Renault foi desclassificada do GP do Japão – Sistema de freios é considerado ilegal

A 2 dias atrás, A FIA Decidiu que tirar o 6ºlugar de Daniel Ricciardo e o 10ºlugar de Nico Hulkenberg. Por causa do sistema de freios que não violava o Regulamento, Mas que o sistema se tornou uma espécie de auxílio ao piloto. Isso tudo, 10 dias depois do GP do Japão de Formula 1. A Racing Point tinha entregado um relatório de 12 paginas explicando as irregularidades no sistema de Freios da Renault.

A equipe de Laurence Stroll argumento que o sistema infringia o Artigo 27.1 do Regulamento esportivo da Formula 1, que exige que um piloto conduza o carro sem ajuda de qualquer componente. Além disso, Considerou outros três artigos (11.1.3, 11.1.4 e 8.6.3) dos regulamentos técnicos, foram violados.

A Renault insistiu na legalidade do seu sistema de ajuste de freios. Ela acabou oferecendo todos os detalhes do sistema para à FIA, Sem serem revelados para o público.. Após uma audiência de teleconferência entre os comissários que trabalharam no GP do Japão, Eles chegaram a conclusão de que o Sistema de Freios não violava o regulamento. Porém, Os comissários acharam que o dispositivo acabava sendo um auxílio ilegal para o piloto.

“O sistema de ajuste da equilíbrio de freio em questão atua como auxílio ao piloto, o poupando de fazer vários ajustes durante uma volta.” No que viola o artigo 27.1 da FIA. No que levou a desclassificação de Daniel Ricciardo e de Nico Hulkenberg da Classificação do GP do Japão de Formula 1.

Opinião: Para mim, Precisava ser muito claro que esse sistema de Freios esta no Regulamento ou violava o Regulamento. Eles colocaram em uma classificação de esta dentro da regra, Mas por outro lado viola um item do Regulamento. Se nem para a FIA esta 100% clara a regra, Então eu não vejo motivo para a desclassificação dos pilotos. Eu só tiraria os pontos da equipe, Os pilotos teriam suas posições preservadas e a partir daquele momento se proibia de vez o dispositivo, Ou então, Libera para todo mundo copiar. Só não se pode ter 2 interpretações de um mesmo regulamento. Ou fala que esta dentro da regra ou que está fora da regra.

A Renault decidiu não apelar da decisão. Veja como ficou a classificação do GP do Japão com a Desclassificação de Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg.

posPilotosEquipeChassiMotorVoltasTempo
177Valtteri Bottas Mercedes AMG Petronas MotorsportF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+521:21:46.755 
25Sebastian Vettel Scuderia Ferrari Mission WinnowSF90Ferrari 06452a 13.343s 
344Lewis Hamilton Mercedes AMG Petronas MotorsportF1 W10 EQ Power+Mercedes M10 EQ Power+52a 13.858s 
423Alexander Albon Aston Martin Red Bull RacingRB15Honda RA619H52a 59.537s 
555Carlos Sainz McLaren F1 TeamMCL34Renault E-Tech 1952a 69.101s 
DES3Daniel Ricciardo Renault F1 TeamR.S.19Renault E-Tech 1951a 1 volta 
616Charles Leclerc ¹ ²Scuderia Ferrari Mission WinnowSF90Ferrari 06451a 1 volta 
710Pierre Gasly Red Bull Toro RossoSTR14Honda RA619H51a 1 volta 
811Sergio Perez SportPesa Racing Point F1 TeamRP19BWT Mercedes51a 1 volta 
DES27Nico Hulkenberg Renault F1 TeamR.S.19Renault E-Tech 1951a 1 volta 
918Lance Stroll SportPesa Racing Point F1 TeamRP19BWT Mercedes51a 1 volta 
1026Daniil Kvyat Red Bull Toro RossoSTR14Honda RA619H51a 1 volta 
114Lando Norris McLaren F1 TeamMCL34Renault E-Tech 1951a 1 volta 
127Kimi Räikkönen Alfa Romeo RacingC38Ferrari 06451a 1 volta 
138Romain Grosjean Rich Energy Haas F1 TeamVF-19Ferrari 06451a 1 volta 
1499Antonio Giovinazzi Alfa Romeo RacingC38Ferrari 06451a 1 volta 
1520Kevin Magnussen Rich Energy Haas F1 TeamVF-19Ferrari 06451a 1 volta 
1663George Russell ROKiT Williams RacingFW42Mercedes M10 EQ Power+50a 2 voltas  
1788Robert Kubica ROKiT Williams RacingFW42Mercedes M10 EQ Power+50a 2 voltas 
x33Max Verstappen Aston Martin Red Bull RacingRB15Honda RA619H14a 38 voltas  

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Renault

Canet cai de novo e Dalla Porta vence! O Campeonato fica perto do piloto da Leopard Racing

Em Motegi, O Italiano Lorenzo Dalla Porta conquistou não só uma vitória importante, como pode ter sido a corrida que define o campeonato a favor do piloto da Leopard Racing. O Seus principais concorrentes ao título Aron Canet e Tony Arbolino acabaram indo para o chão. Um desastre para os dois e para Dalla Porta foi ideal. Ele pode ser campeão nesse próximo final de semana em Phillip Island.

Na largada, Suzuki largou muito bem e passou da 3ªposição para a liderança, Com Alonso Lopez em 2º, Makar Yurckenko em 3º e Niccolò Antonelli caindo da liderança para o 4ºlugar. Na terceira curva, Jakub Kornfeil acabou caindo e levando com ele o Argentino Gabriel Rodrigo (A Temporada do Argentino é um desastre em 2019) logo depois na Reta, O Inglês Tony Booth-Amos acabou caindo e comprometendo a corrida do piloto da CIP green.

Os principais postulantes ao título, Lorenzo Dalla Porta e Aron Canet disputaram a 6ªposição. Celestino Vietti e John McPhee vinham logo atrás. Tony Arbolino que começou a prova em 27ºlugar, Subiu 10 posições nas 2 primeiras voltas e já vinha em 17ºlugar.

Canet e Dalla Porta vinham subindo na classificação, Enquanto que Suzuki liderava a corrida, Com os pilotos da Estrella Galicia e de Niccolò Antonelli nas 4 primeiras posições.

Na 5ªVolta, Albert Arenas e Aron Canet em 3º e 4º entraram nessa disputa. Logo, Lorenzo Dalla Porta (Que vinha em 6ºlugar) iria entrar nessa disputa pela vitória. Na curva 11, Arenas passou Sergio Garcia subiu para o 2ºlugar. Na mesma volta, Dalla Porta passou McPhee e subiu para o 5ºlugar. A Corrida terminou para Darryn Binder, Novamente por causa de uma queda.

Arenas errou uma das curvas e perdeu posição para Sergio Garcia e Aron Canet, Curvas depois perdeu o 4ºlugar para Dalla Porta. Canet passou Garcia e assumiu o 2ºlugar, O líder da Temporada foi no embalo e também passou acabou Garcia assumindo o 3ºlugar na 8ªVolta. Canet passou a atacar Suzuki. O Japonês vinha na liderança desde do começo da corrida.

Canet acabou surpreendido e superado por Dalla Porta e Arenas na volta seguinte. No final da 9ªVolta, Lorenzo Dalla Porta supera Tatsuki Suzuki, Assumindo a liderança da corrida, Canet em 4º precisava subir e tentar disputa a vitória, Caso contraio, Iria ficar mais longe do líder do campeonato.

Tony Arbolino, que vinha progredindo na corrida, (Já estava entre os Top 10) Acabou caindo e abandonando a corrida, Complicando de vez suas possibilidades de campeonato. Niccolò Antonelli e Makar Yurchenko, que largaram das primeiras posições acabaram caindo para o 11º e 12ºlugares. Alonso Lopez também ficou para trás, caindo para o 9ºlugar. Dos primeiros lugares do Grid, Apenas Suzuki em 2º e Sergio Garcia em 4ºlugar estavam disputando a vitória naquela altura do campeonato.

Suzuki tentou passar Dalla Porta no começo da segunda metade da corrida. Apesar do esforço do piloto Japonês, O líder do campeonato ficou na liderança da corrida e Suzuki teve de se esforçar muito para manter-se a frente de Albert Arenas. (Que chegou a passar o piloto da SIC58)

A 6 voltas e meia do final, Canet, que já não vinha em um grande momento na prova acabou indo para o chão e praticamente entregava a chance de Lorenzo Dalla Porta de ser o campeão antecipado. Se a prova terminasse naquele momento, A vantagem entre os dois partiria para 47 pontos de vantagem.

Dalla Porta poderia se dar ao luxo de não forçar a barra para vencer, Se Fosse muito pressionado pelo Suzuki, Sergio Garcia, Albert Arenas e Celestino Vietti. Porém, O piloto da Leopard foi com tudo para manter a liderança e segurar a vitória, Apesar da pressão de Tatsuki Suzuki, Que chegou a retornar a liderança, Mas Dalla Porta retornou a liderança 2 curvas depois. Nada estava definido nas voltas finais.

Na volta final, Suzuki tenta armar o bote para cima de Dalla Porta, Mas é surpreendido por Albert Arenas e acaba perdendo o segundo lugar, Nas curvas finais, O piloto Japonês tenta recuperar a segunda posição, Mas Arenas da Angel Nieto ficou firme na posição. O pódio parecia definido. Porém, Celestino Vietti se aproveitou de uma brecha que Tatsuki Suzuki deu e acabou tirando o Nipônico do Pódio.

Lorenzo Dalla Porta conquistou a vitória, Sua segunda na temporada e abre 47 pontos de distância para Aron Canet, O que poderá dá ao piloto Italiano o título da Moto 3 se vencer a Prova de Phillip Island na madrugada desse domingo. Albert Arenas chegou em 2ºlugar e conquistou seu segundo pódio nas últimas duas corridas disputadas (Contando com a Vitória na Tailândia) Um grande final de temporada ao piloto da Angel Nieto. O pódio foi completado pelo Italiano Celestino Vietti, Que leva a VR46 para o pódio na categoria inicial do Mundial de motovelocidade.

Tatsuki Suzuki que liderou a corrida por 8 voltas e teve com o pódio praticamente o tempo todo, acabou ficando de fora do pódio, Por causa de uma última volta desastrosa. Os Torcedores Japoneses ficaram frustados por ver seu melhor piloto na Moto 3 ficar em 4ºlugar.

Sergio Garcia terminou a prova em 5ºlugar, Foi o melhor resultado da sua temporada de estreia, Melhor isso foi ter acompanhado o Grupo da frente o tempo todo e ter chegado a sonhar com o pódio. John McPhee chegou em 6ºlugar, Sem conseguir em nenhum momento chegar nos ponteiros. Completaram os 10 primeiros chegaram: Jaume Masia, Marcos Ramirez, Alonso Lopez e Andrea Migno. Domingo que vem teremos a Etapa Australiana do Mundial de Motovelocidade. Lorenzo Dalla Porta pode sair com o título de campeão do Mundo da Moto 3.

Fotos:

Resultado final do GP do Japão
Mundial de Motovelocidade – Moto 3

posPilotoEquipeMotoTempo
148Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHonda39’34.866
275Albert ArenasGaviota Angel Nieto TeamKTMa 0.094
313Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 0.198
424Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 0.289
511Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 0.437
617John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 3.648
75Jaume MasiáMugen RaceKTMa 7.225
842Marcos RamírezLeopard RacingHondaa 7.382
921Alonso LópezEstrella Galicia 0,0Hondaa 8.172
1016Andrea MignoMugen RaceKTMa 12.054
1176Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 12.296
1223Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 13.295
1371Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHondaa 13.308
1479Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 13.333
156Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 13.362
1682Stefano NepaReale Avintia Arizona 77KTMa 13.380
1727Kaito TobaHonda Team AsiaHondaa 13.487
1861Can ÖncüRed Bull KTM AjoKTMa 13.940
1925Raúl FernándezGaviota Angel Nieto TeamKTMa 14.648
2022Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 22.886
2154Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Hondaa 22.907
2212Filip SalacRedox PruestelGPKTMa 23.416
237Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTMa 32.728
2469Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTMa 4 Voltas
x55Romano FenatiVNE SnipersHondaa 5 Voltas
x44Aròn CanetSterilgarda Max Racing TeamKTMa 6 Voltas
x14Tony ArbolinoVNE SnipersHondaa 11 Voltas
x40Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 13 Voltas
x84Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTMa 20 Voltas
x19Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Hondaa 20 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Luca Marini emplaca 2ªvitória da temporada em ótimo final de semana em Motegi

Luca Marini após o sucesso na Tailândia e um ótima classificação no dia anterior, emplaca a vitória no Circuito de Motegi, Sua segunda na temporada e entrou na disputa até do Campeonato, Mas ainda suas chances são remotas. Ao contraio da briga pelo vice-campeonato, Que ficou muito possível para o piloto principal da VR46, Que conseguiu a vitória após disputa com o Suíço Thomas Luthi, Que voltou ao pódio depois de 9 corridas.

Marini que já fez um sábado impecável, Largou muito bem e manteve a ponta, Com Fernandez em segundo, Baldassarri em 3º. Na primeira curva, Tetsura Nagashima que largou nas últimas posições, por problemas em sua moto acabou caindo, Junto do Alemão Lucas Tulovic da Kiefer Racing. Alex Marquez perdeu posições, Ele teria uma corrida bem, mas bem complicada.

Na segunda volta, Baldassarri foi para cima de Augusto Fernandez pelo 2ºlugar, Na curva 5, Fernandez se atrapalhou e acabou que Chantra se aproveita e ganhou o 3ºlugar. Baldassarri se deu bem e assumiu o 2ºlugar e o vice-líder do campeonato acabou perdendo posições, caindo para o 4ºlugar. Nicolò Bulega acaba caindo e deixou a corrida.

Nas primeiras voltas, Marini estava na frente, Com Baldassarri logo atrás em 2º e Somtiak Chantra que também chegou a brigar pela liderança.  Na 5ªvolta, Iker Lecuona e Xavi Vierge acabaram caindo e deixando a corrida.

Na volta seguinte, Baldassarri foi para cima de Marini, O piloto da Pons não conseguiu tirar a ponta do piloto Italiano. Nessa história, O Tailandês Chantra se aproximou dos dois pilotos. Ao mesmo tempo, Alex Marquez e Thomas Luthi disputavam a posição na pista. A Moto da Dynavolt estava melhor na corrida, Enquanto que a moto do líder do campeonato estava desequilibrada, Mesmo com todo o esforço de Alex Marquez, Foi  Luthi que levou vantagem e partiu para a frente, Em busca da 4ªposição.

Na 7ªVolta, Luthi passou Augusto Fernandez e foi para cima de Somkiat Chantra, Conseguindo a ultrapassagem na volta seguinte.  Já assumindo a 3ªposição. Enquanto isso, Alex Marquez vinha se arriscando demais, Com uma moto pra lá de desequilibrada segurando vários pilotos como Marcel Schrotter e Jorge Martin, Sofrendo para se manter na 7ªposição. Enquanto Remy Gardner vai para o Chão, O Espanhol Jorge Martin superou Alex Marquez e sobe para as primeiras posições.

Luthi acabou superando Lorenzo Baldassari e começou a partir para cima de Luca Marini, A Planejar a ultrapassagem sobre o líder da prova. A ultrapassagem acabou acontecendo na volta 11, na 10ªCurva. O Suíço assumiu a liderança da prova

Jorge Martin foi para cima de Chantra, que começou a perder o rendimento e acabou conquistando a ultrapassagem, Alex Marquez logo depois, foi aos trancos e barrancos arriscar e ultrapassar o Tailandês, Que se atrapalhou todo nesse momento de corrida e virou alvo fácil para outros pilotos superarem. Pena para um piloto que vinha fazendo seu melhor final de semana da temporada.

Luthi abriu vantagem sobre Marini, Parecia que o Suíço iria fazer as prazes com a vitória. Já Jorge Martin vinha em 4º e ainda era seguido de Alex Marquez e Marcel Schrotter, que disputavam a 5ªposição. Já Augusto Fernandez vinha mal, Estava em 8ºlugar, após perder posição para Jorge Navarro. Os dois vinham disputando o título, não estavam aproveitando o desempenho ruim do líder do campeonato. Apenas Luthi estava fazendo isso. E muito bem.

Porém, Luca Marini não desistiu da vitória, A 8 voltas do final, O Piloto da VR46 tirou a vantagem para Luthi e foi para cima do Suíço e passou a estudar a ultrapassagem sobre o piloto da Dynavolt. A disputa da vitória estava entre os dois, Baldassarri vinha longe em 3º.

Marquez sofria na parte intermediária, O Irmão de Marc Marquez chegou a perder o 6ºlugar para Jorge Navarro, Mas Alex conseguiu recuperar a posição entre os 6 primeiros. Marco Bezzecchi que vinha fazendo boa corrida, Teve problemas e abandonou a prova, Já Mattia Pasini também deixou a prova, mas diferente do piloto da Tech 3 o motivo foi uma queda ao chão.

A 5 voltas do final, Marini continua a pressionar Luthi, que resistia muito bem na frente do piloto da VR46. Enquanto que Jorge Martin encostou em Lorenzo Baldassarri, que estava teoricamente tranquilo para ficar com o 3ºlugar. A 2 voltas do final, Marini passou Luthi e assumiu a liderança na curva 7 e segundos depois, Martin fez o mesmo com Baldassarri e passou para o 3ºlugar.

Nas voltas finais, Luthi tenta dar o troco em cima de Marini, Mas não deu, Seus pneus estavam mais desgastados que os pneus. Luca Marini conquista a sua 3ªVitória na Moto 2 e a segunda seguida. Entrando na disputa por um possível vice-campeonato. Superando ao Suíço Thomas Luthi, que apesar de perder a vitória, Acabou saindo de Motegi com um pódio (Coisa que não acontecia desde da Catalunha) e com a vice-líderança  do campeonato, A 36 pontos de Alex Marquez.

Jorge Martin viveu o seu grande dia com a KTM, Após largar da 13ªposição, acabou conquistando seu primeiro pódio na categoria intermediária, Após ter superado o piloto da Pons, Lorenzo Baldassarri que acabou a prova em 4ºlugar.

Jorge Navarro se redimiu da prova passada e pelo menos chegou a frente do Líder do Campeonato, Ficando em 5ºlugar. Já Alex Marquez teve uma corrida difícil, Com problemas de estabilidade em sua moto e quase caindo em determinado momento da prova, O Little Marquez conseguiu terminar a prova em 6ºlugar, Salvou 10 pontos importantíssimos nessa reta final do campeonato. Mesmo com essa corrida ruim, Alex pode ser campeão da Moto 2 no próximo final de semana na Austrália.

Enea Bastianini veio da parte de trás e acabou melhorando no final, Chegando ao 7ºlugar, Ficando na frente de Augusto Fernandez, que não teve um bom dia, ficando em 8ºlugar. Fechando os 10 primeiros ficaram Marcel Schrotter da Dynavolt e Stefano Manzi com a MV Agusta, que fez um bom final de semana, A equipe fez melhorias na Moto e elas no Japão parecem ter surtido efeito, Tanto é que Dominique Aegerter também marcou pontos, Ficando em 14ºlugar.

Fabio di Giannantonio e Brad Binder não tiveram um bom dia, Terminaram a corrida em 11º e 12ºlugares respectivamente. Para o Sul-Africano, Poderia ser pior, Já que ele se envolveu num incidente aonde a moto dele acabou quebrando o Gidon da moto de Sam Lowes, Depois de quase perder o controle da sua moto e com o piloto inglês passando em velocidade bem maior do que a Velocidade do piloto da KTM.

Somkiat Chantra perdeu muito rendimento na segunda parte da prova, O Tailandês só conseguiu ficar em 13ºlugar. Andrea Locatelli da Italtrans completou a zona de pontuação.

Domingo que vem, Alex Marquez pode ser o campeão, Caso termine a prova de Phillip Island com mais de 50 pontos a frente dos seus adversários na disputa pelo título.

Resultado final do GP do Japão
Mundial de Motovelocidade – MotoGP

posPilotoEquipeMotoTempo
110Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex40’57.279
212Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalexa 0.560
388Jorge MartínRed Bull KTM AjoKTMa 3.593
47Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalexa 3.999
59Jorge NavarroBeta Tools Speed UpSpeed Upa 5.236
673Álex MárquezEG 0,0 Marc VDSKalexa 7.345
733Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 8.115
840Augusto FernándezFLEXBOX HP 40Kalexa 10.460
923Marcel SchrötterDynavolt Intact GPKalexa 10.711
1062Stefano ManziMV Agusta Temporary ForwardMV Agustaa 12.445
1121Fabio Di GiannantonioBeta Tools Speed UpSpeed Upa 12.572
1241Brad BinderRed Bull KTM AjoKTMa 14.864
1335Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 15.008
1477Dominique AegerterMV Agusta Temporary ForwardMV Agustaa 15.778
155Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalexa 23.595
1664Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 27.307
1796Jake DixonGaviota Angel Nieto TeamKTMa 30.304
1816Joe Robertsmonday.com American RacingKTMa 33.806
192Jesko RaffinNTS RW Racing GPNTSa 36.962
2065Philipp ÖttlRed Bull KTM Tech 3KTMa 43.682
2120Dimas Ekky PratamaIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 45.143
2247Adam NorrodinPetronas Sprinta RacingKalexa 59.459
2318Xavier CardelúsGaviota Angel Nieto TeamKTMa 1’14.661
x54Mattia PasiniTasca Racing Scuderia Moto2Kalexa 5 Voltas
x72Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTMa 10 Voltas
x87Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 14 Voltas
x27Iker Lecuonamonday.com American RacingKTMa 18 Voltas
x97Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalexa 18 Voltas
x22Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 20 Voltas
x11Nicolò BulegaSKY Racing Team VR46Kalexa 21 Voltas
x3Lukas TulovicKiefer RacingKTMa 21 Voltas
x45Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 22 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Marquez chega a 10ªVitória na Temporada e Honda conquista título de construtores em Motegi

No Japão, O Espanhol Marc Marquez liderou praticamente de ponta a ponta e conquistou a sua 10ªvitória na temporada de 2019. assegurando a Honda o Mundial de Construtores no circuito de Motegi. Após partir da pole e de retornar a liderança, perdida após se superado pelo Francês Fábio Quartararo, O Formiga Atômica recuperou a posição curvas depois, ainda na primeira volta. Abriu uma pequena, Mas confortável vantagem sobre o piloto da Petronas e não perdeu mais a vitória.

Marquez largou muito bem e segurou a liderança da prova, Com Quartararo e Miller largando muito bem e deixando para trás Franco Morbidelli, que caiu do 2º para o 6ºlugar. Na 7ªCurva, Fábio Quartararo supera Marc Marquez e assume a liderança por 4 curvas. Na curva 11, Marc Marquez joga a moto para superar o Francês. Jack Miller acabou segundo depois tocando por trás da moto da Petronas, Nisso ele perdeu rendimento e perdeu posições para Franco Morbidelli.

Já nas primeiras 2 voltas, Marquez já tinha colocado 9 décimos de frente para Quartararo. Miller foi para cima de Morbidelli para recuperar o 3ºlugar. Foi uma briga ferrenha pela posição. Mas que acabou com vantagem ao piloto da Pramac. Já Morbidelli começava a ficar mais para Andrea Dovizioso. Viñales vinha logo atrás em 6º.

Quartararo começou a forçar para tentar se aproximar do Formiga Atômica, Porém, Sua moto é mais lenta que a moto do Marquez, Que se aproveitava disso para manter a vantagem de mais ou menos de um pouco mais de 1 segundo de frente.

Miller começava a ser pressionado por Morbidelli, Dovizioso e Viñales. A moto da Pramac começava a perder rendimento. Já Dovi passou pela brita e teve uma sorte danada por não ter ido para o chão. Andrea Iannone não teve essa sorte, ele se acidentou e acabou deixando a prova.

A 15 voltas do final, Morbidelli se aproveitou de um erro da Miller e ganhou a 3ªposição do piloto Australiano. No começo da 10ªVolta, Foi à vez de Dovizioso superar Miller. O Desempenho da moto da Pramac caiu de desempenho. Logo Miller perderia a posição para Marevick Viñales.

No Decorrer das voltas, Marquez começou a abrir a vantagem de Quartararo, Os Pneus médios nas duas rodas começavam a render mais que o conjunto de pneu médio/Macio do piloto da Petronas. Já um pouco mais atrás, Andrea Dovizioso ultrapassou Franco Morbidelli e subiu para o 3ºlugar e depois abriu do piloto Ítalo-Brasileiro, que começou a sofrer pressão de Marevick Viñales, Logo o Espanhol supera o piloto da Petronas e partiu para cima de Andrea Dovizioso na parte final de prova.

O piloto Oficial da Yamaha buscou o pódio pra cima do vice-líder do campeonato. A Poucas voltas do final, Marquez abriu 2.4 segundos sobre Quartararo e começou a administrar sua vantagem nas últimas voltas da prova.

A 5 voltas do final, Viñales chegou a passar Dovizioso, Mas o Italiano recuperou a posição na volta seguinte e a partir dai, Dovi segurou a posição e nas 2 voltas finais, começou a se aproximar de Quartararo. Com 15 km a mais de reta, A posição do Francês chegou a ficar ameaçado, Mas não deu tempo para o piloto da Ducati ganhar a 2ªPosição.

Marc Marquez conquistou a 10ªVitória na Temporada. Diga-se de passagem, uma vitória maiúscula do Formiga Atômica, que da a Honda o título do Mundial de Construtores. O Francês Fábio Quartararo acabou com o 2ºlugar conquistando o título de Rookie do ano, Um título merecidíssmo para o piloto da Petronas, Que esta já por merecer uma primeira vitória, Ainda nessa temporada e futuramente, Candidato a Rival de Marquez nos próximos anos.

O Pódio foi completado pelo Italiano Andrea Dovizioso. O piloto da Ducati praticamente tem o vice-campeonato assegurado, Com 55 pontos de frente para Alex Rins. (Que fez uma corrida bem discreta) repetindo os campeonatos de 2017 e de 2018. Maverick Viñales fez o que podia, Mas não conseguiu o pódio. Acabou ficando em 4ºlugar.

Franco Morbidelli tinha tudo para ficar em 5ºlugar, Mas bobeou no final, e Cal Crutchlow não perdeu a chance de superar o piloto da Petronas e acabou ficando com o 5ºlugar, Morbidelli continua sem pódio na MotoGP e amargurando o 6ºlugar, Chegando a Frente de Alex Rins.

A Suzuki teve um dia sem muito destaque, Apesar disso, Joan Mir conseguiu completar a prova em uma honrosa 8ªposição. Muito diferente de Danilo Petrucci, Que mais uma vez fica longe dos primeiros lugares, Terminando a prova em 9ºlugar. Jack Miller acabou caindo demais, Depois de ter ficado até em 3ºlugar no começo da prova. O 10ºlugar acabou sendo frustrante para o piloto principal da Pramac.

Pol Espargaró fez mais uma corrida aonde tirou tudo que poderia tirar da sua KTM, Mas só foi possível levar a sua moto até o 11ºlugar. Miguel Oliveira fez mais uma bela corrida e levou a Tech 3 a mais uma vez pontuar, Com o 12ºlugar. A frente de Francesco Bagnaia da Pramac.

Mika Kallio teve um desempenho decente e marcou os 2 primeiros pontos da temporada e Aleix Espargaró completou a zona de pontuação. Mesmo com todo o seu esforço, Tagaaki Nakagami acabou ficando de fora dos pontos. Com um ombro comprometido, O piloto da LCR Honda vai deixar seu lugar para Johann Zarco nas 3 últimas corridas do ano.

Já Jorge Lorenzo, Fez mais um final de semana lamentável ao terminar a prova em 17ºlugar. Cada vez mais o investimento no piloto Espanhol fica injustificável, É melhor a Honda pensar numa rescisão de contrato, Pois Lorenzo parece não ter mais condições de correr na MotoGP.

Semana que vem, Teremos o GP da Austrália, a 17ªEtapa do Mundial de Motovelocidade.

Fotos:

Resultado final do GP do Japão
Mundial de Motovelocidade – MotoGP

posPilotoEquipeMotoTempo
193Marc MárquezRepsol Honda TeamHonda42’41.492
220Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamahaa 0.870
34Andrea DoviziosoDucati TeamDucatia 1.325
412Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 2.608
535Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 9.140
621Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 9.187
742Álex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 9.306
836Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 10.695
99Danilo PetrucciDucati TeamDucatia 14.216
1043Jack MillerPramac RacingDucatia 18.909
1144Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 25.554
1288Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 27.870
1363Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 29.983
1482Mika KallioRed Bull KTM Factory RacingKTMa 31.232
1541Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 32.546
1630Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 37.482
1799Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHondaa 40.410
1817Karel AbrahamReale Avintia RacingDucatia 43.458
1955Hafizh SyahrinRed Bull KTM Tech 3KTMa 46.206
2050Sylvain GuintoliTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 50.235
x46Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 4 Voltas
x29Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniApriliaa 17 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Niccolò Antonelli conquista a pole em Motegi após briga com a Estrella Galícia

Em uma disputa entre os pilotos da Sic58 e Estrella Galícia acabou levando Niccolò Antonelli a pole position. O piloto Italiano que volta a correr nessa etapa após um acidente, Fez uma belíssima volta a segundos do final, Com 2:09.293 ele superou o piloto da Estrella Galícia Alonso Lopes (Que vem de pódio na Tailândia) e seu companheiro de equipe Tatsuki Suzuki para ficar com a 1ªposição.

A se destacar, O Belíssimo desempenho de Makar Yurchenko da BOE Skull. O Cazaque conseguiu seu melhor grid da sua carreira com o 4ºlugar.

Entre os postulantes ao título. Lorenzo Dalla Porta foi o melhor, Vai largar na segunda fila, na 6ªposição. Duas posições a frente do Vice-líder do Campeonato, O Espanhol Aron Canet. Já Tony Arbolino se deu mal, Não passou para o Q2 e vai largar apenas em uma patética 27ªposição, Mas como na Moto 3 tudo pode acontecer, Ainda não esta descartada uma possibilidade de vitória para o 3ºcolocado do campeonato.

A Largada da Moto 3 Será dada as 11 da Noite, Horário de Brasília.

Fotos:

Grid de Largada – Mundial de Motovelocidade
Moto 3

posPilotoEquipeMotoTempo
123Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHonda2’09.293
221Alonso LópezEstrella Galicia 0,0Honda2’09.379
324Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda2’09.626
476Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTM2’09.694
511Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda2’09.700
648Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHonda2’10.104
784Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTM2’10.156
844Aròn CanetSterilgarda Max Racing TeamKTM2’10.159
913Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM2’10.350
1019Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda2’10.377
1117John McPheePetronas Sprinta RacingHonda2’10.397
1242Marcos RamírezLeopard RacingHonda2’10.483
1375Albert ArenasGaviota Angel Nieto TeamKTM2’10.731
1440Darryn BinderCIP Green PowerKTM2’10.738
1527Kaito TobaHonda Team AsiaHonda2’10.981
1671Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHonda2’11.395
1779Ai OguraHonda Team AsiaHondaSem Tempo
185Jaume MasiáMugen RaceKTM2’10.380
196Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda2’11.256
2082Stefano NepaReale Avintia Arizona 77KTM2’11.341
2116Andrea MignoMugen RaceKTM2’10.820
2255Romano FenatiVNE SnipersHonda2’11.350
2361Can ÖncüRed Bull KTM AjoKTM2’11.547
2422Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTM2’11.780
2554Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Honda2’11.794
2625Raúl FernándezGaviota Angel Nieto TeamKTM2’11.899
2714Tony ArbolinoVNE SnipersHonda2’12.393
2869Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTM2’12.878
297Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTM2’13.163
3012Filip SalacRedox PruestelGPKTMSem Tempo

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP