última volta, Arenas perde posições, caindo para 12ªposição e sai da pista. Era uma chance para Arbolino e Ogura de que algo mudasse.

Raúl Fernández conquista a vitória, com toda a facilidade do mundo, de ponta a ponta, como quase nunca acontece na Moto 3. Dennis Foggia sofrendo 2 punições de volta longa, chegando a ficar fora da zona de pontuação acabou fazendo uma incrível prova de recuperação, na segunda posição. Jeremy Alcoba completou o pódio, o primeiro da carreira do jovem piloto da Gresini. Sergio Garcia terminou muito bem a sua temporada, com a 4ªcolocação em Alvarge.

Albert Arenas acabou conquistando o título, mesmo terminando na 12ªposição acabou sendo o suficiente para vencer o Mundial da Moto 3, com 4 pontos de frente para Tony Arbolino e Ai Ogura, que empataram em pontos e nesse caso o piloto da Snipers ficou com o vice-campeonato e o Nipônico ficou com a 3ªposição. Arbolino ficou com a 5ªposição e Ogura ficou na 9ªposição.

O Portalsportszone parabeniza o título de Albert Arenas da Aspar Martinez. Pelo campeonato tão difícil e complicado como foi o campeonato desse ano.

Fotos:

Resultado final do GP de Portugal
Mundial de Motovelocidade – Moto 3 – 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 2 – GP da Europa – Bezzecchi vence e briga do título fica acirrada com queda de Lowes

Na Moto 2, tivemos belos duelos. A vitória de Marco Bezzecchi e a queda de Sam Lowes fez a liderança mudar de mãos e a disputa pelo campeonato continuava em aberto.

Xavi Vierge conseguiu manter a liderança na largada, Roberts e Bezzecchi vinham logo atrás do piloto da Petronas. Joe Roberts atacou Vierge desde da primeira curva, foi com tudo para cima de Vierge. Na curva 8, o piloto da American Racing assume a liderança da prova, mas essa liderança dura pouco, Na 2ªVolta e na segunda curva, Joe Roberts foi para o chão e abandonou a prova.

Bezzecchi que superou Vierge passou da 3ªposição para a liderança da prova. Remy Gardner passou para a segunda posição, Já Vierge sofria pressão de Sam Lowes. O piloto britânico largou mal e tentava se recuperar na prova. Hafizh Syarhin e Fabio di Giannantonio caíram e deixaram a corrida.

Lowes foi para cima de Vierge, o britânico lutou muito com Vierge para ganhar a 3ªposição das mãos do piloto espanhol que não parecia ter moto para conseguir manter-se nas primeiras posições. Ele foi superado por Jorge Martin da KTM, dessa forma, caindo para a 5ªposição. Já Hector Garzó tenta o ataque para cima de Lorenzo Baldassarri para conquistar a 7ªposição, atrás de Enea Bastianini.

Após 7 voltas, e de algumas voltas com Remy Gardner na sua cola, Bezzecchi consegue abrir vantagem sobre o piloto da SAG, que começaria a ser atacado pelo líder do campeonato Sam Lowes. Martin e Vierge estavam em 4º e 5º, um pouco mais atrás, Bastianini e os dois pilotos da Pons completavam as 8 primeiras posições. Aron Canet vinha fazendo uma bela corrida de recuperação, superou Marcel Schrotter e ganhou a 9ªposição.

Na 10ªVolta, Sam Lowes supera Gardner e ganha a segunda posição. Na volta seguinte, Jorge Martin supera Gardner e ganha a 3ªposição. A partir dai, Lowes teria de partir pra cima de Bezzecchi. Mais atrás, Marini passou Schrotter e passou a pressionar Canet. Essa pressão acabou dando resultado, Canet acabou errando e perdendo 3 posições (Caindo para 12ªposição). Marini, Bulega e Schrotter agradeceram e subiram uma posição cada.

Xavi Vierge, Bastianini, Baldassarri e Garzó estavam juntos, numa bela disputa pela 5ªposição. A 11 voltas do final, Bastianini supera Vierge ganhando a 5ªposição. O Piloto da Petronas tenta recuperar posição, mas erra e permite a ultrapassagem dos dois pilotos da equipe Pons, Baldassarri e Garzó subiram para 6º e 7ºlugares.

A 10 voltas do final, Sam Lowes vai ao chão e abandona a corrida. Isso deixaria o campeonato muito aberto. Enea Bastianini passava a ser o 4ºcolocado, posição que dava ao piloto da Italtrans a liderança do campeonato. Porém, A 7 Voltas do final, Lorenzo Baldassarri foi pra cima e superou Bastianini, ganham a 4ªposição. Faz muito tempo que o italiano não fazia uma corrida tão boa como essa.

Na reta final de prova, Luca Marini vinha chegando em Vierge, o piloto da VR46 estava bem mais rápido que o piloto da Petronas. A 5 voltas do final, o piloto da VR46 supera Vierge e ganha a 7ªposição.

Bezzecchi, Martin e Gardner estavam seguros nas 3 primeiras posições. Já Bastianini buscou recuperar posição sobre Baldassarri e acabou conseguindo a ultrapassagem que rendeu a 4ªposição. Marini superou Hector Garzó, subindo para 6ªposição.

Após 2 quedas seguidas nas corridas de Aragón, Marco Bezzecchi se recupera e acabou conquistando a vitória no GP da Europa. Uma grande recuperação do piloto italiano que ainda esta vivo na disputa pelo título. Com atuações muito boas, Jorge Martin da KTM e Remy Gardner da SAG completaram o pódio. Ambos correram muito bem, mesmo já não tendo chances de campeonato.

Enea Bastianini acabou com o 4ºlugar e volta a liderança do Mundial, aproveitando-se da queda de Sam Lowes, com 50 pontos em jogo, Tudo pode acontecer nessa briga pelo campeonato. Lorenzo Baldassarri fez uma belíssima corrida depois de muito tempo, ficando com a 5ªposição. Luca Marini conseguiu salvar uma 6ªposição e ainda se colocar como candidato na luta pelo campeonato, que parecia estar na suas mãos, mas que com seu momento ruim, acabou perdendo terreno e o favoritismo.

Hector Garzó fez uma boa corrida, mas não foi o bastante para se colocar entre os 6 primeiros colocados. Nicolò Bulega fez um bom final de semana, não sendo percebido nas disputas, não sendo visado, o trabalho do piloto da Gresini foi muito bom, 8ºlugar em sua melhor corrida na temporada. O pole Xavi Vierge não teve rendimento para ficar na frente, no final, perdeu muito terreno e acabou a prova na 9ªposição. Jorge Navarro da Speed UP completou o Top 10.

Canet largando do 20ºlugar conseguiu se recuperar bem e ficou na 11ªposição. Tetsuta Nagashima, Marcel Schrotter, Bo Bendsneyder e Stefano Manzi completou a zona de pontuação. A duas corridas do final, Bastianini e Lowes tem mais chances de título, mas Marini e Bezzecchi continuam na disputa. Semana que vem teremos a 2ªetapa em Ricardo Torno.

Fotos:

Resultado final da 13ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Moto 2
GP da Europa – Ricardo Torno – 26 voltas

posPilotoEquipeMotoTempo
172Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex40’06.441
288Jorge MartínRed Bull KTM AjoKalexa 1.941
387Remy GardnerOnexox TKKR SAG TeamKalexa 3.553
433Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 4.494
57Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalexa 4.648
610Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalexa 5.142
740Héctor GarzóFlexbox HP 40Kalexa 5.224
811Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 8.104
997Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalexa 8.746
109Jorge NavarroHDR Heidrun Speed UpSpeed Upa 11.930
1144Aròn CanetInde Aspar Team Moto2Speed Upa 12.451
1245Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalexa 13.209
1323Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalexa 13.585
1464Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 15.528
1562Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 19.284
1642Marcos RamírezTennor American RacingKalexa 20.085
1757Edgar PonsFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 21.512
1827Fabio Di GiannantonioIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 22.965
1912Thomas LuthiLiqui Moly Intact GPKalexa 24.769
2019Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalexa 34.173
2199Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalexa 44.355
2274Piotr BiesiekirskiNTS RW Racing GPNTSa 59.450
22Sam LowesEG 0,0 Marc VDSKalexa 7 voltas
35Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 16 voltas
24Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 20 voltas
21Fabio Di GiannantonioHDR Heidrun Speed UpSpeed Upa 23 voltas
16Joe RobertsTennor American RacingKalexa 24 voltas
55Hafizh SyahrinInde Aspar Team Moto2Speed Upa 24 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 2 – GP da Europa – Treino de Classificação

Classificação da Moto 2 em Valencia, o GP da Europa, palco da 13ªEtapa do Mundial de Motovelocidade. A categoria intermediária esta com a disputa pelo título intensa entre 4 pilotos. Um deles em grande fase, o britânico Sam Lowes da Marc VDS, líder do campeonato e vencedor das últimas 3 corridas.

A última classificação do sábado, o circuito de Ricardo Torno estava em melhores condições, todo mundo foi para a pista de imediato. Luca Marini precisava melhorar, sair da fase ruim que estava passando desde do acidente nos treinos livres do GP da França. O piloto da VR46 começou bem e aos 3:40 de sessão marca o melhor tempo com 1:48.226, seguido de Bendsneyder, Syarhin e Canet.

Com o sol brilhando, a pista ficava cada vez melhor e os tempos baixavam, Navarro marca 1:47.491 e passa para a ponta, com mais de 3 décimos de vantagem sobre Bo Bendsneyder da NTS. Nagashima e Canet completava os 4 primeiros colocados. Hafizh Syarhin e Luca Marini vinham logo atrás. Visto que estava fora do Q2 naquele momento, Marini foi para uma nova volta rápida e foi isso que ele fez a 7:20, foi quando Marini fez 1:47.941 passando para 3ªposição.

10 segundos depois, Canet passou para a ponta. Com metade da sessão pela frente, dois pilotos com motos da Speed UP (Canet e Navarro), Um piloto com a moto Japonesa da NTS (Bendsneyder) e um piloto com a Kalex (Marini) estavam classificados.

Testuta Nagashima subiu para segunda posição a 5:45 do final, mas provando sua inconstância completa, acaba indo para o chão 4 curvas depois. Canet melhorou para 1:46.957, sendo o primeiro a ir a casa do 1 minuto e 46 segundos.

Marini precisava fazer uma volta rápida para voltar a zona de classificação, mais uma vez o piloto da VR46 consegue e chega a marcar o 2ºtempo. Porém, superado pelo Hafizh Syarhin da Aspar Martinez. A surpresa era o ótimo desempenho do indonésio Andi Farid Izdihar, que chegou a marcar o segundo tempo a poucos minutos do final do Q1.

Navarro volta a figurar entre os 4 primeiros (Marcando o 3ºtempo), mas Izdihar acabou melhorando ainda mais sua volta e passou a 2ªposição, junto dele, Bendsneyder subiu para 4º, tirando Navarro da zona de classificação. Navarro ainda tentou subir se classificar, mas sus volta final não foi o suficiente.

Shayrin (que vai correr na NTS em 2021) foi o mais rápido, com Izdihar em 2º sendo uma grande e agradável surpresa, Marini em 3º e Bendsneyder completando os 4 primeiros colocados que vão para o Q2. Navarro acaba ficando de fora e larga em 19º.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
155Hafizh SyahrinInde Aspar Team Moto2Speed Up1’46.456
227Andi Farid IzdiharIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’46.513
310Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex1’46.542
464Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’46.590
59Jorge NavarroHDR Heidrun Speed UpSpeed Up1’46.609
644Aròn CanetInde Aspar Team Moto2Speed Up1’46.697
762Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’47.077
845Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalex1’47.432
957Edgar PonsFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’47.984
1099Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalex1’48.268
1119Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’48.406
1235Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’48.527
1342Marcos RamírezTennor American RacingKalex1’49.026
1474Piotr BiesiekirskiNTS RW Racing GPNTS1’50.628

A pista nas melhores condições do dia para a definição da pole position, Se tudo desse certo, poderia até alguém arriscar um pneu de pista seca.  Em um espaço de 20 segundos, tivemos 4 pilotos na liderança, primeiro com Baldassarri, depois com Marini, Schrotter e finalmente a 10:50 do final, Marco Bezzecchi passou para a ponta, com 1:47.096.

Baldassarri e Roberts chegaram a passar a liderança, mas Bezzecchi tratou de recuperar a ponta a 7:20 do final da sessão, mas foi logo superado por Xavi Vierge, o piloto da Petronas foi para a liderança com 1:43.495 e Sam Lowes subindo para 2º com 1:43.803.

Bezzecchi não desiste de lutar e a 5:45 do final passou pela 3ªvez a liderança, mas foi novamente superado 15 segundos depois, dessa vez para Sam Lowes da Marc VDS. Joe Roberts estava em 3º,depois vinham Vierge da Petronas, Garzó e Baldassarri da Pons, Gardner da SAG, Marini da VR46, Shayrin da Aspar e Bendsneyder da NTS.

A menos de 4 minutos do final, Roberts foi para ponta pela segunda vez, mas Lowes a 2 minutos do final recupera a ponta, com o melhor tempo do dia 1:39.790. Na reta final, os tempos baixaram mais ainda, Lowes baixou seu tempo para 1:39.353.

Parecia que a pole seria do piloto britânico, mas não foi o que aconteceu, dois pilotos superaram o líder do campeonato. Joe Roberts foi para frente, mas acabou sendo superado por Xavi Vierge da Petronas. O tempo de 1:39.117 deu a pole ao piloto espanhol, em um treino muito disputado e embolado por causa da chuva. Joe Roberts da American Racing e Sam Lowes da Marc VDS completam a primeira fila com muito brilho.

Na segunda fila, larga Remy Gardner da SAG em mais uma bela classificação do piloto Australiano. Marco Bezzecchi da VR46 em 5º e Jorge Martin da KTM Ajo em 6º. Na terceira fila estava o italiano Luca Marini com a segunda moto da VR46, Lorenzo Baldassarri e Hector Garzó da Pons. Nicolò Bulega fez um treino discreto e acabou ficando com a 10ªposição.

Enea Bastianini usou uma tática diferente, mas acabou dando errado e o resultado foi uma queda no final e a 15ªposição no Grid de Largada.

Fotos:

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
197Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’38.936
216Joe RobertsTennor American RacingKalex1’39.117
322Sam LowesEG 0,0 Marc VDSKalex1’39.119
487Remy GardnerOnexox TKKR SAG TeamKalex1’39.375
572Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’39.408
688Jorge MartínRed Bull KTM AjoKalex1’39.456
710Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex1’40.264
87Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalex1’40.610
940Héctor GarzóFlexbox HP 40Kalex1’40.968
1011Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’41.481
1121Fabio Di GiannantonioHDR Heidrun Speed UpSpeed Up1’42.586
1227Andi Farid IzdiharIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’42.594
1312Thomas LuthiLiqui Moly Intact GPKalex1’42.618
1464Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’42.662
1533Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalex1’42.677
1623Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalex1’42.913
1755Hafizh SyahrinInde Aspar Team Moto2Speed Up1’42.966
1824Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’44.210
199Jorge NavarroHDR Heidrun Speed UpSpeed Up1’46.609
2044Aròn CanetInde Aspar Team Moto2Speed Up1’46.697
2162Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’47.077
2245Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalex1’47.432
2357Edgar PonsFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’47.984
2499Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalex1’48.268
2519Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’48.406
2635Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’48.527
2742Marcos RamírezTennor American RacingKalex1’49.026
2874Piotr BiesiekirskiNTS RW Racing GPNTS1’50.628

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 3: GP da Europa – Treino de Classificação

No último final de semana aconteceu a 13ªetapa do campeonato, um final de semana no Circuito de Ricardo Torno que acabou deixando o campeonato mais aberto do que nunca.

No Sábado, sobre pista molhada, aconteceu a repescagem, com o líder do campeonato Albert Arenas e o vice-líder Ai Ogura disputando vaga para a fase final da classificação (Q2). A pista não estava favorável, já estava razoavelmente seca, mas não o bastante para colocar os pneus de pista seca, mas a tendência era da pista secar no andamento da sessão.

Ogura marcou o primeiro tempo, com Arenas em 2º, Davide Pizzoli em 3º e Baltus em 4ºlugar. Enquanto que Antonelli voltava aos boxes para colocar os pneus de pista seca.

Na segunda volta (Que acabaria sendo a volta decisiva), Ogura, Arenas e Rodrigo disputaram a liderança do Q1. Todo mundo melhorou sua volta, O Japonês Ai Ogura foi o mais rápido de novo, seguido de Rodrigo, Arenas e de Dennis Foggia.

A partir do 7º minuto de classificação, a chuva começou a voltar e a pista começou a piorar muito. Gabriel Rodrigo (que caiu duas vezes), Jason Dupasquier, Baltus e Stefano Nepa foram para o chão. Muitos pilotos foram para os boxes.

Alguns poucos pilotos tentaram melhorar suas marcas, mas nenhum deles obteve sucesso. Pior ficou para Jaume Masia. O vencedor das 2 corridas no Aragón teria de largar na 29ªposição. No Final do Q1, Ogura foi o mais rápido, junto do piloto da Honda Asia Team, classificaram Gabriel Rodrigo, Albert Arenas e Dennis Foggia.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
179Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’45.745
22Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda1’45.877
375Albert ArenasValresa Aspar Team Moto3KTM1’46.007
47Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’46.309
524Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’46.416
650Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’46.667
773Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’46.726
870Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTM1’46.930
99Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’46.945
1082Stefano NepaValresa Aspar Team Moto3KTM1’48.182
1189Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHonda1’48.518
1271Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’48.722
1353Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’48.769
145Jaume MasiáLeopard RacingHonda1’49.002
1552Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Honda1’49.138
166Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.915
1723Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHonda1’50.713

Com uma pista pior que no Q1, a fase final da Sessão começa com tudo mundo na pista. Darryn Binder foi o primeiro a marcar volta, a 10:45 do final, o irmão do guepardo sul-africano marcou 1:55.766, exatamente 10 segundos mais lento que o tempo de Ai Ogura no Q1.  20 segundos depois, Ricardo Rossi tomou a ponta. Alonso Lopez da Husqvarna, Albert Arenas da Aspar Martinez e Sergio Garcia da Estrella Galícia superaram Binder.

Darryn Binder foi para uma nova volta, dessa vez, o Sul-africano passa para a liderança e consegue sobreviver na frente por 35 segundos. Foi quando Alonso Lopez superou o tempo de Binder com 1:53.719 a 8:15 do final, logo depois de 4 curvas, o piloto da Husqvarna foi para o chão.

A menos de 7 minutos do final, John McPhee faz ótima volta e assume a liderança, com 3 décimos de frente para Albert Arenas da Aspar. Celestino Vietti da VR46 é o terceiro, seguido de Alonso Lopez, Ricardo Rossi e Sergio Garcia. Enquanto Sergio Garcia e Carlos Tatay foram para o chão, Celestino Vietti (o terceiro colocado do mundial) subiu para 2ªposição a 5 minutos do final, Chegando ao tempo de 1:52.683. Ai Ogura melhora o tempo também, subindo para a 8ªposição.

A 3 minutos do final, Raul Fernandez faz uma brilhante volta e fica a 1 décimo de McPhee. O escocês sente que a pole estava ameaçada, principalmente quando Fernandez vinha em volta mais rápida do que a sua volta anterior. A 1 minuto e meio do final, McPhee melhora sua marca e se consolida na frente, Raúl Fernández teve trafego e acabou perdendo a volta.

O Espanhol da KTM Ajo fez uma última tentativa, mas não foi o suficiente para tirar McPhee da pole position. O piloto da Petronas vai largar na frente, com Fernández em 2º (64 milésimos atrás) e Celestino Vietti da VR46 completando a primeira fila.

Ai Ogura apareceu no final e tomou a 4ªposição das mãos de Albert Arenas. O líder do campeonato vai largar em 5ºlugar, logo atrás do vice-líder e do terceiro lugar no campeonato. Completa a 2ªFila, o espanhol Alonso Lopez.

Completando os 10 primeiros colocados: Ricardo Rossi da RBE, Carlos Tatay da Avintia, Sergio Garcia da Estrella Galícia e Darryn Binder da CIP Green.

Fotos:

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
117John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’52.252
225Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKTM1’52.623
313Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’52.663
475Albert ArenasValresa Aspar Team Moto3KTM1’52.821
521Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’53.179
654Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’53.205
711Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda1’53.230
879Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’53.268
940Darryn BinderCIP Green PowerKTM1’53.311
1027Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTM1’53.976
1116Andrea MignoSKY Racing Team VR46KTM1’54.222
122Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda1’54.409
1399Carlos TatayReale Avintia Moto3KTM1’54.423
147Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’54.472
1512Filip SalacRivacold Snipers TeamHonda1’54.579
1655Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’54.685
1714Tony ArbolinoRivacold Snipers TeamHonda1’54.946
1892Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’55.060
1924Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’46.416
2050Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’46.667
2173Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’46.726
2270Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTM1’46.930
239Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’46.945
2482Stefano NepaValresa Aspar Team Moto3KTM1’48.182
2589Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHonda1’48.518
2671Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’48.722
2753Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’48.769
285Jaume MasiáLeopard RacingHonda1’49.002
2952Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Honda1’49.138
306Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.915
3123Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHonda1’50.713

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP