Jordi Torres conquista o título da Moto E em Lemans

Jordi Torres acabou conquistando o título da Moto e em 2020. Em Le Mans como cenário, Torres obteve a pole position e a uma grande vitória na corrida de sábado, que praticamente definiu o campeonato a favor do piloto da Pons. No domingo, Torres só precisou ficar em 6ºlugar para confirmar o campeonato.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
140Jordi TorresPons Racing 40Energica1’43.843
211Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’44.172
363Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergica1’44.480
416Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergica1’44.487
577Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergica1’44.503
67Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergica1’44.575
755Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergica1’44.656
810Xavier SimeonLCR E-TeamEnergica1’44.721
951Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergica1’44.888
1066Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergica1’45.053
1170Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergica1’45.236
126María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergica1’45.558
1318Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergica1’46.051
1461Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’46.457
1535Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergica1’46.497
1684Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergica1’47.356
1715Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaSem Tempo
1827Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaSem Tempo

A prova de Sábado começou com Ferrari na liderança do campeonato, podendo ser o campeão da temporada caso Aegerter, Torres e Casarei ficassem mais de 25 pontos atrás do piloto da Gresini. A pole position foi de Jordi Torres da Pons, com Matteo Ferrari da Gresini na segunda posição e Mike di Meglio da Marc VDS completa a primeira fila. A segunda fila estava composta por Josh Hook da Pramac, Dominique Aegerter da Intact GP e Nicolo Canepa da LCR.

Na primeira largada, Torres não larga bem e Ferrari assume a liderança. Na chicane, Matteo Casadei acabou caindo feio e sua moto ficou destruída. Como as motos são elétricas acabou por provocar uma bandeira vermelha. Os pilotos voltaram para os boxes e esperaram por uns 15 minutos para a liberação da pista, A corrida seria retomada com 5 voltas apenas, com as posições originais do grid de largada. Casarei estava fora da corrida e fora da briga pelo título.

Na segunda largada, Ferrari de novo supera Torres, mas o que definiu a sorte da corrida e do campeonato foi na chicane. 2 acidente aconteceram ao mesmo tempo. Primeiro foi com Xavier Simeon que acabou caindo e derrubando Dominique Aegerter e Nicolo Canepa e metros depois, na saída da chicane, Matteo Ferrari caiu sozinho. Desses 4, somente Aegerter conseguiu voltar, mas mesmo o suíço já estava de fora da briga pelo título.

Jordi Torres era o líder e o único postulante ao título brigando pela vitória, com uma boa vantagem para Mike di Meglio que acabou passando Niki Tuuli na 2ªparte da segunda volta. O piloto Finlandês que venceu a primeira corrida da história da Moto e não desistiu da briga e continuou perto do piloto francês. Josh Hook em 4º chegou a se aproximar dos dois, mas logo acabou ficando para trás.

Torres teve tranquilidade até a entrada da volta final, foi quando Di Meglio e Tuuli acabaram chegando no piloto espanhol. Di Meglio tentou se aproveitar de alguma brecha para superar Torres.

Essa brecha não acontece e Jordi Torres cruzou na frente, vencendo a corrida do sábado e praticamente colocando uma mão na taça de campeão da Moto e. Mike di Meglio fica com a segunda posição e Niki Tuuli completa o pódio com uma exibição bem competente. Josh Hook fez uma boa corrida, terminando na 4ªposição. Tommaso Macron da Tech 3 e Eric Granado da Avintia acabaram completando os 6 primeiros colocados. Dominique Aegeter levou sua moto até o final na 14ªposição.

Com esses resultados, Torres passou a ter 104 pontos contra 86 pontos de Ferrari, 84 pontos de Aegerter e 71 Pontos de Casadei que acabou ficando de fora da luta pelo título.

Resultado final da 7ªcorrida da Moto e
GP da França

posPilotoEquipeMotoTempo
140Jordi TorresPons Racing 40Energica8:43.391
263Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 0.116
366Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergicaa 0.557
416Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 1.925
570Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergicaa 4.296
651Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 4.590
76María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergicaa 6.514
855Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergicaa 6.201
961Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 11.875
1035Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergicaa 12.419
1118Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 13.262
1215Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 14.087
1384Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergicaa 23.207
1477Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergicaa 59.643
11Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 5 Voltas
7Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergicaa 5 Voltas
10Xavier SimeonLCR E-TeamEnergicaa 5 Voltas
27Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaNão largou

2ªcorrida no domingo teve o grid formado pela classificação da corrida do sábado. Torres estava com a mão no título, se ficasse em 8ºlugar o título era dele, independente de quem vencesse a prova.

Torres largou na pole positon, mas quem largou bem foi Mike de Meglio e Niki Tuuli que passaram as primeiras posições. Mais atrás, na chicane, Eric Granado e Alejandro Medina foram para o chão e abandonaram a prova. Na curva 7, foi a vez de Tommaso Macron ir para o chão.

A briga pela vitória ficou entre Mike di Meglio e Niki Tuuli, ao final das 7 voltas a vitória ficou com o piloto Finlandês. Foi a segunda vitória de Tuuli na Moto e. Mike di Meglio fechou o seu melhor final de semana do ano na segunda posição, pela segunda vez no final de semana. O inglês Josh Hook completou o pódio com sua moto elétrica da Pramac.

Jordi Torres fez uma corrida segura e sem riscos para ficar com a 6ªposição e conquistar o título do 2ºMundial da Moto e, Aos 33 anos de idade o piloto espanhol disputou corridas na Moto 2 de 2010 a 2014, Correu de 2015 a 2018 na Superbike, fazendo bons campeonatos com motos da Aprilla, BMW e MV Agusta. Participou de 5 etapas do Mundial de motovelocidade em 2018 pela Avintia e marcou 1 ponto no GP de Valência.

Torres conquistou 1 vitória, 4 pódios na temporada e completou todas as 8 corridas entre os 6 primeiros colocados. Essa regularidade premiou o piloto espanhol com o título da Moto e em 2020. Parabéns a Jordi Torres pela conquista do Mundial de Motovelocidade – Categoria Moto e

Fotos:

Resultado final da 8ªcorrida da Moto e
GP da França

posPilotoEquipeMotoTempo
166Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergica12’09.631
263Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 0.166
316Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 1.294
477Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergicaa 2.353
511Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 6.017
640Jordi TorresPons Racing 40Energicaa 6.490
77Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergicaa 10.066
810Xavier SimeonLCR E-TeamEnergicaa 10.472
96María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergicaa 10.663
1018Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 11.101
1135Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergicaa 11.298
1261Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 12.327
1327Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 20.842
1415Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 20.954
1584Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergicaa 24.376
70Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergicaa 7 Voltas
51Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 7 Voltas
55Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergicaa 7 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto E – Aegerter e Ferrari vencem em Rimini e decisão do título

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
140Jordi TorresPons Racing 40Energica1’43.154
211Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’43.165
377Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergica1’43.297
451Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergica1’43.352
510Xavier SimeonLCR E-TeamEnergica1’43.417
635Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergica1’43.432
727Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergica1’43.502
863Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergica1’43.845
966Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergica1’43.850
1055Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergica1’43.906
1115Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergica1’43.990
1270Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergica1’44.133
137Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergica1’44.139
1418Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergica1’44.251
1516Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergica1’44.502
1661Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’44.591
176María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergica1’45.310
1884Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergica1’45.965

Na primeira prova do final de semana, Realizada no sábado, teve uma bela largada de Matteo Ferrari passando Jordi Torres, assumindo a liderança, com Torres e Simeon nas 3 primeiras posições. Aegerter caiu para 4º, Casadei e Granado completavam os 6 primeiros colocados na primeira volta.

No final da primeira volta, Jordi Torres foi para cima de Matteo Ferrari. Enquanto que Mike di Meglio acabou indo para o chão. Foi uma corrida de vários pilotos caindo. Um dos acidentados foi Eric Granado, que foi ao chão e levou com ele o Belga Xavier Simeon (Que perdeu posição para Aegerter), no que levou o abandono de Ambos.

Nessa altura do campeonato, a 5 voltas do final, Aegerter já esta na cola de Jordi Torres. Após a queda de Granado e Simeon, os 3 primeiros colocados (Ferrari, Torres, Aegerter) estavam bem a frente de Mattia Casadei. Alex de Angelis em 5º acabou caindo no final da 4ªVolta. Essa posição passou a ser de Alejandro Medina.

Na volta final, Dominique Aegerter estava em 3º e começou seu caminho para a vitória ao passar Torres na curva 1. Depois o piloto suíço foi para cima de Ferrari e nas curvas finais acabou superando o campeão de 2019 da Moto E, chegando a 2ªVitória na temporada. Ferrari acabou sendo penalizado e perdeu a segunda posição para Jordi Torres da Pons, deixando o piloto da Gresini na terceira posição.

Completando os 6 primeiros colocados ficaram: Mattia Casadei, Tommaso Marcon e Nicolo Canepa.

Resultado Final da 4ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
Moto E – 7 Voltas – GP DELL’EMILIA ROMAGNA E RIVIERA DI RIMINI

posPilotoEquipeMotoTempo
177Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergica12:11.346
240Jordi TorresPons Racing 40Energicaa 0.103
311Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 0.075
427Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 2.531
570Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergicaa 6.578
67Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergicaa 7.695
755Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergicaa 8.277
816Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 8.336
918Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 8.553
1061Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 8.640
116María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergicaa 11.566
1284Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergicaa 16.973
1366Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergicaa 17.538
15Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 4 Voltas
10Xavier SimeonLCR E-TeamEnergicaa 5 Voltas
51Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 5 Voltas
35Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergicaa 7 Voltas
63Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 7 Voltas

O grid da corrida de domingo foi em decorrência do resultado da corrida do sábado. Aegerter era o pole position, com Jordi Torres e Matteo Ferrari. Na segunda fila estavam Mattia Casadei, Tommaso Marcon e Nicolo Canepa. Pilotos como Xavier Simeon e Eric Granado que largaram na frente na primeira corrida acabaram largando nas últimas posições.

Aegerter largou bem e mante a liderança, Matteo Ferrari ganhou a posição de Torres. Quem deu um bela largada foi o piloto Tommaso Marcon, que subiu da 5ª para a 3ªposição.

Na metade da primeira volta, Aegerter perdeu a liderança para Ferrari, mas isso não seria o pior para o piloto Suíço. O pior foi no começo da segunda volta, foi quando Macron tentou uma manobra impensada e desastrosa e acabou derrubando Aegerter, ambos foram para o chão. O líder do campeonato conseguiu voltar a corrida, bem longe do pelotão na última posição, com alguma esperança de marcar algum ponto.

Ferrari vinha na liderança mais tranquilo, com uma vantagem para Mattia Casadei e Jordi Torres, os dois disputavam a segunda posição, com o piloto da Pons atacando o piloto da SIC58. Na penúltima volta, Torres passou para a segunda posição, mas Casadei recuperou a segunda posição.

No final, Ferrari segurou a liderança e venceu com tranquilidade a segunda corrida do final de semana, que fez o italiano passar para a liderança do Mundial, restando apenas à rodada dupla de Le Mans. Dominique Aegerter não conseguiu chegar aos pontos, ficou apenas na 16ªposição.

O pódio foi completado por Mattia Casadei da SIC58 e Jordi Torres da Pons. Nicolo Canepa completou seu bom final de semana com mais um 4ºlugar. Alessandro Zaccone da Gresini e Mike di Meglio da Marc VDS completaram os 6 primeiros colocados. Eric Granado ficou em 7ª após ter largado das últimas posições.

Para a decisão do campeonato, 4 pilotos estão de fato na disputa do título: Matteo Ferrari com 86 pontos, Dominique Aegerter com 82 pontos, Jordi Torres com 79 pontos e Mattia Casadei com 71 pontos. Eric Granado com 43, Niccolo Canepa com 42 e Xavier Simeon com 37 tem chances apenas matemáticas de conquistarem o título.

Fotos:

Resultado Final da 5ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
Moto E – 7 Voltas – GP DELL’EMILIA ROMAGNA E RIVIERA DI RIMINI

posPilotoEquipeMotoTempo
111Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica12’11.053
227Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 0.996
340Jordi TorresPons Racing 40Energicaa 1.098
47Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergicaa 3.907
561Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 4.619
663Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 6.046
751Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 6.097
815Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 6.775
955Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergicaa 6.672
1018Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 7.042
116María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergicaa 7.868
1266Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergicaa 11.514
1384Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergicaa 12.652
1410Xavier SimeonLCR E-TeamEnergicaa 15.533
1535Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergicaa 27.210
1677Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergicaa 38.363
16Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 2 voltas
70Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergicaa 6 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto E – Matteo Ferrari vence em Misano

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
127Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergica1’43.852
210Xavier SimeonLCR E-TeamEnergica1’43.952
335Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergica1’44.027
411Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’43.580
577Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergica1’44.206
67Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergica1’44.221
740Jordi TorresPons Racing 40Energica1’44.262
870Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergica1’44.269
963Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergica1’44.352
1061Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’44.687
1166Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergica1’44.697
1255Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergica1’44.754
1318Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergica1’44.847
146María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergica1’45.008
1516Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergica1’45.162
1615Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergica1’45.261
1784Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergica1’45.753
1851Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaSem Tempo

Corrida do domingo teve um alto nível de competitividade e uma incrível recuperação de Mattia Ferrari, que apesar da punição que sofreu em decorrência da prova passada.

Na largada, Mattia Casadei tentou manter a liderança e acabou conseguindo, com Xavier Simeon mantendo a segunda posição e Mattia Ferrari subindo para a 3ªposição. Jordi Torres, Tommaso Macron, Dominique Aegerter, Mike Di Meglio e Alessandro Zacconi completavam os 8 primeiros colocados. Lukas Tulovic fez uma largada ruim e perdeu várias posições.

Josh Hook escapou e saiu da pista. Alguns outros pilotos perderam a trajetória da curva. Porém, não perderam muito tempo. Alex de Angelis e Eric Granado foram os pilotos que mais conquistaram posições. Na terceira volta, Granado passou Tulovic e passou para a 11ªposição.

A partir da 4ªVolta, Ferrari iniciou sua arrancada para a vitória. Primeiro, passou Xavier Simeon e na volta seguinte, na reta oposta, superou Mattia Casadei e assumiu a liderança. Aliás, Casarei teve um final de prova complicado, perdendo a 2ªposição para Simeon e perdendo o pódio após ser superado por Dominique Aegerter e Jordi Torres.

Mattia Ferrari conquistou a 3ªvitória da carreira na Moto E, a primeira vitória na temporada 2020. Completando o pódio Xavier Simeon em uma atuação muito boa e Dominique Aegerter em franca recuperação ficou com a terceira posição. Jordi Torres, Mattia Casadei e Mike di Meglio completaram os 6 primeiros colocados. A diferença entre eles foi de apenas 780 milésimos.

Fotos:

Resultado Final da 3ªEtapa – Moto E
GP de Misano – 7 voltas

posPilotoEquipeMotoTempo
111Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica12’14.331
210Xavier SimeonLCR E-TeamEnergicaa 0.213
377Dominique AegerterDynavolt Intact GPEnergicaa 0.372
440Jordi TorresPons Racing 40Energicaa 0.474
527Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 0.606
663Mike Di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 0.780
761Alessandro ZacconeTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 4.393
815Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 4.476
970Tommaso MarconTech 3 E-RacingEnergicaa 4.915
1051Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 5.056
117Niccolò CanepaLCR E-TeamEnergicaa 5.439
1235Lukas TulovicTech 3 E-RacingEnergicaa 5.705
1355Alejandro MedinaOpenbank Aspar TeamEnergicaa 8.448
1418Xavier CardelúsAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 8.582
156María HerreraOpenbank Aspar TeamEnergicaa 8.813
1684Jakub KornfeilWithU MotorsportEnergicaa 11.795
1766Niki TuuliAvant Ajo MotoEEnergicaa 12.892
1816Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 36.401

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Granado vence prova final da Moto e, Matteo Ferrari ficou com o título com uma corrida segura

Em Valencia, o Brasileiro Eric Granado acabou repetindo a vitória da prova do Sábado e conquistou a última etapa do campeonato da Moto e. Dessa vez, em uma disputa acirrada entre Smith e Granado pela vitória. O inglês largou melhor e liderou praticamente toda a corrida, Mas Granado conseguiu chegar no Britânico e ambos fizeram uma volta final alucinante, onde os dois se alternaram na liderança da corrida. Na última curva, Granado levou a vantagem e acabou conquistando as 2 vitórias do final de semana. Foi um final de semana perfeito para Granado, Seu melhor final de semana no Mundial de Motovelocidade e o melhor final de semana de sua carreira profissional.

Bradley Smith que ainda sonhava com o título acabou ficando com o 2ºlugar, Mas mesmo se vencesse não daria para Smith terminar com o campeonato. O Italiano Matteo Ferrari que vinha o campeonato sobre controle depois da prova do sábado, o piloto da Gresini ficou com sua vida facilitada, Porque Hector Garzo foi eliminado e perdeu o 2ºlugar e os 20 pontos (Deixando o piloto da Tech 3 eliminado da disputa pelo campeonato) e fez uma corrida correta, garantindo o título com o 5ºlugar.

Matteo Ferrari se torna o primeiro campeão da História da Moto e, Ficando com 11 pontos de frente para Bradley Smith e 27 pontos a frente de Eric Granado que chegou em 3ºlugar. Hector Garzo completou o pódio da última etapa do campeonato. O San Marinense Alex de Angelis ficou com o 4ºlugar, a frente do Campeão Matteo Ferrari. Mike di Meglio completou os 6 primeiros colocados.

Na parte inicial da corrida, Di Meglio da Marc VDS e Sete Gibernau (Que encerrou sua carreira ficando em uma honrosa 7ªposição) travaram um belo duelo e ficando lado ao lado em algumas curvas do Circuito de Ricardo Torno. Xavier Simeon, Niccolo Canepa e Joshua Hook caíram logo na primeira volta e não conseguiram pontuar.

O Portal Sportszone dar os parabéns a Matteo Ferrari pelo Título de campeão do Mundial de Moto e. O primeiro campeão da história das motos elétricas.

Fotos:

Resultado final da última etapa da Moto e
GP de Valência

posPilotoEquipeMotoTempo/Diferença
151Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergica11’52.860
238Bradley SmithOne Energy RacingEnergicaa 0.458
34Hector GarzoTech 3 E-RacingEnergicaa 4.124
45Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 7.003
511Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 7.405
663Mike di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 9.475
715Sete GibernauJoin Contract Pons 40Energicaa 9.513
827Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 10.503
918Nicolas TerolOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 14.613
102Jesko RaffinDynavolt Intact GPEnergicaa 14.711
1114Randy de PunietLCR E-TeamEnergicaa 15.202
126Maria HerreraOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 17.166
1332Lorenzo SavadoriTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 19.552
1478Kenny ForayTech 3 E-RacingEnergicaa 29.432
10Xavier SimeonAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 7 Voltas
7Niccolo CanepaLCR E-TeamEnergicaa 7 Voltas
16Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 7 Voltas


Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

eP da Áustria teve domínio de Mike di Meglio

Em duas realidades diferentes aconteceu a segunda etapa da Copa do Mundo de Moto E, O primeiro campeonato da história do Mundial de Motovelocidade sem usar Gasolina. Realizado nos dias 9, 10 e 11 de Agosto.

Diferente da Moto GP, Moto 2 e Moto 3, A Classificação é com todos os 18 pilotos fazendo uma volta por vez. E assim foi feito, Desde do pior colocado nos treinos livres (Randt de Puniet) até o piloto Hector Garzo que foi o melhor dos treinos livres.

Os primeiros a pararem, De Puniet e Nicolas Terol tiveram suas voltas anuladas por passarem do limite da pista. Sete Gibernau fez um tempo apenas regular, Mas suficiente para assumir a liderança, com 1:36.613.

Lorenzo Salvadori foi o 5º a entrar e acabou chegando perto, Com 1:36.703. Gibernau continuava na pole, Até que Alex de Angelis caprichou na sua passagem, com 1:35.774 o piloto de San Marino assumiu a liderança da prova. Maria Herrera em sua volta (8ª a participar da classificação) marcou o 2ºmelhor tempo.

Tivemos polêmica, Jesko Raffin tinha passado para fora da pista, pisando na linha de limite. Ele acabou fazendo o melhor tempo, Mas teoricamente esse tempo seria cortado. Porém, o tempo do piloto suíço foi mantido. (Acredito que ele por ficar naquela linha de limite da pista, Raffin não foi punido)

Niccolò Canepa foi o 10ª a fazer volta e acabou marcando o 4ºtempo. Matteo Ferrari da Gresini foi outro que deu seu sangue para marcar o 2ºtempo, A 38 milésimos do pole. O Belga Xavier Simeon passou para a ponta, Companheiro de equipe de Eric Granado marcou 1:35.193, quase 2 décimos a frente de Jesko Raffin.

O Italiano Mattia Casadei acabou indo ao chão na sua tentativa e ficou de fora das primeiras posições. A Moto de pelo menos 250 kg não permitia uma volta rápida para a corrida. Sem muita perda de tempo, O Vencedor da prova da Alemanha Niki Tuuli fez uma boa volta, Mas só o suficiente para marcar o 3ºtempo.

Um dos favoritos, Bradley Smith fez uma grande volta, O piloto da One Energy marcou o 2ºtempo a 111 milésimos atrás de Raffin.

Eric Granado até tinha condições de conseguir um lugar nas primeiras filas, Mas uma balançada o obrigou a diminuir velocidade, Isso foi determinante para ficar com o 7ºtempo. Mike di Meglio foi o penúltimo a fazer sua volta, O Francês da Marc VDS acabou conquistando o melhor tempo e garantiu a pole position. Hectór Garzó não foi além do 6ºlugar.

Mike di Meglio da Marc VDS, Xavier Simeon da Avintia e Bradley Smith da One Energy vão largar na primeira fila do E-Prix da Áustria. Jesko Raffin em um contestável 4ºlugar abre a segunda fila, Com Niki Tuuli e Hector Garzó completando a 2ªFila.

Seguidos de Matteo Ferrari, Alex de Angelis, Eric Granado e Maria Herrera completando os 10 primeiros lugares.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
163Mike di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergica1’35.182
210Xavier SimeonAvintia Esponsorama RacingEnergica1’35.193
338Bradley SmithOne Energy RacingEnergica1’35.311
42Jesko RaffinDynavolt Intact GPEnergica1’35.365
566Niki TuuliAjo MotoEEnergica1’35.385
64Hector GarzoTech 3 E-RacingEnergica1’35.390
711Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’35.403
85Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergica1’35.774
951Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergica1’35.888
106Maria HerreraOpenBank Ángel Nieto TeamEnergica1’36.266
117Niccolo CanepaLCR E-TeamEnergica1’36.369
1215Sete GibernauJoin Contract Pons 40Energica1’36.613
1332Lorenzo SavadoriTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’36.703
1416Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergica1’37.148
1578Kenny ForayTech 3 E-RacingEnergica1’37.500
1614Randy de PunietLCR E-TeamEnergicaSem Tempo
1718Nicolas TerolOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaSem Tempo
1827Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaSem Tempo

Sobre tempo molhado, A Moto E Teria um desafio bem grande, Eu imaginaria que a prova poderia não acontecer com uma moto Elétrica sobre chuva, Mas ela acabou acontecendo.

Di Meglio tentou manter a ponta na largada, Mas acabou perdendo a ponta para Simeon, O  Belga ficou na liderança até o contorno da curva 2, O piloto da Marc VDS recuperou a ponta. Na terceira curva, O Brasileiro Eric Granado pulou do 9º para o 3ºlugar. O Brasileiro foi para cima de Simeon enquanto Bradley Smith foi para a brita, fora da pista. No reta dos boxes, Granado passou Simeon e acabou passando para a 2ªposição, Já mirando em Di Meglio, Em busca da liderança. Isso aconteceu na 3ªcurva. O piloto da Avintia, do 9ºlugar passou para a ponta da corrida, Tentando abrir de Di Meglio e Simeon, Parecia que Granado iria para uma grande vitória…

… Mas o brasileiro cometeu um erro primário em pista seca, passar pela linha branca. O Resultado disso foi uma queda na curva 3. Um pena para o piloto Brasileiro. Di Meglio da Marc VDS volta a ponta, Seguido de Simeon e Garzó.  No final da 3ªVolta, o piloto da Tech 3 superou  Simeon e subiu para o 2ºlugar. Ao mesmo tempo, que Bradley Smith estava se recuperando muito bem, Já vinha em 7ºlugar e subindo cada vez mais.

Smith passou de uma só ver Ferrari e Gibernau, Subindo para o 5ºlugar. Na Penultima volta, O inglês foi para cima de Alex de Angelis e sem dificuldade superou o piloto da Pramac, passando a ser o 4ºcolocado. Enquanto isso, Ferrari e Gibernau se alternavam na disputa pelo 5ºlugar.

Na Volta final, Garzó foi para cima de Di Meglio com tudo, mas acabou errando toda a trajetória da curva 4 e acabou indo para a brita e para o chão, Deixando escapar no mínimo um 2ºlugar que vinha em suas mãos. O Francês Mike Di Meglio acabou com a vitória no E-Prix da Áustria, Uma vitória merecia do piloto da Marc VDS. Que pode não ter tido a melhor moto do final de semana, Mas acabou tendo competência para levar sua moto elétrica para a linha de chegada. (Coisa que Granado e Grazó não conseguiram)

Xavier Simeon levou o 2ºlugar e em Grande recuperação, Bradley Smith completou o pódio em 3ºlugar. Alex de Angelis da Pramac, Matteo Ferrari da Gresini e Sete Gibernau da Pons.

Mike di Meglio é o líder do campeonato com 41 pontos, Seguido de Bradley Smith com 36. Eles se destacam na disputa pelo título, Mas nada esta definido com 100 pontos em jogo. A próxima etapa acontece em San Marino, Em rodada dupla nos dias 14 e 15 de Setembro.

Fotos:

Resultado final da 2ªEtapa da Copa do Mundo da Moto E:

posPilotoEquipeMotoTempo
163Mike di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergica8’41.799
210Xavier SimeonAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 2.238
338Bradley SmithOne Energy RacingEnergicaa 4.368
45Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 5.071
511Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 5.155
615Sete GibernauJoin Contract Pons 40Energicaa 6.845
716Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 7.961
87Niccolo CanepaLCR E-TeamEnergicaa 10.331
92Jesko RaffinDynavolt Intact GPEnergicaa 8.907
1032Lorenzo SavadoriTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 11.637
1178Kenny ForayTech 3 E-RacingEnergicaa 16.446
1214Randy de PunietLCR E-TeamEnergicaa 18.062
1327Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 19.584
1418Nicolas TerolOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 21.244
1566Niki TuuliAjo MotoEEnergicaa 22.490
166Maria HerreraOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 25.746
1751Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 1’10.619
NC4Hector GarzoTech 3 E-RacingEnergicaa 1 Volta

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP