Especial Ligier : Temporada de 1993

Após um promissor ano de 1992, Aonde o time Francês voltou a pontuar na Formula 1 desde de 1989 a equipe partia para 1993 partindo para tentar um desempenho melhor. Ainda mais com o Animo de que os motores Renault iriam ficar para 1993 e os mesmos patrocinadores ficariam para a temporada. Já os pilotos seriam dois pilotos Ingleses: Um Veterano Martin Brundle que passou uma temporada na Benetton e acabou fazendo um modesto trabalho e Flávio Briatore mandou o piloto para a rua e dai veio para a Ligier. O outro francês era um piloto ainda pouco experiente Mark Blundell que foi piloto da Brabham em 1991 e já foi piloto de Testes da Williams em 1990 iriam substituir a Erik Comas (Que foi para a Larrousse) e Thierry Boutsen (Que foi viver seus últimos momentos na Formula 1 pela Jordan).

O JS39, Novo chassi da Ligier foi projetado pelos projetistas Gérard Ducarouge (Diretor Técnico), Paul Crooks (Design) e Loic Bigois (Aerodinâmica)

E Dai veio o começo de temporada de 1993 na África do Sul (último GP na África do Sul) um circuito de media em Kyalami a Ligier fez história. Nos Treinamentos Mark Blundell levou a ligier ao 8ºlugar no Grid de Largada e Martin Brundle em 12ºlugar. Na Corrida que foi disputada com o tempo nublado e se aproveitando das quebras, de erros e batidas de outros pilotos Blundell e Brundle subiam na classificação na Volta 47,  Blundell estava em 3ºlugar e Brundle em 6ºlugar.

Até a volta 58 quando Brundle acabou rodando e deixando a corrida deixando Blundell sozinho para levar o Ligier ao 3ºlugar e levar a Ligier ao pódio, Algo que não acontecia desde de 1986 quando Laffite chegou em 2ºlugar no GP dos Estados Unidos. O piloto Inglês levou o Ligier JS39-Renault até o final da corrida e conquistou o pódio quebrando um jejum de quase 7 anos sem pódio para o time de Guy Ligier com o 3ºlugar, Blundell comemorou seu primeiro pódio junto de Alain Prost e Ayrton Senna que chegaram em 1º e 2º.

Blundell comemora o primeiro pódio da Ligier desde do GP dos Estados Unidos de 1986
Blundell comemora o primeiro pódio da Ligier desde do GP dos Estados Unidos de 1986

No Brasil em Interlagos um treino abaixo das expectativas Blundell conseguiu um 10ºlugar no Grid e Brundle é que largou mais atrás em 16º, E na corrida foi comprovado que não foi o final de semana do veterano piloto Inglês que acabou abandonando na 1ªVolta, Já Brundle sobreviveu a confusão da chuva e subiu de posição durante toda a corrida, Na segunda parte de prova Blundell chegou a estar em 4ºlugar e só perdeu posição no final para Michael Schumacher, Mas ainda assim o Inglês chegou em 5ºlugar e marcou mais 2 pontos para ele e para a Ligier que ao final de 2 corridas Blundell era o terceiro colocado atrás de Senna e Prost e a Ligier estava em 3ºlugar no campeonato mundial de Construtores.

Na primeira corrida na Europa no Circuito de Domington Park foi uma corrida para esquecer, Blundell e Brundle nessa Ordem largaram da 11ªFila e diante da chuva na Inglaterra ambos abandonaram a corrida por causa de Rodada e estávamos em posições bem longe dos pontos, Para San Marino em Imola A equipe Francesa conseguiu seu segundo pódio no ano, Martin Brundle largou em 10ºlugar e levou a sua Ligier-Renault ao 3ºlugar após resistir as quebras e batidas nessa prova enquanto que Blundell que ficou em 7º no Grid acabou batendo na largada. Dessa vez Brundle foi para o pódio junto de Prost e de Schumacher.

Na Espanha, Brundle teve um final de semana Terrível, Largou em 18ºlugar e deixou a corrida depois de mais uma rodada isso na 11ªVolta, Já Blundell largou melhor em 12ºlugar e foi fazendo uma boa corrida até que no final chegou a assumir a 6ªposição passando Zanardi, Mas na última volta perdeu essa colocação para Berger e ficou apenas em 7ºlugar numa corrida em que apenas as 4 Grandes (Williams,Mclaren, Benetton e Ferrari) Colocaram seus carros nos pontos.

Nas ruas de Monte Carlo em Mônaco Blundell larga em 13º e Brundle em 21º, Numa pista de difícil ultrapassagem Blundell estava em situação muito melhor, Mas ele acabou deixando a corrida com problemas de suspensão na 4ªVolta, Brundle do 21ºlugar fez uma grande corrida tendo paciência e ganhando posições por erros e quebras e na parte final chegou em Christian Fittipaldi que também fez grande corrida e que resistiu ao piloto Inglês que levou um improvável ponto em Monte Claro.

539_can (31)

Dando uma parada na Europa e indo para a América do Norte para a etapa Canadense, Martin Brundle tem mais um bom final de semana largando em 7ºlugar e na corrida ficando grande parte do tempo entre os 6 primeiros colocados e beneficiado com a quebra de Ayrton Senna ele terminou a corrida em 5ºlugar, levando a Ligier a ter 13 pontos em 4ºlugar nos construtores na Frente da poderosa, Mas desajeitada Ferrari que estava vivendo o Auge das crises na Formula 1. Já Brundle largou em 10ºlugar mas ele se acidentou e deixou a prova na 14ªVolta.

540FRA (21)

Dai veio o GP em Casa na França em Magny Cours e para a alegria dos Franceses os 4 primeiros colocados no Grid de largada eram 4 motores Renault com Hill na pole, Prost em 2º, Brundle em 3º e Blundell em 4º, Um treino que lembrou os áureos tempos da Ligier que estava disputando por vitórias e títulos, A Missão de ambos era aproveitar o grande momento da equipe e dos motores Renault para conseguir um Grande resultado, Blundell não aproveitou e deixou a prova na 21ªVolta por causa de mais uma Rodada, Mas o Experiente piloto Martin Brundle correu muito bem e disputando praticamente de igual para igual o pódio com Senna e Schumacher, Mas acabou em 5ºlugar atrás dos dois, Mas foi um final de semana positivo aonde Brundle marcou mais 2 pontos que o colocava na 5ªposição dos construtores com 9 pontos, Já a Ligier se distanciou da Ferrari nos construtores marcando esses 2 pontos, Na metade do ano o time dos carros azuis tinha 15 pontos contra 9 da Ferrari.

Na Inglaterra começo da segunda parte de campeonato no Circuito de Silverstone mais uma boa chance para a Ligier que mostram potencial nos treinos com Martin Brundle largando em 6ºlugar e Mark Blundell em 9ºlugar, Na Corrida Martin Brundle fez uma grande corrida e levaria sem problemas o seu carro para o 4ºlugar quando que a 6 voltas do final o seu câmbio quebrou, Ainda assim classificou em 14ºlugar, Já Blundell não teve uma prova tão exuberante do que seu companheiro de equipe, Mas chegou ao final e ficou perto de pontuar ficando em 7ºlugar.

542_ale (28)

Na Alemanha aonde o motor conta muito a Ligier aproveitou muito bem desde do Grid de largada aonde Blundell em 5º e Brundle em 6º dividiram a 3ªFila do Grid de largada, Na corrida Ambos começaram bem, Mas enquanto Blundell continuava nas primeiras posições Martin Brundle tinha problemas e acabou indo para os boxes por duas vezes e ficando sem chances de pontuar terminando em 8ºlugar. Lá na Frente Blundell após 7 corridas sem pontuar e com muitos erros finalmente se recoloca na zona de pontuação com um pódio conquistado na terceira posição na frente de Ayrton Senna, Era o 3ºpódio da Ligier na Temporada e o segundo do jovem piloto Inglês.

Na Hungria uma pista em que a Potência do motor não era tão importante a Ligier teve uma classificação mediana no Grid de largada com 12º de Blundell e o 13º de Brundle, Na Corrida Brundle levou a Ligier a mais 2 pontos no campeonato com a 5ªPosição, Blundell teve uma largada bem ruim, mas aos poucos se recuperou na prova e bateu na trave para pontuar de novo chegando na 7ªposição.

Na Bélgica o que se esperava muito do carro azul, Mas a classificação não foi das melhores, Brundle fez uma corrida razoável para boa largando do 11ºlugar e completando a corrida em 7º enquanto que Blundell largando 4 posições Atrás acabou se acidentando com Gerhard Berger brigando por posição fora dos 10 primeiros colocados a 2 Voltas do Final da corrida e ficou classificado em 11ºlugar.

BEL543 (11)

Na Itália foi decepcionante a classificação com Brundle largando do 12ºlugar e Blundell em 14º, Na Corrida Brundle fez grande largada e chegou a ficar em 6ºlugar e poderia marcar pontos tranquilamente, Mas acabou sofrendo um acidente com o seu arquirrival da Formula 3 Ayrton Senna na 8ªVolta, Mark Blundell também começava a subir na corrida quando sofreu um acidente na 21ªVolta e deixou a corrida, O ruim dessa história é que Alesi tinha conseguido um segundo lugar que minava a diferença Ligier para a Ferrari de 7 para 1 ponto nessa luta pela 4ªposição no campeonato de construtores.

Em Portugal Mark Blundell largaria em 10ºlugar e Martin Brundle em 11º, Na corrida Blundell ocupava a 6ªposição quando mais uma vez ele sofreu um acidente (7ºAcidente na temporada) na 52ªVolta. Martin Brundle suou, Mas conseguiu marcar um ponto com o 6ºlugar, Mas com o 4ºlugar de Jean Alesi a Ligier perderia o 4ºlugar nos construtores por 1 ponto de diferença, Mas ainda teríamos as corridas no Japão e na Austrália para a equipe Francesa reagir.

No Japão a Ligier não teve em nenhum momento em condições de pontuar, Martin Brundle que tinha feito o 15ºtempo no Grid de largada no final da corrida na volta final se acidentado e classificou em 9ºlugar, Já Blundell também não teve chances de marcar pontos ficando em 7ºlugar, Uma chance desperdiçada de retornar ao 4ºlugar nos construtores já que nem Berger e Alesi pontuaram, A Decisão seria na Austrália.

No circuito de Adelaide Brundle largou em 8ºlugar e fez uma corrida competitiva levando a Ligier ao 6ºlugar o que faria o time empatar em pontos com a Ferrari, Mas Alesi e Berger tinham chegado em 4º e 5ºlugar o que fez a Ferrari ficar na frente nos construtores por 5 pontos de diferença para a Ligier que terminava o campeonato num honroso 5ºlugar com 23 pontos, 3 pódios e com a sensação de que poderiam ter conseguido bater a Ferrari se seus pilotos não tivessem se envolvido em tantos acidentes mesmo eles tendo o desempenho que eles tiveram. Blundell largou em 14º e chegou em 9ºlugar no Circuito Australiano. Brundle terminou o campeonato em 7ºlugar com 13 pontos e Blundell em 10ºlugar com 10 pontos.

Para 1994 a expectativa seria de crescer ainda mais e voltar definitivamente a turma das equipes grandes, Vamos saber se conseguiram esse feito em 1994 no próximo episódio desse especial…

Números da Temporada de 1993 da Ligier

Gps: 32
Vitórias: 0
Poles: 0
Pódios: 3
Pontos: 23
Motor: Renault RS5 V10
3493 Cilindradas
13.800 RPM (Rotações por Minuto)
Potência: 780 Cavalos
Número de Voltas completadas: 1.456
Pilotos:
Mark Blundell
Martin Brundle

Chassis: Ligier JS39
Projetistas: Gérard Ducarouge (Diretor Técnico), Paul Crooks (Design) e Loic Bigois
(Aerodinâmica)
Chassis:  Monocoque de Carbono e Kelvar
Peso:  505 kg
Transmissão:  Williams T semiautomática 6 Marchas
Combustível/óleo:  Elf
Freios:  Freios de disco de Carbono
Distância entre eixos:  2,995 mm
Eixo frente: 1690 mm
Faixa traseira: 1.600 mm

Fotos:

View post on imgur.com

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Bestlap/Formel1mic

Especial Ligier: 19761977197819791980198119821983 –19841985 –1986 –1987 – 19881989 – 1990 – 1991 – 1992

Corridas Históricas: GP do Brasil de 1993

Zotokbkp

Grid de Largada:

1° Alain Prost (2) Williams/Renault 1:15.866
2° Damon Hill (0) Williams/Renault 1:16.859
3° Ayrton Senna (8) McLaren/Ford 1:17.697
4° Michael Schumacher (5) Benetton/Ford 1:17.821
5° Michael Andretti (7) McLaren/Ford 1:18.635
6° Riccardo Patrese (6) Benetton/Ford 1:19.049
7° Jyrki Jarvilehto (30) Sauber/Ilmor 1:19.207
8° Karl Wendlinger (29) Sauber/Ilmor 1:19.230
9° Jean Alesi (27) Ferrari/Ferrari 1:19.260
10° Mark Blundell (26) Ligier/Renault 1:19.296
11° Philippe Alliot (19) Larrousse/Lamborghini 1:19.340
12° Johnny Herbert (12) Lotus/Ford 1:19.435
13° Gerhard Berger (28) Ferrari/Ferrari 1:19.561
14° Rubens Barrichello (14) Jordan/Hart 1:19.593
15° Alessandro Zanardi (11) Lotus/Ford 1:19.804
16° Martin Brundle (25) Ligier/Renault 1:19.835
17° Erik Comas (20) Larrousse/Lamborghini 1:19.868
18° Derek Warwick (9) Footwork/Mugen Honda 1:20.064
19° Aguri Suzuki (10) Footwork/Mugen Honda 1:20.232
20° Christian Fittipaldi (23) Minardi/Ford 1:20.716
21° Luca Badoer (22) Lola/Ferrari 1:20.908
22° Ukyo Katayama (3) Tyrrell/Yamaha 1:20.991
23° Andrea de Cesaris (4) Tyrrell/Yamaha 1:21.224
24° Fabrizio Barbazza (24) Minardi/Ford 1:21.228
25° Michele Alboreto (21) Lola/Ferrari 1:21.448

Não Largou:

Ivan Capelli (15)Jordan/Hart 1:21.789

Mdjkhp4d

Senna Brilha na chuva em Interlagos e Vence os carros de Outro planeta.

A 2ªVitória de Ayrton Senna foi uma das mais bonitas e Emocionantes, A corrida começou com o tempo seco. Na Largada Senna larga muito bem e Conseguiu passar Hill e assumiu a primeira posição, Mas logo depois da largada Andretti que largava mal bateu com Berger, Um acidente violento na primeira curva do circuito. Brundle também bateu e abandonou a corrida nos primeiros metros.

Fs8zfskr

Já Alesi também largou bem e passou de 10º para a 4ºposição, Depois caiu para 5º. A Classificação em 2 Voltas era Prost, Senna e Hill os três primeiros.

Alain Prost já mostrava toda a superioridade de seu equipamento abria de Senna, Hill vinha ou pouco atrás com Schumacher perto, E depois bem longe Alesi em 5º. Patrese abandonaria a corrida na 3ªVolta. Com 5 Voltas Prost, Senna, Hill e Schumacher simplesmente despacharam os demais, Alesi que estava em 5º estava a 8 segundos de Schumacher, Ainda por cima, Era pressionado pelos pilotos da Sauber-Ilmor, Letho e Wendlinger vinham em 6º e 7ºlugares.

Barbazza também tinha abandonado a corrida. Prost sobrava na corrida, Senna tinha que manter a 2ªPosição, Hill e Schumacher estavam por perto de Senna. Com 8 Voltas completadas a classificação era: Prost , Senna (6.2), Hill (6.8), Schumacher (7.2), Alesi (21.2), Letho (21.6), Wendlinger (22.3), Alliot (28.0), Herbert (29.3), Blundell (30.1), Zanardi (30.9), Barrichello (31.7). Hill abriu fogo para Senna. Na na volta 11 ,Hill consegue ultrapassar Senna em uma bonita ultrapassagem e já abria de Senna, Demostrando também a Tamanha Superioridade sobre as Mclaren, Que não era páreo até para a Benetton de Schumacher.

K4kkrkpd

Alesi sofria demais para se manter na Frente de Lehto e de Wendlinger. a Ferrari tinha muitos problemas no carro e a Sauber mostrava bem mais desempenho do que as Ferrari no começo do ano, e Lehto logo depois acabou passando Alesi. Rubens Barrichello em seu 2ºGP da sua carreira abandonava por problemas de Câmbio de sua Jordan-Hart. Na Volta de número 16 a lente de Prost já estava com pingos de chuva, e o céu de Interlagos já estava com nuvens carregadas, esperando para cair a água toda de baixo da pista.

V7ufi2pk

A Classificação era em 17 Voltas completadas: Prost, Hill, Senna, Schumacher, Lehto e Alesi. Na Volta de número 21, Senna consegue negociar melhor as ultrapassagens em cima dos retardatários e abre um pouco de Schumacher. Prost depois de um forte inicio agora administrava a vantagem em cima de Hill. A Vantagem era de 9 Segundos, Na Volta 22 tinha briga pelo 3ºlugar, Senna x Schumacher e pela 6ªPosição, Alesi x Wendlinger.

Prost voltava ao seu melhor Ritmo na corrida. Na Volta 24 para 25, Senna teve que fazer um stop go de 10 segundos por ultrapassar em Bandeira amarela. Schumacher com isso assumia a liderança. Mas a chuva começava a dar as caras, e todos iriam trocar os pneus, apesar da Chuva só cair na reta dos boxes, mais já caia com muita intensidade. Senna decidiu ir aos boxes na volta 27, Prost não foi aos boxes, Mas Hill entrou e isso pode ter sido decisivo para uma possível liderança da corrida. Suzuki batia forte na corrida e na Chuva intensa Prost roda e abandona a corrida e acerta Christian Fittipaldi e abandona a corrida.

Smgh2vgz

Bandeira amarela e safety car na pista, Senna também roda, Mas consegue rodar. e a corrida tinha como o líder Damon Hill o primeiro, Senna em 2º e M.Schumacher 3º, Herbert 4º, Lehto em 5º e Zanardi em 6ºLugar. a chuva em 5 Voltas depois já tinha parado, Porém a pista estava molhada, dando uma outra cara a corrida com 15 carros ainda na corrida.

Os que abandonaram a corrida: Prost, Fittipaldi, Suzuki, Katayama, Barrichello, Patrese, Brundle, Barbazza, Andretti e Berger.

Na Volta 36: Hill, Senna, Schumacher, Alesi, Herbert e Lehto são os seis primeiros colocados, já com a reorganização da classificação.

Cnl4urmd

Na Volta 38, relargada é dada. Com Hill em primeiro e Senna em 2º, Os dois na batalha pela liderança da corrida. Schumacher tentava entrar nessa briga. Senna e Schumacher arriscam ir para trocar os pneus, Senna fez uma boa parada, Mas Schumacher teve problemas demais com a parada e perdeu um tempão.

Riqb0t82

Hill na volta seguinte foi para os boxes e a Williams acaba por fazer um pit competente. Hill voltava na Frente de Senna, Mas na Volta 42 Senna deu um passadão em cima de Hill e Assumiu a liderança da corrida. Alesi que estava em 1º foi para os boxes. Senna, Hill, Alliot eram os três primeiros da corrida. Acredite Alliot com a Larrousse-Lamborghini. Enquanto isso Johnny Herbert acabava por passar Alliot e assumir a terceira posição com a Lendária Lotus-Ford.

Classificação com 43 Voltas: Senna, Hill, Herbert, Alliot, Lehto e Alesi. Schumacher acabou com os problemas da sua parada e ficou com a 9ªPosição. Hill tentava uma nova aproximação em cima de Senna. e em 3 Voltas Hill acabava por encostar em Senna.

Alesi tomou punição de 10 segundos e complicou a corrida do Francês. Enquanto isso Schumacher estava se recuperando na corrida. Faltando 20 voltas para o Final da corrida acabou a corrida para Andrea de Cesaris. e Alesi tomava mais uma punição de 10 segundos nos boxes. Schumacher tinha também sido punido na corrida. Herbert estava na 3ªPosição, Lehto em 4º e Blundell em 5º e Schumacher já estava na 6ªPosição isso na volta 53, duas voltas depois Lehto abandonava a corrida quando estava em uma ótima 4ªPosição e lá atrás, Schumacher fazia a melhor volta da corrida.

Vvgauksz

Senna aos poucos consolidava sua vitória em Interlagos e Hill cada vez mais ficava longe de Senna depois de 15 voltas de pressão. Com 60 Voltas. Senna, Hill eram os dois primeiros, com Herbert em 3º, Blundell em 4º, Schumacher em 5º e Zanardi em 6º. Senna já tinha 10 segundos de diferença para Hill. Blundell teria briga com Schumacher na briga pela 4ºPosição. e Restando 7 Voltas para o Final Schumacher passa Blundell e assumiu a 4ªPosição. e Senna a 6 Voltas para o Final já tinha uma comportável vantagem em cima de Hill que já estava conformado com a 2ªposição, e Hill estava para conquistar seus primeiros pontos na formula 1.

Aat08ocj

Já Herbert teria que lutar pela 3ªPosição com o Schumacher. Senna já administrava a corrida. Restando 3 Voltas para o Final Schumacher passou Herbert, mas Herbert Voltou para a 3ºPosição. Mas na volta seguinte Schumacher destrói o sonho do pódio para Herbert e para a Lotus. Senna Conquista a sua segunda vitória no Brasil. Festa no autódromo, Invasão, todo o público veio pra cima do carro de Senna. Devido ao Feito do Grande piloto que superou os dois carros do outro mundo, para Hill, Os primeiros pontos e o primeiro pódio de sua carreira.

Schumacher tirou Herbert e a Lotus do Pódio (O lendário time de Colin Chapman ficou a 3 voltas de quebrar um jejum de 4 anos e meio sem pódio – Último pódio foi de Nelson Piquet no GP da Austrália de 1988) Mark Blundell com Ligier e Alessandro Zanardi com a outra Lotus completaram a Zona de Pontuação.

Yt9g5kz4

Resultado Final do GP do Brasil de 1993

Fotos:

View post on imgur.com

Vídeos:

Fotos: Bestlap, Formel1mic
Vídeo: VideosBar
Texto: Deivison da Conceição da Silva