Tony Arbolino conquista 1ªvitória em Mugello

O Italiano Tony Arbolino sempre mostrou muita velocidade desde de 2018 na moto 3. Depois de belas corridas, nem sempre compensadas com grandes resultados finalmente conseguiu sua primeira vitória no Mundial de Motovelocidade. Foi uma corrida bem disputada, com um enorme pelotão disputando os primeiros lugares e com um final emocionante.

Na Largada, Gabriel Rodrigo foi melhor que Tony Arbolino passando a liderança. Porém, o piloto da Snipers se aproveitou da espalhada do piloto Argentino para voltar à ponta. O Italiano Lorenzo Dalla Porta se destacou desde da segunda parte da primeira volta, Passou primeiro Tatsuki Suzuki, Depois passou Gabriel Rodrigo e finalmente passou Arbolino e assumiu a liderança no final da primeira volta, começo da segunda volta. Liderando um grupo de 9 pilotos que brigavam pela ponta.

A Longa reta acabava fazendo com que até 3 pilotos assumissem a liderança em uma só reta. Na curva 10 da terceira curva, Suzuki passou para a liderança em cima de Arbolino. Na 4ªvolta, Gabriel Rodrigo cai e abandona a prova. Após 6 corridas ele estava muito longe dos primeiros lugares, com a moto campeã do Mundo de 2018 com Jorge Martin.

Lorenzo Dalla Porta chegou a liderar a corrida, com uma pequena vantagem para Darryn Binder, Tony Arbolino, Tatsuki Suzuki e John McPhee. O pequeno grupo abriu 1 segundo de diferença para Alonso Lopez, que liderava o segundo pelotão.

Na 8ªVolta, Binder chegou a passar na frente por alguns momentos, Mas Dalla Porta voltou a ponta e abriu pequena vantagem para Arbolino e Suzuki disputando o 2ºlugar que superaram Binder. Na curva 10, Suzuki passou para o segundo lugar.

Arbolino e Dalla Porta disputam na liderança na 9ªvolta, Com vantagem para o piloto da Snipers na liderança, Curvas depois, O piloto da Leopard voltou a ponta. Binder tentou a liderança, Foi com tudo para cima do Dalla Porta, Mas acabou recuando para o 3ºlugar. O piloto da Leopard fazia uma grande corrida, resistindo à maioria dos ataques dos seus adversários.

Suzuki na 12ªVolta ultrapassou o piloto Italiano, levando a moto da SIC58 a liderança da Prova, O Japonês permaneceu por 2 voltas. No começo da 14ªVolta, Lorenzo Dalla Porta passou Binder e Suzuki para voltar a liderança. O Tcheco Filip Salac foi punido e teve de cumprir a punição da Volta Longa.

A 7 Voltas do final, Dalla Porta era o líder, Com Suzuki, Binder, Arbolino, Foggia e Canet. O líder do campeonato estava em uma corrida discreta, Tentando garantir a liderança do campeonato. Na volta seguinte, Arbolino voltou a liderar a prova. Porém foi por pouco tempo, Novamente Dalla Porta voltou a liderança e Darryn Binder foi para cima do piloto da Spiners e acabou levando a melhor, Assumindo o segundo lugar. No final da 16ªVolta, Romano Fenati e Andrea Migno foram para o chão e deixaram a corrida, Na 17ªVolta, Na curva 5, Dois japoneses foram para o chão ao mesmo tempo: Toba e Sasaki.

A poucas voltas do final, Niccolò Antonelli que largou em 18ºlugar (Punido com a perda de 12 posições) passou para a liderança, Mas logo foi engolido pelo pelotão da frente. Dalla Porta volta a liderança, Com Arbolino em 2ºlugar seguido de Antonelli, McPhee, Suzuki, Foggia, Masia e Canet. Na entrada da penúltima volta, Quase tivemos 4 pilotos brigando pelo 4ºlugar lado a lado.

A 1 volta e meia do Final, Arbolino perde posições e fica longe da liderança. Parecia carta fora do baralho. Foi ai que Arbolino deu sua arrancada rumo a vitória. No final da penúltima volta, Suzuki liderava com Dalla Porta em 2º. Foi dai que Arbolino se aproveitou da reta e na curva 2, aproveitou a brecha que Masia, Dalla Porta e Antonelli deixaram para assumir a liderança.

Nas curvas seguintes, Um discreto Jaume Masia foi a liderança, Ele permaneceu na liderança até chegar a reta. Foi na reta que Tony Arbolino acabou superando Masia e acabou conquistando a primeira vitória da categoria. O piloto da Spiners superou o Também italiano Lorenzo Dalla Porta, Que fez uma corrida estupenda e acabou a prova em 2ºlugar e se aproximou da luta pelo título. Jaume Masia completou o pódio. O piloto da Bester fez uma corrida discreta e que atacou na hora certa, Por muito pouco não conquistou a vitória.

Niccolò Antonelli, Largando do 18ºlugar levou sua moto da SIC58 ao 4ºlugar. Com os resultados de Mugello: Canet que ficou em 7ºlugar esta na liderança, Com Dalla Porta a 3 pontos do líder e Antonelli na terceira posição, com 13 pontos a menos. O Espanhol da Equipe de Max Biaggi fez uma corrida para manter a sua liderança do campeonato, O que foi conseguido com a modesta 7ªposição. Atrás de Dennis Foggia da VR46 e pelo Escocês John McPhee da Petronas.

Completando os 10 primeiros colocados, O Japonês Tatsuki Suzuki da SIC58, Celestino Vietti da VR46 e Darryn Binder que chegou a brigar pela vitória, Mas acabou ficando para trás, Na 10ªposição.

Dia 17 de Junho, teremos a etapa da Catalunha do Mundial de Motovelocidade , 7ªEtapa do campeonato. Certamente teremos mais um duelo sensacional pela vitória na segunda corrida em solo espanhol na temporada.

Fotos:

Resultado final do GP da Itália – Moto 3

PosPilotoEquipeMotoTempo
114Tony ArbolinoVNE SnipersHonda39’29.874
248Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHondaa 0.029
35Jaume MasiaBester Capital DubaiKTMa 0.078
423Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 0.156
57Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTMa 0.267
617John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 0.403
744Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTMa 0.559
824Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 0.595
913Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 1.566
1040Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 1.597
1125Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 2.519
1275Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 2.554
1311Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 2.578
1484Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTMa 22.830
1576Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 26.669
1631Gerry SalimHonda Team AsiaHondaa 26.745
176Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 26.777
1861Can OncuRed Bull KTM AjoKTMa 26.779
1977Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTMa 26.873
2012Filip SalacRedox PruestelGPKTMa 29.782
2154Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Hondaa 51.331
OUT71Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHondaa 4 Voltas
OUT27Kaito TobaHonda Team AsiaHondaa 4 Voltas
OUT16Andrea MignoBester Capital DubaiKTMa 5 Voltas
OUT55Romano FenatiVNE SnipersHondaa 5 Voltas
OUT42Marcos RamirezLeopard RacingHondaa 9 Voltas
OUT69Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTMa 11 Voltas
OUT21Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Hondaa 13 Voltas
OUT3Kevin ZannoniRGR TM Official TeamTMa 13 Voltas
OUT19Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Hondaa 17 Voltas
OUT22Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 18 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Petrucci segura Marquez e conquista primeira vitória na MotoGP

Após 124 largada e por ter passado por equipes CRT em 2012 como a Ioda e por ter andado tanto tempo pela Pramac, vendo as possibilidades de vitória escaparem diante dos seus dedos. Final o Italiano Danilo Petrucci alcança a sua primeira vitória da carreira. Em uma espetacular exibição no Circuito de Mugello, Segurando os ataques de Marc Marquez e de Andrea Dovizioso. Numa corrida excelente como o Mundial de Motovelocidade sabe proporcionar a todo o seu público.

Marquez manteve a liderança, Com uma excelente largada de dois pilotos. Dovizioso que saiu do 9ºlugar pulou para o 3ºlugar atrás de Cal Crutchlow que subiu para o 2º e Alex Rins subindo do 13ºlugar para o 5ºlugar. Do outro lado, Fabio Quartararo foi engolido pelo pelotão da frente caindo para o 9ºlugar e Franco Morbidelli perdendo 6 posições caindo para o 10ºlugar.

No final da primeira volta, Dovizioso e Petrucci passaram de uma vez Crutchlow e assumiram o 2º e 3ºlugares. Na segunda volta, Jack Miller entrou na briga, ultrapassando Crutchlow e Petrucci assumindo o 3ºlugar.

A se destacar o excelente começo de prova de Alex Rins, Em 3 voltas e meia. Ele passou para o terceiro lugar, Superando Jack Miller e Danilo Petrucci. A Suzuki não tinha potência, mas compensava com sua ciclística. (Na Qual considero a melhor ciclística entre as motos da MotoGP) Principalmente sua ultrapassagem sobre Miller, que se aproveitou da briga dele com Petrucci.

No começo da 5ªVolta, Petrucci e Miller devolveram Rins para o 5ºlugar. No final da 5ªVolta, Petrucci foi para cima de Dovi e realizou a ultrapassagem assumindo o 2ºlugar. O piloto da Ducati iria para cima de Marquez que não conseguia abrir do pelotão.

Na 6ªVolta, Petrucci passou Marquez, A Formiga Atômica acabou se desconcentrando e levou ultrapassagem de Dovizioso, Miller e Rins caindo para o 5ºlugar. As dificuldades de Marc Marquez não pararam por ai, Na Volta seguinte ele passou Rins na reta com facilidade, Mas quando foi passar Miller, Não encontrou nenhuma facilidade. O piloto da Pramac deu uma fechada e protegeu muito bem essa posição.

Os 5 primeiros colocados estavam muito juntos, Um pouco mais atrás vinha Crutchlow em 6ºlugar, O inglês liderava o pelotão que tinha Bagnaia, Nakagami e Quartararo. Eles estavam chegando na turma do pelotão de frente. Lá atrás, Valentino Rossi acabou indo ao chão, Depois de um péssimo treinamento e de ter se envolvido em confusão com Joan Mir, acabou Rossi tendo seu final de semana encerrado na caixa de brita de Mugello.

Rins superou Petrucci na parte das curvas. Porém nas retas, o espanhol não tinha potência e as Ducati conseguira superar a moto da Suzuki com facilidade. Apesar disso, Rins conseguiu a liderança passando Petrucci no final da 9ªvolta. Na Reta, Rins foi engolido pelas Ducati e pelo Marc Marquez. Nas Curvas Rins recupera muito bem, Supera Marquez e vai para cima de Petrucci e Dovizioso.

Na metade da corrida, Francesco Bagnaia que vinha na sua melhor corrida na MotoGP caiu e deixou a prova.

A 10 voltas do final, Marquez superou Dovizioso alcançando o segundo lugar. Petrucci, Marquez, Dovizioso e Rins juntos com Miller um pouquinho afastado da turma em 5º. Crutchlow em 6º, sofria pressão de Nakagami. Enquanto isso Syarhin foi para o chão no final da 14ªVolta.

Marquez buscou o vácuo para tentar superar Petrucci que queria de qualquer jeito a vitória e estava decidido a vencer. Nakagami passou Crutchlow e subiu para o 6ºlugar (O Japonês corre com a Honda de 2018 e o inglês corre com a Honda de 2019). A 8 voltas do final, Jack Miller vai ao chão e abandona a prova.

Marquez tentou baixar a diferença para poder atacar Petrucci usando o vácuo. Ele conseguiu isso, Mas a potência da Ducati era muito forte e impossibilitava a Formiga Atômica de retomar a liderança. A 4 voltas do final, Dovizioso passou Petrucci e volta a liderança. Naquela altura da prova Dovi sairia de Mugello na liderança do Mundial por 1 ponto em relação a Marquez. Só que Petrucci voltou a liderança, Estava decidido a vencer de qualquer maneira.

Na volta final, Marquez pegou todo o vácuo possível e acabou superando os dois pilotos da Ducati, Na curva um, Dovi e Marquez abriram um pouco na curva, Foi ai que Petrucci se aproveitou e passou ambos. Marquez foi feito doido para superar Petrucci, Mas não tinha jeito. O dia era mesmo de Danilo Petrucci. Após 124 corridas, ele finalmente viu a linha de chegada na frente. Foi a sua primeira vitória e praticamente a consolidação do seu bom trabalho na Ducati até agora.

Marc Marquez acabou com o segundo lugar e agora esta com o jejum de 5 anos sem vencer em Mugello. Mesmo assim sai na liderança do Mundial, Agora com 12 pontos de frente para Andrea Dovizioso, que poderia também ter vencido a prova, por alguns detalhes ficou com o 3ºlugar. Alex Rins fez mais do que poderia se imaginar, Terminando a prova em 4ºlugar com uma Suzuki sem potência, Mas compensando tudo isso na parte das curvas e da sua ciclística.

O Japonês Takaagi Nakagami fez uma corridaça, Um 5ºlugar que acabou não só sendo seu melhor resultado como sua melhor atuação na MotoGP. A frente de Marevick Viñales, Salvando um 6ºlugar para a Yamaha. É muito pouco para quem tem pilotos do Nivel de Rossi e do próprio Viñales.

O Convidado Michele Pirro mostrou sua coragem em Mugello e acabou sendo compensado com o 7ºlugar. O piloto de Testes da Ducati voltou ao circuito italiano após um gravíssimo acidente no ano passado. Cal Crutchlow teve uma atuação decepcionante, Perdendo para seu companheiro de equipe (com equipamento inferior) ficando em 8ºlugar. Completando os 10 primeiros colocados vieram: Pol Espargaró com sua KTM e Fabio Quartararo da Yamaha Petronas. Após o segundo lugar no Grid de largada o que se pode dizer da atuação do francês é que foi uma tragédia.

Aleix Espargaró de Aprilla ficou em 11ºlugar. Joan Mir acabou muito longe de Alex Rins em 12º, Acho que foi cedo demais a entrada dele na MotoGP visto o seu desempenho até agora.

Jorge Lorenzo em mais uma atuação lamentável acabou a prova em uma triste 13ªposição. Não seria a hora de Lorenzo tentar voltar a Yamaha e tentar reconquistar o seu espaço ou então, Admitir que não tem mais capacidade de correr na MotoGP e partir ao Super Bike ou se aposentar.  Karel Abraham e Andrea Iannone completaram a zona de Pontuação.

Daqui a duas semanas, O Circuito da Catalunha voltara a receber um evento importante. Dessa vez com a 7ªEtapa do Mundial de Motovelocidade. Um campeonato que vem disputado e agora conta com um novo personagem entre os grandes pilotos. Parabéns Petrucci!

Fotos:

Resultado final do GP da Itália
Mundial de Motovelocidade – MotoGP

PosPilotoEquipeMotoTempo
19Danilo PetrucciMission Winnow DucatiDucati41’33.794
293Marc MarquezRepsol Honda TeamHondaa 0.043
34Andrea DoviziosoMission Winnow DucatiDucatia 0.338
442Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 0.535
530Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 6.535
612Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 7.481
751Michele PirroMission Winnow DucatiDucatia 13.288
835Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 13.937
944Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 16.533
1020Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamahaa 17.994
1141Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 20.523
1236Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 20.544
1399Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHondaa 20.813
1417Karel AbrahamReale Avintia RacingDucatia 27.298
1529Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniApriliaa 28.051
1688Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 30.101
175Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTMa 41.857
x43Jack MillerPramac RacingDucatia 8 Voltas
x63Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 12 Voltas
x55Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTMa 14 Voltas
x46Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 16 Voltas
x21Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 18 Voltas
x53Tito RabatReale Avintia RacingDucatia 23 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Arbolino em volta única massacrante fica com a pole em Mugello

O Italiano Tony Arbolino da Rivacold acabou precisando de apenas uma volta válida para conquistar a pole position. Sua volta aterrorizou a todos, Foi marcado depois do Cronometro zerado, Quanto todos acharam que Gabriel Rodrigo conseguiria sair na ponta.

No Q1, O treino começou devagar, lentamente para a pista, Um dos primeiros a entrar na pista era Kevin Zannoni da TM. A Marca fazia a segunda corrida na história dela no Mundial de Motovelocidade.

Oncu e Zannoni fizeram as primeiras voltas, Com vantagem de 4 décimos para o piloto Turco da KTM. O Resto da cambada de pilotos marcaram suas primeiras voltas depois de 1 minuto. O piloto Raul Fernandez passou a liderança com 1:59.154. Liderança que durou 20 segundos, O Italiano Zannoni levou ao limite sua TM para marcar o primeiro tempo, Baixando da casa dos 1:58 segundos (1:58.764). Fernandez, Kornfeil e Oncu estavam classificados a 7 minutos do final do Q1.

Marcus Raimrez e Ayumi Sasaki fizeram uma segunda volta para entrarem entre os 4 primeiros, Mas quem conseguiu entrar foi Darryn Binder com o 4ºtempo. Empolgado com o desempenho, Ele partiu para uma nova volta e subiu para o terceiro lugar, Mas segundos depois foi derrubado por Marcos Ramirez com 1:57.972, Ayumi Sasaki com 1:58.235 e de Ricardo Rossi com 1:58.281 (Acabou perdendo a volta por passar do ponto em uma das curvas). Empurrando Binder e Zannoni para fora dos 4 primeiros colocados.

A 3 minutos do final era difícil prever quem estaria classificados. Com mais de 10 pilotos no mesmo pelotão, pegando o vácuo do piloto da frente. Todos eles tentando melhorar suas voltas. As voltas atrapalhadas eram consequência do Transito de motos. Acabaram classificados para o Q2 os pilotos Raul Fernandez que vinha em 7ºlugar, Marcos Ramirez, Darryn Binder e Andrea Migno.

Classificação do Q1:

PosPilotoEquipeMotoTempo
125Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’57.792
242Marcos RamirezLeopard RacingHonda1’57.972
340Darryn BinderCIP Green PowerKTM1’58.030
416Andrea MignoBester Capital DubaiKTM1’58.073
571Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHonda1’58.235
684Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTM1’58.282
722Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’58.471
875Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’58.496
976Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’58.714
1061Can OncuRed Bull KTM AjoKTM1’58.716
113Kevin ZannoniRGR TM Official TeamTM1’58.764
126Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’58.925
1331Gerry SalimHonda Team AsiaHonda1’58.988
1477Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTM1’59.182
1512Filip SalacRedox PruestelGPKTM1’59.897
1669Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTM2’00.708
1754Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Honda2’05.155

A parte final começou com domínio dos pilotos da equipe Sic 58, Tatsuki Suzuki marcou o melhor tempo com Niccolò Antonelli na segunda posição e Rodrigo vinha em 3ºlugar. Quem ficou sem sua volta rápida foi Tony Arbolino. O Italiano marcou o primeiro tempo, Mas perdeu a volta por ultrapassar o limite da pista. Se companheiro de equipe subiu para o terceiro lugar na metade da classificação.

A 4 Minutos do final, A maioria da turma saiu da pista. Os pilotos ficaram esperando um sair para todos os outros também saírem para pegarem o vácuo um do outro para melhorarem suas marcas.

A Menos de 2 minutos do final, Gabriel Rodrigo da Gresini marcou uma belíssima volta, Com 1:57.080 parecia que a pole position estaria garantida para o piloto Argentino. Todos os outros pilotos não conseguiram nas parciais melhorar o tempo do pole, Com Exceção de Tony Arbolino. Era tudo ou nada para o piloto da Rivacold e ele fez todas as melhores parciais da Classificação e destroçou a todos, Com 1:56.407 ele colocou 673 Milésimos de frente para Rodrigo e 869 Milésimos para Lorenzo Dalla Porta, que acabou no final conseguindo uma vaga na primeira fila do Grid.

Na segunda fila vão largar Andrea Migno da Bester, Tatsuki Suzuki e Niccolò Antonelli da Sic 58. Completando os 10 primeiros colocados do Grid: Fenati, Toba, Ramirez e Canet. O líder do campeonato Larga na 10ªposição.

Fotos:

Grid de largada – GP da Itália – Moto 3

PosPilotoEquipeMotoTempo
114Tony ArbolinoVNE SnipersHonda1’56.407
219Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda1’57.080
348Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHonda1’57.276
416Andrea MignoBester Capital DubaiKTM1’57.438
524Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’57.453
623Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHonda1’57.455
755Romano FenatiVNE SnipersHonda1’57.525
827Kaito TobaHonda Team AsiaHonda1’57.533
942Marcos RamirezLeopard RacingHonda1’57.551
1044Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTM1’57.575
1121Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Honda1’57.626
125Jaume MasiaBester Capital DubaiKTM1’57.733
137Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTM1’57.911
1440Darryn BinderCIP Green PowerKTM1’58.007
1525Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’58.028
1611Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda1’58.031
1713Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’58.099
1817John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’58.122
1971Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHonda1’58.235
2084Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTM1’58.282
2122Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’58.471
2275Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’58.496
2376Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’58.714
2461Can OncuRed Bull KTM AjoKTM1’58.716
253Kevin ZannoniRGR TM Official TeamTM1’58.764
266Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’58.925
2731Gerry SalimHonda Team AsiaHonda1’58.988
2877Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTM1’59.182
2912Filip SalacRedox PruestelGPKTM1’59.897
3069Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTM2’00.708
3154Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Honda2’05.155

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Marquez toma pole de Quartararo no último momento em Mugello

Os adversários de Marc Marquez são muito determinados para tirar ele do Trono. Fazem de tudo, Mudam estilo de pilotagem, tentam as mais variadas estratégias, Fazem tudo que é possível. Só que Marquez no final consegue transformar todo esse esforço em pó. Foi o que mais uma vez aconteceu hoje. A Formiga atômica conquistou a pole position no circuito de Mugello, para o GP da Itália. Superando no final o francês Fabio Quartararo, que faz uma excelente temporada e fez um excelente treino.

A Classificação no Q1 teve vários pilotos fortes na disputa por 2 vagas. Valentino Rossi, Jorge Lorenzo, Alex Rins e Andrea Dovizioso. Porém, Quem brilhou no começo foi o Piloto de Testes da Ducati Michele Pirro, Ele sofreu um terrível acidente no ano passado e parece que isso não tirou a coragem dele acelerar na rápida pista de Mugello e muito menos na grande reta dos boxes. Ele marcou o melhor tempo na primeira parte da Classificação, Com Alex Rins na segunda posição e Aleix Espargaró em 3ºlugar.

Andrea Dovizioso Tentou uma volta rápida, Como vice líder do campeonato o Italiano precisava passar para o Q2, Mas não conseguiu um tempo melhor que o 3ºlugar. Na metade da classificação, Pirro e Rins estavam classificando para o Q2. Dovizioso vinha em 3º, Aleix Espargaro na 4ª e uma  surpresa, Karel Abraham estava na 5ªposição e vinha a frente de Lorenzo e de Rossi a 6 minutos do final.

Os pilotos foram para as suas últimas tentativas. Dovizioso estava no puro desespero, precisava fazer a volta para passar ao Q2, Na sua primeira tentativa não conseguiu, Ele vinha com Esteve Rabat na sua cola. Dovi ainda tinha mais uma chance de fazer a volta. Dessa vez ele aproveita e acabou fazendo a melhor marca, Com 5 milésimos a frente de Michele Pirro. Os dois pilotos da Equipe Ducati se classificaram para o Q2. Alex Rins acabou ficando de fora do Q2 e vai largar em 13ºlugar. Esteve Rabat se aproveitou do vácuo de Dovizioso e acabou com uma boa 4ªposição.

Enquanto isso Valentino Rossi em 7º e Jorge Lorenzo em 8ºlugar ficaram longe demais do Q2, Os dois terão muito trabalho largando na 6ªFila. O Italiano Andrea Iannone ficou em último lugar e mostra cada vez mais e mais que esta longe de ser um piloto da principal categoria Mundial.

Classificação do Q1:

PosPilotoEquipeMotoTempo
14Andrea DoviziosoMission Winnow DucatiDucati1’46.278
251Michele PirroMission Winnow DucatiDucati1’46.283
342Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’46.539
453Tito RabatReale Avintia RacingDucati1’46.678
541Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’46.899
617Karel AbrahamReale Avintia RacingDucati1’47.028
799Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHonda1’47.135
846Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’47.184
95Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTM1’47.394
1036Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’47.519
1155Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTM1’48.222
1288Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’48.235
1329Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniAprilia1’48.303

No Q2, Os dois pilotos da Ducati se juntaram aos outros 10 pilotos para a fase final da Classificação. Marquez desde dos primeiros momentos do Q2 luta por cada espaço para conquistar a pole. Isso valeu muito, com 1:46.291 ele assume a liderança, Com Jack Miller e Michele Pirro logo atrás. Só que o Francês Fabio Quartararo voou baixo para colocar sua Yamaha da equipe Petronas a casa do 1:45 e passar para a liderança a 10 minutos do final.

Marevick Viñales subiu para o 3ºlugar e na volta seguinte passou para a segunda posição, Com duas Yamahas nas duas primeiras posições, Marquez precisava voltar a pista para recuperar a pole. Quem vinha em maus lençóis era Andrea Dovizioso, que vinha em uma patética 12ªposição, A 1.4 segundos do primeiro lugar.

Na Reta final, Miller fez as duas parciais muito boas, Mas perdeu um pouco no final e acabou fazendo o 2ºtempo, Que segundos depois foi tomado pelo Italiano Danilo Petrucci e com Franco Morbidelli subindo na classificação, Marquez caiu para o 6ºlugar.

O líder do Campeonato foi para a sua volta final a Fim de desbancar Quartararo que também estava na sua última volta rápida. Tanto Marquez como Quartararo estavam com parciais melhores, A Decisão seria apertada. No final, Marquez marcou 1:45.519 e Quartararo marcou 1:45.733. Isso sacramentou mais uma pole position para o piloto da Honda. Apesar da Força do piloto Francês, Será bem difícil tirar a vitória das mãos de Marc Marquez.

Quartararo com a Yamaha Petronas larga em 2º e Danilo Petrucci com a Ducati larga em 3ºlugar, Bem melhor do que Andrea Dovizioso, Apesar dele ter conseguido passar para o Q2 seu desempenho foi bem fraco na disputa da pole, e o vice-líder do campeonato só vai largar em 9ºlugar, fechando a 3ªFila.

Na Segunda fila largam Franco Morbidelli com a outra moto da Yamaha Petronas, O Rápido Australiano Jack Miller da Pramac, (Com a bela pintura preta e Amarela) O Inglês Cal Crutchlow com a LCR Honda.

Espanhol Marevick Viñales com a Yamaha oficial abre a 3ªFila. O Espanhol esta sobre muita pressão e já começa a ter algumas especulações de que Quartararo pode ser promovido para a equipe oficial. Francesco Bagnaia larga em 8º, Mesmo a Ducati de 2018 ainda é bem competitiva, Ainda mais com uma mista rápida como é o circuito italiano. Andrea Dovizioso fecha a 3ªFila. Completando os 12 primeiros colocados, Takaagi Nakagami da LCR Honda de 2018, Pol Espargaró com sua KTM  e Michele Pirro que ficou em 12ºlugar.

Amanhã. As 6 da manhã começa a programação do Mundial de Motovelocidade, Com a Etapa da Moto 3, As 7 e 20 da manhã teremos a prova da Moto 2 e as 9 da Manhã a prova da categoria principal, Possivelmente para vemos a 4ªVitória na temporada.

Fotos:

Grid de Largada do GP da Itália – MotoGP

PosPilotoEquipeMotoTempo
193Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’45.519
220Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha1’45.733
39Danilo PetrucciMission Winnow DucatiDucati1’45.881
421Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’45.959
543Jack MillerPramac RacingDucati1’46.029
635Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’46.079
712Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’46.181
863Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’46.260
94Andrea DoviziosoMission Winnow DucatiDucati1’46.293
1030Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’46.387
1144Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’46.433
1251Michele PirroMission Winnow DucatiDucati1’46.638
1342Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’46.539
1453Tito RabatReale Avintia RacingDucati1’46.678
1541Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’46.899
1617Karel AbrahamReale Avintia RacingDucati1’47.028
1799Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHonda1’47.135
1846Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’47.184
195Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTM1’47.394
2036Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’47.519
2155Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTM1’48.222
2288Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’48.235
2329Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniAprilia1’48.303

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

McPhee sobrevive as quedas, resiste aos ataques de Dalla Porta e vence em Le Mans

Com pista escorregadia e tempo bem frio, A prova da Moto 3 foi um festival de quedas e de boas disputas pela vitória. Após muita briga, O pole position John McPhee conseguiu se segurou na pista e acabou conquistando a vitória.

Na largada, McPhee largou bem, Mas Tony Arbolino chegou a ameaçar a ponta do piloto escocês, Mas o que marcou a primeira volta foi a queda de Ai Ogura que foi ao chão e sua moto acabou voltando para a pista e por muita sorte e habilidade dos outros pilotos acabou que nenhum deles atingiu a moto.

Tatsuki Suzuki assumiu a liderança, Ficando o tempo inteiro na frente do pelotão na primeira parte da prova, Com Gabriel Rodrigo, Tony Arbolino, Lorenzo Dalla Porta, John McPhee e Aron Canet. A se destacar o belo desempenho de Andrea Migno e de Aron Canet que eram as solitárias KTM em meio do pelotão inteiro da Honda.

Suzuki liderou até a 13ªvolta, Quando Lorenzo Dalla Porta foi o primeiro a desafiar o Japonês pela liderança, apesar do piloto da Leopard ter conseguido a ultrapassagem, Suzuki acabou dando o troco curvas depois. Todo o primeiro pelotão estava a caça de Suzuki que tentava abrir diferença.

Jaume Masia acabou cortando curva e foi punido em 2.2 segundos. Era um final de semana bem ruim para o piloto da Bester.

A 8 Voltas do final , Suzuki sentiu a pressão do pelotão e acabou perdendo 3 posições, caindo para o 4ºlugar. Porém, Na volta seguinte voltou a ponta e depois foi superado Por McPhee e Dalla Porta.

A SIC58 acabou perdendo seus dois pilotos em poucos minutos. A 8 voltas do final, Antonelli foi ao chão. Duas voltas depois, Suzuki foi para o Chão e levou com ele Tony Arbolino. Nas voltas finais, Vários pilotos foram para o chão. Claro que com a pista em condições difíceis e com o frio era obvio que isso poderia acontecer.

A Briga pela vitória acabou sendo praticamente uma disputa em particular entre John McPhee e Lorenzo Dalla Porta. A 3 Voltas do final, Dalla Porta passou para a liderança. Quem vinha chegando nos 2 primeiros eram Andrea Migno vinha em 3º, Aron Canet e Kaito Toba. O Japonês passou de forma linda o líder do campeonato a menos de 3 voltas do final e depois os dois passaram o piloto da Bester que restou na corrida.

Toba chegou a superar Dalla Porta que conseguiu recuperar o segundo lugar, Na entrada da última volta o Piloto da Leopard passou o piloto da Petronas. Dalla Porta ficou na liderança, Até que na curva 9, O Escocês foi para cima e acabou ultrapassando Dalla Porta a curvas do final. A 3 curvas do final, Aron Canet arriscou tudo para ultrapassar Kaito Toba para levar o pódio.

O Escocês John McPhee venceu a prova, E mostrou que pode ser ainda um piloto competitivo na Moto 3, Pulando para o 9ºlugar no campeonato. O Italiano Lorenzo Dalla Porta chegou logo atrás de McPhee em 2ºlugar. Com esse resultado, O Italiano passou Antonelli e assume a vice-liderança a 14 pontos de Canet. Por falar no líder do campeonato, Ele fechou o pódio e por sorte acabou não sendo punido. Por ter jogado duro com Toba, Poderia sim rolar uma punição a ele.

Gabriel Rodrigo em uma corrida bem discreta ficou em 4ºlugar e ainda não subiu ao pódio em 2019. Andrea Migno ficou em 5ºlugar com sua Bester. Apesar do melhor resultado, Não foi tão brilhante como o Japonês Kaito Toba que chegou a sonhar com a vitória, Mas ele acabou sendo prejudicado pela manobra exagerada de Canet e acabou ficando com o 6ºlugar. Uma pena, Mas pelo menos Toba esta em 4ºlugar no campeonato.

Celestino Vietti acabou em um honroso 7ºlugar, Seguido de Kazuki Masaki em seu melhor resultado do ano. Aliás a BOE Skull teve seu melhor final de semana, com os primeiros pontos de Makar Yurchenko. (Terminando a prova em 13ºlugar) Completando os 10 primeiros vieram o Tcheco Jakub Kornfeil e o Espanhol Raul Fernandes da Aspar Martinez. O Vencedor do ano passado, Albert Arenas ficou em um modesto 11ºlugar.

Filip Salac, Se aproveitou bem das quedas de seus adversários e conquistou seu primeiro ponto do ano, Com o 15ºlugar. Daqui a 2 semanas teremos a etapa de Mugello, Será mais um belo duelo pela ponta do mundial, Que esta nas mãos do Canet “O Cerebral”.

Fotos:

Resultado final do GP da França
Mundial de Motovelocidade – Moto 3

PosPilotoEquipeMotoTempo
117John McPheePetronas Sprinta RacingHonda37’48.689
248Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHondaa 0.106
344Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTMa 0.757
419Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Hondaa 0.978
516Andrea MignoBester Capital DubaiKTMa 1.201
627Kaito TobaHonda Team AsiaHondaa 1.410
713Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 1.451
822Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 1.636
984Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTMa 1.848
1025Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 2.049
1175Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 2.663
125Jaume MasiaBester Capital DubaiKTMa 3.748
1376Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 11.812
1471Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHondaa 11.896
1512Filip SalacRedox PruestelGPKTMa 30.511
1661Can OncuRed Bull KTM AjoKTMa 32.544
1769Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTMa 40.026
x7Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTMa 5 Voltas
x21Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Hondaa 5 Voltas
x24Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 5 Voltas
x14Tony ArbolinoVNE SnipersHondaa 6 Voltas
x77Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTMa 7 Voltas
x23Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 8 Voltas
x55Romano FenatiVNE SnipersHondaa 13 Voltas
x42Marcos RamirezLeopard RacingHondaa 15 Voltas
x54Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Hondaa 16 Voltas
x40Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 21 Voltas
x79Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 24 Voltas
x11Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 24 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP