Lewis Hamilton vence sem dificuldades em Hungaroring

Hamilton teve um dia tranquilo no Circuito de Hungaroring, Largou na frente e não deu chances para Sebastian Vettel que não conseguiu anular a tática da Mercedes.

A prova acabou não tendo muitas movimentações. Na largada, Hamilton e Bottas seguraram as 2 primeiras posições. O Piloto Finlandês segurou Raikkonen e Vettel. O piloto Alemão por fora passou Raikkonen e tentou passar Bottas, Que se segurou na segunda posição.

Hamilton abriu diferença para Bottas que segurava o ritmo a frente Vettel e Raikkonen, Verstappen fez uma bela largada subindo para o 5ºlugar, Com Gasly com a Toro Rosso em uma ótima 6ªposição. Charles Leclerc abandonou a prova após a primeira volta.

Daniel Ricciardo que recebeu um toque e caiu para o 16ºlugar, Começava a sua recuperação, Na 5ªVolta ele já estava em 13ºlugar. Na Volta seguinte passou Stoffel Vandoorne ganhando a 12ªposição.

Na Volta 6, Verstappen perde potência e abandona a prova. Gasly assumiu a 5ªposição. O outro piloto da Red Bull, Daniel Ricciardo teve uma luta duríssima com Fernando Alonso que resistiu o quanto pode a ultrapassagem, Até que ela se tornou inevitável. Grosjean reclamou de uma ultrapassagem que Alonso teria feito no Safety Car Virtual. (Que foi acionado para a retirada do carro de Verstappen)

Ricciardo na volta 14 já estava em 8ºlugar, Passando Hulkenberg e Hartley. Na volta 15, Kimi Raikkonen foi o primeiro a fazer a parada obrigatória, Porém a sua parada foi lenta. Na volta seguinte parou Valtteri Bottas que obteve uma parada bem melhor.

Naquela altura da prova, Hamilton tinha uma boa vantagem para Vettel. Além disso ele fez a melhor volta da prova. Pierre Gasly vinha em 3ºlugar, Mas sem ter parado nos boxes ele virou alvo fácil para Bottas e para Raikkonen. Enquanto isso, Ricciardo já tinha superado a Carlos Sainz ganhando o 7ºlugar.

Na volta 19, Ricciardo foi cima de Magnussen, O piloto da Haas foi o piloto que mais endureceu o jogo em cima do piloto da Red Bull. A ultrapassagem se deu com Ricciardo indo por fora na curva 3 e conseguindo voltar a trajetória para decidir ao seu favor a manobra que lhe rendeu o 6ºlugar.

Hamilton foi para sua parada, Na Volta 26 com 7 segundos de frente para Vettel. Foi uma parada rápida que permitiu a Lewis voltar em 2ºlugar. Vettel com os pneus médios era o líder e precisava aumentar a distância pelo menos o bastante para passar o Bottas.

Aos poucos, Todos os pilotos iriam para os boxes. Na volta 27, Ricciardo ultrapassa sem dificuldades a Gasly e ganha o 5ºlugar.

Lewis Hamilton fazia a volta mais rápida da prova, Com 1:21.968 ele tentava baixar a distância para o seu rival na luta pelo campeonato. Os pneus do piloto Alemão ainda daria para aguentar mais umas 10 a 15 voltas. Kimi Raikkonen baixava a diferença para Bottas. Outro piloto que perdeu tempo nos boxes foi Kevin Magnussen. (Por conta de uma parada lenta da equipe Haas)

Vettel, Ricciardo, Alonso, Vandoorne, Ocon e Stroll ainda não tinham feito parada na metade da prova.

Hamilton vinha tirando diferença para Vettel que acabou perdendo tempo precioso quando foi ultrapassar retardatários. Na volta 40, O piloto da Ferrari foi para a sua parada, Colocar os pneus super macios para a Reta final de prova. Com o tempo perdido nos retardatários, Bottas acabou passando Vettel, Agora para a tática da Ferrari só daria certo se o Alemão passasse rapidamente o piloto da Mercedes.

Porém foi a hora que Bottas segurou muito bem os ataques iniciais de Vettel. Depois disso ele abriu vantagem e dessa forma minando as chances de vitória da Ferrari. Hamilton agradeceu, Ele abria diferença cada vez maior. Quem começava a virar bom rápido era Raikkonen que fez sua segunda parada, Marcando sua melhor volta da prova.

Na volta 45, Ricciardo foi para a sua única parada. Ele ficou por 45 Voltas na pista com os pneus macios. 4 Voltas depois, Stoffel Vandoorne acabou perdendo a tração e deixou a corrida. O Belga vinha fazendo uma boa corrida, em 9ºlugar. O Safety Car Virtual foi acionado, Mas isso acabou sendo acionado por apenas 1 volta. A corrida depois disso voltou a sua normalidade.

Vettel se reaproximava do Bottas para ainda tentar a ultrapassagem para tentar diminuir o prejuízo no campeonato. Nessa briga chegava Kimi Raikkonen. Os pneus de Bottas estavam detonados, Porém o Finlandês fazia tudo que era possível para impedir a aproximação de Vettel.

Parecia que Bottas iria conseguir segurar o 2ºlugar. Até que na volta 65, Vettel arriscou a ultrapassagem sobre Bottas. O Finlandês Segurou depois da primeira curva, Mas o piloto da Ferrari acelerou mais rápido, Se posicionou na frente. Na curva 3 Bottas toca na roda traseira e acabou levando a pior. Raikkonen também ganhou posição, Enquanto que Bottas caiu para o 4ºlugar.

Chegaram a preparar uma parada para Bottas que tentou se segurar no 4ºlugar, Porém Ricciardo vinha muito mais rápido. A 3 Voltas do final, Ricciardo tentou ultrapassagem por fora, E ai o piloto da Mercedes acabou empurrando o piloto Australiano. Danificando o carro dos dois pilotos.

Os comissários acabaram investigando o caso, Certamente Bottas seria punido. Ricciardo tratou de na volta final fazer a ultrapassagem e garantir o 4ºlugar.

Lá na frente, Lewis Hamilton caminhou tranquilo para a 5ªVitória em 2017 e abre mais 7 pontos de diferença para Sebastian Vettel que acabou em 2º após superar Bottas nas voltas final. Kimi Raikkonen, Com 2 paradas completou o pódio em 3ºlugar. Daniel Ricciardo acabou fazendo uma grande corrida, Largar do 12ºlugar chegando a cair ao 16ºlugar e depois disso ele se recuperou até o final da prova. Completando a prova em 4ºlugar. Um grande Resultado para quem não conseguiu entrar entre os 10 no Sábado.

Valtteri Bottas vinha em grande corrida até os dois incidentes que fizeram despencar do 2º para o 5º. Mesmo com a punição de 10 segundos de acréscimo ao seu tempo final de prova a posição acabou sendo a mesma posição.

Pierre Gasly fez um grande final de semana, levou a Toro Rosso-Honda para o 6ºlugar. Tudo que a Red Bull não conseguiu fazer na Hungria acabou sendo recompensado pela filial nesse final de semana. Kevin Magnussen em 7ºlugar leva a Haas ultrapassar a Force India na 5ªposição do Mundial de Construtores.

Fernando Alonso volta a marcar pontos com o 8ºlugar de hoje. Carlos Sainz jr. salvou dois pilotos para a Renault com o 9ºlugar e Romain Grosjean com a Haas fecha a zona de pontuação.

Brendon Hartley acabou ficando em 11ºlugar e deixou a sua melhor chance de marcar pontos escapar diante de seus dedos. Nico Hulkenberg não teve um Grande final de semana, Ficando em 12ºlugar.

Os pilotos da Force India que esta sobre processo de Falência, Com 5 supostos compradores acabaram longe dos pontos. Ocon em 13º e Perez em 14º. Marcus Ericsson com a Sauber, Sirotkin e Stroll com a Williams fecham a classificação.

A Formula 1 vai para as férias de 1 mês. No dia 26 de Agosto teremos a reabertura do campeonato com o GP da Bélgica. No Tradicional circuito de Spa-Francorchamps.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

GP da Hungria de Formula 1 – Temporada 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 70 1:37:16.427 1
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 70 a 17.123s 4
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 70 a 20.101s 3
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 70 a 46.419s 12
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 70 a 1:00.000s 2
6 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 70 a 1:13.273s 6
7 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 69 a 1 volta 9
8 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 69 a 1 volta 11
9 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 69 a 1 volta 5
10 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 69 a 1 volta 10
11 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 69 a 1 volta 8
12 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 69 a 1 volta 13
13 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 1 volta 17
14 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 1 volta 18
15 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 68 a 2 voltas 14
16 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 68 a 2 voltas 19
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 68 a 2 voltas 20
2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 49 Câmbio 15
33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 5 Unidade de Potência 7
16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 0 Acidente 16

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Haas/Toro Rosso/Force India/Mclaren

Alonso pode ter seus últimos momentos na Formula 1. A Formula Indy abre os olhos da Mclaren e do Príncipe das Asturias

Com 301 corridas na Formula 1, Aos 37 anos de idade. Fernando Alonso se ver em uma dúvida para a temporada de 2018: Continuar a tentar mais um ou dois anos na Formula 1 ou então, Desistir e partir Para um novo desafio na sua vida.

Nessas últimas semanas a Mclaren esta conversando com equipes da Formula Indy para entrar na categoria associada a um time ou com uma própria equipe. Com os últimos anos sendo anos de muito fracasso, aonde se quer conquista um pódio desde de um Duplo Pódio do GP da Austrália de 2014, Com Kevin Magnussen em 2º e Jenson Button em 3º.

De 2015 a 2017, Com Fernando Alonso e com a parceria com a Honda a Mclaren acabou sendo um Fiasco. Nenhum pódio e muita reclamação do Bicampeão mundial resultou no fim da parceira. Em busca da volta ao pelotão de elite, A equipe de Woking acabou trocando os motores Honda para os Motores Renault.

Após um bom começo de ano, Com Alonso conseguindo ser o melhor piloto do segundo pelotão nas 4 primeiras provas da temporada o que se viu foi a Mclaren se perder completamente. Principalmente na prova passada, Aonde Alonso e Vandoorne tiveram o pior desempenho da Mclaren em 2018 no circuito de Paul Ricard.

Alonso mais uma vez não esta feliz com o desempenho do seu carro, Parece esta decepcionado com o desempenho das últimas corridas. A Mclaren que tinha um chassi muito bom, nesse ano esta devendo nesse quesito. Isso se traduz no desempenho da Renault e muito mais no desempenho da Red Bull, que tem os mesmos motores Renault e tem desempenhos superiores ao desempenho de Alonso e Vandoorne.

Por essas e outras, Além de ter disputado as 500 milhas de Indianapolis no ano passado e as 24 horas de Le Mans pela Toyota junto de Sébastien Buemi e Kazuki Nakajima e visto um novo fracasso nesse ano. Pode ser que o Espanhol não queria mais a Formula 1. A não ser que ele corra ou com a Mercedes ou com a Red Bull. A Ferrari nem pensar. Na Mercedes que pode ser a sua melhor possibilidade vejo com muita dificuldade do Espanhol entrar.

Só resta a Red Bull, Se Daniel Ricciardo sair para Ferrari ou Mercedes, Pode entrar Alonso. Mas pelo que estou percebendo é mais possível: Ou uma permanência de Ricciardo ou uma Sáida do Australiano para entrar Carlos Sainz jr. Não vejo a Red Bull pegando Alonso, Ainda mais com a Honda entrando como fornecedora de motores em 2019.

Sem isso, Alonso não vai ficar na Mclaren. O Futuro seria ir para o WEC ou então partir para os Estados Unidos e disputar o Campeonato Mundial de Formula Indy.

Se ele sair da Formula 1, Que ele tome o caminho da Indy. Isso porque, ele seria um nome para chamar a atenção da categoria que busca reviver os seus melhores dias. Em 2017, As 500 Milhas de Indianapolis teve as atenções do Mundo inteiro com a presença de um dos melhores pilotos do Mundo. Abrindo mão de correr uma prova do Mundial para tentar a vitória. Apesar do Abandono na parte final de corrida. Ele liderou por 27 voltas e mostrou que se adapta muito rápido a qualquer carro de corrida.

Na Indy, Alonso poderia desempenhar um Grandioso papel. Nas próximas semanas veremos qual vai ser o destino do príncipe das Asturias na Formula 1. Se ele vai tentar mais um ano em uma grande equipe, Ou apostar ainda na Mclaren ou então da um ponto final na Formula 1 e partir ou para os Estados Unidos ou para o WEC.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mclaren / http://www.dailysportscar.com / IndyCar / elcomercio.pe

Um dominante Daniel Ricciardo conquista sua segunda pole position da carreira em Mônaco

Um dia perfeito para Daniel Ricciardo, Comandando a classificação nas 3 fases ele conquistou sua segunda pole da carreira e a segunda pole em Mônaco. (primeira delas foi no ano de 2016) A Red Bull deu um grande passo para uma segunda vitória nessa temporada, Já que passar em Monte Carlo é muito difícil.

No Q1 em Mônaco ficou bem claro que a Red Bull estava muito na disputa pela pole position, Só teria o Australiano Daniel Ricciardo. E ele foi disparado o mais rápido do Q1, Com Vettel, Hamilton e Bottas logo atrás. Stoffel Vandoorne foi uma surpresa em 5ºlugar no mesmo décimo do 2º, 3º e 4ºlugares com a Mclaren (Que mostra ter um bom chassi)

Eliminados foram Brendon Hartley, Marcus Ericsson, Lance Stroll e Kevin Magnussen que se juntaram ao Max Verstappen que acabou batendo de maneira patética no Q3.

No Q2, Ricciardo voltou a marcar o melhor tempo dessa parte do treino, novamente o Australiano quebra o recorde do Circuito. Raikkonen e Vettel se posicionavam a frente de Hamilton e Bottas. (O Britânico esta a meio segundo a frente do piloto Finlandês) Na primeira parte tanto Bottas como Hamilton enfrentaram um pequeno drama pois não tinham tempo para passarem ao Q3.

Ficaram de fora da fase final: Nico Hulkenberg da Renault, Stoffel Vandoorne da Mclaren, Sergei Sirotkin da Williams, Charles Leclerc da Sauber e Romain Grosjean da Haas. A Equipe norte-americana definitivamente não esta bem nas ruas monadesgas. Surpresa foi a Force India que colocou seus dois carros entre os 10 primeiros lugares e Pierre Gasly ao colocar a Toro Rosso conseguiu nos últimos segundos a vaga para o Q3.

No Q3, ficou comprovado que Daniel Ricciardo tinha o carro do dia e estava em um sábado inspirado. Em sua primeira tentativa o piloto Australiano marcou o nome recorde da história do circuito de Monte Carlo. Com 1:10.810. Colocando mais de 4 décimos com Lewis Hamilton em 2º 2 milésimos a frente de Vettel que estava 3 milésimos a frente de Raikkonen. Bottas com mais dificuldades o final de semana inteiro vinha em 5ºlugar.

Alonso era o melhor do resto com o 6ºlugar. Na parte final do treino Vettel e Hamilton buscaram tirar a pole do piloto da Red Bull, Vettel melhorou seu tempo e subiu para o segundo lugar e superou Hamilton que acabou melhorando em pouco milésimos, que foi o bastante para ficar em 3ºlugar.

Mas ninguém tirou a pole position de Daniel Ricciardo que vai largar na frente pela 2ªVez na carreira. Se tudo der certo o piloto Australiano tem chances de conquistar a segunda vitória da carreira. Sebastian Vettel, em busca de recuperação completa a primeira fila.

Na segunda fila larga Lewis Hamilton com uma Mercedes que não esta com um carro competitivo para Mônaco. A prova disso foi que Valtteri Bottas vai largar em 5ºlugar atrás de Kimi Raikkonen que fecha a segunda fila.

Esteban Ocon foi a surpresa do Treino, Colocando a Force India em 6ºlugar superando o Espanhol Fernando Alonso, Que era o favorito a ser o melhor do resto.

Alonso acabou ficando em 7º e forma a fila totalmente espanhola com Carlos Sainz da Renault em 8ºlugar. Fechando os 10 primeiros lugares, largam Sergio Perez com a Force India e Pierre Gasly com a Toro Rosso-Honda. Amanhã a partir das 10 da manhã teremos a 6ªEtapa do Mundial de Formula 1 em Monte Carlo. Evento que abre o dia mais importante do automobilismo mundial junto com as 500 milhas de Indianapolis.

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Fase
1 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:10.810 Q3
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:11.039 Q3
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:11.232 Q3
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:11.266 Q3
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:11.441 Q3
6 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.061 Q3
7 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:12.110 Q3
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:12.130 Q3
9 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.154 Q3
10 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:12.221 Q3
11 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:12.411 Q2
12 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:12.440 Q2
13 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.521 Q2
14 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:12.714 Q2
15 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:13.179 Q2
16 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:13.265 Q1
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.323 Q1
18 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:12.728 Q1
19 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:13.393 Q1
20 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer Sem Tempo

Romain Grosjean foi punido em 3 posições por causa da de uma condução perigosa do piloto da equipe Haas no GP da Espanha que tirou Nico Hulkenberg e Pierre Gasly da prova.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull/Sauber/Mclaren

Hamilton domina prova e conquista vitória na Catalunha

Em sua melhor atuação na temporada 2018, O inglês Lewis Hamilton conquistou a vitória no circuito da Catalunha com muita facilidade, Não teve se quer ameaça de nenhum outro piloto durante as 66 voltas.

As emoções no circuito Espanhol não foram muitas no dia de hoje. Vettel largou bem e ganhou o segundo lugar que estava nas mãos de Valtteri Bottas. Na terceira curva tivemos o grande incidente da prova com a Rodada de Romain Grosjean com a Haas que além de rodar acabou atingido a traseira de Nico Hulkenberg e em cheio a parte dianteira de Pierre Gasly, em uma manobra totalmente irresponsável de um piloto que cai cada dia mais no mercado de pilotos.

O Safety Car entrou na pista e ficou durante 5 longas voltas para a limpeza da pista. Na volta a corrida recomeçou, tão logo recomeça a prova Alonso passou por fora o Francês Esteban Ocon ganhando o 10ºlugar.

Hamilton volta após volta abria vantagem para Vettel que conseguia sustentar o segundo lugar, Valtteri Bottas vinha 1 segundo e meio atrás do piloto da Ferrari. Raikkonen, Verstappen e Ricciardo completava os 6 primeiros lugares. Magnussen já ficava mais atrás como o melhor piloto do 2ºpelotão da Formula 1. A se destacar a ótima 9ªposição de Charles Leclerc com o carro da Sauber. Stoffel Vandoorne sofreu punição de 5 segundos a mais que ele teria de cumprir (Por não ter passado pela traçado quando ele passou reto na curva 1) Punição que me pareceu desnecessária.

Nada de relevante aconteceu até a volta 18, Quando Vettel foi para a sua primeira parada. Os mais duros (Médios). Nisso a Mercedes pede para Bottas andar o mais rápido possível para tentar tomar o segundo lugar do piloto da Ferrari. O Finlandês justificou seu nome e andou o mais rápido do que pode. Porém, a parada na 20 volta a Mercedes não foi tão rápida na hora de trocar os pneus. Com isso Bottas voltou atrás de Vettel e de Magnussen.

Hamilton continuava na liderança. Raikkonen, Verstappen e Ricciardo não tinham parado nos boxes vinham em 2º e 3ºlugares. Até que o homem de gelo teve problemas mecânicos. Raikkonen deixou a prova na 26ªVolta, Na mesma volta que Hamilton fez a sua parada nos boxes e voltou atrás de Verstappen que assumiu a liderança.

Para a Mercedes, O que pode se imaginar que a prova estava tranquilo, Não era tão bem assim. A Red Bull tentava dar um pulo do gato. Esticar a hora da parada para fazer apenas 1 troca. A Mercedes e Ferrari poderiam fazer 2 paradas nos boxes.

Na Volta 28, Carlos Sainz jr. e Marcus Ericsson disputaram roda com roda o 9ºlugar. O piloto da Sauber que não tinha feito parada manteve a posição.

Daniel Ricciardo parou na volta 34 e Max Verstappen foi para a parada na volta 35, Era certo que a Red Bull faria apenas 1 parada nos boxes. Para a equipe das Latinhas Energéticas era só esperar as supostas segundas paradas dos pilotos da Mercedes e da Ferrari de Sebastian Vettel para Verstappen e Ricciardo se beneficiarem.

Na volta 41, Esteban Ocon com problemas de motor acaba abandonando a prova, Encostando o seu carro na brita e em um ponto  que dava para tirarem o seu Force India sem muitos problemas.

O Safety Car virtual é acionado e dai Vettel e a Ferrari fazem a tremenda bobagem de fazerem uma 2ªparada durante o regime do Safety Car Virtual. O Alemão volta atrás de Max Verstappen que acabou atingido o pneu do Russo Sergei Sirotkin com o bico dianteiro do seu carro, Quebrando o bico e furando o pneu de Sirotkin.

Quando acabou o regime de Safety Car virtual, Alonso conquistou a ultrapassagem sobre Leclerc, Ganhando o 8ºlugar.

Vettel partiu para cima de Verstappen , porém o piloto da Ferrari não conseguia se aproximar de Verstappen, O que poderia na pratica recolocar o piloto da Ferrari de volta ao pódio, Na pratica foi que o piloto da Ferrari não conseguiu se quer ameaçar e fazer uma tentativa de ultrapassagem.

Os pilotos da Mercedes com grande vantagem resolveram arriscar em manter seus carros até o final da prova. Apesar do enorme número de voltas com os pneus médios. Tanto Hamilton, Tanto Bottas não sofreram muito com o desgaste dos pneus. Hamilton levou o carro com segurança para a sua segunda vitória na temporada 2018 e aumenta a sua diferença na liderança do Mundial de Pilotos.

A primeira dobradinha da Mercedes em 2018 foi completada pelo Finlandês Valtteri Bottas que começou a prova em 2ºlugar.

Max Verstappen conquistou seu primeiro pódio na temporada, Com o 3ºlugar a sua situação ameniza um pouco em relação a tudo que ele aprontou no começo da temporada. (Nas 4 primeiras corridas) Isso graças a péssima tática da Ferrari e de Vettel que poderia até terminar em 2ºlugar e completou a prova em 4ºlugar. Com 3 corridas seguidas fora do pódio, O alemão vive momento difícil na temporada que ele chegou a liderar com 50 pontos em 50 disputados (Com as vitórias na Austrália e no Bahrein) agora começa a ver Hamilton disparar na liderança do campeonato.

Daniel Ricciardo, Que fez uma prova discreta na maior parte do tempo, Acabou no final da prova fazendo melhores voltas da prova e completou em 5ºlugar, O último dos carros que completou todas as 66 voltas do GP da Espanha. A partir de Kevin Magnussen da Haas, Que fez uma belíssima corrida e completou o 6ºlugar. Ajudando a recolocar a Haas para o 6ºlugar no Mundial de Construtores.

Carlos Sainz jr. com a Renault e Fernando Alonso com a Renault, não decepcionaram o torcedor espanhol. Com uma bela corrida dos dois pilotos da casa. O príncipe das Asturias ficou a corrida toda perguntando se iria chover (Existia possibilidade grande de chuva durante a prova) Porém a chuva não veio dessa vez.

Sergio Perez superou Charles Leclerc e conquistou o 9ºlugar salvando 2 pontos para a Force India. Charles Leclerc leva a Sauber pela segunda vez seguida a Zona de pontuação com o 10ºlugar.

Lance Stroll conseguiu algo melhor do que ficar no fundo do pelotão, O 11ºlugar foi lucro para o piloto da pior equipe da Formula 1 hoje. Brendon Hartley da Toro Rosso ficou em 12ºlugar, Marcus Ericsson que chegou a andar em 7ºlugar acabou a prova em 13º e Sergei Sirotkin fechou a fila dos pilotos que terminaram a prova em 14º.

Detalhe, Somente os 5 primeiros colocados terminaram na mesma volta do líder, O 6º, 7º e 8ºlugares ficaram uma volta atrás. Do 9º até o 13ºlugar completou 2 voltas atrás e somente o pobre piloto Russo da Williams ficou a 3 voltas do líder.

Daqui a duas semanas teremos o tradicional GP de Mônaco, Nas ruas de Monte Carlo será jogado a disputa pela vitória. A Gloria de uma grande conquista ou a desgraça de parar em um muro.

Resultado final do GP da Espanha – Mundial de Formula 1
5ªEtapa – Catalunha (Barcelona)

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 66 1h 35:29.972 1
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 66 a 20.593 2
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 66 a 26.873 5
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 66 a 27.584 3
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 66 a 50.058 6
6 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 65 a 1 Volta 7
7 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 65 a 1 Volta 9
8 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 65 a 1 Volta 8
9 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 64 a 2 Voltas 15
10 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 64 a 2 Voltas 14
11 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 64 a 2 Voltas 18
12 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 64 a 2 Voltas 20
13 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 64 a 2 Voltas 17
14 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 63 a 3 Voltas 19
15 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 45 Mecânico 11
16 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 38 Motor 13
17 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 25 Câmbio 4
18 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 0 Acidente 16
19 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 0 Acidente 12
20 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 0 Acidente 10

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Haas/Renault/Sauber/Mclaren

Sobre seu encoberto na Catalunha, Lewis Hamilton conquista 74ªPole da Carreira

Lewis Hamilton abre a temporada europeia com o pé direito, Após vencer o GP do Azerbaijão ele conquistou hoje a pole position de número 74 da sua carreira. Na Catalunha, Um céu encoberto era o cenário para a classificação. Brendon Hartley já não pode treinar pelo acidente que ele sofreu no FP3. 4 outros pilotos seriam eliminados no Q1.

Hulkenberg sofreu com problemas mecânicos, quando tentou pela primeira vez a sua volta. O Alemão ainda voltou a pista, Conseguiu um lugar entre os 15, Porém: Ocon e Vandoorne que estavam na parte de trás e jogaram o piloto da Renault para fora do Treino.

Vettel e Verstappen foram os mais rápidos da primeira fase do treino. Os dois pilotos da Mercedes ficaram com o 5º e 6ºlugares. Alonso e Sainz passaram para o Q2 o que deixou os espanhóis muito felizes, Leclerc levou a Sauber para o 12ºlugar.

No Q1 ficaram de fora além do Hulkenberg, Marcus Ericsson da Sauber e os dois pilotos da Williams, Com Sirotkin e Stroll que só não largam na última fila porque Hartley não treinou devido ao acidente no 3ºtreino livre.

Resultado do Q1:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:17.031
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:17.411
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:17.483
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:17.623
5 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:17.633
6 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:17.674
7 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:18.169
8 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:18.276
9 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:18.305
10 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:18.480
11 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:18.550
12 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:18.661
13 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:18.740
14 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:18.813
15 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:18.885
16 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:18.923
17 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:19.493
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:19.695
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:20.225

Segunda parte do treinamento acabou confirmado o equilíbrio entre Mercedes e Ferrari pela disputa da pole position. Vettel acabou quebrando o recorde do circuito e fazendo a volta mais rápida. A Red Bull não conseguia acompanhar o ritmo das favoritas e acabou tendo a companhia da Haas de Kevin Magnussen no meio dos dois carros da equipe Austríaca.

A equipe Norte-Americana se consolidou como a quarta força do final de semana ao classificar com os dois carros para o Q3. As duas últimas vagas ficaram com os dois pilotos Espanhois: Carlos Sainz jr. da Renault e Fernando Alonso com a Mclaren.

Acabaram eliminados o Belga Stoffel Vandoorne com a outra Mclaren, Pierre Gasly da Toro Rosso em uma boa 12ªposição, Esteban Ocon com a Force India que não parece esta a altura de disputar lugar entre os 10 primeiros colocados, Charles Leclerc, que fez o que era possível com o carro da Sauber e o Mexicano Sergio Perez que nem em sonhos poderá repetir o pódio de Baku no circuito da Catalunha.

Resultado do Q2:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:16.802
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:17.071
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:17.111
4 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:17.166
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:17.266
6 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:17.618
7 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:17.638
8 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:17.699
9 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:17.803
10 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:18.100
11 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:18.323
12 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:18.463
13 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:18.696
14 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:18.910
15 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:19.098

No Q3, A disputa pela pole position ficou mesmo entre Os pilotos da Mercedes e Ferrari.

Enquanto Vettel e Raikkonen fizeram voltais ruins, Hamilton com 1:16.491 marcou o melhor tempo com sobras para Verstappen com 1:16.816, Ricciardo com 1:16.858 e Bottas com 1:16.909. Vettel vinha em 5º e Raikkonen apenas em 7º. A frente do Homem de gelo vinha o Espanhol Fernando Alonso, com sua Mclaren-Renault.

Parecia que Hamilton iria realmente não ter qualquer preocupação para marcar a sua 74ªPole da carreira, Porém, Foi bem mais difícil do que se pensou…

Raikkonen foi o primeiro a fazer a sua segunda volta que fez ele saltar para o 2ºlugar, Dai veio Hamilton baixar ainda mais o tempo da pole para 1:16.173. A pole estava nas suas mãos. Mas veio Bottas com 1:16.213. Apenas 40 milésimos atrás do piloto inglês. Vettel acabou fazendo 1:16.305 subindo para o 3ºlugar. A Carroagem da Red Bull vira aborbora.

Hamilton na sua última volta conquistou a pole position. A Mercedes forma a primeira fila com Valtteri Bottas largando em 2ºlugar, A Segunda Fila largam os dois pilotos da Ferrari. Sebastian Vettel larga em 3º e Kimi Raikkonen largando em 4º

Os pilotos da Red Bull ficam com a terceira fila. Com 2 milésimos de segundo, o Holandês Max Verstappen larga na frente de Daniel Ricciardo.

Kevin Magnussen acabou sendo o melhor do segundo pelotão, Sobrando em relação a Romain Grosjean que vive dias bem difíceis na Haas. Visto que o piloto Escandinavo vai largar em 7ºlugar tendo um belo carro nas mãos. Fernando Alonso com a Mclaren-Renault larga em 8ºlugar, Concluindo o seu objetivo de largar entre os 10 primeiros lugares. Carlos Sainz jr. com a Renault e Romain Grosjean com a Haas.

Amanhã, As 10 horas e 10 minutos teremos a largada da 5ªEtapa do Mundial de Formula 1. Em Barcelona que tem possibilidades de chuva na hora da corrida, No que pode embolar tudo, Aguardemos amanhã.

Grid de largada – 5ªEtapa do 69ºCampeonato Mundial de Formula 1
GP da Espanha – Catalunha (Barcelona)

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:16.173 17
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:16.213 14
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:16.305 16
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:16.612 15
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:16.816 15
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:16.818 19
7 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:17.676 27
8 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:17.721 21
9 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:17.790 19
10 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:17.835 26
11 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:18.323 18
12 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:18.463 16
13 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:18.696 18
14 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:18.910 15
15 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:19.098 18
16 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:18.923 6
17 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:19.493 9
18 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:20.225 9
19 35 Sergey Sirotkin* Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:19.695 10
20 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H Sem tempo 0
  • Punido em 3 posições por causar colisão nas primeiras curvas do GP do Azerbaijão.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Haas/Renault/Mclaren/Williams/Toro Rosso