Moto 3 – Masia conquista vitória em Aragón, Disputa pelo título segue em aberto

Jaume Masia conquistou nesse último domingo sua primeira vitória na temporada de 2020, O piloto da Leopard fez uma bela corrida de recuperação e no final superar Raúl Fernández para conquistar o Triunfo em Aragón. Darryn Binder e Raúl Fernández completaram o pódio e a disputa pelo título segue em aberto.

No Q1, muito poucos pilotos entraram na pista de cara, Gabriel Rodrigo foi o primeiro a entrar e a também marcar a volta (1:59.313), com 3 minutos e meio de sessão. Diga-se de passagem, foi uma volta muito boa, tanto que ninguém conseguiu bater o piloto Argentino da Gresini, até que a 8 minutos e 20 segundos do final da sessão, Carlos Tatay da Avintia, marca 1:59.144, passando para a liderança.

Porém, tinha muitos pilotos para fazerem volta rápida. Só para se ter ideia, Além de Tatay e Rodrigo, os outros classificados eram Kaito Toba e Jason Dupasquier, que marcaram a volta de mais de 2 minutos.

Tudo muda a 6:20 do final, quando Ayumi Sasaki passa a liderar a repescagem com 1:58.744. Ricardo Rossi passou para a 4ªposição, entre eles vinham Tatay e Rodrigo, mas logo tudo mudaria de novo. Com McPhee e Toba subindo para 2º e 3ºlugares, jogando Tatay para 4º. Rodrigo e Sasaki pularam fora da zona de classificação e foram superados pelo Austríaco Maximilian Kofler da CIP.

Rodrigo que estava nos boxes, volta a pista a 3:30 do final. Ao mesmo tempo que Toba fracassa na sua tentativa de voltar a zona de classificação ao Q2. A 2:20 do final, Carlos Tatay fez uma brilhante volta e acabou pulando da 4ª para a 1ªposição com 1:58.644.

Ainda tinha uma última volta, e vários pilotos abriram a sua tentativa final. Nesse último tipo acabou Rodrigo e McPhee conseguindo a classificação na 3ª e 4ªposições, se juntando a Carlos Tatay e Ayumi Sasaki como os 4 pilotos que seguem para a parte final. Kaito Toba acabou ficando de fora por 46 milésimos, seguidos de Foggia, Kofler e Filip Salac.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
199Carlos TatayReale Avintia Moto3KTM1’58.644
271Tatsuki SuzukiRed Bull KTM Tech 3KTM1’58.744
32Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda1’58.959
417John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’59.074
527Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTM1’59.120
67Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’59.181
773Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’59.285
812Filip SalacRivacold Snipers TeamHonda1’59.310
950Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’59.409
1082Stefano NepaSolunion Aspar Team Moto3KTM1’59.419
1192Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’59.443
129Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’59.465
1354Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’59.987
1489Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHonda2’00.135
1570Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTM2’00.268
166Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda2’01.560

Ao começar o Q2, os dois pilotos da VR46 foram os primeiros a entrarem na pista, junto de Daryyn Binder, John McPhee e Sergio Garcia. Os outros partiram com 2 minutos da parte final. Porém, tanto Celestino Vietti como Andrea Migno não marcaram tempos e foram para os boxes. Enquanto isso, McPhee começou na frente. 20 segundos depois, a 10:30 do final, Raúl Fernández passou para a ponta.

O piloto da KTM melhorou sua volta para 1:57.681 a 8 minutos e 30 segundos do final, aumentando sua vantagem para McPhee e Arenas. Na metade da sessão, Romano Fenati leva a Husqvarna para 2º, mas com 1:58.262. Ou seja, bem longe do tempo do piloto da KTM.

Quem fazia um ótimo sábado é Carlos Tatay, marcando o 3ºtempo, na frente de McPhee, Arenas e Binder. A 5 minutos e meio do final, McPhee sobe para segundo, mas longe do tempo de Fernández, nem mesmo na casa do 1 minuto e 57 segundos. Apenas a 2:30 do final é que alguém chegou mais perto de Fernández e esse foi o italiano Celestino Vietti. Enquanto isso, Ogura e Suzuki subiram para 6º e 7ºlugares respectivamente.

Vietti caprichou na sua última volta, mas o 1:57.740 não foi o suficiente para tomar a pole position das mãos de Raúl Fernández. É a 4ªpole position do piloto da Red Bull Ajo na temporada de 2020 e de maneira bem merecida, praticamente o dominador da sessão desde do começo da fase final.

Vietti larga em 2º e completando a primeira fila, Albert Arenas. O líder do campeonato conquistou o 3ºlugar. Muito bem colocado em relação ao Ai Ogura (Que larga na 8ªposição, numa atuação discreta).

Na segunda fila, largam o espanhol Alonso Lopez, numa ótima 4ªposição com sua moto da Husqvarna. Seguido de Tatsuki Suzuki da SIC58 e Romano Fenati com a outra Husqvarna da equipe de Max Biaggi. Completando os 10 primeiros colocados: Carlos Tatay, Ai Ogura, Gabriel Rodrigo e John McPhee.

Grid de largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
125Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKTM1’57.681
213Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’57.740
375Albert ArenasSolunion Aspar Team Moto3KTM1’58.191
421Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’58.212
524Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’58.268
655Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarna1’58.272
799Carlos TatayReale Avintia Moto3KTM1’58.315
879Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’58.365
92Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda1’58.549
1017John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’58.550
1140Darryn BinderCIP Green PowerKTM1’58.562
1223Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHonda1’58.806
1316Andrea MignoSKY Racing Team VR46KTM1’58.890
1411Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda1’59.221
1553Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTM1’59.280
1652Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Honda1’59.319
175Jaume MasiáLeopard RacingHonda1’59.438
1871Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTM1’59.949
1927Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTM1’59.120
207Dennis FoggiaLeopard RacingHonda1’59.181
2173Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM1’59.285
2212Filip SalacRivacold Snipers TeamHonda1’59.310
2350Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTM1’59.409
2482Stefano NepaSolunion Aspar Team Moto3KTM1’59.419
2592Yuki KuniiHonda Team AsiaHonda1’59.443
269Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’59.465
2754Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTM1’59.987
2889Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHonda2’00.135
2970Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTM2’00.268
306Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda2’01.560

Domingo tivemos uma corrida muito bem disputada entre 5 pilotos lá da frente, mas que Jaume Masia acabou vindo de trás, tirando diferença para o pelotão da frente para vence a primeira do ano e a segunda da Leopard Racing.

Arenas larga melhor que Fernández e ganha a ponta. Essa liderança durou até a curva 5, eis que Fernández deu o troco e voltou a liderança da prova. Suzuki era o terceiro, Vietti em 4º, Fenati em 5º, Tatay em 6º. Gabriel Rodrigo vai ao chão ao final da primeira volta, ao mesmo tempo que Suzuki supera Arenas e ganha a 2ªposição e Vietti foi superado por Fenati, Enquanto um dos pilotos da Husqvarna é penalizado com a volta longa, assim como John McPhee também foi punido. Ambos cumpriram a punição e caíram para 17º e 18ºlugares.

Fernández, Suzuki, Arenas e Fenati abriram vantagem para o pelotão, a partir da 5ªVolta, Darryn Binder chegou ao pelotão e no final da mesma volta supera Fenati e sobe para a 4ªposição, mas o sul-africano fez mais, ao entrar na volta seguinte, passou Arenas e subiu para 3ªposição.

Os cinco primeiros abriram 2.2 segundos sobre Masia. A prova parecia esta nas mãos dos primeiros colocados. Arenas estava muito bem na classificação do Mundial, com Vietti em 14º, Ogura em 11º e Arbolino fora da corrida, poderia o piloto da Aspar abrir uma vantagem significativa sobre os seus mais próximos adversários na disputa pelo título.

Binder e Arenas passaram por Suzuki, o irmão de Brad Binder foi para cima de Raul Fernández e alcançou a liderança no final da 7ªvolta. O penalizado John McPhee da Petronas, vinha em plena recuperação, já estava em 7ºlugar, superando Jeremy Alcoba. A frente dos dois vinha Jaume Masia, que estava tirando a diferença para os líderes.

Ao final da 9ªVolta, Fenati passa Suzuki e leva a Husqvarna para a 4ªposição. Ao final de 9 voltas: Fernández estava de volta a liderança, com Arenas em 2º, Binder caindo para 3ª, Fenati e Suzuki.

McPhee acabou chegando primeiro na turma dos líderes após superar Masia. De cara, o escocês superou Suzuki e entrou nos top 5. O Japonês da SIC58 seguiu ladeira abaixo na classificação após ser superado por Masia e Alcoba, caindo para a 8ªposição.

Na 12ªVolta, Fernández tenta uma fuga importante enquanto Binder ganha a 2ªposição depois de superar Arenas que mesmo com a terceira posição, estava muito bem em relação a Ai Ogura, que vinha em 16º, tentando passar Deniz Oncü para entrar na disputa pelos pontos. Masia ganha a 5ªposição ultrapassando McPhee.

A 6 voltas do final, Fenati e Arenas disputaram a 4ªposição, enquanto o piloto da Aspar Martinez leva a melhor, o piloto da Husqvarna é superado por Masia e cai para a 6ªposição. No final da 14ªVolta, Binder supera Fernández e assume a liderança da prova. Arenas, Masia e Fenati superaram o piloto da KTM que cai para a 5ªposição.

Arenas supera Binder, era real as chances de uma 4ªvitória do piloto espanhol na temporada, mas na entrada da 16ªVolta, Raúl Fernández se recupera muito bem e volta para a liderança. A 3 Voltas do final, Arenas perde a segunda posição para Masia, o piloto da Leopard passava a ter chances de vitória. No final da 17ªVolta, Masia toma a ponta. Porém, Fernandez retomou a liderança no começo da penúltima volta. Binder supera Arenas, mas acaba ambos superados por Jeremy Alcoba.

Na última volta, Fernández escorrega, mas ultrapassar Masia, O piloto da KTM Ajo estava próximo da vitória, até que na reta oposta, Masia pega o vácuo, supera Fernández e acaba conquistando a 1ªvitória na temporada e a 2ªvitória da Leopard do ano, uma grande corrida de recuperação de Masia. O pódio foi completado pelo Darryn Binder da CIP Green e por Raúl Fernández da KTM Ajo. Pela primeira vez na carreira Fernández esteve no pódio.

Albert Arenas acabou perdendo posições no final e acabou ficando na 7ªposição. Se por um lado aumentou a sua vantagem para Ai Ogura, por outro, perdeu a chance de abrir uma vantagem mais confortável na liderança do campeonato. Na frente de Arenas, ficaram Romano Fenati da Husqvarna (Boa corrida do experiente piloto italiano), John McPhee que se recuperou muito bem da punição da volta longa e Jeremy Alcoba da Gresini em 6º, seu melhor resultado da carreira.

Tatsuki Suzuki da Sic, Celestino Vietti da Vr46 e Dennis Foggia da Leopard Racing completaram os 10 primeiros colocados. Ai Ogura teve uma corrida bem apagada, só conseguiu a 14ªposição, 2 pontos importantes para a disputa do campeonato, mas que o piloto da Honda Asia Team precisa melhorar caso queria lutar por esse título.

Nesse final de semana, teremos em Aragón mesmo a etapa de Teruel, 12ªetapa da Moto 2 e Moto 3 e a 11ªEtapa da Moto GP, com 100 pontos em jogo, a Temporada de 2020 se aproxima da reta final, o campeonato esta totalmente aberto.

Resultado da 11ªetapa do Mundial de Motovelocidade
Moto 3 – GP de Aragón – 19 voltas

posPilotoEquipeMotoTempo
15Jaume MasiáLeopard RacingHonda37’45.009
240Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 0.091
325Raúl FernándezRed Bull KTM AjoKTMa 0.196
455Romano FenatiSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 0.327
517John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 0.368
652Jeremy AlcobaKömmerling Gresini Moto3Hondaa 0.385
775Albert ArenasSolunion Aspar Team Moto3KTMa 0.396
824Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 1.933
913Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 2.389
107Dennis FoggiaLeopard RacingHondaa 2.461
1127Kaito TobaRed Bull KTM AjoKTMa 2.966
1299Carlos TatayReale Avintia Moto3KTMa 3.020
1371Ayumu SasakiRed Bull KTM Tech 3KTMa 4.872
1479Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 10.949
1553Deniz ÖncüRed Bull KTM Tech 3KTMa 10.979
1612Filip SalacRivacold Snipers TeamHondaa 11.172
1721Alonso LópezSterilgarda Max Racing TeamHusqvarnaa 13.861
1823Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 19.761
1911Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 21.284
2092Yuki KuniiHonda Team AsiaHondaa 21.339
2154Riccardo RossiBOE Skull Rider Facile EnergyKTMa 21.379
2250Jason DupasquierCarXpert PruestelGPKTMa 21.440
2382Stefano NepaSolunion Aspar Team Moto3KTMa 21.520
246Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 36.570
2570Barry BaltusCarXpert PruestelGPKTMa 36.628
269Davide PizzoliBOE Skull Rider Facile EnergyKTMa 36.676
2789Khairul Idham PawiPetronas Sprinta RacingHondaa 36.739
73Maximilian KoflerCIP Green PowerKTM2 voltas
16Andrea MignoSKY Racing Team VR46KTM11 voltas
2Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Hondaa 19 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 2 em Aragón – Sam Lowes vence novamente e campeonato fica totalmente aberto a 4 provas do final

Classificação no sábado começa no Q1. A fase da repescagem onde praticamente todos os pilotos saíram cara para a pista. Liderados por Marcel Schrotter, o primeiro piloto a sair a marcar volta, mas essa volta não chegou nem perto da pela volta de 1:52.630 de Jorge Martin, o primeiro colocado aos 11 minutos do final da sessão. Baldassarri, Vierge e Syarhin completavam os 4 primeiros colocados.

Na segunda volta, Martin não foi alcançado por ninguém, O japonês Tetsuta Nagashima subiu para 2º, Simone Corsi subiu para 3º e Syarhin conseguiu melhorar seu tempo e permanecer em 4ºlugar. Os dois pilotos da Red Bull Ajo estavam a 94 milésimos de segundo, enquanto isso, Luthi e Nagashima foram para os boxes a 7 minutos do final.

Outros pilotos continuaram na pista, como o italiano Stefano Manzi que vinha em uma boa volta, mas acabou perdendo tempo no final e acabou ficando na 9ªposição. outro que tentou melhorar e acabou fracassando foi Xavi Vierge. Com as posições bem definidas, Jorge Martin foi para os boxes, seu tempo era praticamente inalcançável.

Até que a 2 minutos e 10 segundos do final da sessão, Thomas Luthi consegue uma bela volta e subiu da 6ª para a 4ªposição. Foi a última coisa que aconteceu na classificação, tirando a queda do Indonésio Andi Farid Izdihar.

Termina o Q1 com Martin e Nagashima levando a equipe Ajo ao Q2, Simone Corsi da MV Agusta e Thomas Luthi da Intact GP completam a lista dos classificados. Syarhin ficou com o 5ºtempo, seguidos de Xavi Vierge, Lorenzo Baldassarri (Mais um dia lamentável para o piloto Italiano) e de Marcel Schrotter.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
188Jorge MartínRed Bull KTM AjoKalex1’52.630
245Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalex1’52.724
324Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’52.736
412Thomas LuthiLiqui Moly Intact GPKalex1’52.774
555Hafizh SyahrinKipin Energy Aspar Team Moto2Speed Up1’52.849
697Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’52.989
77Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalex1’53.083
823Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalex1’53.118
962Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’53.125
1019Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’53.281
1135Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’53.370
1211Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’53.541
1327 Andi Farid IzdiharIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’54.090
1418Xavier CardelúsKipin Energy Aspar Team Moto2Speed Up1’54.542
1574Piotr BiesiekirskiNTS RW Racing GPNTS1’55.293
1699Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalex1’55.388

Líder do campeonato, Luca Marini foi o primeiro a partir para a pista a parte final da sessão. Junto dele, Marcos Ramirez e Bo Bendsneyder (Surpresa conseguir entrar no Q2 direto com a NTS) vinham logo atrás dele. Marini fez uma boa volta, mas logo foi superado por Marcos Ramirez da American Racing. Remy Gardner da SAG marcou o 3ºtempo com 4 minutos de treinamento.

A 10:40 do final, Fabio di Giannantonio passou para a ponta, seguidos de Jorge Martin, Sam Lowes e Marco Bezzecchi. A 9 minutos e 20 do final, Ramirez supera Marini e passa para a ponta, uma liderança provisória já que Jake Dixon passou para a ponta, com 1:51.999 sendo o primeiro a baixar de 1 minuto e 52 segundos. A menos de 9 minutos do final, di Giannantonio voltou a liderança, com 1:52.870. Naquele momento o piloto da Speed UP junto de Dixon da Petronas e Bezzecchi da VR46 iriam dividir a primeira fila. Em 4º, Marcos Ramirez vinha para o seu melhor grid da temporada. Martin, Marini, Fernandez, Navarro, Lowes e Gardner completavam os Top 10.

a 7:30, exatamente na metade do tempo de classificação, Luca Marini chega a conquistar a 5ªposição, mas segundos depois é superado por Jorge Navarro. 30 segundos depois, Marco Bezzecchi supera Di Giannantonio e assume a ponta. Gardner e Luthi melhoram suas marcas, mas não passam da 9ª e 13ª posições respectivamente.

Bezzecchi vinha com a pole até que Sam Lowes marca uma brilhante volta de 1:51.651 e toma a pole do piloto da VR46, Algo que Fabio di Giannantonio tentou, mas sem sucesso. O Britânico conquistou a pole position, embalado com a vitória em Le Mans, na semana anterior. Na primeira fila será completada pelos italianos Marco Bezzecchi da VR46 e Fabio di Giannantonio da Speed UP.

Jake Dixon e Marcos Ramirez obtiveram os melhores grid da sua carreira, largando em 4º e 5ºlugares. Jorge Navarro da Speed UP Completa a 2ªfila. Na terceira fila, largam Luca Marini da VR46, Jorge Martin da Red Bull Ajo e Augusto Fernandez da Marc VDS. Na Quarta fila, largam Remy Gardner da SAG, Joe Roberts da American Racing e Enea Bastianini da Italtrans.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
122Sam LowesEG 0,0 Marc VDSKalex1’51.651
272Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalex1’51.799
321Fabio Di GiannantonioMB Conveyors Speed UpSpeed Up1’51.870
496Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalex1’51.999
542Marcos RamírezTennor American RacingKalex1’52.166
69Jorge NavarroMB Conveyors Speed UpSpeed Up1’52.167
710Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex1’52.188
888Jorge MartínRed Bull KTM AjoKalex1’52.235
937Augusto FernándezEG 0,0 Marc VDSKalex1’52.348
1087Remy GardnerOnexox TKKR SAG TeamKalex1’52.401
1116Joe RobertsTennor American RacingKalex1’52.554
1233Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalex1’52.596
1312Thomas LuthiLiqui Moly Intact GPKalex1’52.702
1445Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalex1’52.729
1540Héctor GarzóFlexbox HP 40Kalex1’52.751
1657Edgar PonsFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’52.751
1764Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’53.097
1824Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’53.221
1955Hafizh SyahrinKipin Energy Aspar Team Moto2Speed Up1’52.849
2097Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalex1’52.989
217Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalex1’53.083
2223Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalex1’53.118
2362Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agusta1’53.125
2419Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalex1’53.281
2535Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’53.370
2611Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’53.541
2727 Andi Farid IzdiharIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’54.090
2818Xavier CardelúsKipin Energy Aspar Team Moto2Speed Up1’54.542
2974Piotr BiesiekirskiNTS RW Racing GPNTS1’55.293
3099Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalex1’55.388

No domingo, tivemos uma grande corrida, com o líder do campeonato caindo no começo e dois pilotos candidatos à vitória também indo para o chão. Ao final, Sam Lowes vence pela segunda vez seguida, em seu melhor momento no ano. Enea Bastianini completou a prova no pódio e na liderança do mundial.

Sam Lowes perdeu a liderança na largada para Marco Bezzecchi, que largou melhor que o piloto da Marc VDS. Nos primeiros momentos da prova, Jorge Navarro toca em Marcos Ramirez e acaba indo para o chão. Um acidente perigoso que não acabou em nada para o piloto da Speed UP, que 3 voltas acabou voltando a corrida.

Enquanto isso, o outro piloto da Speed UP, Fabio di Giannantonio chegou a superar Lowes, mas o britânico voltou a ficar na frente do piloto Italiano. Jorge Martin e Jake Dixon completavam os 5 primeiros. Marini vinha em 6º seguido de Bastianini, líder e vice-líder estavam bem próximos.

No final da 3ªVolta, Marini caiu e abandonou a prova. Essa queda tornaria o campeonato bem mais embolado. Bastianini em 6º agora teria que avançar na classificação e ficar lá na frente, como estavam Bezzecchi e Lowes.

Sam Lowes queria a vitória e partiu para cima de Bezzecchi, mas foi di Giannantonio que acabou indo pra cima de Fato. Primeiro, passou o britânico da Marc VDSna 8ªVolta e passou para 2ªposição. Na 10ªvolta, Fabio di Giannantonio supera Bezzecchi, assumindo a liderança, tudo indicava que a Speed UP poderia ter a primeira vitória da temporada, mas no começo da volta seguinte, di Giannantonio cai na curva 2 e joga fora uma grande chance de vencer pela 1ªvez na categoria intermediária.

Bezzecchi voltou para a ponta, com Lowes em 2º, Martin em 3º e Bastianini em 4º, já tendo superado Jake Dixon, na 5ªposição de forma bastante tranquila. Lá atrás, Marcos Ramirez, Remy Gardner disputavam a 6ªposição. Depois vinha Hector Garzó, Joe Roberts e Augusto Fernandez, que superou Thomas Luthi para ganhar a 10ªposição. A se destacar a boa corrida de Simone Corsi, na 12ªposição com a moto da MV Agusta.

No terço final de corrida, Bastianini chega em cima de Jorge Martin disputando um lugar no pódio. Mais atrás, Gardner passa a ser pressionado por Hector Garzó para duelarem pela 6ªposição.

Quando Bastianini chegou no Martin, o piloto da Italtrans sem cerimonias superou o piloto da KTM, nesse momento Enea estava no pódio, mas Martin não desistiu e recuperou a posição no pódio a menos de 6 voltas do final, Na curva 9, Bastianini voltou a ficar a frente de Martin. Porém, com essa briga, Bezzecchi e Lowes fugiram na frente, deixando Bastianini e Martin bem para trás.

Bezzecchi começou a abrir diferença para Lowes, a corrida estava nas mãos dele, com 1.4 segundos sobre Lowes. Só que ao começar a penúltima volta, Bezzecchi cai na curva 2, jogando a vitória no lixo e dando de bandeja a vitória nas mãos de Sam Lowes, que só administrou sua grande vantagem para vencer a segunda corrida seguida no campeonato.

O Britânico da Marc VDS só não é o líder do campeonato porque Enea Bastianini fez uma bela corrida, chegando a segunda posição, fazendo com que ele terminasse o dia com a liderança do campeonato com 155 pontos contra os 153 pontos de Lowes e os 150 pontos de Marini.

Após enfrentar a COVID-19, Jorge Martin mostrou uma incrível recuperação e conquistou a 3ªposição. Não é só importante para ele, mas para mostrar que voltou competitivo após ter sido contaminado pelo Coronavirus. Uma vitória para o piloto da KTM.

Jake Dixon conseguiu o melhor resultado da sua carreira, com o 4ºlugar na prova de domingo. O piloto da Petronas mostra finalmente se torna um piloto bastante competitivo, algo que Xavi Vierge, primeiro piloto da equipe não conseguiu nessa corrida, ficando em uma apática 16ªposição.

Remy Gardner venceu a batalha contra Hector Garzó e ficou na 5ªposição, Já o piloto da Pons ainda perdeu a 6ªposição para o Espanhol Marcos Ramírez, melhor resultado no seu ano de estreia na Moto 2, com uma classificação e uma corrida muito competente. Garzó ficou ainda com uma boa 7ªposição.

Joe Roberts acabou ficando ofuscado pelo belo final de semana de Ramírez nesse final de semana, ficando com a 8ªposição. Completando os 10 primeiros colocados ficaram Tetsuta Nakashima da Red Bull KTM, muito longe do desempenho de Martin e ficando em 10ºlugar, o italiano Simone Corsi da MV Agusta, em um final de semana muito bom desse experiente piloto.

Augusto Fernandez chegou a frente de Thomas Luthi, ficando com a 11ªposição, enquanto que o suíço acabou ficando com a 12ªposição, com a moto Kalex da Intact GP que realmente não tem um grande desempenho nessa temporada. Edgar Pons, Stefano Manzi e Marcel Schrotter completaram a zona de pontuação.

Resultado da 11ªetapa do Mundial de Motovelocidade
Moto 2 – GP de Aragón – 21 voltas

posPilotoEquipeMotoTempo
122Sam LowesEG 0,0 Marc VDSKalex39’33.202
233Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 4.195
388Jorge MartínRed Bull KTM AjoKalexa 4.340
496Jake DixonPetronas Sprinta RacingKalexa 9.298
587Remy GardnerOnexox TKKR SAG TeamKalexa 14.765
642Marcos RamírezTennor American RacingKalexa 15.130
740Héctor GarzóFlexbox HP 40Kalexa 15.192
816Joe RobertsTennor American RacingKalexa 17.024
945Tetsuta NagashimaRed Bull KTM AjoKalexa 19.000
1024Simone CorsiMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 20.206
1137Augusto FernándezEG 0,0 Marc VDSKalexa 22.661
1212Thomas LuthiLiqui Moly Intact GPKalexa 22.692
1357Edgar PonsFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 22.995
1462Stefano ManziMV Agusta Forward RacingMV Agustaa 23.301
1523Marcel SchrötterLiqui Moly Intact GPKalexa 23.989
1697Xavi ViergePetronas Sprinta RacingKalexa 26.747
1719Lorenzo Dalla PortaItaltrans Racing TeamKalexa 26.862
1811Nicolò BulegaFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 27.686
1955Hafizh SyahrinKipin Energy Aspar Team Moto2Speed Upa 27.761
207Lorenzo BaldassarriFlexbox HP 40Kalexa 27.892
2164Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 36.250
2227 Andi Farid IzdiharIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 44.779
2335Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 45.687
2418Xavier CardelúsKipin Energy Aspar Team Moto2Speed Upa 47.231
2599Kasma KasmayudinOnexox TKKR SAG TeamKalexa 58.178
2674Piotr BiesiekirskiNTS RW Racing GPNTSa 1’05.154
279Jorge NavarroMB Conveyors Speed UpSpeed Upa 3 voltas
72Marco BezzecchiSKY Racing Team VR46Kalexa 2 voltas
21Fabio Di GiannantonioMB Conveyors Speed UpSpeed Upa 11 voltas
10Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalexa 19 voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 2 em Aragón – Binder conquista vitória e se aproxima da disputa pelo título

Um final de semana que tinha tudo para ser dominado pelo Alex Marquez. O Sul-Africano Brad Binder fez uma grande corrida no domingo. Desde da largada, onde ele passou do 3ºlugar para a liderança, até a vitória, ao final da 21ªvolta. A disputa pelo campeonato continua em aberto, Little Marquez é líder, Com uma boa vantagem sobre os demais adversários a briga do campeonato, restando 5 corridas para o termino da Temporada 2019.

Começando o Q1, O injustiçado Fabio di Giannantonio da Speed UP (que acabou perdendo a vitória após manobra ilegal e Augusto Fernandez em Misano) estava na repescagem e vinha disposto a se classificar para o Q2. Em sua primeira volta, O piloto Italiano fez 1:53.198 e colocou frente para Bo Bendsneyder da NTS e Joe Roberts da American Racing. O piloto Jesko Raffin é o Substituto de Marcel Schrotter em Aragón. O titular vinha se recuperando de uma lesão. O Suíço corre pela Dynavolt no Mundial da Moto E. Stefano Manzi vinha numa excelente volta, Mas exagerou em uma curva e sua volta acabou indo para o espaço.

Andrea Locatelli chegou a superar Di Giannantonio, Mas o piloto da Speed UP recuperou a liderança logo em seguida, Ao fazer 1:52.768 em sua segunda tentativa. No Embalo, Manzi subiu para o terceiro lugar a 6 minutos e meio do final. Di Giannantonio, Locatelli, Manzi e Bezzecchi estavam se classificando.

Enea Bastianini vinha muito mal, Em 11ºlugar, Ele tentou uma nova volta, Mas só ganhou 1 posição, Subindo para o 10ºlugar.

O piloto da Italtrans fez uma nova tentativa de classificação, Dessa fez chegou perto e acabou subindo para o 5ºlugar. Manzi vinha levando a MV Agusta para o Q2, Mas com a melhora do tempo de Bezzecchi para o 3ºlugar e a bela volta de Somkiat Chantra, Que levou o piloto Tailandês ao 4ºlugar tirou Manzi da zona de classificação.

No final, Vários pilotos tentaram melhorar seus tempos, Mas nenhum deles consegue modificar a classificação. Fabio di Giannantonio vai para o Q2 com o melhor tempo, Junto de Andrea Locatelli, Marco Bezzecchi e de Somkiat Chantra.

Resultado do Q1:

posPilotoEquipeMotoTempo
121Fabio Di GiannantonioHDR Heidrun Speed UpSpeed Up1’52.768
25Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalex1’52.833
372Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTM1’53.101
435Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’53.144
562Stefano ManziMV Agusta Temporary ForwardMV Agusta1’53.256
633Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalex1’53.342
764Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’53.346
82Jesko RaffinDynavolt Intact GPKalex1’53.366
916Joe RobertsAmerican Racing KTMKTM1’53.437
1077Dominique AegerterMV Agusta Temporary ForwardMV Agusta1’53.503
1196Jake DixonGaviota Angel Nieto TeamKTM1’53.608
1224Simone CorsiNTS RW Racing GPNTS1’53.782
1365Philipp ÖttlRed Bull KTM Tech 3KTM1’54.418
143Lukas TulovicKiefer RacingKTM1’54.651
1518Xavier CardelúsGaviota Angel Nieto TeamKTM1’54.913
1631Gerry SalimIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’54.921
176Gabriele RujuTasca Racing Scuderia Moto2Kalex1’54.958

No Q2, Todos vão para a pista de uma vez, Com exceção de Thomas Luthi, que foi para a pista 1 minuto depois. Na primeira volta, Xavi Vierge passou para a liderança, Com Iker Lecuona em 2º, Jorge Navarro, Remy Gardner e Alex Marquez nas 5 primeiras posições.

Luthi a 10 minutos do final marcou 1:52.566 e passou para a liderança, Mas tinha muito treino pela frente. Alex Marquez sobe para a liderança em sua segunda volta, Com 1:52.225. Jorge Navarro subiu para o 3º, com 1:52.580 e Xavi Vierge caiu para o 4ºkugar. Os dois pilotos da Pons foram para os boxes ao mesmo tempo e voltaram para a pista a 7 minutos do final da Classificação.

Enquanto os pilotos da Pons foram para a sua volta rápida, Marquez e outros pilotos foram para os boxes. o piloto da Marc VDS estava a 341 milésimos a frente de Thomas Luthi.

A 4 minutos do final, Augusto Fernandez usou o vácuo de Lorenzo Baldassarri e acabou dando um pulo para a segunda posição, A 195 milésimos acima do irmão de Marc Marquez. A 3 minutos do final, Sam Lowes subiria para o 7ºlugar. 30 segundos depois, Foi a vez de Luca Marini dar um grande salto, do 11º para a 3ªposição.

Augusto Fernandez em uma nova volta rápida, Pegou o vácuo de um piloto da KTM e melhorou sua volta para 1:52.350, Chegando mais perto do tempo de Marquez.

A menos de 2 minutos do final, Os pilotos foram para a pista em busca de tentar tirar Marquez da pole, Mas somente Nicolò Bulega melhorou sua marca, passando do 14ª para a 8ªposição. A pole ficou mesmo com Alex Marquez da Marc VDS. Com o vice líder do campeonato, Augusto Fernandez da Pons largando na segunda posição e Brad Binder, com um treino discreto, Mas eficiente largando em 3º.

Na segunda fila, Largam Luca Marini da VR46, Thomas Luthi da Dynavolt e Jorge Navarro da Speed UP. Na terceira fila, Largam Xavi Vierge da Marc VDS, Nicolo Bulega da VR46 e Sam Lowes da Gresini. Iker Lecuona ficou a frente de Lorenzo Baldassarri, O Italiano da Equipe Pons faz um campeonato vexatório depois da 4ªEtapa, Sem vencer a 10 corridas e sem bons resultados.

Fotos:

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotoTempo
173Álex MárquezEG 0,0 Marc VDSKalex1’52.225
240Augusto FernándezFLEXBOX HP 40Kalex1’52.350
341Brad BinderRed Bull KTM AjoKTM1’52.426
410Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex1’52.435
512Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalex1’52.566
69Jorge NavarroHDR Heidrun Speed UpSpeed Up1’52.580
797Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalex1’52.589
811Nicolò BulegaSKY Racing Team VR46Kalex1’52.606
922Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’52.610
1027Iker LecuonaAmerican Racing KTMKTM1’52.627
117Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalex1’52.832
1221Fabio Di GiannantonioHDR Heidrun Speed UpSpeed Up1’52.854
1387Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalex1’52.886
1488Jorge MartínRed Bull KTM AjoKTM1’52.897
155Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalex1’53.053
1672Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTM1’53.223
1745Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalex1’53.252
1835Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’53.318
1962Stefano ManziMV Agusta Temporary ForwardMV Agusta1’53.256
2033Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalex1’53.342
2164Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’53.346
222Jesko RaffinDynavolt Intact GPKalex1’53.366
2316Joe RobertsAmerican Racing KTMKTM1’53.437
2477Dominique AegerterMV Agusta Temporary ForwardMV Agusta1’53.503
2596Jake DixonGaviota Angel Nieto TeamKTM1’53.608
2624Simone CorsiNTS RW Racing GPNTS1’53.782
2765Philipp ÖttlRed Bull KTM Tech 3KTM1’54.418
283Lukas TulovicKiefer RacingKTM1’54.651
2918Xavier CardelúsGaviota Angel Nieto TeamKTM1’54.913
3031Gerry SalimIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’54.921
316Gabriele RujuTasca Racing Scuderia Moto2Kalex1’54.958

No domingo, Um piloto conseguiu terminar com o domínio de Alex Marquez em poucos segundos, Logo na largada. Brad Binder mostrou que corridas podem sim se vencidas em uma largada.

Numa grande largada, Binder pulou de 3º para a 1ºlugar, Com Luca Marini pulando do 4º para o segundo lugar, Marquez caiu para o terceiro, Seguido de Fernandez, Luthi, Vierge, Navarro, Lecuona e Lowes. Logo nas primeiras curvas, O vice-líder do campeonato, Augusto Fernandez acabou encontrando o chão e deixando a disputa da corrida.

Binder abriu muito dos demais na primeira volta, Mas nas voltas seguintes, Marini, Marquez e Luthi começaram a chegar ao Sul-Africano. Jorge Navarro na 5ªposição, Fazia a melhor volta da prova e se aproximava do pelotão da frente. Mais atrás vinha Xavi Vierge em 6ºlugar, Segurando Sam Lowes, Iker Lecuona e Nicolò Bulega.

No final da terceira volta, Luthi não conseguiu passar Alex Marquez e logo depois, Começou a ser pressionado pelo Espanhol Jorge Navarro da Speed UP. Na primeira curva da 5ªVolta, Marini e Marquez ficaram lado a lado, Com o piloto da VR46 levando a vantagem sobre o líder do campeonato. No final da volta, Navarro superou Luthi e assumiu o 4ºlugar.

No começo da volta seguinte, Marquez supera Marini e assume a segunda posição. Marini chega a recuperar posição na curva 6, Mas o piloto da Marc VDS confirmou a ultrapassagem, apesar de muita luta do piloto da equipe VR46. Nessa volta, Tetsuda Nagashima caiu. O Japonês foi o único piloto a abandonar a prova. Joe Roberts também foi ao chão, Mas se levantou e voltou para a prova.

Binder vinha nessa altura a 1 segundo de frente para Marini, que recuperou a 2ªposição, com Marquez e Navarro na cola. Luthi já estava mais atrás e começava a ficar mais para o Inglês Sam Lowes.

A 11 voltas do final, Marini, Marquez e Navarro faziam o pega da corrida pelo 2ºlugar. O piloto Italiano não estava disposto a ceder posição para nenhum de seus adversários.  O piloto da Speed UP acabou cometendo um erro e Luthi e Lowes se aproximaram, Mas isso foi algo monentânio, Já que a moto de Navarro estava bem melhor que as motos do piloto da Dynavolt e da Gresini.

Alex Marquez foi decidido a passar Marini, A 10 voltas do final. O adversário resiste, mas o líder do campeonato levou a segunda posição. Navarro passou a pressionar Marini em busca do pódio.

Na metade da 14ªVolta, Navarro passou Marini e passou para o 3ºlugar. Luthi tentou ficar a frente de Lowes, Mas não foi possível. A 8 voltas do final, O suíço foi superado e caiu para o 6ºlugar. Bem mais atrás, Iker Lecuona vinha na 7ªposição, a frente de Bulega, Vierge e Fabio di Giannantonio (Numa corrida bem apagada). Mas apagada era a corrida de Lorenzo Baldassarri, que esta muito longe do seu desempenho do começo da temporada (3 vitórias nas primeiras 4 corridas).

Binder abriu 1.8 segundos sobre Marquez, A vitória dele estava encaminhava. Até porque Marquez estava sendo pressionado pelo Navarro e precisava se defender para manter a segunda posição. Apesar disso, Os dois estavam conseguindo diminuir a diferença do piloto da KTM aos poucos.

A 3 voltas do final, Navarro passa a ser o segundo colocado e busca tirar a distância para Binder. Mas o Gueopardo africano estava com a corrida na mão, Mesmo que na volta final a vantagem tivesse caído para menos de meio segundo, Binder manteve o controle da prova e acabou conquistando sua segunda vitória na temporada. Essa vitória ajuda o piloto da KTM a aumentar suas chances de disputar ainda o título, Algo que parecia impossível após a primeira metade da temporada.

Jorge Navarro ficou com o 2ºlugar e assumiu a vice-liderança do campeonato, Agora o Espanhol tem 38 pontos de desvantagem para Alex Marquez, que fez uma boa corrida, Mas que parecia que o piloto da Marc VDS iria dominar a prova. O 3ºlugar leva ele a dar mais um passo rumo ao título da categoria intermediária. Luca Marini terminou o dia em Aragón em 4ºlugar.

Sam Lowes teve seu melhor final de semana na temporada, O Britânico acabou em 5ºlugar a frente de Thomas Luthi. Definitivamente a moto da Dynavolt não parece ter condições de disputar vitórias, Principalmente nessa parte final de temporada.  

Iker Lecuona ganhou a disputa do segundo pelotão e acabou com uma boa 7ªposição. Superando a Lorenzo Baldassarri da Pons, Jorge Martin da KTM e Xavi Vierge da Marc VDS. Fabio di Giannantonio fez uma corrida bem apagada, Após fazer uma brilhante corrida em Misano, O piloto Italiano acabou em 11ºlugar. Bem longe do desempenho de Navarro.

Completando a zona de pontuação: Nicolo Bulega da VR46, Remy Gardner da SAG, Stefano Manzi da Forward MV Agusta e Marco Bezzecchi da Tech 3.

Fotos:

Resultado final do GP de Aragón

posPilotoEquipeMotoTempo
141Brad BinderRed Bull KTM AjoKTM39’45.177
29Jorge NavarroHDR Heidrun Speed UpSpeed Upa 0.787
373Álex MárquezEG 0,0 Marc VDSKalexa 2.876
410Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalexa 5.387
522Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 5.601
612Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalexa 9.695
727Iker LecuonaAmerican Racing KTMKTMa 11.650
87Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalexa 12.546
988Jorge MartínRed Bull KTM AjoKTMa 14.775
1097Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalexa 15.393
1121Fabio Di GiannantonioHDR Heidrun Speed UpSpeed Upa 15.495
1211Nicolò BulegaSKY Racing Team VR46Kalexa 15.625
1387Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 15.859
1462Stefano ManziMV Agusta Temporary ForwardMV Agustaa 21.838
1572Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTMa 21.859
1635Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 22.659
175Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalexa 25.897
1864Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 28.609
1977Dominique AegerterMV Agusta Temporary ForwardMV Agustaa 28.943
202Jesko RaffinDynavolt Intact GPKalexa 28.679
2124Simone CorsiNTS RW Racing GPNTSa 37.526
2240Augusto FernándezFLEXBOX HP 40Kalexa 41.050
2396Jake DixonGaviota Angel Nieto TeamKTMa 42.644
2433Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 45.942
253Lukas TulovicKiefer RacingKTMa 50.680
2665Philipp ÖttlRed Bull KTM Tech 3KTMa 52.367
2718Xavier CardelúsGaviota Angel Nieto TeamKTMa 1’09.114
286Gabriele RujuTasca Racing Scuderia Moto2Kalexa 1’16.241
2931Gerry SalimIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 1’16.381
3016Joe RobertsAmerican Racing KTMKTMa 1’18.820
x45Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalex15 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Marquez conquista vitória em Aragón após batalha com Dovizioso e os pilotos da Suzuki

Classificação – Q1

Os dois pilotos da Yamaha eram os favoritos para as duas vagas na parte inicial da Classificação. Que normalmente seria fácil a Classificação acabou virando um calvário para Valentino Rossi.

Principalmente porque Takaagi Nakagami da LCR Honda, Franco Morbidelli da Marc VDS e Johann Zarco da Tech 3 entraram nessa mesma disputa desde da primeira volta. O que era problema para Rossi acabou não sendo problema para Viñales que marcou uma grande volta, 4 décimos a frente do Morbidelli.

Ao final da primeira parte do Q1 os classificados eram Viñales e Morbidelli. Com Nakagami, Zarco e Rossi logo atrás. O Doutor vinha a 6 décimos de Viñales e a 4 décimos de Morbidelli. Mesmo com o ruim desempenho da Yamaha no ano, O piloto espanhol vinha fazendo o seu papel no Q1.

A 4 minutos do final os pilotos foram para a segunda e derradeira tentativa. A 1 minuto e meio do Final, Bradley Smith faz um bom terceiro tempo, Mas teve sua volta cancelada. Quem não teve sua volta cancelada foi Zarco que ficou a muito pouco de colocar sua moto na segunda posição. Bandeirada dada. Viñales não conseguiu melhorar seu tempo. Mas o 1:47.825 foi o suficiente para deixar ele classificado em primeiro lugar.

Zarco tentou uma última volta a acabou errando no último setor, E quando tudo parecia que Franco Morbidelli iria levar a segunda vaga, Ai veio Takaagi Nakagami com seu 1:47.946 e acabar por levar essa vaga ao Q2 para a LCR Honda. Já Valentino Rossi terminou seu calvário do dia em 8ºlugar. O que faz o piloto da Yamaha largar em 18ºlugar, Fechando a 6ªfila e atrás de Bradley Smith e Karel Abraham. A Fase do piloto Italiano não é uma das melhores da sua carreira. Jordi Torres que faz sua estreia, No lugar de Esteve Rabat (Que se recupera do acidente grave que ele teve na não corrida em Silverstone) vai largar em último.

Classificação do Q1:

Pos Piloto Equipe Equipe Tempo
1 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1’47.823
2 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda 1’47.946
3 21 Franco Morbidelli EG 0,0 Marc VDS Honda 1’48.009
4 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’48.052
5 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’48.181
6 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’48.216
7 17 Karel Abraham Angel Nieto Team Ducati 1’48.398
8 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1’48.627
9 55 Hafizh Syahrin Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’48.975
10 12 Thomas Luthi EG 0,0 Marc VDS Honda 1’48.988
11 45 Scott Redding Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’49.303
12 10 Xavier Simeon Reale Avintia Racing Ducati 1’49.699
13 81 Jordi Torres Reale Avintia Racing Ducati 1’50.336

Disputa incrível pela pole position, Na primeira tentativa dos 12 pilotos no Q2, Marquez sobrou, Marcando um tempo bem superior ao tempo dos outros pilotos, Com 1:46.974. Faltando 10 minutos para o final, Lorenzo marcou o segundo tempo.

Marquez continuou na luta e acabou mais ainda seu tempo, Porém a concorrência chegou perto do tempo da Formiga Atômica. Lorenzo vinha em 2º a 124 milésimos de Marquez, Cal Crutchlow em 3º e  Andrea Dovizioso em 4ºlugar. Os pilotos mais rápidos e os únicos vencedores de prova da temporada 2018. Andrea Iannone vinha a 209 milésimos da pole. Na metade do treino.

Estavam nos boxes, Miller já foi para a segunda tentativa a 6 minutos do final do Q2. Os outros pilotos saíram 1 minuto depois, Era a hora de definir a pole position. Na primeira tentativa, Ninguém melhorou sua marca, Todos frustraram as expectativas dos espectadores que estavam vendo a Classificação.

A Volta final poderia reservar outra volta ruim dos pilotos, O que resultaria em uma pole de Marquez, Mas foi essa a volta que Dovizioso, Marquez e Lorenzo vinham melhorar seu tempos. O Vencedor da prova passada 1:46.895 e ficou com a pole por alguns segundos, Até que Lorenzo marcou 1:46.881 e levou a 3ªPole Seguida, Com 14 milésimos de vantagem para seu companheiro de equipe. A primeira fila vai ser completado pelo Formiga Atômica. Marquez leva a Honda para o 3ºlugar.

A Segunda Fila será composta pelo Inglês Cal Crutchlow da LCR Honda, que apesar da queda só recuou 1 posição a posição que ele tinha antes da queda no final da classificação. Andrea Iannone, Levando a Suzuki a 2ªFila com o 5ºlugar e Dani Pedrosa com a segunda moto da Honda Repsol.

Danilo Petrucci da Pramac Ducati abre a 3ªFila e terá a companhia de Alvaro Bautista da Angel Nieto Team e de Alex Rins com a outra Suzuki. Completando os 12 primeiros colocado vão largar Jack Miller com a moto da Pramac Ducati de 2017, Takaagi Nakagami com a LCR Honda e Johann Zarco, O piloto da Tech 3 foi beneficiado pelas punições de Marevick Viñales, e de Franco Morbidelli.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de largada – Mundial de Motovelocidade
GP de Aragón – Moto GP

Pos Piloto Equipe Equipe Tempo Fase
1 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati 1’46.881 Q2
2 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 1’46.895 Q2
3 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 1’46.960 Q2
4 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda 1’47.146 Q2
5 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’47.169 Q2
6 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda 1’47.224 Q2
7 9 Danilo Petrucci Alma Pramac Racing Ducati 1’47.351 Q2
8 19 Alvaro Bautista Angel Nieto Team Ducati 1’47.678 Q2
9 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’47.737 Q2
10 43 Jack Miller Alma Pramac Racing Ducati 1’47.792 Q2
11 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda 1’48.284 Q2
12 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’48.052 Q1
13 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’48.181 Q1
14 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1’47.810 Q2
15 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’48.216 Q1
16 17 Karel Abraham Angel Nieto Team Ducati 1’48.398 Q1
17 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1’48.627 Q1
18 55 Hafizh Syahrin Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’48.975 Q1
19 21 Franco Morbidelli EG 0,0 Marc VDS Honda 1’48.009 Q1
20 12 Thomas Luthi EG 0,0 Marc VDS Honda 1’48.988 Q1
21 45 Scott Redding Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’49.303 Q1
22 10 Xavier Simeon Reale Avintia Racing Ducati 1’49.699 Q1
23 81 Jordi Torres Reale Avintia Racing Ducati 1’50.336 Q1

No Domingo, Tivemos um dia quente em Aragón. Um problema, Já que o desgaste dos pneus iria ser alto. Mas alguns pilotos como Zarco, Rossi arriscaram colocar uma composição de pneus mais macios. Enquanto que Dovizioso optou por pneus mais duros. Marquez optou por um pneu mais macio atrás e mais duro na frente.

Marquez larga melhor que Lorenzo e toma a liderança nos primeiros metros da prova, Na entrada da primeira curva, Lorenzo perde o controle da sua Ducati e acaba sendo injetado da Moto, Deixando a prova logo no começo da prova. 2 curvas depois, Marquez perdeu a ponta para Andrea Dovizioso que vinha embalado de vitória em 2 das últimas 3 corridas. Iannone, Rins, Pedrosa, Aleix Espargaró completa os 6 primeiros colocados.

A Largada do piloto da Aprilla foi fantástica, Subindo do 13º para o 6ºlugar. Na segunda volta Aleix passou Dani Pedrosa e assumiu o 5ºlugar.

Logo no começo da prova, Os dois pilotos da Suzuki não só vinham muito bem em 3º e 4ºlugar, (alternando posições na 3ªVolta) Como também vinham acompanhando o ritmo dos dois primeiros lugares. O Espanhol Alvaro Bautista acabou caindo na curva 14 da segunda volta quando vinha em uma boa 8ªposição.

Mais atrás, Valentino Rossi vinha fazendo uma grande corrida, O Doutor vinha em 11ºlugar e se aproximando de Johann Zarco. No Começo da 5ªVolta, O Inglês Cal Crutchlow da LCR Honda se juntou a turma dos pilotos que abandonaram a corrida, Após uma queda na entrada da primeira curva.

Pedrosa chegou a passar Iannone, Por algumas curvas o piloto da Repsol lutou com o piloto da Suzuki, Que conseguiu voltar ao 4ºlugar. Já Valentino Rossi em 5 voltas passou da 17ª para a 9ªposição. Enquanto o Doutor subia, O Francês Johann Zarco vinha em 10º, Sofrendo pressão de Bradley Smith com KTM, Takaaki Nakagami da LCR Honda e de Franco Morbidelli da Marc VDS.

Lá na Frente, Marquez estudava Dovizioso enquanto poupava os pneus, Mas precisava ficar com o olho em Rins, que vinha logo atrás de Marquez tentando tomar a 2ªposição. O Desempenho da Suzuki estava muito bom. Também a se elogiar o desempenho da Aprilla de Aleix Espargaró, Que vinha disputando o 5ºlugar com Dani Pedrosa. Já a Honda vinha muito mal. Rossi era o melhor dos pilotos da Fabrica Japonês em 9ºlugar. Viñales vinha em 13º e Zarco caiu para o 14ºlugar.

Marquez e Dovizioso se distanciaram de Rins e Iannone e a Formiga Atômica foi para cima de Dovizioso. A 10 voltas do final, Marquez em uma manobra arriscada e audaciosa ultrapassou Andrea Dovizioso para assumir a liderança. Porém, Dovi não iria desistir tão fácil. A 8 Voltas do final, O Italiano e o Espanhol trocavam de ultrapassagens, Até que o piloto da Ducati voltou a liderança.

Marquez viu que iria ter mais trabalho do que ele pensou que tivesse e voltou a brigar com Dovizioso. Nisso eles começaram a ver Andrea Iannone chegar na disputa, Levando por ele o Espanhol Alex Rins que acabou superado pelo companheiro de equipe.

A 5 Voltas do Final. Marquez foi para o ataque e novamente na curva 12 ele ultrapassa Dovizioso que dá o troco 2 curvas depois levando seu adversário quase ficando pra fora da pista. Nessa briga quem se aproveitou foi Iannone, Que chegou a pular para a ponta, Mas Dovizioso e Marquez acabaram na reta oposta voltando aos 2 primeiros lugares.

Na entrada da antepenúltima volta, Marquez passou  para a liderança, Dovizioso tentou um contra-ataque, Mas o Espanhol segurou a liderança e depois ganhou uma pequena vantagem para garantir a vitória. Depois de 3 provas seguidas em 2ºlugar, Marquez conquista a 6ªvitória em 2018 e abre 72 pontos de frente para Andrea Dovizioso, Que chegou em 2ºlugar. Com os resultados a 5 provas do final, Marquez se ficar em 4ºlugar em todas as provas ele garante o pentacampeonato.

O pódio ficou com o Italiano Andrea Iannone. Foi uma grande corrida tanto dele como de Alex Rins que chegou ao 4ºlugar. A Suzuki deu uma moto muito bem acertada para Aragón. Iannone levou seu terceiro pódio de 2018. Dani Pedrosa realizou sua penúltima prova na Espanha de sua carreira e fez uma boa corrida, Terminando em 5ºlugar. A frente de Aleix Espargaró. O piloto da Aprilla fez sua melhor prova em 2018 e levou a moto da equipe Gresini ao 6ºlugar. Danilo Petrucci ficou longe dos pilotos da Ducati oficial, Acabou em 7ºlugar numa prova burocrática.

Valentino Rossi tirou leite de pedra de uma moto ruim. A Yamaha precisa definitivamente esquecer a temporada 2018, Com 23 provas sem vitória a fábrica Japonesa chega a seu maior jejum de vitórias no Mundial de Motovelocidade. (Última vitória foi com Valentino Rossi no GP da Holanda de 2017) Jack Miller chegou em 9ºlugar com a moto de 2017 da Ducati e completando os 10 primeiros colocados chegou o Espanhol Marevick Viñales. Mais uma vez o piloto Espanhol não acertou sua largada e fez um começo lamentável, Reagindo no final. Porém, Acabou sendo mais uma corrida para se esquecer (Como é um ano para se esquecer para Viñales).

Franco Morbidelli da Marc VDS superou Takaagi Nakagami por 932 milésimos e acabou em 11ºlugar. Os dois pilotos são os melhores novatos da Temporada. Bradley Smith representou bem a KTM, Marcando mais 3 pontos para a equipe Austriaca.

A se lamentar o desempenho de Zarco, A Tech 3 esta sendo totalmente sabotada pela Yamaha, O 14ºlugar do piloto Francês e o 18º do Hafizh Syarhin mostra que a Yamaha de 2016 esta completamente superada. Karel Abraham completou a zona de pontuação.

Depois do piloto Tcheco vieram: Scott Redding, Thomas Luthi (14 corridas sem pontuar, uma decepção total em relação ao piloto suíço), Hafizh Syarhin, Xavier Simeon e Jordi Torres. Daqui a 2 semanas teremos a estreia da Tailândia do Mundial de Motovelocidade. Com 72 pontos a frente, Marquez esta mais próximo do pentacampeonato.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de largada – Mundial de Motovelocidade
GP de Aragón – Moto GP

Pos Piloto Equipe Equipe Tempo
1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 41’55.949
2 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati a 0.648
3 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 1.259
4 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 2.638
5 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda a 5.274
6 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 9.396
7 9 Danilo Petrucci Alma Pramac Racing Ducati a 14.285
8 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 15.199
9 43 Jack Miller Alma Pramac Racing Ducati a 16.375
10 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 22.457
11 21 Franco Morbidelli EG 0,0 Marc VDS Honda a 27.025
12 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda a 27.957
13 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM a 28.821
14 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 32.345
15 17 Karel Abraham Angel Nieto Team Ducati a 37.639
16 45 Scott Redding Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 39.585
17 12 Thomas Luthi EG 0,0 Marc VDS Honda a 40.763
18 55 Hafizh Syahrin Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 56.296
19 10 Xavier Simeon Reale Avintia Racing Ducati a 58.981
20 81 Jordi Torres Reale Avintia Racing Ducati a 59.513
35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda a 19 Voltas
19 Alvaro Bautista Angel Nieto Team Ducati a 22 Voltas
99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati a 23 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: MotoGP

Jorge Martin conquista mais uma pole no final do Treino

O Espanhol Jorge Martin conquistou a sua 9ªpole na temporada, No circuito de Aragón aonde é realizada a terceira prova em Território espanhol. O piloto da Gresini ganhou a pole no final da classificação.

Martin começou bem, Marcando o melhor tempo. Porém, Os dois pilotos da Sky Racing VR46 vieram para a briga, Marcando o primeiro tempo Com Dennis Foggia e o Terceiro tempo com Niccoló Bulega.

Aos 30 minutos para o final do Treino, O Argentino Gabriel Rodrigo marcou o melhor tempo. O piloto da RBA sempre muito rápido entrou na disputa pela pole position. Depois vinham Foggia, Martin, Bulega, Antonelli, Bastianini que subiu do 13º para o 6ºlugar minutos depois da bela volta do piloto Argentino, Suzuki, Arbolino, Dalla Porta e Marco Bezzecchi.

A menos de 20 minutos para o final do Treino, O Vice-líder do campeonato foi para a luta para melhorar seu tempo. A menos de 16 minutos para o final, Bezzecchi sobe para a segunda posição. Quem também deu uma bela subida foi o Piloto da Angel Nieto Albert Arenas com o 5ºTempo.

Apesar disso o 1:57.937 continuava imbatível. Parecia que Rodrigo iria levar a sua primeira pole position. A 5 minutos do final, Todo mundo foi para a pista. Bezzecchi a 40 segundos do final da classificação faz uma bela volta, Tomando a pole position por  82 milésimos em cima de Gabriel Rodrigo.

Jorge Martin vinha em 7ºlugar e partiu para a sua última volta, No meio de um batalhão de pilotos. Ele acabou estuprando a marca de Bezzecchi e de todos os outros. Com o tempo de 1:57.066 ele comemora pela 9ªVez na temporada uma pole position.

A primeira fila vai ser completada pelo Espanhol Jaume Masla da Dubai (Ficando a mais de meio segundo do pole position) e de Enea Bastianini com a moto da Leopard Racing (sobe para a Moto 2 na temporada de 2019 e vai defender a boa equipe Italtrans Racing)

Tatsuki Suzuki teve seu tempo cancelado e com isso perdeu o 4ºlugar, Que será ocupado pelo Italiano Tony Arbolino herdou essa posição e abre a segunda fila, Que vai ter o Italiano Dennis Foggia que vem evoluindo muito nessa segunda parte do campeonato e de Marco Bezzecchi que caiu da pole para o 6ºlugar. Igualmente o que aconteceu com Gabriel Rodrigo. O Argentino liderou a maior parte do tempo, Mas que acaba por largar apenas em 7ºlugar. Isso por que ele herdou essa posição de Niccolò Antonelli que perdeu 12 posições por pilotagem imprudente no Q3. (O Piloto da SIC58 larga apenas em 19ºlugar)

Aron Canet da Estrella Galícia, Fabio di Giannantonio da Gresini e Adam Norrodin completaram as 10 primeiras posições. No final do Grid vieram os dois pilotos da Honda Asia Team, Que acabaram caindo após um toque entre eles. Nakarin Atiratphuvapat e Kaito Toba sem dúvida foram motivo de chacota em Aragón e de bronca para os seus chefes.

Amanhã, As 6 da Manhã teremos a largada da primeira das três corridas do Mundial de Motovelocidade no circuito de Aragón. A 14ªEtapa do Mundial que entra na sua reta final de campeonato.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de largada – Mundial de Motovelocidade
GP de Aragón – Moto 3

Pos Piloto Equipe Equipe Tempo
1 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’57.066
2 5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM 1’57.603
3 33 Enea Bastianini Leopard Racing Honda 1’57.659
4 14 Tony Arbolino Marinelli Snipers Team Honda 1’57.774
5 10 Dennis Foggia SKY Racing Team VR46 KTM 1’57.791
6 12 Marco Bezzecchi Redox PruestelGP KTM 1’57.855
7 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Skull Rider KTM 1’57.937
8 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda 1’57.953
9 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’58.149
10 7 Adam Norrodin Petronas Sprinta Racing Honda 1’58.388
11 42 Marcos Ramirez Bester Capital Dubai KTM 1’58.389
12 84 Jakub Kornfeil Redox PruestelGP KTM 1’58.391
13 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM 1’58.449
14 75 Albert Arenas Angel Nieto Team Moto3 KTM 1’58.451
15 48 Lorenzo Dalla Porta Leopard Racing Honda 1’58.602
16 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 1’58.691
17 65 Philipp Ottl Sudmetal Schedl GP Racing KTM 1’58.715
18 25 Raul Fernandez Angel Nieto Team KTM 1’58.718
19 23 Niccolo Antonelli SIC58 Squadra Corse Honda 1’57.879
20 22 Kazuki Masaki RBA BOE Skull Rider KTM 1’58.789
21 16 Andrea Migno Angel Nieto Team Moto3 KTM 1’58.802
22 52 Jeremy Alcoba Junior Team Estrella Galicia 0,0 Honda 1’58.822
23 17 John McPhee CIP – Green Power KTM 1’58.836
24 77 Vicente Perez Reale Avintia Academy 77 KTM 1’58.925
25 72 Alonso Lopez Estrella Galicia 0,0 Honda 1’59.011
26 40 Darryn Binder Red Bull KTM Ajo KTM 1’59.052
27 81 Stefano Nepa CIP – Green Power KTM 1’59.601
28 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda 1’59.998
29 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda 2’01.054

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: MotoGP