Binder conquista vitória em dia de Coadjuvantes em Phillip Island

O GP da Austrália na categoria intermediaria teve um dia de coadjuvantes, Os pilotos que disputaram o título não foram bem e a disputa pela vitória ficou com os pilotos que geralmente não estavam entre os favoritos. Brad Binder acabou conquistando a vitória e praticamente garantiu o terceiro lugar no campeonato de pilotos.

Antes da largada, Marcel Schrotter acabou tendo problemas  com sua moto. Fazendo ele largar dos boxes. Perdendo o 2ºlugar no grid. Com a primeira fila desfalcada a largada acontece em Phillip Island com Pasini largando bem e mantendo o 1ºlugar, Quem largou muito bem foi o Suíço Dominique Aegerter que assumiu o segundo lugar com a KTM de 2017 da Kiefer, Mas acabou superado pelo Vieger e Lecouna caindo para o 4ºlugar.

No começo da volta 2. Pasini, Vieger e Brab Binder começaram a disputar a liderança, O piloto da Italtrains acabou indo para o chão na curva 4 e abandonou a prova. A liderança passou a ficar nas mãos de Xavi Vierge com a outra moto da Dynavolt. Binder, Lecuona, Aegerter, Bagnaia, Marquez e A.Fernandes completavam os 8 primeiros lugares. O líder do campeonato fez uma ótima largada, Saindo do 16º para o 5ºlugar.

Mas logo o piloto da VR46 ficaria para trás, Ele não se acertou nesse circuito, Em poucas curvas ele perdeu posição para Marquez e Baldassarri.

Na 4ªVolta, Binder ultrapassa Vierge e toma a liderança. Na curva 10, Baldassarri e Marini disputaram lado a lado o 5ºlugar com vantagem para o piloto da equipe Pons. Francesco Bagnaia em pouco tempo já caia para o 11ºlugar, A frente de Miguel Oliveira que também não estava com um bom desempenho no final de semana. Um pouco mais a frente Marquez segurava Joan Mir e Remy Gardner disputando o 7ºlugar.

Na 7ªVolta, Lecuona erra a trajetória e acaba indo para o chão e prejudicou Xavi Vierge que precisou  diminuir a velocidade para não cair, perdendo posições. Aegerter voltou ao 2ºlugar, Com Baldassarri e Marini superando o piloto Espanhol da Dynavolt. O piloto da Pons foi para cima do esforçado Aegerter “que vinha em seu melhor final de semana com a moto da quase falida Kiefer) pelo 2ºlugar.

Apesar do melhor equipamento, Baldassarri não conseguia a ultrapassagem mesmo com uma melhor moto que o piloto Suíço. Vierge (que ganhou o 4ºlugar do Luca Marini) acabou não marcou bobeira e tomou o terceiro lugar do piloto Italiano. Na entrada da 10ªVolta, O piloto Espanhol não perdeu tempo e ultrapassou Aegerter ganhando o segundo lugar. O piloto suíço na curva seguinte perdeu posição para Baldassarri e no final da volta foi a vez de Mir tomar posição do piloto da Kiefer.

Lá Atrás, Oliveira e Bagnaia vinham perdendo posições. Em 12º e 13ºlugar, Sendo superados pelo Marcel Schrotter que acabou largando dos boxes.

Na 13ªvolta, Baldassarri tenta passar Binder que se defendeu bem desse ataque na reta dos boxes. Quem vinha muito bem, mas acabou caindo e deixando a prova foi Remy Gardner com sua Tech 3. Uma pena que isso aconteceu com o dono da casa. Na volta 14, Baldassarri depois de superar Binder acaba superando Vierge e assume a liderança. Na curva 4 da mesma volta, Vierge toma a ponta de volta para ele. Binder, Aegerter e Mir vinham completando os 5 primeiros lugares. Oliveira e Bagnaia continuavam a serem superados. Quartararo e Jesko Raffin passaram por eles. Uma triste prova dos dois postulantes ao campeonato.

Binder se aproveitando da briga entre Vierge e Baldassarri (Aonde ele se tocam de leve no curvão antes da reta dos boxes) e ultrapassou ambos com sua KTM oficial, ganhando o primeiro lugar. Ao contraio de Oliveira, O Sul-Africano estava tendo uma excelente corrida, Mas Vierge reagiu e na curva 3 tomou de volta a primeira posição.  Mais atrás, Schrotter passa pela grama ao passar do ponto na curva 1 e perdeu as posições para Raffin e Quaratararo.

A 7 voltas do final, Baldassari ultrapassa Vierge e ganha a liderança, Porém Vierge volta a liderar ultrapassando o piloto da Pons na curva 4. Binder que liderava a prova acabaria por perder o 3ºlugar para Joan Mir (Em suas últimas corridas na Moto 2) Na volta seguinte Baldassarri passa Vierge e liderar por 3 curvas até que Binder retorna a 1ªposição, Mas erra a linha certa da curva e cai para o 4ºlugar. Agora era Baldassarri o líder, Vierge o 2º, Augusto Fernandez em 3º e Binder em 4º, Todos disputando a vitória.

Vierge e Baldassarri disputavam ferozmente a vitória, Vierge era o líder, Mas deu uma brecha para Baldassarri e Fernandez ultrapassagem e formarem uma dobradinha da Pons (Coisa que a muitíssimo tempo não vimos no Mundial de Motovelocidade. Vierge caiu para o 5ºlugar também sendo superado pelo Mir e por Binder.

Em uma incrível recuperação, Vierge na 22ªVolta superou Binder, Mir e na curva 4 passou Fernandez e por muito pouco não passou Baldassarri. O piloto da Dynavolt estava vivo na disputa pela vitória. A três voltas do final, Vierge leva a Dynavolt de volta a liderança ao passar o piloto principal da Pons.

Baldassarri que disputava a vitória acabou errando e caindo na curva 10 na volta 23, Deixando a prova. Parecia que era o dia da primeira vitória do piloto espanhol. Porém, lá vem Brad Binder com sua KTM para tomar a liderança de Vierge, Depois Mir veio com tudo para cima do piloto espanhol, que acabou perdendo posições para Fernandez ficando em 4ºlugar. Marini apareceu de surpresa e passou Vierge e Fernandez e disputar o pódio, Mas acabou recuando na curva 4.

Na volta final, Joan Mir tenta um ataque final em cima de Binder enquanto que Vierge tomou nas curvas finais o 3ºlugar do piloto da Pons. Apesar de quase perder o controle da Moto, O piloto Sul-Africano Brad Binder conquistou sua 3ªvitória na categoria Moto 2. Uma grande vitória para o piloto da KTM que consolida definitivamente o 3ºlugar no Mundial de Pilotos.

Joan Mir conquista seu 4ªpódio na temporada, Em 2ºlugar a 36 milésimos sobre o vencedor da prova. Vierge completou o pódio com a Dynavolt, Faltou pouco para ele conseguir sua primeira vitória na moto 3. O Espanhol segurou o seu compatriota e piloto da Pons Augusto Fernandez, O 4ºlugar foi o resultado não só de sua melhor da sua carreira como foi a sua melhor exibição da sua carreira.

Luca Marini foi o melhor piloto da VR46 com o 5ºlugar, atrás do piloto italiano p suíço Dominique Aegerter, que com todos os problemas da Kiefer e do chassi da KTM de 2017 acabou em 6ºlugar, Concluindo seu melhor final de semana da sua difícil temporada de 2018.

Alex Marquez com a Marc VDS ficou em 7ºlugar, Jesko Raffin em sua 4ªcorrida na SAG marcou um belíssimo 8ºlugar, a Frente de Marcel Schrotter e de Fabio Quartararo (Que já ganhou corrida na Temporada)

Miguel Oliveira com sua KTM ficou em 11ºlugar, Seu resultado só não foi horrível e definitivo para o campeonato porque o líder do campeonato Francesco Bagnaia ficou em 12ºlugar. Ambos tiveram um final de semana péssimo. Mesmo assim o resultado favorece ao italiano, Que agora só precisa ter ir ao pódio em Sepang (Ou marcar 16 pontos nas duas corridas finais) para conquistar o título. Nakashima, Lowes e Pons completaram a zona de pontuação. Provavelmente na semana que vem, Bagnaia deve conquistar o campeonato da Moto 2, Na Malásia, no Circuito de Sepang.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado Final do GP da Austrália
Mundial de Motovelocidade – Categoria Moto 2

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM 39’23.427
2 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex a 0.036
3 97 Xavi Vierge Dynavolt Intact GP Kalex a 0.949
4 40 Augusto Fernandez Pons HP40 Kalex a 0.957
5 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex a 1.767
6 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM a 2.482
7 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex a 3.759
8 2 Jesko Raffin SAG Team Kalex a 4.850
9 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex a 6.250
10 20 Fabio Quartararo MB Conveyors – Speed Up Speed Up a 7.453
11 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM a 8.675
12 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex a 9.725
13 45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 9.787
14 22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM a 11.209
15 57 Edgar Pons MB Conveyors – Speed Up Speed Up a 14.076
16 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 15.350
17 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS a 15.396
18 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS a 23.230
19 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 33.736
20 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex a 42.324
21 67 Bryan Staring Tech 3 Racing Tech 3 a 52.297
22 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex a 1’03.888
18 Xavier Cardelus Marinelli Snipers Team Kalex a 11 Voltas
87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 a 12 Voltas
9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex a 17 Voltas
27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM a 19 Voltas
21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 19 Voltas
95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex a 21 Voltas
32 Isaac Vinales Forward Racing Team Suter a 21 Voltas
54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex a 24 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Pasini conquista pole na Austrália, Postulantes ao título vão mal e largam lá de trás

Um dia diferente na classificação, Nenhum dos favoritos brilhou na classificação. A pole ficou com o Italiano Mattia Pasini da Italtrans. O Treino começou com Dominique Aegerter com sua moto KTM 2017 da Kiefer fazendo bonito, liderando a classificação. Com Pasini e Vierge logo a seguir.

Aos 10 minutos de Treino enquanto Iker Lecuona fazia uma bela marca se colocando em segundo lugar. O Espanhol Alex Marquez não conseguiu desviar de Steve Odendaal que estava em trajetória errada e lento e acaba caindo no chão em um acidente impressionante. O piloto nada sofreu. Com 12 minutos de Treino, Jorge Navarro da Gresini subiu para o 7ºlugar.

Pasini recuperou minutos depois a segunda posição, Com 1:33.954, A 26 minutos do final da Sessão, Marcel Schrotter ultrapassa Pasini e assume a 2ªposição com 1:33.880.

Faltando metade da classificação, O Veterano de 33 anos da Italtrans marcou 1:33.368, Quase meio segundo mais rápido que Aegerter e passou a assumir a liderança da classificação. Francesco Bagnaia e Miguel Oliveira vinham muito mal, O líder do campeonato estava em 14ºlugar e o Vice-líder em 17º, Atrás inclusive de Stefano Manzi com a patética Suter. (Que acabou caindo a 20 minutos do final do Treino, Manzi teve de ser levado de marca após bater com a cabeça no chão, A moto ficou destruída)

Marcel Schrotter estava disposto a recuperar seu lugar na primeira fila, Acaba conseguindo em sua primeira tentativa e na tentativa seguinte o piloto Alemão faz grande volta e assume a segunda posição. Quartararo subiu para o 5ºlugar. Vários pilotos quando pareciam que iriam melhorar seus tempos acabavam piorando no setor final do circuito, Tudo graças ao vento e a dificuldade dessa curva.

Pasini caiu na parte final da classificação. Porém, conseguiu garantir a segunda pole position da temporada. A primeira fila será completada pelos dois pilotos da Dynavolt. Marcel Schrotter em 2º e Xavi Vierge fechando a primeira fila em 3ºlugar.

Um grande treino de Dominique Aegerter com a KTM da falida Kiefer Racing, Que liderou uma parte do Treino e vai largar em 4ºlugar, Brad Binder com a KTM oficial larga em uma boa 5ªposição e Fabio Quartararo representa muito bem a Speed UP com o 6ºlugar.

Luca Marini da VR46 larga em 7ºlugar, Iker Lecouna e Alex Marquez que chegou a ocupar o 2ºlugar no treino fazem a terceira fila. Jesko Raffin, Levou a SAG Team a uma excelente 10ªposição, Abrindo a 4ªFila que terá também as presenças de Lorenzo Baldassarri e Jorge Navarro.

Francesco Bagnaia não foi bem e vai largar em 16ºlugar, O Campeonato dificilmente acaba nesse domingo com essa posição de largada do líder  do campeonato. Miguel Oliveira foi pior ainda, Larga em 20ºlugar e tem missão mais difícil ainda para diminuir a diferença do seu arquirrival na disputa do título.

Amanhã, As 00:20 de Sábado para Domingo teremos a 17ªetapa do Mundial de Motovelocidade, Categoria moto 2.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de Largada do GP da Austrália
Moto 2

pos Pilotos Equipe Moto Tempo
1 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex 1’33.368
2 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex 1’33.624
3 97 Xavi Vierge Dynavolt Intact GP Kalex 1’33.721
4 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM 1’33.841
5 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM 1’33.929
6 20 Fabio Quartararo MB Conveyors – Speed Up Speed Up 1’33.951
7 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex 1’33.963
8 27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM 1’33.988
9 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex 1’34.007
10 2 Jesko Raffin SAG Team Kalex 1’34.039
11 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex 1’34.050
12 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex 1’34.086
13 40 Augusto Fernandez Pons HP40 Kalex 1’34.094
14 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex 1’34.149
15 87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 1’34.181
16 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex 1’34.367
17 62 Stefano Manzi Forward Racing Team Suter 1’34.413
18 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex 1’34.491
19 22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM 1’34.540
20 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM 1’34.556
21 45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 1’34.784
22 57 Edgar Pons MB Conveyors – Speed Up Speed Up 1’34.844
23 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 1’34.850
24 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS 1’34.851
25 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 1’34.934
26 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS 1’34.958
27 67 Bryan Staring Tech 3 Racing Tech 3 1’35.760
28 95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex 1’35.978
29 21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 1’35.986
30 32 Isaac Vinales Forward Racing Team Suter 1’36.173
31 18 Xavier Cardelus Marinelli Snipers Team Kalex 1’37.065

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP