Moto E – Eric Granado conquista a pole position em Valencia

O Brasileiro Eric Granado em grande volta, se sentindo a vontade em Valencia acabou conquistando a pole position da prova das duas corridas (Da prova de sábado no final da programação do mundial de Motovelocidade e no começo do domingo no começo da programação do domingo)

Maria Herreira, Nico Terol e Kenny Forey foram os primeiros a entrarem na pista, Mas não obtiveram boas marcas. O Suíço Jesko Raffin foi o primeiro que andou muito forte e acabou marcando a melhor marca, de longe em cima dos adversários que entraram na pista.

A liderança do piloto da Dynavolt não foi ameaçada por um bom tempo. Até que Xavier Simeon fez uma bela volta, Mas acabou no final ficando a 2 décimos na segunda posição. O espanhol Hector Garzo também fez uma bela volta e ficou a 1 décimo da volta de Raffin.

Parecia que a pole iria ficar com o piloto suíço, Até que Granado veio para a pista e parcial a parcial derrubou o tempo de Raffin. Ao final da volta, O piloto da Avintia colocou 666 milésimos de frente para o piloto da Dynavolt. A pole estava muito próximo do Brasileiro, Mas tinha outros dois pilotos ainda para entrar.

O Líder do campeonato Matteo Ferrari e o Inglês Bradley Smith fizeram belas voltas, Mas não conseguiram superar Granado, que leva a pole position para as 2 últimas corridas da Copa do Mundo da Moto e. É a primeira pole position de um piloto brasileiro desde de Alexandre Barros, no GP de Portugal de 2005.

O piloto Matteo Ferrari larga em 2ºlugar e pode ser o campeão no sábado, caso consiga ficar a mais de 25 pontos do segundo lugar. Ele esta com uma liderança folgada sobre seu mais próximo adversário, O espanhol Hector Garzo. Completando a primeira fila, larga o Inglês Bradley Smith. Jesko Raffin vai abrir a segunda fila que vai ter o Vice-líder do campeonato Hector Garzo e o companheiro de Eric Granado, O Belga Xavier Simeon.

Fotos:

Grid de largada da Moto e
5ª e 6ªEtapas – GP de Valencia

pospilotoEquipeMotoTempo
151Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergica1’40.615
211Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’40.956
338Bradley SmithOne Energy RacingEnergica1’41.196
42Jesko RaffinDynavolt Intact GPEnergica1’41.281
54Hector GarzoTech 3 E-RacingEnergica1’41.390
610Xavier SimeonAvintia Esponsorama RacingEnergica1’41.473
77Niccolo CanepaLCR E-TeamEnergica1’42.042
815Sete GibernauJoin Contract Pons 40Energica1’42.119
95Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergica1’42.226
1016Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergica1’42.408
1132Lorenzo SavadoriTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’42.458
1263Mike di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergica1’42.600
1327Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergica1’42.882
1418Nicolas TerolOpenBank Ángel Nieto TeamEnergica1’43.196
156Maria HerreraOpenBank Ángel Nieto TeamEnergica1’43.481
1614Randy de PunietLCR E-TeamEnergica1’43.509
1778Kenny ForayTech 3 E-RacingEnergica1’45.306

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 2 na Austrália: Brad Binder ganha 3ªCorrida do ano e disputa segue em aberto pelo título da Moto 2

Pela terceira vez na temporada Brad Binder da KTM venceu em 2019, Uma bela prova do Guepardo Sul-Africano, Ajudado pela equipe que não permitiu a ultrapassagem de Jorge Martin, que fez seu melhor final de semana na Moto 2. Thomas Luthi completou o pódio. Alex Marquez ficou em 8ºlugar, após uma corrida nervosa aonde ele ficou flertando com o muro. Dessa forma, a Moto 2 é a única categoria em aberto do Mundial de Motovelocidade em 2019.

Classificação foi realizada na madrugada do Sábado.

No Q1, Os Favoritos eram 6: Baldassarri, Gardner, Lowes, Marini, Schrotter e Vierge. Porém, Quem começou na frente foi o Alemão Phillipe Oettl da Tech 3. Com Vierge, Joe Roberts da American Racing e Xavi Cardelus (Acreditem nisso!) nas 4 primeiras posições. Porém, essa classificação certamente não iria se manter. E acabou não se mantendo mesmo, Lorenzo Baldassarri assumiu a ponta, Com Roberts, Gardner, Vierge, Bendsneyder, Schrotter nas 6 primeiras posições. Oettel caiu para o 8ºlugar.

A 7 minutos e meio do final, O Inconstante Remy Gardner da SAG subiu para o segundo lugar, com 1:34.599. 3 minutos depois. Lowes era o líder, Com Gardner, Bendsneyder e Schrotter classificados para o Q2. Deixando Vierge e Baldassarri de fora da fase final de classificação.

O piloto da Pons reagiu e subiu para o 3ºlugar, Usando o vácuo de um de seus adversários, Mas logo foi superado por Xavi Vierge e Luca Marini e acabou caindo para 5ºlugar e ficou de fora do Q2. Classificaram: Sam Lowes da Gresini, Remy Gardner da SAG, Xavi Vierge da Marc VDS

Resultado do Q1:

pospilotoEquipeMotoTempo
122Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’34.357
287Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalex1’34.599
397Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalex1’34.669
410Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex1’34.772
57Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalex1’34.812
664Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’34.970
723Marcel SchrötterDynavolt Intact GPKalex1’35.012
816Joe Robertsmonday.com American RacingKTM1’35.072
95Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalex1’35.220
1077Dominique AegerterMV Agusta Temporary ForwardMV Agusta1’35.388
1196Jake DixonGaviota Angel Nieto TeamKTM1’35.401
1265Philipp ÖttlRed Bull KTM Tech 3KTM1’36.003
1354Mattia PasiniTasca Racing Scuderia Moto2Kalex1’36.320
1435Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’36.750
1518Xavier CardelúsGaviota Angel Nieto TeamKTM1’37.206
1647Adam NorrodinPetronas Sprinta RacingKalex1’37.376
173Lukas TulovicKiefer RacingKTM1’37.533
1820Dimas Ekky PratamaIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’39.830

A Parte final da Classificação começou com todos os candidatos ao título da Moto 2 na disputa pela pole position. Sam Lowes, Mesmo que fosse pole teria de largar da última posição por causa de uma manobra estupida pra cima de Jesko Raffin da NTS.

No começo, Vierge foi superior a Marc Marquez por 3 décimos na frente, Mas logo o Italiano Marco Bezzecchi superaria os pilotos da Marc VDS e assumiria a ponta . Mas logico que o líder do campeonato não deixaria isso por menos e acabou marcando uma volta muito melhor (1:34.207) e assumiu a liderança, Mas logo foi superado pelo Luca Marini e pelos dois pilotos da Red Bull (Brad Binder e Jorge Martin).

A Pole que estava nas mãos do piloto Sul-Africano acabou passando para as mãos de Jorge Navarro, A menos de 8 minutos do final da Classificação. Mal sabiam que os tempos não iriam mais mudar. A Chuva começou a cair e o vento acabou de atrapalhar qualquer possibilidade de uma possível melhora de tempo. Navarro acabou ficando com a Pole position, O piloto da Speed UP larga na frente de Brad Binder da KTM em 2º e de Luca Marini da Kalex em 3º compondo a primeira fila.

Na segunda fila, As posições de Fabio di Giannantonio e de Jorge Martin foram mantidas, Mas a Posição de Sam Lowes, que era o 6ºlugar já era (por causa da punição dele pela manobra imprudente em Jesko Raffin) Com isso, Alex Marquez passou do 7º para a 6ºposição, Subindo da 3ª para a segunda fila.

Na terceira fila, largaram Jesko Raffin (Que foi muitíssimo bem com o chassi da NTS), Marco Bezzecchi da Tech 3 (Belo final de ano do estreante) e Iker Lecuona. (Contratado pela Tech 3 na MotoGP, por incrível que pareça!) Os outros 2 postulantes ao título Thomas Luthi larga em 10ºlugar e Augusto Fernandez largando em 16ºlugar não foram muito bem na classificação.

Fotos:

Grid de Largada da Moto 2:

pospilotoEquipeMotoTempo
19Jorge NavarroBeta Tools Speed UpSpeed Up1’33.565
241Brad BinderRed Bull KTM AjoKTM1’33.886
310Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex1’33.934
421Fabio Di GiannantonioBeta Tools Speed UpSpeed Up1’33.936
588Jorge MartínRed Bull KTM AjoKTM1’33.941
673Álex MárquezEG 0,0 Marc VDSKalex1’34.136
72Jesko RaffinNTS RW Racing GPNTS1’34.243
872Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTM1’34.250
927Iker Lecuonamonday.com American RacingKTM1’34.257
1012Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalex1’34.293
1111Nicolò BulegaSKY Racing Team VR46Kalex1’34.497
1262Stefano ManziMV Agusta Temporary ForwardMV Agusta1’34.663
1387Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalex1’34.694
1497Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalex1’34.730
1545Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalex1’34.399
1640Augusto FernándezFLEXBOX HP 40Kalex1’35.173
1733Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalex1’36.305
187Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalex1’34.812
1964Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’34.970
2023Marcel SchrötterDynavolt Intact GPKalex1’35.012
2116Joe Robertsmonday.com American RacingKTM1’35.072
225Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalex1’35.220
2377Dominique AegerterMV Agusta Temporary ForwardMV Agusta1’35.388
2496Jake DixonGaviota Angel Nieto TeamKTM1’35.401
2565Philipp ÖttlRed Bull KTM Tech 3KTM1’36.003
2654Mattia PasiniTasca Racing Scuderia Moto2Kalex1’36.320
2735Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’36.750
2818Xavier CardelúsGaviota Angel Nieto TeamKTM1’37.206
2947Adam NorrodinPetronas Sprinta RacingKalex1’37.376
303Lukas TulovicKiefer RacingKTM1’37.533
3120Dimas Ekky PratamaIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’39.830
3222Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’34.041

No domingo foi realizada a prova sobre pista encoberta, Mas sem chuva e nem se quer vento forte em Phillip Island. Poderia ser o dia da primeira vitória do espanhol Jorge Navarro, Mas não foi isso que aconteceu. Já na largada, Navarro vai mal e Binder foi muito bem, passando para a liderança, com uma grande largada de Jorge Martin que pulou do 5º para o segundo lugar, Navarro caiu para o terceiro lugar. No começo da prova, iker Lecuona sem tomada acabou derrubando Luca Marini e Marco Bezzecchi, Liquidando com as chances de campeonato do piloto da VR46 de vez. Com isso, Lecuona acabou punido com a volta longa.

Quem se deu bem foram Alex Marquez e Thomas Luthi que subiram para o 4º e 5ºlugares, Mas logo o suíço passou Little Marquez que começou a ficar para trás. Perdendo posições para Remy Gardner e para um surpreendente Stefano Manzi com a MV Agusta. Na 5ªVolta, Xavi Vierge acabou indo para o chão e deixando a corrida. Se Marquez vinha mal, Augusto Fernandez vinha bem pior, Estava em 14ºlugar.

Os dois pilotos da KTM fugiram na frente, Com Navarro cada vez mais longe de Binder e Martin e cada vez mais e mais perto do piloto da Speed UP estava sendo ameaçado pelo Luthi. O Suíço vinha mirando o pódio. Enquanto que Marquez estava nervoso, vinha flertando o chão a qualquer momento. Em 10 voltas, o espanhol vinha em um apático 8ºlugar.

Na 11ªVolta, Luthi super Navarro ganhando o 3ºlugar, Enquanto que Tetsura Nagashima e Stefano Manzi superaram Alex Marquez e assumiram o 7º e 8ºlugares respectivamente. Com o 9ºlugar o campeonato poderia ficar mais aberto do que nunca. Pior que isso, Marquez fazia uma corrida bem ruim, muito inseguro e com medo de quedas. Na frente dele vinham Lorenzo Baldassarri, Remy Gardner e Stefano Manzi. Pilotos que não tem condições normais de ficarem na frente do piloto da Marc VDS. Logo atrás, Iker Lecuona vindo de uma punição pressionava Alex assim como Nagashima e Schrotter.

Brad Binder vinha com os pneus bem mais desgastados do que os pneus de Jorge Martin. Tinha tudo para Martin ganhar sua primeira corrida na Moto 2. Porém, A KTM visto que Brad Binder tinha ainda chances de título não iria deixar de forma nenhuma Martin tirar 5 pontos do principal piloto da equipe. Claro que não, ainda por mais, Luthi não estava conseguindo baixar a diferença para os 2 primeiros colocados. Se quer tinha qualquer ameaça a dobradinha da KTM (Que era a primeira do ano) Por isso, Martin continuou logo atrás de Binder em 2º.

A 6 voltas do final, Marquez conseguiu uma pequena reação, Passando a Tetsura Nagashima e depois acabou o líder do campeonato junto de Nagashima passando Stefano Manzi subindo para o 8ºlugar. Um pouco mais a frente, Lorenzo Baldassarri, Iker Lecuona e Remy Gardner disputavam o 5ºlugar.

Brad Binder no final abriu vantagem para Jorge Martin e confirmou sua 3ªVitória na categoria. O Sul-Africano continua vivo na disputa pelo título e mostrava o desperdício que a KTM faz em acabar com o projeto na Moto 2 para 2020. É uma boa moto que tinha que continuar na categoria no ano que vem, Mesmo com uma equipe independente e mesmo sendo desenvolvida por uma equipe independente.

Jorge Martin fez uma bela corrida, Venceria em condições normais, Mas como se trata de uma disputa de campeonato a chance vitória de Martin acabou sendo sacrificada em nome do campeonato a favor de Binder. Foi a primeira dobradinha do ano para a equipe KTM Ajo. O pódio foi completado pelo Suíço Thomas Luthi. O piloto da Dynavolt baixa a vantagem de Alex Marquez para 28 pontos, Com 50 pontos em jogo, pode ser que a decisão vá mesmo para Valência no dias 15, 16 e 17 de novembro. Um que esta praticamente sem chances é Jorge Navarro, que largou mal e não fez diferença na corrida, fechando a prova em 4ºlugar. Ele vem a 48 pontos atrás de Marquez. Um 14ºlugar de Marquez em Sepang tira o piloto da Speed UP da disputa do campeonato.

Lorenzo Baldassarri conseguiu se recuperar do ruim dia de sábado e acabou a frente de Iker Lecuona e de Remy Gardner e fica em 5ºlugar. Lecuona após ser penalizado acabou fazendo uma boa corrida, Motivado pelo contrato da Tech 3 para 2020 na MotoGP o Espanhol da American Racing. Remy Gardner ficou em uma boa 7ªposição.

Alex Marquez acabou salvando um importante 8ºlugar, Mas sua corrida foi ruim e ela poderia ter terminado em chão. A sorte do espanhol é que sua vantagem ainda pode permitir o campeonato nesse próximo final de semana, Em Sepang.

Stefano Manzi mostrando melhoras da MV Agusta e dele na parte final de temporada acabou em 9ºlugar, Lutando por posições. Completando os 10 primeiros colocados, O Japonês Tetsura Nagashima. Marcel Schrotter (Mais um desempenho decepcionante do piloto Alemão), Nicolò Bulega da VR46, Jesko Raffin da NTS (Que por sinal fez uma boa corrida), Fabio di Giannantonio e Bo Bendsneyder que acabou em 15ºlugar, Voltando a pontuar na Moto 2.

Domingo que vem, Marquez pode ser o campeão se vencer a corrida em Sepang, independente dos resultados de Luthi, Binder e Navarro, que são os três pilotos que seguem na disputa do campeonato. Marini e Fernandez (que ficou em uma péssima 19ªposição) estão fora da disputa pelo título da Moto 2.

Fotos:

Resultado final do GP da Austrália
Moto 2

pospilotoEquipeMotoTempo
141Brad BinderRed Bull KTM AjoKTM38’53.277
288Jorge MartínRed Bull KTM AjoKTMa 1.968
312Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalexa 6.021
49Jorge NavarroBeta Tools Speed UpSpeed Upa 8.151
57Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalexa 8.806
687Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 8.955
727Iker Lecuonamonday.com American RacingKTMa 9.455
873Álex MárquezEG 0,0 Marc VDSKalexa 10.055
962Stefano ManziMV Agusta Temporary ForwardMV Agustaa 10.699
1045Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 11.132
1123Marcel SchrötterDynavolt Intact GPKalexa 14.353
1211Nicolò BulegaSKY Racing Team VR46Kalexa 14.641
132Jesko RaffinNTS RW Racing GPNTSa 18.541
1421Fabio Di GiannantonioBeta Tools Speed UpSpeed Upa 20.255
1564Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 29.238
1616Joe Robertsmonday.com American RacingKTMa 30.870
1733Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 31.031
185Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalexa 31.764
1940Augusto FernándezFLEXBOX HP 40Kalexa 33.324
2022Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 37.341
2196Jake DixonGaviota Angel Nieto TeamKTMa 37.392
2265Philipp ÖttlRed Bull KTM Tech 3KTMa 1’09.178
2347Adam NorrodinPetronas Sprinta RacingKalexa 1’10.717
243Lukas TulovicKiefer RacingKTMa 1’11.606
2518Xavier CardelúsGaviota Angel Nieto TeamKTMa 1’12.066
2620Dimas Ekky PratamaIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 1’21.622
2777Dominique AegerterMV Agusta Temporary ForwardMV Agustaa 1 Volta
x35Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 11 Voltas
x97Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalexa 22 Voltas
x54Mattia PasiniTasca Racing Scuderia Moto2Kalexa 22 Voltas
x10Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalexa 25 Voltas
x72Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTMa 25 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Na Moto E, Mattia Ferrari conquista as duas vitórias em Misano e passa a liderar o campeonato

Na Moto E, Mattia Ferrari conquista as duas vitórias em Misano e passa a liderar o campeonato

Um final de semana excelente para o italiano Mattia Ferrari, Que acabou levando sua moto elétrica para a vitória tanto na prova do Sábado como na prova da manhã de domingo. A Classificação aconteceu na sexta-feira, Ela valeu para o Grid das duas provas do final de semana. Piloto Local, Alex de Angelis largou da pole position, Com Matteo Ferrari da Trentino Gresini e Xavier Simeon da Avintia completando a primeira fila. Na segunda fila, Largaram Jesko Raffim da Dynavolt, Niccolo Canepa da LCR E-Team e de Maria Herrera da equipe de Angel Nieto.

Líder do campeonato, Mike Di Meglio largaria da 17ªposição.

Corrida do Sábado:

posPilotoEquipeMotoTempo
15Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergica1’44.660
211Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’44.708
310Xavier SimeonAvintia Esponsorama RacingEnergica1’44.769
42Jesko RaffinDynavolt Intact GPEnergica1’44.878
57Niccolo CanepaLCR E-TeamEnergica1’44.913
66Maria HerreraOpenBank Ángel Nieto TeamEnergica1’44.923
738Bradley SmithOne Energy RacingEnergica1’45.011
84Hector GarzoTech 3 E-RacingEnergica1’45.097
918Nicolas TerolOpenBank Ángel Nieto TeamEnergica1’45.540
1027Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergica1’45.548
1132Lorenzo SavadoriTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’45.725
1216Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergica1’47.448
1378Kenny ForayTech 3 E-RacingEnergica1’47.542
1414Randy de PunietLCR E-TeamEnergica1’47.918
1515Sete GibernauJoin Contract Pons 40EnergicaSem Tempo
1651Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaSem Tempo
1763Mike di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaSem Tempo
1866Niki TuuliAjo MotoEEnergicaSem Tempo

Na largada da prova de sábado, De Angelis manteve a liderança, Com Ferrari, Simeon, Herrera (Que fez grande largada), Raffin e Canepa nas 6 primeiras posições. Mike Di Meglio tinha problemas com a sua moto.

Na segunda volta, Simeon e Ferrari disputavam a segunda posição, enquanto que Raffin e Canepa superaram Maria Herrera. Na 8ªCurva da segunda volta, um triplo acidente envolvendo Bradley Smith, Casadei e Niki Tuuli. (Esse acidente impossibilitou a participação do finlandês da prova de domingo)

Simeon supera de Angelis na terceira volta, após uma falha de Alex de Angelis. Garzo passou para o 3ºlugar, Numa bela prova de recuperação. Igualmente em grande corrida de recuperação vinha Eric Granado, que já vinha nas 8 primeiras posições.

Ferrari supera Garzo e assumiu a segunda posição, Granado passou para o 4ºlugar a 3 voltas do final, Mas na curva 14, Eric encontra o chão e acabou saindo da briga pela vitória.

Ferrari assumiu a liderança e acabou conquistando a primeira vitória do final de semana. Simeon e Garzo disputando o segundo lugar, Até na volta final o Belga superou o piloto espanhol, ficando com o 2ºlugar e Garzo completando o pódio.

Jesfo Raffin da Dynavolt ficou com o 4ºlugar, Nicolo Canepa chegou em 5ºlugar e Maria Herrera da Angel Nieto completa os 6 primeiros colocados.

Resultado da primeira corrida do final de semana
3ªEtapa da Moto E

posPilotoEquipeMotoTempo
111Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica12’19.694
24Hector GarzoTech 3 E-RacingEnergicaa 0.187
310Xavier SimeonAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 0.590
42Jesko RaffinDynavolt Intact GPEnergicaa 3.111
57Niccolo CanepaLCR E-TeamEnergicaa 3.284
66Maria HerreraOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 6.516
732Lorenzo SavadoriTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 6.883
818Nicolas TerolOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 7.276
915Sete GibernauJoin Contract Pons 40Energicaa 14.576
1016Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 15.568
1114Randy de PunietLCR E-TeamEnergicaa 22.278
1238Bradley SmithOne Energy RacingEnergicaa 31.146
1351Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 1’10.405
NC5Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 4 voltas
NC27Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 6 voltas
NC66Niki TuuliAjo MotoEEnergicaa 6 voltas
NC78Kenny ForayTech 3 E-RacingEnergicaa 6 voltas
NC63Mike di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 6 voltas

Na prova do Domingo, Novamente de Angelis largou bem e manteve a liderança, Nas primeiras curvas, o belga Xavier Simeon foi para o chão e deixou a prova. Matteo Ferrari vinha em 2º, Com Maria Herrera em 3º, Canepa, Garzo e Casadei completando os 6 primeiros. Eric Granado subiu do 15ºlugar para a 7ªposição.

No começo da segunda volta, Ferrari superou de Angelis assumindo a liderança, O piloto da Pramac não tinha rendimento para desafiar o piloto da Gresini. Na terceira volta, o San marinense foi superado pelo Canepa, Garzo, Herrera e Casadei, caindo para o 6ºlugar.

Enquanto Matteo Ferrari abriu mais de 1 segundo, Maria Herrera superou Canepa e assumiu a terceira posição. A menos de 3 voltas para o final , Alex de Angelis vai para o chão pela segunda vez e acaba de forma desastrosa seu final de semana.

Canepa e Casadei passaram Herrera e os dois brigavam pelo pódio. Nessa disputa, O piloto da SIC58 superou o piloto da LCR E-Team para ficar com o pódio. A Vitória do domingo ficou mesmo com Matteo Ferrari, Que dessa forma terminou seu final de semana com 50 pontos de 50 possíveis. Saindo para a última etapa do Campeonato como líder do campeonato e com boas chances de ser o primeiro campeão da História da copa do Mundo da Moto E.

O Pódio foi completado pelo Hector Garzó da Tech 3 e de Mattia Casadei da SIC58. Completando os 6 primeiros colocados, Nicolo Canepa, Maria Herrera e de Eric Granado. As 2 últimas etapas vão acontecer nos dias 15, 16 e 17 de Novembro, No circuito Ricardo Torno em Valência.

Fotos:

Resultado da primeira corrida do final de semana
4ªEtapa da Moto E

posPilotoEquipeMotoTempo
111Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica12’15.142
24Hector GarzoTech 3 E-RacingEnergicaa 2.687
327Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 2.844
47Niccolo CanepaLCR E-TeamEnergicaa 2.899
56Maria HerreraOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 3.022
651Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 5.448
72Jesko RaffinDynavolt Intact GPEnergicaa 5.740
838Bradley SmithOne Energy RacingEnergicaa 7.013
918Nicolas TerolOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 8.072
1063Mike di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 10.405
1132Lorenzo SavadoriTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 10.559
1216Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 11.312
1314Randy de PunietLCR E-TeamEnergicaa 24.129
1478Kenny ForayTech 3 E-RacingEnergicaa 35.867
NC5Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 3 Voltas
NC15Sete GibernauJoin Contract Pons 40Energicaa 3 Voltas
NC10Xavier SimeonAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 7 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Binder conquista vitória em dia de Coadjuvantes em Phillip Island

O GP da Austrália na categoria intermediaria teve um dia de coadjuvantes, Os pilotos que disputaram o título não foram bem e a disputa pela vitória ficou com os pilotos que geralmente não estavam entre os favoritos. Brad Binder acabou conquistando a vitória e praticamente garantiu o terceiro lugar no campeonato de pilotos.

Antes da largada, Marcel Schrotter acabou tendo problemas  com sua moto. Fazendo ele largar dos boxes. Perdendo o 2ºlugar no grid. Com a primeira fila desfalcada a largada acontece em Phillip Island com Pasini largando bem e mantendo o 1ºlugar, Quem largou muito bem foi o Suíço Dominique Aegerter que assumiu o segundo lugar com a KTM de 2017 da Kiefer, Mas acabou superado pelo Vieger e Lecouna caindo para o 4ºlugar.

No começo da volta 2. Pasini, Vieger e Brab Binder começaram a disputar a liderança, O piloto da Italtrains acabou indo para o chão na curva 4 e abandonou a prova. A liderança passou a ficar nas mãos de Xavi Vierge com a outra moto da Dynavolt. Binder, Lecuona, Aegerter, Bagnaia, Marquez e A.Fernandes completavam os 8 primeiros lugares. O líder do campeonato fez uma ótima largada, Saindo do 16º para o 5ºlugar.

Mas logo o piloto da VR46 ficaria para trás, Ele não se acertou nesse circuito, Em poucas curvas ele perdeu posição para Marquez e Baldassarri.

Na 4ªVolta, Binder ultrapassa Vierge e toma a liderança. Na curva 10, Baldassarri e Marini disputaram lado a lado o 5ºlugar com vantagem para o piloto da equipe Pons. Francesco Bagnaia em pouco tempo já caia para o 11ºlugar, A frente de Miguel Oliveira que também não estava com um bom desempenho no final de semana. Um pouco mais a frente Marquez segurava Joan Mir e Remy Gardner disputando o 7ºlugar.

Na 7ªVolta, Lecuona erra a trajetória e acaba indo para o chão e prejudicou Xavi Vierge que precisou  diminuir a velocidade para não cair, perdendo posições. Aegerter voltou ao 2ºlugar, Com Baldassarri e Marini superando o piloto Espanhol da Dynavolt. O piloto da Pons foi para cima do esforçado Aegerter “que vinha em seu melhor final de semana com a moto da quase falida Kiefer) pelo 2ºlugar.

Apesar do melhor equipamento, Baldassarri não conseguia a ultrapassagem mesmo com uma melhor moto que o piloto Suíço. Vierge (que ganhou o 4ºlugar do Luca Marini) acabou não marcou bobeira e tomou o terceiro lugar do piloto Italiano. Na entrada da 10ªVolta, O piloto Espanhol não perdeu tempo e ultrapassou Aegerter ganhando o segundo lugar. O piloto suíço na curva seguinte perdeu posição para Baldassarri e no final da volta foi a vez de Mir tomar posição do piloto da Kiefer.

Lá Atrás, Oliveira e Bagnaia vinham perdendo posições. Em 12º e 13ºlugar, Sendo superados pelo Marcel Schrotter que acabou largando dos boxes.

Na 13ªvolta, Baldassarri tenta passar Binder que se defendeu bem desse ataque na reta dos boxes. Quem vinha muito bem, mas acabou caindo e deixando a prova foi Remy Gardner com sua Tech 3. Uma pena que isso aconteceu com o dono da casa. Na volta 14, Baldassarri depois de superar Binder acaba superando Vierge e assume a liderança. Na curva 4 da mesma volta, Vierge toma a ponta de volta para ele. Binder, Aegerter e Mir vinham completando os 5 primeiros lugares. Oliveira e Bagnaia continuavam a serem superados. Quartararo e Jesko Raffin passaram por eles. Uma triste prova dos dois postulantes ao campeonato.

Binder se aproveitando da briga entre Vierge e Baldassarri (Aonde ele se tocam de leve no curvão antes da reta dos boxes) e ultrapassou ambos com sua KTM oficial, ganhando o primeiro lugar. Ao contraio de Oliveira, O Sul-Africano estava tendo uma excelente corrida, Mas Vierge reagiu e na curva 3 tomou de volta a primeira posição.  Mais atrás, Schrotter passa pela grama ao passar do ponto na curva 1 e perdeu as posições para Raffin e Quaratararo.

A 7 voltas do final, Baldassari ultrapassa Vierge e ganha a liderança, Porém Vierge volta a liderar ultrapassando o piloto da Pons na curva 4. Binder que liderava a prova acabaria por perder o 3ºlugar para Joan Mir (Em suas últimas corridas na Moto 2) Na volta seguinte Baldassarri passa Vierge e liderar por 3 curvas até que Binder retorna a 1ªposição, Mas erra a linha certa da curva e cai para o 4ºlugar. Agora era Baldassarri o líder, Vierge o 2º, Augusto Fernandez em 3º e Binder em 4º, Todos disputando a vitória.

Vierge e Baldassarri disputavam ferozmente a vitória, Vierge era o líder, Mas deu uma brecha para Baldassarri e Fernandez ultrapassagem e formarem uma dobradinha da Pons (Coisa que a muitíssimo tempo não vimos no Mundial de Motovelocidade. Vierge caiu para o 5ºlugar também sendo superado pelo Mir e por Binder.

Em uma incrível recuperação, Vierge na 22ªVolta superou Binder, Mir e na curva 4 passou Fernandez e por muito pouco não passou Baldassarri. O piloto da Dynavolt estava vivo na disputa pela vitória. A três voltas do final, Vierge leva a Dynavolt de volta a liderança ao passar o piloto principal da Pons.

Baldassarri que disputava a vitória acabou errando e caindo na curva 10 na volta 23, Deixando a prova. Parecia que era o dia da primeira vitória do piloto espanhol. Porém, lá vem Brad Binder com sua KTM para tomar a liderança de Vierge, Depois Mir veio com tudo para cima do piloto espanhol, que acabou perdendo posições para Fernandez ficando em 4ºlugar. Marini apareceu de surpresa e passou Vierge e Fernandez e disputar o pódio, Mas acabou recuando na curva 4.

Na volta final, Joan Mir tenta um ataque final em cima de Binder enquanto que Vierge tomou nas curvas finais o 3ºlugar do piloto da Pons. Apesar de quase perder o controle da Moto, O piloto Sul-Africano Brad Binder conquistou sua 3ªvitória na categoria Moto 2. Uma grande vitória para o piloto da KTM que consolida definitivamente o 3ºlugar no Mundial de Pilotos.

Joan Mir conquista seu 4ªpódio na temporada, Em 2ºlugar a 36 milésimos sobre o vencedor da prova. Vierge completou o pódio com a Dynavolt, Faltou pouco para ele conseguir sua primeira vitória na moto 3. O Espanhol segurou o seu compatriota e piloto da Pons Augusto Fernandez, O 4ºlugar foi o resultado não só de sua melhor da sua carreira como foi a sua melhor exibição da sua carreira.

Luca Marini foi o melhor piloto da VR46 com o 5ºlugar, atrás do piloto italiano p suíço Dominique Aegerter, que com todos os problemas da Kiefer e do chassi da KTM de 2017 acabou em 6ºlugar, Concluindo seu melhor final de semana da sua difícil temporada de 2018.

Alex Marquez com a Marc VDS ficou em 7ºlugar, Jesko Raffin em sua 4ªcorrida na SAG marcou um belíssimo 8ºlugar, a Frente de Marcel Schrotter e de Fabio Quartararo (Que já ganhou corrida na Temporada)

Miguel Oliveira com sua KTM ficou em 11ºlugar, Seu resultado só não foi horrível e definitivo para o campeonato porque o líder do campeonato Francesco Bagnaia ficou em 12ºlugar. Ambos tiveram um final de semana péssimo. Mesmo assim o resultado favorece ao italiano, Que agora só precisa ter ir ao pódio em Sepang (Ou marcar 16 pontos nas duas corridas finais) para conquistar o título. Nakashima, Lowes e Pons completaram a zona de pontuação. Provavelmente na semana que vem, Bagnaia deve conquistar o campeonato da Moto 2, Na Malásia, no Circuito de Sepang.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado Final do GP da Austrália
Mundial de Motovelocidade – Categoria Moto 2

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM 39’23.427
2 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex a 0.036
3 97 Xavi Vierge Dynavolt Intact GP Kalex a 0.949
4 40 Augusto Fernandez Pons HP40 Kalex a 0.957
5 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex a 1.767
6 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM a 2.482
7 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex a 3.759
8 2 Jesko Raffin SAG Team Kalex a 4.850
9 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex a 6.250
10 20 Fabio Quartararo MB Conveyors – Speed Up Speed Up a 7.453
11 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM a 8.675
12 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex a 9.725
13 45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 9.787
14 22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM a 11.209
15 57 Edgar Pons MB Conveyors – Speed Up Speed Up a 14.076
16 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 15.350
17 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS a 15.396
18 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS a 23.230
19 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 33.736
20 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex a 42.324
21 67 Bryan Staring Tech 3 Racing Tech 3 a 52.297
22 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex a 1’03.888
18 Xavier Cardelus Marinelli Snipers Team Kalex a 11 Voltas
87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 a 12 Voltas
9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex a 17 Voltas
27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM a 19 Voltas
21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 19 Voltas
95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex a 21 Voltas
32 Isaac Vinales Forward Racing Team Suter a 21 Voltas
54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex a 24 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Pasini conquista pole na Austrália, Postulantes ao título vão mal e largam lá de trás

Um dia diferente na classificação, Nenhum dos favoritos brilhou na classificação. A pole ficou com o Italiano Mattia Pasini da Italtrans. O Treino começou com Dominique Aegerter com sua moto KTM 2017 da Kiefer fazendo bonito, liderando a classificação. Com Pasini e Vierge logo a seguir.

Aos 10 minutos de Treino enquanto Iker Lecuona fazia uma bela marca se colocando em segundo lugar. O Espanhol Alex Marquez não conseguiu desviar de Steve Odendaal que estava em trajetória errada e lento e acaba caindo no chão em um acidente impressionante. O piloto nada sofreu. Com 12 minutos de Treino, Jorge Navarro da Gresini subiu para o 7ºlugar.

Pasini recuperou minutos depois a segunda posição, Com 1:33.954, A 26 minutos do final da Sessão, Marcel Schrotter ultrapassa Pasini e assume a 2ªposição com 1:33.880.

Faltando metade da classificação, O Veterano de 33 anos da Italtrans marcou 1:33.368, Quase meio segundo mais rápido que Aegerter e passou a assumir a liderança da classificação. Francesco Bagnaia e Miguel Oliveira vinham muito mal, O líder do campeonato estava em 14ºlugar e o Vice-líder em 17º, Atrás inclusive de Stefano Manzi com a patética Suter. (Que acabou caindo a 20 minutos do final do Treino, Manzi teve de ser levado de marca após bater com a cabeça no chão, A moto ficou destruída)

Marcel Schrotter estava disposto a recuperar seu lugar na primeira fila, Acaba conseguindo em sua primeira tentativa e na tentativa seguinte o piloto Alemão faz grande volta e assume a segunda posição. Quartararo subiu para o 5ºlugar. Vários pilotos quando pareciam que iriam melhorar seus tempos acabavam piorando no setor final do circuito, Tudo graças ao vento e a dificuldade dessa curva.

Pasini caiu na parte final da classificação. Porém, conseguiu garantir a segunda pole position da temporada. A primeira fila será completada pelos dois pilotos da Dynavolt. Marcel Schrotter em 2º e Xavi Vierge fechando a primeira fila em 3ºlugar.

Um grande treino de Dominique Aegerter com a KTM da falida Kiefer Racing, Que liderou uma parte do Treino e vai largar em 4ºlugar, Brad Binder com a KTM oficial larga em uma boa 5ªposição e Fabio Quartararo representa muito bem a Speed UP com o 6ºlugar.

Luca Marini da VR46 larga em 7ºlugar, Iker Lecouna e Alex Marquez que chegou a ocupar o 2ºlugar no treino fazem a terceira fila. Jesko Raffin, Levou a SAG Team a uma excelente 10ªposição, Abrindo a 4ªFila que terá também as presenças de Lorenzo Baldassarri e Jorge Navarro.

Francesco Bagnaia não foi bem e vai largar em 16ºlugar, O Campeonato dificilmente acaba nesse domingo com essa posição de largada do líder  do campeonato. Miguel Oliveira foi pior ainda, Larga em 20ºlugar e tem missão mais difícil ainda para diminuir a diferença do seu arquirrival na disputa do título.

Amanhã, As 00:20 de Sábado para Domingo teremos a 17ªetapa do Mundial de Motovelocidade, Categoria moto 2.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de Largada do GP da Austrália
Moto 2

pos Pilotos Equipe Moto Tempo
1 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex 1’33.368
2 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex 1’33.624
3 97 Xavi Vierge Dynavolt Intact GP Kalex 1’33.721
4 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM 1’33.841
5 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM 1’33.929
6 20 Fabio Quartararo MB Conveyors – Speed Up Speed Up 1’33.951
7 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex 1’33.963
8 27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM 1’33.988
9 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex 1’34.007
10 2 Jesko Raffin SAG Team Kalex 1’34.039
11 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex 1’34.050
12 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex 1’34.086
13 40 Augusto Fernandez Pons HP40 Kalex 1’34.094
14 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex 1’34.149
15 87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 1’34.181
16 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex 1’34.367
17 62 Stefano Manzi Forward Racing Team Suter 1’34.413
18 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex 1’34.491
19 22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM 1’34.540
20 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM 1’34.556
21 45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 1’34.784
22 57 Edgar Pons MB Conveyors – Speed Up Speed Up 1’34.844
23 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 1’34.850
24 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS 1’34.851
25 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 1’34.934
26 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS 1’34.958
27 67 Bryan Staring Tech 3 Racing Tech 3 1’35.760
28 95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex 1’35.978
29 21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 1’35.986
30 32 Isaac Vinales Forward Racing Team Suter 1’36.173
31 18 Xavier Cardelus Marinelli Snipers Team Kalex 1’37.065

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP