Corridas históricas: GP de Meadowlands de 1989

Grid de Largada

1KMeXka8J2AaztMCAf
3cnAqA52p4XSruQAA0
55Iy3EJbI6mnQL1CrU
7CW1leTxm80d9zJgVj
99fYfcnAo10cMazWHXM
11sY4HORce123VElG4Mw
13hOqSIir414QnVU8hKl
15RoGkGHWN162qqx6BYo
17kQqTwMGA18dSllggVs
19BOGXtQ9e20zIjVRPB4
21TPKSLbHl22cM05XtXm
23L6SiBI9d24uq7fAtOc
25YmPuFDou26njlLG4Bv
27Viuub7Lh28keN4AmiD

Em uma das pistas mais curtinhas da Formula Indy naquela época. Em Meadowlands, New Jersey foi realizada a 8ªEtapa da Formula Indy de 1989. Em grande fase na temporada, Emerson Fittipaldi vinha de 3 vitórias seguidas e na liderança do campeonato, Com 108 pontos contra os 80 pontos de Rick Mears (Penske), o vice-líder do campeonato. Al Unser jr. da Galles (68), Teo Fabi da Porsche (59) e Michael Andretti da Newman-Haas (55).

Emerson Fittipaldi sobrou na Classificação e foi o pole position, Com Mario Andretti largando ao seu lado na primeira fila. Na segunda fila, largaram Al Unser Jr. com o carro da Galles e Michael Andretti com carro da Newman-Haas. Na terceira fila largaram Rick Mears da Penske e Bobby Rahal da Kraco Racing. Pruett (Truesports), Fabi (Porsche), Sullivan (Penske) e Daly (Raynor) completavam os 10 primeiros no Grid de Largada. 28 pilotos disputariam a co

A corrida teria 150 voltas de duração e a premiação seria de 700 mil dólares. O tempo estava encoberto com possibilidades de chuva. Antes mesmo da largada, Dominic Dobson rodou na volta de apresentação, Voltou a andar sem muito problema, mas rodar na volta de apresentação já não é um bom cartão de visita.

A primeira tentativa de largada foi abortada, as filas não estavam formadas corretamente e Fittipaldi disparou demais na frente. Na segunda largada, Mario Andretti chegou a passar para a frente, Mas Emmo recuperou a ponta no final da primeira parte da 1ªVolta. Michael Andretti vinha colado no pai em 3º. Os três abriram muito de Al Unser jr.

Emerson Fittipaldi conseguiu abrir dos dois pilotos da Newman-Haas, Michael tentou duas vez por dentro na curva 1, depois ele usou a potência do seu carro e passou o pai, assumindo a ponta. Na 3ªVolta, Michael superou Fittipaldi e assumiu a ponta, no final da mesma volta foi a vez de Mario superar o piloto da Partick Racing, voltando ao 2ºlugar. Algumas gotas começam a cair no circuito, mas ainda não era o suficiente nem para pensar em colocar pneus de chuva.

Mais atrás, Al Unser jr. e Bobby Rahal brigavam pelo 4ºlugar. O piloto da Kraco tinha uma desvantagem grande, seu motor Cosworth não era páreo aos motores Chevrolet e até mesmo para os motores Porsche de Teo Fabi. Após 6 voltas a classificação era: 1. Michael Andretti, 2. Mario Andretti, 3. Emerson Fittipaldi, 4. Al Unser jr., 5. Bobby Rahal, 6. Rick Mears, 7. Fabrizio Barbazza, 8. Teo Fabi, 9. Scott Pruetti, 10. Derek Daly.

Com uma pista tão curta, era evidente que os primeiros colocados iriam colocar volta nos últimos colocados em pouco tempo. Enquanto Michael abriu uma boa vantagem na ponta, Mario se enrolou com os retardatários e com isso, Emerson estava bem perto dele, Little Al se aproveitou e também entrou na briga pelo 2ºlugar. Deixando Bobby mais para trás.

Apesar de ser um circuito de rua, a pista era razoavelmente larga e permitia a possibilidade de ultrapassagem. A batalha pelo 2ºlugar estava dura, Rahal chegou no pelotão, Agora os 4 (Mario, Emmo, Al Unser jr. e Bobby) estavam disputando a 2ªPosição. Havia momentos que pilotos como John Jones no momento adequado ele facilitava a ultrapassagem, mas em outros, quando tinha 2, 3 disputando posição na frente, ai a situação se complicava para os ponteiros. Como quase sempre, Bobby ficou numa posição mais de espera, enquanto que Mario, Fittipaldi e Little Al vinham disputando o 2ºlugar, Uma hora Fittipaldi era pressionado pelo piloto da Galles, em outra, Mario era pressionado pelo piloto Brasileiro.

Mario em uma das voltas tenta passar um carro bem lento, mas não consegue e permite a todo mundo chegar nele. Seu filho Michael conseguia com mais tranquilidade superar os retardatários. O piloto da Bettenhausen, Steve Chassey foi o primeiro a deixar a prova, com problemas de motor na 13ªVolta.

No final da 18ªvolta, Derek Daly facilitou a vida de Mario Andretti ao deixar passar o Veterano da equipe Newman-Haas, mas com Emerson, ele não fez isso, Num ponto bem complicado, o piloto irlandês acabou atrapalhando demais o Brasileiro da Partick, que viu Al Unser e Rahal encostarem. Tom Sneva acabou com o Turbo estourado no ponto mais crítico da pista, Isso fez com que Dominic Dobson da Bayside rodasse (de novo), ficando em situação perigosa, ao lado contraio da pista.

Prruwbsw o

Roberto Guerreiro não quis saber de deixar Al Unser jr. passar, (Apesar de ele esta com um carro da Morales e com um motor Alfa Romeo ainda em fase de desenvolvimento o colombiano não estava a fim de ajudar. ) Little al tocou na roda traseira do retardatário e por sorte ele continuou na prova. Classificação após 20 voltas: 1. Michael Andretti, 2. Mario Andretti, 3. Emerson Fittipaldi, 4. Al Unser jr., 5. Bobby Rahal.

O Toque dado em Roberto Guerreiro não afetou o carro de Al Unser jr. que continuava no ataque em cima de Fittipaldi. Era naquele momento o pega da corrida, Little Al colava em determinado ponto da pista, mas não conseguia um ponto ideal para superar o piloto da Partick Racing. Até que Emerson escorrega e Al Unser jr. conseguiu a ultrapassagem por fora, mas quando achou que tinha acabado tudo ai, se engana, Pois o piloto da Galles escorrega no ponto mais critico do circuito, Emerson não consegue aproveitar a situação, mas quem se aproveita muito bem foi Bobby Rahal, que tomou posição do Brasileiro e quase tomou o terceiro lugar de Al Unser jr. Emerson levou a pior nessa disputa ao cair do 3º para o 5ºlugar.

Chegando as 30 voltas completadas, tudo tranquilo para Michael Andretti como líder da prova. O Belga Didier Theys deixou a prova com problemas no injetor do combustível na 19ªVolta. Após 29 Voltas a Classificação era essa: 1. Michael Andretti, 2. Mario Andretti, 3. Al Unser jr. , 4.Bobby Rahal, 5.Emerson Fittipaldi. 25 pilotos continuavam na prova. Era muito carro em uma pista tão curta como essa pista de rua.

Al Unser jr. já estava em cima de Mario Andretti, disposto a tomar o segundo lugar do velho campeão mundial de Formula 1, Para ajudar Mario tinha 5 retardatários na sua frente. O que salvou Mario foi uma bandeira amarela que surgiu na 35ªVolta, por causa de detritos na pista. Também era o momento ideal para a primeira parada dos líderes aos boxes. Todos os lideres foram para a parada. O piloto da Euromotorsports, Scott Acthison praticamente parou com problemas em uma das rodas.

Classificação após 38 Voltas: 1. Michael Andretti, 2. Al Unser jr., 3. Mario Andretti, 4. Emerson Fittipaldi, 5. Bobby Rahal, 6.Raul Boesel, 7. Fabrizio Barbazza, 8. Scott Pruett, 9. Scott Brayton, 10. Arie Luyendky. Al Unser jr. e Emerson Fittipaldi ganharam 1 posição sobre Mario e Rahal após as paradas. Raul Boesel em ótima corrida de recuperação em 6ºlugar, Fabrizio Barbazza andando muito bem com o carro da Arciero. Rick Mears e Danny Sullivan fora dos 10 primeiros colocados.

Bandeira verde na volta 39, Michael Andretti continuava na frente, abrindo muito sobre Al Unser jr. que tinha uma penca de retardatários para superar. Rahal superou Emerson e agora estava  querendo o 3ºlugar de Mario Andretti. Em um momento quase que o piloto da Kraco conseguiu superar o campeão do Mundo de 1978.

Na empolgação, Al Unser jr. escorrega ao entrar na reta dos boxes ao tentar colocar volta em Raul Boesel. Estava em 2ºlugar a buscar de Michael, mas acabou tomando volta do líder e caiu para o 6ºlugar, logo atrás do mesmo Raul Boesel. Dessa vez Little Al não teve dificuldade para superar o piloto brasileiro e recuperou o 5ºlugar. A pista começava a ficar mais úmida. Ao mesmo tempo que Bobby Rahal supera Mario Andretti assumindo o 3ºlugar.

Scott Pruett foi para cima de Boesel e conquistou a 6ªposição do piloto da Shierson (Que vinha perdendo rendimento). Ao mesmo tempo, Derek Daly se arrastava com problemas Elétricos no seu carro (Logo depois abandonaria a corrida por causa desse problema). Segundos depois, Scott Brayton bateu no muro e danificou a asa dianteira. Porem, ele conseguiu voltar a prova sem maiores prejuízos. Com 50 Voltas de corrida a classificação era: 1. Michael Andretti, 2. Mario Andretti, 3.Bobby Rahal, 4. Emerson Fittipaldi, 5. Al Unser jr., 6. Teo Fabi, 7. Scott Pruett, 8. Raul Boesel, 9. Rick Mears, 10. Bernard Jourdain, 11.Jeff Wood, 12. Arie Luyendyk, 13. Kevin Cogan, 14. Danny Sullivan, 15. Roberto Guerrero, 16. Pancho Carter, 17.John Paul Jr., 18. Scott Brayton, 19. John Jones, 20. A.J.Foyt, 21. Dominic Dobson, 22. Randy Lewis, 23. Scott Atchison, 24. Derek Daly, 25. Fabrizio Barbazza, 26. Didier Theys, 27. Tom Sneva, 28. Steve Chassey. Uma pena foi o abandono de Fabrizio Barbazza que vinha em uma ótima posição.

8398qcvr o

A pista vinha com uma dificuldade de condução cada vez maior. Randy Lewis acabou rodando com seu carro da Dick Simon, num ponto muito perigoso da pista, Roberto Guerreiro vinha se arrastando na pista. Provavelmente ele tocou por trás de Lewis que rodou, Já era a segunda que o colombiano maluco aprontava. Isso provoca a segunda bandeira amarela na 54ªVolta.

Após 55 voltas: 1. Michael Andretti, 2. Mario Andretti, 3. Bobby Rahal, 4. Emerson Fittipaldi, 5. Al Unser jr. 5 voltas depois, Emerson Fittipaldi fez uma parada e isso permitiu a Little Al voltar ao 4ºlugar.

Na volta 61, ocorreu a relargada, com Michael Andretti bem a frente dos seus adversários. La atrás, Guerrero outra vez tenta aprontar, quase enchendo a traseira de Danny Sullivan. Teo Fabi, Arie Luyendky e Scott Pruett vinham por disputar posições na parte intermediária. O piloto da Truesports superou o Holandês Voador ganhando mais uma posição. As gotas de chuva continuavam a cair devagar, mas isso preocupava os pilotos desde das primeiras voltas numa possibilidade de cair uma chuva na 2ªMetade da prova.

56kgvpqp o

Pruett vai para cima de Fabi, briga pela 6ªposição. Um Ex-Formula 1 contra um novato na Formula Indy. Após 73 voltas: Michael continuava na liderança, Com Mario, Rahal, Fittipaldi e Al Unser jr. nas 5 primeiras posições.

Na Volta 75, uma confusão entre Mario Andretti e Pancho Carter provocou a terceira bandeira amarela da prova. O Velho Mario abandonou com problemas em sua suspensão. Enquanto que Michael Andretti fez mais uma parada nos boxes. Bobby Rahal assumiu pela primeira vez a liderança, mas logo o piloto da Kraco parou também e deixou a liderança de volta para o Filho do Mario.

Kwqdh9lk o

Relargada na 84ªVolta e Michael teria muito trafego pela frente, Porém a pista já estava molhada e com mais dificuldade para a condução dos pilotos. Ainda tínhamos mais de 20 pilotos da corrida e toda a ultrapassagem precisava ser bem feita para se manter vivo na disputa. Scott Pruett superou Teo Fabi e assumiu a 5ªposição. Porém, Fabi reagiu e acabou superando da Truesport e voltou ao 5ºlugar.

Na volta 89, John Jones rodou e Teo Fabi acabou batendo de leve, por sorte, o piloto da Porsche foi empurrado e voltou para a disputa. Na mesma volta, Michael Andretti bateu e teve de deixar a prova (ele não bateu na confusão da rodada de Jones). Bobby Rahal assumiu a liderança. Mesmo com o incidente, não precisou-se acionar uma nova bandeira amarela.

Jyaygqfh o

Rahal agora tinha que administrar a liderança debaixo de uma chuva. Porem, uma coisa que Bobby tinha de sobra era cabeça para administrar essa situação. Após 94 voltas, a classificação era: 1. Bobby Rahal, 2. Emerson Fittipaldi, 3. Al Unser jr., 4. Scott Pruett, 5. Rick Mears.

No começo da terceira parte de corrida, Emerson Fittipaldi se aproximou muito de Rahal, querendo emplacar uma 4ªVitória seguida. Bobby queria a primeira vitória em 1989, mesmo com um carro aquém do Penske-Chevrolet do Brasileiro. Seu Lola-Cosworth não estava a altura do seu talento. Em temos de piloto, Emerson e Bobby se equivalem.

T6wixkta o

Emerson tentava uma brecha para passar Rahal, que se defende bem dos ataques do piloto da Partick Racing. Chassey, Sneva, Theys, Daly, Barbazza, Foyt, Guerrero, Paul jr., Mario Anretti, Jourdain e Michael Andretti já tinham abandonado a corrida. 17 pilotos seguiam dos 28 que largaram da 8ªEtapa do campeonato.

Com o passar das voltas, a chuva piorava ainda mais. Com 23 voltas do final: Bobby Rahal e Emerson Fittipaldi disputavam a vitória. Scott Pruett passou Al Unser jr. assumindo a 3ªposição. Rick Mears completava os 5 primeiros colocados.

Upoqw0yo o

Em um dos lances mais marcantes da corrida, Emerson Tentou superar Rahal, que acabou tocando no Brasileiro que bate no muro. A sorte é que nem Bobby e nem Emerson tiveram problemas em seus carros. O Toque ocorreu muito porque a visibilidade da pista estava precária e provavelmente o líder não viu a presença de Emmo naquele momento. Emerson continuava a acompanhar Bobby, só que um pouco mais longe que o piloto da Kraco.

A corria estava chegando na sua reta final e Emerson precisava chegar em cima de Rahal se quisesse a vitória. Porém, seria difícil para ele. Jeff Wood acabou indo para o muro e parando na parte da reta dos boxes. Voltas depois, na volta 140, Kevin Cogan bateu violentamente no muro. Provocando uma nova bandeira amarela, que 5 voltas depois se transformaria em bandeira vermelha e em final de corrida.

H6yqmgym o

Bobby Rahal comemora a primeira vitória na temporada (Que seria sua única vitória em 1989) Uma vitória merecida de um piloto que teve paciência na hora certa, quando a chuva caiu. Emerson Fittipaldi termina em 2ºlugar e abria mais um pouco de vantagem para Rick Mears na liderança do campeonato. O Brasileiro tem 124 pontos contra 92 do Lendário piloto da Penske que chegou em 4ºlugar.

O pódio ficou com Scott Pruett da Truesports, Rick Mears acabou em 4º, depois de ficar fora dos primeiros lugares na primeira parte da corrida. Al Unser jr. completou os 5 primeiros colocados. Bela corrida de recuperação de Raul Boesel, chegando em 6ºlugar após largar na 16ªposição. Luyendyk, Sullivan, Fabi e Brayton completaram as 10 primeiras posições. John Jones que rodou ainda conseguiu o 11ºlugar e Kevin Cogan mesmo batendo salvou 1 ponto com o 12ºlugar.

Resultado final do GP de Meadowlands de 1989

Vídeo da corrida:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Video e Sceens: RaceHistory from Johann Alboretto (Dailymotion/NBC Sports)



Corridas Históricas – GP de Long Beach 1984 – Formula Indy

Grid de Largada:

PilotoEquipamentoEquipe
1 Mario Andretti3Lola T800 CosworthNewman-Haas
2 Derek Daly17March 84C CosworthBettenhausen
3 Teo Fabi33March 84C CosworthForsythe
4 Al Unser Jr.7March 84C CosworthGalles
5 Roberto Guerrero9March 84C CosworthBignotti
6 Mike Chandler88Eagle 84SB Pontiac V8Curb
7 Michael Andretti99March 84C CosworthKraco
8 Geoff Brabham18March 84C CosworthKraco
9 Bruno Giacomelli44Theodore 83 CosworthTheodore
10 Jim Crawford78Theodore 83 CosworthUnited Breweries
11 Jacques Villeneuve Sr.76March 83C CosworthCanadian Tire
12 Emerson Fittipaldi47March 83C CosworthGTS
13 Bobby Rahal5March 84C CosworthTruesports
14 Danny Sullivan30DSR-1 CosworthShierson
15 Tom Sneva4March 84C CosworthMayer
16 John Paul Jr.8Penske PC-10 CosworthVDS
17 Howdy Holmes41March 84C CosworthMayer
18 Rick Mears6Penske PC-12 CosworthPenske
19 Pete Halsmer11Penske PC-10 CosworthArciero
20 Al Holbert21March 84C CosworthMorales
21 Kevin Cogan98Ligier LC02 CosworthCurb
22 Gordon Johncock20March 84C CosworthPatrick
23 John Morton85Eagle 83 ChevroletCenterline Wheels
24 Al Unser1Penske PC-12 CosworthPenske
25 Josele Garza55Penske PC-10 CosworthMachinists Union
26 Ed Pimm64March 83C ChevroletJet Engineering
27 Chip Ganassi40Wildcat PR10 CosworthPatrick
28 Dick Simon22March 84C CosworthDick Simon

Eliminados

Bill Alsup27March 83C CosworthAlsup Racing
Phil Caliva69March 83C CosworthWolff Properties
Steve Chassey56Eagle 82 Chevy V8Interscope Racing
Tony Bettenhausen, Jr.16March 84C CosworthBettenhausen
Dick Ferguson31Eagle 83 CosworthHess Racing
Chris Kneifel72Primus 84 CosworthPrimus Motor Sports
Roger Mears70March 84C CosworthWolff Properties
Danny Ongais25March 84C CosworthInterscope Racing
Johnny Parsons59Penske PC-10B CosworthMachinists Union
Bill Tempero15Longhorn ChevyAlsup Racing
Desiré Wilson34March 83C CosworthWysard Racing
Chip Ganassi40Wildcat 9B CosworthPartick Racing

Mario Andretti passeia em Long Beach, Vitória fácil e de ponta a ponta na abertura da temporada

O começo da 6ªTemporada da Formula Indy teve um domínio amplo e completo do campeão da Formula 1 de 1978. Mario Andretti largou da pole position para vencer a etapa de abertura em Long Beach. O irlandês Derek Daly (Bettenhausen) larga em 2º. Na segunda fila largaram Teo Fabi da Forsythe e o jovem Al Unser jr. da Galles. Na terceira fila era composta pelos pilotos Roberto Guerreiro da Bignotti (Estreante) e Mike Chandler da Curb.

Emerson Fittipaldi corria pela GTS em sua estreia na Indy largava em 12ºlugar. O Campeão de 1983 Al Unser largava em uma longuiqua 24ªposição dos 28 classificados para a prova.

Na largada, Andretti manteve a liderança com muita folga para Teo Fabi, que vinha em 2º. Quem largou bem foi Mike Chandler que segurava a turma toda, defendendo o 3ºlugar. Porém o piloto da Curb, com motores Pontiac e chassis Eagle abriu de Derek Daly, Al Unser jr. e Michael Andretti brigando pelo 4ºlugar em uma disputa feroz. Guerreiro e Geoff Brabham vinham em 7º e 8ºlugares respectivamente.

Nas primeiras voltas, Kevin Cogan abandona a prova com problemas de Transmissão (O Carro do piloto Norte-Americano usava um chassis da Ligier). O Mexicano Josele Garza teve problemas em seu carro e lentamente tentou se encaminhar para os boxes e pediu ajuda dos fiscais que trabalhavam na pista de rua para voltar a disputa.

Bruno Giacomelli abandonou na 7ªVolta com problemas de Motor. Michael Andretti nesse meio tempo superou Al Unser jr. e depois na reta chegou a superar Derek Daly, mas o irlandês acabou usando o vácuo e deu o troco no jovem piloto da Kraco. O Colombiano Roberto Guerreiro superou o Little Al e passou para o 6ºlugar.

Michael Andretti foi para os boxes muito cedo, para trocar os pneus. deixando a disputa pelas primeiras posições monetariamente. Guerreiro subiu para o 5º, Al Unser jr. para o 6º e Emerson Fittipaldi para o 7ºlugar, que começava a pressionar o piloto da equipe Galles. Na 11ªVolta, Guerreiro vai para os boxes e abandona com problemas de motor. A Classificação da prova era Mario, Fabi, Chandler, Daly, Al Unser jr., Fittipaldi, G.Brabham nas 7 primeiras posições.

Al Unser jr. voltou a partir para o ataque em cima de Daly, porém perdeu velocidade e teve que defender o 5ºlugar de um ataque de Emerson Fittipaldi. Michael Andretti faz uma segunda parada, dessa vez deu para ver que ele tinha problemas com o aerofólio dianteiro. Daly, Al Unser jr. e Fittipaldi duelavam ferozmente pelo 4ºlugar ao se aproximarem da 15ªVolta.

Michael Andretti partiu para a 3ªparada para trocar mais uma fez o aerofólio dianteiro. 1 minuto depois, Al Unser jr. superou Derek Daly passando para a 4ªposição. Michael Andretti continuava nos boxes e o carro estava soltando fumaça. Parecia que a prova do filho de Mario tinha acabado, mas ele acabou voltando para a pista (Bem atrasado em relação aos líderes).

Mario Andretti enquanto isso continuava na ponta, Já Geoff Brabham fazia sua parada sem problemas (O outro piloto da Kraco), mas a parada foi lenta demais. Com mais de 25 segundos para colocar pneus e reabastecer.

Naquela altura da prova (Acredito que a prova estava chegando as 30 voltas completadas) a Classificação era essa: Mario Andretti, Teo Fabi, Mike Chandler, Al Unser jr. e Emerson Fittipaldi. A Prova estava prevista para 112 voltas. Brabham em poucas voltas já tinha superado Al Unser jr. e Emerson Fittipaldi, voltando para o 4ºlugar. Os pilotos da Penske Rick Mears e Al Unser vinham muito para trás.

Teo Fabi foi para a sua primeira parada de troca de pneus e reabastecimento, com um bom trabalho da Forsythe o italiano volta à pista.

Daly vinha um pouco na frente de Jim Crawford e de John Paul Jr., o piloto da VDS foi para cima do piloto Britânico e acabou ganhando essa posição (Provavelmente o 6º ou 7ºlugar naquela altura da prova). Aos poucos os primeiros colocados estavam fazendo suas paradas nos boxes, Derek Daly foi para a parada.

Na mesma 28ªVolta, Rick Mears e Al Unser abandonaram a prova. A temporada não começava bem para a equipe de Roger Penske (Eles dariam a volta por cima em Indianapolis). Danny Sullivan que voltava da Formula 1 após um ano pela Tyrrell também já tinha deixado a prova.

Na volta 46, John Paul jr. perde a roda e abandona a prova. Com isso, Andretti, era o líder, Com Chandler em 2º e Al Unser jr. em 3º, se aproximando do piloto da Curb. Porém, o piloto da Galles foi para a sua parada (Little Al voltou a prova em 4º) e deixou Chandler mais tranquilo em 2ºlugar.

Mario Andretti viveu um pequeno susto na frente, tendo que se segurar para não bater em Al Unser jr.  quando ele estava para dar uma volta no jovem piloto da Galles. O Brasileiro Emerson Fittipaldi foi para os boxes, realizando a sua primeira parada de boxes na Formula Indy. A equipe não fez um grande trabalho, na verdade, foi bem ruim e isso fez com que Emmo perdesse mais de 30 segundos até que ele voltasse para a pista.

Quanto a prova se aproximava da sua metade, Mario Andretti foi para os boxes e voltou na liderança ainda, Mike Chandler estava muito longe e também acabou fazendo a parada na mesma volta. A Vantagem do velho Mario era enorme com relação ao Teo Fabi (Voltando ao 2ºlugar) e Al Unser jr. em 3ºlugar.

Al Unser jr. foi para a sua segunda parada, deixando que Chandler voltasse para o 3ºlugar. Porém, o piloto da Galles estava parado, Com problemas elétricos acabou abandonando a prova. Teo Fabi rodou e acabou não conseguindo voltar. Com 51 voltas, Andretti estava na liderança, com 1 volta de frente para Mike Chandler.

4 voltas depois, Chandler também abandonou, ele teve problemas de Câmbio. Tava dando tudo certo para Mario Andretti. Com tudo isso, Mario Andretti estava muito na frente dos seus adversários.  Emerson Fittipaldi estava em 2ºlugar na sua estreia na Indy. Bobby Rahal em 3º, Geoff Brabham em 4º e Tom Sneva completando os 5 primeiros colocados.

Rahal fez sua 2ªparada nos boxes. Quando ele sai dos boxes, O piloto da Truesports acabou se enroscando com Howdy Holmes da Mayer.  A 42 voltas do final, Mais um piloto de ponta deixava a corrida.

Mario Andretti seguia firme e forte na liderança, não tendo um forte adversário para ameaçar o piloto da Newman-Haas. Mais atrás, Geoff Brabham superou facilmente a Emerson Fittipaldi e ganhou o 2ºlugar. Apenas 12 pilotos dos 28 que largaram continuavam.

Tom Sneva, Emerson Fittipaldi e Jim Crawford fizeram a última parada deles. A menos de 30 voltas do final, Mario foi para os boxes. Dessa vez a equipe trabalhou mal, Mas a vantagem era tanta que Mario voltou ainda bem a frente de Geoff Brabham (2ºcolocado).

A se destacar, A transmissão dessa prova foi péssima. Não tinha nem a marcação de quantas voltas tinha e quantas voltas faltavam para o final. A ESPN fez uma transmissão muito ruim mesmo. Se por algum motivo erramos em alguma coisa no a narrativa da corrida, muito foi por causa dessa transmissão porca dos Norte-americanos.

Mario Andretti de ponta a ponta conquistou a vitória, um dia perfeito para o campeão da Formula 1. No final da prova, O Australiano Geoff Brabham quase não chegou no final para ficar em 2ºlugar, mas mesmo que ficasse pela pista o piloto da Kraco ficaria em 2ºlugar, Já que Tom Sneva que chegou em 3º ficou 1 volta atrás do vencedor. Completaram os 5 primeiros colocados: Jim Crawford (United Breweries) e Emerson Fittipaldi (GTS).

Sem dúvida um dia para Mario Andretti não esquecer. Além da atuação impecável, seus principais adversários ficaram pelo caminho durante a prova.

Screens:

Resultado final do GP de Long Beach de 1984

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Screen: Andrew Sopher (Youtube)

Carta aberta do site Portal Sportszone de Oposição ao Governo Jair Bolsonaro

Nós do Portal Sportszone estamos aqui em comunicado com o seu público declaramos que somos completamente contra o Governo Jair Bolsonaro, Esse governo esta fora de ter uma pauta pelo menos razoável para um Governante de estado. Seu projeto visa destruir o país, Desmoralizar a nossa nação e prosseguir colocar rótulos aos seus Adversários políticos e até mesmo os aliados que não concordem com tudo que ele pensa, Como nunca aconteceu nessa nação.

Já dá para se constatar que esse governo é um desastre completo, Em apenas 8 meses, Ou seja, nem se quer completou 1 ano. Apenas meio ano já daria para constatar a incapacidade desse político medíocre, que mente, que não aceita a realidade que esta bem na cara dele, mantendo sua popularidade com suas mitadas e apostando na desconstrução da verdade. Não existe vida inteligente nesse governo, quando alguém demonstra inteligência, Bolsonaro e seus asseclas acabam por eliminar essa voz que poderia ser um ponto de consciência mínima do Governo.

No Mundo Inteiro, o Brasil já perdeu a importância que tinha, Somos vistos com maus olhos para o restante do Mundo. Isso vai cair diretamente em que é brasileiro de bem, que não escolheu esse monstro, essa figura lamentável como presidente. Dá vontade de eu pedir a outro país para me naturalizar ou virar cidadão de outro país. É inaceitável que ele possa atacar a esposa de Emmanuel Macron, Atacar o paí da Ex-presidente Michelle Bachelet. Nesses casos, Tanto o presidente da França quanto o presidente do Chile responderam a altura esse embusteiro.

E pensar que tivemos 11 opções diferentes para combater Bolsonaro, Tinha candidatos de Direta: Alckmin, Alvaro Dias e Meirelles. Um candidato Liberal: Amoedo, 2 Candidatos Cristões: Daciolo e Eymael, Candidatura Ambientalista: Marina Silva e 4 candidatos de Esquerda: Vera Lúcia, Boulos, Ciro Gomes e Haddad.

Mesmo que que se tivesse o Anti-Petismo enraizado no país, Existia 10 candidatos além do Haddad e do Bolsonaro para votar. Ou seja, Sem desculpas de que “Não havia outra opção” Como disseram 2 pilotos ignorantes, nos quais, Tentei por um mês inteiro que eles desistirem do voto no Bolsonaro. Mas eles foram até o fim nessa onda diabólica. Depois desse dia eu nunca mais falei com os dois, Assim como eu não falei com muita gente depois das eleições. Desde do final das eleições, eu não uso mais o Facebook. Eu parei de postar, pois não adianta nada eu postar coisas que a maioria do povo brasileiro se quer. Não sou youtube, não sou influence e a maioria das pessoas por lá me odeiam.

Esse é o motivo no qual, Tenho certeza que o meu site nunca mais terá patrocinadores, Ninguém me ajuda se cadastrando pelo meu link na publipt (É uma forma que restou para eu não cobrar dinheiro para manter o Portal Sportszone), Meu conhecimento parece não valer nada, Pelo contraio, Um meme tosco é muito mais valorizado do que o conhecimento. Isso já a muito tempo.

Lamentável que numa sociedade em que uma pessoa despreza uma pessoa que só queria recuperar uma amizade e ao mesmo tempo, Uma garota, que cuspe num gatinho tenha hoje mais de 11 milhões de seguidores e não acrescenta em nada na sociedade. Isso é um bom exemplo de como os Valores estejam tão invertidos como nos dias de hoje.

Se esse país fosse à Argentina, Bolsonaro e sua família de políticos deveriam estar em uma penitenciária, Por fazerem várias e várias vezes apologia a Torturadores. Não é possível que teve pessoas, nas quais, Nunca, Jamais pensei que pessoas pacificas, que pareciam ser boas pessoas terem entrado nessa onda, Contaminado por essa doença, Porque Bolsonarismo é uma doença seria, Uma epidemia, Que muita gente poderia se curar dessa cura, e a cura era o conhecimento, era pesquisar sobre os candidatos. Quem fez isso, Muito provavelmente não votaria no Bolsonaro, Mesmo se você fosse anti-petista, teria o direito de anular seu voto.

Eu confesso aqui, Perdi vários amigos que preferiam votar no Bolsonaro, Cai fora do Automobilismo Gaúcho, Um lugar conservador, Babaca, Tradicionalistas Homofóbicos e Racistas pra caramba. Eu trabalhei 3 anos para eles, Coloquei minhas sugestões aqui, Bastava eles seguirem e eles começariam a formar público, Fariam bons espetáculos. Mas como dizia Jordana Vucetic, O Conservadorismo do Gaúcho irrita muito em um dos stories dela no Instagram. (Sim, sigo ela, porque ela tem uma enorme consciência e é uma cidadã que tem influência e sabe se posicionar na sociedade de hoje.

Parei de falar com os pilotos Brasileiros (Quase todos), Eles parecem esta vendo outro mundo, A maioria dos seus fãs estão na parte mais desfavorecida do país e não estão cheios da grana. Aí vai defender o que esse governo quer fazer com o pobre, É muito fácil. Queria ver se eles não tivessem dinheiro, Como a maioria do trabalhador brasileiro, Com um salário muito aquém que se merece e ainda por cima o governo que vocês colocaram querem tirar todos os direitos e retroceder a tal ponto que voltaremos aos anos iniciais da revolução industrial.

Eu não tenho mais interesse em conversar com muitas pessoas que entraram nessa Onda. Teve uma pessoa que participou do Portalsportszone por muito tempo que eu dispensei em definitivo. Se ele quiser voltar, Eu não aceito mais a presença dele, Que faça um novo site, Ele e a amiguinha dele que em nada ajudou o Site durante anos e anos. Me reservo a não falar o nome de nenhum deles, Nem tem mais vestígios da presença do dois do site.

Só gente maluca para continuar do lado do governo e não ficar na oposição nesse momento. Um governo além de Autoritário que tem como governante, um desequilibrado juntamente com um bando de ministros que são deploráveis, que mentem e negam a realidade para inventar uma versão absurda da história.

Exemplo disso foram os malucos que dizem que as queimadas, O piloto Lucas di Grassi, um dos maiores puxa-sacos desse Governo (Filiado ao Partido Novo – que na verdade é um partido que já nasceu bem velho) Falou que esses incêndios não estão acima dos incêndios os outros anos, Isso não justifica diminuir. Ainda ele disse para não nos preocupamos com essas queimadas, Eu digo que é para ficar preocupado sim! (Incrível que uma pessoa que se diz preocupada com o meio ambiente, Que está em uma categoria de carros elétricos, possa ter essa atitude de passar o pano nessa situação)

Prefiro muito mais Vídeo da Fernanda Concon no instagram: Em um dos seus posts, ela falou que o Pulmão do Mundo esta em chamas há 18 dias. Os vídeos de Henry Bugalho e de outros Youtubes que estão tentando libertar o povo dessa Epidemia Bolsonariana. Até mesmo Lewis Hamilton se preocupou com essas queimadas da amazônia.

Existem até pessoas religiosas, com consciência falam que Bolsonaro é um representante de Satanás na terra. A principio, Um absurdo, Mas na realidade, Pelos ato do presidente e da sua equipe? Não é de duvidar que ele seja um homem possuído pelo demônio. Se unido ao Edir Macedo e a outros vendilhões da Fé, que de forma diabólica, Exploram o povo pedindo dízimos e vendendo salvação, com objetos que se dizem ungidos por deus (Duvido que eles dizem a verdade) Quando a mais de 2 mil anos atrás, Jesus Cristo nunca cobrou dizimo para espalhar a palavra de Deus e o amor entre seus semelhantes, Entre os excluídos pela sociedade (Prostitutas, Leposos, Cobradores de Impostos) e eles chamavam os Lideres religiosos da época de Raça de Víboras.

Nesse momento, Estou colocando um limite na minha vida. Você que é Bolsominion e meu amigo, Essa é a sua última chance. Vou ser generoso com você, Darei a chance de você escolher ou Bolsonaro ou minha amizade. Caso você escolha Bolsonaro, Então saia da minha vida, Eu não quero mais gente alienada, que esta lutando para fazer desse país um país pior!

Sinceramente, só acredito que o Brasil vai melhorar se o bando de fanáticos pelo Bolsonaro começar a serem excluídos da sociedade. Que todos eles percam seus empregos, que passem a serem boicotados no mercado de trabalho, Que sejam rechaçados em locais públicos, E que as opções políticas dessas pessoas sejam menosprezadas e rechaçadas pela imprensa falada, escrita e televisada. Só assim eles vão ter um choque de realidade e que se possa ter essa ter a esperança deles se curarem dessa epidemia Bolsonalista.

Sinto muito, Mas da forma que esta é a única Solução. Não só falando no ser humano normal que votou no Bolsonaro é que hoje esta arrependido, Esse merece estar do nosso lado. Agora, Quem viu todas essas imbecilidades, sabe que Bolsonaro é um ignorante, projeto de Fascista Tupiniquim e mesmo assim fica do lado dele, Dai não dá mais para salvar esse tipo de gente, Mesmo se for alguém culto e inteligente. Não é discriminação não, Agora, nesse momento é um ato de sensatez por enquanto.

Se os pilotos Brasileiros estão tão angariados em manter a política do passar pano, Seria interessante que o povo Brasileiro boicoite os eventos de esporte a motor no Brasil. Já imaginou a Stock Car com as arquibancadas as moscas, Não só a Stock, Como também outras categorias também deixarem de serem desprestigiadas. Com falta de público e perda de interesse, os patrocinadores vão sumir dos carros e os Grids vão ficar mais e mais vazios.

Só assim para que os pilotos comecem e ver a sujeira no ventilador. Só assim eles vão estar do nosso lado, Mas assim com cidadãos comuns, Terá pilotos que vão defender até a morte esse governo. E não só pilotos, Como dirigentes (Muitos deles corruptos), Donos de Equipe, Mecânicos vão ter uma parte que continuarão passando pano para Bolsonaro.

Torcida do Atlético com canto homofóbico

Também teve o mesmo canto Homofóbico na Torcida do Palmeiras

Tudo nesse governo é para da mais privilégios para os mais ricos, E sempre jogar cada vez mais na miséria os mais pobres quando a política inteligente a se fazer era melhorar a vida dos mais pobres e melhorar a educação pública, a Saúde Pública, Segurança Pública, O Incentivo as pequenas empresas e ao cooperativismo entre as pessoas. Governar com as Maiorias e proteger as minorias, Não deixar ter corrupção e se tiver corrupção, Que se combata a corrupção, Sem ter os bandidos de estimação, Os Corruptos de estimação e os fascistas de estimação.

Uma pessoa veio comentar no meu site, Não gostando que eu fale de política, Eu respondi a altura, com elegância e sem xingar a pessoa, Sem Lacração (Outra coisa que eu abomino na internet de hoje) Apenas com fatos. Com a realidade, Hoje dia 6 de Setembro de 2019, quase 1 ano depois após o assassinato desse país. Por causa de mais de 57 milhões de facadas nas costas. Tenho certeza que muitas dessas pessoas que deram essas facadas, já devem estar arrependidos de terem feito ajudado nesse crime hediondo.

Nesse final, quero anunciar que vou deixar por uns tempos as redes sociais, Peço desculpas, Mas não quero ficar mais em ambientes tóxicos, Tentei recuperar algumas amizades, mas em um cima de tanto ódio hoje em dia, Um discurso de tolerância e de união é hoje um crime, Sonhar é um Crime, Pensar diferente do que essas pessoas ignorantes e conservadoras é um crime.

Vou pedir o número do WPP das pessoas que quero que estejam do meu lado, Só volto as redes sociais o futuro, Quando o Brasil e os ambientes das redes sociais  deixarem de serem tão tóxicos e tão nocivos para a sociedade.

Um abraço a todos e que o verdadeiro deus abençoem todos vocês.

Me encontre por esse email: deivisonligier@hotmail.com ou falem comigo nos comentários no Portal Sportszone. Pelo Facebook, Instagram e Twitter eu estou fora. Não tenho mais vontade de estar nessas redes sociais por um bom tempo.

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Preview – GP do Canadá

Circuito Gilles Villeneuve
Localização: Montreal – Quebec, Canadá
Percurso: 4.361 metros – (2,709 milhas)
Curvas: 13
Recorde da Pole: Sebastian Vettel (Ferrari) – 1:10.764 – 2018
Recorde de Corrida: Rubens Barrichello (Ferrari) – 1:13.622 – 2004

Vencedores:

Mosport Park

AnoPilotoEquipe-MotorPaís
1967Jack BrabhamBrabham-RepcoAustrália
1969Jacky IckxBrabham-FordBélgica
1971Jackie StewartTyrrell-FordEscôcia
1972Jackie StewartTyrrell-FordEscôcia
1973Peter RevsonMclaren-FordEstados Unidos
1974Emerson FittipaldiMclaren-FordBrasil
1976James HuntMclaren-FordInglaterra
1977Jody ScheckterWolf-FordÁfrica do Sul

Mont-Tremblant

AnoPilotoEquipe-MotorPaís
1968Denny HulmeMclaren-FordNova Zelândia
1970Jacky IckxFerrariBélgica

Gilles Villeneuve

AnoPilotoEquipe-MotorPaís
1978Gilles VilleneuveFerrariCanadá
1979Alan JonesWillliams-FordAustrália
1980Alan JonesWillliams-FordAustrália
1981Jacques LaffiteLigier-MatraFrança
1982Nelson PiquetBrabham-BMWBrasil
1983René ArnouxFerrariFrança
1984Nelson PiquetBrabham-BMWBrasil
1985Michele AlboretoFerrariItália
1986Nigel MansellWilliams-HondaInglaterra
1988Ayrton SennaMclaren-HondaBrasil
1989Thierry BoutsenWilliams-RenaultBélgica
1990Ayrton SennaMclaren-HondaBrasil
1991Nelson PiquetBenetton-FordBrasil
1992Gerhard BergerMclaren-HondaÁustria
1993Alain ProstWilliams-RenaultFrança
1994Michael SchumacherBenetton-FordAlemanha
1995Jean AlesiFerrariFrança
1996Damon HillWilliams-RenaultInglaterra
1997Michael SchumacherFerrariAlemanha
1998Michael SchumacherFerrariAlemanha
1999Mika HakkinenMclaren-MercedesFinlândia
2000Michael SchumacherFerrariAlemanha
2001Ralf SchumacherWilliams-BMWAlemanha
2002Michael SchumacherFerrariAlemanha
2003Michael SchumacherFerrariAlemanha
2004Michael SchumacherFerrariAlemanha
2005Kimi RaikkonenMclaren-MercedesFinlândia
2006Fernando AlonsoRenaultEspanha
2007Lewis HamiltonMclaren-MercedesInglaterra
2008Robert KubicaBMW Sauber-BMWPolônia
2010Lewis HamiltonMclaren-MercedesInglaterra
2011Jenson ButtonMclaren-MercedesInglaterra
2012Lewis HamiltonMclaren-MercedesInglaterra
2013Sebastian VettelRed Bull-RenaultAlemanha
2014Daniel RicciardoRed Bull-RenaultAustrália
2015Lewis HamiltonMercedesInglaterra
2016Lewis HamiltonMercedesInglaterra
2017Lewis HamiltonMercedesInglaterra
2018Sebastian VettelFerrariAlemanha

Gasto de Pneus

Escolha dos Pneus

Consumo por Volta: 1.89 litros – 1,42 kg.
Tanque de Combustível (Capacidade): 77,46 Voltas
Cada volta de combustível: +0.03 segundos
Perda de tempo a cada 10 kg de Combustível: 0.210 segundos
Tempo de entrada e saída dos boxes: 16.5 Segundos

Previsão do Tempo:

Sexta:

Sábado:

Domingo:

Corridas históricas:

GP do Canadá de 1984

GP do Canadá de 1986

O que esperar de cada equipe para Montreal

Mercedes vai buscar sua 7ªVitória seguida. Hamilton tem 17 pontos de frente para Bottas, Enquanto o Inglês tenta consolidar a vantagem na liderança, O Finlandês tenta a 3ªVitória no ano para diminuir sua desvantagem para seu companheiro de equipe.

Ferrari em crise, Será que finalmente vão acertar?

Red Bull vai ter um bom final de semana? Verstappen vai tentar se aproveitar da Crise da Ferrari.

Mclaren vai marcar pontos para manter a vantagem na 4ªposição nos construtores? Lando Norris vai reagir após Carlos Sainz jr. ter feito boas corridas nas últimas 3 provas?

Racing Point terá uma boa corrida ou vai manter a triste sina da Espanha e principalmente do desempenho de Mônaco?

Após seu ótimo desempenho de Mônaco, Será que num circuito mais rápido a Toro Rosso vai ter um bom desempenho no circuito de Montreal.

Alfa Romeo vai reagir e voltar a pontuar? Giovinazzi vai deixar apenas de fazer número ou então a equipe vai continuar dependendo apenas do Raikkonen?

Qual a Haas esperamos: O Médico (Austrália e Espanha) ou o Monstro (China e Azerbaijão)?

Renault vai continuar na sua crise de desempenho? Ricciardo e Hulkenberg sofrem com a incrível falta de competitividade da equipe Francesa em 2019.

Williams ainda tenta ver aonde errou no Chassis FW42?

Horários:

EventoDiaBrasilCanadá
Practice 1Sexta-Feira11:00 as 12:3010:00 as 11:30
Practice 2Sexta-Feira15:00 as 16:3014:00 as 15:30
Practice 3Sábado12:00 as 13:0011:00 as 12:00
QualifySábado15:00 as 16:0014:00 as 15:00
Race – 70 LapsDomingo15:1014:10

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Mclaren/Toro Rosso/Racing Point/Haas/Alfa Romeo/Renault/Williams
Informações: F1 / F1-gears / Wikipedia

Corridas Históricas – GP de Portugal de 1984

Dia 21 de Outubro de 1984 – Estoril (Portugal)

Era dia de decisão na Formula 1 entre Niki Lauda e Alain Prost, Os dois pilotos da Mclaren que dominaram a Temporada estavam separados por apenas 3,5 pontos. Lauda tinha 66 pontos e Prost tinha 62,5 pontos. Um céu limpo para uma grande decisão

Grid de Largada:

posPilotoEquipe/MotorTempo
1Nelson Piquet(Brabham/BMW)1’21.703
2Alain Prost(McLaren/TAG)1’21.774
3Ayrton Senna(Toleman/Hart)1’21.936
4Keke Rosberg(Williams/Honda)1’22.049
5Elio de Angelis(Lotus/Renault)1’22.291
6Nigel Mansell(Lotus/Renault)1’22.319
7Patrick Tambay(Renault)1’22.583
8Michele Alboreto(Ferrari)1’22.686
9Derek Warwick(Renault)1’22.801
10Stefan Johansson(Toleman/Hart)1’22.942
11Niki Lauda(McLaren/TAG)1’23.183
12Riccardo Patrese(Alfa Romeo)1’24.048
13Philippe Streiff(Renault)1’24.089
14Eddie Cheever(Alfa Romeo)1’24.235
15Jacques Laffite(Williams/Honda)1’24.437
16Marc Surer(Arrows/BMW)1’24.688
17René Arnoux(Ferrari)1’24.848
18Thierry Boutsen(Arrows/BMW)1’25.115
19Manfred Winkelhock(Brabham/BMW)1’25.289
20Andrea de Cesaris(Ligier/Renault)1’26.082
21François Hesnault(Ligier/Renault)1’26.701
22Piercarlo Ghinzani(Osella/Alfa Romeo)1’26.840
23Gerhard Berger(ATS/BMW)1’28.106
24Jo Gartner(Osella/Alfa Romeo)1’28.229
25Mauro Baldi(Spirit/Hart)1’29.001
26Jonathan Palmer(RAM/Hart)1’29.397
27Philippe Alliot(RAM/Hart)1’30.406

A pole position era de Nelson Piquet, Com a sua Brabham-BMW fazendo a 9ªpole da Temporada de 1984. Em segundo larga Alain Prost, com a Mclaren-Porsche, O Carro do ano de 1984. Na segunda fila largam Ayrton Senna com a Toleman-Hart e Keke Rosberg com a Williams-Honda. A terceira fila era dos dois pilotos da Lotus-Renault, Com Elio de Angelis a frente de Nigel Mansell. Partick Tambay (Renault), Michele Alboreto (Ferrari). Derek Warwick (Renault) e Stefan Johansson (Toleman) fechavam os 10 primeiros. Niki Lauda fez um treino bem ruim devido aos problemas nos treinos de Sábado e largaria apenas em 11º.

A Vantagem era de Prost. O Circuito de Estoril estreava no Mundial de Formula 1 nesse ano, E logo em sua estreia teria uma decisão de campeonato. Portugal estava de fora da Formula 1 desde de 1960. Lauda poderia ser campeão pela terceira vez ou Prost poderia ir para o seu primeiro título da França.

Na Largada, Piquet foi mal e  Rosberg largou bem melhor e assumiu a liderança, Mansell passou do 6º para o 2ºlugar e Prost fez uma largada mais precavida e caiu para o terceiro lugar, Ayrton Senna recuou para o 4º, Alboreto subiu do 8º para o 5ºlugar e Elio de Angelis acabou perdendo uma posição e aparece em 6º. Nelson Piquet acabou rodando e caiu para o 27º e último lugar ao final da 1ªVolta.

Prost já foi para cima de Mansell, Na segunda volta e logo conseguiu passar para o segundo lugar. Lauda passou Cheever da Alfa Romeo na 3ªvolta assumindo o 10ºlugar. Enquanto que Phillipe Alliot da RAM abandonou a corrida.

O Francês partiu para cima de Rosberg com a Williams (Que era um carro muito problemático, mas rendia muito nas mãos do Finlandês) Os pilotos sofriam com a pista que estava bem lisa. Os 3 primeiros colocados já estavam muito distantes de Ayrton Senna, que em 4º vinha sendo pressionado pelo Alboreto e por De Angelis. A Toleman tinha um grande carro, Mas o motor era bem aquém dos principais motores turbo da Formula 1.

Classificação após 5 Voltas: Rosberg (7:31.516) – Prost (a 0.279) – Mansell (a 2.179) – Senna (a 8.189) – Alboreto (a 8.658) – de Angelis (a 8.946) – Lauda vinha em 9ºlugar após ultrapassar Partick Tambay.

Prost tenta passar Rosberg na entrada da 7ªVola, Só que Rosberg segurou a liderança com um carro não equilibrado, com visíveis problemas no seu Williams. Na Volta seguinte, Prost tentou de novo, Mas Rosberg segura de novo. Porém, isso não iria durar para sempre. Prost no começo da volta 9 no final da reta assumiu a liderança. Era que o Francês precisava com o Lauda em 9º o título era dele.

Marc Surer deixa a prova, Enquanto que Mansell foi para cima de Rosberg. O Finlandês não quis tomar conhecimento de Mansell. Qualquer coisa entre os dois poderia dar a Lauda duas posições. Classificação após 10 Voltas: Prost (14:45.990) – Rosberg (a 6.353) – Mansell (a 6.674) – Senna (a 12.271) – Alboreto (a 13.589) – Warwick (a 15.082) – De Angelis (a 15.569) – Johansson (a 15.916) – Lauda (a 16.540) – Tambay (a 23.244).

Após 3 voltas de disputa entre os futuros companheiro de equipe na Williams em 85, Mansell passou Rosberg que balançou seu carro. Depois disso, Mansell disparou e Rosberg estava ficando pelo caminho. Era a mostra do carro da Williams estava bem desequilibrado nas suas mãos. Mais atrás, Lauda estava em 9º, Mas bem perto de Senna, Alboreto, Warwick, de Angelis, Johansson. Ele vinha colado no Sueco na volta 13 para 14. Warwick foi para os boxes e isso permitiu a Lauda subisse para o 8ºlugar.

Lauda em posição de espera ver Johansson pressionando de Angelis, Ele vinha 22 segundos atrás de Prost, O Austriaco foi para cima de Johansson que acabou ficando um pouco mais para trás , Mas acabou desistindo da ultrapassagem de forma muito prudente e precavida em cima do piloto da Toleman.

Classificação após 16 Voltas: Prost (23:21.489) – Mansell (a 8.351) – Rosberg (a 19.410) – Senna (a 21.263) – Alboreto (a 22.744) – de Angelis (a 23.468) – Lauda estava em 8º, Logo atrás de Johansson.

Prost vinha tranquilo na ponta, estava na hora de pegar os retardatários; Os primeiros eram Gartner com a Osella e Mauro Baldi da Spirit-Hart. As ultrapassagens foram bem fáceis. Elio de Angelis foi superado por Johansson e Lauda na 18ªVolta. Rosberg vinha ficando com o desempenho cada vez pior, Senna já estava na cola do piloto da Williams e a ultrapassagem acabou aconteceu na volta 19. O piloto Brasileiro estava em 3ºlugar.

Classificação após 20 Voltas: Prost (29:05.089) – Mansell (a 7.103) – Senna (a 25.895) – Rosberg (a 27.642) – Alboreto (a 28.233) – Johansson (a 28.893) – Lauda (a 29.121) – Tambay (a 31.590) – de Angelis (a 32.818) – Cheever (a 47.461). O título nesse momento era de Alain Prost.

Lauda tentava ultrapassar Johansson, Enquanto isso a Williams de Jacques Laffite ira para os boxes caindo do 17º para o 24º e último lugar. O Francês da Williams voltou logo a frente de Alboreto, Johansson e Lauda. Phillipe Streiff com a terceira Renault acabou rodando, Era a primeira participação do Francês na Formula 1.

Lauda não conseguia passar Johansson e já estava ficando muito longe de Prost, Com 31 segundos de distância e 24 segundos atrás de Mansell para chegar ao segundo lugar. Laffite faz uma nova parada nos boxes. Piquet em 15º Vinha perto de De Cesaris, Winkelrock, Boutsen e Patrese na disputa pelo 11ºlugar.

Lauda continua tentando colocar o carro do lado do piloto da Toleman que vinha super bem na corrida, Com seus dois pilotos na zona de pontuação. A ultrapassagem estava ficando bem difícil. Lá na frente, Prost vinha mantendo os 7 segundos de diferença para Mansell, O Inglês vinha fazendo uma boa corrida. Na 25ªVolta, Boutsen dava adeus a prova. (Igualmente a Arrows que seus dois pilotos estavam de fora da prova)

Johansson foi para cima de Alboreto na reta na volta 27, Na parte mista do circuito Lauda finalmente deixou o Sueco para trás. Meia volta depois, Lauda passou Alboreto sem pensar. Em 1 volta o piloto da Mclaren passava do 7º para o 5ºlugar. Enquanto isso, Warwick deixava a prova na 28ªVolta. Quem vinha muito mal era Arnoux que estava em uma melancólica  13ªposição.

Classificação após 28 Voltas: Prost (40:28.063) – Mansell (a 6.694) – Senna (a 37.476) – Rosberg (a 40.210) – Lauda (a 41.367) – Alboreto (a 43.210) 23 carros estavam na prova.

Prost continuava na frente de Mansell com uma distancia segura para o Leão. Na entrada da 31ªVolta, Lauda passou Rosberg e assumiu a 4ªposição, Mas isso ainda não bastava para ser o campeonato. (O Campeonato ficaria Prost com 71.5 Pontos e Lauda teria com esse resultado  69 pontos) Lauda vai a caça de Senna, Em busca do terceiro lugar.

Classificação após 31 Voltas: Prost (44:45.611) – Mansell (a 5.358) – Senna (a 40.377) – Lauda (a 42.786) – Rosberg (a 44.379) – Alboreto (a 46.516) – Tambay (a 55.685) – De Angelis (a 57.955) – Patrese (a 1:13.444) – Winkelhock (a 1:24.865) – De Cesaris – Arnoux – Piquet – Berger – Warwick

Lauda vai para cima de Senna, Com muito mais carro que o piloto da Toleman, Andreas Nicolau Lauda esperou o melhor momento para superar Ayrton e na entrada da reta, na 33ªVolta, Lauda usando o motor Porsche contra o motor Hart da Toleman de Senna passou para o 3ºlugar.

Lauda vinha em 3ºlugar, Mas o problema era os 36 segundos que Mansell tinha de vantagem para Prost, Porém se Mansell tirasse os 8 segundos de Prost e fizesse a ultrapassagem o  jogo mudaria a favor do Austríaco. Classificação após 34 voltas: Prost (48:59.765) – Mansell (a 8.770) – Lauda (a 45.811) – Senna (a 47.047) – Rosberg (a 49.520) – Alboreto (a 50.928) Chegamos a metade da corrida. Prost já colocava uma volta no Ricciardo Patrese, que vinha em 9ºlugar.

Alboreto pressionava Rosberg. Era nítido que o carro da Ferrari era bem melhor que o Carro da Williams. Prost abre 10 segundos de vantagem para Mansell, Já o piloto Inglês vinha mantendo os 36 segundos a frente de Lauda. Conforme a corrida iria passando e a diferença do piloto da Lotus não baixava, O título começava a ficar cada vez mais próxima das mãos de Prost, Que vinha fazendo a volta mais rápida da prova na 39ªVolta.

Keke Rosberg deixa a corrida na 40ªVolta já em 6ºlugar, Com isso Tambay passou para o 6ºlugar. Classificação após 40 Voltas: Prost (57:27.217) – Mansell (a 16.465) – Lauda (a 45.227) – Senna (a 58.519) – Alboreto (a 59.686) – Tambay (a 1:12.610) – De Angelis (a 1:13.375) – Rosberg (a 1 Volta) – Patrese (a 1 Volta) – Winkelhock (a 1 volta) – Piquet (a 1 Volta) – Arnoux (a 1 Volta)

Prost já estava longe de Mansell e Lauda já vinha diminuindo a diferença para Mansell, Lauda passou para uma postura suicida para cima de Mansell. Restando 30 voltas era o tudo ou nada para o piloto Austríaco tentar a ultrapassagem que daria o título.

A Prova só não estava em Calmaria porque Lauda estava disposto a tirar diferença para Mansell. Já Alboreto acabou rodando na parte mista do circuito, Por sorte, O Italiano tinha vantagem para segurar o 5ºlugar, Só que agora teria um prejuízo de mais de 10 segundos para Senna que estava mais folgado. Lauda encontra Johansson de novo que não cede facilmente a ultrapassagem para um dos concorrentes ao título. Classificação após 45 Voltas: Prost (1:04:29.869) – Mansell (a 17.907) – Lauda (a 45.885) – Senna (a 1:11.318) – Alboreto (a 1:23.364) – De Angelis (a 1:24.290) – Tambay (a 1 Volta) – Patrese (a 1 Volta) – Winkelhock (a 1 Volta) – De Cesaris (a 1 Volta) – Piquet (a 1 Volta) – Arnoux (a 1 Volta)

Prost agora vinha tranquilo em relação ao Mansell, O piloto da Lotus estava preocupado com sua vantagem para Lauda, Mas ainda isso tinha confortáveis 27 segundos e com o Austríaco com vários retardatários para fazer ultrapassagem. Isso ajudou bastante o Inglês a ganhar tempo e a vantagem subiu para 31 segundos. A Segunda posição parece ser praticamente um sonho impossível para Lauda e o Título de Prost cada vez estava nas suas mãos.

Classificação após 50 Voltas: Prost (1:11:32.750) – Mansell (a 17.996) – Lauda (47.426) – Senna (a 1:10.964) – Alboreto (a 1 Volta) – De Angelis (a 1 Volta) – Tambay (a 1 Volta) – Patrese (a 1 Volta) – Winkelhock (a 1 Volta) – Piquet (a 1 Volta)

Até que na volta 52, Mansell que vinha fazendo uma grande corrida com seu carro da Lotus-Renault, acabou deixando a prova com problemas de freios. Foi para os boxes; De lá ele não voltou mais a prova. Era que precisava para Lauda assumir o segundo lugar, (Na pista, não iria acontecer essa ultrapassagem em condições normais) Senna passou para o terceiro lugar.

Agora o 2ºlugar de Lauda dava o tricampeonato para o Austríaco, Agora só restava para Prost que Lauda tivesse algum problema ou que Senna fosse para cima e tentasse tirasse o campeonato das mãos dele. Classificação após 53 Voltas: Prost (1:15:49.580) – Lauda (a 49.280) – Senna (a 1:12.121) – Alboreto (a 1 Volta) – De Angelis (a 1 Volta) – Tambay (a 1 Volta) – Patrese (a 1 Volta) – Piquet (a 1 Volta) – De Cesaris (a 1 Volta) – Arnoux (a 2 Voltas)

15 voltas para o final do campeonato: Prost vinha a quase 50 segundos de Lauda, que pilota com muito cuidado para assegurar o campeonato. Piquet vinha uma boa prova de Recuperação e ultrapassou Patrese assumindo o 7ºlugar na 55ªVolta.

Lauda começou a virar mais lento, Apesar disso o ritmo de Senna também não era alto e a diferença dos dois passou a ser de 21 segundos a 11 voltas do final. Até o Prost também diminuiu o ritmo. Já Senna precisava se preocupar com Alboreto. O piloto da Ferrari pressionava o Brasileiro na disputa pelo pódio.

Piquet na volta 63 passou Partick Tambay e assumiu o 6ºlugar e começou a andar do ritmo de Lauda. Lá na frente, Enquanto que Prost diminuiu muito o ritmo de prova. Em uma dessas voltas, Prost virou em 1:31 e Lauda na casa de 1:23. O Austríaco resolveu voar no final da prova tirando muito tempo da diferença do Prost. Senna vinha 17 segundos atrás de Lauda em 3ºlugar.

Piercarlo Ghinzani a poucas voltas do final estourou o motor Alfa Romeo e deixou óleo na pista, Eram as últimas 5 voltas do campeonato. Prost normalizou o seu ritmo e andou no ritmo que Lauda estava andando. Classificação após 65 Voltas: Prost (1:33:34.875) – Lauda (a 24.186) – Senna (a 44.442) – Alboreto (a 50.263) – de Angelis (a 1:27.860) – Piquet (a 1 Volta) – Tambay (a 1 Volta) – Patrese (a 1 Volta) – Winkelhock (a 1 Volta) – Arnoux (a 1 Volta)

Com 24 segundos de vantagem, Prost encaminhava a 7ªvitória no ano, Mas o título estava nas mãos de Lauda. Senna ainda tinha a preocupação de Michele Alboreto que vinha tirando muito tempo em relação ao piloto da Toleman.

Prost acabou conquistando a vitória, Foi a 17ªVitória da sua carreira, Mas de nada adiantou essa vitória. Andreas Nicolau Lauda chegou a 13.425 segundos do Francês e acabou conquistando o título de 1984. Era o Terceiro título de um dos maiores pilotos da História da Formula 1. Após sofrer um acidente que quase tirou sua vida no GP da Alemanha de 1976 e de parar de correr de 1979 até 1982. Ele volta para a Formula 1 pela Mclaren e desenvolve o motor Porsche e conquista o título da temporada de 1984, Aos 35 anos de idade. Ayrton Senna segurou o 3ºlugar e encerrou sua primeira temporada no pódio.

Alboreto, De Angelis e Nelson Piquet completaram os 6 primeiros lugares. Nesse dia fazemos essa homenagem a um dos maiores pilotos e personagens da história do Esporte.

“É uma coisa muito forte que sai lá de dentro, do fundo do meu coração. Enquanto essa força existir, eu não paro mais” – Declaração de Niki Lauda a Rede Globo.

Obrigado por tudo Andreas Nicolau Lauda, Ou simplesmente Niki Lauda!

Resultado final do GP de Portugal de 1984

Fotos:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formel1mic