GP do Brasil – Porque não fizemos cobertura da corrida em Interlagos

Nós entendemos que o Brasil não é um pais democrático. Pelo contraio, Estamos vendo um grupo de Fascistas no poder. O país esta comandado por um Presidente completamente incapaz e mal intencionado, Com uma equipe que foi escolhida a dedo para montar uma das equipes mais idiotas que já se pode criar para comandar o país.

Um Ministro da Economia que quer ferrar com os pobres e privilegiar apenas a classe mais rica. Uma ministra dos direitos humanos que parece ser ministra dos direitos Cristões quando o estado é laico. Um ministro do Meio-Ambiente que trabalha pela destruição do Meio Ambiente e que envergonha um país inteiro com mentiras relacionadas ao Green Peace e as ONG’s, dizendo que são essas ONG’s que provocaram os incêndios. Sério, Esse lixo de ministro é alguém que acredita que as queimadas não existem e que no passado tinha mais queimadas. O que aconteceu com o Céu de São Paulo contradiz Ricardo Salles, Lucas di Grassi entre outros revisionistas babacas da história continuam negando o que esta acontecendo na nossa cara.

E pensar que uma mulher preparada como Marina Silva teve 1% dos votos no Brasil e o Bolsonaro foi eleito com mais de 57 milhões de Votos. Isso é Brasil infelizmente, O País que Nunca vai para a Frente!

Esse Governo esta fazendo as reformas apenas para favorecer a minoria que já é privilegiada nesse país. Eles estão sempre prejudicando as camadas mais pobres da sociedade, com o discurso que vai melhorar, Que vai ter mais emprego com as reformas. Realmente melhorou a situação, Apenas para eles, mas para a maioria do povo piorou e muito. Que tipo de reforma que se diz que vai melhorar a vida do povo acaba privilegiando apenas 1% da população, Justamente a parte mais privilegiada da população. O povo não poderia pagar a conta de que políticos fizeram!

Um ministro da educação tosco, Sem qualquer competência, além disso, um homem bem perigoso para a educação desse país. Mal educado, Mal intencionado e determinado a destruir as universidades ao invés de melhorar essas universidades. Falar que as Universidades se plantam maconha é algo impensável de se achar realidade, É insano falar que aonde se produz inteligência e pesquisa no Brasil (Algumas já comprovadamente benéficas para o país e para o Mundo) possa produzir drogas.

Paulo Guedes, Eduardo Bolsonaro e alguns membros desse tosco governo falaram em AI-5. Eles estão doidos para darem um golpe de estado no Brasil. Vejam essa serie que eu fiz sobre a época da Ditadura Militar no Brasil no final da temporada 2018. Não existe condições mínimas de voltamos ao terrível passado. Não dá para defender qualquer tipo de ditadura que possa existir. Alguém defender o AI-5 dói no coração, Dói muito no coração!

Um ministro das relações estrangeiras vergonhoso que nega que existiu a ditadura, que diz que nazismo é de esquerda (O Vídeo da Alemanha desmente esse mentecapto) e esta fazendo o país ser chacota mundial. Todo esse governo esta tentando transformar o pouco de credibilidade que o Brasil tinha em chacota. Esse país para mim morreu no ano de 2018, Após as eleições do dia 27 de Outubro. Jamais esquecerei dessa maldita eleição e dessa maldita data. Ela marcou o fim do povo Brasileiro, marcou o final de uma nação que tinha tudo para ser uma potência mundial, mas que acabou optando pelo ódio, pela intolerância, pelo preconceito e pela ignorância.

Por isso é que o Portal Sportszone não fez cobertura nenhuma do GP do Brasil desse ano. É a segunda vez que boicotamos totalmente uma corrida de Formula 1. A primeira vez foi o GP do Bahrein de 2012, Quando realizaram a prova de maneira absurda, No auge de uma Revolta que a população em 2011 o Velho Bernie Ecclestone teve um lapso de humanidade e cancelou a prova, Mas em 2012 o bom senso não aconteceu e a prova foi realizada, Sem nossa cobertura!  Como foi nessa edição do GP do Brasil.

A Não realização da cobertura do GP do Brasil desse ano é o nosso protesto contra um governo Fascista como esta governando o país. Seria uma ofensa reportamos a corrida em meio a toda essa corrupção e por toda essa má vontade que esse governo tem com o Brasil.

O pior de tudo é que estamos vendo fanáticos que ainda defendem esse governo de qualquer jeito. Sabe que o governo é ruim, Sabe das bizarrices que o governo esta cometendo com o país, E mesmo assim defendem com justificativas incabíveis como: “Pelo menos agente tirou o PT do Poder” ou “Bolsonaro só esta a alguns meses, ele precisa de mais tempo para trabalhar” Para gente, não vai melhorar nada, Pelo contraio, vai piorar ainda mais. Somente o impeachment desse governo para que esse pais tenha algum luz no final do túnel e que eu possa novamente acreditar que exista um futuro para o Brasil.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Vídeos: Henry Bugalho

Hamilton conquista vitória em Interlagos na Raça e na Sorte, Mercedes é a campeã dos Construtores de 2018

Dia de sol em Interlagos para mais uma corrida no Brasil, Uma das melhores da temporada e uma das mais rápidas e competitivas provas que já foram realizadas no Brasil.

Na largada, Hamilton manteve a liderança com Valtteri Bottas assumindo o segundo lugar passando por fora a Sebastian Vettel. Kimi e Max Verstappen disputaram o 4ºlugar, Com vantagem para o piloto da Ferrari. Nas primeiras curvas, Ericsson que largou em 6ºlugar foi tocado e acabou tendo seu carro danificado, Comprometendo sua corrida.

Na segunda volta um pega pra capar entre os dois pilotos da Renault acaba em choque entre dois pilotos provocado pelo Espanhol, Hulkenberg leva a pior e teve de fazer uma parada nos boxes.

A partir da 3ªVolta, Começou o shjow de Max Verstappen. No S do Senna ele ultrapassou Kimi Raikkonen e ganhou o 4ºlugar. Na Volta seguinte, Na mesma curva, Verstappen se joga pra cima de Vettel bem por dentro e ganha o terceiro lugar e vai para cima de Bottas. Vettel perderia posição para Raikkonen, Após um erro depois da reta oposta.

Quem vinha se recuperando muito bem era Daniel Ricciardo, Que no começo da 5ªVolta já tinha passado Charles Leclerc e assumiu o 6ºlugar.

Verstappen destemido vai para cima de Valtteri Bottas, Apesar do melhor carro, O piloto da Mercedes se segurava pela melhor potência do Motor. Hamilton vinham abrindo 2 segundos de vantagem para Bottas e os demais.

O Companheiro de Lewis Hamilton segurou a pressão até o final da 9ªVolta, foi quando Verstappen se aproximou de Bottas e na reta, indo bem por dentro (Bottas ficou no meio da Pista) e passou para o segundo lugar no S do Senna. Enquanto Verstappen parte para disputar a liderança com Hamilton. Bottas segurava Raikkonen, Vettel e Ricciardo. Os pneus do pilotos da Mercedes estavam ruins e não rendiam mais.

No S do Senna, Raikkonen tentou passar Bottas. Essa curva foi o ponto de ultrapassagem para vários pilotos. Entre eles a Kevin Magnussen que passou Ericsson por fora o piloto da Sauber que não estava em um bom dia (Perdeu outras 3 posições caindo para o 14ºlugar) Essa ultrapassagem deu ao Escandinavo o 10ºlugar.

A diferença entre Hamilton e Verstappen cai para 1.5 segundos. O holandês já estava abrindo 5 segundos de vantagem para Bottas que tinha seus pneus pedindo Água além de segurar Raikkonen após 15 voltas de prova. Na 16ªVolta, Alonso fez sua primeira parada que acabou sendo problemática, É muito triste ver um bicampeão mundial terminar carreira em um carro tão pouco competitivo.

Ferrari na 18ªVolta acabou fazendo um blefe nos boxes, Mas Bottas não poderia blefar, Seus pneus estavam no limite. Na 19ªVolta ele vai para os boxes para fazer sua parada, Colocando os pneus mais duros. Na Volta seguinte, O Líder Lewis Hamilton vai para os boxes. Verstappen passa para o primeiro lugar. Raikkonen, Vettel vinham com os pneus médios em 2º e 3º seguido de Ricciardo com a outra Red Bull em 4º. Hamilton voltou em 6º atrás de Leclerc e de Grosjean. Bottas voltou em 8ºlugar atrás de Magnussen.

Hamilton vinha 18.8 segundos atrás de Verstappen que precisava fazer sua parada nos boxes. Sabendo disso o Jovem Holandês fez a melhor volta da prova na 22ªVolta, Porém Hamilton começou logo em seguida a fazer voltas 7 décimos mais rápido que o líder da prova. Na Volta 24, Hamilton ultrapassa Leclerc e assume o 5ºlugar.

Verstappen abriu 8 segundos de frente para Raikkonen. Vettel era pressionado pelo Ricciardo. Na 27ªVolta, O Vice-campeão do Mundo vai para os Boxes deixando o 3ºlugar para o piloto Australiano. Vettel voltou atrás de Bottas. Ambos passaram pelo Francês Romain Grosjean na 29ª e 31ªVolta.  Enquanto que Alonso e Vandoorne faziam um duelo pelo Vexatório 18ºlugar, Que fase da Mclaren.

Raikkonen parou na 32ªVolta. A Red Bull tem Verstappen em 1º e Ricciardo em 2ºlugar. Raikkonen voltou logo atrás de Vettel que na tática ganhou a posição do seu companheiro de equipe. Verstappen estava a 11 segundos a frente em 1ºlugart. E Já vinha a 20 segundos a frente de Hamilton. Nico Hulkenberg abandona a prova.

Hamilton voltou a andar mais rápido que Verstappen. Tava na cara que ao momento que Verstappen parar para colocar pneus mais novos o piloto da Red Bull iria voar pra cima do Campeão do mundo de 2018.

Na Metade da prova (36ªVolta) parou Max Verstappen para colocar os pneus mais novos. Leclerc parou na mesma volta. Raikkonen ganhou a posição do Vettel, O Homem de Gelo tinha pneus melhores que os pneus do Vettel e passou a atacar Bottas.

Verstappen na 38ªVolta faz a volta mais rápida da corrida e passou a pressionar ao Hamilton. A diferença entre os dois era muito grande. A ultrapassagem aconteceu no começo da 40ªVolta, O Holandês assumiu a liderança, Hamilton não se deu por vencido e tentou dar o troco na reta oposta e por fora. Depois disso Verstappen abriu vantagem na liderança. A Corrida estava nas mãos do piloto da Red Bull.

Bottas segurava Raikkonen na Briga pelo 3ºlugar. Enquanto que Ricciardo pressionava a Vettel na disputa pelo 5ºlugar. Na Volta 43, Ricciardo tenta passar Vettel por fora, O Alemão espalhou no que fez o Australiano recuasse.

Na Volta 44, Raikkonen partiu para a ultrapassagem em cima do Bottas. Quase que ao mesmo tempo, Max Verstappen era atingido por Esteban Ocon quando tomava uma volta do líder. Uma manobra totalmente equivocada do piloto da Force India. Com isso Hamilton assumiu a liderança, 6 Segundos a frente de Max Verstappen que poderia estar com seu desempenho prejudicado e agora precisava tirar essa desvantagem para voltar a disputar a vitória.

Na Volta 46, Ricciardo passou Vettel por fora no S do Senna, levando o 5ºlugar. Sebastian ainda tentou o troco, Mas sem sucesso. Verstappen começou a tirar vantagem para Hamilton, Entre 1 a 2 décimos sobre o líder da prova (Mesmo com os pneus danificados pelo incidente com Ocon).

Daniel Ricciardo foi para cima de Valtteri Bottas, Seus pneus estavam em condições muito melhores do piloto da Mercedes. (Daniel Riccardo parou na volta 40)

No final da 53ªVolta, Vettel vai para a 2ªparada nos boxes, Foi excessivo demais o desgaste do pneus para ele. Volta em 7ºlugat atrás de Charles Leclerc. (Raro de Acontecer um piloto como da Sauber andar na frente de um piloto de equipe grande nessa altura de corrida)

Hamilton estava com os pneus em péssimo estado e segurando como pode para ficar na frente de Verstappen que conseguiu uma vantagem minimamente segura de Raikkonen, Que vinha perto do piloto Holandês. Na Volta 58 (Reta dos Boxes) Vettel ultrapassa Leclerc sem maiores problemas e detona o 6ºlugar do Monegasco. Na volta seguinte, Bottas perde o 4ºlugar para Daniel Ricciardo. Isso faz com que o piloto Finlandês parasse pela segunda vez na volta seguinte.

Nessa altura da prova, Ocon pelo incidente foi punido com um Pênalti de 10 segundos parado nos boxes.

Lewis Hamilton vinha com os problemas de pneus e com certa falta de potência em seu carro, Mas precisava ficar na pista. Uma parada nos boxes significaria a Vitória entregue nas mãos de Verstappen, Que tirava sempre de 1 a 2 décimos por volta. A 8 Voltas do final, Bottas marca a volta mais rápido da corrida, Mas estava a quase 20 segundos atrás de Ricciardo e nada poderia fazer o piloto Finlandês.

Por falar no Australiano, ele partiu para cima de Raikkonen para tentar um pódio após largar do 11ºlugar. Hamilton levou o carro com todas as dificuldades até o final da prova e conquistou a vitória no GP do Brasil pela segunda vez na carreira e conquistou sua vitória 72 da sua carreira na Formula 1. Esta a apenas 19 do recorde de Michael Schumacher.

Uma Vitória conquistada na Raça e com uma boa dose de sorte, Até porque o Campeão dessa temporada não tinha nem equipamento e nem pneus para levar essa. Azar para Max Verstappen. Se tivesse acontecido o incidente que foi provocado pelo Esteban Ocon, Certamente a vitória seria dele. Max não escondeu sua frustração pelo segundo lugar.

Kimi Raikkonen segurou Daniel Ricciardo e levou o 3ºlugar subindo ao pódio. Porém, não foi o bastante para evitar o 5ºtítulo consecutivo da Mercedes no Mundial de Construtores. Com antecipação de uma corrida os Alemães desde de 2014 são a melhor equipe de Formula 1 tanto no campeonato de pilotos como de Construtores.

Daniel Ricciardo largando do 11ºlugar devido a um componente da Unidade de Potência Trocado completou a prova em 4ºlugar em sua penúltima prova pela Red Bull. Valtteri Bottas acabou com a melhor volta da prova e com o 5ºlugar na prova Brasileira e ficou na frente de Sebastian Vettel, Que fez uma prova medíocre.

Ao contraio de seu futuro companheiro de equipe na Ferrari. Charles Leclerc fez brilhante corrida com sua Sauber. Os 6 pontos com o 7ºlugar na corrida colocaram a Sauber não só consolidada como a 8ªcolocada no Mundial de Construtores como deixou ela com chances de passar a Force India Racing Point, na última etapa em Abu Dhabi.

A Haas marcou ponto com seus dois pilotos. Romain Grosjean e Kevin Magnussen ficaram em 8º e 9º com um bom desempenho, O Mexicano Sergio Perez completou a zona de pontuação.

Apesar de ter ficado na 11ªposição, Deve-se dizer que Brendon Hartley fez uma boa corrida, Depois de largar em 16ºlugar. Chegando a Frente de Carlos Sainz jr. com a Renault, que passou Pierre Gasly na última volta garantindo o 12ºlugar. Esteban Ocon teve um final de semana para se esquecer. O Incidente que ele participou influenciou totalmente o Resultado final da corrida. Além de ficar sem vaga para 2019 o que aconteceu no Brasil não vai ajudar em nada a Ele. Pelo Contraio, Sua imagem ficara arranhada pelo infeliz incidente.

Stoffel Vandoorne e Fernando Alonso tomaram punição de 5 segundos no tempo final de prova por terem ignorado bandeira azul. Isso pouco mudou o resultado ruim dos dois. Vandoorne ficou em 15º e Alonso em 17º. Os pilotos da Williams ficaram em 16º com Siroktin e em 18º com Lance Stroll.

No dia 26 teremos a última prova do campeonato Mundial de Formula 1. No Circuito de Abu Dhabi, Nos Emirados Árabes Unidos.

Fotos:

Resultado final da 20ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2018
GP do Brasil – Interlagos

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 71 1:27:09.066 1
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 71 a 1.469s 5
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 71 a 4.764s 4
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 71 a 5.193s 11
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 71 a 22.943s 3
6 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 71 a 26.997s 2
7 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 71 a 44.199s 7
8 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 71 a 51.230s 8
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 71 a 52.857s 10
10 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 70 a 1 volta 12
11 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 70 a 1 volta 16
12 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 70 a 1 volta 15
13 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 70 a 1 volta 9
14 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 70 a 1 volta 18
15 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 70 a 1 volta 20
16 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 2 voltas 14
17 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 69 a 2 voltas 17
18 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 2 voltas 19
27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 32 Superaquecimento 13
9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 20 Acidente 6

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Force India/Sauber/Haas

GP do Brasil – Treino de Classificação

Uma Classificação que foi disputada sob ameaça de chuva acabou tendo Lewis Hamilton como o pole position pela 82ªVez na carreira. A Classificação teve belíssimos momentos e foi disputada entre os pilotos da Mercedes, Ferrari e um pouco mais atrás os pilotos da Red Bull.

Q1, Todos os pilotos foram para a pista cedo para evitar de serem pegos pela chuva. O Céu sobre Interlagos estava escuro, Com cara de que iria cair chuva a qualquer momento. Verstappen começou na frente seguido de Raikkonen e Hamilton que ficaram a 2 décimos de distância para o líder. Com 6 minutos de Classificação todos os pilotos tinham marcado suas voltas rápidas.

As primeiras gotas de chuva começaram a cair sobre Interlagos, Mas não era o bastante para impedir que os pilotos melhorassem os seus tempos. Foi isso que Vettel e Bottas fizeram. Quem estava eliminado naquele momento da Classificação era Perez, Hartley, Vandoorne, Sirotkin e Stroll.

A Chuva que estava caindo aos pouco estava fazendo os últimos colocados entrarem no desespero, Quem deu uma bela melhorada foi Sirotkin que pulou do 19º para o 13ºlugar, Saindo do Corte. A 6 minutos do final, Esteban Ocon jogando suas últimas esperanças de Ficar na Formula 1 melhorou e passou do 16º para o 14ºtempo. Deixando Sainz jr. na bolha e Alonso como o primeiro dos eliminados.

A Chuva começa a cair um pouco mais forte e já começava os pilotos a terem dificuldade de melhorar seus tempos. Mesmo assim Ericsson, Hartley e Gasly conseguiram melhorar suas marcas. Ao contraio de Fernando Alonso que não conseguiu ir além do 18ºlugar e acabou eliminado logo no Q1 em sua penúltima corrida na Formula 1. Verstappen foi o mais rápido do Q1, Com Raikkonen, Vettel, Hamilton, Magnussen e Bottas nas 6 primeiras posições.

Sainz jr. , Hartley, Alonso, Stroll e Vandoorne foram os eliminados do Q1.

Resultado do Q1:

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:08.205
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:08.452
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:08.452
4 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.464
5 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:08.474
6 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.492
7 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:08.544
8 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:08.667
9 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:08.735
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:08.754
11 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:09.009
12 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:09.046
13 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.217
14 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.259
15 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.264
16 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:09.269
17 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:09.280
18 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:09.402
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.441
20 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:09.601

No Q2, Todos os pilotos foram para a pista logo para marcarem seus tempos. Com Exceção da Ferrari que antes de marcarem um tempo, Seus dois pilotos colocaram os pneus médios, visando à corrida. Já que o Pneus do melhor tempo de cada piloto entre os 10 primeiros no Q2 seriam os pneus nos quais os pilotos iriam largar na prova. Bottas foi o mais rápido com 1:07.727 com Hamilton em 2º, Verstappen, Ricciardo e Ericsson com a Sauber em 5º.

Para os carros vermelhos da Ferrari, se a chuva caísse logo iria colocar essa tática arriscada por Água Baixo, Mas ela se revelou certa. Vettel Marcou o 2ºmelhor tempo a 77 milésimos de Bottas e Raikkonen marcou o 4ºtempo. A Chuva começava a cair faltando 9 minutos para o final da 2ªEtapa da Classificação.

Os eliminados eram Leclerc, Perez, Ocon, Hulkenberg e Sirotkin. O piloto da Sauber foi para a pista, Buscando a vaga para o Q3, Mas tava difícil. A chuva apetou um pouco mais e parecia que não daria para Leclerc.

Os Boxes chamaram o monegasco para os Boxes. Porém, Leclerc decide ficar por mais uma volta. E foi nessa volta que ele decide ficar que ele consegue um sensacional marca para classificar no Q3. Sua primeira Parcial não parecia que ele conseguiria muita coisa, Mas na segunda parcial ele passou a 44 abaixo do tempo do 10ºcolocado e na Terceira Parcial, Ai ele garante em definitivo a sua marca que o levou ao oitavo lugar.

Os Classificados para o Q3 foram Bottas, Vettel, Hamilton, Verstappen, Raikkonen, Ricciardo, Grosjean, Leclerc, Ericsson e Gasly. O piloto da Toro Rosso conseguiu levar o Toro Rosso com motor Honda a uma improvável classificação para o Q3. Os eliminados foram Magnussen, Perez, Ocon, Hulkenberg e Sirotkin.

Classificação do Q2:

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:07.727
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:07.776
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:07.795
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:08.017
5 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:08.028
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:08.055
7 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:08.239
8 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:08.335
9 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:08.579
10 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:08.616
11 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:08.659
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.741
13 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.770
14 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:08.834
15 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.381

Ao contraio do Q1 e Q2, No Q3 tirando os pilotos da Sauber, Todos os outros pilotos esperaram um pouco para entrarem na pista para a primeira tentativa buscando a pole position no Q3. Ericsson e Leclerc foram os primeiros a marcarem volta, Por incrível que pareça foi o sueco que acabou marcando um tempo melhor que Leclerc.

Na primeira tentativa, Apesar do belo tempo de Vettel (1:07.374) O inglês Lewis Hamilton tomou a liderança, A 6 minutos e meio do final, Marcando 1:07.301. Bottas vinha em 3º, Raikkonen em 4º, Verstappen e Ricciardo marcaram o 5º e 6ºtempos segundos depois do tempo de Hamilton ter sido marcado. Ericsson, Leclerc, Grosjean e Gasly completava os 10 primeiros lugares.

A 5 minutos do final, Hamilton era o pole, Mas a classificação estava longe de ter uma definição. A 2 minutos do final da classificação todos foram para a última tentativa. Se esperava que os tempos baixassem. Porém, Apenas Marcos Ericsson com 1:08.296 e Lewis Hamilton com 1:07.281 melhoraram seus tempos. OS outros pilotos não melhoraram seu tempo.

Hamilton conquistou sua 82ªPole position na carreira. O inglês surgia como o favorito a vitória no domingo. Sebastian Vettel larga em 2ºlugar com sua Ferrari. (Que ainda tinha esperanças de manter viva as chances de campeonato de construtores) Na segunda fila largam os dois Finlandeses Valtteri Bottas com a Mercedes e Kimi Raikkonen com a Ferrari.

Na Terceira fila largam Max Verstappen e Marcus Ericsson. (Que alcançou seu melhor grid de largada da sua carreira) O Australiano Daniel Ricciardo foi penalizado em 5 posições por trocar um componente da Unidade de potência e por isso larga em 11ºlugar.

Em 7ºlugar larga Charles Leclerc com a segunda Sauber, Seguido de Romain Grosjean com a Haas, Pierre Gasly com a Toro Rosso e Kevin Magnussen com a Haas.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de Largada:

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:07.281
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:07.374
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:07.441
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:07.456
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:07.778
6 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:08.296
7 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:08.492
8 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:08.517
9 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:09.029
10 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:08.659
11 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:07.780
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.741
13 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:08.834
14 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.381
15 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:09.269
16 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:09.280
17 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:09.402
18 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.770
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.441
20 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:09.601

Daniel Ricciardo foi punido em 5 posições por trocar um componente da Unidade de Potência
Esteban Ocon foi punido em 5 posições por trocar o Câmbio

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Sauber/Toro Rosso/Mclaren

Rosberg vence em Interlagos e ganha mais chances na decisão em Abu Dhabi

Nico Rosberg prometeu vencer em Interlagos e a promessa foi cumprida. Em uma corrida muito desgastante para o Alemão, que mesmo com os problemas mais graves de pneus conseguiu suportar a pressão de Lewis Hamilton e quebrou a sequencia de 5 vitórias seguidas do Inglês para levar a 5ªVitória na temporada e levar a decisão do título para Abu Dhabi.

Contrariando a todos a corrida foi de muito sol e muito desgaste, Na largada não tivemos muitas emoções com todo mundo lá na frente mantendo suas posições com Rosberg na frente depois vinham Hamilton, Massa, Bottas, Button e Vettel, Mas o piloto Alemão perdeu duas posições na terceira curva do Circuito, Logo nas primeiras voltas o desgaste dos pneus se mostrou bastante evidente e a previsão da troca de pneus ser nas primeiras voltas se confirmou tanto que o piloto Venezuelano Pastor Maldonado foi para os boxes para fazer a primeira parada nos boxes na 5ª para a 6ªVolta.

Os Lideres da corrida começaram a ir para os boxes, Felipe Massa foi para os boxes logo a seguir e depois foram aos boxes Bottas e Button. Rosberg e Hamilton foram para os boxes logo, Mas acabou Massa sendo punido por que passou o limite de velocidade e pior para a Williams é que o Cinto de segurança de Valtteri Bottas acabou saindo e por isso eles teriam que arrumar isso porque Cinto de Segurança é um item que precisa usar no carro e o cinto afloxado significa perigo para o piloto em caso de acidente.

Com as paradas dos líderes Nico Hulkenberg assumiu a liderança por usar pneus mais duros, Mas foi por pouco tempo, Na 12ªVolta Rosberg passou ao piloto da Force India para assumir a liderança da corrida, Kvyat e Grosjean também adotaram a mesma tática, A Falar que Grosjean foi muito bem em temos de tática levando seus pneus a darem 25 voltas até fazer sua primeira parada nos boxes enquanto isso Vettel na mesma volta foi para os boxes para fazer a segunda parada de troca de pneus, Isso muito se deveu por causa do novo asfalto que deu mais aderência aos pneus e aos pneus mais macios escolhidos pela Pirelli.

Rosberg fez sua parada na volta 25 e dai Hamilton tentou fazer voltas mais rápidas para tomar a liderança da corrida e o Inglês acabou fazendo duas voltas rápidas, Mas na volta 27 Hamilton comete o erro que pode ter custado a corrida para o Inglês, Ele rodou depois de fazer a reta oposta e perdeu muito tempo e dessa forma ele acabou indo aos boxes e voltando para a corrida com novos jogos de pneus mais agora tendo o seu prejuízo em 7 segundos para Rosberg. Já os problemas da Williams Felipe Massa conseguiu resolver indo para os boxes cumprindo a punição de 5 segundos e depois a equipe fez seu trabalho e trocou os pneus de Felipe Massa voltando a prova sem grandes prejuízos, Já para Bottas o prejuízo foi maior ele teve que fazer a parada e esperar que o mecânico da equipe de Grove apertasse o cinto dele, Resultado disso foi uma demora maior para Bottas do que para Massa e dessa Forma Massa ficou mais na frente que nunca do Bottas.

Hamilton foi atrás do prejuízo e começou a tirar os 7 segundos para Rosberg, O Piloto Alemão sofria com os pneus desgastados mais do que o Hamilton, Se destacava na corrida um outro Alemão, Dentro das suas limitações Nico Hulkenberg com a Force India estava em Terceiro lugar e na frente de Felipe Massa até a 37ªVolta quando ele acabou indo para a segunda parada nos boxes e voltou mais atrás na zona intermediária mas com possibilidades de resultado promissor.

Massa foi para a última parada nos boxes e acabou confundindo os boxes, ele vinha parando nos boxes da Mclaren que também estavam de branco nos boxes, Isso fez o piloto Brasileiro perder um tempinho também, Mas ele tinha mais de 10 segundos na frente de Jenson Button que era o seu grande adversário na corrida por um lugar do pódio.

Hamilton já tinha tirado quase toda a vantagem para Rosberg, Os dois foram para a última parada e dai na volta 52 os dois estavam praticamente juntos lutando pela vitória com Rosberg na Frente de Hamilton, Era uma batalha de 19 voltas que tinha o favorito: Lewis Hamilton que tinha vencido a Rosberg nas últimas 5 corridas entre essas vitórias duas ultrapassando ao seu companheiro nas pistas.

Rosberg levou uma vitória fundamental para a decisão nos EAU.

Foi uma luta feroz entre eles pela vitória, Mas Hamilton não conseguiu ter uma chance de passar Rosberg ou então não quis se expor a um perigo de tentar a ultrapassagem e se envolver em uma situação em que tivesse um prejuízo fatal na corrida, Dessa Forma Rosberg conquistou a vitória diminuído o prejuízo para 17 pontos e tendo mais possibilidades de campeonato apesar de depender da Vitória e de Hamilton não chegar em 2ºlugar como chegou hoje. Para o Inglês basta um segundo lugar para conquistar o seu segundo título na carreira.

Felipe Massa teve seu melhor final de semana do ano, apesar das duas atrapalhadas que cometeu acabaram não dando prejuízos suficiente para tirar o 3ºlugar das mãos dele. Foi o 2ºpódio na temporada e em casa, o que eleva muito a moral do piloto Brasileiro no final da temporada. Jenson Button que pode estar a uma corrida do final da carreira fazendo belíssimo final de semana colocando a Mclaren em 4ºlugar e melhorando a pontuação da equipe de Woking. Sebastian Vettel ficou em 5ºlugar, Uma boa participação em Interlagos marcando os 10 pontos da Red Bull que confirma de forma definitiva o vice-campeonato do mundial de construtores.

Logo atrás veio Fernando Alonso que travou um bonito duelo com o seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen que lutou como nunca com sua tática de duas paradas, Mas não conseguiu superar o espanhol que levou sua Ferrari a 6ªposição, Raikkonen ficou com o 7ºlugar a 2 décimos de Nico Hulkenberg que voou baixo no final usando o jogo de pneus mais macios após usar quase a corrida toda com os pneus mais duros, Uma bela corrida do Alemão da Force India.

Kevin Magnussen e Valtteri Bottas completaram a Zona de pontuação, Danill Kvyat acabou por pouco fora dos pontos ficando em 11ºlugar, Pastor Maldonado conseguiu levar a Lotus a uma razoável 12ºposição na frente da Toro Rosso de Vergne, Esteban Gutierrez que esteve na zona de pontuação na corrida por algum tempo acabou apenas em 14ºlugar, Sergio Perez muito apagado na corrida e Adrian Sutil completaram os 16 que terminaram a corrida, Já Roman Grosjean parou a 8 Voltas para o final da corrida.

Resultado final do GP do Brasil de Formula 1:

pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 6 Nico Rosberg  Mercedes AMG Petronas F1 Team F1 W05 Hybrid Mercedes PU106A Hybrid 1:30:02.555
2 44 Lewis Hamilton  Mercedes AMG Petronas F1 Team F1 W05 Hybrid Mercedes PU106A Hybrid a 1.457s
3 19 Felipe Massa  Williams Martini Racing FW36 Mercedes PU106A Hybrid a 41.031s
4 22 Jenson Button  McLaren Mercedes MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid a 48.658s
5 1 Sebastian Vettel  Infiniti Red Bull Racing RB10 Renault Energy F1-2014 a 51.420s
6 14 Fernando Alonso  Scuderia Ferrari F14 T Ferrari 059/3 a 1:01.906s
7 7 Kimi Räikkönen  Scuderia Ferrari F14 T Ferrari 059/3 a 1:03.730s
8 27 Nico Hulkenberg  Sahara Force India F1 Team VJM07 Mercedes PU106A Hybrid a 1:03.934s
9 20 Kevin Magnussen  McLaren Mercedes MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid a 1:10.085s
10 77 Valtteri Bottas  Williams Martini Racing FW36 Mercedes PU106A Hybrid a 1 Volta
11 26 Daniil Kvyat  Scuderia Toro Rosso STR9 Renault Energy F1-2014 a 1 Volta
12 13 Pastor Maldonado  Lotus F1 Team E22 Renault Energy F1-2014 a 1 Volta
13 25 Jean-Eric Vergne  Scuderia Toro Rosso STR9 Renault Energy F1-2014 a 1 Volta
14 21 Esteban Gutierrez  Sauber F1 Team C33 Ferrari 059/3 a 1 Volta
15 11 Sergio Perez  Sahara Force India F1 Team VJM07 Mercedes PU106A Hybrid a 1 Volta
16 99 Adrian Sutil  Sauber F1 Team C33 Ferrari 059/3 a 1 Volta
17 8 Romain Grosjean  Lotus F1 Team E22 Renault Energy F1-2014 a 7 Voltas
x 3 Daniel Ricciardo  Infiniti Red Bull Racing RB10 Renault Energy F1-2014 a 32 Voltas – Quebra de Suspensão

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Williams/Force india/Arquivo Pessoal