Hamilton, Partindo do 14ºlugar para uma senhora vitória em Hockenheim, Voltando a liderança do campeonato

O GP da Alemanha de 2018 é mais uma corrida que vai ficar entre as melhores corridas dos últimos anos e possivelmente uma das melhores de 2018. Como um piloto parte do 14ºlugar após uma falha eletrônica desastrosa no Sábado para uma monumental vitória após 67 voltas. E de Quebra vendo Vettel errar no momento mais critico da prova.

O Cenário no começo era bem favorável a Vettel, A Largada não chegou a ser movimentada. Vettel, Bottas, Raikkonen e Verstappen mantiveram as 4 primeiras posições. Magnussen e Hulkenberg completavam os 6 primeiros colocados.

Nas primeiras voltas enquanto Vettel abria diferença para Bottas, Raikkonen e Verstappen. Lewis Hamilton começava a sua reação. Volta após volta ele subia de posição, Passando a Alonso, Ocon, Leclerc. Em 5 voltas já estava nas 10 primeiras posições.

Na 7ªVolta, Perez fez uma bonita manobra em cima de Romain Grosjean passando para o 7ºlugar. Nessa altura, Lewis já vinha em 9ºlugar. Na Volta seguinte no cotovelo, O piloto inglês passou Grosjean assumindo o 8ºlugar. Na 9ªVolta a vitima de Hamilton foi Perez no mesmo cotovelo.

Duas voltas depois, O piloto da Mercedes superou o Alemão Nico Hulkenberg passando ao 6ºlugar. Na 14ªVolta Hamilton ultrapassou Kevin Magnussen e passou ao 5ºlugar. Agora o inglês precisava tirar 17 segundos para brigar com o Max Verstappen para disputar o 4ºlugar. Era impressionante a diferença entre a Mercedes, Ferrari e Red Bull em relação as outras equipes. A Renault que não é uma equipe pobre esta a um pouco mais de 1 segundo e meio mais lento que os pilotos de ponta.

No final da volta, Kimi Raikkonen foi o primeiro a parar nos boxes. Muito mais cedo do que a previsão das equipes. Porém era mais ou menos esperado pela Pirelli.

Daniel Ricciardo que largou em 19º estava com mais dificuldades em se recuperar na prova. Ele foi para cima de Fernando Alonso da Mclaren. O piloto Australiano ultrapassou o Espanhol na 18ªVolta subindo para o 12ºlugar.

Entre a volta 19, 20 e 21 começaram as paradas nos boxes. Hulkenberg na volta 19 disputava posição com o Magnussen pelo melhor do grupo Intermediário. Em um lance da prova ele se aproveitou da briga entre Marcus Ericsson e Romain Grosjean. Ele agradeceu a essa briga.

Na volta 26, Sebastian Vettel foi para os boxes. Voltando atrás de Kimi Raikkonen que parou mais cedo para superar Bottas e acabou superando também a Raikkonen, Ambos estavam na frente de Lewis Hamilton. Valtteri Bottas parou na volta 27. Na mesma volta, Daniel Ricciardo com problemas de Motor abandona a prova.

Na volta 30, Verstappen que assumiu a liderança por 3 voltas fez a sua parada nos boxes. Raikkonen assumiu a ponta com Vettel em 2º e Hamilton em 3º. Ainda tendo uma parada para fazer.

Vettel se aproximava de Raikkonen, Por rádio ele reclamava e pedia para que Raikkonen deixasse ele passar. Foram algumas voltas em que Raikkonen resistiu, Colocando os retardatários na frente do primeiro piloto da equipe Italiana.

Na 39ªVolta finalmente Kimi cedeu e Vettel assumiu a liderança com Raikkonen em segundo. Hamilton vinha perto deles em 3º, Mas tendo que fazer uma parada obrigatória ele estava esperando a chuva chegar.

A chuva não chegava, Hamilton não poderia esperar mais e foi para a parada na volta 42. Colocando os pneus Super Macios. A tal chuva veio 1 volta e meia depois. Os pingos começavam na curva 2 e vinha até a volta 7 e 8, de forma ainda pouco densa. Foi o bastante para Charles Leclerc, Fernando Alonso e Pierre Gasly colocaram pneus de chuva. Na volta 47, Max Verstappen arriscou e foi para os boxes colocar os pneus intermediários.

Em poucas voltas se constatou que não era a hora de colocar os pneus. Tanto é que Leclerc, Alonso, Gasly e depois Verstappen tiveram que voltar aos boxes. Enquanto que o piloto da Red Bull perdeu a chance do pódio. Os outros três pilotos acabaram caindo para os últimos lugares.

A chuva começou a aumentar e Bottas se aproximou de Raikkonen. Quando o finlandês tentou colocar volta em Kevin Magnussen ele sai da pista na curva 8 e acabou Bottas passando ao segundo lugar.

Na volta seguinte tivemos o lance da corrida. Sebastian Vettel que parecia com a vitória nas mãos erra, Passa reto e acaba batendo, Provocando a entrada do Safety Car. A pista estava úmida. Bottas que liderava a prova acabou indo para os boxes, Na volta seguinte quem parou foi Raikkonen. A liderança passou a ser de Lewis Hamilton que chegou a ir em caminho para os boxes, Mas desistiu na hora.

Durante o Safety Car, A chuva começou a parar e isso fez com que os pilotos que apostaram nos pneus intermediários trocarem para os pneus de pista seca.

Na Volta 58 a corrida recomeça, Valtteri Bottas foi para cima de Lewis Hamilton que segurou muito bem a pressão do Finlandês. Depois disso Hamilton abriu diferença e Bottas por ordem do rádio teve de ficar com a posição que estava e não permitir uma ameaça de Raikkonen que vinha perto dele.

No final da prova, Hamilton abriu dos demais mostrando ter o melhor ritmo de corrida. Mais atrás, a briga pelo 6º, 7º, 8º, 9º, 10º estava muito acirrada. Principalmente pela recuperação de Romain Grosjean que foi engolindo um a um nas voltas finais. Carlos Sainz jr. por ter ultrapassado um piloto durante o Safety Car iria pagar no final da prova, 10 segundos de penalização.

Lewis Hamilton conquistou a vitória partindo do 14ºlugar, Com tudo que aconteceu ele recuperou a liderança do campeonato. Agora com 188 pontos contra 171 pontos de Sebastian Vettel. Foi a vitória de número 66 da sua carreira.

Valtteri Bottas que largou em 2ºlugar completou a dobradinha da Mercedes. Um final de semana que poderia ser desastroso acabou terminando de forma perfeita para a equipe Alemã que volta a liderança do campeonato a 8 pontos da Ferrari, Que teve Kimi Raikkonen na 3ªposição completando o pódio. Max Verstappen acabou apostando nos pneus intermediários que acabou não dando certo. Isso acabou não mudando seu resultado final, Que acabou sendo o 4ºlugar.

Nico Hulkenberg foi o piloto alemão que terminou a prova. Em uma ótima exibição levou seu Renault a 5ªposição, Enquanto que seu companheiro de equipe foi punido e não conseguiu se quer marcar pontos. Romain Grosjean teve um grande final de prova. Passando do 11ºlugar para o 6ºlugar nas voltas finais. Pela prova de recuperação do piloto Francês que esta com seu futuro ameaçado na formula 1.

Sergio Perez em 7º e Esteban Ocon em 8ºlugar conseguiram mais uma vez levar a Force India a zona de pontuação. Eles estão no 5ºlugar na frente da Haas nos critérios de desempate muito pelo mérito do carro e dos seus pilotos que seguram a barra de uma equipe com dificuldades financeiras.

A Zona de pontuação termina com uma bela corrida de Marcus Ericsson que não se arriscou em trocar os pneus de pista seca pelos molhados e isso acabou levando o Sueco a marcar pontos pela 3ªvez em 2018. E Brendon Hartley (Benefinciado pela Penalização de Sainz) marcou seu 2ªponto da carreira com o 10ºlugar.

Kevin Magnussen acabou sendo prejudicado pelos erros da Haas em termos de estratégias, Porém ao contraio do seu companheiro de equipe não conseguiu reagir e acabou em 11ºlugar, Vendo Nico Hulkenberg se consolidar em 7ºlugar no Mundial de Pilotos. Carlos Sainz jr. não teve uma boa corrida, Com a Punição ele ficou de fora da disputa pelos pontos em 12ºlugar.

Stoffel Vandoorne que chegou a dar pinta de deixar a prova acabou permanecendo na disputa ficando em 13º. Pierre Gasly com a Toro Rosso, Charles Leclerc com a Sauber e Fernando Alonso com a Mclaren acabaram fechando a classificação após o tiro no pé dos três quando apostaram na chuva que não veio naquele período da prova.

Semana que vem teremos o GP da Hungria de Formula 1. Ai se encerra a primeira parte da temporada. Com Lewis Hamilton na liderança e com muita moral após a sua vitória na Alemanha.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP da Alemanha
11ªEtapa do Mundial de Formula 1 – 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 67 1:32:29.845 14
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 4.535s 2
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 67 a 6.732s 3
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 67 a 7.654s 4
5 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 67 a 26.609s 7
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 67 a 28.871s 6
7 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 30.556s 10
8 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 31.750s 115
9 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 67 a 32.362s 13
10 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 67 a 34.197s 16
11 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 67 a 34.919s 5
12 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 67 a 43.069s 8
13 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 67 a 46.617s 18
14 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 66 a 1 Volta 20
15 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 66 a 1 Volta 9
16 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 65 a 2 Voltas – Câmbio 11
18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 14 Voltas – Freios 17
5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 51 a 16 Voltas – Acidente 1
35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 51 a 16 Voltas – Vazamento de óleo 12
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 27 a 40 Voltas – Unidade de Potência 19

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Renault/Force India/Sauber/Toro Rosso/Mclaren

Hamilton vence Paul Ricard sem qualquer adversário e reassume a liderança do Mundial

10 anos depois do Último GP da França realizado em 2008. Tivemos a volta da Formula 1 no tradicional circuito de Paul Ricard. Uma prova totalmente dominada pelo Inglês Lewis Hamilton que liderou praticamente toda a corrida de hoje.

Na largada tivemos Hamilton mantendo a liderança e atrás tivemos Vettel tocando em Bottas na entrada da curva 1, furando o pneu do piloto Finlandês e quebrando sua  própria asa dianteira. Essa não foi a única confusão na primeira volta. Na quarta curva Pierre Gasly perde o controle do carro e acaba batendo em Esteban Ocon, Fogo amigo entre franceses provocou a entrada do safety car.

Vettel teve de fazer a parada para trocar o bico do seu carro, Bottas se arrastou com o pneu furado para os Boxes. Alonso, Sirotkin e Stroll foram para os boxes para fazerem uma parada nos boxes.

Quem se deu bem na largada foi Max Verstappen que subiu para o segundo lugar, Em terceiro vinha Carlos Sainz jr., Seguido de Daniel Ricciardo, Kevin Magnussen, Charles Leclerc e Kimi Raikkonen entre nas 7 primeiras posições.

Na volta 6, tivemos a relargada. Hamilton manteve a liderança e começou a abrir vantagem para Verstappen, Sainz e Ricciardo. Kimi Raikkonen começava a sua recuperação ultrapassando Charles Leclerc e partindo para cima de Kevin Magnussen. Já lá atrás, Fernando Alonso roda e cai para a última posição.

Raikkonen vai para cima de Magnussen com a Haas na 7ªVolta de prova, Enquanto que Sebastian Vettel vinha muito bem em sua recuperação, na 8ªvolta ultrapassou Marcus Ericsson e já vinha em 12º. Ao mesmo tempo, Raikkonen pressionava Kevin Magnussen na disputa pelo 5ºlugar e Ricciardo vinha se aproximando de Carlos Sainz jr. na disputa pelo terceiro lugar.  Na volta seguinte o Homem de gelo ultrapassou Magnussen assumindo o 5ºlugar enquanto que Daniel Ricciardo passou Carlos Sainz jr. para assumir o 3ºlugar.

Ao mesmo tempo a FIA puniu em 5 segundos de acrescimento para Vettel que foi o causador do toque em Valtteri Bottas. Na 13ªVolta passou Sergio Perez e assumiu a 9ªposição e na volta seguinte o piloto alemão passou Grosjean subindo para o 8ºlugar na Volta 19 ultrapassa Kevin Magnussen subindo para a 7ªposição.

Enquanto isso, Lewis Hamilton continuava tranquilo na liderança, Sem forçar muito já tinha quase 5 segundos a frente de Verstappen que vinha tranquilo em segundo lugar, Daniel Ricciardo vinha em 3º, Kimi Raikkonen em 4º e Carlos Sainz jr. ainda em 5ºlugar.

Na volta 21, Vettel ultrapassa Sainz assumindo a 5ªposição. Valtteri Bottas na volta seguinte entrou na zona de pontuação ao ultrapassar Romain Grosjean. Hamilton abria 5 segundos à frente de Max Verstappen. Nas 3 voltas seguintes, Hamilton fez as melhores voltas da prova.

Na volta 26, Max Verstappen vai para a sua parada. Exatamente na metade da corrida. Enquanto isso Hamilton fazia mais uma volta voadora. Na volta seguinte parou o Espanhol Carlos Sainz jr. que vinha fazendo uma grande corrida.

Bottas ultrapassou Charles Leclerc na volta 29, Assumindo a 9ªposição. Os pneus do piloto da Sauber já estavam desgastados. Na mesma volta, Ricciardo, Magnussen e Perez foram para a parada. Para Perez, a corrida acabou. Problemas de motor impediram o mexicano de continuar na prova.

Grosjean depois de metade da corrida foi punido em 5 segundos de acréscimo de tempo por ter provocado uma batida na primeira curva da primeira volta.

Na volta 33, parou Lewis Hamilton. Foi o único momento que o piloto inglês não liderou a corrida. Raikkonen assumiu a liderança com Hamilton em segundo e Verstappen em 3º. Ricciardo ultrapassou Vettel sem qualquer problema e conquistou a 4ªposição.

Na volta 35, Raikkonen vai para a sua parada, Colocando um pneu Super Macio para andar mais rápido. Acabaram dando certo, O homem de Gelo marcou a melhor volta da prova. Sainz jr. e Magnussen subindo na prova, estando em 8º e 9º ultrapassando a Stoffel Vandoorne com a Mclaren que não estava andando nada nesse final de semana.

Na Volta 38, Nico Hulkenberg fez sua parada nos boxes. Raikkonen foi para cima de Vettel, Com dois segundos por volta mais rápida, A ultrapassagem foi inevitável e Vettel caiu para o 5ºlugar. Bottas fez uma segunda parada na volta 41. Vendo que seus pneus não estavam em boas condições e tinha uma grande vantagem para Sainz jr.

Vettel fez a parada e mesmo tendo de cumprir a punição de 5 segundos parado nos boxes, Acabou voltando a frente do piloto da Renault.

Enquanto Hamilton estava tranquilo na liderança, Na parte final da prova Raikkonen foi para cima do Riccardo lutando pelo 3ºlugar. Na Volta 47, Raikkonen conseguiu a ultrapassagem na Chicane da Mistral, Que foi o palco da maior parte das ultrapassagens da corrida de hoje.

A 3 voltas do final, Carlos Sainz jr. perde 160 cavalos de potência no seu motor e perde posição para Magnussen e Bottas. Caindo para o 8º. Na Curva 10 da mesma volta, O pneu Lance Stroll acabou explodindo, Quebrou a asa dianteira dele o que vez o Canadense deixar a prova.

Safety Car Virtual acionado na pista. A corrida praticamente acaba, Com um pouco mais de meia volta para o final, A prova voltou ao normal, Mas mais nada aconteceu na prova. Hamilton venceu uma corrida fácil e retornou a liderança do Mundial de Pilotos, A Mercedes mostrou o melhor equipamento para esse circuito e Inglês foi impecável em todo o final de semana.

Max Verstappen chegou ao seu melhor resultado do ano, Os erros e os acidentes das primeiras corridas parecem que ficaram para trás. Kimi Raikkonen que chegou a cair para o 7ºlugar após a largada se recuperou muito bem e completou o pódio, Colocando Mercedes, Red Bull e Ferrari no pódio.

Daniel Ricciardo acabou perdendo seu lugar no pódio chegando em 4ºlugar, Porém reassumiu o terceiro lugar no Mundial. Sebastian Vettel após o erro da primeira curva acabou tendo uma boa recuperação, Porém o 5ºlugar deixa o piloto Alemão de novo na vice-liderança, a 14 pontos atrás de Hamilton.

Kevin Magnussen ficou a frente de Valtteri Bottas, Mais um final de semana muito bom para o Escandinavo que correspondeu com o belo desempenho da Haas. Enquanto que o piloto da Mercedes fez uma corrida bem burocrática, muito também porque o carro depois da pancada e por ter arrastado o carro para entrar aos boxes com o pneu furado. Pode ter danificado o carro a tal ponto dele não conseguir nada mais do que o 7ºlugar.

Carlos Sainz jr. conseguiu segurar o 8ºlugar, a 4 segundos a frente de Nico Hulkenberg. Consolidando ainda mais a 4ªposição da Renault no Mundial de Construtores, Nico ultrapassou Alonso na classificação de pilotos na disputa pelo 7ºlugar. Charles Leclerc fechou a zona de pontuação com um belo final de semana dele na Sauber.

Romain Grosjean foi o único piloto Francês a terminar a prova, Porém termina a 8ªetapa do mundial sem marcar um único ponto em 2018. Stoffel Vandoorne fez o que podia com uma Mclaren problemática ficando em 12ºlugar. Marcus Ericsson com a Sauber ficou longe de disputar posições entre os pontos.

Brendon Hartley sobreviveu com a Toro Rosso em mais uma corrida apagada em 14º ficando a frente de Sergey Siroktin com o horrível carro da Williams em 15º. Fernando Alonso no final acabou tendo problemas de suspensão e Stroll com seu problema acabaram classificados em 16º e 17ºlugares.

Semana que vem a Formula 1 fará a 9ªprova da temporada no Circuito de Spielberg. Hamilton tem tudo para aumentar sua vantagem na liderança do campeonato devido as características que  são favoráveis ao carro alemão.

Resultado Final do GP da França
8ªEtapa do Mundial de Formula 1

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 1:30:11.385 1
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 53 a 7.090s 4
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 25.888s 6
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 53 a 34.736s 5
5 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 1:01.935s 3
6 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 53 a 1:19.364s 9
7 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 1:20.632s 2
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 53 a 1:27.184s 7
9 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 53 a 1:31.989s 12
10 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 53 a 1:33.873s 8
11 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 10
12 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 52 a 1 Volta 17
13 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 15
14 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 52 a 1 Volta 20
15 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 1 Volta 18
16 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 50 Suspensão 16
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 48 Pneu 19
11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 27 Motor 13
31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 0 Acidente 11
10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 0 Acidente 14

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Haas /Ferrari/Mclaren/Williams/Renault

Hamilton ganha a 75ªPole da sua carreira, Na Volta de Paul Ricard a Formula 1

No Q1, Tivemos como esperado a superioridade dos carros da Mercedes, Mas deve se registrar que Kimi Raikkonen e Max Verstappen chegaram a fazer os melhores tempos. No caso da Red Bull, usando o que tem de melhor da Red Bull no primeiro e no terceiro setor. A Mercedes com maior potência conseguia se sobressair sobre os seus adversários.

A Equipe Haas chegou bem perto dos primeiros colocados, Confirmando a expectativa de que serão a quarta força dessa prova. A Force India no final da sessão ficou no sufoco, Mas tanto Perez como Ocon garantiram seus lugares para o Q2. OS eliminados foram os dois pilotos da Williams nas duas últimas posições. Lance Stroll no final da sua participação acabou indo para fora da pista, Além da parte avermelhada da Área de Escape.

Brendon Hartley ficou em 17º, Mais uma vez eliminado. E a Mclaren obteve seu pior treino de classificação. Com seus dois pilotos ficando de Fora: Alonso em 16º e Vandoorne em 18º. Foi a primeira vez no ano que os dois pilotos da Sauber conseguiram passar para o Q2.

Q2

Hamilton fez uma brilhante volta no primeiro terço de treino. Com 1:30.645, Lewis garantiu de cara o primeiro lugar nessa fase. Vettel, Raikkonen e Verstappen conseguiram se aproximar do tempo do piloto Inglês, Ainda assim ficaram a 1 décimo de Hamilton. Bottas em 5ºlugar já ficou a meio segundo atrás.

A Haas confirmou o ótimo desempenho em Paul Ricard, Colocando seus dois pilotos entre os 10 primeiros em boas posições. Grosjean em 6º e Magnussen em 7º. A frente de Daniel Ricciardo. Carlos Sainz e o supreedente Charles Leclerc levaram as 2 últimas vagas no Q3.

Ficaram de fora da fase final da Classificação. Esteban Ocon com a Force India, Nico Hulkenberg com a Renault, Sergio Perez com a Force India, Pierre Gasly com a Toro Rosso e Marcus Ericsson com a Sauber.

Q3

Na decisão da pole position, Vettel foi o primeiro a ir para a pista fez o tempo de 1:30.400, Que já era muito bom tempo. Raikkonen ficou longe do Vettel. Enquanto que Valtteri Bottas superou em 83 milésimos o tempo do piloto alemão. Dai veio Hamilton e com 1:30.222 tomando a pole naquele momento.

Os dois pilotos da Red Bull foram os próximos a fecharem a volta. Com o piloto Holandês quase 2 décimos a frente de Ricciardo. Segundos depois Romain Grosjean bate no muro provocando uma bandeira vermelha faltando 7 minutos e 49 segundos para o final do treino.

Após uns 10 minutos o treino recomeça, Mais apenas aos 6 minutos para o final do treino os pilotos foram para a última tentativa. A Ferrari acabou falhando na tentativa de melhorar o tempo com seus dois pilotos. Já Valtteri Bottas na sua última tentativa superou Hamilton, Marcando 1:30.147, Porém Hamilton segundos depois marcou 1:30.029 e marcou a pole position de número 75 da sua carreira.

Lewis Hamilton tem tudo para amanhã recuperar a liderança do campeonato. Valtteri Bottas larga em segundo, Se der tudo certo os pilotos da Mercedes devem fazer a dobradinha da equipe alemã. Na segunda fila largam Sebastian Vettel com a Ferrari e Max Verstappen com a Red Bull, Na terceira fila largam Daniel Ricciardo e Kimi Raikkonen. Nenhum dos 4 pilotos conseguiram melhorar seus tempos no final. Carlos Sainz larga em 7ºlugar, Superando a expectativa que era ver os pilotos da Haas na 4ªfila. Acabou que os dois pilotos vão dividir a quinta fila do Grid.

Charles Leclerc foi muito além do esperado e vai largar ao lado do piloto da Renault, Na 4ªFila. Amanhã as 11 horas da manhã teremos a largada para o GP da França de Formula 1, Na volta do Circuito de Paul Ricard.

Grid de largada do GP da França de Formula 1
Paul Ricard

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Pneu Voltas Pneus
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:30.029 19 SS
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:30.147 17 U
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:30.400 22 U
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:30.705 20 SS
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:30.895 20 SS
6 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:31.057 22 U
7 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:32.126 23 U
8 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:32.635 22 SS
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:32.930 24 U
10 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO Sem Tempo 20 U
11 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:32.075 14
12 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:32.115 15
13 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:32.454 15
14 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:32.460 17
15 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:32.820 18
16 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:32.976 10
17 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:33.162 10
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:33.636 9
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:33.729 10
20 28 Brendon Hartley* Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:33.025 10

*Brendon Hartley foi punido por trocar componentes do Motor.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Sauber/Renault/Red Bull/Mclaren

Hamilton domina prova e conquista vitória na Catalunha

Em sua melhor atuação na temporada 2018, O inglês Lewis Hamilton conquistou a vitória no circuito da Catalunha com muita facilidade, Não teve se quer ameaça de nenhum outro piloto durante as 66 voltas.

As emoções no circuito Espanhol não foram muitas no dia de hoje. Vettel largou bem e ganhou o segundo lugar que estava nas mãos de Valtteri Bottas. Na terceira curva tivemos o grande incidente da prova com a Rodada de Romain Grosjean com a Haas que além de rodar acabou atingido a traseira de Nico Hulkenberg e em cheio a parte dianteira de Pierre Gasly, em uma manobra totalmente irresponsável de um piloto que cai cada dia mais no mercado de pilotos.

O Safety Car entrou na pista e ficou durante 5 longas voltas para a limpeza da pista. Na volta a corrida recomeçou, tão logo recomeça a prova Alonso passou por fora o Francês Esteban Ocon ganhando o 10ºlugar.

Hamilton volta após volta abria vantagem para Vettel que conseguia sustentar o segundo lugar, Valtteri Bottas vinha 1 segundo e meio atrás do piloto da Ferrari. Raikkonen, Verstappen e Ricciardo completava os 6 primeiros lugares. Magnussen já ficava mais atrás como o melhor piloto do 2ºpelotão da Formula 1. A se destacar a ótima 9ªposição de Charles Leclerc com o carro da Sauber. Stoffel Vandoorne sofreu punição de 5 segundos a mais que ele teria de cumprir (Por não ter passado pela traçado quando ele passou reto na curva 1) Punição que me pareceu desnecessária.

Nada de relevante aconteceu até a volta 18, Quando Vettel foi para a sua primeira parada. Os mais duros (Médios). Nisso a Mercedes pede para Bottas andar o mais rápido possível para tentar tomar o segundo lugar do piloto da Ferrari. O Finlandês justificou seu nome e andou o mais rápido do que pode. Porém, a parada na 20 volta a Mercedes não foi tão rápida na hora de trocar os pneus. Com isso Bottas voltou atrás de Vettel e de Magnussen.

Hamilton continuava na liderança. Raikkonen, Verstappen e Ricciardo não tinham parado nos boxes vinham em 2º e 3ºlugares. Até que o homem de gelo teve problemas mecânicos. Raikkonen deixou a prova na 26ªVolta, Na mesma volta que Hamilton fez a sua parada nos boxes e voltou atrás de Verstappen que assumiu a liderança.

Para a Mercedes, O que pode se imaginar que a prova estava tranquilo, Não era tão bem assim. A Red Bull tentava dar um pulo do gato. Esticar a hora da parada para fazer apenas 1 troca. A Mercedes e Ferrari poderiam fazer 2 paradas nos boxes.

Na Volta 28, Carlos Sainz jr. e Marcus Ericsson disputaram roda com roda o 9ºlugar. O piloto da Sauber que não tinha feito parada manteve a posição.

Daniel Ricciardo parou na volta 34 e Max Verstappen foi para a parada na volta 35, Era certo que a Red Bull faria apenas 1 parada nos boxes. Para a equipe das Latinhas Energéticas era só esperar as supostas segundas paradas dos pilotos da Mercedes e da Ferrari de Sebastian Vettel para Verstappen e Ricciardo se beneficiarem.

Na volta 41, Esteban Ocon com problemas de motor acaba abandonando a prova, Encostando o seu carro na brita e em um ponto  que dava para tirarem o seu Force India sem muitos problemas.

O Safety Car virtual é acionado e dai Vettel e a Ferrari fazem a tremenda bobagem de fazerem uma 2ªparada durante o regime do Safety Car Virtual. O Alemão volta atrás de Max Verstappen que acabou atingido o pneu do Russo Sergei Sirotkin com o bico dianteiro do seu carro, Quebrando o bico e furando o pneu de Sirotkin.

Quando acabou o regime de Safety Car virtual, Alonso conquistou a ultrapassagem sobre Leclerc, Ganhando o 8ºlugar.

Vettel partiu para cima de Verstappen , porém o piloto da Ferrari não conseguia se aproximar de Verstappen, O que poderia na pratica recolocar o piloto da Ferrari de volta ao pódio, Na pratica foi que o piloto da Ferrari não conseguiu se quer ameaçar e fazer uma tentativa de ultrapassagem.

Os pilotos da Mercedes com grande vantagem resolveram arriscar em manter seus carros até o final da prova. Apesar do enorme número de voltas com os pneus médios. Tanto Hamilton, Tanto Bottas não sofreram muito com o desgaste dos pneus. Hamilton levou o carro com segurança para a sua segunda vitória na temporada 2018 e aumenta a sua diferença na liderança do Mundial de Pilotos.

A primeira dobradinha da Mercedes em 2018 foi completada pelo Finlandês Valtteri Bottas que começou a prova em 2ºlugar.

Max Verstappen conquistou seu primeiro pódio na temporada, Com o 3ºlugar a sua situação ameniza um pouco em relação a tudo que ele aprontou no começo da temporada. (Nas 4 primeiras corridas) Isso graças a péssima tática da Ferrari e de Vettel que poderia até terminar em 2ºlugar e completou a prova em 4ºlugar. Com 3 corridas seguidas fora do pódio, O alemão vive momento difícil na temporada que ele chegou a liderar com 50 pontos em 50 disputados (Com as vitórias na Austrália e no Bahrein) agora começa a ver Hamilton disparar na liderança do campeonato.

Daniel Ricciardo, Que fez uma prova discreta na maior parte do tempo, Acabou no final da prova fazendo melhores voltas da prova e completou em 5ºlugar, O último dos carros que completou todas as 66 voltas do GP da Espanha. A partir de Kevin Magnussen da Haas, Que fez uma belíssima corrida e completou o 6ºlugar. Ajudando a recolocar a Haas para o 6ºlugar no Mundial de Construtores.

Carlos Sainz jr. com a Renault e Fernando Alonso com a Renault, não decepcionaram o torcedor espanhol. Com uma bela corrida dos dois pilotos da casa. O príncipe das Asturias ficou a corrida toda perguntando se iria chover (Existia possibilidade grande de chuva durante a prova) Porém a chuva não veio dessa vez.

Sergio Perez superou Charles Leclerc e conquistou o 9ºlugar salvando 2 pontos para a Force India. Charles Leclerc leva a Sauber pela segunda vez seguida a Zona de pontuação com o 10ºlugar.

Lance Stroll conseguiu algo melhor do que ficar no fundo do pelotão, O 11ºlugar foi lucro para o piloto da pior equipe da Formula 1 hoje. Brendon Hartley da Toro Rosso ficou em 12ºlugar, Marcus Ericsson que chegou a andar em 7ºlugar acabou a prova em 13º e Sergei Sirotkin fechou a fila dos pilotos que terminaram a prova em 14º.

Detalhe, Somente os 5 primeiros colocados terminaram na mesma volta do líder, O 6º, 7º e 8ºlugares ficaram uma volta atrás. Do 9º até o 13ºlugar completou 2 voltas atrás e somente o pobre piloto Russo da Williams ficou a 3 voltas do líder.

Daqui a duas semanas teremos o tradicional GP de Mônaco, Nas ruas de Monte Carlo será jogado a disputa pela vitória. A Gloria de uma grande conquista ou a desgraça de parar em um muro.

Resultado final do GP da Espanha – Mundial de Formula 1
5ªEtapa – Catalunha (Barcelona)

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 66 1h 35:29.972 1
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 66 a 20.593 2
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 66 a 26.873 5
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 66 a 27.584 3
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 66 a 50.058 6
6 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 65 a 1 Volta 7
7 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 65 a 1 Volta 9
8 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 65 a 1 Volta 8
9 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 64 a 2 Voltas 15
10 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 64 a 2 Voltas 14
11 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 64 a 2 Voltas 18
12 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 64 a 2 Voltas 20
13 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 64 a 2 Voltas 17
14 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 63 a 3 Voltas 19
15 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 45 Mecânico 11
16 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 38 Motor 13
17 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 25 Câmbio 4
18 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 0 Acidente 16
19 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 0 Acidente 12
20 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 0 Acidente 10

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Haas/Renault/Sauber/Mclaren

Ajudado por safety Car e estratégia audaciosa da Red Bull, Ricciardo conquista vitória em Xangai

Pensem que uma festa estava indo para o saco e traduza isso para a corrida que estava indo para o saco. Foi exatamente o que aconteceu na primeira parte da prova. Isso mudou com o Safety Car que entrou no circuito devido a um acidente e por causa de uma equipe que se aproveitou disso para mudar a história da corrida.

Na Largada, Raikkonen tentou tomar a liderança de Sebastian Vettel que acabou se colocando do lado do seu companheiro de equipe e diminuindo o espaço dele. Isso fez com que Valtteri Bottas pulasse para o segundo lugar e logo depois o Holandês Max Verstappen que já tinha passado Hamilton na 2ªCurva ele foi para cima de Raikkonen e ultrapassou o finlandês, Passando para a 3ªposição. Hamilton caiu para o 5ºlugar, Ficando apenas na frente de Daniel Ricciardo na luta pelas primeiras posições.

Vale salientar a boa largada dos dois pilotos Williams que saíram dos últimos lugares para posições até que razoáveis.

A prova teve pouco movimento nas primeiras voltas, Apenas Vandoorne conseguindo passar Lance Stroll e Alonso tentando chegar em Romain Grosjean. Lá na Frente, Vettel chegou a abrir 3 segundos sobre Bottas que esboçou uma reação baixando essa diferença para 1.5 a 2 segundos. O Fato é que nenhum dos 6 primeiros ameaçava ninguém e nem mesmo era ameaçado.

Os primeiros a pararem nos boxes eram Hartley na volta 11, Ocon na volta 12, Sainz e Perez na volta 13 e Hulkenberg na volta 14. A se destacar o belíssimo desempenho de Hulkenberg que estava voando baixo e conseguia ultrapassar com bem mais facilidade os pilotos que não tinham parado nos boxes do que o seu companheiro Carlos Sainz jr.

Na volta 18, Verstappen e Ricciardo foram para os boxes ao mesmo tempo, Colocando os pneus médios para ir até o final. Hamilton parou na volta 19 e Bottas na volta 20. Com os pneus médios, A Mercedes passa a render melhor e com uma parada rápida do Bottas, acabou fazendo que o Finlandês passar a frente de Vettel logo após a parada do piloto da Ferrari na volta 21.

O líder passou a ser Kimi Raikkonen, Que tentou uma tática diferente, Prolongar o tempo de vida com os pneus gastos. Isso custou muito tempo para ele,exatos 2 a 3 segundos por volta sobre Lewis Hamilton. Em poucas voltas, Bottas e Vettel chegaram em Raikkonen. Na volta 27, O piloto da Mercedes consegue a ultrapassagem e assume definitivamente a liderança com Vettel em segundo lugar.

Raikkonen parou na volta seguinte e apesar do tempo perdido ele sem dúvida iria terminar a prova com 1 parada apenas, A corrida estava se arrastando para um final sendo decidido pela tática de paradas. Até que o Francês Pierre Gasly tentou passar Brendon Hartley na reta oposta, Mas foi totalmente precipitado e acabou batendo no seu companheiro de equipe que ficou na curva, Os dois voltaram a corrida, Porém detritos na pista fizeram a direção de prova acionar o Safety Car.

Nessa história toda, A Red Bull ordenou mudança de tática para os dois pilotos: Verstappen e Ricciardo colocaram os pneus Macios. Era o piloto do Gato para tentarem ganhar a corrida. O mesmo fez Hulkenberg, Sainz, Ocon, Alonso e uma volta depois Sergio Perez adotou essa mesma tática.

Na Relargada, Alonso consegue a ultrapassagem sobre Grosjean, Era a mostra de que a corrida seria diferente nas 21 voltas finais. Gasly acabou tomando 10 segundos de punição por causa da batida no Hartley. Na 37ªVolta, Ricciardo passou de cara Kimi Raikkonen e assumiu o 5ºlugar. Enquanto isso Verstappen pressionava Hamilton querendo o 3ºlugar, Porém tenta de maneira afobada. Na curva 5 da 38ªVolta, Ele acaba escapando da pista, prejudica os pneus e perde posição para Daniel Ricciardo que passa a atacar Hamilton, No final da 39ªVolta, Ricciardo ultrapassa o piloto da Mercedes, Ganha o 3ºlugar. Nessa altura do campeonato era bem possível que o Australiano brigasse pela vitória.

Max Verstappen voltou a pressionar Hamilton, Na volta 41, O Holandês passa para o 4ºlugar e abre do piloto inglês. Na volta 42, Ricciardo passou a apertar Vettel, A ultrapassagem do piloto da Red Bull foi concretizada no mesmo ponto aonde ele passou Hamilton, Passando para o 2ºlugar.

Na Volta seguinte, Verstappen foi para cima do Vettel. Ai novamente o jovem de vinte anos desligou o celebro e fez besteira. Em uma manobra impensada acabou no fim da reta oposta atingindo Vettel. Os dois voltaram rápido para a pista, Porém Verstappen perdeu 2 posições, Porém o pior ficou para Vettel que perdeu posição para o Verstappen, Hamilton, Raikkonen e na reta perdeu posição para Hulkenberg caindo para o 7ºlugar. O pior para o líder do campeonato foi que ele perdeu rendimento devido a esse toque.

Riccardo foi para cima de Bottas na volta 45 e na curva 4, Em uma manobra inesperada acabou ganhando a liderança. Os pneus médios definitivamente deram certo para ele, Já para Verstappen acabou não dando tão certo. Por causa da batida ele tomou penalização de 10 segundos. (Muito pouco pelo que ele fez com Vettel que perdeu rendimento depois do Toque) A 8 Voltas do final, Verstappen passou Hamilton que não se esforçou para segurar o piloto da Red Bull, Só teria o trabalho de ficar a menos de 10 segundos sobre o piloto Holandês.

Raikkonen com pneus mais novos foi para cima de Bottas, Com desgastado pneus de quase 30 voltas, O piloto da Mercedes segurava seu rival com 10 voltas de pneus a mais desgastados. Verstappen chegou nessa disputa, Mas não conseguiu mais ultrapassar ninguém. Provavelmente seus pneus mácios estavam bem mais desgastados do que os pneus do Ricciardo que estava com a corrida ganha, A mais de 8 segundos em 1ºlugar.

O piloto Australiano conquistou sua 6ªvitória, Após ter ficado a minutos de ficar eliminados no Q1 por causa de um motor estourado Contando com a ousada tática de paradas Red Bull, Na aposta dos pneus mais novos e médios compensou as deficiências do RB14 ( O Motor Renault) e principalmente pela sua pilotagem Arrojada, precisa e inteligente.

Valtteri Bottas se recupera do inicio de ano ruim e comanda equipe para o 2ºlugar. A Mercedes termina essa terceira etapa sem ter ganho corrida nenhuma, Já não passa a ser sorte e sim um indicio que a Mercedes pode não tem o melhor carro do ano. O pódio foi completado pelo Kimi Raikkonen que não conseguiu ultrapassar Bottas, podém acabou sendo o represente da Ferrari no pódio.

Com os 10 segundos de Punição, Verstappen passou do 4º para o 5ºlugar. Minha opinião Verstappen esta se tornando uma nova versão, Algo que chamava-se geralmente de idiota Vez. A punição é branda demais. Tinha que tomar 30 segundos pelo menos. 10 segundos não é nada, Ele só perdeu posição para Lewis Hamilton que acabou em 4ºlugar e apesar da vice liderança do campeonato, 9 pontos atrás de Vettel o inglês vive um momento díficil no começo de campeonato.

Nico Hulkenberg fez sua melhor corrida do ano, Aproveitou a oportunidade de ultrapassar Vettel e acabou garantido mais um 6ºlugar com o carro da Renault. No final da corrida, Alonso de forma arrojada passou Vettel e ganhou o 7ºlugar do piloto da Ferrari. Depois da batida ocarro de Vettel só foi ficando pior, Conseguiu segurar a pressão de Carlos Sainz jr. para ficar me 8ºlugar e salvar 4 pontos, Apesar do fraquíssimo resultado  Vettel manteve a liderança do campeonato. Completando a zona de pontuação o Dinamarquês Kevin Magnussen com a Haas.

Ocon e Perez ficaram novamente perto dos pontos com a Force India, Em 11º e 12ºlugares, Pelo desempenho deles a equipe Indiana não pode reclamar, O Carro é que precisa melhorar para começarem a coletar pontos. Stoffel Vandoorne acabou de fora dos pontos em 13º. Lance Stroll e Sergei Sirotkin levaram a Williams para o 14º e 15º lugares respectivamente.

Marcus Ericsson levou a melhor Sauber para o 16ºlugar, Seguido de Romain Grosjean que esta tendo um ano desastroso até agora na Haas, Pierre Gasly com a Toro Rosso que terminou a prova (Hartley abandonou nas voltas finais) e Charles Leclerc que acabou tendo um dia complicado. Daqui a 2 semanas no rapidissimo circuito de rua de Baku, Teremos a 4ªEtapa do Mundial de Formula 1 que agora tem os 5 primeiros colocados a 17 pontos de distância.

Resultado final do GP da China
3ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Xangai – 56 Voltas

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Grid
1 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:35:36.380 6
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ a 8.894 3
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO a 9.637 2
4 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ a 16.985 4
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer a 20.436 5
6 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 a 21.052 7
7 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 a 30.639 13
8 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO a 35.286 1
9 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 a 35.763 9
10 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO a 39.594 11
11 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ a 44.050 12
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ a 44.725 8
13 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 a 49.373 14
14 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ a 55.490 18
15 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ a 58.241 16
16 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO a 1:02.604s 20
17 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO a 1:05.296s 10
18 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H a 1:06.330s 17
19 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO a 1:22.575s 19
20 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H Não Terminou 15

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull/Mercedes/Ferrari/Renault/Force India/Mclaren/Toro Rosso