Hamilton domina treinos na chuva e Vettel sente a pressão em Austin

O inglês Lewis Hamilton dominou o dia no Circuito das Américas, Com chuva nos dois treinos livres. O primeiro a pista estava molhada, Mas não em condições extremas. Lewis colocou 1 segundo e 3 décimos a frente de Valtteri Bottas também com o carro da Mercedes.

Já no segundo treino acabou sobre chuva pela maior parte da classificação, melhorando no final da sessão. O piloto do Mercedes nos minutos finais da sessão da marcou o melhor tempo fazendo apenas 3 voltas (1 de entrada a pista, 1 volta rápida (Que foi a volta mais rápida da tarde) e uma volta para voltar aos boxes). Enquanto Hamilton mostrava tranquilidade, Vettel e a Ferrari tem motivos para se preocupar. No primeiro treino, Vettel ficou em 5ºlugar atrás dos pilotos da Red Bull. Com o tempo molhado, A equipe Austríaca é um grande problema para Vettel que sem duvida esta sentindo a pressão.

Para Vettel evitar que Hamilton seja campeão em Austin ele precisa ficar pelo menos em 2ºlugar, Mesmo que a vitória fique com Hamilton a diferença entre os 2 ficaria em 74 pontos. Ai no México Lewis ficaria dependendo apenas de um 10ºlugar para confirmar o título. Porém, com os erros cometidos nas últimas provas e com a aproximação da Red Bull que se adapta melhor a circuitos onde o motor não é o essencial para um bom desempenho faz as chances de Lewis Hamilton serem maiores para a conquista do 5ºCampeonato Mundial.

Destaque para Pierre Gasly que ficou com o 2ºmelhor tempo na segunda sessão. Porém como a pista no final estava secando a cada momento. No mercado de pilotos, No começo dessa semana o Provável campeão da Formula 2 George Russell acertou a sua ida a Williams para a temporada de 2019. Ele é um dos pilotos da Mercedes que tem o Francês Esteban Ocon, que por enquanto ainda não tem carro para a temporada que vem.

A Racing Point confirmou a permanência de Sergio Perez para a temporada de 2019, O mexicano vai correr ao lado de Lance Stroll em 2019. Certamente ele será o piloto a liderar a equipe de Lawrence Stroll. E hoje, O Globo Esporte apurou que Sergio Sette Camara que faz um bom campeonato na mesma Formula 2 vai ser piloto de testes da Mclaren, O Anuncio esta próximo de acontecer.

Amanhã, O treino Livre de número 3 será realizado as 3 da Tarde (Horário de Brasília) e as 6 da tarde teremos a Classificação, Valendo o Grid de largada. Esse Grid pode sim ajudar a definir os rumos do Mundial desse ano.

Última notícia, Vettel foi punido em 3 posições no Grid de largada por ignorar Bandeira Vermelha. O que torna a vida do piloto Alemão ainda mais difícil do que já estava!

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado dos Treinos Livres de Sexta-Feira
GP dos Estados Unidos – Austin (Texas) – Circuito das Américas

1ºTreino Livre

pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:47.502 6
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:48.806 7
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:48.847 9
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:49.326 9
5 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:49.489 18
6 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:49.928 20
7 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:50.665 8
8 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:50.821 10
9 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:50.961 14
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:51.016 14
11 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:51.036 9
12 47 Lando Norris McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:51.232 9
13 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:51.234 19
14 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:51.459 18
15 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:51.589 14
16 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:51.614 15
17 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:51.655 17
18 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:51.717 7
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:51.896 14
20 38 Sean Gelael Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:52.625 21

2ºTreino Livre

pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:48.716 3
2 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:49.728 10
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:49.798 5
4 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:51.728 3
5 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:52.208 6
6 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:52.505 19
7 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:53.070 9
8 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:53.354 10
9 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:53.443 7
10 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:53.912 8
11 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:54.101 9
12 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:54.637 5
13 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:54.963 6
14 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:55.348 6
15 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:55.446 8
16 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 Sem Tempo 2
77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ Não Treinou 0
8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO Não Treinou 0
20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO Não Treinou 0
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer Não Treinou 0

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Williams/Force India/Toro Rosso

Formula 1 – Preview do GP dos Estados Unidos

No Circuito das Américas, Lewis Hamilton esta a um passo do pentacampeonato

Nos Estados Unidos, Lewis Hamilton pode confirmar o campeonato Mundial de Formula 1 ao seu favor. O 5ºtítulo esta próximo, Com 67 pontos de frente para o Alemão Sebastian Vettel. O piloto da Ferrari acabou perdendo a mão com muitos erros mesmo com o a Ferrari tendo um carro um pouco melhor do que o Carro da Mercedes.

O Circuito de Austin favorece plenamente a favor da Mercedes. Vitória nos últimos 4 anos, Sendo 3 delas com Hamilton (2014,2015 e 2017) e Rosberg (2015). A Ferrari não venceu nenhuma corrida em Austin e a Red Bull ganhou em 2013 com Sebastian Vettel. Em sua primeira edição em 2012 a vitória ficou com Hamilton com o carro da Mclaren.

Previsão do Tempo:

Sexta:

Manha

Tarde

Sábado:

Manha

Tarde

Domingo:

Manha

Tarde

Escolha dos Pneus:

Hamilton precisa terminar a prova com vantagem de 75 pontos para Sebastian Vettel para festejar o pentacampeonato no Circuito das Américas. Até um 6ºlugar pode dar o título ao piloto inglês caso Vettel não pontue. Vettel precisa tirar o máximo possível de pontos de Hamilton, Ainda poderá ter uma remota chance com um 2ºlugar mesmo que Hamilton vença nesse domingo.

Mais do que nunca, A Mercedes vai precisar da Ajuda de Valtteri Bottas para o fechar a conta do Mundial de Pilotos.

O que precisa para Hamilton ser o Campeão do Mundo

Hamilton 331 Pontos Vettel 264 Pontos
1º (356) 3º (279)
2º (348) 6º (272)
3º (345) 7º (270)
4º (343) 8º (268)
5º (341) 9º (266)
6º (339) Não Pontuar (264)

O GP dos Estados Unidos é a casa da equipe Haas, que vive seu melhor momento na Formula 1, Disputando a 4ªposição no mundial de Construtores com a Renault que vem a 8 pontos a Frente da equipe norte-Americana. 92 pontos da equipe Francês contra 84 da Haas. Sendo que nas últimas provas a Haas vem melhor do que a Renault.

Apesar disso, Quem vem com muita força é a Racing Point Force India, Com 43 pontos desde da sua pontuação zerada de de comprada. Juntando os 59 pontos da primeira fase do campeonato, A Nova Force India estaria em 4ºlugar com 102 pontos. Um final de semana bem favorável pode levar o time do carro rosa a ainda disputar essa posição.

Horários:

1ºTreino Livre 12:00 as 13:30
2ºTreino Livre 16:00 as 17:30
3ºTreino Livre 15:00 as 16:00
Classificação 18:00 as 19:00
Corrida 15:10

Como foi a prova nos últimos anos:

2014:

18 carros em Austin : A Formula 1 esta agonizando pela Ignorância de seus dirigentes

Rosberg pega Hamilton e marca pole em Austin

Hamilton supera Rosberg e conquista a 5ªvitória seguida e ver Bicampeonato mais próximo

2015:

GP dos Estados Unidos – Chuva e Tempestade compromete treinos de Sexta-feira

Olimpíadas de chuva em Austin e Treino oficial foi remarcado para Hoje ao Meio-Dia

Lewis Hamilton vence se consagra Tricampeão na melhor corrida da história de Austin

2016:

Treinos de Sexta no Texas: Duelo entre Hamilton e Rosberg termina empatado com vantagem para Nico.

Hamilton larga na pole position em Austin na corrida de logo mais buscando o ataque final para cima de Rosberg

Hamilton em Austin conquista sua 50ªvitória na Formula 1 e continua vivo na luta pelo título

2017:

Hamilton conquista pole com facilidade em Austin

Lewis Hamilton vence em Austin e se aproxima do Tetra, Verstappen fica sem pódio depois de ultrapassagem ilegal

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Haas
Previsão do Tempo: https://www.accuweather.com

18 carros em Austin : A Formula 1 esta agonizando pela Ignorância de seus dirigentes

A Formula 1 precisa ver seus conceitos imediatamente isso já esta claro. Ainda mais com um GP dos Estados Unidos com só 18 carros no Grid. Sim, 18 pilotos! Algo que não acontecia desse do GP dos Estados Unidos de 2005 quando 14 dos 20 pilotos acabaram não largando para a corrida em Indianápolis, por causa dos pneus Michelin que não resistiram as características do circuito norte-americano.

Porém, agora 9 anos depois em um mesmo país agora em uma cidade diferente na Moderna Austin no Tradicional e conservador estado do Texas teremos esse número baixo no Grid de largada por que a Caterham e a Marussia com seríssimos problemas financeiros acabaram afetando de maneira definitiva as equipes a ponto das duas estarem nas mãos de interventores. Não se sabe se alguma dessas equipes vai conseguir um comprador.

O Carro da Caterham de 2013
O Carro da Caterham de 2013

Bernie Ecclestone acabou falando que tanto a Caterham como a Marussia não viriam até Austin como domingo que vem sem ser esse provavelmente não veremos nenhuma das duas no Grid de Interlagos para o GP do Brasil.

O Caso é que ambas as equipes estão com sérios problemas financeiros e podem sim fechar as portas e se pensam que só elas estão com esses problemas esta errado porque a Sauber esta com muitas dificuldades financeiras e pode não disputar o campeonato de 2015. A Lotus também esta com muitos problemas financeiros a ponto do ano passado atrasar os salários do Finlandês Kimi Raikkonen e de precisar contratar o Venezuelano Pastor Maldonado tudo por causa da Grana da PDVSA para amenizar as contas da sua equipe.

Por tudo isso eu digo que o Sistema vigente da Formula 1 esta falido, Um Campeonato em que de 11 equipes 4 já mostram sinais de crise financeira e 2 delas faltam a alguns GP é a mostra de que Bernie Ecclestone e seus acercas levam a F1 para uma morte lenta e dolorosa e o pior de tudo as soluções para a Formula 1 ter mais carros no Grid é pouco inteligente.

Jules_Bianchi_9th_monaco20143 carros por equipe vai acabar por enfraquecer quem não tem um grande poder aquisitivo como a Force India e a Toro Rosso. Só que a Toro Rosso é da Red Bull e o Dietrich Mateschitz não vai deixar por agora o time deixar de existir e existe a Audi disposta a comprar a Equipe de Faenza. Agora a Force India que vem se estabilizando na Formula 1 como uma boa equipe pode acabar levando um tiro bem na cara caso tenha que fazer 3 carros no Grid e acabar se enfraquecendo. Por isso que eu falo, A Regra é um tiro no Pé.

A Solução eu já coloquei aqui, Uso de um único tipo de Chassi para todas as equipes, Regras que falam a Formula 1 ficar mais barata, Formas criativas de atrair público, Fãs e novos patrocinadores até mesmo a entrada de times que disputem apenas algumas etapas do campeonato e isso era algo que acontecia no passado, Porque não reviver isso??? Coluna que eu escrevi no passado para salvar a Formula 1

Qual o Problema de temos uma Formula 1 com Características de Formula Indy?
Qual o Problema de temos uma Formula 1 com Características de Formula Indy?

Já esta na Hora do Tio Bernie Sair e voltar para o Sarcófago aonde ele possa descansar em paz, Fato!

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Caterham/Marussia

Corridas Históricas – GP dos Estados Unidos de 1987

Grid de Largada:

1 Nigel Mansell (Williams/Honda) 1’39.264
2 Ayrton Senna (Lotus/Honda) 1’40.607
3 Nelson Piquet (Williams/Honda) 1’40.942
4 Thierry Boutsen (Benetton/Ford) 1’42.050
5 Alain Prost (McLaren/TAG) 1’42.357
6 Eddie Cheever (Arrows/Megatron) 1’42.361
7 Michele Alboreto (Ferrari) 1’42.684
8 Teo Fabi (Benetton/Ford) 1’42.918
9 Riccardo Patrese (Brabham/BMW) 1’43.479
10 Derek Warwick (Arrows/Megatron) 1’43.541
11 Stefan Johansson (McLaren/TAG) 1’43.797
12 Gerhard Berger (Ferrari) 1’43.816
13 Jonathan Palmer (Tyrrell/Ford) 1’44.350
14 Philippe Streiff (Tyrrell/Ford) 1’45.037
15 Martin Brundle (Zakspeed) 1’45.291
16 Christian Danner (Zakspeed) 1’45.740
17 Andrea de Cesaris (Brabham/BMW) 1’46.046
18 Alessandro Nannini (Minardi/Motori Moderni) 1’46.083
19 Alex Caffi (Osella/Alfa Romeo) 1’46.124
20 Philippe Alliot (Lola/Ford) 1’46.194
21 René Arnoux (Ligier/Megatron) 1’46.211
22 Ivan Capelli (March/Ford) 1’46.269
23 Piercarlo Ghinzani (Ligier/Megatron) 1’47.471
24 Satoru Nakajima (Lotus/Honda) 1’48.801
25 Adrián Campos (Minardi/Motori Moderni) 1’50.495
26 Pascal Fabre (AGS/Ford) 1’53.644

Senna conquista segunda vitória nas ruas de Detroit

Após 4 etapas do campeonato mundial de 1987 de Formula 1 o campeonato iria para a Famosa capital da indústria automobilística com Prost líder com 18 pontos e 2 vitórias na liderança com Senna a 3 pontos atrás e vencedor da prova anterior em Mônaco, Johansson que fazia um grande campeonato estava em 3º com 13 pontos, Nelson Piquet estava com 12 pontos em 4º, Nigel Mansell com 10 pontos e uma vitória estava em 5º  e Michele Alboreto em 6ºlugar com 8 pontos.

Nos treinos oficiais o Leão Nigel Mansell voou baixo e com mais de um segundo de vantagem conquistou a pole position com Ayrton Senna com a Lotus-Honda em 2º, Nelson Piquet com a Williams e Thierry Boutsen com a Benetton-Ford TEC V6 formavam a segunda fila e a terceira fila era formada por Alain Prost com a Mclaren e pelo dono da Casa Eddie Cheever que fez um grande treino colocando a mediana Arrows na terceira fila.

Um dia que estava com o tempo nublado era isso que  os 26 pilotos iriam enfrentar 63 voltas nesse circuito de rua traiçoeiro e que exigia a perfeição dos pilotos ou caso contraio a qualquer momento eles encontrariam o Muro como impedimento deles continuarem na prova.

Na Largada a liderança ficando com Mansell com Senna em segundo e Piquet em 3º e Cheever que fez belíssima largada ganhando 2 posições para ir ao 4ºlugar para a Alegria da torcida norte americana, Já Satoru Nakajima acabou batendo de leve em um adversário na segunda curva e acabou curvas depois sendo atingido pelo piloto Espanhol Adrian Campos. Resultado disso é que Nakajima já ficou pela curva aonde ele saiu da corrida, Campos deu uma volta e depois deixou a corrida.

Mansell estava em primeiro com Senna em segundo e ambos estavam abrindo muito de Piquet que estava tendo que se virar para se manter na frente de Cheever que começou muito forte a sua corrida, E ai depois Teo Fabi estava em 5ºlugar levando consigo um grupo bem razoável de pilotos atrás dele.

Na terceira volta de prova Mansell abriu boa vantagem para Senna, Enquanto isso Piquet continuava sendo pressionado por Cheever, e curvas depois o Norte-Americano passou assumindo o terceiro lugar, Enquanto isso Piquet ficava pelo caminho e sentindo que estava com desempenho ruim acabou indo para os boxes para trocar os pneus e dessa volta ele voltou apenas em 21ºlugar.

Alex Caffi acabou passando reto e deixando a corrida, Também deixou a prova o piloto Andrea de Cesaris que antes e acabar no muro acabou tendo seu câmbio quebrado. Enquanto isso Cheever vinha em 3ºlugar com o seu Arrows-Megatron e na frente de Ferrari, Mclaren e Benettons. Mas Teo Fabi, Michele Alboreto, Alain Prost estavam atrás já querendo acabar com a festa do Norte-Americano.

Fabi iria para cima de Cheever na luta pelo terceiro lugar e já bem longe de Mansell e de Senna que já abriam um monte de tempo em cima do piloto da Arrows. No começo da 7ªVolta Teo Fabi tenta ultrapassagem sobre Cheever, Mas Cheever se defende bem e Fabi acaba perdendo o bico de seu carro e estraga a sua corrida, Mas Cheever também tem prejuízos. Para mim Fabi não soube esperar o melhor momento para passar Cheever, Essa pista tinha pelo menos 2 pontos de ultrapassagem claros. Fabi abandonou a corrida com a quebra da parte do Bico do seu carro e Chevver foi para os boxes trocar os pneus e Voltou na 19ºlugar, Piquet já vinha na 15ºlugar e subindo volta a volta.

Classificação após 10 Voltas era a seguinte: 1. Mansell, 2. Senna, 3. Alboreto, 4. Boutsen, 5. Prost, 6. Berger.

Mansell continuava na ponta com um pouco mais de 6 segundos sobre Senna que tinha enorme diferença para Alboreto e Boutsen que se confrontavam pelo 3ºlugar, O Benetton apesar do motor menos potente que a Ferrari estava mostrando que estava se adaptando melhor a esse circuito, Prost estava em 5ºlugar sem dar mostras de que queria atacar agora.

Mansell já encontrava seu primeiro retardatário que era o Pascal Fabre da AGS na volta número 12 tamanha a fragilidade desse carro da equipe francesa e até mesmo do Fabre que andou 14 segundos mais lento que o pole position. (Hoje Fabri não teria autorização para largar por causa dos 107%) Ayrton Senna em 2ºlugar estava com um déficit de diferença para Mansell, Mas se a corrida acabasse naquela volta Senna seria o líder do campeonato com 21 pontos ao lado de Prost que continuava quieto em 5ºlugar, Típico das corridas do Prost aonde ele só atacava na hora certa.

Capelli deixava a corrida com problemas elétricos na volta 10,Derek Warwick também deixou a corrida Mas foi por causa de um toque no muro que danificou sua suspensão traseira e o forçou a abandonar na 13ªvolta. 7 carros já deixavam a prova naquele momento, Nelson Piquet já impressionava em estar em 9ºlugar após furo de pneu nas primeiras voltas e uma parada prematura nos boxes.

Prost parou de esperar e começou o ataque pra cima de Boutsen enquanto isso Piquet partia para cima de Patrese na luta pelo 8ºlugar na corrida, Mesmo com o motor BMW da Brabham Piquet tinha um desempenho melhor do que o desempenho de Patrese, E na metade da 17ªVolta o Brasileiro conseguiu a ultrapassagem sobre o piloto da Brabham como também passou a Johansson que estava lento na pista com problemas mecânicos, Patrese e os outros pilotos atrás recuperaram posições enquanto que Johansson foi para os boxes, Por falar nos boxes a coisa estava explodindo pois o piloto da Zakspeed  Martin Brundle deixou a corrida com problemas do seu turbo que estourou em plenos boxes, Ele ainda tentaram fazer ele voltar a corrida mas o carro já tinha quebrado e Brundle nada pode fazer nessa altura do campeonato.

Johansson voltou para a corrida, Mas muito atrasado nas últimas posições da corrida. Mansell continuava a pegar retardatários enquanto que Boutsen, Prost e Berger faziam uma bela briga pelo 4ºlugar. Prost Acabou conseguindo a ultrapassagem sobre Boutsen na 20ªVolta e assumiu a 4ªposição. Classificação após 20 voltas completadas: 1. Nigel Mansell, 2. Ayrton Senna, 3. Michele Alboreto, 4. Alain Prost, 5. Thierry Boutsen e 6. Gerhard Berger.

EUA1987 (30)

Prost começava a buscar o 3ºlugar de Michele Alboreto enquanto que Berger iria tentar buscar o 5ºlugar de Thierry Boutsen Enquanto isso em 22 voltas Cheever estava em 13ºlugar, mas se recuperando do incidente do começo da corrida. Prost esperou o tempo certo para passar Alboreto e essa ultrapassagem aconteceu na 25ªVolta Prost acabou passando a Alboreto e na hora certa, já que Berger que a 2 voltas antes tinha passado a Boutsen já vinha pressionando a Prost. Alboreto ficou muito lento pela pista por causa de Problemas de Câmbio, tanto é que Prost levou junto a Gerhard Berger, Já Alboreto deixaria a corrida com os mesmos problemas de Câmbio que fizeram a corrida de Alessandro Nannini acabar na 23ªVolta.

Mansell com 26 voltas continuava na ponta da corrida dominando a prova, Com Senna em segundo também com vantagem muito tranquila para Prost que estava em 3ºlugar.

A Corrida estava em sua metade e sua classificação era essa na Volta 26: 1. Nigel Mansell, 2. Ayrton Senna, 3. Alain Prost, 4. Gerhard Berger, 5. Thierry Boutsen, 6. Nelson Piquet, O dono da casa Eddie Cheever já figurava em 10ºlugar.

Mas logo essa classificação iria mudar, Boutsen perdia rendimento e acabou sendo ultrapassado pelo Nelson Piquet e caindo para o 6ºlugar isso na volta 31, O Brasileiro Piquet buscava recuperação na corrida tentando se aproximar de Berger e Prost para pelo menos lutar pelo pódio. Já a se destacar a corrida de Phillipe Streiff que aproveitando o seu motor aspirado que era melhor de toque do que o Turbo no circuito de Detroit com um bom Chassi da Tyrrell estava em 7ºlugar na frente de pilotos com mais motor e mais carro que o piloto da Tyrrell.

Na 34ªVolta Mansell foi para os boxes com 11 segundos de Vantagem para Senna e acabou tendo uma parada desastrosa demorando demais por causa de um dos pneus traseiros e dessa Forma Ayrton Senna que parecia o único que teria condições de lutar contra Mansell assumia a liderança da corrida.

Mansell perderia posição também para Alain Prost e cairia para o terceiro lugar, Mas se Mansell fez uma parada poderia ser que Senna e Prost tinham que também fazer a parada e dai Mansell poderia voltar a liderança da corrida, O Inglês com melhores pneus foi para cima de Prost e conseguiu na 37ªVolta a ultrapassagem que devolveria Mansell para o segundo lugar enquanto isso Piquet já estava em 4ºlugar ao ultrapassar a Berger na 34ªVolta.

Piquet começava a querer tirar o 3ºlugar de Alain Prost, Com um pneu 3 voltas mais novo do que o Francês. Em termos de pneus a situação mais confortável era de Mansell que poderia muito bem voltar a liderança da corrida assim que todos os outros parassem nos boxes ou então recuperar tudo na pista, Pois com os pneus menos desgastados daria para o Leão voar baixo e reduzir a diferença para pó sobre Ayrton Senna. Enquanto isso Phillipe Alliot com a Lola-Larrousse deixava a corrida após um acidente na 39ªVolta, O GP dos Estados Unidos se encaminhava para o terço final com Mansell começando uma tentativa de atropelar Ayrton Senna para buscar a vitória.

Piquet ao completar a 42ªVolta aproveitando de dois retardatários acabou ultrapassando a Alain Prost e assumindo o 3ºlugar após ter caído para 21ªposição após a 3ªVolta de prova, uma linda ultrapassagem desse Genial piloto Brasileiro, O Momento mais bonito da corrida e do campeonato de 1987.

Boutsen também fica para trás na corrida fazendo uma parada muito longa cedendo seu 6ºlugar para o Francês Phillipe Streiff com a Tyrrell-Ford DFZ aspirado que também liderava a corrida dos aspirados. Mas logo depois de uma volta Streiff acabou perdendo a roda Traseira e dessa Forma sendo obrigado a abandonar a corrida, A Roda que soltou do carro de Streiff poderia ocasionar em um incidente mais grave, Mas por sorte nada aconteceu de ruim com ninguém, Uma pena foi pelo Streiff que fazia uma corrida muito boa. Sorte de Eddie Cheever que acabou assumindo o 6ºlugar na prova.

Mansell já não apresentava o mesmo desempenho seja por problema em seu carro ou por causa do desgaste físico e com isso Piquet e Prost chegavam em Mansell para lutarem pelo 2ºlugar, A liderança de Senna estava tranquila com 43 segundos sobre o vice-líder da corrida.
Classificação após 49 Voltas completadas: 1. Ayrton Senna, 2. Nigel Mansell, 3. Nelson Piquet, 4. Alain Prost, 5. Gerhard Berger, 6. Eddie Cheever.

A luta da corrida estava entre um Mansell com desempenho muito abaixo do esperado seja pelo carro ou por causa do desgaste dele contra Piquet que era companheiro de equipe (Ou digamos inimigo do Mansell) e de Prost.

Boutsen ainda buscava forças para tirar o 6ºposto de Cheever, Mas acabou a 11 voltas do final seus freios da sua Benetton dando problema e com isso o Belga deixou a corrida após figurar a maior parte do tempo nos pontos.

Já na volta de número 53 Nelson Piquet passou a Mansell e levou com ele o Francês Alain Prost que assumiu o 3ºlugar. Mansell já não via a hora de terminar a corrida, Mas antes disso na volta 56 Berger tomou a 4ªposição de Mansell, A Sorte do Leão é que Cheever estava bem longe. Pois se não fosse pela distância que estava entre os dois acabaria o Norte-Americano ainda com o 5ºlugar.

Senna só administrou sua enorme vantagem para os demais e dessa Forma levou a Lotus a Segunda vitória na temporada de 1987 com a Lotus-Honda, repetindo a vitória em 1986 quando Senna estava com a Lotus-Renault turbo, e Assumia pela primeira vez a liderança do campeonato de 1987, Nelson Piquet em 2ºlugar obtendo uma grande recuperação na corrida e uma ultrapassagem maravilhosa, Alain Prost em 3º numa corrida onde ele não figurou para lutar pela vitória, Mas Salvou alguns pontinhos para ficar a 2 pontos de Senna, Berger, Mansell que acabou tendo um resultado inapropriado a pilotagem que tele e Cheever que teve problemas de Pane Seca no final acabaram nos pontos.  Johansson que sofreu com problemas também na corrida, Danner, Patrese, Arnoux, Palmer e Fabre completaram a corrida.

Senna e Piquet formavam mais uma dobradinha brasileira na Formula 1. Para a Lotus essa vitória deixava a equipe mais viva do que nunca pela disputa do título. Mal Sabia a Lotus que essa seria a última vitória até o GP de Abu Dhabi de 2012 quando Kimi Raikkonen acabou com esse Hiato de 25 anos sem vitória da Lotus na Formula 1.

Resultado final do GP dos Estados Unidos de 1987

Fotos:

Vídeo da Corrida:

Créditos:
Fotos: Bestlap / Formel1mic
Vídeo: Youtube (Canal: Holger Eckert)
Texto: Deivison da Conceição da Silva

Corridas Históricas: GP dos Estados Unidos de 1988

Grid de Largada:

1 Ayrton Senna (McLaren/Honda) 1’40.606
2 Gerhard Berger (Ferrari) 1’41.464
3 Michele Alboreto (Ferrari) 1’41.700
4 Alain Prost (McLaren/Honda) 1’42.019
5 Thierry Boutsen (Benetton/Ford) 1’42.690
6 Nigel Mansell (Williams/Judd) 1’42.897
7 Alessandro Nannini (Benetton/Ford) 1’43.117
8 Nelson Piquet (Lotus/Honda) 1’43.314
9 Derek Warwick (Arrows/Megatron) 1’43.799
10 Riccardo Patrese (Williams/Judd) 1’43.810
11 Philippe Streiff (AGS/Ford) 1’44.204
12 Andrea de Cesaris (Rial/Ford) 1’44.216
13 Mauricio Gugelmin (March/Judd) 1’44.474
14 Philippe Alliot (Lola/Ford) 1’44.590
15 Eddie Cheever (Arrows/Megatron) 1’44.948
16 Pierluigi Martini (Minardi/Ford) 1’45.048
17 Jonathan Palmer (Tyrrell/Ford) 1’45.268
18 Stefan Johansson (Ligier/Judd) 1’45.275
19 Stefano Modena (Euro Brun/Ford) 1’45.304
20 René Arnoux (Ligier/Judd) 1’45.437
21 Alex Caffi (Dallara/Ford) 1’45.750
22 Julian Bailey (Tyrrell/Ford) 1’46.286
23 Oscar Larrauri (Euro Brun/Ford) 1’46.390
24 Yannick Dalmas (Lola/Ford) 1’46.422
25 Luis Perez-Sala (Minardi/Ford) 1’46.593
26 Nicola Larini (Osella) 1’46.623

Não Classificou:

27 Satoru Nakajima (Lotus/Honda) 1’47.243
28 Bernd Schneider (Zakspeed) 1’48.249
29 Piercarlo Ghinzani (Zakspeed) 1’48.925
30 Gabriele Tarquini (Coloni/Ford) 1’47.312
31 Ivan Capelli (March/Judd) 1’45.544

Senna Conquista 3ªVitória consecutiva nas Ruas de Detroit

A 6ªEtapa do Mundial de 1988 seria no sol quente dos Estados Unidos, nas Ruas de Detroit, num belíssimo cenário, perto do Rio Michigan, Definitivamente não era uma pista muito boa para Capelli que sofreu um acidente forte e não pode correr, apesar de que tinha sobras para estar no Grid de largada. Incrivelmente Satoru Nakajima não largou para essa corrida com a Lotus-Honda.

Senna mais uma vez na pole, tendo ao seu lado Gerhard Berger com a Ferrari, depois na Segunda fila Alboreto com a Outra Ferrari e Prost com o Maravilhoso Mclaren MP4/4 projetado por Gordon Murray que estava até naquele momento invicto com 5 Vitórias na Temporada, 3 de Prost (Brasil, Mônaco e México) e 2 de Senna (San Marino e Canadá). Na largada Berger largou bem, mas Senna segura a ponta, Prost é que não largou bem, Boutsen passou para o 4ºlugar, ultrapassando nas Primeiras curvas. nas primeiras curvas Berger estava perto de Senna, Logo depois da primeira volta Prost voltava a ser o 4ºLugar, usando a Força do Motor Turbo da Honda contra o Ford DFR aspirado da Benetton. Jonathan Palmer logo na Segunda volta teve de ir aos Boxes complicando a corrida desde já. Prost estava agora na 3ªVolta perseguindo as Ferraris de Alboreto e Berger. As Benetton de Boutsen e de Nannini ocupavam 5ª e 6ª posições.

Nas primeiras voltas Senna abria uma importante vantagem para Berger e Alboreto que começavam a Sofrer pressão de Alain Prost, na briga pelo 2ºlugar. Prost sabia que deveria se livrar logo das Duas Ferraris, pois quanto mais tempo atrás delas, mas Senna iria se distanciar devido ao maior desempenho das Mclaren MP4/4. No Final da 5ªVolta Prost passava Alboreto e assumia a 3ªPosição. Agora Prost iria à caça de Berger. A Classificação após 5 Voltas era a Seguinte: Senna (8:52.932), Berger (a 3.878), Prost (a 5.449), Alboreto (a 5.989), Boutsen (a 6.838), Nannini (a 10.789).

Prost iria ao Ataque pra cima de Berger, Mais Berger perde rendimento e Prost passa a 2ªPosição, Berger sofre pressão de Alboreto e de Boutsen. E que logo Berger mostra problemas em seu carro e abandonava a corrida com problemas de Pneu. Alboreto sofria pressão de Boutsen que mostrava um desempenho melhor dos motores aspirados nesse tipo de Pista. Na 8ªVolta Boutsen passa Alboreto e assume a 3ªPosição. Nannini logo estava atrás de Alboreto em 5ºe Nigel Mansell em 6º. Nicola Larini com a patética Osella abandonaria a corrida, a pista era curta, por isso as bandeiras amarelas eram agitadas quando tinha perigo na pista ou alguém parado na pista. Nannini na Volta 9 Forçou ultrapassagem em cima de Alboreto que acabou rodando e perdendo muito tempo, Nannini assumia a 4ªPosição. Mansell e Patrese completavam os 6 primeiros, depois Warwick e De Cesaris em 7º e 8º lugares. Alboreto voltou uma volta atrás de Senna que era o Líder da corrida.

Depois de 10 Voltas a Classificação era a Seguinte: 12 Senna (17:40.307), 11 Prost (a 6.135), 20 Boutsen (a 17.038), 19 Nannini (a 22.291), 5 Mansell (23.259), 6. Patrese (28.284). Na 11ªVolta Senna passava já os primeiros retardatários e já tinha distância bastante confortável pra cima de Prost, tirando os Mclarens, do 3º ao 6º todos com motores Aspirados os Benettons de Ford DFR e os Williams de Judd CV V8. Mauricio Gugelmin era a única March na Corrida era o 11ºColocado, logo Atrás tinha Rene Arnoux, Pierluigi Martini, Alex Caffi em 12º, 13º e 14º respectivamente.

O Forte calor começava a fazer de vitimas os pilotos da Frente, Eddie Cheever da Arrows abandonava a corrida com problemas elétricos, na Mesma volta 15, Alessandro Nannini teve que ir aos boxes e abandonou a corrida com seu motor Ford Quebrado e abandonava a corrida quando estava em 4ºlugar. Na Volta Seguinte Phillipe Streiff que estava nos primeiros lugares perto da zona de pontuação também abandonava a corrida. Depois de 15 Voltas a Classificação era essa: Senna (26:35.398), Prost (8.158), Boutsen (18.032), Mansell (28.332), Patrese (36.037) e De Cesaris (1:01.039). Depois Warwick em 7º, Piquet em 8º, Gugelmin em 9º. Mas Gugelmin passou Piquet e assumiu a 8ªPosição, Piquet acabou perdendo rendimento e perdeu posições para Martini e Caffi e caindo para a 11ªposição. Enquanto isso Senna continuava liderando a corrida com tranquilidade e sem ser ameaçado com quase 6 segundos na frente de Prost que estava quase 15 segundos na frente de Boutsen. Na 18ªVolta Mansell abandonaria a corrida com problemas de motor. Deixando Gugelmin já nos pontos, Já que Warwick foi para os boxes 2 voltas anteriores. 1/3 de corrida e 19 pilotos estavam na corrida, a expectativa era de que poucos carros viriam a bandeira de Chegada nessa corrida. Na volta 21 Senna já dava volta em cima do 9ºlugar que era Nelson Piquet com a Lotus-Honda. Logo a Frente tinha Martini em 7º e Caffi em 8º.

Passadas 20 Voltas a Classificação era essa: Senna (35:28.711), Prost (a 9.641), Boutsen (a 26.056), Patrese (a 52.727), de Cesaris (a 1:23.612) e Gugelmin (a 1:43.560) o Posicionamento dos primeiros colocados estavam com espaços muito grandes um do outro, nenhum deles muito perto do outro. Na Volta 22 Senna daria volta em Mauricio Gugelmin, o 6ºcolocado da corrida, era incrível a superioridade da Mclaren em cima dos outros carros. Senna estava com 8 Segundos a frente de Prost e com uma vantagem, Prost teria que encarar como retardatários como Caffi, Martini e Gugelmin. e Senna tinha pista livre pela frente. Na Volta 23 a classificação era a seguinte: Senna, Prost, Boutsen, Patrese, De Cesaris, Gugelmin, Martini, Caffi, Piquet e Arnoux nas 10 primeiras posições.

Na Volta 24 Warwick estava lento e abandonando a corrida. Enquanto isso Senna e Prost estavam brigando volta a volta, Senna faz a ultrapassagem em cima de De Cesaris com a Rial-Ford DFZ, Piquet parava para os boxes e ficava mais atrás na corrida. Gugelmin estava em 6º, mas Martini perseguia de forma feroz para buscar o lugar nos pontos. Carro de Gugelmin estava sem a tampa do motor para que o motor não superaquecesse, Patrese abandonaria a corrida na volta 28, Piquet na mesma volta roda e também abandonaria a corrida. Na volta 28 a Classificação era a Seguinte: Senna, Prost, Boutsen, De Cesaris, Gugelmin e Martini. Na Mesma Volta do líder. Oscar Larrauri com a Nanica Eurobrun abandonou a corrida com problemas de Câmbio. Chegando na metade da corrida dos 26 que largavam, somente 15 pilotos estavam na corrida. Isso tudo com 29 Voltas completadas. Senna estava mantendo a vantagem de 10 segundos em cima de Prost, tinha hora que Prost conseguia baixar a diferença e hora que era um pouco maior a vantagem do Ayrton, Boutsen em 3ºEsperava que algo acontecesse, um dos Mclaren tivessem problemas ou as duas Mclaren tivessem problemas pois carro ele não tinha.

Depois de 30 Voltas a Classificação da Corrida era essa: Senna (53:17.198), Prost (12.6), Boutsen (1:00.625), De Cesaris (1 Volta), Gugelmin (1 Volta), Martini (1 Volta), Caffi (1 Volta). Michele Alboreto continuava na corrida também, mas estava longe dos primeiros lugares, e teria que remar para terminar nos pontos, Jonathan Palmer rodou em posição perigosa na Volta 32, mas voltou para a pista.

Warwick que voltava a corrida depois de um tempo parado na corrida Bateu e abandonou definitivamente a corrida. Senna passava o último colocado da corrida Stefano Modena com a outra Eurobrun. Senna estava dando 3 voltas em Modena. Após 35 Voltas a classificação era: Senna, Prost, Boutsen, De Cesaris, Gugelmin e Martini, com Caffi, Arnoux, Dalmas, e Alboreto completando as 10 primeiras posições. Na Volta seguinte Gugelmin teve problemas com o seu motor Judd e abandona a corrida. a Mclaren perigava a parada de pits para Senna ou Prost. Na Volta 37 Prost sinalizou para que fosse ele a parar nos boxes.

Depois de 36 Voltas a Classificação era essa: Senna (1:03.36.113), Prost (17.406), Boutsen (1:31.705), de Cesaris (1 Volta), Martini (1 Volta), Caffi (1 Volta), Arnoux (1 Volta), Gugelmin (2 Voltas), Dalmas (2 Voltas), Alboreto (2 Voltas), Palmer (2 Voltas), Bailey (2 Voltas), Sala (2 Voltas), Alliot (2 Voltas), Modena (3 Voltas), a Melhor Volta da Corrida era de Alain Prost com 1:44.836 na volta 4.

Tanto Senna, tanto Prost estavam com os pneus em péssimo estado, Prost com 21 segundos atrás de Senna para ele só restava a parada para a troca de pneus para ver se mudava alguma coisa na corrida. Impressionante Recuperação de Alboreto que assumiu até aquele momento a 8ªposição depois de rodar nas primeiras voltas da corrida. Caffi e Arnoux Brigavam pelo 6ºlugar na corrida, para os dois era a chance de pontuar na temporada, e que poderia ser a única no ano. Prost foi para a troca de pneus, mas a troca foi demorada e fez o Francês perder muito tempo, mas volta ainda na 2ªposição devido a enorme vantagem de Prost para Boutsen.

Na Volta 40 Senna foi para os Boxes para a sua parada, e a Mclaren fez uma boa troca, 10,71 segundos. Uma parada que sem duvida colocava Senna na Frente com mais vantagem para Prost. a Classificação em 40 Voltas era essa: Senna (1:13:11.821), Prost(a 31.920), Boutsen (a 1:28.871), De Cesaris (1 Volta), Martini (1 Volta), Caffi (2 Voltas), Arnoux (2 Voltas) e Alboreto (2 Voltas).

Nas Voltas Seguintes Prost não estava virando bem na corrida, enquanto isso Senna rodava bem e só aumentava a vantagem para Prost. Naquele momento só se Senna tivesse problemas ou Batesse para Prost almejar a vitória, pois a diferença já estava chegando aos 40 segundos. no Terço final de corrida entre os 4 primeiros colocados, não havia emoção nenhuma Senna, Prost, Boutsen e De Cesaris estavam garantidos nas suas posições. a Briga lá atrás pelos 2 últimos lugares dos pontos estava acirrada A Classificação após 45 Voltas: Senna, Prost, Boutsen, De Cesaris, Martini, Caffi, Arnoux, Alboreto, Palmer.

Na volta 45 Alboreto depois de se recuperar na corrida e de chegar perto, abandonou a corrida depois de Sofrer um acidente, Na Mesma volta Rene Arnoux com a Sua Ligier-Judd abandonava a corrida após excelente corrida com um equipamento tão ineficiente. No Momento em que Senna na Volta 49 Chegava aos 40 segundos de vantagem para Prost. Se Senna estava virando 1:50 e Prost 1:52 a 1:53, os outros mais lentos estavam entre 1:54, 1:55 e 1:56. Alliot com sua Lola-Ford também abandona a corrida. Outro que deixou a corrida foi Modena da Eurobrun que rodou. Restando menos de 15 voltas para o Final da corrida seria até piada dizer que 26 largaram, só tinha 11 carros na prova. e Prost estava aparentando problemas em seu motor, será que teria problemas, será que ele abandonaria a corrida e deixaria Senna encostar nele na classificação do campeonato. já que Prost estava com 39 e Senna com 24 pontos. a Classificação após 52 Voltas Era: Senna, Prost, Boutsen, De Cesaris, Martini, Palmer, Caffi e Dalmas. Palmer que depois de Rodar e de ir aos boxes no começo da corrida estava nos pontos, impressionante também a recuperação do piloto da Tyrrell-Ford. Na Volta 54 Palmer passa Martini e assume a 5ªPosição deixando Martini em 6º. Caffi roda, mas consegue voltar a corrida.

Restando apenas 9 voltas na corrida Senna virava 1:53 e Prost 1:55. não parecia só problemas no carro ou nos pneus, já poderia ser mais problemas do excessivo calor que estava fazendo em Detroit. chegava a ser até desumano eles correrem nessa pista. Com 54 Voltas: Senna (1:37.10.176), Prost (a 52.255), Boutsen (1 Volta), De Cesaris (1 Volta), Palmer (2 Voltas), Martini (2 Voltas), Dalmas (2 Voltas), Caffi (2 Voltas), Bailey (3 Voltas), Sala (3 Voltas) a Melhor volta era ainda de Alain Prost que na 4ºVolta fez um tempo em 1:44.836, na Volta 56 1:55 a 1:57. Mostrando que o calor estava afetando os pilotos, De Cesaris fez 1:51 e era o melhor de todos, mas a 7 Segundos do tempo de Prost. Sala com o Câmbio Quebrado abandona a corrida e dessa forma só tinha 9 Carros na corrida. de 26 pilotos. Caffi estava lento na pista. Poderia parar a qualquer momento. Após 58 Voltas Senna tinha 1 minuto na Frente de Prost, um enorme domínio do Brasileiro que quando o desgaste foi maior Senna abriu cada vez mais a vantagem, nas últimas voltas da corrida Senna reduziu drasticamente seu rendimento na corrida, só administrando e sem querer correr risco nenhum de perder os 9 pontos, e Comemorar a 3ªVitória no ano de 88. e encostar em Prost no campeonato. Na Volta Final Julian Bailey bateu e abandonou a corrida, mas ele foi computado com se tivesse terminado a corrida. O Mesmo pódio do Canadá foi estabelecido em Detroit: Senna, Prost e Boutsen. De Cesaris da Rial-Ford conquistava os primeiros pontos da história do Time Alemão, Palmer com o Tyrrell fazia mais 2 pontos para a equipe de Ken Tyrrell e Martini levava a Minardi ao seu primeiro ponto da sua história da Formula 1. Em Detroit foi marcado o domínio de Senna, mas essa corrida seria a última em Detroit, pois em 89 o GP dos Estados Unidos seria em Pheonix. Pois 9 pilotos terminarem a corrida e provavelmente todos com condições físicas lamentáveis.

GP dos Estados Unidos de 1988 – Resultado Final

Fotos:

 

View post on imgur.com

Fonte das Fotos: Bestlap, Formel1mic

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Patrocínio:
planatina_projeto_gif