Em plena Copa do Mundo, ressurge a França e o circuito de Paul Ricard no cenário da Formula 1

Depois 10 longos anos de ausência, O GP da França volta ao calendário da Formula 1. No tradicional circuito de Paul Ricard, Fora da categoria desde de 1990 quando foi feita a última corrida aonde Alain Prost venceu com uma ultrapassagem a 4 voltas do final em cima do Italiano Ivan Capelli, Com aquele carro da Leyton House.

De 1991 até 2008 a prova foi feita em Magny-Cours. A última corrida em 2008 foi ganha pelo brasileiro Felipe Massa.

Hoje em Paul Ricard o circuito tem um traçado parecido com o traçado dos anos 80 e praticamente o mesmo traçado da prova da Formula 3.5 V8 de 2016. Esse circuito é totalmente sem nenhuma brita. Ela tem nas faixas fora do circuito que substituem a Brita.

O Campo Azul é uma área que ao sair da pista ele permite que o piloto não tenha tanto desgaste. Mas se for para a Areá Vermelha, O desgaste é bem maior para os pneus. Se tem o lado ruim de não ter área de escape e do piloto só deixar a prova ou com batida ou com algum problema mecânico.

Nos treinos livres do dia de hoje, Lewis Hamilton foi o mais rápido em ambos os treinos. A Mercedes deve ser a favorita a pole e a vitória. As características do circuito favorecem mais a potência dos motores Mercedes. Porém o momento da Ferrari é muito bom e a Red Bull também vem muito perto das principais equipes nessa disputa pelo campeonato.

Tirando Kimi Raikkonen e Max Verstappen. Eu diria que Lewis Hamilton, Sebastian Vettel em uma primeira frente e Daniel Ricciardo e Valtteri Bottas um pouco mais atrás estão tendo mais condições de disputarem o campeonato. Independente da pontuação de cada um deles no Mundial de Pilotos.

A Haas vem muito bem nesse final de semana. Os bons tempos de Grosjean e Magnussen comprovam isso. A Frente inclusive da Renault que vem se consolidando na 4ªposição no Mundial de pilotos.

Dois incidentes marcaram o dia em Paul Ricard.

O primeiro foi no Primeiro Treino livre aonde Marcus Ericsson acabou batendo muito forte. Segundos depois devido ao impacto acabou tendo um incêndio. O Sueco demorou para sair do carro da Sauber que virou churrasco. Devido a isso, Ericsson não pode fazer o segundo treino livre.

No segundo treino livre, Sergio Perez acabou rodando devido a uma porca mal fixada na roda traseira do piloto da Force India, Que apesar da melhora nas últimas corridas esta com problemas financeiros que estão claramente prejudicando o desenvolvimento da equipe nessa temporada.

Amanhã a partir das 8 da manhã teremos o 3ºtreino livre e as 11 da Manhã teremos a Classificação para a 8ªetapa do Mundial de Formula 1, O Começo de uma sequência de 3 finais de semana seguidos de Corridas. Começando na França, Semana que vem na Áustria e na outra semana na Inglaterra.

Resultado dos Treinos Livres
GP da França

1ºTreino Livre

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Pneu Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:32.231 25
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:32.371 29
3 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:32.527 25
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:33.003 23
5 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:33.172 19
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:33.318 22
7 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:33.331 15
8 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:33.685 23
9 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:33.719 26
10 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:34.108 23
11 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:34.258 25
12 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:34.484 14
13 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:34.513 21
14 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:34.592 21
15 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:34.664 25
16 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:34.862 20
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:34.881 28
18 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:34.993 24
19 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:35.021 24
20 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:35.105 25

2ºTreino Livre

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Pneu Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:32.539 27
2 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:33.243 31
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:33.271 24
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:33.426 29
5 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:33.689 35
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:33.699 30
7 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:34.156 7
8 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:34.400 24
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:34.457 33
10 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:34.535 35
11 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:35.067 30
12 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:35.086 33
13 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:35.172 28
14 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:35.583 33
15 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:35.697 31
16 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:35.705 25
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:35.936 34
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:35.970 35
19 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:36.080 13
20 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO Não Treinou 0

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Force India/Renault/Sauber

Corridas Históricas: GP da França de 1989

Grid de Largada:

pos Piloto Equipe Larrousse Chassis Motor Pneu Tempo Média
1 2 Alain Prost Honda Marlboro McLaren MP4/5 Honda RA109A 3.5 V10 Goodyear 1:07.203 204,259 km/h
2 1 Ayrton Senna Honda Marlboro McLaren MP4/5 Honda RA109A 3.5 V10 Goodyear 1:07.228 204.183 km/h
3 27 Nigel Mansell Scuderia Ferrari SpA SEFAC 640 Ferrari 035/5 3.5 V12 Goodyear 1:07.455 203.496 Km/h
4 19 Alessandro Nannini Benetton Formula Ltd B188 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:08.137 201.459 Km/h
5 5 Thierry Boutsen Canon Williams Team FW12C Renault RS1 3.5 V10 Goodyear 1:08.211 201.240 Km/h
6 28 Gerhard Berger Scuderia Ferrari SpA SEFAC 640 Ferrari 035/5 3.5 V12 Goodyear 1:08.233 201.075 Km/h
7 30 Philippe Alliot Equipe Larrousse LC89 Lamborghini 3512 3.5 V12 Goodyear 1:08.561 200.213 Km/h
8 6 Riccardo Patrese Canon Williams Team FW12C Renault RS1 3.5 V10 Goodyear 1:08.993 199.161 Km/h
9 3 Jonathan Palmer Tyrrell Racing Organisation 18 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:09.026 198.864 Km/h
10 15 Mauricio Gugelmin Leyton House March Racing Team CG891 Judd CV 3.5 V8 Goodyear 1:09.036 198.835 Km/h
11 37 Bertrand Gachot Moneytron Onyx Formula One ORE-1 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:09.122 198.588 Km/h
12 16 Ivan Capelli Leyton House March Racing Team CG891 Judd CV 3.5 V8 Goodyear 1:09.283 198.127 Km/h
13 36 Stefan Johansson Moneytron Onyx Formula One ORE-1 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:09.299 198.081 Km/h
14 9 Martin Donnelly Arrows Grand Prix International A11 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:09.524 197.440 Km/h
15 29 Eric Bernard Equipe Larrousse LC89 Lamborghini 3512 3.5 V12 Goodyear 1:09.596 197.235 Km/h
16 4 Jean Alesi Tyrrell Racing Organisation 18 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:09.668 197.032 Km/h
17 26 Olivier Grouillard Ligier Loto JS33 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:09.717 196.893 Km/h
18 25 Rene Arnoux Ligier Loto JS33 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:10.077 195.882 Km/h
19 12 Satoru Nakajima Camel Team Lotus 101 Judd CV 3.5 V8 Goodyear 1:10.119 195.764 Km/h
20 11 Nelson Piquet Camel Team Lotus 101 Judd CV 3.5 V8 Goodyear 1:10.135 195.720 Km/h
21 40 Gabriele Tarquini Automobiles Gonfaronnaises Sportives JH23B Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:10.216 195.494 Km/h
22 8 Stefano Modena Motor Racing Developments BT58 Judd EV 3.5 V8 Pirelli 1:10.254 195.388 Km/h
23 23 Pierluigi Martini Minardi Team SpA M189 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:10.267 195.352 Km/h
24 20 Emanuele Pirro Benetton Formula Ltd B188 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:10.292 195.283 Km/h
25 10 Eddie Cheever Arrows Grand Prix International A11 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:10.372 195.061 Km/h
26 21 Alex Caffi BMS Scuderia Italia F189 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:10.468 194.795 Km/h
27 22 Andrea de Cesaris BMS Scuderia Italia F189 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:10.591 194.455 Km/h
28 24 Luis Perez-Sala Minardi Team SpA M189 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:11.079 193.120 Km/h
29 38 Christian Danner Rial Racing ARC2 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:11.178 192.852 Km/h
30 31 Roberto Moreno Coloni SpA C3 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:11.372 192.328 Km/h
31 17 Nicola Larini Osella Squadra Corse FA1M Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:09.989 196.128 Km/h
32 7 Martin Brundle Motor Racing Developments BT58 Judd EV 3.5 V8 Pirelli 1:10.181 195.591 Km/h
33 39 Volker Weidler Rial Racing ARC2 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:11.059 193.175 Km/h
34 34 Bernd Schneider West Zakspeed Racing 891 Yamaha OX88 3.5 V8 Pirelli 1:11.098 193.069 Km/h
35 18 Piercarlo Ghinzani Osella Squadra Corse FA1M Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:11.528 191.908 Km/h
36 32 Pierre Henri Raphanel Coloni SpA C3 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:11.953 190.775 Km/h
37 35 Aguri Suzuki West Zakspeed Racing 891 Yamaha OX88 3.5 V8 Pirelli 1:12.031 190.568 Km/h
38 33 Gregor Foitek EuroBrun Racing ER188B Judd CV 3.5 V8 Pirelli 1:12.179 190.177 Km/h
39 41 Joachim Winkelhock Automobiles Gonfaronnaises Sportives JH23B Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:13.173 187.594 Km/h

Não Classificaram para o Grid:

pos Piloto Equipe Larrousse Chassis Motor Pneu Tempo Média
27 22 Andrea de Cesaris BMS Scuderia Italia F189 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:10.591 194.455 Km/h
28 24 Luis Perez-Sala Minardi Team SpA M189 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:11.079 193.120 Km/h
29 38 Christian Danner Rial Racing ARC2 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:11.178 192.852 Km/h
30 31 Roberto Moreno Coloni SpA C3 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:11.372 192.328 Km/h
31 17 Nicola Larini Osella Squadra Corse FA1M Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:09.989 196.128 Km/h
32 7 Martin Brundle Motor Racing Developments BT58 Judd EV 3.5 V8 Pirelli 1:10.181 195.591 Km/h
33 39 Volker Weidler Rial Racing ARC2 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:11.059 193.175 Km/h
34 34 Bernd Schneider West Zakspeed Racing 891 Yamaha OX88 3.5 V8 Pirelli 1:11.098 193.069 Km/h
35 18 Piercarlo Ghinzani Osella Squadra Corse FA1M Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:11.528 191.908 Km/h
36 32 Pierre Henri Raphanel Coloni SpA C3 Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Pirelli 1:11.953 190.775 Km/h
37 35 Aguri Suzuki West Zakspeed Racing 891 Yamaha OX88 3.5 V8 Pirelli 1:12.031 190.568 Km/h
38 33 Gregor Foitek EuroBrun Racing ER188B Judd CV 3.5 V8 Pirelli 1:12.179 190.177 Km/h
39 41 Joachim Winkelhock Automobiles Gonfaronnaises Sportives JH23B Ford Cosworth DFR 3.5 V8 Goodyear 1:13.173 187.594 Km/h

Prost Vence de Maneira tranquila em Paul Ricard e Alesi na sua estreia é Grande Destaque!

Em Paul Ricard, no fervente calor da França, Alain Prost fez brilhante corrida e aliada a quebra de Senna nos primeiros metros, correu tranquilo para a vitória na sua casa, Mas a corrida teve emoções na sua primeira largada. Antes da primeira largara Patrese já ficava no meio da pista, desse modo, não largando.
Na primeira largara um acidente muito forte, por uma impudência de Mauricio Gugelmim, que fez uma largara muito boa, mas foi rápido demais e se acidentou feio, envolveu Boutsen e Mansell na confusão, além do salseiro que houve nessa primeira curva, Alesi se acidentou com uma Ligier quebrou o aerofólio nessa confusão e outros pilotos ficaram parados. Não teve outra decisão que os comissários e o diretor de corrida para tomar se não a de largada cancelada, e dai eles formariam uma nova largada. Eram milhares os destroços dos carros, e o carro de Gugelmim ficou totalmente em pedaços, e por sorte Gugelmin estava inteiro acabou podendo largar para a segunda corrida.

Na Nova largada, nenhum incidente, Mas Ayrton Senna não conseguiu terminar a reta, pois seu carro teve problemas e acabou parando por ai, deixando a corrida de maneira muito fácil para Prost. Mansell teve de largar dos boxes, ele iria largar da 3ªPosição, teve de largar em último. Prost na ponta com Berger e Nannini logo atrás tentando acompanhar o Francês. na Segunda Volta: Prost, Berger, Nannini e Boutsen são os 4 primeiros, e depois Alliot, Patrese e Capelli, e depois as Tyrrell de Palmer e de Alesi que também era estreante. e depois os dois carros da Onxy (Gachot e Johansson). na Quarta Volta Gugelmin faz uma parada antecipada, mas o brasileiro tinha problemas na sua March-Judd.

Enquanto que Prost estava cada vez mais aumentando sua frente em cima de Berger, Nannini e Boutsen, Nigel Mansell estava fazendo uma corrida de recuperação agressiva, já esta lutando com Piquet pela 15ºPosição, após largar dos boxes. O Calor era tamanho em Paul Ricard, que até as imagens das câmeras dava impressão de que Paul Ricard era a anti-sala do Purgatório da Beleza e do caos, Rio de Janeiro em dias quentíssimos. Na nona volta Patrese fazia pressão em cima de Phillipe Alliot, mas estava difícil para o Italiano, Alliot queria fazer bonito na sua casa. após 10 voltas completadas: Prost na liderança tranquilo fazendo a alegria da Torcida, Berger em 2º, Nannini 3º, Boutsen em 4º, Capelli com a March-Judd em 5º e Alliot em 6º com Patrese em 7º. Capelli com a March nessa pista eram super rápidos, conceito de Adrian Newey, quem sabe do que estou falando conhece, mas quem não sabe outro dia eu conto para vocês, pode deixar que eu conte sim.

Gugelmin continuava os boxes, ele estava com muitos problemas mesmo, seria um dia de azar para ele? Essa corrida também estreou o Norte Irlandês Martin Donnelly com a Arrows, substituindo Derek Warwick, e no último pelotão, 8 carros estavam nele incluindo, Emanuelle Pirro, Gabriele Tarquini e entre outros com carros sofríveis. Nannini assumia a Segunda posição da corrida e Boutsen o Terceiro e logo depois Capelli já subia para a 4ºposição, Berger tinha problemas e Prost já começava a pegar seus primeiros retardatários. Mansell foi para a sua primeira parada bem cedo. Prost já tinha 8 segundos e meio em relação a Nannini e 23 Segundos em Relação à Alliot que era o 6ºColocado, isso tudo com 16 Voltas completadas. E Depois de muitas voltas, Alliot não resistiu à pressão de Patrese que com um carro mais forte assumia a 6ªPosição após a ultrapassagem no Francês da Lola-Lamborghini Berger nesse Momento já nem aparecia nem perto de Capelli, a corrida do Austríaco fosse para o Espaço. Arnoux, que fazia sua despedida da Formula 1 nesse ano e por consequência se despedia do GP Local abandonou na 14ªVolta por problemas de Câmbio. Com 20 Voltas: Prost, Nannini, Boutsen, Capelli, Patrese e Alliot formavam os seis primeiros colocados. Agora na 21ªVolta em diante Prost teve vida dura com vários e vários Retardatários na frente dele. que fizeram o Francês perder tempo. Mansell na volta 24 já estava na 8ªPosição após ter largado da Última posição e Prost não conseguia passar Com tanta rapidez os Retardatários. Eram 8 no total, na Volta 26 Prost conseguiria se livrar de todos.

Boutsen sofria para passar os Retardatários, Nannini que trocou os pneus já estava na quarta posição, tentando se aproximar dos lideres. Em 28 Voltas a Classificação era: Prost, Boutsen e Capelli brigando pelo segundo lugar, e depois Nannini Patrese e Alliot, os seis primeiros. Capelli na volta 28 Foi para a sua parada de Boxes, e voltou normalmente à pista, a March Trabalhou de maneira correta com o Italiano. E Berger Abandonaria a Corrida na Volta 29, com problemas no seu carro que vinham durando umas 15 Voltas que o Fizeram perder rendimento. Finalmente depois de muitas e muitas voltas o grupo infernal de Retardatários estava se discrepando, e um milagre de termos ainda 22 carros na pista e já estávamos se aproximando da metade da Corrida, pelo calor que estava era até pra ter quebrado mais gente. Com 31 Voltas: a Corrida estava o Seguinte posicionamento: Prost, Boutsen, Nannini, Capelli, Alesi na sua estréia e Alliot. Mas Alliot acabava parando para o desanimo da Torcida, pois ele vinha para um excelente resultado na corrida. Também abandonava nesse momento Gabriele Tarquini com a Fraca AGS, e na Volta Seguinte, foi a vez do Motor Ford de Pierluigi Martini abrir o Bico e quebrar deixando o Talismã da Minardi de fora da Corrida. E na Volta 35, Alain Prost fazia sua parada para troca de Pneus. A Classificação era: Prost, Nannini, Capelli, Alesi, Boutsen e Palmer. Sem Ferrari, e com 2 Tyrrell e 1 March na zona de pontos.

Prost Tinha uma segura vantagem de 6.2 em cima de Nannini que só via de longe Prost, mas tentava buscar o Francês e estragar a Festa, Na Volta 39 Alesi passava Capelli e assumia o terceiro lugar, mas volta depois o Jovem Francês foi para a sua parada de Troca de Pneus. Boutsen e Patrese estavam nos pontos, mas em 5º e 6ºLugares. e Na Volta 41 Nannini tinha a suspensão quebrava do nada e acabou rodando, fim de corrida para o Italiano da Simpática Benetton. e assim Prost ficava mais sossegado na ponta. Capelli num fantástico 2ºLugar com a March agora era o mais próximo perseguidor do Francês, a 16 Segundos de Prost. Palmer acabava fazendo confusão nos pits da Tyrrell. Alesi com a Outra Tyrrell na terceira posição, fazendo muito bonito na Estreia dele na Formula 1. Na Volta 44 Ivan Capelli parava com problemas do Motor, deixando um Alesi em 2º em um dia inspirado do Jovem Francês. Atrás Dele vinha as Duas Williams de Patrese e Boutsen e lá atrás como um louco vinha Mansell que estava buscando já os primeiros lugares.

Com 48 Voltas: Prost liderava com folga com 23 Segundos em cima de Alesi em 2º, Depois Patrese em 3º, Nigel Mansell que em uma excelente corrida estava em 4º, Boutsen e Bertrand Gachot com a Notava Onxy em 6ºLugar. Martin Donnelly passou reto na volta 49 depois da Reta dos Boxes e Demorou muito tempo para voltar a pista. 16 Carros estavam na corrida, que se pela liderança não teve disputas, lá a partir do Segundo lugar estava bem legal de se ver. Thierry Boutsen que estava nos pontos foi obrigado a abandonar a corrida por problemas de Câmbio, e Prost tinha 38 Segundos na Frente de Ricardo Patrese que era o segundo colocado. Voltas 52: o Líder era Prost, com Patrese em 2º, Mansell em 3º, mas bem pertinho do Italiano da Williams e Alesi em 4º com uma excelente corrida, e depois Eric Bernard na sua 1ªCorrida na Formula 1 em 5º e Olivier Grouillard em 6º com a Ligier-Ford, Piloto Francês e Equipe Francesa. Briga pelo Segundo lugar esquentava entre Patrese e Mansell e pelo 6ºLugar, Entre Stefan Johansson e Olivier Grouillard, Lá na Frente a Emoção aumentava entre Patrese e Mansell pelo 2ºPosto na corrida, na volta 57 esse era o pega da corrida naquele Momento.

Na Volta Seguinte, Patrese erra e Mansell assume a 2ªPosição, em uma corrida excelente do Leão, que teve um grande dia partindo da última posição e naquela Altura do Campeonato já estava em 2º. Depois disso, na Volta 63 a situação estava definida com o Pódio Formado por Prost, Mansell e Patrese, se nada acontecesse de Anormal. 15 Carros continuavam na corrida e o Sol já estava com poder mais fraco sobre a pista de Paul Ricard, mas ainda sufocante para os pilotos que se mantiveram na corrida. Na Volta 71 a classificação era: Prost, Mansell, Patrese, Alesi, Johansson e Grouillard.

Modena abandonava a corrida. De Destaque, Mauricio Gugelmin que acabou a 9 voltas do Líder, não se classificou na colocação final pois precisava ter terminado 90% da Corrida. Porém, fez a melhor volta da corrida.

Prost só administrou no Final para a sua 2ºVitória no ano e para distanciar na Liderança do Mundial de Formula 1. Mansell fez brilhante corrida de Recuperação e ficou com o 2ºLugar e Patrese ficou em 3º. Mas os verdadeiros destaques da Corrida Foram: Jean Alesi que estreou na sua casa e Brilhou intensamente, chegando na 4ªPosição, Stefan Johansson que marcou os primeiros pontos da sua Equipe, a Novata e Modesta Onxy. e Olivier Grouillard que fez boa corrida e conquistou um ponto para a Ligier que também é francesa. se contamos o patriotismo Francês. Patrese levou a Renault para o Pódio como motor. 14 Carros terminaram a corrida, mas apenas 13 foram os Classificados.

Resultado Final do GP da França de 1989

Fotos:

View post on imgur.com

Fonte das Fotos: Bestlap, Formel1mic

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Corridas Históricas: GP da França de 1986

Grid de largada:

1 Ayrton Senna (Lotus/Renault) 1’06.526
2 Nigel Mansell (Williams/Honda) 1’06.755
3 Nelson Piquet (Williams/Honda) 1’06.797
4 René Arnoux (Ligier/Renault) 1’07.075
5 Alain Prost (McLaren/TAG) 1’07.266
6 Michele Alboreto (Ferrari) 1’07.365
7 Keke Rosberg (McLaren/TAG) 1’07.545
8 Gerhard Berger (Benetton/BMW) 1’07.554
9 Teo Fabi (Benetton/BMW) 1’07.818
10 Stefan Johansson (Ferrari) 1’07.874
11 Jacques Laffite (Ligier/Renault) 1’07.913
12 Johnny Dumfries (Lotus/Renault) 1’08.544
13 Patrick Tambay (Lola/Ford) 1’08.616
14 Derek Warwick (Brabham/BMW) 1’08.905
15 Martin Brundle (Tyrrell/Renault) 1’09.044
16 Riccardo Patrese (Brabham/BMW) 1’09.436
17 Philippe Streiff (Tyrrell/Renault) 1’09.700
18 Christian Danner (Arrows/BMW) 1’09.737
19 Alessandro Nannini (Minardi/Motori Moderni) 1’09.792
20 Alan Jones (Lola/Ford) 1’09.929
21 Thierry Boutsen (Arrows/BMW) 1’09.987
22 Jonathan Palmer (Zakspeed) 1’10.305
23 Andrea de Cesaris (Minardi/Motori Moderni) 1’11.483
24 Huub Rothengatter (Zakspeed) 1’12.163
25 Piercarlo Ghinzani (Osella/Alfa Romeo) 1’12.443
26 Allen Berg (Osella/Alfa Romeo) 1’14.264

Mansell vence e embora tudo no Campeonato de 1986

Depois da 7ªetapa nos EUA, Ayrton Senna era o líder do Campeonato, com 36 pontos, Três a mais que Prost que era o seu mais próximo perseguidor, A corrida que marca a Metade do Campeonato acontecia em Paul Ricard, palco da corrida Francesa, mas palco do acidente fatal de Elio de Angelis em Maio durante testes privados da Brabham, por isso, a pista de Paul Ricard foi cortada de 5,5 km para 3,8 km e de 53 voltas a corrida passou para 80 voltas. a Pole foi de Ayrton Senna com Nigel Mansell em Segundo, Lotus x Williams, Segunda Fila, Piquet de Williams e Arnoux de Ligier, na Terceira Fila, Prost da Mclaren e Alboreto com a Ferrari e é exatamente Alboreto que tem problemas com o seu carro, Ele avisou aos fiscais de corrida, mas a Largada é dada, e Mansell larga melhor e assumi a ponta, com Senna em Segundo e Arnoux em 3º, Piquet largou muito mal e ficou em 7º Alboreto conseguiu largar depois de um tempo, Na primeira volta vários pilotos foram envolvidos na confusão e tiveram que ir aos Boxes, Mansell, Senna, Arnoux, Berger, Prost, Dunfries, Piquet, Rosberg e Laffite, os 9 primeiros colocados.

No Final da segunda volta Piquet já tinha ganhado a 6ªposição de Dumfries, Rothengatter teve problemas nos seus pneus, Johansson nos boxes também com problemas com a sua Ferrari, Andrea de Cesaris com problemas de motor abandona e deixou um monte de óleo na pista, Todos escorregaram, mas Ayrton Senna foi o único a pagar com o muro na quarta volta, Bateu e deixou a corrida muito cedo.

Já tinha desse modo 5 abandonos na corrida, Com isso Prost e Rosberg começam a ir para a luta em cima de Berger que largou muito bem com a sua Benetton, Enquanto isso Mansell estava tranquilo na Frente com Arnoux de Ligier em 2º pretendendo até não fazer troca nenhuma de pneus. A Classificação até naquele Momento era: Mansell, Arnoux, Berger, Prost, Rosberg e Piquet. Enquanto isso Allan Berg com a Terrível Osella rodou.

Prost na Volta 9 passou Berger e assumia a 3ªposição e já partia a caça de Arnoux. Johansson com problemas no Turbo abandona a corrida, Na Volta 10 Rosberg também passou pela Benetton de Berger e foi para o 4ºlugar. Alias Berger caia muito de rendimento, Piquet passou também por ele, O Benetton-BMW ainda não era um carro páreo para lutar pelos primeiros lugares, foi para os boxes, sem bico e voltou lá atrás, A Melhor volta era de Mansell, 1:11.791 feita apenas na 3ªVolta da corrida. Arnoux sofria com a pressão de Alain Prost, Com um motor mais Forte e um carro melhor Prost passou Arnoux e assumiu o segundo lugar na 15ªVolta E Rosberg também vinha pra cima de Arnoux que tenta defender posição em cima de Rosberg, Na 18ªVolta Rosberg finalmente consegue passar Arnoux e assumia a primeira posição, Arnoux decediu ir aos Boxes, o pneus dianteiro não agüentou nem 1 terço de corrida, Arnoux voltava em 9ºlugar. Com 18 Voltas a Classificação era essa: Mansell (22:16.82), Prost (a 4.90), Rosberg (a 9.89), Arnoux (a 11.55), Piquet (a 13.46) e Laffite (a 20.99) claro que a Classificação era antes de Arnoux ir aos boxes. Dumfries que estava em 7ºlugar assumiu o 6ºlugar. Jonatham Palmer com a Zakspeed complicou a vida de Mansell e Prost quando ele tomava 1 volta Depois de 21 Voltas a Classificação era: Mansell, Prost, Rosberg, Piquet, Laffite e Dumfries. Prost estava bem próximo de Mansell na luta pela primeira posição, Rosberg e Piquet tentavam chegar, Na Volta 22 pra 23 Piquet foi aos boxes vai para a sua primeira troca de pneus, com um trabalho muito bom de quase 9 segundos. Patrese tentava lutar pela posição com o Dumfries pelo 6ºlugar. Mas logo Arnoux passou Dumfries e Patrese e assumiu o 6ºlugar. e Prost partiu de vez na briga, Mas quando iria começar a luta Mansell foi para os boxes, Deixando a liderança para Alain Prost, Mansell voltou na 3ªPosição perto dele vinha Laffite numa ótima 4ªposição.

Prost era o Lider da Corrida e Rosberg o segundo, mas tinha muito trafego lá na frente, outro que parava nos boxes era Alboreto que estava se recuperando na corrida após o seu carro ter falhado na largada. Laffite Fez sua parada na Volta 27 Na Volta 27 Mansell Fazia a melhor volta da corrida 1:11.3 17 Carros estavam na corrida: Teo Fabi, Gerhard Berger, Ambos de Benetton e Allen Berg com a Osella abandonaram a corrida. E Mansell com 1:11.314 fazia a melhor volta da corrida o Inglês estava voando na pista, Rosberg na volta 29 foi fazer sua primeira troca de pneus. Prost agora estava sozinho na Frente mas os seus pneus muito desgastados, não estava virando bem, sua pretensão poderia ser apenas uma parada nos boxes.

Classificação após 32 Voltas: Prost (39:22.08), Mansell (a 13.15), Piquet (24.47), Rosberg (a 33.09), Arnoux (a 35.39) e Laffite (a 55.43). Prost era o único que não trocou os pneus. Acidente de Rothengatter, o Holandês acabou se acidentando com Dumfries que conseguiu seguir na corrida. Alain Prost na volta 35 foi para os boxes para trocar os pneus, e voltou na Frente de Pique e Rosberg, na 2ªposição. Piquet na volta seguinte colou em Prost, Tentava passar Prost, Nelson Piquet tinha um pneu mais quente que Prost com os seus pneus ainda ganhando a temperatura, Mas Piquet começava a perder rendimento, seu carro estava com o motor falhando com isso Rosberg se aproximou de Piquet e em poucas voltas passou O Brasileiro e assumiu o 3ºlugar, muito ajudado pelos retardatários que estavam atrasando Prost, Piquet e Rosberg, quem se deu pior foi Piquet que numa manobra errada em cima de um deles, Rosberg aproveitou e passou. Com 44 Voltas As duas Williams, Duas Mclarens e Duas Ligiers estavam dominando a corrida. Tinham os 6 primeiros colocados.

Classificação após 44 Voltas: Mansell (53:59.84), Prost (a 19.81), Rosberg (a 20.89), Piquet (a 23.93), Arnoux (a 36.13), Laffite (52.77). Streiff logo depois e Tomar volta em cima de Mansell abandonou com o seu motor que explodiu, E a missão tão simples de apagar o Fogo virou um martilho, pois quando se imaginava que o Fogo estava controlado o fogo voltou com tudo e o carro inteiro foi para o espaço, os Bombeiros de Paul Ricard tiveram o papel principal de comédia pastelão, isso demonstrava o por que Elio de Angelis faleceu em um acidente nos testes em Paul Ricard, pela demora absurda que os bombeiros atenderam o piloto italiano. Além da incompetência eles jogaram muita espuma na pista, e depois o carro de bombeiros bloqueou a entrada dos boxes. Quer dizer um trabalho absolutamente censurável do primeiro ao último parágrafo. Jonatham Palmer abandonava a corrida na volta 50, ele estava 4 voltas atrás e quebrou o Fraco e frágil motor Zakspeed Turbo (acredita que esse motor é turbo). Depois de tudo isso Piquet e Arnoux foram para os boxes para uma segunda parada de troca de Pneus. Logo Mansell teria que parar, seus pneus estavam já nas últimas. E na volta 53 Mansell foi para os Boxes. e Prost voltava a liderança da Corrida, Mansell em 2º e Rosberg em 3º, Laffite também parava aos boxes para a segunda parada, de todos o Único que tentaria uma parada mesmo era Alain Prost que estava na liderança na 55ªvolta. Mas Mansell poderia brigar pela vitória por que estava com os pneus melhores que Prost. Quando começa a chuviscar em Paul Ricard Tornando a corrida dramática podendo chover pra valer ou não, Classificação após 55 Voltas: Prost, Mansell, Rosberg, Piquet, Arnoux e Laffite.

Mas Prost vivia situação difícil, Mansell chegava rápido em Prost, o Francês já não tinha pneu nenhum. Com 1:09.993 Mansell fazia a melhor volta da corrida, com 23 voltas para o termino da Corrida Prost via a sua vitória fugir de suas mãos. E na Volta seguinte Mansell passou para a ponta, Prost não tinha mais nada a fazer, estava sem pneus, Apesar da Ameaça da Chuva, a chuva parou, Johnny Dumfries acabou parando com problemas no motor. Restando 20 Voltas. Prost Ainda tentava lutar pela vitória com Mansell, Rosberg começava a perder rendimento, poderia ser a falta de Gasolina que é um fantasma para Rosberg em 1986, E Piquet, mesmo com o motor bichado ele estava chegando em Rosberg para lutar pelo 3ºlugar. Mansell a 16 Voltas do Final da Corrida estava tranquila em relação a Prost, controlando a vantagem que ele tinha para o Francês. Partick Tambay que vinha bem em 7ºlugar abandonaria com problemas de Freio, Rosberg estava na alça de mira de Nelson Piquet, a vantagem esta caindo de 24 segundos para apenas 10 segundos em 7 voltas, As Ligiers estavam tranquilas em 5º e 6ºlugares numa boa corrida. Com 5.3 Segundos é a Mostra de que Piquet iria brigar e passar Rosberg e tinha tempo de Sobra, faltavam 10 voltas para o Final da Corrida.

Sendo a única Briga por posições importantes Rosberg e Piquet era o que mais chamava atenção de todos na pista e na Televisão, E a 8 Voltas do Final Piquet coloca por Dentro e passou Rosberg e conquistou a 3ªposição, Rosberg agora não tinha nada a fazer a não ser pagar mais uma vez pelo consumo de combustível. E de tantas e Tantas ameaças de chuva, com até um chuvisco ter caído na pista Estava agora fazendo sol na pista em Paul Ricard, No Final das Contas o Único que trocou pneus apenas uma vez na corrida Foi Alain Prost que acabou não conseguindo vencer a Williams-Honda de Nigel Mansell, Nas últimas voltas pouco se viu, as posições estavam definidas: Mansell, Prost, Piquet, Rosberg, Arnoux e Laffite – Williams, Mclaren e Ligier ficaram com todos os pontos. O Campeonato chegava na metade tendo Prost 39, Mansell 38, Senna 36 e Piquet 23.

Resultado final do GP da França de 1986

Fotos:

View post on imgur.com

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fonte das Fotos: Bestlap , Formel1mic