GP dos Estados Unidos – 15ªEtapa – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 2

Um final de semana prefeito para Raúl Fernández. Além de ter conquistado a vitória no Circuito das Americas, viu o líder do campeonato Remy Gardner ir ao chão ao final da 6ªvolta.

Na largada, Raúl Fernández teve uma forte oposição de Gardner para manter a liderança, mas acabou se sustentando na frente de Remy. Fabio di Giannantonio manteve a terceira posição, assim como Bezzecchi e o norte-americano Beaubier mantiveram posições.

No final da reta oposta, Gardner arriscou uma ultrapassagem sobre Fernández, conseguiu passar, mas tomou o troco logo e seguida. O Australiano acabou sendo superado por Beaubier e Di Giannantonio e cai para a 4ªposição. Começava a saga do piloto norte-americano na corrida da sua casa.

Gardner não poderia forçar a barra para atacar os dois pilotos que não tinham nada a perder. O ritmo alucinado de Cameron Beaubier complicava a situação de Gardner, dava para ver que o piloto da American Racing estava andando acima do seu limite, tentando um lugar no pódio.

Gardner só foi começar a resolver seus problemas com os dois pilotos a partir da 4ªvolta, Foi quando o piloto da Gresini comete um erro e Gardner passa a ser o segundo. Porém, ainda tinha o louco do Beaubier, que insistia em brigar pela segunda posição com Remy, chegando a passar o piloto da KTM, mas logo Gardner recupera a segunda posição em definitivo. Só que Raúl abriu mais de 1 segundo na frente.

Enquanto Gardner foi a luta para buscar Fernández, Beaubier é superado por Di Giannantonio e Bezzecchi e cai para a 5ªposição.

Na parte final da 6ªVolta, Remy Gardner acabou indo para o chão, na curva 15. Tenta voltar à prova, mas acaba abandonando a prova. Era caminho livre para Raúl entrar de vez na disputa do título. Fabio di Giannatonio passou para segundo, Marco Bezzecchi entrar no pódio em 3º, Beaubier em 4º, mas pressionado por Tony Arbolino (Em grande final de semana). Nesse duelo, o piloto da Dynavolt pressionou muito Beaubier, mas acabou errando em uma das tentativas.

Porém, o norte-americano passou a enfrentar Augusto Fernandez da Marc VDS. Apesar de toda a luta do norte-americano, Augusto Fernandez ultrapassou para a 4ªposição.

Raúl Fernández manteve os 2 segundos de vantagem até a bandeirada, apesar das tentativas de Fabio di Giannantonio de se aproximar do espanhol. A vitória de Raúl Fernandez coloca fogo no campeonato. A 3 corridas do final, a diferença entre Remy e Raúl caiu para 9 pontos, com o espanhol num momento mais favorável.

Fabio di Giannantonio volta a subir no pódio, com uma ótima segunda posição e com um ótimo desempenho no final de semana. Marco Bezzecchi completou o pódio, ainda tem chances remotas de campeonato, mas que não passam de matemáticas apenas.

Augusto Fernandez acabou ficando com a 4ªposição, com uma boa corrida do piloto da Marc VDS, suportando uma certa pressão de um alucinado e guerreiro Cameron Beaubier, que bela corrida do norte-americano que impressionou e acabou o dia na 5ªposição. O melhor resultado desse piloto na sua temporada de estreia. Tony Arbolino teve um bom final de semana e foi compensado com a 6ªposição, justiçando sua ida a Marc VDS na temporada de 2022.

Ai Ogura em mais uma corrida regular chega na 7ªposição, seguido por Xavi Vierge da Petronas, Marcos Ramirez da American Racing (Por sinal, bom final de semana do outro piloto da equipe norte-americana) e Jake Dixon da Petronas, fechando os 10 primeiros.

Aron Canet teve um dia apagado com o 11ºlugar, Jorge Navarro ficou logo atrás em 12º. Simone Corsi teve um final de semana bom e ganhou 3 pontos com a 13ºposição com uma moto difícil com a MV Agusta. Bo Bendsneyder da SAG e Chantra da Honda Asia Team completaram a zona de pontuação.

Fotos:

Resultado final do GP dos Estados Unidos
Moto 2 – Circuito das Americas – 18 voltas

pospilotoequipemototempo
125Raul FernandezRed Bull KTM AjoKalex39’10.521
221Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 1.734
372Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalexa 3.100
437Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalexa 4.061
56Cameron BeaubierAmerican RacingKalexa 5.381
614Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalexa 7.577
779Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 11.087
897Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalexa 14.949
942Marcos RamirezAmerican RacingKalexa 16.051
1096Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalexa 18.278
1144Aron CanetInde Aspar TeamBoscoscuroa 20.679
129Jorge NavarroMB Conveyors Speed UpBoscoscuroa 22.738
1324Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 22.913
1435Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 23.247
1564Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 23.108
1645Tetsuta NagashimaItaltrans Racing TeamKalexa 27.006
1770Barry BaltusNTS RW Racing GPNTSa 28.086
1816Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalexa 32.719
1962Stefano ManziFlexbox HP40Kalexa 37.542
2055Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTSa 39.658
2154Fermín AldeguerMB Conveyors Speed UpBoscoscuroa 40.685
227Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 47.168
13Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalexa 4 voltas
23Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalexa 5 voltas
75Albert ArenasInde Aspar TeamBoscoscuroa 7 voltas
40Hector GarzoFlexbox HP40Kalexa 8 voltas
22Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalexa 9 voltas
87Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalexa 13 voltas
12Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 16 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP da Alemanha – Mundial da Motovelocidade 2021 – Moto 2 – 8ªetapa

Remy Gardner conquistou uma importante vitória ao vencer o GP da Alemanha, melhor que isso foi ver seu maior rival, o espanhol Raúl Fernández ter ido ao chão. Com isso, o australiano abre 36 pontos de vantagem na liderança do Mundial.

No sábado de classificação, muitos pilotos fortes estavam na repescagem, entre eles, estava Marco Bezzecchi, 3ºcolocado no Mundial. Como favorito a uma das 4 vagas, o 1ºpiloto da VR46 marcou de cara o primeiro tempo. Porém, o italiano acabou superado pelo rapidíssimo, mas inconstante Aron Canet da Aspar Martinez a 11 minutos do final, com Tony Arbolino indo para a segunda posição. 40 segundos depois, Bo Bendsneyder foi para a ponta ao marcar 1:24.112, Canet tinha caído para a 3ªposição e Arbolino caiu para a 4ªposição.

A 9 minutos do final, Marco Bezzecchi que sobe para 2ªposição, com 1:24.259, a 147 milésimos do piloto da SAG. Os classificados eram Bo Bendsneyder, Marco Bezzecchi, Aron Canet e Albert Arenas. Lorenzo Dalla Porta tentou tirar Arenas da zona de classificação, mas ficou a 2 décimos do tempo do piloto da Aspar Martinez.

A situação nas 4 primeiras posições não mudou até o final dos 15 minutos de classificação. Lorenzo Dalla Porta da Italtrans tentou uma última volta, mas acabou ficando a 34 milésimos do tempo de Canet na 5ªposição.

Resultado do Q1:

pospilotoEquipeMotoTempo
164Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’24.122
272Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’24.259
344Arón CanetAspar Team Moto2Boscoscuro1’24.328
475Albert ArenasAspar Team Moto2Boscoscuro1’24.344
519Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’24.378
614Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex1’24.569
713Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex1’24.604
82Alonso LópezFlexbox HP40Kalex1’24.619
954Fermín Aldeguera EGO Speed UpBoscoscuro1’24.667
107Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’24.694
116Cameron BeaubierAmerican RacingKalex1’24.738
1255Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS1’24.874
1362Stefano ManziFlexbox HP40Kalex1’24.946
1412Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’24.998
1524Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’25.407
1670Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS1’25.600

Raúl Fernández e Marco Bezzecchi foram os primeiros pilotos e entrarem na pista. Sendo os pilotos da equipe Ajo os favoritos a pole, Raúl precisava fazer essa pole e reverter o momento favorável de Remy Gardner, mas na primeira volta, o filho de Wayne Gardner mostrou sua força e marcou 1:23.769, enquanto que Raúl Fernández marcou o 5ºmelhor tempo, atrás de Fabio di Giannantonio da Gresini, Xavi Vierge da Petronas e Marco Bezzecchi da VR46, com 3 minutos e 30 segundos do Q2.

Sam Lowes foi ao chão, mas conseguiu voltar para a batalha. Fabio di Giannantonio chega a assumir a primeira posição, mas tem sua bela volta de 1:23.682 cancelada, na volta seguinte, o piloto da Gresini volta a marcar o melhor tempo, mas dessa vez o tempo de 1:23.744 é valido a 9 minutos do final da sessão.  Seguido dos dois pilotos da equipe Ajo: Remy Gardner e Raúl Fernández. Marco Bezzecchi, Xavi Vierge e Jorge Navarro completava os 6 primeiros colocados.

A 6 minutos do final, os pilotos começavam a voltar à pista para a última tentativa dos 18 pilotos. 2 minutos depois, todos já estavam tentando volta rápida. Dai que Raúl Fernández foi com tudo para marcar o tempo de 1:23.397, que é simplesmente o novo recorde do circuito.

Ninguém conseguiu tirar a pole position das mãos do jovem de 20 anos de idade, Raúl acabou ficando com a 1ªposição e venceu a batalha contra o Australiano Remy Gardner, que fica com a 3ªposição, atrás também de Fabio di Giannantonio que fez um grande treino com sua moto da Gresini.

Na segunda fila, largam Xavi Vierge, motivado pelo pódio na etapa da Catalunha, Jorge Navarro da Speed UP e Sam Lowes da Marc VDS. Ai Ogura marca muito bem sua presença ao pontear a 3ªfila, que é composto por Bo Bendsneyder da SAG e Aron Canet da Aspar Martinez. Completando os 12 primeiros colocados: Nicolò Bulega da Gresini, Joe Roberts da Italtrans e Somkiat Chantra da Honda Asia Team.

Grid de Largada:

pospilotoEquipeMotoTempo
125Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalex1’23.397
221Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’23.744
387Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalex1’23.769
472Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’24.184
597Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’24.296
69Jorge Navarroa EGO Speed UpBoscoscuro1’24.301
722Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalex1’24.416
879Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’24.439
964Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’24.474
1044Arón CanetAspar Team Moto2Boscoscuro1’24.500
1111Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’24.503
1216Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalex1’24.521
1335Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’24.594
1437Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalex1’24.600
1596Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’24.611
1642Marcos RamirezAmerican RacingKalex1’24.616
1723Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalex1’24.624
1875Albert ArenasAspar Team Moto2Boscoscuro1’24.807
1919Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’24.378
2014Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalex1’24.569
2113Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalex1’24.604
222Alonso LópezFlexbox HP40Kalex1’24.619
2354Fermín Aldeguera EGO Speed UpBoscoscuro1’24.667
247Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’24.694
256Cameron BeaubierAmerican RacingKalex1’24.738
2655Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTS1’24.874
2762Stefano ManziFlexbox HP40Kalex1’24.946
2812Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalex1’24.998
2924Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’25.407
3070Barry BaltusNTS RW Racing GPNTS1’25.600

O duelo do domingo seria mesmo entre os pilotos da Red Bull KTM Ajo, o intruso Fabio di Giannantonio poderia incomodar e ser o intruso nessa disputa.

Na largada, Raúl Fernández foi bem e manteve a liderança, Fabio di Giannantonio perdeu posições e caiu para 5º, Remy Gardner assumiu a segunda posição, seguido de Xavi Vierge da Petronas e Marco Bezzecchi da VR46. Só ai aparece o piloto da Gresini na 5ªposição. Simone Corsi cai na segunda curva, a moto capota várias e várias vezes, o piloto nada sofreu.

Em menos de 1 volta, Raúl e Remy abriram 7 décimos sobre os demais, a partir dai, começa uma disputa dos pilotos da Ajo pela vitória, No final da segunda volta, Remy Gardner assumiu a liderança. A partir da 3ªvolta, Raúl passava a perseguir Remy. No segundo pelotão, Aron Canet deu um belo pulo e passou da 8ª para a 5ªposição. O piloto da Aspar Martinez começava muito bem a etapa alemã da moto 2.

Raúl Fernández tentava recuperar a liderança, mas na 5ªVolta, o jovem piloto da Ajo acaba indo ao chão e abandona a prova. A partir dai, Gardner tinha caminho livre para vencer a prova e abrir uma imensa vantagem para Fernández. O australiano estava a mais de 5 segundos a frente de Aron Canet, que passou a ser o segundo colocado, isso após superar Bezzecchi e Vierge. Fabio di Giannantonio vinha em 5º, seguido de Jorge Navarro, Ai Ogura, Jake Dixon, Marcel Schrotter, Augusto Fernandez, Sam Lowes e Bo Bendsneyder.

Outros pilotos acabam indo para o chão, um dele é o espanhol Augusto Fernandez da Marc VDS, ele acabou também atrapalhando a Jake Dixon que foi para a brita e caiu para as últimas posições.

Canet começa a abrir vantagem para Bezzecchi, Vierge e Di Giannantonio que naquela altura do campeonato iriam disputar o pódio. No final da 11ªVolta, Di Giannantonio supera Vierge e assume a 4ªposição. Nas voltas seguintes, o piloto da Gresini partiu para cima de Bezzecchi, com mais equipamento poderia levar o lugar no pódio.

Na metade da corrida, Lorenzo Dalla Porta abandonou com problemas mecânicos. Ainda na parte de trás, Nicolò Bulega supera Bo Bendsneyder e sobe para a 14ªposição. Já Somkiat Chantra e Thomas Luthi dão uma passeada na brita, mas conseguem voltar a prova.

O pega da prova naquele momento era entre Bezzecchi e Di Giannantonio pelo lugar no pódio. No final da 18ªVolta, o piloto da Gresini chegou a passar o piloto da VR46, mas acabou perdendo a trajetória da curva e Bezzecchi acabou voltando à posição.  Após esse ataque, Bezzecchi começou a abrir um pouco de vantagem e passou a tentar se aproximar de Aron Canet, que vinha a mais de 2 segundos a diante.

A 7 voltas do final, Ai Ogura pressiona Xavi Vierge (Disputa pela 5ªposição) e Sam Lowes pressiona Marcel Schrotter (Disputa pela 7ªposição). Nas voltas finais, Ogura supera Vierge e tenta almejar a 4ªposição.

Gardner manteve uma constância na liderança, com mais de 7 segundos para Canet, que administrava a 2ªposição, mas que via Bezzecchi se aproximando dele nas últimas voltas de prova. Na última volta, Xavi Vierge, Joe Roberts e Ai Ogura foram ao chão e mudaram de forma considerável a classificação final da prova.

Remy Gardner conquista sua 3ªvitória seguida na temporada, passa a ter 36 pontos de vantagem para Raúl Fernandez e de quebra, conquista a vitória na corrida 200 da Moto 2. O piloto da Ajo tem a certeza de que vai sair de férias na liderança do Mundial, independente do resultado em Assen.

Aron Canet em brilhante corrida chegou ao seu segundo pódio em 2021, com a segunda posição ele leva a moto da Boscoscuro (antiga Speed UP) a mais um grande resultado. Marco Bezzecchi completou o pódio e continua com seu bom campeonato, com resultados bem regulares, mesmo sem chegar a uma vitória de fato.

Fabio di Giannantonio pagou caro pela largada ruim que teve, poderia até se conseguido a segunda posição, mas acabou ficando de fora do pódio, chegando em 4ºlugar. Na última volta, Sam Lowes superou Marcel Schrotter para ficar na 5ªposição, outro que pagou caro por ter largado mal, enquanto que o Piloto da Dynavolt teve um bom desempenho, mas não teve força para chegar às primeiras posições.

Jorge Navarro fez uma boa corrida e acabou obtendo uma honrosa 7ªposição. Seguido de Albert Arenas, que segurou a pressão de Marcos Ramirez e Cameron Beaubier para ficar com a 8ªposição e garantir seu melhor resultado na Moto 2. Os dois pilotos da American Racing completaram os 10 primeiros colocados.

Nicolò Bulega ficou em 11º e chegou a frente de Alonso Lopez que marcou seus primeiros pontos na Moto 2, sendo um bom substituto de Hector Garzó em Saschering. Bo Bendsneyder, Barry Baltus e Celestino Vietti completaram a zona de pontuação. O Destaque ficou para o piloto da NTS que conseguiu seus 2 primeiros pontos no Mundial de Motovelocidade.

Resultado final do GP da Alemanha
Saschering – Moto 2 – 28 Voltas

pospilotoEquipeMotoTempo
187Remy GardnerRed Bull KTM AjoKalex39’39.191
244Arón CanetAspar Team Moto2Boscoscuroa 6.158
372Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalexa 7.030
421Fabio Di GiannantonioFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 8.145
522Sam LowesElf Marc VDS Racing TeamKalexa 9.888
623Marcel SchrotterLiqui Moly Intact GPKalexa 10.000
79Jorge Navarroa EGO Speed UpBoscoscuroa 16.039
875Albert ArenasAspar Team Moto2Boscoscuroa 19.394
942Marcos RamirezAmerican RacingKalexa 21.718
106Cameron BeaubierAmerican RacingKalexa 26.393
1111Nicolo BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 26.732
122Alonso LópezFlexbox HP40Kalexa 26.835
1364Bo BendsneyderPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 28.034
1470Barry Baltus NTS RW Racing GPNTSa 28.984
1513Celestino ViettiSKY Racing Team VR46Kalexa 31.414
1614Tony ArbolinoLiqui Moly Intact GPKalexa 33.176
1755Hafizh SyahrinNTS RW Racing GPNTSa 33.425
1835Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 39.638
1912Thomas LuthiPertamina Mandalika SAG TeamKalexa 39.682
2062Stefano ManziFlexbox HP40Kalexa 44.613
2196Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalexa 47.416
79Ai OguraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 1 volta
97Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalexa 1 volta
16Joe RobertsItaltrans Racing TeamKalexa 1 volta
19Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalexa 14 voltas
37Augusto FernandezElf Marc VDS Racing TeamKalexa 22 voltas
7Lorenzo BaldassarriMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 22 voltas
25Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKalexa 24 voltas
54Fermín Aldeguera EGO Speed UpBoscoscuroa 25 voltas
24Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 28 voltas

Fotos:

image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host image host

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

GP de Teruel – Moto 2 – Sam Lowes vence a 3ªprova seguida e assume a liderança do mundial.

Prova que encerrou a programação de Aragón na temporada de 2020, A Moto 2 presenciou um passeio do britânico Sam Lowes em cima dos seus adversários durante as 21 voltas da prova da categoria intermediária.

Lowes larga bem, mantendo a primeira posição, seguido de Gardner e Di Giannantonio que disputaram a 2ªposição e quem levou a melhor foi o piloto da Speed UP em cima do piloto da SAG. Já o outro piloto da SAG, o malaio Daniel Kasma acabou caindo na frente de Thomas Luthi, fazendo o piloto suíço também cair e também atrapalhou o japonês Tetsuta Nagashima. Os dois primeiros abandonaram, já o Japonês caiu para a última posição. Jake Dixon e Enea Bastianini completam os 5 primeiros colocados. Jorge Navarro teve uma péssima largada, caindo da 2ª para a 14ªposição depois de cometer um erro no começo da segunda volta.

Na 3ªVolta, Jake Dixon chegou a ganhar a posição de Remy Gardner, mas o filho de Wayne Gardner recuperou a posição e Enea Bastianini também superou o piloto da Petronas. Enquanto que Lowes abria muita vantagem na ponta, Marco Bezzecchi acabou indo para o chão. Com 2 quedas nas duas últimas corrida praticamente deixava o piloto da VR46sem grandes chances de título.

Após algumas voltas de briga com Remy Gardner, o líder do campeonato acabou superando o piloto da SAG, passando a ser 3ºcolocado. Enquanto isso, Luca Marini vinha perdendo posições, sofrendo para ficar na 12ªposição, dos ataques de Joe Roberts e Xavi Vierge. Na 7ªVolta, Roberts superou Marini e Vierge chegou em cima do piloto da VR46 que restou na corrida.

Jorge Martin (depois de superar Marcos Ramirez) passava a pressionar Jake Dixon, briga valendo o 5ºlugar, mais atrás, Augusto Fernandez e Hector Garzó disputavam a 8ªposição.

Enquanto isso, Lowes abria 4 segundos de frente para Fabio di Giannantonio, que vinha em 2ºlugar tranquilo em relação à Bastianini, com 1.8 segundos de diferença. Bastianini em 3º estava começando a consolidar a sua posição. Remy Gardner vinha 1.1 segundos atrás, mais atrás, a 10 segundos do líder, vinha Jorge Martin da KTM Ajo, mas brigando pela posição com Augusto Fernandez, nessa briga toda, Jorge Navarro se aproveitou e junto de Fernandez acabou passando Navarro e Dixon, passando para 5º e 6ºlugares (Com  vantagem para Fernandez em cima de Navarro).

A 7 voltas do final, Navarro supera Fernandez e sobe para 5ªposição. Jorge Martin e Jake Dixon também parte para cima de Augusto Fernandez da Marc VDS. Lorenzo Baldassarri que vinha em 9ºlugar acabou indo para o chão a menos de 6 voltas do final. Marini começava a se recuperar na parte final da prova e sobe para a 12ªposição, segurando a posição sobre Manzi, Syarhin, Corsi, Bendsneyder e Nagashima.

Lá na frente, Lowes conquista a vitória com toda a tranquilidade, um passeio do britânico, chegando a mais de 8 segundos a frente de Fabio di Giannantonio. A vitória dava a Lowes a liderança do Mundial de pilotos. Fabio di Giannantonio fez uma belíssima corrida, levando a Speed UP a mais um pódio (2ºdo piloto italiano no ano) na 2ªposição. Enea Bastianini completou o pódio, com uma boa corrida, mas acabou perdendo a liderança do campeonato para Lowes.

Remy Gardner ganhou a batalha em cima e Jorge Navarro e acabou ficando com o 4ºlugar. A menos de 4 décimos a frente do piloto da Speed UP (que fica com o 5ºlugar). Jorge Martin e Jake Dixon fica em 6º e 7ºlugares, superando Augusto Fernandez da Marc VDS, que fica bem longe do companheiro de equipe. Marcos Ramirez e Joe Roberts da American Racing completaram os 10 primeiros colocados.

Luca Marini não fez uma corrida muito fraca, mas sim um final de semana muito fraco, só deu para salvar a 11ºlugar. Até a 3 provas atrás, Marini estava voando para o título, mas o acidente grave em Le Mans parece ter comprometido de vez suas condições físicas. Xavi Vierge ficou em apagado 12ªposição. Syarhin da Aspar Martinez, Nagashima (Que fez uma boa corrida de recuperação) e Simone Corsi da MV Agusta completa a zona de pontuação.

Fotos:

Resultado final do GP de Teruel
12ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Moto 2 – 21 Voltas

posPilotoEquipeMotoTempo
122Sam LowesEG 0,0 Marc VDSKalex39’27.645
221Fabio Di GiannantonioLightech Speed UpSpeed Upa 8.425
333Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 10.871
487Remy GardnerOnexox TKKR SAG TeamKalexa 12.657
59Jorge NavarroLightech Speed UpSpeed Upa 13.006
688Jorge MartínRed Bull KTM AjoKalexa 14.766
796Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalexa 16.905
837Augusto FernándezEG 0,0 Marc VDSKalexa 17.027
942Marcos RamírezTennor American RacingKalexa 21.888
1016Joe RobertsTennor American RacingKalexa 22.951
1110Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalexa 24.969
1297Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalexa 26.206
1355Hafizh SyahrinKipin Energy Aspar Team Moto2Speed Upa 26.317
1445Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalexa 26.685
1524Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 26.899
1664Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 27.404
1711Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 30.319
1819Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalexa 30.707
1935Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 30.980
2023Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalexa 31.501
2127Fabio Di GiannantonioIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 47.953
2218Xavier CardelúsKipin Energy Aspar Team Moto2Speed Upa 48.375
2374Piotr BiesiekirskiNTS RW Racing GPNTSa 1’00.394
62Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 1 Volta
57Edgar PonsFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 2 Voltas
7Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalexa 6 Voltas
40Héctor GarzóFlexbox HP 40Kalexa 11 Voltas
72Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalexa 18 Voltas
12Thomas LuthiLiqui Moly Intact GPKalexa 21 Voltas
99Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalexa 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Classificação do GP de Teruel – Moto 2

Moto 2 era a última categoria a treinar e a correr. Vamos começar pela classificação do sábado, onde tinha muitos pilotos de frente disputando as 4 vagas da repescagem. Até a corrida passada líder do campeonato, Luca Marini vinha em um momento ruim, estava na repescagem e via seus adversários na disputa do título já garantidos no Q2 de forma direta.

Após 2 minutos de treino, somente Bo Bendsneyder não tinha entrado na pista. A 11:10 do final, Xavi Vierge marcou uma boa volta de 1:52.700, Não foi superado por ninguém na primeira tentativa, Nagashima, Dalla Porta e Luthi completavam a zona dos classificados.

Vierge baixou seu tempo na segunda tentativa e ficou na ponta até que Marcel Schrotter com 1:52.282 e Chantra com 1:52.326 superaram o piloto da Petronas e assumiram as 2 primeiras posições. Vierge cai para terceiro, Manzi subiu para 4º. A 8 minutos e 10 segundos do final, Nicolò Bulega marca o 5ºtempo.

Manzi estava em posição perigosa, tentou sua posição, mas só conseguiu melhorar seu tempo. O piloto da MV Agusta perderia sua vaga para o Holandês Bo Bendsneyder da NTS, que colocou sua moto na primeira posição, com 1:51.953. O primeiro a baixar da casa dos 1 minuto e 52 segundos. Luca Marini conseguiu uma boa volta e subiu para 3ªposição a 6 minutos do final. Depois disso, a classificação não se modificou até o final da sessão.

Bo Bendsneyder foi o mais rápido, surpreendente a NTS entrar no Q2. Marcel Schrotter da Intact GP, Luca Marini da VR46 e Stefano Manzi da MV Agusta foram os outros classificados. Testuta Nagashima e Thomas Luthi vão querer esquecer essa repescagem, os dois ficaram bem longe da zona de classificação.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
164Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’51.933
223Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalex1’52.123
310Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex1’52.210
462Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’52.279
535Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’52.326
655Hafizh SyahrinKipin Energy Aspar Team Moto2Speed Up1’52.333
711Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’52.433
897Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’52.479
919Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’52.528
1024Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’52.532
1145Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalex1’52.618
1212Thomas LuthiLiqui Moly Intact GPKalex1’52.888
1399Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalex1’53.027
1418Xavier CardelúsKipin Energy Aspar Team Moto2Speed Up1’53.234
1527Fabio Di GiannantonioIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’53.890
1674Piotr BiesiekirskiNTS RW Racing GPNTS1’54.398

Começou o Q2, os pilotos saíram para a pista em busca da pole. A se destacar o bom desempenho de Edgar Pons, 2ºlugar na soma dos treinos livres e melhorando seu desempenho no campeonato poderia aprontar em cima dos favoritos. Os primeiros a marcarem volta foram Jorge Navarro e Jake Dixon, com muita vantagem para o piloto da Petronas, mas Navarro é superado pelo Novato Marcos Ramirez a 10 minutos e meio do final.

10 segundos depois, Jorge Martin passa para 2º. Todos eles foram superado por um iluminado Sam Lowes, com 1:51.652 passou para a liderança. A 9 minutos do final, a classificação estava longe de terminar.

Remy Gardner sobe para segundo, mas Lowes baixa ainda mais seu tempo, com 1:51.296 e coloca praticamente a mão na pole position. Navarro recupera o segundo lugar na metade da classificação, com 1:51.512. Os outros candidatos a disputa pelo título não estavam muito bem. Bastianini vinha em7ºlugar e Marini vinha na 9ªposição.

A 4 minutos e meio do final, Fabio di Giannantonio marca o 4ºtempo e Bastianini melhora uma posição, subindo para 6ªposição.

Ninguém conseguiu tirar a pole das mãos de Lowes até o final da classificação. Quem tentou fazer isso foi Jorge Navarro que foi para o chão a menos de 2 minutos do término do Q2. O britânico conquista a pole position em um grande treino do vice-líder do campeonato. Larga junto de Lowes na primeira fila: Jorge Navarro da Speed UP (Que finalmente acertou a moto e esta com bons desempenhos como tinha em 2019) e Remy Gardner da SAG.

Fabio di Giannantonio disposto a se recuperar da queda na prova passada larga em 4º. O Espanhol Marcos Ramirez da American Racing conquista uma ótima 5ªposição, na frente do líder do campeonato, Enea Bastianini da Italtrans Racing, 6ºlugar na classificação e no grid de largada.

Na Terceira fila vão largar: Jake Dixon da Petronas, Hector Garzo da Pons e Augusto Fernandez da Marc VDS. Completando os 10 primeiros colocados, o surpreendente Bo Bendsneyder da NTS, se superando com todas as deficiências da sua moto e largando a frente de Luca Marini da VR46.

Fotos:

Grid de largada do GP de Teruel
12ªEtapa do Mundial de Motovelocidade

posPilotoEquipeMotoTempo
122Sam LowesEG 0,0 Marc VDSKalex1’51.296
29Jorge NavarroLightech Speed UpSpeed Up1’51.512
387Remy GardnerOnexox TKKR SAG TeamKalex1’51.711
421Fabio Di GiannantonioLightech Speed UpSpeed Up1’51.720
542Marcos RamírezTennor American RacingKalex1’51.721
633Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalex1’51.776
796Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’51.780
840Héctor GarzóFlexbox HP 40Kalex1’51.831
937Augusto FernándezEG 0,0 Marc VDSKalex1’51.839
1064Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’51.946
1110Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex1’51.958
1288Jorge MartínRed Bull KTM AjoKalex1’51.990
1316Joe RobertsTennor American RacingKalex1’52.007
1472Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’52.070
1557Edgar PonsFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’52.099
1623Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalex1’52.134
177Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalex1’52.255
1862Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’52.455
1935Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’52.326
2055Hafizh SyahrinKipin Energy Aspar Team Moto2Speed Up1’52.333
2111Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’52.433
2297Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’52.479
2319Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’52.528
2424Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’52.532
2545Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalex1’52.618
2612Thomas LuthiLiqui Moly Intact GPKalex1’52.888
2799Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalex1’53.027
2818Xavier CardelúsKipin Energy Aspar Team Moto2Speed Up1’53.234
2927Fabio Di GiannantonioIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’53.890
3074Piotr BiesiekirskiNTS RW Racing GPNTS1’54.398

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Sergio Garcia vence prova complicada em Valencia

A Moto 3 teve uma corrida complicada, Com 2 largadas, várias quedas e disputas pela vitória intensa. O Estreante Sergio Garcia terminou a temporada vencendo pela primeira vez da carreira.

Antes da largada, Canet teve problema e acabou tendo de largar das ultimas posições. Ele teve vazamento na moto do piloto da equipe de Max Biaggi, Por causa do vazamento de óleo, a largada teve de ser adiada por 15 minutos por causa do frio.

Na primeira largada, Migno não largou bem e Ramirez e Masia se alternaram na 1ªposição, Até que na curva 4, Masia caiu e deixou a prova. Ramirez abriu 7 décimos sobre Migno, Sergio Garcia, Filip Salac e Tatsuki Suzuki. Canet estava já em 20ºlugar, mas sua moto ainda estava vazando fluidos e acabou por provocar um enorme acidente. Niccolò Antonelli, Yakar Yurchenko, Jeremy Alcoba e Carlos Tatay foram ao chão, Mas o pior aconteceu com Dennis Foggia que bateu em uma das motos e pegou fogo a moto da VR46 e teve de ser hospitalizado, Mas não teve consequências mais serias para o piloto italiano.

A Bandeira vermelha foi acionada e os pilotos tiveram que voltar aos boxes e a prova foi encurtada para 15 voltas. Antonelli, Masia e Foggia não foram para a segunda largada. Canet voltou para a sua posição de origem, Fenati e Binder acabaram tendo de largar dos boxes.

Na segunda largada, Migno larga bem e manteve a liderança, seguido de Ramirez, Canet, Salac, Suzuki e Garcia. Mas logo isso iria mudar. Na segunda volta, Ramirez foi para a ponta e Suzuki passou a ser o segundo lugar. Albert Arenas e Darryn Binder foram os primeiros a caírem nesse seguimento de corrida. Mas foi na terceira volta, na curva 4 é que aconteceu um acidente que envolveu 4 pilotos. Lorenzo Dalla Porta caiu e acabou Tony Arbolino, John McPhee e Alonso Lopez foram para o chão, A prova estava mais esvaziada ao faltarem 12 voltas para o final e estava frio em Valencia.

Xavier Artigas começou a se destacar, largando do 16ºposição, O convidado já estava em 7ºlugar e era o mais rápida da pista naquele momento da prova.

Sergio Garcia e Marcos Ramirez disputavam a liderança, O Piloto da Estrella Galicia e o piloto da Leopard disputavam a vitória. Mas tinha que tomar cuidado com o Andrea Migno, Tatsuki Suzuki e Aron Canet e principalmente com Artigas, que já vinha no primeiro grupo.

Na 10ªVolta tudo muda e Xavier Artigas acaba passando Ramirez e passa para a liderança da corrida. Poderia o estreante vencer a corrida. Enquanto que Ramirez acabou caindo para o 7ºlugar, logo a frente de Canet. Artigas chegou a abrir vantagem para os demais e parecia que iria conseguir a vitória, Mas a 3 voltas do final, O jovem piloto da Leopard acabou errando e Suzuki aproveitou e passou a liderança, Só que abriu demais e caiu para o 4ºlugar. Sergio Garcia, Andrea Migno e Xavier Artigas ficaram nas 3 primeiras posições, Mas Tatsuki Suzuki não desistiu e foi para cima de Artigas.

Migno começou na volta final na liderança, Sergio Garcia estava na cola. Suzuki partiu para cima de Artigas e conseguiu passar para o 3ºlugar. Parecia que Migno iria conseguir sua primeira vitória, O Espanhol Sergio Garcia acabou na curva final superando o piloto da Mugen Race que levou o espanhol de 16 anos para a sua primeira vitória na prova de encerramento da temporada de 2019. Um grande final de ano para o estreante da Estrella Galicia (Apesar de que o título de Rookie para Celestino Vietti) que conseguiu 2 pódios nas 2 últimas corridas do ano. Andrea Migno ficou a 5 milésimos da 2ªvitória da carreira e acabou com o 2ºlugar.

Na curva final, Xavier Artigas superou Tatsuki Suzuki e acabou ficando com o 3ºlugar, Subindo para o pódio na sua 1ªcorrida no Mundial de Motovelocidade. Deixando mais uma vez Tatsuki Suzuki em 4ºlugar, Apesar do bom final de temporada, fica a frustação do pódio escapar mais uma vez das mãos do piloto Japonês.

Filip Salac teve seu melhor final de semana na Moto 3, O Estreante que começou o ano na parte de trás do Grid acabou ficando com um brilhante 5ºlugar. Aron Canet acabou em 6ºlugar e conseguiu segurar o vice-campeonato da Moto 3, Ficando na frente de Marcos Ramirez que chegou a liderar a prova na parte inicial da prova.

Celestino Vietti chegou em 8ºlugar e acabou conquistando o título de Rookie da temporada de 2019. O Casaque Makar Yurchenko da BOE Skull e Ai Ogura da Honda Team Asia completaram os 10 primeiros colocados. Na cerimonia de premiação amanhã, Lorenzo Dalla Porta, Aron Canet, Marcos Ramirez e Celestino Vietti vão receber suas premiações.

Fotos:

Resultado final da última etapa do Mundial de Motovelocidade
Moto 3 – GP de Valencia

pospilotoequipemototempo
111Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda25’17.918
216Andrea MignoMugen RaceKTMa 0.005
34Xavier ArtigasLeopard Impala Junior TeamHondaa 0.180
424Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 0.246
512Filip SalacRedox PruestelGPKTMa 0.328
644Aròn CanetSterilgarda Max Racing TeamKTMa 3.016
742Marcos RamírezLeopard RacingHondaa 3.032
813Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 9.666
976Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 9.747
1079Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 9.859
1182Stefano NepaReale Avintia Arizona 77KTMa 9.975
1261Can ÖncüRed Bull KTM AjoKTMa 10.223
1327Kaito TobaHonda Team AsiaHondaa 10.537
1454Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Hondaa 10.712
1584Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTMa 12.661
1622Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 14.116
1755Romano FenatiVNE SnipersHondaa 17.669
1869Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTMa 31.008
1971Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHondaa 43.939
2075Albert ArenasValresa Angel Nieto TeamKTMa 1 Volta
2148Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHondaa 3 Voltas
21Alonso LópezEstrella Galicia 0,0Hondaa 6 Voltas
25Raúl FernándezValresa Angel Nieto TeamKTMa 9 Voltas
14Tony ArbolinoVNE SnipersHondaa 12 Voltas
17John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 12 Voltas
40Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 13 Voltas
5Jaume MasiáMugen RaceKTMnão fez a segunda largada
99Carlos TatayFundacion Andreas Perez 77KTMnão fez a segunda largada
23Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondanão fez a segunda largada
52Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Hondanão fez a segunda largada
7Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTMnão fez a segunda largada

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP